Você está na página 1de 24

Fundações

Superficiais
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA
TEC-159 Tecnologia das Construções
Docente: Carlos Antônio Alves Queirós
Discentes: Marcos & Matheus S. de Azevedo
FundaçõesSuperficiais
Definição

ABNT NBR 6122/2019 Define Fundação Rasa (Direta ou Superficial) como


"Elemento de fundação cuja base está assentada em profundidade inferior
a duas vezes a menor dimensão da fundação, recebendo aí as tensões
distribuídas que equilibram a carga aplicada; para esta definição adota-se
a menor profundidade, caso esta não seja constante em todo o perímetro
da fundação."
Escolha do
tipo de
fundação
Natureza e características do solo no local da
obra;
Disposição, grandeza e natureza das cargas a
serem transferidas ao subsolo;
Limitações dos tipos de fundações existentes
no mercado;
Restrições técnicas impostas a cada tipo de
fundação;
Fundações e condições técnicas dos edifícios
vizinhos;
Orçamento completo das soluções e tipologias
possíveis.
VANTAGENS DESVANTAGENS
Vantagens e
Desvantagens - Baixo custo de
Implantação;
- Problemas nas escavações
junto as divisas;

- Não provoca vibrações; - Baixo nível tecnológico;

- Necessita de pouca - Limitações para cargas


escavação; elevadas;

- Volume de concreto - Solução artesanal com


usado é relativamente grande necessidade de mão
moderado; de obra;

10
TiposdeFundaçõesSuperficiais
TiposdeFundaçõesSuperficiais
BLOCO
-"Elementodefundaçãorasadeconcreto
ououtrosmateriaistaiscomoalvenariaou
pedras, dimensionado de modo que as
tensões de tração nele resultantes sejam
resistidaspelomaterial,semnecessidadede
armadura"(NBR6122,2019p.3).

-Osblocossãoindicadosparacargasdevalorsignificativo
(soluções não resolvidas por baldrames) em terrenos com
resistênciaigualousuperiora0,1MPa.(UNAMA,2003).
BLOCO
Sapatas
- "Elemento de fundação rasa, de
concretoarmado,dimensionadodemodo
queastensõesdetraçãoneleresultantes
sejam resistidas pelo emprego de
armadura especialmente disposta para
essefim"(NRB6122,2019p.8).

-Terrenoscomresistênciaigualousuperior
a0,1MPa.
Sapata Isolada
A sapata isolada é a mais comum nas
edificações, sendo aquela que transmite ao
solo as ações de um único pilar. Elas podem
ser de várias formas, circulares, quadradas,
retangulares ou poligonais.

Sapata Associada
Sapata comum a dois pilares; a denominação se aplica
também a sapata comum a mais do que dois pilares, quando
não alinhados e desde que representem menos de 70 % das
cargas da estrutura (NBR 6122, 2019).

Sapata Corrida
Sapata sujeita à ação de uma carga distribuída
linearmente ou de três ou mais pilares ao
longo de um mesmo alinhamento, desde que
representem menos de 70 % das cargas da
estrutura (NBR 6122, 2019).
SapatasIsoladas

Seoânguloformadoentreasdiferençasdealturaformenorque
30°,adistânciaentreassapatasdevesermaior.
Sapata
Execução

Solo Escavaçãodosolo Camadadeconcretomagro

Suportedaforma Montagemdaarmadura FormadopescoçoeSarrafo


Sapata
Execução

Montagemdaarmadura FormadopescoçoeSarrafo Concretagem

Curadasapata Desforma Reaterrodosolo


Radier
-"Elementodefundaçãorasadotado
de rigidez para receber e distribuir
mais do que 70 % das cargas da
estrutura"(NBR6122,2019p.7).

Recomendadoparaocasodafundaçãoocuparmais
de70%daáreatotaldaobra.
Radier
Execução
Executar a abertura da vala
atravésdeescavação;
Compactar a camada do solo
resistente, apoiando o fundo e
nivelando-o;
Formasdebordadalaje;
Camadadebritanº2ou areia,de
aproximadamente 7 cm, bem
compactada;
Radier
Execução
Tratamentocontrainfiltração;
Colocação da armadura ou dos
cabosdeprotensão(cordoalha);
Posicionamento das tubulações
elétricasedeesgoto;
Verificação e Concretagem do
radier;
Radier
ConcretagemRadierArmado:
•Olançamentodoconcretopodeser
feitocombombaoujerica;
• O nivelamento é garantido por
meiodemestrasmetálicas;
•Oacabamentosuperficial éobtido
porsarrafeamento,desempenamento
eacabadoramecânicadesuperfície.
• O acabamento não pode ser liso
demais, porque a textura deve
permitiraaderênciadaargamassa.
Radier
ConcretagemRadierProtendido:
•Naconcretagemdoradierqueserá
protendido,deve-seevitarpisarnas
cordoalhas de protensão ou
encostar-se a elas a ponta do
vibrador,paranãodesloca-la;
•Aprotensão éfeitaatravésdeum
macaco hidráulico, que fica
encostadonalateraldoradier,onde
seprendeocaboeoestica;
• Depois do tensionamento, é
realizado o corte da cordoalha, que
ficaancoradanaplaca.
Curiosidade
BurjKhalifa
828m
Obrigado!
REFERÊNCIAS
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6122: Projeto e execução de fundações. 3
ed. Rio de Janeiro, 2019. 108 p.
FERREIRA, Rafael Alexandre. ESTUDO COMPARATIVO DE TÉCNICA E DE CUSTO ENTRE
FUNDAÇÕES RASAS: Estudo de caso entre radier e sapata isolada. 2017. Disponível em:
<http://repositorio.unis.edu.br/handle/prefix/131>. Acesso em: 26 /03/2021
PIMENTEL, Matheus Lima; ROSA, Walber Luiz Oliveira; ASSIS, Rita de Cássia Teixeira. FUNDAÇÕES
RASAS: TIPOS E UTILIZAÇÃO. Disponível em: <https://favetr.univertix.net/wp-
content/uploads/2020/01/A48-FUNDAÇÕES-RASAS-TIPOS-E-UTILIZAÇÃO-CORRIGIDO..pdf>. Acesso
em: 26/03/2021
RESENDE, Priscila Barbosa; GOULART, Letícia Beraldo; DE ARAÚJO JÚNIOR, José Luiz.
FUNDAÇÕES SUPERFICIAIS. In: Anais Colóquio Estadual de Pesquisa Multidisciplinar (ISSN-2527-
2500) & Congresso Nacional de Pesquisa Multidisciplinar. 2018. Disponível em:
<https://fimes.edu.br/ojs/index.php/coloquio/article/view/402>. Acesso em: 26/03/2021
TIZOTT, Rafael Mallmann. Comparação do custo benefício entre dois tipos de fundações: sapata rígida
e radier. 2014.
VIRTUHAB, Ufsc Portal. Radier. 2020. Disponível em: https://portalvirtuhab.paginas.ufsc.br/radier/.
Acesso em: 28 mar. 2021.

Você também pode gostar