Você está na página 1de 12

4.1.

DIRETORIA DAS MENSAGEIRAS DO REI

A organização Mensageiras do Rei funciona por meio de uma diretoria,


que é constituída cinco cargos: presidente, vice-presidente, secretária, líder de
música e líder de serviço real.

Seguem suas respectivas atribuições:

Presidente: Presidir todas as reuniões das MR; nomear comissões


especiais quando for necessário; incentivar as meninas a serem assíduas e
pontuais; recepcionar as novas meninas.

Vice-presidente: Trabalhar em harmonia com a presidente, ajudando-a


em suas tarefas; dirigir as reuniões na ausência da presidente, ou quando por
ela for solicitada a fazê-lo; planejar toda a recreação para a organização; cuidar
da ornamentação e da boa ordem da sala das MR; nos encontros semanais,
apresentar as visitantes e as aniversariantes.

Secretária: Manter um registro de todas as meninas, tendo de cada


uma o nome completo, o endereço, a data de nascimento, e-mail, etc.; fazer os
relatórios, usando a Caderneta; manter um livro de registro das atividades
especiais realizadas pela organização; cuidar de toda a correspondência das
MR.

Líder de música: Fazer escalas de acompanhantes e regentes, tendo o


cuidado de dar oportunidades iguais a todas as mensageiras que tenham
talentos na área da música; colecionar cânticos avulsos que sejam próprios para
as MR; por meio de xérox ou cartazes, providenciar a letra de cânticos que
sejam desconhecidos para a maioria.
Líder de serviço real: Examinar as sugestões de atividades oferecidas
na revista Aventura Missionária para os encontros de serviço real e, na medida
do possível, levar a organização a executá-las; divulgar a atividade de serviço
real de cada mês; em cada encontro, dirigir o período de oração em favor dos
missionários aniversariantes.
Na organização MR, a diretoria tem caráter funcional, ou seja, para
que ela funcione, em princípio, é necessário que os cargos sejam preenchidos.

O ideal seria que todos os cargos fossem exercidos por mensageiras


convertidas e até mesmo batizadas. No entanto, sendo que em momento
algum é exigido da menina que seja convertida ou batizada para pertencer à
organização, pode acontecer de não haver um número suficiente de
mensageiras convertidas para o preenchimento de todos os cargos. Neste
caso, a preferência por mensageiras convertidas pode obedecer à seguinte
ordem: presidente, vice-presidente, secretária, líder de música, líder de
serviço real. Também existe a possibilidade de mensageiras convertidas
acumularem cargos.

Por outro lado, não havendo nenhuma mensageira convertida, por


terem apenas caráter funcional, entende-se que todos os cargos podem ser
preenchidos mesmo assim. No entanto, a orientadora deve agir de acordo
com as normas da igreja local. No caso de não ser permitida a eleição de
meninas não convertidas, sugere-se que as mensageiras desempenhem as
diversas funções sem haver oficialmente a eleição de uma diretoria.

Membros ex-officio: O pastor da igreja e a orientadora são


considerados membros ex-officio. O pastor merece consideração e respeito da
parte das mensageiras e da liderança. Ele precisa estar a par das atividades
internas e externas da organização. Deve ser consultado, por exemplo, sempre
que planejarem o calendário anual de atividades.
A orientadora das mensageiras do rei: A orientadora pode ser uma jovem
ou uma senhora. Acima de tudo, precisa ser crente exemplar e ter habilidade para
lidar com meninas adolescentes e pré-adolescentes. É eleita pela organização Mulher
Cristã em Missão, com homologação da igreja. O mesmo ocorre com as auxiliares da
orientadora.

Ao ser eleita por Mulher Cristã em Missão, a orientadora se torna parte da


diretoria desta organização. Como membro da diretoria, é sua responsabilidade:

• Representar a organização MR e a promover nos encontros de Mulher


Cristã em Missão.

• Participar das reuniões de planejamento e avaliação da diretoria de


Mulher Cristã em Missão e da sua reunião deliberativa.

• Apoiar as atividades de Mulher Cristã em Missão e delas participar


ativamente.

• Elaborar os relatórios referentes à organização e encaminhar a quem de


direito.

A orientadora e suas auxiliares devem apoiar as mensageiras em todas as


suas atividades e orientá-las no desempenho de suas tarefas, tendo em vista o bom
andamento dos trabalhos. A orientadora precisa estar a par de tudo o que acontece na
organização.

4.2. ATIVIDADES

4.2.1. ATIVIDADES REGULARES

Reuniões semanais
As meninas que fazem parte da organização Mensageiras do Rei se reúnem
uma vez por semana. O melhor dia para essa reunião semanal é aquele que
favorece à maioria das meninas. Para algumas organizações, pode ser sábado,
para outras, domingo. Em muitas igrejas, a reunião ocorre no horário em que
funcionam as demais organizações da Divisão de Crescimento Cristão. Antes do
culto de oração pode ser outra opção.

Duas reuniões semanais devem ser destinadas aos estudos publicados


na revista Aventura Missionária. Uma reunião deve ser destinada às atividade
da Aventura Real e outra para a atividade de Serviço Real. Trimestralmente, a
revista Aventura Missionária reserva um encontro semanal para
confraternização.

Aventura Real

“Aventura Real”, o sistema de graduação das Mensageiras do Rei, é um


plano de estudos e atividades individuais, constituído de quatro etapas.

O sistema de graduação oferece à menina de 9 a 16 anos educação


missionária e cristã, treinamento, orientação e oportunidades de serviço social
cristão, tendo em vista o desenvolvimento de sua personalidade total e sua
integração nas atividades da igreja e da denominação.

Serviço Real

Serviço real é tudo aquilo que as mensageiras do Rei realizam em


benefício de alguém por amor ao Rei Jesus. Em outras palavras, é o amor
expresso em ações.

O serviço real pode ser de natureza espiritual, moral ou material. De


um modo geral, ele se dirige a missionários, crianças e adolescentes não
crentes, pessoas da terceira idade, pessoas hospitalizadas, pessoas analfabetas,
famílias carentes, crianças órfãs, pessoas enlutadas, menores de rua, dentre
outros grupos.

Planejamento trimestral

Na organização, a mensageira aprende a trabalhar com outras


meninas de sua idade. Tem oportunidade de ajudar a traçar planos,
apresentando ideias, discutindo sugestões e sugerindo formas de ação e
participação de todas as mensageiras.

O manual das MR oferece orientação detalhada acerca do


planejamento trimestral. O planejamento trimestral obedece às seguintes
etapas:

Reunião da diretoria: A presidente tem a responsabilidade de


convocar e dirigir a reunião da diretoria. Para essa reunião, a orientadora e as
mensageiras que compõem a diretoria devem ler as sugestões de atividades
oferecidas na revista “Aventura Missionária”. Durante a reunião, devem
relacionar as atividades que pretendem levar a organização a executar durante
o trimestre. Além das sugeridas na revista, podem pensar em outras. A agenda
para essa reunião pode ser a seguinte:

• Momento devocional

• Planos dos membros da diretoria para o novo trimestre

• Avaliação das atividades realizadas durante o trimestre anterior

• Palavra da orientadora

• Encerramento
Reunião de planejamento: Trimestralmente, as mensageiras deverão
se reunir para planejar as atividades. Durante essa reunião, os membros da
diretoria apresentam seus planos, conforme anotados durante a reunião da
diretoria. Eles são apenas sugestões, que precisam ser estudadas por todas as
mensageiras antes de serem aceitas, rejeitadas ou modificadas. Depois disso, as
mensageiras que não exercem cargos são escolhidas para auxiliar os membros
da diretoria no planejamento e na execução de suas tarefas. Tal auxílio, no
entanto, não deve ter caráter permanente. No início de um novo trimestre,
novas equipes serão formadas e as atividades serão outras.

A agenda para essa reunião pode ser a seguinte:

• Abertura devocional – Presidente

• Chamada das participantes – Secretária

• Apresentação dos planos da diretoria – Membros da diretoria

• Formação de equipes para o planejamento detalhado das


atividades.

• Palavra da orientadora

4.2.2. ATIVIDADES ESPECIAIS

Na organização MR, além das atividades regulares, a menina também


participa de diversas atividades especiais. Dentre outras, destacam-se as
seguintes:

Dia de Educação Cristã Missionária em Foco


Durante o mês de junho, os participantes de Amigos de Missões,
Mensageiras do Rei e Mulher Cristã em Missão, em conjunto, promoverão uma
programação especial com o objetivo de divulgar a relevância da educação cristã
missionária na igreja e das organizações missionárias, despertar vocações e
levantar recursos para o sustento das casas de ensino mantidas pela UFMBB - o
Centro Integrado de Educação e Missões (CIEM), localizado no Rio de Janeiro, e o
Seminário de Educação Cristã (SEC), com sede em Recife, PE.

Programa de reconhecimento
É uma cerimônia ou um culto em que as mensageiras dão uma
demonstração de algumas tarefas que tiveram de cumprir em sua Aventura Real.
Na ocasião, elas são reconhecidas por terem vencido mais uma etapa do sistema
de graduação. No anexo da página 53, encontram-se duas sugestões de
programas de reconhecimento.

Jantar real

É um jantar especial, que é oferecido às mensageiras que já tenham


concluído o sistema de graduação e tenham sido aprovadas pela liderança
estadual. No anexo da página 58, encontra-se uma sugestão de programa de
jantar real.

Intercâmbio
É um encontro entre duas organizações, com o objetivo de proporcionar
a cada participante a oportunidade de fazer novas amizades, receber
treinamento e participar de estudos em torno de temas do seu interesse. Pode
durar um dia, uma tarde ou algumas horas apenas. De um modo geral, a
programação fica a cargo da organização visitante.

Gincana
É uma competição geralmente entre equipes. Nela, leva-se em
consideração a pontualidade e o desempenho dos participantes no cumprimento
de tarefas.
Acampamento

É uma atividade realizada em local aprazível e afastado da cidade, com


duração de três ou quatro dias normalmente, cuja programação tem como
objetivo o desenvolvimento da mensageira em todas as áreas de sua
personalidade. Pode ser promovido pela própria organização local, pela UFMB
da associação ou do estado.

Congresso

É um encontro de organizações Mensageiras do Rei de uma cidade, de


uma associação ou de um estado, com o objetivo de promover o
desenvolvimento espiritual, social e intelectual das mensageiras. Normalmente,
dura um dia.

Festas

As mensageiras sempre encontram um motivo para uma festa:


recepção às novatas, homenagem às mães, homenagem às aniversariantes,
Natal, etc.

4.3. A ORGANIZAÇÂO MR E O PEQUENO GRUPO MULTIPLICADOR (PGM)

Os PGMs são uma estratégia da Junta de Missões Nacionais para


multiplicação dos discípulos por meio do relacionamento discipulador
intencional.

Na organização Mensageiras do Rei, os PGMs se reúnem em diferentes


espaços, sob supervisão da orientadora e observando a proposta educacional
da organização MR, com a intenção de iniciar um relacionamento discipulador
com meninas que ainda não sejam cristãs.

Por meio dessa estratégia, o discipulado começa por onde deve


começar: por ações intencionais que visem atrair pessoas para o convívio
cristão, no qual encontrarão o próprio Cristo.
Contudo, além de fazer parte do PGM, é importante que a menina que é alvo
do relacionamento discipulador seja integrada em uma classe de estudo
bíblico, em que possa crescer no conhecimento da Palavra, assim como em
uma organização missionária, onde aprenderá, pelo estudo e pela prática, a
cumprir o “ide” de Jesus.

A formação dos PGMs


Ter uma organização Mensageiras do Rei com PGMs é simples.
Primeiramente, a orientadora deve conversar com o pastor da igreja. Com a
autorização do pastor, deverá reunir a turma para compartilhar a proposta e
formar os PGMs. Por exemplo, numa organização com oito MR, podem ser
formados dois PGMs, com quatro MR em cada um. Os PGMs serão
permanentes, ou seja, deverão ser mantidos até que o grupo esteja pronto
para multiplicar.

Para haver a multiplicação, cada integrante empenha-se em levar para


seu PGM amigas e colegas que ainda não sejam cristãs.

Cada menina deve receber um cartão MEU ALVO, no qual escreverá os


nomes de cinco amigas que gostaria de levar a Jesus por meio do seu PGM. Este
cartão encontra-se no blog das MR para download. A orientadora poderá baixar
e imprimir para todas as meninas.

Supervisão e liderança dos PGMs


A orientadora supervisiona os PGMs e escolhe, entre as MR, aquelas
que serão líderes. Para liderar os PGMs, a orientadora deve ter o cuidado de
escolher, entre as MR, aquelas que demonstrem ter maturidade cristã.

Enquanto lidera seu PGM, a MR deve ter ao seu lado uma líder em
treinamento, escolhida com a ajuda da orientadora, para que possa assumir a
liderança de um novo grupo a ser formado na multiplicação do PGM.
Os encontros dos PGMs

Para os encontros, que ocorrem semanalmente nas dependências do


templo, exceto quando a atividade de serviço real for externa, a revista Aventura
Missionária oferece 13 roteiros. Neles, são detalhados os procedimentos para
cada momento do encontro: em conjunto e nos PGMs. Em todos eles, é
explicitada a participação das MR que compõem a diretoria da organização. Os
roteiros dos seis estudos do trimestre incluem também sugestões didáticas.

IMPORTANTE

UMA PROPOSTA IDEAL PARA A ORGANIZAÇÃO MR


A proposta educacional da organização MR é essencialmente missionária.
Sendo assim, os PGMs atendem a essa proposta.

Se os PGMs já funcionam em sua igreja, a revista Aventura Missionária é um


material de apoio. Se sua igreja não adota essa metodologia, aproveite a
proposta que a revista oferece e faça com que sua organização MR se torne de
fato missionária.
Para organizar Mensageiras do Rei na igreja local, além deste livro, a
futura orientadora deve possuir a seguinte literatura básica:

• Um exemplar da revista Aventura Missionária e um da Você -


Adolescente.

• Um exemplar do Manual da organização, que, em forma de história


em quadrinhos, apresenta a sua estrutura e o seu funcionamento.

• Um exemplar da Caderneta de relatórios das MR, que oferece


formulários próprios para o arrolamento das mensageiras e levantamento
estatístico.

• Um exemplar da biografia Levanta e resplandece, que é estudada na


primeira etapa do sistema de graduação.

• Um exemplar de cada caderno do sistema de graduação Aventura


Real.

AVENTURA MISSIONÁRIA

“Aventura Missionária” é a revista das mensageiras do Rei. É o recurso


indispensável para a efetivação da proposta educacional da organização.
Apresenta textos curriculares para estudo em conjunto, sugestões de atividades
a serem realizadas pelas mensageiras e orientação em torno da estrutura e do
funcionamento da organização
A revista também oferece seções e artigos próprios para meninas de
9 a 16 anos. Os artigos giram em torno de higiene, comportamento, vocação,
adolescência, relações humanas e outros assuntos do interesse da menina. Nas
diversas seções, a cada novo trimestre, ela vai encontrar histórias em quadrinhos,
humor, poesia, passatempos e outras surpresas mais.

VOCÊ – ADOLESCENTE

“Você - Adolescente” é a revista de apoio para as mensageiras


adolescentes. Oferece orientação cristã sobre sexo, saúde, relações humanas,
comportamento, dentre outros temas do interesse das adolescentes.

Você também pode gostar