Você está na página 1de 3

NOME DA INSTITUIÇÃO

NOME DO CURSO
NOME DA DISCIPLINA
NOME DO PROFESSOR EXECUTOR
NOME DO TUTOR
NOME DO ALUNO

1.    Baseado nesses fatores e no que você já viu a respeito da importância da creche na
vida de uma criança pequena, escreva um texto dissertativo-argumentativo sobre o papel
que a creche tem desenvolvido ao longo dos anos na vida da sociedade. Observe a
situação das crianças de hoje que utilizam esses serviços. Há uma diferença, em relação
àquelas crianças que era clientes há uma década atrás? No que consiste essa diferença.
Escreva o seu texto em até duas páginas e utilizando o limite máximo de 30 linhas,
submetendo-o às normas da ABNT, especialmente no que se refere à formatação do
texto.

RESPOSTA
O cuidado com a educação das crianças permaneceu por muitos anos enraizados na
nossa sociedade, como sendo um encargo das mães, pois muitas mulheres tiveram que
deixar suas casas para trabalhar e auxiliar na renda da família, deixando assim suas
atividades domesticas para assumir dupla jornada de trabalho, devido às várias
transformações ocorridas na sociedade, então surgiu a necessidade de entregar os seus
filhos desde cedo aos cuidados de outros fora do agregado familiar, surgiram assim as
primeiras instituições, denominadas Creches, destinadas a crianças com idades
compreendidas entre os três meses e os três anos de idade, que detinham, inicialmente, a
função de proporcionar à criança cuidados de saúde, alimentação e higiene.

Com o passar dos anos, surgiram modificações nas leis e órgãos reguladores voltados
especificamente a atender as crianças tais como: Departamento Nacional da
Criança(1940); Serviço de Assistência a Menores (SAM/1941); Organização Mundial
Para a Educação Pré – Escolar (OMEP/1953); Coordenação de Educação Pré-Escolar
(COEPRE/1975); Constituição 1988; Estatuto da criança e do Adolescente (ECA); Lei
de Diretrizes e bases da Educação Nacional ( LDBEN); Diretrizes Curriculares
Nacionais para a formação de Professores da Educação Básica.

A constituição de 1988 é diz que: ‘é dever da família, da sociedade e do estado


assegurar a criança e ao adolescente com absoluta prioridade, o direito à vida, saúde,
alimentação, educação, ao lazer, profissionalização, cultura, dignidade, ao respeito,
liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de coloca-los a salvo de toda
forma de negligencia, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão’
(BRASIL, 1988).

Essa primeira etapa da educação infantil é a educação básica, que visa proporcionar a
criança a aprendizagem ao nível cognitivo, linguístico, motor, social e artístico. Na
atualidade, as creches deixaram de ter um caráter unicamente assistencial, passando a
ter uma identidade própria a creche é uma necessidade para a sociedade e um direito
para toda criança independente de classe, gênero, cor e sexo. Com a inserção dos órgão
regulamentadores, responsáveis pela educação das crianças em creches, podemos
concluir que a creche deixou de ser um depósito de crianças e passou a ser uma
instituição que assume um compromisso com a família, protegendo, educando e
estimulando a criança a se desenvolver e respondendo a suas necessidades.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFIAS

CRAVEIRO, C. e FERREIRA, I.,. “A Educação pré-escolar face aos desafios da


sociedade do futuro.” Revista Saber Educar, 2007.

BRASIL, Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível


em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm.

Você também pode gostar