Segunda Apostila de Cálculo - Funções e Limites

UEMS - Nova Andradina-Informática

CURSO DE: SEGUNDA LICENCIATURA EM INFORMÁTICA

DISCIPLINA:

CÁLCULO I

Funções e Limites Informática

Prof: Marcio Demetrius Martinez

Nova Andradina – 2010

Segunda Apostila de Cálculo - Funções e Limites

UEMS - Nova Andradina-Informática

O CONCEITO DE UMA FUNÇÃO

1 - FUNÇÃO 1.1 O que é uma função

Uma função matemática é, essencialmente, uma forma especial de se fazer uma correspondência entre elementos de dois conjuntos.

Definição: Entendemos por uma função f uma terna (A, B, a  b ) Em que A e B são dois conjuntos e a  b , uma regra que nos permite associar a cada elemento a de A um único b de B. O conjunto A é o domínio de f e indica-se por D f , assim A= D f . O conjunto B é o contradomínio de f. O único b de B

associado ao elemento a de A é indicado por f(a) (leia: f de a); diremos que f(a) é o valor que f assume em a ou que f(a) é o valor que f associa a a. Quando x percorre o domínio de f, f(x) descreve um conjunto denominado imagem de f e que se indica por Im f .
Im f f ( x) / x Df

Uma função de f de domímio A e contradomínio B é usualmente indicada por f : (leia: f de A em B). Uma função de uma variável real a valores reais é uma função f : , onde A e B são subconjuntos de R (reais). Seja f : uma função. O conjunto

Gf

( x, f ( x)) / x

A

denomina-se gráfico de f; assim, o gráfico de f é um subconjunto do conjunto de todos os pares ordenados (x,y) de números reais. Munindo-se o plano de um sistema ortogonal de coordenadas cartesianas, o gráfico de f pode então ser pensado como o lugar geométrico descrito pelo ponto (x,f(x)) quando x percorre o domínio de f.
Tipos particulares de funções Função Constante Uma função é dita constante quando é do tipo f(x) = k , onde k não depende de x . Exemplos: a) f(x) = 5; b) f(x) = -3; c) Quem é o domínio e o conjunto imagem de f? Nota : o gráfico de uma função constante é uma reta paralela ao eixo dos x . Veja o gráfico a seguir:

Prof. Marcio

2

2) na função f(x) = ax + b .Determine a função f(x) = ax + b. 7) se a < 0 . b = 12 ) f(x) = -3x + 1 (a = -3. 3) o gráfico intercepta o eixo dos x na raiz da equação f(x) = 0 e. x1 . b = 1). Exercício: 1. portanto.Segunda Apostila de Cálculo .Funções e Limites UEMS . x 2 x1 x2 D f se f ( x2 ) f ( x1 ) Função decrescente: f é uma função decrescente quando: x1 . Sabe-se que f(-1) = 3 e f(3) = 1. y = f(x) = ax .Nova Andradina-Informática FUNÇÃO DO 1º GRAU Uma função é dita do 1º grau . ou seja. b) . quando é do tipo y = ax + b . Marcio 3 . onde b é chamado coeficiente linear .b/a . onde a Exemplos : f(x) = 3x + 12 ( a = 3 . 5) o valor a é chamado coeficiente angular e dá a inclinação da reta . então f é decrescente . no ponto de abcissa x = . Exemplos: 1 . f é dita função linear e se b 0 f é dita função afim . se b = 0 . A função f é definida por f(x) = ax + b. 8) quando a função é linear. então podemos afirmar que f(1) é igual a: a) 2 b) -2 Prof. 6) se a > 0 . o gráfico é uma reta que sempre passa na origem. x 2 x2 f ( x1 ) D f se f ( x2 ) x1 Propriedades da função do 1º grau : 1) o gráfico de uma função do 1º grau é sempre uma reta . então f é crescente . 4) o gráfico intercepta o eixo dos y no ponto (0 . sabendo-se que f(2) = 5 e f(3) = -10. Funções Crescente e Decrescente Definição: Função crescente: f é uma função crescente quando: 0.

vem: 8 = a(-1 + 2)(-1 . y > /4a } ( a > 0 ) 10) Im(f) = { y R . c = 0 ) 2 2 0.b/2a.Nova Andradina-Informática c) 0 d) 3 e) -3 FUNÇÃO DO 2º GRAU Uma função é dita do 2º grau quando é do tipo f(x) = ax + bx + c . 8) pertence ao gráfico dessa função.3) Como o ponto (-1.x ( a = -1 .2x + 1 ( a = 1 . 7) ymax = / 4a ( a> 0 ) 8) ymin = /4a ( a < 0 ) 9) Im(f) = { y R . então: a) o seu valor máximo é 1.8) pertence ao gráfico da função. onde = b . 6) o eixo de simetria da parábola é uma reta vertical de equação x = .b/2a 2 yv = /4a .x2) . 2) se a < 0 a parábola tem um ponto de máximo 3) o vértice da parábola é o ponto V(xv . são os zeros ou raízes da função.x2) Exemplos 1 .Segunda Apostila de Cálculo . y < /4a} ( a < 0) 2 11) Forma fatorada : sendo x1 e x2 as raízes da de f(x) = ax + bx + c .Sabe-se que -2 e 3 são raízes de uma função quadrática.5.x1)(x .25 c) o seu valor máximo é 0. 2 y = . Se o ponto (-1 . que são as raízes da equação ax + bx + c = 0 . Gráfico da função do 2º grau y = ax + bx + c : é sempre uma parábola de eixo vertical . Marcio 2 4 .(x .25 b) o seu valor mínimo é 1.5 *e) o seu valor máximo é 12.3) = a(x + 2)(x . então ela pode ser escrita na forma fatorada a seguir : y = a(x . com a 2 Exemplos: f(x) = x .(. yv) onde: xv = .3) Prof. poderemos escrever: y = a[x .2 )](x .4ac 2 4) a parábola intercepta o eixo dos x nos pontos de abcissas x' e x'' . Portanto. b = -2 . b = 0 . 5) a parábola intercepta o eixo dos y no ponto (0 .Funções e Limites UEMS . pode ser escrita na forma fatorada: y = a(x . c = 1 ) . SOLUÇÃO: Sabemos que a função quadrática.25 d) o seu valor mínimo é 12. onde x1 e x2. Propriedades do gráfico de y = ax + bx + c : 1) se a > 0 a parábola tem um ponto de mínimo .x1). c) .3) y = a(x + 2)(x .

4.1 / 2(-1) = 1 / 2 Logo. logo: x . a alternativa correta é a letra E.4x + 12 2 y = -2x + 2x + 12 Temos então: a = -2 . Isto já elimina as alternativas B e D.Que número excede o seu quadrado o máximo possível? *a) 1/2 b) 2 c) 1 d) 4 e) -1/2 SOLUÇÃO: Seja x o número procurado. ou y = (-2x -4)(x .x + x onde a = -1.4 . Funções Modulares Chamamos de função modular a função f(x)=|x| definida por: f ( x) x. será o xv (abcissa do vértice da função).(-2). b = 1 e c = 0. se x x. então.100/4(-2) = 100/8 = 12. Podemos escrever: 2 y = . 2 2  = b .Segunda Apostila de Cálculo . Marcio 2 | x 1| 5 .2 A função é. que a função modular é uma função definida por duas sentenças.3) 2 y = -2x + 6x . Resolução: Exemplo 2: Determinar o domínio da função f ( x) Resolução: Prof. se x 0 0 Observe.Funções e Limites UEMS . b = 2 e c = 12.  Determinação do domínio Vamos determinar o domínio de algumas funções utilizando inequações modulares: Exemplo 1: Determinar o domínio da função f ( x) 1 |x| 3 Sabemos que 1 só é possível em IR se | x | 3 |x| 3 Então : | x | 3 0 |x| 3 x 3 ou x 3 Resposta : D {x IR | x 3 ou x 3} 0.x . 2 O quadrado de x é x .12 = 4+96 = 100 Portanto. Como a é negativo. a alternativa correta é a letra A .Nova Andradina-Informática 8 = a(1)(-4) = . a expressão anterior é uma função quadrática y = x . 2 .a Daí vem: a = . concluímos que a função possui um valor máximo. 2 O número x excede o seu quadrado .5 Logo. 2 Ora. calcular o valor máximo da função.x . Vamos então. xv = .b / 2. Assim. então: y = -2(x + 2)(x .a = .3) . O valor procurado de x. yv = .4ac = 2 .

5i . Sendo x o número de unidades produzidas: a) Escreva a função que fornece o custo total. construa o gráfico da função definida por com base no gráfico ou na lei da função. 3.Nova Andradina-Informática Sabemos que 2 | x 1 | só é possível em IR se 2 | x 1 | 0. Qual é a equação da reta que passa pelo ponto (-3. | x 1| 2 | x 1| 2 1 x 3 2 x 1 2 2 1 x 2 1 IR | 1 x 3} Então : 2 | x 1 | 0 2 x 1 2 Resposta : D {x  Gráfico Vamos construir o gráfico da função f(x)=|x|: x -1 -2 0 1 2 y=f(x) 1 2 0 1 2 Gráfico da função f(x)=|x|: 1. no instante t (segundos). 7. Marcio f (x) x2 4x . A seguir. responda 6 . Se a potência P (em watts) que um certo 2 gerador lança num circuito elétrico é dada pela relação P(i) = 20i .Funções e Limites UEMS . se x 0 2 6. a) Determine a equação da reta que passa pelo ponto (-2. determine o número de watts que expressa a potência P quando i = 3 ampères. 0. 1. responda: f (x ) 5x 3 2 x . em que S indica a posição do corpo (em metros) 3 . se x 0 2x 2 f (x ) 5 f) f ( x ) 3 Um corpo se movimenta em velocidade constante de acordo com S 2t 3 . a) A concavidade fica para cima ou para baixo? b) Qual é o vértice dessa parábola? Prof. 1) e cujo coeficiente angular é –4. 3. em que i é a intensidade da corrente elétrica que atravessa o gerador. sem construir o gráfico. 2. Na produção de peças. 2. Considere a função f : definida por f ( x ) a) Qual é a figura do gráfico de f? b) Em que ponto o gráfico de f intersecta o eixo x? c) Em que ponto o gráfico de f intersecta o eixo y? d) f é função crescente ou decrescente? x. -1) e de coeficiente linear igual a 8? Construa o gráfico das seguintes funções e determine o domínio e a imagem: f (x ) f (x ) 1 x 2 2 4 2x e) d) f (x ) b) c) 4. 5x 5. Atribuindo para x os valores –1. 4 e 5. Construa o gráfico de S em função de t.Segunda Apostila de Cálculo . Gerador é um aparelho que transforma qualquer tipo de energia em energia elétrica.50 por unidade produzida. b) Calcule o custo de 100 peças. uma indústria tem um custo fixo de R$ 8. 8.00 mais um custo variável de R$ 0.

determine: seja dada por h a) Em que instante a bola atinge a altura máxima? b) Qual é a altura máxima atingida pela bola? 11. A trajetória da bola. f 19 e f( 3) são maiores. 3 7 f (x ) 3 ? Em caso positivo. menores ou iguais a zero. 12. então o valor de é (D) 7 .f . Marcio fizemos .Segunda Apostila de Cálculo .-4). t 6t . de base quadrada. Determine o vértice. f: é a função quadrática definida por é a função quadrática cujo gráfico é: f (x ) g: 13. em metros. determine x? 9. o domínio e a imagem das seguintes funções: a) b) c) f (x ) f (x ) f (x ) x2 x 2 2x 3 2x 1 3x 5 d) e) f) f (x) f (x ) x2 x 2 6x 10x 16 g) h) f (x ) f (x ) x2 4x 2 4x 3 4x 1 x2 f (x ) x2 4 x2 5x 4. os pontos que interceptam os eixos Ox e Oy.Funções e Limites UEMS . Prof. Esboce o gráfico da função quadrática f cuja parábola passa pelos pontos (3. Nessas condições. num chute a gol. então é igual a: (D) 4 (E) 5 é tal que então é (D) (B) (E) (C) 15. Montar a função que representa: a) a quantidade de material (área) usada numa caixa sem tampa. com 2l de volume. t segundos após o chute. descreve uma parábola. com h 0 . Se a função (A) .Nova Andradina-Informática c) Em que ponto a parábola intersecta o eixo y? d) Em quantos pontos ela intersecta o eixo x? Quais são esses pontos? e) Essa função é crescente ou decrescente? f) Qual é a imagem dessa função? g) Determine se f h) Existe x tal que 7 9 . Supondo que sua altura h.-2) e (0. o valor máximo (mínimo). Seja f :R R a função dada por: f ( x ) x 2 e seja g : R R a função dada por g ( x ) f(x h) h f(x) . verifique qual das seguintes sentenças corresponde a essa função: a) f (x) 2x 2 8x 4 2 b) f (x ) 2x 2 8x 4 c) f (x ) 2x 2 8x 4 10. 4) e tem vértice no ponto (2. a) h g( x ) é igual a : b) x c) 2x d) 2x + h e) x + h Se (A) 1 (B) 2 (C) 3 14. Na equação (A) (B) (E) (C) 16. em seguida.

com 2m x 2m . ( PUC .08 e para um número de cópias superior a 250 é cobrado R$ 0. Assinale a alternativa que corresponde a função de acordo com o gráfico a. . Marcio 8 . e. Assinale a alternativa correta: a=0..2] 7 x [-3.SP ) O gráfico abaixo é o da reta y = ax + b. b. c. o proprietário quer montar uma tabela para saber direto quanto vai receber de em cliente pelas cópias. c. paralela aos eixo das ordenadas perpendicular ao eixo das ordenadas nda c. Nesta situação podemos perceber que para cada faixa de quantidade de cópias tiradas tem-se um valor diferente a pagar pela cópia.Nova Andradina-Informática b) o volume da caixa sem tampa. 21. Para facilitar a cobrança.10 por cópia em sua máquina de fotocópia. b. d. perpendicular ao eixo das abcissas que intercepta os dois eixos a>0.-1) U [0.2] 19.Funções e Limites UEMS . b.05 por cópia.b<0 22.+oo) y x x 1 x 2 4. Uma papelaria cobra R$ 0.b=0 a>0. . recortando os quatro cantos quadrado e dobrando as bordas. 17. 5 y x 2 [-5. 18. A representação da função y = -3 é uma reta : a. até 100 cópias. d. O gráfico abaixo representa a função f(x)= ax + b . que se consegue a partir de uma chapa quadrada.b=0 a. Monte a função que representa a situação. e.b>0 a<0.b>0 a>0. De 100 até 250 o valor por cópia cai para R$ 0. quando : Prof. f(x)= -x+2 f(x) = -x/2 + 1 f(x)= -x/2 + 2 f(x)=4x f(x)= -x 20. d.Determinar o domínio das seguintes funções: a) b) c) d) y y 4 x2 3 x 4 [-2.Segunda Apostila de Cálculo .7] (-oo.

25. e. O gráfico abaixo pode representar qual das expressões ? a.Considere a função f: IR a. b. a<2 a<0 a=0 a>0 a=2 23. numa determinada cidade. c. b. f atinge um máximo para x = 1.2x y = . Suponha que o número f(x) de funcionários necessários para distribuir. 24.Segunda Apostila de Cálculo . em um dia. e. 4). 150 x Se o número de funcionários para distribuir. definida por f(x) = x .5 x + 3 3y = .3 y = .2x + 3 y = 1.Funções e Limites UEMS .Nova Andradina-Informática a. c. qual a porcentagem de moradores que a receberam? . em um dia . as contas de luz foi 75. f ( x) 300 x . contas de luz entre x por cento de moradores. . d. gráfico de f é tangente ao eixo das abscissas.5x + 3 IR. d. c. 2 y = 2x .1. nda f possui dois zeros reais e distintos. Pode-se afirmar corretamente que: b. e. d.2x + 5. seja dado pela função vértice do gráfico de f é o ponto (1.

Funções e Limites UEMS .5 0. De forma geral. quando x se aproxima de a (x a). embora Nem é preciso que x assuma o valor 1.1 3.95 0. ou seja. ou Observamos que quando x tende para 1. Como x² + x .Segunda Apostila de Cálculo . quando x tende para 1 (x seja: 1). dizemos que o limite de f(x) quando possam ocorrer casos em que para x = 1 o valor de f(x) não seja 3.98 x y = 2x + 1 Notamos que à medida que x se aproxima de 1. temos: . y se aproxima de 3. Vamos dar valores a x que se aproximem de 1.05 1. escrevemos: se.5 1.9 0.2 3.02 1.2 = (x . Se f(x) tende para 3 (f(x) 3).02 0.4 2.99 2 2.6 3. f(x) se aproxima de b (f(x) b).7 0.9 2. pela sua direita (valores maiores que 1) e pela esquerda (valores menores que 1) e calcular o valor correspondente de y: x 1. y tende para 3 (y 3).1 1.Nova Andradina-Informática Limite Noção intuitiva de limite Seja a função f(x)=2x+1.01 y = 2x + 1 4 3.98 0.1)(x + 2). x 1 é 3.96 2.8 2.3 1.04 3. y tende para 3 e o limite da função é 3. Esse é o estudo do comportamento de f(x) quando x tende para 1 (x 1).

Marcio 11 . Exemplos: 1) Analise da equação f x Ilustração Gráfica x 3 2x 2 3x 6 Prof. embora para x=1 tenhamos f(x) = 2.Nova Andradina-Informática Podemos notar que quando x se aproxima de 1 (x 1). ambas têm o mesmo limite. E. No entanto. lim g ( x ) = lim x x 1 x 1 2 = 1 + 2 = 3.Funções e Limites UEMS . Escrevemos: Se g: IR IR e g(x) = x + 2. f(x) se aproxima de 3. no caso. o que ocorre é que procuramos o comportamento de y quando x 1. o limite de f(x) é 3. embora g(x) f(x) em x = 1. Logo.Segunda Apostila de Cálculo . y 3.

33320000 1. 3 Então: limx 2 x 3 2x 2 3x 6 4 3 2) f (x ) x 2 limx 1 f (x) 3 g(x) x2 x 2 x 1 8 3 9 3 limx 1 g(x) 3 3) 4) 5) 6) 7) limx lim x 4 (2x 3) 1) 2(4) 3 ( 3)2 5 2 3 (x 1 9 1 10 limx limx lim x x 2 6 25 6 7 7 2 x2 1 x 2 x 1 ( x 1)( x 2) x 1 3 Então: Notação Significação intuitiva Podemos tornar f(x) tão próximo de L quanto quisermos.3333 ou seja.33200033 1.000001 F(x) 1. sendo o gráfico uma parábola com ponto omitido em 3x 3( x 2) 2.01 2.47000000 1.Nova Andradina-Informática X 1.9 1.001 2. Marcio 12 . 4 . 3 Fatorando f(x) teremos f x x 2 ( x 2) .1 2.33333200 depois de 2 X 2.9999 1.00001 2.33346667 1. Se x 2 temos a equação y = 1 2 .Segunda Apostila de Cálculo .33466700 1. mais próximo de 1.Funções e Limites UEMS .33332000 1.32003333 1. escolhendo x suficientemente próximo de a e x a Interpretação gráfica lim f ( x ) x a L Prof.33334667 1.34670000 1.999 1.33333467 Quanto mais próximo de 2 está x.0001 2. 4 está f(x).99 1.99999 1.999999 antes de 2 F(x) 1.20333333 1.

z lim 2 4 2z 8 16. lim x x 2 16 4 x 2 h3 8 2 h 2 z z 2 14. lim x x2 4 2 x 2 r2 2r 2 12. x lim (3 x 2 4 1) lim x x x lim 7 100 1 x lim 5. lim x 5 x x 2 4 11.Nova Andradina-Informática Exercícios: Ache o limite: 1. Marcio 13 . 2. 3. lim x 5 x 5 10 x 25 Prof. 8. lim r 1 r 5r 7 13. 9. 4.Segunda Apostila de Cálculo . x lim x 4 1 2x 1 lim x 2 x 3 x 3 2 lim ( x ) 7 lim100 x lim( 1) x 10. h lim 15. 7. x lim x 2 2x 3 3 x2 7 x 12 x 2 17. 6.Funções e Limites UEMS .

.0..1 . 2) Calcule o valor dos limites utilizando suas propriedades: a) x lim x4 2 2 x3 x3 1 R: 7 4 c) lim x x 5 3 x 3 R:0 5 b) x lim 3x 2 x 1 x 2 2x 4 Formas Indeterminadas R: 6 d) lim x 2 2x3 x2 2x 2 8 2x 4 R: 2 0 .a1 x a 0 quando x tende a a é igual a f(a). Marcio 14 . g ( x)] x a lim f ( x). lim g ( x) x a x a P4 lim A. os quais podem ser determinados recorrendo à construção de gráficos ou utilizando operações algébricas elementares.. Nestas condições.Nova Andradina-Informática 1) Propriedades Operatórias dos Limites Sejam f(x) e g(x) funções limitadas P1 P2 lim A x a A onde A constante lim [ f ( x) x a g ( x) lim f ( x) lim g ( x) x a x a P3 lim [ f ( x). 0 3) No cálculo de limites podem ocorrer indeterminações do tipo 0/0. . se existirem: Prof.. lim f ( x) x a P5 lim x a f ( x) g ( x) lim f ( x) x a lim g ( x) x a P6 lim [ f ( x)] n x a [lim f ( x)] n x a n P7 lim x n a f ( x) lim f ( x) x a lim g ( x ) x a P8 lim [ f ( x)] g ( x ) x a [lim f ( x)] x a P9 O Limite da Função Polinomial: f ( x) an x n an 1 x n 1 . 0 . f ( x) x a A. calcule o valor dos limites. . o que não significa ausência de limites.0 0 ..Funções e Limites UEMS .Segunda Apostila de Cálculo .

Nova Andradina-Informática a) x b) lim 1 lim h 0 c) x lim 5 x2 1 x 2 3x 2 3 x h x3 h 2 x 25 x 5 x2 x 4x x 2 5x x 5 x 2 5x 6 x 3 x 3 3 x x 2 R: -2 R: -3x 2 R: -10 d) lim x R: 0 1 4 R: .5 e) x lim 5 f) lim x R: 1 3 g) lim x R: 0 3 6 h) lim x R: 4 2 i) lim x x 2 2 1 2x 3 x 2 2 6 3 x 1 x 1 R: 4 4 3 R: 2 j) lim x 1 k) l) m) n) o) p) q) r) Prof. Marcio 15 .Segunda Apostila de Cálculo .Funções e Limites UEMS .

Segunda Apostila de Cálculo .Funções e Limites UEMS .Nova Andradina-Informática s) t) u) v) w) x) y) z) aa) bb) Prof. Marcio 16 .

44. 12. lim 49. 22. 3. lim x 3 2 8 x 3 27 4x 2 9 x 1 x 1 x 1 54. 13. lim 2 x 1 2x 5x 7 53.Funções e Limites UEMS . lim x 25 x x3 41. lim 2 x 2 x 43. lim x 2 x 2 2 lim (3x 9)100 x 30. lim x 3 (x 34. lim x 15 2 2 23. 11.Segunda Apostila de Cálculo . 4. lim x 1 x3 1 x 1 Prof. lim 4 x 2 x x 32. 48. 26. lim (3 x 17. 8. lim 1 16 x 3 8 x 7 x 2 ( x 1)( x 2 3) x 1 x 1 2 x 4 35. 47. lim x 16 x (x 33. lim x 3 x 3 2 x x 37. lim x 2 x 2 3 2x 6x 2 x 3 36. 9. lim (5x 2 x 4 2 x 3) 2)( x 2 5 x) 38. 45. lim x 2 x x3 42. lim x x lim x x 3 x4 24. Marcio 17 . x 5 x 2 4x 3 2x 1 lim x 4 3x 1 lim ( 2 x 5) 4 lim x 1 x 1 2 2 x 2 5x 3 6x 2 7 x 2 x 2 x3 8 x2 x 2 28. lim x 4 4x 2 25 x 36 51. lim x 2 2 x 4x 3 39. 7. x 2 x2 6 2x 3 2 lim (3 x 4) x 4 x lim ( x 1) 9 ( x 2 1) x 1 lim ( 3 x 1) 2 lim lim x x4 3x 6 x x 40. 46. 2 5 25 8 2 8 4 x 4 lim 2 x 2 x 2x 8 x 5 lim 2 x 5 x 10 x 25 2 x 49 lim x 7 x 7 2 x 25 lim x 5 x 5 2 4x 9 lim x 3/ 2 2x 3 3x 1 lim x 1/ 3 9x 2 1 2 3x 8 x 16 lim x 4 2x 2 9x 4 lim x x 2 2x 3 3 x2 7 x 12 2 x 16 4 3. lim x 2 7 6x 1 19. lim x 4 2x 9 2 4x 6x 3 20. 10. lim ( x x x3 31. 5. lim x 1 x4 25. lim x x2 3 2x 2 9 7x 3 52. lim x 2 lim (3x 1) 2 3 5 29. 14. 6. 27. 15.Nova Andradina-Informática Use os teoremas sobre limites para determinar o limite quando existir 1. lim (4 x 1) 50 x 1 2 x lim 2 x2 x2 2x 3 5x 6 8 16 16 4 3)( x 4) 3)( x 1) x lim (3x 3 2 4 2 x 7) 9 x 8) 3)( x 4) 4)( 7 x 9) lim (5x 2 x lim ( x x x 2 2 3 16.1416) 1 11 x 18. lim 3x 2 17 x 20 50. lim x lim ( x 3 x 3 x 1 2. lim 15 x 2 21.

lim x x 5 16 x 2 / 3 62. lim x 3 x2 59. lim x 1 x x 1 65.Funções e Limites UEMS . x lim x2 2 2 x 10 3x 2 1 x lim 2 3 x4 4x 4 x 2 x 1 x 1 2 x 7 x 10 70. lim x 1 x 2 x 4 1 x x3/ 2 6 67.Nova Andradina-Informática 2x 2 x 3 55. lim x 1 x3 2x 2 6x 5 56. lim x 2 x 6 64 2 3 71. 64. lim 3x 2 x 2 4 3 3x 2 x 1 66. lim x 4 0 16 x x lim x 4 2 x 11x 10 x 8 3x 3 17 x 2 16 x 16 2 x 5x 2 x 3 4 x 3 13x 2 4 x 3 x3 x 2 3 2 61.Segunda Apostila de Cálculo . lim x 3 2 57. lim 5 x x x Prof. lim x 3 2 5 x 3x 3 x2 1 72. lim 68. lim x (3x 4)(9 x ) 69. lim x 84 x4/3 63. x 16 0 1 x 1 1 x 5 1 3 lim 3 x 2 x 4 5x 4 58. Marcio 18 . 60.

72 7 16 3 63. 81 10. 8 Prof. 14 46. -2 64. 0 12.Funções e Limites UEMS . 11 17 1 9 58. -23 20.NE 45. 1 12 29. NE 49.36 54. 28 65. -10 47. 19 37. 8 6. -2 66. 0 67. 1 8 1 2 1 2 4 9 25. NE 30. 12 42. 75 22. 2 3. 4 36. NE 28. -7 16 7 3 5 50. 64 61. -2 4. 4 35. 4 57. 5 2 20 16. 1 51. 10 41. 3 55. 62. -3. 24. -174 23.-16 807 11. 70.1416 11 18. 7 7. 38. 15 2. 52. -6 48. 2 60. 13 9. -81072. 1 13. 9 2 31. 32 1 40. 7 5 3 8 7 2 1 2 7 8. -4 39. 53. 2 7 19. NE 44. 32. 34. 15. 8 33.Nova Andradina-Informática Repostas dos exercícios 1. -3 26. -13 14. Marcio 19 . -1 3 56. 68. 150 17. 10 27. 3 43. -15 59. -1 21. 69.Segunda Apostila de Cálculo . 6 5 1 64 71. 3 5.

existe se e somente se ambos os limites laterais existem (direito e esquerdo) e são iguais. se x 3 3 ache lim f ( x) x 3 lim f ( x) x 3 lim f ( x) x 3 CONCEITO DE LIMITE INFINITO Vamos analisar a equação Prof. escolhendo x suficientemente próximo de a e x>a TEOREMA DOS LIMITES LATERAIS Lim f ( x) x a L Lim f ( x) x a L = Lim f (x) x a O teorema nos diz que o limite de f(x). escolhendo x suficientemente próximo de a e x<a Interpretação gráfica Lim f ( x) x a L (limite mínimo) Lim f ( x) x a L (limite máximo) Podemos tornar f(x) tão próximo de L quanto quisermos. x2 se x 1. ache lim f ( x) x 1 lim f ( x) x 1 lim f ( x) x 1 3 x. se x 1 2 x 2 .Segunda Apostila de Cálculo . quando x se aproxima de a. se x 1 ache lim f ( x) x 1 lim f ( x) x 1 lim f ( x) x 1 4) Esboce os gráficos da função f definida por: f ( x) 2 x 1. se x ache lim f ( x) x 1 lim f ( x) x 1 lim f ( x) x 1 3) Esboce os gráficos da função f definida por: f ( x) 4 x 2 .Funções e Limites UEMS . se x 2) Esboce os gráficos da função f definida por: f(x) 1 1 1 4.Nova Andradina-Informática LIMITES LATERAIS Notação Significação intuitiva Podemos tornar f(x) tão próximo de L quanto quisermos. Marcio f x 1 x 2 20 . se x 10 x. Exemplos: 1) Estude os limites laterais para f ( x) x2 2x 1 x 1 ou seja.

lim x 1 x 2 lim f ( x ) x 2 2 ou 1 x-2 .Nova Andradina-Informática Usando limites laterais.Funções e Limites UEMS . expresse cada um dos seguintes limites como + .01 1000 2.f ( x). f(x) aumenta sem limite.9 -10 1.000001 1000000 Quanto mais x se aproxima de 2 pela direita. (c) lim f ( x) x a x a x a 1. temos: a) X F(x) lim f ( x ) x 2 2.ou NE (não existe). quando x 2 b) X F(x) 1. f ( x) x 1 3x ( x 4) 2 2 a=1 a = -4 CONCEITO DE LIMITE NO INFINITO Vamos analisar a equação f x 2 1 X 100 2.9999 -10000 1. f ( x) 5 x 3 1 a=3 2.00001 100000 2.Segunda Apostila de Cálculo .00001 1000000 2.01 100 2. f(x) aumenta sem limite. Marcio 21 . não existe limite.1 10 2.999 -1000 1. X F(x) 10 2.000001 Consideremos agora valores para x que se tornam cada vez mais grande. Denota-se este fato por: Prof. (a) lim .001 10000 2. (b) lim f ( x).0001 100000 2.001 1000 2.99 -100 1. EXEMPLOS: Para a f(x) dada.1 Podemos tornar f(x) tão próximo de 2 quanto quisermos escolhendo x suficientemente grande.999999 -1000000 Quanto mais x se aproxima de 2 pela esquerda.0001 10000 2. .99999 -100000 1. f ( x) 3. lim x 1 x 2 2 ou 1 x-2 . pois os limites a direita e a esquerda são diferentes. quando x 2 Para Vamos analisar a mesma equação f x 1 x 2 lim f ( x) x 2 Pelo TEOREMA DE LIMITES LATERAIS.

quando x Vamos analisar a mesma equação f x 2 1 X Para x lim f ( x) x lim f ( x) TEOREMA DE LIMITE NO INFINITO Se k é um número racional positivo e C é um número real arbitrário. Primeiro dividimos numerador e denominador de f (x ) por x .99999 Podemos tornar f(x) tão próximo de 2 quanto quisermos escolhendo x suficientemente pequeno.99 -1000 1. desde que xk seja sempre definido O teorema é útil para o estudo de limites de funções racionais. EXEMPLOS a) x n lim 1 x2 b) x lim 2 x4 Prof.Funções e Limites UEMS . Marcio 22 . Especificamente.Nova Andradina-Informática x lim 2 1 x 2 ou 2 1 x 2.9 -100 1.999999 -100000 1. Denota-se este fato por: x lim 2 1 x 2 ou 2 1 x 2. quando x Consideremos agora valores para x que se tornam cada vez mais pequeno para X F(x) -10 1. para achar x lim f ( x) ou x lim f ( x) para uma função racional f. em que n é a mais alta potência de x que aparece no denominador. então: x lim C xk 0 e x lim C xk 0. e em que seguida aplicamos os teoremas específicos de limites.9999 f x 2 1 X -1000000 1.Segunda Apostila de Cálculo .999 -10000 1.

. Para a f(x) dada. 3. . NE 4.. + . . Determine o limite se existir: 1. f ( x) f ( x) f ( x) 5... 2. 7. 8. . (c) lim f ( x) x a x a x a 1.Funções e Limites UEMS . NE 2. . x lim (3 5 x ) R: - x 4x 2 8 x 4) R: R: + 5. 10. expresse cada um dos seguintes limites como + .. (a) lim. f ( x) x 5 x 8 3 a = -5 4. (b) lim f ( x). x lim (3 x 2 lim (5 x 3 4 x 8) R: + 4.. NE 10. + . 9. NE 5. .Nova Andradina-Informática c) x lim 1 1 x d) 2x 2 5 lim 4 x 3x x 2 e) x lim 2x 2 x 5 4x 3 1 1. .. 6. + . + . NE 9. NE 3. .f ( x).Segunda Apostila de Cálculo . f ( x) f ( x) ( 2 x 5) 3x ( x 8) 2 5 x 7 1 x ( x 3) 2 2x x 6 2x2 x2 x 2 1 2 x 1 a= 5 2 RESPOSTAS nº 1 1. f ( x) f ( x) 8... . Marcio 23 .. + .. + . + . x lim ( x 4 3 x 3 ) 5x2 3x 1 lim x 2x2 4x 7 R: 5 2 Prof. . - a = -8 a=7 a=3 a = -6 a = -1 a = -1 2. .. + . + . f ( x) f ( x) 5 x 5 4 x 4 a=4 a=4 3. 2. NE 7.ou NE (não existe). . 6.

8. x lim R: 0 11.Nova Andradina-Informática 6. Marcio 24 . se existir: x 2 x 12 lim x 3 x 3 x 2 lim 2 x 2 x x 6 ( h 5)2 25 lim h 0 h 9 t lim t 9 3 t lim t 0 R: 7 3 10. 4 7x x 2 3x 2x2 3 lim x 4 x3 5 x 2 x2 lim x x 3 x2 3x 1 lim x 4 x2 1 lim 1. x3 2 x 2x2 3 3x3 x lim x 6 x3 2 R: - R: 1 2 R: - R: 1 4 1 1 x 2 lim x 2 x 2 1 2 lim 2 x 1 x 1 x 1 lim 5 x 2 x 4 x 2x 3 lim 1 x 2 x 4x 3 2 2 t 2 t x 2 x 12 lim x 3 x 3 x2 x 1 x2 x3 lim 2 x 1x t2 lim 2 t 2 t x4 lim x 2 x x2 lim x 9 x lim x 2 3x 2 1 1 t 6 4 16 2 81 3 Prof.Segunda Apostila de Cálculo . 7.Funções e Limites UEMS . 9. Calcule o limite.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful