Você está na página 1de 32

PUBLICIDADE

SAB30NOV
Sábado
30 de Novembro de 2019
Ano 44 • N.º 15826

Kz 45,00
Director: VÍCTOR SILVA
Director-Adjunto: CAETANO JÚNIOR
www.jornaldeangola.co.ao

PRESIDENTE JOÃO LOURENÇO NA REUNIÃO DO CC DO MPLA


SANTOS PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO

NESTA EDIÇÃO

RUI MALAQUIAS
É caso para dizer…
vai doer mas vai sarar!
OPINIÃO • 7

FOTOGRAFIA
Reformas em
curso não são
Luís Damião
imposição
na Bienal de Bamako
CULTURA • 29

AMBIENTE
África Central unida
do FMI
contra as alterações
climáticas
POLÍTICA • 3

CUANZA-NORTE

O Presidente da República afirmou, “apreciação errada, falsa, ilusória e enga- por estarem a acontecer apenas agora,
ontem, em Luanda, que as reformas eco- nadora” pensar que o país gozava de porque, se aplicadas antes, estaríamos,
nómicas em curso no país há mais de uma saúde económica robusta. Perante hoje, a beneficiar de uma economia
dois anos não são uma imposição do os 479 membros do órgão, referiu que mais sólida e sustentável”, enfatizou. A
Feira no Dondo Fundo Monetário Internacional (FMI). Angola não podia cruzar os braços, con- sessão de ontem foi marcada, também,
mostra artesanato Ao intervir na abertura da II reunião tinuar a manter o paradigma anterior, pela troca de cartões de militantes, tendo
ÚLTIMA • 32 ordinária do Comité Central do partido e deixar que as coisas continuassem na o Presidente do partido sido o primeiro
que dirige, João Lourenço disse ser uma mesma. “As reformas em curso pecam a receber. POLÍTICA • 2
SEM CAUSAR VÍTIMAS
Incêndio no Hospital
Militar afecta área
de Cirurgia MUNDIAL COMEÇA HOJE
JORNALISMO
SOCIEDADE • 26

DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO
BAD garante
financiamento de 165
Japão vira centro do Andebol DESTAQUE • 4 | 5
Prémios
para Edições
milhões de dólares
ECONOMIA • 10 Novembro
LIGA DOS CAMPEÕES BANCOS COMERCIAIS Os jornalistas da Edições
ELEIÇÕES NA NAMÍBIA Novembro Rosalina
1º de Agosto e Petro BNA conclui em breve Mateta e Osvaldo Gon-
çalves venceram, ontem,
começam fase de grupos reavaliação de activos
o Prémio Nacional de Jor-
nalismo, na categoria
DESPORTO • 31 DR
Imprensa. Já na Rádio, o
O Banco Nacional de A informação foi pres- vencedor foi Barros
Angola conclui, em tada ontem, em con- Afonso (Rádio 5). No Foto-
Dezembro, a reavalia- ferência de imprensa, jornalismo, vitória para
ção da qualidade dos pelo governador do Lídia Aonde (Novo Jor-
a c t ivo s d o s b a n c o s banco central, José de nal). Na Televisão, os con-
comerciais, processo Lima Massano. sagrados são Carlos
Hage Geingob lidera iniciado em Outubro. ECONOMIA • 10 Capitango (Zimbo) e
contagem dos resultados Cabingano Manuel (TPA).
ÚLTIMA • 32 VARIANTE JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO

Artistas cantam música


popular em Benguela
O Festival de Música ticipação de 17 concor-
Popular Angolana rentes de todas as pro-
(Variante) acontece hoje, víncias, à excepção do
em Benguela, com a par- Moxico. CULTURA • 29
2 POLÍTICA Sábado
30 de Novembro de 2019

PRESIDENTE DO MPLA NA II REUNIÃO DO COMITÉ CENTRAL

“Reformas em curso no país


não são impostas pelo FMI”
João Lourenço anunciou que as mudanças económicas devem continuar. Sobre os crimes violentos das últimas semanas,
em Luanda, assegurou que a situação está ultrapassada. As autoridades tudo fazem para garantir a paz e segurança
SANTOS PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO
João Dias que pensar assim é injusto que parte desse pacote de
e discriminatório. “Todos os propostas de leis, elaboradas
grandes homens deste país, pelo Executivo, se encontram
As reformas económicas em começando por Agostinho na casa das leis. “É salutar
curso no país há mais de dois Neto, se destacaram em dife- constatar que os partidos
anos não são impostas pelo rentes áreas da actividade: políticos, incluindo o MPLA,
Fundo Monetário Internacional na política e em diferentes vêm aquecendo já as suas
(FMI), mas sim uma conse- profissões e áreas do saber, máquinas para a corrida na
quência da apreciação errada, nasceram e cresceram pobres conquista das autarquias,
falsa, ilusória e enganadora e não se tornaram, por isso, tão logo seja dado o tiro de
de que o país gozava de uma delinquentes ou criminosos. largada”, constatou.
saúde económica robusta, Antes, pelo contrário, essa No discurso de quase 16
declarou ontem o presidente condição deu-lhes mais força minutos, João Lourenço
do MPLA, João Lourenço. e determinação para lutar manifestou solidariedade à
Ao intervir na abertura da honradamente contra as população do Cunene,
II reunião ordinária do Comité adversidades da vida e ven- Namibe, Huíla e Cuando
Central do partido, João Lou- ceram”, lembrou. Cubango, vítimas da seca
renço disse, perante os 479 severa que assolou a região,
membros do órgão, que a Mudança de mentalidade recordando que todo o povo
prevalecer por mais tempo Num apelo aos membros do angolano, bem como enti-
a noção falsa e enganadora partido, João Lourenço decla- dades estrangeiras, se soli-
de que a economia nacional rou que tudo isso só vai se darizaram com as vítimas e
era robusta, “levar-nos-ia, to r n a r re a l i d a d e c o m a juntaram-se aos esforços do
inevitavelmente, para o pre- mudança de mentalidade, Executivo para salvar vidas.
cipício”, embevecidos pelo atitudes e comportamentos, “O momento mais trágico
que considerou de “tempos Segunda reunião ordinária do Comité Central do MPLA analisou vários assuntos internos “começando por nós mes- está a passar. Foram recu-
áureos do boom do petróleo”. mos, militantes e dirigentes perados e abertos novos furos
João Lourenço admitiu que do nosso partido”. de água e poços nas grandes
a reforma da estrutura da eco- mento e desenvolvimento da criou em nós o falso senti- Luanda, nos últimos dias, Em primeiro lugar, real- comunidades, além das
nomia nacional "é um processo iniciativa privada, contribui- mento de riqueza e abun- com a perda de vidas huma- çou, deve-se ser optimista grandes cisternas e moto-
demorado que exige rigor e ção no aumento da produção dância, levando o país ao nas, João Lourenço assegurou e acreditar no sucesso das cisternas para atender as
perseverança", considerando interna de bens e serviços e esbanjamento, o foco hoje que a situação está ultrapas- reformas em curso”, lem- aldeias pequenas e dispersas
“o caminho certo e incontor- o aumento das exportações deve ser o de procurar tirar sada, porque as autoridades brando que, ao nível do umas das outras e localizadas
nável a perseguir, a expressão e da oferta de emprego. o país da situação de endivi- competentes tudo têm feito Executivo, está-se firme e em zonas de difícil acesso
de melhorar o que está bem Para incentivar o sector damento, se for possível, com e continuarão a fazer para determinado a trabalhar para os camiões”, notou João
e corrigir o que está mal no privado, o também Presi- a diversificação da economia garantir a paz e segurança ouvindo as contribuições, Lourenço, que acrescentou:
que à economia diz respeito”. dente da República prometeu através do fomento do inves- dos cidadãos. conselhos e alertas de todos, “começa a chover um pouco
uma maior aproximação, no timento privado e do desen- Mas disse estar preocupado com as associações empre- por todo o país. É hora de
curto prazo, do Executivo ao volvimento dos diferentes com o facto de alguns cidadãos sariais, os académicos e de lançarmos as sementes e nos
“As reformas tecido empresarial, trazendo sectores da economia". atribuírem os crimes à dete- toda a sociedade. prepararmos para passar,
em curso pecam à luz mais diálogo, visitas “Trabalhamos para fazer rioração das condições sociais gradualmente, da situação
por estarem a aos empreendimentos, prin- com que o contributo da e ao desemprego, sustentando Eleições autárquicas em 2020 de emergência para a situação
acontecer apenas cipalmente os alinhados com agropecuária, pesca, indús- que, “com esta forma simplista Sobre a implementação do de normalidade”.
agora, porque se os propósitos do PRODESI, tria e turismo e outros ramos de abordagem, estaremos a poder, o líder do MPLA reco-
aplicadas antes, aumento da produção de da economia representem justificar, senão mesmo a legi- nheceu que “o país está Processos de Tchizé dos
estaríamos hoje bens essenciais, das expor- uma fatia, cada vez mais sig- timar, o recurso à violência expectante com a realização Santos e Augusto Tomás
a beneficiar tações, em substituição das nificativa, do Produto Interno por parte de quem atravessa, das eleições autárquicas em A segunda reunião ordinária
de uma economia importações, e ao aumento Bruto (PIB) e das receitas por vezes temporariamente, 2020”, lembrando haver do Comité Central analisou
mais sólida da oferta de postos de tra- das exportações, aproxi- momentos difíceis da vida, notadamente uma grande o processo disciplinar refe-
e sustentável” balho. “O Titular do Poder mando-se ou rivalizando o que acontece em todas as vontade política de todos os rente a Welwitchia José dos
Executivo será o primeiro a mesmo com o que o sector sociedades”. intervenientes no processo. Santos, membro do Comité
dar exemplo”, prometeu. petrolífero representa nos Considerou ser funda- "Só com um pacote polí- Central suspensa, e sobre o
dias de hoje”, sublinhou. mental que não se defenda tico aprovado pela Assem- processo disciplinar referente
O presidente do partido Acabar o endividamento o princípio de que ser pobre bleia Nacional será possível a Augusto da Silva Tomás,
governante referiu que o país O presidente do MPLA referiu Onda de crimes violentos ou desempregado se é, à par- a preparação, convocação e também membro do Comité
não podia cruzar os braços que “depois dos anos áureos Diante da onda de crimes tida, um potencial criminoso organização das eleições Central, condenado recen-
e continuar a manter o para- do boom do petróleo, que violentos que ensombraram ou potencial assassino, por- autárquicas, numa altura em t e m e n t e p e l o Tr i b u n a l
digma anterior, cruzando os Supremo a 14 anos de prisão.
braços e deixar que as coisas Estiveram na agenda da
continuassem na mesma. reunião a “Apreciação da
“ A s re f o r m a s e m c u rs o
pecam por estarem a acon-
Reunião foi antecedida da troca geral do cartão de militante informação sobre a execu-
ção do Programa emergen-
tecer apenas agora, porque A reunião do Comité Central do MPLA foi antecedida de ainda o cadastramento das estruturas de base e que, no cial de combate à seca no
se aplicadas antes, estaría- uma sessão de troca geral de cartões de militante. O final, vai se reflectir numa maior e melhor gestão do controlo sul do país com o parecer
mos, hoje, a beneficiar de presidente do partido, João Lourenço, acompanhado da estatístico dos militantes e da sua localização. do departamento do Comité
uma economia mais sólida Primeira-Dama da República, Ana Dias Lourenço, foi o Depois de João Lourenço e a Primeira-Dama da República, C e n t ra l p a ra a P o l í t i c a
e sustentável”, disse. primeiro a receber o novo cartão. Ana Dias Lourenço, terem sido cadastrados e recebido o Social”, “Apreciação do Pro-
O Estado, acrescentou, Antes disso, a vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, novo cartão de militante, seguiu-se a vez do presidente jecto de Plano Anual de
pretende criar uma verda- lembrou que o processo visa, por meio das novas tecnologias, emérito do partido, José Eduardo dos Santos, cujo cartão Actividades e de plano de
deira economia de mercado, cadastrar todos os militantes do partido. O processo vai foi entregue ao militante Manuel Cunha “Nito Cunha”. eventos do partido para
onde deve cumprir o papel durar 24 meses. Fernando da Piedade Dias dos Santos, presidente da Assem- 2020”, “Apreciação do pro-
que lhe está reservado e onde O objectivo, disse, é organizar e centralizar toda a infor- bleia Nacional, Bornito de Sousa, Vice-Presidente da República, jecto de Orçamento Anual
o sector privado seja um actor mação sobre os militantes. Ontem, o cadastramento e Roberto de Almeida, presidente da Fundação Sagrada Esperança do MPLA para o exercício
dinâmico, destacado e deter- entrega do cartão abrangeu também os membros do Comité e ex-vice-presidente do MPLA, Paulo Cassoma, ex-secretário de 2020” e a “Apreciação
minante na economia. Central que, de acordo com o cronograma do secretariado geral, Fernando José de França Van-Dúnem, Julião Mateus do projecto Relatório de
João Lourenço insistiu que, do Bureau Político, será distribuído a todos os níveis e o Paulo "Dino Matrosse", ex-secretário geral, António Pitra Neto, Balanço da Comissão
ao Estado, está reservada a número, posteriormente, será alargado às outras organizações ex-vice-presidente do partido, Álvaro de Boavida Neto, ex- Nacional Preparatória do
promoção do investimento sociais do partido. secretário geral, Rodeth Teresa Máquina Gil, Francisco Magalhães VII Congresso Extraordi-
privado, incentivo ao surgi- A vice-presidente do MPLA disse que o processo permitirá Paiva Nvunda e outros receberam cartões. nário do MPLA”.
POLÍTICA Sábado
30 de Novembro de 2019 3
PARTIDO PRA-JA “CARRINHO INDÚSTRIA” AO PROGRAMA DA ONU PARA O MEIO AMBIENTE

Chivukuvuku
considera que PR inaugura fábrica de ANGOP

autarquias alimentos em Benguela


continuam O Presidente da República,
João Lourenço, inaugura
“Carrinho Indústria” é um
empreendimento com várias
na incógnita hoje, em Benguela, a fábrica
denominada “Carrinho
linhas de produção de massa
e óleo alimentar, biscoitos,
César André Indústria”, um empreen- bolachas, entre outros.
dimento de iniciativa pri- Antes do regresso a Luanda,
O coordenador da Comissão vada ligado à produção de o Chefe de Estado almoça
Instaladora do PRA-JA Servir bens alimentares. com figuras representativas
Angola (Partido do Renas- De acordo com um de Benguela, como habitual-
cimento Angolano – Juntos comunicado da Casa Civil, mente acontece nos progra-
por Angola), Abel Chivuku- João Lourenço faz o corte mas de deslocação às
vuku, considerou ontem, da fita, que vai simbolizar diferentes províncias do país.
em Luanda, que não se vis- o arranque da operação, Ainda na capital do país,
lumbra, no país, nenhuma num momento protocolar pouco antes de partir para
intenção de realização da que se prevê para o final da Benguela, o Presidente João
reforma constitucional, tão manhã. Acto contínuo, será Lourenço vai dar início à cam-
necessária para o aprofun- descerrada a placa que guar- panha nacional “Junte-se a
damento da democracia. dará o registo da inauguração nós e plante uma árvore”, na
“Infelizmente, o processo da nova indústria. Nova Marginal de Luanda.
de implantação das autar- Angola quer concertação de estratégias e acções para se tirar benefício dos recursos naturais
quias, previsto para 2020,
continua uma incógnita e MITIGAR EFEITOS DA SECA
nenhuma das tarefas con-
cretas relacionadas com a
realização desse processo
foi cumprida”, disse o polí-
tico, que falava na abertura
Milhares de habitantes África Central pede apoio
da reunião magna.
A re u n i ã o teve c o m o
são assistidos nos Gambos contra mudanças climáticas
objectivo iniciar o processo Estanislau Costa | Lubango Manuel Tchilulo defendeu a
de reflexão, pensamento e criação de condições para a
preparação da estruturação Mais de sete mil habitantes aplicação da técnica de resi- Luanda acolheu, ontem, a 49ª Reunião Ministerial do Comité
da organização, que vai cul- da povoação da Taka, muni- liência agrícola em diversas
minar com a realização do cípio dos Gambos, 150 qui- áreas produtivas dos Gambos. Consultivo da ONU sobre Segurança na África Central
primeiro congresso. lómetros a Sul do Lubango, “Não queremos depender só
Abel Chivukuvuku con- estão já a consumir água da assistência do Governo. Edna Dala para dar certo. Segundo se, com esses meios, disse,
siderou que o país continua potável, com a construção Como agricultores e criadores Manuel Augusto, “é preciso reforçar o centro regional de
em recessão económica. e apetrecho de dois sistemas de gado, queremos trabalhar Os ministros dos Estados conjugar esforços e concertar coordenação e segurança
“Registou-se, nos últimos de captação e distribuição. a terra”, sublinhou. membros do Comité Consul- estratégias e acções concretas marítima em Yaoundé, do
quatro anos, uma grande Os sistemas, acoplados a O governador da Huíla, tivo Permanente das Nações para se tirar benefício dos Centro Regional de Ponta
retracção da actividade eco- bebedouros para dezenas Luís Nunes, que procedeu a Unidas sobre questões de recursos naturais”. Negra e da Comissão do Golfo
nómica, levando centenas de cabeças de gado bovino entrega de 20 motas cisternas Segurança na África Central O chefe da diplomacia da Guiné, em Luanda.
de pequenas e médias e caprino, fazem parte do das 77 previstas, garantiu (UNSAC) solicitaram, ontem, angolana referiu que os países Manuel Augusto defendeu
empresas à falência”. leque de projectos do Exe- que estão em curso acções em Luanda, o apoio do Pro- membros da região devem a capacitação das instituições
Um dos factores que tem cutivo para minimizar os para aliviar as dificuldades grama das Nações Unidas para ter os recursos naturais como nacionais de cada Estado
levado à falência de muitas efeitos da seca prolongada das famílias assoladas pela o Meio Ambiente (PNUMA) um factor de consolidação membro e a adopção de
pequenas e médias empre- que afectou 206 mil popu- seca em nove municípios e seus parceiros no combate da paz, concórdia e harmonia estratégias de combate à pira-
sas, segundo o político, está lares de nove municípios da da província”. às mudanças climáticas. entre os povos e não como taria, assim como a imple-
relacionado com a falta de província da Huíla. Luís Manuel Nunes exortou No fim da 49ª Reunião uma fonte de conflitos. mentação das convenções
pagamento de serviços pres- Gambos, com mais de 72 as famílias afectadas que estão Ministerial do Comité Con- Manuel Augusto recordou internacionais sobre crime
tados por parte de órgãos mil habitantes, possui a maior a beneficiar de infra-estru- sultivo Permanente, os minis- que África dispõe de 65 por organizado e transnacional.
do Estado. cifra de afectados, razão para turas diversas, com destaque tros solicitaram, igualmente, cento de terras aráveis, cuja O ministro entende que
Sobre o ambiente de negó- motivar as autoridades a pres- para sistemas de abasteci- que o Programa das Nações fauna proporciona, através a realização inter-regional
cios, Abel Chivukuvuku tar, com frequência, apoio mento de água, a preservarem Unidas actualize o impacto do turismo, mais de 100 dos novos desafios obriga o
considerou que ainda é pouco alimentar às famílias, assim os imóveis. das mudanças climáticas bilhões de dólares ao PIB do Comité a destacar a impor-
competitivo. No seu enten- como a criação de condições A directora da Agricultura, sobre a paz e segurança na continente, criando mais de tância da complementari-
der, o sector petrolífero con- para preservar o gado bovino Mariana Soma, informou que África Central, na 50ª Reunião 15 milhões de postos de tra- dade da UNSAC e da CEEAC
tinua a ser o elemento e caprino, principais riquezas prossegue a distribuição de Ministerial, que acontece no balho directos e indirectos. (Comunidade Económica
dominante da economia. da região. mais de 735 toneladas de ali- próximo ano, na cidade de dos Estados da África Cen-
O soba da Taka, Manuel mentos diversos e 312 moto- Malabo, Guiné-Equatorial. Desafios tral), bem como a necessi-
Tchilulo, comovido com a rizadas cisternas aos nove Na Declaração de Luanda Manuel Augusto apontou dade de mais cooperação
assistência alimentar, municípios afectados pela sobre o impacto das mudan- como um dos grandes desafios com os sistemas das Nações
RECTIFICAÇÃO médica e medicamentosa, calamidade, com realce para ças climáticas sobre a paz e para os próximos seis meses, Unidas e da União Africana.
enalteceu a construção do os Gambos, Chibia, Humpata, segurança na África Central, o impacto que as alterações O ministro das Relações
estabelecimento que vai Quilengues e outros. os responsáveis reiteram o climáticas e a exploração de Exteriores reconheceu que,
Estatuto dos assegurar a sanidade animal compromisso com os objec- recursos naturais tem sobre apesar da difícil conjuntura
Eleitores Locais e conter as doenças que têm
assolado os animais. “Com
Acções de emergência
O Jornal de Angola apurou
tivos de Desenvolvimento
Sustentável, incluindo o
a paz e a segurança na região
da África Central e, quiçá, no
que os países da região atra-
vessam, a situação política é
passa no a abertura de novos sistemas
de captação e requalificação
que o plano de emergência
no município dos Gambos
objectivo 13, de tomar medi-
das urgentes para lidar com
continente em geral.
Os desafios resultantes
estável e tem-se consolidado,
no sentido de assegurar maior
Conselho dos antigos, já não percor- prevê a construção e reabi- as mudanças do clima e os das alterações climáticas, estabilidade na região, o que
remos longas distâncias à litação de 34 sistemas de seus impactos. frisou, reflectem-se nas apontou como uma condição
de Ministros procura de água para as captação e abastecimento Os ministros deploraram mudanças do ciclo hidroló- incontornável para o funcio-
famílias e animais", disse a de água potável, sendo que o impacto humanitário das gico, como acontece no Sul namento e o desenvolvimento
O Jornal de Angola publi- autoridade tradicional . 16 são novos, projectados mudanças climáticas na do país, na RDC, com seca económico das instituições
cou, na edição de ontem, Comovido com a nova estru- para as zonas que merecem África Central, em particular e inundações trágicas, a e da democracia.
na página 2, a matéria inti- tura para a sanidade animal, atenção cuidada. na Bacia do Congo e na Bacia catástrofe do Lago do Tchad,
tulada, por lapso, “Estatuto ESTANISLAU COSTA | EDIÇÕES NOVEMBRO | HUÍLA do Lago do Tchad, onde des- que passou de uma área de SG da CEEAC
dos Eleitores Locais passa tacaram a ligação do fenó- 25 mil Km2 em 1963 para O secretário geral da Comu-
no Conselho de Ministros”. meno à paz e à segurança uma área de menos de 2 mil nidade Económica dos Esta-
Na verdade, trata-se da internacionais. Km2, ameaçando a existên- dos da África Central, Ahmad
Proposta de Lei que aprova Os participantes defen- cia de recursos e meios de Allam-Mi, homenageou o
o Estatuto do s Eleito s deram, também, a inclusão subsistência para cerca de Presidente da República,
Locais, diploma que esta- das mulheres e das crianças 50 milhões de pessoas. João Lourenço, pela liderança
belece o regime jurídico no processo de paz e segu- O ministro das Relações exemplar em matéria de ges-
de direitos, regalias e deve- rança na região. Exteriores destacou, ainda, tão e resolução dos proble-
res dos titulares dos órgãos Ao discursar na abertura, a mobilização de mais recur- mas de paz e a segurança na
da autarquia local. o ministro das Relações Exte- sos financeiros, materiais e região. O diplomata indicou
Pelo lapso, pedimos riores, Manuel Augusto, que humanos para fazer face a que o Comité Consultivo
desculpas aos leitores e assumiu a presidência do fenómenos como a pirataria continua a servir de alavanca
às instituições afectadas. Comité, referiu que o con- e os incidentes recorrentes para a estratégia de segurança
Governador apelou a população a conservar os equipamentos tinente africano tem tudo no Golfo da Guiné. Pretende- da região.
4 DESTAQUE Sábado
30 de Novembro de 2019

Desde 1990, na Coreia do DOZE ANOS DEPOIS


Sul, data da primeira par- HISTÓRICO DE PARTICIPAÇÕES DAS PÉROLAS
ticipação de Angola em
Campeonatos do Mundo
Sétimo lugar
de andebol sénior femi-
nino, o estatuto das Pérolas
de África cresceu a olhos
vistos, embora naquela
edição tenha terminado no
Odisseia de Angola chega de França
é registo épico
à Terra do Sol Nascente
último posto da tabela clas-
sificativa, num total de 16
selecções participantes.
da selecção
T rês anos depois, na
Noruega, 1993, com igual Em 29 anos de participação
número de países, a Selec- Comandadas do seleccionador Morten Soubak efectiva, com a estreia em
ç ã o Na c i o n a l o b t eve a ambicionam a melhoria do 19º lugar do Mundial da Alemanha 1990 na Coreia do Sul, o
mesma classificação. Na sétimo lugar no Campeo-
prova co-organizada pela nato do Mundo da França,
Áustria e Hungria, em 1995, em 2007, continua a ser a
o combinado angolano ter- melhor prestação da Selec-
minou na 16ª posição e dei- ção Nacional sénior femi-
xo u d e fi n i t iva m e n t e o nina de andebol, nos anais
último posto da classificação da modalidade.
geral, com 20 nações a dis- Na época, às ordens do
cutirem o título Mundial. falecido técnico Jerónimo
Dois anos depois, na N e to , coa d j u va d o p o r
Helena de Sousa
Alemanha, as campeãs Teresa Almeida “Bá” Amália Pinto Iracelma da Silva Albertino de Oliveira, as
Posição: guarda-redes
africanas melhoraram um Posição: guarda-redes Posição: guarda-redes Posição: ponta direita campeãs africanas sur-
Equipa: 1º de Agosto
lugar. Noutra organização Equipa: Petro de Luanda Equipa: 1º de Agosto Equipa: 1º de Agosto preenderam o mundo ao
conj unta da Noruega e derrotarem em casa as gau-
Dinamarca, em 1999, o lesas. Contra todas as
“sete” nacional “bisou” o expectativas e muita ousa-
15º posto. Na Itália, 2001, dia à mistura, o "sete"
p e l a p r i m e i ra vez , s ob nacional integrou o selecto
orientação de um treinador grupo das dez melhores ,
estrangeiro (o búlgaro Pavel onde anteriormente só
Dhznev), a vitória sobre a f i g u ra va m e q u i pa s d o
Roménia (28-27) e as der- "velho" continente.
rotas tangenciais ante Hun- Inseridas no Grupo C,
gria (23-24) e Espanha na cidade de Lyon, a cami-
( 2 8 - 2 9 ) m o s t ra ra m a o Janeth Santos Vilma da Silva Juliana Machado Liliana Venâncio nhada das Pérolas come-
Mundo um novo compe- Posição: ponta esquerda Posição: ponta esquerda Posição: ponta direita Posição: pivô çou com derrota frente à
tidor , e Angola ocupou a Equipa: 1º de Agosto Equipa: 1º de Agosto Equipa: 1º de Agosto Equipa: 1ºde Agosto Noruega (26-32), depois
13ª posição. surgiram os triunfos (33-
Na C ro á c i a , 2 0 0 3 , a 22) Áustria e (41-20) Repu-
selecção baixou quatro blica Dominicana.
lugares (17º), e em 2005 Na etapa seguinte,
na Rússia subiu um (16º). Angola teve outros desaires
Contra todas as expec- diante da Rússia (27-40) e
t a t iva s e m 2 0 0 7 , n a (41-33) Coreia do Sul. Mas
França, Angola melhorou o grupo silenciou os adep-
nove lugares e terminou tos gauleses ao vencer (29-
na sétima posição, a 27) a França. Na mesma
melhor prestação de Albertina Kassoma Ruth João Magda Cazanga Wuta Dombaxi senda, (34-28) Croácia e
todos os tempos. Posição: pivô Posição: pivô Posição: lateral esquerda Posição: lateral direita (33-25) Macedónia. Nos
Em 2009, na China, o Equipa: 1º de Agosto Equipa: 1º de Agosto Equipa: Petro de Luanda Equipa: 1º de Agosto quartos-de-final, o "sete"
português Paulo Pereira nacional perdeu (33-36)
conduziu as campeãs afri- ante a Alemanha.
canas ao 11º posto, numa O combinado angolano
prova onde as vitórias sobre derrotou (37-36) a Hungria,
a Ucrânia (28-20) e Dina- na decisão do sétimo posto
marca (28-23) foram des- da tabela classificativa. Em
taque. No Brasil, em 2011, dez partidas, Angola somou
à s o rd e n s d e Viva l d o sete vitórias e três derrotas.
Eduardo o “sete” nacional No cômputo geral, a selec-
ocupou a oitava posição, ção marcou 326 golos, dos
e sob a batuta do mesmo 592 tentados, 55 por cento
treinador na Sérvia (14ª). Aznaide Carlos “Zica” Isabel Guialo “Belinha” Natália Bernardo Helena Paulo de eficácia.
Na Dinamarca, 2015, em Posição: lateral direita Posição: central Posição: central Posição: central Em 285 golos tentados
mais uma campanha mun- Equipa: Petro de Luanda Equipa: 1º de Agosto Equipa: 1º de Agosto Equipa: 1º de Agosto na linha dos nove metros,
dialista, sob a liderança de 126 foram convertidos, 44
um treinador estrangeiro por cento de aproveita-
(o também português João Treinador Adjunto Fisioterapeuta Seccionista Chefe de delegação mento , nos sete metros,
Florêncio), a prestação da Morten Soubak Danilo Júnior MarinaCalister Vilma Lourenço Esperança Furtado em 31 livres, as jogadoras
equipa nacional esteve Dinamarques Brasileiro Brasileira Angolana Angolana marcaram 25, com 81 por
aquém do esperado, com cento de eficiência. Das 16
derrotas ante a Suécia (23- atletas convocadas para
37), Holanda (24-37) e PRIMEIRA JORNADA aquela empreitada, a cen-
Polónia (27-29). tral Natália Bernardo, cuja
Sob orientação de Mor- estreia no Mundial acon-
ten Soubak, em 2017 na
Alemanha, as campeãs
africanas entraram para a
Selecção defronta a Sérvia no Pavilhão Aqua Dome teceu naquele ano, é a
única que continua a vestir
as cores da selecção.
quadra lideradas por um A Selecção Nacional sénior no capítulo físico, e que triunfo ante o africano, 19º sivo 5-1, com pressão perma- Do referido grupo, des-
treinador de topo, pela pri- feminina de andebol defronta chega ao Japão com maior colocado da tabela. Morten nente, que permite alguns taque para as antigas inter-
meira vez, campeão do hoje às 7h00, (hora de Angola) rodagem competitiva. Soubak e comandadas pre- roubos de bola e saídas rápidas nacionais angolanas, Odeth
Mundo à frente de uma a similar da Sérvia, em partida Diferente das campeãs cisam de explorar as fragi- para o contra-ataque. Com o Tavares, Maria Eduardo,
selecção não europeia (Bra- referente à primeira jornada africanas, que por razões de lidades das oponentes. 6-0, terá maiores dificuldades Ilda Bengue, Filomena Trin-
sil, em 2013), na Sérvia. do Grupo A, do 24º Campeo- ordem financeira ficaram Durante a preparação em travar os remates da linha dade, Bombo Calandula,
Este facto, por si só, nato do Mundo, no Pavilhão impedidas de estagiar ou ensaiaram quase todos os dos nove metros. C a r o l i n a M o ra i s , N a i r
aumentou as expectativas Aqua Dome, cidade japonesa seguir para o país do sol nas- cenários possíveis. Hoje, além Soubak poderá optar pelo Almeida, Rosa Amaral, Isabel
de ver Angola a desafiar, de Kumamoto. cente uma semana antes, o do cumprimento rigoroso das seguinte “sete” inicial: Teresa Fernandes, Marcelina Kiala,
uma vez mais, o poderio Rapidez nas transições combinado europeu além orientações emanadas do Almeida “Bá” (guarda-redes), Maria Pedro, Elizabeth Cailo,
dos países do “velho” con- defesa-ataque, aliada à coe- de contar com um volume banco, o “sete” nacional pre- Iracelma da Silva e Vilma da Cristina Branca, Cilizia Tava-
tinente no andebol mundial. são defensiva e ao ataque maior de jogos, disputou cisa de estar concentrado, Silva (pontas), Albertina Kas- res e Luísa Kiala.
Mas, o resultado foi a desi- organizado podem ser fun- recentemente um torneio na sob pena de verem as euro- soma (pivô), Magda Cazanga Marcelina Kiala foi a ter-
lusão, ao ficar no 19º posto damentais, caso as Pérolas Coreia do Sul. peias a definirem o ritmo do e Aznaide Carlos “Zica” (late- ceira melhor marcadora,
da classificação. No Japão, estejam determinadas a equi- Nona classificada do jogo a seu bel prazer. rais) e Isabel Guialo “Belinha” com 72 golos, atrás da alemã
as Pérolas de África voltam librarem o jogo, ante um con- Mundial de 2017, o combi- Ao combinado angolano (central). Grit Jurack (85) e da húngara
a ser comandadas pelo téc- junto rápido, bem dotado nado europeu é favorito ao aconselha-se o sistema defen- Teresa Luís Anita Gorbicz (80).
nico Morten Soubak. Teresa Luís
DESTAQUE Sábado
30 de Novembro de 2019 5
24 SELECÇÕES DIVIDIDAS EM QUATRO GRUPOS

Japão é a partir de hoje


O LEITOR PODE VER OS JOGOS DA SELECÇÃO NACIONAL
NO MUNDIAL NA TELEVISÃO PÚBLICA DE ANGOLA

DIA-30
o “reino” do andebol
Distribuídas em três cidades, país do sol nascente sedia pela primeira vez a
Sérvia-Angola prova do calendário da Federação Internacional da modalidade
7h00 DR

Teresa Luís
DIA-2
Angola-Holanda A 24ª edição do Campeo-
7h00 nato do Mundo de andebol
sénior feminino disputa-
Dia-3 se, a partir de hoje até 15
de Dezembro no Japão, com
Eslovénia-Angola a participação de 24 selec-
ções, divididas em quatro
10h00
grupos de seis, sob a égide
da Federação Internacional
Dia-5 da modalidade (IHF).
Noruega-Angola Trê s cidade s , Ku ma -
moto,Yatsushiro e Yamaga
12h30 e quatro pavilhões, General
Gymnasium, Park Dome,
Dia-6 Aq ua D ome e Overall
Gym n a s iu m ac o l h e m o
Angola-Cuba evento desportivo. Sessenta
jogos serão disputados na
10h00
primeira fase do Mundial,
sendo 12 por jornada.
Angola, Congo Democrá-
CALENDÁRIO DE JOGOS tico e Senegal são os repre-
sentantes de África. Brasil,
para a etapa seguinte, com
os pontos das primeira fase,
depois da Coreia do Sul
(1990) e China (2009).
cía/Andreu Marín (Espanha)
também integram a lista.

DA PRIMEIRA JORNADA
Cuba e Argentina (América); e jogam um torneio onde Dezassete duplas de arbi- Charlotte Bonaven-
Japão, Coreia do Sul, China serão encontradas as quatro tragem vão ajuizar as par- tura / Julie B onaventura
e Cazaquistão (Ásia); semi-finalistas. tidas, entre as quais três (França), Maike Merz/Tanja
Holanda, Noruega, Sérvia, As outras 12 selecções, africanas, nomeadamente Schilha (Alemanha),
E s l ové n i a , D i n a m a rc a , com os pontos acumulados, Yousef Belkhiri/Sid Ali K iyo s h i H i z a k i / To m o -
GRUPO A França, Alemanha, Roménia,
Montenegro, Espanha, Hun-
disputam outro torneio para
as posições seguintes da
Hamidi (Argélia), Samir
Krichen/Samir Makhlouf
kazu Ikebuchi (Japão), Bon-
O k Ko o / S e o k L e e ( C o -
PAVILHÃO AQUA DOME gria, Suécia e Rússia (Europa)
e Austrália (Oceânia) são os
tabela classificativa. O ven-
cedor do Mundial apura-
( T u n í s i a ) e Ya s m i n a
E l s a i e d / H e i dy E l s a i e d
reia do Sul), Cristina Nas-
tase/Simona Stancu
países que disputam a con- se directamente para os (Egipto). Maria Ines Pao- ( R o m é n i a ) , Vi k t o r i a
ANGOLA-SÉRVIA 7H00 sagração mundial. Jogos Olímpicos de lantoni/Mariana Garcia Alpaidze/Tatiana Berzkina
Segundo os nove moldes Tóquio'2020. ( A r g e n t i n a ) , Yu f e n g (Rússia), Bojan Lah/David
HOLANDA-ESLOVÉNIA 10H00 de disputa da IHF, na primeira Desde a edição pioneira Cheng/Yunlei Zhou (China), S o k ( E s l ové n i a ) , Va n j a
fase da competição jogam do Campeonato do Mundo, Davor Loncar/Zoran Loncar Antic/Jelena Jakovljevic (Sér-
NORUEGA-CUBA 12H30 todos contra todos a uma em 1957, na Jugoslávia, é a (Croácia), Karina Chris - via) e Mathias Sosa/Cristian
volta. As três primeiras de terceira vez que um país tiansen/Linha Hansen Lemes (Uruguai) completam
cada grupo qualificam-se asiático acolhe a prova, (Dinamarca) e Ignacio Gar- o grupo de juízes.

GRUPO C
PAVILHÃO OVERAL GYMNASIUM EM FUNÇÃO DO NÍVEL COMPETITIVO
ALEMANHA-BRASIL 7H00
FRANÇA-COREIA DO SUL 10H00 Quarteto europeu é forte candidato
DINAMARCA-AUSTRALIA 12H30
à conquista do Campeonato do Mundo
DR

GRUPO D Teresa Luís mais tituladas do Europeu,


com sete taças, as nórdicas
PAVILHÃO GENERAL GYMNASIUM França (detentora do título),
Noruega (vice-campeã),
são fortes aspirantes à con-
quista do troféu. Às ordens
Holanda (medalha de do islandês Thorir Hergeisson,
MONTENEGRO-SENEGAL 7H00 bronze) e Rússia, que mais as norueguesas têm de sobra
vezes ocupou o pedestal argumentos técnicos e tácticos
HUNGRIA-CAZAQUISTÃO 10H00 mais alto do pódio, são à para brilhar no Japão.
partida candidatas à con- Embora com objectivos
ROMÉNIA-ESPANHA 12H30 quista do Campeonato do modestos, a Holanda também
Mundo, mercê do desem- entra nas contas. Depois das
penho apresentado no Mun- medalhas de bronze no Mun-
dial de 2017, na Alemanha dial da Alemanha e no Euro-
e no Europeu de 2018. peu de 2018, as holandesas
GRUPO D As gaulesas, bi-campeãs orientadas por Henk Groener
do mundo, chegam ao Japão desembarcaram em Tóquio
PAVILHÃO PARK DOME com a motivação acima da
média. Depois de vencerem a senda de vitórias, embora detentoras do título tudo
com a missão de melhorar a
prestação anterior.
SUÉCIA-CONGO DEMOCRÁTICO 7H00 (23-21) a edição passada do reconheçam a inexistência farão para estarem entre as Depois de jogar a final do
Mundial, frente à Noruega, de competições idênticas. doze melhores, visando as Europeu diante da França,
RÚSSIA-CHINA 10H00 em 2018, em casa a França
ganhou (24-21) o Europeu
Inseridas no Grupo B, tam-
bém denominado da
meias-finais.
No país do sol nascente,
a Rússia tem a esperança
renovada de voltar às grandes
JAPÃO-ARGENTINA 12H30 diante da Rússia.
Olivi e r K r u mb h o l z e
"morte", ao lado da Dina-
marca, Austrália, Brasil, Ale-
a Noruega, finalista vencida
de 2017, pretende destronar
conquistas. As russas são as
mais tituladas do Mundial,
pupilas ambicionam manter manha e Coreia do Sul, as a França. Com o rótulo de com quatro ceptros.
6 OPINIÃO Sábado
30 de Novembro de 2019

EDITORIAL IMAGEM DO DIA


Reformas e mudança
Mais do que conduzir o animal ao Matadouro para o abate, comercialização
e consumo é sempre importante e vital saber a condição sanitária do animal

de mentalidade
EDSON FABRÍZIO | EDIÇÕES NOVEMBRO | BIÉ

No discurso de abertura da II sessão ordinária do Comité Central do MPLA, o


partido no poder em Angola, o presidente daquela formação política reafirmou a
necessidade das reformas em curso. Contrariamente ao que muitas vozes propalam,
João Lourenço explicou que, atendendo ao estado social, económico e financeiro
em que Angola se encontrava, até muito recentemente, obviamente com vestígios
ainda nos dias de hoje, as reformas são produto de causas endógenas. Não se
trata de reformas por imposição do Fundo Monetário Internacional (FMI), cuja in-
tervenção deve-se apenas à solicitação das autoridades angolanas, mas por ne-
cessidade e urgência consentâneas com a realidade do país. Independentemente
da presença e assistência daquela importante instituição financeira internacional,
cujo principal papel visa ajudar os países membros a fazerem uma gestão correcta
das suas finanças e a regularem a balança de pagamentos, entre outros, Angola
precisa de sair da situação em que se encontra. Como sucede com as famílias e
inclusive pessoas singulares, o país não podia continuar a alimentar a ilusão do
contínuo endividamento, da redução da sua capacidade de produção de riqueza,
adiando o futuro do país.
A situação económica e financeira do país, nos últimos cinco anos, traduzia-se
numa insustentável depauperação do Estado, no contínuo desequilíbrio das contas
públicas, da balança de pagamentos e de um endividamento acima da capacidade
do Estado. Além de práticas de peculato e outras conexas, acompanhadas da
sensação generalizada de impunidade por parte dos promotores e praticantes,
num claro exercício de “assalto aos cofres do Estado”, o país produzia riqueza a
um ritmo três ou quatro vezes inferior aos níveis de endividamento do Estado.
“Não poderíamos continuar a manter os paradigmas anteriores cruzando os braços
e deixar que as coisas continuassem na mesma”, disse o líder do partido no poder,
numa alusão à necessidade e à urgência das reformas, que apenas pecam por
tardias. Precisamos de fazer uma série de correcções, a maior delas completamente
ao alcance dos angolanos para que Angola entre num curso normal de produção
de riqueza que transcenda o endividamento do Estado e que o PIB do país não
seja dedicado, em mais de 30 por cento, ao pagamento de dívidas.
Mas, para isso, é preciso que mudemos de mentalidade, ao contrário de vermos
as reformas como arma de arremesso contra as famílias, empresas e pessoas, pois
elas são, na verdade, a via para regular disfunções económicas, financeiras e até
comportamentais de todos os actores da economia. Precisamos de aceitar de
uma vez por todas que, tal como a vida é feita de ciclos, as etapas por que passam
os Estados, na materialização das suas principais tarefas, também passam por
fases, correcções e adaptações ao contexto. O actual, pelos vistos, de muitas
exigências para as autoridades investidas de poder, é igualmente para o cidadão
comum que, como se espera, deve realizar mudanças que se adaptem ao contexto
de muito trabalho, algum sacrifício momentâneo.
“É inevitável a mudança de mentalidades, atitudes e comportamentos, a
começar pelos próprios militantes do MPLA que, em princípio, devem ser optimistas
e acreditar no sucesso das reformas em curso”, disse o Presidente, dirigindo-se,
para começar, aos “camaradas”, mas, obviamente, a todos os angolanos.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO PROPRIEDADE


Víctor Silva (presidente) Edições Novembro, E.P.
ADMINISTRADORES EXECUTIVOS
Caetano Pedro da Conceição Júnior
José Alberto Domingos
SEDE:
Rua Rainha Ginga, 12-26
CARTAS DOS LEITORES
Rui André Marques Upalavela
Luena Kassonde Ross Guinapo Caixa Postal 1312 - Luanda
Redacção: 222 020 174
ADMINISTRADORES NÃO EXECUTIVOS Telefone geral (PBX): 222 333 344
Filomeno Jorge Manaças Fax: 222 336 073 Ociosidade e criminalidade bo como forma de sobrevivência prego. É grave essa forma de
Mateus Francisco João dos Santos Júnior Telegramas: Proangola
Escrevo para o Jornal de Angola porque, na verdade, há sempre pensar, além de insultuosa para
para falar sobre a criminalidade alternativa ao desemprego. As muitos como eu que desde cedo
e começo com a seguinte ques- pessoas que alegam a crise eco- aprendeu a dedicar-se a algu-
tão: por que insistentemente as nómica e financeira deviam ma actividade útil e honesta
DIRECTOR: Ferraz Neto (subeditor) e Pereira Dinis pessoas pretendem insinuar lembrar-se que existe aqui em para ganhar a vida. Não me
Víctor Silva
DIRECTOR-ADJUNTO:
EDIÇÕES ESPECIAIS: que se os gatunos roubam e Luanda centenas de compatrio- venham com justificações sobre
Adalberto Ceita, André dos Anjos, Domingos dos Santos,
Caetano Júnior
Leonel Kassana e Yara Simão matam é por falta de emprego? tas, vindos de outras províncias, a crise económica porque isso
DIRECTOR EXECUTIVO:
Guilhermino Alberto
FOTOGRAFIA:
Fui criança criada aqui num e que se dedicam a actividades sempre aconteceu e com certeza
EDITOR EXECUTIVO:
Kindala Manuel (editor-chefe),
José Cola (editor),
dois bairros periféricos de Luan- que os jovens de Luanda não que vai continuar.
Diogo Paixão Dombele Bernardo, Domingos Cadência, Eduardo Pedro, João Gomes, da e, como as outras crianças, se predispõem a fazer. JULIANA VIEIRA
Maria Augusta, Miqueias Machangongo, Mota Ambrósio, Paulo Mulaza, Kindala
SUB-EDITOR EXECUTIVO:
Cândido Bessa Manuel, Santos Pedro, Agostinho Narciso, Vigas da Purificação, Contreira Pipas cresci normalmente. Os jovens que usam os carri- Soyo
Naquele tempo havia também nhos feitos à base de madeira,
CORRESPONDENTES PROVINCIAIS:
GRANDE REPÓRTER: Adão Diogo (Lunda-Sul), muitas dificuldades e, tal como com os quais transportam qua-
Luísa Rogério Alberto Coelho (Cabinda),
João Mavinga (Zaire), hoje, existiam alguns jovens e se tudo, em distâncias curtas, Eleições britânicas
Vladimir Prata (Namibe),
EDITORIAS:
POLÍTICA: Esídoro Natalício (Cuanza-Norte), mais velhos que se dedicavam médias e até longas, são maio- As eleições britânicas podem
Luís Pedro (Cuanza-Sul),
Santos Vilola (editor-chefe),
Fonseca Bengui (subeditor) e Bernardino Manje (subeditor) Noé Jamba (Bengo), à roubalheira como ganha-pão, ritariamente oriundos do centro ser uma espécie de segundo re-
Francisco Curinhingana (Malanje)
Adelina Inácio, João Dias, Edna Dala,
Garrido Fragoso e Gabriel Bunga Fernando Cunha (Huambo), para sobreviverem. Mas tal co- e sul do país. Igualmente os ferendo, favorável ao Brexit ca-
João Constantino (Bié),
OPINIÃO: José Chaves (Andulo), mo antigamente, essas pessoas que se dedicam à venda de gar- so Boris Johnson ganhe ou o
Ambrósio Clemente (editor-chefe), Faustino Henrique (subeditor) Jaime Azulay (Benguela),
SOCIEDADE: Jesus Silva (Lobito), que se dedicavam ao roubo ti- rafas de água na via, bem como contrário no caso de uma vitó-
Estanislau Costa (Huíla),
Nhuca Júnior (editor),
Alberto Pegado (editor), Joaquim Aguiar (Lunda-Norte), nham alternativas. Havia em- as jovens e senhoras que “zun- ria de Jeremy Corbyn. Em todo
Silvino Paulo (Uíge),
José Meireles (editor),
Rodrigues Cambala, André da Costa, Kilssia Ferreira, Manuela Gomes, Lourenço Manuel (Cuando Cubango), prego para todos e falo de finais gam”, actividades que servem o caso, tal como alguém tinha
Quinito Kanhamei (Cunene),
Augusto Cuteta, Alexa Sonhi, César André, César Esteves, Edivaldo Cristóvão,
Carla Bumba e Mazarino da Cunha Samuel António (Moxico), da década de setenta e toda a como exemplo de alternativas avançado numa das emissoras
REGIÕES: década de oitenta, quando ha- ao roubo. Trata-se de pessoas radiofónicas do país, era bom
Sérgio Chivaca (editor-chefe), PAGINAÇÃO E ARTE:
Béu Pombal (subeditor), Salvador Escórcio (Editor), Soares Neto, Eugénia Victor, Augusta Lucéu, Tomás Cruz, via indubitavelmente emprego que vieram e chegaram aqui que os países africanos em geral
Filipe Eduardo Noé Pungue, Evaristo Sacupalica, João Augusto, Josefa Abreu, Maria Messele, Alberto
ECONOMIA:
Bumba, Inês Quingando, Margarida Zilungo, Maria da Silva, António Saldanha, para todo o mundo que atin- em Luanda para trabalhar e e Angola em particular sou-
Henrique Faztudo, António Quipuna, Raúl Geremias, Ana Paula Dias , Isabel Fragão,
Cristóvão Neto (editor-chefe),
Armando Estrela (subeditor),
Manuel Cassinda, Francisco da Silva, Rui Jacinto, Bruno Bernardo, Luquemba Pedro gisse 18 anos. honestamente vão fazendo a bessem já que ganhos podem
Ana Paulo, Kátia Ramos, Madalena José, Natacha Roberto e Victorino Joaquim
CARTOON E ILUSTRAÇÃO: Inclusive a vida militar era uma sua vida. Por isso, acho ofensivo advir com uma das duas pos-
MUNDO: Armando Pululo e Casemiro Pedro
Bernardino Fançony (editor-chefe), António Canepa forma de ocupação, honrosa dizer que se as pessoas roubam sibilidades da saída britânica
DESPORTO: COPY DESK:
independentemente das circuns- e matam é porque não há em- da União Europeia. Não vejo
Amândio Clemente (editor-chefe),
Anaximandro Magalhães (subeditor), António Cristóvão, Rui Ramos, Arlindo Soares e Esperança Vieira Dias tâncias, e que nada justificava nada em termos de aproveita-
Armindo Pereira, Teresa Luís, Vivaldo Eduardo, ESCREVA-NOS
António de Brito e Honorato Silva O Jornal de Angola
dedicar-se ao roubo, salvo na- mento que os Estados podem
CULTURA: utiliza os serviços da ANGOP, AFP, Reuters, EFE e Prensa Latina quelas situações, como sucede Cartas recebidas na fazer com o actual processo de
António Bequengue (editor-chefe), Adriano Melo (subeditor), Rua Rainha Ginga, 12-26
Francisco Pedro (subeditor), Amilda dos Santos, Manuel Albano,
PUBLICIDADE: hoje, do imediatismo. Em todo Caixa Postal 1312 - Luanda saída ou permanência da Grã-
Mário Cohen e Roque Silva
GENTE E FIM-DE-SEMANA:
(+244) 937 550 262 o caso, nada justificava ontem, ou por e-mail: Bretanha na União Europeia.
(+244) 949 770 006 e-mail: publicidade@jornaldeangola.com
António Cruz (editor-chefe),
Isaquiel Cori (editor)
como nada justifica hoje que ANTÓNIO JOAQUIM
escrevaconnoscoJA@gmail.com
Edna Cauxeiro (subeditora), as pessoas se dediquem ao rou- Rocha Pinto
OPINIÃO Sábado
30 de Novembro de 2019 7
PONTO DE VISTA ANÁLISE

Rui Malaquias CITAÇÕES Sebastião Vinte e Cinco

“(A atitude da
parte brasileira,
A crise na Igreja Universal
É caso para dizer…vai doer mas vai sarar! de vender metade
do património)
é uma clara e os pactos de silêncio
demonstração
nas outras confissões religiosas
É da praxe ouvir por todas as esquinas e travessas Confesso que esta é a que mais resistência coloquei,
de Luanda e por todo o país, que “em 1975 foi pior”, pois não vejo acalmia para a inflação, com um de que os
que “se aguentámos o colono e a guerra não vai câmbio livre e sem produção nacional, mas espero, objectivos por eles
ser agora que vamos quebrar”. Todas estas citações de verdade, que os meus anseios não se materia- defendidos
,para além de serem verdadeiras, elas carregam lizem. Há que convir que a medida é completamente deixaram de ser O Cristianismo assumiu-se, desde os seus primórdios, como uma
um simbolismo enorme, demonstram que o ango- compreensível, é urgente termos uma taxa de câm- os mesmos verdadeira ferramenta de moralização e de celebração do amor ao
lano (infelizmente) é um povo sofrido, habituado bio que reflicta os anseios do mercado, pois só próximo e ao dever de servir com desinteresse pessoal tendo em conta
apregoados pela o modus vivendi terreno do seu modelo, Jesus Cristo.
às adversidades e obrigado a adaptar-se sempre assim se encontra a eficiência e o equilíbrio eco-
que a situação exige. nómico, desta forma os compradores pagam o
IURD de Angola, O carácter misericordioso da doutrina divulgada por Cristo na sua
Se pudéssemos escolher, teríamos tido um tra- que realmente podem pagar e os vendedores ven- que passa pela curta passagem pela terra, recuperada e continuada pelos seus após-
jecto semelhante aos países nórdicos que tiveram dem ao preço justo. pregação do tolos, dos quais desponta Paulo de Tarso, ter-se-á perdido com o
tempo para resolver as suas quezílias séculos atrás, Um câmbio livre, com a base monetária devi- Evangelho do tempo à medida que a igreja se foi organizando como uma estrutura
trataram do que é básico para viver, e hoje encon- damente controlada pelo supervisor e com moeda Nosso Senhor política hierarquizada.
tram-se numa outra dimensão da convivência hu- estrangeira para oferecer sempre que solicitado, Jesus Cristo” Aliás, a igreja enquanto instituição dotada de poder jogou um papel
mana, preocupam-se com o ambiente, bem-estar vai fazer com que o mercado “de rua” se dilua (por- determinante na acusação e condenação à morte de Cristo, posicionan-
Comunicado de 300 bispos da
das próximas gerações e com todos os factores que a taxa de câmbio do banco ou da casa de Igreja Universal do Reino de do-se do lado do poder temporal.
que simplificam a convivência humana. câmbio será igual à taxa da rua) e se acabe a janela Deus (IURD) A desvirtuação da doutrina cristã no seio da Igreja Católica até 1517,
A nossa realidade é peculiar, e é com ela que de ganhos ilícitos para muitos de nós. única igreja cristã, precipitou o surgimento do movimento protestante
temos que nos coser, estamos em crise económica Irá também fazer com que preservemos as Re- “Hoje é um dia liderado por Lutero que nas suas 95 teses revelou a imoralidade que ca-
e financeira porque apostamos no petróleo, pois servas Internacionais Líquidas (RIL), pois se o racterizava o poder religioso, muito semelhante ao que se passava com
feliz. Luanda as lideranças judaicas ao tempo de Cristo.
era só chamar alguém para explorar e vender, câmbio acontecer dentro do sistema haverá em-
presas e famílias a depositar (e levantar) moeda
é a capital O luteranismo, segunda confissão religiosa cristã, foi a primeira de
que entravam os dólares para comprar tudo o
que quiséssemos. Assim sendo, entendemos estrangeira, que deverá passar de conta em conta,
do mundo, milhares de cisões dentro do cristianismo, sendo que em grande parte
que não precisávamos produzir o que quer que preservando as RIL, pois o mercado cambial se rea- pela importância das mesmas as causas de cisão prendem-se com questões patrimoniais,
fosse, criamos um Estado em que tudo dava e limenta sozinho. Por fim, tem a importante missão do futebol. ou seja, da má distribuição da riqueza gerada pelas comunidades
ninguém reclamava. de reganhar a confiança no nosso sistema financeiro, Estamos aqui unidas pela fé.
As empresas que fomos criando foram empresas ao ponto de ser seguro fazer poupanças em moeda para trabalhar A herança de fé de Cristo assenta na libertação de almas contrariamente
com pés de barro, porque forneciam apenas ao nacional, pelo simples facto de podermos aceder com a FAF. à primazia da arrecadação de bens materiais como parece ser a regra da
sector petrolífero, ao Estado embeiçado pelas re- à moeda estrangeira sempre que necessitarmos. Agradeço esmagadora maioria das confissões religiosas, instrumentalizando-se
ceitas petrolíferas, deixamo-nos ficar, ao ponto de A terceira reforma é a que em princípio deverá ao Presidente os fiéis que, mais do que adoradores, são vistos por muitas lideranças
entregarmos a nossa sorte à vontade política de ter mais impacto directo sobre os nossos bolsos, como meros contribuintes ao serviço de planos inconfessos em total
João Lourenço. desrespeito e falta de temor pela doutrina de que se servem para lograrem
alguns e a fúria religiosa de outros, pois estes dois pois ainda temos uma economia montada à volta
do uso da energia fóssil, e ao retirarmos os subsídios
Tivemos uma o enriquecimento imoral, promovendo-se assim o empobrecimento de
factores (política e religião) levaram a que caíssemos
estrondosamente na realidade. aos combustíveis os preços devem ser ajustados
conversa muito famílias já fragilizadas pelas condições sócio-económicas em que vivem.
Não fizemos as reformas que deveríamos, não para cima e o poder de compra deverá ser clara- importante. Louvo As lideranças religiosas, em todo o mundo, perderam o ascendente
cortamos as gorduras, não usamos correctamente mente afectado negativamente. a disponibilidade moral e a autoridade de reservas morais das sociedades em que actuam
o dinheiro que nos foram emprestando em troca Contudo, ela tem explicação lógica, os subsídios demonstrada por conta da corrupção do poder e das facilidades na vida social que as
da única moeda de troca que tínhamos e temos (o beneficiam aqueles que mais têm e que mais podem, no apoio ao suas posições na hierarquia das igrejas proporcionam. E Angola não foge
petróleo), não fortificamos as nossas instituições e nem sempre ajudam os que menos podem, par- desenvolvimento à regra, uma vez que durante a grande e prolongada noite de desmoralização
para que pudessem pôr limite aos nossos excessos tindo do princípio que estamos a pagar por um do futebol. Angola e embrutecimento da sociedade, raros foram os sacerdotes que, estando
e assomos de grandeza, enfim, não tomámos conta produto abaixo do seu preço, porque o Estado está vai beneficiar em posições de eminência nas suas organizações, se levantaram contra
do presente e estávamos a pôr em causa o futuro. a pagar por nós a outra parte. a corrupção, contra o nepotismo, contra a bajulação e contra toda a sorte
de seis milhões de males que fizeram morada no país, pelo contrário, muitos destes jun-
Antes tarde do que nunca. Reconhecemos os Se pagamos todos um preço baixo pela gasolina,
por exemplo, e como percebemos, na maior parte
de dólares, taram-se ao magno exército de verdugos contra a moral.
nossos erros, e vamos tratar de fechar a ferida,
suturar e deixar cicatrizar, o Estado está a ter a das vezes quem tem carro estará (quase) sempre
em quatro anos. A crise instalada na Igreja Universal do Reino de Deus em Angola e que
coragem de pôr tintura de iodo na ferida, para, em condições de pagar um pouco mais pelo litro Vamos investir” vem merecendo tratamento mediático traz à liça a questão da lealdade
ao invés de ir soprando, passar a dor, mas para de gasolina, mas paga menos, apanhando injusta- Gianni Infantino à doutrina cristã que terá sido, durante os anos em que os bispos e
Presidente da FIFA
isso, haja coragem, e com tudo que foi dito acima, mente a boleia de quem de facto não pode pagar, pastores angolanos se remeteram ao silêncio, negligenciado em nome
coragem não nos falta, somos rijos, já vimos de assim sendo o subsídio não cumpre o objectivo de do dever de obediência de instruções e regras contrárias aos princípios
tudo e prevalecemos. ajudar quem pouco tem. que estiveram na base do nascimento e crescimento desta fé Cristã.
É por isso que o Estado deve ter a coragem de Por outro lado, este valor que o Estado vai “Muito obrigado Como se pode entender que durante anos os bispos e pastores angolanos
dizer como vai curar a ferida, já sabemos que vai deixar de subsidiar os combustíveis deverá ser presidente se tenham submetido à regras e instruções que muito dificilmente poderiam
doer, precisamos de saber quanto tempo vamos realocado para investimentos públicos, estradas, Infantino ser consideradas como correctas à luz dos 10 mandamentos?
gritar de dor, para que mais tarde possamos pular hospitais, escolas, caminhos-de-ferro, saneamento e a delegação que As crises nas organizações humanas não se iniciam e atingem o pico
de alegria. O Estado está a fazer várias reformas, básico e segurança pública, reduzindo assim o es- o acompanha, num só dia e por maioria de razão provavelmente os problemas na IURD
dentre elas, há três que são mais do que estruturais, forço financeiro noutros campos da vida para com- por nos honrar em Angola não tiveram o seu início há dias, aliás, as denúncias, por
são icónicas e incontornáveis se quisermos seguir pensar o agravamento derivado da subida do com esta visita. provar em sede e foro próprio, de esterilização de sacerdotes e a ocultação
em frente. Assim sendo, elencamos aqui a aplicação preço dos combustíveis. Luanda é uma de gravidezes sucedidas de partos, não ocorrem em períodos inferiores
do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), a libe- No caso desta medida, é importante que o a 9 meses, ou seja, como se pode hoje acreditar que há um ano os
cidade histórica. clérigos desta confissão religiosa podiam ser considerados reservas
ralização da taxa de câmbio e a eliminação dos sub- Estado crie os chamados estabilizadores, ou com-
sídios aos combustíveis e outros bens e serviços. pensações sociais para aqueles que de facto
O destino morais da sociedade?
Na verdade, era aqui que, sem estas três reformas, menos podem e serão afectados pela subida do de grande parte Os pactos de silêncio, muito comuns em comunidades ligadas pela
estávamos a assoprar a ferida e a pôr paliativos preço dos combustíveis, estes sim são os mais dos talentos que prática de ilegalidades e ilicitudes, no caso concreto ilustra a prisão das
para a dor passar por umas horas, e a sua imple- prejudicados com estas medidas no curto e médio despontam no almas de pessoas que na liderança de fiéis se terão proposto a intervir
mentação neste momento vai de facto doer, e muito, prazo, sendo que a melhoria da qualidade dos desporto em junto de Deus para a operação de milagres nos quais os mesmos (bispos
mas vai sarar a ferida, mas é bem verdade que se bens públicos deverá ter um impacto positivo Angola, em e pastores) não acreditavam.
as tivéssemos implementado antes doeria menos, gritante na vida dos angolanos. particular no Porém, esta realidade de imoralidade não é exclusivo da IURD mas
mas é o que temos e assim será. Esta medida, dentre as várias justificações que futebol. Estamos sim da maioria das confissões religiosas cristãs cujas lideranças privilegiam
De todas as medidas, a que dói menos é o IVA, poderão ter, há uma que é importante referir, o aqui para ajudar a acumulação de tesouro na terra apesar de apregoarem aos seus fiéis
pois vem substituir um imposto violento para quem facto de com os actuais subsídios a Sonangol não a necessidade de desprendimento dos bens materiais para a criação de
a desenvolver riquezas no Céu (paraíso).
produz, bem como para quem importa, pois em poder, sequer, recuperar o investimento feito, porque
todas as fases da cadeia produtiva ou da distribuição, está a vender um bem abaixo do seu preço de custo,
os projectos A tendência de agnósticos liderarem organizações religiosas como
ele era aplicado encarecendo o preço do bem final, portanto esta medida de forma directa deverá de formação bispos e pastores é cada vez mais crescente em Angola, sendo que estes
ao passo que o IVA, o novo imposto de consumo, induzir a maior eficiência da Sonangol, que assim de atletas, demonstram cada vez menos temor ao Deus que pregam, a julgar pelo
ele dá a possibilidade dos entes no meio da cadeia terá margem para investir no seu crescimento. numa estrutura modo de vida de ostentação e de promiscuidade que, a despeito de em
recuperarem o imposto que pagaram antes, não Por tudo o que foi aqui dito, o que se espera de integrada, muitos casos fazerem esforços para esconderem, não deixa de ser
incluindo portanto no preço final que pagamos quem governa é que não tenha medo ou receio de ao conciliar conhecido das suas comunidades que, ainda assim, se recusam a enxergar.
nós consumidores. dizer o que está a fazer e porquê está a fazer. É a actividade É por estas e outras que o Estado Angolano, consciente do aproveita-
O IVA é importante não apenas para o Estado melhor assim, o povo aguenta e compreende. É desportiva com mento da profissão de fé para a acumulação de capital por parte de
arrecadar mais receitas, mas também para as em- preciso explicar “tintin por tintin” o que estas coisas a académica” lobos vestidos de cordeiros, deu início, há mais de um ano, de um
presas poderem investir mais na produção, aumen- complicadas da economia significam e como vai processo de “ilegalização” de supostas denominações cristãs.
Artur Almeida e Silva Mais do que esperar por milagres, as comunidades religiosas cristãs
tarem a facturação, crescerem e criarem mais em- afectar as suas vidas, pois se for para melhorar de Presidente da FAF
pregos, pois o que recuperam é para ser investido uma vez, que seja feito já e bem, porque as reformas devem ser orientadas a interpretarem os mandamentos e a exigirem
e não para ser gasto. não podem ser feitas a toda hora, ou não se chamam dos seus líderes comprometimento com a moral pública capaz de trans-
A segunda reforma é a liberalização cambial. reformas, mas sim medidas de rotina. formar as suas denominações em reservas morais da sociedade angolana.
8 Sábado
30 de Novembro de 2019

PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA REPÚBLICA DE ANGOLA


GOVERNO PROVINCIAL DE CABINDA Tribunal Provincial de Luanda
ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE BUCO-ZAU 2.ª Secção de Família
Rua 54, Urbanização Nova Vida, Edifício João Alves Monteiro - Luanda / Angola
ANÚNCIO DE CONCURSO PÚBLICO
A ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE BUCO-ZAU vem, tornar público, conforme disposto nos artigos 22.º n.º
ANÚNCIO
1 alínea a) e 69.º da Lei dos Contratos públicos, que está aberto Concurso Público, no âmbito do Plano Integrado 1ª Publicação
de Intervenção dos Municípios – PIIM, para a execução da seguinte aquisição de bens, constante do Programa de
Investimentos Públicos da Província de Cabinda para o presente ano económico de 2019: A DOUTORA ANA CARINA DA CRUZ PAULO, JUÍZA DE DIREITO DA SEGUNDA SECÇÃO DA
SALA DE FAMÍLIA DO TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUIANDA
1) Ref.ª 029.PIIM-ADMBZAU.2019 – AQUISIÇÃO DE MEIOS E EQUIPAMENTOS PARA O SANEAMENTO BÁ-
SICO E OPERAÇÕES DE MANUTENÇÃO DE VIAS TERCIÁRIAS – MUNICÍPIO DE BUCO-ZAU - PREÇO BASE:
AKZ 230.400.000,00. FAZ SABER QUE, por este tribunal e nos autos de Regulação do Exercício Único de Autoridade
As entidades interessadas em concorrer podem proceder à consulta e levantamento da respectiva documentação
Paternal em que é requerente O DIGNO CURADOR DE MENORES em representação do menor
do Concurso, contra apresentação do comprovativo de pagamento do valor definido nos termos do Decreto Presi- Emanuel Rui Quivota Rangel e a favor da senhora CESALTINA VICTÓRIA SAMUEL QUIVOTA, ca-
dencial n.º 196/16, de 23/09, até à data limite para apresentação das propostas referidas infra, indicando a ref. ª a sada, residente em Luanda, na Centralidade do Sequele, e Requerido NELSON DOMINGOS RAN-
que concorrem, na morada seguinte:
GEL, solteiro, residente algures na República da Holanda, que correm éditos de TRINTA DIAS, a
GOVERNO DA PROVÍNCIA DE CABINDA partir da segunda e última publicação, citando os interessados, para no prazo de TRINTA DIAS, findo
SECRETARIA GERAL - UNIDADE DE CONTRATAÇÃO PÚBLICA os éditos contestar, querendo, o pedido formulado pelos Requerentes na referida acção, conforme a
AV. DR. ANTÓNIO AGOSTINHO NETO, 1 – ZONA A – BAIRRO MARIEN NGOUABI – CABINDA – PROVÍNCIA
DE CABINDA Petição Inicial, cujo duplicado se acha patente no Cartório desta Secção, sita na Rua 54, Urbanização
TELEFONE: +244947727877/913029698 Nova Vida, Edifício João Alves Monteiro, 1.º andar, Porta n.º 23, em Luanda.
E-MAIL: ucp@cabinda.gov.ao

O critério de adjudicação adoptado para todas as referências é o da proposta economicamente mais vantajosa, de Luanda, aos 27 de Setembro de 2017.
acordo com o definido no Programa de Concurso.
A JUÍZA DE DIREITO O AJUDANTE DE ESCRIVÃO
O prazo limite para a recepção de pedidos de peças do procedimento ou para aceder aos documentos é de 10
Dr.ª ANA CARINA DA CRUZ PAULO DOMINGOS GABRIEL DIOGO
(dez) dias, contados a partir do terceiro dia depois da publicação do anúncio. (501.641)

A data limite para a apresentação das propostas será o dia 15/12/2019, independentemente da data de publicação
do presente anúncio na III série do Diário da República.
Não serão admitidas propostas variantes.
Não é exigível caução provisória.

Todas as informações e esclarecimentos relativos às peças de procedimento, candidaturas e propostas poderão


ser obtidas na morada supra referenciada, dentro do horário normal de expediente da função pública, ou seja, das
08h00 às 15h30, de 2.ª a 5.ª feira e das 08h00 às 15h00, de 6.ª feira.

ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE BUCO-ZAU

O ADMINISTRADOR MUNICIPAL
JOSÉ MACAIA

(2777)

REPÚBLICA DE ANGOLA DIVULGAÇÃO PÚBLICA DE FUTURA


GOVERNO DA PROVÍNCIA DO BENGO
ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE BULA ATUMBA
SOLICITAÇÃO DE PROPOSTA
GABINETE DO ADMINISTRADOR
A BP Angola, uma empresa de energia que opera em Angola no sector da exploração de petróleo e
Anúncio de Abertura do Procedimento de Concurso Público gás, está a procurar empresas devidamente qualificadas para fornecer Subsea FEED and Enginee-
ring, Procurement, Construction & Installation (EPCI) (em Português, FEED Subaquática e Serviços
Concurso Público n.º 01/PIIM-AMBA/2019 de Engenharia, Aprovisionamento, Construção e Instalação) à região no âmbito do projecto PAJ no
No âmbito da Implementação do Programa Integrado de Intervenção aos Municípios (PIIM) referente ao exercício Block 31. O projecto Block 31 SE (PAJ) é composto por 10 novos poços (5 produtores e 5 injectores
económico de 2019/2020, esta Administração Municipal vem, através desta, tornar público, nos termos do disposto de água) que requerem tecnologia convencional em profundidades entre 1.500 m e 1.650 m.
no n.º 1 do artigo 69.º e do anexo VI da Lei 9/16 de Junho – Lei dos Contratos Públicos, que está aberto o Concurso
Público para as Empreitadas e os respectivos serviços de Fiscalização divididos nos seguintes Lotes:
O âmbito do EPCI pode incluir, entre outras possibilidades, o seguinte:
Lote n.º 01 - Electrificação da Sede da Comuna do Quiage no Bula Atumba, FEED, Engenharia pormenorizada, Equipamento de sistema de produção subaquático, Cabos umbi-
Lote n.º 01 - Electrificação do Projecto de Construção dos 200 fogos Habitacionais no Bula Atumba. licais, Controlos aquáticos localizados à superfície e interface com FPSO ICSS, Flexíveis (se neces-
sário), Entrega de tubos de transporte de média e curta distância (linepipe), Construção de sistemas
Lote n.º 02 - Fiscalização da Electrificação da Comuna do Quiage no Bula Atumba
de elevação, Fabrico de estruturas de condutas para transporte (flowline), incluindo transporte de
Lote n.º 02 - Fiscalização da Electrificação do Projecto de Construção dos 200 fogos Habitacionais no Bula Atumba.
gás, Construção de condutas para transporte (flowline), incluindo transporte de gás e ligação a PSVM,
1-Dados da Entidade Pública Contratante (EPC) Instalação de todo o equipamento subaquático, Colocação em funcionamento de todo o equipamento
1.1 – Designação (UO/OD) Administração Municipal de Bula Atumba) subaquático, Serviços pós-venda, ferramentas pessoais e de aluguer, Logística.
1.2 Endereço: Rua Dr. António Agostinho Neto S/N
1.3 Localidade de Bula Atumba
1.4 Província do Bengo Os seguintes elementos opcionais também serão incluídos no âmbito do projecto
1.5 Email: adm.bula.atumba@gmail.com • Instalação de amarras e amarrações FPSO
• Fornecimento de cabeças de poço.
2- Informações Relativas aos Concorrentes e às Propostas:
2.1 Documentos de Habilitação: os Documentos de Habilitação são os que estão previstos nos artigos 58.º e 59.º da LCP.
2.2-Admisão de Propostas Variantes: Não Solicita-se aos fornecedores interessados que demonstrem as suas capacidades e experiência an-
2.3- Exigência da Caução Provisória: Sim terior em projectos de âmbito semelhante com uma resposta formal a este anúncio.

3- Critério de Adjudicação: Proposta Economicamente mais Vantajosa, tendo em conta os factores enun-
ciados no programa de concurso.
As respostas mínimas são detalhadas abaixo:
3.1- Fomento do Empresariado Local: Estabelece aumento de 10% da pontuação global • Forneça informações de contacto, incluindo:
Designação jurídica da entidade, telefone principal, endereço completo da sede social, nome do con-
4-Processos: tacto, endereço de correio electrónico, número de telefone do contacto, DUNS/Identificação Fiscal.
4.1-Condições para obtenção das peças do Procedimento: Apresentação do comprovativo do depósito na conta
única do Tesouro.
• Saúde, Segurança e Ambiente (SSA)
4.2- Prazo para recepção de pedidos das peças do Procedimento ou para aceder aos documentos: • Estrutura da empresa
Data- De 02/12/2019 a 12/12/2019 das 08h00 às 15h30 Excepto Sexta-Feira, (15H:30) • Experiência relevante
4.3- Prazo para Apresentação da Proposta de 13/12/2019 a 2 de Janeiro. • Registos e certificações
GABINETE DO ADMINISTRADOR MUNICIPAL DE BULA ATUMBA, AOS 26 DE NOVEMBRO DE 2019.
Solicita-se às empresas interessadas que enviem uma mensagem de correio electrónico para o en-
O ADMINISTRADOR MUNICIPAL dereço angolapscmitt@bp.com até terça-feira, 3 de Dezembro 2019 incluindo a referência "Solici-
ANTÓNIO AUGUSTO JOÃO tação de EPCI – PAJ Angola" , que indiquem um nome de contacto, um número de telefone e um
endereço de correio electrónico adequados e que sigam as instruções adicionais.

Este anúncio também pode ser visualizado no sítio Web da BP em:http://www.bp.com/en_za/sout-


hern-africa/bp-in-southern-africa/Angola/supplierprocess/tender.html.
(2.727) (501.631)
Sábado
30 de Novembro de 2019 9
PUBLICIDADE

(501.432)
10 ECONOMIA Sábado
30 de Novembro de 2019

Petróleo
EMPRÉSTIMO CONCESSIONAL REFORMAS ECONÓMICAS
SANTOS PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO

NOVA TECNOLOGIA
VITALIZA PROSPECÇÃO
Economistas divergem
NO PRÉ-SAL
A aposta na utilização das
tecnologias sísmicas no
sobre modelo do FMI
sector dos recursos minerais Leonel Kassana Angola a um cancro, em que
em Angola vai ajudar à o doente tem duas escolhas:
prospecção e intensificar a não se submeter à quimio-
exploração petrolífera em O economista do Centro de terapia, por ser muito dura,
profundidade, afirmou Estudos e Investigação Cien- podendo morrer no final de
quinta-feira, em Luanda, o tífica (CEIC) da Universidade alguns meses, ou submeter-
secretário de Estado para a Católica de Angola Precioso se, com garantias médicas de
Geologia e Minas, Jânio Domingos considera que o que vai sobreviver.
Correia Victor. Esta nova acordo de 3,7 mil milhões de “Essa quimioterapia facil-
técnica de prospecção a dólares estabelecido entre o mente poderia resultar no
uma profundidade superior Governo e o FMI, em Dezem- recuo do ‘paciente’, se o FMI
a cinco quilómetros vai bro de 2018, “é mesmo neces- não estivesse aqui”, referiu
ajudar à exploração das sário” para “garantir as Precioso Domingos à
camadas de pré-sal nos reformas” económicas em imprensa, numa parábola
novos blocos do Sul das curso no país. formulada para defender a
bacias de Benguela e “Eu e alguns colegas acha- persistência do Governo no
Namibe, cujo processo de mos que o FMI é mesmo acordo com a instituição.
licitação está em curso, necessário, não por causa O economista considera
afirmou o secretário de dos recursos financeiros que o FMI um ponto de check and
Estado citado pela Angop. está a colocar na economia, balance (controlo e equilíbrio)
Jânio Correia Victor, que mas, sobretudo, por ser um que inibe até o poder mais
Ministra das Finanças (à direita) e o representante do BAD após a assinatura do acordo falava à margem de um factor que leva às reformas elevado do país, por estar avi-
seminário sobre “Uso das necessárias, sob pena de o sado das consequências que
tecnologias sísmicas na endividamento continuar a podem advir da desistência
exploração petrolífera corroer-nos”, referiu o eco- da quimioterapia.

BAD concede financiamento offshore em Angola”,


acrescentou que a aposta
nesta técnica vai permitir a
nomista à margem da apre-
s e n ta ç ã o d o “ Re l ató r i o
Económico de Angola 2018”,
Para Alves da Rocha, o
acordo com o FMI traz con-
sequências sociais que devem

para apoiar competitividade descoberta de informações


valiosas sobre os
hidrocarbonetos do país.
na quarta-feira.
A opinião de Precioso
Domingos é oposta à do
director do CEIC, Alves da
ser atenuadas com outras
instituições internacionais,
como o Banco Mundial, Pro-
grama das Nações Unidas
Banco continental assina com o Governo empréstimo de 165 Rocha, que, na apresentação para o Desenvolvimento
milhões de dólares por 25 anos e um período de graça de oito COMPANHIAS ENTREGAM do relatório, manifestou-se (PNUD) e Banco Africano de
PARTE DO LUCRO DOS receoso quanto à dimensão Desenvolvimento (BAD).
BLOCOS À ANPG social das medidas previstas “Aceitámos e assinámos
Natacha Roberto gerir a dívida em condições mais favo- A Agência Nacional de no programa conjunto do o acordo. Agora ou o denun-
ráveis, numa perspectiva de prazos mais Petróleo e Gás (ANPG) fica, Governo e do Fundo Mone- ciamos (o que politicamente
O Banco Africano de Desenvolvimento alargados de reembolso e taxas de juro este ano, com 5,00 por tário Internacional (FMI). seria um erro enorme) ou
(BAD) concedeu ao Governo um finan- mais reduzidas. “Estas condições estão a cento dos lucros (profit oil) “Há economistas angola- vamos até ao fim e tentarmos,
ciamento de 165 milhões de dólares, des- ser-nos proporcionadas pelo Fundo Mone- obtidos por todos os blocos nos que estão plenamente de nesse período, não violar os
tinado ao Programa de Apoio Orçamental tário Internacional, o Banco Mundial e o de exploração de petróleo acordo com essa forma de pressupostos e atenuar situa-
à Diversificação e Competitividade da Banco Africano de Desenvolvimento, e, em Angola, o que o intervenção e, quando cri- ções sociais mais degradan-
Economia com vista ao desenvolvimento ainda, pelos países parceiros com quem, ministro dos Recursos ticamos, solicitam alternativas, tes”, sublinhou.
do capital humano. de um modo geral, está a ser possível con- Minerais e Petróleos embora a questão é a de tornar O acordo estabelecido entre
O BAD concedeu ainda uma doação de tratar financiamentos em condições ade- considerou ser pouco ao a estabilidade e o ajustamento o Governo e o FMI, designado
4,4 milhões de dólares provenientes do quadas à nossa realidade”, acentuou. falar na Comissão de mais de acordo com as carac- P ro g ra m a A m p l i a d o d e
Fundo Global do Ambiente, para a imple- De acordo com a ministra, “muitos créditos Economia e Finanças da terísticas do nosso país”, Financiamento (EFF, sigla
mentação do Projecto de Integração das contraídos tiveram de ser reembolsados e Assembleia Nacional. declarou Alves da Rocha na em inglês) tem uma vigência
Alterações Climáticas na Gestão Ambiental renegociados”, com uma parte muito signi- Diamantino Azevedo apresentação do relatório. de três anos, incidindo sobre
e Utilização Sustentável dos Solos. ficativa a vencer durante o próximo ano, o afirmou, citado ontem pela Precioso Domingos com- o equilíbrio da balança de
O financiamento e a doação foram for- que, acrescentou, é uma “realidade incon- Angop, que o valor é para a situação social em pagamentos.
malizados ontem, em Luanda, depois da tornável que acarreta para o Tesouro, em 2020, reduzido, porque é
assinatura de acordos entre a ministra das um grau de exigência sem precedentes”. necessário investir mais
Finanças, Vera Daves, e o representante do O Governo submeteu ao BAD, em em estudos dos
BAD, Joseph Ribeiro. Março deste ano, um pedido de apoio às hidrocarbonetos, mesmo MERCADOS MUNICIPAIS
A ministra das Finanças revelou, na políticas de promoção da estabilidade devido ao declínio da
ocasião, que o empréstimo de 165 milhões macroeconómica e diversificação da produção.
de dólares, com uma maturidade de 25
anos e oito de carência, é desembolsado
ainda este ano.
economia, negociando um programa no
valor total de 700 milhões de dólares,
para o período 2019 e 2022.
MARIA AUGUSTA | EDIÇÕES NOVEMBRO
Campanha incentiva
O representante do BAD afirmou que o
programa de apoio orçamental foi desenhado
em coordenação com o Fundo Monetário
Dura realidade
Vera Daves afirmou que o país atravessa
a higiene no comércio
Internacional (FMI) e o Banco Mundial, com uma realidade muito dura, em que as prin- Maiomona Artur | Cacuaco quando se fala dos produtos
objectivo principal de contribuir e com- cipais fontes de financiamento expiraram que são comercializados nos
plementar os esforços do Executivo para o quase todas, de um momento para o outro, mercados informais, devido
desenvolvimento do sector privado e melho- afectando todos os países exportadores de O secretário de Estado do ao péssimo estado de con-
ria do clima de negócios. “Fortes compro- matérias-primas, quando milhões de ango- Comércio, Amadeu Nunes, servação, acondicionamento
missos foram assumidos pelo Governo lanos encaravam o futuro com mais espe- defendeu ontem, no mercado e venda dos produtos.
angolano para a implementação de reformas rança. “Milhões de angolanos ascendiam do Quicolo, ser fundamental “Escolhemos este local
estratégicas de consolidação fiscal, eficiência no seu modo de vida, com mais oferta de que os vendedores comer- porque aqui existe a vertente
na gestão dos investimentos públicos e faci- trabalho, melhoria progressiva do ensino, A percentagem dos lucros cializem produtos em boas formal e informal, logo, é
litação do investimento privado”, disse. da saúde e do acesso aos bens e serviços paga à ANPG suporta os condições de higiene, con- nossa preocupação velar por
Para Joseph Ribeiro, o efeito combinado essenciais, viram-se hoje, regressados a custos operacionais e de servação e armazenamento. aquilo que é vendido no mer-
destas reformas ajudará a promover a esta- um tempo de escassez”, lembrou. exploração, sendo obtido O responsável teceu estas cado informal como bens
bilidade macroeconómica e mobilização Adiantou que o Estado, instituições, da dedução do custo do considerações no encerra- perecíveis, carne, peixe e
de mais recursos, através da atracção de empresas e famílias estão temporariamente lucro, o qual é repartido mento de uma campanha pão, que são produtos que
capital privado, que constitui factor essencial submetidos a grandes sacrifícios que afec- entre o empreiteiro e o pedagógica para comerciantes muitas vezes estão à sorte
para atender às necessidades de investimento. taram principalmente os menos protegidos Estado. Recentemente, o que decorreu de segunda- da poeira, moscas e sol, na
A ministra das Finanças, considerou que e com menos rendimentos. “Não vamos Conselho de Ministros feira até ontem, com o objec- medida em que apresentam
o financiamento à diversificação económica descansar enquanto a economia não estiver aprovou o regulamento tivo de os agentes económicos determinados riscos para a
reforça as reformas em curso no país para fundamentada em novas bases, com mais anual de 2020, ano em que estarem informados sobre os saúde pública”, disse Ama-
reduzir a dependência do petróleo, substituir fontes de rendimento para as famílias e o o profit oil ascende a 10 por procedimentos que devem deu Nunes.
importações e estabilizar a economia ango- Estado”, referiu. cento. No primeiro observar no exercício da acti- Relativamente à activação
lana. “Este acordo reforça a forma confiante Vera Daves lembrou que diante da semestre deste ano, as vidade comercial, uma jor- das lojas Nosso-Super e Poupa
e optimista como as instituições interna- crise, o Estado se viu obrigado a reforçar exportações de petróleo nada que decorreu sob o lema Lá, afirmou que será feito um
cionais e os países que são nossos parceiros o seu papel de protecção de quem tem renderam ao Estado 1,9 “Formar e informar para trabalho de levantamento
encaram de forma positiva as reformas que menos, procurando não repassar à socie- biliões de kwanzas em garantir a segurança alimentar nacional de todas as infra-
o Estado angolano está a operar”, disse. dade todos os efeitos negativos como os impostos, um aumento de e económica”. estruturas do Ministério do
Vera Daves garantiu que o Executivo está défices fiscais, financiados com sucessivas 30,4 por cento face ao Amadeu Nunes considerou Comércio, no primeiro tri-
a fazer tudo o que está ao seu alcance para emissões de dívida. mesmo período de 2018. que todo o cuidado é pouco mestre do próximo ano.
ECONOMIA Sábado
30 de Novembro de 2019 11
EM MENOS DE UM ANO
capitais, duas instituições cento). A variação homóloga
bancárias, nomeadamente situou-se em 18,10 por cento,
o Bancos Mais e o Banco Pos- ligeiramente superior à regis-
tal, viram bloqueadas as tada no mês anterior (17,76

BNA volta a avaliar a qualidade licenças que as habilitavam


a operar no mercado bancário
do país.
Reunido em sessão ordi-
por cento).
O Índice de Preços Gros-
sista dos Produtos Nacionais,
de acordo com José de Lima

dos activos da banca comercial nária, o Comité de Política


Monetária do Banco Nacional
de Angola constatou que o
processo da desinflação da
economia continua o seu
Massano, continua acima da
variação dos produtos impor-
tados, cenário que se observa
desde meados de 2018.
A Base Monetária em
JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO
André dos Anjos curso, não obstante a imple- Moeda Nacional, variável
mentação do Imposto sobre op eracional da p olítica
O Banco Nacional de Angola o Valor Acrescentado (IVA) monetária, expandiu 92,64
(BNA) procede, desde Outu- e a liberalização da taxa de mil milhões (6,81 por cento)
bro, à reavaliação da quali- câmbio, ocorridas em Outu- face à uma contracção de
dade dos activos dos bancos bro de 2019. 11,68 por cento registada em
comerciais que operam no O Índice de Preços no Setembro de 2019.
país, processo que a insti- Consumidor Nacional A expansão da Base Mone-
tuição promete concluir em (IPCN), de acordo com as tária, reflectiu-se no aumento
Dezembro, com recomen- conclusões saídas do encon- das reservas bancárias em
dações específicas, podendo tro, apresentou uma variação moeda nacional, o que se
incluir, em alguns casos, o mensal de 1,38 por cento, traduziu em 7 5 , 4 0 mil
aumento de capitais. ligeiramente abaixo da regis- milhões (8,24 por cento) e
A informação foi prestada tada no mês anterior (1,45 das notas e moedas em cir-
ontem, em conferência de por cento) e uma variação culação, no montante de 17,25
imprensa, pelo governador homóloga de 16,08 por cento, mil milhões (3,86 por cento).
do Banco Nacional de Angola igual à observada no período No mercado monetário
(BNA), José de Lima Massano, anterior (16,08 por cento). interbancário, foram tran-
quando fazia o balanço à A classe de alimentação sac c i o n ad o s 1 8 1 , 5 5 m i l
imprensa, da reunião do e bebidas não alcoólicas con- milhões de kwanzas, repre-
Comité de Política Monetária tinua a ser o principal factor sentando uma diminuição de
do Banco Nacional de Angola de pressão sobre os preços 72,27 mil milhões (28,47 por
(CPM), que analisou a evo- na economia, tendo no mês cento) face ao período anterior.
lução, em Outubro, dos indi- de Outubro sido secundada A LUIBOR na maturidade
cadores macroeconómicos pela classe de bebidas alcoó- overnight situou-se em
e dos mercados monetário Governador revela iminência da divulgação dos resultados do processo de avaliação de activos licas e tabaco. As restantes 14,91 por cento, o que repre-
e cambial. classes registaram uma evo- sentou um aumento de 14,39
Aos bancos comerciais lução nos preços mais branda por cento, face a Setembro
com necessidades de rever sobre as sanções reservadas societária à perda de licença. minou que fosse elevado do que no mês precedente. de 2019.
o capital, de acordo com José aos bancos incumpridores, Da última vez que o BNA 2,5 mil milhões para 7,5 mil A variação mensal do As Reservas Internacionais
de Lima Massano, o BNA vai o governador do BNA traçou recomendou a revisão do m i l h õ e s d e kwa n za s , o Índice de Preços Grossista Brutas (RIB) situaram-se em
dar um prazo de até Julho quatro cenários, que vão da capital social dos bancos equivalente a 24 milhões (IPG) fixou-se em 1,58 por 15,47 mil milhões de dólares,
do próximo ano para se ade- reestruturação à fusões de comerciais foi em Fevereiro de dólares. cento, ficando ligeiramente representando um grau de
quarem às exigências do bancos e da entrada de novos do ano passado. Nessa Por incapacidade de acima da variação verificada cobertura de importações de
Banco central. Interrogado accionistas na estrutura altura, a instituição deter- actualizarem os respectivos no mês anterior (1,51 por bens e serviços de 7,54 mes.

PUBLICIDADE

COMUNICADO DE IMPRENSA

ENCERRAMENTO DE ROTAS

A SonAir - Serviço Aéreo SA vem a público comunicar, o encer-


ramento das rotas Catumbela e Lubango a partir do dia 30 de No-
vembro de 2019.

Com o encerramento destas rotas, a SonAir compromete-se a en-


vidar todos os esforços para evitar quaisquer constrangimentos aos
clientes/passageiros.

Deste modo, solicita a todos que tenham bilhetes válidos com data
posterior à do encerramento dos voos, a dirigirem-se ao local onde
os mesmos foram adquiridos (Agências de Viagem ou Sede da So-
nAir), suportados pela seguinte documentação:

• Bilhete de passagem
• Comprovativo de pagamento (Documento necessário para o
reembolso)
• Bilhete de Identidade original do passageiro

Adicionalmente, a SonAir Serviço Aéreo, S.A., informa que conti-


nuará a operação nas rotas Soyo e Cabinda em aeronaves do tipo
B1900D (18 lugares).

SonAir – Serviço Aéreo, S.A., em Luanda, aos 30 de Novembro


de 2019.
(501.645)
12 ÁFRICA Sábado
30 de Novembro de 2019

RELATÓRIO SOBRE O SUDÃO DO SUL ÁFRICA DO SUL COTONOU


DR

Embaixador da UE
Tribunal rejeita recurso de expulso do Benin
Zuma em caso de corrupção por interferência
Um tribunalsul-africano rejei- que está implicado no nos assuntos
tou, ontem, um recurso do ex- mesmo processo.
Chefe de Estado Jacob Zuma Zuma, no poder entre internos
que pretende evitar o julga- 2009 e 2018, foi acusado de O Governo do Benin deu
mento por corrupção num ter recebido dinheiro da Tha- ontem um prazo de dois dias
caso de venda de armamento. les (245 mil euros) por ter ao embaixador da União
O Tribunal de Pieterma- favorecido um contrato de Europeia (UE), Oliver Nette,
ritzburg, numa breve decla- armamento, em 1999, para abandonar o país, após
ração, anunciou que o “pedido incluindo a construção de este ter sido declarado “per-
de Zuma foi rejeitado”. navios de guerra. sona non grata”, noticiou a
O tribunal tomou a mesma Apesar de o pedido ter Prensa Latina. Uma nota ofi-
posição em relação ao pedido sido recusado, Jacob Zuma cial descreve o embaixador
que tinha sido formalizado e a empresa Thales podem Nette de “prejudicial”, acres-
pela empresa de defesa e ainda recorrer a instâncias centando que “interferiu
electrónica francês Thales, superiores sul-africanas. demais nos assuntos inter-
DR nos” deste país africano “ao
pedir constantemente à
sociedade civil que se mani-
feste” contra o Governo cons-
titucionalmente instalado.
Segundo a Prensa Latina,
a expulsão do embaixador é
precedida por acções seme-
lhantes tomadas pelas auto-
ridades do Ruanda em Março,
da República Democrática
do Congo em Dezembro do
ano passado, e pela expulsão
do chefe do escritório da
ONU na Somália.
O comunicado do Governo
beninense esclarece, no
entanto, que nada tem contra
a UE. Por sua vez, o bloco euro-
Nações Unidas estão preocupadas com a rivalidade entre sul-sudaneses que pode perigar a paz peu após ter sido informado
da decisão no dia 20, solicitou
ao Benin que “esclarecesse as

ONU acusa o Governo Ex-Presidente sul-africano pode tentar recurso no Supremo razões” da expulsão.

TRABALHAVAM NO COMBATE AO ÉBOLA


de recrutar 10 mil pessoas Quatro técnicos de saúde
soas vão morrer como con-
sequência”, considerou Tedros
Adhanom Ghebreyesus.
“Será trágico ver mais
sofrimento desnecessário
A crescente instabilidade no Sudão do Sul, marcada pelos
falhanços dos sucessivos acordos de paz, está a preocupar as
mortos no Nordeste da RDC em comunidades que já
sofreram tanto. Apelamos a
todos que têm um papel a
Nações Unidas que num relatório acusam as forças de A Organização Mundial de ques”, disse, por seu lado, desempenhar para acabarem
Saúde (OMS) actualizou Matshidiso Moeti, directora com este ciclo de violência”,
segurança de terem recrutado 10 mil novos combatentes, ontem para quatro o número regional da OMS para África, acrescentou.
entre os quais algumas crianças de profissionais de saúde da adiantando que estão a ser Pelo menos 19 civis foram
resposta anti-ébola mortos desenvolvidos todos os esfor- mortos num ataque do grupo
na República Democrática ços para colocar em segu- armado Forças Democráticas
Um relatório das Nações Salva Kiir e o principal líder tram várias crianças. Esta do Congo (RDC) em dois ata- rança os trabalhadores das Aliadas (ADF) perto de Beni,
Unidas divulgado quinta- rebelde, Riek Machar, acor- fo rça m i l ita r e stá s ob o ques armados que deixaram áreas afectadas. Leste da República Demo-
feira acusou o Serviço de daram um novo adiamento comando directo do Serviço ainda feridos outros cinco “Estes ataques constantes crática do Congo, realizado
Segurança Nacional do Sudão por cem dias, até meados de de Segurança Nacional do trabalhadores. devem parar. Continuaremos dois dias depois de outro ata-
do Sul de recrutar uma força Fevereiro, para resolver diver- Sudão do Sul e, para a ONU, Segundo a AFP, entre os a trabalhar com o Governo que à missão das Nações
de 10 mil combatentes no gências relacionadas com “é contrária às disposições mortos estão um membro da RDC, os parceiros e a Unidas no país.
bastião étnico do Presidente, segurança e governação. do acordo de paz”. O Sudão das equipas de vacinação, MONUSCO para garantir a Desde que o Exército con-
quebrando os termos do O impasse levou a que os do Sul, com maioria de popu- dois motoristas e um polícia, segurança do nosso pessoal golês começou uma operação
acordo de paz. Estados Unidos da América lação cristã, obteve a inde- adiantou a organização, pre- e de outros profissionais de contra os rebeldes ugandeses,
O relatório assinado por chamassem, esta semana, o pendência ao separar-se do cisando que não morreram saúde”, acrescentou. no princípio do mês, as ADF
um painel de especialistas da seu embaixador no Sudão do norte árabe e muçulmano quaisquer elementos do staff A OMS adianta que, na mataram dezenas de pessoas
Organização das Nações Uni- Sul, para reuniões em Was- em 2011, mas a partir do final da OMS, apenas um ele- última semana, houve sete em ataques sucessivos, o que
das (ONU) que acompanha hington onde as relações entre de 2013 o país entrou num mento ficou ferido. casos de ébola, abaixo de motivou protestos entre os
as sanções aplicadas ao Sudão os dois países serão reava- conflito civil, provocado pela A maioria dos restantes um pico de mais de 120 regis- civis que não se sentem segu-
do Sul e divulgado ontem pela liadas. O porta-voz das Nações rivalidade entre o Presidente, feridos nos ataques, que tado por semana em Abril. ros e acusam a Missão das
Associated Press expressou Unidas, Stephane Dujarric, Salva Kiir, e o seu então vice- ocorreram durante a noite “O ébola estava a recuar. Nações Unidas na República
preocupação com a lenta afirmou que o Secretário- Presidente, Riek Machar. de quinta-feira num centro Estes ataques vão dar-lhe D e m o c rá t i c a d o C o n g o
implementação do acordo de Geral da organização, António As partes formaram um de alojamento em Biakato força novamente e mais pes- (MONUSCO) de falta de acção.
paz, assinado em Setembro Guterres, está “obviamente Governo de unidade nacional Mines e no gabinete de coor-
DR
de 2018, que pôs fim a uma preocupado com quaisquer em 2016, que caiu poucos denação da resposta ao ébola
guerra civil que matou cerca acções que nos afastem da me s e s ap ó s a formação em Mangina, na província
de 400 mil pessoas. tão necessária paz e recon- devido a um reinício da vio- de Ituri (Nordeste do país),
O documento refere que ciliação no Sudão do Sul”. lência, tendo essa sido a pri- são do Ministério da Saúde
o Governo sul-sudanês, con- Este novo relatório da ONU meira tentativa de pacificação da RDC.
duzido pelo Presidente Salva refere que os signatários do do jovem país africano. “Estamos com o coração
Kiir, tem mostrado pouco acordo de paz não “tomaram O acordo para um Governo destroçados. Estas pessoas
interesse em cumprir o acordo decisões significativas” para de unidade com os rebeldes, morreram no cumprimento
no que toca à segurança, colo- a implementação nos últimos aprovado em Setembro, foi o do dever enquanto trabalha-
cando em perigo o país e meses, acrescentando que mais recente da série de acor- vam para salvar outros”, disse
representando uma “ameaça os esforços para a criação de dos entre o Executivo de Kiir o director-geral da Organi-
imediata” à frágil paz. uma força de segurança e os rebeldes liderados por zação Mundial da Saúde,
Este mês, os actores polí- comum estão “considera- Machar desde o início da guerra Tedros Adhanom Ghebre-
ticos sul-sudaneses falharam velmente atrasados”. civil, em 2013. Em cinco anos yesus, citado pela Lusa. “O
o prazo para a criação de um de conflito, estima-se que mundo perdeu profissionais
Governo de união nacional Crianças combatentes e ste tenha provo cado a corajosos”, acrescentou.
transitório, cujo limite, já O documento refere que entre morte de 400 mil pessoas e “O meu coração está com
antes prolongado, estava mar- os recrutados para esta força levado a que 4 milhões ficas- a família e amigos dos socor-
cado para 12 de Novembro. de 10 mil militares se encon- sem deslocadas. ristas mortos nesses ata- ONU pede protecção aos profissionais que combatem o ébola
MUNDO Sábado
30 de Novembro de 2019 13
Reino Unido
TENSÃO DIPLOMÁTICA ENTRE PARIS E ANCARA
DR

BORIS JOHNSON PEDE A TRUMP QUE NÃO SE INTROMETA


NAS ELEIÇÕES BRITÂNICAS
Com as eleições no Reino Unido a aproximarem-se – têm lugar
no dia 12 de Dezembro – Boris Johnson fez ontem questão de
enviar uma mensagem simpática mas clara a Donald Trump.
O Primeiro-Ministro britânico pediu ao Presidente dos Estados
Unidos para não se intrometer nas eleições vindouras.
O momento escolhido para este pedido de Boris Johnson a
Trump não foi um acaso. O líder norte-americano vai marcar
presença na cimeira da NATO da próxima semana, que se vai
realizar em Londres.
“Aquilo que não fazemos, tradicionalmente, como queridos
aliados e amigos é envolvermo-nos nas campanhas eleitorais
de cada um”, sublinhou Johnson durante uma entrevista à
rádio LBC. “A melhor coisa a fazer quando se tem amigos e
aliados próximos como os Estados Unidos e o Reino Unido é
nenhum dos lados envolver-se na eleição do outro”.

HONG KONG lacrimogéneo e canhões de


POLÍCIA PÕE FIM água para conter os
A BLOQUEIO DE 12 DIAS manifestantes, que
À UNIVERSIDADE responderam com bombas
POLITÉCNICA incendiárias de fabrico
A Polícia de Hong Kong caseiro, tijolos e flechas.
anunciou ontem o fim do Na quinta-feira, depois de
bloqueio a um campus centenas de detenções e
universitário, que cercou do abandono do campus
durante 12 dias para travar por alguns estudantes, Chefe de Estado turco, Tayyip Recep Erdogan, à direita, faz fortes críticas ao homólogo francês, Emmanuel Macron
manifestações contra o cerca de 100 polícias
Governo, onde diz ter entraram, pela primeira
encontrado milhares de vez, no campus para
bombas incendiárias e recolher provas e remover
armas. Segundo as
autoridades, foram
encontradas quase quatro
mil bombas incendiárias
objectos perigosos.
Em comunicado, a Polícia
indicou que, durante dois
dias de buscas, apreendeu
Erdogan diz que é Macron quem está
deixadas pelos
manifestantes, que há
cerca de duas semanas
entraram em confronto
3.989 bombas incendiárias,
1.339 outros objectos
explosivos, 601 garrafas de
líquidos corrosivos e 573
em “morte cerebral” e não a NATO
com a Polícia de armas. As autoridades Presidente da Turquia reage à declaração do homólogo de França sobre a situação
Intervenção nas ruas indicaram que detiveram da Aliança Atlântica e inicia polémica quando falta uma semana para a cimeira de
circundantes. ao longo dos dias de cerco líderes da NATO, em Londres
A Polícia cercou durante 810 pessoas dentro do
quase duas semanas a campus e identificaram 300
Universidade Politécnica, outras, menores, que O Presidente turco, Recep de coordenação entre os Os países ocidentais cri- quando se trata de enviar à
tendo recorrido a balas de podem vir a ser acusados Tayyip Erdogan, emitiu Estados Unidos e a Europa ticaram a mais recente inter- NATO o dinheiro que lhe
borracha, granadas de gás posteriormente. ontem fortes críticas ao e o comportamento unilateral venção militar na Síria contra deves, é outra coisa”, acres-
homólogo francês Emmanuel da Turquia - membro da as milícias curdas Unidade centou Erdogan.
Macron ao considerá-lo “em Aliança Atlântica - na Síria, de Protecção Popular (YPG), “É tão inexperiente! Não
ATENTADOS À BOMBA DE 2015 estado de morte cerebral” e na sequência da ofensiva que a Turquia considera uma sabe o que é a luta antiter-
DR exacerbando as tensões a militar contra uma milícia formação “terrorista”. Neste rorista, é por isso que os
uma semana de uma cimeira curda apoiada pelos países âmbito, Macron considerou 'coletes amarelos' invadiram
crucial da NATO. ocidentais. na entrevista ao The Eco- a França”, prosseguiu.
“A partir da Turquia dirijo- “Estas declarações apenas nomist que esta acção uni- “Podeis gesticular quando
me ao Presidente francês se aplicam a pessoas do teu lateral se incluía entre os quiserdes, mas acabareis por
Emmanuel Macron e voltarei género que estão em estado sintomas de “morte cerebral” reconhecer a legitimidade
a dizê-lo na NATO. Examina de morte cerebral”, insistiu da NATO. da nossa luta contra o ter-
em primeiro lugar a tua pró- o Presidente turco durante As críticas incisivas da rorismo”, vincou.
pria morte cerebral”, disse um discurso em Istambul. França à Turquia suscitaram O Ministério dos Negócios
Erdogan ao retomar as decla- As observações de Erdo- uma reacção imediata dos Estrangeiros de França infor-
rações de Macron que con- gan reforçam as tensões dirigentes turcos, que nas mou já que vai chamar o
siderou a NATO em estado entre a Turquia e a NATO últimas semanas têm acu- embaixador da Turquia em
de “morte cerebral”. antes da cimeira crucial sado Paris de pretender França para explicar as decla-
No início de Novembro, da A liança em Londre s implantar um “Estado ter- rações do Presidente turco.
em entrevista à revista sema- agendada para a próxima rorista” no Norte da Síria. “Sejamos claros, não é
Abdeslam foi capturado vivo após o ataque na capital francesa nal britânica The Economist, semana. Erdogan e Macron, “Ninguém te presta aten- u m a d e c l a ração , é u m
o Presidente francês definiu e ainda a chanceler alemã ção. Ainda possuis um lado insulto”, considerou fonte
a NATO em estado de “morte Angela Merkel e o Primeiro- amador, começa por remediar da Presidência francesa citada
Culpados de ataque em Paris cerebral”, uma declaração
que abalou a aliança militar.
Ministro britânico, Boris
Johnson, deverão reunir-
isso”, sugeriu ainda Erdogan
numa referência a Macron.
pela France Press.
“O embaixador vai ser
se à margem da reunião para “Quando se trata de fan- convocado ao Ministério para
começaram a ser julgados Na declaração, Emmanuel
Macron lamentou a ausência abordar a situação na Síria. farronice, sabes fazê-lo. Mas se explicar”, acrescentou.

A Procuradoria-Geral anti- clan e o Stade de France,


terrorismo de França anun- onde decorria um jogo de
ciou, ontem, que abriu um futebol entre as selecções “LONDON BRIDGE”
processo para julgar 20 pes- de França e da Alemanha.
soas, entre as quais seis sus- Os contornos do julga-
peitos já com mandado de
prisão, pelos atentados à
bomba de 13 de Novembro
mento extraordinário, cuja
realização está agendada
para 2021 em Paris, serão
Suspeito de ataque em Londres morto pela Polícia
de 2015 em Paris. agora decididos pelos juízes Um suspeito de ataque que armados da Polícia de Lon- nalistas ter visto “um homem veu no Twitter ter ouvido
Entre as pessoas que a Pro- de instrução encarregados fez ontem cinco feridos, na dres e posso confirmar que cair no chão, com uma faca “vários tiros” e visto um
curadoria quer processar de investigar os ataques, con- Ponte de Londres, foi morto morreu no local”, precisou. ao lado do corpo”, cercado homem atirado ao chão por
conta-se Salah Abdeslam, o siderados os mais mortais pelas forças de segurança no Pelo menos cinco pessoas por uma dezena de polícias agentes da Polícia.
único membro sobrevivente de uma vaga de atentados local, anunciou a Polícia da foram feridas no ataque, e vários cães-polícia. “Parecia haver uma briga
do grupo jihadista que realizou 'jihadistas' em França. Entre capital britânica. segundo a Polícia que foi Um vídeo que gravou do outro lado da ponte, com
os ataques, provocando a as pessoas que a procuradoria O ataque, perpetrado com chamada ao local, a Ponte com o telemóvel a partir da vários homens a atacar um
morte de 129 pessoas, entre quer julgar está também o uma arma branca, “é consi- de Londres (London Bridge), janela do escritório, cerca outro”, relatou o jornalista,
franceses e estrangeiros. emir do grupo Estado Islâ- derado um incidente terro- por volta das 13h58 (mesma das 14h40, mostra uma pes- John McManus, à BBC.
Os ataques, perpetrados mico, Osama Atar, um belga rista”, disse um comandante hora em Angola). soa a ser retirada numa “A Polícia chegou rapi-
por pelo menos sete terro- suspeito de ter planeado os da Polícia antiterrorista, Neil Uma testemunha, um maca e outra, com ferimen- damente, alguns polícias de
ristas, ocorreram em vários atentados a partir da Síria e Basu, à imprensa. homem que trabalha num tos num ombro, a ser acom- arma em punho, e foram
locais de Paris, entre os quais que está acusado de “liderar “O suspeito, um homem, escritório frente ao local do panhada por paramédicos. disparados vários tiros na
a sala de espectáculos Bata- uma organização terrorista”. foi atingido a tiro por agentes incidente, contou aos jor- Um jornalista da BBC escre- direcção desse homem”.
14 Sábado
30 de Novembro de 2019

CLASSIFICADOS
Atendimento Mais informações
Rua Rainha Ginga, 18/24 — Luanda Telefones: 937 550 262 /949 770 006
de Segunda a Sexta-feira, das 8h às 18h, e-mail: publicidade@jornaldeangola.com
aos Sábados e Domingos, das 8h às 14h IMOBILIÁRIO VIATURAS DIVERSOS
ARMAZÉNS de 900m2, 500m2 PERFUMARIAElizabeth, venda CONTABILISTA c/ 15 anos de TÉCNICOAgrário para Fazenda,
300m2, com gerador e segu-
rança, Viana, junto às Jem- PRECISA-SE a grosso e retalho, 5 mil a 18
mil Kz., Blackis-Black, Escada.
experiência em recuperação
de contabilidade, fecho de
Cuanza Sul, urgente. Telefone
912203846 912503319. (2.650)
bas. Tlf: 923767183. (2.710a) Telef: 948360117, 938371691. contas e impostos. Telefone.
IMOBILIÁRIO AUTOCARROS p/ alugar, de
30 lugares (Hyundai County
(2.634) 912313276. (2.369a) TERRENOS para parcerias de
Construção de Condomínio,
ou Toyota Coaster), em bom JARDINEIRO técnico, faz re- Benfica , Viana e Via Expressa.
estado técnico e AC. Telefone: qualificações e manutenção Terminais telefs: 942695999,
LAND CRUISER chefe 938489868 (2.714) geral. Telef: 927440015. (2.773)
993363263. (2.752a).
VENDE-SE VIATURAS
máquina, cabina simples,
Motor impecável, 4.900.000.00 CARCAÇA de Chata para mo- MÁQUINAS de gelo escama, EICC, Lda. Engenharia e Cons-
PESSOAS experientes, P/ tra-
negociáveis. Telfs: 924476133/ tor de 40HP. Terminal telef: liquidificador, 20/40 L, CX. de trução, construímos e projec-
992642211. (2.811) 923682223. (2.851) 10 mil palitos/picolé, amassa- tamos todo tipo de obra. Te- balharem na cozinha e sala,
deira 130l, divisória 36 furos, lefs: 948986117,990986117 em Restaurante (Cassequel).
novos. Telefones: 936196882, (2.759) URGENTE. Telef: 925109077.

VENDE-SE COMPRA-SE 917747359. (2.088d) GRUPO Ferreira e Esteves:


Vendemos Ladrilhos Cinza WORKSHOP Gestão de negó-
(2.739)

40x40, a bom preço. Terminais cios e finanças, melhore a sua CORRETOR de Vendas, de
COMPRAMOS Viaturas ava- tlfs: 923424012, 939455696, saúde financeira. Telefone: preferência morador da Cen-
riadas e acidentadas, o paga- 918826666 (2.655) 935140818. (2.601) tralidade do Sequele. Telef:
DOIS COMPLEXOS turísticos mentos é na hora. Telefone: 925500073. (2.753b)
novos, 36 e 23 quartos, Tala- 921591033 (2.864) TERRENOS na estrada do Fu- PROMOÇÃO, relatório e con-
tona e Mussulo. Terminal te- TOYOTA PRADO, Luanda da tungo 2, Kikuxi, Cacuaco Caop, tas, estudos de viabilidade e EMPREGADA doméstica ex-
lefónico: 941360240. (2.211) Sorte, manual, diesel, Motor Funda, Viana Km. 35, lotes, impostos. Telefs: 993869057, periente, cuidar de crianças
1.º ANDAR no Zango 4, em
impecável, AC, música, a
3.200.000.00 neg. Telefones: VENDE-SE hectares. Telef: 923532124
(2.796)
923444704 (2.642) em regime interno. Telefone:
923682223. (2.851a)
obra, quintal fechado, luz, DODGE LIMITED CHARGE 924476133,992642211. CO-ORIENTAMOS trabalhos,
água, tanque de água, 15 mi- 4X4, 45.000Km, 2015, por Akz (2.811a) ÚLTIMOS LOTES 20x15, no GERADOR Industrial 110Kva, Monografias e elaboramos
14.500.000, negociáveis. Telefs: loteamento por detrás do projectos de desenvolvimento MOTORISTA com experiência
lhões, negociável. Telefone: novo, 460h, Akz 7.500.000.00
924348222, 936056777ou “Instituto Superior Osvaldo Telefone: 923532124 (2796a) comunitário. Tlfs: 931090284, de condução. Terminal tele-
940948612. (2.109) fónico: 991161230.(2.672b)
922125446. (2.402d) Serra Van-Dúnem”, a Akz 996300571. (2648)
VIVENDAS de luxo na Corimba, 1.800.000, 100% organizado. FORNO rotativo industrial,
Nova Vida, Patriota e Benfica, a Aproveite já. Terminais telfs: Diesel, amassadeira, carrinho DESINFESTAÇÃO sem cheiro, SEGURANÇAnocturno com Car-
partir de Akz: 70.000.000,00. Telf: 923936359, 914463184. recém-chegado, novo. Telef: C/pastilhas cereal P/ratos, ba- ta de Condução. Terminal tele-
926662211. (2.211a) (2.781) 922204848. (2.763) ratas, pulverizador de toma- fónico: 991161230. (2.672a)
das. Telefones: 929111459,
COMPLEXO TURÍSTICO, 2 CAMPAS granito e mármore, TERRENO 1,7 hectares C/4 TERRENO de 30/60, bem lo- 995334561. (2780) EMPREGADA doméstica, que
piscinas, salão de festas 500 NISSAN HARDBODY, manual, montagem, gravação, cabe- casas, piscina, junto ao Resort calizado, em boa zona do Ben- cuide de uma casa e viva no
P, restauração, discoteca, 12 diesel, motor impecável, AC, ceiras, fotos, Casa dos Grani- Roça Mangueiras. Telefones.: fica, a 26.000.000 kz. Telefone: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, Prenda. Terminal telefónico:
suites e muito mais. Teles.: música, a 3.100.000.00 neg. tos. Terminais tlfs: 921662309, 923401470, 924037375 926662211. (2.784) como: Cabeleireira, motorista 991161230. (2.672)
921898252 / 912798460 JAGUAR XF Super Charge V8, Telfs: 924476133/ 992642211. 990591646. (2.125) (1901) e empregada doméstica. Telef:
(2.859) c/ 37.000Km, Akz: 23.000.000 (2.811b) TERRENOSdentro de um con- 925501732. (2760
Telefs: 924348222, 936056777, FAZENDAS de 1000 a 7000 TERRENO Agrícola de 100 domínio, Kz. 2.000.000.00. Ter-
922125446 (2.402) hectares: Bengo, Uíje, Cuanza hectares, próximo ao rio, com
APARTAMENTO T2, prédio
com elevador e segurança, no Norte, Malanje, Cuanza Sul.
Telef: 923646572. (2.496a)
documentação. Telefones:
948399762/912350634 (2600)
minais telefs: 995693106,
925500073. (2.753a) ALUGA-SE
Kinaxixi. Telefone: 923646572.
(2.496) TERRENO 20/15, 14/18 Viana
TERRENO 25x15, bairro Mili- Sofogor, entrada da Quinta
VIVENDA no Projecto Habi- tar, no Talatona, rua 4, Rita, a 2.000.000.00 a
tacional, a partir de Akz 18.000.000 Akzs. Telefone: 1.500.000.00. Terminais telefs:
6.000.000, Zango I. Telefone: 923767183. (2.710) 948933887, 993973806.
941273300. (2.573) TOYOTA QUADRADINHO, a (2.853d) CRIAÇÃO de Websites em 2
gasolina, 2014, Motor impe- TERRENOS no Benfica, Pa- dias C/domínio emails, hos-
VIVENDA T8, Morro Bento, cável, Sequinho, por triota, Via Expressa, Talatona TERRENO 100X30, no Benfica pedagem, Akz 48.000.00. Telf:
junto à Pastelaria Nice, Akz PORSCHE Cayenne Turbo, 7.500.000.00. Neg. Telefones: e Zona Verde, lotes e hectares. Tanque 1, totalmente legali- 924278348. (2756)
75.000.000.00. Tlf: 927339050, m oto r V 8 , c / 4 2 . 0 0 0 K m , 924476133, 992642211. PADARIA Kit, forno, 3 gavetas, zado, a 4.000.000,00Kzs, pag. MESAS, Cadeiras para festas
21.000.000. Telefs: 924348222, (2.811c) gás, estufa, amassadeira 50L, Terminais telefs: 926662211, e vendemos mobiliário de es-
992641765 (2.716) 2 prestações. Terminal tele-
936056777, 922125446. batedeira 20L, carrinho/pão, 941360240. (2.211b) fónico 923321164. (2.837) critório. Telefones: 923452188,
VIVENDA T12, suites, em (2.402a) balança, tabuleiro. Telefones: 937493599. (2.863d)
1000m2, Rua da Liberdade, 936196882,917747359(2.088) BOMBA de Combustível Con-
Vila-Alice. Telef: 913982116. EMPILHADOR Mitsubishi tentorizado. Terminal telef:
(2.731) 3.500Kg, usado, todo recon- 926434587. (2.825)
dicionado, diesel. Telefone:
CASAS T3, Sociais, Projecto 924185498. (2.644) DESINFESTAÇÃO de ratos, OFERECE-SE
fechado, inacabada, Zango,
Jacinto Tchipa, a 4.000.000.00 MÁQUINA de Gelado, chur-
NEGÓCIOS baratas, formigas e outras pra-
gas, em casas e empresas. Te-
SUPERVISORA administrativa
LEXUS SPORTPLUS 2017/ lefone: 928648007 (2.862a)
kzs. Telefones: 997836139, rasqueira a carvão, forno, de armazém e logística, for-
930919695. (2752c) 2018, valor 48.000.000.00 neg.
Telfs: 924476133/992642211. exaustor, tostadeira, pipocas, TRATA-SE de vistos para to- mada no exterior. Telef:
(2.811d) MOINHO de fuba de bombó e algodão. Telefs: 937493599, dos os países. Telefones: 939187252, 933286397(2306)
CASAS T3, Projectos Sociais fe- 222773455. (2.863) 937915975/991857991. (2833)
chados, Zango 1, 3, 4 e Engevia, milho, diesel, C/ ignição e ma-
nivela, 25 sacos/hora, novo. Ter- CONTABILISTA inscrito na
a partir de 2.500.000.000. Telefs: OCPCA domina o "IVA". Terminal
921168299, 992451833. (2752) minais telefs: 936196882,

CASAS T3, Condomínio fe-


NISSAN PATROL PLATINUM
922799624. (2.088a)
PRECISA-SE telefónico: 941947322.(2546)

V8 KHM, 45.000, 2014, por COLCHÕES Kamaflex - cama, D&A DESINFESTAÇÃO sem COZINHEIRA, Governanta, babá
chado, Camama, Kikuxi, Akz. 19.000.000, negociáveis. estrados, bases, berços, al- profissional c/ Passaporte e
Luanda-Sul, Via Expressa, a cheiro, anti-alérgica, não pre- DIRECTORA Pedagógica P/tra-
Telfs: 924348222, 936056777, mofadas, lençóis e tapetes, cisa sair de casa ou desarru- balhar em Colégio na cidade, Carta de Condução. Terminais
5.000.000,00kzs. Telefones: 922125446. (2.402b) na Rua da Maianga. Terminal
942695999, 993363263. mar. Terminal telef: 938133343 experiência na área. Telefone: telefónicos: 933631263,
MITSUBISHI CANTER, matrícula telefónico: 938910826 (230) 926081353. (2.629) 992631263 (2.375)
(2752b) GA, C/ 39.000 km, 7.800.000.00 (2.201) KIT de Talho, S. ossos, ser-
neg . Tlfs: 924476133,992642211 pentina, fogão, gelado, balde, PUBLICIDADE
PROJECTOS FECHADOS T3, (2.811e) balança, F. hambúrguer. Telfs:
Zango zero, Sequele Kz. 937493599, 222773455.
6.000.000.00, Via Expressa kzs (2.863a)
3.500.000.00, Telfs: 995693106,
925500073. (2.753)

CASAS T3 acabadas condo- REPÚBLICA DE ANGOLA


mínio fechado, pagamento MERCEDES G63 V8, 56.000Km, POCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA
prestação, Benfica, Zango 0, Kz: 22.000.000, negociável.
26.000.000. Telefs: 948933887,
GABINETE DO PROCURADOR DA REPÚBLICA JUNTO DO
Telfs: 924348222, 936056777 SERPENTINA, gelado em bal-
993973806. (2.853) 922125446. (2.402c) TOYOTA PRADO Luanda da de, serra-ossos, churrasqueira SIC DO DISTRITO URBANO DO KILAMBA
Sorte, Aut, diesel, impecável, a gás, banho-maria para buf-
CASAS T3condomínio fechado, TOYOTA Hilux 69.000km, a AC, seco, 4.800000.00 neg. fet, mesa Inox. Terminais te-
pagamento à prestação,Benfica, 5.000.000,00kz, discutíveis. Telfs: 924476133/ 992642211. lefs: 922799624, 917747359. PADARIA, B. maria, salgadi- PEDIDO DE COMPARÊNCIA
Zango 0, 1, Akz 23.000.000.00 e Telefs: 933630787/923319188. (2.811f) (2.088b) nhos, cubas, fiambreira, gelo
(2.661) cubo, escama. Tlfs: 222773455,
14.000.000.00. Telfs: 948933887,
937493599 (2.863b) A Procuradoria-Geral da República, junto do SIC do Distrito Urbano do Ki-
993973806. (2.853a) TOYOTA Starlet Bolinha, em
MITSUBSHI L200, cabine du- bom estado técnico, Akz lamba, solicita a comparência, nas horas normais de expediente, do cida-
CASAS T3 com suite, quintal pla, 2.000.000 Akzs, discutíveis. 650.000.00, discutíveis. Telefs: dão: João Sebastião de Oliveira Neto, natural do Rangel, Província de
Viana, Quinta Rita, Zango 0, Terminais tlfs: 935050638, 914760689, 924383768
4, 4.000.000.00. a 5.000.000.00. 925210882. (2.724) (2.751) Luanda, antes morador do Município de Belas, Distrito Urbano do Kilamba
Telefs: 948933887, 993973806.
HYUNDAI Tucson, Akz Kiaxi, Bairro Camama, Condomínio Vereda das Flores, Quarteirão 10-L, a
(2.853b) 7.000.000, i10 Akz 3.100.000, fim de tratar assunto que lhe diz respeito, devendo, para efeito, contactar
negociáveis. Telfs: 997179915,
CASA T3 no Zango 3, 15x15, 931496666. (2.744) MÁQUINA de gelado, picolé, a Secretaria da Procuradoria Geral da República junto do Departamento
inacabada, a bom preço. Tele- algodão-doce, fritadeira, cha-
fone: 942373541. (2.883) CARRINHO de picolé, M. de
de Investigação Criminal do Distrito do Kilamba.
HILUX 5.500.000Kz, Canter pa de hambúrguer, fiambreira
3.600.000Kz, Hyundai Terra- e tostadeira. Terminais telefs: sumos, chapa de hambúrguer,
can Diesel, 1.450.000Kz, Spor- 936196882, 917747359 batedeira, mesa Inox. Telfs:
GABINETE DO PROCURADOR DA REPÚBLICA JUNTO DO SIC DO
ARRENDA-SE MITSUBISHI L200, 2015,
tage 1.º a 2.500.000Kz. Tele-
fone: 939735505. (2.835)
(2.088c) 937493599, 222773455.
(2.863c) DISTRITO URBANO DO KILAMBA, Luanda, 21 de Novembro de 2019.
4.800.000,00, Hilux, Ford Ran- TENDAS de campanha e cam-
VIVENDA T3, na Urbanização ge-Wild Track, i10, Kia Sorento, MOTO Yamaha TDM 850, de pismo, muletas canadianas, 6 HECTARES área total de ter-
Nova Vida, nas traseiras da Clí- Chevrolet N300 1.400.000,00 1994, c/ 70.000Km, motor im- cadeiras de rodas e lonas. ra, rua direita do Patriota- O PROCURADOR-ADJUNTO DA REPÚBLICA
nica Caridade. Telefones: AKzs Telef: 944789955. pecável, por Akz. 950.000.000. Terminais telfs: 945422988, Luanda. Telefone: 913982116.
918437388, 923951879.(2.717) (2746) Telf. 948069494. (2.560) 923506176 (2.579) (2.731) JOAQUIM FAMÍLIA MARTELO
(501.625)
Sábado
30 de Novembro de 2019 15
PUBLICIDADE

(501.618)

Rua Projectada à Circular Externa Viana-Benfica Km30


Benfica - LUANDA
Contribuinte 5401097344
Tel: 923 374 357
fozmolas@gmail.com

ÚLTIMO AVISO

A FOZMOLAS comunica aos proprietários das viaturas que se encontram na oficina, sita no Complexo Industrial da ICOS, em Viana, estrada de acesso ao Mercado do Km 30, para
procederem ao levantamento das mesmas, devendo previamente, contactar a sede da FOZMOLAS no Benfica, até ao dia 10 de Dezembro de 2019, em virtude de ter suspenso as
suas actividades na referida oficina, em Março de 2018.
No prazo estabelecido, todos os clientes, incluindo os que têm as viaturas ilustradas nas fotografias que não manifestarem o interesse em proceder em conformidades,
a direcção da Fozmolas, não se responsabilizará pelos destinos a serem dados, por ter solicitado a remoção dos veículos que lhe haviam sido confiados para reparação,
sendo que, o espaço (parque da ICOS) deve ser libertado até ao final do ano em curso.
Para isso, basta os proprietários fazerem prova da titularidade das viaturas e regularizarem as contas referentes aos trabalhos realizados, factores importantes para a retirada dos
seus veículos.
A partir do dia 1 de Janeiro de 2020, todos os veículos que ali permanecerem serão considerados como abandonados, dando espaço para a Fozmolas fazer o seu desmantelamento
e venda para suportar a amortização das contas e resolução.

Luanda, 4 de Novembro de 2019.


A Gerência
(1.949)
16 Sábado
30 de Novembro de 2019

PUBLICIDADE

(900.015a)

REPÚBLICA DE ANGOLA
TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA - 1.ª SECÇÃO DA SALA DE FAMÍLIA

ANÚNCIO
PROCESSO N.º 956/F-2019 2.ª Publicação

Faz-se saber, que por este Tribunal Provincial de Luanda, 1.ª Secção da Sala de Família, correm
éditos de Trinta Dias, citando os herdeiros incertos de Francisco Miguel dos Santos, falecido
aos 24 de Fevereiro de 2019, residentes em parte incerta, para, contestar, querendo, no prazo de
Trinta Dias, findo o de dilação de igual duração, a Acção de Reconhecimento da União de Facto
Por Morte, em que é autor Helena Dias Mendes Alexandre, move contra eles.
Na qual, em resumo, pretendo que seja reconhecida a união de facto, conforme consta da petição
inicial, cujo duplicado se acha patente no Cartório do Tribunal Provincial de Luanda, 1.ª Secção da
Sala de Família, sita em Luanda, no Distrito da Maianga, Rua Ngola Mbadi, vulgo rua dos Quartéis,
junto ao INC.
(2880)

Luanda, 17 de Outubro de 2019.

A JUÍZA DE DIREITO AJ . ESCRIVÃO DE DIREITO


Dra. Judelca Crispim Elvira Lino Domingos

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E HABITAÇÃO
ISNTITUTO GEOGRÁFICO E CADASTRAL DE ANGOLA
DEPARTAMENTO PROVINCIAL DO CUANZA-SUL

EDITAL N.º 59/19


PROCESSO DE CONCESSÃO N.º 160-CS/18

Tendo MÁRIO GONÇALVES CAETANO, requerido a Conceissão do Direito de Superfície de uma parcela de
Terreno Rural, com uma área de 227 (Duzentos e Vinte e Sete ) hectares, onde está implementado um projecto
Agrícola, localizado na Província do Cuanza Sul, Município da Quibala, Comuna do Quirimbo, à 1000 metros à
Sul do Bairro do Capiri.
Feita a demarcação Provisória, a mesma ficou com as seguintes confrontações: a Norte com terreno não cadas-
trado, a Sul com o terreno demarcado pelo Sr. Ernesto Joaquim de Amorim e a picada, a Este com terreno de
terceiro não cadastrado, e a Oeste com uma montanha e terreno não cadastrado.
São, por este meio, convocadas todas as pessoas que se julgarem com direitos sobre o mesmo terreno, a virem
comprová-lo neste Instituto Geográfico e Cadastral de Angola, no prazo de 30 dias a contar da data da publica-
ção deste EDITAL.

DEPERTAMENTO PROVINCIAL DO INSTITUTO GEOGRÁFICO E CADASTRAL DE ANGOLA DO CUANZA -


SUL, EM SUMBE, 05 DE NOVEMBRO DE 2019.
(2840)

O CHEFE DE DEPARTAMENTO
(900.016) BERNARDO MANECO
Sábado
30 de Novembro de 2019 17
PUBLICIDADE

(501.619)
18 NECROLOGIA Sábado
30 de Novembro de 2019

RECORDAÇÃO RECORDAÇÃO FALECEU FALECEU

BERTA MATEUS DOMINGOS DE SOUSA


FRANCISCO

Manuel João Francisco (esposo), Domingas Manuel Francisco


Godinho, Carla Manuel João Francisco Mendonça da Silva,
Engrácia Manuela Francisco Bernardo, Rui Manuel de Sousa
Francisco, Sandra Maria Francisco Zombo, Berta Manuel Domingos
Francisco Zage (filhos) comunicam o falecimento de sua querida
RUI OSVALDO VIEIRA RUI OSVALDO VIEIRA BERTA MATEUS DOMINGOS BERTA MATEUS DOMINGOS DE SOUSA FRANCISCO, ocorrido
CIPRIANO (Babudinho) CIPRIANO (Babudinho) DE SOUSA MATEUS dia 27/11/2019, em Luanda, por doença. O funeral realizar-se-
á em data a anunciar oportunamente. (2.801)
Passaram-se 365 dias, por sinal muito Mas, fazes-me tanta falta que até dói- As famílias Veríssimo da Costa e Mateus
difíceis, mas vou aguentando na esperança me o coração, hoje tudo voltou em cena, de Sousa comunicam aos demais fami-
de voltar a estar contigo na eternidade. como se tivéssemos recuado no tempo, liares e amigos o falecimento de sua que-
Hoje vou agradecer a Deus pelo privilégio como não sofrer? Como não gritar e rida BERTA MATEUS DOMINGOS DE RECORDAÇÃO
de te ter em minha vida, porque pude chamar por ti? Meu irmão, cuide de mim SOUSA FRANCISCO, ocorrido dia
amar e ser correspondida! E por isso, a aí de cima que vou gerindo aqui em baixo. 27/11/2019, em Luanda, por doença.O
Ele graças doou (...) (2834a) Eternas saudades da tua parceira. funeral realizar-se-á em data a anunciar
DOMINGAS JOSÉ MANUEL ALVES
(2834b) oportunamente. (2.801a)
Querida mãe! Hoje, dia 30/11/2019, completarias 71 anos de
idade, infelizmente, partiste do nosso seio para a eternidade.
Que infeliz coincidência, nem a nossa coragem e a determinação
nos conseguem animar. O que nos consola, é saber que estás
FALECEU MISSA FALECEU num lugar ao lado do Senhor. Recordam-te José Rodrigues Alves
(esposo), Fernando Alves, Francisca Webba, Cláudio Alves,
Sandra Alves, Josina Alves, Elleth, Carina Vanessa Ricardo e
William Alves (netos). Do teu filho, Cláudio Alves. (2.857)

CONDOLÊNCIAS

ADÃO MANUEL DIAS MARIA FRANCELINA ANA AUGUSTO SALVADOR RUI MANUEL DO NASCIMENTO “Schuster”
(Tio Dadão) ANTÓNIO BARROSO LUE
Nelito, Neró, Necas, Beto, Man Xé, Pascoal, Tri, Adão Filho Lue (esposo), Domingos Bar- Nelito, Esperança, Mena, César, Zé, Isaac A Direcção do Grupo Desportivo “ Secil de Luanda “, Trabalhadores
Tintin, Senegal, Piquinóquio, Mateus Neto, roso e Engrácia Baltazar (pais), Guilherme (filhos), genros, noras e netos cumprem e Atletas, endereçam à família do senhor RUI MANUEL DO
Cabral, Cinquenta, Vidal, Nazaré, Tina, Lena, e Kiami (filhos), irmãos, tios, primos e o doloroso dever de comunicar o fale- NASCIMENTO “Schuster” as mais sentidas condolências. O óbito
Teresa, São, Gingongo, Esperança e Mami (amigos demais familiares comunicam que será cimento da sua querida ANA AUGUSTO decorre na sede do Grupo Desportivo, sita no Bairro da Praia do
da escolinha) comunicam o falecimento de rezada Missa do 30º Dia, em memória SALVADOR, ocorrido no dia 25/11/2019. Bispo. O funeral realiza-se na segunda-feira, dia 02/12/2019,
ADÃO MANUEL DIAS (Tio Dadão), ocorrido no de sua querida MARIA FRANCELINA O funeral realiza-se hoje, sábado, no cemitério do Benfica às 10h00. (2894)
dia 26/11/2019, por doença. O funeral realiza- ANTÓNIO BARROSO LUE, hoje, sábado, 30/11/2019, partindo o cortejo fúnebre
se hoje, sábado, 30/11/2019, saindo da sua resi- dia 30/11/2019, às 17h00, em sua resi- da Igreja de Fátima para o cemitério de
dência, sita no Bairro Prenda, para o cemitério dência, sita no Capolo II. (2.826) Sant'Ana, às 10h00. (2.827)
do Benfica, às 10h00. (2.829)

RECORDAÇÃO FALECEU FALECEU FALECEU

ODETH MARÍLIA LINO ALVES VÍCTOR MANUEL DOS ANABELA DE ALBUQUERQUE ISABEL TCHILOMBO ANTÓNIO
“Dany” SANTOS MARQUES DA COSTA (Gigi) (Tia Pele)

O tempo de Deus tem os seus mistérios, Bernardete Anabela, Sónia Martins, Júlia, Angélica, Ana, Esmeralda, Hamilton, Adelino António (esposo), Amélia António, Francisca António Neto, Fernando António,
porém não nos cabe entender mas confiar. Rogério Santos, Carlos Alberto, Helena Maria João, Teresa, Jánia, Paulinha e Zita Lizandra António (filhos), genros, noras, netos, irmãos, primos, cunhados e demais
O nosso tempo tem pressa o Dele perfeição, Isabel, Luís Santos, Ângela Ribeiro e cumprem o doloroso dever de comunicar familiares cumprem o doloroso dever de comunicar o passamento físico da sua querida
esperar Nele pode ser a mais difícil das demais familiares comunicam o faleci- o falecimento da sua querida irmã ANA- ISABEL TCHILOMBO ANTÓNIO (Tia Pele), ocorrido dia 27/11/2019, em São Paulo-
escolhas. Mas Deus é o dono do tempo, mento de seu ente querido VÍCTOR BELA DE ALBUQUERQUE MARQUES Brasil, por doença. O seus restos mortais chegam a Luanda, amanhã, dia 1/12/2019,
Ele determina o nosso hoje e escreve o MANUEL DOS SANTOS, ocorrido no dia DA COSTA (Gigi), ocorrido no dia 27 de às 6h40. O funeral realiza-se na segunda-feira, dia 2/12/2019, às 12h00, no cemitério
nosso amanhã. Eterna saudade.(2.844) 28/11/2019, em Satão-Viseu, Portugal. Novembro de 2019, por doença. O funeral do Benfica, precedido de Missa de corpo presente, na Igreja de São Carlos Wanga, sita
O funeral realiza-se hoje, sábado, realiza-se hoje, Sábado, 30/11/2019, do projecto Nova Vida, às 8h00. (2.860)
30/11/2019, às 10h00, naquele mesmo pelas 10h00, no cemitério de Sant’Ana.
país. (2867) (2884)

CONDOLÊNCIAS RECORDAÇÃO FALECEU FALECEU FALECEU

SEBASTIÃO DOMINGOS RUI MANUEL DO RUI MANUEL DO ANABELA DE ALBUQUERQUE ADELINO DE SOUSA
EDUARDO NASCIMENTO “Schuster” NASCIMENTO “Schuster” MARQUES DA COSTA (Gigi) SOBRINHO (Rio)
Foi com profunda dor e consternação, Uma verdadeira amizade constrói-se ao Isabel do Nascimento (mãe), Carlos Nas- A Família Marques da Costa cumpre o A família Caetano de Sousa cumpre o
que o Comando da Força Aérea Nacional longo do tempo e assim foi a nossa cimento (irmão), Joaquina Monteiro doloroso dever de comunicar o falecimento doloroso dever de comunicar o falecimento
tomou conhecimento do passamento amizade de cerca de 38 anos, até ao dia (tia), Joaquim Monteiro (tio) e familiares, da sua irmã, tia, prima e sobrinha ANA- do seu ente querido ADELINO DE SOUSA
físico do Sr. sargento ajudante SEBASTIÃO que Deus chamou-te. Amigo Schuster comunicam o falecimento do seu ente BELA DE ALBUQUERQUE MARQUES SOBRINHO (Rio), ocorrido dia 28/11/2019,
DOMINGOS EDUARDO, ocorrido no dia estarás sempre em nossos corações, querido, RUI MANUEL DO NASCIMENTO DA COSTA (Gigi), ocorrido no dia 27 de por morte súbita. O funeral realizar-se-
27/11/2019, por doença. Nesta hora de pelas alegrias, que nos proporcionas- “Schuster”, ocorrido no dia 29/11/2019. Novembro de 2019, por doença. O funeral á em locar e data anunciar oportuna-
dor e luto, o Comando da Força Aérea te. Esta é singela homenagem que te O funeral realiza-se dia 02/12/19, no O funeral realiza-se hoje, Sábado, mente. (2896)
Nacional endereça à família enlutada as dedicamos. Ernesto Moreira e Victória cemitério do Benfica às 10h00. (2894b) 30/11/2019, pelas 10h00, no cemitério
mais sentidas condolências. Que a sua Moreira. (2894a) de Sant’Ana. (2884a)
alma descanse em paz. (2892)
SERVIÇO NECROLÓGICO: DIAS ÚTEIS DAS 9H ÀS 18H, SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS DAS 8H ÀS 14H
Sábado
30 de Novembro de 2019 19
PUBLICIDADE

GEMCORP COMMODITIES –EMERGING MARKETS, S.A


ASSEMBLEIA-GERAL DE ACCIONISTAS

AADIC CONVOCATÓRIA
Nos termos do disposto no artigo 14.º dos Estatutos e do artigo 397.º da Lei das Sociedades Comerciais
ASSOCIAÇÃO ANGOLANA DOS DIREITOS DO CONSUMIDOR (“LSC”), são convocados os sócios da GEMCORP COMMODITIES –EMERGING MARKETS, S.A. so-
ASSEMBLEIA-GERAL ELEITORAL ciedade anónima com um capital social AOA 2.000.000,00 (dois milhões de kwanzas), integralmente subs-
crito e realizado, registada na Conservatória do Registo Comercial de Luanda – 2.ª Secção do Guiché
Único da Empresa – ANIFIL sob o número 658-15, com o Número de Identificação Fiscal 5480017950,
CONVOCATÓRIA para reunirem em Assembleia-Geral no próximo dia 30 de Dezembro, pelas 10h, na sua sede social da
sociedade, sita na Avenida do Atlântico, n.º 34, Condomínio Sodimo, Bairro Praia do Bispo, Distrito Urbano
da Ingombota, município e província de Luanda, a fim de deliberar sobre a Ordem de Trabalhos que a se-
guir se indica:
Consubstanciada nos pressupostos da Lei 6/12 de 18 de Janeiro, em con- Ponto Um: Aprovar os relatórios de Gestão e de Contas referentes aos exercícios findos a 31 de Dezem-
catenação com o artigo 173º n.º 1 do Código Civil, e em concomitância bro de 2015, de 2016 e de 2017;
Ponto Dois: Aprovar as propostas de aplicação de resultados dos exercícios findos a 31 de Dezembro
com os Estatutos Sociais, vem convocar a Assembleia- Geral Eleitoral a de 2015, 2016 e 2017;
realizar-se no próximo dia 13 de Dezembro do ano 2019, pelas 9h30, na Ponto Três: Proceder à nomeação do Fiscal Único e Suplente da Sociedade para desempenhar o referido
cargo no quadriénio 2018-2021.
sua sede social, sita na Rua Pedro de Castro Van-Dúnem Loy, do lado Nos termos do disposto no artigo 15.º dos Estatutos, a Assembleia-Geral considera-se validamente cons-
oposto ao Hotel Três JJJ, 1.º andar, “em cima” do Banco BIC, com a se- tituída estando presentes ou representados os accionistas titulares de acções representativas de pelo
menos 50% do capital social da Sociedade.
guinte;
Não podendo a Assembleia-Geral deliberar em primeira convocação sem que estejam reunidas as con-
dições supra referidas, desde já, se convoca a Assembleia-Geral para, se necessário, reunir em Segunda
Ordem de Trabalho; Convocação no mesmo dia 15 de Janeiro, pelas 10h00, no mesmo local e com a mesma ordem de
trabalhos.
1) Leitura e aprovação da acta de deliberação para o preenchimento Nos termos do disposto no artigo 12.º dos Estatutos, os accionistas poderão fazer-se representar na As-
das vacaturas dos corpos sociais do dia 25 de Maio do corrente ano; sembleia-Geral mediante simples carta assinada e dirigida ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral,
e por este recebida com uma antecedência de pelo menos 5 (cinco) dias em relação à data designada
2) Eleições dos Membros dos Corpos Sociais;
para realização da assembleia, devendo no mesmo prazo indicar a identidade do respectivo representante,
que deverá tratar-se do Administrador Único da Sociedade, do cônjuge, ascendente, descendente do ac-
Outrossim, as listas concorrentes deverão ser entregues 72 horas antes cionista, ou de qualquer outro accionista com direito de voto na presente Assembleia.
Nos termos do disposto no Artigo 13 dos Estatutos, a cada bloco de 100 acções, corresponde um voto,
da Assembleia-Geral Eleitoral, nessa conformidade, se à hora designada sendo que os accionistas detentores de menos do que 100 acções poderão conjuntamente exercer o seu
não houver quórum suficiente, a Assembleia-Geral Eleitoral dará início direito de voto desde que reúnam um mínimo de 100 acções.

meia hora mais tarde, no mesmo local e com a mesma Ordem do Dia, Mais se indica que nos termos do disposto no artigo 398.º da LSC, os accionistas que detenham acções
com os associados presentes. com um valor correspondente a pelo menos 5% do capital social da Sociedade poderão, nos 5 dias se-
guintes à publicação da presente convocatória, requerer, por escrito, ao Presidente da Mesa da Assem-
bleia-Geral que sejam incluídos certos e determinados assuntos na Ordem de Trabalhos.
Luanda, aos 25 de Novembro de 2019.
Feito em Luanda, aos 25 de Novembro.
O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral O Presidente da Mesa da Assembleia-Geral
Tiago César (2.789) Arsénio Chicolomuenho (2838)

REPÚBLICA DE ANGOLA
TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA - 2.ª SECÇÃO DA SALA DE FAMÍLIA
RECRUTAMENTO
ANÚNCIO 1ª Publicação
A empresa AANCO INDUSTRIAL LDA, sita na 5.ª Avenida, zona Industrial do Cazenga, leva ao co-
A DOUTORA ANA PETRA SILVA CUSTÓDIO, JUÍZA DE DIREITO DA SEGUNDA SECÇÃO DA SALA DE
nhecimento do Público que estão abertas as candidaturas, para o preenchimento das seguintes vagas:
FAMÍLIA DO TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA.

Faz saber que, por este tribunal e nos autos de Providência Cautelar Não Especificada, em que é Requerente Dois (2) – Tradutores de Português para Coreano
o Digno Curador de Menores em representação da menor CELMA KALÍCIA DA SILVA MUBADI; e Requeri-
dos CARLOS ALBERTO DE JESUS MUBADI, solteiro, residente em parte incerta, e DALILA JOSINA AU- Requisitos:
GUSTO DA SILVA, residente nesta cidade de Luanda, correm éditos de Trinta dias, a partir da data da • Ter nacionalidade angolana (será factor preferencial).
publicação, citando o Réu, para no prazo de Trinta Dias, findo o dos éditos, contestar, querendo, o pedido
• Excelente habilidade de comunicação oral e escrita.
formulado pelo requerente na referida acção, conforme a petição inicial, cujo duplicado se acha patente no
Cartório desta Secção, sita na Rua 54, Urbanização Nova Vida, primeiro andar, número vinte e três, em • Ser Licenciado
Luanda, Processo N.º 119/2019-B.
As candidaturas devem ser enviadas, no seguinte endereço:
Luanda, 22 de Novembro de 2019. Aancoindustrial.candidaturas@gmail.com
A JUÍZA DE DIREITO A AJUDANTE DE ESCRIVÃ DE DIREITO
Dr.ª ANA PETRA SILVA CUSTÓDIO ELSA MANUEL
O ADMINISTRADOR
(2.832) (2.809)

REPÚBLICA DE ANGOLA REPÚBLICA DE ANGOLA


MINISTÉRIO DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E HABITAÇÃO TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA - 1.ª SECÇÃO DA SALA DE FAMÍLIA
INSTITUTO GEOGRÁFICO E CADASTRAL DE ANGOLA
GABINETE DO DIRECTOR GERAL
ANÚNCIO
EDITAL N.º 06/18
PROCESSO DE CONCESSÃO N.º 738-LA/14
PROCESSO N.º 1318/F-2014 2.ª PUBLICAÇÃO
Tendo, a empresa JOJOMA E FILHOS - Comércio Geral, Importação e Exportação, Limitada, requerido o direito
Faz-se saber que, por este Tribunal Provincial de Luanda, 1.ª Secção da Sala de Família, correm éditos de trinta
de superfície de uma parcela de terreno suburbano com uma área de 68.612,50m2 (sessenta e oito mil, seiscentos
e doze, vírgula cinquenta metros quadrados), para posteriores procedimentos em conformidade com o artigo n.º dias, citando os herdeiros incertos de Fernando Maiato da Conceição, falecido no dia 28 de Maio de 2012, residentes
134 do regulamento geral de concessão de terrenos, localizada na zona de Quenguela Norte, Bita Tanque, comuna em parte incerta, para, contestar, querendo, no prazo de trinta dias, findo o de dilação de igual duração a Acção de
do Bita, Município de Belas, Província de Luanda, feita a demarcação Provisória, a mesma ficou com as seguintes Reconhecimento da União de Facto por Morte, em que é Autora Silvina Mónica Cafuamba Silvestre, move contra
confrontações: a Norte, a Sul e a Este com terrenos de terceiros não cadastrados e a Oeste com a estrada terra- eles, na qual, em resumo, pretende que seja reconhecida a união de facto, conforme consta da petição inicial, cujo
planada que emboca na Via Expressa Benfica-Cacuaco. São, por este meio, convocadas todas as pessoas que se duplicado se acha patente no Cartório do Tribunal Provincial de Luanda, 1.ª Secção da Sala de Família, sita em
julgarem com direitos sobre o mesmo terreno, a virem comprová-lo neste Instituto Geográfico e Cadastral de Angola, Luanda, no Distrito da Maianga, Rª Ngola Mbandi, vulgo rua dos Quartéis, junto ao INAC.
no prazo de 30 dias a contar da data da publicação deste Edital.
Luanda, 24 de Junho 2019.
GABINETE DO DIRECTOR GERAL DO INSTITUTO GEOGRÁFICO E CADASTRAL DE ANGOLA, EM LUANDA, A JUÍZA DE DIREITO
AOS 28 DE JANEIRO DE 2019. Dra. Judecea Crispim

O DIRECTOR GERAL AJ. ESCRIVÃO DE DIREITO


DOMINGOS ARMANDO (2.818) ELVIRA LINO DOMINGOS (2718)
20 Sábado
30 de Novembro de 2019

PUBLICIDADE

ANÚNCIO DE VAGA
ANÚNCIO DE VAGA
A Organização Não-Governamental “Médicos com África CUAMM”, entidade que opera
no ramo da saúde, vem, por meio desta, anunciar a abertura do concurso para preenchi-
mento de vaga: A empresa Fazenda Boa Colheita, localizada na Província do
Cuanza Sul-Sumbe, Km 15, na área da Gabela, com a actividade
1 Médico de Saúde Pública
Baseado em Chiulo, Município de Ombadja, Província do Cunene - Angola agrícola, vem, por meio desta, anunciar duas vagas de trabalho
Perfil pretendido:
• Licenciatura em Medicina com especialização em Pediatria/Neonatologia;
para um Técnico Agrícola, com dois anos de experiência, licen-
• Experiência mínima de 5 anos no exercício das funções; ciado em Agronomia ou Gestão Agrária. E um Zootécnico, com 1
• Experiência anterior de trabalho em África ou em outros países em vias de desenvolvi-
mento (preferencial); ou 2 anos de experiência em Criação de Animais.
• Capacidade de organizar e executar actividades de saúde materna, saúde infantil;
• Disponibilidade em viajar pelos municípios periféricos;
• Excelente domínio de computador (Programas do Microsoft Office-Access, Excel, Word As candidaturas deverão ser enviadas para o correio electrónico:
e PowerPoint);
rh@fivest.co.ao
• Exige-se Português e Inglês.

Enviar CV para angola@cuamm.org ou entregar na sede do CUAMM, Rua Projectada


A3, Casa n.º 2, Bairro Morro Bento II, Talatona, Luanda, Angola, dentro de 30 dias a partir
Limite para a entrega das candidaturas: 2 de Dezembro de 2019.
da data desta publicação.
(501.638) (2.774)

ANÚNCIO DE VAGA
A empresa no ramo de Hotelaria, pretende recrutar para o seu quadro de REPÚBLICA DE ANGOLA
actividades: MINISTÉRIO DO TURISMO

Função: Chefe de Cozinha COMUNICADO


A Comissão de Júri, para o Concurso de Ingresso e de Acesso ao Regime Geral
Requisitos:
e Regime Especial, criada pelo Despacho n.º 27/2019, de 24 de Outubro, informa
• Nacionalidade Angolana ou Estrangeiro residente
que, as listas dos candidatos admitidos e não admitidos ao Concurso, estarão
• Formação: Técnico Médio ou Superior, de preferência na área de Hotelaria disponíveis no site do Ministério do Turismo www.mintur.gov.ao, a partir do dia
• Experiência na área da cozinha: 5 / 10 anos 3 de Dezembro de 2019. As provas serão realizadas no dia 11 de Dezembro de
• Capacidade de Liderança e Relacionamento Interpessoal 2019, em local a anunciar.
• Idade: 35 a 50 anos
De realçar que, toda e qualquer informação respeitante ao Concurso de Ingresso
Se é qualificado e disponível, envie a sua candidatura num prazo de 15 e de Acesso, estarão disponíveis no referido site.
dias, a contar da data de publicação desse anúncio, para o correio elec-
trónico: rh_sabormais@outlook.pt com os seguintes documentos em COMISSÃO DE JÚRI PARA O CONCURSO DE INGRESSO E DE ACESSO DO
anexo. MINISTÉRIO DO TURISMO, em Luanda, aos 27 de Novembro de 2019.

Referência Profissional, Curriculum Vitae, Cópia do B.I, Comprovativo dos O PRESIDENTE


Níveis Académicos. AMARO FRANCISCO
(2.771) (501.632)

A Ango Rayan, empresa nacional no ramo do Comércio, Indústria e Cons- SOJA - SINDICATO DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE ANGOLA
trução Civil, é detendora de uma Fábrica de Plásticos Diversos, uma Fá- SECRETARIADO NACIONAL
brica de Sacos Plásticos e uma Fábrica de Tintas e, vem, por este meio,
RECRUTAMENTO convidar candidatos a apresentarem as suas candidaturas ao seguinte em-
CONVOCATÓRIA n.º 4/2019
prego:

Vaga Disponível: A Mesa da Assembleia-Geral do SOJA convoca, nos ter-


“A CENTROVITA, S.A. está a recrutar 1 mos do n.º 2 do art.º 24.º, conjugados com as alíneas i do
Técnico de Análise de Produção
(um) especialista, com as seguintes ca- Local: Luanda
art.º 20.º e da alínea a) do art.º 21.º do Estatuto do Sindi-
cato dos Oficiais de Justiça, todos Oficiais de Justiça de
racterísticas: Médico (a) Especialista em Formação Académica: Diploma Superior e Experiência Comprovada
Angola, a participarem na Assembleia-Geral Extraordiná-
Requisitos:
Geriatria, com experiência comprovada • Curso técnico em plásticos; ria, no dia 13 de Dezembro de 2019, pelas 08h30, no Pa-
• Conhecimento das normas e de gestão da qualidade, ambiente e segurança; lácio da Justiça, com a seguinte ordem de trabalho:
de, no mínimo, 5 anos. Enviar Curriculum • Conhecimentos e bom domínio de máquinas de injecção e extrusora;
1. Alteração do Estatuto à luz da nova realidade;
• Domínio de informática;
Vitae, para o e-mail: • Domínio da Língua Inglesa, falada e escrita 2. Votação;
• Domínio do Primavera Executive;
contacto@centrovita.co.ao” • Experiência mínima: 5 anos em funções similares;
A presença de todos é indispensável, para o bem da
• Idade compreendida entre os 25 e 45 anos;
Justiça de Angola.
Os candidatos deverão enviar o CV, Cópia do B.I. e dos Certificados acom-
DEPARTAMENTO DOS RECURSOS HUMANOS panhado com a carta de candidatura para o endereço electrónico: Luanda, aos 27 de Novembro de 2019.
info@angorayan.com, mencionando a Referência K11/2019, no prazo
Coordenadora de Recursos Humanos de até 7 dias após essa publicação.
BRANCA DE CARVALHO FRANCISCO O Presidente da Mesa em Exercício
Luanda, 26 de Novembro de 2019. Joaquim de Brito Teixeira
(2747) (2750) (2.800)
Sábado
30 de Novembro de 2019 21
PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA REPÚBLICA DE ANGOLA


GOVERNO PROVINCIAL DE CABINDA GOVERNO PROVINCIAL DE CABINDA
ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE CACONGO ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE BELIZE

ANÚNCIO DE CONCURSO PÚBLICO ANÚNCIO DE CONCURSO PÚBLICO


A ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE CACONGO, vem tornar público, conforme disposto nos artigos A ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE BELIZE, vem tornar público, conforme disposto nos artigos 22.º
22.º n.º 1 alínea a) e 69.º da Lei dos Contratos públicos, que está aberto Concurso Público,no âmbito do n.º 1 alínea a) e 69.º da Lei dos Contratos públicos, que está aberto Concurso Público,no âmbito do Plano
Plano Integrado de Intervenção dos Municípios – PIIM, para a execução da seguinte aquisição de bens, cons- Integrado de Intervenção dos Municípios – PIIM, para a execução da seguinte empreitada de obras públicas,
tante do Programa de Investimentos Públicos da Província de Cabinda, para o presente ano económico de constante do Programa de Investimentos Públicos da Província de Cabinda para o presente ano económico
2019: de 2019:
1) Ref.ª 005.PIIM-ADMCAC.2019 – AQUISIÇÃO DE MEIOS E EQUIPAMENTOS PARA O SANEAMENTO 1) Ref.ª 028.PIIM-ADMBEL.2019 – EMPREITADA DE CONSTRUÇÃO DE ESCOLA DE 12 SALAS, EM BE-
BÁSICO E OPERAÇÕES DE MANUTENÇÃO DE VIAS TERCIÁRIAS – MUNICÍPIO DE CACONGO - LIZE – MUNICÍPIO DE BELIZE - PREÇO BASE: AKZ 336.000.000,00.
PREÇO BASE: AKZ 268.800.000,00;
As entidades interessadas em concorrer podem proceder à consulta e levantamento da respectiva documen-
As entidades interessadas em concorrer podem proceder à consulta e levantamento da respectiva documen-
tação do Concurso, contra apresentação do comprovativo de pagamento do valor definido nos termos do De-
tação do Concurso, contra apresentação do comprovativo de pagamento do valor definido nos termos do De-
creto Presidencial n.º 196/16, de 23/09, até à data limite para apresentação das propostas, referida infra,
creto Presidencial n.º 196/16, de 23/09, até à data limite para apresentação das propostas, referida infra,
indicando a ref. ª a que concorrem, na morada seguinte:
indicando a ref. ª a que concorrem, na morada seguinte:
GOVERNO DA PROVÍNCIA DE CABINDA
GOVERNO DA PROVÍNCIA DE CABINDA
SECRETARIA GERAL - UNIDADE DE CONTRATAÇÃO PÚBLICA
SECRETARIA GERAL - UNIDADE DE CONTRATAÇÃO PÚBLICA
AV. DR. ANTÓNIO AGOSTINHO NETO, 1 – ZONA A – BAIRRO MARIEN NGOUABI – CABINDA – PRO- AV. DR. ANTÓNIO AGOSTINHO NETO, 1 – ZONA A – BAIRRO MARIEN NGOUABI – CABINDA – PRO-
VÍNCIA DE CABINDA VÍNCIA DE CABINDA
TELEFONE: +244947727877/913029698 TELEFONE: +244947727877/913029698
E-MAIL: ucp@cabinda.gov.ao E-MAIL: ucp@cabinda.gov.ao

O critério de adjudicação adoptado para todas as referências é o da proposta economicamente mais van- O critério de adjudicação adoptado para todas as referências é o da proposta economicamente mais van-
tajosa, de acordo com o definido no Programa de Concurso. tajosa, de acordo com o definido no Programa de Concurso.
O prazo limite para a recepção de pedidos de peças do procedimento ou para aceder aos documentos é de O prazo limite para a recepção de pedidos de peças do procedimento ou para aceder aos documentos é de
10 (dez) dias, contados a partir do terceiro dia depois da publicação do anúncio. 10 (dez) dias, contados a partir do terceiro dia depois da publicação do anúncio.
A data limite para a apresentação das propostas será o dia 15/12/2019, independentemente da data de publi- A data limite para a apresentação das propostas será o dia 15/12/2019, independentemente da data de pu-
cação do presente anúncio na III série do Diário da República. blicação do presente anúncio na III série do Diário da República.
Não serão admitidas propostas variantes. Não serão admitidas propostas variantes.
Não é exigível caução provisória. Não é exigível caução provisória.
Todas as informações e esclarecimentos relativos às peças de procedimento, candidaturas e propostas po- Todas as informações e esclarecimentos relativos às peças de procedimento, candidaturas e propostas po-
derão ser obtidas na morada supra referenciada, dentro do horário normal de expediente da Função Pública, derão ser obtidas na morada supra referenciada, dentro do horário normal de expediente da Função Pública,
ou seja, das 8h00 às 15h30, de 2ª a 5ª feira e das 8h00 às 15h00, de 6ª feira. ou seja, das 08:00 às 15:30, de 2.ª a 5.ª feira e das 8h00 às 15h00, à 6.ª feira.

ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE CACONGO, ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE BELIZE

ADMINISTRADORA MUNICIPAL O ADMINISTRADOR MUNICIPAL


MARTA BEATRIZ GIME FRANCISCO JOSÉ PUATI

(2721) (2722)

REPÚBLICA DE ANGOLA REPÚBLICA DE ANGOLA


GOVERNO PROVINCIAL DE CABINDA MINISTÉRIO DO AMBIENTE
ANÚNCIO DE CONCURSO PÚBLICO
GABINETE DA MINISTRA

O GOVERNO DA PROVÍNCIA DE CABINDA, vem tornar público, conforme disposto nos artigos 22.º n.º 1 alínea a) e 69.º da
Lei dos Contratos públicos, que está aberto Concurso Público, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção dos Municípios – As Direcções dos Ministérios do Ambiente e da Agricultura e Florestas infor-
PIIM, para a execução das seguintes empreitadas de obras públicas, constantes do Programa de Investimentos Públicos da
Província de Cabinda para o presente ano económico de 2019: mam ao público em geral que vêm acompanhando com bastante preocupa-
1) Ref.ª 002.PIIM.GPC.2019 – EMPREITADA DE REABILITAÇÃO E APETRECHAMENTO DO CENTRO DE SAÚDE DE CHI- ção e repúdio a atitude assumida por populares, que de forma irresponsável
WECA – MUNICÍPIO DE CABINDA - PREÇO BASE: AKZ 320.000.000,00;
2) Ref.ª 003.PIIM.GPC.2019 – EMPREITADA DE CONSTRUÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA SEDE têm ateado fogo, provocando como consequência queimadas de grande es-
COMUNAL DE INHUCA– MUNICÍPIO DE BUCO-ZAU – PREÇO BASE: AKZ 320.000.000,00; cala que têm contribuído para o desmatamento da Floresta do Cumbira, lo-
3) Ref.ª 004.PIIM.GPC.2019 – EMPREITADA DE REABILITAÇÃO E AMPLIAÇÃO DO HOSPITAL MUNICIPAL DE BELIZE– MU-
NICÍPIO DE BELIZE - PREÇO BASE: AKZ 246.397.508,00; calizada no coração da Serra do Cumbira, na Província do Cuanza Sul.
4) Ref.ª 006.PIIM.GPC.2019 – EMPREITADA DE CONSTRUÇÃO DA ESCOLA PRIMÁRIA DE CACONGO – MUNICÍPIO DE
CACONGO - PREÇO BASE: AKZ 393.380.344,89;
5) Ref.ª 007.PIIM.GPC.2019 – EMPREITADA DE REABILITAÇÃO SO SISTEMA ELÉCTRICO DO HOSPITAL PROVINCIAL DE A Floresta do Cumbira é de valor inestimável para o País devido a sua im-
CABINDA – MUNICÍPIO DE CABINDA - PREÇO BASE: AKZ 442.630.253,88; portância no sequestro de carbono, bem como pela sua riqueza em diversi-
6) Ref.ª 008.PIIM.GPC.2019 – EMPREITADA DE REABILITAÇÃO DO HOSPITAL MUNICIPAL DE CHINGA – MUNICÍPIO DE
CABINDA - PREÇO BASE: AKZ 354.596.014,50;
dade biológica que em muito contribui para o equilíbrio ecológico importante
7) Ref.ª 018.PIIM.GPC.2019 – EMPREITADA DE CONSTRUÇÃO E APETRECHAMENTO DA ESCOLA DE 12 SALAS PUNIV à vida humana.
– MUNICÍPIO DE CACONGO - PREÇO BASE: AKZ 320.000.000,00;
8) Ref.ª 020.PIIM.GPC.2019 – EMPREITADA DE REABILITAÇÃO E APETRECHAMENTO DO POSTO DE SAÚDE 4 DE FE-
VEREIRO (MACOCO) – MUNICÍPIO DE CABINDA - PREÇO BASE: AKZ 189.347.386,39 Pelo grande valor e importância que lhe são atribuídos, a Floresta do Cumbira
As entidades interessadas em concorrer podem proceder à consulta e levantamento da respectiva documentação do Concurso, concorre a uma das novas Áreas de Conservação para a protecção da fauna
contra apresentação do comprovativo de pagamento do valor definido nos termos do Decreto Presidencial n.º 196/16, de 23/09,
até à data limite para apresentação das propostas, referida infra, indicando a ref. ª a que concorrem, na morada seguinte:
e flora selvagem de Angola.
GOVERNO DA PROVÍNCIA DE CABINDA
SECRETARIA GERAL - UNIDADE DE CONTRATAÇÃO PÚBLICA
AV. DR. ANTÓNIO AGOSTINHO NETO, 1 – ZONA A – BAIRRO MARIEN NGOUABI – CABINDA – PROVÍNCIA DE CABINDA
O desmatamento de forma arbitrária, fruto das queimadas, é considerado um
TELEFONE: +244947727877/913029698 crime ao ambiente, daí que, as Direcções destes Departamentos Ministeriais
E-MAIL: ucp@cabinda.gov.ao reiteram que não vão tolerar de forma impávida as acções destes indivíduos
O critério de adjudicação adoptado para todas as referências é o da proposta economicamente mais vantajosa, de acordo
com o definido no Programa de Concurso. que tendem a destruir o património natural, ambiental que a todos angolanos
O prazo limite para a recepção de pedidos de peças do procedimento ou para aceder aos documentos é de 10 (dez) dias, con- pertence.
tados a partir do terceiro dia depois da publicação do anúncio.
A data limite para a apresentação das propostas será o dia 15/12/2019, independentemente da data de publicação do presente
anúncio na III série do Diário da República. Assim sendo, o Ministério do Ambiente e o Ministério da Agricultura e Flores-
Não serão admitidas propostas variantes.
Não é exigível caução provisória. tas estão engajados junto dos órgãos afins no sentido de responsabilizar civil
Todas as informações e esclarecimentos relativos às peças de procedimento, candidaturas e propostas poderão ser obtidas na e criminalmente os prevaricadores pelos actos perpetrados contra o ambiente
morada supra referenciada, dentro do horário normal de expediente da Função Pública, ou seja, das 8h00 às 15h30, de 2.ª a 5.ª
feira e das 8h00 às 15h00, à 6.ª feira. que atentam contra a flora, fauna e as comunidades na periferia deste impor-
tante património natural.
GABINETE DO GOVERNADOR DA PROVÍNCIA DE CABINDA

O GOVERNADOR PROVINCIAL
MARCOS ALEXANDRE NHUNGA
GABINETE DA MINISTRA DO AMBIENTE, em Luanda, aos 26 de Setembro de 2019.

O DIRECTOR DO GABINETE
(2723)
REIS LUÍS (700.094)
22 Sábado
30 de Novembro de 2019

PUBLICIDADE

República de Angola
Governo Provincial do Bié
Administração Municipal do Chinguar

Anúncio de abertura do Concurso Público

Concurso Público N.º 187/ADM.CHING/PIIM/2019

A Administração Municipal do Chinguar vem tornar público, nos termos do disposto no n.º 1 do art. 69.º e do Anexo VI, da Lei
n.º 9/16, de 16 de Junho – Lei dos Contratos Públicos, que está aberto o Concurso Público, para o Saneamento Básico e
Gestão de Resíduos sólidos do Município do Chinguar:

1. Dados da Entidade Pública Contratante (EPC) 5. Processo


1.1. Designação (UO/OD): Administração Municipal do Chinguar. 5.1. Condições para obtenção das peças do procedimento.
1.2. Endereço: Rua Emílio de Carvalho. 5.1.1. Prazo para recepção de pedidos das peças do proce-
1.3. Localidade: Chinguar. dimento ou para aceder aos documentos:
1.4. Província: Bié Data: até 13 de Dezembro de 2019
1.5. Telefone: 940 301 013 / 923 083 695. Horas: 8h00-15h30.
1.6. Correio Electrónico: adm.chinguar@hotmail.com 5.1.2. Preços e condições de obtenção das peças do proce-
1.7. Tipo de entidade contratante e suas principais activida- dimento:
des: Preço: Akz: 115.200,00. Condições: as peças do procedi-
1.8. A EPC não está a contratar por conta de outras entidades? mento serão adquiridas após pagamento da taxa e apresen-
Não tação do comprovativo do pagamento na Conta Única do
Tesouro IBAN:AO06.0005.0000.4504.0981.1019.7 BCI, nos
2. Informações relativas ao contrato termos do n.º 1 e 2 do artigo 5.º do Decreto Presidencial n.º
2.1. Designação dada ao contrato pela EPC: 196/16 de 23 de Setembro - Regulamento sobre a Taxa a co-
Saneamento Básico e Gestão de Resíduos brar pela disponibilização das Peças do Procedimento de
sólidos do Município do Chinguar. Contratação Pública.
2.2. Tipo de contrato: Aquisição de serviços. 5.2. Prazo para apresentação das propostas de acordo ao
2.3. Local da realização da Prestação de serviços: Município n.º 2 do artigo 67.º LCP:
do Chinguar. Data: até 13 de Dezembro de 2019
2.4. O concurso implica a celebração de um contrato público? Hora: 09h:30.
Sim.
2.5. O Concurso está aberto à participação de entidades es- 6. Informações complementares
trangeiras? Não. 6.1 Endereço e ponto de contacto onde podem ser obtidas as
2.6. Breve descrição das prestações objecto do contrato: informações adicionais, as peças do procedimento e enviadas
2.7. Valor estimado do contrato: Akz: 230.400.000,00. as propostas:
2.8. Prazo de execução do contrato: 3 a 18 meses. 6.2 Designação oficial: Administração Municipal do Chinguar.
6.3 Endereço: Rua Emílio de Carvalho.
3. Informações relativas aos concorrentes e às propostas: 6.4 Localidade: Chinguar.
3.1. Documentos de habilitação: Previstos no artigo 58.º da 6.5 Província: Bié
Lei n.º 9/16 de 16 de Junho. 6.6 Telefone: 940 301 013 / 923 083 695.
3.2. Admissão de propostas variantes: Não. 6.7 Email: adm.chinguar@hotmail.com.
3.3. Exigência de caução provisória: Não.
Administração Municipal do Chinguar, aos 14 de Novem-
4. Critério de adjudicação bro de 2019.
Proposta economicamente vantajosa, tendo em conta os fac- O Administrador Municipal
tores enunciados nas peças do procedimento. Afonso Belo Sanguvila

(501.629)
REGIÕES Sábado
30 de Novembro de 2019 23
TEMPERATURA TENDE A AUMENTAR CUITO PRECISA DE MAIS ESCOLAS
MARCELINO MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO | NDALATANDO

Mais de dez mil crianças


fora do sistema de ensino
Delfina Victorino | Cuito 1.548 no I Ciclo e 655 no II. Cuito, acrescentando que
“é triste constatarmos escolas
Escolas vandalizadas construídas de raiz e equi-
O município do Cuito, no A Administração Municipal padas com meios de ensino
Bié, tem cerca de 10.940 do Cuito está preocupada em estado desolador.”
crianças fora do sistema de com a vandalização de esco- O administrador muni-
ensino e, para o seu enqua- las em várias localidades. cipal solicitou aos encarre-
dramento, são necessárias A preocupação foi mani- gado s de e ducação e à s
mais 290 unidades escolares, festada pelo administrador autoridades tradicionais mais
segundo o administrador Avis Agostinho Vieira, que envolvimento no processo
Avis Agostinho Vieira. apela à população para pre- de ensino e aprendizagem.
O administrador adiantou servar os bens públicos. Avis Agostinho Vieira
que, além das 10.940 crian- “A população deve cul- reconheceu a escassez de
População é aconselhada a evitar o abate anárquico de árvores e a fazer o reflorestamento ç a s q u e ag u a rd a m p e l a tivar o sentimento de per- escolas primárias e secun-
entrada no sistema de ensino, tença das infra-estruturas dárias construídas de raiz
pela primeira vez, outras públicas e meios de ensino em várias aldeias do Cuito,

Florestas de Cazengo
tantas, que já frequentaram colocados à disposição das mas solicitou a contribuição
aulas, estão sem estudar por comunidades”, disse o admi- da população na preservação
escassez de salas, das quais ni strador municipal do dos bens públicos.
22.117 do ensino primário, DELFINA VICTORINO | EDIÇÕES NOVEMBRO | BIÉ
5.886 do primeiro ciclo e

estão a ser devastadas 3.914 do segundo ciclo.


O município do Cuito,
acrescentou o administra-
dor, tem 160 escolas do
ensino primário, 26 colégios,
Para inverter o quadro que preocupa vários munícipes,
quatro liceus, dois magis-
o Gabinete Provincial do Ambiente, Gestão de Resíduos térios primários, dois ins-
Sólidos e Serviços Comunitários tem disponíveis titutos técnicos e quatro
institutos politécnicos.
mais de mil mudas de plantas ornamentais, para Segundo Avis Agostinho
o repovoamento da cidade de Ndalatando e arredores Vieira, o programa da Admi-
nistração Municipal do Cuito
Marcelo Manuel | Ndalatando rir ao aumento da tempera- da temperatura em Ndala- permitiu a construção de
tura em áreas urbanas. Na tando e arredores resulta de duas escolas este ano, quatro
sua opinião, isso acontece um processo climático glo- estão em construção e 24
A devastação do pulmão flo- devido à falta de áreas verdes, bal, derivado da devastação por reconstruir, para se jun-
restal do morro do Binda, da excesso de construções, das florestas, desertificação tarem às 215 em funciona-
floresta do Quilombo e das asfalto e poluição. e queimadas. mento. O município sede da
fosforeiras no Lucala, bem A forma mais eficaz de Fez saber que nos últimos província do Bié tem 322
como a caducidade de árvo- combater a ilha de calor, cinco anos as entidades professores da iniciação,
res ornamentais plantadas acrescentou, é o plantio de governamentais do muni- 1.176 no ensino primário, Administrador do Cuito “radiografa” sector da Educação
na década dos anos 80, são árvores, que ajudam a for- cípio de Cazengo procederam
apontadas por alguns habi- necer sombras. ao plantio de mais de três
tantes de Cazengo como as De acordo com a Agência mil árvores, em diversas ruas OBRAS DE REQUALIFICAÇÃO NO UÍGE HUAMBO
principais causas do aumento de Protecção Ambiental dos e bairros da cidade de Nda-
da temperatura em Ndala- EUA, ainda segundo Yuri latando, mas, infelizmente,
tando, nos últimos anos. Manuel, uma área som- a maior parte delas foi van- Mungo melhora
O Jornal de Angola soube
de fonte oficial que nos últi-
breada pode ser até sete
graus mais fresca do que
dalizada pela população,
sem causa aparente.
Ruas da sede do Puri abastecimento
mos cinco anos o Depar-
t a m e n t o P rov i n c i a l d o
Ambiente e a Administração
áreas expostas ao sol.
“Amenizando o calor,
ameniza-se, também, a quan-
Importância das árvores
O chefe de Departamento
recebem novo asfalto de água potável
Municipal de Cazengo plan- tidade de energia gasta para do Ambiente do Gabinete Valter Gomes | Uíge sendo uma com 12 salas de Justino Marcolino| Huambo
taram mais de três mil árvo- a refrigeração de ambientes, Provincial do Ambiente, Ges- aula, na sede do município,
res de rápido crescimento, o que, consequentemente, tão de Resíduos Sólidos e As ruas do casco urbano do duas com sete salas de aula O município do Mungo, no
com o propósito de atenuar também diminui a emissão S e r v i ç o s C o m u n i tá r i o s município do Puri, na pro- cada, nas aldeias de Tomessa Huambo, conta com mais três
a situação, cuja maior parte de gases de efeito estufa na aponta a falta de conheci- víncia do Uíge, vão beneficiar e Calumbo. sistemas de abastecimento de
delas foi destruída por alguns atmosfera”, rematou. mento sobre a importância de obras de terraplanagem, A conclusão da escola para água potável, cujas obras fica-
citadinos, antes de atingirem Yuri Manuel fez saber que das árvores como factor fun- asfaltagem e sinalização ver- o magistério primário, a ram orçadas em seis milhões
a fase adulta. as árvores realizam natural- damental da destruição e tical e horizontal, a partir do construção de um centro de kwanzas, no âmbito do
Estima-se que entre os mente um processo de eva- arranque das mesmas. próximo ano, no quadro do materno-infantil e a melhoria programa do Executivo de
anos 70 e 80 a cidade de Nda- potranspiração, tendo avançado Revelou que a devastação Programa Integrado de Inter- dos jardins e do saneamento combate à fome e à pobreza.
latando tinha mais de 100 que, durante este processo, do pulmão florestal do Morro ve n ção n o s Mu n i c íp i o s básico da vila constam, Os novos sistemas de cap-
mil árvores, entre eucaliptos, elas libertam vapor de água na do Binda, da Floresta do Qui- (PIIM). Ao todo serão res- também, das empreitadas tação e abastecimento de água
cedros, pinheiros, acácias, atmosfera, ajudando a refrescar lombo e as Fosforeiras no taurados cinco quilómetros, programadas. funcionam à manivela, com
palmeiras e outras, na sua naturalmente o ambiente. Lucala aumentou nos últimos assim como os espaços ver- Enquanto se aguarda a o auxílio de painéis solares.
maioria originárias da Amé- O bio-pedagogo deu a anos, por causa do custo de des, visando melhorar a ima- verba do PIIM, disse, no qua- A administradora municipal
rica do Sul e Ásia, com alturas conhecer que as árvores têm vida e pelo facto de a popu- ge m d a vi l a , s egu n d o a dro do Programa de Combate do Mungo, Rebeca Somaya-
que variam de cinco a 30 grande influência na manu- lação encontrar nestas zonas admini stradora D elfina à Fome e à Pobreza, a admi- cuendje, destacou, na ocasião,
metros de comprimento. tenção do ar e podem limpar condições propícias para o António Henriques. nistração está a reabilitar as acções que estão a ser desen-
Manuel Francisco, de 63 os poluentes atmosféricos. fabrico de carvão vegetal e A governante assegurou duas vias terciárias, com 37 volvidas pelo Executivo e pelo
anos, morador da rua dos Outro benefício oferecido corte de lenha. que as condições básicas quilómetros cada, que ligam governo provincial, sublinhando
Voluntários, desde 1978, conta pelas árvores é a purificação Destacou que para a rever- para o arranque das obras a sede do município às rege- que, no âmbito do programa
que nos anos 80 a cidade de da água. Ao envolver o solo, são do actual cenário, o estão criadas, aguardando- dorias do Cassinga e Quis- de combate à fome e à pobreza,
Ndalatando tinha um verde as plantas funcionam como Departamento do Ambiente se apenas pela disponibili- seque Lulovo, na fronteira o projecto de instalação de sis-
“sem igual”, proporcionado um filtro natural e retentor desenvolve várias acções zação das verbas. com o município de Cangola. temas de captação e abasteci-
por diversas árvores e jardins, de águas. Quanto mais árvo- de moralização e sensibili- “Para assegurar os traba- A administradora avançou mento de água vai abranger as
o que permitiu, na altura, a res presentes nas cidades, zação, através de palestras lhos, foi apurada, num con- que está também em curso zonas periféricas, estando pre-
existência de um clima fresco melhor é o escoamento de ligadas à educação ambien- curso realizado há tempos, o processo de conclusão e vista a entrega, ainda este ano,
e agradável. “Actualmente as água durante as tempestades tal, combate às práticas noci- uma empresa construtora apetrechamento de várias de mais sistemas. “Tínhamos
ruas com árvores e jardins e mais limpo o recurso será. vas ao ambiente e criação chinesa. Estamos confiantes, obras inacabadas, como que percorrer longas distâncias
dignos de realce são a avenida de ambiente sadio. sem medo de errar, que escolas, postos e centros de em busca de água para o con-
Doutor António Agostinho Aquecimento global Afirmou que neste momento vamos melhorar a imagem saúde, mercados rurais e sumo diário ou recorrer a rios
Neto e a rua das Palmeiras”. O chefe de Departamento o departamento que dirige tem da vila”, afirmou. pontes. “A produção agrícola e cacimbas”, disse o munícipe
do Ambiente do Gabinete em sua posse mais de mil Delfina Henriques avan- está a crescer, os camponeses Martins Chiyeto, acrescentando
Ilha de calor Provincial do Ambiente, Ges- mudas de plantas ornamen- çou que dentro do PIIM, o produzem vários produtos que “agora, estamos mais segu-
O bio-pedagogo Yuri Manuel tão de Resíduos Sólidos e tais para o repovoamento município vai ganhar tam- em grande escala, por isso ros e já não teremos doenças
explica que a ilha de calor é Serviços Comunitários, Rui vegetal da cidade de Ndala- bém outras obras, como a as vias de acesso têm que provocadas pelo consumo de
um termo usado para se refe- Sebastião, disse que o aumento tando e arredores. construção de três escolas, ser melhoradas”. água imprópria.”
24 Sábado
30 de Novembro de 2019

PUBLICIDADE

República de Angola
Governo Provincial do Bié
Administração Municipal de Camacupa

Anúncio de abertura de Procedimento de Concurso Público a que se refere o n.º 1


do artigo 24.º conjugado com o n.º 1 do art. 69.º da Lei dos Contratos

Concurso Público N.º 01/209


A ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE CAMACUPA vem tornar público, nos termos do disposto no n.º 1 do artigo 24.º conjugado com o n.º 1 do art.
69.º e do anexo VI da Lei n.º 9/16, de 16 de Junho – Lei dos Contratos Públicos que está aberto o concurso público para os projectos do PIIM cons-
tantes do programa de investimentos públicos de 2019:

01 - Asfaltagem de 12 km da Malha Rodoviária da Sede Municipal de Camacupa (Diplomas) de habilitações profissionais; (*)
02 - Terraplanagens das Vias de Ligação às Sedes Comunais e Embalas do Município - Cópias legíveis dos vistos de trabalho válidos, em caso de utilizar mão-de-obra ex-
de Camacupa patriada na execução da obra; (*)
- Nota importante: A apresentação do documento de Certificação de Fornecedor do
1. Dados da Entidade Pública Contratante (EPC) Estado passado pela Direcção Nacional do Património do Estado (DNPE) dispensa
1.1 - Designação (UO/OD): Administração Municipal de Camacupa a apresentação dos documentos de habilitação constantes do presente número nos
1.2 - Endereço: Rua Governador Raimundo Serrão n.º 7 termos do Decreto Presidencial n.º 198/16 de 26 de Setembro, sobre o Cadastro e
1.3 - Localidade: Camacupa Certificação de Fornecedores do Estado.
1.4 - Província: Bié 3.1.1 Cotação dos documentos que acompanham a proposta:
1.5 - Telefone/Fax: 937668591 / 945586329 Inserir no volume ”Documentos”, de forma que ao ser aberto, os documentos se apre-
1.6 - Correio electrónico: sentem na sequência referida no ponto 3)
Abinomulandacaioca@gmail.com e basilio.pge@gmail.com Na falta de um só dos documentos com (*), e na falta da classe correspondente dos
1.7- Tipo de entidade contratante e suas principais actividades: alvarás e/ou de uma das subcategorias exigidas do mesmo, o candidato/concorrente
1.8 - A EPC está a contratar por conta de outras entidades? Sim X Não não será admitido a concurso.
Não serão aceites talões e/ou recibos em substituição de qualquer dos documentos
2. Informações relativas ao contrato assinalados com (*).
2.1 Designação dada ao contrato pela EPC: 3.2 Admissão de propostas variantes:
2.2 Tipo de contrato: X Empreitada de obras públicas X Não
2.3 Local da realização de obras, da entrega dos bens ou da prestação de serviços 3.3 Exigência de caução provisória:
2.3.1 O local objecto da contratação é na circunscrição territorial do Município de Ca- X Sim
macupa
2.4 O concurso implica a celebração de um contrato público: 4. Critério de adjudicação
X Sim Proposta economicamente mais vantajosa, tendo em conta os factores enunciados
2.5 O concurso está aberto à participação de entidades estrangeiras: nas peças do procedimento.
X Sim.
2.6 Breve descrição das prestações objecto de contrato: Asfaltagem de 12 km da 5. Processo
Malha Rodoviária da Sede Municipal de Camacupa, 5.1 Condições para obtenção das peças de procedimento:
Terraplanagem da Via de Ligação às Sedes Comunais, Embalas de Camacupa. 5.1.1 Prazo para recepção de pedido das peças do procedimento ou para aceder aos
2.7 Prazo de execução dos contratos: 12 meses documentos:
Data: até - 13/12/2019 Hora: 8h00-15h30
3. Informações relativas às concorrentes e as propostas
3.1 Documentos de habilitação: 5.1.2 Preço e condições de obtenção das peças do procedimento.
- Procuração/Credencial conferindo poderes para que a empresa seja representada - Projecto n.º 01 - Preço: 250.000,00
por alguém no concurso em causa (*) - Projecto n.º 02 - Preço: 250.000,00
- Declaração de identificação (Anexo 1) do Programa de Concurso onde, do concor- Depositar na Conta Única do Tesouro N.º 004504098110001 BCI
rente, se indica (*): IBAN: A0060006000040409811019.7
-Descrição social;
- Nº de contribuinte (NIF); 5.2 Prazo para apresentação das propostas de acordo ao n.º 2 do artigo 67.ºLCP:
- Localização da sede Data: até 16/12/2019 Horas: 15h00
- Sucursal que pretende envolver na execução do contrato; 5.3 Valor da caução definitiva: 5% do preço global da proposta.
- Nomes dos membros dos corpos sociais e de outras pessoas com poderes para a
obrigarem; 6. Informações Complementares
- Nº da Certidão de constituição e das alterações do pacto social; 6.1 Endereço e ponto de contacto onde podem ser obtidas as informações adicionais,
- Cópia completa e perfeitamente legível do alvará actualizado; as peças do procedimento e enviadas propostas:
- Declaração actualizada da regularização da situação tributária perante o Estado An- 6.1.1 Designação oficial: Administração Municipal de Camacupa – Secretaria da Ad-
golano; (*) ministração Municipal de Camacupa
- Declaração actualizada da regularização das contribuições para Segurança Social 6.1.2 Endereço: Rua Governador Raimundo Serrão n.º 7
em Angola; (*) 6.1.3 Localidade: Camacupa
- Cópias legíveis do DAR+DLI do pagamento de Imposto Industrial referente ao ano 6.1.4 Província: Bié
de 2018 ou cópia completa válida e legível da isenção de pagamento de impostos, 6.1.5- Telefone/Fax: 937668591 e 945586329
emitida pelo Órgão competente; (*). 6.1.6 - Correio electrónico:
- Cópias da certidão de registo comercial de Constituição e das Alterações do Pacto Abinomulandacaioca@gmail.com e basilio.pge@gmail.com
Social (se houver), publicados em diário da república; (*)
- Cópia perfeitamente legível do Certificado de Registo Estatístico; (*) Administração Municipal de Camacupa, em Camacupa, 18 de Novembro de 2019.
- Relação de equipamentos técnicos, ferramentas e acessórios disponíveis que cons-
tituem património comprovativo da capacidade técnica da Empresa. (*) A Administradora Municipal,
- Curriculum dos técnicos a integrar na execução da obra e respectivos certificados Dra. Alcida Celeste Jesus Camateli

(501.628)
Sábado
30 de Novembro de 2019 25
PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA
▬▬▬■■■■■▬▬▬
MINISTÉRIO DA ECONOMIA
UNIDADE TÉCNICA DE COORDENAÇÃO DO PRODESI

NOTA DE IMPRENSA SOBRE O FINANCIAMENTO DE PROJECTOS AO ABRIGO DO PAC

A Unidade Técnica de Coordenação do PRODESI (UTC-PRODESI) realizou, no dia 27 de Novembro de 2019, a sexta reunião de trabalho, no âmbito da implementação do Projecto
de Apoio ao Crédito (PAC), entre o Ministério da Economia e Planeamento (MEP), as Empresas de Consultoria Faz Gest, Agromotora e Uranos, três (3) Bancos Comerciais subscritores
do PAC (BFA, BCI e BAI) e o Grupo Técnico Empresarial (GTE).

Encontram-se, em análise, cento e dois (102) projectos, distribuídos pelos oito (8) Bancos Comerciais, totalizando AKZ 270.828.728.857, dos quais, à data, treze (13) foram aprovados,
sendo que destes, oito (8), ao abrigo do Aviso n.º 7/2019 do BNA, que correspondem a AKz13.151.939.466, e cinco (5), no âmbito do PAC, que totaliza AKz 7.759.830.000.

Dentre os vários temas abordados, se destacou o balanço do primeiro períplo (com início a 18 de Novembro do corrente ano) de visitas aos projectos do sector privado, nas províncias de
Benguela e Huíla, por equipas multissectoriais da UTC-PRODESI, coordenadas pelo Exmo. Secretário de Estado para a Economia e que integram quadros dos Ministérios da Economia e
Planeamento, Agricultura e Florestas, Pescas e do Mar, Indústria, Ambiente, do INAPEM, das áreas comerciais dos bancos subscritores ao PAC, Governos Provinciais, bem como do GTE.

No essencial, o balanço das visitas, se resume em quarenta e quatro (44) projectos visitados, em Benguela, e quinze (15) projectos, na Huíla, conforme mapa abaixo:

Outrossim, o MEP recomendou maior engajamento aos bancos na divulgação das condições de acesso ao crédito nas agências bancárias de todo o país.

Luanda, aos 27 de Novembro de 2019.

MINISTÉRIO DA
ECONOMIA E
PLANEAMENTO
(501.637a)
26 SOCIEDADE Sábado
30 de Novembro de 2019

DADOS REVELADOS NA VI JORNADAS DO HOSPITAL SANATÓRIO RISCOS DE ASSALTO HOSPITAL MILITAR


MARIA AUGUSTA | EDIÇÕES NOVEMBRO
JAIMAGENS/FOTÓGRAFO

Bancos condicionam
levantamento de valores
André da Costa zir as situações delituosas
à saída dos bancos.
Os BancosComerciais só pode- O secretário de Estado con-
rão permitir aos seus clientes siderou fundamental capacitar
efectuarem o levantamento o pessoal de guarda das
de avultadas somas de valores empresas de segurança e
monetários mediante protecção torná-lo, cada vez mais, efi-
policial ou de empresas voca- ciente e eficaz para corres-
cionadas para o efeito, advertiu ponder, satisfatoriamente, ao
na quinta-feira, em Luanda, sistema de segurança nas dis-
o secretário de Estado do Interior tintas instituições bancárias.
para o Asseguramento Técnico Para Fernando Gomes,
e Infra-estruturas. gestor da empresa de segu- Bombeiros impediram
O comissário-chefe Sal- rança Skoll, os assaltos no o alastramento do fogo
vador José Rodrigues falava interior dos bancos são da
na cerimónia de abertura da inteira responsabilidade do
reunião entre a Polícia Nacio-
nal, empresas privadas de
pessoal da segurança, mas
que não se pode assumir res-
Incêndio
segurança e conselhos de
administração das institui-
ponsabilidade quando, na
verdade, os clientes são assal-
destrói parte
ções bancárias e financeiras
sedeadas em Luanda, .
tados fora do Banco.
“As instituições bancárias
da área de
Segundo Salvador Rodri-
gues, o Ministério do Interior
estão a retirar o sistema de
pagamento às empresas, via
Cirurgia
está preocupado com as multicaixa, o que faz com que Um incêndio de pequenas
empresas que asseguram muitos se dirijam às agências proporções ocorreu, na
as instituições bancárias, para proceder ao levanta- manhã de ontem, no Hospital
atendendo os últimos acon- mento de avultadas somas Militar Principal, destruindo
tecimentos. Sublinhou que, monetárias”, assegurou. parcialmente parte da área
com base nisso, houve a No final do encontro, os de cirurgia.
necessidade de se auscultar participantes agradeceram O incêndio, que não cau-
Director do hospital considerou preocupante os casos de pacientes que abandonam o tratamento os responsáveis das insti- a Polícia Nacional, conside- sou vítimas humanas, defla-
tuições e toda a sua envol- rando ser a medida mais grou numa estrutura em que
vência no sentido de haver ajustada, por ser uma res- estão instalados os equipa-
uma concertação para redu- ponsabilidade de todos. mentos modernos de última

12 por cento de doentes DR


geração, segundo fonte dos
Bombeiros.
A Angop apurou que parte
dos pacientes foi evacuada

com VIH têm tuberculose para outros compartimentos


com maior segurança.
A rápida intervenção dos
Com um atendimento de perto de 200 pacientes por dia, a efectivos do Quartel Principal
dos Bombeiros, localizado
unidade sanitária recebe pacientes de outros hospitais a cerca de 100 metros, impe-
diu que o fogo se alastrasse
Manuela Gomes famílias, como um dos fac- culose, daí a atenção espe- para as outras áreas.
tores que concorre para o cial dada a estas. Para se A fonte presume que um
Doze por cento de pessoas abandono ao tratamento da inverter o quadro, foi criado curto-circuito esteja na ori-
que padecem do VIH/Sida, doença, por isso, apelou a o programa “Nascer livre Capital do país registou assaltos à saída de bancos gem do incêndio.
que ocorrem ao Hospital um maior engajamento da para brilhar”.
Sanatório de Luanda, também sociedade civil no tratamento
estão afectadas com a tuber- directamente observado, Diagnóstico deficiente HOJE NA PRAIA DA MABUNDA e empresas privadas realizam
culose, considerada doença que não tem sido realizado Ao abordar o tema “Impor- várias actividades.
oportunista, revelou, ontem, devido a insuficiência de tância da implementação de Através da campanha de
em Luanda, o director-geral
daquela unidade sanitária.
R o d r i g u e s B e r n a rd o
técnicos na área. um sistema de qualidade no
diagnóstico de TB”, a médica
Márcia de Carvalho admitiu
Associações promovem limpeza, a Associação Mundo
Verde e a UE pretendem que
haja o envolvimento do
falava na abertura das Sextas
Jornadas do Hospital Sana-
tório de Luanda, realizadas
Especialista, Márcia
de Carvalho,
defende a mudança
que o Sistema Nacional de
Saúde no país ainda carece
da implementação de um
campanha de limpeza público. "Ao recolher o lixo
das praias, as pessoas saberão
reconhecer os artigos de uti-
ontem sob o lema “Na linha de política no processo de qualidade no Ferraz Neto Mabunda, em Luanda, deve- lização única, como coto-
da frente para pôr fim a Sistema Nacional de diagnóstico da tuberculose. se ao facto de o local desem- netes, palhinhas, sacos,
tuberculose e controlar o Saúde para a A especialista defende a Uma campanha de limpeza bocar numa vala de drenagem garrafas e talheres de plástico,
VIH/Sida em Angola”. melhoria da mudança de política no Sis- para a remoção de lixo ao que arrasta águas residuais, deixados nas praias", des-
O responsável disse que, qualidade em tema Nacional de Saúde para longo da praia da Mabunda, com todo o tipo de detritos, tacou o ambientalista.
em termos de incidência, o termos de a melhoria da qualidade em no Distrito Urbano da Samba, de vários pontos de Luanda, Deste modo, Nuno Cruz
número de doentes têm resultados, termos de resultados refe- em Luanda, realiza-se hoje, referindo que, com isso, apelou a participação de todos
aumentado, o que significa referentes aos rente aos pacientes com a partir das 7 horas e se esten- está sujeito a contaminação na campanha de limpeza,
que as pessoas passaram a pacientes com tuberculose, tendo em conta derá ao longo do dia. das diferentes espécies do por estimular a mudança de
ter mais confiança na pres- tuberculose que muitos ainda recorrem Numa iniciativa da União mar e compromete a acti- comportamento, informando
tação de cuidados à doença. às unidades privadas para Europeia (UE), em parceria vidade de pesca, que é exer- que anualmente são despe-
Com um atendimento de um melhor diagnóstico. com o Ministério do Ambiente cida no local. jados no mar oito milhões de
perto de 200 pacientes por Quanto aos fármacos para Segundo Márcia de Car- e a Associação Nação Verde, O presidente da Associa- toneladas de resíduos de plás-
dia, entre o Banco de Urgên- o atendimento de qualidade valho, as máquinas exis- a campanha consta das cele- ção Nação Verde reconhece tico e a limpeza das praias
cia e consulta externa, a uni- atempado, garantiu que, até tentes são actuais e estão brações do Dia Internacional que a praia da Mabunda não resolve, por si só, este
d a d e s a n i t á r i a re c e b e , agora, não há rotura, pois, dentro do padrão interna- para a Limpeza Costeira, que encontra-se num ponto onde enorme desafio.
também, pacientes de outras referiu que na unidade exis- cional, mas o problema está se assinala hoje. existem inúmeras embar- Segundo dados divulgados
unidades suspeitos de tuber- tem medicamentos de pri- na falta de técnicos para Em declaração ao Jornal cações inoperantes que ser- pela ONU, estima-se que
culose. “Muitos desses trans- meira e segunda linha e outros manuseamento destas. de Angola, Nuno Cruz, pre- vem de habitação, mas que cinco a 12 milhões de tone-
feridos, na sua maioria, vêem fármacos para as duas fases. As Sextas Jornadas do sidente da Associação Nação não possuem latrinas, o que ladas de plástico enchem os
com exames primários já O director do sanatório Hospital Sanatório de Verde, disse que a iniciativa, obriga a população a fazer oceanos anualmente, o que
feitos e sugestivos de tuber- informou que as obras de Luanda foram abertas pelo denominada “Meu resíduo, as necessidades ao ar livre, origina a morte de mais de
culose”, precisou. reparação no hospital per- secretário de Estado da minha responsabilidade”, aumentando, deste modo, um milhão de aves marinhas
Relativamente aos doentes mitiram a melhoria no fun- Saúde, Leonardo Inocêncio foi instituída pela UE, em o risco de contágio da água. (90% delas comem plástico)
que abandonam o trata- cionamento do Banco de que, na ocasião, reafirmou 2014, e que, neste mesmo Nuno Cruz lembrou que, e 100 mil tartarugas, focas
mento, Rodrigues Bernardo Urgência, que se encontrava as prioridades do Executivo ano, 80 países aderiram à para celebração da data, em e baleias, além de um imenso
considerou ser um sério pro- em péssimas condições. no que toca à medidas de data, que visa à conscien- diferentes partes do mundo, número de peixes.
blema, porque quase a quarta O também médico mani- promoção, prevenção, tra- cialização da sociedade sobre as embaixadas da União Euro- O Dia Internacional da
parte dos doentes acaba por festou-se, por outro lado, tamento completo e reabi- o índice de poluição de resí- peia e as delegações da Orga- Limpeza Costeira é celebrado
abdicar da terapia. Rodrigues preocupado com aumento litação para redução da duos sólidos no mar. nizações das Nações Unidas anualmente e foi criado pela
Bernardo apontou a educa- do número de crianças diag- morbidade por doenças De acordo com o ambien- (ONU), em parceria com auto- organização Ocean Conser-
ção deficiente, por parte das nosticadas com VIH e tuber- transmissíveis. talista, a escolha da Praia da ridades locais, escolas, ONG's vancy.
SOCIEDADE Sábado
30 de Novembro de 2019 27
DOM JAKA MEDIA CRUELDADE NO TRATAMENTO DOS MENORES
JOSÉ COLA | EDIÇÕES NOVEMBRO

Bispo exorta
comunidade Familiares tidos como
a preservar o
meio ambiente responsáveis por abusos
O bispo da Diocese de Ben-
guela, Dom António Jaka, Director do INAC, Paulo Kalesi, admitiu que 95 por cento
exortou, na quarta-feira, aos dos casos de fuga à paternidade são provocados por homens
cidadãos residentes na pro-
EDIÇÃO NOVEMBRO
víncia no sentido de promo-
verem acções destinadas à
preservação do ambiente.
O prelado, que falava
durante a cerimónia de aber-
tura do seminário sobre o
desenvolvimento sustentá-
vel, que visou definir medi-
das destinadas à redução do
impacto das mudanças cli-
máticas nas comunidades, Evento focou-se sobre os jornalistas e os meios de comunicação
defendeu a contribuição da
população neste processo
que, em seu entender, deve
começar pela higienização
nos locais em que vive.
Empresas adaptadas
Para o bispo, é importante
que se promova a cultura de
plantação de árvores, para
à nova realidade
que se produzam melhores Rodrigues Cambala em banda larga com a Angola
resultados na conservação Cable e INACOM, para se
de um clima que permita a As empresas geradoras de fazer um melhor uso das tec-
continuidade da vida conteúdos devem adaptar- nologias de informação e
humana em cada localidade. se à nova realidade das pla- comunicação”, salientou. Dos mais de cinco mil casos de abuso sexual deste ano, três mil foram registados no seio familiar
EDIÇÕES NOVEMBRO Ao assegurar que a Coo-
ta f o r m a s te c n o l ó g i c a s ,
fazendo o uso do telemóvel, perativa de Jornalistas está
como meio de transmissão a criar uma cultura de refle- Rodrigues Cambala história, que o director do res morais, aquele a quem
televisiva, radiofónica e foto- xão à volta de temas que INAC cognomina, de forma devemos recorrer, infeliz-
gráfica, disse ontem o jor- desafiem a classe, apontou O s n íve i s d e v i o l ê n c i a peremptória, por arrepiante. mente, comete uma vergo-
nalista Sebastião Panzo. que, todos os anos, está em doméstica crescem em flecha Na Terça-feira, às 20 horas, nha”, observa Paulo Kalesi.
O jornalista falava na qua- vista a realização de um um pouco por todo o país, o Paulo Kalesi conta que foi à
lidade de porta-voz do fórum fórum sobre os novos media. que inquieta o Instituto Maternidade Lucrécia Paim Violência
sobre “Novos Media: sua rele- O porta-voz sublinhou Nacional da Criança (INAC). ver uma menina de 13 anos, Em Angola 85 por cento dos
vância para órgãos de comu- que a forma como os meios A voz gutural de Paulo Kalesi, que sofreu cesariana. O filho casos de violência contra
nicação, empresas e de comunicação social enca- director geral do aludido ins- pesou 1,300 quilogramas. A criança ocorrem no seio
instituições públicas e pri- ram o desenvolvimento tec- tituto, ganha tom melancó- prematura parturiente tinha familiar, nomeadamente em
vadas”, organizado pela Coo- nológico , indica q ue o s lico quando conta o drama sido abusada, vezes sem casa, escola, centros infantis,
angolanos estão ainda num
p e ra t iva d e J o r n a l i s t a s de três menores, que fazem conta, pelo seu próprio pai, lares de acolhimento e em
Angolanos. processo de integração. parte de um universo de até ficar grávida. outros lugares públicos. Em
Sebastião Panzo admitiu “As plataformas digitais 5.100 crianças, que até Outu- A menina morava com a 2018, registou-se quase qua-
que o evento olhou para os são um meio a atingir-se nos bro deste ano, sofreram mãe e, quando esta faleceu, tro mil casos de violência.
Jaka defende contribuição jornalistas e os meios de dias de hoje”, anotou, para algum tipo de violência. o pai foi buscá-la. O proge- Dos mais de cinco mil casos
da populção neste processo comunicação tradicionais, afirmar que, actualmente, Paulo Kalesi descreve os nitor está em fuga, desde o deste ano, mais de três mil
que têm o desafio de pas- os órgãos de comunicação casos mais arrepiantes os momento em que se aper- foram registados na família.
Dom António Jaka garan- sarem a digitais, no quadro olham para a transmissão que estão ligados a abusos cebeu que a própria filha Ao lembrar que a Lei 25/11
tiu que a igreja vai continuar dos processos de recolha, em directo online. sexuais contra crianças. Os esperava um filho seu. d e fi n e c o m o v i o l ê n c i a
a desenvolver acções de sen- produção e distribuição de Entre outros temas, o protagonistas das histórias Uma menina de quatro doméstica aquela que ocorre
sibilização das comunidades informação. fórum abordou “A Tv na era cruéis são, no geral, os mem- anos morreu, há dias, no no ambiente familiar, o
sobre a importância dos “O Governo está a fazer digital e o confronto com os bros da família: pai, mãe, Zango 4, município de Viana, director do INAC afirmou:
recursos ambientais, o que, investimentos descomunais novos media”. irmãos, avôs... por negligência. A mãe, sol- “o que mais preocupa é saber
referiu, fará com que cada “O mais triste é quando teira, vivia com duas crian- que as pessoas com respon-
cristão seja modelo e mola a mãe tem conhecimento”, ças. Aos finais de semana, sabilidades de proteger as
impulsionadora na educação atira. Há poucos meses, uma saía de casa, deixando a filha crianças são elas, infeliz-
das suas famílias, face à pre- ESTERILIZAÇÃO FORÇADA criança de 12 anos foi ao de um ano aos cuidados da mente, que as violentam e
servação deste bem. INAC, em companhia de duas mais velha que tinha quatro, causam a sua morte”.
O evento, que decorre no colegas da mesma idade, e só regressava a casa no dia Cerca de dois mil casos
quadro da semana social da
agenda de reflexão da Dio-
cese de Benguela, com a coo-
Universal desmente para fazer uma denúncia.
Na mesma semana, elas
tinham participado de uma
seguinte. No dia 16 deste
mês, encontrou a filha de
um ano a brincar com o cadá-
estão ligados à fuga à pater-
nidade. O INAC refere que
95 por cento de fuga são cau-
peração da organização
não-governamental Mosaico
e o apoio da Obra Episco-
pastores angolanos palestra na escola. As colegas
incentivaram a procurar à
instituição para denunciar
ver da irmã mais velha que
morrera durante a ausência
da mãe”, tartamudeia.
sados por homens.
“As consequências de pais
que não assumem as suas
pal-Misereor, visa, de igual A Igreja Universal do Reino quinta-feira, em comuni- o pai da colega. “A nossa A mãe não tinha dinheiro responsabilidades para com
modo, reflectir sobre vários de Deus (IURD) em Angola cado, a ruptura total com a colega e amiga disse-nos para fazer o enterro. Os vizi- a criança são muito graves”,
fenómenos sociais. desmentiu ontem, em comu- ala liderada por Edir Macedo. que o pai abusa-a sexual- nhos juntaram pedaços de avançou Paulo Kalesi, que
Na abertura do evento, nicado, as alegações de mais Num comunicado assinado mente, desde os sete anos”. madeira e fizeram um caixão. frisou haver alguns casos
foram analisados temas de 300 bispos e pastores ango- por mais de 300 elementos, Durante a interpelação, a Mas o INAC foi alertado que de crianças abandonadas
ligados à crise ambiental, lanos que acusam a entidade os bispos e pastores dão conta menina informou que a mãe o enterro devia acontecer pelas mães, porque estas
o conceito de desenvol- religiosa de evasão de divisas que, nos últimos 12 meses, a tinha conhecimento. “A mãe num cemitério clandestino. cansaram-se de assumir o
vimento sustentável e a e esterilização forçada. liderança brasileira passou a disse-nos, quando foi noti- “Nós dissemos não! Apesar sustento sozinhas.
sua história,impacto da O comunicado, assinado forçar os pastores angolanos ficada, que não desvendou o de termos tomado conheci- O director geral do INAC
mudança climática na vida pelo Bispo António Pedro (solteiros e casados) a sub- crime, para não manchar o mento à noite, fomos acudir afirmou que as crianças que
das comunidades rurais e Correia da Silva, defende que meterem-se a um procedi- bom nome da família”, expli- a situação”, conta Paulo Kalesi. convivem apenas com a mãe
nas cidades, quer em época “a Igreja Universal em Angola m e n t o c i r ú r g i c o d e cou Paulo Kalesi. No Bengo, numa visita da são vítimas de negligência,
seca, quer chuvosa. continua mais forte do que “esterilização”, tecnicamente Todas as vezes que era vio- ministra da Família e Acção por ausência dos pais.
No segundo dia, esteve nunca” e repudia “a rede difa- conhecido como vasectomia, lada, a filha pedia ao pai para Social, uma menina de oito Em consequência disso,
em abordagem a questão das matória e mentirosa que se violando de forma grave os que a deixasse em paz, mas anos interpelou-a sobre um sublinhou, “hoje muitas
políticas públicas que pos- difundiu” nos últimos dias. direitos humanos, de acordo o seu algoz, sem pudor, res- assunto que atormentava as crianças estão em conflito
sibilitam o desenvolvimento O presidente do Conselho com a Constituição da Repú- pondia: “é a última vez filha”. mentes de crianças de um com a lei e cometem actos
sustentável, a protecção do de Direcção da IURD afirma blica de Angola. “Estamos a falar de um bairro. “Ela contou que, na tipificados como crime, por-
ambiente na exploração dos que estão a ser tomadas as Os bispos e pastores ango- pai que devia ser o herói da sua zona, o avô de 70 anos que não tiveram o direito
recursos naturais, a economia medidas “judiciais cabíveis” lanos acrescentam que a lide- filha…”, lamentou o director engravidou a sua neta de 12 de serem protegidas e orien-
e a crise ambiental e a pesca para responsabilizar os autores rança brasileira, sob orientação geral do INAC, fazendo, em anos e, no final, perguntou tadas, ou de terem uma
e a s u a i m p o r tâ n c i a n o da suposta “rede difamatória”. de Edir Macedo, também pro- seguida, uma pausa para se não era crime.” figura de pai que pudesse
desenvolvimento. Os bispos e pastores da move a evasão de divisas para retemperar o fôlego.A con- “O avô de 70 anos, que conduzi-las para um cami-
Maximiano Filipe | Benguela IURD em Angola anunciaram exterior do país. versa retoma com mais uma devia ser o baluarte dos valo- nho melhor”.
28 GENTE Sábado
30 de Novembro de 2019

NO CAZENGA O outro lado da Gente


Dia do Educador vivido com alegria DR HENRIQUE LUSSUEKAMA
Não apenas do ensinar vivem os
professores. A propósito do Dia do
Educador, assinalado no dia 22, o Henrique Lussuekama é autor do conto infantil “A Esperança de Wel-
Complexo Escolar do Cazenga, junto à witschia”, lançado no sábado passado, em Luanda. O escritor angolano
Biblioteca Zé Dú, esteve em festa. residente em Londres descreve no livro a importância da planta
Foi nesse momento de confraternização Welwitschia Mirabilis e apresenta perguntas e respostas sobre a cultura
e reflexão, que a directora da Escola angolana. A obra literária, apresentada em Paris, Portugal e Alemanha
3048, Domingas Domingos, valeu, este ano, a Henrique Lussuekama o prémio “Africa is More”, em
reconheceu o papel do professor como Londres. Henrique Lussuekama gosta da companhia da mãe e elegeu
elemento preponderante na Agostinho Neto o seu escritor predilecto.
comunidade e agente activo do
desenvolvimento social.
Embora não tenham as melhores Nome: Henrique Sungo Cidade predilecta: Luanda e
condições criadas para o exercício da Lussuekama “Kito”. Londres.
profissão, reconhece por parte dos Idade: 39 anos. Virtudes: Respeitar a opinião
professores esforços conjuntos para o DR Data de nascimento: dos outros.
bom desempenho da actividade de 27/03/1980. Defeito: Teimosia.
ensino. A boa comida e música Naturalidade: Huambo. Ídolo: Nao tenho ídolo.
angolanas fizeram as delícias de quem Estado Civil: Divorciado. Livro: "A esperança da
tem a missão de formar homens. Foi no Filhos : 4. Dois casais. welwitschia".
dia 22 de Novembro, no ano 1977, que o Calçado: 44. Escritor: Agostinho Neto.
primeiro Presidente de Angola, António Sonho: Ver Angola bem; Uma boa companhia: A minha
Agostinho Neto, declarou aberta a estável em todos os sectores. mãe.
campanha de alfabetização na fábrica Sente-se realizado? Sim, Músico: Michael Jackson
Textang II, em Luanda. Essa data ficou sinto-me. Comida: Tudo de Angola.
na história do país como consagrada ao Tem carro próprio? Não. Adoro!
professor. Em 1978, o dia 22 de E casa? Sim. Em Londres. Bebida: Água.
Novembro foi institucionalizado a nível Que importância tem a Sabe cozinhar? Sim, sei
nacional como o Dia do Educador. mulher para si? As mulheres cozinhar.
têm uma importância gigante, É ciumento? Nao sou
pela ajuda na organização e ciumento, mas sou vigilante.
realização de um mundo Desporto: Futebol e
melhor. basquetebol.
DIGRESSÃO ARTÍSTICA Como se veste de segunda a Clube: Petro de Luanda.
sexta-feira? Visto-me bem e Alguma vez mentiu? Sim, já
formalmente. menti.
Landrick de malas feitas para Moçambique E ao fim-de-semana? Aos
sábados, à desportista e no
domingo uso roupa formal na
Já foi enganado? Já fui
enganado.
Como reagiu? Reagi com um
Na recta final do ano, muitos são os artistas nacionais cuja agenda artística é igreja. diálogo e desprezo.
bastante recheada. Um exemplo disso é o músico Landrick, nome artístico de Usa roupas de marca? Sim, Ano que mais o marcou? 2002,
Lando Samuel, cuja agenda artística para o mês de Dezembro já está fechada mas os meus gostos são para com o fim da guerra longínqua.
em termos de espectáculos. Segundo nota divulgada pela produção do roupas africanas. O que acha da corrupção? A
músico, a digressão artística para o mês de Novembro começou no dia 23, na Cor predilecta: Azul. corrupção é inimiga do
localidade de Lichinga. No dia 29 Landrick actuou na cidade de Teté e hoje Perfume: Gosto do Falkar. desenvolvimento de uma
actua em Pemba. A digressão artística em Moçambique termina em Chimoio, Acredita em forças ocultas? nação.
no dia 7 de Dezembro. Lando Ndombele, conhecido nas lides musicais como Nao acredito. Da homossexualidade:
Landrick, nasceu no município do Cazenga, aos 11 de Novembro de 1989. Onde passa as férias? Em Respeito os homossexuais.
Começou a cantar aos 13 anos, por influência de tios e primos. vários lugares da Europa e em E da poligamia? Culturalmente
Angola. respeito, mas é má.

PARTILHA DE CONHECIMENTOS DR

Antiga modelo internacional


faz consultoria sobre moda
Adélia Cachimano Luquino é uma mulher
transformada. A antiga modelo
internacional está focada em
partilhar os conhecimentos sobre
DR
moda e boas maneiras. A
aprendizagem, adquirida pelo
mundo, faz de Adélia uma
mulher apostada em realizar
palestras e consultoria sobre
imagem, etiquetas e boas
maneiras e a ajudar pessoas a
se "descobrirem". A ex-modelo
disse à Gente que o trabalho
por si desenvolvido não visa
orientar pessoas a seguirem os
caminhos da moda, mas sim auxiliá-
las a revelarem as suas reais identidades, a
ultrapassar os seus medos e preconceitos e vencerem os seus
defeitos. Adélia está, igualmente, aberta a palestras gratuitas em
comunidades. Teve uma curta, mas exitosa carreira em 2013, ano
em que foi uma das 10 finalistas no concurso Elite Moda Look
Angola. O facto tornou-a numa modelo internacional, tendo
desfilado em vários eventos internacionais de moda. Pisou palcos
em Portugal e Inglaterra, desfilou no Moda Lisboa, no Porto
Fashion Week e no El’ Cort English. Foi capa numa das edições da
revista "Caras Angola" e deu o seu rosto a vários editoriais da
revista "Chocolate" e ao cartão de compras “Bónus”, do
supermercado Nosso Super. Adélia licenciou-se em Comércio em
DR

Marketing e Gestão de Negócios, na África do Sul, depois de ter


abandonado a carreira de modelo.
CULTURA Sábado
30 de Novembro de 2019 29
SEMANA CULTURAL SUL-AFRICANA EM LUANDA FESTIVAL DA MÚSICA POPULAR
DR

Variante leva a Benguela


música angolana de raiz
Manuel Albano EDUARDO PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO

A combinação de ritmo, har-


monia e melodia do cancio-
neiro nacional vai estar em
evidência, hoje, às 20h00,
no Jardim da Administração
Municipal de Benguela,
quando 17 concorrentes, da
edição 2019, do Festival de
Música Popular Angolana
(Variante) subirem ao palco
para mostrar o seu talento
e criatividade.
Como recompensa do tra-
balho apresentado no con-
curso, o primeiro classificado

Angola e África do Sul recebe 800 mil kwanzas, o


segundo, 500 mil e o terceiro,
400 mil, além da gravação
das músicas numa colectânea
Sabino Henda é dos artistas convidados para animar a gala

O festival, que tem a par- Almeida, Flay, Sabino Henda,

partilham festividades da re sp on sabilidade do


Ministério da Cultura.
Pedro Chissanga, da orga-
nização do concurso, disse,
ontem, ao Jornal de Angola,
ticipação de representantes
de quase todo o país, eleitos
durante as fases provinciais,
é “imagem de marca” na
promoção da música típica
Duo Canhoto, Edna Mateia,
Valter Ananás e a Banda FM.
O Variante é a combinação
de ritmo, harmonia e melodia
do cancioneiro nacional.
Edvaldo Lemos O secretário de Estado Espectáculo que apenas a província do de raiz angolana. “Queremos Durante o festival é home-
da Cultura disse que a ini- Ao som da marimba angolana, Moxico não está represen- recuperar a alma do festival nageado a dança tchitita,
A dimensão cultural de ciativa é a conclusão de um na abertura da iniciatica, tada. A implementação de que nos últimos quatro anos enquanto matriz cultural da
Angola e África do Sul estão desejo da diplomacia dos foram dadas as boas-vindas n ovo s e l e m e n to s c o m o tem perdido alguma força e região centro e sul do país.
em evidência, desde quinta- dois países, uma vez que já aos convidados, seguiram- dança e uma feira de arte prestígio”, disse. Benilde Miúdo, da Lunda-
feira até 7 de Dezembro, no trazem consigo um laço his- se um espectáculo musical são as grandes novidades Os músicos convidados Sul, venceu a edição passada,
palco do Palácio de Ferro, tórico e cultural. A realiza- e a inauguração de uma deste edição do Variante. para a gala são os Irmãos realizada em Luanda.
na Baixa de Luanda. A ini- ção, em Luanda, da Semana exposição de artes de artistas
ciativa está inserida na Cultura Sul-africana, frisou, da África do Sul.
Semana Cultural Sul-afri- é fruto de um protocolo de Depois da entoação dos ILHA DE LUANDA VALORIZAÇÃO
cana, comemorativa do Dia cooperação rubricado em hinos de Angola e da África
da Liberdade da terra de
Nelson Mandela.
2008, entre os Ministérios
da Cultura dos dois países.
do Sul, o Ballet Tradicional
Kilandukilu teve a respon-
Arena BAI Fotógrafo Luís Damião
Na abertura da semana,
o secretário de Estado da
“Hoje, estamos a mate-
rializar um desejo que foi for-
sabilidade de abrir o espec-
táculo, com a apresentação
acolhe festa
Cultura para a área Cientí-
fica, Aguinaldo Cristóvão,
mulado em 2008 por ambos
os ministros da Cultura, que
de uma dança, que retrata
os costumes da nossa tradi-
do Migrante na Bienal de Bamako
destacou os momentos de assinaram uma declaração ção, que mereceu aplausos Uma Feira do Migrante Afri- Luís Damião representa os maus momentos que a
partilha de experiências conjunta. As semanas cultu- da plateia. cano realiza-se hoje, a partir Angola na 12ª edição da Bie- nação viveu”, enfatizou.
que os artistas dos dois paí- rais representam o momento O músico Maweza, acom- das 10h00, no espaço Arena nal Africana de Fotografia, Sob direcção artística do
ses podem trocar durante mais importante, o que per- panhado de uma guitarra, BAI, na Ilha de Luanda, que se realiza de hoje a 31 camaronês Bonaventure Soh
o evento, tendo felicitado, mite maior aproximação entre interpretou temas da sua uma iniciativa da Associa- de Janeiro de 2020, na cidade Bejeng Ndikung, a bienal tem
em nome da ministra da as nossas culturas e a inte- autoria e de artistas reno- ção Omunga, inserida no de Bamako, capital do Mali. como tema central “Streams
Cultura, Maria da Piedade racção dos artistas de ambos mados do continente afri- projecto “Documento para Denominado “Reencontros of consciousness” (corrente
de Jesus, o povo sul-afri- países”, afirmou. cano. A poesia angolana Todos” financiado pela de Bamako”, o evento contará de consciência), referindo
cano pela celebração dos Na ocasião, o director- também marcou presença União Europeia. com a presença de artistas e uma letra do músico sul-
25 anos do Dia da Liberdade geral do Departamento de na voz da poetisa Kanguimbo Para esta feira, que visa fotógrafos de mais de 50 países africano Abdullah Ibrahim.
daquela nação. Arte e Cultura da África do Ananaz, no jeito que lhe é comemorar o Dia Interna- do continente africano, disse, “Reencontros de Bamako”
“Quero, igualmente, em Sul, Vusumuzi Mkhize, con- peculiar de recitar, tendo cional do Migrante, a assi- quinta-feira, à Angop o fotó- é dos eventos mais importantes
nome da ministra da Cultura, siderou a semana cultural feito viajar a plateia no espí- nalar-se a 18 de Dezembro, grafo, no Aeroporto Interna- do continente, dedicado à
desejar boa estada a toda “ evento inovador, come- rito da irmandade africana. a organização pretende jun- cional 4 Fevereiro, antes do criação contemporânea, e uma
delegação sul-africana pre- morativo do Dia da Liber- Do lado sul-africano, tar individualidades da embarque a Bamako. notável plataforma de visibi-
sente nesta troca de expe- dade daquele país, e factor subiram ao palco a poetisa Comunidade Económica Luís Damião explicou que lidade para os fotógrafos e
riências, que existirá ao longo muito importante para os Napo Masheane e o artista dos Estados da África Oci- vai à Bienal de Bamako a videastas da África e diáspora.
destes dias, com os artistas dois lados. Lutuhando, que represen- dental (CEDEAO) que vivem convite da organização, com Nascido em Luanda, em
angolanos e sul-africanos, “Estamos aqui para cele- taram a criatividade que os em Angola, na condição de u m a o b ra d e n o m i n a d a 1978, numa família com fortes
que vão poder trabalhar brar as relações culturais caracteriza. O encerramento imigrantes, refugiados e “Mohamed Aqui”, que o raízes artísticas, Luís Damião,
sobre obras de artes con- entre os dois países, com do espectáculo esteve a requerentes de asilo, bem referido tema reflecte a capa- desde cedo, entrou no mundo
juntas e partilhar o palco um evento inovador para ca rgo d a su l - a f r i ca n a como representantes de cidade dos angolanos em das artes, como autodidacta,
para consolidação de rela- lembrar os 25 anos de inde- Yvonne Chaka Chaka, con- outras comunidades. ultrapassar os momentos inspirando-se no pai, o foto-
ções culturais entre os dois pendência e liberdade da s i d e ra d a a vo z d e o u ro Na feira, com a duração difíceis do conflito armado jornalista Paulino Damião
povos”, disse. África do Sul”, afirmou. daquele país. de oito horas, haverá partilha de cerca de 30 anos, os vários “Kota 50”.
e divulgação dos aspectos processos para a paz (alcan- É irmão do artista plástico
culturais específicos de cada çada em 2002) e o actual Lino Damião , tendo - s e
LIVRO E ARTES país da CEDEAO, como a momento do país. apresentado publicamente,
gastronomia, dança, música, “Pretendo com esta obra em 2002, pela primeira vez,

Feira cria hábitos de socialização teatro e moda.


Segundo um comuni-
cado da Omunga, as orga-
artística mostrar ao mundo a
pujança do cidadão angolano,
no geral, em saber ultrapassar
com o projecto cultural
colecttivo “Art & Moda”, no
Espaço Cultural Elinga.
Manuel Albano crianças, didácticos e cien- do Rangel, é outro dos pro- nizações da sociedade civil JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO

tíficos, alguns dos quais de pósitos da iniciativa. que trabalham na defesa e


A segunda edição da Feira autores angolanos. Os dois dias de actividade promoção dos direitos
do Livro e das Artes, com De acordo com a directora inclui momentos de leitura humanos estarão no local
diversos atractivos, realiza- da Casa de Cultura do Ran- de história para as crianças, para a exposição do material
se, hoje e amanhã, entre às gel, Patrícia Faria, o objectivo por escritores nacionais. O para a cidadania.
8 e às 18h00, na Praça da da feira “é incentivar as programa reserva, ainda, a A actividade é aberta a
Harmonia, na C5, no bairro famílias a resgatar o hábito realização de exposição e todos os interessados den-
Nelito Soares, Distrito Urbano de partilha das pequenas venda de livros e obras de tro do espírito de paz e
do Rangel, por iniciativa da coisas, numa perspectiva arte, declamação de poesia, amor ao próximo, uma
Casa da Cultura do Rangel de socialização”. exercícios físicos, música e vez que a feira destina-
“Njinga Mbande”. Incitar o hábito e gosto de dança s tradicionai s e se, também, contribuir
A feira tem a participação leitura nas crianças, bem modernas, seminário de para a construção de uma
de várias editoras nacionais, como a massificação das artes, pintura e a famosa corrida “comunidade global”.
que vão expor livros para em geral, no distrito urbano dos bebés. Artista participa no evento com o quadro “Mohamed Aqui”
30 DESPORTO Sábado
30 de Novembro de 2019

FAMÍLIA DO BASQUETEBOL PROCURA CONSENSO EQUIPAS DÃO RITMO AOS PLANTÉIS FÓRMULA 1
CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO DR

Marinha alarga “seca”


do ASA no provincial
Armindo Pereira Do lado contrário, Cesal-
tino Reis mostrava-se mais
O ASA continua sem vencer sereno, fruto da vantagem
no Campeonato Provincial relativamente folgada de
sénior masculino de basque- nove pontos. O desconto de
tebol , e ontem averbou a tempo solicitado por Necas
quinta derrota consecutiva, trouxe mais equilíbrio, mas
por 86-88, frente ao Despor- não chegou para perigar a
tivo da Marinha, no Pavilhão vantagem (46-39) dos avia- Piloto monegasco promete
Victorino Cunha, em jogo dores ao intervalo. A equipa ter mais cautela no futuro
pontuável para a ronda cinco. militar foi mais afoita e pas-
A turma do aeroporto vol- sou a encetar a recuperação
tou a ter o base Valdir Gon- no terceiro quarto, onde obri- Tudo esclarecido
ç a lv e s c o m o p r i n c i p a l gou o adversário a cometer
protagonista. Os 25 pontos erros sucessivos, e assumiu com o colega
do Jogador Mais Valioso a liderança do marcador a
(MVP) do encontro foram dois minutos do final, para Vettel garante
infrutíferos para evitar mais o alívio do técnico Necas e
um desaire, consentido nos desagrado do homólogo Charles Leclerc
últimos minutos do derra- Cesaltino Reis.
deiro período. Hoje, a sexta jornada ins- Charles Leclerc garante que
O domínio do ASA foi evi- creve os jogos 1º de Agosto- ele e o colega na Ferrari, Sebas-
dente no primeiro quarto Lusíada, às 16h00, e ASA- tian Vettel, vão ser "menos
(26-21). Manuel Sousa Interclube, no Pavilhão 28 de agressivos um com o outro
"Necas", treinador dos mari- Fevereiro, às 18h00, e Vila- em pista" depois do acidente
nheiros, pediu maior rigor Marinha, às 15h00. entre os dois no Brasil.
defensivo. A substituição foi A sétima e última jornada Os dois pilotos passaram
a solução encontrada para o começa a ser disputada terça- algum tempo a discutir junto
jogador que não cumprisse feira, e tem como cartaz prin- com a equipa o incidente no
com rigor as orientações tác- cipal o aliciante 1º de qual colidiram, enquanto dis-
ticas, independentemente Agosto-Petro de Luanda, putavam o quarto lugar em
Situação no órgão reitor impede disputa dos campeonatos nacionais de vários escalões de ser ou não uma unidade quarta-feira, às 18h00, no Interlagos, há duas semanas.
produtiva dentro da quadra. Pavilhão Victorino Cunha. "Claro que vamos continuar
CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO a correr um contra o outro.
Somos dois pilotos competi-

Assembleia Extraordinária tivos, que querem muito


ganhar", afirmou Leclerc.
Contudo, o piloto mone-

pode terminar crise na FAB gasco adiantou que os dois


iam agora ter mais cautela.
"Temos, contudo, de con-
seguir encontrar o compro-
A indefinição quanto ao arranque do Campeonato Nacional mi ss o certo , p orq ue a
sénior masculino constitui a principal preocupação dos clubes verdade é que corremos para
a mesma equipa. Temos de
dar um pouco mais de espaço
Armindo Pereira sempre que alguma razão bol. Corremos o risco de não um ao outro", acrescentou
de elevada crise na gestão aproveitar o período de férias Leclerc, que avançou que
Depois de alguma incer- e direcção dos destinos da dos jovens, tendo em vista tinha conversado com Vettel
teza, o futuro da Federação FAB, devidamente justifi- a realização dos campeonatos sobre o incidente e que
Angolana de Basquetebol cada e fundamentada, não dos escalões etários inferio- ambos reconheceram que o
(FAB) é definido na Assem- deixa outra alternativa do res", sublinhou Coimbra. Aviadores acumulam derrotas consecutivas no provincial podiam ter evitado.
bleia-Geral extraordinária que a realização de uma Por esta razão, o agora
age n d ad a pa ra h o j e , à s reunião extraordinária”. comentador para o basque-
9h00, na sala de reuniões tebol defende que a agenda NOS 10.000 METROS doping Americana (Usada).
da sede da entidade, no deste encontro devia esten- “Como já tinha afirmado,
Complexo da Cidadela Des- Na ordem de der-se e começar a pensar não há nenhuma acusação
portiva, em Luanda.
No conclave, são aguar-
dadas decisões que tirem o
trabalhos constam
os seguintes pontos:
a renúncia do
em pontos pertinentes, de
modo a encontrar-se solu-
ções consentâneas e acau-
Mo Farah anuncia contra mim. Não fiz nada de
mal. As acusações são claras
e são apenas em relação a
basquetebol do estado de
letargia, depois do pedido de
renúncia de mandato do pre-
presidente, eleição
de uma Comissão
de Gestão “ad hoc”
telar percalços durante o
percurso até à realização das
próximas eleições.
regresso às pistas Alberto Salazar”, disse, em
Outubro, Mo Farah, quando
confrontado com o caso do
sidente de direcção, Hélder e para o final "A expectativa sobre o O atleta britânico Mo Farah, tânico acontece numa altura ex-treinador.
Cruz “Maneda”, por “alegados assuntos diversos nome das pessoas a serem quádruplo campeão olímpico e m q u e f o i a b e r to p e l a Mo Farah conquistou as
motivos de cunho pessoal”, indicadas é grande, e espero em 2012 e 2016, anunciou Fe d e ração B r itâ n i ca d e medalhas de ouro olímpicas
como refere a nota emitida que tudo seja tratado de ontem o regresso à pista, Atletismo (UKA) um inqué- nos 5.000 e 10.000 metros
pela Mesa da Assembleia- forma clara, para evitar pro- nos 10.000 metros, na óptica rito independente ao seu em Londres (2012) e no Rio
Geral, em finais de Outubro. blemas num futuro pró- dos Jogos Olímpicos de 2020, antigo treinador Alberto de Janeiro (2016) e, em Mun-
Outros cinco membros Entretanto, os sócios ordi- ximo", aconselhou. em Tóquio. Salazar (entre 2011 e 2017), diais, sagrou-se três vezes
pertencentes ao elenco diri- nários podem fazer-se repre- A crise que a modalidade “A grande novidade é que suspenso em Setembro por campeão nos 5.000 (2011,
gido por “Maneda” estão sentar por duas pessoas, mas atravessa está na base do estou de regresso à pista, nos quatro anos por “incitação” 2013 e 2015) e outras tantas
igualmente demissionários, apenas uma vai poder exercer não arranque da 42ª edição 10.000 metros, em Tóquio, ao doping pela Agência Anti- nos 10.000 (2013, 2015 e 2017).
cujas identidades não foram o direito de voto. Para tal, um do Campeonato Nacional no próximo ano. Espero que DR
reveladas no comunicado. dos representantes tem de sénior masculino. O Pro- não tenha perdido a minha
Na ordem de trabalho cons- estar devidamente creden- vincial foi a solução encon- velocidade e vou treinar no
tam os seguintes pontos: A ciado pelo presidente de direc- trada para suprir a ausência duro”, disse o atleta, nascido
renúncia do presidente, elei- ção de clube ou associação. da prova maior. na Somália há 36 anos, num
ção de uma Comissão de O antigo internacional 1º de Agosto, Petro de vídeo colocado no Youtube.
Gestão “ad hoc” e para o final angolano Herlander Coimbra Luanda, Interclube e Des- Depois do último título
assuntos diversos. defende que, para a comissão portivo da Marinha assumi- mundial em 2017, nos 10.000
Esta assembleia, de acordo de gestão, devem ser indicadas ram a dívida que a FAB tem metros, em Londres, Mo
com a nota assinada esta "pessoas com carácter" e dis- com os árbitros, avaliada em Farah decidiu dedicar-se em
semana pelo presidente da poníveis para servir o bas- 11 milhões de kwanzas, e xc l u s ivo à s p rova s d e
Mesa, Agostinho Matamba, quetebol em tempo integral, depois da reunião realizada estrada, conquistando em
foi convocada por força do de modo a evitar situações há uma semana. "Foi pro- 2018 a maratona de Chicago,
estabelecido na alínea C, do vividas durante o mandato posto o pagamento de forma com um recorde da Europa
ponto 2, do Artigo 25º dos da direcção demissionária. faseada, porque o que mais de 2:05.11 horas, mas muito
Estatutos da FAB. "Cabe às associações e nos interessa é ver as equipas longe do máximo mundial
A mesma refere ainda clubes indicarem estas pes- a competir”, referiu Artur do queniano Eliud Kipchoge
que “pela vontade expressa soas, algumas delas há muito Barros, indicado como porta- (2:01.39).
da Mesa da Assembleia, tempo ligadas ao basquete- voz do encontro. O anúncio do atleta bri- Fundista britânico pretende defender título olímpico
DESPORTO Sábado
30 de Novembro de 2019 31
PARA NOVE LIGA DOS CLUBES CAMPEÕES DA CAF ABERTURA DA 13ª JORNADA DO GIRABOLA

Gianni Infantino
anuncia aumento 1º de Agosto quer começar Caála pretende quebrar
de vagas de África jejum de vitórias em casa
no Mundial'2026
O Presidente da Federação
fase de grupos com triunfo António de Brito

Recreativo da Caála e Des-


Cabinda, às 15h00, no Estádio
“Mundunduleno”, com o
claro objectivo de regressar
Internacional de Futebol Tetracampeão angolano recebe Zesco United da Zâmbia portivo da Huíla protago- aos triunfos na competição.
Associado (FIFA), Gianni no Estádio Nacional 11 de Novembro com ambição ganhadora nizam hoje, o jogo de cartaz A jogar na condição de visi-
Infantino, anunciou, quinta- KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO na abertura da 13ª jornada tada, a formação maquisarde
feira em Luanda, que o con- do Campeonato Nacional é clara favorita à vitória, mas
t i n e n te a f r i c a n o e s ta rá de Futebol da I Divisão, tem de abordar o jogo com
representado no Campeonato G i ra b o l a ' 2 0 1 9 / 2 0 , q u e cautelas redobradas. O con-
do Mundo de 2026 por nove reserva ainda os desafios junto leonino está motivado
selecções e meia. "Depois FC Bravos do Maquis-Spor- com a vitória, por 3-1, diante
de muitos anos à espera da ting de Cabinda, Interclube- da equipa afecta ao Ministério
promessa de aumentar mais Williete de Benguela e 1º de do Interior. Vergado na jor-
um lugar, no Mundial de Maio de Benguela-Ferrovia nada passada em Cabinda, o
2026, África vai ter nove do Huambo. Interclube recebe o Williete
selecções e meia. Nove terão Às 15h00, o Recreativo da de Benguela, às 15h30, no
acesso directo e uma vai dis- Caála joga cartada decisiva Estádio 22 de Junho, com o
putar o "play-off". Significa diante do Desportivo da Huíla, fito de voltar a trilhar o cami-
q u e vã o t e r o d o b ro d o n o E s t á d i o M á r t i re s d a nho do sucesso.
número actual", revelou. Canhala, com o objectivo de Mal sucedido na estreia,
O número um da entidade regressar às vitórias no cam- Ivo Campos espera vencer
que gere o futebol mundial peonato, uma vez que a equipa pela primeira vez à frente da
fez o anúncio durante o jantar não vence há oito jornadas. equipa técnica. Agostinho
de gala oferecido pelas auto- Na recepção aos “mili- Tramagal e pupilos têm, para
ridades. Infantino reconhe- tares” da Região Sul, os já, uma missão difícil no
ceu que o futebol em Angola “caalenses” pretendem ini- reduto do adversário.
é mais do que um desporto, ciar uma nova fase na com- No desafio de aflitos, o 1º
na medida em que existem petição, a fim de reencontrar de Maio mede forças com o
crianças e jovens com grande o caminho das vitórias, pois Ferrovia, às 15h30, no Estádio
capacidade e talento. Por ocupam o modesto 13º lugar, Municipal, num jogo de favo-
este facto, a entidade que com 11 pontos. ritismo repartido.Os “pro-
dirige está a trabalhar com Mas, não esperam por letários” estão na 15ª posição
a Federação e o Governo, facilidades, visto que os com seis pontos, e os “loco-
para o retomar dos apoios e Mabululu é uma das apostas de Dragan Jovic no ataque dos militares frente aos zambianos comandados de Mário Soa- motivas” na 14ª, com nove.
investir no desenvolvimento re s vê m d e u m t r i u n f o Amanhã, no prossegui-
da modalidade no país. moralizador diante dos cató- mento da jornada, o Cuando
MOTA AMBRÓSIO | EDIÇÕES NOVEMBRO
Amândio Clemente competição, onde pretende tos. A palavra de ordem nas licos do Uíge, pelo que o Cubango FC defronta o Pro-
repetir a façanha da edição hostes militares: conquistar jogo promete ser renhido e gresso, enquanto o Santa Rita
A equipa do 1º de Agosto, de 2018, em que atingiu as os três, conforme sublinha de desfecho imprevisível. de Cássia mede forças com
tetracampeã angolana, pre- meias-finais. o treinador-adjunto Ivo Rai- Há quatro jogos sem ven- o Sagrada Esperança. Os jogos
tende começar com vitória Ontem, Dragan Jovic e mundo Traça. “ Não nos cer, o FC Bravos do Maquis 1º de Agosto-Académica e
a fase de grupos da 24ª edição adjuntos insistiram na cir- passa pela cabeça outro d e f ro n t a o S p o r t i n g d e Petro-Libolo estão adiados.
da Liga dos Clubes Campeões culação da bola, procurando resultado que não seja a vitó-
de futebol, quando receber os caminhos para a baliza ria. A equipa está compe-
e defrontar o Zesco United contrária quer pelos flancos netrada para o alcance do
da Zâmbia, em desafio pon- quer pela zona central do principal objectivo”.
tuável para a primeira jor- terreno de jogo, onde Ibukun O treinador George Lwan- Classificação 2019
nada do Grupo A, marcado e Macaia devem ser os orga- damina , p or s eu turno ,
para as 16h00 no Estádio nizadores e municiadores garante que não vai assumir TOTAL CASA FORA
Nacional 11 de Novembro, dos atacantes, onde Mabululu uma postura defensiva e pro- CLUBES PT J V E D +G- J PC V E D +G- J PF V E D +G-
em Luanda. e Ary Papel devem assumir mete jogar ostensivamente 1º 1º de Agosto 30 12 10 0 2 25 7 15 6 5 0 1 12 3 15 6 5 0 1 13 4
O líder da FIFA confirmou A formação militar pre- as despesas. ao ataque, na tentativa de
ter recebido do governador tende tirar o máximo proveito A equipa técnica afivela surpreender o último reduto 2º Petro 29 12 9 2 1 23 6 18 6 6 0 0 13 2 11 6 3 2 1 10 4
de Luanda a promessa da dos jogos em casa vencendo- um discurso vitorioso, apesar dos anfitriões. 3º A Lobito 25 12 7 4 1 14 3 16 6 5 1 0 9 1 9 6 2 3 152
cedência do campo de São os, pelo que os comandados de reconhecer qualidade no Dragan Jovic, certamente, 4º R Libolo 24 12 7 3 2 17 13 15 6 5 0 1 10 6 9 6 1 3 1 77
Paulo, para que a FAF con- d o b ó s n i o Draga n Jovic adversário, que já é um velho não vai mexer muito na 5º D Huíla 22 12 6 4 2 14 8 16 6 5 1 0 10 2 6 6 1 3 2 46
cretize o projecto da sua devem entrar totalmente conhecido - jogaram a fase equipa, apesar de no Girabola
6º Sporting 17 12 4 5 3 15 13 14 6 3 2 0 11 4 3 6 0 3 3 49
transformação num centro virados para o ataque, com de grupos da edição de 2018- estar constantemente a
de treinamento das Selecções a pretensão de surpreender , com triunfo dos militares mudar o "onze" titular. Mas, 7º Williete 16 12 4 4 4 9 14 10 6 3 3 0 9 5 4 6 1 1 4 18
Nacionais de todos os esca- os forasteiros logo nos minu- em casa e empate nos domí- a aposta do técnico bósnio 8º Interclube 15 12 4 3 5 14 15 11 6 3 2 1 9 5 4 6 1 1 4 5 10
lões etários. tos iniciais da partida. O nios dos zambianos. Mas, deve recair em Tony Cabaça, 9º B Maquis 15 12 4 3 5 12 15 9 6 3 0 3 10 9 6 6 1 3 2 26
Infantino, que trabalhou campeão angolano, apesar Dragan Jovic e adjuntos têm Dani Massunguna, Bobô, 10º C Cubango 13 12 3 4 4 11 14 7 6 1 4 1 65 7 6 2 1 3 59
durante toda a tarde de da postura ofensiva a adoptar, consciência que o passado Paizo e Issac, Macaia, Ibukun,
quinta-feira em Luanda, foi não vai dar facilidades no pertence aos museus, pelo Kila e Buá ou Atouba; Ary 11º Sagrada 13 12 3 4 5 11 10 11 6 3 2 1 10 5 2 6 0 2 4 15
recebido pelo Presidente da sector defensivo, pelo que que foi feito o trabalho de Papel e Mabululu. 12º Progresso 12 12 3 3 6 9 13 10 6 3 1 2 5 4 2 6 0 2 4 49
República, João Lourenço, no trabalhou insistentemente observação do momento Na abertura da jornada, 13º R Caála 11 12 3 2 7 10 14 8 6 2 2 253 3 6 1 0 5 5 11
final da qual anunciou à sobre os erros cometidos em actual do Zesco United, que TP Mazembe da República 14º Ferroviário 09 12 2 3 7 3 14 5 6 1 2 3 25 4 6 1 1 4 19
imprensa um apoio de seis jogos recentes que resultaram veio a Luanda com a preten- Democrática do Congo e 15º Santa Rita 06 12 1 3 8 10 25 5 6 1 2 3 5 12 1 6 0 1 5 5 13
milhões de dólares america- em prejuízo para a equipa, são de contrariar o favoritismo Zamalek do Egipto defron-
nos para projectos ligados à para que não voltem a acon- caseiro dos "militares", rou- tam-se às 13h00, no estádio 16º 1º de Maio 06 12 1 3 8 6 20 6 6 1 3 22 5 06 0 0 6 4 15
construção de infra-estruturas tecer, principalmente nesta bando-lhes no mínimo pon- de Lumumbashi. V - VITÓRIA E - EMPATE D - DERROTA +G- GOLOS (MARCADOS-SOFRIDOS) J - JOGOS P - PONTOS

e de apoio ao futebol feminino, 12ª Jornada 13ª Jornada


nos próximos quatro anos.
No encontro, o presidente JOGOS Jogos JOGOS Data
do órgão reitor do futebol no
mundo ofereceu lembranças
Petro tenta surpreender Mamelodi em Pretória 1 R. Libolo-1º de Agosto 1-4 1 B. Maquis-S. Cabinda30 de Novembro
2 S. Cabinda-Interclube 3-1 2 R. Caála-D. Huíla 30 de Novembro
ao Chefe de Estado Angolano. O Petro de Luanda defronta Toni Cosano afivela um dis- fase da competição, não vai 3 Petro-1º de Maio 2-0 3 1º de Maio-Ferrovia 30 de Novembro
Sobre a auditoria às contas hoje, às 20h00, o Mamelodi curso optimista e assegura no entanto assumir uma atitude 4 D. Huíla-Santa Rita 3-2 4 C. Cubango-Progresso 1 de Dezembro
da FAF, encomendada pela Sundowns, no Estádio Lucas que não vai adoptar uma pos- suicida, partindo ostensiva-
5 Progresso-R. Caála 1-0 5 Santa Rita-Sagrada 1 de Dezembro
FIFA à empresa PWC em 2017, Versfeld, na cidade de Pretória, tura defensiva, apostando no mente para o ataque, pelo que
disse sentir-se satisfeito com capital da África do Sul, em ataque como principal argu- também tem de cuidar de res- 6 A. Lobito-B. Maquis 0-0 6 Interclube-Williete 1 de Dezembro
o resultado do trabalho, desafio pontuável para a pri- mento a apresentar. guardar muito bem a baliza de 7 Williete-C. Cubango 1-0 7 Petro-R. Libolo 14 de Dezembro
garantindo que o filiado ango- meira jornada do Grupo C da Com os jogadores da linha Élber, já que um empate fora 8 Sagrada-Ferrovia 2-0 8 1º de Agosto-A. Lobito 15 de Dezembro
lano está a seguir a orientação fase de grupos da Liga dos Cam- de ataque já disponíveis (Yano, de casa não deixa de ter impor-
de gerir com transparência peões Africanos de futebol. Toni, Jacques e Doli Menga), tância nas contas finais. Aliás,
Melhor goleador
os valores que lhe são atri- O conjunto tricolor, desde ausentes na fase de qualifi- vale a máxima "cautelas e cal- Jogador Clube Golos
buídos. "Antes na FAF, tal quinta-feira em Pretória, entra cação, o treinador espanhol dos de galinha não fazem mal". 1 Jó Paciência S. Cabinda 8
como na FIFA, havia muita com a ambição de contrariar considera que a equipa está Antes, para o mesmo grupo, 2 Mabulu 1º de Agosto 7
falta de transparência e cor- o favoritismo dos anfitriões preparada para apostar numa às 16h00, n cidade de Argel 3 Tony Petro 7
rupção, o que já faz parte do neste regresso à fase de grupos estratégia ofensiva. medem forças USM e Wydad 4 Gazeta B. Maquis 6
passado. Agora estamos a tri- da competição, depois de A formação do Eixo Viário, de Casablanca, no estádio 5 Liliano R. Libolo 6
lhar o caminho certo”. dezoito anos de ausência. que pretende atingir a outra Omar Hammadi.
PUBLICIDADE

SÁB30NOV

RESULTADOS PRELIMINARES DAS ELEIÇÕES NA NAMÍBIA FEIRA DO DONDO


DR

ALTO Executivo reforça aposta


no Corredor do Kwanza
Marcelo Manuel | Dondo Os artesãos convidados,
explicou, ajudam a dar à
FIFA O Executivo vai continuar feira um significado par-
Reabilitação do São Paulo a trabalhar para que os ticular, por serem parte
demais monumentos e activa no surgimento de
Foi bom ouvir do presidente da sítios existentes a nível uma indústria cultural mais
FIFA, Gianni Infantino, que o cam-
da cidade do Dondo e Cor- forte, capaz de promover
po de São Paulo, no distrito ur-
bano do Rangel, município de redor do Kwanza sejam os bens culturais. “O Minis-
Luanda, vai ser reabilitado e mo- reabilitados, informou, té r i o va i c o n t i n u a r a
dernizado, para servir de local de ontem, o secretário de melhorar as políticas públi-
treinos e contribuir para a dina- Estado para as Indústrias cas, para corrigir as bar-
mizaçãodofutebolnacional.Uma Culturais, João Constan- reiras e gerar riquezas
boa nova, sem dúvidas, que vem tino, durante a abertura culturais”, disse.
relançar a esperança nos jovens Candidato da Swapo e Presidente cessante tenta a reeleição numa corrida mais difícil do que a de 2014 da X edição da Feira do Em breve, anunciou, o
desportistasemoradoresdazona, Artesanato, Cultura e Governo vai propor pro-
já habituados a ver o espaço trans- Comércio. jectos relevantes para a
formado em local de desfile de
viaturas topo de gama, com os
ocupantes a aproveitarem o es-
Hage Geingob lidera corrida O acto, que decorre na
cidade do Dondo, sob o
lema “Feira do Dondo -
recuperação, promoção das
artes tradicionais e de outros
aspectos que auxiliem o
paço para relações amorosas,
unsaté mesmoemcampoaberto,
numautênticoatentadoaopudor.
Comasequipas nacionais,muitas
com 62 círculos confirmados Local tradicional de con-
vergência cultural e negó-
cios”, tem como destaque,
Estado a estruturar políticas
que favoreçam as comu-
nidades. “A cidade do
vezes, a passarem o vexame de Com 60 por centodos votos o presidente Hage Gein- 53,7 por cento, este ano. este ano, a atribuição de Dondo tem um vasto patri-
não terem um campo para treinar das presidenciais contados, gob estava a perder o con- O Movimento Demo- placas de identificação dos mónio cultural, cuja rea-
(já aconteceu com a Selecção Na- o Presidente Hage Geingob trolo sobre os apoiantes crático Popular (PDM), antigos portos fluviais de bilitação depende de vários
cional), fica difícil perceber como estava a liderar com mais urbanos. A maioria dos segundo os resultados de Kanguengue dos Macacos, recursos”, adiantou.
se deixa estrutura do género em
de 225 mil votos (55,34%), eleitores urbanos optou ontem, parecia ter conse- de Angolar, Kwanza, Kan- O vice-governador do
total abandono por décadas.
seguido pelo candidato pelo candidato indepen- guido apoio nos distritos demba e Santa, em Mas- Cuanza-Norte para o sec-
independente Panduleni dente Panduleni Itula, eleitorais, onde o candidato sangano, como patrimónios tor técnico e infra-estru-
Itula, com 120.108 (29,52%). ao invés de apoiar Gein- independente teve um bom históricos locais. tura, Mendonça Luís,
O líder democrata popu- gob, o candidato no qual desempenho. O partido A Feira do Dondo, uma disse, em representação
lar, McHenry Venaani, votou esmagadoramente obteve 24 por cento dos iniciativa do Governo , que do governador, que a His-
vem em terceiro lugar com em 2014. votos no distrito eleitoral tem o objectivo de preser- tória de Angola está intrin-
BAIXO 21.038 votos. Até ontem, Os resultados mostram de Samora Machel depois var e promover a cultura secamente ligada ao
os resultados de 62 dos 121 uma disputa acirrada entre de ter conseguido apenas do Cuanza-Norte, conta centro mercantil do
círculos eleitorais foram Geingob e Itula, que optou 3,6 por cento no mesmo com 100 expositores, liga- Dondo e ao corredor do
confirmados. A Comissão por permanecer como distrito, em 2014. dos à cultura, assim como Kwanza, onde em 1625
Eleitoral da Namíbia (ECN) membro da Swapo apesar Geingob também per- pequenos empreendedores eram comercializadas e
disse, na manhã de ontem, de concorrer como inde- deu eleitores em vários das áreas de agronegócio, escoadas a maioria das
Polícia Nacional que anunciará os resultados pendente. Os resultados outros distritos eleitorais, agricultura, piscicultura e mercadorias para o inte-
Criminalidade no Rangel finais das eleições ainda de ontem mostram que o como John Pandeni, na confecções do Cuanza- rior e litoral do país.
hoje. Na eleição da Assem- Presidente obteve um região de Khomas, pas- Norte e Cuanza-Sul, A Feira do Dondo é um
Nunca o índice de criminalidade
no Rangel foi tão elevado como
bleia Nacional, a Swapo, número reduzido de votos sando de 86 por cento em Malanje, Cabinda e Luanda. evento cultural, social e
agora, particularmente na rua partido no poder, liderava em algumas das principais 2014 para 38 por cento Para João Constantino, económico que remonta
João Cabo-verdiano, junto à Es- com 212.682 votos (65%), áreas urbanas. Na região em 2019 e no de Wind- a feira é um momento ao século XII, consti-
trada da Brigada, em Luanda. seguido pelo Movimento de Khomas, por exemplo, hoek Rural, de 77,6 por ímpar na potencialização tuindo, actualmente, uma
Na segunda-feira, um grupo de Democrático Popular com o apoio a Geingob caiu de cento em 2014 para 35 da actividade económica viagem histórica ao entre-
meliantes assaltou, de madru- 50.461 (15%) e o Movi- 91,4 por cento em 2014 para por cento. Geingob perdeu da cidade e localidades posto comercial nos anos
gada, aresidência de um cidadão mento do Povo Sem Terra 34 por cento no distrito ainda o distrito eleitoral circunvizinhas, valoriza- de 1625, através do roteiro
guineense, introduzindo-se pelo (LPM) com 20.650 (7%). eleitoral de Samora Machel. de Swakopmund, o dis- ção dos sítios históricos turístico e cultural, que
tecto e levando documentos pes- Até ontem, 42,62 por Geingob obteve 6.328 trito urbano e rural de e lugares de memória, passa pelos sítios e lugares
soais e electrodomésticos. A Po- cento do total de votos do total de votos expressos Keetmanshoop, apesar com particular destaque de Massangano e Cam-
lícia, chamada ao local, apare-
ceu horas depois. Na quinta-fei-
expressos nas eleições neste círculo eleitoral, de receber 77 por cento para o simbolismo cultural bambe, incluindo as ilhas
ra, os marginais tentaram novo para a Assembleia Nacio- enquanto Itula obteve e 66 por cento dessas do Corredor do Kwanza. do Rio Kwanza.
assalto. O sentimento de inse- nal foram confirmados. 10.214 do total de 18.424 áreas, em 2014. NILO MATEUS | EDIÇÕES NOVEMBRO
gurança é grande. Além de ou- votos. Os votos do partido Os distritos eleitorais de
tras razões que podem ser evo- Geingob perde apoio no poder também foram Keetmanshoop foram ven-
cadas, a falta de iluminação pú- Os resultados divulgados reduzidos naquele círculo cidos pelo líder do Movi-
blica propicia o aumento do ontem, em vários círculos eleitoral, passando de 85 mento do Povo Sem Terra,
crime, no geral. eleitorais, mostravam que por cento em 2014 para Bernadus Swartbooi.

SETE INTEGRANTES DA SELECÇÃO SUB-18 de ontem, que os jovens indicando que estão a
"se ausentaram da uni- decorrer diligências com
dade hoteleira na noite vista a localizar os jovens.
Jogadores são-tomenses d e q u i n ta - f e i ra , s e m
conhecimento dos res-
A selecção de Sub-18
de São Tomé e Príncipe
desaparecem em Portugal ponsáveis da selecção",
e que não regressaram
realizou, na quarta-feira,
um jogo de preparação
A Polícia de Segurança de quinta-feira, de um até ao momento. contra a congénere de Por-
Pública (PSP) de Portugal hotel em Cascais, onde O alerta foi dado já na tugal, na Cidade do Fute-
está, deste ontem, à pro- se encontrava a equipa. madrugada de ontem pelos bol, em Oeiras, perdendo
cura de sete jogadores Fonte do Comando responsáveis da selecção por 7-0. A partida encer-
da selecção de futebol Metropolitano de Lis- de São Tomé, em coorde- rou um curto estágio de
de Sub-18 de São Tomé boa (Cometlis) da PSP nação com a Federação três dias da Selecção por-
e Príncipe. Os atletas explicou à agência Portuguesa de Futebol, tuguesa treinada por Emí-
ausentaram-se, na noite Lusa, ao final da manhã acrescentou o Cometlis, lio Peixe.
Secretário de Estado para as Indústrias Culturais abriu a feira

Você também pode gostar