Você está na página 1de 34

LA

INE
FE
RN
AN
DA
W
IT
KO
SK
I9
49
04
77
40
00E
LA
IN
E
FE
RN
AN
DA
W
IT
KO
SK
I9
49
04
77
40
00
EL
AI
NE
FE
RN

DE VENDAS
SUA ESCOLA
AN
DA
O CONSIGNADO
W
IT
KO
DESCOMPLICANDO

SK
I9
49
04
77
40
00
EL
AI
NE
FE
FE
NE
AI
EL
00
40
77
APRESENTAÇÃO

04
49
I9
SK
KO
IT
W
Agora que você já dominou tudo sobre

DA
empréstimos é necessário se aprofundar

AN
RN
nas características específicas do

FE
consignado, entendendo todos os detalhes

NE
que serão apresentados abaixo você vai

AI
EL
sentir muito mais segurança na hora de
00
40
finalizar o atendimento com seus clientes.
77
04
49
I9
SK
KO
IT
W

Faça anotações aqui


DA
AN
RN
FE
E
IN
LA
0 0E
40
77
04
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
MARGEM CONSIGNÁVEL

00
40
77
04
49
Esse é o nome dado ao % do salário que pode ser

I9
utilizado como parcela em empréstimos

SK
KO
consignados. Geralmente os convênios possuem

IT
sistemas e portais que apresentam essa informação

W
DA
pronta, mas é sempre bom entender a lógica do

AN
cálculo de margem, caso seja necessário fazer o

RN
FE
cálculo manual em algum momento, mas sempre

NE
lembrando que cada convênio e banco podem

AI
EL
possuir regras específicas em relação ao que pode
ser incluído ou não no cálculo de margem. 00
40
77
04

Sendo assim o primeiro passo para calcular a


49
I9

margem é solicitar o holerite do cliente e em


SK

seguida somar todos os rendimentos fixos, pois


KO
IT

existem situações nas quais o cliente recebe


W
DA

bonificações além do salário base, porém é possível


AN

incluir no cálculo da margem apenas os adicionais


RN

fixos e vitalícios, ou seja qualquer adicional variável


FE
E

como comissão ou férias não pode ser incluído no


IN
LA

cálculo.
0 0E
40

Em seguida é necessário subtrair os descontos


77
04

compulsórios, ou seja, todos os descontos fixos


49
I9

como imposto de renda, pensão alimentícia, entre


SK

outros. Nessa etapa não é necessário subtrair os


KO
IT

descontos das parcelas de empréstimos que o


W

cliente possui.
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
MARGEM CONSIGNÁVEL

00
40
77
04
49
A partir do resultado dessa subtração aplique o

I9
SK
% de margem definido pelo convênio e o

KO
resultado será a margem consignável do cliente,

IT
W
porém é possível que o cliente já possua algum

DA
empréstimo, nesse caso é necessário subtrair o

AN
RN
valor das parcelas vigentes para descobrir o valor

FE
de margem disponível.

NE
AI
EL
EXEMPLO:
00
40
77
04
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE
E
IN
LA
0 0E
40
77
04
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
MARGEM CONSIGNÁVEL

00
40
77
04
49
RENDIMENTOS FIXOS
1

I9
SK
Vencimento R$ 1.714,77

KO
Auxílio transporte R$ 84,43

IT
W
Adicional R$ 171,48

DA
AN
Total R$ 1.970,68

RN
FE
DESCONTOS COMPULSÓRIOS

NE
2

AI
Vale refeição R$ 63,80

EL
00
Sindicato R$ 19,70 40
INSS R$ 154,55
77
04

Total: R$ 238,05
49
I9
SK

BASE DE CÁLCULO
KO

3
IT
W

Rendimentos – descontos
DA

1.970,68 – 238,05 = 1.732,63


AN
RN
FE

MARGEM CONSIGNÁVEL
4
E
IN

Base de cálculo X % de margem


LA
0E

consignável convênio:
0
40

1.732,63 X 35% = 606,42


77
04
49

MARGEM DISPONÍVEL
I9

5
SK

Margem consignável – parcelas


KO
IT

de empréstimo
W

606,42 – 531,66 = 74,76


DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
TIPOS DE MARGEM

00
40
77
04
49
I9
Margem total livre:
1

SK
O cliente possui a margem total livre, quando não tem

KO
IT
nenhuma parcela de empréstimo ativa.

W
DA
AN
Margem disponível:
2

RN
É a margem que o cliente possui disponível para

FE
NE
empréstimos depois de subtrair as parcelas vigentes.

AI
EL
Margem zerada:
3 00
40
É quando o resultado da soma das parcelas que o
77
04

cliente paga é igual a margem consignável, nesse caso


49
I9

o cliente não possui margem disponível para fazer um


SK

empréstimo novo.
KO
IT
W

Margem complementar:
DA

4
AN

É o nome dado a margem adicional que fica disponível


RN

quando o cliente tem um aumento salarial.


FE
E
IN
LA

Margem negativa:
5
0E

É quando o resultado da soma das parcelas que o


0
40

cliente paga é maior que a margem consignável, nesse


77
04

caso a diferença entre esses valores é a margem


49

negativa, portanto só é possível fazer um contrato para


I9
SK

esse cliente se ele tiver algum aumento para


KO

regularizar a margem ou se o banco permitir redução


IT
W

de parcela para enquadrar a margem.


DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
AVERBAÇÃO

00
40
77
04
Depois de fazer o cálculo de margem e

49
I9
fechar o contrato com o cliente é necessário

SK
KO
incluir a proposta no sistema do banco, mas

IT
W
DA
o processo final de aprovação não depende

AN
RN
do banco e sim do convênio que precisa

FE
NE
avaliar a proposta e incluir esse desconto no

AI
EL
holerite do cliente, o nome dado a essa
00
40
77

etapa final é averbação.


04
49
I9
SK
KO

Como funciona o processo de envio para


IT
W
DA

averbação?
AN
RN
FE
E

O processo de envio para averbação pode


IN
LA

mudar de acordo com cada convênio, em


0E

alguns casos o banco envia para averbação


0
40

automaticamente, em outros é necessário


77
04

solicitar em algum portal e existem casos em


49
I9

que só é possível fazer averbação levando o


SK

contrato ao RH da empresa conveniada.


KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
AVERBAÇÃO

00
40
77
04
Os principais pontos analisados quando o

49
I9
contrato é enviado ao convênio são:

SK
KO
IT
Análise da margem:
1

W
DA
Nesse caso se a margem estiver correta o contrato

AN
será averbado, caso contrário o contrato pode ser

RN
pendenciado ou cancelado por margem consignável

FE
excedida.

NE
AI
EL
Conferência dos dados:
2 00
40
O convênio precisa de informações básicas para
77
04

efetuar a averbação, um desses dados é o número da


49

matrícula, portanto se alguma informação essencial for


I9
SK

digitada incorretamente o convênio não conseguirá


KO

averbar e irá retornar o contrato alegando que os


IT
W

dados do cliente estão divergentes.


DA
AN
RN

Dados bancários:
3
FE

Alguns convênios exigem que o valor do crédito seja


E
IN

liberado na conta onde o cliente recebe, para garantir


LA

mais segurança na operação. Nesses casos se os dados


00E

bancários estiverem incorretos o convênio pode


40
77

retornar o contrato informando que os dados


04

bancários estão inválidos.


49
I9
SK

Por esse motivo, é importante confirmar as


KO
IT

informações básicas com o cliente no fim da


W

negociação antes de enviar o contrato para digitação.


DA
AN
RN
FE

Página 07 www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
FORMAS DE LIBERAÇÃO

00
40
Um dos principais fatores que geram segurança

77
04
para o cliente nas operações de crédito

49
I9
consignado é o formato de liberação do

SK
crédito, já que grande parte dos convênios exige

KO
IT
que o recurso seja liberado obrigatoriamente na

W
DA
conta onde o cliente recebe o salário, mas

AN
existem situações nas quais é necessário abrir

RN
exceções, o principal deles é quando o cliente

FE
NE
recebe o pagamento através de conta salário,

AI
pois esse é um formato de conta que só permite

EL
depósito do empregador, quando o cliente é 00
40
77

aposentado ou pensionista do INSS e recebe o


04

benefício numa conta que possui esse formato


49
I9

costumamos dizer que ele recebe por cartão


SK
KO

magnético.
IT
W
DA
AN
RN

Faça anotações aqui


FE
E
IN
LA
0 0E
40
77
04
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

Página 07 www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
FORMAS DE LIBERAÇÃO

00
40
77
04
49
I9
SK
Nesses casos temos as seguintes

KO
alternativas para liberação:

IT
W
DA
Conta Nominal: A primeira opção é verificar

AN
RN
se o cliente possui alguma conta corrente ou

FE
poupança no nome dele, pois o banco não

NE
permite deposito em conta de terceiros, mas

AI
EL
é necessário se atentar nas seguintes
00
40
situações:
77
04
49
I9

• Conta fácil: Esse é um modelo de conta


SK

que tem um limite de depósito, ou seja se o


KO

limite da conta for R $2.000,00 e o valor


IT
W

liberado ao cliente for de R $5.000,00 o


DA
AN

depósito não será efetuado.


RN
FE

• Contas digitais: Alguns bancos podem ter


E
IN

restrições para liberar o recurso em contas


LA
0E

de bancos digitais (como inter, next,


0
40

nubank). Nesse caso, é necessário verificar


77
04

essas informações no roteiro antes de


49

digitar.
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
FORMAS DE LIBERAÇÃO

00
40
77
04
49
I9
SK
Ordem de pagamento: Essa é a opção de

KO
liberação caso o cliente não tenha nenhuma

IT
W
conta nominal. Porém é necessário verificar o

DA
roteiro antes de digitar, pois alguns bancos só

AN
RN
permitem liberação por OP em bancos

FE
específicos e em alguns casos definem regras

NE
ainda mais restritas para esse formato de

AI
EL
liberação.
00
40
77

Se o contrato for liberado nesse formato o


04
49

cliente deve ir na agência depois do


I9
SK

pagamento do contrato com documento de


KO

identificação e informar ao atendente do caixa


IT
W

que precisa sacar uma ordem de pagamento.


DA
AN
RN

Nesse caso pode acontecer as seguintes


FE

possibilidades:
E
IN
LA

• Carência para saque: Em alguns casos a


0E

ordem de pagamento não fica disponível


0
40

logo após a integração do contrato, por isso


77
04

é recomendável que o cliente vá sacar 1 ou 2


49
I9

dias depois da aprovação.


SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

Página 07 www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
FORMAS DE LIBERAÇÃO

00
40
77
04
49
I9
SK
• Solicitação prévia: Caso o valor liberado

KO
seja muito alto é possível que a agência não

IT
W
tenha o valor total disponível em caixa, por

DA
isso o atendente pode solicitar que o cliente

AN
RN
vá sacar o recurso no dia seguinte para que

FE
a agência tenha tempo de separar o

NE
dinheiro para o cliente.

AI
EL
• Apresentação do contrato: Algumas 00
40
77

agências podem pedir que o cliente


04
49

apresente o contrato, por isso é importante


I9

deixar uma via com ele se o contrato for


SK
KO

liberado nesse formato.


IT
W
DA
AN
RN

Faça anotações aqui


FE
E
IN
LA
0 0E
40
77
04
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
REAPRESENTAÇÃO

00
40
77
04
49
Apesar de toda a atenção na hora de digitar os

I9
SK
dados bancários do cliente ainda podem ocorrer

KO
algumas eventualidades, por isso quando o

IT
W
banco aprovar o contrato, o primeiro passo é

DA
entrar em contato com o cliente informando

AN
RN
que o crédito foi liberado e pedindo para que

FE
o cliente verifique se o dinheiro já está na

NE
conta.

AI
EL
00
40
Se o cliente disser que o valor ainda não caiu
77

verifique imediatamente os dados bancários, pois


04
49

existem situações nas quais digitaram algo


I9
SK

errado ou o tipo de conta foi digitado


KO

incorretamente e por isso o banco não consegue


IT
W

finalizar o pagamento.
DA
AN
RN

Nesse caso verifique com o banco ou a


FE

promotora se o pagamento voltou e quando isso


E
IN

acontecer você precisará solicitar a


LA
0E

reapresentação, que é uma etapa na qual


0
40

podemos corrigir os dados e dar o comando de


77
04

pagamento novamente. Para isso geralmente é


49

necessário apresentar algum comprovante dos


I9
SK

dados bancários, que pode ser uma foto do


KO

cartão ou do extrato bancário do cliente.


IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS

00
40
77
04
49
Quando se trata de correspondentes

I9
SK
bancários eles podem ser:

KO
IT
W
• Exclusivos: Quando o acordo entre o banco e o

DA
correspondente exige exclusividade, por esse

AN
RN
motivo o correspondente só pode atuar com

FE
aquele banco. Esses acordos geralmente

NE
acontecem quando o correspondente trabalha

AI
EL
com grandes bancos como Banco do Brasil, Caixa
00
40
Econômica, Bradesco, Itaú, Santander, etc. Pois
77

esses bancos oferecem a possibilidade do


04
49

correspondente trabalhar com várias linhas de


I9
SK

produtos e tem processos bastante rigorosos de


KO

controle de qualidade.
IT
W
DA
AN

• Multibancos: Enquanto isso existem bancos


RN

que não exigem exclusividade, nesse caso o


FE

correspondente pode atuar com várias


E
IN

instituições simultaneamente e direcionar os


LA
0E

contratos para cada banco de acordo com a


0
40

estratégia da empresa ou regras do roteiro. Aqui


77
04

podemos citar o banco BMG, PAN, BGN, Safra,


49

Daycoval, Olé, etc...


I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS

00
40
77
Mas é importante se atentar a um detalhe,

04
49
I9
existem situações nas quais os bancos podem

SK
KO
fazer parte da mesma rede como o BMC e o

IT
W
Bradesco, o Olé e o Santander, nessas situações

DA
AN
o banco não permite que essas instituições

RN
FE
façam operações entre elas, por exemplo eu não

NE
AI
EL
posso tirar um contrato do Santander e enviar
00
40
para o Olé e vice versa, é importante conferir
77
04

essas questões em detalhes no roteiro de cada


49
I9
SK

banco.
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE
E
IN

Além disso, se o cliente tiver um contrato em algum


LA
0E

banco que você não possa atuar, a única maneira


0
40

de trabalhar esse contrato é transferindo o mesmo


77
04

para algum dos bancos que você trabalha através


49
I9

do processo de portabilidade.
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
ATENDIDOS E NÃO ATENDIDOS

00
40
77
04
49
Cada convênio pode ter regras específicas em

I9
SK
relação a clientes atendidos ou não, mas de

KO
maneira geral existem alguns fatores

IT
W
externos aos convênios que podem fazer com

DA
que o cliente seja atendido ou não, um desses

AN
RN
fatores é a consulta ao SPC/Serasa.

FE
NE
Uma das principais características do

AI
EL
consignado é o fato de que os bancos não
costumam analisar se o cliente está 00
40
77

negativado para oferecer o crédito, já que os


04
49

bancos têm a segurança de que irão receber


I9

o valor através do RH, mas se o cliente for de


SK
KO

um convênio privado existe o risco de que ele


IT
W

seja demitido e nessas condições o banco


DA

pode fazer análises mais criteriosas.


AN
RN
FE

Além disso existem situações nas quais o


E

próprio banco não tem o interesse em fazer


IN
LA

negócios com algum cliente específico, isso


0 0E

pode acontecer se o cliente tiver alguma


40
77

pendência naquela instituição ou um histórico


04

de mal pagador, podendo ter um rating baixo


49
I9

ou restrição interna. Nesses casos, o banco


SK
KO

pode cancelar a operação automaticamente


IT

após a digitação.
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
ATENDIDOS E NÃO ATENDIDOS

00
40
77
04
49
Caso a sua empresa trabalhe com

I9
SK
exclusividade não será possível atender um

KO
cliente que foi barrado em algum desses

IT
W
casos, mas se você trabalha com multibancos

DA
é recomendável que você tente fazer a

AN
RN
operação em outras instituições, pois é

FE
provável que seja aprovado.

NE
AI
EL
00
40
Faça anotações aqui
77
04
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE
E
IN
LA
0 0E
40
77
04
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
ROTEIRO OPERACIONAL

00
40
77
04
49
I9
Dominar o Roteiro Operacional é outro

SK
KO
fator essencial para ter sucesso com a suas

IT
operações, pois ele pode nos ajudar a definir

W
DA
estratégias para vender mais e também nos

AN
mostra para onde devemos direcionar nossas

RN
propostas para reduzir a taxa de

FE
NE
cancelamento por erro operacional.

AI
EL
00
40
Confira agora os pontos mais importantes que você
77
04

deve analisar no roteiro de cada banco:


49
I9
SK
KO

ANALFABETOS: Caso você atenda algum cliente


IT

analfabeto é no roteiro que você vai descobrir se


W
DA

o banco atende esse perfil de cliente e como é a


AN

maneira correta de colher a assinatura do


RN
FE

mesmo. É importante ter muita atenção nesse


E

caso, pois geralmente é necessário colher a


IN
LA

assinatura do cliente e de algum parente de 1º


0E

grau. E caso você colha errado a assinatura, o


0
40
77

cliente terá o desgaste de voltar na empresa


04

para assinar novamente. Por isso, o ideal é


49
I9

colher a assinatura em pelo menos dois bancos,


SK
KO

pois caso ocorra algum problema em um banco


IT

você terá outra opção para digitar.


W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
ROTEIRO OPERACIONAL

00
40
77
04
49
Nº DE CONTRATOS: No roteiro também é

I9
SK
possível verificar qual é o número máximo de

KO
contratos que o convênio permite, pois existem

IT
W
situações nas quais o convênio permite que o

DA
cliente tenha um número específico de contratos

AN
RN
de empréstimos, isso quer dizer que se o cliente

FE
atingir o número máximo de contratos

NE
permitidos, o contrato não será aprovado pelo

AI
EL
convênio e nesse caso a única alternativa para
00
40
liberar o recurso é fazendo uma unificação ou
77

agregação.
04
49
I9
SK

PARCELA MÍNIMA: Alguns bancos definem


KO

também qual é a parcela mínima permitida por


IT
W

contrato. Isso quer dizer, que se a parcela


DA

mínima do banco for R$15,00 e o cliente tiver


AN
RN

R$10,00 de margem, aquele banco não irá


FE

permitir que seja feito um contrato novo com


E
IN

essa margem disponível.


LA
0 0E
40

Mas é importante sempre verificar essas regras,


77
04

pois quando o convênio tem algum tipo de


49

aumento de salário os bancos tendem a reduzir


I9
SK

o valor da parcela mínima para enquadrar a


KO

margem que será liberada após o aumento.


IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
ROTEIRO OPERACIONAL

00
40
77
04
49
VALOR LIBERADO: No roteiro você também

I9
SK
pode verificar qual é o valor mínimo liberado por

KO
operação, ou seja alguns bancos definem que

IT
W
nos contratos novos o no refinanciamento o

DA
valor liberado deve ser no mínimo X, assim como

AN
RN
podem definir que numa operação de

FE
refinanciamento da portabilidade o valor mínimo

NE
liberado seja 5% do valor total do contrato, e

AI
EL
caso o valor liberado na proposta seja menor do
00
40
que o definido pelo banco a proposta será
77

automaticamente cancelada.
04
49
I9
SK

DOCUMENTOS: Cada banco pode ter regras


KO

específicas em relação aos documentos


IT
W

obrigatórios e permitidos para cada contrato e


DA

você pode conferir esses dados no roteiro. Por


AN
RN

exemplo, alguns bancos podem aceitar a carteira


FE

de trabalho como documento de identificação e


E
IN

outros não, alguns podem aceitar a CNH vencida


LA
0E

como documento e outros não, além disso você


0
40

também poderá conferir as regras em relação ao


77
04

comprovante de endereço.
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
ROTEIRO OPERACIONAL

00
40
77
04
49
- IDADE: Sabemos que os bancos permitem o

I9
SK
crédito consignado em prazos longos e valores

KO
altos pois eles têm maior garantia, mas é

IT
W
importante destacar que conforme o cliente vai

DA
ficando mais velho, maior é o risco de

AN
RN
falecimento e por isso os bancos começam a

FE
definir regras mais rígidas para aprovação. No

NE
roteiro operacional é possível conferir quais são

AI
EL
os limites de idade, ou seja, até qual idade o
00
40
banco permite que o cliente faça novas
77

contratações e essas regras podem estabelecer a


04
49

idade máxima no ato da assinatura ou a idade


I9
SK

máxima ao término do contrato. Além disso,


KO

alguns bancos podem até atender idades mais


IT
W

avançadas, mas definir regras em relação ao


DA

valor liberado ou prazo do contrato. Esse tipo de


AN
RN

regra dificulta a oferta de portabilidade ou


FE

refinanciamento, por isso é sempre bom ficar


E
IN

bem atento ao banco escolhido se o cliente tiver


LA
0E

mais de 70 anos.
0
40
77
04

Faça anotações aqui


49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
ROTEIRO OPERACIONAL

00
40
77
04
49
- VALOR MÁXIMO: Se você trabalha com

I9
SK
convênios de ticket médio à alto é necessário ter

KO
atenção também ao valor máximo de contratos

IT
W
permitidos por CPF em cada banco, pois alguns

DA
bancos determinam que se o cliente tiver mais

AN
RN
de R $250.000,00 de contratos naquela

FE
instituição, não será possível liberar o contrato.

NE
Nesse caso, a única alternativa é liberar em outro

AI
EL
banco, caso tenha essa possibilidade.
00
40
77

MARGEM DE SEGURANÇA: O convênio


04
49

geralmente determina a margem máxima,


I9
SK

porém o banco pode fazer análises internas e


KO

definir uma margem menor para minimizar os


IT
W

riscos no momento da averbação. Por isso é


DA

necessário verificar se o banco trabalha com a


AN
RN

margem de segurança, ou seja se você pode


FE

fazer o cálculo de margem normalmente ou se


E
IN

será necessário retirar um valor específico ou um


LA
0E

percentual por segurança antes de digitar a


0
40

proposta.
77
04
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
ROTEIRO OPERACIONAL

00
40
77
04
49
- PORTABILIDADE: Se você pretende fazer uma

I9
SK
portabilidade é bom verificar no roteiro quais

KO
são as regras referentes a esse produto, pois

IT
W
alguns bancos ou promotoras podem fazer

DA
acordos entre si e definir número mínimo de

AN
RN
parcelas pagas para portar ou determinar que

FE
um banco não porta o outro e nesse caso não

NE
será possível finalizar a operação.

AI
EL
00
40
VÍNCULO EMPREGATÍCIO OU TIPO DE
77

BENEFÍCIO: As características do consignado


04
49

geram mais segurança para o banco caso o


I9
SK

cliente tenha um cargo de mais estabilidade. Por


KO

isso, é importante ficar atento, pois caso algum


IT
W

cliente trabalhe para algum órgão público, mas


DA

não possua um cargo de estabilidade é muito


AN
RN

provável que o banco não atenda aquele cliente,


FE

isso pode acontecer se o cliente for temporário,


E
IN

comissionado ou celetista por exemplo. Portanto


LA
0E

é muito importante conferir se o cargo do cliente


0
40

é elegível à contratação no roteiro.


77
04
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
DOCUMENTAÇÃO

00
40
77
04
Alguns documentos são necessários no momento de

49
I9
finalizar o contrato e podem mudar de acordo com o

SK
tipo de contratação, físico ou digital. Por isso, iremos

KO
apresentar os documentos necessários de maneira

IT
W
geral e recomendo que você analise em detalhes no

DA
AN
roteiro operacional o que o banco realmente exige em

RN
cada situação.

FE
NE
AI
É importante deixar claro também que os documentos

EL
são essenciais para o sucesso da operação, por isso
00
40
tenha muita atenção a qualidade, ou seja, se o cliente
77
04

foi até a loja, faça o scanner do documento ao invés de


49

fazer apenas uma cópia, pois dessa forma você terá a


I9
SK

imagem com mais qualidade caso o banco solicite


KO

anexo.
IT
W
DA

Se você precisar tirar a foto do documento, coloque o


AN
RN

documento num fundo branco, tenha muita atenção


FE

para que a foto tenha foco e que seja possível ler todas
E
IN

as informações, retire o documento da capinha de


LA
0E

plástico (se houver) e se certifique de que a foto está


0
40

registrando o documento inteiro com todas as bordas,


77

caso contrário o banco pode negar esse documento.


04
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
DOCUMENTAÇÃO

00
40
77
Se você solicitar a foto para o cliente, tenha certeza de

04
49
que explicou em detalhes o jeito certo de tirar a foto, se

I9
SK
possível grave um vídeo mostrando como fazer. Caso o

KO
cliente envie uma foto que não siga os padrões, solicite

IT
W
uma nova foto logo em seguida, pois existe a

DA
probabilidade do banco negar o documento e vai levar

AN
RN
mais tempo até solicitar a foto e enviar novamente para

FE
o banco.

NE
AI
• DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO

EL
00
40
RG – o banco geralmente pede um documento
77
04

atual e em bom estado, por isso caso o RG do


49

cliente seja muito antigo e esteja muito


I9
SK

desgastado verifique se ele possui outro


KO

documento mais atual.


IT
W
DA
AN

CNH – Verifique sempre a data de validade da


RN

CNH, pois nem todos os bancos aceitam esse


FE

documento se ele estiver vencido.


E
IN
LA
0E

OUTROS – Alguns clientes podem apresentar


0
40

documentos diferentes como por exemplo o


77

RNE que é um tipo de RG para estrangeiros ou


04
49

até mesmo carteirinha profissional como OAB.


I9
SK

Os bancos geralmente aceitam esses


KO

documentos como válidos, mas em caso de


IT
W

dúvidas confira no roteiro ou solicite outro


DA

documento por precaução.


AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
DOCUMENTAÇÃO

00
40
77
04
CPF - É muito importante ter algum

49
documento que apresente o CPF, por isso

I9
SK
se for CNH não precisa se preocupar, mas

KO
se for o RG verifique se consta o número

IT
W
do CPF.

DA
AN
RN
Caso não possua, você pode solicitar um

FE
documento que conste o nº do CPF ou

NE
imprimir o comprovante de situação

AI
EL
cadastral no site da receita federal.
00
40
77
04
49
I9

P.S. também é importante destacar que grande parte dos


SK

bancos não atendem clientes que estão com o CPF irregular


KO

na Receita Federal e esse pode ser um motivo para que o


IT
W

contrato seja cancelado. Nesse caso é necessário que o


DA

cliente identifique o motivo e busque regularizar a situação.


AN
RN
FE
E
IN
LA

Faça anotações aqui


00E
40
77
04
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
DOCUMENTAÇÃO

00
40
77
04
• COMPROVANTE DE ENDEREÇO

49
I9
SK
Esse é um documento que o banco

KO
geralmente exige na venda física, portanto

IT
W
no momento da negociação solicite que o

DA
AN
cliente leve ou envie um comprovante de

RN
endereço que esteja no nome dele, caso o

FE
cliente não possua alguns bancos podem

NE
acatar comprovantes em nome de

AI
EL
terceiros desde que seja comprovado um
00
40
parentesco de primeiro grau com o titular.
77
04
49

É importante destacar também que o


I9
SK

comprovante deve ser uma conta de


KO

consumo, água, luz, telefone ou cartão de


IT
W

crédito, com até 90 dias desde o


DA

vencimento.
AN
RN
FE

Caso o cliente não possua meios de


E
IN

comprovar, alguns bancos aceitam uma


LA
0E

declaração de residência como


0

comprovante. Cada banco possui um


40
77

modelo próprio, por isso é necessário


04
49

solicitar esse documento junto a


I9

instituição.
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
DOCUMENTAÇÃO

00
40
77
04
• CONTRACHEQUE / EXTRATO

49
I9
SK
Em alguns convênios é possível que seja

KO
necessário anexar também o extrato ou

IT
W
contracheque para garantir a aprovação da

DA
AN
proposta, por isso lembre-se de verificar

RN
essa questão e solicite ao cliente caso seja

FE
necessário.

NE
AI
EL
Lembrando que a maioria dos convênios
00
40
tem um sistema no qual o cliente pode ter
77

acesso a esse documento e nesse caso ele


04
49

pode te enviar ou te passar o login para


I9
SK

que você faça o download.


KO
IT
W
DA
AN
RN
FE
E
IN
LA
0 0E
40
77
04
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
TIPOS DE CONTRATOS

00
40
77
04
Atualmente os contratos de crédito

49
I9
consignado podem ser adquiridos por meio

SK
KO
físico ou de maneira digital. Em geral o

IT
W
DA
contrato físico é a modalidade na qual o

AN
RN
cliente precisa assinar pessoalmente as vias

FE
NE
do contrato, enquanto o no contrato digital o

AI
EL
cliente assina por meio eletrônico, porém
00
40
77

cada um desses formatos exige processos


04
49
I9

diferentes, fique atento aos pontos de


SK
KO

destaque apresentados abaixo.


IT
W
DA
AN
RN
FE
E
IN
LA

FÍSICO:
1
0E
0
40

Quando utilizamos o meio físico para contratação


77

é necessário colher a assinatura nos formulários


04
49

disponibilizados pelos bancos que podem ser


I9
SK

blocados ou impressos.
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
TIPOS DE CONTRATOS

00
40
77
04
49
I9
• BLOCADOS:

SK
KO
São as vias do contrato que solicitamos ao banco

IT
W
ou ao gerente comercial para colher as

DA
assinaturas, esses contratos vêm com os dados

AN
RN
do cliente em branco que você pode preencher a

FE
mão ou fazer uma pré impressão das informações

NE
direto no site do banco, depende do processo de

AI
EL
formalização que o banco exige.
00
40
O ponto positivo de utilizar esse meio é que como
77
04

o contrato é em branco, caso ocorra algum erro e


49
I9

seja necessário digitar a proposta novamente,


SK

você poderá utilizar o mesmo contrato na


KO

formalização.
IT
W
DA

• IMPRESSOS:
AN
RN
FE

Alguns bancos permitem a assinatura na proposta


E
IN

impressa, nesse caso você precisa digitar a


LA

proposta, imprimir e depois entregar para o


0E

cliente assinar. Esse modelo confere mais


0
40
77

segurança para o cliente na contratação, mas se


04

houver algum erro na digitação do contrato e a


49
I9

proposta for cancelada, será necessário digitar


SK

uma nova proposta e fazer uma nova impressão e


KO

colher a assinatura novamente, gerando desgaste


IT
W

para o cliente.
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
TIPOS DE CONTRATOS

00
40
77
04
49
I9
Outro ponto de atenção quando o assunto são os

SK
contatos físicos, é verificar se a via do contrato

KO
está vigente, pois existem situações nas quais os

IT
W
bancos atualizam os formulários e o anterior

DA
perde a validade, por isso se você estiver

AN
RN
colhendo a assinatura de um banco que você não

FE
trabalha com frequência, verifique se houve

NE
alguma alteração nas vias solicitadas pelo bancos.

AI
EL
00
Além disso, outra forma de se prevenir de erros
40
operacionais é colher mais de uma assinatura, por
77
04

isso se você precisar se deslocar até o cliente, se


49
I9

certifique de pegar a assinatura em duas vias,


SK

para ter uma alternativa caso ocorra algum


KO

problema. Dependendo do caso, veja se é possível


IT
W

inclusive colher a assinatura em bancos diferentes


DA

pois se não der certo em um, pode ser aprovado


AN
RN

em outro banco.
FE
E
IN

Não fique com receio do cliente questionar essas


LA

questões, pois no momento da assinatura o que o


0E

cliente mais precisa é da garantia de que o


0
40
77

recurso vai cair rapidamente, por isso quanto


04

maior a sua atenção para prevenir as falhas,


49
I9

maior a probabilidade do contrato ser efetivado.


SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
TIPOS DE CONTRATOS

00
40
77
04
49
I9
DIGITAL:
2

SK
KO
Quando o assunto é a formalização digital é

IT
W
importante deixar claro que cada banco tem um

DA
processo diferente de formalização, que inclusive

AN
RN
está sempre passando por melhorias, por isso a

FE
melhor maneira de saber qual é o processo de

NE
cada banco é solicitando junto ao banco ou a

AI
EL
promotora os manuais de formalização digital,
00
porém existem alguns pontos em comum nessas40
instituições e é sobre esses detalhes que iremos
77
04

falar agora:
49
I9
SK

• TELEFONE: O telefone é uma das principais


KO

informações que exigem atenção, por que


IT
W

geralmente a formalização é feita pelo whatsapp


DA

ou SMS, por isso o telefone precisa ser do cliente


AN
RN

ou de algum parente próximo, pois o banco não


FE

permite a digitação se o mesmo número de


E
IN

telefone já foi cadastrado para outro cliente. Além


LA

disso, o banco também pode cancelar a operação


0E

se o DDD do telefone for diferente do DDD na


0
40
77

cidade do cliente.
04
49
I9
SK
KO
IT
W
DA
AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
TIPOS DE CONTRATOS

00
40
77
04
49
I9
• DOCUMENTOS: Em relação aos documentos,

SK
alguns bancos permitem que o correspondente

KO
anexe os documentos diretamente no sistema,

IT
W
enquanto outros solicitam que os documentos

DA
sejam enviados pelo cliente através do aplicativo

AN
RN
do banco ou no chat do whatsapp, nesse caso é

FE
importante auxiliar o cliente explicando em

NE
detalhes qual é a maneira correta de enviar o

AI
EL
documento, para reduzir o desgaste e não correr
00
o risco do cliente desistir do processo. 40
77
04

• FOTO: Outro meio de comprovar autenticidade


49
I9

da assinatura eletrônica, é incluindo uma selfie do


SK

cliente na formalização. Alguns bancos permitem


KO

que o correspondente anexe uma foto estática e


IT
W

outros só permitem a inclusão da selfie pelo


DA

aplicativo ou whatsapp, nesse caso é importante


AN
RN

que a imagem tenha boa qualidade, por isso não


FE

é permitido utilizar fotos de whatsapp, facebook


E
IN

ou fotos cortadas. Além disso, o cliente precisa


LA

estar em um local bem iluminado, sem óculos ou


0E

boné.
0
40
77
04
49

P.S. é muito importante ter um processo na empresa para fazer o


I9
SK

armazenamento dos documentos e vias do contrato utilizados na


KO

contratação, pois caso o cliente faça alguma reclamação alegando


IT

desconhecer a contratação será necessário enviar os documentos


W
DA

comprobatórios para o banco.


AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA
FE
NE
AI
EL
OUTROS

00
40
77
04
49
I9
SEGURO PRESTAMISTA:
1

SK
KO
O crédito consignado não é vinculado a

IT
W
necessidade de contratação de nenhum outro

DA
produto para que seja aprovado, já que o banco

AN
RN
tem a segurança de que o cliente irá pagar, mas

FE
existem dois fatores que não podemos controlar,

NE
o risco de falecimento e o risco de demissão, por

AI
EL
isso, existe o seguro prestamista, é um seguro
00
que garante a quitação do contrato caso ocorra
40
alguma eventualidade que impeça o pagamento
77
04

das parcelas, como falecimento ou demissão por


49
I9

exemplo.
SK
KO

Caso ocorra alguma eventualidade que


IT
W

interrompa os descontos e o cliente não possua


DA

seguro o banco pode cobrar o valor empréstimo


AN
RN

do cliente ou dos familiares em caso de


FE

falecimento.
E
IN
LA

ANALFABETOS:
2
0E
0
40

Os bancos atendem clientes analfabetos, porém


77
04

até o momento só é permitida a contratação para


49

esse público através da modalidade física, caso


I9
SK

seja necessário atender um cliente com esse perfil


KO

é muito importante analisar no roteiro


IT
W

operacional quais são as regras exigidas pelo


DA

banco para atender esse cliente.


AN
RN
FE

www.escoladocredito.com.br
NE
I
LA

Você também pode gostar