Você está na página 1de 7

Orientações para a lubrificação de

névoa de óleo
• Print Imprimir
Michael Khonsari , Louisiana State University Booser ER ,
Tags: lubrificação automática , a lubrificação dos rolamentos

melhorias om W em formulações de petróleo, sistemas de lubrificação de névoa


de óleo estão se tornando cada vez mais popular em uma variedade de aplicações
onde somente a alimentação oferta limitada de petróleo é necessário. Exemplos
incluem os rolamentos de motores elétricos, bombas e compressores em refinarias
de petróleo e plantas petroquímicas 1; engrenagens, cames, cadeias e superfícies
deslizantes de máquinas em usinas siderúrgicas e de papel e equipamento de uma
gama crescente de outros industriais. Fornecimento para 2 aplicações de construção
compacta névoa unidades também estão disponíveis para uso com motores
elétricos, eixos de máquinas-ferramentas e aplicações semelhantes local.

sistemas de névoa de óleo apresentar uma alternativa atraente, tanto para a graxa
a moderada baixas velocidades e sistemas de circulação de óleo para altas
velocidades e temperaturas elevadas. Adequadamente os sistemas de névoa de
óleo instalado oferecem as seguintes vantagens:

• Nenhuma mudança de óleo e manutenção reduzida


• Redução do consumo de lubrificantes (até 70 por cento em comparação
com lubrificação de cárter)
• Menor atrito e redução da temperatura do rolamento
• entrega Mist pressão bloqueia entrada de contaminantes
• desgaste e maior vida útil Menos de elementos de máquinas
• Menores custos de capital

Novos sistemas de ar óleo / são utilizados em siderúrgicas como alternativas para


névoa de óleo. 3 Para minimizar a perda de névoa perdida para o meio ambiente, o
óleo líquido é injetado a partir de uma bomba volumétrica diretamente no fluxo de
ar. O óleo, injetado em intervalos de tempo, então é impulsionado pelo fluxo de ar
ao longo da linha de alimentação de gotas em um movimento espiral de introduzir
um rolamento como um spray de óleo.

Mist Abastecimento
névoa de óleo é uma mistura aerosol de gotículas de óleo muito pequeno (1-5
mícron) suspenso no ar com o aparecimento de fumaça. Esta névoa é gerada pela
passagem de ar comprimido através de um venturi ou vórtice de óleo do sifão de
um pequeno reservatório central (Figura 1) 4.
Figura 1. Petróleo Geradores Basic Mist

Pressão da entrada de ar é regulada corretamente entregar o óleo. Gotas maiores


do que cerca de 5-7 microns não são facilmente transportadas pela corrente de ar,
portanto, são tipicamente interceptadas por um defletor para o retorno ao
reservatório.

Figura 2. Componentes de um Sistema Típico Oil Mist


A figura 2 ilustra os principais componentes de um sistema típico de névoa de óleo
2.
Inclui uma pressão controlada, o suprimento de ar filtrado, aquecedores para
estabilizar a temperatura do ar e do reservatório de óleo a 130 ° a 170 ° C, um
gerador de névoa e distribuição de canos ou tubos .

A névoa seca inicial gerada, então, flui de 15 a 20 metros / segundo em distâncias


de até 1.000 metros ou mais através de canos, tubos e mangueiras para a entrega
dos cabeçalhos comumente mantida a pressão de uma polegada de coluna d'água-
20 (0,7 psi, 5 kPa ) 6. Se o fluxo se torna turbulento névoa acima de cerca de 24
metros / segundo, a névoa da parede greve gotículas superfícies duras o suficiente
para furar e cair prematuramente fora do fluxo de névoa.

Os primeiros 50 metros de um cabeçalho de entrega deve ser inclinado de volta


para o gerador de névoa para retornar eventuais gotas caindo fora do fluxo de
névoa. Qualquer feed variedades mais e cabeçalhos auxiliar deve então ser
inclinada ou de esgotos ou de volta para o gerador para evitar pontos baixos, onde
o petróleo preso iria interferir com o fluxo de névoa.

Entrega Mist
acessórios Orifice a névoa oferta metros de elementos de máquinas individuais
envolvem um dos três tipos de classificadores na Figura 3.

Figura 3. Conexões Classificador para Aglomerado Belas


Partículas de óleo na névoa seca para gotas maiores em
Wet Mist nos pontos de lubrificação

Um encaixe neblina consiste em um orifício de medição simples para entregar um


spray fino molhado com condensação mínimo. Como este spray fino, em seguida,
encontra-motion rolantes - como na bola ou rolo de rolamentos, engrenagens,
correntes ou cames - as partículas de óleo fino são aglomerados pela ação da
turbulência e maior depósito de gotas molhadas como filmes lubrificantes. A névoa
é comumente alimentado na carcaça de um lado da fila de esferas ou rolos e é
descarregada a partir do lado oposto (Figura 4).
Figura 4. Representante padrão de fluxo de névoa
E rolamentos de rolos

Spray de condensação e acessórios são utilizados para elementos-movimento de


deslizamento. A principal diferença entre os dois tipos é como as partículas da
névoa longas são mantidas em alta velocidade sob condições de fluxo turbulento
para promover a aglomeração das partículas de óleo fino na alimentação névoa
seca. Para lubrificar superfícies de deslizamento, mancais e similares, o wet spray
resultante, em seguida, percorre as superfícies adjacentes em arranjos como os
mostrados na Figura 5.

Figura 5. Lubrificação dos Mancais

Petróleo Requisitos
A Tabela 1 fornece um guia para a quantidade de óleo normalmente alimentados
com vários elementos de máquinas por necessidades de serviço moderado 4.

Esta informação diz respeito aos eixos horizontais com carga unidirecional,
rolamentos em qualquer posição com óleo retida por selos ou metal poroso ou
outros rolamentos auto-lubrificados. Taxas de alimentação na Tabela 1 devem ser
duplicados para serviços pesados, oscilando rolamentos, rolamentos selados
sujeitos a choques de carga com a constante mudança de zona de carga,
rolamentos pré-carregados e eixos não horizontais. 5 Cuidados especiais são
necessários a partir da experiência ou informações relacionadas fornecedor para
velocidades de superfície sobre 600 pés / minuto.

fornecedores de sistemas de lubrificação, construtores e fornecedores de


lubrificantes de máquinas também deve ser consultado para as taxas de
alimentação adequada e especificações de lubrificantes, pois os requisitos variam
para instalações individuais e pode dobrar a velocidade, cargas e temperaturas
acima dos fábrica em aplicações convencionais.

Dois exemplos tirados da experiência em condições de funcionamento suave


ilustrar a pequena quantidade de óleo por vezes necessária aos rolamentos. Um
rolamento de esferas em um elétrico de potência do motor de 10 correu de forma
satisfatória por várias semanas a 3.600 rpm com uma única gota de óleo SAE 10.
Em outro caso, a revista 9 polegadas de um feixe oleada de propulsão do motor da
locomotiva da estrada de ferro foi executado sem falha durante uma hora a 600
rpm, após o pavio lubrificantes foi removido. Pequenas buchas de metal poroso,
impregnado de polímero rolamentos de petróleo são usados frequentemente para a
vida dos aparelhos com nenhuma lubrificação adicional. Em geral, os volumes de
petróleo na Tabela 1 fornecem excesso adequado para uma operação confiável. 7

Máquina Oil Mist


Elemento pés
(Tipo de cúbicos /
montagem) minuto

Esferas e de rolos D = diâmetro do eixo, em


polegadas;
DR/40
rolamentos R = número de fileiras de
(Spray e vapor) esferas ou rolos

Os rolamentos L = comprimento axial,


lisos polegadas;
LD/100
(Condensação e D = diâmetro do eixo,
spray) polegadas

F = largura da face,
polegadas, um passo = D
diâmetro da engrenagem
F (D 1 D + 2 pequena ou engrenagem,
Gears (spray)
+ n D) / 160 polegadas; D 2 = diâmetro
Esporão
F (0,5 D 1 D primitivo da grande
Worm
2) / 80 engrenagem,
polegadas; n D = diâmetro
médio de adicional
artes, polegadas

F = largura da face,
polegadas;
Cames (spray) FD/400
D = max. diâmetro de came,
polegadas
P = passo da corrente ou
coroa, polegadas;
D = diâmetro primitivo da
PDRS 0,5 /
roda dentada pequena ou
Cadeia (spray) 31.000
pinhão, polegadas, R =
Poder WDS 0,5 / 600
número de linhas
Silenciosa mil
de rolos de cadeia, cadeia
Transportadores W (D 0,033
width = W, polegadas;
L) / 170
S = rpm do pinhão pequeno,
L = comprimento da cadeia,
polegadas

Slides e chavetas
A = max. área de contato,
(Sem A/800
polegadas quadradas
condensação)

Maneiras
(Sem AS/400 A = max. área de contato,
condensação) polegadas quadradas

Para a alimentação de neblina com uma densidade padrão de


cerca de 0,4 em 3 de óleo por hora / de pés cúbicos de ar por
minuto.

A Tabela 1. Requisitos para névoa de óleo


Moderado Condições de Operação

escolha do óleo é feita normalmente para atender aos requisitos de lubrificação da


máquina elementos mais exigentes. Enquanto os graus de viscosidade ISO até
1000 e superior podem ser utilizados, sistemas de névoa muitos empregam um
óleo de engrenagem mineral na ISO VG68 para VG460 faixa de viscosidade (68-
460 cSt a 40 ° C) com antidesgaste, anticorrosivo, e de extrema pressão.

problemas do passado com cera e separação aditivo a partir de óleos de névoa são
evitadas usando óleos básicos naftênicos, e não usando aditivos de óleo que pode
ser depositado sobre a contaminação da água encontrando.

óleos Mist também contêm aditivos especiais para melhorar a atomização,


promover a condensação em superfícies de giro, e para reduzir e desviar névoa de
nebulização nas redondezas. Estas formulações neblina normalmente fornecem 20
a 30 por cento do petróleo utilizável entrega mais de óleos minerais normal. óleos
para motores automotivos não deve ser usado porque sua mistability varia muito.

Com a sua lubrificação necessidades inferiores, rolamentos em motores elétricos e


bombas relacionados geralmente utilizam um óleo tendo de 100 a 150 cSt (40 ° C)
para uso no verão e 32 cSt para os meses mais frios. pés cúbicos mínimo / minuto
de névoa a ser alimentada a cada rolamento é especificado pelos EUA Motors como
D (polegadas de diâmetro do eixo) x R (linhas de bolas) / 20 com névoa de cerca
de 0,4-0,65 centímetros cúbicos de óleo / hora / padrão cúbicos pés por minuto
(scfm) do fluxo aéreo.

Limitações
Embora os sistemas de nebulização reduziram dramaticamente os problemas de
manutenção e operação, estabelecendo taxas de fluxo em um sistema revelou-se
problemático e os seguintes detalhes geralmente necessitam de atenção:

• O fluxo de ar nas linhas de alimentação devem ser mantidos laminar,


abaixo de aproximadamente 24 metros / segundo, porque o petróleo faz
com que partículas de turbulência ao impacto da parede do tubo e ser
removido da corrente de ar antes de atingir os pontos de entrega. Em
baixas velocidades anormalmente, por outro lado, as gotas de óleo pode
também estabelecer-se precocemente.
• O desempenho é sensível à temperatura. Mesmo quando não é necessária
por razões de viscosidade, os aquecedores são frequentemente utilizados
para estabilizar o óleo / relação de ar sob grande variação de temperatura
ambiente. Quando usado, aquecedores de ar são geralmente
acompanhadas de aquecedores de reservatório de petróleo.
• névoa envolve riscos ambientais. As linhas de ventilação são necessários
em pontos de lubrificação para a recolha de névoa de rua que não tenha
sido classificado. OSHA estado requisitos que, em um período de oito horas,
uma pessoa pode ser exposta a um máximo de cinco miligramas de óleo por
metro cúbico de ar.