Você está na página 1de 6

Corrente Elétrica, 1a lei de OHM e Introdução à Teoria dos

Circuitos

Primeira lei de Ohm


A 1ª lei de Ohm envolve três grandezas básicas da eletricidade (tensão elétrica,
corrente elétrica e resistência) elétrica. Esta lei é expressa sinteticamente pela equação:

V: tensão elétrica (ou voltagem), medida em Volts [V] por um


instrumento de medida chamado voltímetro

R: resistência elétrica, medida em OHMs [Ω] por um


V=R⋅I instrumento chamado Ohmímetro

I: corrente elétrica, mediada em Amperes [A], por um


instrumento

Conhecendo-se duas grandezas podemos


facilmente se determinar a terceira grandeza,
bastando apenas manipular algebricamente
a equação

RESISTÊNCIA ELÉTRICA
A resistência elétrica está associada a oposição do fluxo de cargas (corrente) em
um determinado material ou parte de um circuito. Essa oposição é chamada de
resistência. O resistor, é um componente eletro-eletrônico cuja função e efeito é
adicionar resistência elétrica ao circuito, ou seja, opor em maior ou menor grau a
passagem dos portadores de carga.

Simbologia

Do que depende a resistência elétrica? : depende do material de que é constituído o


meio que se opõe com maior ou menor dificuldade a esse transporte de carga elétrica.
Logo depende fisicamente das dimensões desta porção da matéria:
Esta é a equação da chamada 2ª
lei de OHM

Lembrando, demos o nome de potencial elétrico a medida associada ao nível de energia


potencial de um ponto de um campo elétrico. Quando uma partícula com carca q está
posicionada em um ponto P onde já existe a influência de outras cargas elétricas (Campo
Elétrico), essa carga adquire uma energia devido ao potencial de surgir uma força elétrica
sobre ela e nessa posição.
Quando conseguimos, separando dentro de um corpo neutro duas regiões com cargas
opostas, cria-se o que é chamado de tensão elétrica entre essas regiões. Este é o princípio
físico envolvido na construção de baterias e fontes de tensão.
Toda fonte de tensão é estabelecida com a simples criação de uma separação de
cargas positivas e negativas. Apresenta-se a seguir os símbolos mais comuns de fontes de
tensão utilizadas em circuitos,
fontes de tensão contínua e fonte de tensão alternada.

Conectando os dispositivos e formando circuitos.


Circuito Série
Um circuito é chamado série quando todos os elementos estão conectados no mesmo
ramo, quer dizer, a corrente que flui no circuito é a mesma para todos os elementos, tal
como vemos na figura . Em (a) tem-se um circuito série com dois resistores em (b) um
circuito série com três resistores
a) b)

Circuito Paralelo
Quando dois ou mais elementos ou ramos possuem dois pontos em comum o dizemos
que estão ligados em paralelo.

Neste caso perceba que ao acionarmos a chave , fechamos o circuito elétrico e a tensão
V é assim aplicada simultaneamente ao elemento 1 (R1 e ao elemento 2 (R2) e a corrente
I se divide pois encontra, neste caso, dois caminhos possíveis. Podemos ter mais ramos
nos circuitos como no caso geral ilustrado na figura que segue:
Exemplo de circuito em paralelo

Qual o Valor de IF?


Qual o Valor de I1? Qual O Valor de I2?

Exemplo de circuito em paralelo

Outras definições importantes

Potência elétrica

A potência é um indicativo da quantidade de energia que pode ser consumida ou


fornecida em um certo período de tempo. A unidade de potência é dada em watts (W)

P = V⋅ I
ou
P = R⋅ I2
ou
Exercícios de fixação

1) Calcule as resistências que são conectadas a uma fonte de 32 V que


consomem 20 mA e 80 mA como apresentado na figura a e b, respectivamente.
Compare os valores das resistências através do valor calculados das correntes,
justifique se o resultado é coerente:

2) Para o circuito a seguir, calcule:

a. O resistor equivalente
b. A corrente fornecida pela fonte de alimentação e indique na figura o sentido
da corrente
c. A tensão que aparece aplicada sobre todos os resistores, indicando sua
polaridade.

3) Para os circuitos a seguir, calcule:


a. A corrente que entra no nó a
b. A corrente em cada ramo
4) Para o circuito a seguir, pretende-se calcular:

a)
As correntes I, I1 e I2.. Qual a dificuldade em calcular estas correntes
b)
A tensão aplicada no resistor R 1. Qual a dificuldade em calcular esta
tensão?