Você está na página 1de 2

EEEFM “ATÍLIO VIVÁCQUA”

ALUNO:

SÉRIE/TURMA: 1ª SÉRIE TURNO: MATUTINO PERÍODO: 26/07 a 06/08/2021

COMPONENTE CURRICULAR Projeto de Vida

PROFESSOR Natália Potratz Schulz Jacob

CONTEÚDO TODOS NÓS TEMOS DIAS BONS E DIAS RUINS...

Observações:
 Qualquer dúvida entrar em contato com a professora Natália, pelo número: 995022412.
 Responder as atividades no caderno referente a disciplina de Projeto de Vida.

Aula 01
 Aula expositiva e dialogada com a leitura da notícia do Jornal Cruzeiro do Sul, seguido de atividades.

Leia atenciosamente as informações:


A sinceridade, por ser um valor individual, depende da consciência de cada pessoa. Ou seja, ser sincero depende
das próprias experiências vividas, percepção de mundo e características de personalidade que determinam as intenções
de cada um.
Ser sincero requer coragem e integridade, ter uma visão crítica a respeito de si mesmo.
Requer um olhar profundo de cada um nas profundezas do próprio ser, saber administrar sentimentos e certezas que
muitas vezes nos machucam.
Além dos conflitos internos gerados pela prática da sinceridade, ela também pode levar a desapontar algumas
pessoas do convívio social e com isso, trazer conflitos e perdas difíceis de reparar.

ATIVIDADE 01
Leia atenciosamente as informações e depois faça o que se pede:
Felipe Shikama

Espetáculo teatral dirigido por Nelson Baskerville é baseado em relatos


verdadeiros de crianças e adolescentes durante conflitos de guerras.

Ao contrário de um mágico que faz a mentira parecer verdade, o


espetáculo teatral As estrelas cadentes do meu céu são feitas de
bombas do inimigo tenta transformar a realidade em ficção. Baseada em
relatos verdadeiros de crianças e adolescentes durante conflitos de
guerras, a peça da Cia Definitivo-Provisório será encenada hoje, às 20h,
no Sesc Sorocaba. […].
Com direção de Nelson Baskerville, a montagem do espetáculo foi construída a partir de trechos dos livros Diário de
Anne Frank e Vozes roubadas - diários de guerra, de Zlata Filipovic e Melanie Challenger. Há ainda referência à guerra
particular do tráfico de drogas no Brasil, baseado no depoimento de um menino paulistano extraído do documentário
Jardim Ângela, de Evaldo Mocarzel.
"Seguindo a frase de Tennessee Williams [dramaturgo norte-americano], optamos por fazer a verdade parecer
mentira", pontua Paula Arruda, atriz e produtora do espetáculo. Paula explica que as experiências de conflito relatadas,
sob o olhar de crianças e adolescentes, são tão fortes e impressionantes que coube a todos os integrantes da companhia
buscar maneiras de criar camadas de ilusão sobre a verdade. "Durante todo espetáculo temos uma névoa de fumaça e há
também maquiagem mais lúdica, para dar uma certa distanciada da realidade. Se a peça fosse muito realista, ficaria muito
difícil de suportar", completa, lembrando que alguns dos autores dos testemunhos não tiveram chance de chegar à vida
adulta. "Há uma delicadeza para falar sobre coisas duras. Porque não poderia ser de outro jeito. A guerra já é dura o
suficiente para ter que reviver e não refletir", detalha Baskerville. (...)

Atividade
1. Assim como o espetáculo teatral dirigido por Nelson Baskerville, na vida também devemos ter delicadeza para falar
sobre coisas duras. Nas muitas relações que estabelecemos com as pessoas é necessário saber dominar a sinceridade. A
respeito disso, pense em algumas situações da sua vida nas quais as frases abaixo se encaixariam:
a) “Fazer a verdade parecer mentira” ou “A mentira parecer verdade”
b) “Criar camadas de ilusão sobre a verdade”

2. Baseado no que você pensou sobre as frases acima, a sinceridade para você é:

Aula 02
 Termino e socialização das atividades referente a notícia do Jornal Cruzeiro do Sul.

Aula 03
 Debate seguido de atividades sobre o termo sinceridade.

Leia atenciosamente o poema abaixo e depois faça o que se pede:

Sinceridade
Sinceridade
Palavra bela que me conduz e norteia
Contrapõe a falsidade
Sobrepõe a mentira feia (...)
Sinceridade Já me deixou muitas vezes em apuro
Por falar sempre a verdade
Sem vacilo sobre o muro
Sinceridade
Ainda escolho o sistema mais antigo
Enxergar dentro do olho
A lisura de um amigo
Tradição que eu persigo
Na ilusão de um sonhador
E é verdade o que digo: Quem tem honra tem valor (...)

Atividade
1.Depois de refletir sobre a letra da música, responda a algumas perguntas:
a) Você já tentou encontrar alguma vez a melhor maneira de contar a verdade? Como você acha que se saiu nessa
situação?

b) O que você valoriza numa amizade ou na relação que estabelece com as pessoas?

c) Qual é a sua opinião acerca das pessoas que, para agradar a todos, não conseguem ser verdadeiras em várias
situações da vida?

Aula 04
 Atividades sobre as relações de sinceridade com as pessoas do cotidiano.

1. A sinceridade depende da consciência crítica que temos sobre nós mesmo. Quanto mais verdadeiros conseguimos ser
com nós mesmos, melhor será o nosso convívio social. Não há como sermos pessoas sinceras se não conseguimos
primeiro gerir as nossas próprias verdades. Sobre isso, escreva um texto dissertativo que apresente o que você pensa
sobre as frases abaixo:
a) A sinceridade constrói confiança e amizades verdadeiras.
b) É possível ser sincero sem ser arrogante ou hipócrita.
c) Expor sempre o que sentimos pode gerar sérias dificuldades de relacionamento.

2. Ainda sobre a capacidade de gerir algumas verdades, o que você faria de positivo se tivesse que contar as situações
que seguem abaixo para alguma pessoa do seu convívio social:
Situação 1: Dizer para alguém que ela é filho (a) de pais diferentes?
Situação 2: Dizer que o namorado de uma pessoa o trai com outra?
Situação 3: Dizer para alguém que uma das pessoas que ela mais ama e admira conseguiu dar tudo o que ela tem hoje
através de um trabalho que não foi honesto?

Você também pode gostar