Você está na página 1de 22

E-Book

Guia para Redução


de Custos na
Construção Civil
2

ÍNDICE

Introdução ................................................................... 3
A Construção civil e alta de custos no período da
pandemia................................................................................5
Ações práticas para a redução de custos ................... 9
Elaborar estratégias .................................................. 11
Acompanhar métricas ............................................... 13
Investir em inovação ................................................. 16
Abordar práticas sustentáveis ................................... 17
Software OrçaFascio ................................................. 19
Conclusão ................................................................. 20
Sobre o OrçaFascio .................................................. 21

Guia para Redução de Custos na Construção Civil


3

Introdução

Toda empresa da construção civil deve procurar


reduzir os custos de suas construções, sem que isso
afete a sua qualidade. Essa busca por enxugar os
custos é muito positiva para aumentar o lucro dos
empreendimentos a serem construídos.

Contudo, nem todas as empresas e profissionais


conseguem adotar medidas saudáveis para a redução
de custos sem que isso afete a qualidade dos
processos e da construção em si.

Dessa maneira, é importante que as empresas e


profissionais conheçam quais são as ações práticas
mais recomendadas para promover uma redução nos
custos da construção sem que isso afete a qualidade
do processo.

Guia para Redução de Custos na Construção Civil


4

Pensando nisso, fizemos este e-book. Iniciaremos,


portanto, abordando sobre o atual cenário econômico
do Brasil, focando no universo da construção civil e as
mudanças que ocorreram nos últimos anos,
especialmente durante o período da pandemia de
Covid-19.

Em seguida, destacamos as principais ações que


construtoras, incorporadoras e demais empresas da
construção podem adotar para otimizar a redução de
custos.

Continue lendo e confira!

Guia para Redução de Custos na Construção Civil


5

A Construção civil
e alta de custos
no período da
pandemia
Guia para Redução de Custos na Construção Civil
6
A construção civil está sujeita às variações do
mercado. Desse modo, períodos de instabilidade
afetam a indústria da construção. Desde 2020, vivemos
um período peculiar nos últimos anos: a pandemia
causada pelo novo coronavírus.

Este vírus, que se espalha pelo ar e pode levar a graves


quadros de insuficiência pulmonar e consequente
morte, exigiu que toda a sociedade, incluindo as
empresas, adotassem medidas de contenção da
propagação do vírus, como isolamento social e até
mesmo interrupção das atividades.

Essa descontinuidade na produção em determinadas


empresas e setores gerou uma inevitável diminuição
da oferta de determinados materiais e serviços, o que
resultou no aumento de preços de determinados
materiais e insumos para a construção civil.

Além disso, outras causas com origens na política


econômica afetaram a construção civil, como o
aumento do dólar e o crescimento da inflação. Dessa
forma, materiais importados aumentaram de preço e
os que são produzidos aqui no país se tornaram mais
interessantes de serem exportados do que serem
consumidos aqui mesmo, devido à alta do dólar.

Guia para Redução de Custos na Construção Civil


7
A inflação, por sua vez, gerou uma alta no preço dos
materiais de diferentes naturezas, desde alimentos até
a construção civil. Assim, a construção se tornou mais
cara. Veja um panorama do Índice Nacional de Custos
da Construção, segundo pesquisa Fundação Geútlio
Vargas (FGV), referente a maio de 2021.

ÍNDICE NACIONAL DE
CUSTO DA CONSTRUÇÃO
(INCC) MAIO/2021

Aumento 2,22%

Custo com a mão de obra: alta de 1,92%(em função de


aumentos observados em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e
Salvador)

Janeiro a Maio/2021: aumento de 7,41%(a maior alta para o


período desde 2003)

Custo com materiais e equipamentos:

Maio/2021: alta de 2,81%(pelo 11º mês consecutivo, alta


expressiva)

Janeiro a Maio/2021: aumento de 14.09%

Junho/2020 a Maio/2021: aumento de 32,81%

Fonte: Fundação Getúlio Vargas (FGV)

O aumento no preço do combustível, que em grande


parte se deu pela desvalorização do real frente ao
dólar, também impactou diretamente a construção
civil.
Guia para Redução de Custos na Construção Civil
8
Afinal, geradores, diversos equipamentos e caminhões
de transporte utilizam o material.

O aumento do preço do combustível, portanto,


impacta também o preço dos materiais.

Outro importante aumento de preço que impactou a


indústria da construção foi a energia elétrica, cuja
causa se deve principalmente à ausência de chuvas
durante o período, o que afetou o volume de água em
nossas hidrelétricas, maiores fontes de energia da
nossa matriz elétrica.

Apesar dos diferentes fatores que encareceram, que


não estão sob controle da empresa, é importante que
as empresas da construção civil busquem alternativas
para reduzir os custos na construção e assim
manterem ou aumentarem as suas margens de lucros.
E é isso que abordaremos nos seguintes tópicos.

Guia para Redução de Custos na Construção Civil


9
Ações práticas para a redução de custos
Diversas são as medidas gerenciais que podem ser
tomadas para a redução de custos, como a aplicação
e análise da Curva ABC e outros elementos financeiros.
Todavia, muitas empresas pecam em focar muito no
aspecto conceitual e deixar de lado o aspecto prático.

Desse modo, destacamos aqui algumas ações


práticas para reduzir os gastos na construção:

• Adoção de ferramentas

• Elaborar estratégias

• Acompanhar métricas

• Investir em inovação

• Abordar práticas sustentáveis

• Software OrçaFascio

Adoção de ferramentas e
equipamentos de qualidade
Garantir escolhas adequadas para aquisição de
materiais e equipamentos em uma obra faz toda a
diferença para promover uma redução efetiva nos
custos de uma obra. Portanto, mais que escolher
materiais de boa origem, é necessário escolher
aqueles que são capazes de agregar performance e
durabilidade para a edificação, aumentando assim a
qualidade construtiva da obra.
Guia para Redução de Custos na Construção Civil
10

Além da possível compra de equipamentos, é possível


optar pela locação pontual de alguns deles, como
betoneira, bate-estacas, entre outros. Essa ação
permite um controle exato dos gastos em relação ao
período de trabalho que será realizado com uso do
equipamento.

Em eventuais falhas ou problemas operacionais, os


equipamentos estarão protegidos pela garantia da
locadora. Isso permite o uso de diferentes tipos de
máquinas, que podem ainda não ser realidade de
aquisição da construtora.

Outro ponto importante a se comentar é que a locação


gera uma grande economia de recursos no que diz
respeito à manutenção dos equipamentos, pois essa
ação será responsabilidade das empresas que são
proprietárias dos equipamentos, e não de quem faz a
locação.
Guia para Redução de Custos na Construção Civil
11

Elaborar estratégias

Elaborar estratégias também faz parte das ações


práticas para a redução de custos no universo da
construção civil. E entre as principais opções de
estratégias que atuam nesse sentido, podemos
destacar a Lean Construction.

O Lean Construction deriva da metodologia Lean. Essa


metodologia tem origem no Japão, durante o período
pós Segunda Guerra Mundial. A principal empresa a
utilizar a metodologia como referência foi a Toyota
(por isso, o método também ficou conhecido como
Toyotismo).

Assim, a metodologia servia para aumentar a


competitividade da indústria japonesa, utilizando
diferencial de gestão, mesmo com as adversidades
enfrentadas em um período pós-guerra.

Entre os diferenciais de competitividade que essa


metodologia promove, destacamos a promoção de
um sistema mais eficiente, com redução de
desperdício.

Aliás, a palavra Lean, que em tradução livre significa


“enxuto”, já indica como funciona essa metodologia.
Isto é, uma busca incansável pela redução do uso de
recursos, diminuindo ou eliminando atividades

Guia para Redução de Custos na Construção Civil


12

que pouco ou nada agregam em valor ao produto


final, serviço ou objeto que será produzido — incluindo
os objetos relacionados à construção.

Outro ponto que a eliminação e redução de processos


gera para a empresa, além da diminuição do uso de
recursos, está no aumento do foco das atividades que
agregam valor à produção.

Para implementar o Lean Construction, é importante


levar em consideração uma série de ações e,
principalmente, adequar os princípios da metodologia
para o universo da construção.

Em primeiro lugar, é importante saber que a


metodologia deve ser encarada de forma global.
Desse modo, os fornecedores também devem estar
inseridos na lógica da metodologia lean.
Guia para Redução de Custos na Construção Civil
13
O método do Lean Construction é guiado por 5
princípios básicos, que, basicamente, indicam que os
empreendedores devem reconhecer o valor dos
produtos sob o ponto de vista dos clientes para que
exista a compreensão dos fluxos de valor, promoção
do bom andamento dos fluxos, garantia que nada seja
realizado antes do necessário e reconhecimento de
eventuais melhorias de forma constante.

Os princípios do Lean Construction são os seguintes:

• Agregar valor à construção;

• Eliminar o que não acrescenta;

• Otimizar tempo;

• Reduzir a variabilidade;

• Tornar processos transparentes.

Acompanhar métricas

Uma maneira muito eficiente para reduzir os custos na


construção civil está em acompanhar as métricas da
construção. Isso permite que os gestores conheçam os
reais desafios que a empresa e empreendimento
precisam enfrentar e permite que estratégias sejam
elaboradas para que a redução de custos se torne
possível nas ações da empresa.

Guia para Redução de Custos na Construção Civil


14
Dessa forma, para acompanhar as métricas, é
importante saber quais são as principais. Em primeiro
lugar, é importante destacar o ROI, ou Retorno sobre
investimento. Essa métrica permite uma análise prévia
sobre os níveis de rentabilidade de um
empreendimento que serão alcançados em função de
diferentes alternativas de investimento.

Ainda que pareça ser um passo óbvio antes da


construção, essa é uma rotina que nem sempre é
adotada e empresas e clientes costumam atuar no
vazio, com um grande mar de incertezas sobre o
negócio. Essa métrica ilumina o caminho e indica quais
serão as oportunidades e desafios do
empreendimento.

Outra métrica importante a ser analisada é o fluxo de


caixa. O fluxo de caixa está ligado ao intervalo de
tempo que existe entre a entrada de caixa em uma
empresa e a saída dos recursos para pagamento de
despesas e obrigações. Se o intervalo entre entrada e
saída for aumentado, a empresa terá um fluxo positivo
e maior oportunidade para administrar rendimentos e
juros.

Caso o tempo seja reduzido, a empresa operará no


limite e não raro terá que contrair dívida para continuar
atuando.

Guia para Redução de Custos na Construção Civil


15
Outra métrica que é importante acompanhar é a
capacidade de financiamento. Essa métrica analisa a
capacidade da empresa em conseguir um suporte
financeiro adequado por meio de instituições
financeiras.

Ou seja, além de captar os recursos para construir


novos empreendimentos, analisar as melhores
condições de um bom financiamento e as melhores
maneiras de pagá-lo.

Guia para Redução de Custos na Construção Civil


16

Investir em inovação

Uma excelente alternativa para reduzir custos na


construção civil está em investir em inovação. A
inovação está atrelada tanto às ferramentas quanto
aos processos. Dessa forma, adquirir ferramentas
modernas e mais econômicas gera redução de custos
no médio e longo prazo, assim como a adoção de
metodologias modernas.

Entre as metodologias modernas mais inovadoras,


destacamos o BIM (Building Information Modeling).
Além de promover projetos parametrizados, a
metodologia BIM começa a ser uma prioridade para
construções públicas e se tornará obrigatória para
licitações públicas em breve.

Entre as principais vantagens da tecnologia BIM,


destacamos a integração entre projetos de arquitetos
e engenheiros, o que permite uma visualização
completa da obra. Além disso, a dimensão 5D do BIM
permite uma orçamentação mais completa da obra e
compatibilização de projetos.

Outro ponto em que a inovação deve ser incentivada


está na gestão da construção civil. Ou seja, a
implementação de aplicativos de gestão de obra nos
canteiros, que permite a conexão dos aplicativos aos
sistemas de gestão. Por meio desses sistemas, é
Guia para Redução de Custos na Construção Civil
17
possível coletar dados para integração em softwares.

Além de substituir os controles manuais, essa prática


permite que se obtenha significativa redução de
custos.

Abordar práticas sustentáveis

A sustentabilidade na construção civil promove uma


série de vantagens e, entre elas, temos a redução de
custos. Esse benefício pode ser alcançado por
inúmeras ações, mas está ligada principalmente à
redução do consumo de energia e água nos canteiros
de obra e futuras edificações.

Guia para Redução de Custos na Construção Civil


18
Para gerar economia no consumo de energia por meio
de práticas sustentáveis na construção civil,
recomenda-se a redução do uso de materiais que
demandam grande consumo de energia. Dessa forma,
a adoção de equipamentos modernos se torna
necessária.

Além disso, é importante priorizar materiais que não


precisem ser feitos durante a obra, o que pode gerar
um grande consumo. Prefira aqueles que são feitos off-
site, em locais controlados e que exigem menos
energia para a sua produção.

Um ponto de destaque é a organização e controle de


equipamentos que consomem energia, como
elevadores, geradores e até mesmo pequenas
furadeiras. Tudo deve ser listado e estimado de forma
que ajude a identificar de maneira clara o quanto cada
equipamento consome, por quantas horas são
utilizados todos os dias e quantas vezes serão usados
ao longo da construção.

Essa análise pode ajudar a prever cenários e até


identificar fugas e gastos que poderiam ser evitados.

Outro recurso muito importante para a construção civil


é a água. E assim como a energia, a água deve ter o
seu consumo reduzido.

Guia para Redução de Custos na Construção Civil


19
E, novamente, a redução passa por aprimorar os
processos e em adotar equipamentos mais modernos,
especialmente no que diz respeito à produção e cura
do concreto na obra.

Software OrçaFascio

Como falamos anteriormente, é importante que a


empresa invista em ferramentas para otimizar a
construção. E uma das principais ferramentas são os
softwares, especialmente aqueles ligados à gestão da
construção.

Por estarmos falando de redução de custos, softwares


especializados em orçamento de obras se tornam
fundamentais. Mas abordar sobre o orçamento de
obras não é a única responsabilidade dos softwares.
Estes também devem oferecer uma ação integrada
aos outros processos, como planejamento e
gerenciamento de obras. Somente assim o software
obterá resultados completos para os gestores nos
mais diferentes setores.

Entre as opções disponíveis no mercado, destaca-se o


software OrçaFascio. E o seu ponto positivo está
justamente em integrar diferentes processos
(planejamento, acompanhamento e o orçamento de
obras).
Guia para Redução de Custos na Construção Civil
20
Além disso, outros diferenciais do software devem ser
destacados, como a sua integração à metodologia BIM
por meio do OrçaBIM e outros sistemas ERP (Enterprise
Resource Planning, que em tradução literal significa
Sistema de Gestão). Assim, o OrçaFascio permite um
resultado completo e preciso no que diz respeito à
gestão da construção.

Além da redução de custos, o software confere grande


agilidade aos processos, tornando a confecção do
orçamento de obra uma ação até 8 vezes mais rápida,
gerando mais economia financeira e aumento na
produtividade.

Conclusão

Sendo assim, a redução de custos pode ser alcançada


por meio da implementação de conceitos e ações
práticas, como as que listamos ao longo deste e-book.
A redução de custos pode aumentar os lucros da
empresa e ser a solução para dar vida à saúde
financeira do negócio. E você, o que está esperando
para reduzir os custos da construção do seu negócio?

Guia para Redução de Custos na Construção Civil


21

Sobre o OrçaFascio

O OrçaFascio é o software de orçamento de obras líder


do mercado no Brasil.

Atualmente, mais de 3 mil empresas e 110 mil usuários


ativos escolheram otimizar

seus processos de criação de orçamento com ajuda


do OrçaFascio, ganhando mais:

• Economia de 80% de tempo para elaborar orçamentos


completos.

• Facilidade com uma plataforma intuitiva e prática.

• Acesso remoto de qualquer lugar com internet, com


sistema em nuvem.

• Garantia de precisão nos quantitativos com orçamentos


sem desvios.

Transforme a sua rotina de trabalho. Faça um teste


grátis por 7 dias, sem qualquer compromisso e
conheça todas as vantagens do OrçaFascio.

Guia para Redução de Custos na Construção Civil


Tecnologia em controle de obras

Você também pode gostar