Você está na página 1de 2

1a Prova de Direito Empresarial IV

PUC/MG – Prof. Vinícius Gontijo

1. A Indústria de Solventes Mundo Colorido S.A. requereu a falência da sociedade


empresária Pintando o Sete Comércio de Tintas Ltda. com base em três notas promissórias, cada
qual no valor de R$ 50.000,00, todas vencidas e não pagas. Das três cambiais que embasam o
pedido, apenas uma delas (que primeiro venceu) foi protestada para fim falimentar.
Em defesa, a devedora requerida, em síntese, sustentou que a falência não poderia ser
decretada porque duas das notas promissórias que instruíram o requerimento não foram
protestadas. Em defesa, requereu o deferimento de prestação de uma caução real, que garantisse o
juízo falimentar da cobrança dos títulos.
Recebida a defesa tempestivamente ofertada, você, na condição de juiz de direito, como
resolveria a querela?

Por meio do art. 98, da lei 14112, que prevê o depósito elisivo em dinheiro, cabe ressaltar que
a caução real não é meio válido para elidir a decretação da falência, exige-se assim o depósito do
valor correspondente ao total do crédito, acrescido de correção monetária, juros e honorários
advocatícios. A nota promissória protestada para fins falimentares é suficiente para embasar o
pedido de falência, já que supera o valor de 40 salários mínimos, atendendo aos requisitos
previstos no art. 94, inciso I, da Lei.

2. Belmiro Pascoal foi, ao longo de doze anos, empregado da sociedade denominada


Divinos Móveis Ltda. A despeito de a falência da referida sociedade ter sido decretada, Belmiro
Pascoal seguiu trabalhando durante o período de continuação provisória das atividades da
devedora. Ao longo desse interregno de continuação provisória das atividades, Belmiro Pascoal
sofreu um acidente quando executava suas atividades laborativas. Diante disso, Belmiro Pascoal
(a) procura, como advogado (a), e lhe apresenta algumas questões.
Responda aos itens a seguir, empregando os argumentos jurídicos apropriados e a
fundamentação legal pertinente ao caso.

a) Como será classificado o seu crédito decorrente do acidente do trabalho sofrido?

Como exposto no artigo 84, inciso I -D, da Lei 14112, os créditos decorrentes de acidente do
trabalho relativos a serviços prestados após a decretação da falência são considerados créditos
extraconcursais.

b) Em que ordem de preferência o seu crédito será pago?

O crédito será pago com precedência sobre os créditos concorrentes, no concurso interno entre os
credores extraconcursais, será pago com prioridade.

1
3. Mendes Pimentel é credor de Alpercata Reflorestamento Ltda., por título
extrajudicial com vencimento em 20 de março de 2022. Em 11 de setembro de 2020, foi
decretada a falência da devedora pelo juízo da comarca de Andradas/MG.
Mendes Pimentel é proprietário de uma máquina industrial que se encontra em poder de um
dos administradores da sociedade falida na data da decretação da falência, mas não foi arrolada
no auto de arrecadação elaborado pelo administrador judicial.
Sobre a hipótese narrada, responda ao item a seguir.
a) Sabendo-se que o crédito de Mendes Pimentel não se encontra na relação
publicada junto com a sentença de falência, ele deverá aguardar o vencimento da dívida para
habilitar o crédito?

Não.  A decretação da falência determina o vencimento antecipado das dívidas do devedor, sendo
assim o crédito de Mendes Pimentel já poderá ser habilitado na falência, com base no Art. 77 da
Lei nº 11101.
 

Você também pode gostar