Você está na página 1de 58

Caderno Caligráfico Atividades Casa / Escola Fichas de Avaliação

ao Aluno
OFERTA
Português · 1.º ano
Paula Melo • Marisa Costa
Aprende a desenhar as letras

Caderno Caligráfico
Conjunto de atividades para treinar a caligrafia
e a motricidade fina. Estas atividades devem
acompanhar a ordem de aprendizagem das letras.
i I
i I

Subi, desci,
tropecei e caí.
Fugi daqui,
corri para ali. i i i
Hi, hi, hi, hi…

Quem sou eu?

II I

S ou o
p ng§u m.

´ nd o og§u§r§te ja§va§l

2
uU
uU

Sou o
cang r .

u† † E canto
sempre em u.

Purur
turur
lurur
murur .

Canta agora tu!

UU U

ca§ng ® va§ß l pa

3
oO
oO

Qual é coisa
qual é ela?

Anda sempre oo o
pendurada
a espreitar tudo
e nada.

No nariz
da avozinha
aumenta
a letrinha.

OO O

O ß ´ c§u§l ß.

d m§i§n ´ s§ß ß fá

4
a A
aA

O que é que
está com

aa a a água,
a andorinha,
a árvore
e a Aninha?

AA A

A le§t§ra .

v c c v lo g l§i§n§h

5
e E
eE

A letra e está…

Na estrela-
-do-mar, @e @e @e
na estrela polar,
na estrela
do Natal,
na estrela
genial.

EE E

bon ´ l fa§n§t bon ca

6
iu ui oi ou ai au ei eu ão ãe õe
i§u †§i oi ou a§i a§u @e§i @e§u ão ãe õæ s§u§b

i§u i§u ® voß

†§i †§i pa§p la

oi oi ®§iço

ou ou
p

a§i a§i
ca§ra§p
a§u a§u
ba§l a
@e§i @e§i
p§n
@e§u @e§u
a§vi
ão ão
m
ãe ãe
õæ õæ ca§lç ß

7
p P
pP

Pê de ai
pê de é
pê de
pê de
iu
ó p p p
pê de ua
a furar a rua.

Pê de ato
pê de eru
pê de ião
pê de ota
pê de uré
na boca do
André.
PP P

a§vão ão ião

8
t T
tT

Que animais
conheço com t?

t t t a§t§u

ig§re

†ca§§no

TT T
†§ba§rão

@eǤugo

Quem falta?

aça or§re †§l§i§pa A a§r a§r§uga.

9
l L
lL

á vai uma
á vão duas.

Três pombinhas l l l
a voar.

Uma é minha
outra é tua
outra é
de quem
a apanhar!

LL L

† a @e§i§te pa§poi a

10
dD
dD

Não sou
carapuça

dd d ou chapéu
de enfeitar.

Põem-me
na cabeça
para trabalhar.

D D D

S ou o
@e a§l.

†e§n @e a o á§l§ia

11
mM
mM

mm m
ão morta
ão morta

Vai bater
àquela porta.

MM M

a§la @e§i§a ola

12
v V
vV

No campo
as encontro…

vv v de muitas
cores,
malhadas,
brancas,
pretas,
castanhas,
às manchas,
às pintas.

A comer erva
todas as

VV V
quintas.

Quem sou eu?

a ó @eado iola S ou a aca.


13
nN
nN

Lá longe
perto da
uvem
cai a eve nn n
tão branquinha.

Vem gelada
muito fria
vai evar
todo o dia!

NN N

o√æ§lo oi§va a ão

14
r R
rR

Viva o r!

r r r
De ato
o

atito

e atoeira.

RR R De ja a

e de ga afa.

De amo a

e ce eja.

oda ™o ada a a a

15
c C
cC

Onde me
sento?
to?

cc c

CC C
Onde
me deito?

opo a§ma§leão a§m§ião

16
qQ
qQ

Quiquiriqui
Quiquiriqui

Sou o

Quiquiriqui
Quiquiriqui

Comi o

O que mais

QQ Q
comi?

ueque

ueijo

ueijada

a †á§r§io le †e @e †§i§pa

17
bB
bB

O que é que
para bem servir
tem de estar
no meio b b b
da casa?

O otão. BB B

a§na§na a§lão ca ide

18
g G
gG

O que é?
O que é?
Tem sete vidas
e quando cai
fica de pé.

GG G
O a§to.

or§i§la fo †e§tão á †§ia

19
j J
j

É parecido com
o crocodilo,
mas crocodilo
não é. j j j

É o
aca§ré.

Rima com
Julião, mas
Julião não é.

É o oão.

a§ne§la i§pe oa§n§i§nha

20
f F
fF

Éa aca
éo eto

f f f éo
éo
igo
ogo
éo umo
desenhados
num
copo de sumo.

Éo aqueiro
éo eitiço
éa igueira
éo oguetão
FF F éo uracão
todos juntos
numa grande
confusão.

oca ada †§mo

21
s S
sS

enhora
vizinha,

s ß ß
repreenda
o eu galo
que a minha
galinha anda
a namorá-lo.

enhora
vizinha,
repreenda
o eu frango,
que vem cá
a casa bailar
o fandango. SS S

va ou§ra @e§re§ia bæ§bǽ

22
z Z
zZ

Zínia

z z z Ozono
Razão
Rapaz
Onze

O que darão
as letras todas
juntas?

ZZ Z

O or§ro.

@e§ro bu i§na a§ida

23
hH
hH

O que é
que há aqui?

h h h
É o eco
que há cá!

O quê?
Há eco aqui?
Há cá eco, há!

HH H

i§popóta§mo ie§na @e§l§icóp§te§ro

24
x X
xX

O que compro
na peixaria?

xx x

XX X
O que compro
na farmácia?

a§i§le l§i o ca§i a

25
k K wW y Y
kK wW yY
Estas letras
gostam mais
de ficar com
muita gente,
deixando o
k k k
nome delas
com um som
diferente. KK K
Vem no início
de iko,

ww w
de illy e de
asmin.

Mas na Kell
é ao contrário
ela vem lá WW W
no fim.

y¥ ¥
YY Y

a§ra§té a§s§m§i§n a§l§k§ie-™a§l ie

26
Alfabeto
a A de ananás
b B de banana
c C de cereja
d D de damasco
e E de elefante
f F de figo
g de gorila
h H de hiena
i I de iguana
j da jacaré
k K de kart
l L de laranja
m M de maçã
n N de nêspera
o O de ocapi
p P de pera
Q de quivi
r R de rato
s S de serpente
t T de toranja
u U de uvas
v V de vaca
w W de Willy
x X de xarroco
y Y de yoga
z Z de zebra

27
Observa a ilustração do alfabeto e desenha tu também um alfabeto divertido.

28
Aprende mais em casa

Atividades de consolidação
Casa/Escola
Conjunto de atividades de consolidação que podem
ser realizadas em casa com o apoio de familiares.
Estas atividades, destinadas a treinar a leitura e a escrita,
devem ser realizadas quando o professor as sugerir.
Casa / Escola
Atividades de consolidação n.º 1 Data

Caro familiar,

O seu pequeno educando já sabe ler e escrever! Para continuar a desenvolver


as capacidades de leitura e escrita, é muito importante que o seu educando treine.
Propomos-lhe nas páginas seguintes um pequeno conjunto de atividades que pode
realizar em conjunto com o seu educando, à medida que for sendo por mim solicitado.
Em cada atividade, peça à criança que leia a lista de palavras abaixo. Depois, dite-lhe
por uma ordem diferente algumas dessas palavras à sua escolha, para que as escreva
em situação de ditado. No final, registe a sua opinião sobre o desempenho, de acordo com:
A Leu bem! B Leu com dificuldades. C Não conseguiu ler.

A Escreveu bem! B Escreveu com dificuldades. C Não conseguiu escrever.

No dia seguinte, a criança realizará a mesma atividade na sala de aula. Bom treino!
O/A Professor(a)

Leitura

Lê as palavras seguintes.
Casa
1. tapete 5. dado 9. papoila Como foi a
Leitura em casa?
2. pai 6. paleta 10. tulipa
3. pau 7. pato 11. Paulo A B C
4. palito 8. oito 12. Dalila
Nota: Caso o aluno sinta necessidade, pode rodear as sílabas. Como foi a
Escrita em casa?

Escrita A B C

Ouve as palavras que o teu familiar te vai ditar. Escreve-as.


Escola
Como foi a
Leitura na escola?

A B C

30
Casa / Escola
Atividades de consolidação n.º 2 Data

Antes de iniciar o trabalho com o seu educando, leia as indicações na página 30.

Leitura

Lê as palavras seguintes. Casa

1. pote 16. pomada O aluno


conseguiu ler
2. tomate 17. meia todas as palavras?

3. papaia 18. dália sim não


4. melão 19. avó
5. pão 20. vale
Como foi a
6. lata 21. avião Leitura em casa?
7. apito 22. ovo
A B C
8. teia 23. vela
9. leão 24. vitelo
Como foi a
10. pião 25. Emília Escrita em casa?
11. pé 26. Otília
A B C
12. leitão 27. Lília
13. leite 28. Adão
14. mãe 29. Tadeu Escola
15. mota 30. Violeta Como foi a
Leitura na escola?

Escrita A B C

Ouve as palavras que o teu familiar te vai ditar. Escreve-as.

31
Casa / Escola
Atividades de consolidação n.º 3 Data

Antes de iniciar o trabalho com o seu educando, leia as indicações na página 30.

Leitura

Lê as palavras seguintes. Tenta fazê-lo num minuto. Casa


O aluno
1. autocarro 16. queijo conseguiu ler
2. camelo 17. piano todas as palavras?

3. roupa 18. boca sim não

4. galo 19. régua


5. navio 20. jarra
Como foi a
6. carapau 21. barro Leitura em casa?
7. menino 22. janela A B C
8. moeda 23. guerra
9. corrimão 24. gelado
Como foi a
10. cola 25. canela Escrita em casa?
11. burro 26. ferro
A B C
12. bolo 27. joia
13. lata 28. guitarra
14. água 29. judoca Escola
15. Nuno 30. binóculo Como foi a
Leitura na escola?

A B C
Escrita

Ouve as palavras que o teu familiar te vai ditar. Escreve-as.

32
Casa / Escola
Atividades de consolidação n.º 4 Data

Antes de iniciar o trabalho com o seu educando, leia as indicações na página 30.

Leitura

Lê as palavras seguintes. Casa


O aluno conseguiu
1. tigelada 16. balões ler todas as palavras?
2. pássaro 17. Sofia
sim não
3. zínia 18. Sónia
4. cinema 19. sofá
5. cena 20. sossegado O aluno conseguiu
ler o texto?
6. laço 21. sumo
7. queijada 22. Simão sim não

8. sessão 23. dez


9. cigarra 24. Sara
Como foi a
10. bananas 25. cabaz Leitura em casa?

11. laçarote 26. caça A B C


12. casota 27. nariz
13. zero 28. noz
14. açúcar 29. foguete Escola
15. baliza 30. girafa Como foi a
Leitura na escola?

Lê o texto.
A B C

Tia Zélia comilona


A dona Zélia é a tia da Cidália e da Sofia.
Ela come muitas azeitonas e batatas cozidas.
Põe azeite nas batatas e come, come, come…
No dia doze de janeiro, o tio José foi com a tia Zélia ao jogo.
No jogo, uma buzina tocou. Era o Zé da Adega.

33
Escrita

Ouve as palavras que o teu familiar te vai ditar. Escreve-as.

Casa
a
O aluno
conseguiu ouvir
e escrever?

sim não

Observações:

Ouve algumas frases do texto que o teu familiar


te vai ditar. Escreve-as.

34
Casa / Escola
Atividades de consolidação n.º 5 Data

Antes de iniciar o trabalho com o seu educando, leia as indicações na página 30.

Leitura

Lê as frases seguintes. Casa


O aluno conseguiu
1. O Raul e o Diogo vão ao jogo de futebol. ler todas as frases?
2. O pai do Micael vai no automóvel sim não
de cor azul que é muito rápido.
3. O Daniel e a Joana vão à loja da tia Rute.
Como foi a
4. A Teresa amassa uma tarte de pêssego na mesa. Leitura em casa?
5. O Zacarias toca no xilofone.
A B C
6. O hipopótamo e a hiena estão na savana.
7. A avó põe o azeite na garrafa e o funil ajuda.
8. No domingo, o Quico fez o piquenique na mata. Escola
9. O Abel foi ao zoo e viu muitos animais. Como foi a
Leitura na escola?
10. A Rita e a Xana vão ao supermercado.
A B C
Escrita

Ouve algumas frases do texto que o teu familiar te vai ditar. Escreve-as.

35
Casa / Escola
Atividades de consolidação n.º 6 Data

Antes de iniciar o trabalho com o seu educando, leia as indicações na página 30.

Leitura

Lê o texto. Casa
O aluno conseguiu
Férias no Algarve ler o texto?

sim não
Nas férias do verão, a Helena foi até à vila
de Albufeira, situada no Algarve. No hotel,
ficou muito satisfeita ao ver as suas amigas Como foi a
Alda, Elvira, Ilda e Olga. Leitura em casa?
Nesses dias de férias, a Raquel ia para o areal,
A B C
pegava nas algas, jogava futebol e fazia castelos.
No hotel, rebolava na relva e nadava
na piscina, muito feliz. Como foi a
Escrita em casa?
À tarde, viajava no automóvel azul para visitar
o zoo que ficava ali perto. A B C
Que belas férias!

Escrita Escola
Como foi a
Ouve o texto que o teu familiar te vai ditar. Escreve-o. Leitura na escola?

A B C

36
Verifica o que aprendeste

Fichas de Avaliação
Conjunto de fichas de avaliação que podem
ser utilizadas para:
– treinar a realização de exercícios específicos
de avaliação;
– aferir as aprendizagens antes da realização
da ficha de avaliação;
– realizar a avaliação sumativa.

37
Avaliação intercalar 1.º Período
Nome Turma

Data Classificação

Professor Enc. Educação

Oralidade

1. Ouve com atenção a lengalenga.

A bola é redonda
Em cima de uma pomba
A pomba é branca
Em cima de uma tranca
A tranca é de pau
Berim-bim-bau.
Luísa Ducla Soares, Lenga Lengas,
PNL Livros Horizonte, 2007

2. Pinta os objetos cujo nome ouviste na lengalenga.

Leitura e escrita

1. Copia a primeira letra de cada palavra.

árvore ilha uvas olho erva

39
2. Escreve a vogal em falta em cada uma das palavras.

ß no l a b ™a g ™o bon ´
3. Completa com as vogais em falta na forma minúscula e maiúscula.

@e
I

4. Liga os ditongos que se leem da mesma forma e copia-os.

iu a§i
oi i§u
ai ão
eu oi
ão õæ
õe @e§u

5. Escreve o teu nome.

Rodeia as vogais no teu nome.

40
Avaliação trimestral 1.º Período
Nome Turma

Data Classificação

Professor Enc. Educação

Oralidade

1. Ouve com atenção a lengalenga.

O porco roncava,
o galo cantava.
O cão ladrava,
o gato miava,
a velha dizia:
– Estou só, estou só.

rama
Prog Luísa Ducla Soares, Mais lengalengas, Livros Horizonte, 3.ª edição, 2001
s
Meta

2. Assinala com X os animais referidos na lengalenga.

3. Rodeia a dona dos animais.

41
Leitura e escrita

1. Completa as palavras com as vogais corretas.

a§v ão ® ™o m ™a

®§so @e§l fa§n§te

2. Rodeia os ditongos nas palavras.

Rui viu leite pai balão


pneu loiça carapau mãe piões

3. Liga as letras.

m p T V

t m L M

d d P D

p v V L

v t D P

l l M T

42
4. Completa as palavras com p, t, l ou d.

™a§pe @e pa§poi a i§tado da o

Pa§u o ™§u§l§i a ião oi o

5. Pinta os círculos, de acordo com o número de sílabas de cada palavra.

loto pai papelão pomada vaca

6. Legenda as imagens.

7. Ordena as sílabas e escreve as palavras.

te to ma pa ma lã a ve ão le

8. Escreve a frase.

A Amália põe a na .

43
9. Liga as palavras e forma frases. Escreve-as.

O tio Damião é o pavão.

A Eva viu de avião.

O Paulo vai piloto.

10. Legenda cada uma das imagens.

11. Assinala com X a frase.


O tio Adão vai à vila de Loulé.
o tio Adão vai à de Loulé vila
Loulé. Tio vai à vila O Adão

12. Escreve o ponto final nos locais corretos.


A mãe viu o pato A tia viu o pavão

44
Avaliação intercalar 2.º Período
Nome Turma

Data Classificação

Professor Enc. Educação

Oralidade

1. Ouve com atenção.


o.

Aqui está a casaa que fez o João.


Aqui está o sacoo de grão e feijão
que estava na casa que fez o João.
Aqui está o ratoo que furou o saco de grão
tava na casa que fez o João.
e feijão que estava
to que comeu o rato
Aqui está o gato
co de grão e feijão
que furou o saco
que estava na casa do João. rama
Prog Luísa Ducla Soares, Mais lengalengas,
s
Meta Livros Horizonte, 2.ª edição, 2010

2. Completa as frases, de acordo com o que ouviste.


O nome do menino é .
O furou o saco de feijão.
O rato foi comido pelo .

3. Desenha.
O que fez o João. O que estava dentro do saco.

45
Leitura e escrita

1. Lê o texto com atenção.


A feira de Faro
O Ferreira foi à feira de Faro e levou a família: o menino Filipe,
a menina Fátima e a avó Filomena. Ele viajou de carro até Faro.
Na feira, a Fátima comeu um bife de peru e o Filipe comeu
um figo muito maduro.
A menina Fátima falou muito da feira:
– Era uma feira muito animada.

2. Responde.

O Ferreira foi à feira de Famalicão?

Como viajou a família?

O que comeu a Fátima?

Como era a feira?

3. Ordena as palavras e escreve as frases.

foi O à menino feira.

Filipe O comeu figo. o

46
Avaliação trimestral 2.º Período
Nome Turma

Data Classificação

Professor Enc. Educação

Oralidade

1. Ouve com atenção o poema. 2. Rodeia a resposta correta.

Andanças do poeta O céu era…

Pelo céu cor de violeta,


que lindo,
que lindo vai o poeta. O poeta sobe ao céu de…

Pôs uma camisa branca


e sapatos amarelos,
as calças agarradinhas
são da feira de Barcelos.

Pelo céu vai o poeta.


Sobe, sobe de bicicleta.
O poeta vestia…
Eugénio de Andrade, Aquela nuvem e outras, rama
Prog
s
Campo das Letras, 9.ª edição, 2001 Meta

3. Responde.
Onde é que o poeta comprou as suas calças?

47
Leitura e escrita

1. Lê o texto com atenção.

Não quero óculos


A mãe levou-me ao médico.
Ele pôs-me numa cadeira e deu-me
os óculos pesados.
Não gostei nada. Parecia uma mosca..
Depois, disse-me:
– Lê tudo o que vês.
Eu sabia tudo, mas não via as mais
pequeninas e errei na leitura.
Não é justo! Eu sabia, mas não via.
– Vais mesmo usar óculos. – disse o médico.
Fiquei assustado. O médico riu-se.
– Não te assustes. Não são óculos iguais a esses.
Agora estou à espera dos meus óculos novos.
Quero óculos especiais!
PNL

Carla Maia de Almeida, Não quero usar óculos,


Caminho, 2008 (adaptado)

2. Ordena, de 1 a 4, de acordo com o texto.


O menino não via e errou a leitura.
O médico disse ao menino que ia usar óculos.
O menino foi ao médico.
O menino está à espera de óculos novos.

3. Escreve o título do texto.

48
4. Completa com palavras do texto.
A mãe levou o menino ao .
Os óculos do médico eram .
O menino parecia uma .
O menino não via as coisas .
O menino errou na .
O menino queria óculos .

5. Responde, de acordo com o texto.

Por que razão o menino ficou assustado?

Por que motivo se riu o médico do menino?

Como irão ser os óculos do menino?

6. Divide as palavras em sílabas e escreve-as dentro dos círculos.


equipa feijão pêssego guerreiro

7. Separa as palavras e escreve a frase.


Omeninousavaóculosnovos.

49
8. Escreve o que falta na pergunta.
O que queria o menino

9. Observa a imagem e descreve o menino.

Gramática

1. Escreve palavras de significado oposto à palavra destacada na frase.


Os óculos são belos. Os óculos são .
A cadeira era dura. A cadeira era .
O menino adorava os óculos. O menino os óculos.

2. Escreve o plural das palavras.


cadeira médico
mosca novo

3. Escreve o singular das palavras.


pesados pequeninas
novos assustados

50
Avaliação intercalar 3.º Período
Nome Turma

Data Classificação

Professor Enc. Educação

Oralidade

1. Ouve com atenção.

Há muito, muito tempo atrás, havia um velhinho o


e uma velhinha que viviam juntos numa casinha
velha e torta. O velhinho e a velhinha tinham seis canários
amarelos, cinco gansos brancos, quatro galinhas sarapintadas,
três gatos pretos, dois porcos barrigudos e uma grande vaca
castanha.
Alexis Tolstoi, O nabo gigante,
PNL Livros Horizonte, 2005

2. Escreve o número de animais que os velhinhos tinham na sua casa.


Segue o exemplo.

51
Leitura e escrita

1. Lê o texto com atenção.

Os animais da quinta ouviram


uviram a dona Floripes:
– Rua, gato, fora daqui!
i!
– O que aconteceu? Estás
stás bem gato? – disse o galo.
– Só bebi o leite do bebé
bé e a dona Floripes
deu-me com a vassoura porta fora.
– Que horror! Có-có-ró-có.
ró-có. Isso é tão injusto!
– E eu só andei por cima dda roupa llavada.
d
– Pobre gato! Quác. Isso é tão injusto. – disse o pato.
– E eu só subi pelos cortinados.
Pat Thomson e Jonathan Allen, É tão injusto,
Gatafunho, 2006 (adaptado)

2. Assinala com X um título adequado para o texto.


O Jardim Zoológico do gato A quinta dourada
É tão injusto! Os animais da quinta

3. Ordena, de 1 a 3, de acordo com o texto.


O gato da dona Floripes…
bebeu o leite do bebé.
subiu pelos cortinados.
andou por cima da roupa.

4. Imagina e escreve outra travessura que o gato tenha feito à dona Floripes.

Gramática

1. Escreve o singular ou o plural das palavras.


leite bebé vassouras

52
Avaliação trimestral 3.º Período
Nome Turma

Data Classificação

Professor Enc. Educação

Oralidade

1. Ouve com atenção.

Era uma vez uma aldeia muito bonita. Cheia de flores nas ruas
estreitinhas, de heras nos muros abandonados, de casas brancas
sem ninguém.
A verdade é que ninguém sequer sabia que existia assim uma
aldeia tão bonita, de casas brancas sem ninguém.
Só durante o verão chegavam umas ou outras famílias que
diziam que vinham a ares para a montanha. E durante algum breve
tempo a aldeia animava-se e aparecia cheia de vida.
Maria Alberta Menéres, Dez dedos
rama
Prog dez segredos, Lisboa editora, 2012
s
Meta
2. Assinala com X as respostas corretas.
O texto descreve uma…
cidade. aldeia. vila.

O local estava cheio de…


flores e heras. silvas e heras. flores e árvores.

As pessoas visitavam o local…


todos os dias. no verão. ao fim de semana.

As casas eram todas…


habitadas. brancas. novas.

53
Leitura e escrita

1. Lê o texto com atenção.


Sílvio domador de caracóis
– Quando for grande, quero ser
domador de caracóis.
– É muito perigoso – diz a mãe.
– E pastor de libelinhas?
o.
– As libelinhas pastam na frescura do rio.
Sabes andar sobre a água? – diz a mãe.
– Serei médico das árvores, é mais seguro..
– Onde fica o coração das árvores?
– diz a mãe.
– Vou aprender a arte de colecionar nuvens.
– Choram muito… – diz a mãe.
– Mãe, quando for grande vou contar estrelas.
– Nem sempre há trabalho – diz a mãe.
Francisco Duarte Mangas, Sílvio domador de caracóis, Leya, 2006

2. Completa com palavras do texto.


O menino não pode ser:
– domador de caracóis, porque
– pastor de libelinhas, porque
– médico de árvores, porque
– colecionador de nuvens, porque

3. Qual é a decisão final do menino?

4. A mãe concorda com a decisão do menino? Porquê?

54
5. Lê as palavras e separa-as em sílabas. Pinta o número de triângulos, de acordo
com o número de sons de cada palavra.

linha pastor choram

6. Observa a imagem. Escreve um pequeno texto sobre a profissão nela


apresentada.

Não te esqueças de referir:


– o nome da profissão; – o que se faz nessa profissão;
– o local de trabalho; – a importância dessa profissão.

55
7. Liga os sinais de pontuação aos seus nomes.

. ponto de interrogação

? ponto final

8. Copia do texto.
uma frase afirmativa
uma pergunta

Gramática

1. Escreve as palavras no singular.


libelinhas árvores
nuvens estrelas

2. Escreve o feminino das palavras.


pastor médico
menino domador

3. Completa com palavras de significado semelhante e significado oposto.

Palavras Significado semelhante Significado oposto

grande

alegre

alto

bonito

lento

56
Este Caderno de Treino é uma oferta, sendo comercializado apenas
com o Caderno de Fichas PLIM! Português 1.o ano, sem acréscimo
de preço.

AMOSTRA NÃO COMERCIALIZÁVEL

978-111-11-3885-1

9 781111 138851
www.leya.com www.texto.pt

Você também pode gostar