Você está na página 1de 2

Nomes:

Thainara Cardoso Nóbrega, 79009


Marco Antonio Mian, 790137
Escala brasileira de segurança alimentar – EBIA

EBIA
A partir de sua validação em 2004 após ser realizada a tradução da escala original
americana que foi apresentada a um painel de especialistas para criticas, a EBIA tem sido
utilizada em estudos nacionais para medir o nível de insegurança alimentar das famílias. Essa
escala mostra-se útil no auxílio a políticas de combate à fome, avaliando tanto a percepção das
pessoas com relação aos alimentos quanto a disponibilidade de alimentos no domicílio.
Considerando a importância de verificar e/ou monitorar a situação alimentar.

A EBIA é uma escala que mede diretamente a percepção e vivência de insegurança


alimentar e fome no nível domiciliar. E uma medida que expressa acesso aos alimentos e
proporciona alta confiabilidade da escala, pois traduz a experiência de vida com a insegurança
alimentar e a fome dos componentes do domicílio. tem, portanto, a capacidade de mensurar a
dificuldade de acesso familiar aos alimentos e também as dimensões psicológicas e sociais da
insegurança alimentar. Considerando também se tratar de uma escala com fácil aplicação e
baixo custo.

Contudo, a insegurança alimentar não é facilmente mensurada, pois diversos fatores


estão associados a essa condição, cor da pele, escolaridade e gênero da pessoa de referência
do domicílio, e devem ser considerados na avaliação.

Uso no brasil

A pesquisa é feita no Brasil com um número de 14 perguntas, onde tem em sua


extensão visada a família que há na moradia, pelo grupo. Assim válido o método quantitativo
para que seja possível ter uma resposta dos parâmetros em que o bairro, cidade e estado
esteja no índice de insegurança alimentar.
Como resposta essa pesquisa pode dar essa resposta a nível familiar, como o poder de
acesso aos alimentos, quanto isso pode ser difícil aos residentes e traduzindo como é a
vivência entre a insegurança alimentar à fome dos familiares.
A pesquisa é feita na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – PNAD, pelo IBGE,
na qual ocorre por um tempo longo de espaço, por exemplo, ocorreu em 2004 e 2009, assim
contendo índices confiáveis para ver evoluções e dar credito as políticas públicas dos anos em
pesquisas, pelas perguntas se basearem com tempo dos últimos três meses.
As respostas levam em consideração, região, etnia, além de cultura, mostra por
exemplo, como é parte dos indígenas e seus entendimentos como valores nutricionais e
suficiência de alimentos. Além de ser levado em consideração partes analfabetas e dificuldades
com a língua para que haja uma compreensão da pesquisa, onde haja um resultado mais
complexo e correto com a realidade.
Projetos como Fome Zero do governo Lula, teve EBIA como uma de suas bases. Há
também um Projeto Vozes da Fome está sendo conduzido pela FAO, que é internacional e
constituído por mais de 150 países. Mostrando quais passos devemos chegar para deter a
insegurança alimentar mundial, focando principalmente nas áreas rurais e indígenas, querendo
mostrar que essas partes também são afetas e como o monetário pode ser participativo e
ambos ajudarem, ou seja, que agricultura familiar e de pequenos portes não sejam derrubadas
por grandes marcas.

Você também pode gostar