Você está na página 1de 4

CAEL- Centro de Artes, Educação e Lazer

Curso de teatro

Laura Isabelle da Silva

Eugênio barba

“A arte secreta do ator”

Indaiatuba- SP

16/02/2020
“A ARTE SECRETA DO ATOR”

Laura Isabelle da Silva

Data de aprovação: ___/___/___

BANCADA EXAMINADORA:

______________________________

______________________________

_____________________________
Eugênio Barba

“A arte secreta do ator”

Trabalho para o curso de teatro do


Cael...

Estudo do livro “A arte secreta do ator”


para adquirir conhecimentos e para
aplicá-lo em minha vida profissional, este
livro traz informações ao redor do
mundo para diferentes temas.

Orientador: Renato Bispo

Salto-SP

2020
Resumo do livro “A arte secreta do ator”:

Originalmente a antropologia foi entendida como o estudo do ser humano, não


apenas no nível sociocultural, mas também no nível fisiológico; é, portanto, entendida
como o estudo do comportamento sociocultural e fisiológico do ser humano numa
situação de representação. Mesmo no teatro existem princípios, estes chamados de
“conjunto de bons conselhos”, podem ser seguidos ou não... A antropologia teatral
procura estudar esses princípios, ajudando assim os que tem tradição codificada e os
que não tem. Alguns atores-bailarinos possuem uma qualidade de presença especial
que impressiona e prende os espectadores, isso devido a utilizarem algo particular do
corpo. Culturas diferentes determinam técnicas corporais diferentes. É preciso
compreender que as técnicas corporais cotidianas são diferentes das técnicas
extracotidianas, nem sempre essa diferença é clara, porem existe, as técnicas
corporais cotidianas são compostas por uma energia mínima, mas com um resultado
máximo, e as técnicas corporais extracotidianas são compostas por uma energia
máxima, porem com um resultado mínimo. Cada região do mundo tem suas próprias
tradições teatrais, isso significa esses atores tem jeitos diferentes de trabalhar com
suas técnicas corporais (normalmente “propostas” pela tradição de sua região).

A oposição entre uma força favorável a ação e outra contraria é convertida numa série
de regras e, de acordo com essas regras, sete décimos da energia do ator devem ser
usadas no tempo e três décimos usados no espaço, como uma ação ainda não
finalizada, que para no espaço mas continua no tempo. A omissão é a ação indireta, a
vida que é revelada com o máximo de energia num mínimo de ação.

Eugênio exemplifica no livro, não só o comportamento mental, mas também o físico,


como um corpo decidido, que trabalha a mente e um corpo fictício que trabalha com o
físico... Eugenio faz citações muito importantes de grandes escritores como
Stanislaviski e Dario Fo... É um livro repleto de exemplos, o autor cita diversos
exemplos de diferentes regiões para cada tema tratado...

Você também pode gostar