Você está na página 1de 9

Bromatologia

ALIMENTOS FUNCIONAIS
PROBIÓTICOS
ALIMENTOS FUNCIONAIS PROBIÓTICOS
São microrganismos vivos, administrados
em quantidades adequa-das, que conferem
benefícios à saúde do hospedeiro.
(Food and Agriculture Organization
of United Nations; World Health
Organization, 2001; Sanders, 2003).

Bifidobacterium e Lactobacillus

São microorganismos promotores da


saúde. Em pessoas saudáveis, estão
localizados no intestino. Esses gêneros
estão presentes em iogurtes, produtos
lácteos fermentados e suplementos
alimentares.
Gênero Bifidobacterium
Bifidobactérias são caracterizadas por serem
microrganismos gram positivos, não formadores de
esporos

A enzima essencial
Este gênero incluí 30 desta via metabólica Em relação ao pH,
espécies, fermentativa é a nota-se a valores de
-10 das quais são de origem frutose6-fosfato pH entre 6 e 7,
humana (cáries dentárias, fosfocetolase. Além como valores ideais
fezes e vagina) da glicose, todas as e com ausência de
bifidobactérias de crescimento a valores
-17 de origem animal, origem humana são de pH ácidos de 4.5-
capazes de utilizar a 5.0 ou a valores de
-2 de águas residuais e galactose, a lactose
pH alcalinos de 8.0-
e a frutose como
-1 de leite fermentado fontes de carbono. 8.5
Estão em vários nichos
ecológicos, sendo Possuem propriedades
encontradas por todo o potencialmente probióticas,
trato gastrointestinal e favorecendo beneficamente o
geniturinário, constituindo organismo humano
uma importante parte da
microbiota de homens e
animais.
Gênero Lactobacillus

Cerca de 56 espécies do
Sua distribuição, é afetada
gênero Lactobacillus
pelo pH, disponibilidade de
foram descritas até hoje,
oxigênio, nível de substrato
sendo as mais utilizadas
especifico, presença de
para fins de aditivo
secreções e interações
dietético L. acidophilus, L.
bacterianas.
rhamnosus e L. casei.
Benefícios dos alimentos probióticos
Preservação da integridade intestinal
Atenuação dos efeitos de
doenças intestinais
Redução da gravidade da hepatopatia
alcoólica experimenta
Inibição da H. pillory
associada a gastrite ,úlcera
péptica e câncer gástrico

Estimulem a resposta imunológica, e na modulação de


reações alérgicas, na melhoria da saúde urogenital de
mulheres e nos níveis sanguíneos de lipídeos promovam a
digestão da lactose em indivíduos intolerantes à lactose e
reduzam o risco de câncer
Alimentos probióticos
Iorgute Produtos orientais à base
de soja, legumes e
Yakult verduras, como Miso,
Natto, Kimchi e Tempeh,
Kefir (bebida que podem ser
comprados em lojas
fermentada especializadas;
cremosa)

Kombucha: uma bebida fermentada


feita principalmente a partir do chá
preto;
Efeitos colaterais/contra
indicações
Recomenda-se aos profissionais da saúde prudência ao
aconselhar a incorporação destes produtos gradualmente
na dieta até atingir esse níveis recomendados em um
período de 2 a 3 semanas.

O nível de consumo aconselhado é de 109 a1010


organismos diários, o que equivale a um litro de leite
de acidófilos formulado ao nível de 2 x 106 unidade
formadora de colônia (ufc)/mL29
Referências
bibliográficas
RAIZEL, Raquer. SANTINI, Eliana. KOPPER, Andressa; FILHO, Adilson. Efeitos do consumo de
probióticos, prebióticos e simbióticos para o organismo humano; Disponível em
(file:///C:/Users/bibis/Downloads/8352-Texto%20do%20artigo-37387-1-10-20111215.pdf) Acesso em:
30 Ago.

OLIVEIRA, Maricê. SIVIERI, Kátia. ALEGRO, João. SAAD, Susana. Aspectos tecnológicos de alimentos
funcionais contendo probióticos.Disponível em Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas vol. 38,
n. 1, jan./mar., 2002

Você também pode gostar