Você está na página 1de 6

CIÊNCIAS DA NATUREZA

E SUAS TECNOLOGIAS
Frente: Biologia I
EAD – MEDICINA
Professor(a): Lásaro Henrique

AULA 06

Assunto: Tecidos Conjuntivos – Parte II (Tecido Cartilaginoso e Tecido Ósseo

púbica, nos discos articulares das articulações dos joelhos e em certos


locais onde os tendões se ligam aos ossos. Geralmente, a presença
Resumo Teórico de fibrocartilagem indica que naquele local o tecido precisa resistir à
compressão e ao desgaste.

Tecido Conjuntivo Cartilaginoso Cartilagem Elástica


Esta é uma cartilagem na qual a matriz contém fibras elásticas
O tecido cartilaginoso, outra modalidade de tecido conjuntivo,
e lâminas de material elástico, além das fibrilas de colágeno e da
origina-se do mesênquima. Suas características morfológicas obedecem
substância fundamental. O material elástico confere maior elasticidade
ao plano geral dos tecidos de natureza conjuntiva e tem como função
à cartilagem, como a que se pode ver no pavilhão da orelha. A presença
a sustentação. O tecido cartilaginoso é constituído por três tipos de
desse material elástico (elastina) confere a esse tipo de cartilagem uma
cartilagem: a cartilagem hialina, a cartilagem fibrosa e a cartilagem
cor amarelada, quando examinado a fresco. Ela pode ser encontrada
elástica. Em todas elas encontram-se células esféricas ou ovoides
no pavilhão da orelha, nas paredes do canal auditivo externo, na tuba
contidas em lacunas, chamadas condroblastos, situadas dentro da
auditiva e na laringe. Em todos estes locais há pericôndrio circundante.
substância intercelular, que recebe o nome de matriz cartilaginosa.
Diferentemente da cartilagem hialina, a cartilagem elástica não se
As células são denominadas condrócitos.
calcifica.
O condrócito tem forma globosa a ovoide, contendo um
núcleo que acompanha sua forma e um citoplasma, vacuolizado, em
cortes corados pela H.E, o que corresponde à imagem negativa de
Tecido Conjuntivo Ósseo
gordura. A célula jovem, chamada condroblasto, apresenta-se em O tecido ósseo é uma forma especializada de tecido conjuntivo
franca atividade de síntese com um retículo endoplasmático rugoso constituído por células e por uma matriz extracelular, que possui a
(RER) e complexo de Golgi bastante desenvolvidos. A membrana emite característica única de mineralizar. A mineralização da matriz confere
curtos e finos microvilos e a célula ocupa totalmente seu condroblasto. a este tecido uma extrema dureza, permitindo-lhe desempenhar
No condrócito maduro observam-se poucas organelas, acúmulo de importantes funções de sustentação e proteção. Por sua vez, a matriz
lipídios em seu citoplasma e, em certos casos, reserva de glicogênio. Os colagênica proporciona-lhe certa maleabilidade fornecendo-lhe
finos e curtos microvilos estão presentes e a célula continua ocupando algumas possibilidades de extensão e flexão.
todo o condroblasto. A matriz óssea representa, também, o maior reservatório de
A matriz cartilaginosa é rica em glicoproteínas, tipo íons minerais do organismo, particularmente de cálcio e fósforo,
condroitin-sulfatos, contém fibras colágenas (hialina), fibras elásticas participando ativamente na manutenção da homeostase dos níveis de
(elástica) e feixes colágenos (fibrosa). cálcio no sangue e, consequentemente, em todos os fluidos tissulares,
condição essencial para a preservação da vida.
Cartilagem Hialina As funções de suporte estrutural e a de reserva metabólica
estão, em condições fisiológicas, num equilíbrio estável. Porém, no
Essa cartilagem forma o esqueleto inicial do feto; é a precursora caso de existir uma alteração deste equilíbrio, a função estrutural é
dos ossos que se desenvolverão a partir do processo de ossificação sempre sacrificada em favor da metabólica.
endocondral. Durante o desenvolvimento ósseo endocondral, a Apesar do seu aspeto aparentemente inerte, os ossos são estruturas
cartilagem hialina funciona como placa de crescimento epifisário e altamente dinâmicas, crescem, remodelam-se e mantêm-se ativos durante
essa placa continua funcional, enquanto o osso estiver crescendo toda a vida do organismo. Esta permanente reorganização do tecido
em comprimento. No osso longo do adulto, a cartilagem hialina está ósseo é levada a cabo por diversas células ósseas, que assumem
presente somente na superfície articular. No adulto, também está várias formas e funções e que, no seu conjunto, constituem a série
presente como unidade esquelética na traqueia, nos brônquios, na osteoblástica e a série osteoclástica, responsáveis pela constante
laringe, no nariz e nas extremidades das costelas (cartilagens costais). formação, reabsorção, reparação e manutenção da microarquitetura
óssea.
Fibrocartilagem ou Cartilagem Fibrosa Para que a massa óssea se mantenha constante e células tão
diversas como os osteoblastos e osteoclastos estejam, sob um ponto
A cartilagem fibrosa ou fibrocartilagem é um tecido com
de vista funcional, intimamente associadas no tempo e no espaço, é
características intermediárias entre o conjuntivo denso e a cartilagem
necessária a existência de uma completa coordenação e integração
hialina. É uma forma de cartilagem na qual a matriz contém feixes
dos eventos celulares, que caracterizam o processo de remodelação
evidentes de espessas fibras colágenas. A fibrocartilagem está
óssea, de modo a manter-se um equilíbrio perfeito.
caracteristicamente presente nos discos intervertebrais, na sínfise

F B O NLINE.COM.BR OSG.: 118277/17

//////////////////
Módulo de Estudo

Assim, julgamos pertinente e justificado, recordar aqui alguns


conceitos, necessariamente breves, sobre a biologia e dinâmica do Células de
tecido ósseo. Osteoblastos revestimento
Ósseo
• Células do Tecido Ósseo
O tecido ósseo é, sob um ponto de vista celular constituído,
apenas, por duas linhas celulares. As populações de células
assumem diversas formas e designações, com base na sua diferente
Prolongamento
morfologia, atividade e localização em relação à matriz calcificada. Osteoide dos osteocitos
Estas células podem ser agrupadas em duas séries diferentes: células
da linha osteoblástica, responsáveis pelo processo de formação da
matriz óssea e células da linha osteoclástica, relacionadas com a Osteocitos
sua reabsorção.

• Osteoblastos MATRIZ
Os osteoblastos tornam-se maduros quando atingem a ÓSSEA
superfície óssea e apresentam-se, então, como células cúbicas,
altamente polarizadas, dispostas em paliçada (frequentemente Osteócitos
designadas por epitélio osteoide). Entre estas células formam-se
junções comunicantes (gap junctions), que são fundamentais para a Os osteócitos apresentam uma morfologia muito típica e
ligação e comunicação entre células adjacentes. uma organização tridimensional muito intrincada, encontrando-se
Os osteoblastos maduros são células sem capacidade de divisão, estrategicamente colocados e regularmente espaçados no interior de
mas metabolicamente muito ativas. toda a matriz mineralizada.
Dentre as proteínas sintetizadas pelos osteoblastos estão o Os osteócitos são células altamente ramificadas, localizadas
colágeno tipo I e proteínas não colagênicas como a osteopontina, nas suas lacunas ósseas, comunicando entre si e com as células da
a osteocalcina e a sialoproteína óssea, entre outras. Estas superfície óssea através de uma rede de canalículos, que contêm os
proteínas não colagênicas têm uma importância fundamental seus numerosos prolongamentos citoplasmáticos e que permitem a
no processo de mineralização, ou seja, na ligação do colágeno passagem de nutrientes e de muitas outras substâncias. A vida do
aos cristais minerais de hidroxiapatita. Ainda neste contexto, é osteócito depende deste processo de difusão de nutrientes e a vida
necessário sublinhar o fato dos osteoblastos sintetizarem muitos da matriz óssea depende do osteócito.
e variados fatores de crescimento, que ficam incorporados na Os prolongamentos celulares dos osteócitos situados no interior
matriz óssea, desempenhando um papel determinante, tanto na dos canalículos encontram-se, também, interligados por junções
formação de tecido ósseo como na diferenciação e na atividade comunicantes (gap junctions), apresentando uma profunda analogia
dos osteoclastos. com a rede «neuronal» que se observa no tecido nervoso.

Osteoclastos
Os osteoclastos desempenham uma função essencial na
remodelação e na renovação do tecido ósseo.
Os osteoclastos são células gigantes multinucleadas altamente
especializadas nos processos de reabsorção da matriz óssea,
desenvolvendo, para este fim, uma eficaz e complexa maquinária
(que lhes confere características e capacidades únicas). Podem ser
observados nas superfícies ósseas, principalmente no endósteo e,
ocasionalmente, na superfície do periósteo. A região óssea que está a
ser reabsorvida apresenta a forma de uma cripta ou lacuna, recebendo
a designação de lacuna de Howship.

Osteoblastos (Ob) na periferia de uma trabécula óssea em formação. Mineralização


É visível, também, a presença de osteoide (Ot) e de matriz mineralizada.
A parte inorgânica representa cerca de 50% do peso da
Os osteoblastos são responsáveis não só pela formação da matriz óssea. Os íons mais encontrados são o fosfato e o cálcio. Há
matriz óssea, mas também pela sua mineralização. De fato, o tecido também bicarbonato, magnésio, potássio, sódio e citrato em pequenas
ósseo é constituído por uma fase mineral, formada essencialmente por quantidades. O cálcio e o fósforo formam cristais que estudos de
cristais de fosfato de cálcio, sob a forma de hidroxiapatita, que assenta difração de raios-X mostraram ter a estrutura da hidroxiapatita.
numa organizada matriz colagênica (fase orgânica). A combinação da A parte orgânica da matriz é formada por fibras colágenas
fase mineral e da fase orgânica confere ao tecido ósseo propriedades (95%) constituídas de colágeno do tipo I e por pequena quantidade
biomecânicas únicas. de proteoglicanas e glicoproteínas adesivas.
Terminado o período de secreção ativa, os osteoblastos A associação de hidroxiapatita com fibras colágenas é
achatam-se e transformam-se em células de revestimento ósseo ou responsável pela dureza e resistência do tecido ósseo. Após a remoção
em osteócitos, podendo desaparecer do local de formação óssea, do cálcio, os ossos mantêm sua forma intacta, porém, tornam-se tão
provavelmente por apoptose. flexíveis quanto os tendões.

F B O NLINE.COM.BR 2 OSG.: 118277/17

//////////////////
Módulo de Estudo

03. (UFRGS/2015) O tecido ósseo é o principal constituinte dos ossos.


Em relação a esse tecido, é correto afirmar que
A) os compostos minerais do tecido ósseo são responsáveis por
sua flexibilidade.
B) o disco epifisário é a estrutura a partir da qual ocorre o
perónio crescimento dos ossos longos.
C) o osso não apresenta sensibilidade devido à ausência de fibras
nervosas.
D) os osteoblastos são estimulados por um hormônio das
glândulas paratireoides para a remoção de cálcio do sangue.
E) os osteoclastos formam osso novo para preencher o espaço
deixado pelos osteoblastos.

04. (Unisc/2015) Os aparelhos ortodônticos exercem forças diferentes


daquelas a que os dentes estão naturalmente submetidos. Nos
pontos em que há pressão ocorre reabsorção óssea, enquanto
desmoneralizado sem colagénio no lado oposto há deposição. Desse modo, o dente é deslocado
Algumas características físicas apresentadas por um osso processado por
na arcada dentária, à medida que o osso alveolar é remodelado.
desmineralização e por calcinação. O perônio desmineralizado permite o Este é um exemplo da plasticidade do tecido ósseo, apesar das
enrolamento em forma de “nó de gravata”, sem se fraturar. características de rigidez deste tecido.
Se a matriz orgânica for removida (sem colágeno, calcinação do osso), perde a O processo de reabsorção acima descrito ocorre através da
elasticidade, tornando-se frágil perante deformações e traumatismos diretos.
atividade dos
A) fibroblastos. B) condroblastos.
C) osteoblastos. D) osteócitos.
E) osteoclastos.
Exercícios
05. (UEPB/2014) Além da sustentação corporal, uma função
importante dos ossos é servir de reservatório de cálcio para o
01. (Uece/2016) Relacione os tipos de células do tecido ósseo com organismo. Apesar de a maior parte da população não demonstrar
suas respectivas funções, numerando a Coluna II de acordo com preocupação com os próprios ossos, além do cuidado para não
sofrer fraturas, algumas doenças podem atingir estes órgãos,
a Coluna I.
como, por exemplo, a osteoporose. Sobre a(s) causa(s) desta
Coluna I doença são apresentadas para análise as seguintes proposições:
1. Osteócitos. I. A osteoporose pode ter como causa a produção excessiva de
2. Osteoblastos. paratormônio, secretado pelas glândulas paratireoideas, que
3. Osteoclastos. estimula o aumento do número de osteoclastos, o que ocasiona
degeneração da matriz óssea, com consequente fraqueza dos
Coluna II ossos;
( ) Produção da região orgânica da matriz óssea. II. Apesar de ser importante na manutenção do tônus muscular,
( ) Reabsorção óssea. o exercício físico não traz nenhum beneficio para os ossos,
( ) Manutenção da matriz óssea. uma vez que a osteogênese é controlada apenas pela ação
A sequência correta, de cima para baixo, é hormonal;
A) 3, 1, 2 III. A osteoporose pode ter como causa a deficiência de vitamina A,
B) 2, 3, 1 já que esta é importante na regulação do equilíbrio entre as
atividades de osteoblastos e osteoclastos: em indivíduos que
C) 1, 2, 3
apresentam deficiência desta vitamina, a ação dos osteoclastos
D) 1, 3, 2
suplanta a dos osteoblastos e o osso enfraquece.
02. Ao examinar cinco tipos de tecidos animais expostos um aluno Está(ão) correta(s) apenas a(s) proposição(ões)
relacionou três características de um deles. A) III B) I
I. Possuem várias unidades microscópicas formadas por camadas C) II D) I e III
de minerais depositados ao redor de canais contendo vasos E) II e III
sanguíneos e nervos;
II. Suas células ficam em uma matriz rica em fibras colágenas e 06. (Udesc/2014) O tecido cartilaginoso pode ser encontrado na
fosfato de cálcio, dentre outros minerais; orelha, no nariz, na traqueia e nas articulações e possui algumas
III. Células localizadas um pouco distantes umas das outras, por características que são comuns aos demais tecidos conjuntivos.
secretarem a matriz extracelular. Analise as proposições abaixo, quanto ao tecido cartilaginoso.
I. As células jovens do tecido cartilaginoso são chamadas de
Assinale a alternativa que identifica corretamente esse tecido. condroblastos e as células adultas de condrócitos;
A) Ósseo. II. As fibras colágenas e as fibras elásticas, em associação com proteínas
B) Cartilaginoso. e carboidratos, conferem consistência e flexibilidade ao tecido;
C) Conjuntivo propriamente dito. III. O tecido cartilaginoso adulto é calcificado e apresenta os canais
D) Muscular. de Havers, responsáveis pela nutrição das células;
E) Nervoso. IV. A abundância de glândulas mucosas, nervos e vasos sanguíneos
permite a fácil regeneração deste tecido.

OSG.: 118277/17
3 F B O N L I NE .C O M . B R
//////////////////
Módulo de Estudo

Assinale a alternativa correta. 10. (PUC-PR/2007) Associe o tipo de tecido animal à sua correlação:
A) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras. (1) Tecido ósseo compacto
B) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras. (2) Tecido ósseo esponjoso
C) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. (3) Cartilagem hialina
D) Somente as afirmativas I e IV são verdadeiras. (4) Cartilagem elástica
E) Todas as afirmativas são verdadeiras. (5) Cartilagem fibrosa
( ) Ocorre nos pontos de ligação do tendão do osso.
07. (Unicamp/2012) A osteoporose, principal causa de quedas entre
( ) É formado por sistemas organizados.
idosos, é resultado da perda gradual da densidade da matriz óssea,
( ) Ocorre na epiglote e pavilhão auditivo.
que é remodelada por osteoblastos e osteoclastos. Segundo os
( ) É formada por trabéculos.
especialistas, a prevenção contra a osteoporose deve começar
( ) Constitui o primeiro esqueleto fetal.
na infância, com alimentação rica em cálcio e em vitamina D,
exposição diária ao sol e exercícios físicos. Sobre os vários fatores Assinale a sequência correta:
envolvidos na formação do osso, é correto afirmar que A) 4, 2, 3, 1, 5 B) 5, 3, 2, 1, 4
A) a fixação do cálcio no tecido ósseo depende da presença de C) 1, 5, 4, 2, 3 D) 5, 1, 4, 2, 3
vitamina D, cuja síntese é diminuída em indivíduos que têm o E) 5, 4, 1, 3, 2
hábito de tomar sol.
B) o excesso de vitamina C pode levar à diminuição da densidade óssea, 11. (CFTMG/2013) Os aparelhos ortodônticos são utilizados para
pois essa vitamina causa degradação das moléculas de colágeno. alinhar a dentição que apresenta problemas. O posicionamento
C) os osteoblastos e os osteoclastos são células responsáveis, correto dos dentes nas arcadas, a partir do uso desses aparelhos,
respectivamente, pela captura de cálcio e pela absorção de depende principalmente do processo de
vitamina D. A) reabsorção óssea.
D) os osteoblastos e os osteoclastos são células responsáveis, B) multiplicação epitelial.
respectivamente, pela produção e pela degradação de C) diferenciação glandular.
componentes da matriz óssea. D) reorganização muscular.

08. (UPE/2011) Analise a figura de um corte histológico de um tipo especial 12. Hoje em dia não se pode falar em medicina esportiva sem falar em
de tecido conjuntivo e as suas características descritas no texto. ressonância magnética, especialmente no diagnóstico das lesões
das articulações. O joelho, por exemplo, é uma das articulações
que mais preocupam preparadores físicos e esportistas, pois os
afastamentos por lesões costumam tirar os atletas de circulação
por vários meses.
O joelho constitui uma das maiores e mais complexas articulações
do corpo humano, pois é formado por ossos, tendões, cartilagens,
meniscos e ligamentos que permitem a movimentação, a
estabilidade e a resistência para suportar, aproximadamente, 70%
do total da massa corporal.
Assim, baseado no exame de ressonância magnética do joelho de
um atleta, que apresentava perfeitas condições nessa articulação,
um médico fez os esquemas A e B, conforme a figura.
Sônia Lopes, 2006 vol I. Ed. Saraiva. Disponível em: <http://aparelholocomotor.blogspot.com/>.
Acesso em: 10.09.2010. Adaptado)
É um tipo de tecido conjuntivo de consistência rígida, que tem
função de sustentação e de revestimento de superfícies articulares.
Suas células, condrócitos e condroblastos são responsáveis pela
Tendão patelar
Fêmur
formação das fibras colágenas e da substância intercelular,
denominada de matriz
Assinale a alternativa que indica corretamente o tecido correspondente:
A) Tecido adiposo. B) Tecido cartilaginoso.
C) Tecido epitelial. D) Tecido ósseo.
E) Tecido sanguíneo.

09. (Cesgranrio/2010) Dos vários tipos de colágeno presentes no corpo


humano, o colágeno do Tipo I é o mais abundante. Uma doença Menisco
genética caracterizada por problemas na produção de colágeno
do Tipo I é a chamada Osteogenesis Imperfecta, ou doença dos
ossos de cristal. Pessoas acometidas dessa doença apresentam
fragilidade óssea, ossos curvados e baixa estatura, entre outros
sintomas. Os acometimentos do tecido ósseo na Osteogenesis Tíbia
Imperfecta se devem ao fato de que o colágeno Ligamento
A) promove a multiplicação dos osteoblastos. colateral Fíbula
B) permite que os osteoclastos não fagocitem. B
A fibular
C) faz parte da matriz extracelular do osso.
D) forma depósitos cristalinos de fosfato de cálcio. Visão lateral da articulação do joelho:
(A) não flexionado e (B) flexionado
E) preenche as trabéculas de ossos esponjosos.

F B O NLINE.COM.BR 4 OSG.: 118277/17

//////////////////
Módulo de Estudo

Sobre os componentes estruturais dos esquemas A e B, assinale Resoluções


a alternativa correta.
A) O tendão patelar é formado por tecido conjuntivo denso, rico
em fibras colágenas muito compactadas. 01. A sequência correta na coluna II, de cima para baixo, é: 2, 3 e 1.
B) Os meniscos são formados por células cartilaginosas, os
condrócitos, que produzem hemácias e leucócitos. Resposta: B
C) Os ligamentos são cordões cartilaginosos desprovidos de vasos
sanguíneos e muito ricos em fósforo. 02. As características apresentadas são típicas do tecido ósseo.
D) Os tendões e os ligamentos unem os ossos e os meniscos aos
músculos da perna e do joelho. Resposta: A
E) Os meniscos são estruturas adiposas e flexíveis localizadas entre
a tíbia e o fêmur. 03. Os ossos longos crescem nas extremidades onde se localizam as
cartilagens de crescimento, regiões denominadas discos epifisários.
13. Tecidos biológicos são unidades cooperativas de células similares
que desempenham uma função específica. Considere as Resposta: B
afirmações a seguir sobre diferentes tipos de tecido:
I. O tecido cartilaginoso é muito vascularizado; 04. Os osteoclastos são as células responsáveis pela reabsorção da
II. O tecido sanguíneo é formado por células e plasma; matriz do tecido ósseo.
III. O tecido epitelial cobre a superfície do corpo e dos órgãos internos;
IV. O músculo esquelético é composto por fibras musculares lisas Resposta: E
e estriadas;
V. O tecido nervoso se origina da ectoderma. 05. (II) Falsa. O exercício físico contribui decisivamente para a
Está correto o que é afirmado somente em manutenção do vigor ósseo.
A) I, II e III B) II, III e V
C) I, IV e V D) I, III e IV Resposta: D

• Texto para a próxima questão. 06. (III) Incorreta. O tecido cartilaginoso é pouco calcificado.
Os canais de Havers aparecem no tecido ósseo.
A(s) questão(ões) refere(m)-se à figura abaixo, que mostra os (IV) Incorreta. O tecido cartilaginoso não apresenta glândulas
diversos tipos de tecidos encontrados no braço humano. mucosas, é pouco inervado com vascularização sanguínea escassa.
Por esses motivos, esse tecido não se regenera facilmente.

2 Resposta: C
1
3
07. A atividade dos osteoblastos produz novas células ósseas, bem
como a secreção da matriz óssea calcificada. Os osteoclastos
são células especializadas na destruição da matriz óssea.
A remodelagem e a manutenção da densidade óssea ocorrem
pela atividade equilibrada dos osteoblastos e dos osteoclastos.

Resposta: D

4 5 6 08. A imagem mostra um corte histológico do tecido cartilaginoso.


7
Trata-se da cartilagem hialina, que reveste as superfícies articulares.

Disponível em: <http://www.sobiologia.com.br>. Acesso em: 20 jul. 2010. Resposta: B

14. Os tecidos 6 e 7 possuem em comum 09. O tecido ósseo é um tipo especial de tecido conjuntivo, cujas
A) plasma entre as células. células ósseas ficam encerradas numa matriz extracelular rica em
B) estrutura celular semelhante. fibras de colágeno e fosfato de cálcio.
C) substância intercelular abundante.
D) organelas citoplasmáticas ausentes. Resposta: C

15. (UFRRJ/2006) Tal como acontece com os animais, os vegetais 10. A cartilagem hialina encontra-se na composição do primeiro
superiores também apresentam células com uma organização esqueleto fetal, enquanto a cartilagem elástica fica situada no
estrutural formando tecidos. Existe uma certa analogia entre pavilhão auditivo.
alguns tecidos vegetais e determinados tecidos animais.
Resposta: D
Esta analogia existe entre
A) o esclerênquima encontrado nos vegetais e tecido ósseo dos animais.
11. O funcionamento dos aparelhos ortodônticos durante o
B) o tecido suberoso dos vegetais e o tecido sanguíneo dos animais.
reposicionamento dos dentes nas arcadas depende principalmente
C) os vasos liberianos dos vegetais e o tecido ósseo dos animais.
de reabsorção óssea.
D) os canais laticíferos dos vegetais e a epiderme dos animais.
E) o colênquima dos vegetais e o tecido muscular liso dos animais. Resposta: A

OSG.: 118277/17
5 F B O N L I NE .C O M . B R
//////////////////
Módulo de Estudo

12. Os meniscos são formados por cartilagem fibrosa (fibrocartilagem).


O tecido cartilaginoso é pouco vascularizado e não produz
as células do sangue. Os ligamentos são formados por tecido
conjuntivo propriamente dito denso modelado. Os tendões unem
os músculos aos ossos.

Resposta: A

13. O tecido cartilaginoso é um tipo de tecido conjuntivo pouco


vascularizado. O músculo esquelético é formado por fibras
musculares multinucleares e estriadas.

Resposta: B

14. Os tecidos conjuntivos apresentam substância intercelular


abundante. O tecido cartilaginoso que reveste as articulações
(6) e o tecido sanguíneo (7) que irriga e nutre todos os tecidos e
órgãos do corpo humano.

Reposta: C

15. O tecido ósseo e o esclerênquima realizam a mesma função


adaptativa em seus organismos: sustentação.

Resposta: A

SUPERVISOR/DIRETOR: Marcelo Pena – AUTOR: Lásaro Henrique


DIG.: Raul – REV.: Jarina

F B O NLINE.COM.BR 6 OSG.: 118277/17

//////////////////