Você está na página 1de 20

UNIVERSIDADE PAULISTA

NOME DO ALUNO
RA XXXXXXX

NOME DA EMPRESA ANALISADA


PIM IV

NOME DA CIDADE
20
UNIVERSIDADE PAULISTA
NOME DO ALUNO
RA XXXXXXX

NOME DA EMPRESA ANALISADA


PIM IV

Projeto Integrado Multidisciplinar IV para


obtenção do título de Tecnólogo em
Gestão de Recursos Humanos apresentado
à Universidade Paulista – UNIP.
Orientador: XXXXXXXXXXXXXXXXX

NOME DA CIDADE
20
RESUMO

No resumo não deve haver parágrafos, o conteúdo deve estar escrito como texto corrido, em
parágrafo único. O resumo deve apresentar as informações mais importantes do trabalho,
como: objetivo, descrição breve dos itens investigados neste PIM (nesse ponto pode-se
elencar as disciplinas e o que será investigado com relação a cada uma) e qual a metodologia
da pesquisa, que no PIM costuma ser pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo. O objetivo
do resumo é fornecer informações que permitam ao leitor perceber se o trabalho interessa ou
não. Pode-se fazer uma breve apresentação da empresa, com nome, localização e ramo de
atuação. Não deve haver qualificação da empresa, isto é, mencionar que é líder de mercado,
uma boa empresa ou informações do tipo. Opiniões só podem ser inseridas na conclusão do
trabalho. O resumo não deve ter mais de 500 palavras e sua apresentação se aproxima deste
exemplo.
Palavras-chave: deve – haver – entre – 3 e 5 – palavras
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO..........................................................................................................00
2. ANÁLISE MERCADOLÓGICA DA EMPRESA VIA VAREJO S.A.........................00
2.1 Descrição organizacional.......................................................................................00
2.1.1 Breve histórico.......................................................................................................00
2.2 Diagnóstico do ambiente de marketing........................................................................00
2.3 Segmentação de mercado...................................................................................................00
3. COMPOSTO DE MARKETING................................................................................00
3.1 Produto..................................................................................................................00
3.1.1 Níveis de produto...................................................................................................00
3.1.2 Ciclo de vida do produto........................................................................................00
3.1.3 Matriz BCG............................................................................................................00
3.1.4 Elementos do produto.............................................................................................00
3.2 Preço...................................................................................................................................00
3.3 Praça (distribuição).............................................................................................................00
3.4 Promoção (comunicação)...................................................................................................00
4. MARCA.....................................................................................................................00
5. CONTABILIDADE.....................................................................................................00
6. DINÂMICA DAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS....................................................00
7. PROPOSTA.............................................................................................................00
8. REFERÊNCIAS.........................................................................................................00
ANEXO........................................................................................................................00
1. INTRODUÇÃO

Introdução é a parte inicial do texto, na qual deve constar a delimitação do assunto


tratado de forma breve e objetiva.
Aqui, a empresa deve ser apresentada de maneira mais profunda, com todos os dados
necessários para que o leitor consiga conhecê-la (máximo de duas páginas). Deve haver
cuidado para apenas descrever a organização, sem qualificá-la, isto é, sem citar dados que
coloquem a empresa como “excelente”, seja em qual for o âmbito, pois opiniões só caberão
após análise dos dados a serem estudados nos capítulos.
Deve-se apenas citar qualidades se a empresa possui prêmios comprovados ou dados
de pesquisa do aluno, como: é a segunda maior empresa alimentícia da América do Sul (em
seguida, colocar a fonte de tal dado e a data da consulta a essa fonte). Não copie do site da
empresa frases como: a melhor organização para trabalhar, investimento constante no
desenvolvimento dos colaboradores, grande consciência social, pois são colocações
propagandistas. Não use nenhuma palavra que caracterize a empresa como boa ou ruim,
apenas descreva o que ela faz e como faz.
Essa parte do trabalho deve conter informações relevantes sobre a organização
escolhida para a investigação. Deve apresentar, pelo menos, os seguintes itens:

 denominação e forma de constituição;


 ramo de atuação;
 informações sobre o porte da empresa;
 relação das filiais, caso haja;
 número de funcionários;
 principais produtos;
 principais fornecedores, principais insumos, matérias-primas e serviços por eles
fornecidos;
 principais mercados e segmentos desses mercados em que se encontra o cliente-
alvo;
 principais concorrentes da organização e aspectos relevantes de cada um;
 organograma – apresentar cargos (não pode haver nomes de funcionários).
Dessa forma, na apresentação da empresa haverá dados reais e objetivos, não
analíticos.
Deixe claro o objetivo do Projeto Integrado Multidisciplinar, sua importância,
metodologia de pesquisa e mencione brevemente as disciplinas estudadas no bimestre em
questão e o que será analisado com relação a elas.
Não há trabalho acadêmico puramente descritivo. Em todo o desenvolvimento do
trabalho, ao citar um conceito a ser analisado e interpretado, quando surgir um termo
específico da área, ele deve ser explicado por meio de citação.
Por exemplo:
O RH da empresa X é tático. Aqui, você deve explicar o que é RH tático, sempre com
citações, visto que se trata de um termo técnico da área.
Outro exemplo:
A liquidez imediata da empresa... O que é liquidez imediata? O que ela avalia?
Sempre com citações (vide final do manual).
2. Análise mercadológica da empresa Via Varejo S.A

2.1 Descrição organizacional


A VIA VAREJO S.A. (CNPJ 33.041.260/1201-43), conhecida pelo seu
nome fantasia VIA é uma empresa do tipo capital aberto. Esse tipo de empresa é
uma sociedade anônima cujo capital social é formado por ações, que são
negociadas no mercado e quando adquiridas significam uma parte ideal da
empresa, ou seja, respodem também por dívidas assumidas pelo corpo diretivo da
empresa, mas apenas daquelas em função da ação comprada.
A empresa conta com 1.007 lojas físicas inauguradas e mais de 446.000
colaboradores e-commerces e 27 centros de distribuição e entrepostos. Está
presente em mais de 400 municípios e 20 estados, além do Distrito Federal.
Diante disso e segundo o cartão de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (anexo
1), o porte da empresa está classificado como DEMAIS e isso signifca que a
empresa possui faturamento superior a expectativa de Receita Bruta Anual.
Composta pelas principais marcas de varejo do mercado (Casas Bahia,
Ponto, Bartira, Extra e entre outras) e sendo um dos maiores líderes do mercado
online, a Via teve alta de 1285% com aumento de Market Share online no primeiro
trimestre de 2021, graças a nova gestão, que antes era composta pelo grupo
francês Casino e que viu a principal concorrente Magazine Luiza ganhar força no
mercado e se tornar referência no mercado de varejo. Depois da mudança de
gestão, as vendas pela internet atingiram 27% da receita total, aumentando então
a “fatia da pizza” do Market Share que antes estava diminuindo por conta do
crescimento do seu principal concorrente, Magazine Luiza.

2.1.1Breve histórico
Samuel Klein Nascido em 1923, na Polônia, de uma família simples
judaica, terceiro de nove filhos. Durante a Segunda Guerra Mundial sua família foi
perseguida por nazistas alemães. Com 19 anos foi mandado ao campo de
concentração junto com seu pai em Maidanek e, em 1944 conseguiu fugir. Em
1951 mudou-se para o Brasil. Passou pelo Rio de Janeiro, São Paulo e se
instalou em São Caetano.
Samuel começou a vender roupa de cama, mesa e banho em uma charrete
pelas ruas de São Caetano. Como as vendas de porta em porta estavam em alta
naquela época ele conseguiu uma clientela boa e, acabava facilitando o
pagamento daqueles que não poderiam pagar à vista, deixando para pagar
depois.
No ano seguinte, ele conseguiu abrir uma loja e deu o nome Casas Bahia
em homenagem aos seus clientes, pois a maioria era do Nordeste que vinham
para São Paulo para tentar uma vida melhor. Com o passar dos anos ele foi
inovando cada vez mais, começou a comercializar móveis e diversos produtos
domésticos que foi um sucesso em venda. Ele continuou facilitando a compra dos
clientes deixando pagar em longo prazo, com o aumento da clientela ele consegui
expandir para outros estados e hoje é o império que conhecemos com mais de
1000 lojas espalhadas pelo país e em constantes expansões.
A Via Varejo é uma empresa que tem um propósito gigante de realizar
sonhos de milhões de clientes.

2.2 Diagnóstico do ambiente de marketing


Em 2013, a Via foi o primeiro e-commerce a começar uma plataforma para
marketplace, ajudando a reforçar ainda mais o posicionamento da marca e o
sortimento de produtos, aumentando as vendas e fazendo o negócio decolar.
Para isso, foi priorizada a parceria com a i9XP Tecnologia, uma desenvolvedora
de softwares de varejo com foco em marketplace, que chegou no negócio para
fortalecer a entrada de novos sellers. O trabalho que eles tiverem foi integrar a
loja com os principais players do mercado para aumentar a visibilidade.
A variedade de produtos na plataforma online (mais de 70.000) faz com
que a Via faça barulho, assustando a concorrência e gerando depoimentos
internos do tipo que: “a Via vende de alfinete até foguete”. O lema da marca é
“atender para vender” e é por isso que até mesmo os concorrentes compram com
a Via, pois fazem a venda acontecer com ofertas organizadas e bem destacadas,
já que o foco é não perder nenhuma venda.
Diante disso, em Agosto/2021, a Via ganhou o troféu ouro do Prêmio
Cliente SA 2021 com o case “A Virada do Relacionamento & Resolutividade do
Procon”. São vencedores da categoria “Líder em Projeto Estratégico”, que
reconhece os melhores projetos com foco na melhoria da satisfação dos clientes.
Na mídia, uma campanha recente conta com a presença do ex-BBB Gil do
Vigor, que apresenta o amplo sortimento de produtos disponíveis no aplicativo da
Casas Bahia, com produtos a partir de R$9,90, cupom exclusivo e frete grátis em
milhares de produtos.
Análise e apresentação das forças do macroambiente: forças tecnológicas, naturais,
econômicas, demográficas, político-legais, sociais e culturais etc.; e do
microambiente: fornecedores, concorrentes, clientes, intermediários,
colaboradores e empresa (processos, políticas e códigos internos)
etc.
Aqui é necessário realizar um diagnóstico do cenário interno e externo e com a descrição
da análise do ambiente, apresente graficamente, por meio da análise
SWOT, as fortalezas e as fraquezas da empresa, as oportunidades e
as ameaças.
Por exemplo, após apresentar os concorrentes e seus respectivos
diferenciais, enquadre na análise SWOT se há oportunidades ou
ameaças, fraquezas ou fortalezas a partir dessa força do
microambiente.
2.3 Segmentação de mercado

Segmentação de mercado é o mesmo que separar os consumidores em diferentes


grupos conforme uma série de variáveis, para que assim a empresa consiga trabalhar com
seus produtos e seus serviços de acordo com os públicos que possuem a mesma
preferência.
Ao definir o segmento a ser trabalhado, a marca passa a desenvolver produtos que
possam interessar públicos específicos e se relacionar com seus possíveis clientes. Para
isso, é necessário identificar critérios que afetam a decisão de compra: comportamento,
demografia, estilo de vida, personalidade, entre outros.
No caso da Via, a empresa atua no mercado de massa, pois vende produtos que são
feitos para todo mundo, sem distinção de segmento (vende televisores, refrigeradores,
móveis) e associados à produção e distribuição dos produtos para um grande número de
pessoas, com o intuito de atrair o maior número possível de compradores, mantendo-os fieis
e interessados pelos produtos. As empresas que fazem parte do grupo são consideradas
fenômenos dentre o publico de baixa renda, já que o poder de compra aumenta por conta do
parcelamento por vários meses. Mesmo que os produtos fiquem mais caros ou que a
negociação de entre Via x Fornecedores fique mais difícil, as empresas pertencentes ao
grupo faz apenas ajustes de percurso, como por exemplo, o juros.
Diante disso, conclui-se que o público-alvo são adultos geralmente de baixa renda (não
que a classe alta não possa adquirir os produtos, muito pelo contrário, o foco é vender em
massa, sem distinção, mas a classe alta pode comprar onde quiser devido seu poder), já
que a compra a prazo é totalmente fácil e possível nas lojas.

Para compreender a forma de atuação da empresa e seu público-alvo, é necessário que


o gestor decida se irá atuar no mercado de massa, de segmento, de nicho ou individual e
para tal, nesse item, é preciso que o aluno identifique a forma de atuação da empresa e, em
seguida, demonstre o perfil do público-alvo a partir dos critérios de segmentação.
Entretanto, se empresa escolhida vende direto ao consumidor final, utilize apenas a
segmentação de mercado de consumo.

Critérios de segmentação organizacional:


 Tamanho da empresa;
 Formalidade do processo de compra;
 Setor de atividade;
Critérios de segmentação do mercado de consumo:
 GEOGRÁFICA (clima, densidade, região);
 DEMOGRÁFICA (renda, grau de instrução, faixa etária etc.);
 PSICOGRÁFICA (estilo de vida, valores, personalidade);
 COMPORTAMENTAL (comportamento de compra).

Capítulo 3. Composto de Marketing

3.1 Produto
Demonstre a classificação do produto quanto à tangibilidade, à durabilidade e ao
uso:
É necessário pesquisar e dissertar sobre a classificação do produto e/ou serviço da
empresa pesquisada (todos os produtos do portfólio da empresa). Exemplo: empresa
fabricante de produto de limpeza que produza sabão em pó, detergente e desinfetante.
Nesse caso, pode-se observar que os produtos são tangíveis, duráveis e destinados ao
mercado organizacional por se tratar de um fabricante. Assim, o aluno deve justificar cada
classificação, construindo uma dissertação que apresente os dados obtidos na empresa,
pesquisa bibliográfica e conhecimento adquirido no curso.

3.1.1Níveis de produto
Existem cinco níveis de produto. Cada nível agrega mais valor percebido pelo cliente
e os cinco constituem uma hierarquia de valor. Pesquisar na empresa em qual nível se
enquadram seus produtos ou serviços e dissertar sobre o assunto.

3.1.2 Ciclo de vida do produto


Pesquisar e traçar o gráfico que represente o ciclo de vida do produto da empresa,
justificar o gráfico com uma dissertação sobre o assunto.
Observação: o CVP básico é composto por: introdução, crescimento, maturidade e
declínio.

3.1.3 Matriz BCG


A matriz BCG é uma das mais famosas ferramentas de gestão de marketing utilizada para
análises de portifólio de produtos e unidades de negócios, tendo como base o ciclo de vida do
produto e principal objetivo auxiliar no processo de tomada de decisão dos gestores de
marketing e vendas.
A ferramenta é dividida em duas partes: crescimento de mercado e participação relativa
de mercado, que quanto maiores, maior será a vantagem competitiva em relação aos
concorrentes.
Em uma divisão de quatro quadrantes, a ferramenta é composta pelas classificações:
Vacas Leiteiras, Abacaxis, Interrogação e Estrela. A Via, por ter tido um crescimento de
mercado muito grande, com aumento de 27% do volume bruto de mercadoria vendida, lucro
líquido 13,28 vezes superior ao mesmo período do ano passado e mais de 100% de
crescimento no e-commerce e marketplace e também por ter produtos com alta participação
relativa de mercado (eletrodomésticos e móveis), tendo como principal concorrente apenas
Magazine Luiza, fica classificado no quadrante de estrela.

3.1.4 Elementos do produto


Aqui é necessário escolher o principal produto do portfólio da empresa e apresentar os
elementos de diferenciação:
Qualidade;
Funcionalidade;
Aparência (design, formato etc.);
Embalagem;
Marca;
Rótulo;
Serviço de apoio e garantia;
Conjunto de atributos (aqui demonstre os benefícios tangíveis e intangíveis);
Relação produto X meio ambiente, ou seja, como os recursos naturais são utilizados.

3.2 Preço
Pesquisar e dissertar sobre o estabelecimento do preço do(s) produto(s) ou serviço(s) da
empresa, apresentando:
 Estudo da gestão integrada de preço realizada pela empresa, verifique se para pre-
cificar a empresa promove a análise de custo, análise de demanda, análise da concor-
rência e análise do consumidor;
 Objetivos de preços;

 Política de preços;
 Estratégias de determinação de preços para linha de produtos.

3.3 Praça (distribuição)


Pesquisar e dissertar sobre a administração da praça (distribuição) do(s) produto(s) e/ou
serviço(s), ou, mais especificamente, onde o produto será oferecido e como o fazer chegar
até lá, apresentando o sistema de organizações e processos que permitem ligar a produção
ao consumo, a partir da análise sobre:
 Canal de marketing;
 Canal de distribuição;
 Gerenciamento da logística.

3.4 Promoção (comunicação)


Pesquisar e apresentar a comunicação integrada de marketing da empresa a partir
dos conhecimentos sobre o mix de comunicação: propaganda, publicidade, promoção de
vendas, vendas pessoais, marketing direto, patrocínio, eventos etc.
Considere as comunicações em meios digitais e físicos.
É importante ponderar que a empresa decide pelo mix que melhor atende aos seus
propósitos, portanto, ao identificá-lo, avalie a escolha da empresa e fundamente sua
avaliação por meio de fundamentação teórica e conhecimentos construídos sobre a
disciplina.

Observação: caso seja escolhida uma empresa de serviços, além dos 4 Ps de produto
é necessário pesquisar e desenvolver capítulos sobre: Pessoas, Processos, Produtividade (e
qualidade), Palpabilidade (evidência física).
4. Marca

Recentemente, a marca VIA VAREJO se reinventou e passou a chamar-se apenas VIA, pois
com a evolução da internet e sendo ela cada vez mais presente no cotidiano, a necessidade
de economizar tempo digitando palavras abreviadas sem alterar o seu significado ganha
cada vez mais força. Foi pensando no futuro tecnológico e com a intenção de repaginar a
identidade da marca que vieram essas inovações.
Os símbolos da logomarca referem-se à palavra VIA nas cores: violeta, cinza e verde
claro que simbolizam a mudança do convencional, crescimento, renovação, seriedade e
mudança. Tal simbologia foi desenvolvida pela consultoria Croma juntamente com
executivos e grupos de estudo para que todas as visões e opiniões fossem analisadas para
que chegassem à melhor conclusão. Além da palavra VIA, ao lado há a frase “imagine
caminhos”, remetendo tanto a logomarca em si (pois observando com atenção, é possível
enxergar um caminho traçado), quanto ao novo posicionamento de que o grupo é a melhor
via de compras de todos os consumidores, já que a principal proposta é a inovação.

 Brand equity (o ativo financeiro que a marca representa): o valor de uma marca, ou
brand equity, é o resultado do grau de lembrança ou conscientização da marca pelo pú-
blico (brand awareness), mais o grau de fidelidade dos seus clientes (brand loyalty) e a
força da imagem associada à marca (brand association), além da qualidade percebida
acerca de seu portfólio de produtos e serviços (perceived quality).

Capítulo 5. Contabilidade
Para promover um diagnóstico efetivo de uma empresa, além do entendimento
mercadológico do negócio é preciso conhecer sua “saúde financeira”, ou seja, como está a
situação financeira, pois ela pode ser o gargalo para tomada de decisão acerca de expansões,
manutenção ou retração do negócio, por esse motivo, nesse capítulo, o aluno realizará:
A análise da estrutura do balanço patrimonial e da demonstração do resultado do
exercício, conforme Lei n. 11.638/07 da empresa escolhida. Utilizar as técnicas de análise dos
demonstrativos contábeis para discutir a parte contábil do projeto. Balanço patrimonial e
demonstração de resultados do exercício referentes ao último exercício social, respondendo
às questões:
 Comentar a situação de liquidez da empresa, considerando-se apenas esses dois
grupos;
 Liquidez: geral – imediata – seca e corrente;
 Se a empresa aplica em ativo imobilizado, cite um exemplo (terrenos, edificações,
instalações, veículos etc.);
 Grau de endividamento.

Obs.: a administração da liquidez consiste em equiparar os prazos das dívidas com os


prazos dos ativos e outros fluxos de caixa a fim de evitar a insolvência da empresa. A
mensuração da liquidez é importante, pois apresenta a capacidade de a empresa gerar
caixa suficiente para pagar seus fornecedores e credores.

Importante: caso a empresa não disponibilize as informações reais para a elaboração


do balanço, o aluno ou equipe poderá pesquisar empresas do mesmo ramo e com base
nas informações levantadas, utilizar dados fictícios somente para o desenvolvimento desse
capítulo.

Capítulo 6. Dinâmica das relações interpessoais


É importante destacar que as pessoas são as responsáveis pelo desenvolvimento do
próprio negócio e, portanto, estudar a gestão de pessoas da empresa é indispensável, porque
impactará diretamente nos resultados organizacionais. Por esse motivo, o aluno deve:
Avaliar a gestão de pessoas da empresa, verificar qual teoria motivacional se encaixa nas
relações existentes na organização, isto é, de acordo com o que observou, analisar qual(ais),
entre os autores estudados, tem(têm) seu pensamento aplicado nas práticas da empresa
em relação às pessoas. Deve verificar se os líderes são democráticos ou autocráticos, se dão
feedback aos colaboradores e se administram conflitos de maneira a otimizar o trabalho
em grupo. A empresa faz pesquisa de clima organizacional? Essa pesquisa é eficaz, traz
resultados para a empresa? Para trabalhar tais conceitos é indispensável que o aluno, no
desenvolvimento de seu trabalho, coloque as definições dos termos técnicos para que o
leitor consiga ter compreensão de todo o trabalho e análises feitas pelo aluno.
Capítulo 7. Proposta
Após o desenvolvimento dos capítulos anteriores, o aluno, com base no conhecimento
construído acerca de seu respectivo curso, deverá apontar as fragilidades do
negócio, sob o ponto de vista mercadológico ou financeiro ou de gestão de
pessoas.
Caso o aluno não identifique fragilidades, é possível, ainda, desenvolver
soluções inovadoras para empresa, relacionadas ao seu curso.
8. REFERÊNCIAS

Todas as referências que constarem aqui deverão estar no desenvolvimento do


trabalho em forma de citação e todas as citações deverão estar referenciadas.
Não é permitido tirar conceitos de sites, em nenhuma hipótese, pois não se tratam de
fonte acadêmica.
Sites somente podem ser consultados para dados da empresa, os conceitos devem ser
retirados de livros (vide livro-texto ou Biblioteca Virtual), artigos e estudos científicos.
As referências devem seguir as normas da ABNT, assim como as citações.
No anexo há exemplos de referências de livros e citações. Para outras, consulte o guia
de normalização no endereço:
http://www3.unip.br/servicos/biblioteca/download/manual_de_normalizacao.pdf.
ANEXO

Você também pode gostar