Você está na página 1de 11

Revista Saúde em Foco – Edição nº 11 – Ano: 2019

COLÁGENO HIDROLISADO NO COMBATE AO ENVELHECIMENTO CUTÂNEO

ANA LUIZA COSTA LOPES1; JANAINA QUIRINO MARQUES2; DEBORA PARREIRAS


DA SILVA3.

1
Discente em Estética e Cosmetologia do Centro Universitário de Itajubá-FEPI. Itajubá/MG.
2
Discente em Estética e Cosmetologia do Centro Universitário de Itajubá-FEPI. Itajubá/MG.
3
Especialista e Docente em Estética e Cosmetologia no Centro Universitário de Itajubá- FEPI.
Itajubá/MG.

RESUMO

Envelhecer é um processo natural e envolve todos os seres vivos, aparentemente ocorre a


diminuição da produção do colágeno, possibilitando a perca da densidade e espessura
dérmica, caracterizando flacidez e afinamento cutâneo. O colágeno, uma proteína produzida
no corpo, tem a função de promover elasticidade à pele além de manter as células do corpo
unidas, com o passar do tempo ocorre a diminuição dessa proteína no organismo acarretando
o aparecimento de rugas e ressecamento da pele, esses sinais podem estar correlacionados
com várias circunstâncias do envelhecimento sendo tanto extrínseco como intrínseco.
Objetivo: no presente estudo buscou revisar na literatura científica os benefícios do colágeno
hidrolisado para a pele com intuito de amenizar os sinais cutâneos do envelhecimento.
Materiais e métodos: os critérios de inclusão foram estudos que abordassem os benefícios do
uso oral do colágeno para a pele envelhecida, no período de 2006 a 2019. Deste modo, foram
selecionados artigos científicos encontrados em plataformas virtuais. Resultado: os estudos
mostraram, parcialmente, uma eficácia na utilização de colágeno hidrolisado. Dentre os
artigos pesquisados, 8 deles tiveram resultados satisfatórios no que diz respeito a utilização da
suplementação. Conclusão: o suplemento nutricional estudado demonstrou-se eficaz contra o
indício dos efeitos negativos da queda dessa proteína na pele, demonstrando ser vantajoso
como excelentes antioxidantes, contribuindo para retardar os sinais do envelhecimento,
melhorando além de tudo a autoestima e a boa aparência da pele.
Palavras chave: Colágeno hidrolisado. Envelhecimento cutâneo. Suplementação alimentar.
Metabolismo da pele.

1109
Revista Saúde em Foco – Edição nº 11 – Ano: 2019

ABSTRACT

Aging is a natural process and involves all living beings, apparently there is a decrease in
collagen production, allowing the loss of dermal density and thickness, characterizing sagging
and skin thinning. Collagen, a protein produced in the body, has the function of promoting
elasticity to the skin as well as keeping the body cells together. Over time, this protein
decreases in the body causing wrinkles and dryness of the skin. may be correlated with
various circumstances of aging being both extrinsic and intrinsic. Objective: In the present
study we sought to review in the scientific literature the benefits of hydrolyzed collagen for
the skin in order to soften the skin signs of aging. Materials and methods: The inclusion
criteria were studies that addressed the benefits of oral collagen use for aged skin, from 2006
to 2019. Thus, scientific articles found on virtual platforms were selected. Result: Studies
have shown partially an efficacy in the use of hydrolyzed collagen. Among the researched
articles, 8 of them had satisfactory results regarding the use of supplementation. Conclusion:
The nutritional supplement studied proved to be effective against the evidence of the negative
effects of this protein drop on the skin, proving to be advantageous as excellent antioxidants,
helping to slow the signs of aging, improving the self-esteem and good appearance of the
skin.

Keywords: Hydrolyzed Collagen. Skin aging. Food supplementation. Metabolism of the skin.

1110
Revista Saúde em Foco – Edição nº 11 – Ano: 2019

A derme é a camada da pele que


fica logo abaixo da epiderme constituída
por tecido conjuntivo denso. Tem entre 1 a
4 mm de espessura, abundante em
polissacarídeos, que proporcionam
INTRODUÇÃO lubrificação e ajudam a transportar

O tegumento é o maior órgão do substâncias entre as células. Sendo ela

corpo humano e é constituído por duas separada em derme papilar, que é a mais

camadas de revestimento, sendo elas: a superficial, onde encontram-se finas fibras

epiderme e a derme. Uma das inúmeras elásticas que estão organizadas

funções desse órgão é manter o meio verticalmente, e em derme reticular ou

interno contra o meio externo, além de ser profunda onde se compõe de vários tipos

a primeira revelação do envelhecimento de fibras colágenas (essencialmente a do

cutâneo (SCHNEIDEER, 2009). tipo I) e elastina, sendo uma camada

A camada mais superficial da pele, igualmente bem vascularizada e bem

a epiderme, é estruturada pelo epitélio inervada encontrando-se glândulas

estratificado que apresenta capacidade de sudoríparas, glândulas sebáceas, folículos

renovação, que prossegue ao longo da vida pilosos e sistema linfático (ANUNCIATO

e tem a capacidade de reestruturação 2011; TORTORA; DERRICKSON 2016;


TASSINARY 2019).

depois de ferimento. A capacidade do Ao longo da vida ocorre uma

estrato córneo de se renovar é a cada 40-56 complexa transformação da derme, que vai

dias e sua espessura vária de 0,1 a 0,2 mm. se alterando e, como ela é um suporte

A epiderme é composta por células de estrutural isso leva a perda da sua

queratinócitos, que se diferenciam capacidade e a torna menos elástica, o

gradativamente até a camada basal, a partir colágeno presente transforma-se em

do seu avanço para o superior da pele, com segmentado é disperso e a sua espessura

isso forma-se uma barreira cutânea cheia fica mais fina e menos apta para resistir as

de queratina que morrem e se desprendem alterações mecânicas (FRAZEN;

(TASSINARY, 2019; ANUNCIATO, SANTOS; ZANCANARO, 2013; SHIN et

2011). al; 2019; FERNANDES, 2012).

revistaonline@unifia.edu.br Página 1111


Revista Saúde em Foco – Edição nº 11 – Ano: 2019

O envelhecimento cutâneo é um A suplementação de colágeno


processo involuntário e universal, hidrolisado é um exemplo de tratamento
caracterizado pelo conjunto de para amenizar os efeitos do tempo. É um
degenerações celulares ocasionados pela produto seguro, industrial de venda livre e
passagem do tempo, sendo a pele retém a autorização da Agência Nacional
recorrentemente alterada pelos fatores de Vigilância Sanitária (ANVISA) para a
internos e externos através do estilo de comercialização ao público coletivo. A
vida de cada indivíduo, devido a hábitos hidrólise desse colágeno é alcançada
alimentares, tabagismo, sedentarismo, através de inúmeros ciclos, transformando
fatores hormonais, estresse, exposição o colágeno natural, dentre pele de animais
ultravioleta, entre outros. Com o (bovino, suíno ou de peixe), em um item
envelhecimento ocorre a diminuição do digestível (ZAGUE, 2016; JACKIX,
colágeno e da elastina sendo notada pela a 2008).
atrofia, formação de rugas profundas e ao Do termo Kolla (cola) e Genno
ressecamento da pele (PUJOL, 2011). (produção) origina-se a palavra
A partir dos 30 anos começa a “colágeno”. Ele é definido como uma
ocorrer perda de colágeno, tendo a proteína fibrosa que apresenta cadeias
diminuição de 1% da proteína ao ano. A peptídicas de aminoácidos, como a glicina,
soma dessas alterações desordena as fibras prolina, lisina, hidroxilisina, hidroxiprolina
de colágeno, ocasionando uma pele e alanina. Essa cadeia é determinada de
envelhecida (RIBEIRO, 2010). maneira paralela a um eixo, formando as
Os estudos sobre o envelhecimento fibras de colágeno que garante firmeza e
cronológico vêm sendo aprofundados com elasticidade a estrutura existente. É
o intuito de retardar seus efeitos, encontrado no corpo humano como em:
observando que a população em geral ossos, tendões, cartilagem, veias, dentes,
obteve um crescimento em seu tempo de músculos e pele. Suas diversas funções
vida. Assim, diversos tratamentos têm englobam manter as células dos tecidos
sido propostos em busca de amenizar os justapostas e fortalecidas, sendo também
sinais deste processo natural encarregado de fazer a regeneração e a
(GONÇALVES, et al., 2015; cicatrização em casos de danos ao tecido,
FERNANDES, 2012). contribui com a hidratação corporal e
possui uma alta elasticidade. Há vários

revistaonline@unifia.edu.br Página 1112


Revista Saúde em Foco – Edição nº 11 – Ano: 2019

tipos de colágenos, que variam em vasos sanguíneos até mesmo a córnea


diâmetro, composição de aminoácidos, (GONÇALVES, et al., 2015; OLIVEIRA,
comprimento, estrutura molecular, et al., 2017).
concentração, localização nos diversos A ingestão dessa proteína promove
tecidos e formas utilizadas para obtê-los vários benefícios para organismos sendo
(JACKIX, 2008; ZAGUE; SANTELLI, eles: melhora da firmeza da pele, melhora
2016; OLIVEIRA, et al., 2017; no tratamento de osteoporose, prevenção
TASSINARY 2019). dos danos das articulações e prevenção do
O colágeno digerido é infiltrado no envelhecimento. Tendo em vista que a
trato digestivo, sendo reconhecido no suplementação dietética com colágeno
sangue pelos peptídeos, atingindo a pele. hidrolisado faz com que os peptídeos
Perante a sua semelhança com o colágeno aumentem a ação dos fibroblastos e a
tipo I da derme, obtém-se o reparo formação de fibrilas de colágeno de uma
tecidual. Contudo, apresentam-se inúmeras maneira especifica (SILVA; PENNA,
variedades de colágenos hidrolisados, que 2012; TASSINARY, 2019).
se diferenciam conforme a fonte proteica, Para a prevenção do
modelos e processamentos de oferta envelhecimento, o colágeno hidrolisado
(ADDOR, 2015; SCHUNCK, et al., 2015). também pode ser acrescentado em
A ingestão do colágeno hidrolisado alimentos funcionais, cosméticos,
contribui para suprir os efeitos negativos nutracêuticos e para outros fins de saúde
da diminuição dos aminoácidos na derme, (SILVA; PENNA, 2012).
trazendo benefícios contidos nessa proteína A síntese do colágeno feita pelos
para melhora e retardo do desgaste fibroblastos vai se degradando e perdendo
tecidual, restaurando a firmeza cutânea e sua sustentação e para isso não cabe apenas
auxiliando nos tratamentos estéticos a ingestão do CH (colágeno hidrolisado),
(MARTINS, et al., 2018; ZAGUE; sendo importante impulsionar a produção
SANTELLI, 2016). dos fibroblastos através da vitamina C que
O colágeno de maior quantidade no é um excelente aliado nesse método
organismo é o do tipo I, que vem sendo (GONÇALVES, et al., 2015).
bastante estudado por conta da sua O ácido ascórbico, conhecido como
compatibilidade, ajudando a construir vitamina C, desempenha um papel
ossos, dentes, tendões, derme da pele, fundamental é um poderoso antioxidante

revistaonline@unifia.edu.br Página 1113


Revista Saúde em Foco – Edição nº 11 – Ano: 2019

para o organismo tento um resultado como Envelhecimento cutâneo, Suplementação


fator antienvelhecimento, sendo conectado alimentar, Metabolismo da pele.
com a síntese de colágeno (FRANZEN; Resultados
SANTOS; ZANCANARO, 2013; Os estudos mostraram,
FERNANDES, 2012). parcialmente, uma eficácia na utilização de
Diante do desenvolvimento deste colágeno hidrolisado. Dentre os artigos
artigo se tem uma abordagem sucinta e pesquisados, 8 deles tiveram resultados
objetiva, com a finalidade de verificar o satisfatórios no que diz respeito a
uso de suplementação do colágeno utilização da suplementação, no quadro de
hidrolisado, sua eficácia e seus efeitos para retardo nos sinais cutâneos ocasionados
a saúde e pele, bem como características, pelo tempo e pela degradação do colágeno,
propriedades e viabilidade do seu uso sendo um dos fatores do envelhecimento.
como coadjuvante no rejuvenescimento
Em um dos estudos houve o relato
cutâneo.
do uso da suplementação de colágeno por
90 dias, onde foi verificado melhoras no
Metodologia aspecto geral da pele. Sendo notada a
A pesquisa efetuada é uma revisão beneficiação de 100% da firmeza,
literária que teve como critérios de elasticidade e hidratação cutânea alem da
inclusão estudos que abordassem os avaliação ultrassonográfica onde foi
benefícios do uso oral do colágeno para a relatado o aumento progressivo e
pele envelhecida, no período de 2006 a significativo da espessura dérmica
2019. Deste modo, foram selecionados (ADDOR, 2015).
artigos científicos encontrados em
Os peptídeos de colágeno, após seu
plataformas virtuais como: Google
consumo, conseguem ultrapassar a mucosa
acadêmico, Scientifc Eletrinic Library
intestinal, são distribuídos para a pele e
Online (Scielo), Periodico da Coordenação
estimulam o metabolismo das células
de aperfeiçoamento de Pessoal de Nível
dérmicas, aumentando a quantidade dos
Superior (Capes) e Livros que abordassem
compostos constituintes da matriz dérmica
o conceito do tema. As palavras chave
e melhorando as propriedades funcionais e
foram: Colágeno hidrolisado,
biomecânicas da pele (ZAGUE;
SANTELLI, 2016).

revistaonline@unifia.edu.br Página 1114


Revista Saúde em Foco – Edição nº 11 – Ano: 2019

Outro estudo discorre sobre células visto ao tratamento com CH próximo a


tratadas com amostras de colágeno condições in vivo (ZAGUE, 2015).
hidrolisado, que impulsionam aumentos
O colágeno do tipo I é o mais
significativos na produção dessa proteína
numeroso e mais ansiado devido as suas
após 48 horas de cultura e modificações no
propriedades físico-químicas e mecânicas,
ciclo celular (GONÇALVES, et al., 2015).
tornado-se alvo para a produção de
Uma das características do biomateriais. A hidrólise do colágeno leva
colágeno hidrolisado é a sua estrutura de a composição de peptídeos que podem
aminoácidos, fornecendo um alto nível de evidenciar propriedades antimicrobianas,
glicina e prolina, dois aminoácidos antioxidantes, anti-hipertensivas,
fundamentais para a estabilidade e a antiproliferativas, antitrombóticas, agonista
regeneração das cartilagens. Portanto, de opióides e anticoagulante (OLIVEIRA,
apresenta efeitos benéficos ao organismo et al, 2017).
(SILVA; PENNA, 2012).
Tassinary (2019), sugere que a
Entre os fundamentais benefícios suplementação é promissora inclusive para
do colágeno hidrolisado, comprovados por cicatrização de feridas de pele.
estudos, estão a reparação da firmeza Demonstrando também que os
cutânea, articulações, osteoporose e suplementos orais de colágeno aumentam a
prevenção do envelhecimento. O uso da elasticidade da pele, hidratação e a
suplementação oral é importante para que densidade do colágeno dérmico.
se possa chegar a esses benefícios. Além
Discussão
disso, desempenha-se papel essencial na
saúde das unhas e cabelos. O mesmo Segundo Silva; Penna (2012) e

apresenta aplicações bem-sucedidas, Tassinary (2019) as ingestões do colágeno,

promovendo bem-estar a todos que fazem além de aumentar o trabalho dos

seu uso (MARTINS et al., 2018). fibroblastos e retardar o envelhecimento da


pele, contribuem para a diminuição das
A suplementação aumentou o mudanças geradas à matriz extracelular
conteúdo de colágeno tipo I em modelo durante o envelhecimento por gerar o
tridimensional equivalente a derme processo anabólico da pele.
humana, obtida por fibroblastos,
constatando a resposta do tecido dérmico
revistaonline@unifia.edu.br Página 1115
Revista Saúde em Foco – Edição nº 11 – Ano: 2019

Já Gonçalves et al., (2015), destaca Para a pele o nutriente oferece mais


que a espessura da pele e suas propriedades elasticidade.
visco-elástico não dependem apenas da
A teoria de Zague (2015), sugere
quantidade de material presente na derme,
que a suplementação com colágeno
mas também de sua organização estrutural.
hidrolisado fornece, além dos aminoácidos,
Franzen; Santos; Zancanaro, os nutrientes construtores e peptídeos
(2013), relatam que extensivas pesquisas reguladores da atividade celular.
têm sido efetuadas a partir de utilização de
Para Addor (2015), devido a sua
colágeno como biomaterial em pacientes
similaridade com o colágeno,
humanos através de dispositivos que
especialmente o tipo I da derme, seu efeito
variam desde agentes homeostáticos,
não seria somente de reposição, mas
suturas reabsorvíveis, vasos sanguíneos
também de promover a síntese do colágeno
sintéticos até proteção de córnea
do tipo I, desempenhando papel positivo
danificada, regeneração óssea, tratamento
no retardo do envelhecimento e mesmo em
de queimaduras na pele e muitas outras
outras desordens com envolvimento
utilizações.
dérmico, como reparação tecidual.
Naves et al., (2006), discorre sobre
O colágeno hidrolisado para Zague;
o consumo de colágeno hidrolisado que
Santelli (2016) apresenta efeitos funcionais
tem sido preconizado com objetivos
e benéficos na pele, especialmente na
estéticos, tais como auxiliar no
melhora dos sinais clínicos do
crescimento e fortalecimento de cabelos e
envelhecimento.
unhas e na prevenção do envelhecimento
precoce. Conclusão
Gonçalves et al., (2015), Através deste trabalho, conclui-se
novamente destaca que o consumo regular que o colágeno é muito importante para o
do colágeno hidrolisado ajuda na formação organismo. É uma proteína abundante e
do tecido humano, pois colabora na desempenha várias funções, como no
cicatrização e regeneração dos tecidos. No envelhecimento que é um processo
caso das unhas e cabelos, o colágeno forma inevitável e mundial onde ocorre a perda
uma matriz onde os minerais se fixam para gradativa do colágeno. A ciência vem
deixá-los fortes, resistentes e brilhantes. buscando maneiras de esses sinais ficarem
revistaonline@unifia.edu.br Página 1116
Revista Saúde em Foco – Edição nº 11 – Ano: 2019

menos evidentes, onde o colágeno se FERNANDES, A. I. P. CUIDADOS


encaixa perfeitamente, com a proposta de DERMOCOSMÉTICOS PARA UMA
firmeza e elasticidade da pele. De fato, não PELE
se pode deixar de envelhecer, muito menos SAUDÁVEL: ACONSELHAMENTO
interromper este processo, mas pode-se FARMACÊUTICO NOS CASOS MAIS
retardar ou minimizar esses sinais com a COMUNS. 2012. 124 f. Monografia
utilização do colágeno hidrolisado. (Especialização) - Curso de Faculdade de
Ciências e Tecnologia, Universidade do
REFERÊNCIAS
Algarve, Algarve, 2012.
ADDOR, F. A. S. Influência de um
suplemento nutricional com peptídeos FRANZEN, J. M.; SANTOS, J. M. S. R.;

de colágeno nas propriedades da derme: ZANCANARO, V. COLÁGENO: UMA

Influence of a nutritional supplement ABORDAGEM PARA A ESTÉTICA.

containing collagen peptides on the 2013. 13 f. TCC (Graduação) - Curso de

properties of the dermis. 2015. 6 f. Tese Curso de Farmácia, Universidade Alto

(Doutorado) - Curso de Farmoquímica, Vale do Rio do Peixe, Caçador, 2013.

Trabalho Realizado em Clínica Privada, GONÇALVES, G. R.; OLIVEIRA, M. A.


São Paulo (sp), Brasil, 2015. S.; MOREIRA, R. F. BENEFÍCIOS DA

ANUNCIATO, T. P. Nutricosméticos. INGESTÃO DE COLÁGENO PARA O

2011. 112 f. Dissertação (Mestrado) - ORGANISMO HUMANO: BENEFITS

Curso de Ciências Farmacêuticas, OF COLLAGEN INGESTION FOR

Universidade de São Paulo Faculdade de HUMAN BODY. 2015. 8 v. TCC

Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, (Graduação) - Curso de Biologia,

Ribeirão Preto, 2011. Universidade Estadual Vale do Acaraú,


Ceará, 2015.
CAYE, M. T.; RODRIGUES, S; SILVA,
D. Utilização da Vitamina C nas JACKIX, E. A. Efeito da suplementação

alterações estéticas do envelhecimento alimentar com hidrolisado de colágeno

cutâneo. 2008. 13 f. TCC (Graduação) - nos mercadores bioquímicos e nas

Curso de Cosmetologia e Estética, características composicionais,

Universidade do Vale do Itajaí, Santa biomecânicos e histológica óssea de ratas

Catarina (univali), 2018. osteopênicas. 2008. 83 f. Dissertação


(Mestrado) - Curso de Engenharia de
revistaonline@unifia.edu.br Página 1117
Revista Saúde em Foco – Edição nº 11 – Ano: 2019

Alimentos, Universidade Estadual de RIBEIRO, C.J. Cosmetodologia aplicada


Campinas, Campinas, 2008. a dermoestética. 2.ed. São Paulo:
Pharmabook,2010. 205-206p.
MARTINS, F. I.; MENEZES, T. N.;
MAGALHÃES, M. A. COLÁGENO SCHNEIDDER, A. P. Nutrição estética.
HIDROLISADO: BENEFICIOS DO São Paulo: Atheneu, 2009. 131 p.
USO ORAL. 2018. 1 f. Tese (Doutorado)
SHIN, J. et al. Molecular Mechanisms of
- Curso de Curso de Farmácia, Centro
Dermal Aging and Antiaging
Universitário Católica de Queixada,
Approaches. International Journal Of
Queixada, 2018.
Molecular Sciences: International Journal
NAVES, M. M. V.; FERREIRA, C. C. C.; of Molecular Sciences. Korea, p. 2-16. 29
FREITAS, C. S. AVALIAÇÃO DA abr. 2019.
QUALIDADE PROTÉICA DE DOIS
SCHUNCK, Michael et al. Dietary
SUPLEMENTOS ALIMENTARES EM
Supplementation with Specific Collagen
RATOS WISTAR. 2006. 8 f. Monografia
Peptides Has a Body Mass Index-
(Especialização) - Curso de Faculdade de
Dependent Beneficial Effect on Cellulite
Nutrição, Universidade Federal de Goiás,
Morphology: SPECIFIC COLLAGEN
Araraquara, 2006.
PEPTIDE EFFECT IN CELLULITE
OLIVEIRA, V. M.; CUNHA, M. N. C.; TREATMENT. Journal Of Medicinal
NASCIMENTO; T. P. Colágeno: Food. São Paulo, 31 ago. 2015. p. 1340-
características gerais e produção de 1348.
peptídeos bioativos. 2017. 13 f. TCC
SILVA, T. F.; PENNA; A. L.
(Graduação) - Curso de Ciência e
B. Colágeno: Características químicas e
Tecnologia, Universidade Federal Rural de
propriedades funcionais. 2012. 10 f. TCC
Pernambuco - Ufrpe, Pernambuco, 2017.
(Graduação) - Curso de Engenharia e
POJOU, A. P. (org.). Nutrição aplicada Tecnologia de Alimentos, Unesp, São José
na estética. Rio de Janeiro: Rubio, 2011. do Rio Preto, 2012.
424 p. RIBEIRO, C. J. Cosmetologia
TASSINARY, J. SINIGAGLIA, M.;
aplicada a dermoestética. 2. ed. São
SINIGAGLIA, G. Raciocínio clínico
Paulo: Pharmabook, 2010. 49 – 58p.
aplicado á estética facial. Rio Grande do
Sul: Estética Expert, 2019. 253 p.
revistaonline@unifia.edu.br Página 1118
Revista Saúde em Foco – Edição nº 11 – Ano: 2019

TORTORA, Gerard J.; DERRICKSON,


Bryan. Princípios de anatomia e
fisiologia. 14. ed. Rio de Janeiro:
Guanabara Koogan, 2016. 150 p.

ZAGUE, V. Influência da suplementação


com colágeno hidrolisado no
metabolismo da matriz extracelular e
proliferação de fibroblastos dérmicos
humanos derivados de áreas
fotoprotegida e fotoexposta, cultivados
em monocamada e equivalente
dérmico. 2015. 16 f. Tese (Doutorado) -
Curso de Biologia Celular, Universidade
de São Paulo, São Paulo, 2015.

ZAGUE, V.; MACHADO-SANTELLI, G.


M. Bases Científicas dos Efeitos da
Suplementação Oral com Colágeno
Hidrolisado na Pele: Scientific Bases of
Collagen Hydrolysate Oral
Supplementation Effects on Skin. 2016. 7
f. Tese (Doutorado) - Curso de Nutrição
Funcional, 2016.

revistaonline@unifia.edu.br Página 1119

Você também pode gostar