Você está na página 1de 42

Riscos Físicos (NR-9 e NR-15) Avaliação

Quantitativa.
 Ruídos;
 Vibrações;
 Radiações ionizantes ( raio x – alfa –
gama);
 Radiações não – ionizantes (radiação
do sol, radiação de solda);
 Frio;
 Calor;
 Pressões anormais;
 Umidade.
Vibração

 A exposição ocupacional à vibração não é tão estudada


quanto os outros agentes; todavia sua ocorrência na
indústria é bastante frequente.

 Seus efeitos são bastante consideráveis, sendo


portanto, a avaliação e o controle necessários

 Ao contrário de muitos agentes ambientais, a vibração


somente será problema quando houver efetivo contato
físico entre um indivíduo e a fonte, o que auxilia no
reconhecimento da exposição.
O que é vibração?
 É um movimento oscilatório de um corpo devido as
forças desequilibradas de componentes rotativos e
movimentos alternados de uma máquina ou
equipamento.

 É qualquer movimento que o corpo executa em torno


de um ponto fixo. Esse movimento pode ser regular, do
tipo senoidal ou irregular, quando não segue um
padrão determinado
 Se o corpo vibra, descreve um movimento oscilatório e
periódico, envolvendo deslocamento num certo tempo.

 Neste movimento está envolvido uma velocidade,


aceleração e frequência (que é o número de ciclos
completos por minuto).
 Provocam cansaço, irritação, dores nos membros,
dores na coluna, doenças do movimento, artrite,
problemas digestivos, lesões dos tecidos moles,
lesões circulatórias
Como é medida a vibração?
 A aceleração é por m/s²ou dB;

 A velocidade é por m/s;

 O deslocamento é por metros.

 Dependendo da posição do corpo humano, (de pé,


sentado ou deitado), a sua resposta às vibrações será
diferente sendo igualmente Importante o ponto de
aplicação da força vibratória.
Classificação das vibrações:
 1) Vibração ocupacional corpo inteiro – são vibrações
transmitidas ao corpo como um todo, geralmente
através da superfície de suporte, como pé, costas,
nádegas de um homem.

 2) Vibração ocupacional mão e braço ou localizada –


são vibrações que atingem certa parte de um corpo,
principalmente mãos, braços e outros.
 3) Vibração para conforto – determinada ocupação
pode causar desconforto intolerável em uma situação e
ser agradável e aceitável em outras.

 Por isso, os valores de conforto dependem de vários


fatores, alguns até subjetivos.

 Deste modo, a ISO 2631 não estabelece limite para o


conforto, limitando-se apenas em indicar valores de
acelerações onde as reações das pessoas são
prováveis.
 4) Vibração meio ambiente – são vibrações capazes de
provocar desconforto e perturbação do sossego público.
Ex: veículos, dentre outros.

 5) Vibração máquinas – são vibrações que podem


indicar problemas de manutenção em máquinas e
equipamentos.

 São medidas pelo técnico de manutenção preventiva e


comparadas com valores das normas técnicas
pertinentes.
Vibração - Fontes
Furadeiras elétricas – manuais :
Indústrias metalúrgicas e mecânicas e
instaladores.

Motosserras: Indústria extrativa


madeireira.

Furadeiras pneumáticas: Reparo de vias


públicas, demolições, construção de
túneis e estradas, extração de mármore.
10
Direção da Vibração

 As vibrações retilíneas transmitidas ao ser humano


devem ser medidas nas direções corretas de um
sistema ortogonal de coordenadas que tenham sua
origem na posição do coração conforme o esquema a
seguir:
Caracterização da exposição vibratória –
Direção da Vibração – Corpo inteiro –
ISO 2.631
Eixo x= costa ao peito
Eixo y= lado direito ao lado
esquerdo
Eixo z= pé (ou nádega) à
cabeça
Vibração mão – Direção da Vibração –
ISO 5349

 As direções da vibração transmitida à mão devem ser


medidas e informadas nas direções apropriadas de um
sistema ortogonal coordenado tendo sua origem na
ponta do terceiro metacarpo.
Normas de Referência
 ISO 8041 : Resposta humana à vibração – Instrumento
de Medição.

 ISO 2631-1: Vibração mecânica e choque – Avaliação


da exposição à vibração no corpo inteiro – Parte 1:
Requisitos Gerais.

 ISO 2631-2: Avaliação da exposição à vibração no


corpo inteiro –Parte 2: Vibrações contínuas e por
choques em edificações (1 a 80Hz).

 ISO 5349 : Vibração mecânica – Regras para medição e


avaliação da exposição humana à vibração transmitida
pela mãos e braços. Partes 1 e 2.
Critério Legal

 A Legislação Brasileira prevê, por intermédio da NR-15,


Anexo 8 e Portaria n. 12 de 1993, que as atividades
que expõem os trabalhadores sem proteção adequada
às vibrações localizadas ou de corpo inteiro serão
caracterizadas como insalubres, apuradas com perícia
realizada no local de trabalho.
A perícia
 Deve tomar por base, visando ou não a comprovação
da exposição, os limites de exposição definidos pela
Organização Internacional em suas normas ISO 2631 e
ISO 5349 .

Laudo Pericial
A Legislação determina alguns itens obrigatórios:

1) Critério Adotado;
2) O instrumental utilizado;
3) A metodologia de avaliação;
 4) A descrição das condições de trabalho e do tempo
de exposição às vibrações;

 5) O resultado da avaliação quantitativa;

 6) As medidas para eliminação e/ou neutralização da


insalubridade.
Medidores e adaptadores
Como usar o adaptador tipo Barra
Adaptador tipo bloco
Adaptador para palma da mão
Seat Pad (Almofada)
Medições em Edificações
Forma correta no Seat Pad
Forma correta no uso do adaptador
para palma da mão
Equipamento e local de medição
 A vibração deverá ser avaliada no seu ponto de
entrada no corpo humano(ou seja na superfície do
corpo) e não na estrutura, o que pode transformar a
vibração antes de atingir o corpo humano.

 Deve ser feita de acordo com a ISO 5390.

 Se houver variações de vibração considera-se o valor


máximo que está em contato com o corpo humano.
Algumas medidas de controle
 Assentos com suspensão a ar;

 Cabines com suspensão;

 Calibração adequada do pneu;

 Utilização de bancos com descanso para braços, apoio


lombar e ajuste do assento e do apoio para as costas;

 Luvas antivibração.

 Usar ferramentas com características anti vibratórias.

 Implantar programa de supervisão médica.


Efeitos sobre a saúde – mãos e braços

 Vibrações localizadas, sendo a de mãos e braços a mais


comuns, através do uso de ferramentas manuais
elétricas e pneumáticas, pode provocar alterações
neuro-vasculares e articulares(ósseos, neurológicos e
musculares).

 Fenômeno de Raynaud – Síndrome do dedo branco –


que é uma doença na circulação arterial da mão, que
atinge principalmente os dedos do indivíduo, e que se
caracteriza por bloqueio da circulação local quando a
mão é exposta ao frio.
Sintomas:
 Pontas dos dedos brancas;

 Dedos adormecerem;

 Sensação de picada de agulha;(formigamento)

 Dedos mudam da cor branca para cor roxa escura com


muita dor.
 Os ataques usualmente duram 15 a 60 minutos, mas
nos caso avançados podem durar 1 ou 2 horas. A
recuperação se inicia com um rubor, uma hiperemia
reativa, usualmente vista na palma da mão, avançando
do pulso para os dedos.
 Sintomas avançados:

 Pontas de dos brancas ou pálidas agravadas com


exposição continua ao frio.

 Nos casos avançados, devido aos repetidos ataques


isquêmicos, o tato e a sensibilidade à temperatura
ficam comprometidos. Há perda de destreza e
incapacidade para a realização de trabalhos finos.
Prosseguindo a exposição, o número de ataques de
branqueamento reduz, sendo substituído por uma
aparência cianótica dos dedos.
Estágio Grau Descrição

0 -- Sem ataques

1 Leve Ataques ocasionais, afetando apenas a


ponta de um ou mais dedos

2 Moderado Ataques ocasionais, afetando as falanges


dos dedos

3 Severo Ataques freqüentes afetando todas as


falanges de um ou mais dedos

4 Muito severo Idem estágio 3, com alterações de


tróficas, na pele e na ponta dos dedos

35
 Sintomas posteriores:

 Ocorre em todas as estações;


 Dentro e fora do trabalho;
 Piora com frio, objetos vibrantes, nicotina
 Casos severos:

 Ocorre grangrena e amputação;

 Efeitos a saúde:

 Desordem vascular
Efeitos sobre a saúde – corpo
inteiro.
 Distúrbios na coluna dorsal;

 Distúrbios de ombro e pescoço;

 Efeitos danosos no aparelho reprodutor e auditivo.

 Problemas digestivos e circulatórios;


 Limite de exposição para 8 horas:
Valor de ação e de limite

Mão – Braço: 2.5m/s2 e 5m/s2

Corpo inteiro: 0.5m/s2 e 1,15m/s2

 Efeitos das vibrações e frequências:

1- Efeitos Vasculares- sensibilidade no intervalo de 30-


200Hz
O efeito das vibrações depende da
frequência destas. Assim:
 Vibrações elevadas (superiores a 600 Hz) provocam
efeitos neuromusculares;

 Vibrações superiores a 150 Hz afetam, principalmente,


os dedos;

 Vibrações entre 70 e 150 Hz chegam até às mãos;

 Vibrações entre 40 e 125 Hz provocam efeitos


vasculares;

 Vibrações de baixa frequência podem provocar lesões


nos ossos.
Questionário:

Você também pode gostar