Você está na página 1de 40

Cálculos em renda fixa

Cálculos em renda fixa


• A tributação desses papéis, bem como de todos os investimentos de
renda fixa, inclusive fundos e os clubes de investimentos, inclui o
Imposto de Renda (IR) e o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

 O fato gerador do imposto de renda é o resgate do CDB com lucro.


 Alíquota vigente esta descrita em tabela publicada pelo Ministério
da Fazenda. A base de cálculo do imposto é a diferença positiva entre o
valor aplicado e o valor resgatado. O recolhimento é responsabilidade
da instituição financeira ( já que é cobrado na fonte).
Cálculos em renda fixa
O IOF, incide sobre o valor do rendimento auferido. Esse imposto é
devido quando ocorrem resgates antes que a aplicação complete 30
dias.
Tabela regressiva:
Cálculos em renda fixa
a) Rendimentos prefixados e impostos:
Um investidor aplica R$ 5.000,00 num CDB prefixado à taxa de 1,5% a.m. para um
período de 80 dia. O imposto de renda é retido na fonte à alíquota de 22,5% sobre o
lucro bruto. Determine:
a) O valor do resgate líquido do Imposto de Renda;
FV = 5.000 . (1+0,0150)2,6667 Fv = R$5.202,51
Regra de três : 1m -----------30d
x -----------80d x =2,6667
- O Lucro Bruto: R$ 5.202,51 – R$5.000,00 = R$ 202,51
- O valor do Imposto de Renda (IR): 22,5% x 202,51 = 0,2250x202,51 = R$ 45,56
Logo o valor de resgate líquido : R$ 5.202,51 – 45,56 = R$ 5.156,95
Cálculos em renda fixa
b) Rentabilidade líquida :
i = 5.156,95 - 1 i = 1,0314 – 1
5.000,00

i= 0,0314 i = 3,14 % em 80 dias


Cálculos em renda fixa
• Resgate de CDB antes de 30 dias:
Admita que um investidor tenha aplicado R$ 5.000,00 num CDB à taxa de 1,5% a.m, e que,
após 20 dias, tenha solicitado o resgate dessa aplicação. Calcule o valor líquido a ser investido
por esse investidor. Suponha IR 22,5%.
FV = 5.000 x ( 1+ 0,015)20/30 = R$ 5.049,88
Como o resgate foi feito antes de 30 dias de aplicação, ocorre incidência de IOF sobre o lucro
bruto, antes da incidência do IR, conforme alíquota publicada.
R: Para 20 dias –Alíquota IOF 33%
- IOF = 33% x 49,88 IOF = 0,33 x 49,88 IOF = 16,46
- Lucro a ser tributado pelo IR: R$ 49,88 – R$ 16,46 = R$ 33,42
- IR = 22,5% x R$ 33,42 IR = 0,2250 x 33,42 IR = R$ 7,51
- Lucro Líquido: 33,42 -7,51 = R$ 25,90.
- Valor de resgate líquido : R$ 5.000,00 + R$ 25,90
TAXA OVER
A taxa de “Over Night”, mais comumente chamada de taxa de “over”, é a
taxa de juros de um dia útil, multiplicada por 30 (convenção de mercado,
pois um mês tem 23 dias úteis).
É uma forma de expressar a taxa de juros muito usada no mercado
financeiro, mais especificamente no mercado aberto (open market).
Muitos produtos do mercado tem sua rentabilidade ou custo expresso na
taxa de OVER (exemplo, CDI, HOT MONEY).
------------------------------------------------------------------------------------------------
Toda Taxa Nominal “over’ deve informar o número de dias úteis que os
juros serão capitalizados de forma que se possa apurar a taxa efetiva do
período.
TAXA OVER

É uma taxa de juros nominal, com capitalização diária, porém válida


somente para os dias úteis ( dias de funcionamento do mercado
financeiro). Essa taxa costuma ser expressa ao mês. Obtida pela
simples multiplicação da taxa ao dia por 30, sendo aplicada em
operações de curto prazo.
 Toda taxa nominal over de informar o número de dias úteis nos
quais os juros serão capitalizados, de maneira que possa calcular a taxa
efetiva do período.
TAXA OVER
• Suponha, uma taxa over de 2,4% ao mês, sendo que existem 20 dias
úteis no período. As taxas over são normalmente representadas por
a.m.o (ao mês over) após cada taxa de juros.

i = 0,0240 = 0,0008 = 0,08% ao dia


30
Sendo definidos 20 dias úteis no mês , a taxa efetiva apurada com
capitalização composta é:
i = (1+ 0,0008)20 – 1 i = 1,0161 -1 i = 0,0161 x100 i = 1,61%a.m
• Na prática :
- Conversão de taxa over em efetiva;
- Conversão de efetiva em over;

Para encontrar a taxa efetiva com base numa taxa over mensal:

 iefetiva = [( 1 + taxa over) dias úteis ] -1


30
 Taxa over = [( 1 + taxa efetiva) 1/dias úteis -1 ] x 30
Conversão de Taxa Over em Taxa Efetiva:
Considere uma taxa over de 4% a.m definida para um mês com 23 dias
úteis. Calcule a correspondente taxa efetiva.
 iefetiva = [( 1 + taxa over) dias úteis ] -1
30
iefetiva = [(1+0,04/30)23] -1
Iefetiva = 0,0311 3,11% a.m
• Conversão de taxa Efetiva em taxa over:
Converter uma taxa efetiva de 2,6% a.m em taxa over, sabendo que no periodo
existe 21 dias úteis.
Taxa over = [( 1 + taxa efetiva) 1/dias úteis -1 ] x 30
Taxa over = [( 1+0,0260)1/21 – 1] x30
Taxa over = [(1,0260) 1/21 -1 ]x30
Taxa over =[(1,0260) 0,0476 -1 ] x30
Taxa over = [1,0012 -1 ] x30
Taxa over = 0,0012 x30 vermelho a.d útil 0,12 % a.d azul a.m 3,7 % a.m

Taxa over = 3,67% a.m.over


• O Banco Central publicou uma taxa over efetiva anual de 12,74% ao ano,
para o mês de março de 2007, que possui 22 dias úteis.
• Calcule a taxa por dia útil
Taxa over = [( 1 + taxa efetiva) 1/dias úteis -1 ] x 30
Taxa over = [( 1+ 0,1274) 1/252 -1] x 30
Taxa over = [( 1,1274)0,0040 -1] x30
Taxa over = [( 1,0005 -1) x30
Taxa over =0,0005 x30 vermelho a.d útil 0,05% a.d azul a.m 1,5%a.m

Taxa over= 0,0150


Taxa over= 1,5% a.m
EXERCICIO
Suponha que a taxa “over” em determinado momento esteja definida
em 5,4% a.m.. No período de referência da taxa, estão previstos 22 dias
úteis. Qual a taxa efetiva do período?

iefetiva = [( 1 + taxa over) dias úteis ] -1


30
EXERCICIO
Suponha que a taxa “over” em determinado momento esteja definida em 5,4%
a.m.. No período de referência da taxa, estão previstos 22 dias úteis. Qual a taxa
efetiva do período?
iefetiva = [( 1 + taxa over) dias úteis ] -1
30
iefetiva = [( 1 + 0,0540 ) 22] -1
30
iefetiva = [(1 + 0,0018 )22 ]-1
iefetiva = [ 1,0018]22 -1
iefetiva = 1,0404 -1
iefetiva = 0,0404
iefetiva = 4,0357% a.m
4,03% representam a taxa efetiva para 22 dias úteis,
02) Converter a taxa efetiva de 4,1% a.m. em taxa “over”, sabendo
que no período existem 21 dias úteis.
Taxa over = [( 1 + taxa efetiva) 1/dias úteis -1 ] x 30
02) Converter a taxa efetiva de 4,1% a.m. em taxa “over”, sabendo que no
período existem 21 dias úteis.
Taxa over = [( 1 + taxa efetiva) 1/dias úteis -1 ] x 30
Taxa over= [(1 + 0,04) 1/21 - 1] x30
Taxa over = [1,04 1/21 -1 ]x 30
Taxa over =[ 1,04 0,0476 -1] x30
Taxa over = [1,0019 -1]x30
Taxa over = 0,0019 x30
Taca over = 0,0561
5,61% a.m
Desconto de Duplicatas
• Desconto Bancário ou comercial – por fora:
Amplamente utilizada nas operações financeiras de curto prazo no Brasil.
D=Nxixn
EX: Suponha uma operação de desconto bancário de R$ 10.000,00 realizada
por uma empresa pelo prazo de três meses. A taxa de juros cobrada ela
instituição financeira é de 2,5% a.m
D = 10.000 x 0,025 x 3
D= R$ 750,00 A = N-D
Valor descontado = 10.000-750
R$ 9.250,00
Desconto de Duplicatas
• Custo efetivo: pelo prazo de 3 meses

750/ 9250 = 0,0811 8,11%a.t

Ou

[10.000/9.250 ]-1 = 1,0811 -1 = 0,0811 8,11% a.t

Equivalente mensal:
i mensal = (1 + 0,0811) 1/3 -1
Imensal = (1,0811)0,3333 -1
Imensal = 1,0263 -1 = 0,0263 2,66% a.m
Bônus
• Observação:
Os principais produtos de renda fixa nefgociados no Brasil são os
certificados de deposito bancário , debentures, poupança, fundo de
investimento em renda fixa, letras de câmbio e letras hipotecárias.

Bônus: é uma obrigação, um título de renda fixa. LP, no qual o emissor


(devedor) compromete-se a pagar o principal emprestado acrescido de
juros no decorrer de um prazo contratado. Esses títulos são emitidos
por órgãos governamentais ou empresas privadas, visando financiar
seus investimentos.
Bônus
• Prevê uma data futura de para o vencimento do principal e
pagamento periódico de juros ( a cada seis meses)
- Os juros são estabelecidos em contrato de emissão.
YIELD
É o rendimento nominal oferecido pelo título;
Identificado na taxa de juros do cupom.

EX: Um título com cupom de 8% indica um yield (rendimento) igual a


8%.
A Yield dos títulos é normalmente divulgada ao ano.
Current Yield
• Mede a relação entre os juros prometidos pelo cupom ( taxa de juros
do cupom) de um título com o preço corrente do mercado.
Ex: Um título com preço de negociação de R$ 100,00 e paga cupom de
de 8% oferece current yield de (R$ 80,00).
Se estivesse sendo negociado a R$ 80,00 no mercado, o current yield
seria de 10%
Caiu preço do título  aumentou a taxa do cupom
( caiu preço do título e rendimento aumentou)
O termo Current Yield pode ser traduzido como rendimento corrente de um
título de renda fixa, ou seja, o rendimento não levando em consideração o
prazo do título em questão.
É calculado dividindo a taxa de juros do cupom pelo preço do título. Por
exemplo, se um título está sendo vendido a um preço de 100,00 com um
cupom de 10,00% ele oferece um current yield de 10,00%. Caso esse título
estivesse cotado a 80,00 o seu current yield seria de 12,50%.
10%/ 100 = 0,10 ou seja 10%
10%/80 = 0,1250 ou seja 12,50%. Reduz o valor de mercado. Aumenta
rendimento
-----------------------------------
Se por exemplo: for negociado a R$ 110,00.
10% /110 = 0,0909 9,09% . Aumenta valor de mercado, rendimento reduz.
Valor de Face (Pn) :
É o valor de emissão do título. É o mesmo que valor nominal, valor de
resgate ou valor futuro.

Cupom( C):
É taxa de juros prometida pelo título e estampada em seu valor de
face. Na data de seu vencimento , o emissor promete pagar os juros.
Os rendimentos previstos no cupom são calculados sobre o valor de
face do título.
• Yield Maturity:
É o efetivo rendimento (yield) do título de renda fixa até seu
vencimento ( Maturity).
Nada mais é que a taxa interna de retorno do título levando em
consideração o valor de negociação do título no mercado (preço de
compra).
O investidor receberá essa taxa de retorno desde que mantenha a
´posse do título até seu vencimento.
• O Yield to Maturity (rendimento até o vencimento) é a taxa de
retorno auferida pelo investidor no título, considerando o seu valor
corrente de mercado.
A Yield to Maturity equivale à IRR ( Taxa Interna de Retorno), que
iguala, em determinado momento, o preço pago pelo título com seu
fluxo esperado de rendimento e o principal a ser resgatado ao final.
O YTM leva em conta:
- O valor da negociação do título no mercado(preço de compra);
- Seu valor de resgate;
- O prazo e os rendimentos( juros) dos cupons.
Cálculo do YTM (Yield to Maturity )
Po = C1 /(1+ YTM)1 + C2 / (1+ YTM)2+ Cn + Pn /(1+ YTM)n
Onde
Po = preço corrente de negociação do título;
C1,C2,C3 = Juros periódicos pelos cupons para cada período;
Pn = valor do resgate (valor de face ou nominal);
YTM = rentabilidade efetiva da obrigação de longo prazo se retida até a
data de vencimento. Representa a taxa de desconto que iguala os
benefícios de caixa (juros e resgate) com o preço de negociação da
obrigação.
• Considere um título de renda fixa com vencimento para 18-10-2018.
O título será negociado em 18-10-2013 por R$ 889,00 e possui um
valor de resgate de R$ 1.000,00. O papel prevê um rendimento
(cupom) de 9% a.a (taxa nominal) com pagamento semestral.
• Calcular a rentabilidade anual do título (YTM).
9% a.a / 2semestres x 1000
0,09/ 2 x 1000
0,045 x1000 = R$ 45,00
R$ 1.045,00

45 45 45 45 45 45 45 45 45
0 10 (semestres)

R$ 889,00
• 889 = 45/ (1+ YTM)1 + 45/ (1+ YTM)2 + ...+ 1045,00/ (1+ YTM)10
HP12-C:
F REG
889 CHS G CFO
45 g CFj
9 g Nj
1045 g Cfj
F IRR 6,01 a.s
2 x 12,02% a.a YTM
Alternativa de cálculo :
O preço do título como porcentagem do valor nominal:
R$ 889,00 x 100 = 88,9%
R$1.000

88,9 PV
9 PMT
g D.MY 18.102013 ENTER
18.102018 f YTM 12.0175% a.a
Calculo do preço de mercado de um título de
renda fixa.
• Considere um título:
- Vencimento em 5 anos, com valor de resgate de R$ 1.000,00
- Data de compra: 3-4-2014
- Data de vencimento: 3-4-2019

Cupom de 9% a.a com pagamento semestral de 4,5% a.s.


Qual o preço corrente de mercado desse titulo se os investidores
aceitarem descontar esse título somente à taxa de 10%a.a (5% a.s)
Calculo do preço de mercado de um título de
renda fixa.
9% a.a x 1.000 = R$ 45,00 por semestre. 5%a.s
2 sem

0--45---45---45---45------45----45----45----45----45-10sem

Po= 45/(1,05)1 + 45/(1,05)2 +...+ 45 + 1.000/(1,05)10


Po= 45/(1,05)1 + 45/(1,05)2 +...+ 45 + 1.000/(1,05)10

F REG F REG
45 g CFj 9 PMT
10 i
9 g Nj g D.MY
1045 g CFj 03.042014 ENTER
5i 03.042019 f Price 96,1391 %
F NPV R$ 961,39 Percentagem do valor de face
do título
• Ágio e ou Deságio:
Quando o valor de mercado de um título é inferior ao seu valor de face.
( diz-se que é negociado com deságio)
Ao contrário , o título é negociado com ágio.
Aplicação ÁGIO OU DESÁGIO
• Admita um título com valor nominal ( valor de face ) de R$ 1.000,00 que
promete pagar rendimentos (cupons) de 10% a.a. Os cupons são pagos
semestralmente e o prazo de emissão do título é de quatro anos.
Determinar o preço de mercado desse título na hipótese de os investidores
exigirem uma taxa de retorno semestral igual a:
a) 5,0% a.s ( A TAXA DE DESCONTO É IGUAL AO CUPOM)
Po = 50,000

10% a.a / 2 sem x1000


0,10/2 x 1000 = R$ 50,00
P0 = 50/(1+0,05)1 + 50/(1+0,05)2 + ...+ 1050 / (1+0,05)8
P0 = r$ 1.000,00
Aplicação ÁGIO OU DESÁGIO
• Admita um título com valor nominal ( valor de face ) de R$ 1.000,00 que
promete pagar rendimentos (cupons) de 10% a.a. Os cupons são pagos
semestralmente e o prazo de emissão do título é de quatro anos.
Determinar o preço de mercado desse título na hipótese de os investidores
exigirem uma taxa de retorno semestral igual a:
B) 6,0% a.s ( A TAXA DE DESCONTO É SUPERIOR AO CUPOM) \DESÁGIO
Po = 50,000

10% a.a / 2 sem x1000


0,10/2 x 1000 = R$ 50,00
P0 = 50/(1+0,06)1 + 50/(1+0,06)2 + ...+ 1050 / (1+0,06)8
P0 = r$ 937,90
Aplicação ÁGIO OU DESÁGIO
• Admita um título com valor nominal ( valor de face ) de R$ 1.000,00 que
promete pagar rendimentos (cupons) de 10% a.a. Os cupons são pagos
semestralmente e o prazo de emissão do título é de quatro anos.
Determinar o preço de mercado desse título na hipótese de os investidores
exigirem uma taxa de retorno semestral igual a:
B) 4,0% a.s ( A TAXA DE DESCONTO É INFERIOR AO CUPOM) \ÁGIO
Po = 50,000

10% a.a / 2 sem x1000


0,10/2 x 1000 = R$ 50,00
P0 = 50/(1+0,04)1 + 50/(1+0,04)2 + ...+ 1050 / (1+0,04)8
P0 = r$1.067,33
A HP-12C
• F REG
50 g CFj
7 g Nj
1050 g CFj
5 i ( taxa de desconto semestral do titulo – vale 10% a.a portanto 5%a.s)
F NPV = 1.000 (preço corrente do título para 5%)
6 i taxa de desconto semestral ( deságio –acima da remuneração cupom)
Deságio: Valor mercado (5%)é inferior ao seu valor nominal – exigem (6%)
F NPV R$ 937,90
4 i Taxa de desconto semestral (Ágio – abaixo da remuneração do cupom)
Ágio: Valor de mercado (5%) é superior ao valor nominal – exigem (4%)
FNPV R$ 1.067,32
Current Yield
• A taxa de retorno corrente do título
• - Medida de recuperação de caixa oferecida pelo título.

• Current Yield = Juros (cupons)/ Po


• Considere titulo com valor de face R$ 1.000,00 esta sendo negociado
com deságio de 11% . O título tem cupom de 9% a.a, pago
anualmente. Determinar Current Yield
• Current = 9% x 1000 = 90 = 0,1011 10,11%
1.000 -11% 890

Você também pode gostar