Você está na página 1de 3

Voltando ao Básico 

Salmos 46.1

Confiar no plano de Deus é o único segredo que conheço na suave arte de não enlouquecer. —
Lysa Terkeurst 

Depois de ler os dois primeiros dias deste plano, nossa esperança é que você seja
encorajado a ver que essa sequidão espiritual pela qual está passando é comum a todos os
seguidores de Cristo. Não apenas isso; esperamos que saber que nosso Salvador suportou
dificuldades e se sentiu sozinho enquanto viveu nesta terra lhe dê um impulso espiritual.

Então, o que fazemos quando estamos espiritualmente com dúvidas, fracos e com medo?
Existem coisas que podemos praticar para nos ajudar a sair do nosso poço espiritual. Aqui estão
alguns pensamentos a considerar:  No período de sequidão, quais foram os papeis dos seus
sentimentos? Eles ditaram sua fé ou você permitiu que ela governasse seus sentimentos?
Quando você está lutando espiritualmente, qual é a primeira prática espiritual que você tende a
negligenciar?

1. Repouse
 A primeira coisa que precisamos fazer nesta etapa desafiadora é simplesmente
descansar em Deus. Ele é o nosso lugar de segurança e nosso abrigo contra
tempestades devastadoras.
 Seus braços são muito capazes de abranger as nossas mágoas mais profundas.
Então, repouse. Clame a Ele sempre, mesmo sem força as vezes inicie dizendo pai
eu não posso, não consigo, estou me sentindo só, mesmo aparentando solidão,
apenas confie que Ele está com você. O silêncio de Deus não configura abandono,
sempre depois das lutas vem a promessa.

2. Priorize a Fé

 Temos que confiar no que nossa fé nos diz e exigir que nossos sentimentos ruins se
afastem. Dizem que muitas vezes acreditamos em nossas dúvidas e
duvidamos de nossas crenças. Precisamos mudar isso.
 Lembrar e reivindicar a verdade que aprendemos nas ricas estações espirituais de
nossas vidas nos transportará pelos vales quando surgirem dúvidas. 
3. Avalie o que está te Influenciando.

 Quando passar por um déficit espiritual, avalie quais são as coisas que mais estão
te influenciando.
 O que você está assistindo ou ouvindo? Com quem você está passando tempo?
 É aconselhável avaliar quem e o quê tem investido em nós, mesmo que não
saibamos que o estão fazendo.
 Nós somos o resultado de nossos encontros, com quem você tem se encontrado
diariamente?

4. Práticas espirituais

 Não é engraçado que as coisas que não sentimos vontade de fazer durante nossos
períodos de sequidão espiritual são as coisas que realmente precisamos fazer para
nos ajudar a recuperar espiritualmente?
 Parece um fardo ler a Bíblia, orar, adorar ou até ir à igreja, então paramos.
 Quando assim o fazemos, ficamos ainda mais desnutridos espiritualmente.
 Devemos optar por investir em nosso retorno espiritual, mesmo quando nossos
sentimentos estão gritando para que não o façamos. 

Nunca precisamos conquistar o amor ou a aceitação de Deus com nossas obras. Tudo o
que fazemos para nos mantermos no caminho espiritual, é para nos aproximar dEle.

Para sair de nossa estação espiritualmente seca precisamos fazer o que fazíamos quando
estávamos em uma estação saudável, pois quando fizermos isso, voltaremos a nos
encher. Quero lhe convidar a tomar algumas decisões: Comprometa-se com Deus que você
continuará a passar tempo com Ele, mesmo quando sentir que Ele está longe; Comprometa-se
consigo que mesmo e com a igreja de Cristo para a caminhada de comunhão e partir do pão e
orações.

Você também pode gostar