Você está na página 1de 1

O ANO DA ABUNDÂNCIA

1ª SEMANA DE JANEIRO – 03.01.2021 – 09.01.2021

CRI POR ISSO FALEI


Chegou o Ano da Abundância! Consagro os meus dias ao Senhor, pois minha confiança está em Sua
vontade! Vive o melhor de Deus, Igreja da Árvore!
EDIFICANDO UNS AOS OUTROS

INTRODUÇÃO
A palavra profética para 2021 foi liberada e, como continuidade da ação divina nos próximos meses, o
Senhor escolheu dar o tema Abundância para as aventuras vindouras. São 6 anos de Igreja e, como
parte dessa caminhada, você chegou até aqui! A palavra de Deus para a nossa Comunidade, assim
como nos anos anteriores, sempre será como uma bússola que norteia nossos passos até a linha de
chegada, onde cumprimos os propósitos de uma bela estação. O Ano da Abundância chegou!
Experimentaremos 365 dias de posses, alinhamentos ministeriais, cumprimento de deveres,
consciência de filiação e experiências de intensa provisão. Será um ano de vida plena e recursos do
Céu para o exercício do nosso chamado. Você crê nessa palavra profética? Mova-se em fé para
desfrutar dos tesouros e aprendizados desta nova fase!
1. 1. PLENITUDE E ABUNDÂNCIA (JOÃO 10.10)
O que você entende por uma “vida plena”? A promessa da vida abundante não se limita a uma
realidade que nos conforta com bênçãos materiais e palavras de prosperidade. A plenitude não será
liberada com a visualização de progressos futuros; ela é uma condição a qual fomos incluídos por meio
do Senhor Jesus Cristo. Disse o Salvador: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e
elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna, e elas jamais perecerão; ninguém as poderá arrancar da
minha mão.” (João 10.27,28). A verdadeira abundância não é uma expectativa em aquisições externas,
mas uma iluminação interna que nos aponta à gratidão pela vida que do Messias recebemos. Nele há
cura e saúde, fé e consolo, provisão e prosperidade, milagres e salvação; Sua vida em nós é a genuína
abundância. Quando se esquecer dos motivos para agradecer a Deus pela plenitude e abundância,
lembre-se de que o Bom Pastor deu Sua vida por nós (João 10.11).
2. 2 . O A N O D O T R A N S B O R D A R ( E F É S I O S 3 . 2 0 )
“Porque ele nem mesmo deixou de entregar o próprio Filho, mas o ofereceu por todos nós! Se ele nos
deu o seu Filho, será que não nos dará também todas as coisas?” (Romanos 8.32). Quando
desconfiamos da provisão do Senhor, desonramos Seu Nome e não reconhecemos tudo que Ele já nos
fez. Os israelitas, no deserto, “Duvidaram de Deus, dizendo: ‘Poderá Deus preparar uma mesa no
deserto? Sabemos que, quando ele feriu a rocha, a água brotou e jorrou em torrentes. Mas conseguirá
também dar-nos de comer? Poderá suprir de carne o seu povo?’. O Senhor os ouviu e enfureceu-se...
sua ira levantou-se contra Israel, pois eles não creram em Deus nem confiaram no seu poder salvador.”
(Salmos 78.19-22). Como um bom Pai, Ele nos proporciona tudo quanto precisamos, e ainda que não
haja soluções visíveis e possíveis, é o Deus do impossível que zela por nós. Na promessa da
abundância e certeza da multiplicação, nossa única tarefa é, como bons mordomos, não desperdiçar
os recursos, mas transbordarmos em boas obras por meio de tudo que Ele nos entregará. O ano de
2021 será de rompimentos e transbordamento nas finanças, na saúde, no avanço ministerial e
crescimento espiritual!

Você também pode gostar