Você está na página 1de 4

AS PROFECIAS DE DANIEL

Leitura Bíblica: Daniel 2 : 29 - 47

O texto completo é o de Daniel 2:1-49, e a visão do rei, foi de uma estátua cuja cabeça
era de ouro, os peitos e os braços de prata, o ventre e os quadris de bronze, as pernas de
ferros, os pés em parte de ferro, em parte de barro. (v. 32-33 ). Daniel dá o significado:

"Tú, ó rei, rei de reis, a quem o Deus do ceú conferiu o reino ( Babilônia ), o poder a
força e a glória........ tu és a cabeça de ouro "( Destaque é nosso - v.37-38 ).

O Império Babilônico representado através de seu rei, Nabucodonosor, era a cabeça de


ouro da estátua. Ela simbolizava impérios que surgiriam na face da terra, iniciando pelo
babilônico.

O reino babilônico seria seguido por um segundo reino inferior, representado pelo peito
e braços de prata (v. 32), este reino seria o império medo-persa fundado por Ciro (539
a.C.).

O terceiro reino, simbolizado pelo ventre e coxas de cobre, representava o império


grego fundado por Alexandre Magno (330 a.C.).

O quarto reino será forte como ferro (v. 33) representa o império romano, que teve seu
início cerca de 67 a.C. e dominou o mundo numa amplitude que nenhum império dantes
o fizera.

Ferro e... barro... forte... frágil (vs.41-43). Os pés de ferro e barro provavelmente
representam os estados nacionalistas que vieram a existir na área do ex-império romano
a partir da sua queda. Alguns deles têm sido fortes e de longa duração; outros são
frágeis, e outros fragmentaram-se seguidamente.

Mas havia mais dois reinos simbolizados naquela estátua, o quinto:

"Quanto ao que viste dos pés e dos dedos, em parte de barro de oleiro e em parte de
ferro, será isso um reino dividido; contudo haverá nele alguma cousa da firmeza do
ferro, pois que viste o ferro misturado com barro de lodo. "( Daniel 2:41 ).

E o sexto: "Quando estavas olhando, uma pedra foi cortada sem auxílio de mãos,
feriu a estátua nos pés de ferro e de barro, e os esmiuçou " ( V. 34 ).

Qual seria esse sexto reino? Daniel mesmo responde:


"Mas, nos dias destes reis, o Deus do céu suscitará um reino que não será jamais
destruído; este reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos estes
reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre"( V. 44 ).

Os Um reino que não será jamais destruído (vs.44-45). No sonho, uma pedra cortada
sem mãos (i.e., sobrenaturalmente) da montanha feriu a imagem nos pés. Não somente
foram destruídos os pés, como também todo o ouro, a prata, o cobre, o ferro e o barro
transformaram-se em pó, e o vento levou tudo para longe.

É claro pelo texto que se trata do reino eterno de Jesus Cristo a ser estabelecido aqui na
terra. Mas destaca-se a primeira frase do texto de Daniel 2:44: "Mas, nos dias destes
reis "; ora, que reis?

Uma análise precisa dos textos entretanto, revelará que se trata da instauração do reino
eterno de Jesus Cristo o que ocorrerá em sua segunda vinda

Mas note a constituição deste novo reino, que é o ferro misturado com a argila.
Verificando os reinos anteriores, o ferro era a constituição do quarto império, o
Romano.

Logo, neste quinto império, teríamos uma relação com o anterior. Segundo Daniel
coloca:

"Quanto ao que viste do ferro misturado com barro de lodo, misturar-se-ão mediante
casamento, mas não se ligarão um ao outro, assim como o ferro não se mistura com
o barro " (v.43).

Começaremos a fazer a primeira comparação com os eventos que estão ocorrendo nos
dias atuais. A União Européia conta hoje com 15 países membros, e assistimos o
processo para unificação destes países, monetária, economicamente, e política.

Reveja agora o texto de Daniel, e lembre-se de que com a unificação, um cidadão


francês pôr exemplo ,poderá transitar livremente entre os países membros, morar,
comprar, vender, trabalhar, como se estivesse em seu próprio país, mas contudo não
deixará de SER FRANCES, pois a soberania nacional, os limites geográficos serão
respeitados.

Acorrerá uma verdadeira mistura conforme predisse Daniel, mas não se ligariam um ao
outro, ou seja, as fronteiras nacionais será respeitada. A aliança é o símbolo do
casamento, e como descrito em Gênesis, o homem ao unir a sua mulher, se torna com
ela uma só carne.

Destacamos agora o fato da profecia o ferro está misturado com o barro, o que segundo
Daniel revelava que pôr um lado o reino seria forte, mas pôr outro seria fraco:

"Como os dedos dos pés eram em parte de ferro e em parte de barro, assim pôr uma
parte o reino será forte, e pôr outra será frágil "(Daniel 2:42 ).

Passaremos agora para a visão de Daniel no capítulo sete, que é paralela com esta de
Nabucodonosor, e traz os mesmos personagens, porém acresce mais detalhes. Leia
agora Daniel 7:1-28, a visão é sobre 4 animais diferentes que subiam do mar.

O primeiro era como Leão, representava a Babilônia, era a cabeça de ouro na estátua:
"O Símbolo nacional da Babilônia era uma figura com a cabeça humana, o corpo de um
leão, com as asas de águia, conforme certos achados que subsistem até hoje"( Bíblia
Vida Nova ).

O segundo animal, um Urso, simbolizava o Império Medo-Persa, e tinha seu


equivalente nos peitos e braços de prata na estátua.

O terceiro, o Leopardo com quatro cabeças, representava o império grego, e a divisão


do império entre os generais de Alexandre após sua morte, e tem seu equivalente na
estátua no ventre e quadris de bronze.

Agora o quarto animal que era sobremodo espantoso, simbolizava o Império Romano, e
tinha na estátua seu equivalente nas pernas de ferro da estátua. Mas neste quarto animal,
havia sobre sua cabeça dez chifres e entre estes eles se levanta mais um, um menor,
diante do qual três dos outros chifres são arrancados. ( V. 7:8).

Dá mesma forma que em Daniel 2:44, temos aqui menção ao reino eterno de Jesus
Cristo. Nos dias destes reis, simbolizados aqui pêlos chifres, e na estátua pêlos dedos,
Jesus Cristo assume o reino: "Foi-lhe dado domínio e glória, e o reino, para que os
povos, nações e homens de todas as línguas o servissem; o seu domínio é domínio
eterno, que não passará, e o seu reino jamais será destruído. " Daniel 7:14 ).

Observe o texto abaixo: "Então ele disse: O Quarto animal será um quarto reino na
terra, o qual será diferente de todos os reinos; e devorará toda a terra, e a pisará aos pés ,
e a fará em pedaços.
Os dez chifres correspondem a dez reis que se levantarão daquele mesmo reino; e
depois deles se levantará outro, o qual será diferente dos primeiros e abaterá a três reis"
( Daniel 7:23-24).

Na estátua o Império Romano era simbolizado pelas pernas em ferro, e o novo império,
pêlos dedos, que eram em barro e também em ferro ( simbolizando a ligação com o
império anterior).

Aqui, o quarto animal é o Império Romano, e mostrando mais uma vez a ligação entre o
quinto império com o quarto, os chifres, estão no quarto animal. Daniel então confirma
o fato ao colocar que os chifres serão dez reis que se levantarão daquele mesmo reino
( alusão ao quarto animal ).

A sede do Império Romano era ROMA, e acima temos como profecia que este quinto
império se levantaria daquele mesmo reino: "Apesar do " não " a Maastricht, a
Dinamarca continua signatária DO TRATADO DE ROMA, que criou em 1957 a CE. "(
Destaque é nosso - Folha de São Paulo Pg. 12 - 04/06/92.

A futura Europa Unificada, levantou-se da sede do antigo império. Hoje ela conta com
15 a países membros, tendo a Dinamarca em novo plebiscito votado sim a unificação.

Recentemente entrou em vigor o Euro, a nova moeda européia, que foi adotada
inicialmente por apenas 11 nações. No Estudo Bíblico acerca da Besta e o Falso
Profeta, voltaremos a abordar esse tópico em comparação à Apocalipse 17.

Interesses relacionados