Você está na página 1de 56

National G e ographi c

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

 

34 / Janeiro

   

Se fosse hoje, ter-lhe-iam chamado planeta branco, e não vermelho, já que as impressionantes imagens obtidas por duas sondas orbitais apresentam sinais de línguas de gelo e glaciares ainda hoje existentes. No momento em que se preparam veículos para explorar a superfície do planeta, que outras surpresas nos aguardam?

2004

Marte: Planeta branco

     

Na Patagónia, o vento perseguia-me por onde quer que eu andasse, entupindo o meu nariz

e

fazendo o jipe escorregar pelas estradas de gravilha. As aves voavam para trás. As

Patagónia

árvores cresciam na horizontal. O vento era uma coisa viva: soprando com violência, abria

buracos nas janelas ou erguia espirais de pó, semelhantes a tornados em miniatura, sobre

a

estepe plana e seca.

 
   

Disco Celeste

Enterrado em 1600 a.C. perto da cidade de Nebra, no centro da Alemanha, o disco celeste, que segue o movimento solar ao longo do horizonte, contém a mais antiga representação conhecida do céu nocturno. Talvez servisse de calendário agrícola e espiritual.

     

Numa capela privada pouco iluminada, um monge do mosteiro budista local entoa orações para abençoar as colheitas da família durante a curta época agrícola dos Himalaia. Neste

Mosteiro de Ladakh

vale remoto e isolado por guerras passadas, o fotógrafo Mattias Klum descobriu um refúgio

de paz.

 
   

Oceano Árctico

A da

exploração

remota

bacia

do

Canadá,

no

Árctico,

implica

mergulhar

no

gelo

desconhecido.

 

35 / Fevereiro

   

A

dinastia nasceu há 2.200 anos e durou mais de quatro séculos. Ainda hoje, as pessoas

2004

Dinastia Han

de

arte, na política e na tecnologia, a China rivalizou com o império romano.

etnia chinesa dão a si próprias o nome Han, num eco de uma idade de ouro em que, na

   

Ursos Polares

Um urso polar fareja o vento gélido em busca de presas. Cerca de 1.200 destes animais caçam na margem ocidental da baía de Hudson, no Canadá. Aqui, na extremidade meridional do seu território, os ursos estão ameaçados.

     

A

venda nos olhos acalma o animal enquanto ele está a ser carregado para a expedição.

Refúgio Inca

Objectivo: as ruínas incas nas montanhas de Vilcabamba, no Sul do Peru. Uma equipa

arqueológica aventura-se na exploração de um local perdido.

 

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

   

O Caso da Fuga do Carbono

Anualmente, o homem despeja oito mil milhões de toneladas de carbono na atmosfera. Porém, menos de metade permanece aí. Com o planeta a aquecer, urge perguntar: e o resto, para onde vai?

36 / Março

Lugares Ameaçados:

 

Com um património fabuloso de plantas e animais endémicos, a floresta atlântica do Brasil rivaliza com a Amazónia. Porém, a sua proximidade do Rio de Janeiro e de outras cidades fá-la correr perigos ainda maiores. Sobre a mesa, está agora uma proposta para devolver a floresta tropical à sua glória passada.

2004

Mata Atlântica

   

A Nova Vida da Arménia

Há três mil anos que os arménios suportam todo o tipo de calamidades. Independente desde o colapso da União Soviética, a Arménia ergue-se novamente das ruínas.

     

Flutuo num mundo submarino de nuvens de gelo encrespadas e desfiladeiros sombrios. É

Focas da Gronelândia

ambiente de Inverno do golfo de São Lourenço, no Canadá. Mal atravessam a superfície das águas, os raios de Sol são logo extintos pelas profundezas cinzentas. Medusas translúcidas passam à deriva, escravizadas pela corrente. As focas da Gronelândia aparecem como torpedos fantasmagóricos, no limiar da visibilidade.

o

   

Rio Stikine

O

silêncio que rodeia o vale do rio Stikine, no Canadá, pode mexer com a nossa alma.

37 / Abril

   

Impedidos de prosseguir pelo tornado, os caçadores fazem uma pausa para planear a rota. Uma manobra errada poderá ser fatal. Os carros escorregam na estrada lamacenta e a equipa acelera para ultrapassar o redemoinho e colocar sondas no seu trajecto. Estreitando-se até assumir a forma de uma corda, o tornado atravessa a estrada, arrancando tudo o que encontra.

2004

Caçador de tornados.

   

Grous

Na ilha japonesa de Hokkaido, um grou da Manchúria com um ano de idade salta e abre as asas numa dança que serve de namoro ou de agressão. Elegante, o grou é venerado pela sua graça e beleza e pelas suas árduas migrações de longa distância.

   

Joanesburgo

Erguida com o ouro de uma mina, Joanesburgo continua a ser uma mÁquina de fazer dinheiro. mas, dez anos apÓs a queda do apartheid, a cidade com maior crescimento de África continua violenta e dividida.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

Durante meio milhão de anos, a água e o vento esculpiram fantásticas formações rochosas no Parque Nacional Badlands, no estado do Dakota do Sul. A vida é escassa nestas encostas alcantiladas nuas, mas no oceano de prados que as rodeiam existem bisontes, coiotes, antilocapras e aves de rapina. Aqui, a pradaria subsiste.

Pérolas num mar de pradarias

Desd. Aves Migratórias

LADO A. A MIGRAÇÃO DAS AVES, HEMISFÉRIO ORIENTAL: mapa da Europa, Ásia, África e Oceânia mostra as rotas migratórias das aves.

LADO B. A MIGRAÇÃO DAS AVES, HEMISFÉRIO OCIDENTAL: mapa do continente americano que mostra as rotas migratórias das aves.

38 / Maio

2004

Hanói

Uma veterana condecorada posa junto ao mausoléu de Ho Chi Minh (em cima), o herói nacional que liderou o combate comunista do Vietname contra as forças dos EUA. Três décadas após o fim da guerra, a capital do Vietname esforça-se por juntar a prosperidade à paz que foi tão difícil de conquistar.

Túmulo Real Maia

Em Takalik Abaj, na Guatemala, esta floresta de pedra, vestígio de uma cidade outrora próspera, é um testemunho silencioso da cultura maia e da cultura olmec, sua antecessora. Os arqueólogos descobriram aqui uma das mais antigas sepulturas reais da época maia: o túmulo luxuoso de um monarca anónimo que reinou há mais de 1.800 anos. Os hieróglifos aqui deixados são um dos exemplos mais antigos da escrita maia até hoje descobertos.

Vale da Morte

O silêncio que rodeia o vale do rio Stikine, no Canadá, pode mexer com a nossa alma.

Cuba, Kansas

Desde que foi fundado, na década de 1860, que o pequeno povoado rural de Cuba, no Kansas, tem lutado para sobreviver. Criado nas redondezas, Jim Richardson fotografa esta localidade há três décadas, atraído por uma comunidade que se recusa a baixar os braços.

Dança da Morte

Ferido por uma alcateia, um jovem alce enfrenta um lobo junto a um rio do Parque Nacional

e Reserva de Denali, no Alasca. O confronto fez parte de um enredo raramente testemunhado por seres humanos.

Expedição de Ballard

Mar Negro, 2003: o explorador Bob Ballard nunca enfrentara tantos problemas de uma vez.

O homem que descobriu o Titanic for a à procura de destroços. Como de costume,

encontrou-os mas não sem algumas chatices.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

   

China em crescendo

Em Chengdu (em cima), a 1.400km de Pequim, os apartamentos de luxo vendem-se depressa. Mas a corrida da China à riqueza realiza-se a um preço elevado para o solo e para a população.

39 / Junho

   

Sob a administração de Saddam Hussein, os xiitas do Iraque foram violentamente reprimidos. Hoje, estão prontos a governar o país. Serão eles os líderes de que o Iraque precisa?

2004

Xiitas

   

Viver no fundo

Há um lugar na Califórnia onde o sol nunca brilha: É o desfiladeiro de Monterey.

   

No Jardim da Capital Americana

O passeio público de Washington é um lugar onde se encontram o passado e o presente. Novos projectos agitam o Mall.

   

Pica-Paus

Um pica-pau-mosqueado ostenta o brilho dourado da sua plumagem. Estas aves da América do Norte aproveitam o melhor de dois mundos: forrageiam no solo, mas vivem nos troncos das árvores.

   

O Petróleo Está no Fim

No fundo do oceano, debaixo de quase dois mil metros de água e mais cinco mil de lama e rocha, a recompensa está à espera.

   

Traços de Cabo Verde

Nascida em Cabo Verde, mas vivendo a um oceano de distância, Ildebranda Oliveira ganha 6,3 euros por hora a vigiar os carretos da fiação Stretch Products, em Pawtucket. Tem saudades do clima e da comida da sua terra, mas não da pobreza: “Lá não há empregos. Aqui eu trabalho e ganho dinheiro.” Emprego em abundância e rendas de casa em conta atraíram os cabo-verdianos a Pawtucket.

40 / Julho

   

Há 4.600 milhões de anos que esse fogo arde, mesmo antes de existir uma Terra para ser aquecida pelo seu fulgor que tudo sustenta. Porém, só nas últimas duas décadas, os cientistas começaram a compreender verdadeiramente o reactor termonuclear a que chamamos Sol.

2004

Sol

   

Maldita Cocaína

Com acesso raro às selvas do Sul da Colômbia, sob controlo dos rebeldes, o fotojornalista Carlos Villalón revela o impacte de uma cultura proibida.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

   

Parque Nacional de Olímpia

Gaivotas forrageiam ao longo da costa do Parque Nacional de Olímpia. Inundado por nevoeiro e chuva, o parque exibe um esplêndido contraste entre praias bravias e picos coroados de glaciares: é a floresta temperada mais intempestiva do mundo.

   

Caça aos Elefantes

Ao dedicarem-se a caçadas rituais aos elefantes, leões e outras feras, os barabaig aspiram tornar-se ghadyirochand, ou heróis. Aqueles que conseguem abater um animal perigoso apenas com lanças recebem vacas, privilégios sexuais e prestígio para toda a vida.

   

Grande Dentada

Pouco conhecidos, rápidos como o vento, estes aracnídeos possuem as mandíbulas mais poderosas do deserto.

   

Templo da Morte

O deus decapitador agarra uma cabeça decepada, que conta a história sangrenta dos moche, uma cultura que reinou na costa norte do Peru mil anos antes dos incas. No longínquo complexo de pirâmides arruinadas conhecido como El Brujoíí (o Bruxoíí), os arqueólogos descobriram um tesouro em peças de cerâmica, relevos e ossadas.

Desd. Sol

LADO A. DE FRIO A QUENTE: imagens de satélite do Sol

 

LADO B. METEREOLOGIA ESPACIAL

 

41 / Agosto

Ilhas Fénix

 

Um bando estridente de andorinhas paira sobre a ilha de Kanton, soltando gritos agudos de chamamento. O Pacífico Sul espraia-se até ao infinito, sob nuvens tropicais orladas de coroas de ouro, vermelho e branco. São 6h30. Sentados no pontão do barco, que baloiça suavemente, eu, os biólogos David Obura, Sangeeta Mangubhai, Mary Jane Adams e a especialista Cat Holloway ajustamos o equipamento de mergulho.

2004

   

Porque Somos tão Gordos?

Desfrutamos de um dos estilos de vida mais luxuosos da Terra: abundância de alimentos, trabalho automatizado, prazer sem esforço. Mas é exactamente este estilo de vida que nos está a matar.

   

Lulas

Os olhos desta lula escondem uma elevada inteligência. As lulas e os cefalópodes possuem os maiores cérebros entre os invertebrados. Alguns destes animais têm uma beleza delicada; outros fazem lembrar monstros marinhos. Em comum, todos possuem o talento de se disfarçar num ápice.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

   

Patagónia

O trilho era íngreme, os trenós pesavam e a neve cegava-nos. No gelo do Sul da Patagónia isto é um dia normal.

   

Costa de New Jersey

Cá estou eu, de T-shirt às riscas, com a trupe do espectáculo dos irmãos Grim, junto ao passadiço de Seaside Heights. Cumprimentos.

   

Parque Nacional de Loango

No dia em que pisei pela primeira vez uma praia do Gabão, tirei a roupa e pensei em escrever para casa a dizer: “Não se preocupe, mãe, estou bem. Mas não venha à minha procura, pois nunca mais me verá.” Dez anos depois, nesta manhã do dia de Natal, cá estou de regresso à mesma praia, onde há hipopótamos a fazer surf e búfalos a apanhar sol.

     

As Grandes Planícies voltam a espelhar a definição oitocentista de território de fronteira:

42 / Setembro

“uma zona com um máximo de seis pessoas por milha quadrada” (2,5 pessoas por quilómetro quadrado). À medida que os agricultores e os fazendeiros abandonam este interior rural, a pradaria , o bisonte e os próprios nativos americanos protagonizam um regresso à sua terra de origem.

2004

Grandes Planícies

   

Renascimento Índio

Contrariando séculos de opressão e de negligência, os nativos norte-americanos regressam sem medo.

   

Texugos-do-mel

De presas à mostra, uma cria rosna à mãe em sinal de recusa em partilhar uma cobra. No primeiro estudo de longa duração sobre texugos-do-mel em estado selvagem, dois investigadores sul-africanos revelam a vida destes pequenos carnívoros famosos pela sua ferocidade.

   

Vapor Republic

Era tempo de olhar em frente, de cuidar dos feridos e enterrar os mortos. A guerra civil dos Estados Unidos da América terminara em Maio e o silêncio melancólico do pós-guerra dera lugar a um vibrante zumbir de oportunidades. Derrotado, o Sul era pobre, mas o resto do país voltara à vida, felizmente.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

Desd. Culturas Índias

 

LADO A. CULTURAS ÍNDIAS: mapa da América do Norte e central que reproduz a extensão das famílias linguísticas nos primeiros tempos da presença europeia.

LADO B. TERRITÓRIO ÍNDIO: mapa dos Estados Unidos que mostra os limites das reservas americanas e outras entidades tribais.

43 / Outubro

   

Gás tingido de carmim pelo calor do vulcão escapa-se do Kilauea, onde um rio de lava irrompe pela montanha. Na paisagem do Parque Nacional dos Vulcões, a aniquilação também significa a interminável génese da Terra.

2004

Vulcões do Hawai

   

Quem Eram os Fenícios?

Com força bruta e ajuda do vento, os pescadores libaneses velejam na esteira dos fenícios, misteriosos comerciantes da história do Mediterrâneo. Haverá relações entre estes homens do presente e do passado? Os geneticistas tentam descobrir.

   

Guardiões do Mundo

Os povos do maciço da Sierra Nevada de Santa Marta, na Colômbia, vêem o seu santuário violado por conflitos armados e pela ocupação de terras. Como acreditam que a Terra sofrerá se o seu local sagrado for afectado, os sacerdotes tribais permitiram uma rara visita ao seu território ameaçado.

   

Raposas-árcticas

Avançando cuidadosamente sobre o gelo, perto da baía de Hudson, no Canadá, uma raposa-árctica procura alimento em Fevereiro. Estas raposas adaptaram-se às flutuações radicais da instável abundância de alimentos do seu ambiente, marcadas por anos de fartura seguidos de escassez súbita.

44 /

   

A teoria mais importante de Charles Darwin, a evolução por selecção natural, reúne factos biológicos num todo coerente. A criação em cativeiro de pombos de luxo como os da raça Jacobin serviu de analogia para a selecção natural em estado selvagem. O rato-toupeira- africano-nu (em cima) mostra como os mamíferos podem evoluir de maneira a gerar operários especializados e rainhas.

Novembro

Teria Darwin Errado?

2004

   

O Mundo Sobrenatural dos Maias

Inspirada por crenças milenares, a comunidade de agricultores maias da Guatemala inicia um rito numa gruta (em cima). Estas cavidades são portais de acesso ao mundo sobrenatural e às nuvens portadoras de chuva.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

   

Recifes de Coral das Fiji

Tóxicos para a maioria dos habitantes do recife, os braços de pontas arroxeadas de uma anémona abrigam um peixe-palhaço-rosa. As ilhas Fiji possuem uma enorme variedade de corais, que reagem de maneira diferente aos ataques das tempestades, da poluição e dos oceanos cada vez mais quentes. Isolado, o arquipélago é um laboratório natural para estudar a saúde e a vulnerabilidade dos recifes de todo o mundo.

   

O Mapa do Terror

A mais recente vaga de terrorismo chamou a atenção do mundo para uma táctica que recorre à morte e à destruição como armas políticas. Mas o terrorismo em si, profundamente enraizado na história e na geografia, é um fenómeno antigo.

   

Monção da Austrália

O que consegue pôr de joelhos o mais robusto dos australianos? Meses de calor sufocante, seguidos de chuva em quantidade suficiente para engolir um camião.

Desd. Mapa Mundo

 

LADO A. A TERRA DE NOITE: planisfério que combina dados de povoamento com uma imagem de satélite que mostra as luzes nocturnas.

LADO B. O MUNDO: planisfério politico

 

45 /

   

Uma espessa tempestade de areia na fronteira entre o Paquistão e o Afeganistão é uma dolorosa lembrança para os perseguidores dos guerrilheiros da al-Qaida: este território tribal é um esconderijo demoníaco para o homem mais procurado do mundo.

Dezembro

Na Pista do Fantasma de bin Laden

2004

   

Cultura Afegã

Um país devastado por mais de vinte anos de conflitos internos começa lentamente a salvar os seus tesouros.

   

Okavango, o delta milagrosos de África

Pairando sobre um reino etéreo de nenúfares, água e luz, um bosquímano perscruta a floresta cor de esmeralda do rio Okavango, no Botswana. Como que por magia, o rio flui com cheias anuais antes de desaparecer no deserto do Kalahari. Resultado: um oásis de vida, acima e abaixo da superfície.

   

Sonhos de Outras Terras

Os astrónomos estão seguros de que existem no universo outros planetas semelhantes à Terra. Resta agora descobri-los.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

     

A

quase quatro quilómetros de profundidade, a elegante proa chora a degradação actual.

Regresso ao Titanic

Robert Ballard investiga as causas da destruição progressiva dos destroços náuticos mais

famosos do mundo.

46 / Janeiro

   

Sorvida no café simples ou bebericada no chá, engolida de uma vez num refrigerante ou tomada num analgésico, a cafeína é a droga psocoactiva mais popular do mundo.

2005

Cafeína

   

Cavalo Lusitano

Onde se conta a história da sobrevivência do puro sangue lusitano, que viveu a sua longa parceria com os homens nas paisagens de Portugal. Por vezes protegido pelo selo real, noutras cavalgando à mercê da extinção, este cavalo acabou por chegar a nós puro na raça e na nobreza.

   

Itália Antes dos Romanos

Achados entusiasmantes têm revelado facetas extraordinárias dos povos que habitaram a Itália antes de os romanos dela se assenhorearem.

   

Entre os berberes

Apesar de dominados pelos árabes durante séculos, os berberes constituem a maioria da população marroquina. Enquanto nas cidades se promove o reflorescimento cultural, os berberes das montanhas sobrevivem como agricultores, na esteira de uma cultura milenar.

     

Palco de maravilhas naturais, o parque atrai todos os anos mais de três milhões de turistas.

Parque Nacional de Yosemite

A

maioria desloca-se ao vale de Yosemite para admirar ícones como El Capitan (em cima)

e

a queda de água Bridalveil (à direita). Longe dos turistas, porém, existe outro Yosemite. É

 

menos conhecido, mas está imbuído de um poder muito especial.

47 / Fevereiro

   

As fronteiras de quatro países desaparecem sob as areias voláteis do Rub’ al -Khali, ou Terra Vazia. Conhecido pelas maravilhas geológicas e pelas tribos que deambulam pelas orlas, há séculos que este deserto seduz os viajantes.

2005

Terra Volátil

   

Busca ao Navio Maldito

Ao aproximar-se o fim da Segunda Guerra Mundial, o Exército Vermelho atacou a Prússia Oriental. Numa fuga desesperada, cerca de 5.200 refugiados e soldados feridos amontoaram-se a bordo do Steuben. Atacado por um submarino soviético, o navio alemão afundou-se. Contamos aqui a sua história.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

     

A

maioria dos ocidentais nunca assistiu a um filme de Bollywood, mas a indústria

Bem-venido a Bollywood

cinematográfica indiana é a maior do mundo e proporciona a milhões de fãs algo que

Hollywood nunca ofereceu.

   

Silencio Alado

De asas imóveis e ouvidos ultra-sensíveis, atenta ao mais imperceptível som emitido pelas presas, uma coruja-cinzenta voa sobre uma clareira da floresta de Manitoba. Para este predador dos bosques, a sobrevivência depende da concentração.

   

Jantar com os Mortos

Visitado 3.300 anos depois, um túmulo sírio conta segredos de um ritual em que os vivos comiam com os mortos.

     

O

funcionamento da mente humana é um processo mais complexo e mais fantástico do

48 / Março

A mente

 

2005

que alguma vez se imaginara. As tecnologias avançadas aplicadas à fotografia do cérebro em actividade confirmaram a ocorrência de funções discretas em localizações específicas,

embora pareça cada vez mais evidente que as funções cognitivas não podem ser fixadas em locais precisos do cérebro, como cidades num mapa.

   

Frederick Law Olmsted

O Central Park de Nova Iorque foi um dos parques urbanos projectados por Frederick Law Olmsted, um paisagista que revolucionou a sua arte e que se inspirou na Europa. Aqui, como em muitos outros espaços, Olmsted trouxe a beleza da natureza a ricos e pobres, sem distinção.

   

Irlanda Subaquática

As

lendas celtas referem as focas que deixavam cair a pelagem e andavam em terra como

os

homens. Graças às correntes quentes da Irlanda, a vida eclode no Atlântico.

   

Medellín: Histórias de uma guerra urbana.

Um cartel de droga e um conflito violento atormentam esta cidade colombiana ansiosa de normalidade.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

   

Espécies Invasoras

Das rãs das Caraíbas introduzidas no Hawai até aos pitões asiáticos que vivem no Parque Natural dos Everglades, nos EUA (em cima), há um mundo perturbador, modificado pela mão humana e cujo controlo exige rapidez e dinheiro. Por todo o globo, há espécies vegetais e animais introduzidas acidental ou propositadamente em ecossistemas estranhos.

49 / Abril

Os anões perdidos no

 

Seres em miniatura com crânios mais pequenos do que o nosso descendem de uma linha de antepassados humanos. Como conseguiram chegar a uma longínqua ilha e assegurar a sua sobrevivência?

2005

tempo

   

Família Hábil

Estes pioneiros pré-históricos adoptaram um novo modo de vida baseado na cooperação e até mesmo na solidariedade, possibilitando a evolução dos seres humanos posteriores.

   

Futuro Mesmo à Porta

29 de Setembro de 2004. Em vésperas de uma nova era, faltam poucos minutos para o SpaceShipOne ser libertado da aeronave de lançamento, o White Knight. Com o piloto Mike Melvill aos comandos, este foguetão civil pioneiro elevou-se a mais de 100km acima do solo, no primeiro de dois voos que lhe granjearam um prémio de 7,6 milhões de euros.

   

Os Ciganos do Índico

No mar de Andamã, o modo de vida dos nómadas de Myanmar parece cada vez mais incerto.

   

Orcas

Uma orca ataca um boto-de-dall na enseada do Príncipe Guilherme (em cima). Mas a orca não é uma assassina a sangue frio. O seu perfil revela um animal complexo com múltiplas identidades.

   

Abido

Portais abertos para o Grande Além, as sepulturas de Abido, com cinco mil anos, revelam pistas surpreendentes de um mistério arqueológico: teriam os primeiros reis do Egipto praticado sacrifícios humanos?

Desd. Açores

Lado A: Vida Marinha das águas açorianas. Inventário dos mais emblemáticos cetáceos dos Açores.

Lado B: À descoberta da natureza. Em terra, as riquezas naturais dos Açores são igualmente marcantes.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

50 / Maio

   

Paradoxo do veneno: tanto pode matar como curar. No dia 14 de Agosto de 1996, a toxicologista Karen Wetterhahn, professora de química na Faculdade de Dartmouth, deixou cair uma gotícula de dimetilmercúrio na mão esquerda.

2005

Veneno: Contos Tóxicos.

   

Planalto do Colorado

Varrido pelo vento e rasgado pela água, o planalto do Colorado ocupa uma superfície de 340 mil quilómetros quadrados dos estados de Arizona, Novo México, Utah e Colorado. Alguns consideram esta extensão árida inútil, uma paisagem que conspira contra a fixação humana. Para outros, é a maior obra da natureza em desenvolvimento.

   

Guerra Fóssil

Os mamutes lanudos extinguiram-se, mas as suas presas, como esta, escavada na Sibéria, fazem parte de um crescente comércio internacional de fósseis que tem tanto de lucrativo como de polémico.

   

Vencer a Gruta

Uma equipa internacional, organizada pela Associação Ucraniana de Espeleologia, penetra na gruta de Krubera a mais profunda do mundo, com 2.080m abaixo do solo, nas montanhas do Cáucaso.

   

Big Bang

Ultrapassando os limites das teorias e da imaginação, de forma verdadeiramente einsteiniana, os cosmólogos especulam que o nosso universo não é único. O Big Bang talvez seja apenas um entre infinitos princípios, que originaram uma sequência interminável de universos.

51 / Junho

Tutankhamon: O Faraó

 

Era ainda adolescente quando morreu. Último herdeiro de uma poderosa família que governou o Egipto durante séculos, foi sepultado e coberto de ouro, acabando por ser esquecido. Desde a descoberta do seu túmulo, em 1922, que o mundo especula sobre o que lhe sucedeu. Agora, ao deixar o seu túmulo pela primeira vez ao fim de quase 80 anos, Tutankhamon foi submetido a uma TAC que fornece novas pistas sobre a sua vida e morte.

2005

Menino.

   

Hienas

Na Reserva Nacional de Masai Mara, no Quénia, a confusão instala-se quando uma fêmea afasta os abutres de uma carcaça de gnu (em cima).

   

Csángós da Roménia

Os csángós romenos arreigam-se aos hábitos dos nómadas asiáticos que reivindicam como antepassados.

   

Atrás do Peixe Fugidio

Apurar a verdade sobre este ser dos corais é mais difícil do que se previa.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

   

Fogo e Chuva

Obtida a 4 de Agosto de 2003, a imagem térmica da Terra mostra as temperaturas elevadas do Saara movendo-se para norte, mergulhando Portugal e a Europa numa vaga de calor. Novas ferramentas como esta permitem prever o tempo com mais rigor.

   

Força do Ar

Uma nova visão dos tornados: de dentro para fora.

Desd. Europa

LADO A. EUROPA POLÍTICA: mapa político e quatro mapas temáticos da Europa: densidade populacional, línguas, economia e religião.

LADO B. EUROPA EM TRANSIÇÃO: mapas de forma esférica que mostram o desenvolvimento da Europa em 1920, 1960 e 2005 acompanhados de gráficos e texto explicativo.

52 / Julho

   

As células estaminais podem marcar o início de uma nova era da medicina, curando doenças mortais com tecidos e órgãos feitos à medida. Para já, porém, os limites da ciência e da política dividem a opinião pública.

2005

Células Estaminais

   

Grande armada de China

Há seiscentos anos, o almirante chinês Zheng He chefiou uma frota poderosa na primeira de sete viagens que reconfiguraram o império.

   

Marte

Dois robots de pesquisa geológica. Um ano à procura de vestígios de água. E a pergunta ainda se mantém: existiu vida em Marte no passado?

   

Chechénia

Inocentes continuam a morrer à medida que a guerra pela independência da Chechénia alastra no Cáucaso. Aos dois anos, Georgy Daurov (em cima) foi uma vítima entre as centenas de reféns abatidos em 2004, quando um grupo terrorista leal aos chechenos se apoderou de uma escola em Beslan, na república da Ossétia do Norte.

   

Gás Instável

Pesadelo ambiental ou fonte de energia essencial? A corrida ao gás natural transformou o Oeste americano e acicatou as populações umas contra as outras.

53 / Agosto

   

No momento em que os combustíveis fósseis são, cada vez menos, uma alternativa a considerar, é caso para perguntar: onde estará a próxima solução energética?

2005

Mais Poder

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

   

Mãos perdidas no tempo

Mãos impressas sobre a pedra ramificam- se a partir de uma “árvore da vida” na parede de uma gruta na região oriental do Bornéu. Uma equipa franco-indonésia descobriu centenas de pinturas como esta em cerca de 30 grutas. Com aproximadamente dez mil anos, os testemunhos talvez indiciem rituais de iniciação, possivelmente relacionados com a arte pré-histórica aborígene na Austrália, sugerindo uma migração primitiva.

   

Pantanal: O reino da água

As mandíbulas impulsivas de um caimão aguardam a chegada de peixes grandes. As fortes chuvas que caem entre Novembro e Março avolumam o rio Paraguai e os seus afluentes, inundando o Pantanal.

     

Os dentes do Dilong paradoxus assemelham-se aos do seu primo Tyrannosaurus rex, mais recente e muito maior. O D. paradoxus é um dos tiranossauros mais antigos até agora

Liaoning: Jóias Cinzas

encontrados e foi descoberto na província chinesa de Liaoning. Preservada em argila, silte

cinza vulcânica, uma espantosa associação de dinossauros, aves, mamíferos, peixes e insectos transforma esta jazida numa das mais prolíferas do mundo.

e

   

Viver com a bomba

Já passaram 60 anos. Depois de Hiroxima, pelo menos oito países possuem armas nucleares, e os terroristas também as querem. Até que ponto está o mundo a salvo?

54 / Setembro

Medindo a pegada

 

Será que 92 mil fotografias aéreas e uma torrente de dados informáticos produzirão um relatório que ajude a proteger os espaços selvagens africanos?

2005

Humana

   

Inventando uma cidade Nairobi

Uma metrópole turbulenta brilha com as promessas de uma vida melhor, mas nem sempre as cumpre.

   

Petróleo Novo Lucro para Quem?

A

África ocidental poderá duplicar a produção de petróleo até ao final da década, mas o

destino final desta riqueza permanece uma incógnita.

   

VIver com SIDA

Quando Nomfumaneko (segunda a contar da direita na fila da frente), uma adolescente com SIDA, tomou a primeira dose de medicamentos anti-retrovirais (ARV), a família reuniu- se para a apoiar. Na região rural de Lusikisiki (África do Sul), o VIH/SIDA é um factor de vida e de morte.

   

Quem Manda na Floresta?

Na África Central, guerra e inocência entram em colisão, numa história de pigmeus, rebeldes, feiticeiros e sonhadores.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

   

Raízes de Vida

O que reserva o futuro à magnífica vida selvagem do grande continente africano?

Desd. África.

Lado A: Marca de África. A pegada ecológica humana no continente verde.

 

Lado B: Cobertura terrestre e usos do solo.

55 / Outubro

Prever a próxima gripe

 

Nguyen Si Tuan, de 21 anos (em cima), luta pela vida em Hanói, com os pulmões devastados por uma gripe transmitida por galinhas. No sudeste asiático, um vírus que ataca aves está também a matar pessoas.

2005

letal

   

Infierno à Face da Terra

No Danakil, um lago de lava fundida ilumina o rebordo da cratera do vulcão Ertale, (Etiópia), activo há quase um século. A Eritreia e o Djibuti partilham também esta extensão de deserto, que sustenta tribos nómadas e comerciantes de sal.

   

Vitoria Fatal

Cerca de cinco mil homens morreram numa das últimas grandes batalhas de veleiros. Entre as vítimas sucumbiu o lendário herói britânico.

   

O reino remoto do Hawai

Instantâneos do arquipélago mais remoto do mundo.

56 /

   

Quando o Outono chega ao Parque Nacional de Acadia, o primeiro parque natural americano criado a leste do rio Mississipi, dias luminosos e noites frias desencadeiam espectáculos pirotécnicos de folhagem, nesta reserva do estado do Maine.

Novembro

Parque Nacional de Acadia, EUA

2005

   

O Nepal e a sua Revolução

Quem são os maoístas e porque transformaram este reino dos Himalaia num lugar de morte?

   

Ocelotes

Seis meses no encalço de ocelotes permitiram apenas seis curtas observações. Por que razão são estes predadores tão difíceis de localizar?

   

Estreito de Lembeh

Vinda do submundo, uma cobra-estreita (em cima) salta para fora das areias vulcânicas do estreito de Lembeh, na Indonésia, para capturar presas de passagem.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

     

A

1 de Novembro de 1755, o solo da cidade de Lisboa tremeu durante cerca de oito

minutos. Aos terramotos, seguiram-se maremotos. Aos maremotos, seguiram-se incêndios por toda a cidade. Esta sequência infernal de catástrofes naturais modificou a cidade para

O Dia em que Tudo Ruiu

sempre e permitiu a consolidação do poder político do marquês de Pombal. Algures na cidade, enquanto os governantes iniciavam o esforço de reconstrução, muitas pessoas lutavam pela vida.

Desd. O Terramoto de Lisboa. No dia 1 de Novembro de 1755, a terra tremeu em Portugal. E Lisboa mudou para sempre.

57 /

   

A

Guarda Nacional do Ohio patrulha o Superdome de Louisiana (em cima), onde, cinco

Dezembro

Ajuda Humanitária.

dias depois do furacão Katrina, centenas de pessoas sem abrigo ainda aguardavam

2005

 

transporte.

   

Monstros Marinhos.

Uma boca com presas compridas e pontiagudas fez do Nothosaurus giganteus um predador eficiente. Este caçador cruzou as águas que cobriam a maior parte da Eurásia há cerca de 230 milhões de anos. Mais terríveis do que os monstros imaginados por Hollywood, este e outros enormes répteis patrulhavam os mares. Mesmo hoje, ainda assombram a nossa imaginação.

   

Os Fiéis de Buda.

O

budismo ganha cada vez mais crentes no ocidente, recorrendo a medidas práticas para

acalmar a mente e encontrar o esclarecimento.

   

Telescópio Spitzer.

O

telescópio espacial Spitzer, da NASA, ilumina o coração do universo escuro.

Desd. Monstros dos mares

 

FACE A. MONSTROS DOS MARES ANTIGOS - Galeria de ilustrações de monstros marinhos, pormenores de alguns deles e planisférios que representam a evolução dos continentes durante o Mesozóico.

FACE B. Ilustrações de vários animais aquáticos pré-históricos.

 

58 / Janeiro

Segredos da

 

Segredos para Viver Mais - Os habitantes de Okinawa, Sardenha e Loma Linda (Califórnia) vivem mais tempo e são mais saudáveis do que praticamente todas as outras pessoas no planeta. O que sabem eles que nós não sabemos?

2006

longevidade

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

   

Grande Canyon

A

névoa de Inverno molda a paisagem no Parque Nacional do Grande Canyon.

   

Do Lince e dos Homens

Com a pata presa numa armadilha, um lince aguarda o destino. Capturado no Canadá ao abrigo de um programa de reintrodução dos felinos no seu território histórico, ele será colocado em liberdade nas montanhas Rochosas do Colorado.

     

Novos achados no sítio arqueológico guatemalteco de San Bartolo incluem um mural

Alvorada Maia Deuses e Reis

sagrado e uma sepultura régia e mostram que os deuses do céu e da terra já mandavam

na

cultura maia há mais de dois mil anos.

   

Caçadores do Gelo

Fazendo estalar o chicote, o caçador da Gronelândia espicaça os cães para que se apressem a atravessar um mar de gelo que, ano após ano, fica mais fino. Até agora homens como este sempre caçaram aqui, mas o gelo está a desaparecer

   

Louva-a-deus

Estes insectos ferozes são mestres do disfarce, excedendo em inteligência as suas presas (e muitas vezes os seus predadores).

59/Fevereiro

Amor: A ciência explica-

 

Os cientistas estão a descobrir que a mistura de substâncias químicas responsável pelo desencadear da paixão é totalmente diferente da que promove as ligações de longa duração.

2006

o

   

Desgosto no Serengeti.

Gnus e estorninhos iniciam a migração anual nas margens da planície do Serengeti, onde

os

seres humanos coexistem cautelosamente com os seus vizinhos selvagens.

   

Ursos de Kamchatka

O

futuro dos Ursos de Kamchatka (Rússia) em discussão.

   

A Cruzada Pelas Plantas

O

estado da Califórnia continua a lutar para impedir que a urbanização e a agricultura

rasguem a sua singular terra bravia.

   

O degelo - os Alpes em Risco

O

turismo, o comércio e o aquecimento global afectam cada vez mais as estâncias de

desportos de Inverno.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

60 / Março

Apelo Celta: a Europa descobre a cultura ancestral

 

Alma Celta - Foliões pintados irradiam energia fogosa na comemoração do festival celta de Beltane, na Escócia. O dia seguinte, 1 de Maio, assinala o início do Verão no calendário celta. O desaparecimento desta civilização não matou a cultura - os idiomas, a música e o espírito dos celtas continuam a irradiar nas regiões costeiras da Europa.

2006

   

Ucrânia: Riscos da Revolução

No fim de 2004, milhares de pessoas aglomeraram-se na Praça da Independência, em Kiev, na Ucrânia, para comemorar a eleição de Viktor Yushchenko como presidente. Manifestações de rua forçaram o partido do poder a aceitar os resultados da eleição. “Juntos somos muitos”, cantaram os manifestantes. A evolução política do país pasmou o mundo, mas as expectativas são altas de mais.

     

O

carvão reina de novo. Enquanto o petróleo escasseia e o preço do gás natural aumenta,

Paradoxo do Carvão

o carvão tem capacidade para iluminar casas e alimentar fábricas durante séculos. O preço desta abundância pode ser elevado, como demonstram as próximas duas reportagens. “Paradoxo do Carvão” estuda a ameaça ao clima global representada por novas centrais

electroprodutoras a carvão, uma ameaça que a tecnologia pode atenuar. “Montanhas Rasas” descreve um mal diferente para o qual não existe cura: paisagens e comunidades devastadas pela sede de carvão barato.

   

Montanhas Rasas

As principais empresas mineiras da Virgínia Ocidental atingem camadas ricas em carvão através da remoção dos cumes das montanhas. As populações residentes pagam um preço elevado pela poluição sonora, atmosférica e hídrica.

   

Lobos da Etiópia

Há cerca de cem mil anos, durante a última era glaciar, os lobos migraram para as terras altas do que hoje é a Etiópia. À medida que os glaciares recuavam, os lobos ficaram. Hoje, confinada pelos seres humanos, a única espécie de lobo africano encontra-se sob pressão.

   

Prova de Aço.

O

fim dos veleiros de madeira marcou uma nova era na história naval.

61 / Abril

   

Chernobyl - Há 20 anos, os operadores cometeram uma série de erros fatais na sala de controlo do reactor quatro. A explosão ainda exerce a sua influência maligna sobre a terra e as pessoas.

2006

Entrámos em Chernobyl

   

Energia Nuclear.

A

Energia Nuclear mete medo, é cara mas pode salvar a Terra, por isso ela pode voltar.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

   

Glen Canyon.

Até agora e durante décadas, a água dominou a paisagem do Glen Canyon.

     

A

Nova Venezuela - o país é cada vez mais um espectáculo de um homem só, concebido

A Nova Venezuela

e

narrado pelo presidente Hugo Chávez.

   

Libélulas

Talvez já as tenha visto em acção num dia de Verão: algures nas margens de um charco, um macho persegue uma fêmea. Ou uma libélula tigrada faz um voo picado, rodopiando e exibindo as asas delgadas, para depois, num piscar de olhos, encontrar um parceiro e ascenderem juntos até ao éter.

   

Terramotos

Há 100 anos, a terra tremeu sob São Francisco, arrasando a cidade e iniciando a ciência moderna da sismologia. Porém, os sismos continuam a apanhar-nos desprevenidos.

Desd. Riscos sísmicos

 

FACE A: RISCOS SÍSMICOS, UMA VISÃO GLOBAL.

 

FACE B: TERRAMOTOS: VIVER COM A AMEAÇA

62 / Maio

   

O Evangelho de Judas - Perdido há 1.700 anos, um manuscrito refere que o traidor foi, afinal, fiel discípulo de Cristo.

2006

A Versão de Judas

   

Alasca bravio

O

apetite por petróleo ameaça devorar a Vertente Norte do Alasca.

   

O Ducado da Cornualha.

No ducado da Cornualha, o príncipe Carlos materializou a sua visão de ordenamento do território.

     

A

maioria das alergias aparenta ser inócua. Mas o crescimento global desta epidemia é

Alergias

muito real.

   

Rio Ayerawaddy.

Alheio aos múltiplos conflitos de Myanmar, o rio é fonte de esperança para o povo birmanês.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

63 / Junho

Futebol: muito mais que

 

O

futebol tornou-se muito mais do que um jogo: é uma religião, um combate ideológico e

2006

um jogo

uma afirmação política.

 
   

Múmia tatuada.

Uma múmia com ornamentos tatuados, sepultada há 1.600 anos e agora exumada no Peru, pode ter sido uma antiga rainha da violenta cultura moche.

   

Pelicanos

Em terra, já lhe chamaram desajeitado, deselegante ou grotesco. No ar, porém, o pelicano transforma-se num poema com asas.

     

A

tecnologia

minúscula

promete

enormes

recompensas.

Algumas

das

lendárias

Nanotecnologia

possibilidades até já se tornaram possíveis.

 
     

37 anos, um jovem fotógrafo viajou até ao estado de Montana para documentar a vida

Huteritas

numa pequena colónia religiosa. No seu coração, Bill Allard nunca chegou a partir.

 

64 / Julho

Roma Secreta: nos subterrâneos da cidade eterna

 

Por baixo da superfície da Cidade Eterna, espraia-se o maior museu inexplorado do mundo.

2006

     

A

interligação da rede de áreas protegidas espalhadas pela América Central, do Panamá à

Costa Rica.

península do Iucatão, é vital para garantir a sobrevivência de uma miríade de espécies que

habitam uma das zonas mais virgens e mais ricas em biodiversidade do planeta. O projecto está em marcha.

     

A

agilidade e inteligência adquiridas desde que os nossos antepassados se ergueram

Postura Bípede

sobre dois pés também tiveram desvantagens: uma pletora de dores e sofrimentos

dificultam a vida do ser humano.

 
   

Barba Negra

Arqueólogos investigam um naufrágio na Carolina do Norte em busca de revelações sobre o pirata que alimentou todas as lendas.

   

Alerta Costeiro

As

zonas litorais recebem cada vez mais habitantes e já estão a rebentar pelas costuras.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

Desd. O Futebol. Junho 2006

 

FACE A. O FUTEBOL UNE O MUNDO Planisfério que ilustra os países onde o futebol é o desporto principal e os países onde isso não acontece. Revela-se também o número de jogadores que praticam esta modalidade e incluem-se gráficos de sectores, barras e uma cronologia

FACE B. O JOGO BONITO Quatro diagramas que explicam o movimento da bola durante alguns minutos em jogos carismáticos de futebol internacional. Ilustrações representam detalhadamente as fintas típicas de algumas estrelas do futebol.

65 / Agosto

Pandas de aluguer: os

 

Os pandas-gigantes valem literalmente o seu peso em ouro. São talvez o mais valioso produto exportado pela China. Uma safra gigante de recém-nascidos em cativeiro comprova que os cuidados recompensam.

2006

custos da conservação

   

Depois dos Furacões

Numa paisagem de desolação, muitos desalojados pela recente vaga de furacões ainda tentam reunir pedaços das suas vidas.

   

Fúria no Céu

2005 foi um ano de superlativos. Nunca um furacão tinha causado tantos prejuízos económicos como o Katrina. Nunca o Atlântico assistira num só ano a 27 tempestades tropicais registadas pelo nome. Sete abateram-se sobre os EUA. Nunca antes 15 furacões tinham sido detectados numa só temporada, incluindo quatro tempestades de Categoria 5.

   

Montanhas Smoky.

Para os cherokee, estas montanhas eram shaconage: azul, a cor do fumo. O Parque Nacional das Montanhas Great Smoky é um refúgio para a alma de mais de nove milhões de visitantes por ano.

   

Cultura Fremont

Durante cinco décadas, Waldo Wilcox, rancheiro do Utah, protegeu silenciosamente artefactos e arte rupestre deixados nos seus terrenos pelos pouco conhecidos fremont, cuja cultura desapareceu misteriosamente há quase 700 anos. Agora, o segredo foi revelado.

   

Colisão de Correntes

Cardumes de arenques nadam ao largo da ilha de Vancouver, um mundo de fortes correntes. É loucura mergulhar aqui, mas essa é a forma de ver a energia concentrada por algumas das mais fortes correntes do mundo?

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

66 / Setembro

Arriscar a vida nas

 

Grutas Fluviais da Nova Guiné - Quando toda a superfície do globo já foi explorada, a aventura transfere-se para o subsolo. As grutas fluviais da Papua Nova-Guiné são o expoente máximo da espeleologia contemporânea.

2006

grutas da Nova Guiné

   

Leões de Botswana

Numa ilha pantanosa do delta do Okavango, o comportamento de leões e búfalos modifica- se radicalmente. Predadores e presas adaptam-se às necessidades do ecossistema.

     

A

China tem planos para redinamizar o Nordeste do país, uma região que foi decisiva na

Manchúria

economia centralizada de Mao Tsé-Tung. O próximo motor da industrialização chinesa

pode estar na Manchúria.

   

Tom Abercrombie.

Thomas J. Abercrombie fotografou para o National Geographic durante quatro décadas. Para muitos, fotografar para a National Geographic não passa de um sonho.

   

Formigas Gerreiras

Edward O. Wilson, biólogo famoso e observador de formigas durante toda a vida, encarrega-se de apresentar a nossa nova série de reportagens sobre estas criaturas altamente sociáveis, altruístas e cooperantes. (talvez por isso a palavra “formiga”, em japonês se escreva unindo entre si dois carac teres que significam “insecto” e “lealdade”).

   

Sapatos

Entre botas de bebé e sandálias desportivas, passamos grande parte das nossas vidas calçados. E se os sapatos contassem também uma história.

67 / Outubro

Parques Naturais

Parques Urbanos em Paris

A

Cidade das Luzes é também uma cidade verde, com uma panóplia de parques e jardins

2006

santuários sob cerco

onde os parisienses descansam e rejuvenescem.

   

Parques Americanos

Tendo em conta a forma como o debate sobre áreas protegidas tem evoluído, talvez o futuro centenário do Serviço de Parques dos EUA não justifique um brinde.

   

Parques Internacionais

Terreno Sagrado - Combinadas entre si, paisagem e memória revelam-nos que certos lugares são especiais, santificados pelos seus extraordinários méritos naturais e pelo consenso social. Chamamos parques a esses lugares e confiamos que eles durarão para sempre.

Deserto de Sonora - Ossos de baleia-cinzenta deram à costa junto a uma lagoa da Baixa Califórnia, a fronteira do deserto de Sonora com o oceano Pacífico.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

   

Parque de Monfragüe - Espanha

A génese de um novo parque natural em Espanha parque de Monfragüe.

Desd. Estados Unidos

 

FACE A: ESTADOS UNIDOS - Mapa político dos Estados Unidos, que representa o Sistema de Parques Nacionais, incluindo parques, reservas, sítios históricos, monumentos e outros espaços protegidos.

FACE B: HISTÓRIA DE UM TERRITÓRIO - Mapa físico dos Estados Unidos, mostrando a ampla variedade de usos do solo.

68 /

Descoberta na Etiópia A menina mais antiga do

 

Viveu há cerca de 3,3 milhões de anos no território que é hoje a Etiópia. Os restos minúsculos dos seus ossos fossilizados fornecem pistas valiosas sobre uma fase decisiva da evolução dos hominídeos. De certa forma, a menina de Dikika reflecte as origens da infância da nossa espécie.

Novembro

2006

mundo

   

Focas-leopardo, beleza mortífera

Grandes, velozes e letais. As focas-leopardo caçam pinguins nas águas geladas da Antárctida, num espectáculo brutal, mas revelador da natureza deste mamífero temível

     

A

ciência procura recapitular um dos momentos decisivos da evolução das espécies,

Das Barbatanas às Asas.

tentando identificar as origens de várias estruturas morfológicas. A investigação tem revelado que o mesmo dispositivo genético pode produzir estruturas simples ou extraordinariamente complexas.

   

Coração de cristal

Por baixo do tórrido deserto mexicano de Chihuaha, a quase trezentos metros de profundidade, desvendou-se no ano 2000 uma cavidade que contém os maiores cristais de selenite conhecidos no mundo. As autoridades debatem agora o destino daquela esmagadora criação geológica.

     

O

perigo omnipresente da floresta tropical gerou o desenvolvimento de incríveis estratégias

Uma vida de rã

de sobrevivência no mundo colorido das rãs-arborícolas-de-patas-vermelhas. No solo ou

nas copas, as rãs são campeãs da arte da camuflagem.

   

Teotihuacán: Pirâmide da morte

No México, um projecto financiado pela National Geographic Society recuperou achados inquietantes na antiga cidade de Teotihuacán, produzindo vestígios indesmentíveis dos sacrifícios humanos que ali se praticaram.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

69 /

   

Saturno: O senhor dos anéis. No final de 2004, a seis milhões de quilómetros de Saturno, a sonda Cassini captou 126 fotografias com cores naturais, que foram alinhadas para criar esta montagem, o mais pormenorizado retrato do planeta. A Cassini iniciou a sua viagem em 1997 e é uma das mais ambiciosas missões planetárias da história

Dezembro

Saturno Uma visão insólita

2006

     

O

nosso planeta começou por ser composto apenas por rochas e gases. O Sol era mais

fraco do que agora, e a Lua, orbitando a menos de um décimo da distância actual, parecia

A Terra nos primórdios

enorme. Passaram centenas de milhões de anos até o planeta reunir as condições essenciais à vida. No entanto, determinadas paisagens fazem ainda lembrar as nossas inóspitas origens.

   

Corrida ao Ouro Trácio.

O

Eldorado búlgaro desperta interesses contraditórios entre arqueólogos, saqueadores e

promotores imobiliários.

   

Messner, o melhor alpinista do mundo

Fora das muralhas de uma fortaleza do século XVI, no Norte da Itália, erguem-se as montanhas Dolomitas. No interior das muralhas, Reinhold Messner, o melhor alpinista do mundo, “constrói” uma montanha. Sob indicação da sua voz enérgica, uma retroescavadora atravessa o pátio poeirento para trás e para a frente, num vaivém, levantando placas de rocha e depositando-as numa pirâmide cuidadosamente empilhada que, ao final do dia, já forma uma pequena montanha.

   

Ilhas Sandwich do Sul

Depois de zarpar do extremo meridional da América do Sul, navegando seis dias para sudeste, chega-se ao arquipélago das ilhas Sandwich do Sul, guardadas por icebergues azuis, milhões de pinguins e um mar implacável.

   

Ave fantasma - Pica-paus

Ainda existe!, bradam observadores experientes, confiando nos sete avistamentos convincentes de pica-paus-de-bico-de-marfim registados desde 2004. Mesmo com novos relatos, os cépticos duvidam que a lendária ave tenha escapado à extinção em 1944, ano do último avistamento confirmado nos EUA.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

Desd. Sistema Solar

 

FACE A: O SISTEMA SOLAR EM 12/06 Representação dos oito planetas do sistema solar e de outros corpos celestes. É a primeira representação de um sistema solar já com planetas anões.

FACE B: Duas ilustrações dos planetas mais próximos e mais longínquos do Sol e apanhado das principais missões espaciais que os diversos organismos internacionais estão a desenvolver para os próximos anos.

     

Nos minutos que demorar a ler esta reportagem, uma área da Amazónia com dimensão aproximada de 150 campos de futebol será destruída.

As forças da globalização estão a invadir a Amazónia, apressando a morte da floresta e frustrando os esforços dos seus defensores. Nas últimas três décadas, centenas de pessoas morreram em guerras pela posse de terra e muitas outras enfrentam o medo, ameaçadas por quem lucra com o roubo da madeira e da terra. Nesta fronteira onde mandam as armas, as motosserras e os bulldozers, os funcionários da administração pública são frequentemente corruptos e ineficazes ou mal apetrechados e incapazes de aplicar a justiça

70 / Janeiro

 

Brasil: O fim da

2007

Amazónia

   

Baleias-de-bossa: o que fazem elas lá em baixo?

Lembram-se de quando os maiores animais do mundo pareciam correr risco de extinção? Esse foi o cenário das décadas de 1960 e 1970, quando a caça comercial fez descer de tal forma o número de efectivos de muitas espécies das baleias de grande porte que o mundo temeu mesmo a perda destas maravilhas naturais.

     

Era uma vez um xeque que gostava de sonhar. Os seus domínios, nas margens do golfo Pérsico, eram compostos por uma aldeia adormecida, crestada pelo sol, habitada por apanhadores de pérolas, pescadores e comerciantes que ali atracavam os dhows e barcos de pesca, junto a um ribeiro que serpenteava pelo meio da povoação.

Dubai: Cidade cogumelo.

Porém, onde os outros viam apenas um riacho de águas lodosas, o xeque Rashid bin Saeed al Maktoum viu uma auto-estrada para o mundo. Em 1959, Rashid pediu emprestados muitos milhões de euros ao seu vizinho Koweit, rico em petróleo, para dragar o ribeiro, alargá-lo e torná-lo suficientemente fundo para a navegação. Construiu docas e armazéns e projectou estradas, escolas e casas. Houve quem temesse que o xeque estivesse tomado de loucura, mas Rashid acreditava na força de começar de novo.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

   

Beija-flor: Explosão de cores

Qual lampejo cor de safira, um batimento de asas basta para a minúscula ave se eclipsar, como uma miragem fugaz. Momentos depois, volta a aparecer. É mesmo uma ave, e as suas asas hipercinéticas podem bater 80 vezes por segundo. Os batimentos da cauda actuam como remos, direccionando suavemente o beija-flor. Quando a ave fixa os olhos na trombeta de uma flor cor de laranja brilhante, uma língua fina como um fio emerge do bico em forma de agulha. Um raio de sol ricocheteia sobre as suas penas iridescentes, reflectindo uma cor tão deslumbrante como a de uma pedra preciosa. Não admira que os beija-flores inspirem sentimentos sinceros de afecto e que os seres humanos se comovam quando os descrevem.

   

Santos e pecadores no Árctico.

Contando apenas com uma lanterna e a Lua para lhe iluminar o caminho, Mike Horn marcha sobre as plataformas de gelo do Árctico. Ele e Børge Ousland esquiaram até ao Pólo Norte na escuridão do Inverno. Pouco depois, um terceiro aventureiro enfrentou a morte, resistindo sobre um frágil pedaço de gelo.

   

Eslovénia: Dádivas de um rio

Durante mais de nove mil anos, soldados e aldeãos atiraram tesouros para um rio sagrado da Eslovénia. Agora, um arqueólogo quer saber porquê.

     

Mapa e cronologia da história dos Dinossauros

81 /

Há 230 milhões de anos, quando os dinossauros surgiram, a Terra estava pronta para eles. A extinção maciça durante o Pérmico tinha eliminado possíveis rivais e a deriva continental dera origem ao supercontinente Pangeia, que se estendia de pólo a pólo. Ao longo de milhões de anos, os dinossauros proliferaram, adaptando-se aos ambientes terrestres. Pouco a pouco, Pangeia dividiu-se em duas grandes massas continentais (Gonduana, a sul, e Laurásia, a norte) dividindo os dinossauros em duas populações que evoluíram isoladas uma da outra, até todos conhecerem o fim há 65 milhões de anos. Foram identificadas mais de 550 espécies de dinossauros, e estima-se que ainda existam mais de mil por encontrar.

Dezembro

2007

Planeta dos

Dinossauros.

     

Antes do século XIX, quando apareciam fósseis de dinossauro, dizia-se que eram vestígios de dragões, ogres ou vítimas gigantes do Dilúvio de Noé.

Dinossauros insólitos

Após dois séculos de pesquisas paleontológicas, os testemunhos são mais estranhos do que qualquer fábula e continuam a surgir peças enigmáticas deste quebra-cabeças.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

   

Belém 2007 d.C.

Não foi assim que Maria e José entraram em Belém, mas hoje é assim que lá se entra. Espera-se junto ao muro, uma desanimadora barricada de betão, com a altura de três andares, revestida de arame farpado.

   

A medida do tempo

“O Sol é o grande relógio do mundo”, disse Voltaire, assim sintetizando o labor prospectivo que os homens realizaram ao longo de milénios para se situarem no tempo e decifrar os seus mistérios.

   

Albatrozes, criados para voar.

De todas as máquinas voadoras existentes na Terra, o albatroz é a mais grandiosa. Nada mais é preciso para além de ossos, penas, músculos e vento. O albatroz é, em si mesmo, um arco longo em tensão e a brisa a sua corda, que propulsiona o corpo. É art déco, com o seu estilo inconfundível, linhas regulares, viagens épicas e fidelidade heróica.

   

Terras do gelo.

O satélite da terra, a lua, tem um aspecto hostil e longínquo que impressiona. Do relvado de casa ou da janela do nosso apartamento, imaginamos essa paisagem como um lugar de ausência. Ausência de vento, ou de qualquer folha de relva para ser agitada pela mais suave brisa. Ausência de gente.

Desd. Planeta dos Dinossauros - Mapa e cronologia da história dos Dinossauros

82 / Janeiro

Sob o vulcão A cintura

 

Os deuses parecem agitados - Sob um inferno prestes a rebentar, o agricultor Udi, de 60 anos, residente em Kinarejo, uma aldeia na ilha indonésia de Java, recusa-se a partir. Apesar de Kinarejo distar apenas quatro quilómetros e meio do pico fumegante do monte Merapi. Apesar de as espirais de gás venenoso e da evolução nervosa dos sismógrafos apontarem para uma explosão iminente.

2008

de Fogo da Indonésia

   

Doenças zoonóticas.

Em Setembro de 1994, num subúrbio da cidade australiana de Brisbane, eclodiu um surto de uma doença que afectou cavalos de competição. A localidade chamava-se Hendra e era um bairro antigo e pacato, ocupado por pistas de competição equestre, estábulos, quiosques onde se vendiam boletins com informações sobre potenciais vencedores, restaurantes e muitas pessoas ligadas às corridas de cavalos. A primeira vítima foi uma égua chamada Drama Series, que se encontrava num pasto, de onde foi trazida para o estábulo do treinador para ser vista por um veterinário.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

 
     

O

encanto tem muitos rostos, mas poucos como o que foi pintado há 1.500 anos numa

caverna

 

da

Índia.

A arte sagrada da Índia.

Para

o

apreciar,

os

olhos

têm

de

se

adaptar

à

escuridão.

Passado

pouco

tempo, torna-se impossível desviar o olhar. Surge então uma figura masculina com o peito nu, usando uma coroa alta e segurando uma delicada flor de lótus.

     

Frio indescritível. Apesar do torpor em que se encontram, os dois montanheiros polacos reconhecem que a situação é desesperada. O frio envolve-lhes os corpos enfraquecidos e alimenta-se deles enquanto estão vivos, roendo-lhes os dedos hirtos das mãos e os dedos congelados dos pés, devorando-lhes as bochechas cerosas e os narizes endurecidos.

Nanga Parbat.

Estamos a 12 de Janeiro de 2007, o pino do Inverno na cordilheira do Karakoram, no Paquistão. Darek Zaluski e Jacek Jawien estão retidos no interior da sua tenda, a 6.750 metros de altitude, na vertente sudoeste do Nanga Parbat, a nona montanha mais alta do mundo.

   

Gorilas de planície.

Esta é a história de uma família sem par: o patriarca, gigantesco e solitário, as suas quatro fêmeas, cada qual com a sua cria carente, e George, órfã de progenitora. Dez seres intimamente ligados no seu próprio mundo, vivendo cada longo dia numa paisagem extravagante e sufocante.

83 / Fevereiro

Os faraós negros A

 

Em 730 a.C., um homem chamado Pié decidiu que, para salvar o Egipto de si mesmo, a única solução seria invadi-lo e tomar o império pela força. A magnífica civilização que outrora construíra as pirâmides perdera o rumo, dilacerada por conflitos entre pequenos senhores da guerra. Antes da “salvação”, porém, muito sangue haveria de correr ao longo do Nilo.

2008

dinastia núbia que conquistou o Egipto

Durante duas décadas, Pié governara o seu próprio reino na Núbia, uma região de África situada maioritariamente no actual Sudão.

     

Aqui no Gana, Junho é a estação húmida, mas na capital, Accra, a chuva parou. À medida que o sol aquece a atmosfera, colunas de fumo negro erguem-se sobre o enorme mercado

de

Agbogbloshie. Sigo uma nuvem de fumo até à sua origem, passando por vendedores de

Lixo tecnológico.

alface e de tanchagem, por bancas de pneus usados e por um mercado de sucata metálica onde homens acocorados batem em alternadores e blocos de motores velhos. Pouco depois, o caminho é balizado por televisores usados, torres de computador esventradas e monitores desfeitos numa pilha com três metros de altura.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

Japão, a viagem de um poeta

“Cada dia é uma viagem e a própria viagem é o lar”, escreveu há mais de 300 anos

o poeta Matsuo Bashô, na primeira entrada da sua obra- prima “O Caminho Estreito para o Longínquo Norte”. Vêm -me à mente estas palavras enquanto me preparo para seguir as pegadas deste poeta, percorrendo o seu caminho uma rota de dois mil quilómetros por ele seguidos em 1689, atravessando o Japão.

84 / Março

2008

Os mares do Sul os

primeiros navegadores do oceano Pacífico

Para lá do horizonte azul - Como os navegadores da antiguidade colonizaram as ilhas do

Pacífico

Os hazaras, povo esquecido do Afeganistão

No coração do Afeganistão, existe um espaço vazio, uma ausência sentida, no local onde outrora se erguiam os colossais budas de Bamian. Em Março de 2001, os talibãs dispararam contra as estátuas durante dias a fio, rechearam-nas de explosivos que, por fim, foram detonados. Os budas tinham contemplado Bamian durante cerca de 1.500 anos. Comerciantes e missionários de diversas confissões calcorrearam este trilho da Rota da Seda.

Águia-filipina

Se a irrevogável transição que faz uma espécie passar de rara a extinta provocasse um rasgão no tecido do nosso planeta, de que tamanho seria o buraco deixado pela perda da

Filipinas?

Todos os animais e plantas ajudam a fazer girar as infinitamente complexas rodas da engrenagem da biosfera, mas a perda desta ave privaria o mundo de uma das suas maravilhas. Ela voa planando pelas florestas tropicais das Filipinas, com as suas poderosas asas abertas, navegando com inesperada precisão entre a emaranhada copa das árvores. É possível que alguém tenha descrito esta rara ave de rapina, uma das maiores do mundo, sem aplicar a palavra “magnífica”. E se alguém o fez, o céu deveria curar-lhe a alma.

águia

das

Butão, entre a tradição e o progresso

O pequeno reino budista tenta adaptar-se ao mundo moderno sem perder a sua identidade.

Mentes brilhantes

Os animais são mais inteligentes do que pensamos

No coração de toda a matéria

Caça à partícula de Deus

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

   

Islândia, o debate energético

A Islândia debate-se com uma escolha difícil: explorar a riqueza de um projecto industrial ou manter o seu território bravio.

85

/ Abril

   

Séculos obscuros: definimos frequentemente assim o período histórico da decadência e colapso do império romano do Ocidente. E utilizamos o termo “invasões bárbaras” para nos referirmos às gigantescas migrações humanas que, oriundas do Norte e Leste da Europa, lograram introduzir-se no seio do império. Todavia, os historiadores asseguram que não se tratou de um levantamento de estrangeiros brutais e selvagens.

2008

Roma e os Bárbaros

   

Roterdão, O primeiro porto da Europa

Roterdão tornou-se grande devido ao mar. Muitos visitam com regularidade o aeroporto de Schiphol, a outra porta de entrada da Holanda, mas pouco sabem sobre a zona portuária de Roterdão. Que aspecto tem o maior porto da Europa e o terceiro maior do mundo?

   

Quase Humanos

Nas savanas do Senegal, os chimpanzés caçam galagos com paus semelhantes a lanças. Este viveiro de “tecnologia” chimpanzé fornece pistas sobre a nossa própria evolução.

   

Costa Fortaleza de Na Pali

Um paraíso terrestre sob cerco ao longo das falésias havaianas de Na Pali.

   

Os últimos dias do Riquexó

Calcutá aposta em polir a sua imagem moderna, erradicando um símbolo poderoso do passado colonial da Índia.

86

/ Maio

África extrema arriscar

 

Perdidos no Sael - A estrada não era uma estrada. Os seus dois sulcos conduziam ao Darfur e à guerra no Oeste do Sudão, partindo da fronteira não assinalada com o Chade. Este era o sumário de grande parte do Sael: não cartografado, invisível, mas mesmo assim delimitado. A terra prolongava-se à distância, numa monotonia de camadas de gravilha e erva seca de tal maneira translúcida e tão quebradiça que parecia feita de vidro soprado. O horizonte, de cor férrea, mantinha-se imutável. E, contudo, a cada hora que passava, atravessávamos fronteiras, a maioria das quais invisíveis.

2008

a vida no Sael

   

Tesouros submersos do Antigo Egipto

Mais de uma década de escavações subaquáticas no antigo porto de Alexandria e na vizinha baía de Abukir permitiram resgatar das águas um fabuloso legado.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

   

Biomimetismo, desenho natural

Era um dia de Fevereiro sem nuvens, no pino do Verão, quando o biólogo especializado em evolução, Andrew Parker, se ajoelhou na escaldante areia vermelha do interior australiano, mesmo a sul de Alice Springs, para ajudar um diabo-espinhoso a introduzir a pata direita traseira dentro de uma taça de água. A manobra não era tão arriscada quanto poderia parecer: embora coberto de espinhos afiados, este lagarto, de apenas dois centímetros de altura na região do ombro, fitou Andrew com apreensão, como um dinossauro bebé que tivesse perdido a progenitora. Tinha um aspecto demasiado encantador para a severidade do ambiente que o rodeava, habitat de uma percentagem alarmantemente elevada das cobras mais venenosas do mundo.

   

Camaleões, exibição e camuflagem

Os últimos 15 anos, o biólogo checo Petr Necas fez em média quatro viagens por ano para estudar camaleões. Deslocou-se a vários países de África e, naturalmente, a Madagáscar, onde vivem 40% das espécies destes curiosos répteis e de onde são originárias todas as que ilustram a reportagem. Petr esteve também em Espanha, onde existe apenas o camaleão-comum (Chamaeleo chamaeleon), na Grécia, na Índia e na península Arábica.

87 / Junho

Ventos de mudança

   

2008

criar energia em Portugal

   

A nova face da Sibéria

O petróleo transformou a região

   

Cores Vivas

Os tóxicos nudibrânquios apresentam um brilhante arsenal de defesas.

   

Tesouros escondidos do Afeganistão

Escondido dos invasores soviéticos e dos talibãs, um tesouro de antiguidades revela as ricas culturas que se reuniram numa das grandes encruzilhadas da história. Num país despedaçado por décadas de guerra, estas provas de um passado glorioso inspiram o renovado orgulho nacional

   

Entre as sombras

Um futuro repleto de riscos ameaça o esquivo leopardo-das-neves, na Ásia Central.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

88 / Julho

2008

Os gorilas de Virunga.

Milícias fortemente armadas perturbam o sossego deste parque da região central de África. Em desespero, refugiados amontoam-se junto às fronteiras do parque. Os produtores de

carvão desarborizam a floresta. No Verão passado, alguém matou sete gorilas a sangue frio.

vegetal

Desd. Geomonumentos dos Açores - Descodificar e proteger a paisagem

89 / Agosto

2008

A memória porque

lembramos, porque esquecemos

Ghizhou - Aldeia à margem do tempo

Há mil anos que a vida dos Dong decorre ao som de canções. Por quanto tempo resistirá ainda esta cultura minoritária?

Altiplano: onde a Bolíva toca o céu

Altiplano, ou planalto, é um lugar de superlativos: nele se localiza o lago navegável mais alto do mundo, o Titicaca, e a maior planura salgada, o salar de Uyuni. É o segundo maior planalto montanhoso do planeta, a seguir ao Tibete. Estende-se do Norte da Argentina às planícies áridas do Peru.

A nova ordem da Bolívia

Passados 500 anos, as culturas indígenas regressam ao poder num país agitado.

O verdadeiro Parque Jurássico

Um filão de fósseis no Noroeste da China mostra que os antepassados do T. rex e outros dinossauros gigantes começaram por ser minúsculos.

Recife do Éden

Um dos poucos recifes intactos do mundo revela uma paisagem insólita, onde reinam os peixes predadores e as suas presas vivem escondidas.

A face oculta da riqueza

Aos quatro anos, Zhou Jiaying estava matriculada em dois cursos Expressão Oral em Inglês-Americano e Conversação em Língua Inglesa e foi rebaptizada como Bella. Os seus pais acalentavam esperanças de poder mandá-la fazer os estudos universitários no estrangeiro

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

 
   

As novas obras do regime.

Com os Jogos Olímpicos no horizonte, Pequim faz inovações arquitectónicas para a sua apresentação ao mundo.

   

Águas amargas

Uma

crise

fermenta

no

coração

setentrional

da

China.

Fonte

de

vida,

o

rio Amarelo sucumbe à poluição e ao uso excessivo da sua água.

 

Desd. China - A Cidade Proibida

 

90 / Setembro

   

Normalmente, o visitante avista-o primeiro de relance, a partir da estrada. Para quem conduz em velocidade na estrada A303, que descuidadamente quase atravessa a entrada do monumento, Stonehenge assemelha-se a um aglomerado de protuberâncias insignificantes na vasta planície, onde não existe qualquer outro relevo de interesse.

2008

Stonehenge

   

Elefantes de Samburu.

O biólogo Iain Douglas-Hamilton aproxima-se cuidadosamente de um elefante, uma fêmea jovem de grande dimensão, à qual chamou Anne. Ela ali está, parcialmente escondida por um grupo de árvores no alto de uma colina situada na região setentrional do Quénia, observando tranquilamente vários membros da sua família.

     

No maior ginásio público de El Alto, na Bolívia, a luz natural vai desaparecendo das janelas

e

o público mostra-se cada vez mais impaciente. Os espectadores já estão sentados há

Lutadoras da Bolívia.

mais de duas horas, escarnecendo, assobiando e berrando palavras encorajadoras a uma sucessão de artistas que se vão confrontando no centro do ginásio, para combater e realizar feitos assombrosos de força e habilidade.

   

Meteoritos

Passava pouco das 9 horas da noite do dia 18 de Junho de 2004 e o crepúsculo desvanecia sobre o Observatório Nacional de Kitt Peak, no Arizona (EUA). David Tholen procurava asteróides num ponto cego astronómico: mesmo no interior da órbita terrestre, onde o clarão do Sol pode confundir os telescópios.

   

Tribos perdidas do Saara verde

No dia 13 de Outubro de 2000, os membros de uma pequena equipa de paleontólogos chefiada por Paul Sereno, da Universidade de Chicago, saíram dos seus três envelhecidos Land Rovers, encheram os cantis e dispersaram-se pelas areias do deserto do Ténéré, no Norte do Níger.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

91 / Outubro

     

2008

Memória

     

A

característica mais impressionante das ruínas de Persépolis, a cidade iraniana que foi

Pérsia- A alma antiga do Irão

em tempos a capital do império persa antes do incêndio e devastação ocorridos após a sua

conquista por Alexandre, o Grande, é a ausência de imagens violentas no que resta das suas paredes de pedra. Entre as imagens esculpidas, há soldados, mas eles não combatem; há armas, mas elas estão embainhadas.

   

Abelharucos

Algumas aves nasceram mesmo para a poesia. John Keats, por exemplo, escreveu sobre um rouxinol. Edgar Allan Poe dedicou um poema a um corvo que Fernando Pessoa traduziu para português em 1924.

   

Moscovo à noite.

O

romancista Martin Cruz Smith e o fotógrafo Gerd Ludwig descobrem a magia sinistra de

uma cidade que só revela as suas verdadeiras cores à noite.

   

Daisetsuzan

Fogo e água entrechocam-se em Daisetsuzan. Dois enormes vulcões assinalam o parque nacional localizado no centro de Hokkaido, a ilha mais setentrional do Japão, famosa pelos seus picos fumegantes que se erguem sobre encostas florestadas lavadas por rios e cobertas por almofadas de neve.

Desd. Irão - O Império da Pérsia

 

92 /

     

Novembro

Os últimos Neandertais

A

2008

 
   

A chave na gruta dos ossos

 
   

Índia- Via rápida para o futuro

Uma nova auto-estrada aproxima as quatro cidades principais da Velha e da Nova Índia

   

A nossa boa terra

O

futuro depende do solo sob os nossos pés

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

   

Caça-cardumes

 

93 /

     

Dezembro

HERODES

Construtor visionário da Terra Santa.

2008

   

PASSADO PILHADO

Pilhagens ameaçam lugares sagrados da Terra Santa

   

O momento da verdade no Bornéu

As florestas majestosas desaparecem no meio de fumo e serradura, mas ainda há esperança para a biodiversidade da ilha, se a corrida ao óleo de palma abrandar.

   

BALEIAS-FRANCAS NOS EXTREMOS DA CONSERVAÇÃO

Ao largo das costas da América do Norte, já só restam algumas centenas destes gigantes. Em contrapartida, nos mares do Sul, o seu número está a aumentar

   

A NOITE DESVANECENTE

Se os seres humanos se sentissem bem à luz da Lua e das estrelas, viveriam felizes na escuridão e o mundo sem luz seria tão claramente visível para eles como para o grande número de espécies noctívagas deste planeta. Porém, nós somos criaturas diurnas, e os nossos olhos estão adaptados à luz solar. É um facto evolutivo elementar. Apesar disso, nós interferimos com a noite e manipulámo-la de maneira a acolher-nos. Como? Inundando-a de luz.

94/ Janeiro

   

Há muito que Marte exerce o seu fascínio sobre a imaginação humana. As sociedades da Antiguidade consideravam sinistra ou violenta a “estrela” vermelha de movimentação errática que observavam no céu: os gregos identificavam-na com Ares, o deus da guerra, enquanto os babilónios lhe atribuíram o nome de Nergal, deus do mundo subterrâneo. Para os antigos chineses, chamava-se Ying-huo, o planeta de fogo.

2009

Marte

   

Ouro

À semelhança de muitos dos seus antepassados incas, Juan Apaza vive dominado pelo ouro. Descendo por um túnel gelado a 5.100 metros de altitude, nos Andes peruanos, este mineiro de 44 anos masca um punhado de folhas de coca, preparando-se para a fome e fadiga que inevitavelmente o aguardam.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

   

Nansen

48. Num frio fiorde, sobre uma ponta de solo rochoso, Oslo criou uma espécie de cemitério nacional para navios famosos. É uma façanha típica de noruegueses: que outro país construiria criptas públicas em torno dos seus navios mais amados, preservando-os para serem admirados para sempre?

   

Bioko

Em 1551, um estranho animal foi exposto ao público na cidade alemã de Augsburgo. Tinha dedos de aparência humana nas patas superiores e anteriores e uma “natureza alegre”, embora também mostrasse tendência para virar costas aos espectadores. Baseando-se numa ilustração da criatura, os biólogos crêem que o mais provável era tratar-se de uma espécie de mandril (Mandrillus leucophaeus), um primata semelhante ao babuíno.

     

O

trilho através da passagem de Misery é invisível para quem não souber exactamente o

Muskwa-Kechika

que procurar. Aqui, junto às nascentes do rio Gataga, na Colúmbia Britânica, não há estradas, apenas trilhos de animais – e é assim que Wayne Sawchuk gosta. “Tem de haver um sítio no mundo onde tenhamos de encontrar o nosso caminho”, diz. “Basta ter alguma

 

coragem.”

95 / Fevereiro

As primeiras pistas de

 

Bicentenário da Darwin: Parte 1

2009

Darwin

   

O "erro" de Darwin

Fatigado por quase cinco anos de viagem, Darwin passou seis dias nos Açores em 1836, nada encontrando “que merecesse ser visto”. A omissão de Darwin foi lamentável, mas a ciência portuguesa pagou-lhe na mesma moeda e demorou alguns anos a interessar-se pela sua obra.

   

Onde os mortos não têm repouso

 
   

Kronotsky - NÃO VISITE!

A

reserva russa de Kronotsky fica melhor como está: incólume, num esplêndido isolamento

   

Tarahumara - Um povo à parte

Os tarahumara do México fugiram dos conquistadores espanhóis no século XVI, mas conseguirão sobreviver às investidas devastadoras da modernidade?

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

96 / Março

   

Não é ouro, nem é negro, mas o sobreiro é um dos tesouros nacionais. Símbolo da liderança do país, é a peça basilar de uma actividade elogiada pela sua sustentabilidade. A jóia da coroa é a casca, a cortiça, que merece agora o interesse da ciência.

2009

A química da cortiça

     

Não são médicas. Não são enfermeiras. São mulheres analfabetas da Índia, pertencentes

Anjos Necessários

casta dos intocáveis. Prestam cuidados de saúde especializados nas aldeias, fazem partos, curam doenças e salvam vidas, incluindo as suas.

à

   

O homem que não era Darwin

Alfred Russel Wallace traçou uma linha divisória fundamental no mundo vivo e descobriu o seu próprio caminho para a teoria da evolução.

   

Águas místicas - Jiuzhaigou

Jiuzhaigou significa “vale das nove aldeias”, porque antigamente lá existiram de facto nove povoa-dos, mas actualmente há outros números mais importantes. Cerca de 80 hotéis aglomeram-se, arrumados no mesmo local, junto à embocadura do vale em forma de Y com 30 quilómetros de extensão localizado nas montanhas Min, na região central da China.

   

Gigante Irado

As condições extremas tornam o monte Washington, no Norte dos Estados Unidos, um adversário temível.

   

O naufrágio de uma herança

Um dos mais ricos sítios de arte rupestre será sacrificado aos interesses geopolíticos e econômicos do Paquistão.

97 / Abril

A múmia da rainha

 

O

que teria motivado Hatchepsut a governar o Antigo Egipto, enquanto o seu enteado se

2009

mantinha na sombra? A sua múmia e a verdadeira história foram agora descobertas.

   

Alma da Rússia

Clandestina durante 75 anos,a religião dos czares beneficia actualmente de privilégios.

     

O

que acontecerá quando o clima começar a alterar-se e os rios secarem, provocando o

Austrália Longa Seca

fim de um modo de vida? Os habitantes da bacia de Murray-Darling estão a viver esse cenário neste preciso momento.

   

Clima Extremo

Enquanto a Terra aquece, é previsível que se registem mais cheias nas regiões húmidas e mais secas nas regiões áridas.

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

   

Gelo paradisíaco

A

biodiversidade de Svalbard, arquipélago norueguês no Árctico, enfrenta um arrepiante

degelo.

98 / Maio

   

Bebé do Gelo - Um mamute em estado de conservação quase perfeito reemerge ao fim de 40 mil anos, fornecendo pistas sobre esta espécie já extinta.

2009

Bebé do Gelo

   

Receita para a ressurreição

A

recriação de espécies já extintas não é ficção científica. Mas será uma boa ideia?

   

Força Bruta

A violenta época de acasalamento dos elefantes-marinhos da ilha Geórgia do Sul

   

A corrida ao Árctico

Cinco países apresentam reivindicações sobre a nova fronteira energética. Em jogo, está o acesso a recursos preciosos. Cerca de um quarto do petróleo e do gás ainda por descobrir no planeta poderá estar sob o leito marinho desta imensidão selvagem.

   

Em busca de Xangri-lá

Duas visões do futuro disputam a alma da fronteira ocidental da China.

   

Por cima das ruas

Uma ideia floresce em cidades de todo o mundo: aproveitar centenas de coberturas para criar espaços verdes.

   

A quinta fachada

As coberturas ajardinadas ainda não abundam, mas já há bons exemplos em Portugal. Ocultas do solo, as quintas fachadas são um regalo para os olhos.

Desd. Oceano Ártico

 
 

Oceano Ártico

     

A

fórmula mais rápida e barata para abrandar as alterações climáticas é consumir menos

99 / Junho

Poupar Energia começa

energia. Com pouco esforço e sem gastar muito dinheiro, a maioria das pessoas seria capaz de diminuir em 25% a sua dieta energética, ajudando o planeta e a carteira. O que será que nos impede então?

2009

em sua casa

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

SUMÁRIO

   

Poupar energia - reescrever a equação

Não o temos feito nas páginas desta revista. O problema global da energia tem sido quase sempre abordado pelo ângulo da produção e do evidente contributo das fontes renováveis para a diminuição da dependência nacional dos combustíveis fósseis. Discutimos regularmente os efeitos do aumento exponencial do consumo energético, com consequências prováveis nas alterações climáticas e na dependência energética do estrangeiro. Mas não discutimos o problema pelo ângulo da eficiência energética doméstica, por aquilo que cada um pode poupar na factura energética. Este mês, fazemos um esforço para reequilibrar a equação.

   

Aurora Boreal [Parque nacional de Oulanka]

Da próxima vez que visitar o Parque Nacional de Oulanka, no extremo setentrional da Finlândia, quero ter um metro de altura. Dessa maneira, os cogumelos de Outono dar-me- ão pelos joelhos e encontrar-me-ei a passear por uma floresta de urzes, mirtilos, arbustos e líquenes que me darão pela cintura. Com essa altura, também, os formigueiros erguer-se- ão acima de mim. Por outro lado, terei de acautelar-me com a aproximação dos alces e das renas. Mas não me interpretem mal. Também se pode visitar Oulanka medindo a estatura média dos seres humanos.

   

Os fiéis esquecidos:

Seguidores de Jesus durante quase dois mil anos, os cristãos primitivos estão hoje a desaparecer da região onde a sua fé nasceu.

cristãos árabes

   

Baleia Azul

Ao largo da orla marítima da Costa Rica, os cientistas estudam um baluarte de baleias que esteve em tempos à beira da extinção.

   

Início da aventura

Avistadas há vários séculos nos Açores, permanecem um mistério, mas, pela primeira vez, estão a ser marcadas baleias-azuis no arquipélago.

   

Sul profundo

No Sul dos EUA, não há obstáculos que impeçam a exploração do mundo subterrâneo

100 / Julho

   

Nascido há 900 anos, o primeiro rei de Portugal personifica o mito fundador da nação. Como distin-guir os factos históricos da ficção?

2009

O reinado mais longo

   

A divina Angkor

Depois de se erguer a alturas sublimes, a cidade santa poderá ter provocado a sua própria queda

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

 
   

Visão cósmica

. Uma nova geração de telescópios gigantes levará o olhar humano aos confins do

universo

 
   

Os sérvios - Uma nação divisível

Uma nação divisível

 
     

Se contemplar o coração do Parque Nacional de Tongariro, na Nova Zelândia, é possível

Entre fogo e gelo

que sinta interferências de ordem estética na sua apreciação do cenário que tem diante de

si

Desd. ANGKOR - Ruínas de Angkor

 
     

A

21 de Julho de 1969, um homem caminhou pela primeira vez na Lua. A missão da

101 / Agosto

Apollo11 não cumpriu apenas o velho sonho. Foi também um ponto de viragem na guerra fria e esteve na origem de numerosos avanços tecnológicos. Quarenta anos depois, a Lua volta a fazer parte da agenda espacial.

2009

A conquista do espaço

     

As

águas geladas não detêm as tartarugas-de-couro. Estes enormes répteis marinhos são

capazes de nadar enormes distâncias, mergulhar a centenas de metros de profundidade e

Tartarugas-de-couro

reter o calor corporal em temperaturas próximas do ponto de congelação. No Oceano Pacífico, porém, o seu futuro parece em risco.

     

O

consumo mundial de alimentos supera a produção. A quebra de produtividade e o

Abundância em perigo

aumento populacional agravam a crise alimentar.

 
   

Sob o solo de Yellowstone

Um dos maiores vulcões do mundo espreita sob o mais antigo parque nacional dos EUA. E

se

Yellowstone explodir?

 
   

Tesouro afundado no mar de Jawa

Milhares de objectos encontrados num navio afundado comprovam o comércio existente entre o Oriente e Ocidente durante a Antiguidade.

   

Oceano Árctico

A

exploração

da

remota

bacia

do

Canadá,

no

Árctico,

implica

mergulhar

no

gelo

desconhecido.

 

N.º / MÊS / ANO

TÍTULO EM DESTAQUE

OUTROS TEMAS

 

SUMÁRIO

102 /

   

A

subida do nível da água e a afluência de turistas ameaçam Veneza. Actualmente, cada

Setembro

Salvar Veneza

vez mais venezianos abandonam a cidade, asfixiados pelas ondas de visitantes e pelos

2009

preços astronómicos.

   

Golfinhos do Amazonas

Parecem criaturas de ouro lugar e de outro mundo. Como chegaram ao Amazonas e por que razão os machos são rosados?

   

Somália, terra de ninguém

Nas últimas décadas, a Somália tem sido notícia pelos piores motivos. A debilidade dos governo e um complexo sistema social impossibilitam o restabelecimento da ordem e geraram uma crise humanitária.

     

Em 1609, no ano em que os primeiros colonos oriundos da Europa chegaram a Manhattan,

Antes de Nova Iorque

a

ilha era um ecossistema próspero comparável a um parque natural. Com apoio científico,

uma equipa de artistas retrocedeu no tempo e recriou a configuração da antiga Manhattan.

   

Orquídeas, amor e mentira

Existem mais de 25 mil espécies de orquídeas. Ao longo dos últimos 80 milhões de anos, elas conseguiram colonizar os cinco continentes. As suas pétalas enganam as abelhas e atraem as aves, e o seu mistério fascina os humanos. O espectáculo das orquídeas revela uma apaixonante história de evolução e sobrevivência.

103/ Outubro 2009

Ligados ao Sol

 

Está em curso uma corrida para encontrar a fórmula adequada de transformação dos raios solares em energia que abasteça todo o planeta. Segundo alguns especialistas, a energia solar poderá ser tão eficiente e económica como os combustíveis fósseis. Embora o seu futuro seja incerto, são muitos os que acreditam nas possibilidades ilimitadas desta fonte. Para alcançar o seu expoente máximo, porém, a tecnologia deverá ser aprimorada.

   

Pinguins-rei

No verão, milhares destas aves apoderam-se da ilha da Possessão para dar início a um insólito ritual de acasalamento. O macho e a fêmea delimitam uma parcela de terreno e incubam um único ovo.

   

Quando o Saara era um jardim

O

Saara sem sempre foi um mar de dunas. O deserto pode ter sido em tempos um corredor

migratório de acesso ao Mediterrâneo.

   

Naufrágio na zona proibida

Na costa da Namíbia, uma equipa de arqueólogos descobriu os restos de um naufrágio de uma nau portuguesa.

   

Mimetismo animal

Os insectos da floresta do Panamá adquiriram inusitadas qualidades de imitação que utilizam

na

sua luta pela sobrevivência.

104/Novembro/

Animais sagrados

 

As múmias de animais guardam pistas sobre a vida e a morte no antigo Egipto. Os corpos de gatos, macacos, cães, bois e crocodilos eram embalsamados com o mesmo cuidado que os restos mortais do faraó e da sua família. Companheiros na vida além-túmulo, representavam oferendas para os deuses e provisões para os mortos.

2009

dos faraós

   

Sequóias, gigantes da floresta

Durante 333 dias, o explorador Michael Fay percorreu 2.900 Km de florestas de sequóias nos EUA para avaliar o seu estado de conservação e encontrar modelos para potenciar a indústria madeireira sem desperdiçar os benefícios sociais e ecológicos destas árvores.

   

Quando os crocodilos mandavam

Em tempos, os crocodilos dominaram o mundo. Resistiram a várias extinções, mas estão agora sob pressão.

     

A

indonésia vive num frágil equilíbrio entre a moderação e o extremismo islâmico. No

O Islão na Indonésia

arquipélago, o choque entre o Wahhabismo saudita e a globalização ameaça mudar o rosto do “Islão sorridente”.

   

A elegância da baleia- de-bryde

As baleias-de-bryde podem nadar a 30 Km/h, irromper das profundezas para se lançarem sobre presas maiores e mais rápidas.

105 / Dezembro/

À procura de outros

 

Todas as semanas, os cientistas descobrem novos e distantes mundos no universo. Existirá algum como o nosso?

2009

planetas habitáveis

   

Madagáscar, a floresta de pedra

As prodigiosas formações calcárias do Oeste de Madagáscar são um paraíso para espécies bizarras e um pesadelo para os fotógrafos.

   

Viagem ao monte Atos

No alto de escarpas sagradas, cerca de dois mil monges vivem entregues à oração, alheios à modernidade. Porém, o contacto com o exterior é cada vez mais inevitável …

   

Pólen, a explosão de cor

Antes do aparecimento do pólen, a Terra apresentava uma paisagem parda. Porém, há mais de 375 milhões de anos, ocorreu a primeira polinização e o mundo explodiu em tons coloridos.

   

Geórgia do Sul, paraíso antárctico

O

explorador Ernest Shackleton qualificou esta ilha como um paraíso nevado. Nas águas da

Geórgia do sul, uma corrente de Krill proporciona alimento à massa de mamíferos marinhos

mais densa da Terra.

106 / Janeiro / 2010

China, o culto milenar aos antepassados

Durante milénios, a festividade do Qinming rendeu homenagem aos mortos de inúmeras formas, desde sacrifícios humanos até à extraordinária corte fúnebre dos soldados de Xian.

     

À

medida que os biólogos compreenderam a natureza descontraída das mantas, tornou-se

Mantas

essencial proteger o seu amplo habitat.

   

Ilhas Hébridas

A

natureza selvagem destas remotas ilhas escocesas cativou artistas, poetas, naturalistas e

viajantes de todo o mundo.

   

Comércio de animais selvagens na Ásia

A

procura de produtos de medicina tradicional, de animais de estimação e de iguarias

alimenta um negócio de milhões que está a esvaziar as florestas, os campos e os mares.

   

Os Hadza

Não cultivam alimentos, não criam gado e vivem sem regras nem calendários. Levam uma existência de caçadores-recolectores que pouco mudou nos últimos dez mil anos. Saberão eles algo que nós esquecemos?

107/ Fevereiro/

Biónica Entre o ser humano e a máquina

 

A