Você está na página 1de 5

REIKI Primordial

O Livro dos Símbolos


O mestre Mikao Usui descobriu e sistematizou o Reiki em uma técnica terapêutica há mais
de 100 anos no Japão. Hawayo Takata aprendeu com o mestre Cujiro Haiasy ( discípulo de
Mikao Usui ) e levou a técnica para o Ocidente ( EUA ) em 1938. Acredita-se que por sua vez, o
Reiki chegue ao Brasil provavelmente em 1988, pelas mãos da Psicóloga e Mestra em Reiki
Claudete França.
O Reiki é um sistema terapêutico complementar de equilíbrio ou um antigo sistema de cura
natural, que utiliza o uso combinado da energia Universal-Rei, através de nossa energia
pessoal-Ki. Diferenciando-se das demais terapias energéticas por trabalhar com símbolos,
possibilitando o acesso a faixas de energias e freqüências mais elevadas, que são conduzidas
ao nosso corpo por imposição das mãos nos canais e fluxos energéticos que todo ser humano
possui. Fluxos estes conhecido na Índia como Chakras. Isto aumenta o padrão vibratório,
restabelecendo a harmonia e o equilíbrio do Ser com o indivíduo. Com a morte de Hawayo
Takata, em 1981, as pesquisas e descobertas sobre o sistema Reiki se intensificaram, pois
haviam mestres de Reiki que há algum tempo mesclaram o Reiki tradicional com outras
técnicas e influências. Entre esses Mestres encontramos Marcy Miller, que viaja a Índia em
1990 para encontrar o grande mestre Sathya Sai Baba, fica por um longo período participando
das práticas e meditações em seu Ashram e durante este período recebeu várias mensagens e
canalizações de um ser superior extremamente parecido com o próprio mestre Sai Baba. Este
Ser diz que o sistema Reiki levado ao ocidente estava incompleto e que ele iria ajudá-la a
recuperar todo o sistema.
Kathleen Miler uma artista plástica e criadora de cavalos do Arizona, havia sido iniciada em
Reiki nível 1 e 2 em 1983. Em 1988, após sofrer dois acidentes de automóvel, causando várias
debilidades físicas e um trauma cerebral, teve que encerrar sua carreira artística devido as
dores e o seu processo de reabilitação. Em 1989 fez o mestrado de Reiki em Michigan e curou
grande parte de seus problemas. Em 1990, resolveu compartilhar esta sabedoria com outras
pessoas a fim de auxiliar no processo de expansão do Reiki e começou a ministrar cursos. No
mesmo ano participou da feira holística “Whole Lise Expo” e no ano seguinte reencontra uma
de suas alunas a mestra em Reiki Marcy Miller, que havia retornado da Índia e contou-lhe tudo
que havia ocorrido. Ambas foram para Los Angeles ao Sita Ashram, onde ambas viram o
mesmo Ser superior que pediu para que o encontrassem na praia no dia seguinte. Neste
encontro receberam o primeiro símbolo recuperado por Sai Baba o Zonar. Um fato que veio a
repetir-se por mais duas vezes, recebendo os símbolos Halu e Harth. Kathleen incluiu o
símbolo em seus ensinamentos como mestra de Reiki, mas não fez comentários sobre o
ocorrido, com ninguém além de Marcy. No fim de 1991 mantendo contato e sendo orientada
por Satia Sai Baba, Kethleen recebe e organiza todo um grande sistema denominando-o mais
tarde de Tera Mai Reiki. Um nome indígena cujo significado é Reiki da Nossa Terra.
William Lee Rand, e outros mestres de Reiki iniciados no sistema de Kathleen reconheceram
o enorme valor destes novos símbolos e quiseram distingui-lo do Reiki Tradicional de Usui.
Optaram por ensinar sob o nome de Sai Baba Reiki. Por motivos religiosos e legais viram-se
obrigados a retirar o nome de Sai Baba Reiki. Willian Lee Rand registrou apenas alguns destes
símbolos, denominando-os de Karuna ( compaixão em Sânscrito ) e patenteando então o seu
sistema de Karuna Reiki®. O sistema de Rand, possui aspectos e símbolos em comum com o
Karuna de Rosy Naor e o Karuna Ki de Vincent Amador.
Patrick Zeigler desenvolveu um sistema simples, integrado e fácil de usar sozinho ou
combinado com Reiki Usui, chamado de SEICHIM REIKI. Todos estes sistemas derivam direta
ou indiretamente do sistema Tera Mai criado por Kathleen Miller.
CHO KU REI

Este símbolo é conhecido como o símbolo de ativação. Tem muitos usos; o mais importante
é ativar o poder inerente em outros símbolos, e na própria pessoa. Há vários símbolos cuja
ativação energética é diretamente dependente do Cho Ku Rei. O Cho Ku Rei é desenhado com
duas linhas e uma espiral com 3 voltas e pode ser desenhado para a direita ou esquerda. O
Cho-Ku-Rei aumenta o poder do Reiki. É usado no início de toda sessão. Cho-Ku-Rei tem várias
traduções: algumas são “Espírito Direto” ou “O poder está aqui” ou ainda “A Energia Divina
desce ao mundo da matéria e preenche todo o meu ser”.

Com relação à frase de número 3 “E preenche todo o meu ser”, existe um significado
esotérico, mais profundo e que está diretamente relacionado ao desenvolvimento das três
voltas da espiral, que se conectam aos 7 Chakras. Que significa: “E passa pelo processo de
criação do Universo ( primeiro círculo ), da Natureza ( segundo círculo ) e do Homem”
( terceiro círculo ). A haste que ultrapassa o terceiro círculo, significa que este processo, ou
seja, a evolução continua em andamento. Portanto: A Energia Divina se Manifesta no Plano
da Matéria e passa pelo processo de criação do Universo, da Natureza e do Homem. Esta
frase pode e deve ser dita no ato de traçar o símbolo Cho-Ku-Rei.
O Cho-Ku-Rei às vezes é chamado de “o interruptor de luz”. Pode ser usado a qualquer
momento durante uma cura. No princípio da sessão para aumentar o fluxo de poder e ao seu
término para selar o tratamento. O Cho-Ku-Rei pode ser usado para limpar um cômodo de
energia negativa, transformando-a em luz, fazendo ali um local sagrado. Cho-Ku-Rei também
pode ser usado para proteção: use para proteger a si, seu carro, suas crianças, sua casa,
qualquer ser ou coisa que sinta que precisa ser protegida. Cho-Ku-Rei provê proteção em
todos os níveis que incluem dano físico, confrontações verbais e emocionais, bem como de
ataque psíquico. O fato da espiral apresentar 3 círculos é significante, porque 3 é um número
básico universal. Representa historicamente o conceito da trindade, tanto para a Índia
( Brahma, Vishnu e Shiva ), quanto para a Grécia ( Pitágoras ), vontade, amor e inteligência,
que são os aspectos da Divindade. O Símbolo Cho Ku Rei é uma representação do processo
pelo qual a energia vem ao corpo como uma espiral. Uma de suas aplicações mais importantes
é potencializar a energia Reiki. Com o uso do Cho Ku Rei, a energia trabalha a um nível de
frequência muito mais elevado e é emitida pelos Chakras da palma das mãos. Ao usar esse
símbolo duas coisas acontecem:

1. A energização.
2. O direcionamento da energia.

Energizar você com esse símbolo requer uma pequena visualização, e o uso do Cho Ku Rei de
forma alternativa. A seguinte visualização irá ajudar a usar corretamente o símbolo e sua
energia.

1. Contate a energia imaginando uma onda de energia sobre sua cabeça. Veja esta onda que
vagueia no espaço.
Atraia essa energia desenhando uma linha horizontal dentro da onda sobre sua cabeça,
dizendo Cho silenciosamente.
Logo, ancore esta energia em você desenhando uma linha até seu chakra de coroa, dizendo Ku
silenciosamente.
2. Agora equilibre seus corpos sutis e Chakras, visualizando esta energia que é ancorada em
seus corpos, começar a rodar ao redor de seu corpo num movimento para à esquerda. Diga Rei
silenciosamente. Quando a espiral estiver toda girando ao redor de seu corpo, comece outra
espiral que passa por seu terceiro olho, um pouco menor que a primeira espiral. Diga Cho
silenciosamente. Continue com as espirais, passando por cada chakra da mesma forma até que
estejam criadas as sete, uma para cada chakra. Continue silenciosamente repetindo Cho Ku Rei
em cada chakra. As espirais irão equilibrar os corpos sutis referentes a cada Chakra. Quando
executado, esse exercício traz uma freqüência de energia que fundamenta, aterra e equilibra o
corpo, a mente e o espírito. Uma vez que a energia esteja estabilizada e flua livremente ao
longo do corpo, desenhe o símbolo nas palmas das mãos, enquanto entoa o seu nome sagrado
três vezes. Você pode re-energizar suas mãos tantas vezes quanto quiser, para aumentar a
quantidade de energia que flui por você. A energia ficará ativada em seu corpo até que você
complete seu trabalho. Você também pode re-energizar suas mãos cada vez que você troque
de posição de mão no corpo, provendo um senso de SAGRADO em cada parte do corpo do
cliente. Manter a visualização ou o símbolo em sua mente potencializa os efeitos do Cho Ku
Rei. Pode ser visto no espaço entre suas mãos que estão trabalhando no corpo do cliente, ou
você pode irradiar a energia pelo quarto para o cliente. Se você notar uma grande necessidade
de energia no corpo do Cliente, ative as palmas de suas mãos e sua terceira visão Cho Ku Rei, e
visualize os três símbolos entrando no corpo do cliente enquanto entoa seus nomes sagrados
três vezes.
O Cho Ku Rei limpa, energiza e revitaliza os Chakras e o corpo inteiro. Aumenta nossa conexão
com a terra. É usado antes da iniciação e depois do tratamento. Trabalha com a energia da
Kundalini. Trabalha com todos os Chakras.
CHO KU REI
modificado
Esta é uma amplificação, intensificação das energias do CHO KU REI. Também pode ser
usado para modificar o símbolo Kriya do Karuna, ou qualquer outro tipo de CHO KU REI.
Desenhe este símbolo com dois dedos, mas separe os dedos durante a linha vertical fazendo
uma forma de triângulo, antes de fechá-los novamente durante a espiral.

Observação:

 Traçado das linhas em negrito - correspondem aos dedos indicador e médio juntos.
 Traçado das linhas em vermelho - correspondem aos dedos indicador e médio
separados.