Você está na página 1de 11

Depressão na adolescência

Etec Prof. Alcídio de Souza Prado, Orlândia - SP

Eixo tecnológico: ambiente, saúde e segurança


Autores

Deivide Marcelino Damasceno; Resumo


Irailda de Sousa;
Bruno Henrique Neves Lagares Servelo; Este artigo é sobre a Depressão na
Lourraine da Silva Capistrano;
Adolescência e irá abranger os principais sintomas,
Orientadores
formas de tratamentos e motivos que levam um
Lenise Alcântara Urano
adolescente a ter depressão.
A Depressão na Adolescência se encontra
em todo o planeta e ela é muito importante, pois
muitos adolescentes atualmente estão tendo essa
doença e morrendo por conta dela.
O objetivo desse TCC é levar o leitor a
entender os motivos que levam o adolescente a ter
depressão.
A metodologia usada foi uma pesquisa
quantitativa, onde foi entrevistado 247 estudantes
da escola Etec Prof. Alcídio de Souza Prado -
Orlândia – SP.
O resultado obtido desse artigo sobre os
motivos que leva um adolescente a ter depressão,
como por exemplo, a separação dos pais, violência
verbal e física, pressão familiar, bullying etc.
Mostrou que mais de 50% dos entrevistados
concordam com esses motivos.
Conclui-se que este trabalho pode levar o
leitor a saber os motivos que levam um adolescente
a ter depressão e vai tentar diminuir a incidência de
adolescentes com essa doença.
Palavras-Chave

Depressão; terapia cognitiva comportamental; adolescência

Introdução

A depressão é um fator muito preocupante nos dias atuais, ela ficou mais
conhecida como um problema psiquiátrico em crianças e adolescentes em meados
da década de 70. É uma doença que pode se manifestar em qualquer momento da
vida, ela atinge 15% a 25% da população e afeta duas vezes mais mulheres do que
homens.[7][6]
De acordo com o Ministério da Saúde: a depressão situa-se em 4º lugar entre
as principais causas de ônus, respondendo por 4,4% dos ônus acarretados por todas
as doenças durante a vida. Ocupa 1º lugar quando considerado o tempo vivido com
incapacitação ao longo da vida (11,9%). A época comum do aparecimento é o final da
3ª década da vida, mas pode começar em qualquer idade. Estudos mostram
prevalência ao longo da vida em até 20% nas mulheres e 12% para os homens.[9]
Na adolescência, os sintomas depressivos são responsáveis por 75 % das
internações psiquiátricas. E esses sintomas são motivadas por fatores genéticos,
bioquímicos, psicológicos e sócio familiares.[3][7]
As consequências da depressão em adolescentes estudantes são: perda de
tempo na sala de aula, baixa produção acadêmica, desinteresse na escola e
importantes problemas pessoais.[6]
Um dos tratamentos para a depressão, podem ser acompanhamento
psicológico e psiquiátrico, apoio dos familiares e dos amigos, medicamentos
antidepressivos, Terapia Cognitivo Comportamental (TCC), Terapia Interpessoal
(TIP), Terapia de orientação psicodinâmica (TOP), entre outros.[5]
Grande parte dos estudos sugerem componentes genéticos e salientam que
a presença de depressão familiar aumenta o risco de depressão na infância ou
adolescência em pelo menos três vezes.[3]

Objetivos Gerais
Por sermos jovens e adolescentes, acreditamos que a informação sobre o
assunto, Depressão na Adolescência, levará o leitor a entender os motivos que levam
o adolescente a Depressão e caso o leitor sinta interesse em ajudar, poderá orientar
estes adolescentes, pois o entendimento dos motivos poderá leva-lo a compreensão
e consequente ajuda, seja com orientações e encaminhamentos ou mesmo ouvir e
aconselhar.
Temos também como objetivo diminuir a incidência desta patologia, das
consequências e dos suicídios apurados durante a nossa pesquisa.

Causuística e métodos

A metodologia usada em nosso Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), foi a


pesquisa quantitativa. Essa pesquisa foi realizada na escola Etec Prof. Alcídio de
Souza Prado - Orlândia – SP, onde o público alvo foram os estudantes dessa
instituição, esta foi feita em um formulário no Google Forms, onde os alunos
responderam via on-line.
A coleta dos dados foi feita através do Google Forms, onde ele computou as
respostas dos alunos que responderam o formulário e apresentou gráficos com as
porcentagens.

Resultados e discussão

A pesquisa quantitativa realizada na Etec Prof Alcídio de Souza Prado sobre


a Depressão na Adolescência, entrevistou 247 pessoas utilizando um formulário no
Google Forms.
Na figura 1 (vide anexos), o resultado obtido sobre os motivos que leva um
adolescente a ter depressão são: a separação dos pais (53,4% dos entrevistados),
violência verbal e física (73,7% dos entrevistados), pressão familiar (68% dos
entrevistados), construção de sua identidade (41,7% dos entrevistados), bullying
(80,6% dos entrevistados), falta de amigos (56,7% dos entrevistados), ficar isolado
(62,8% dos entrevistados), ficar sem falar dos seus sentimentos para alguém e ficar
guardando para si mesmo (76,1% dos entrevistados), baixa autoestima e assédio
(0,4% dos entrevistados).
Quanto aos términos de namoro, se podem levar um adolescente a ter
depressão, o resultado apresentado na figura 2 (vide anexos), observa-se que 70,9%
das pessoas entrevistadas responderam que os términos de namoros pode levar um
adolescente a ter depressão, 8,1% responderam que não e 21,1% não sabem.
Na figura 3 (vide anexos), o resultado apresentado sobre a falta de atenção
de uma pessoa importante para um adolescente pode levá-lo a ter depressão.
Observa-se que 89,1% das pessoas entrevistadas responderam que a falta de
atenção de uma pessoa importante para um adolescente pode levá-lo a ter depressão,
6,5% responderam que não e 4,4% não sabem.
Outro resultado do questionário é se o preconceito sobre a orientação sexual
em adolescentes pode causar depressão. O resultado da figura 4 (vide anexos),
resultam em 82,2% das pessoas entrevistadas responderam que o preconceito sobre
a orientação sexual em adolescentes pode causar depressão, 9,7% responderam que
não e 8,1% não sabem.
Sobre se os medicamentos ajudam no tratamento da depressão na
adolescência, no resultado da figura 5 (vide anexos), observa-se que 55,5% das
pessoas entrevistadas responderam que os medicamentos ajudam no tratamento da
depressão na adolescência, 20,6% dos entrevistados responderam que não e 23,9%
não sabem.
Na figura 6 (vide anexos), o resultado apresentado sobre um adolescente que
teve em sua infância algum tipo de trauma, como abuso sexual, agressões etc, pode
levá-lo a desenvolver depressão, indicaram que 95,5% das pessoas entrevistadas
responderam que um adolescente que teve em sua infância algum tipo de trauma
pode levá-lo a desenvolver depressão, 1,7% responderam que não e 2,8% não
sabem.
Outro resultado apresentado é se os adolescentes que bebem, se drogam e
fazem uma auto agressão podem desenvolver depressão. O resultado é apresentado
na figura 7 (vide anexos), nota-se que 68,4% das pessoas entrevistadas responderam
que os adolescentes que bebem, se drogam e fazem uma auto agressão podem
desenvolver depressão, e 13,8% responderam que não e 17,8% não sabem.
Na figura 8 (vide anexos), o resultado apresentado sobre se os entrevistados
conhecem alguém que já teve depressão na adolescência ou tem. Observa-se que
87% dos entrevistados conhecem alguém que já teve depressão na adolescência ou
tem, e 9,3% não conhecem e 3,7% não sabem.
Outro resultado é se a depressão na adolescência pode desencadear a
esquizofrenia. O resultado da figura 9 (vide anexos), observa-se que 42,9% dos
entrevistados responderam que a depressão na adolescência pode desencadear a
esquizofrenia, 3,7% responderam que não e 53,4% não sabem.
Na figura 10 (vide anexos), o resultado apresentado sobre se as omissões de
cuidados e as condições gerais que afetam o ambiente e o equilíbrio familiar onde o
adolescente está inserido pode contribuir para o desenvolvimento da depressão. Nota-
se que 85,4% dos entrevistados responderam que as omissões de cuidados e as
condições gerais que afetam o ambiente e o equilíbrio familiar onde o adolescente
está inserido contribui para o desenvolvimento da depressão, 3,7% responderam que
não contribui e 10,9% não sabem.

Conclusão

O objetivo do nosso TCC para que o leitor entenda os motivos que levam o
adolescente a ter Depressão foram alcançados, pois durante o desenvolvimento do
TCC descrevemos esses motivos.
Buscamos ao decorrer do nosso TCC levar informações sobre as causas da
Depressão na Adolescência, ajudando as pessoas a identificar adolescentes que
possam ter essa patologia e tentar diminuir a incidência de adolescentes com a
mesma e que o apoio da família pode ajudar a pessoa em sua adolescência a não
desenvolvê-la.
Acreditamos que o único tratamento para resolver a depressão na
adolescência é o tratamento humanizado. O ambiente familiar para nós é o principal
fator que o adolescente pode desencadear a depressão, por isso os adolescentes
precisam de um ambiente onde eles se sintam acolhidos pela família, fato este
confirmado no questionário aplicado na área escolar.
Os adolescentes em depressão ou desenvolvendo esta, precisam de ajuda
das pessoas, de animais e apoio em geral, pois para nós é a única maneira de o
adolescente obter a cura. Concluímos então que os medicamentos podem ajudar na
depressão, mas não na cura da doença.
Após analisar vários assuntos ligados a depressão na adolescência,
concluímos que nosso trabalho está de forma clara e objetiva e de um jeito que ficará
bem explícita ao público alvo. Também foi possível ser bem empática diante desse
tema bem presente no cenário atual e ter olhar mais distinto sobre a depressão na
adolescência, pois esse tema ainda é considerado um tabu. No mais foi muito
relevante ressaltar os motivos que levam um adolescente a ter depressão, tendo em
vista os resultados obtidos através do questionário.
O nosso TCC é um assunto polêmico e precisa de mais investigações e
pesquisas, também precisa de intervenção de psicólogos e psiquiatras, e que esse
trabalho pode ser continuado. Então sugerimos que os interessados no assunto deem
continuidade ao nosso trabalho que será de grande valia para a população de
adolescentes que sofrem ou podem vir a sofrer de depressão. Portanto, sugerimos
também que a metodologia utilizada possa ser por revisão bibliográfica e pesquisas
qualitativas recentes a partir de 2020, procurando adolescentes que se curaram da
depressão, aprofundando mais sobre o assunto Depressão na Adolescência.
É de nosso interesse e curiosidade saber se esse trabalho ajudou alguém a
compreender os sinais e os sintomas que levam um adolescente a ter depressão. Para
tanto colocamos o nosso trabalho à disposição para continuidade, e/ou revisão
bibliográfica.

Referências bibliográficas

1. Monteiro, K C C, Lage, A M V. A Depressão na adolescência. Psicologia em Estudo, v. 12, n.


2, p. 257-265. 2007.
2. Aspectos clínicos da depressão em crianças e adolescentes. Jornal de Pediatria - Vol. 78,
Nº5, 2002.
3. Biazus, C B, Ramires, V R R. Depressão na adolescência: uma problemática dos vínculos.
Psicologia em Estudo, Maringá, v. 17, n. 1, p. 83-91, jan./mar. 2012.
4. Barbosa, L H S. Depressão na infância e adolecência — aspectos sociais. Cadernos de Saúde
Pública,R.J., 3 (3): 250, jul/set, 1987.
5. Bahls, S C, Bahls, F R C. Psicoterapias da depressão na infância e na adolescência. Rev.
Estudos de Psicologia, PUC-Campinas, v. 20, n. 2, p. 25-34, maio/agosto 2003.
6. Rocha, T H R, Ribeiro, J E C, Pereira, G A, Aveiro, C C, Silva, L C A. Sintomas depressivos em
adolescentes de um colégio particular. Psico-USF, v. 11, n. 1, p. 95-102, jan./jun. 2006.
7. Avanci, J Q, Assis, S G, Oliveira, R V C. Sintomas depressivos na adolescência: estudo sobre
fatores psicossociais em amostra de escolares de um município do Rio de Janeiro, Brasil. Cad.
Saúde Pública, Rio de Janeiro, 24(10):2334-2346, out, 2008.
8. Bahls, S C, Bahls, F R C. Depressão na adolescência: características clínicas. Interação em
Psicologia, jan./jun. 2002, (6)1, p. 49-57.
9. Ministério da Saúde, Depressão: causas, sintomas, tratamentos, diagnóstico e prevenção.
Disponível em: <https://saude.gov.br/saude-de-a-z/depressao>. Acesso em 16 de Maio em
2020.
Anexos:
Resultado da Pesquisa Quantitativa na área escolar

Ficar sem falar dos seus sentimentos para alguém e ficar guardando para si mesmo

autoestima baixa

Figura 1 – Quais motivos você acha que faz com que uma pessoa tenha Depressão
em sua Adolescência.

Figura 2 – Você acha que términos de namoros pode levar um adolescente a ter
depressão?
Figura 3 – Você acha que a falta de atenção de uma pessoa importante para um
adolescente pode leva-lo a ter depressão?

Figura 4 – Em sua opinião o preconceito sobre a orientação sexual em adolescentes


pode causar depressão?
Figura 5 – Você acha que os medicamentos ajudam no tratamento da depressão na
adolescência?

Figura 6 – Na sua opinião, um adolescente que teve em sua infância algum tipo de
trauma, como por exemplo: Abuso sexual, agressões etc. Pode levá-lo a
desenvolver depressão?
Figura 7 - Adolescentes que bebem bebidas alcóolicas, se drogam e fazem uma
autoagressão podem desenvolver depressão?

Figura 8 – Você conhece alguém que já teve depressão na adolescência ou tem?


Figura 9 – A depressão na adolescência pode desencadear a esquizofrenia?

Figura 10 – Você acha que as omissões de cuidados e as condições gerais que


afetam o ambiente e o equilíbrio familiar onde o indivíduo está inserido pode
contribuir para o desenvolvimento da Depressão?