Você está na página 1de 1
ID: 29258654 Grande Porto 12-03-2010 | Higiene Oral Tiragem: 30000 Pág: 11 País: Portugal Cores:

ID: 29258654

Grande Porto

12-03-2010 | Higiene Oral

Tiragem: 30000

Pág: 11

País: Portugal

Cores: Cor

Period.: Ocasional

Área: 22,65 x 27,41 cm²

Âmbito: Regional

Corte: 1 de 1

22,65 x 27,41 cm² Âmbito: Regional Corte: 1 de 1 Os doutores da carrinha amarelo-torrado PaSoP

Os doutores da carrinha amarelo-torrado

PaSoP - Uma maneira diferente de prestar assistência aos utentes, ao domicílio e sem qualquer custo para os beneficiários

Chama-se Projecto Ambulatório

de Saúde Oral e Pública (PASOP)

e é um serviço da Universidade

Fernando Pessoa (UFP) vocacionado para a área da educação para a saúde, criado em 8 de Janeiro de 2003. Num país onde os cuidados de higiene oral continuam negligenciados por grande parte da população, para além de não serem de fácil acesso ao comum dos cidadãos, o serviço prestado pelo PASOP tem minimizado, na medida do possível, as

carências identificadas ao nível da saúde oral. Tendo como raio de intervenção as zonas Norte e Centro do país, o PASOP

é sustentado pela Fundação

Fernando Pessoa e patrocinado pela JB Fernandes – Secção Filantrópica da Fundação

Rockfeller - pelo Grupo Nabeiro, com publicidade à Delta Cafés,

e através de consumíveis, a

cargo dos laboratórios Colgate e

Glaxo. No domínio dos recursos humanos, colaboram no projecto

três médicas dentistas: Alexandra Oliveira, Ana Pereira e Sara Martins, sendo que o serviço

é totalmente gratuito para as

populações, que, apenas têm de

formalizar o pedido por carta, fax ou por e-mail. Os fundamentos que levaram

a Reitoria da UFP a criar há

mais de seis anos o PASOP concederam-lhe um pioneirismo que tem atraído apoios e notoriedade social, consolidada por uma gestão executiva e o empenhamento de milhares de alunos e dezenas de supervisores. As duas unidades móveis

devidamente equipadas, e pintadas a amarelo-torrado, com consultórios e respectivos meios de diagnóstico, realizam

rastreios de medicina dentária, identificando

necessidades de tratamentos que podem ser realizados nas duas clínicas dentárias da UFP do Porto; fazem análises de

medição de glicemia, colesterol e

PSA; controlam a tensão arterial

e os índices de osteoporose;

avaliam a aquisição de disfagias (dificuldade em engolir); identificam problemas motores

e psicomotores. Nestas acções,

participam, respectivamente, os alunos de medicina dentária, de análises clínicas e saúde pública, de enfermagem, de

terapêutica da fala, de fisioterapia

e de reabilitação psicomotora,

enquadrados por docentes e/ou supervisores de estágios clínicos.

por docentes e/ou supervisores de estágios clínicos. QuadRo das acTividades do pasop desde 2003 duRanTe o

QuadRo das acTividades do pasop desde 2003

duRanTe o ano de 2009 foRam efecTuados 19.859 RasTReios

Análises ClíniCAs Ao Colesterol – 4.241 rAstreios

Análises ClíniCAs à GliCemiA – 4.241 rAstreios

Controlo de tensão ArteriAl – 4.241 rAstreios

Fisioterapia – 680 rastreios

Medicina dentária – 4.749 rastreios

OsteOpOrOse – 797 rastreiOs

TerapêuTica da Fala - 910 rasTreios

desde 2003 e aTé dezembRo de 2009 foRam efecTuados 74.436 RasTReios