Você está na página 1de 5

MP - SIGAFIN - SISPAG- Como

configurar layout Sispag para tratar


Segmento N
Atualizado em:
28 de abril de 2021 12:58
Seguir
Dúvida
Como configurar layout Sispag para tratar Segmento N?

Ambiente
Microsiga Protheus – Financeiro – A partir da versão 11.80

Solução
Através da rotina SISPAG é possível configurar um tipo de layout que permite
processar no mesmo arquivo de retorno diferentes tipos de tributos.
A partir do parâmetro MV_DIFPAG com conteúdo: .T. (verdadeiro), o sistema
realiza tratamento de formas diferentes para cada tipos de tributos. Caso o
parâmetro esteja configurado com .F.(Falso), o sistema permitirá somente uma
configuração para cada arquivo de retorno, não diferenciando as configurações
dos tipos de tributos.
Além do parâmetro citado, é necessário adicionar na configuração
do Segmento N os campos correspondentes na imagem abaixo com os
valores das posições iniciais e finais de cada campo, baseado no manual
de layout de arquivos do Banco  :
Para criar Segmento N no layout Sispag, acesse Configurador (SIGACFG)
> Ambiente > Cadastro > Sispag (CFGX044) > Novo:
 

Para configurar o Segmento N para outros bancos não recomendamos utilizar


a rotina FINA300 (SISPAG), pois esta rotina foi desenvolvida para atender o
Sistema de Pagamento do Banco Itaú no qual foi denominado
de SISPAG (produto exclusivo do banco Itaú). E o SISPAG também é
um Modelo 2 (240 posições), porém a rotina FINA300 possui particularidades
e estrutura  que atende exatamente o sistema de pagamento do banco Itaú.
Portanto, pode ocorrer da rotina não processar arquivos ou layout que não
sejam do banco Itaú. A Totvs recomenda que arquivos de configurações
de Cnab Modelo 2 (240 posições) de outros bancos, sejam utilizados as
rotinas: FINA420 para gerar a remessa de pagamento e FINA430 para realizar
o retorno de pagamento.
Para configurar o Segmento N para demais bancos deve utilizar a
rotina Cnab Modelo 2 (CFGX049) e devido limitação da rotina não é possível
no padrão configurar Segmento N em um único arquivo diferentes tipos de
tributos, ou seja, no padrão deve-se configurar um layout para cada tributo.

 
 
 
Importante:
Segue abaixo um modelo de SISPAG.
MP - SIGAFIN - CNAB - SISPAG -
Existem variáveis e funções que
possam ser utilizadas na
configuração de CNAB/SISPAG
Atualizado em:
28 de abril de 2021 12:58
Seguir
Dúvida
Existem variáveis e funções que possam ser utilizadas na configuração de
CNAB/SISPAG?

Ambiente
Microsiga Protheus – Financeiro – A partir da versão 12

Solução
Funções CNAB:
. MOD10 → Calcula o digito verificador de uma seqüência de números baseado
no módulo 10.
. VLDCODBAR → Valida o Código de Barras ou Linha Digitável.
. SOMAVALOR → É composta pelo conteúdo dos
campos: Saldo + Acréscimo - Decréscimo. Obs: Função disponível para
Cobrança e Pagamentos ( mesmo conceito para variável "nSomaValor").
. INCREMENTA → Incrementa um a um, à determinado Número:
. NOSSONUM → Retorna digito de controle.
. NUMTITULO → Função de busca por chave única
(Prefixo+Número+Parcela+Tipo+Fornecedor) - Utilizada Somente em CNAB de
Pagamentos.
. GRAVADATA → Retorno de um campo data com formatos diferentes
conforme parametrização desejada.
. SOMAABAT → Calcular o total de abatimentos do título.
. SUBSTR → Extrai uma parte de uma cadeia de caracteres.
. STRZERO → A partir de um numérico esta função retorna uma string
formatada, inserindo zeros à esquerda.
. MODULO11 → Calcula dígito verificador do Nosso Numero.
. CNABCED → Retorna o cedente/beneficiário do boleto bancário:
 CNABCED - Retorna o cedente/beneficiário do boleto bancário.

 
Funções SISPAG
SomaValor() – Valor do Lote
SomaVal1() – Valor do Lote - Abatimentos
Fa240Lin() – Retorna o total de linhas do arquivo
FA240Lote() – Retorna o número do lote
Variáveis CNAB
· TITULO → Referência utilizada para encontrar o número do título no Banco
de dados - Ex: Conteúdo definido nas posições "001009" do arquivo de retorno,
devem ser iguais ao  E2_IDCNAB.
· ABATIMENTO → Referência ao Abatimento aplicado no título.
· ESPECIE → Referência à descrição da tabela 17 na SX5. Ex: "01" - DP.
· MULTA → Referência ao valor de Multa aplicado no título.
· OCORRENCIA → Referência ao código da ocorrência cadastrada na tabela
SEB.
· IOF→ Referência ao valor de IOF cobrado.
· DATA → Referência à data da ocorrência. Ex: Ocorrência "06" - Baixa de
título - Data: 01/01/2018 - A data da baixa é 01/01/2018.
· OUTROSCREDITOS → Referência à créditos aleatórios.
· VALOR → Referência ao valor do título a ser processado.
· DATACREDITO → Referência à data de disponibilidade do valor cobrado ou
do valor pago.
· DESPESA → Referência à despesa de cobrança. (Valor cobrado pelo banco).
· MOTIVO → Referência ao motivo da ocorrência retornada pelo banco. (Usada
geralmente quando á ocorrência é de rejeição).
· DESCONTO → Referência ao valor de desconto aplicado no título.
· NOSSONUMERO → Referência ao número disponível para identificação do
título.
· JUROS → Referência ao valor de Juros aplicado no título.
· RESERVADO →Esse campo é informado a variável título no arquivo de
configuração de retorno.
· SEGMENTO → Definição do Segmento utilizado em cada registro.
. CGC → Referência ao CPF/CNPJ do Fornecedor / Sacador.
. CODBAR → Referência ao Código de Barras do título (Geralmente utilizado
com autenticação do segmento Z).
. SEGJ52 → Referência ao detalhamento do segmento J-52.
. IDENT REG OPCIO → Referência ao identificado de registro opcional. Ex:
Detalhe Tipo 5.
 
Variáveis SISPAG
cNumBor – Número do Borderô.
nSomaValor – Total Lote.
nSomaAbat – Total Abatimentos.
nSomaAbLot – Total Abatimentos Lote.
nSomaAcres – Total Acréscimos.
nSomaDecre – Total Decréscimos.
nRegSeq – Numero sequencial do Arquivo.
nRegLote - Numero sequencial do Lote.

Saiba mais
 Página Centralizadora do CNAB
 Como Parametrizar o sistema para a geração do CNAB
 Principais mensagens do CNAB

Você também pode gostar