Você está na página 1de 1

nº 26

Abril de 2011

Fórum Empresarial inicia diálogo com Grupo Articulador do Jaguaré


O Grupo Articulador da Plataforma dos Centros Urbanos da Vila

Foto: Airton Goes


Nova Jaguaré, que atua na zona oeste da cidade, recebeu em
março a visita de representantes do Fórum Empresarial em
Apoio à Cidade de São Paulo.
O objetivo do encontro foi iniciar um diálogo entre a comunidade
e as empresas, para que possam avaliar a possibilidade de
atuação conjunta pela garantia dos direitos das crianças e dos
adolescentes que vivem na região.
O Grupo Articulador apresentou os dados coletados durante o
Diagnóstico Participativo e o Plano de Ação elaborado para
enfrentar os desafios identificados pela comunidade.
A iniciativa foi realizada em continuidade à mobilização iniciada
em 2010, para que as empresas invistam de maneira articulada,
sistêmica e eficiente, a fim de ampliar o acesso das crianças e
dos adolescentes que vivem em áreas mais vulneráveis ao conjunto de serviços e oportunidades necessários para a
plena realização de seus direitos, com vistas à redução das iniquidades na cidade.
O Fórum Empresarial é uma iniciativa do Instituto Ethos e da Rede Nossa São Paulo, que conta com o apoio do
UNICEF para ações na área de infância. Mais informações: www.forumempresarialsp.org.br

Escolas avaliam ensino de cultura afro-brasileira no município


Escolas municipais de São Paulo já estão aplicando um questionário para avaliar a implementação da Lei
10.639/03, que prevê a inclusão da temática de história e cultura afro-brasileira nos currículos escolares. A
iniciativa visa a avançar no cumprimento da Meta Municipal 16 da Plataforma dos Centros Urbanos, que
prevê a ampliação do número de escolas implementando a lei.
O questionário buscar identificar, por exemplo, se existiu formação continuada dos professores sobre o tema
em 2010, se os documentos escolares (censos, dados de matrícula etc) desagregaram as informações por
raça/etnia, se a escola buscou parceria em seu entorno para implementar a lei e se os estudantes
perceberam situações de discriminação no ambiente escolar.
Os resultados deverão ajudar a Secretaria Municipal de Educação a aperfeiçoar continuamente as políticas
públicas nessa área.

Adolescentes discutem legado social dos eventos esportivos


Diego Gomes de Moraes e Patrícia Gonçalves da Silva, Adolescentes
Comunicadores da Plataforma dos Centros Urbanos em São Paulo, têm
mais uma missão importante esta semana. Entre os dias 6 e 7 de abril,
eles se juntarão a adolescentes das outras 11 cidades-sede da Copa do
Mundo de 2014 para discutir temas relacionados ao direito ao esporte, o
legado social e a participação de adolescentes nos preparativos do próxi-
mo Mundial de Futebol e dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016.
Ao final do Encontro dos Adolescentes pelo Direito ao Esporte Seguro e
Inclusivo, as propostas construídas por eles após debates com atletas e
especialistas serão entregues às autoridades presentes.
Mais informações: http://direitoaoesporte.blogspot.com
Aliados Parceiros

Apoiadores
Parceiros Técnicos