Você está na página 1de 10

E.I.

E Caminhos da Tradição – Tradição da Serpente Negra

O Templo atua no plano mental como a mente do Grande Legbha. Este Templo
tem 16 níveis ou etapas mágicas, cada uma com suas cores e sons próprios e
outras qualidades simbólicas associadas. Através de cada uma destas etapas ou
níveis, o iniciado será dirigido rumo a morada secreta do Grande Legbha.
Existem 16 destes níveis, cada um com seu nome e suas formulas mágicas
correspondentes. Temos no corpo 16 "pontos quentes de energia" que podem
ser despertados com o sistema de iniciação de IFA.

Ao redor, de este Templo se encontra a cidade sagrada de IFA que representa


em uma forma geométrica perfeita e ideal, ao Grande Legbha ou Espírito Solar.
É chamado no Vodu Haitiano "Ville-aux-champs" e é a morada dos antigos
deuses afro-atlantes. Equivale a cidade mítica de Shamballah. O Templo está
guardado pelo sacerdócio solar da casa Medji, que receberam diretamente dos
deuses o oráculo de IFA.

Tem havido tentativas por localizar esta cidade em algumas partes da Nigéria,
Gana, Congo ou África Central. Porém devemos ter em conta que IFA é uma
cidade mística sem substrato físico, embora possamos acender a ela graças a
projeção astral, que se realiza nas iniciações deste sistema mágico. Esta é a

2
E.I.E Caminhos da Tradição – Tradição da Serpente Negra

forma que os magos iniciados podem entrar na Cidade Branca de IFA.


Enquanto se está no corpo físico, estes magos se projetam astralmente a essa
cidade cuja cor predominante é branca, porque representa a pureza da luz do
Sol. No Templo desta cidade é onde se adora o Grande Legbha.

A Cidade Branca de IFA reflete os raios do Sol, que por sua vez é a
inteligência Mediadora para nós da Luz e Realidade divinas. Essa inteligência
solar é a divina inteligência de Legbha.

A casta sacerdotal que cuida do Templo de IFA, é a casa de Medji ou


família do IFA. Trata-se de seres emanados diretamente do Sol (Legbha), que
atuam em nome das 16 partes de Legbha ou 16 deuses afro-atlantes. Eles são os
que ensinam as formas de sabedoria e instrução mágica que compõem o
sistema de IFA. O Chefe e Mestre Mercurius Aquário, que tem seu próprio
nome atlante conhecido somente pelos membros de seu sacerdócio, a cabeça
Visível da Casa de Medji. Ele é o que fala em nome de Legbha e ele que possui
as energias que interagem com o iniciado neste processo de iniciação, porque
ele é a encarnação de Grande Legbha. Estas energias, ainda que sendo objetivas,
são eminentemente mágicas e estão controladas e dirigidas pelo Sumo
Sacerdote da Casa de Medji, o Mestre M.A.

A iniciação IFA confere 16 poderes mágicos especiais,

1. A capacidade dar forma a algum sistema de iniciação e para fornecer-lhe um


índice mágico.

2. A posse das energias divinas do Grande Caminho (IFA).

3. A capacidade de conferir o poder de iniciar a outrem.

4. O poder de penetrar na mente de Grande Legbha.

5. O poder de invocar a vontade dos deuses afro-atlantes da Cidade Branca de


IFA.

6. O poder de controlar el oráculo.

7. O poder de manifestar a Grande Legbha e seus mistérios através de um ritual


sacramental.

8. O poder de adivinhar os sucessos do futuro.

3
E.I.E Caminhos da Tradição – Tradição da Serpente Negra

9. O poder de induzir os deuses de Medji nos corpos dos iniciados, para que se
transformem em partes mágicas de IFA.

10. O poder de se projetar e conhecer o destino do mundo.

11. O poder de ler a mente de qualquer dos deuses de Medji.

12. O poder de contatar com os "Filhos de Legbha" através do espaço e do


tempo.

13. O poder de criar filhos mágicos.

14. El poder de conferir proteção e cura em nome do Mestre M.A.

15. A posse da essência do Grande Caminho como estado de consciência.

16. O poder de assumir a identidade de Grande Legbha nos ritos de Iniciação


do sistema IFA.

Estes 16 poderes mágicos são as formas primárias de Ojas que surgem no


sistema IFA e são conferidos pelo Mestre M.A. aos discípulos que acodem ao
sistema de IFA na busca da iniciação e se encontram preparados para recebe-la.

Teve em certa ocasião no passado, um Sumo Sacerdote, ou Mestre de


Medji que se chamava Kabona. Era de mentalidade puramente atlante. Viveu
na África e deu lugar ao sacerdócio afro-atlante. Foi antepassado dos magos-
sacerdotes atuais de África Ocidental e as Antilhas. Depois de sua morte se
converteu em um dos guardiões desencarnados do Oráculo de IFA.

Kabona, devido a seu conhecimento do oráculo criou uma forma de


despertar magicamente certos níveis do cérebro e da mente com objetivo de
fazer possível a recepção dos poderes do sistema de IFA. Este foi o começo das
técnicas secretas de iniciação pelas quais o iniciado faz contado com o sistema
IFA. É a base da comunicação das energias de IFA em direção ao candidato.
Estas energias já dissemos que são Ojas.

Os Ojas tomam no sistema IFA una forma muito específica que não pode
ser confundida com outras formas de Ojas que surgem em outros rituais
mágicos.

Existem certos paralelismos entre o sistema de iniciação Vodu e o


Sistema IFA, ainda que este último é gnóstico e mágico e mais arquetípico. Por
isso, ainda que todo mundo possa receber iniciações do Vodu, sem embargo

4
E.I.E Caminhos da Tradição – Tradição da Serpente Negra

nem todos podem receber os poderes do sistema IFA. Não se pode escolher ser
iniciado neste sistema, é o IFA que escolhe a quem iniciar.

O sumo Sacerdote de IFA, seja o Kabona primordial ou o atual Mestre


M.A., com a ajuda dos deuses afro-atlantes, dirige a corrente mágica desde a
Casa de Medji ao iniciado, através do Grande Caminho ou Oráculo de IFA. A
energia dos Ojas comuns é pura e ideal porque nada nem ninguém pode faze-la
diferente de como é. Esta é a razão para que as energias do sistema sigam sendo
iguais como foram nos primeiros tempos.

Existem 16 formas de Ojas de IFA e cada membro da casa de Medji


possui uma forma diferente destas energias.

O sumo Sacerdote do poder Solar de IFA é o Nagabi e ele é o Mestre que


está detrás deste sistema oracular. O Nagabi de IFA possui os seguintes poderes
mágicos:

- Clarividência do passado, presente e futuro.


- Comunicação telepática com os Espíritos.
- Domínio sobre os quatro elementos e o plano etéreo.
- Poder de outorgar as iniciações.
- Poder de penetrar no Templo de IFA.
- Poder de cura.
- Poder de unir-se com o Grande Legbha.
- Poder para renascer no mundo superior da Luz.
- Conhecimento dos mistérios gnósticos.

Estes poderes são dados al Nagabi pelo Grande Legbha quando nasce no
mundo espiritual ou mundo da Luz e os que forem iniciados por el Nagabi
participam destes poderes. O Espírito de IFA, o Grande Legbha, é o que da ao
Mestre Nagabi (atualmente Mestre M.A.) estes poderes para que sejam
conferidos aos iniciados do sistema, que formam o círculo interno de IFA. Es de
esta forma, como os próprios iniciados chegam a ser Nagabis de IFA, ao
participar da alma grupal ou Egrégora do Oráculo e seu grupo de iniciados.

Mediante esta iniciação, os poderes de IFA penetram na mente e na alma


do iniciado, sendo assim transformado. Esta transformação mágica converte o
iniciado em um novo ser que vem a ser como uma encarnação dentro da
espécie humana de um dos deuses afro-atlantes de Medji. Uma vez ocorrido
isto, o iniciado conhece a si mesmo e conhece também aos deuses porque
chegou a hora de ser uno deles já que o Deus é auto consciente dentro do
iniciado. Esta é a forma em que o iniciado se transforma em um Deus.

5
E.I.E Caminhos da Tradição – Tradição da Serpente Negra

Tudo isto não leva consigo o abandono do corpo físico, senão que a
consciência se encontra alterada por possuir as essências divinas e esta é a
forma como se conhece o divino o que está além dos conhecimentos humanos.
Então é quando o iniciado compreende todas as coisas e conhece a si mesmo.
Sai desta forma da história humana para passar para a história divina ou plano
cósmico ideal ou infinito. É desta forma que funcionam todos os seres do
Universo exceto o homem, quando ainda não recebeu a iniciação.

As energias de IFA podem ser recebidas de duas formas:

1ª Através do Oráculo de IFA.

2ª Mediante a Vodutrônica ou sistema radiônico usado pelos magos do


sistema da T.S.N.

Este segundo método faz uso de un aparato radiônico que será estudado
futuramente em nosso curso.

Na hierarquia do sistema IFA temos dois Mestres em relação ao


candidato da Iniciação. Um é o Mestre do Oráculo, o representante do Grande
Legbha atualmente o Mestre Mercurius Aquário, que dará diretamente por
método oracular ao candidato o nome do Espírito de IFA que tem assinado
sobre sua cabeça. O outro é o mestre Sacerdote das Oferendas de Medji, pessoa
encarregada que representa na terra o Mestre M.A. e que confere as iniciações
do sistema IFA.

No trabalho com o Oráculo, o iniciado recebe diretamente do Mestre


M.A. o nome de seu Espírito particular de IFA. A esse espírito cujo nome é
conhecido pelo candidato mediante métodos oraculares, é acrescentado seu
correspondente espírito inferior ou regente do nível físico correspondente. Há
16 destes espíritos inferiores que devem ser invocados sempre depois do
Espírito Superior pelo iniciado.

Nosso sistema de Oráculo de IFA não deve ser confundido com outros
oráculos, tais como o do culto Lucumí ou mesmo com o I Ching. É muito mais
complexo e possui aplicações mais mágicas e ocultas.

Uma aplicação deste trabalho com o sistema IFA é que faz possível a
entrada ao Universo ou Mundo Zothiriano, que é um mundo paralelo astral que
tem inclusive seus próprios habitantes astrais. Com o sistema de IFA, o mago
pode penetrar neste universo e obter experiências e conhecimentos nele. O
passo ao mundo Zothiriano se dá através do IFA. Neste mundo existem muitos
sistemas de magia porque é em si um universo mágico.

6
E.I.E Caminhos da Tradição – Tradição da Serpente Negra

Tudo isso é devido a que conforme o iniciado avança cada vez mais no
sistema IFA, vai subindo também cada vez mais em direção aos mundos
superiores da Realidade. O sistema afro-atlante de IFA, também chamado no
Vodu de FA, é a essência mais interna do sistema mágico da T.S.N.

Na realidade inclusive os outros sistemas de Vodu não esotéricos


derivam seu poder do mesmo FA. É o FA ou IFA o que cria os 16 Espíritos
Vodu e suas leis ou manifestações lógicas (Loas). Assim, pois, o que está atrás
dos Loas do Vodu popular, são os Espíritos divinos do FA ou Deuses afro-
atlantes. O FA ou IFA é o poder mais primordial e antigo de nossa Ordem
T.S.N. possui este poder arquetípico.

Este poder é outorgado aos Sacerdotes de Medji através do Mestre M.A.


pelo próprio Grande Legbha e este poder é o que faz operar todo o trabalho
mágico de nosso sistema.

PRÁTICAS

MEDITAÇÃO NAGABI

Os sacerdotes de IFA possuem um poder chamado Nagabi, por ele


podem penetrar na Gnose do Espírito de IFA ou Mente do Grande Legbha. A
palavra é de origem atlante e se utiliza para designar um tipo de meditação que
outorga o poder antes citado.

Para realizá-la deve retirar-se para um lugar afastado de barulhos e


relaxar-se profundamente, pode ser sentado ou deitado sobre uma cama ou um
tapete. Em seguida fechar os olhos e visualizar um mundo de luz solar
intensamente branca. Esta é a forma pela qual se penetra na esfera do mundo
solar.
Uma vez mantida a visualização, deve-se ver com os olhos da mente
quatro Sacerdotes de IFA, um na frente, outro atrás, um a esquerda e outro à
direita. Os quatro são homens da raça negra, de aproximadamente 40 anos de
idade, vestidos com túnicas brancas e rodeados de uma aura dourada brilhante.

Estes quatro sacerdotes levarão o iniciado até uma porta que é a da


entrada do estado de consciência perfeito. Uma vez dentro trocarão toda a
roupa do candidato à iniciação por uma túnica branca com rebites de ouro. Esta
é a túnica dos Sacerdotes de IFA.

Em seguida o candidato é levado a uma sala do Templo de IFA muito


iluminada, onde verá nas quatro direções os quatro símbolos sagrados de IFA.

7
E.I.E Caminhos da Tradição – Tradição da Serpente Negra

Estes símbolos representam os poderes cósmicos de IFA. Na parede ao Leste se


abrirá uma porta de Luz e do santo santuário de IFA sairá o Mestre M.A., cujo
rosto de luz aparece a cada iniciado de uma forma diferente. Ele irá ao encontro
do iniciado e conversará com ele sobre os significados dos conceitos gnósticos
de IFA. Muitos segredos serão revelados desta forma já que o iniciado manterá
com o Mestre um diálogo sobre todos os pontos que deseja conhecer e
esclarecer. Estas chaves são dadas somente a aqueles que têm o poder de entrar
no Templo de Luz e estes mistérios são em si mesmos os próprios deuses do
sistema de IFA, quer dizer, que cada mistério que há de se revelar é uma força
arquetípica em si mesma e existem 16 destas forças ou deuses.
Uma vez terminada a meditação deve-se retornar ao mundo objetivo,
quer dizer ao nível normal de consciência.

O ORÁCULO DE IFA

Este exercício serve para realizar o trabalho mágico do sistema de IFA, já


que com ele se recebe diretamente do Mestre do Oráculo uma chave pessoal
que servirá para contatar com os Mistérios de IFA. Trata-se do nome mágicko
do Espírito IFA (Medji), tal como se apresenta pessoal e individualmente ao
iniciado dentro de suas próprias condições mágicas e cármicas. É comunicado
espiritualmente pelo Mestre ao iniciado e é totalmente secreto e incomunicável
a outros iniciados.

Para receber este nome secreto deverá realizar a meditação Nagabi e uma
vez cara a cara com o Mestre tomará os cinco dados mágicos e separará dois
deles. Jogará estes dois dados para deduzir o número de letras que deverá ter
seu nome secreto.

Uma vez encontrado dito número (entre 2 e 12), tomará os cinco dados e
deduzirá as letras que compõem o nome. Este é o mesmo sistema que se usa
para deduzir os espíritos nos ritos de Zom. Uma vez deduzido o nome, com um
só dado se encontrará as vogais que o fazem pronunciável.

A outra chave é o nome mágico que o iniciado há de usar no mundo


externo para ser conhecido por seus irmãos. Resume intuitivamente as
aspirações espirituais e esotéricas e há de responder simbolicamente a estas
aspirações. Deve ser sancionado para seu uso pelo Mestre Sacerdote das
Oferendas de Medji para seu pleno uso na Ordem da T.S.N.

Além destas duas chaves ou nomes devem-se usar os seguintes


utensílios:

8
E.I.E Caminhos da Tradição – Tradição da Serpente Negra

1. Azeite de oliva, preferencialmente perfumado (dissolver em azeite de oliva


muito refinado e puro um frasco de essência concentrado de perfume a escolha
pessoal).

2. Um pequeno recipiente cheio de areia o mais pura possível.

3. Diário mágico para registros.

4. Uma taça de água pura, preferencialmente mineral.

5. Uma vela de cera ou lamparina de azeite.

Sentado de frente a uma mesa que sirva de altar, onde estão dispostos os
utensílios, acender a vela ou lamparina e ungir com o azeite o espaço entre as
sobrancelhas, o coração, o plexo solar e o genital, com o objetivo de sintonizar
os poderes do IFA. É uma espécie de consagração.

No recipiente de areia tomam corpo os poderes de IFA e a água alimenta


os espíritos de IFA permitindo-lhes tirar a essência elemental e fazer-se assim
cognoscível para o iniciado.

Em uma página do diário anota-se o nome do Espírito e em outra o


nome mágico usado pelo iniciado. Em seguida se chama o espírito pelo nome
que lhe foi dado pelo Mestre de IFA, invocando-o mentalmente para que se
manifeste. Em seguida fazem-se as seguintes perguntas:

1. De todas as cores conhecidas no mundo dos espíritos, qual é a sua cor


simbólica?

2. Em que tipo de trabalho mágico você está apto para me ajudar?

3. Está disposto a me ajudar nisto?

4. Há outro nome pelo qual posso te chamar?

As perguntas serão respondidas telepaticamente e as respostas serão


registradas no diário mágico. Na outra página abaixo do nome mágico escreva
todas as idéias adicionais que apareçam na meditação a realizar uma vez
concluídas as respostas a estas perguntas.

Fraternalmente;
O Mestre de sua Classe

9
E.I.E Caminhos da Tradição – Tradição da Serpente Negra

10