Você está na página 1de 30

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO PARÁ


SIMULADO PREPARATÓRIO PARA CONCURSO PÚBLICO PARA O PROVIMENTO DE VAGAS NO CARGO DE
SOLDADO

Tipo “A”
SOLDADO

INSTRUÇÕES
Você receberá do fiscal:
o um caderno de questões das provas objetiva e discursiva contendo 60 (sessenta) questões de múltipla escolha, com 5 (cinco)
alternativas de resposta cada uma e apenas 1 (uma) alternativa correta;
o uma folha de respostas personalizada da prova objetiva.
Quando autorizado pelo fiscal do IADES, no momento da identificação, escreva no espaço apropriado da folha de respostas da prova

DE va
objetiva, com a sua caligrafia usual, a seguinte frase:

IA pro
Vejo nelas gravadas as suas feições

S
Verifique se estão corretas a numeração das questões e a paginação do caderno de questões, bem como a codificação da folha de respostas
nc de
da prova objetiva e da folha de texto definitivo da prova discursiva.
Você dispõe de 4 (quatro) horas para fazer as provas objetiva e discursiva e deve controlar o tempo, pois não haverá prorrogação desse
prazo. Esse tempo inclui a marcação da folha de respostas da prova objetiva e o preenchimento da folha de texto definitivo da prova dis-
ba ato

cursiva.
a
Somente 1 (uma) hora após o início da prova, você poderá entregar sua folha de respostas da prova objetiva, a folha de texto definitivo
pe rm

da prova discursiva e o caderno de provas, bem como retirar-se da sala.


Somente será permitido levar o caderno de questões das provas objetiva e discursiva 3 (três) horas e 30 (trinta) minutos após o início da
prova.
fo

Após o término da prova, entregue ao fiscal do IADES a folha de respostas da prova objetiva, devidamente assinada, e a folha de texto
la

definitivo da prova discursiva.


ad no

Deixe sobre a carteira apenas o documento de identidade e a caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente.
Não é permitida a utilização de nenhum aparelho eletrônico ou de comunicação.
Não é permitida a consulta a livros, dicionários, apontamentos e (ou) apostilas.
lic o

Você somente poderá sair e retornar à sala de aplicação de provas na companhia de um fiscal do IADES.
o
ap ad

Não será permitida a utilização de lápis em nenhuma etapa da prova.


I N S T R U Ç Õ E S PA R A A P R O VA O B J E T I VA E D I S C U R S I VA
se

Verifique se os seus dados estão corretos na folha de respostas da prova objetiva e na folha de texto definitivo da prova discursiva. Caso
haja algum dado incorreto, comunique ao fiscal.
Ba

Leia atentamente cada questão e assinale, na folha de respostas da prova objetiva, uma única alternativa.
A folha de respostas da prova objetiva e a folha de texto definitivo da prova discursiva não podem ser dobradas, amassadas, rasuradas ou
manchadas e nem podem conter nenhum registro fora dos locais destinados às respostas.
O candidato deverá transcrever, com caneta esferográfica de tinta preta, as respostas da prova objetiva para a folha de respostas e o texto
definitivo da prova discursiva para a folha de texto definitivo.
A maneira correta de assinalar a alternativa na folha de respostas da prova objetiva é cobrir, fortemente, com caneta esferográfica de tinta
preta, o espaço a ela correspondente.

Marque as respostas assim:



FOLHA DE ROSTO ORIENTATIVA PARA PROVA OBJETIVA
LEIA AS ORIENTAÇÕES COM CALMA E ATENÇÃO!

INSTRUÇÕES GERAIS

● Atenção ao tempo de duração da prova, que já inclui o preenchimento da folha de respos-


tas.
● Cada uma das questões da prova objetiva está vinculada ao comando que imediatamente
a antecede e contém orientação necessária para resposta. Para cada questão, existe
apenas UMA resposta válida e de acordo com o gabarito.
● Faltando uma hora para o término do simulado, você receberá um e-mail para preencher
o cartão-resposta, a fim de avaliar sua posição no ranking. Basta clicar no botão vermelho
de PREENCHER GABARITO, que estará no e-mail, ou acessar a página de download da
prova. Você deve fazer o cadastro em nossa plataforma para participar do ranking. Não se
preocupe: o cadastro é grátis e muito simples de ser realizado.
– Se a sua prova for estilo Certo ou Errado (CESPE/CEBRASPE):
marque o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo
designado com o código E, caso julgue o item ERRADO. Se optar por não responder
a uma determinada questão, marque o campo “EM BRANCO”. Lembrando que, neste
estilo de banca, uma resposta errada anula uma resposta certa.
Obs.: Se não houver sinalização quanto à prova ser estilo Cespe/Cebraspe, apesar de
ser no estilo CERTO e ERRADO, você não terá questões anuladas no cartão-resposta
em caso de respostas erradas.
– Se a sua prova for estilo Múltipla Escolha:
marque o campo designado com a letra da alternativa escolhida (A, B, C, D ou E). É
preciso responder a todas as questões, pois o sistema não permite o envio do cartão
com respostas em branco.
● Uma hora após o encerramento do prazo para preencher o cartão-resposta, você receberá um
e-mail com o gabarito para conferir seus acertos e erros. Caso você seja aluno da Assinatura
Ilimitada, você receberá, com o gabarito, a prova completa comentada – uma vantagem
exclusiva para assinantes, com acesso apenas pelo e-mail e pelo ambiente do aluno.

Em caso de solicitação de recurso para alguma questão, envie para o e-mail:


treinodificil_jogofacil@grancursosonline.com.br.
Nossa ouvidoria terá até dois dias úteis para responder à solicitação.

Desejamos uma excelente prova!


P R O VA O B J E T I VA
LÍNGUA PORTUGUESA (A) Conquanto possa parecer absurdo, não são poucos os
Fernando Moura casos de espaços inutilizados por falta de iluminação.
(B) Porquanto possa parecer absurdo, não são poucos os
Texto para responder às questões de 1 a 5. casos de espaços inutilizados por falta de iluminação.
(C) Contanto que possa parecer absurdo, não são poucos os
TEXTO 1 casos de espaços inutilizados por falta de iluminação.
(D) À medida que possa parecer absurdo, não são poucos os
1 O serviço público, em geral, apresenta sérios casos de espaços inutilizados por falta de iluminação.
problemas de coordenação e aplicação de recur- (E) Logo que possa parecer absurdo, não são poucos os
sos humanos e materiais destinados à execução casos de espaços inutilizados por falta de iluminação.
de suas atividades. Por óbvio, com os órgãos de
5 segurança pública, nas mais diversas instituições QUESTÃO 3
e unidades da federação, isso não seria diferente.  Assinale a opção correta quanto à interpretação do período
 É claro que os problemas não são exatamente os “É bem verdade que existem outras unidades com padrão es-
mesmos em todas as instâncias da segurança pública. trutural menos agudo, porém ainda deficitário, marcadas pela
Pode-se afirmar, contudo, que em muitos locais faltam ausência de ferramentas laborais mais aprimoradas, como tec-
10 condições básicas de estrutura material. Por mais absurdo nologia atualizada e equipamentos com maior sofisticação téc-
que possa parecer, não são poucos os casos de espaços nica operacional”.
inutilizados por falta de iluminação, instalações sem qual- (A) É fato que há outras unidades com padrão estrutural
quer funcionário para limpeza, mobiliário completamente menos grave, contudo ainda desproporcional, marca-
deteriorado, computadores antigos, coletes balísticos das pela falta de ferramentas de trabalho mais aprimo-
15 vencidos, falta de munição, carência de viaturas e cortes radas, como tecnologia atualizada e equipamentos com
de combustível. É bem verdade que existem outras uni- maior sofisticação técnico-operacional.
dades com padrão estrutural menos agudo, porém ainda (B) É fato que há outras unidades com padrão estrutural
deficitário, marcadas pela ausência de ferramentas labo- menos prejudicado, todavia ainda insuficiente, marca-
rais mais aprimoradas, como tecnologia atualizada e das pela carência de ferramentas de trabalho mais apri-
20 equipamentos com maior sofisticação técnica e opera- moradas, como tecnologia atualizada e equipamentos
cional. com maior sofisticação técnico-operacional.
(C) É defeso que há outras unidades com padrão estrutural
Leonardo Machado, Desafios estruturais da segurança pública
menos agudo, entretanto ainda inexistente, marcadas
brasileira. Consultor Jurídico, 5/11/2019. 
pela ausência de ferramentas laborais mais aprimora-
das, como tecnologia atualizada e equipamentos com
QUESTÃO 1
maior sofisticação técnica e operacional.
Considerando aspectos gramaticais do texto, assinale a op-
(D) Urge que existam outras unidades com padrão estrutu-
ção correta.
ral menos intenso, porém ainda deficitário, marcadas
(A) O termo “os problemas” representa o sujeito deslocado
pela anuência de ferramentas laborais mais aprimora-
da oração “É claro” (2º. parágrafo).
das, como tecnologia atualizada e equipamentos com
(B) O verbo “apresenta” (1º. parágrafo) encontra-se na for-
maior sofisticação técnica e operacional.
ma nominal denominada infinitivo pessoal.
(E) É verdade que existem outras unidades com padrão es-
(C) O vocábulo “que” em “Pode-se afirmar, contudo, que
trutural menos prejudicado, por conseguinte ainda defi-
em muitos locais faltam condições básicas de estrutu-
citário, marcadas pela ausência de ferramentas hígidas
ra material” é pronome relativo que retoma a palavra
mais aprimoradas, como tecnologia atualizada e equi-
“contudo”.
pamentos com maior sofisticação técnica operacional.
(D) O termo “diferente” (linha 6) tem função predicativa.
(E) De acordo com a norma culta da língua portuguesa, na
oração “É bem verdade que existem outras unidades
QUESTÃO 4
Assinale a opção em que o uso do acento grave indicativo da
com padrão estrutural menos agudo”, deve-se substi-
crase é facultativo.
tuir o termo sublinhado por “deve existirem”.
(A) Os recursos humanos e materiais são destinados às
suas atividades.
QUESTÃO 2
(B) Os recursos humanos e materiais são destinados à exe-
Com base na norma culta da língua portuguesa, assinale a op-
cução de suas atividades.
ção que reescreve corretamente o período “Por mais absurdo
(C) Os recursos humanos e materiais são destinados à sua
que possa parecer, não são poucos os casos de espaços inutili-
função laboral.
zados por falta de iluminação”.
(D) Os recursos humanos e materiais são destinados às ati-
vidades laborais.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 3


P R O VA O B J E T I VA
(E) Os recursos humanos e materiais são destinados à sua QUESTÃO 6
função laboral e ao seu objetivo. Nos trechos “pensar nos profissionais que atuam face a face
com os cidadãos” (linhas 3-4) e “aquilo que a literatura sobre
QUESTÃO 5 políticas públicas chama de “linha de frente” (linhas 4-5), os
A respeito do texto, assinale a opção que indica o correto termos sublinhados classificam-se, respectivamente, em
significado do vocábulo conforme o contexto em que ele foi (A) conjunção coordenativa explicativa e pronome relativo.
empregado. (B) pronome relativo e pronome relativo.
(A) “problemas” (linha 2) = emblemas. (C) pronome relativo e conjunção subordinativa
(B) “execução” (linha 3) = condenação. consecutiva.
(C) “inutilizados” (linha 12) = desativados. (D) conjunção subordinativa causal e conjunção subordi-
(D) “deteriorado” (linha 14) = decomposto. nativa causal.
(E) “aprimoradas” (linha 19) = negligenciadas. (E) conjunção subordinativa consecutiva e conjunção co-
ordenativa explicativa.
Texto para responder às questões de 6 a 10.
QUESTÃO 7
TEXTO 2 A respeito da pontuação de trechos do texto, assinale a op-
1 Com o crescimento da disseminação da Covid-19 e ção correta.
o isolamento social instaurado há quase 60 dias em todo (A) Na linha 3, a vírgula inserida após o vocábulo “país” é
o país, é preciso pensar nos profissionais que atuam face facultativa.
a face com os cidadãos, aquilo que a literatura sobre polí- (B) Na linha 5, parênteses podem substituir as aspas que
5 ticas públicas chama de “linha de frente” ou “nível da acompanham a expressão “linha de frente”.
rua”. Nessa categoria, há uma quantidade significativa (C) Nas linhas 6, a vírgula inserida após o vocábulo “cate-
de profissionais de segurança pública que trabalham em goria” é opcional.
contato direto com a população e que estão em constante (D) Na linha 15, o termo “severamente” deve, obrigatoria-
risco de contaminação e, ainda, de transmitir o vírus para mente, ser isolado por vírgulas.
10 seus familiares e amigos. Esses são policiais civis, mili- (E) Na linha 24, a colocação de uma vírgula após “Públi-
tares, guardas municipais, bombeiros, policiais federais, ca” daria mais ênfase ao termo deslocado.
rodoviário federais, etc. No entanto, pouco se tem discu-
tido sobre os impactos do coronavírus em suas vidas, nas QUESTÃO 8
suas dinâmicas de trabalho e na maneira como passaram a Com relação ao processo de formação de palavras, é correto
15 interagir com os cidadãos. O vírus impactou severamente afirmar que os vocábulos “pandemia” (linha 16) e “epicentro”
polícias dos países em que a pandemia está avançada em (linha 18) são formados, respectivamente, por derivação
relação ao Brasil. Por exemplo, na polícia de Nova Iorque, (A) prefixal e prefixal.
epicentro da pandemia nos Estados Unidos, no início de (B) imprópria e sufixal.
abril, quase 20% do seu efetivo estava em licença médica (C) regressiva e imprópria.
20 por conta do Covid-19 e até o momento 41 pessoas que (D) sufixal e regressiva.
trabalham na força policial morreram por conta da doença. (E) parassintética e sufixal.
Esses números são o prelúdio do impacto que o vírus pode
causar nas forças de segurança brasileiras. A Segurança QUESTÃO 9
Pública é uma área de atuação governamental essen- No que se refere à ortografia, assinale a opção cujas palavras
25 cial para a sociedade e que ganha ainda mais relevân- são acentuadas segundo a mesma regra gramatical.
cia em momentos de crise como o que estamos vivendo. (A) “há” (linha 2) e “nível” (linha 5).
(B) “rodoviário” (linha 12) e “polícias” (linha 16).
Internet: https://forumseguranca.org.br/publicacoes_posts/a-pan-
(C) “coronavírus” (linha 8) e “polícia” (linha 11).
demia-de-covid-19-e-os-policiais-brasileiros, 2020.
(D) “Pública” (linha 24) e “coronavírus” (linha 13).
(E) “vírus” (linha 9) e “área” (linha 24).

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 4


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 10 QUESTÃO 14
Acerca das informações do texto, assinale a alternativa correta. Segundo o Ministério Público Federal, a implantação de Belo
(A) Na linha 6, o vocábulo “há” pode ser substituído por Monte constitui uma ação etnocida evidenciada por impactos
“existem”, para concordar com “profissionais”. na população local. Nesse sentido, podemos destacar:
(B) Segundo o texto, profissionais de segurança pública, (A) a predominância de geração de energia totalmente livre
por envidarem-se diretamente com a população, estão de impactos.
em constante risco de se infectarem e, ainda, de disse- (B) os impactos da geração de energia elétrica de ori-
minarem o vírus a familiares e amigos. gem hídrica.
(C) Em “Esses números são o prelúdio do impacto que o (C) a luta política bem-sucedida dos indígenas ao manter
vírus pode causar nas forças de segurança brasileiras”, sua cultura.
o vocábulo destacado significa “posfácio”. (D) o processo de expansão das usinas hidrelétricas em áre-
(D) Em “seu efetivo” (linhas 19), o pronome possessivo se as com alta densidade populacional.
refere aos “Estados Unidos” (linha 18). (E) o respeito às diversas etnias que compõem o Brasil.
(E) Na linha 18, o termo “epicentro da pandemia nos Esta-
dos Unidos” tem função de predicativo. QUESTÃO 15
Em toda sua organização, a Amazônia brasileira pode ser com-
ATUALIDADES preendida como:
Marco Soares (A) Sua grandeza exclusivamente econômica é objeto de
desejo e cuidados do governo da região.
QUESTÃO 11 (B) A utilização irrestrita dos recursos da floresta deve ser
Uma fruta típica da floresta Amazônica de aroma doce e ácido o único objetivo dos órgãos de controle ambientais.
com polpa cremosa e sabor exótico esteve envolvida em uma (C) A floresta, a sociedade, o Estado nacional e os países
polêmica internacional de biopirataria. O texto se refere à fruta: vizinhos devem tender para políticas de desenvolvi-
(A) açaí. mento sustentável.
(B) castanha do pará. (D) Seu futuro será pautado apenas pelas vontades do Esta-
(C) cupuaçu. do nacional brasileiro.
(D) palmito juçara. (E) Região pobre de recursos hídricos.
(E) guaraná.
QUESTÃO 16
QUESTÃO 12 Acerca da pecuária no estado do Pará, assinale a alternati-
Uma fonte de energia renovável é a energia procedente da uti- va correta:
lização do(a): (A) O Pará se mantém na liderança do desmatamento
(A) biomassa. da Amazônia.
(B) gás natural. (B) O Pará é considerado exemplo no combate ao desmata-
(C) petróleo. mento da Amazônia.
(D) carvão. (C) Houve aumento significativo nos recursos direciona-
(E) combustível nuclear. dos para a fiscalização ambiental.
(D) A suinocultura é a principal atividade da pecuá-
QUESTÃO 13 ria do Pará.
Acerca dos investimentos obtidos por meio de leilões de seis áreas (E) Corresponde a uma pequena fração da economia
em terminais portuários do Pará, assinale a alternativa incorreta: do estado.
(A) Segundo o projeto básico do leilão, o preço mínimo
para essa disputa teve o valor simbólico de apenas R$ QUESTÃO 17
1, além da possibilidade de parcelamento. Quanto às queimadas e incêndios na região Amazônica, assina-
(B) Além de gerar receita, o Governo Federal pretendia ga- le a alternativa incorreta:
rantir investimentos. (A) O sistema de produção agrícola utiliza queimadas a mi-
(C) O leilão oferecia três áreas em Santarém e outras lhares de anos.
três em Belém. (B) O fogo é empregado em atividades agrícolas para abrir
(D) Um dos atrativos da disputa era a possibilidade do par- espaço para o gado.
celamento do valor da outorga. (C) A queimada é uma técnica inovadora utilizada em ati-
(E) Investidores do Brasil e do exterior foram atraídos pela vidades agrícolas.
possibilidade de trabalhar com terminais portuários no (D) Incêndio florestal é o fogo que progride fora de controle.
Norte brasileiro. (E) Áreas de floresta que sofreram extrativismo vegetal
podem ser incendiadas devido ao acúmulo de material
combustível.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 5


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 18 QUESTÃO 22
Acerca da malha rodoviária do estado do Pará, é incorre- Considerem que entre os 120 soldados do Batalhão da Polícia
to afirmar: Militar do Estado do Pará, localizada em Santarém/PA, todos
(A) Uma das vias estratégicas de rota de escoamento de são formados em matemática ou direito. Sabe-se que:
minério e agronegócio será a Transcarajas, trecho de - 50 são formados em matemática.
rodovia que liga Canaã dos Carajás ao Km 70, na BR - 80 são graduados em direito.
155; a PA 275, de Parauapebas a Eldorado dos Carajás.
(B) Apesar dos investimentos ocorridos nos últimos anos A quantidade de soldados desse batalhão que são formados em
ainda é deficitária. matemática e direito é igual a:
(C) Aproximadamente 52% das rodovias estaduais não (A) 18
possuem pavimentação asfáltica. (B) 16
(D) O Pará já foi classificado como a terceira melhor ma- (C) 14
lha rodoviária do país pela Confederação Nacional de (D) 10
Transporte. (E) 8
(E) Pesquisas apontam que as rodovias do Pará estão entre
as piores do país. QUESTÃO 23
Caso estejam lotados em certo Batalhão de Polícia Militar do
RACIOCÍNIO LÓGICO Estado do Pará 18 policiais, nos quais 12 são soldados e os
Marcelo Leite demais são cabos. Para a próxima segunda-feira, o comandante
terá que organizar uma equipe de modo que exista, nessa equi-
QUESTÃO 19 pe, 2 soldados e 1 cabo escolhidos aleatoriamente entre os 18
Considere as afirmações a seguir verdadeiras. policiais. A quantidade de maneiras distintas que essa equipe
P1: Se Marcos foi detido, então ele participou do delito. poderá ser montada, de forma aleatória, será igual a:
P2: Marcos não participou do delito. (a) 396
(b) 398
Então, é correto concluir que: (c) 400
(A) Se Marcos não participou do delito, então ele foi detido. (d) 402
(B) Marcos participou do delito ou ele foi detido. (e) 404
(C) Marcos não participou do delito nem ele foi detido.
(D) Marcos participou do delito, porém ele não foi detido. QUESTÃO 24
(E) Marcos não participou do delito se, e somente se, ele Considere que em certo dia estão de plantão 30 Policiais Mi-
foi detido. litares, sendo 20 homens e as demais mulheres. Dois policiais
serão escolhidos aleatoriamente, a chance de que seja escolhi-
QUESTÃO 20 do um de cada sexo é igual a:
A negativa da expressão “A vaca muge ou o sapo não coaxa” (A)
é equivalente a:
(A) A vaca muge e o sapo não coaxa. (B)
(B) Se a vaca não muge então o sapo não coaxa.
(C) Se o sapo coaxa então a vaca muge. (C)
(D) O sapo não coaxa ou a vaca muge.
(E) O sapo coaxa, porém a vaca não muge. (D)

QUESTÃO 21 (E)
A expressão “Paulo será aprovado no certame da PM/PA, pois
ele é esforçado e determinado” é equivalente a:
(A) Se Paulo for aprovado no certame da PM/PA, então ele
é esforçado e determinado.
(B) Paulo é esforçado e determinado, logo ele será aprova-
do no certame da PM/PA.
(C) Paulo não será aprovado no certame da PM/PA ou ele é
esforçado e determinado.
(D) Paulo é esforçado e determinado, porém ele não será
aprovado no certame da PM/PA.
(E) Paulo será aprovado no certame da PM/PA, logo ele é
esforçado e determinado.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 6


P R O VA O B J E T I VA
NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL QUESTÃO 28
Ricardo Blanco Assinale a opção correta em relação à segurança pública.
(A) A segurança pública, dever do Estado, direito e res-
QUESTÃO 25 ponsabilidade de todos, é exercida para a preservação
Assinale a alternativa incorreta em relação aos direitos da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do
individuais. patrimônio, por meio dos seguintes órgãos: polícia
(A) A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela federal; polícia rodoviária federal; polícia ferroviária
podendo penetrar sem consentimento do morador, federal; polícias civis; polícias militares e corpos de
salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para bombeiros militares e polícias penais federal, estadu-
prestar socorro, ou, durante o dia, por determinação ais, distrital e municipal.
judicial. (B) A polícia federal, instituída por lei como órgão perma-
(B) É inviolável o sigilo da correspondência e das comuni- nente, organizado e mantido pela União e estruturado
cações telefônicas, de dados e das comunicações tele- em carreira, destina-se a apurar infrações penais contra
gráficas salvo, no último caso, por ordem judicial, nas a ordem política e social ou em detrimento de bens,
hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de serviços e interesses da União ou de suas entidades
investigação criminal ou instrução processual penal.  autárquicas e empresas públicas, assim como outras
(C) Às presidiárias serão asseguradas condições para que infrações cuja prática tenha repercussão interestadual
possam permanecer com seus filhos durante o período ou internacional e exija repressão uniforme, segundo
de amamentação;. se dispuser em lei.
(D) Nenhum brasileiro será extraditado, salvo o naturaliza- (C) Às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia
do, em caso de crime comum, praticado antes da natu- de carreira, incumbem, ressalvada a competência da
ralização, ou de comprovado envolvimento em tráfico União, as funções de polícia judiciária e a apuração de
ilícito de entorpecentes e drogas afins, na forma da lei. infrações penais, inclusive as militares.
(E) Não será concedida extradição de estrangeiro por cri- (D) Às polícias militares e guarda municipal cabem a po-
me político ou de opinião. lícia ostensiva e a preservação da ordem pública; aos
corpos de bombeiros militares, além das atribuições
QUESTÃO 26 definidas em lei, incumbe a execução de atividades de
Segundo a Constituição Federal são privativos de brasileiro defesa civil.
nato os cargos, exceto: (E) As polícias militares, civil e os corpos de bombeiros
(A) de Presidente e Vice-Presidente da República. militares, forças auxiliares e reserva do Exército subor-
(B) de Presidente da Câmara dos Deputados. dinam-se, juntamente com as polícias penais estaduais
(C) de Presidente do Senado Federal. e distrital, aos Governadores dos Estados, do Distrito
(D) de Ministro do Supremo Tribunal Federal. Federal e dos Territórios
(E) de oficial da PM e Bombeiros.
NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO
QUESTÃO 27 Gustavo Brígido
Assinale a opção correta em relação aos direitos políticos.
(A) Podem alistar-se como eleitores os estrangeiros e, QUESTÃO 29
durante o período do serviço militar obrigatório, os No estudo da Administração Pública, a partir da respectiva
conscritos. abordagem constitucional, ao dizer que a lei estabelecerá os
(B) São inelegíveis os inalistáveis e os analfabetos, sendo casos de contratação por tempo determinado para atender a
considerados direitos políticos positivos. necessidade temporária de excepcional interesse público, apre-
(C) O militar inalistável é inelegível. senta-se o conceito de:
(D) São inelegíveis, no território de jurisdição do titular, o (A) Cargo Efetivo.
cônjuge e os parentes consanguíneos ou afins, até o ter- (B) Cargo Vitalício.
ceiro grau ou por adoção, do Presidente da República, (C) Cargo em Comissão.
de Governador de Estado ou Território, do Distrito Fe- (D) Emprego Público.
deral, de Prefeito ou de quem os haja substituído dentro (E) Função Pública.
dos seis meses anteriores ao pleito, salvo se já titular de
mandato eletivo e candidato à reeleição.
(E) A lei que alterar o processo eleitoral entrará em vigor
na data de sua publicação, não se aplicando à eleição
que ocorra até um ano da data de sua vigência, sendo
considerado pelo STF uma cláusula pétrea implícita.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 7


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 30 QUESTÃO 35
Dentre as formas de extinção dos atos administrativos, a que Evadir-se ou tentar evadir-se o preso ou o indivíduo submetido
decorre dos efeitos de uma lei posterior é a: a medida de segurança detentiva, usando de violência contra a
(A) Anulação. pessoa é crime previsto no Código Penal, com pena de deten-
(B) Revogação. ção, de três meses a um ano, além da pena correspondente à
(C) Cassação. violência. A doutrina chama esse tipo de crime de:
(D) Caducidade. (A) delito liliputiano.
(E) Contraposição. (B) crime de empreendimento.
(C) crime maquinado.
QUESTÃO 31 (D) crime urdido.
No estudo dos poderes administrativos, tem-se a discussão em (E) crime de hermenêutica.
torno das formas de abuso de poder: excesso de poder e desvio
de poder. Quando se configura excesso de poder, tem-se vício QUESTÃO 36
no elemento: Numa abordagem de rotina a veículo, José, policial civil, em
(A) Competência. serviço, solicitou dinheiro ao motorista para que não apreen-
(B) Finalidade. desse o seu veículo, que, no entanto, negou o pagamento, in-
(C) Forma. formando que é cidadão de bem, pagador de impostos e que
(D) Motivo. denunciaria o caso ao controle externo. Nesse caso, José:
(E) Objeto. (A) responderá pelo crime de concussão passiva na forma
consumada.
QUESTÃO 32 (B) responderá pelo crime de concussão passiva na for-
Na estrutura da Administração Pública Indireta, é a pessoa ju- ma tentada.
rídica de direito público interno, instituída unicamente por lei, (C) responderá pelo crime de corrupção passiva consumada.
com capacidade de autoadministração para o desempenho de (D) responderá pelo crime de corrupção passiva tentada.
serviços públicos descentralizados, por meio de controle admi- (E) praticou fato atípico.
nistrativo exercido dentro dos limites da lei:
(A) Autarquias. NOÇÕES DE DIREITO PROCESSUAL PENAL
(B) Fundações. Diego Henrique
(C) Empresas Públicas.
(D) Sociedades de Economia Mista. QUESTÃO 37
(E) Órgãos Públicos. A respeito da notitia criminis, assinale a alternativa que apre-
senta a hipótese de um indivíduo conduzido para a Delegacia
NOÇÕES DE DIREITO PENAL de Polícia por ser detido no momento da prática de um crime:
Diego Henrique (A) notitia criminis de cognição coercitiva.
(B) notitia criminis de cognição imediata.
QUESTÃO 33 (C) notitia criminis de cognição mediata.
São elementos do fato típico, exceto: (D) notitia criminis de cognição exemplificativa.
(A) conduta. (E) notitia criminis de cognição preventiva.
(B) imputabilidade.
(C) resultado. QUESTÃO 38
(D) nexo causal. A prisão temporária é cabível nas seguintes infrações pe-
(E) tipicidade. nais, exceto:
(A) roubo simples.
QUESTÃO 34 (B) estelionato simples.
Imagine-se a seguinte situação hipotética. “A” subtraiu, com (C) cárcere privado.
violência, a bicicleta de “B”. Em seguida, procurou “C” e pe- (D) latrocínio.
diu para guardá-la, pois, viajaria e retornaria para buscar a bici- (E) estupro.
cleta na semana seguinte. “C” aceitou e guardou o bem. Nesse
caso, “C”: QUESTÃO 39
(A) responderá pelo crime de roubo. Ainda sobre a prisão temporária, assinale a alternativa
(B) praticou fato atípico. incorreta:
(C) responderá pelo crime de receptação. (A) Na hipótese de representação da autoridade policial, o
(D) responderá pelo crime de favorecimento pessoal. Juiz, antes de decidir, ouvirá o Ministério Público.
(E) responderá pelo crime de favorecimento real. (B) O despacho que decretar a prisão temporária deverá ser
fundamentado e prolatado dentro do prazo de 24 (vinte

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 8


P R O VA O B J E T I VA
e quatro) horas, contadas a partir do recebimento da conduta não teria sido praticada.
representação ou do requerimento. (E) Por ser mais rígido, o CPM não prevê o instituto do
(C) O juiz poderá, de ofício, ou a requerimento do Minis- arrependimento eficaz, apenas a desistência voluntária.
tério Público e do advogado, determinar que o preso
lhe seja apresentado, solicitar informações e esclareci- QUESTÃO 43
mentos da autoridade policial e submetê-lo a exame de Sobre as causas excludentes na lei penal militar, assinale a al-
corpo de delito. ternativa correta:
(D) Decretada a prisão temporária, expedir-se-á mandado (A) Distintamente do CP, o CPM prevê o estado de neces-
de prisão, em duas vias, uma das quais será entregue sidade com dupla natureza jurídica.
ao indiciado e servirá como nota de culpa. (B) O CPM não elenca o exercício regular de direito como
(E) A prisão somente poderá ser executada depois da expe- causa justificante.
dição de mandado policial. (C) O chamado estado de necessidade do comandante é
considerado como escusa absolutória.
QUESTÃO 40 (D) Assim como o CP, o CPM não prevê a figura do exces-
Considera-se em flagrante delito quem se encontra nas situa- so escusável.
ções abaixo, exceto: (E) Nos crimes em que há violação do dever militar, o agen-
(A) está cometendo a infração penal. te sequer pode invocar a coação material irresistível.
(B) acaba de cometer a infração penal.
(C) preso no momento em que recebe a vantagem exigida QUESTÃO 44
pelo telefone no dia anterior. A respeito dos crimes militares em espécie, marque a op-
(D) é encontrado, logo depois, com instrumentos, armas, ção correta:
objetos ou papéis que façam presumir ser ele autor (A) O crime de desrespeito a superior somente pode ser
da infração. praticado pela praça.
(E) é perseguido, logo após, pelo ofendido em situação que (B) Considera-se refratário o agente que não permanece no
faça presumir ser autor da infração. quartel até a conclusão do ato de incorporação.
(C) Ao contrário do CP, o CPM não tipifica o crime de apo-
NOÇÕES DE DIREITO PENAL MILITAR logia de fato criminoso.
Hugo Gaioso (D) Aquele que incita à desobediência não pratica o crime
militar de incitamento, mas apenas incorre numa trans-
QUESTÃO 41 gressão disciplinar.
Em relação à aplicação da lei penal militar quanto às pessoas, (E) A conspiração é crime de autoria coletiva necessária.
assinale a alternativa correta:
(A) Os militares estrangeiros, ainda quando em comissão NOÇÕES DE DIREITO PROCESSUAL
ou estágio nas Forças Armadas, não ficam sujeitos à PENAL MILITAR
legislação penal militar brasileira. Hugo Gaioso
(B) Somente o oficial pode ser considerado superior.
(C) Os apátridas não são considerados estrangeiros para os QUESTÃO 45
efeitos da lei penal militar. Com relação ao inquérito policial militar (IPM) e à polícia ju-
(D) Para o CPM, toda autoridade com função de direção é diciária militar, marque a alternativa correta:
equiparada a comandante. (A) A polícia judiciária militar, em regra, é exercida pelos
(E) Quando pratica ou contra ele é praticado crime militar, comandantes de força, unidades ou navios.
o militar da reserva ou reformado não conserva as res- (B) A atribuição exclusiva para cumprimento dos manda-
ponsabilidades e prerrogativas do posto ou graduação. dos de prisão expedidos pela Justiça Militar é das Polí-
cias Civil ou Federal.
QUESTÃO 42 (C) Quaisquer exames, perícias e avaliações realizados re-
Quanto ao tratamento do crime conferido pela lei penal militar, gularmente no bojo do IPM, em homenagem ao contra-
assinale a alternativa correta: ditório e à ampla defesa, devem ser repetidos no curso
(A) O CPM considera doloso o crime apenas quando o da ação penal militar.
agente quis o resultado. (D) Não há previsão no CPPM, ao contrário do CPP, da
(B) Diferentemente do CP, o CPM prevê os crimes culpo- reprodução simulada dos fatos.
sos como regra. (E) Se o indiciado estiver preso, o IPM deverá terminar em
(C) No CPM, ao contrário do que ocorre no CP, a puni- quinze dias.
bilidade da tentativa pode ser a mesma do crime
consumado.
(D) Considera-se causa a ação ou omissão sem a qual a

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 9


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 46 NOÇÕES DE LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL
Com relação à ação penal militar, marque a alternativa correta: Diego Henrique
(A) A denúncia somente poderá ser oferecida se houver,
além de indícios de autoria, prova da materialida- QUESTÃO 49
de delitiva. São requisitos para aplicação do privilégio no tráfico, exceto:
(B) Excepcionalmente, a ação penal militar dependerá de (A) primariedade.
representação do Ministério da Justiça. (B) inexistência de objetivo de lucro.
(C) Os processos dos crimes militares contra a honra são (C) não dedicação às atividades criminosas.
iniciados mediante ação penal de iniciativa privada. (D) bons antecedentes.
(D) Todos os crimes contra a segurança externa do país (E) não integrar organização criminosa.
são processados mediante ação penal pública in-
condicionada. QUESTÃO 50
(E) Não se admite no processo penal militar a ação penal Pratica o crime de tortura o agente que constranger alguém
privada subsidiária da pública. com emprego de violência ou grave ameaça, causando-lhe
sofrimento físico ou mental com o fim de obter informação,
QUESTÃO 47 declaração ou confissão da vítima ou de terceira pessoa. Essa
Com relação ao direito processual penal militar, assinale a al- hipótese é chamada de:
ternativa correta: (A) tortura imprópria.
(A) De acordo com o CPPM, por ser mais rígido, o Mi- (B) tortura omissiva.
nistério Público não pode opinar pela absolvição (C) tortura prova.
do acusado. (D) tortura crime.
(B) Ao contrário do CPP, o CPPM não permite a interpo- (E) tortura preconceito.
sição de recurso pelo assistente de acusação, salvo do
despacho que indeferir o pedido de assistência. QUESTÃO 51
(C) É considerado acusado aquele formalmente suspeito ao Com a nova lei de abuso de autoridade, estipulou-se uma ex-
final das investigações no IPM. pressa proibição para o cumprimento de mandado de busca e
(D) Segundo o CPPM, mesmo que não detenham capacida- apreensão domiciliar após às 21h e antes das:
de postulatória própria de advogado, os oficiais-gene- (A) 5h
rais podem ser exclusivamente responsáveis por suas (B) 6h
defesas quando réus em processos criminais militares. (C) 7h
(E) O juiz não dará curador ao acusado incapaz. (D) 8h
(E) 6h30min
QUESTÃO 48
Quanto às medidas preventivas e assecuratórias no processo QUESTÃO 52
penal militar, marque a alternativa correta: Assinale a alternativa que prevê hipótese de aumento de pena
(A) Prisão provisória é a que ocorre apenas durante o IPM. para o crime de tráfico internacional de arma de fogo:
(B) Nos crimes instantâneos, considera-se o agente em fla- (A) se a arma for de uso restrito.
grante delito enquanto não cessar a permanência. (B) se a arma for de uso permitido.
(C) O insubordinado terá o quartel por menagem. (C) se a conduta envolver mais de 2 países.
(D) Qualquer pessoa poderá e os militares deverão prender (D) se a conduta envolver dois ou mais países.
quem for insubmisso ou desertor, ou seja encontrado (E) se a conduta for praticada para garantir um crime de
em flagrante delito. homicídio internacional.
(E) O CPPM estabelece as hipóteses de prisão temporária.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 10


P R O VA O B J E T I VA
NOÇÕES DE DIREITOS HUMANOS QUESTÃO 55
Thiago Medeiros Assinale a alternativa que não corresponde ao texto do Pacto
de São José da Costa Rica:
QUESTÃO 53 (a) Toda pessoa condenada à morte tem direito a solicitar
A Portaria Interministerial n. 4.226, de 31 de dezembro de anistia, indulto ou comutação da pena, os quais podem
2010, estabelece Diretrizes sobre o Uso da Força pelos Agentes ser concedidos em todos os casos.
de Segurança Pública. Assinale a alternativa que está de acordo (b) Não se pode executar a pena de morte enquanto um
com a portaria: pedido de anistia, indulto ou comutação da pena estiver
(a) Os chamados “disparos de advertência” não são consi- pendente de decisão ante a autoridade competente
derados prática aceitável, por não atenderem aos prin- (c) É previsto o direito de circulação e residência.
cípios da legalidade, necessidade, proporcionalidade, (d) Todas as pessoas são iguais perante a lei. Por conse-
moderação e conveniência e em razão da imprevisibili- guinte, têm direito, sem discriminação, a igual pro-
dade de seus efeitos. teção da lei
(b) Os chamados “disparos de advertência” são considera- (e) É permitida a expulsão coletiva de estrangeiros.
dos prática aceitável desde que atendam aos princípios
da legalidade, necessidade, proporcionalidade, mode- QUESTÃO 56
ração e conveniência. De acordo com o que a Convenção Americana de Direitos Hu-
(c) Os chamados “disparos de advertência” são considera- manos (Pacto de San José da Costa Rica) prevê sobre a pena de
dos prática aceitável desde que atendam aos princípios morte, é INCORRETO afirmar que:
da legalidade, necessidade, proporcionalidade, mode- (a) não se deve impor a pena de morte à pessoa que, no
ração e conveniência e em razão da previsibilidade de momento da condenação pelo delito, for menor de de-
seus efeitos. zoito anos.
(d) O ato de apontar arma de fogo contra pessoas durante (b) não se deve impor a pena de morte à pessoa que, no
os procedimentos de abordagem deverá ser uma práti- momento da perpetração do delito, for maior de se-
ca rotineira e indiscriminada. tenta anos.
(e) Os chamados “disparos de advertência” não são consi- (c) não se deve aplicar pena de morte em mulher grávida.
derados prática aceitável, por não atenderem aos prin- (d) pode-se impor pena de morte a mulheres em estado
cípios da legalidade, necessidade, proporcionalidade, de gravidez.
moderação e conveniência e em razão da previsibilida- (e) não se deve impor a pena de morte à pessoa que, no
de de seus efeitos. momento da perpetração do delito, for menor de vinte
e um anos.
QUESTÃO 54
De acordo com a Portaria Interministerial n. 4.226, assinale LEGISLAÇÃO INSTITUCIONAL
a alternativa que corresponde ao significado do princípio da Eduardo Galante
proporcionalidade:
(a) O emprego da força pelos agentes de segurança pública QUESTÃO 57
deve sempre que possível, além de proporcional, ser Conforme previsto na Lei n. 5.251/1985, que dispõe sobre o
moderado, visando sempre reduzir o emprego da força. Estatuto dos Policiais Militares da Polícia Militar do Estado do
(b) Determinado nível de força só pode ser empregado Pará e dá outras providências, assinale a afirmação CORRETA:
quando níveis de menor intensidade não forem sufi- (A) Licença especial é a autorização para afastamento to-
cientes para atingir os objetivos legais pretendidos. tal do serviço, relativa a cada quinquênio de tempo de
(c) O nível da força utilizado deve sempre ser compatível efetivo serviço prestado, concedida ao Policial Militar
com a gravidade da ameaça representada pela ação do que a requerer sem que implique em qualquer restrição
opositor e com os objetivos pretendidos pelo agente de para sua carreira.
segurança pública (B) A licença especial tem a duração de 03 (três) meses a
(d) A força não poderá ser empregada quando, em função ser gozada de uma só vez, podendo ser parcelada em
do contexto, possa ocasionar danos de maior relevân- 02 (dois) ou 01 (um) mês por ano civil, quando solici-
cia do que os objetivos legais pretendidos. tada pelo interessado e julgado conveniente pela auto-
(e) Os agentes de segurança pública só poderão utilizar a ridade competente.
força para a consecução de um objetivo legal e nos es- (C) Os períodos de licença especial não gozados pelo Poli-
tritos limites da lei. cial Militar são computados em triplo para fins exclu-
sivos de contagem de tempo para a passagem para a
inatividade e indisponibilidade e, nesta situação, para
todos os efeitos legais.
(D) A licença especial não é prejudicada pelo gozo anterior

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 11


P R O VA O B J E T I VA
de qualquer licença para tratamento de saúde e para (E) As penas disciplinares de prisão ou detenção não po-
que sejam cumpridos atos de serviço, bem como, não dem ultrapassar vinte dias.
anula o direito àquelas licenças.
(E) Uma vez concedida a licença especial, o policial Mi- QUESTÃO 60
litar não será exonerado do cargo ou dispensado do Com base na Lei Complementar n. 53/2006, que dispõe so-
exercício das funções que exerce e ficará à disposição bre a organização básica e fixa o efetivo da Polícia Militar do
do órgão de pessoal da Polícia Militar a que pertencer. Pará (PMPA), e dá outras providências, assinale a afirmação
INCORRETA:
QUESTÃO 58 (A) O Alto Comando da Polícia Militar reunir-se-á semes-
Conforme previsto na Lei n. 5.251/1985, que dispõe sobre o tralmente em caráter ordinário e, extraordinariamente,
Estatuto dos Policiais Militares da Polícia Militar do Estado do mediante convocação de seu presidente ou de dois ter-
Pará e dá outras providências, assinale a afirmação CORRETA: ços de seus membros.
(A) Licença especial é a autorização para afastamento to- (B) O Gabinete do Comando Geral é o órgão de direção
tal do serviço, relativa a cada quinquênio de tempo de geral responsável, perante o Comandante Geral, pelo
efetivo serviço prestado, concedida ao Policial Militar planejamento, organização, direção e controle das ati-
que a requerer sem que implique em qualquer restrição vidades da Corporação, elaborando diretrizes e ordens
para sua carreira. de Comando em consonância com a missão institucio-
(B) A licença especial tem a duração de 03 (três) meses a nal e a política de segurança pública do Estado.
ser gozada de uma só vez, podendo ser parcelada em (C) O Departamento Geral de Administração é o órgão de
02 (dois) ou 01 (um) mês por ano civil, quando solici- direção geral, responsável pela supervisão, coorde-
tada pelo interessado e julgado conveniente pela auto- nação, controle e fiscalização dos órgãos de direção
ridade competente. setorial e de apoio, que realizam a atividade-meio da
(C) Os períodos de licença especial não gozados pelo Poli- Corporação.
cial Militar são computados em triplo para fins exclu- (D) O Departamento Geral de Operações é o órgão de di-
sivos de contagem de tempo para a passagem para a reção geral, responsável pela supervisão, coordenação,
inatividade e indisponibilidade e, nesta situação, para controle e fiscalização dos órgãos de direção interme-
todos os efeitos legais. diária e de execução da atividade-fim da Corporação.
(D) A licença especial não é prejudicada pelo gozo anterior (E) A Comissão Permanente de Controle Interno é órgão
de qualquer licença para tratamento de saúde e para de assessoramento do Comandante-geral nos assuntos
que sejam cumpridos atos de serviço, bem como, não relacionados à legalidade dos certames licitatórios e
anula o direito àquelas licenças. contratos, às auditorias internas e ao acompanhamento
(E) Uma vez concedida a licença especial, o policial Mi- e controle das atividades administrativas, orçamentá-
litar não será exonerado do cargo ou dispensado do rias e financeiras da corporação.
exercício das funções que exerce e ficará à disposição
do órgão de pessoal da Polícia Militar a que pertencer.

QUESTÃO 59
Tendo por base a Lei n. 6.833/2006, que institui o Código de
Ética e Disciplina da Polícia Militar do Pará, assinale a afirma-
ção CORRETA:
(A) A punição disciplinar possui caráter pedagógico, in-
dividual e coletivo e objetiva o fortalecimento da
disciplina.
(B) Advertência é a punição mais branda que, publicada
em boletim e lançada nos assentamentos, não priva o
punido da liberdade.
(C) A suspensão consiste no afastamento do policial mili-
tar do serviço, por prazo não superior a noventa dias,
implicando desconto em folha de pagamento da remu-
neração correspondente aos dias em que ficar afastado
de suas atividades.
(D) A penalidade de suspensão terá seu registro cancelado
após o decurso de três anos de efetivo exercício se o
policial militar não houver, nesse período, praticado
nova infração disciplinar.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 12


GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO PARÁ
SIMULADO PREPARATÓRIO PARA CONCURSO PÚBLICO PARA O PROVIMENTO DE
VAGAS NO CARGO DE SOLDADO

GABARITO

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
D A B C C B C A B B C A C B C A C D C E B D A C B E E B E D

31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
A A B E B C A B E C D C A E A A B D B D A A A C E E B D A B
P R O VA O B J E T I VA
LÍNGUA PORTUGUESA básicas de estrutura material” é conjunção integrante e nada
Fernando Moura retoma no contexto. (D) Certa. O termo “diferente” (linha
4) tem função de predicativo do sujeito: “... isso (sujeito)
Texto para responder às questões de 1 a 5. não (adjunto adverbial de negação) seria (verbo de ligação)
diferente (predicativo do sujeito). (E) Errada. De acordo
TEXTO 1 com a norma culta da língua portuguesa, na oração “É bem
verdade que existem outras unidades com padrão estrutural
1 O serviço público, em geral, apresenta sérios menos agudo”, não há a obrigação de fazer a substituição
problemas de coordenação e aplicação de recur- sugerida. Caso se optasse por ela, o registro correto seria
sos humanos e materiais destinados à execução “devem existir”.
de suas atividades. Por óbvio, com os órgãos de
5 segurança pública, nas mais diversas instituições QUESTÃO 2
e unidades da federação, isso não seria diferente.  Com base na norma culta da língua portuguesa, assinale a op-
 É claro que os problemas não são exatamente os ção que reescreve corretamente o período “Por mais absurdo
mesmos em todas as instâncias da segurança pública. que possa parecer, não são poucos os casos de espaços inutili-
Pode-se afirmar, contudo, que em muitos locais faltam zados por falta de iluminação”.
10 condições básicas de estrutura material. Por mais absurdo (A) Conquanto possa parecer absurdo, não são poucos os
que possa parecer, não são poucos os casos de espaços casos de espaços inutilizados por falta de iluminação.
inutilizados por falta de iluminação, instalações sem qual- (B) Porquanto possa parecer absurdo, não são poucos os
quer funcionário para limpeza, mobiliário completamente casos de espaços inutilizados por falta de iluminação.
deteriorado, computadores antigos, coletes balísticos (C) Contanto que possa parecer absurdo, não são poucos os
15 vencidos, falta de munição, carência de viaturas e cortes casos de espaços inutilizados por falta de iluminação.
de combustível. É bem verdade que existem outras uni- (D) À medida que possa parecer absurdo, não são poucos os
dades com padrão estrutural menos agudo, porém ainda casos de espaços inutilizados por falta de iluminação.
deficitário, marcadas pela ausência de ferramentas labo- (E) Logo que possa parecer absurdo, não são poucos os
rais mais aprimoradas, como tecnologia atualizada e casos de espaços inutilizados por falta de iluminação.
20 equipamentos com maior sofisticação técnica e opera-
cional. Letra a.
(A) Certa. “Conquanto”, “Embora”, “Apesar de que” e ou-
Leonardo Machado, Desafios estruturais da segurança pública
tros conectivos concessivos substituem a locução conjunti-
brasileira. Consultor Jurídico, 5/11/2019. 
va “Por mais que”. (B) Errada. “Porquanto” traduz causa ou
explicação (e não concessão). (C) Errada. “Contanto que”
QUESTÃO 1
traduz condição (e não concessão). (D) Errada. “À medida
Considerando aspectos gramaticais do texto, assinale a op-
que” traduz proporção (e não concessão). (E) Errada. “Logo
ção correta.
que” traduz tempo (e não concessão)
(A) O termo “os problemas” representa o sujeito deslocado
da oração “É claro” (2º. parágrafo).
(B) O verbo “apresenta” (1º. parágrafo) encontra-se na for-
QUESTÃO 3
Assinale a opção correta quanto à interpretação do período
ma nominal denominada infinitivo pessoal.
“É bem verdade que existem outras unidades com padrão es-
(C) O vocábulo “que” em “Pode-se afirmar, contudo, que
trutural menos agudo, porém ainda deficitário, marcadas pela
em muitos locais faltam condições básicas de estrutu-
ausência de ferramentas laborais mais aprimoradas, como tec-
ra material” é pronome relativo que retoma a palavra
nologia atualizada e equipamentos com maior sofisticação téc-
“contudo”.
nica operacional”.
(D) O termo “diferente” (linha 6) tem função predicativa.
(A) É fato que há outras unidades com padrão estrutural
(E) De acordo com a norma culta da língua portuguesa, na
menos grave, contudo ainda desproporcional, marca-
oração “É bem verdade que existem outras unidades
das pela falta de ferramentas de trabalho mais aprimo-
com padrão estrutural menos agudo”, deve-se substi-
radas, como tecnologia atualizada e equipamentos com
tuir o termo sublinhado por “deve existirem”.
maior sofisticação técnico-operacional.
(B) É fato que há outras unidades com padrão estrutural
Letra d.
menos prejudicado, todavia ainda insuficiente, marca-
(A) Errada. O termo “os problemas” representa o sujeito do
das pela carência de ferramentas de trabalho mais apri-
verbo “são” na oração em que se encontra. (B) Errada. O
moradas, como tecnologia atualizada e equipamentos
verbo “apresenta” (1º. parágrafo) encontra-se no presente do
com maior sofisticação técnico-operacional.
modo indicativo. (C) Errada. O vocábulo “que” em “Pode-
(C) É defeso que há outras unidades com padrão estrutural
-se afirmar, contudo, que em muitos locais faltam condições
menos agudo, entretanto ainda inexistente, marcadas

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 15


P R O VA O B J E T I VA
pela ausência de ferramentas laborais mais aprimora- QUESTÃO 5
das, como tecnologia atualizada e equipamentos com A respeito do texto, assinale a opção que indica o correto
maior sofisticação técnica e operacional. significado do vocábulo conforme o contexto em que ele foi
(D) Urge que existam outras unidades com padrão estrutu- empregado.
ral menos intenso, porém ainda deficitário, marcadas (A) “problemas” (linha 2) = emblemas.
pela anuência de ferramentas laborais mais aprimora- (B) “execução” (linha 3) = condenação.
das, como tecnologia atualizada e equipamentos com (C) “inutilizados” (linha 12) = desativados.
maior sofisticação técnica e operacional. (D) “deteriorado” (linha 14) = decomposto.
(E) É verdade que existem outras unidades com padrão es- (E) “aprimoradas” (linha 19) = negligenciadas.
trutural menos prejudicado, por conseguinte ainda defi-
citário, marcadas pela ausência de ferramentas hígidas Letra c.
mais aprimoradas, como tecnologia atualizada e equi- As opções A, B, D e E traduzem significados inadequados
pamentos com maior sofisticação técnica operacional. aos contextos. A opção “C” evidencia a significação adequa-
da ao contexto: espaços inutilizados ou desativados por falta
Letra b. de iluminação.
(A) Errada. “deficitária” não significa “desproporcional”.
(B) Certa. Todas as substituições mantêm a interpretação do Texto para responder às questões de 6 a 10.
trecho indicado. (C) Errada. “É defeso” significa “É proibi-
do”, e “inexistente” não substitui “deficitário”. (D) Errada. TEXTO 2
“Urge” significa “É urgente”, e “anuência” (= permissão)
não substitui “ausência”. (E) Errada. “por conseguinte” (= 1 Com o crescimento da disseminação da Covid-19 e
conectivo conclusivo) não substitui “porém” (= conectivo o isolamento social instaurado há quase 60 dias em todo
adversativo) e “hígidas” (= sadias) não substitui “laborais” o país, é preciso pensar nos profissionais que atuam face
(= de trabalho). a face com os cidadãos, aquilo que a literatura sobre polí-
5 ticas públicas chama de “linha de frente” ou “nível da
QUESTÃO 4 rua”. Nessa categoria, há uma quantidade significativa
Assinale a opção em que o uso do acento grave indicativo da de profissionais de segurança pública que trabalham em
crase é facultativo. contato direto com a população e que estão em constante
(A) Os recursos humanos e materiais são destinados às risco de contaminação e, ainda, de transmitir o vírus para
suas atividades. 10 seus familiares e amigos. Esses são policiais civis, mili-
(B) Os recursos humanos e materiais são destinados à exe- tares, guardas municipais, bombeiros, policiais federais,
cução de suas atividades. rodoviário federais, etc. No entanto, pouco se tem discu-
(C) Os recursos humanos e materiais são destinados à sua tido sobre os impactos do coronavírus em suas vidas, nas
função laboral. suas dinâmicas de trabalho e na maneira como passaram a
(D) Os recursos humanos e materiais são destinados às ati- 15 interagir com os cidadãos. O vírus impactou severamente
vidades laborais. polícias dos países em que a pandemia está avançada em
(E) Os recursos humanos e materiais são destinados à sua relação ao Brasil. Por exemplo, na polícia de Nova Iorque,
função laboral e ao seu objetivo. epicentro da pandemia nos Estados Unidos, no início de
abril, quase 20% do seu efetivo estava em licença médica
Letra c. 20 por conta do Covid-19 e até o momento 41 pessoas que
(A) Acento grave obrigatório (preposição “a” + artigo trabalham na força policial morreram por conta da doença.
“as”). Lembre-se de que o artigo “as” antes do pronome Esses números são o prelúdio do impacto que o vírus pode
possessivo “suas” é opcional; se retirado, obter-se-á “... causar nas forças de segurança brasileiras. A Segurança
destinados a suas atividades laborais”. (B) Acento grave Pública é uma área de atuação governamental essen-
obrigatório (preposição “a” + artigo “a”). (C) Acento gra- 25 cial para a sociedade e que ganha ainda mais relevân-
ve opcional (preposição “a” + artigo “a” opcional, antes do cia em momentos de crise como o que estamos vivendo.
pronome possessivo “sua”): “destinados à sua função labo-
ral” ou “destinados a sua função laboral”. (D) Acento grave Internet: https://forumseguranca.org.br/publicacoes_posts/a-pan-
demia-de-covid-19-e-os-policiais-brasileiros, 2020.
obrigatório (preposição “a” + artigo “as”). (E) Acento grave
obrigatório (preposição “a” + artigo “a”), já que, em “ao seu
objetivo”, há preposição “a” + artigo “o”. Trata-se de uma
questão de paralelismo.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 16


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 6 QUESTÃO 8
Nos trechos “pensar nos profissionais que atuam face a face Com relação ao processo de formação de palavras, é correto
com os cidadãos” (linhas 3-4) e “aquilo que a literatura sobre afirmar que os vocábulos “pandemia” (linha 16) e “epicentro”
políticas públicas chama de “linha de frente” (linhas 4-5), os (linha 18) são formados, respectivamente, por derivação
termos sublinhados classificam-se, respectivamente, em (A) prefixal e prefixal.
(A) conjunção coordenativa explicativa e pronome relativo. (B) imprópria e sufixal.
(B) pronome relativo e pronome relativo. (C) regressiva e imprópria.
(C) pronome relativo e conjunção subordinativa (D) sufixal e regressiva.
consecutiva. (E) parassintética e sufixal.
(D) conjunção subordinativa causal e conjunção subordi-
nativa causal. Letra a.
(E) conjunção subordinativa consecutiva e conjunção co- Ambos os vocábulos trazem prefixos gregos. “Pandemia”
ordenativa explicativa. (pan = todos + demo = povo) significa doença contagiosa
que se espalha rapidamente sobre povo ou povos. “Epicen-
Letra b. tro” (epi + centro) significa ponto demarcado com muita
A primeira ocorrência da palavra “que” pode ser substituída precisão, prevalência. As demais opções não indicam os
por “os quais”, a fim de retomar o antecedente “os profis- processos de formação adequados aos vocábulos.
sionais”. A segunda ocorrência pode ser substituída por “o
qual”, a fim de retomar o antecedente “aquilo” (= pronome QUESTÃO 9
demonstrativo substantivo). São, portanto, pronome relati- No que se refere à ortografia, assinale a opção cujas palavras
vo e pronome relativo. As demais opções trazem classifica- são acentuadas segundo a mesma regra gramatical.
ções erradas. (A) “há” (linha 2) e “nível” (linha 5).
(B) “rodoviário” (linha 12) e “polícias” (linha 16).
QUESTÃO 7 (C) “coronavírus” (linha 8) e “polícia” (linha 11).
A respeito da pontuação de trechos do texto, assinale a op- (D) “Pública” (linha 24) e “coronavírus” (linha 13).
ção correta. (E) “vírus” (linha 9) e “área” (linha 24).
(A) Na linha 3, a vírgula inserida após o vocábulo “país” é
facultativa. Letra b.
(B) Na linha 5, parênteses podem substituir as aspas que (A) Errada. “há” (monossílabo tônico terminado em “a”) e
acompanham a expressão “linha de frente”. “nível” (paroxítono terminado em “l”). (B) Certa. “rodovi-
(C) Nas linhas 6, a vírgula inserida após o vocábulo “cate- ário” (paroxítono terminado em ditongo crescente) e “po-
goria” é opcional. lícias” (paroxítono terminado em ditongo crescente). (C)
(D) Na linha 15, o termo “severamente” deve, obrigatoria- Errada. “coronavírus” (paroxítono terminado em “us”) e
mente, ser isolado por vírgulas. “polícia” (paroxítono terminado em ditongo crescente). (D)
(E) Na linha 24, a colocação de uma vírgula após “Públi- Errada. “Pública” (proparoxítono) e “coronavírus” (paroxí-
ca” daria mais ênfase ao termo deslocado. tono terminado em “us”). (E) Errada. “vírus” (paroxítono
terminado em “us”) e “área” (paroxítono terminado em di-
Letra c. tongo crescente).
(A) Errada. Vírgula obrigatória: adjunto adverbial desloca-
do (longa extensão). (B) Errada. Os parênteses não têm a QUESTÃO 10
mesma função das aspas. (C) Certa. Em “Nessa categoria, Acerca das informações do texto, assinale a alternativa correta.
existe uma quantidade significativa de profissionais de se- (A) Na linha 6, o vocábulo “há” pode ser substituído por
gurança pública”, o adjunto adverbial deslocado é de curta “existem”, para concordar com “profissionais”.
extensão, e a retirada da vírgula não comprometerá o sentido (B) Segundo o texto, profissionais de segurança pública,
original; trata-se, portanto, de vírgula opcional. (D) Errada. por envidarem-se diretamente com a população, estão
Trata-se de adjunto adverbial de curta extensão (em inter- em constante risco de se infectarem e, ainda, de disse-
rupção sintática), e a ausência das vírgulas não compromete minarem o vírus a familiares e amigos.
o sentido original; vírgulas, portanto, opcionais. (E) Errada. (C) Em “Esses números são o prelúdio do impacto que o
Não se separa o sujeito do predicado. vírus pode causar nas forças de segurança brasileiras”,
o vocábulo destacado significa “posfácio”.
(D) Em “seu efetivo” (linhas 19), o pronome possessivo se
refere aos “Estados Unidos” (linha 18).
(E) Na linha 18, o termo “epicentro da pandemia nos Esta-
dos Unidos” tem função de predicativo.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 17


P R O VA O B J E T I VA
Letra b. QUESTÃO 13
(A) Errada. Na linha 6, o vocábulo “há” pode ser substi- Acerca dos investimentos obtidos por meio de leilões de seis áreas
tuído por “existe”, para concordar com “quantidade”. (B) em terminais portuários do Pará, assinale a alternativa incorreta:
Certa. De fato, segundo o texto, profissionais de segurança (A) Segundo o projeto básico do leilão, o preço mínimo
pública, por trabalharem (= evidarem-se) em contato direto para essa disputa teve o valor simbólico de apenas R$
com a população, estão em constante risco de infecção (= 1, além da possibilidade de parcelamento.
contaminação) e, ainda, podem disseminar (= transmitir) o (B) Além de gerar receita, o Governo Federal pretendia ga-
vírus a familiares e amigos. (C) Errada. Em “Esses números rantir investimentos.
são o prelúdio do impacto que o vírus pode causar nas for- (C) O leilão oferecia três áreas em Santarém e outras
ças de segurança brasileiras”, o vocábulo destacado signifi- três em Belém.
ca “a introdução/o início”, e não o “posfácio”, a conclusão, (D) Um dos atrativos da disputa era a possibilidade do par-
o fim. (D) Errada. Em “seu efetivo” (linha 19), o pronome celamento do valor da outorga.
possessivo se refere à “polícia de Nova Iorque” (linha 17). (E) Investidores do Brasil e do exterior foram atraídos pela
(E) Errada. Na linha 18, o termo “epicentro da pandemia possibilidade de trabalhar com terminais portuários no
nos Estados Unidos” tem função de aposto explicativo de Norte brasileiro.
“Nova Iorque”.
Letra c.
ATUALIDADES Foram oferecidas duas em Santarém, uma em Vila do Con-
Marco Soares de e três em Belém, no Terminal de Outeiro.

QUESTÃO 11 QUESTÃO 14
Uma fruta típica da floresta Amazônica de aroma doce e ácido Segundo o Ministério Público Federal, a implantação de Belo
com polpa cremosa e sabor exótico esteve envolvida em uma Monte constitui uma ação etnocida evidenciada por impactos
polêmica internacional de biopirataria. O texto se refere à fruta: na população local. Nesse sentido, podemos destacar:
(A) açaí. (A) a predominância de geração de energia totalmente livre
(B) castanha do pará. de impactos.
(C) cupuaçu. (B) os impactos da geração de energia elétrica de ori-
(D) palmito juçara. gem hídrica.
(E) guaraná. (C) a luta política bem-sucedida dos indígenas ao manter
sua cultura.
Letra c. (D) o processo de expansão das usinas hidrelétricas em áre-
Empresas japonesas foram alvos de protestos nacionais após as com alta densidade populacional.
serem acusadas de biopirataria por registrarem o cupuaçu (E) o respeito às diversas etnias que compõem o Brasil.
em escritórios da marca na Europa, Estados Unidos e Japão.
Letra b.
QUESTÃO 12 O impacto gerado pela construção das usinas no estado do
Uma fonte de energia renovável é a energia procedente da uti- Pará foi devastador para a população das regiões afetadas.
lização do(a):
(A) biomassa. QUESTÃO 15
(B) gás natural. Em toda sua organização, a Amazônia brasileira pode ser com-
(C) petróleo. preendida como:
(D) carvão. (A) Sua grandeza exclusivamente econômica é objeto de
(E) combustível nuclear. desejo e cuidados do governo da região.
(B) A utilização irrestrita dos recursos da floresta deve ser
Letra a. o único objetivo dos órgãos de controle ambientais.
Energia renovável é qualquer tipo de energia procedente de (C) A floresta, a sociedade, o Estado nacional e os países
fonte natural como o vento (eólica), a água (hidráulica), o vizinhos devem tender para políticas de desenvolvi-
sol (solar), biomassa, dentre outras. Nenhuma delas se esgo- mento sustentável.
ta e não liberam poluentes. (D) Seu futuro será pautado apenas pelas vontades do Esta-
do nacional brasileiro.
(E) Região pobre de recursos hídricos.

Letra c.
O desenvolvimento sustentável deve ser interesse comum
de todos, incluindo outros países.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 18


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 16 Letra d.
Acerca da pecuária no estado do Pará, assinale a alternati- A CNT classificou o Pará como a terceira pior malha rodovi-
va correta: ária do país em sua 21ª pesquisa de rodovias em 2017.
(A) O Pará se mantém na liderança do desmatamento
da Amazônia. RACIOCÍNIO LÓGICO
(B) O Pará é considerado exemplo no combate ao desmata- Marcelo Leite
mento da Amazônia.
(C) Houve aumento significativo nos recursos direciona- QUESTÃO 19
dos para a fiscalização ambiental. Considere as afirmações a seguir verdadeiras.
(D) A suinocultura é a principal atividade da pecuá- P1: Se Marcos foi detido, então ele participou do delito.
ria do Pará. P2: Marcos não participou do delito.
(E) Corresponde a uma pequena fração da economia
do estado. Então, é correto concluir que:
(A) Se Marcos não participou do delito, então ele foi detido.
Letra a. (B) Marcos participou do delito ou ele foi detido.
A intensa atividade pecuarista com criação de gado no Es- (C) Marcos não participou do delito nem ele foi detido.
tado do Pará é uma das atividades que mais influencia o (D) Marcos participou do delito, porém ele não foi detido.
aumento do desmatamento na região. (E) Marcos não participou do delito se, e somente se, ele
foi detido.
QUESTÃO 17
Quanto às queimadas e incêndios na região Amazônica, assina- Letra c.
le a alternativa incorreta: Começando a análise a partir de P2, teremos:
(A) O sistema de produção agrícola utiliza queimadas a mi- P2: (Marcos não participou do delito (V).)Veradeira
lhares de anos. P1: (Se Marcos foi detido (F), então ele participou do
(B) O fogo é empregado em atividades agrícolas para abrir delito(F).)Verdadeira
espaço para o gado. Assim, teremos:
(C) A queimada é uma técnica inovadora utilizada em ati- - Marcos não participou do delito: Verdadeiro
vidades agrícolas. - Marcos não foi detido: Verdadeiro
(D) Incêndio florestal é o fogo que progride fora de controle. Agora iremos analisar as alternativas:
(E) Áreas de floresta que sofreram extrativismo vegetal (A) Se Marcos não participou do delito (V), então ele foi
podem ser incendiadas devido ao acúmulo de material detido (F) = FALSO
combustível. (B) Marcos participou do delito (F) ou ele foi detido
(F) = FALSO
Letra c. (C) Marcos não participou do delito (V) nem ele foi detido
As queimadas são utilizadas há anos na agricultura para (V) = VERDADEIRO
abrir espaço para plantio ou atividades pecuárias. (D) Marcos participou do delito (F), porém ele não foi deti-
do (V) = FALSO
QUESTÃO 18 (E) Marcos não participou do delito (V) se, e somente se,
Acerca da malha rodoviária do estado do Pará, é incorre- ele foi detido (F) = FALSO.
to afirmar:
(A) Uma das vias estratégicas de rota de escoamento de QUESTÃO 20
minério e agronegócio será a Transcarajas, trecho de A negativa da expressão “A vaca muge ou o sapo não coaxa”
rodovia que liga Canaã dos Carajás ao Km 70, na BR é equivalente a:
155; a PA 275, de Parauapebas a Eldorado dos Carajás. (A) A vaca muge e o sapo não coaxa.
(B) Apesar dos investimentos ocorridos nos últimos anos (B) Se a vaca não muge então o sapo não coaxa.
ainda é deficitária. (C) Se o sapo coaxa então a vaca muge.
(C) Aproximadamente 52% das rodovias estaduais não (D) O sapo não coaxa ou a vaca muge.
possuem pavimentação asfáltica. (E) O sapo coaxa, porém a vaca não muge.
(D) O Pará já foi classificado como a terceira melhor ma-
lha rodoviária do país pela Confederação Nacional de Letra e.
Transporte. A negação da disjunção é dada por: ~(A v B) = (~A) ^(~B),
(E) Pesquisas apontam que as rodovias do Pará estão entre assim a negação da sentença “A vaca muge (A) ou o sapo
as piores do país. não coaxa (B)” é expressa por “A vaca não muge (~A) e o
sapo coaxa (~B)” cuja grafia pode ser “O sapo coaxa, porém
a vaca não muge”.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 19


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 21 QUESTÃO 23
A expressão “Paulo será aprovado no certame da PM/PA, pois Caso estejam lotados em certo Batalhão de Polícia Militar do
ele é esforçado e determinado” é equivalente a: Estado do Pará 18 policiais, nos quais 12 são soldados e os
(A) Se Paulo for aprovado no certame da PM/PA, então ele demais são cabos. Para a próxima segunda-feira, o comandante
é esforçado e determinado. terá que organizar uma equipe de modo que exista, nessa equi-
(B) Paulo é esforçado e determinado, logo ele será aprova- pe, 2 soldados e 1 cabo escolhidos aleatoriamente entre os 18
do no certame da PM/PA. policiais. A quantidade de maneiras distintas que essa equipe
(C) Paulo não será aprovado no certame da PM/PA ou ele é poderá ser montada, de forma aleatória, será igual a:
esforçado e determinado. (a) 396
(D) Paulo é esforçado e determinado, porém ele não será (b) 398
aprovado no certame da PM/PA. (c) 400
(E) Paulo será aprovado no certame da PM/PA, logo ele é (d) 402
esforçado e determinado. (e) 404

Letra b. Letra a.
O “pois” presente na expressão é explicativo representado Como a ordem dos integrantes da equipe não importa, é uma
por “porque = se”, assim a expressão pode ser escrita por combinação.
“Paulo será aprovado no certame da PM/PA, se ele é esfor-
çado e determinado” cuja grafia na ordem direta é expres-
sa por “Se Paulo é esforçado e determinado, então ele será Disponíveis: 12 soldados/6 cabos.
aprovado no certame da PM/PA” e essa expressão pode ser Agrupamento (Equipe): 2 soldados e 1 cabo
escrita por “Paulo é esforçado e determinado, logo ele será
aprovado no certame da PM/PA”.
QUESTÃO 24
QUESTÃO 22 Considere que em certo dia estão de plantão 30 Policiais Mi-
Considerem que entre os 120 soldados do Batalhão da Polícia
litares, sendo 20 homens e as demais mulheres. Dois policiais
Militar do Estado do Pará, localizada em Santarém/PA, todos
serão escolhidos aleatoriamente, a chance de que seja escolhi-
são formados em matemática ou direito. Sabe-se que:
do um de cada sexo é igual a:
- 50 são formados em matemática.
(A)
- 80 são graduados em direito.
(B)
A quantidade de soldados desse batalhão que são formados em
matemática e direito é igual a:
(C)
(A) 18
(B) 16
(D)
(C) 14
(D) 10
(E)
(E) 8

Letra c.
Letra d.
P(1 homem e 2ª mulher ou 1ª mulher e 2º homem) =

50 – x + x + 80 –x = 120
130 – x = 120
X = 10

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 20


P R O VA O B J E T I VA
NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL QUESTÃO 26
Ricardo Blanco Segundo a Constituição Federal são privativos de brasileiro
nato os cargos, exceto:
QUESTÃO 25 (A) de Presidente e Vice-Presidente da República.
Assinale a alternativa incorreta em relação aos direitos (B) de Presidente da Câmara dos Deputados.
individuais. (C) de Presidente do Senado Federal.
(A) A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela (D) de Ministro do Supremo Tribunal Federal.
podendo penetrar sem consentimento do morador, (E) de oficial da PM e Bombeiros.
salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para
prestar socorro, ou, durante o dia, por determinação Letra e.
judicial. Segundo a CF são os oficiais das forças armadas (Exérci-
(B) É inviolável o sigilo da correspondência e das comuni- to, Marinha e Aeronáutica).
cações telefônicas, de dados e das comunicações tele- Art. 12, § 3º, CF – São privativos de brasileiro nato
gráficas salvo, no último caso, por ordem judicial, nas os cargos:
hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de (A) Certo. I – de Presidente e Vice-Presidente da República;
investigação criminal ou instrução processual penal.  (B) Certo. II – de Presidente da Câmara dos Deputados;
(C) Às presidiárias serão asseguradas condições para que (C) Certo. III – de Presidente do Senado Federal;
possam permanecer com seus filhos durante o período (D) Certo. IV – de Ministro do Supremo Tribunal Federal;
de amamentação;. (E) Errado. VI – de oficial das Forças Armadas.
(D) Nenhum brasileiro será extraditado, salvo o naturaliza-
do, em caso de crime comum, praticado antes da natu- QUESTÃO 27
ralização, ou de comprovado envolvimento em tráfico Assinale a opção correta em relação aos direitos políticos.
ilícito de entorpecentes e drogas afins, na forma da lei. (A) Podem alistar-se como eleitores os estrangeiros e,
(E) Não será concedida extradição de estrangeiro por cri- durante o período do serviço militar obrigatório, os
me político ou de opinião. conscritos.
(B) São inelegíveis os inalistáveis e os analfabetos, sendo
Letra b. considerados direitos políticos positivos.
A comunicação telefônica é o último caso. (C) O militar inalistável é inelegível.
(A) Certo. Art 5º, XI – a casa é asilo inviolável do indiví- (D) São inelegíveis, no território de jurisdição do titular, o
duo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do cônjuge e os parentes consanguíneos ou afins, até o ter-
morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou ceiro grau ou por adoção, do Presidente da República,
para prestar socorro, ou, durante o dia, por determinação de Governador de Estado ou Território, do Distrito Fe-
judicial;  deral, de Prefeito ou de quem os haja substituído dentro
(B) Errado. Art 5º, XII – é inviolável o sigilo da corres- dos seis meses anteriores ao pleito, salvo se já titular de
pondência e das comunicações telegráficas, de dados e das mandato eletivo e candidato à reeleição.
comunicações telefônicas, salvo, no último caso, por ordem (E) A lei que alterar o processo eleitoral entrará em vigor
judicial, nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para na data de sua publicação, não se aplicando à eleição
fins de investigação criminal ou instrução processual penal;  que ocorra até um ano da data de sua vigência, sendo
(C) Certo. Art 5º, L – às presidiárias serão asseguradas con- considerado pelo STF uma cláusula pétrea implícita.
dições para que possam permanecer com seus filhos durante
o período de amamentação. Letra e.
(D) Certo. Art 5º, LI – nenhum brasileiro será extradita- (A) Errado. Art. 14, § 2º Não podem alistar-se como elei-
do, salvo o naturalizado, em caso de crime comum, prati- tores os estrangeiros e, durante o período do serviço militar
cado antes da naturalização, ou de comprovado envolvi- obrigatório, os conscritos.
mento em tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, na (B) Errado. Art. 14, § 4º São inelegíveis os inalistáveis
forma da lei. e os analfabetos, sendo considerados direitos políticos
(E) Certo. Art 5º, LII – não será concedida extradição de negativos.
estrangeiro por crime político ou de opinião. (C) Errado. Art. 14, § 8º O militar alistável é elegível, aten-
didas as seguintes condições: I – se contar menos de dez
anos de serviço, deverá afastar-se da atividade; II – se contar
mais de dez anos de serviço, será agregado pela autoridade
superior e, se eleito, passará automaticamente, no ato da di-
plomação, para a inatividade.
(D) Errado. Art. 14, § 7º São inelegíveis, no território de
jurisdição do titular, o cônjuge e os parentes consanguíneos

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 21


P R O VA O B J E T I VA
ou afins, até o segundo grau ou por adoção, do Presidente III – polícia ferroviária federal;
da República, de Governador de Estado ou Território, do IV – polícias civis;
Distrito Federal, de Prefeito ou de quem os haja substituído V – polícias militares e corpos de bombeiros militares.
dentro dos seis meses anteriores ao pleito, salvo se já titular VI – polícias penais federal, estaduais e distrital. 
de mandato eletivo e candidato à reeleição.
(E) Certo. É uma cláusula pétrea implícita. (B) Certo. Art. 144, § 1º A polícia federal, instituída por lei
como órgão permanente, organizado e mantido pela União
Art. 16. A lei que alterar o processo eleitoral entrará e estruturado em carreira, destina-se a:I apurar infrações pe-
em vigor na data de sua publicação, não se aplicando à nais contra a ordem política e social ou em detrimento de
eleição que ocorra até um ano da data de sua vigência. bens, serviços e interesses da União ou de suas entidades au-
tárquicas e empresas públicas, assim como outras infrações
QUESTÃO 28 cuja prática tenha repercussão interestadual ou internacional
Assinale a opção correta em relação à segurança pública. e exija repressão uniforme, segundo se dispuser em lei.
(A) A segurança pública, dever do Estado, direito e res- (C) Errado. Art. 144, § 4º Às polícias civis, dirigidas por
ponsabilidade de todos, é exercida para a preservação delegados de polícia de carreira, incumbem, ressalvada a
da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do competência da União, as funções de polícia judiciária e a
patrimônio, por meio dos seguintes órgãos: polícia apuração de infrações penais, exceto as militares.
federal; polícia rodoviária federal; polícia ferroviária (D) Errado. Guarda municipal não faz patrulhamento
federal; polícias civis; polícias militares e corpos de ostensivo.
bombeiros militares e polícias penais federal, estadu-
ais, distrital e municipal. Art. 144, § 5º Às polícias militares cabem a polícia os-
(B) A polícia federal, instituída por lei como órgão perma- tensiva e a preservação da ordem pública; aos corpos de
nente, organizado e mantido pela União e estruturado bombeiros militares, além das atribuições definidas em
em carreira, destina-se a apurar infrações penais contra lei, incumbe a execução de atividades de defesa civil.
a ordem política e social ou em detrimento de bens,
serviços e interesses da União ou de suas entidades (E) Errado. Somente a PM e os Bombeiros.
autárquicas e empresas públicas, assim como outras
infrações cuja prática tenha repercussão interestadual Art. 144, § 6º As polícias militares e os corpos de bom-
ou internacional e exija repressão uniforme, segundo beiros militares, forças auxiliares e reserva do Exército
se dispuser em lei. subordinam-se, juntamente com as polícias civis e as
(C) Às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia polícias penais estaduais e distrital, aos Governadores
de carreira, incumbem, ressalvada a competência da dos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios
União, as funções de polícia judiciária e a apuração de
infrações penais, inclusive as militares. NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO
(D) Às polícias militares e guarda municipal cabem a po- Gustavo Brígido
lícia ostensiva e a preservação da ordem pública; aos
corpos de bombeiros militares, além das atribuições QUESTÃO 29
definidas em lei, incumbe a execução de atividades de No estudo da Administração Pública, a partir da respectiva
defesa civil. abordagem constitucional, ao dizer que a lei estabelecerá os
(E) As polícias militares, civil e os corpos de bombeiros casos de contratação por tempo determinado para atender a
militares, forças auxiliares e reserva do Exército subor- necessidade temporária de excepcional interesse público, apre-
dinam-se, juntamente com as polícias penais estaduais senta-se o conceito de:
e distrital, aos Governadores dos Estados, do Distrito (A) Cargo Efetivo.
Federal e dos Territórios (B) Cargo Vitalício.
(C) Cargo em Comissão.
Letra b. (D) Emprego Público.
(A) Errado. Não tem a polícia penal municipal. (E) Função Pública.

Art. 144. Letra e.


A segurança pública, dever do Estado, direito e respon- Nos termos do artigo 37, “IX – a lei estabelecerá os casos
sabilidade de todos, é exercida para a preservação da de contratação por tempo determinado para atender a neces-
ordem pública e da incolumidade das pessoas e do pa- sidade temporária de excepcional interesse público”. Este
trimônio, através dos seguintes órgãos: conceito se aplica às funções públicas.
I – polícia federal;
II – polícia rodoviária federal;

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 22


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 30 NOÇÕES DE DIREITO PENAL
Dentre as formas de extinção dos atos administrativos, a que Diego Henrique
decorre dos efeitos de uma lei posterior é a:
(A) Anulação. QUESTÃO 33
(B) Revogação. São elementos do fato típico, exceto:
(C) Cassação. (A) conduta.
(D) Caducidade. (B) imputabilidade.
(E) Contraposição. (C) resultado.
(D) nexo causal.
Letra d. (E) tipicidade.
Uma lei posterior torna o ato ilegal. Quando praticado, o
ato estava de acordo com a lei. Por exemplo, um estabe- Letra b.
lecimento adquire autorização para exercer o comércio em A imputabilidade é elemento da culpabilidade e não do
um parque. Dois meses depois, entra em vigor uma lei que fato típico.
proíbe qualquer tipo de comércio no parque. Nesse caso, o
ato de autorização caducará. QUESTÃO 34
Imagine-se a seguinte situação hipotética. “A” subtraiu, com
QUESTÃO 31 violência, a bicicleta de “B”. Em seguida, procurou “C” e pe-
No estudo dos poderes administrativos, tem-se a discussão em diu para guardá-la, pois, viajaria e retornaria para buscar a bici-
torno das formas de abuso de poder: excesso de poder e desvio cleta na semana seguinte. “C” aceitou e guardou o bem. Nesse
de poder. Quando se configura excesso de poder, tem-se vício caso, “C”:
no elemento: (A) responderá pelo crime de roubo.
(A) Competência. (B) praticou fato atípico.
(B) Finalidade. (C) responderá pelo crime de receptação.
(C) Forma. (D) responderá pelo crime de favorecimento pessoal.
(D) Motivo. (E) responderá pelo crime de favorecimento real.
(E) Objeto.
Letra e.
Letra a. Não responderá pelo roubo, pois só aderiu à conduta no
No abuso de poder, o excesso afeta a competência e o desvio exaurimento.
afeta a finalidade.
QUESTÃO 35
QUESTÃO 32 Evadir-se ou tentar evadir-se o preso ou o indivíduo submetido
Na estrutura da Administração Pública Indireta, é a pessoa ju- a medida de segurança detentiva, usando de violência contra a
rídica de direito público interno, instituída unicamente por lei, pessoa é crime previsto no Código Penal, com pena de deten-
com capacidade de autoadministração para o desempenho de ção, de três meses a um ano, além da pena correspondente à
serviços públicos descentralizados, por meio de controle admi- violência. A doutrina chama esse tipo de crime de:
nistrativo exercido dentro dos limites da lei: (A) delito liliputiano.
(A) Autarquias. (B) crime de empreendimento.
(B) Fundações. (C) crime maquinado.
(C) Empresas Públicas. (D) crime urdido.
(D) Sociedades de Economia Mista. (E) crime de hermenêutica.
(E) Órgãos Públicos.
Letra b.
Letra a. São crimes para os quais o legislador previu a mesma pena
É o exato conceito de autarquias. As empresas públicas e no caso da consumação e da tentativa.
as sociedades de economia mista são pessoas jurídicas de
direito privado. Os órgãos públicos não possuem personali-
dade jurídica. E quando se utiliza apenas o termo fundação
se está referindo às fundações públicas de direito privado.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 23


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 36 QUESTÃO 39
Numa abordagem de rotina a veículo, José, policial civil, em Ainda sobre a prisão temporária, assinale a alternativa
serviço, solicitou dinheiro ao motorista para que não apreen- incorreta:
desse o seu veículo, que, no entanto, negou o pagamento, in- (A) Na hipótese de representação da autoridade policial, o
formando que é cidadão de bem, pagador de impostos e que Juiz, antes de decidir, ouvirá o Ministério Público.
denunciaria o caso ao controle externo. Nesse caso, José: (B) O despacho que decretar a prisão temporária deverá ser
(A) responderá pelo crime de concussão passiva na forma fundamentado e prolatado dentro do prazo de 24 (vinte
consumada. e quatro) horas, contadas a partir do recebimento da
(B) responderá pelo crime de concussão passiva na for- representação ou do requerimento.
ma tentada. (C) O juiz poderá, de ofício, ou a requerimento do Minis-
(C) responderá pelo crime de corrupção passiva consumada. tério Público e do advogado, determinar que o preso
(D) responderá pelo crime de corrupção passiva tentada. lhe seja apresentado, solicitar informações e esclareci-
(E) praticou fato atípico. mentos da autoridade policial e submetê-lo a exame de
corpo de delito.
Letra c. (D) Decretada a prisão temporária, expedir-se-á mandado
A corrupção passiva é crime formal, ou seja, consuma-se de prisão, em duas vias, uma das quais será entregue
com a simples solicitação. ao indiciado e servirá como nota de culpa.
(E) A prisão somente poderá ser executada depois da expe-
NOÇÕES DE DIREITO PROCESSUAL PENAL dição de mandado policial.
Diego Henrique
Letra e.
QUESTÃO 37 Não confundam!!! Delegado não decreta prisão temporá-
A respeito da notitia criminis, assinale a alternativa que apre- ria!!!!!!!!!!!!!!! Somente o juiz pode decretar!
senta a hipótese de um indivíduo conduzido para a Delegacia
de Polícia por ser detido no momento da prática de um crime: QUESTÃO 40
(A) notitia criminis de cognição coercitiva. Considera-se em flagrante delito quem se encontra nas situa-
(B) notitia criminis de cognição imediata. ções abaixo, exceto:
(C) notitia criminis de cognição mediata. (A) está cometendo a infração penal.
(D) notitia criminis de cognição exemplificativa. (B) acaba de cometer a infração penal.
(E) notitia criminis de cognição preventiva. (C) preso no momento em que recebe a vantagem exigida
pelo telefone no dia anterior.
Letra a. (D) é encontrado, logo depois, com instrumentos, armas,
É a forma de notícia do crime ocorrido por meio da condu- objetos ou papéis que façam presumir ser ele autor
ção de indivíduo detido em flagrante. da infração.
(E) é perseguido, logo após, pelo ofendido em situação que
QUESTÃO 38 faça presumir ser autor da infração.
A prisão temporária é cabível nas seguintes infrações pe-
nais, exceto: Letra c.
(A) roubo simples. O momento da entrega do valor é o exaurimento, ou seja,
(B) estelionato simples. não se trata mais de flagrante delito.
(C) cárcere privado.
(D) latrocínio.
(E) estupro.

Letra b.
Não se admite prisão temporária para o crime de esteliona-
to, que não foi previsto na Lei n. 7.960/1989.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 24


P R O VA O B J E T I VA
NOÇÕES DE DIREITO PENAL MILITAR produzir o resultado) – art. 33, I, do CPM. No CPM, assim
Hugo Gaioso como no CP, os crimes culposos são excepcionais e somente
quando houver previsão legal (art. 33, parágrafo único, do
QUESTÃO 41 CPM). Considera-se causa a ação ou omissão sem a qual o
Em relação à aplicação da lei penal militar quanto às pessoas, resultado não teria ocorrido (art. 29 do CPM). O CPM pre-
assinale a alternativa correta: vê a desistência voluntária e o arrependimento eficaz (art.
(A) Os militares estrangeiros, ainda quando em comissão 31 do CPM).
ou estágio nas Forças Armadas, não ficam sujeitos à
legislação penal militar brasileira. QUESTÃO 43
(B) Somente o oficial pode ser considerado superior. Sobre as causas excludentes na lei penal militar, assinale a al-
(C) Os apátridas não são considerados estrangeiros para os ternativa correta:
efeitos da lei penal militar. (A) Distintamente do CP, o CPM prevê o estado de neces-
(D) Para o CPM, toda autoridade com função de direção é sidade com dupla natureza jurídica.
equiparada a comandante. (B) O CPM não elenca o exercício regular de direito como
(E) Quando pratica ou contra ele é praticado crime militar, causa justificante.
o militar da reserva ou reformado não conserva as res- (C) O chamado estado de necessidade do comandante é
ponsabilidades e prerrogativas do posto ou graduação. considerado como escusa absolutória.
(D) Assim como o CP, o CPM não prevê a figura do exces-
Letra d. so escusável.
Previsão no art. 23 do CPM da resposta correta. Ressalva- (E) Nos crimes em que há violação do dever militar, o agen-
do o disposto em tratados ou convenções internacionais, te sequer pode invocar a coação material irresistível.
os militares estrangeiros, quando em comissão ou estágio
nas Forças Armadas, ficam sujeitos à lei penal militar bra- Letra a.
sileira (art. 11 do CPM). Qualquer militar (oficial ou praça) O CPM adotou a teoria diferenciadora alemã em relação ao
que, em virtude da função, exerce autoridade sobre outro estado de necessidade, que pode ser causa excludente de ili-
de igual posto ou graduação, considera-se superior (art. 24 citude (art. 43 do CPM) ou causa excludente da culpabili-
do CPM). Os apátridas e os brasileiros que perderam a na- dade (art. 39 do CPM). O CPM, assim como o CP, também
cionalidade são considerados estrangeiros para os fins de arrola o exercício regular de direito como causa de justifica-
aplicação da lei penal militar (art. 26, parágrafo único, do ção (art. 42 do CPM). O instituto denominado pela doutrina
CPM). Os militares da reserva ou reformados conservam de “estado de necessidade do comandante”, um misto entre
suas prerrogativas e responsabilidades quando cometem ou estado de necessidade e estrito cumprimento do dever legal,
são vítimas de crimes militares (art. 13 do CPM). é considerado pelo CPM como causa excludente de ilicitu-
de/antijuridicidade (art. 42, parágrafo único, do CPM). Ao
QUESTÃO 42 contrário do CP, o CPM dispõe sobre o excesso escusável –
Quanto ao tratamento do crime conferido pela lei penal militar, causa excludente de culpabilidade (art. 45, parágrafo único,
assinale a alternativa correta: do CPM). Nos crimes que atentam contra o dever militar, o
(A) O CPM considera doloso o crime apenas quando o agente não pode invocar coação moral irresistível, apenas a
agente quis o resultado. coação física/material.
(B) Diferentemente do CP, o CPM prevê os crimes culpo-
sos como regra. QUESTÃO 44
(C) No CPM, ao contrário do que ocorre no CP, a puni- A respeito dos crimes militares em espécie, marque a op-
bilidade da tentativa pode ser a mesma do crime ção correta:
consumado. (A) O crime de desrespeito a superior somente pode ser
(D) Considera-se causa a ação ou omissão sem a qual a praticado pela praça.
conduta não teria sido praticada. (B) Considera-se refratário o agente que não permanece no
(E) Por ser mais rígido, o CPM não prevê o instituto do quartel até a conclusão do ato de incorporação.
arrependimento eficaz, apenas a desistência voluntária. (C) Ao contrário do CP, o CPM não tipifica o crime de apo-
logia de fato criminoso.
Letra c. (D) Aquele que incita à desobediência não pratica o crime
Previsão no parágrafo único do art. 30 do CPM da punição militar de incitamento, mas apenas incorre numa trans-
da tentativa, no caso de excepcional gravidade, poder ser gressão disciplinar.
a mesma do crime consumado (ex.: tetraplegia da vítima). (E) A conspiração é crime de autoria coletiva necessária.
Tal como o CP, o CPM dispõe sobre o crime doloso a título
de dolo direto (quando o agente quis o resultado) e a títu-
lo de dolo eventual (quando o agente assumiu o risco de

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 25


P R O VA O B J E T I VA
Letra e. QUESTÃO 46
O crime de conspiração exige a presença de, no mínimo, Com relação à ação penal militar, marque a alternativa correta:
dois agentes militares (art. 152 do CPM). O crime de desres- (A) A denúncia somente poderá ser oferecida se houver,
peito a superior pode ser praticado tanto pela praça inferior além de indícios de autoria, prova da materialida-
quanto pelo oficial inferior, desde que diante de outro mi- de delitiva.
litar (art. 160 do CPM). É considerado insubmisso o con- (B) Excepcionalmente, a ação penal militar dependerá de
vocado para a prestação do serviço militar obrigatório que representação do Ministério da Justiça.
deixar de apresentar-se à incorporação, dentro do prazo que (C) Os processos dos crimes militares contra a honra são
lhe foi marcado, ou, apresentando-se, ausentar-se antes do iniciados mediante ação penal de iniciativa privada.
ato oficial de incorporação (art. 183 do CPM). O crime de (D) Todos os crimes contra a segurança externa do país
apologia de fato criminoso ou do seu autor está tipificado são processados mediante ação penal pública in-
no art. 156 do CPM. Incorre no crime militar de incitamento condicionada.
o agente que incita à desobediência, à indisciplina ou à prá- (E) Não se admite no processo penal militar a ação penal
tica de crime militar (art. 155 do CPM). privada subsidiária da pública.

NOÇÕES DE DIREITO PROCESSUAL Letra a.


PENAL MILITAR Resposta correta prevista no art. 30 do CPPM. Excepcional-
Hugo Gaioso mente, em alguns crimes contra a segurança externa do país,
a ação penal militar dependerá de requisição do Ministério
QUESTÃO 45 da Justiça ou do Ministério da Defesa, conforme o caso (art.
Com relação ao inquérito policial militar (IPM) e à polícia ju- 31 do CPPM). As ações penais militares são, em regra, pú-
diciária militar, marque a alternativa correta: blicas incondicionadas. A ação penal privada subsidiária da
(A) A polícia judiciária militar, em regra, é exercida pelos pública é admitida no processo penal militar por força de
comandantes de força, unidades ou navios. previsão constitucional (art. 5º, LIX, da CF).
(B) A atribuição exclusiva para cumprimento dos manda-
dos de prisão expedidos pela Justiça Militar é das Polí- QUESTÃO 47
cias Civil ou Federal. Com relação ao direito processual penal militar, assinale a al-
(C) Quaisquer exames, perícias e avaliações realizados re- ternativa correta:
gularmente no bojo do IPM, em homenagem ao contra- (A) De acordo com o CPPM, por ser mais rígido, o Mi-
ditório e à ampla defesa, devem ser repetidos no curso nistério Público não pode opinar pela absolvição
da ação penal militar. do acusado.
(D) Não há previsão no CPPM, ao contrário do CPP, da (B) Ao contrário do CPP, o CPPM não permite a interpo-
reprodução simulada dos fatos. sição de recurso pelo assistente de acusação, salvo do
(E) Se o indiciado estiver preso, o IPM deverá terminar em despacho que indeferir o pedido de assistência.
quinze dias. (C) É considerado acusado aquele formalmente suspeito ao
final das investigações no IPM.
Letra a. (D) Segundo o CPPM, mesmo que não detenham capacida-
Resposta correta prevista na alínea “h” do art. 7º do CPPM. de postulatória própria de advogado, os oficiais-gene-
É atribuição da Polícia Judiciária Militar cumprir os manda- rais podem ser exclusivamente responsáveis por suas
dos de prisão expedidos pela Justiça Militar (art. 8º, alínea defesas quando réus em processos criminais militares.
“c”, do CPPM). São efetivamente instrutórios da ação penal (E) O juiz não dará curador ao acusado incapaz.
os exames, perícias e avaliações realizados regularmente no
curso do inquérito, por peritos idôneos e com obediência às Letra b.
formalidades previstas no Código (art. 9º, parágrafo único, Resposta correta prevista no art. 65, § 1º, do CPPM c/c art.
do CPPM). A reprodução simulada dos fatos está prevista 271 do CPP. Não há óbice ao pedido de absolvição do acu-
no parágrafo único do art. 13 do CPPM. O inquérito deverá sado formulado pelo Ministério Público (art. 54, parágrafo
terminar dentro em vinte dias, se o indiciado estiver preso único, do CPPM). Considera-se acusado aquele a quem é
(art. 20 do CPPM). imputada a prática de infração penal em denúncia recebi-
da (art. 69 do CPPM). Nenhum acusado, ainda que ausente
ou foragido, será processado ou julgado sem defensor (art.
71 do CPPM). O juiz dará curador ao acusado incapaz (art.
72 do CPPM).

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 26


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 48 QUESTÃO 51
Quanto às medidas preventivas e assecuratórias no processo Com a nova lei de abuso de autoridade, estipulou-se uma ex-
penal militar, marque a alternativa correta: pressa proibição para o cumprimento de mandado de busca e
(A) Prisão provisória é a que ocorre apenas durante o IPM. apreensão domiciliar após às 21h e antes das:
(B) Nos crimes instantâneos, considera-se o agente em fla- (A) 5h
grante delito enquanto não cessar a permanência. (B) 6h
(C) O insubordinado terá o quartel por menagem. (C) 7h
(D) Qualquer pessoa poderá e os militares deverão prender (D) 8h
quem for insubmisso ou desertor, ou seja encontrado (E) 6h30min
em flagrante delito.
(E) O CPPM estabelece as hipóteses de prisão temporária. Letra a.
A intenção é saber que agora estipulou-se 5h expressamente
Letra d. ao invés do comum que era o horário das 6h. Muita discus-
Literalidade do art. 243 do CPPM. Prisão provisória é a são haverá sobre a possibilidade de cumprir entre 5h e 6h, o
que ocorre antes do trânsito em julgado da condenação (art. que não foi objeto da questão.
220 do CPPM). Nas infrações permanentes, considera-se o
agente em flagrante delito enquanto não cessar a permanên- QUESTÃO 52
cia (art. 244, parágrafo único, do CPPM). O insubmisso terá Assinale a alternativa que prevê hipótese de aumento de pena
o quartel por menagem (art. 266 do CPPM). O CPPM não para o crime de tráfico internacional de arma de fogo:
prevê prisão temporária (Lei n. 7.960/1989). (A) se a arma for de uso restrito.
(B) se a arma for de uso permitido.
NOÇÕES DE LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL (C) se a conduta envolver mais de 2 países.
Diego Henrique (D) se a conduta envolver dois ou mais países.
(E) se a conduta for praticada para garantir um crime de
QUESTÃO 49 homicídio internacional.
São requisitos para aplicação do privilégio no tráfico, exceto:
(A) primariedade. Letra a.
(B) inexistência de objetivo de lucro. O crime está previsto no art. 18 e a causa de aumento de
(C) não dedicação às atividades criminosas. pena no art. 19: Nos crimes previstos nos arts. 17 e 18, a
(D) bons antecedentes. pena é aumentada da metade se a arma de fogo, acessório ou
(E) não integrar organização criminosa. munição forem de uso proibido ou restrito.

Letra b. NOÇÕES DE DIREITOS HUMANOS


Esse requisito é aplicável ao tráfico do § 3º, que não se con- Thiago Medeiros
funde com o privilégio, que está no § 4º.
QUESTÃO 53
QUESTÃO 50 A Portaria Interministerial n. 4.226, de 31 de dezembro de
Pratica o crime de tortura o agente que constranger alguém 2010, estabelece Diretrizes sobre o Uso da Força pelos Agentes
com emprego de violência ou grave ameaça, causando-lhe de Segurança Pública. Assinale a alternativa que está de acordo
sofrimento físico ou mental com o fim de obter informação, com a portaria:
declaração ou confissão da vítima ou de terceira pessoa. Essa (a) Os chamados “disparos de advertência” não são consi-
hipótese é chamada de: derados prática aceitável, por não atenderem aos prin-
(A) tortura imprópria. cípios da legalidade, necessidade, proporcionalidade,
(B) tortura omissiva. moderação e conveniência e em razão da imprevisibili-
(C) tortura prova. dade de seus efeitos.
(D) tortura crime. (b) Os chamados “disparos de advertência” são considera-
(E) tortura preconceito. dos prática aceitável desde que atendam aos princípios
da legalidade, necessidade, proporcionalidade, mode-
Letra d. ração e conveniência.
Nesse caso, o agente comete a chamada tortura crime, pre- (c) Os chamados “disparos de advertência” são considera-
vista no art. 1º, I, “a”, da Lei de Tortura. Não confunda com dos prática aceitável desde que atendam aos princípios
as alíneas “b” (tortura prova) e “c” (tortura preconceito). da legalidade, necessidade, proporcionalidade, mode-
ração e conveniência e em razão da previsibilidade de
seus efeitos.
(d) O ato de apontar arma de fogo contra pessoas durante

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 27


P R O VA O B J E T I VA
os procedimentos de abordagem deverá ser uma práti- QUESTÃO 55
ca rotineira e indiscriminada. Assinale a alternativa que não corresponde ao texto do Pacto
(e) Os chamados “disparos de advertência” não são consi- de São José da Costa Rica:
derados prática aceitável, por não atenderem aos prin- (a) Toda pessoa condenada à morte tem direito a solicitar
cípios da legalidade, necessidade, proporcionalidade, anistia, indulto ou comutação da pena, os quais podem
moderação e conveniência e em razão da previsibilida- ser concedidos em todos os casos.
de de seus efeitos. (b) Não se pode executar a pena de morte enquanto um
pedido de anistia, indulto ou comutação da pena estiver
Letra a. pendente de decisão ante a autoridade competente
(Diretriz 6) (c) É previsto o direito de circulação e residência.
O “disparo de advertência” já foi muito utilizado como pro- (d) Todas as pessoas são iguais perante a lei. Por conse-
cedimento para desestimular a continuidade de uma amea- guinte, têm direito, sem discriminação, a igual pro-
ça. Porém, hoje, não é considerado uma prática aceitável, teção da lei
pois dependendo das circunstâncias, pode causar, como (e) É permitida a expulsão coletiva de estrangeiros.
qualquer espécie de disparo, consequências alheias a efetiva
intenção do operador. Letra e.
Os procedimentos de expulsão de estrangeiros devem ser
QUESTÃO 54 individualizados para avaliar as circunstâncias pessoais
De acordo com a Portaria Interministerial n. 4.226, assinale de cada um, e isto exige, pelo menos, a identificação e a
a alternativa que corresponde ao significado do princípio da verificação das circunstâncias particulares de sua situação
proporcionalidade: migratória.
(a) O emprego da força pelos agentes de segurança pública Além disso, tais processos não podem promover discrimi-
deve sempre que possível, além de proporcional, ser nação por razões de nacionalidade, cor, raça, sexo, língua,
moderado, visando sempre reduzir o emprego da força. religião, opinião política, origem social ou qualquer outra
(b) Determinado nível de força só pode ser empregado condição, e devem necessariamente observar os direitos
quando níveis de menor intensidade não forem sufi- fundamentais do estrangeiro.
cientes para atingir os objetivos legais pretendidos. (A e B) Art. 4.6 – Direito de solicitar anistia, indulto ou
(c) O nível da força utilizado deve sempre ser compatível comutação de pena. Não pode ocorrer execução da pena de
com a gravidade da ameaça representada pela ação do morte antes do julgamento do pedido de anistia, indulto ou
opositor e com os objetivos pretendidos pelo agente de comutação de pena.
segurança pública (C) Toda pessoa que se ache legalmente no território de um
(d) A força não poderá ser empregada quando, em função Estado tem direito de circular nele e de nele residir confor-
do contexto, possa ocasionar danos de maior relevân- midade com as disposições legais
cia do que os objetivos legais pretendidos. (D) Conceito de igualdade formal. Previsto no art.
(e) Os agentes de segurança pública só poderão utilizar a 24 do Pacto.
força para a consecução de um objetivo legal e nos es-
tritos limites da lei. QUESTÃO 56
De acordo com o que a Convenção Americana de Direitos Hu-
Letra c. manos (Pacto de San José da Costa Rica) prevê sobre a pena de
(A) Princípio da Moderação. morte, é INCORRETO afirmar que:
(B) Princípio da Necessidade. (a) não se deve impor a pena de morte à pessoa que, no
(D) Princípio da Conveniência. momento da condenação pelo delito, for menor de de-
(E) Princípio da Legalidade. zoito anos.
(b) não se deve impor a pena de morte à pessoa que, no
momento da perpetração do delito, for maior de se-
tenta anos.
(c) não se deve aplicar pena de morte em mulher grávida.
(d) pode-se impor pena de morte a mulheres em estado
de gravidez.
(e) não se deve impor a pena de morte à pessoa que, no
momento da perpetração do delito, for menor de vinte
e um anos.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 28


P R O VA O B J E T I VA
Letra e. QUESTÃO 58
O Pacto de São José da Costa Rica não veda a pena de morte Conforme previsto na Lei n. 5.251/1985, que dispõe sobre o
à pessoa que, no momento do cometimento do delito, for Estatuto dos Policiais Militares da Polícia Militar do Estado do
menor de 21. O texto fala em menor de 18 anos de idade. Pará e dá outras providências, assinale a afirmação CORRETA:
(A e B) Certos. O Pacto proíbe a pena de morte ao que for (A) Licença especial é a autorização para afastamento to-
menor de 18 anos, no momento do cometimento do delito, tal do serviço, relativa a cada quinquênio de tempo de
logo devemos ter o mesmo entendimento caso seja menor efetivo serviço prestado, concedida ao Policial Militar
de 18 no momento da condenação. que a requerer sem que implique em qualquer restrição
(C e D) É possível condenar (impor) uma pena de morte à para sua carreira.
mulher grávida, porém não é possível aplicar a pena durante (B) A licença especial tem a duração de 03 (três) meses a
o período de gravidez. ser gozada de uma só vez, podendo ser parcelada em
02 (dois) ou 01 (um) mês por ano civil, quando solici-
LEGISLAÇÃO INSTITUCIONAL tada pelo interessado e julgado conveniente pela auto-
Eduardo Galante ridade competente.
(C) Os períodos de licença especial não gozados pelo Poli-
QUESTÃO 57 cial Militar são computados em triplo para fins exclu-
Nos termos da Lei n. 5.251/1985, que dispõe sobre o Estatuto sivos de contagem de tempo para a passagem para a
dos Policiais Militares da Polícia Militar do Estado do Pará inatividade e indisponibilidade e, nesta situação, para
e dá outras providências, assinale a afirmação CORRETA: todos os efeitos legais.
(A) Haverá promoção de Policial Militar por ocasião de sua (D) A licença especial não é prejudicada pelo gozo anterior
transferência para a reserva remunerada ou reforma. de qualquer licença para tratamento de saúde e para
(B) Férias são afastamentos totais do serviço anual e obri- que sejam cumpridos atos de serviço, bem como, não
gatoriamente concedidos aos Policiais Militares para des- anula o direito àquelas licenças.
canso, a partir do último mês do ano a que se referem, e (E) Uma vez concedida a licença especial, o policial Mi-
durante todo o ano seguinte. litar não será exonerado do cargo ou dispensado do
(C) Compete ao Governador a regulamentação da conces- exercício das funções que exerce e ficará à disposição
são das férias anuais, e de outros afastamentos temporários. do órgão de pessoal da Polícia Militar a que pertencer.
(D) A concessão de férias será prejudicada pelo gozo ante-
rior de licença para tratamento de saúde, por punição ante- Letra d.
rior decorrente de transgressão disciplinar, pelo estado de (A) Errada. Art. 71 Licença especial é a autorização para
guerra ou para que sejam cumpridos atos de serviço, bem afastamento total do serviço, relativa a cada decênio de tem-
como anulará o direito àquelas licenças. po de efetivo serviço prestado, concedida ao Policial Militar
(E) As férias serão de 25 (vinte e cinco) dias úteis para to- que a requerer sem que implique em qualquer restrição para
dos os Policiais Militares. sua carreira.
(B) Errada. Art. 71, § 1º A licença especial tem a duração
Letra b. de 06 (seis) meses a ser gozada de uma só vez, podendo
(A) Errada. Art. 65 Não haverá promoção de Policial Mili- ser parcelada em 02 (dois) ou 03 (três) meses por ano civil,
tar por ocasião de sua transferência para a reserva remune- quando solicitada pelo interessado e julgado conveniente
rada ou reforma. pela autoridade competente.
(B) Certa. Art. 66 Férias são afastamento totais do serviço (C) Errada. Art. 71, § 3º Os períodos de licença especial
anual e obrigatoriamente concedidos aos Policiais Militares não gozados pelo Policial Militar são computados em dobro
para descanso, a partir do último mês do ano a que se refe- para fins exclusivos de contagem de tempo para a passa-
rem, e durante todo o ano seguinte. gem para a inatividade e, nesta situação para todos os efei-
(C) Errada. Art. 66, § 1º Compete ao Comandante Geral tos legais.
da Polícia Militar a regulamentação da concessão das férias (D) Certa. Art. 71, § 4º A licença especial não é prejudica-
anuais, e de outros afastamentos temporários. da pelo gozo anterior de qualquer licença para tratamento
(D) Errada. Art. 66, § 2º A concessão de férias não é preju- de saúde e para que sejam cumpridos atos de serviço, bem
dicada pelo gozo anterior de licença para tratamento de saú- como, não anula o direito àquelas licenças.
de, por punição anterior decorrente de transgressão discipli- (E) Errada. Art. 71, § 5º Uma vez concedida a licença espe-
nar, pelo estado de guerra ou para que sejam cumpridos atos cial, o policial Militar será exonerado do cargo ou dispensa-
de serviço, bem como, não anula o direito àquelas licenças. do do exercício das funções que exerce e ficará à disposição
(E) Errada. Art. 66, § 5º As férias serão de 30 (trinta) dias do órgão de pessoal da Polícia Militar a que pertencer.
para todos os Policiais Militares.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 29


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 59 nal e a política de segurança pública do Estado.
Tendo por base a Lei n. 6.833/2006, que institui o Código de (C) O Departamento Geral de Administração é o órgão de
Ética e Disciplina da Polícia Militar do Pará, assinale a afirma- direção geral, responsável pela supervisão, coorde-
ção CORRETA: nação, controle e fiscalização dos órgãos de direção
(A) A punição disciplinar possui caráter pedagógico, in- setorial e de apoio, que realizam a atividade-meio da
dividual e coletivo e objetiva o fortalecimento da Corporação.
disciplina. (D) O Departamento Geral de Operações é o órgão de di-
(B) Advertência é a punição mais branda que, publicada reção geral, responsável pela supervisão, coordenação,
em boletim e lançada nos assentamentos, não priva o controle e fiscalização dos órgãos de direção interme-
punido da liberdade. diária e de execução da atividade-fim da Corporação.
(C) A suspensão consiste no afastamento do policial mili- (E) A Comissão Permanente de Controle Interno é órgão
tar do serviço, por prazo não superior a noventa dias, de assessoramento do Comandante-geral nos assuntos
implicando desconto em folha de pagamento da remu- relacionados à legalidade dos certames licitatórios e
neração correspondente aos dias em que ficar afastado contratos, às auditorias internas e ao acompanhamento
de suas atividades. e controle das atividades administrativas, orçamentá-
(D) A penalidade de suspensão terá seu registro cancelado rias e financeiras da corporação.
após o decurso de três anos de efetivo exercício se o
policial militar não houver, nesse período, praticado Letra b.
nova infração disciplinar. (A) Certa. Art. 8º-B, § 1º O Alto Comando da Polícia Mili-
(E) As penas disciplinares de prisão ou detenção não po- tar reunir-se-á semestralmente em caráter ordinário e, extra-
dem ultrapassar vinte dias. ordinariamente, mediante convocação de seu presidente ou
de dois terços de seus membros.
Letra a. (B) Errada. Art. 9º-A O Estado-Maior é o órgão de direção
(A) Certa. Art. 38. A punição disciplinar possui caráter pe- geral responsável, perante o Comandante Geral, pelo pla-
dagógico, individual e coletivo e objetiva o fortalecimento nejamento, organização, direção e controle das atividades
da disciplina. da Corporação, elaborando diretrizes e ordens de Comando
(B) Errada. Art. 40. Repreensão é a punição mais branda em consonância com a missão institucional e a política de
que, publicada em boletim e lançada nos assentamentos, segurança pública do Estado.
não priva o punido da liberdade. (C) Certa. Art. 9º-B O Departamento Geral de Adminis-
(C) Errada. Art. 40-A. A suspensão consiste no afastamento tração é o órgão de direção geral, responsável pela super-
do policial militar do serviço, por prazo não superior a trinta visão, coordenação, controle e fiscalização dos órgãos de
dias, implicando desconto em folha de pagamento da remu- direção setorial e de apoio, que realizam a atividade-meio
neração correspondente aos dias em que ficar afastado de da Corporação.
suas atividades. (D) Certa. Art. 9º-C O Departamento Geral de Operações é
(D) Errada. Art. 40-B. A penalidade de suspensão terá seu o órgão de direção geral, responsável pela supervisão, coor-
registro cancelado após o decurso de cinco anos de efeti- denação, controle e fiscalização dos órgãos de direção inter-
vo exercício se o policial militar não houver, nesse período, mediária e de execução da atividade-fim da Corporação.
praticado nova infração disciplinar. (E) Certa. Art. 21. A Comissão Permanente de Controle In-
(E) Errada. Art. 47. As penas disciplinares de prisão ou de- terno é órgão de assessoramento do Comandante-geral nos
tenção não podem ultrapassar trinta dias. assuntos relacionados à legalidade dos certames licitatórios
e contratos, às auditorias internas e ao acompanhamento e
QUESTÃO 60 controle das atividades administrativas, orçamentárias e fi-
Com base na Lei Complementar n. 53/2006, que dispõe so- nanceiras da corporação.
bre a organização básica e fixa o efetivo da Polícia Militar do
Pará (PMPA), e dá outras providências, assinale a afirmação
INCORRETA:
(A) O Alto Comando da Polícia Militar reunir-se-á semes-
tralmente em caráter ordinário e, extraordinariamente,
mediante convocação de seu presidente ou de dois ter-
ços de seus membros.
(B) O Gabinete do Comando Geral é o órgão de direção
geral responsável, perante o Comandante Geral, pelo
planejamento, organização, direção e controle das ati-
vidades da Corporação, elaborando diretrizes e ordens
de Comando em consonância com a missão institucio-

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 30

Você também pode gostar