Você está na página 1de 1

Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa jaula. No meio, uma e sobre ela um cacho de bananas.

Quando um macaco subia na escada para pegar as bananas, jogavam um jato de água fria nos que estavam no
chão. Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada os outros o pegavam e enchiam de pancada.
Com mais algum tempo, nenhum macaco subia mais a escada, apesar da tentação das bananas.

Então substituíram um dos macacos por um novo. A primeira coisa que ele fez subir a escada, dela sendo
retirado pelos outros, que o surraram. Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não subia mais a
escada. Um segundo foi substituído e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro substituto participado com entusiasmo
na surra ao novato. Um terceiro foi trocado e o mesmo ocorreu. Um quarto, e afinal o último dos veteranos, foi
substituído. Os cientistas então ficaram com um grupo de cinco macacos que mesmo nunca tendo tomado um
banho frio, continuavam batendo naquele que tentasse pegar as bananas.

Se possível fosse perguntar a algum deles porque eles batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a
resposta seria: “Não sei, mas as coisas sempre foram assim por aqui”.

Felizes e realizados. É como todos nós gostaríamos de ser. As pessoas são diferentes, mas de modo geral, seus
desejos básicos são muito parecidos; então vejamos: realização profissional, pessoal, familiar, financeira,
planejar um bom futuro para si e para os filhos. Enfim, são anseios comuns a qualquer mortal. No entanto, o
grande problema está não em saber o que se quer, mas sim como fazer para conseguir aquilo que se deseja.
Querer é básico. No entanto, apenas querer, não ajuda a conquistar os objetivos.

A imagen ao lado foi utilizada, certa vez, para ilustrar uma mensagem publicitaria de uma empresa. A mensagem
tratava do desanimo que ataca alguns profissionais. Causou polemica. As principais críticas acharam a imagem
exagerada; afinal de contas, ninguém fica em uma posição tão curvada, por mais que esteja desanimado.

Sob um ponto de vista materialista, os críticos têm razao: a imagem é um exagero, chegando a ser comica. Vista
com mais amplitude, porém, a imagem é a expressão mais perfeita do estado de espírito de alguns profissionais,
alguns deles, excelentes, diante da crise de desemprego que assola o mundo.

Existe, nessa história, um erro grave de avaliação: os profissionaus fora, ou insatisfeitos, com o mercado de
trabalho, precisam se conscientizar que emprego já não existe mais há alguns anos. É isso mesmo, O
EMPREGO MORREU. O que ainda eziste - é trabalho.

Trabalho braçal ou intelectual existe de sobra no mercado. É só procurar da maneira certa, utilizando as
ferramentas certas, no lugar certo.

Este livro oferece a você as duas ferramentas mais utilizadas pelos profissionais que têm sucesso na busca por
um novo trabalho: o curriculum vitae, ou simplesmente currículo e as técnicas de entrevista.

Nós procuramos abordar esses temas de maneira prática e simples, a fim de que você possa adquirir novos
conceitos e dicas, aproveitando-os para conseguir um melhor padrão de vida.

Analise a imagem acima. O elefante, um animal forte, com um senso invejável de família, respeito e amizade,
mantém os pés firmes no chão e, ao mesmo tempo, procura alcançar as melhores folhas (que estão na parte mais
alta das árvores).

Siga você também o exemplo da natureza: mantenha os pés no chão tenha permanentemente a noção da
realidade que o cerca; porém, sonhe alto, visualize objetivos otimizados, tenha metas audaciosas.

Viva hoje o sucesso que você sonha para o futuro. Comece a dar forma para os seus sonhos e eles se realizarão.

Interesses relacionados