Você está na página 1de 176

Confederação

Intergaláctica III

VENTOS DE ORION
A Saga conquistadora de uma Constelação
e seus Impérios

Rodrigo Romo
Introdução

Este trabalho trata sobre os principais grupos de interesse político do quadrante da nossa galáxia,
que costumamos chamar de Constelação de Orion, bem como as manipulações holográficas e as
realidades virtuais desenvolvidas pelos projetos secretos do Império de Orion, Império do Dragão
Negro, Império de Sírius e outros grupos ligados à criação de protótipos virtuais de experiências dentro
da fisicalidade a partir de matrizes em animação suspensa de outras realidades, onde as lições cármicas
são uma constante que se propaga além da realidade virtual criada pelos cientistas desse grupo estelar.
Este trabalho vem fechar parte das revelações anteriores sobre Orion e a polaridade da galáxia que temos
explorado em livros anteriores.

Ventos de Orion tem o objetivo de mostrar que a humanidade da Terra não é culpada como muitas
linhas filosóficas e religiosas têm difundido, criando assim lições cármicas em demasia, onde a nossa
forma pensamento cristaliza situações de culpa, medo e sofrimento baseadas em falsos valores dentro
das nossas holografias virtuais que são as nossas encarnações na Terra.

Uma profunda projeção mental sobre as nossas origens como seres do espaço e das nossas relações
políticas com as esferas superiores, ligadas às Divindades Arcangélicas e aos Mestres Ascensos, dentro
do nosso processo de busca e experiências sobre as manifestações psíquicas da ALMA em realidades
virtuais e seus efeitos para o Cosmos e para DEUS Absoluto dentro das relações de Causa e Efeito.

Dedico este trabalho a todas as almas buscadoras da verdade e a seus esforços por tentar
compreender o propósito da existência humana neste planeta com tantas dificuldades e ilusões, que nos
mantêm presos a uma realidade emocional muito forte, que impede os nossos verdadeiros sentidos de se
propagarem pelo cosmos e identificar a nossa holografia a partir das naves onde a nossa alma descansa.
A meus irmãos espirituais e amigos materiais que têm me apoiado a desenvolver estes trabalhos, assim
como a minha pequena Maya pelos seus sorrisos e brincadeiras, a nossos inimigos pelo fortalecimento
que me tem dado em suas investidas, tornando a minha consciência cada vez mais lúcida e ampla para a
realidade espacial e espiritual ligada à Confederação de onde a nossa ALMA se manifesta.

À minha Mãe pela sua coragem e paciência comigo, a Maria pela sua luz interna, aos amigos que
me incentivaram e me apontaram o caminho do equilíbrio, a todos aqueles que passaram pela minha
jornada terrena, Elaine Amaral, pelo seu apoio e companheirismo, Cláudio Gianfardoni pela sua especial
colaboração e apoio, e aos irmãos do plano espiritual que tornaram mais este trabalho possível, o meu
muitíssimo obrigado, e que a luz esteja com todos nós, unindo-nos com o Cristo cósmico.

2
Índice
Personagens da grande rebelião.......................................................................... 4
Orion o berço da luz e da tecnologia.................................................................. 5
Sauranos.............................................................................................................. 8
A Ilusão das Encarnações................................................................................... 19
Os Agentes Infiltrados........................................................................................ 23
A Questão Racial................................................................................................ 36
Os Planetas Rebeldes.......................................................................................... 39
Boronak Orionis......................................................................................... 40
Tau Ceti...................................................................................................... 41
Capela Auriga Orionis................................................................................ 45
Medissa Auriga Orionis.............................................................................. 48
Draconia Draco.......................................................................................... 50
Pethafos (Sírius Delta)............................................................................... 51
 Dafius (Sírius Omega)................................................................. 53
Plutão.......................................................................................................... 54
Maldek (Tiamath)....................................................................................... 55
Saiph Orionis.............................................................................................. 56
Sargas Scorpio............................................................................................ 57
Antares Scorpio.......................................................................................... 58
Al-Niyat Scorpio........................................................................................ 59
Markab Pegaso........................................................................................... 60
Regulus (Leão)........................................................................................... 61
Terra........................................................................................................... 63
Lua.............................................................................................................. 68
Herculovos.................................................................................................. 71
Phobos & Deimos....................................................................................... 73
Aquadrom................................................................................................... 73
Umbral Multidimensional.................................................................................... 75
Anagora, a Nave do Anti-Cristo........................................................................... 81
A Confederação e suas Ações.............................................................................. 89
Relação dos 33 Raios de Alfa & Omega da Frat. Branca.................................... 96
A grande batalha Sideral, Espírito x Tecnologia................................................. 109
A Terra e a grande Batalha Final......................................................................... 129
Crânios de Extraterrestres (achado arqueológico)............................................... 132
Alfa & Omega..................................................................................................... 136
Ahriman e sua seita tecnológica.......................................................................... 137
Os Mestres Jedi e os Mestres MIB’s................................................................... 138
As 22 Delegações Estelares na Terra, Projeto Terra........................................... 139
As Plêiades e a Saga que envolveu a nossa LUA................................................ 145
Marte e a Base operacional Colonial................................................................... 147
A Terra Oca E AS Bases Intraterrenas................................................................ 150
O Plano Cósmico de Transmutação do Lord Miguel Kumara............................ 152
Ultimato Draconiano aos EUA........................................................................... 153
O Salto Quântico................................................................................................. 155
A questão da tecnologia e ética geneticista na Terra.......................................... 160
Agentes de Luz entre a humanidade................................................................... 161
Canalização da Carta Estelar de Shtareer........................................................... 163
As Antenas submersas de manipulação do SGS................................................. 164
Bases Secretas no sul do Brasil........................................................................... 165
Canalizações de Jesus Cristo............................................................................... 167
Finalização do Ciclo da Dor................................................................................ 175

3
Personagens desta Saga pelo Poder
Império do Dragão Negro:

Toalk  Líder Na Constelação do Dragão (DRACO) no plano Espiritual de


projeção.
SATÃ  Líder em Orion na projeção Espiritual.
Satanás  Lugar Tenente de Satã entre a 3ª a 6ª Dimensão de consciência e
hologramas.
Anhotak  Projetor Psíquico do Projeto de Hologramas para a Galáxia como filho
Paradisíaco da 15ª Dimensão, opositor do Lanonadek Lúcifer.
Maladenithy  Aspecto Feminino de polaridade para as realidades holográficas
obsediadas.
Bashavi-Shiva-Relt  Responsável pela corrida corruptiva e guerras psíquicas de conquista.

Império de Orion:

Satanás  Líder Político e Militar de unificação dentro dos projetos holográficos para
as Almas ingênuas e aprisionadas nas armadilhas psíquicas de poder e
corrupção.
BAAL (Lúcifer)  Líder Espiritual e Criador responsável pelo Sistema de Auriga-Orionis,
nas manifestações de Amor e polaridade desde a 2ª até a 13ª dimensões.
Metraton  Arcanjo Ancião mediador do projeto e consultor do Lanonadek Lúcifer.
Sandalfon  Arcanjo de Metraton, que penetra nas realidades psíquicas holográficas
para mudar as regras do jogo manipuladas por Satã e Toalk.
Lilith  Líder Rebelde que enfrenta a ação criminosa do Império do Dragão Negro
e procura restaurar a FÉ e a verdade sobre o Lanonadek Lúcifer.
Rowena  Líder Espiritual que se projeta nas realidades psíquicas dos hologramas
difundindo a mensagem Crística, unificando as energias do polo
Feminino.
Kwan Yng  Líder de Alnilan e do Portal Estelar 3, que sustenta o propósito da luz
contra a ação dos Draconianos.

Alfa & Omega Sírius:

Palanises  Líder política de Alfa & Omega pacificadora das Federações e discípula
do Conselho da Mãe Cósmica Maria.
Maitreya  Arquétipo holográfico manifestado nas realidades psíquicas da energia de
Lord Miguel e Sananda para a galáxia.
Aeolo  Príncipe planetário de Sírius Alfa negociador com Lúcifer na correção dos
programas sabotados.
Gueram  Mestre do Conselho Cármico Cósmico.
Maalel  Executor do Conselho Cármico e mediador das Almas contaminadas pela
sabotagem de Toalk e Satã.
Lord Miguel Kumara  Logos Solar de Alfa & Omega.
Lord Gabriel  Executor da Justiça e verdade de Alfa & Omega.
Lord Ezequiel  Mensageiro da Misericórdia e amor incondicional de ajuda para as almas
deturpadas.
Lord Uriel  Ancora a Fé e amor nos códigos genéticos dos hologramas, como uma
extensão do DNA da Alma.
Lord Rafael  Restaurador do equilíbrio dos corpos psíquicos e cura da Alma.
Melchizedek Kuthumi  Sustentador da Luz e da verdade para os mensageiros infiltrados.
Sananda (Micahel)  Cristo manifestado do filho paradisíaco criador de Nebadon.
Shtareer  Engenheiro Sideral manifestado.
4
Federação Intergaláctica:

Alfius  Representante de Lira.


Antara  Representante de Altair.
Ganeshi  Representante da aliança central de Betelgeuse e 3 Marias de Orion.
Jeová  Representante das Plêiades.
Antoraquel  Representante das Plêiades.
Ashtar Sheran  Representante de Alfa Centauro.
Asthar Athenas  Representante de Antares.
Potolak  Representante Draconiano e Sábio cultural dos Anciões de Dias.
Shantoman  Líder Espiritual de Draco e pacificador.
ShtarRog  Projeção de Shtareer e guerreiro da luz junto a Ashtar Sheran.
Krothon  Representante de Acturus e Conselheiro.

Orion o Berço da Luz e da Tecnologia

Como já abordamos em trabalhos anteriores, principalmente no livro Confederação 2, a


constelação de Orion, que também recebe o nome de Sistema Estelar de Satânia, representa uma grande
parcela do interior da nossa galáxia, que compreende o setor de Auriga e Orion, por esse motivo a
denominação de Auriga-Orionis, onde existem milhares de astros de diversas magnitudes e classes
gravitacionais e energéticas.
Essa Constelação é sustentada pela energia do Lanonadek Lúcifer, que também recebe o nome de
BAAL, um Deus criador que ajudou na formatação material de diversas realidades onde as Almas de
Nebadon deveriam se projetar dentro do universo da dualidade, ou seja, dentro da polaridade que suas
próprias almas e intenções manifestassem dentro das aventuras consciências que cada qual resolveu
experienciar. Muitos outros personagens que são confundidos com Lúcifer atuaram em planos sutis com
grande poder, e desvirtuaram a realidade das intenções que originalmente tinham sido plasmadas para o
projeto existencial desse quadrante importante da Via Láctea e do grupo das 21 galáxias de livre arbítrio,
onde estamos localizados.
Assim cada alma que escolheu fazer seu caminho e dispunha de poder de manipulação, acabou por
alterar muitos aspectos importantes das realidades alternativas desse grupo estelar, que por sua vez
refletiu em toda a galáxia e nas galáxias vizinhas, pois poderosas Formas Pensamento estavam sendo
plasmadas para o universo, dando origem a todo um processo Cármico que a maior parte das almas não
tinha conhecimento. As realidades abaixo do Eu Superior são na verdade hologramas onde a alma se
manifesta, da mesma forma que a nossa atual tecnologia desenvolveu hologramas de realidade virtual,
onde brincamos em nossos vídeos-game, a tecnologia desses seres permitia que a alma e a sua
consciência se infiltrassem em magníficos sistemas computacionais nas realidades abaixo da 7ª
dimensão, sendo consideradas materiais, que se plasmavam até as realidades materiais da nossa
densidade molecular e mais densas ainda, conforme os níveis que cada grupo de almas conseguia atingir
em sua saga pelo poder e jogos de poder. Um jogo no qual a alma ficava presa devido à ação criadora de
suas formas pensamento, assim iniciou-se todo um novo processo existencial na qual nossas almas
ficaram atreladas as suas relações cármicas para com o universo e para com suas irmãs, gerando os
Impérios Estelares nos planos materiais onde as almas estavam impregnadas.
Como já foi colocado por Shtareer no Confederação, Satã era um Lanonadek secundário
proveniente de um importante grupo estelar da galáxia de Arconis, que representaria o berço do grupo
do Dragão Negro, que foi o pivô de muitos aspectos que verificaremos nesta nova mensagem das
estrelas sobre nossa história e origem estelar. Esse Lanonadek vinha através de Portais de Rigel em
planos imateriais para Orion, onde acabou se unindo a muitos trabalhos que Lúcifer desenvolvia na
criação de mundos e estabilização dos programas existências para as diversas realidades que as almas
deveriam vivenciar. Esse processo ocorreu a cerca de 10,3 bilhões de anos da contagem humana terrena
onde a estrutura geométrica e gravitacional de Orion e da própria Via Láctea ainda estava em
estabilização e com fortes impulsos rotacionais, portanto as manifestações de vida material dentro do

5
que a humanidade compreende como material, ainda não estavam consolidadas, devido a forte ação de
ondas radioativas e campos gravitacionais de elevado potencial, que não permitiam a estabilização de
forma de alta densidade molecular como a do reino animal e vegetal. O entanto nos planos mais sutis
onde a materialidade é menos densa, a vida estava sendo plasmada e estruturada para que gradualmente
pudesse se fazer a materialização ou densificação desses protótipos de formas de vida, onde Lúcifer era
um dos principais encarregados, tendo Satã como um ajudante e colaborador, que na realidade tinha suas
próprias intenções de estender o império de seus superiores em Arconis, depois da manifestação
poderosa da energia Mahatma no grupo das 21 onde Arconis foi seriamente remodelada. Na realidade
Satã era um fugitivo infiltrado em Orion. Outro poderoso fugitivo e companheiro de trabalho de Satã foi
o também Lanonadek secundário Toalk que escolheu o berço da raça Draconiana para inserir sua
vontade e planos de conquistas, seguindo assim junto com Satã planos de conquista e programação de
um império de Almas subjugadas, que gradualmente pudessem derrubar a ação Crística de Micahel e
seus seguidores, esse poderoso Deus Paradisíaco que sustentava e ainda sustenta essa energia é
conhecido no plano espacial como Anhotak, que foi um dos maiores projetores psíquicos desde o plano
da 15ª dimensão para os mundos mais densos, formatando uma poderosa Mônada de intenções e
hologramas do seu ideal de criação, onde todas as almas combinadas dentro dessa Mônada passavam a
potencializar as Formas Pensamento que iriam invadir e subjugar a galáxia dentro dessa proposta de
conquista e de poder pela alta tecnologia, que aproximaria os hologramas do poder de Deus. Por esse
motivo muitas das almas encarnadas dentro dos hologramas de Orion, se rebelaram contra Deus Micahel
e o Absoluto e propuseram que podiam ser mais poderosos que o Criador, pois a alta tecnologia que
detinham lhes dava essa sensação, que era sustentada pelo poder Criativo de um ser equivalente a
Micah, outro Filho Criador Paradisíaco, que manifesta diversos níveis de consciência dentro das
realidades alternativas do grupo dos 21. Esse ser encontra-se infiltrado de diversas maneiras e tem
ocasionado muitos obstáculos a Micah, que por sua vez através de seu amor e sabedoria utiliza sua
família de Arcanjos e Ancião de Dias para irradiar a sabedoria do amor e desenvolver o poderoso e
magnífico Projeto de Avatares e da senda Crística, que transforma as almas perdidas em magníficos
Mestres Ascensionados, demonstrando que nada é por acaso no universo, pois a interação de Anhotak é
permitida devido a ser uma parte importante no jogo da dualidade que cada alma escolheu manifestar
além da própria vontade Divina desse ser, que é parte da criação, ele é um oposto a Micah, mas também
é parte de Deus e evolui gradualmente junto com seus filho, tais como Toalk e Satã.
Iremos penetrar nos registros akashicos desse tempo e reproduzir parcialmente os acontecimentos
e diálogos dos momentos críticos que levaram a formatação da dualidade a níveis alarmantes dentro de
Orion e sua influência no restante da galáxia.
Recuaremos no tempo para um valor aproximado de 475 milhões de anos, onde a estabilidade
material da galáxia estava assegurada, e milhares de formas de vida dentro da materialidade de 2ª, 3ª, 4ª,
5ª e 6ª dimensões estavam a milhares de anos plasmadas, a cerca de 1.8 bilhões de anos as formas
materiais de 3ª e 4ª dimensão estavam plasmadas nos mundos mais estáveis da galáxia, mundos onde o
campo gravitacional e radioativo estavam harmônicos, permitindo a manifestação de vida material e de
suas ramificações e testes dos protótipos mais sutis, que tinham sido plasmados anteriormente. Entre 679
milhões a 475 milhões de anos atrás, começou a ser formatada a manipulação psíquica e genética da
maior parte das raças, pois antes disso a proliferação racial e manifestações das almas estavam muito
atreladas aos planos sutis, devido ao processo natural de ajustagem bioenergética dos hologramas e dos
corpos sutis. Assim antes disso as tentativas de Toalk e de Satã não tinham sido plasmadas para a
matéria, mas somente nos planos dos arquétipos espirituais sutis de cada protótipo racial e dos grupos de
almas que tinham se comprometido com a energia criadora de Anhotak.
O planeta Orion, um mundo de proporções bem maiores a Terra, próximo ao Tamanho de Saturno,
com cerca de 107.456 Km de diâmetro equatorial e 98.500 Km de diâmetro polar, um mundo com
natureza variável, onde além das selvas e savanas semi-áridas, existiam grandes desertos de rochas e
cadeias montanhosas com mais de 24 mil metros de altura, rico em oxigênio com taxas de cerca 37% de
oxigênio, contra nossa taxa aproximada de 21% do mesmo composto. Esse mundo que é confundido por
muitas pessoas como sendo o foco de muitos problemas e as pessoas acreditam que a Constelação de
Orion seja toda um grande polo de trevas, é um grande engano. Orion como planeta, órbita uma estrela
variável próxima as 3 Marias, estrelas centrais de Orion onde temos o Cinturão, que é composto do
nosso ponto de vista ocular pelas estrelas Alnitak, Mintaka, Alnilan e Algjebbah, todas muito próximas a

6
espada do grande caçador que é a nossa representação para Orion. O planeta Orion fica atrelado a uma
estrela que recebeu o mesmo nome por muitas raças, mas que possui um arquétipo ligado ao nome de
Atutak, que é uma simbologia ao primogênito brilhante, por estar associado a projeções energéticas de
um poderoso Pulsar, que existe em um plano alternativo da 5ª dimensão muito próximo a essa Estrela. O
sistema onde essa estrela se localiza, a cerca de 25 anos luz de Alnitak é composto por 43 planetas e
planetóides de pequeno porte semelhantes a plutão e nossos asteróides, que também são decorrentes dos
processos naturais de ajuste orbital e gravitacional dos planetas maiores, que ficaram presos a atração
gravitacional dessa estrela variável, que é de cor azulada e possui 4 vezes o tamanho do nosso Sol. Esses
mundos com o tempo acabaram se tornando a central administrativa das 7 raças predominantes dentro
desse quadrante de Satânia. No entanto outros pontos com grande poder de desenvolvimento também
foram se estruturando dentro dessa Constelação, como nas proximidades de Rigel ao sul junto com a
outra estrela gigante Saiph, que por sua vez iniciaram seus processos de invasão e colonização dos
aglomerados de M43 e M42. Na região norte outro foco de poder e interesses políticos de grande
envergadura surgiu entre Betelgeuse que é a Alfa em brilho dessa constelação e de Bellatrix, que por sua
vez usaram as energias e planetas do pequeno aglomerado de poeira de Heka para sustentar seus
próprios planos administrativos e de expansionismo. As formas de vida desenvolvida no planeta Orion,
era em grande parte Draconianas e Insetos com grande capacidade de adaptação ambiental, que por sua
vez possuíam genes do arquétipo Adâmico, que tinham sido inseridas por Lúcifer e seus colaboradores
milhares de anos antes, ainda nos planos sutis. Esse sistema Estelar ou Solar, era um importante ponto
estratégico, pois ele fica em uma relação geométrica de vista para as profundezas da nossa Via Láctea,
não no plano como nós vemos as fotos desse sistema, mas sim ao fundo de um importante corredor de
acesso a outras partes não registradas pela nossa posição orbital da Terra. Esse corredor dá acesso a
outras constelação e mundos com grande potencial mineral e energético que também foi colonizado e
multiplicador de diversas formas de vida. Esse corredor permitia um acesso direto ao aglomerado de
Aldebaran e as Híades, bem como passagem para as Plêiades. Portanto a posição do Sistema Solar de
Orion, era um ponto de vital importância para os interesses de Satã e seus colaboradores, pois com o
poder sobre esse sistema, seria possível desenvolver a dissipação do vírus do poder e da corrupção
através de seus enviados encarnados, que mantinham a consciência do jogo político que estava sendo
implantado nesse setor.
Um fator que pode parecer superficial, mas é de vital importância ao expansionismo dessa
civilização era a sua pequena distância de Alnitak, 25 anos luz, equivale a distância da Terra de Vega,
permitindo assim um forte raio de ação das Formas Pensamento que cada alma gerava em seu processo
criativo. A cristalização material dentro da 3ª dimensão física desse mundo, se iniciou a cerca de 645
milhões de anos, em paralelo com manifestações também materiais da Terra. Na realidade existiram
outras nesse planeta, mas dentro da 4ª dimensão bem anteriores, que conseguiram se libertar e evoluir
para patamares bem mais sutis, que atualmente estão ligados ao arquétipo dos Arcanjos e Anjos de
Orion, civilizações que existiram a mais de 3,4 bilhões de anos, que tinham como materialidade a
densidade da 4ª dimensão. Essa realidade não aceitou a interferência de Satã e seus delegados, no
entanto parte do vírus ficou latente e foi se plasmando dentro da civilização que estamos narrando,
dentro deste período que em paralelo coexistia com a Terra, Maldek e Marte, que por sua vez seriam
referenciais importantes para o envolvimento dos principais grupos estelares da galáxia.
A parcela do código genético e genes da estrutura Adâmica, permitiu que parte dos Draconianos
desse mundo sustentassem uma semelhança com os humanóides, na sua estrutura fisiológica, eram os
primeiros protótipos da forma Draco que viria a ser obtida em Vega pouco depois. Essa raça
manifestava capacidade bem mais refinadas de percepção extrasensorial em relação aos outros
draconianos, pois as outras formas de vida draconianas que desenvolviam a percepção consciencial
individual eram mais robustas e animalescas, devido a seu elevado poder de adaptação para a
sobrevivência em diferentes situações ambientais. Assim esses Dracos que denominaremos de Alfa
Dracos tinham uma capacidade cerebral e racional bem mais desenvolvida e penetrante que seus irmãos
e parentes planetários, por essa razão passaram ao longo de poucos anos de reprodução e estruturarem
sua civilização a liderar e conquistar uma forte aliança com seus irmãos, não dividindo forças como já
tinha ocorrido em outros setor do planeta com outras divisões raciais que lutavam entre si. Todas essas
formas de vida possuíam inteligência e viviam em comunidade, pois eram o resultado criativo das
antigas civilizações de outras eras, q eu já tinham Ascensionado para patamares mais sutis, portanto

7
eram o resultado genético material que não tinha conseguido se elevar ao caminho Crístico, onde a
manipulação de Satã e outros semelhantes estavam presentes, sem que Lúcifer tivesse percebido, ou
permitiu, pois existe um aspecto da onipresença de Lúcifer que deixa margem a possibilidade que ele
tenha sido omisso e com isso permitiu muitas das manipulações de Satã e Toalk, assim como a ação de
Anhotak era um fator que Lúcifer detinha pleno conhecimento, pois o encontrará em muitas reuniões do
Conselho dos 12 e do Conselho Cármico, junto com Metraton que era seu conselheiro e intermediário
com Micah.
A raça Alfa Draco conseguiu unificar todas as divergências raciais e intelectuais criando uma
civilização em castas e gradualmente em socialismo, onde cada qual participava de forma aberta para a
comunidade, fazendo assim que a unificação consciência se tornasse cada vez mais coesa. Dentro das 7
manifestações raciais principais do planeta Orion, existia a Cenak, que possuía poderes de projeção
mental e materialização de objetos do plano astral, que eram usados para ajudar na formatação da
tecnologia que os Alfa Dracos estavam plasmando pela sua intuição, com isso os Cenak e os Alfa
Dracos detinham um poder e penetração consciencial muito profunda no restante da civilização. Essa
união ajudou a sedimentar uma poderosa tecnologia onde a ciência computacional e psíquica foi sendo
composta de forma a gerar uma tecnologia inédita nesse quadrante, que lhes permitia através de
psicometria cerebral vasculhar os outros planetas e verificar o tipo estrutural dos astros mais distantes,
como se fossem projeções mentais via satélite. Esse método é usado ainda na atualidade pelos projetores
consciência do Sinistro Governo Secreto da Terra, que estão ligados a ramificações desse grupo.
Gradualmente os habitantes do planeta Orion, desenvolveram sua tecnologia de navegação sideral,
que lhes permitiu visitar os planetas vizinhos e lá construírem bases avançadas para a colonização lenta
mas consistente desses outros mundos, nem todos tinham as condições ambientais necessárias a
sobrevivência das 7 raças do planeta Orion, por esse motivo grandes complexos na superfície e
posteriormente no subsolo foram construídos, para validar o processo de colonização, assim como foram
criados grupos de trabalho e comunicação com as formas de vida existentes em cada mundo, para
estuda-las e enraizar lapsos de amizade e colaboração mutua. Dentro desse processo eles encontraram
cerca de 630 formas de vida com capacidade intelectual e desenvolvimento que merecia ser explorado
para a formação de uma nova linha existencial de comunicação social onde essas formas de vida foram
sendo treinadas e estudadas para que pudessem se desenvolver junto as raças dominantes do planeta
Orion. Nesse papel a raça Cenak foram os que melhor puderam ajudar no projeto, pois com suas
capacidades psíquicas, puderam ajudar a desenvolver uma comunicação e troca de favores, evitando
assim as guerrilhas e mal entendidos.
Os 43 astros desse sistema foram lentamente explorados e anexados como um poderoso anel de
vigilância, pois as pesquisas psiônicas indicavam que nas regiões próximas a Alnitak, existiam outras
formas de vida, com elevado potencial, além das captações do plano etérico que eram por onde os Cenak
se projetavam normalmente. Assim os povos de Orion estavam preocupados em construir em pouco
tempo uma poderosa rede de proteção e vigilância. Como a taxa de crescimento e natalidade dessas
raças era extremamente elevada, todos os recursos minerais e tecnológicos foram canalizados para em
poucas gerações desenvolver sistemas de anéis de defesa e ataque, ao longo dos planetas próximos a
Orion. Assim cada anel interno era estruturado a gerar um poderoso campo de energia e de armas de
defesa, que poderiam invalidar a penetração de naves dos anéis externos. Esse tipo de estratégia tinha
sido canalizada de entidades etéreas sustentadas pela egrégora de Satanás, que ainda não tinha entrado
na consciência dessas almas, mas estava latente, devido as manipulações genéticas de predadores, que
estavam sendo trabalhadas sutilmente.
A energia de BAAL estava presente como uma divindade inatingível, mas profundamente
ancorada no coração e na intuição desse povo, o que fundamentava uma profunda linha religiosa intima,
sem adorações a imagens ou instituições religiosas como as nossas. O arquétipo de BAAL era
justamente semelhante aos draconianos, e reptilóides, portanto BAAL é um arquétipo Draconiano com
diversas descrições, adaptadas a forma de cada grupo local, conforme a sua identificação com essa
divindade espiritual, que alguns dos sacerdotes podiam canalizar e vislumbrar em suas projeções
mentais e astrais. O interessante desse processo, que as outras localidades de Satânia também faziam
suas captações e criavam sua representação de BAAL a sua semelhança, o que explica tantas
representações e lendas sobre essa divindade, que também em outras esferas recebeu o nome de Lúcifer,

8
o Arcanjo de Luz criadora, que era 0 37º depois de Micah dentro da hierarquia estrutural e criativa da
nossa Galáxia.
Os outros focos como Rigel, Bellatrix, Betelgeuse e as 3 Marias sustentavam por sua vez também
o desenvolvimento racial e intelectual de milhares de formas de vida, que variavam desde grandes
Sáurios, que são derivações dentro do arquétipo Draconiano até as formas aladas de grandes aves e
inclusive o arquétipo Adâmico dos humanos. No entanto para que possamos explicar melhor a
ramificação sobre os Draconianos e o complexo processo existencial das diversas formas raciais que
existem dentro desse arquétipo, de forma semelhante as diversas raças humanas dentro da Terra, vamos
explorar um pouco mais as ramificações que são conhecidas na Terra.

Sauranos
Como o nome descreve, raças ligadas ao arquétipo dos Sáurios, que envolvem diversos tipos de
serem que são parte do arquétipo dos Draconianos, pois este último é muito amplo envolvendo cerca de
700 espécies, que tiveram a sua origem primordial na estrutura de Répteis e dinossauros. Segundo
alguns registros akashicos secretos, os Grays possuem dentro de sua estrutura genética, derivada de
Vega, um percentual de genética Saurina, portanto ligados sutilmente ao que normalmente é
denominado como Draconiano pelos nossos canais na Terra. Na realidade existe uma grande confusão
com relação ao termo ou denominação Draconiana, pois as pessoas os discriminam como sendo grandes
e perversos répteis, o que não é verídico, pois sendo uma forma racial com cerca de 700 derivações,
muitas deles são de poderosos seres de amor e Mestres Ascensionados, da mesma forma que nossa raça
humana, que dentro de suas raças, detêm pessoas atreladas a luz ou as trevas, por esse motivo não
podemos generalizar. A energia genérica dos Draconianos, esta presente dentro do arquétipo da
constelação do Retículo onde esta o centro de operações de colonização e invasão dos Grays e muitos
Zetas. Em Sírius também existem diversos mundos onde o arquétipo de Sáurios e portanto Draconianos
estão manifestados, assim como muitos insectóides, que poderiam ser diferenciados entre uma das
linhagens derivadas dos antigos Draconianos de alguns bilhões de anos em nosso passado estelar. Onde
essas ramificações foram condicionadas através de seleção natural e manipulação genética, de acordo
com as necessidades de cada planeta.
Como já foi exposto no livro Confederação 2, a espécie Draconiana e suas 700 derivações estão
presentes em milhares de pontos da nossa galáxia, portanto são uma raça primordial devido as suas
características de sobrevivência em ambientes extremos, assim como muitas formas humanas
geneticamente desenvolvidas possuem capacidades superiores a de muitos Draconianos, como é o caso
dos Oxtornenses e Ertrusianos que podem suportar situações ambientais além dos Draconianos de
muitos mundos centrais, resultado de uma trabalho genético de centenas de anos de estudo onde uma
poderosa liga militar muito mais capacitada que os MIB’s foi criada e atua como a policia temporal e
vigilância da Confederação. Esse grupo de humanos é capaz de se infiltrar em milhares de realidades
dimensionais e atuar com seus plenos poderes mentais e espirituais, foi uma forma humana dessa, que
relata a experiência no livro de Maldek¹, assim verifica-se as capacidades que foram inseridas dentro das
manipulações do GNA Adâmico e super-adâmico que foi desenvolvido em outras localidades da Via
Láctea, onde um outro império existe, muito além dos limites de projeção do que esta situado em nosso
pequeno quadrante, dentro de um raio de ação de 4.700 anos luz, que envolveu parte dos efeitos da
grande Rebelião de Lúcifer. O Planeta Orion e seu pequeno império estava justamente em uma posição
estratégica, que permitira um acesso a outras realidades e regiões da nossa galáxia além da fronteira
limite desses 4.700 anos luz, onde a navegação espacial se concentrou de forma mais densa.
Os outros lugares da galáxia a que me refiro, estão a mais de 35 mil anos luz de distância e
envolvem outras realidades onde a luz e a raça humana é maioria, por serem centros de canalização do
arquétipo humano e Adâmico a milhares de anos, que serviram como alicerce para inserir o projeto
Adâmico em Lira a cerca de 9 bilhões de anos. Essas outras realidades da Via Láctea, se materializaram

¹Canalizado de Shtareer, sobre a destruição do planeta Maldek e a sua relação com a construção das
Pirâmides da Terra, Marte e Maldek, para criar o portal estelar, junto com os Gracianos e Nodianos, a
cerca de 252 milhões de anos em nossa escala relativa de tempo.

9
a cerca de 1,2 bilhões de anos para sustentar as energias de equilíbrio ao que estava sendo manifestado
neste nosso quadrante de Satânia.
Se analisar-mos em particular o que vemos do espaço sideral, verificaremos que a maior parte são
nossos vizinhos dentro de um campo relativo de no máximo 1500 anos luz, onde os processos de
colonização se manifestaram de forma muito mais amplo do que podemos imaginar, no entanto sistemas
vizinhos que podem ser vencidos com sistemas de propulsão de vácuo e imperdimensional em alguns
dias ou mesmo horas, o que não ocorre quando se pretende alcançar outros setores, isso por que o nosso
quadrante esta envolto por uma poderosa barreira de frequência dimensional e psíquica, que impede
grande parte das raças mais densas de atravessa-la, assim como ocorre com a barreira de Frequência da
Terra, que não conseguimos ultrapassar com nossas baixas frequências cerebrais e psíquicas.
Verifica-se então que as nossas limitações raciais e culturais, impedem que possamos realmente
compreender na íntegra a grande salada racial e diferenças políticas entre muitas dessas delegações aqui
presentes na Terra, que alegam seu direito de posse sobre a Terra, isso por que ela já foi berço de
diversas raças Draconianas e Sáurios, assim como nossos registros arqueológicos demonstram na época
dos dinossauros. Da mesma forma como cada país da Terra possui a sua política e jogo de interesses,
essas delegações e grupos também possuem seus interesses particulares e opiniões além de planos sobre
o que fazer e como fazer na Terra, onde a raça humana em muitos aspectos é o ponto problemático da
questão.
Gradualmente a Constelação de Satânia foi sendo povoada por diversos grupos que aos poucos
desenvolviam suas tecnologias de viagem no espaço, ou projeção mental e astral no espaço, o que
também criou uma importante linha tecnológica dentro da realidade holográfica da 4ª dimensão. Isso por
outro lado foi a base para a criação de futuras realidades quando a tecnologia estivesse ainda mais
amplificada e avançada.
Gradualmente a ação nefasta de Toalk e Satã estava sendo inserida na consciência dos povos dos
setores mais promissores, assim a energia de Maladenithy e de Bashavi-Shiva.Relt também iniciaram a
sua trajetória de manipulação e encarnacional dentro das realidades mais densas, dando assim origem a
primeira linha operacional material de almas conscientes dentro dos hologramas das encarnações em
Satânia.
O ponto de sustentação do arquétipo humano dentro de Satânia do ponto de vista econômico e
estratégico estava em Betelgeuse e Bellatrix, onde a forma humana Adâmica estava em franca expansão
e oposição política a determinadas linhas Draconianas de Rigel, que por sua vez eram independentes e
sustentavam um crescimento muito intenso, que formava uma terceira potência, que consolidava os 3
aspectos econômicos e colonizadores de Satânia, entre Orion, Betelgeuse e Rigel, sendo o ponto
mediador o cinturão das 3 Marias, onde um grande plano espiritual se manifestava através do arquétipo
da Mestra Rowena, a mesma Mestra Ascensionada que é a nossa Chohan do 3º Raio Rosado, que por
sua vez trabalha com Metraton. Foi através desse centro energético que surgiu a grande Fraternidade
Rosa de Orion, a qual desenvolveu diversos projetos e ações militares e políticas para reduzir os efeitos
negativos da polaridade, que iriam a criar uma grande trama computacional e um holograma dentro de
um holograma, sem que as almas percebessem, que estavam sendo aprisionadas gradualmente em suas
formas pensamento distorcidas, devido a relação cármica que isso gera.
Dentro do plano espiritual da 5ª Dimensão e protetora do Portal estelar 3, esta o arquétipo da nossa
amada Mestra da Misericórdia Kwan Yng, que dentro da estrela de Alnilan, desenvolveu diversos
projetos de luz e conhecimento direcionados para o grande Dragão, por esse motivo que ela tem sido
identificada com o Dragão, como seu doutrinador, na verdade por que ela e sua equipe que trabalhava
diretamente com Rowena, desenvolveram importantes projetos de inserção de memórias e biochips para
despertar os Draconianos e unir esforços com os Já Ascensionados Draconianos das eras anteriores, que
também não estavam de acordo com o rumo dos acontecimentos e com as manipulações de Satã e sua
equipe. No entanto o poder direto de Anhotak é real e foi um grande foco de oposição que exigiu a
intervenção do Arcanjo Gabriel e Miguel em muitas situações que inclusive obrigaram ao envolvimento
de Sírius e Alfa & Omega, que por sua vez acabou por atrelar nesse processo político a participação da
Federação e de seus grupos. O grande amigo e emissário dos mestres Ascensionados por parte dos
Draconianos foi a energia mental e material de Potolak, um ser espiritual que encarnou como ser
imaterial e material que dominava o poder sobre as realidades holográficas e podia se manifestar além
da fronteira do tempo e espaço e das realidades que estavam sendo criadas em paralelo em cada sistema

10
de Satânia. Esse mestre foi um dos grandes pacificadores e intermediários entre diversos conflitos dos
draconianos contra os humanos, que acabou dando origem a uma raça híbrida semelhante aos Dracos de
Vega, que possuía genética de humanos e draconianos humanóides, essa raça foi a que gradualmente
acabou por ser a líder dentro de Orion e do que viria a ser o Império de Orion e serviu de trampolim para
as energias negativas da Ordem do Dragão Negro, proveniente da galáxia de Arconis através dos portais
de Rigel.
A Federação Intergaláctica colocou dentro dos pontos estratégicos e principalmente em Betelgeuse
e Bellatrix, representantes de diversos centros políticos de poder do nosso quadrante local. Esse pontos
com o tempo acabaram por desenvolver próximo a estrela de Alnilan e Mintaka, uma grande estação
orbital avançada que servia de posto de vigilância sobre as atividades dos grupos potencialmente
opositores a Federação e a “Paz” que a Federação considerava legal, pois muitas questões políticas
estavam presentes nesse desenrolar. Nas proximidades de Mintaka e da estrela Mijirani, um grande astro
do tamanho da nossa Lua foi transformado em base operacional móvel, que poderia se locomover com
potentes projetores de partículas, servindo de porta aviões para as delegações da Federação. No entanto
a tecnologia ainda era muito rudimentar para permitir grandes conquistas nesse sentido, as viagens
dentro desse sistema eram efetuadas em semanas e meses, o que ainda demonstrava sistemas muito
primitivos de propulsores a plasma e impulsos de partículas de onda, o que limitava em muito as viagens
materiais desses aparelhos, no entanto a tecnologia psíquica dos Draconianos era bem mais avançada e
permitia a propagação da consciência em segundos para os mundos externos da federação. Por esse
motivo a superioridade técnica dos Draconianos e de seus grupos. Oficialmente não existia uma guerra,
apenas apreensões políticas do ponto de vista operacional dos grupos que desenvolviam as colonizações,
e a problemática da fusão de interesses em alguns planetas, o que poderia criar um conflito, pois em
geral os Draconianos consideravam as formas humanóides, fracas e invasoras, por terem sido plasmadas
posteriormente dentro da criação e por serem mais delicadas, com um plano emocional muito mais
desenvolvido e portanto vulneráveis.
A Federação não era uma instituição santa, como muitos acreditam, pois assim como aqui na
Terra, a ONU desenvolve atividades, conforme os interesses políticos dos países mais poderosos, o
mesmo ocorria com as delegações que compunhas a Federação, que passou por diversos estágios de
crescimento e amadurecimento, devido a presença de diversas raças e ideais políticos e emocionais.
Nesse ponto a Federação ou aliança Draconiana era muito mais coesa e íntegra, pois existia uma
ideologia universalista, como de uma consciência coletiva, que coordenava as ações e interesses dos
Draconianos de forma genérica, o que não ocorria com as formas humanóides e Adâmicas, o que para os
Draconianos era um ponto de não confiabilidade nos humanóides, o que por sua vez ocasionou uma
guerra fria, pois como confiar em seres emotivamente instáveis e frágeis, que usavam jogadas políticas
para enganar a seus próprios semelhantes.
A Aliança Draco sempre teve a intenção mesmo através da manipulação de construir um império
unido com um único ideal de conquista e estabilidade emocional e mental, para que todas as formas
draconianas e suas novas criações pudessem gradualmente expandir a sua consciência e criatividade,
como tinha sido previsto por BAAL.
A presença de pesquisadores de Arcon, um sistema estelar a cerca de 235 mil anos luz de
Betelgeuse, foi interessante, pois esses seres energéticos, que eram do arquétipo Adâmico, proveniente
de outros universos, dos quais Micah e Emannuel os tinham aperfeiçoado, estavam presente para ajudar
no processo evolutivo consciencial das diversas formas de vida. Os Arconidas não interferiam
diretamente no processo político, mas ajudavam a consolidar as boas idéias de ambas as partes, para
ajudar no desenvolvimento. A presença dos Arconidas, esta ligado aos interesses de outras forças
políticas da nossa Galáxia, que pertencem a Impérios de luz e colonização intergalácticas, das quais
pouco se sabe, pois a nossa história e Cosmogênesis esta focalizada em pontos muito próximos como já
detalhamos, algo em torno a um raio de ação operacional de 4.700 anos luz, o que é ridículo, se
comparado ao tamanho da nossa Via Láctea, que possui mais de 100.000 anos luz de diâmetro dentro
dos cálculos inexatos da NASA, pois na realidade o diâmetro operacional do campo de matéria
multidimensional da nossa galáxia ocupa um valor aproximado de 1,2 milhões de anos luz, limitando-se
no espaço intergaláctico com Andromeda, além da fronteira do que denominamos de 4ª dimensão.
Portanto o processo evolutivo que envolve as lendas e a política de Satânia é apenas um aspecto local,
que possui reflexão em outros pontos da galáxia e de outras galáxias como Andromeda, Aeolo, Arconis

11
e outros centros galácticos de poder, como já foi descrito em outros trabalhos, especificamente no livro
Confederação 2. Mas a vida dentro da nossa galáxia é bem mais ampla e numerosa do que podem
imaginar, devido as dimensões que e ao número de astros que supera ao valore de 5,3 quatrilhões de
planetas e corpos que podem ter vida. Assim a saga de Orion e Satânia, que envolve, Sírius, Vênus,
Terra, Acturus, Aldebaran, Zeta Reticulli, Vega, Lira, Canopus, Fênix, Plutão, Alfa Centauro, Beta
Centauro, Eridiani, Tau Ceti, Gama Ceti, Rigel, Plêiades, M-42, Debeb, Altair, Betelgeuse, e tantos
outros astros, são na realidade astros do circulo interno do quadrante local, que envolver além de Satânia
outros quadrantes locais muito próximos, que representam um nódulo reflexo do universo de livre
arbítrio e de polaridade de Nebadon.
A nossa galáxia é um ser vivo muito mais profundo e complexo do que imaginamos, pois é muito
maior e possui uma forma de disco com diversos nódulos e subgrupos internos que são quadrantes
operacionais de experiências holográficas para as almas que nela se manifestam como em nosso caso
aqui na Terra e nos mundos já citados, que tem relação com nosso processo evolutivo.
O nosso quadrante em particular, dentro da Via Láctea, é um cenário de estudos e um lugar de
experiências, onde muitos arquitetos do projeto holográfico escolheu como centro das suas
manipulações para poder desenvolver protótipos raciais avançados, o que por sua vez vinha de encontro
aos interesses de Anhotak que procurava desenvolver seu foco dentro do grupo das 21 galáxias, em
oposição a postura de Micah e seus seguidores.
Com o passar do tempo a tecnologia e as invenções no campo da atomística, geometria sagrada e
campos unificados de interação molecular e energética, foram sendo plasmados como realidade e a
computação se tornou um caminho infinito para o poder sobre as realidades psíquicas de cada grupo
operacional dentro das realidades de 5ª dimensão e as sucessivas mais densas. Assim os impérios foram
se formatando, o poder entre ambas as linhas se manteve tênue mas pacifico, sendo que gradualmente as
diferenças políticas entre as federações e os humanos, colocavam ainda mais em evidencia a
instabilidade emocional e psíquica dos Adâmicos frente a forma estrutural e coletiva consciencial dos
draconianos de Orion e de Rigel, que estavam em vias de se unirem frente a um único governo e
interesse.
A religião e lenda de BAAL foi sendo gradualmente desenvolvida e representava uma linha
psíquica única de conquistar um universo material perfeito para seus Deus Criador, da mesma forma que
outras linhas humanas pregavam, mas com diferenças políticas muito acentuadas, o que não ocorria
dessa forma tão elevada nos draconianos, que mantinham uma linha mais equilibrada de consciência e
existia todo um trabalho de mídia e técnicas para garantir a unidade das raças draconianas e seus
parentes. A divisão dentro dos draconianos começou a se manifestar quando surgiu o primeiro aspecto
de confronto pelo poder com alguns focos da Federação, mas onde o bom senso dos sábios draconianos
como Potolak estava presente nas dirigências políticas de Draco, Orion e Rigel.
No entanto os rumos da política interplanetária que foram tomadas, estavam nas consciências das
almas que tinham encarnado e se comprometido com suas questões pessoais de poder, ou manipulações
e vampirizações provenientes de Satanás e sua equipe, que surgia como um grande líder político e
militar, que unificará definitivamente Rigel e Orion, com um contingente de mais de 65 bilhões de
draconianos e uma frota operacional de 3,4 milhões de unidades de múltiplas características, entre elas
as militares e colonização.
No decorrer de 4 milhões de anos, Satanás em diversas encarnações conseguiu junto com suas
equipes de almas que estavam comprometidas com Satã, Toalk, Anhotak, Maladenithy e Bashavi-Shiva-
Relt, desenvolver um plano de unificação ideológica para toda Satânia e pontos estratégicos como Vega,
Sírius, Plêiades e Centauro, processos que iriam a estremecer as bases frágeis da Federação e seus
grupos, que em muitos aspectos lutavam pela verdade e estabilidade consciencial, pois a Federação
contava com a presença de muitas federações Draconianas e subespécies draconianas, como tinha sido
previsto em acordos bilaterais de paz e colonização do espaço.
O avanço dessa liga, já contava com um número de cerca de 1267 planetas colonizados e com
cerca de 4300 planetas envolvidos entre o perímetro operacional de 14.765,48 anos Luz, que foi
trabalhado por este processo experimental de bilhões de almas, que compreendia os quadrantes e
constelações das 12 casas do zodíaco humano, que representam regiões próximas e dentro do raio
operacional de 4700 anos luz.

12
Isso explica a importância dessas 12 casas dentro da matriz genética dos ser humano e da própria
cabala, além de outras relações energéticas que estão ligadas a padrões vibracionais e psíquicos com
cada uma dessas constelações e suas representações vibracionais para as humanidades da Terra e dentro
desse perímetro operacional.
Para que possam ter uma base comparativa, se considerarem que o diâmetro da Via Láctea é de
aproximadamente 100 mil anos luz e aplicar-mos sobre seu raio de cerca de 50 mil anos luz, o perímetro
operacional de área a ser trabalhada é de aproximadamente 157.079,63 anos luz, mais de 10 vezes
superior ao perímetro que foi utilizado pelo processo evolutivo e aventuras de consciência das formas de
vida de Satânia, isso representa um reflexo muito importante para toda a galáxia, pois apenas um
quadrante foi capaz de interferir com cerca de 11% da energia criativa de uma galáxia e efetuar reflexos
em outras galáxias. No entanto é apenas uma parte que esta relacionada a outras situações energéticas e
cármica da galáxia, ligadas a Terra e seus reflexos alternativos. O restante da galáxia possui outras
histórias evolutivas e contextos que nunca foram colocados na consciência dos terráqueos, por não ter
ressonância com Satânia, como é o caso dos Arconidas e milhares de outras formas de vida além desse
perímetro.
O Império de Orion foi formado das lideranças de Rigel, Orion e Saiph pela liderança e conquistas
políticas de Satanás, que representava o alto comando político e militar das operações secretas dos
interesses desse grupo, que por sua vez controlava via espionagem as ações da Federação e de outros
grupos independentes, que não aceitavam as ponderações políticas de grupos estrangeiros, pois na
realidade a fama da Federação não era das melhores, devido a suas mudanças de atitude e postura ética,
de acordo com os grupos que as representavam por esse motivo houveram muitas mudanças na estrutura
hierárquica da federação, para inserir dentro dela, um equilíbrio, e não a predominância de grupos como
tinha ocorrido muitas vezes, que levaram seus interesses pessoais a interferir nos interesses da maioria
ou da própria federação. Assim existiam muitos grupos estelares, que não aceitavam a federação como
uma autoridade política ou intercâmbio em seus mundos, apenas a toleravam, assim como aos
draconianos, esses grupos representavam pontos a serem conquistados e anexados pelo Império de
Orion, de forma a drenar ainda mais a ação da federação, embora muitos grupos draconianos estivessem
filiados a federação, como tinha sido previsto e era parte da estratégia de Satã, além de ser um desejo de
Lúcifer nos altos escalões, pois todos eram seus filhos.
A verdadeira intenção da formação da Federação estava consolidada, na fraternidade e unificação
consciencial de todas as formas de vida, para que gradualmente superassem suas limitações psíquicas e
raciais, além de dogmas religiosos, que eram comuns dentro de um processo de democratização que era
uma das propostas dessa grande fraternidade. O processo era difícil e todas as linhas psíquicas sutis e
extrafísicas sabiam dos obstáculos que seriam enfrentados e dos problemas que surgiriam, por esse
motivo tantas almas ligadas ao projeto Avatárico², manifestaram seus projetos e novas diretrizes para a
unificação dos grupos, gerando assim uma irmandade. Mesmo dentro do Império de Orion, existia uma
intenção de unificação, para que uma grande guerra pelo poder fosse descartada, pois dentro dessas
cerca de 700 espécies ligadas a matriz genética dos Draconianos, existiam 65 bilhões de almas que
poderiam levar a um caos completo a todo o perímetro existencial da Via Láctea, assim um projeto de
unificação e conscientização tinha que ser efetuado, e Satã e seus discípulos serviram sem perceber a
esse propósito de unificação, mesmo que com outras intenções com relação ao poder e a como utiliza-lo
nas múltiplas realidades existenciais dos domínios que eles tinham.
Entre os enviados de Alfa & Omega através da energia da frota de Sírius, estava a diplomata e
embaixatriz Palanises, que trabalhara muito no aspecto de pacificação interna da Federação, que assim
como todo processo político, passava por etapas de adaptação e superação de conceitos. Outro aliado
poderoso de Palanises, era o Almirante estelar de Alfa Centauro, Ashtar Sheran e ShtarRog, que como
membro do conselho militar e colonizador de Sírius, procurava junto a Ashtar técnicas e manipulações
políticas para apaziguar as divergências internas da Federação, que por sua vez a enfraqueciam frente a
pequenos conflitos com algumas delegações Draconianas, em Draco e em Rigel. Através da energia
superior e sutil dos Arcanjos, foi desenvolvido um plano onde todas as linhas voltadas ao entendimento

²Projeto dos Mentores Siderais, que visava colocar em lugares estratégicos grandes Mestres
Ascensionados a encarnar para gradualmente desenvolver o despertar de consciência das almas presas aos
hologramas e as energias trévicas, controladas pelos mentores e magos negros ligados a Anhotak. Tema
abordado em detalhes no livro Confederação 2.
13
e unificação, se encontrassem e fizessem a sua parte para o bem estar comum de todas as raças, assim os
enviados da Federação e embaixadores do Império de Orion, desenvolveram parâmetros para suas ações
e expansão frente ao universo vizinho, que suas tecnologias permitiam vasculhar e utilizar.
Portanto ao contrario do que muitas pessoas acreditam, as bases do Império de Orion, foi
estabelecida dentro de uma intenção pacifica e com interesse de evitar a segregação racial frente a tantas
divergências raciais e ideológicas, por esse motivo, o caminho para que as raças do Império de Orion se
estabilizassem, não foi curto e manso, houveram muitos incidentes e adaptações psicológicas para que
esse processo ocorresse, mesmo com a participação dos Cenak que possuíam elevados poderes
cerebrais, assim como algumas formas de Rigel e de Draco, no sistema de Draconia, onde os arquétipos
mais antigos dos Draconianos estavam presentes. O Império de Orion é na verdade uma Federação
Intergaláctica de Draconianos, que sustentou uma intenção benéfica e austera por milhares de anos, mas
devido as intenções negativas e imperialistas de Anhotak e seus pupilos, esse processo e conjunto de
intenções, foram sendo gradualmente manipulados e modificados, a medida que o Império de Orion
estava se consolidando, sem que os próprios agentes desse processo o percebessem, foram mudanças
muito sutis, acompanhadas de diversos incidentes políticos em relação as outras formas de vida não
draconianas e a Federação e as Casas de Comercio, que por sua vez desenvolviam um papel político e
mercantil muito relevante, que deu origem a diversos mal entendidos e conflitos, pois o número de
mercenários ligados a casas de comercio clandestinas e mercado negro, era bem mais amplo do que
oficialmente estava contabilizado por ambas as potências e os outros grupos isolados.
As Casas de Comercio tinham um poder político devido a sua ação mercantilista e interesses nas
colônias mineradoras, que eram um dos grandes aspectos de poder e influência política dentro dos
grupos existentes, assim as disputas com os Draconianos se consolidaram nesse campo, pois os
Draconianos detinham um elevado número de planetas, com riquezas naturais e minerais que eram de
importância para a Federação e toda a comunidade estelar em franca expansão e desenvolvimento
tecnológico. Os recursos Draconianos estavam em média cerca de 57% acima dos recursos da liga da
Federação, pois eram recursos existentes em mundos dentro das condições ambientais naturais de muitas
raças draconianas, inclusive raças que respiravam outras formas de composição gasosa, como metano,
amônia e similares, o que dentro do ponto de vista astrofísico, são mundos em maior quantidade
percentualmente a planetas com oxigênio como a Terra ou Orion. Por esse motivo eram mundos ligados
a forma Draconiana de existência. Eram poucas as formas humanóides que detinham essa capacidade de
sobrevivência nesse tipo de mundo, onde a gravidade e condições ambientais são extremas, embora o
número de federados que respiravam combinações com elevado percentual de nitrogênio era muito
comum. Assim as pesquisas da Federação e das Casas de Comercio em mundos de metano ou amônia,
eram mais reduzidas, mas recebiam uma atenção especial, devido as grandes riquezas que esses mundos
mais brutos ofereciam sem maiores complicações de prospecção mineral e profundas perfurações com
sofisticados equipamentos, onde o número de vitimas era bem elevado, assim o uso de escravos também
era uma condição em franca discussão pelas autoridades da Federação e outros grupos, dentro do
Império de Orion também eram abordados essas questões da escravidão, que com o desenvolvimento
tecnológico, ofereceu a robótica como solução para as operações de mineração mais arriscadas.
A pratica da escravidão foi uma linha comum em ambas as formas imperialistas de evolução e
convívio social, pois era a mais fácil e cômoda, tanto os principais grupos da Federação como Sírius,
Centauro, Acturus, Aldebaran e muitos outros, empregaram o uso de mão escrava, como muitas das
delegações Draconianas, a prova disso são as nossas lendas aqui na Terra, como por exemplo as lendas
assírias sobre o povo do planeta Fênix e de Marduk, que escravizavam a mão de obra Negra da África,
para explorarem as profundas cavernas vulcânicas desse continente, informações contidas em
importantes registros. Além de outras revelações feitas nesse sentido pelos Egípcios, Atlantes e outras
civilizações, por tanto a pratica da escravidão é algo que vem de muito antes, dentro do processo
consciencial das raças siderais, que também tinham que passar pelos seus próprios processos e etapas
morais e fraternais até abolirem as etapas negativas de seus processos de adaptação e compreensão da
luz dentro de seus corações.
Ashtar Sheran e ShtarRog, foram importantes combatentes ao processo de escravização de formas
de vida mais simples e primitivas, chegando a desenvolver rebeliões e quebras dentro da política imunda
em diversas ocasiões negras da política da Federação, momentos que grande parte dos Federados negam,

14
que estiveram presentes em muitas ocasiões, dentro das diversas Federações que já existiram e suas
reformas consciências.
Outro aventureiro espacial ligado a proposta de unificação e paz do grupo interno de Satânia, era
Ganeshi, que esteve lendariamente presente na Terra a milhares de anos, esse ser era originário do
principal planeta da estrela de Betelgeuse, que por sua vez era um dos líderes da casa de Comercio de
Actaneshi, fundada pela sua família, que mantinha importantes entrepostos comerciais entre as 3 Marias,
ou seja, Mintaka, Alnilan e Alnitak. Ganeshi foi um dos mais fortes ativistas dos interesses de Kwan
Yng e Rowena dentro desse setor, chegando a negociar com muitas delegações de Rigel e Orion,
tratados de mutua ajuda mercantil e exploração em mundos sob a proteção de Draconia e Orion, assim
como a possibilidade deles também explorarem mundos sob a influência territorial da Federação e da
sua Casa de Comercio Actaneshi. Essa possibilidade foi uma importante abertura política, que permitiu a
participação de outras Casas de Comercio dentro de parâmetros equivalentes, para uma parceria que foi
bem duradoura, pois muitos aspectos tecnológicos empregavam recursos minerais e naturais
semelhantes, assim ambas as partes podiam por outro lado estudar as equivalências tecnológicas de seus
potenciais inimigos seguindo os interesses militares dos altos oficiais e seus jogos de poder, que
disfarçadamente estudavam o potencial do seu oponente invisível.
Existe um aspecto interessantes, que nem toda a Federação dispunha dos mesmos recursos
tecnológicos e avanços dentro desse seguimento, isso por que devido aos problemas políticos de
adaptação dentro de diversas raças e seus interesses pessoais, sendo gradualmente combatidos e
transmutados, existiam grupos de elite especiais dentro da própria federação, sendo que alguns desses
grupos eram secretos dentro dos altos escalões da Federação. Frotas invisíveis que só entravam em ação
em situações muito delicadas, e normalmente efetuavam pesquisas em regiões mais periféricas da
galáxia e procuravam furar o campo de frequência do perímetro de influência do grupo estelar
mencionado. Esses grupos estavam sediados em algumas delegações de Sírius, Arcturos, Plêiades e
Centauro, das quais Ashtar era um dos almirantes de posse de diversos segredos disso, além de uma
delegação secreta de Canopus, que estava além da orbe da Federação, por ser na verdade uma linha
avançada da Confederação, com a qual Ashtar Sheran mantinha contato com outras realidades
superiores, além do holograma convencional manifestado pelas almas em Satânia e arredores.
Justamente os líderes militares e políticos como Satanás estavam atrás desse tipo de contato e
tecnologia, que sabiam estar bem além da que era empregada pelas outras ramificações da Federação.
Em linhas gerais existia uma determinada equivalência entre as forças da Federação e do Império de
Orion, mas o número da frota de Orion era bem superior a da Federação, além de serem naves
desenvolvidas com um elevado potencial bélico, o que não ocorria nas naves de exploração da
Federação.
Por outro lado Anhotak tinha instruído Toalk e Satã de desenvolverem as altas tecnologias para
grupos de elite de Draconia e Orion, a fim de prepararem as futuras invasões contra as linhas da
Federação. Essa intenção tinha sido plasmada além da barreira temporal da situação existente, nos
planos da 6ª dimensão, onde os hologramas eram controlados, a partir do mental superior dessas
divindades comprometidas com o aspecto do Anti-Cristo, aspecto que esta cristalizado desde os planos
superiores da 15ª dimensão onde Anhotak se manifesta como Divindade de Filho Criador ou Eternal,
como pode ser também classificado. Por esse motivo todas as formas de vida nos planos inferiores,
trabalham de acordo com programações detalhadas das próprias almas conscientes, que formatam os
hologramas onde a alma encarna.
Essa frota Imperial secreta a exemplo da frota secreta da Federação, era composta pela mais
elevada tecnologia transmitida de Arconis e Andromeda, pelos outros focos Draconianos, com a
intenção de supervisionar e servir de força de elite, que deveria intimidar as próprias fileiras internas do
Império de Orion, assim como a GESTAPO intimidava as tropas comuns do exercito alemão na segunda
guerra mundial. Essa frota de elite desempenhava um papel de pirataria e ocupacional em processos de
colonização em mundos afastados, sem identificar-se objetivamente, assim era tida como uma lenda,
pois seus oficiais eram desconhecidos e a sua real função e existência sempre eram apagados dos
arquivos, existindo diversos grupo que serviam de fachada para sua real operação. Essa frota era o poder
direto de Satanás e sua equipe encarnada, com cerca de 5000 unidades de grande porte, cada unidade de
combate com capacidade de 8.000 tripulantes e sistemas de caça bombardeiros para 1200 naves de
ataque fulminantes. Assim o poder bélico dessa armada secreta contava com 6.000.000 de naves de

15
ataque em média, um poder respeitável para todo o quadrante, somente essa armada tinha condições de
eliminar as frotas da Federação unida de planetas, pois seu armamento estava bem acima do
desenvolvido pelas linhas convencionais da tecnologia da Federação. O poder bélico da Federação
estava em cerca de 22000 naves de combate, 12000 de exploração e colonização. Pois na realidade a
Federação não tinha sido formatada como força armada, e antes uma união para cuidar dos interesses
políticos e mercantis de grupos estelares, o aspecto bélico tinha surgido por consequência, mas o grau de
reprodução das raças Draconianas era muito mais elevado que das formas humanóides, o que explica
esse elevado grau de construção de naves para a armada. A frota do Império de Orion era estruturada por
cerca de 120 mil unidades, cerca de 5 vezes maior que da Federação, por esse motivo a presença de
tantos negociadores e acordos de paz e trocas de favor, para evitar uma ofensiva por parte do Império de
Orion, pois normalmente eles tinham a vantagem numérica, que algumas vezes era equilibrada pela
astúcia dos cosmonautas da Federação e tecnologia mais refinada nos sistemas de defesa e propulsão,
que detinham características superiores as naves da frota de Orion.
A Frota secreta da Federação tinha sido montada pelos Canopianos e outras delegações externas do
grupo setentrional, para equilibrar o poder, a pedido do Conselho dos Anciões, junto a diversos Arcanjos
e Engenheiros Siderais, onde Shtareer entrou como mediador e sustentador dessa nova Frota de
Merkabas, que ele trouxe do Universo Local de Shinkara, onde ele é um Filho Eternal sustentador dos
projetos criativos, em parceria com Micah, ele desenvolveu toda uma estratégia e jogo de Xadrez, para
enfrentar Anhotak e seus discípulos. Assim a nova Frota da Federação na realidade era uma poderosa
frota de Merkabas materializada em diversos planos dimensionais, para atuar como bloqueio a ação da
frota imperial secreta. Isso por que as manipulações além da linha temporal dos hologramas podiam ser
detectadas pela consciência superior dos criadores, isso ajudava a manter o equilíbrio do sistema e do
jogo, que cada lado tentava plasmar através das almas encarnadas.

Esse perímetro operacional de 14.765,48 anos Luz, como pode ser visto é apenas uma parte da
nossa galáxia, existem muitos outros setores, que assistiram aos acontecimentos, e a medida que os
mesmos foram se tornando mais complexos e ameaçadores para o restante da comunidade da Via
Láctea, outras forças de Luz entraram no contexto, para ajudar a conter os excessos e situações cármicas
de desequilíbrio cósmico. Isso por que toda a Via Láctea é um grande corpo vivo, que através de
ressonância sofre as ações de qualquer ponto interno, da mesma forma que um corpo humano. Cada
ponto esta ligado pelo sistema imunológico e sistema sensorial, o que influencia todo o organismo,
quando existe algum ponto defeituoso ou doente.

16
Essa representação busca colocar alguns dos centros de poder como ponto de orientação, frente ao
que foi a grande Rebelião de Lúcifer em comparação com a Via Láctea, notem, que na região de Vela,
que é um grande aglomerado de nebulosas e galáxias, existe uma brecha dimensional que permite o
acesso a outras realidades dimensionais da galáxia a partir de Canopus e da Constelação do Centauro,
onde esta localizada a estrela de Alfa Centauro.
Temos apenas 18 centros de poder projetados dentro dessa figura, no entanto são mas de 45
centros de poder e interesses políticos, que levaram a uma grande infecção cultural e ideológica, dentro
das tramas dos hologramas materiais que lá se manifestaram. Também podemos notar a presença interna
do nosso Sistema Solar, justo no limite territorial entre o Império de Sírius e de Orion, o que por sua vez
resultou em muitos conflitos e tratados não cumpridos por ambas as partes, no que se refere aos direitos
ocupacionais e de experiências genéticas e exploração dos recursos naturais dos planetas do nosso
sistema solar, entre eles é claro que da Terra, que por esse grupo foi denominado de planeta CHAN
(XAN), como muitos contatados o tem recebido, além do nome oficial da Confederação que é
URANTIA. Outros grupos estelares presentes dentro desse contexto, são os Nodianos e Gracianos, que
estiveram presentes na Terra diversas vezes, em diferentes oportunidades.
O grupo estelar de Carina, onde a estrela de Canopus é a Alfa, e a segunda estrela mais brilhante
do céu, relativamente próximo a Sírius Alfa, representa uma grande incógnita para muitas civilizações
estelares, pois sua civilização nunca foi encontrada no plano existencial dos hologramas abaixo da 6ª
dimensão, mesmo pelas naves da Federação, no entanto os registros da existência de diversas formas de
vida em planos materiais é um fato em mais de 13 planetas desse grupo estelar. Mas a presença deles
como mentores espirituais e Mestres de luz, é parte de muitas lendas das antigas legiões da Federação e
de outras civilizações que na nossa atualidade são da Federação. Esse grupo estelar ascensionou a mais
de 5,7 bilhões de anos para os níveis superiores entre a 6ª e 12ª dimensão, e podem ser considerados
como os anciões estelares do nosso quadrante onde temos o perímetro descriminado em nosso relato.
Do campo magnético de Canopus e suas estrelas vizinhas, temos um importante Portal
dimensional e temporal, que permite a entrada para o grupo de nebulosas de Vela e de Hércules, onde
temos acesso a outras realidades existências além da nossa Via Láctea, assim os Canopianos, são os
guardiões desse importante Portal, que reserva importantes ligações criativas dos Filhos Paradisíacos,
onde Shtareer tem desenvolvido muitas ações com a Nave Estrela da Vida³ e outros Engenheiros
Siderais, ligados ao projeto do novo Universo de Unana.
Com a presença de seres conscientes, do jogo de Xadrez Cósmico entre diversos filhos
Paradisíacos que estava sendo travada em diversos níveis dentro do universo Local de Nebadon, onde
Micah e Anhotak eram os articuladores que por sua vez detinham inúmeros outros seres abaixo de suas
consciências, para tentar inserir a sua perspectiva de amor, luz ou trevas conforme o enfoque. Sendo, no
entanto, Micah o dono efetivo e líder responsável efetivo de Nebadon, os outros filhos Paradisíacos

³Verificar descrição dessa nave, no livro Comandos Estelares, publicado pela Editora Madras em
1998, onde relata o contato com a nave Tetras do cometa Haly Bop e sua tripulação.
17
estavam usurpando a casa de Micah e sua família, com tentativas hediondas de modificar as Leis
Naturais de Nebadon, em mais de 13 lugares diferentes, entre eles o nosso quadrante das 21 galáxias.
Sendo que em Satânia existia o ponto de partida para uma cruzada com proporções muito maiores das
previstas pelos próprios manipuladores e vitimas desse movimento subversivo que acabaria se
transformando na grande Rebelião de Lúcifer, como é conhecida na Terra, mas que na verdade é uma
rebelião que foi encabeçada por Anhotak e mais 9 membros da alta hierarquia criativa, que com suas
idéias próprias, queriam reverter muitos processos existentes em outros lugares do universo além de
Nebadon, onde confrontaram a Shtareer e sua equipe com as frotas negras. Nesse processo Shtareer com
sua frota e a Estrela da Vida, enfrentaram e derrotaram inúmeras naves da frota imperial negra dos
usurpadores da luz. Por esse motivo Shtareer com sua equipe vieram dar apoio a Micah e sua equipe
com a Estrela da Vida e outras naves, para formar uma aliança de paz e de oposição as diversas formas
de manipulação que estavam sendo praticadas em milhares de localidades de Nebadon.
Um aspecto importante desse processo no que se refere as grandes guerras nas quais as forças das
trevas venceram a Federação, é relativo a diferença entre a unicidade psíquica e consciencial dos
Draconianos do Império de Orion, contra as divergências políticas e raciais da Federação, que
enfraqueciam sua ação e comprometimento com as diretrizes políticas gerenciadas pela cúpula
governamental dos planetas unidos. Esse aspecto foi o que levou a derrota inúmeras vezes as ações
isoladas ou conjuntas da Federação, pois não existia um comprometimento e um amadurecimento
espiritual nas ações que essa organização apresentava para a comunidade e suas praticas, como ocorre
em nosso mundo na política internacional e na falta de poder efetivo da ONU em direcionar a política
internacional de forma austera, justa e verdadeira.
Essa Frota da Confederação é composta de Merkabas multidimensionais, que podem se projetar
desde as elevadas dimensões além do universo Teta, até a materialização dentro da realidade material
das formas de vida dos mundos de Satânia, e projetar a sua imagem em diversos planos em paralelo.
Essa frota na ocasião era composta por cerca de 1.500.000 naves de diversos tipos e tamanhos, com
naves mãe com cerca de 200 Km de comprimento e capacidade para suportar vida em diversos planos e
resgatar planetas, como poderosas naves de combate e caças multidimensionais como o caso da Ave
Negra e Dourada que Shtareer utiliza em suas missões avançadas, que é uma extensão critica de seu ser.
Essas Merkabas, são naves com consciência crística, e por esse motivo elas atuam dentro da linha do
amor e da justiça, não se prestando para ações negativas ou unilaterais como costumam ser empregadas
as naves bélicas pelas forças em evolução dentro de suas manipulações políticas.
Essa frota estava estrategicamente dividida dentro do grupo das 21 galáxias, devido aos focos
locais de rebelião que cada uma delas ancorava, sendo um dos principais focos Andromeda e Arconis,
onde em esconderijos no subespaço e hiperespaço, estavam a maior parte das bases secretas desses seres
negativos, para impedir o rastreamento e localização de suas operações secretas a distância com seus
focos externos como Satã e seus seguidores.
No entanto um dos maiores aspectos da expansão das rebeliões, foi o livre arbítrio que cada alma
desenvolvia com a sua vontade própria de participar desses movimentos, assim com o tempo essa
vontade própria, passou a ser manipulada pela egrégora cármica gerada e pela manipulação eletrônica
dos seres satânicos e corruptos, que estavam presentes nesses centros estratégicos de poder. O que no
começo tinha se iniciado pelo livre arbítrio das almas encarnadas em seus hologramas
multidimensionais, acabará se tornando uma prisão devido as relações cármicas geradas com suas
formas pensamento perante o universo, ficando cada vez mais presas em uma espessa teia de ligações e
dividas cármicas, o que com o tempo foi sendo plasmado a níveis mais densos, e o livre arbítrio foi
sendo perdido gradualmente, onde as almas acabaram por ficar aprisionadas.
A tecnologia de manipulação era cada vez mais avançada, o que impedia a percepção do livre
arbítrio na maior parte das almas encarnadas desde planos da 5ª dimensão, esse fator foi decisivo para o
despertar das guerras e da rebelião sistemática em milhares de setores do grupo das 21 galáxias. Esse
processo foi se agravando dentro dos setores mais competitivos de Satânia, onde o Império de Orion
desenvolvia uma corrida pela tecnologia e amplificação do seu raio de ação junto a seus aliados em
Rigel e Draco, consolidando o que foi o grande Império de Orion, que de certa forma também era uma
Federação unida de diversos planetas e raças Draconianas, insectóides, alados e suas variações, onde
muitas formas humanóides foram anexadas, e posteriormente a forma humana da raça negra próxima ao
quadrante da estrela de Orion, de um sistema solar a cerca de 4,7 anos luz da estrela Orion, um sistema

18
com 12 planetas onde no 5ª planeta, estava o padrão Adâmico da raça negra, que também esteve
presente na Terra, Altair e outros mundos de Sírius. Essa raça humana era uma derivação racial de varias
formas negras entre Sírius e Altair, que tinha sido gerada em laboratório secretamente e implantada no
sistema de Tundra, que é o nome que eles deram em código para tal sistema. Uma raça que serviu de
ponto inicial para a criação dos outros protótipos de Dracos humanóides, semelhantes aos de Vega. Esta
raça negra era guerreira e apresentava as características dos Maldequianos que iriam ser plasmados
dentro da realidade do nosso Sistema Solar, através da energia Liriana, Veganiana e com a participação
posterior de Orion. Essa raça foi uma das mais poderosas e bélicas dentro da estrutura humana que se
tem noticia, pois tinham sido gerados para serem combatentes de elite, com dezenas de manipulações
genéticas nesse sentido. Foi essa raça negra que adquiriu o grande carma da escravidão e sofrimento
pelo que ela pregou no passado como conquistadora pela força junto a uma das linhas operacionais do
Império de Orion.
Muitas outras raças entre Draconianas, Humanóides, Insectóides, anfíbias, aladas e etéreas,
adquiriram um forte carma para com o universo em suas aventuras de consciência no processo evolutivo
de suas sagas pelo poder e pelo conhecimento, que estava sendo manipulado e direcionado para os
interesses diretos que Anhotak e seus agentes projetavam para as realidades alternativas de cada alma.
Em nosso Setor de Satânia, dentro de 4 faixas dimensionais e cerca de 49 realidades paralelas, foram
geradas por mais de 413 trilhões de almas, milhares de experiências encarnacionais e seus reflexos
cármicos multidimensionalmente foram se ramificando e dependendo um do outro, o que explica muitas
coisas dentro da história estelar de Satânia e da nossa própria Galáxia frente a sua densidade e padrões
vibracionais em sua trajetória como Mãe da Vida.
Nessas realidades que são sustentadas pela egrégora criadora das 7 grandes estrelas, que formam o
que a humanidade conhece como Alfa & Omega, onde a estrela de Sírius é o ponto mais luminoso de
uma sistema estelar complexo, onde temos toda a relação com o calendário Maia e sua propagação de
260 mil anos de rotação cósmica, que por sua vez esta relacionado com as 12 casas do zodíaco. Essas
relações estelares e sistêmicas, fazem parte das chaves de conexão com as outras realidades e os Portais
de acesso a essas realidades paralelas dessas 413 trilhões de almas projetadas dentro do perímetro que
envolveu as questões políticas da rebelião.
Nesse contexto entra a geometria sagrada e suas conexões para a compreensão do que é realmente
cada Portal e sua importância dentro dos hologramas e da cadeia genética que cada ser plasma ao
encarnar dentro dos hologramas.

A Ilusão das Encarnações

Como colocamos, cerca de 413 trilhões de almas estavam engajadas no processo encarnacional e
portanto de hologramas dentro do Sistema Coletivo de Satânia, onde desde o plano da 6ª dimensão até a
materialidade da 3ª dimensão em equivalência a terrena, diversas matrizes de Forma Pensamento e
aspectos políticos e mortais estavam sendo plasmados, onde a alta tecnologia dominava e sustentava um
sistema em crescimento e expansão estelar, para uma corrida consumista e material, onde os poderes e
capacidades do espírito eram supridas pela tecnologia, aqueles que detinham poderes naturais, ficavam
na linha de comando e desenvolviam seus planos para criar hologramas materiais clonados em outros
mundos, onde parte das almas encarnadas nos grandes centros coletivos de Draconia deveriam se
projetar, iniciando assim um plano de invasão em massa em outras realidades, além de solucionar o
problema da superpopulação que dentro da estrutura Draconiana é uma questão importante. O
crescimento de suas civilizações é muito mais acelerado que dos humanóides, com isso muitas técnicas
de contenção populacional e da fertilidade foram profundamente estudados pelos cientistas para assim
poderem controlar tais aspectos, em paralelo os planos de conquista e da guerras eram uma forma
também de manter o índice da população em valores controlados, por esse motivo muitas linhas
populacionais dos Draconianos optavam pela guerra para controlar o número de cidadãos.
Com o número grande de almas se projetando dentro de Satânia, a proliferação de vida começava a
se formatar em diversas realidades materiais e paralelas, que foram sendo plasmadas pelas Formas
Pensamento de cada alma em seus mundos e realidades, gerando uma incrível malha interligada com
pontos paradoxais de grande importância entre cada um dos mundos que compunha a Federação, Casas
19
de Comercio e o Império de Orion, pois cada almas tinha uma alma gêmea paralela plasmada
encarnacionalmente em outros pontos que por sua vez estavam atreladas a essa malha de ação e reação
entre as diferentes realidades de Satânia. Esse processo acabou por gerar uma dependência cármica cada
vez mais ampla e delicada entre cada realidade e seus planetas, além de impelir a comunicação
inconsciente de muitas dessas formas de vida. O processo de morte onde as almas por sua vez em muitos
casos ficavam em realidades mais sutis, e voltavam a se projetar para realidades materiais, também era
um outro fator complicado dentro das relações cármicas que estavam sendo plasmadas por cada alma.
Pois a maior parte gradualmente perdeu a compreensão sobre as Leis universais e principalmente sobre a
reação das Formas Pensamento que eram geradas pelo espírito encarnado, seja no aspecto emocional ou
mental, esses Elementais eram uma criação que por sua vez interferia na estrutura atômica do universo e
por ressonância em todas as realidades materiais abaixo da estrutura do Eu Superior plasmada na 7ª
dimensão. Assim todas as realidades estavam atreladas umas as outras de forma dependente e para
solucionar os problemas, todas elas deveriam sanar suas dividas, o que não ocorria, devido a ignorância
que estava se implantando nos mundos industrializados e a corrida pelo poder que estava sendo gerada
pelo próprio interesse satânico de diversos contatados e discípulos de Anhotak, onde o nome de Lúcifer
estava sendo jogado na lama devido a diversas atividades subversivas de alto risco e negatividade.
Para manter as ilusões em franca expansão, os dirigentes de diversos setores de Satânia, sejam eles
do Império de Orion, como das diversas delegações da Federação, procuravam desenvolver situações de
expansionismo onde todos tivessem a oportunidade de crescimento e com isso de ocupar seu tempo com
a corrida pelo poder e pela conquista do universo local, procurando formas de atingir as estrelas mais
longínquas, onde através dos Portais Estelares, seria possível saltar para outras galáxias e criar pontes de
comunicação para unificar a Federação com outros que deveriam existir nas outras galáxias. Assim
ocorria também com os interesses do Império de Orion e do Império de Draco, que por sua vez
procurava a unificação em sistema de castas de todas as formas Draconianas, para assim manter um
controle total sobre as formas de vida e seus pensamentos, através de sistemas de monitoramento
sensorial. A federação por sua vez também trabalhava em sistemas semelhantes, devido a idéia ter sido
gerada nos planos mais elevados e sutis.
Uma importante oponente aos planos nefastos dos grupos Anti-Cristo que estavam plasmados
dentro de Satânia, foi a Imperatriz Lilith, que na realidade era um complemento divino de Lúcifer nas
altas esferas, e resolveu se projetar nas holografias encarnacionais de Satânia, para restaurar a Fé no
santo nome de Lúcifer como Lanonadek, ela se aliou a diversos grupos que se opunham a ação negativa
e perversa de Satã. Restaurando a verdade e o conhecimento, por esse motivo ela é denominada como a
mulher de detinha o conhecimento dos Deuses e se rebelou contra os mesmos, pois esses Deuses,
estavam sustentando os planos negativos das trevas, para aprisionar a todas as almas dentro de ilusões
materiais. Lilith foi uma importante peça dentro do jogo cósmico, que se aliou aos Mestres de Alnilan e
Sírius para desenvolver uma resistência operacional as técnicas opressivas do Império e dos grupos
tutelados e financiados pelo Império dentro da criminalidade, que também estavam presentes dentro de
algumas delegações da Federação.
Lilith sabia perfeitamente sobre os hologramas e as ilusões que estavam sendo geradas a partir da
formatação sensorial da política sideral que os grupos poderosos estavam plasmando para suas
civilizações, além dos aspectos psíquicos e mentais que eram controlados pela mídia, assim Lilith tinha
que gerar situações de despertar a consciência e criar uma situação de oposição aos movimentos
imperialistas e principalmente, ilusionistas que estavam sendo inseridos nas vidas de trilhões de almas,
sem que elas percebessem esse processo. Assim a liga de resistência de Lilith estava muito bem
alicerçada, pois ela procurava apoio nos focos de luz dos Mestres e do próprio Lúcifer e seus agentes
secretos, para reverter o quadro negativo que tinha sido inserido em seu universo, que por outro lado
gerava uma situação instável perante Micahel e Emannuel no que diz respeito ao efeito de ressonância, a
indisplicência de Lúcifer estava sendo questionada ao ter escolhido Satã como lugar tenente e
representante dos Lanonadek no Conselho. Por outro lado as conexões tensas entre Lúcifer e Anhotak e
Yahweh eram muito exploradas pela políticas cósmica, buscando as realidades paralelas dessa dualidade
que estava sendo plasmada ao redor de Lúcifer, como guardião da polaridade junto com Metraton e
Sandalfon. Assim além das questões materiais onde as almas encarnavam ou se projetavam na
fisicalidade desde a 3ª a 6ª dimensão, existiam as questões políticas além dessa orbe, onde inimigos de
Micahel procuravam inserir a discórdia entre Lúcifer e Arcanjo Gabriel, para destituí-lo do Conselho,

20
através da manipulação de Anhotak. Por outro Lado Micah através da energia de Mastreia e Sanat
Kumara, mantinham um trabalho de ajuda e investigação das ações de todos os envolvidos na corrupção
e complô contra o aspecto Crístico, sendo no entanto uma coisa que tinha sido prevista nas altas esferas
por Micah e Emannuel muito antes da formatação da Via Láctea e da nebulosa de Andronover a mais de
200 bilhões de anos terrenos. Portanto estavam se cumprindo as realidades paralelas de consciência que
tinham saído autorizadas a manifestar suas verdades e ilusões. No entanto as reações energéticas,
estavam contaminando a galáxia, e um cerco de energia ou barreira de frequência, tinha que ser inserida
ao redor do perímetro nefasto em questão como já vimos.
Para criar um sistema biológico desde os planos sutis da 6ª dimensão, onde as almas deveriam
encarnar, era necessário a preparação dos arquétipos desde o plano da 7ª dimensão, onde a verdadeira
identidade de cada alma existe. Essa realidade é denominada pelos humanos da Terra de Divina
Presença Eu Sou, que é o aspecto onde a nossa consciência esta ligada a energia Suprema e detêm uma
consciência Crística. No entanto as Divinas Presenças que estavam conectadas com a essência de
Anhotak, como dirigente e foco Crístico, mesmo que ele fosse um Anti-Cristo em relação a proposta de
Micah e seus filhos, existia a dualidade de escolha e proposta mesmo nesses níveis, ainda mais com as
almas que vinham de Arconis, a galáxia matriz operacional de Anhotak de onde Satã era um importante
líder. Assim esses focos, iniciaram a construção de arquétipos existenciais e planos de como inserir
dentro das realidades inferiores, padrões vibracionais, que permitissem a inoculação da dualidade sobre
os planos de Lúcifer e de Micah. Assim a manipulação partiu das altas esferas construindo padrões
genéticos com características especiais, onde a semente do Anti-Cristo de Anhotak se manifestasse após
um tempo devido a própria dualidade do universo de livre arbítrio. Com esse tipo de manipulação
iniciou-se uma série de pesquisas e intervenções desde o plano da 6ª dimensão, para controlar a psique
das almas encarnadas, criando através de circuitos e sondas etéreas, a inoculação de padrões vibracionais
e radiações para despertar a energias do Anti-Cristo, que estavam inoculadas nas matrizes genéticas de
milhares de raças, sendo a raça Draconiana uma das escolhidas, por ser naturalmente uma espécie
predadora, ideal para se tornar uma forma bélica e conquistadora, com características fisiológicas que
em geral superavam as espécies paralelas.
As radiações que eram inseridas para ativar o despertar de um maior índice de dualidade e
negatividade, eram efetuados através de estrelas e naves invisíveis, estacionarias próximas aos locais
que escolhiam como centro operacional. Assim essas naves se acoplavam as estrelas centrais de um
sistema planetário e iniciavam a transmissão desses padrões energéticos, que com o tempo de algumas
gerações acabavam por despertar e germinar a semente de Anhotak na consciência das almas que tinham
encarnado nessas realidades, no entanto essas almas acabavam por gerar formas pensamento destoantes
em relação ao equilíbrio do universo a sua volta, o que acarretava em uma situação cármica muito mais
ampla do esperado, assim essa alma ficava presa devido a divida cármica para com seu meio ambiente e
universo de Elementais, tendo que sanar esse processo, assim essa alma acabava reduzindo seu padrão
vibracional sem perceber, e acabava ficando preso a ilusão encarnacional em ciclos repetitivos e nas
realidades paralelas que também eram contaminadas. Assim as almas foram ficando presas
gradualmente nas encarnações devido a redução de seus padrões vibracionais emocionais, mentais e
psíquicos, devido as radiações de manipulação inseridas pelas tropas de Anhotak e pelos planos
subversivos de Toalk e Satã, onde milhares de almas tinham encarnado com esse propósito, permitindo
que um plano de longa complexidade se formatasse na consciência e na realidade a partir da 6ª
dimensão, onde a dualidade Crística é muito mias complexa, pois ela esta relacionada a própria
realidade dual do universo. Existe muita diferença entre a dualidade e polaridade da nossa realidade
material com a das esferas mais sutis como no caso da 6ª dimensão, onde detemos uma dualidade em
nosso corpo mental superior e nos arquétipos que outrora foram manipulados pelas realidades etéreas
onde também existem forças nefastas sutis atuando.
A dualidade deixa de existir somente quando a consciência se funde ao Cristo Cósmico, o que
normalmente ocorre nas esferas da 8ª dimensão, no entanto Anhotak habita uma realidade de 15ª
dimensão, o que significa que existe uma dualidade intrínseca com a fonte criadora, que detém um
propósito, a partir dos Filhos Eternal ou Filhos Paradisíacos, de onde provêm a dualidade, como foi
explicado no livro Confederação 2.
O foco das Mônadas tem relação com esta dualidade, pois Anhotak representa um foco Monádico,
onde a essência esta conectada a uma proposta de vampirização em relação as criações que ela mesma

21
gera, consumindo a energia criativa de cada uma de suas criações, impedindo que elas se libertem e
possam se unificar como criadores plenos com a sua Mônada criadora. Assim esse tipo de Mônada,
representa um aspecto e propósito evolutivo que existe como parte da dualidade do universo e da própria
atomística, onde os valores morais e éticas, podem ser discutidos sob diversos pontos de vista, como
ocorre com diversas raças estelares, que tem utilizado seu livre arbítrio para manipular e escravizar as
formas mais primitivas, da mesma forma como em nossa sociedade escravizamos e matamos, sem ter
uma consciência dos nossos atos dentro de uma realidade cósmicas mais ampla.
As Mônadas comprometidas com outro aspecto evolutivo, detêm outra forma de experienciar as
realidades materiais, o que para nossa consciência representam o lado negativo ou das trevas, que na
realidade também representa uma realidade da criação, pois ela existe dentro da própria estrutura do
átomo, sendo assim a relação entre o Cristo e o Anti-Cristo, representam duas forças em equilíbrio que
se movimentam para dar as almas o enfoque de ambas em sua jornada evolutiva e despertar de
consciência, quando uma alma se liberta das ilusões e dos hologramas que aceitaram por ignorância, ou
por manipulação, ela adquire uma percepção do universo muito mais ampla, por ter conhecido ambas as
realidades da criação e com isso integra a sua Mônada uma postura de plenitude, o que no entanto é
demorado para as almas que se perderam dentro da linha negativa, pois esse foco traz muito sofrimento
e detêm um tempo muito maior para a libertação, devido as diversas vertentes dessa energia, criadas
artificialmente pelas forças que a controlam, devido a natureza de vampirização que esse foco representa
e manifesta nas almas conectadas a essa realidade aparente.
Com o desenvolvimento técnico dos grupos que detinham o poder, as formas de manipulação para
sustentar o plano dos hologramas, foram sendo cada vez mais amplificados e otimizados, de forma a
criar uma rede eletrônica de alta ramificação onde os impulsos de redução vibracional eram cada vez
mais presentes, dentro dos sistemas onde esses impulsos não existiam, uma outra realidade de
consciência se fazia real para as almas, mesmo existindo a dualidade, ela era vivenciada no
relacionamento com as outras formas de vida que eram manipuladas pela realidade das trevas, assim se
iniciou a disputa entre ambas as realidades, devido a diferença de foco e de percepção das energias
criadoras do universo, seres ligados a uma proposta de hologramas mais crística e sutil, o que
determinou a dualidade de forma clara e critica entre ambas as vertentes da criação, onde com o tempo
as adaptações políticas de outros grupos foram integrando uma rede complexa de jogos de interesses e
manipulações pelo poder para a sobrevivência de civilizações que estavam no centro de interesses de
ambas as posturas, surgindo assim uma poderosa ilusão onde todas as realidades, acabaram devido a
suas criações de Elementais, gerando uma oura forma de ilusão ligada a ressonância de seus
pensamentos, onde a realidade é formatada pelos Elementais que criamos, o mesmo que ocorre com
nossa civilização. Alias tema de uma importante palestra que meu Irmão e Amigo Ayrton Bicas 4
canalizou recentemente, de como nossa realidade de ressonância vibracional é proporcional ao conjunto
de Formas Pensamento que criamos e que emitimos para o universo, que pela Lei de retorno configura
nosso campo magnético e consequentemente nossa Aura.
Assim dessa forma muitas realidades planetárias foram sendo plasmadas e cristalizadas conforme a
criação e projeção dos pensamentos e sentimentos dessas civilizações, o que formatou com o tempo a
realidade perante o universo material em seus diversos níveis de expressão dimensional e
multidimensional, por todas as realidades existenciais estarem intrinsecamente ligadas, uma as outras,
como demonstram os teoremas de eletromagnetismo e da própria interação molecular do universo e dos
nossos corpos.
Como ambas as propostas estavam projetadas dentro das múltiplas realidades do Sistema de
Satânia, o aspecto da dualidade e das conseguintes polaridades e posturas, eram inevitáveis, criando
assim a proposta da Luz Crística, da Luz mental, das Trevas de Vampirização e das Trevas
maquiavélicas, todas com diferentes intensidade e intenções, gerando uma realidade de Formas
dddddddd.
4
Ayrton Bicas, Quirólogo, Tarólogo, iniciado nas tradições da Kaballah, com sentidos de clarividência
e clariaudiência e teletransporte conscientemente desenvolvidos. Canal dos Mestres de Luz da Fraternidade
Branca integralizados ao Comando Estelar e a consciência Crística, desenvolve diversas atividades de
atendimento pessoal, palestras pelo Brasil, cura, harmonização. Publicou seu próprio livro intitulado
Mensageiros das Estrelas, através da canalização do Mestre Sananda na energia da consciência de
Hanymeck.

22
Pensamento que acabou por cristalizaras uma grande variedade de realidades e conceitos dentro de cada
civilização e suas propostas em relação a sua estrutura racial e existencial dentro de cada plano
holográfico que habitavam. Isso acabou por cristalizar potencialmente suas realidades e propósitos de
vida e experiências de consciência que tinham para realizar dentro de seus propósitos, o que por sua vez
acabou por gerar uma deformação na linha existencial do continuo espaço tempo, gerando um efeito de
entropia entre as diferentes realidades e o contato com outras civilizações. assim a polaridade foi sendo
formatada e vivenciada de diferentes formas e sentimentos pelas raças que acabaram se encontrando e
confrontando suas diferentes formas de enxergar o universo e a espiritualidade.
Ao se formatarem essas diferenças e consequentemente polaridades psíquicas, o processo de
aprisionamento nas ilusões e nos hologramas foi ficando cada vez mais amplificado e complexo, o que
por sua vez acabou por se auto sustentar devido as Formas Pensamento que cada individualidade
encarnada gerava sobre esses aspectos e suas experiências no dia a dia, quando trilhões de almas
passaram e vivenciar essas diferenças e gerar suas próprias criações, a malha das ilusões e manipulação
sensorial saiu de controle e todos os dirigentes nefastos de Toalk e satã perderam o referencial do início
e fim desse processo, onde o projeto Avatárico era uma das formas de conduzir um meio de equilíbrio,
no entanto devido a grande conturbação das energias criadas nesse processo, ambas as polaridades,
tiveram que inserir estratagemas de emergência para resguardar a verdade e sustentar seu propósito
divino.
Para inserir esse estratagema emergencial, ambas as linhas Monádicas, inseriram seus agentes
secretos dentro dos hologramas nos diversos níveis de consciência para otimizar o despertar de
consciência, de acordo com os interesses de ambos os focos. Isso por sua vez permitiu que cada Mônada
envolvida inserisse seus agentes dentro do processo Avatárico que foi autorizado por Micah para a
realidade cósmica onde seus filhos e netos de criação estavam sofrendo e levando a um efeito de
entropia toda a galáxia e a estabilidade existencial dos universos paralelos dentro dos corpos sutis de
cada alma.
A exemplo do Governo Secreto existente na Terra, todo o processo existencial de Satânia, era
sustentado e manipulado por um grande e maquiavélico Governo Secreto, que por sua vez, detinha
diversos grupos isolados que faziam as maquinações a mando do dirigente máximo de Anhotak, que
tinha em Satã e Toalk as rédeas para controlar as holografias encarnacionais das almas, a partir do foco
Monádico que ele tinha plasmado. Em oposição existia outro Governo Secreto, o dos Mestres das
Diversas Fraternidades Ascensionadas que procuravam irradiar luz e conhecimento para seus discípulos
e simpatizantes, promovendo assim o equilíbrio entre ambas as realidades, um equilíbrio tênue e muito
delicado, pois existiam setores de Satânia, onde esse equilíbrio não existia, devido ao excesso de
negatividade, ou mesmo ao excesso de luz fanatizada por muitos grupos que sem compreender a
realidade da dualidade, procuravam de forma fanática, inserir a força valores e conceitos que somente
algumas almas tinham capacidade para digerir e transmutar dentro de seus corações.

Os Agentes Infiltrados
Esses agentes que tinham sido enviados por ambas as fontes e posturas, tinham por objetivo
potencializar ao máximo as diretrizes de seus focos Crísticos e Monádicos, para inserir o despertar de
consciência conforme o foco. Assim ambas as linhas enviaram seus agentes secretos para servir de
polarizadores e Avatares tanto da luz, como das trevas, para potencializar ainda mais o despertar para a
luz ou para as trevas.
Entre os Agentes da Luz e da linha Crística de Micah, tínhamos diversos agentes que estavam
infiltrados estrategicamente em lugares e posições políticas, que fizeram a diferença nos processos de
transformação consciencial das Federações e casas de Comercio, assim como também alguns deles
infiltrados dentro das fileiras Draconianas de Draconia e Orion, através dos antigos mentores espirituais
desses povos, que tinham atingido o caminho e ascensão crística em outras eras perdidas da Via Láctea e
de outras galáxias de Nebadon.
Portanto os mensageiros da luz e esperança tinham sido infiltrados para alavancar o projeto
Avatárico, como parte de um plano emergencial que ainda esta em andamento e elaboração nos
bastidores ocultos da Via Láctea, assim como na Terra.
23
ShtarRog era um desses infiltrados ligado ao comando da Frota de Sírius, ligado ao alto conselho
de Alfa & Omega, que por sua vez, tinha estreitas ligações com a alma de Asthar Sheran e seu Eu
Superior, formando uma aliança secreta operacional onde grupos secretos de estudos e praticas da
potencialidade das capacidades extrasensoriais eram treinadas, a semelhança dos Cavaleiros Jedi de
Jorge Lucas. Esses Cavaleiros eram um grupo de oposição aos MIB’s que operavam de forma
assustadora e criminosa em Orion e muitos mundos onde eles perseguiam refugiados ou inimigos
políticos. Assim ShtarRog e Asthar lideravam secretamente o Conselho operacional, que deveria
impedir ou diminuir a ação nefasta dos MIB’s, que representavam um grande poder opressivo nos
mundos em evolução ou mesmo nas negociações de paz e tratados de anexação de novos mundos e seu
aspecto tutelar aos Impérios que ofereciam sua ajuda em troca da anexação pacifica.
Outros grupos ligados secretamente a ShtarRog e Ashtar, eram Ganeshi e Lilith, que através de
suas ações “subversivas” ajudavam no processo de resistência e operacional desses grupos, que lutavam
desesperadamente através de palestras, política e religião reverter o quadro horripilante que se formatava
em muitos mundos mais afastados das grandes capitais. Um importante centro de poder mal direcionado,
estava sendo plasmado em Boronak e posteriormente em Capela, formando pontos de potencialização
extrema das energias negativas, que por sua vez criavam um efeito de ressonância em outros mundos,
como Vega, Sírius Beta, Antares, Terra, Marte, Delta Centauro, Tau Ceti, Gama Ceti, entre os mais
conhecidos.
Potolak, um grande Sábio já Ascensionado, que projetava um holograma espiritual dentro das
realidades inferiores entre a 3ª e 6ª dimensão de Satânia, ajudava diretamente nas negociações e tratados
entre as fileiras Draconianas simpatizantes a unificação e pacificação da Galáxia, fazia as necessárias
conexões com Asthar e seus colaboradores, para assim diminuir a ação dos grupos negativos liderados
por Toalk e Satã.
Foi criado um fórum de representantes das Federações setoriais, para assim apresentarem
propostas claras e praticas, de como contornar as tensões entre as relações políticas do Império de Orion,
Draconia e a Federação. Esse fórum era composto por membros de elevados postos militares ou
diplomáticos, que respondiam pelos seus grupos estelares, membros que em diversas oportunidades
tinham dado sua contribuição para a Paz. Do outro lado entre os líderes de Orion e Draco, também
existiam esforços para uma pacificação e tratados de divisão dos planetas e territórios estelares. Para
ambos não era o momento da guerra e aniquilamento de planetas e cidades, pois as perdas seriam muito
elevadas, para ambas as partes, portanto existia um consenso político e estratégico, que a guerra aberta e
franca, como uma guerra mundial seria suicídio e o caos econômico para ambas as partes, portanto a
situação ficava plasmada para as manipulações políticas de longo e curto prazo nas posições estratégicas
de cada sistema, que seria dividido ou ocupado. Assim pontos estratégicos como os Portais interestelares
e seus canais de energia gravitacional eram disputados e pesquisados integralmente pelas equipes de
pesquisa, para justamente estruturar a potencialidade que cada setor representaria no futuro.
Entre os infiltrados ou agentes ligados ao plano de vampirização e manipulação, Maladenity e
Bashavi-Shiva-Relt representavam os líderes de um movimento de preparação para uma invasão aos
principais mundos da Federação, para provocar a separação e corrupção dentro dos mesmos. Eles
utilizavam todas as técnicas políticas e clonagens para inserir pessoas falsas, via manipulação
tecnológica, para infiltrar seus agentes dentro da Federação e dos grupos religiosos. Esses grupos
subversivos de Orion, eram muito perigosos, por utilizarem técnicas extremas de manipulação ao ponto
de inserirem a consciência de draconianos na mente de pessoas frágeis da Federação e usa-las para
minar o potencial político dos grupos dirigentes, esse tipo de ação só era detectada pelos agentes
especiais com elevado poder sensorial ou pelos cavaleiros da estrela azul, que Ashtar liderava,
semelhantes aos Cavaleiros Jedi que já mencionamos.
O papel de Satanás como líder político e alto Comandante em Chefe das frotas do Império de
Orion, que anexará através de tratados políticos as frotas de Draconia, capital central da constelação de
Draco. Satanás tinha um papel muito interessante, pois ele utilizava a política a seu favor, gerando
situação de altas negociações pela paz e fazendo favores que demonstrassem a intenção de paz e acordos
com a Federação, mas por outro lado ele estava a par e ajudava nos movimentos subversivos que dariam
a oportunidade de invadirem a Federação e subjuga-la, assim ele fazia um papel duplo ou estratégico
para garantir os objetivos de Satã, que era seu tutor e líder espiritual.

24
Essas manipulações e disputas políticas, que na realidade eram um delicado e astuto jogo de
xadrez estelar, envolvia muitas casas de comercio onde diversos grupos por sua vez procuravam tirar
proveito para manter o poder ou favores conforme a situação, onde negociações de sucessões políticas e
religiosa dentro de diversos aspectos de castas e monarquias, eram sustentadas por alguns grupos, além
de usarem regularmente clones para substituir importantes mandatários para que a manipulação se
mantivesse a um nível bem sutil e direto nos pontos chaves da política e lideranças populares.
As Casas de Comercio desenvolveram um efeito muito grande na expansão dos interesses do
materialismo e do Império de Orion e seus outros afiliados, devido ao processo de Colonização e
mercantilização dos recursos naturais que estavam envolvidos para todas as linhas de poder em
crescimento, assim essas Casas tinham que ser tuteladas e protegidas, devido aos milhares de interesses
envolvidos na sua expansão e influência dentro de diversos focos da Federação e do Império.
Um dos Infiltrados a serviço da Federação de Sírius Alfa que por sua vez trabalhava com ShtarRog
e THOT, que era uma das altas patentes militares da Federação ligado a energia da Fraternidade Azul de
Sírius, era a Líder da casa de Comercio Antuerphia de Sírius que fazia a conexão de diversas Casas da
Constelação do Cão Maior e Menor, promovendo o contato e negociação com as outras Casas de
Comércio, como de Dophin, Casa de Ator, Casa de Athorel, entre uma serie de instituição desse tipo.
Assim a líder da Casa de Antuerphia Zathia, fazia a conexão e trabalhos de informantes para THOT e
sua equipe, que envolvia ShtarRog, para prever as ações especulativas e manipulação do Império e dos
outros grupos em desacordo com a unificação de todas as civilizações.
Uma equipe importante de resistência a separação era sustentada secretamente pela liderança da
Federação de Sírius, a pedido dos Mestres Crísticos de Sírius Alfa, esse grupo consistia de 5 agentes que
detinham um contato com diversos grupos das Federações em ação no quadrante dos conflitos, além de
outros líderes também ligados aos Mestres que atuavam em linhas em paralelo para ajudar na
sustentação do projeto de resgate das almas e consciências em desequilíbrio. Ajudando inclusive no
desenvolvimento do projeto Avatárico que muitas estavam plasmando em realidades paralelas.
Zathia desenvolveu um programa de analise e monitoramento do desenvolvimento mercantil e
político de todos os dirigentes das Casas de Comercio, para assim estar sempre informada sobre as
vantagens políticas, que cada grupo desenvolveria nas manipulações mercantis, principalmente quando
as delegações de Orion e de Draconia juntamente com as de Rigel se envolviam com seus testas de
ferro, pois esses fatores desenvolviam reflexos sutis, mas importantes na condução política a longo
prazo, onde a Federação muitas vezes era fragilizada, devido a ação de agentes duplos e dos clones, que
era um dos aspectos mais delicados dessa guerra fria, pois altas patentes dos mundos mais externos e
seus representantes dentro da Federação eram raptados sendo substituídos por clones.
A clonagem era uma das técnicas mais complicadas de serem combatidas, o que exigiu a formação
de sistemas de identificação por envelhecimento neural e epidérmico, que apresentavam uma capacidade
de identificação de 47%, o que era bem baixo, exigindo que outros sistemas mais delicados referente ao
estudo epidérmico, envolvendo cicatrizes e circuitos de segurança fossem inoculados em muitas pessoas
de cargos importantes, para restringir a probabilidade de clonagem, uma situação de insegurança pairava
em diversos cargos da Federação, além de sistemas de segurança e monitoramento contínuo o que em
muitos casos acabava com a privacidade pessoal das pessoas monitoradas.
As questões diplomáticas da Federação estavam sendo desenvolvidas pela agente Nemarathan, que
representava a Federação de Sírius como Chanceler de assuntos externos, na postura de consultoria e
acertos nos protocolos de filiação e ajuda aos mundos em desenvolvimento, estando muitas vezes dentro
das negociações junto aos Draconianos de Orion e de Draco, que mantinham a fachada através dos
trabalhos de Satanás, que apresentava diversos projetos de paz e mutua ajuda, onde diversos agentes
infiltrados dele procuravam os pontos fracos para inserir clones na Federação dos principais grupos de
poder. Nemarathan era uma das agentes que possibilitaram a descoberta de diversos planos de infiltrados
em Sírius Beta e Kapa, logo quando os problemas referentes a Conversão Antares estavam sendo
inicialmente manipulados pelos grupos Draconianos de Antares, que por sua vez, tinham recebido a
ajuda direta e subversiva de Satanás.
Merceshan era uma das agentes ligadas aos mundos de maior polaridade, que dentro das estruturas
políticas procurava envolver-se no objetivo de sempre informar a Federação e ao comandante THOT
sobre as intenções e correspondências com os outros focos que por sua vez, tinham relação com as pistas
dos outros agentes do grupo Fênix, o qual era tutelado pelas hierarquias espirituais de Sírius Alfa.

25
Merceshan atuou em mundos bem mais complexos como Capela, Tau Ceti, Boronak e Meridian 4 para
desenvolver uma ponte com a Federação e um sistema de resistência secreta em bases secretas
subterrâneas a mais de 45 Km de profundidade, para ancorar equipamentos de rastreamento e invasão
em casos de necessidade. Sua fachada estava ligada a grandes instituições políticas e casas de
divertimentos, como cassinos e prostíbulos, onde através de seus sistemas de espionagem eletrônica e
diversos clones programados para esse tipo de trabalho, era possível desenvolver um trabalho
diretamente nos pontos fracos de cada cidadão que procurava esses divertimentos e por sua vez detinha
informações importantes sobre as intenções dos líderes rebeldes e ações subversivas, que
comprometessem a Federação ou mesmo a paz no quadrante.
Shimina Han era outra agente ligada aos trabalhos de inserção filosófica e cultural, que incluíam
diversos aspectos religiosos, de inserir um equilíbrio aos fanáticos, buscando um ponto entre a
materialidade e as filosofias religiosas, que eram bem variadas, devido ao grande número de raças que
incorporavam a Federação, além das raças externas da Federação e os Draconianos que sustentavam
religiões e conceitos nem sempre equivalentes aos da Federação, onde o nome de BAAL tinha se
tornado um hino a guerra, contrariando a própria essência desse ser, o que motivou os trabalhos de Lilith
que procuravam resgatar a essência Crística desse ser, o que tinha sido pervertido pelas manipulações de
Satã e Toalk em diversas culturas, Shimina Han por sua vez procurava em parceria com Lilith esclarecer
e apaziguar diversos grupos fanáticos e suas manifestações políticas, que levantavam multidões. Assim
essa agente procurava estar sempre presente e contatada com os líderes políticos que por sua vez
financiavam os movimentos revolucionários através da religião, o que alias era muito comum, pois esse
tema sempre foi o ópio das populações manipuláveis.
Astreia uma agente de Canopus que dava suporte a Sírius, atuava como sustentadora e protetora
dos agentes externos, dando inclusive suporte a THOT que como chanceler e líder militar da Federação,
tinha que se expor em diversas situações de combate e bloqueios contra as frotas Draconianas, que eram
numericamente superiores, assim esse grupo Fênix desenvolveu um trabalho que ajudou a proteger
diversos Avatares encarnados nos mundos envolvidos com as disputas políticas de poder, além de criar
uma conexão importante com Ashtar Sheran nos trabalhos de proteção aos mundos com maior
consciência, protegendo-os assim das ações diretas dos grupos subversivos, que gradualmente
começavam a se infiltrar, uma linha de repressão passiva e constante foi criada entre esse grupo e
diversos outros que ajudavam a sustentação da Federação, onde o Almirante Ashtar Sheran como
representante do Logos Cósmico de Alfa & Omega, sustentavam um propósito de liberdade, amor e
fraternalidade crística.
Muitos aspectos desse grupo e desses trabalhos, foram sustentados e amparados pela Mestra
Astreia, que se projetou em diversos níveis de consciência para atuar no programa Avatárico, fazendo a
ponte com os outros agentes e grupos de resistência, que procuraram meticulosamente diminuir os
efeitos perniciosos da Rebelião em diversos mundos onde as disputas pelo poder, a ignorância e os Anti-
cristos se mesclavam.
Outro foco importante na resistência contra as forças de Satã, era o Brigadeiro da Federação Acar
Odethon, que defendia a frente diretamente em Orion próximo as 3 Marias, apoiando os grupos da
Mestra Rowena e Kwan Yng, além de fazer a sustentação operacional das naves de ShtarRog, que por
sua vez era uma alma gêmea de THOT desenvolvendo as tarefas executivas e mais criticas dentro dessa
guerra fria, onde ações kamikazes eram muito comuns.
Esses agentes infiltrados ajudaram a estabilizar a situação em muitos mundos, como também
serviram como agentes de finalização e esclarecimento de muitas situações dúbias existentes entre as
fileiras indecisas e corruptas, que foram se configurando nas gerações encarnacionais do processo da
grande Rebelião.
Um fator importante dentro dessas realidades, esta relacionado a questão da memória celular ou
sideral, pois a maior parte das civilizações dessa época detinham a memória sobre suas encarnações
anteriores, somente nos mundos mais densos onde existia uma similaridade com a densidade molecular
e consciencial da Terra, como em Capela, as pessoas perdiam a sua memória das vidas anteriores, mas
isso não ocorria com todos os grupos estelares, sendo que uma grande maioria habitava a realidade de 4ª
dimensão, onde a memória se sustentava razoavelmente, já na 5ª dimensão a consciência das vidas
anteriores e paralelas era bem fluente, o que caracterizava uma linha bem definida da alma das pessoas
envolvidas em suas experiências encarnacionais, onde seu foco e intuito eram direcionados conforme

26
um foco bem definido, o que não pode ser caracterizado no processo humano dos terráqueos, que não
detêm memória sobre suas realidades anteriores ou paralelas.
Por esse motivo o processo da grande rebelião foi se desenvolvendo de forma bem interessante em
cada um dos focos ligados ao processo cultural, onde as raças sem memória acabavam gradualmente se
envolvendo em maiores dogmas e situações de maior densidade e complicando seu aspecto Cármico
perante o universo, devido as suas Formas Pensamento, que acumulavam altos índices de imperfeições e
dividas para com o universo do Deus Pai Mãe universal, além de desvirtuarem seus próprios corpos e
estruturas celulares com essas cargas negativas, como ocorreu em Capela e de certa forma ocorre em
nosso planeta Terra.
Já nos mundos onde a memória era relativamente estável com o tempo foi se perdendo a realidade
estelar das sensações sobre o universo, onde as capacidades extrasensoriais foram se perdendo
gradualmente de geração para geração, devido a magia negra e a criação de Formas Pensamento
desvirtuadas, com maior intensidade e intenção do que nos mundos mais densos, onde a memória não
existia sobre as realidade anteriores. Esse povos abusaram de seus poderes, pois detinham uma memória
parcial, e mesmo assim intensificaram suas ações negativas colocando a vida e a harmonia em jogo pelo
poder que buscavam.
Essas culturas que detinham a memória anterior que insistiam em se envolver com manipulações,
construíram impérios meticulosamente desenvolvidos, o que ajudou a criar o Império de Orion, além da
manipulação e suporte de Satã e de seus amigos, que habitavam realidade etéreas além da materialidade
da maioria dos grupos sobre seu comando.
Gradualmente com o desenvolvimento das situações políticas, alguns membros da Confederação
acabaram por se envolver sutilmente ajudando a estabilizar e definir os mundos que seriam de exílio e
que deveriam receber a quarentena estelar, o que resultou em 37 mundos do perímetro central onde as
perturbações estavam plasmadas. Esses membros eram em princípio Lord Gabriel e Lord Miguel
Kumara, que iniciaram todo um processo de comunicação com as dirigências da Federação e dos planos
éticos, para estabelecer uma linha consciencial e as novas leis de estado de sitio decretadas desde
Salvingtón, a capital do universo Local de Nebadon, onde Micah é o regente criador.
Com essa nova realidade plasmada e sendo definida, muitas coisas começaram a mudar dentro da
estrutura política, além de definir muitas coisas, onde os agentes passavam a desenvolver um trabalho
mais claro e com objetivos bem mais meticulosos em suas tarefas secretas e de vital importância para se
evitar grandes guerras, o que alias foi evitado em muitas situações, devido a ação de agentes infiltrados
que bloquearam ações que teriam levado a guerra mundos externos, que tinham por objetivo desarticular
a credibilidade da Federação e envolve-la em confrontos políticos contra Draconia e Rigel, como acabou
posteriormente acontecendo em algumas situações.
Diversos grupos subversivos com intenções a longo prazo, desenvolveram seus planos de controle
social e intelectual, desenvolvendo táticas similares aos desenvolvidos pelas Confrarias na Terra, como
por exemplo a Confraria da Serpente, que possui os Iluminatis, Os Iluminados da Baviera, Os Sábios de
Sião e outros bem mais conhecidos, que controlam o poder intelectual, político e financeiro da Terra. O
mesmo foi sendo plasmado na economia das civilizações com maior vulnerabilidade as ações nefastas
dos agentes de Satã, onde se cristalizou uma tática bem definida de como manter o poder sobre a
população.
Vejamos algumas das diretrizes que foram desenvolvidas pelos grupos revolucionários e pelos
decretos de Satã e seus seguidores, por de traz dos bastidores em Orion:

“O primeiro aspecto era dirigir os seres envolvidos dentro do plano, e deter o poder sobre as
informações, podendo assim controlar a opinião publica de forma a direcionar a vida de cada cidadão.
Deter o poder sobre a opinião publica e semear a discórdia, gerando assim egrégoras elevadas de
ectoplasma, que servem de alimento para os vampiros etéricos. Gerenciar os partidos políticos opostos,
e criar sempre diferentes partidos políticos e religiosos, para manter a opinião publica sobre controle,
em diferentes linhas ativas. Essa confusão deve garantir que não exista união entre as diferentes
culturas e nem dentro das famílias, garantindo assim que não existam grupos organizados, capazes de
superar o controle das forças dirigentes invisíveis e dos governos controlados pelas forças invisíveis.
Necessário criar literaturas e instruções insípidas, trabalhar a obscenidade e aspectos degradantes

27
dentro da mídia, para manter as pessoas conectadas a seus baixos instintos, sem condições de elevar
seus padrões vibracionais, nem seu intelecto.
Ao se intensificar os maus hábitos, as fraquezas dessas civilizações, elas deixarão de pensar e
colocaram suas vidas a mercê de um controle governamental, pois a incompreensão deverá reinar
dentro das diferentes culturas. Combater todas as personalidades fortes, com potencial de domínio,
fazendo com que caiam em descrédito ou manipula-las para os interesses do sistema de controle
psíquico das populações.
Criar a inveja, ódio, diferenças sociais e culturais, guerras, privações, fome e propagação de
epidemias, devem esgotar os povos a tal ponto, que eles acabem por deixar o controle sobre a proteção
dos grupos iluminados e escolhidos pela maquina da manipulação, pelo controle eletrônico e
cibernética. Quebrar todo o poder do estado e dos governos, para que assim as instituições financeiras
e as Casas de Comercio possam dominar e ditar as novas regras da evolução e controlar as diretrizes
sociais e morais.
Desenvolver dentro do espírito dessas culturas a necessidade da dependência do poder financeiro
e da superficialidade do mesmo e da aplicação dessa superficialidade sobre a vida quotidiana, não
permitindo que a mente funcione. Desenvolver programas avançados onde o poder pessoal e as metas
do mental, superem os aspectos religiosos e assim a energia da fé seja substituída pelo poder financeiro
e as vantagens que isso oferece na vida pratica material dessas culturas.
Gradualmente os grupos secretos ligados a Satã poderão manter o poder em diferentes frentes e
com isso impedir a ação da Federação e dos planos espirituais e bloquear a ação das realidades
etéreas sobre as culturas mais densas e presas as realidades materiais, o que de certa forma acabará
por amplificar o quadro de quarentena dos mundos envolvidos dentro dessa teia de aranha.
O enfoque central é desabituar a essas culturas pensar por si mesma, deixando essa capacidade
para as sociedades cientificas e religiosas, que devem plasmar o caminho adequado do novo sistema
que deve ser inserido gradualmente nos mundos e estados sob a mira da revolução consciencial que
esta sendo plasmada para as civilizações de Satânia.
Com o tempo as grandes massas, estarão cegas e incapazes de pensar por si só, podendo ser
manipuladas de forma simples, o que criará um império poderoso contra a ação das Fraternidades de
Luz espiritual e assim bloquear a ação das hierarquias divinas dentro das realidades sustentadas pelo
poder de Anhotak.
Para dominar essas culturas, é necessário por vias indiretas procurar desmantelar os pilares
sobre os quais repousa toda a verdadeira liberdade, onde os direitos devem ser controlados e
direcionados pela ação simulada das ações dos dirigentes escolhidos pela hierarquia de Satã.
É preciso criar a inimizade e medo entre as diferentes raças, para que a guerra sustente a
maquina do poder e manipulação sobre todas as frentes de consciência, onde a união não possa se
estabilizar, onde ninguém pense e se atreva a questionar o sentido da vida e os caminhos que estão
sendo tomados pelas culturas envolvidas.
Cada líder político e religioso dever ser um agente especial, que sustente o poder e as diretrizes
de Satã e de seus comandantes, garantindo assim a soberania absoluta de seus interesses e o reino de
Anhotak, contra o reino de Micah. Desvirtuar o nome do criador local, o Lanonadek deve ser
ridicularizado e adorado ao mesmo tempo, criando uma divisão profunda e com isso gerando as lendas,
que com o tempo despistarão todas as consciências sobre o verdadeiro caminho a ser pesquisado e
sobre a realidade do sistema. Todo o movimento deve sustentar a fé interna de cada cidadão e controlar
isso como chave para sustentar o controle total sobre o espírito de cada cidadão de Satânia, quebrando
assim o poder de Lúcifer e transformando-o em um DEUS da DUALIDADE, onde os valores pregados
sejam atribuídos a ele e que as grandes cruzadas se manifestem em nome de um santo nome.
Os grupos iluminados deterão todo o poder bélico e das outras instituições, para garantir o
controle total das humanidades e com isso manter uma linha secreta de comunicação e medidas de
controle onde todas as jogadas sustentem o poder através de situações ilusórias, onde a consciência
esteja sempre atrelada a ilusão da materialidade. Essas táticas devem garantir o caos da capacidade de
alianças e insubordinação de eventuais grupos Avatáricos que surgiram no decorrer do
desenvolvimento social e cultural dessas civilizações.
Devera se habituar as pessoas dessas civilizações a pensarem que possuem autodeterminação,
onde gradualmente os valores familiares serão desfeitos, onde a educação desmorone de forma

28
enganadora, esses jovens perderão o senso do equilíbrio gerando um embrutecimento gradual dos
valores, pervertendo-se, ficando mais fácil o controle da sociedade e suas diferentes castas. Em cada
planeta onde nossos representantes estiverem, essas técnicas deverão ser adaptadas para gradualmente
assumir o poder.
Deverão ser criadas lojas iniciáticas de elevado poder de penetração entre as elites da sociedade,
com caráter de segredo, para assim infiltrar nossos interesses de forma sutil. Todas essas lojas
iniciáticas, deverão possuir representantes dos Iluminados de Satã.”

Esta carta ou diretrizes que foram retiradas dos registros de Orion, tem incrível semelhança com
escritos terrestres como os Protocolos de Sião, que são um material bem controverso, devido a sua
origem ser discutível e nunca ter sido realmente esclarecido, pois a comunidade hebraica removeu seus
exemplares no mundo todo. Pelo pouco que se sabe, o professor Russo S.Nillus em 1901 publicou esse
conteúdo com o titulo de O Perigo Judeu, interessante é o fato que parte desses registros estão na íntegra
nos arquivos dos planetas de Capela, Boronak e Tau-Ceti, além de outros mundos considerados de
quarentena pela Confederação. Mundos onde os agentes secretos dos Draconianos, Grays, Humanos de
Orion e outras famílias ligadas a Satã, manifestaram seu poder de forma direta, como ocorreu em Sírius
Beta e Kapa quando houve a Conversão Antares.
No Brasil existe um exemplar desaparecido que foi traduzido pelo senhor Gustavo Barroso, um
cavalheiro que possui diversas condecorações entre elas a de cavaleiro da Cruz de Malta, esse material
chegou a ser proibido em muitos mundos, talvez por que ele apresente dados históricos irrefutáveis
sobre atitudes políticas e bancárias que realmente nos dias atuais demonstram como a humanidade tem
sido manipulada, por forças ocultas, que coincidem com o nome dos Iluminatis. Entre todas as questões
delicadas dos Iluminatis, temos como eles se infiltraram em diversas escolas iniciáticas importantes da
Terra, assim como em outras como a Escola de Cristal de Sírius Beta, onde se faziam os estudos sobre
as relações entre os planos sutis do universo e sua ação direta sobre as realidades mais densas, onde
existia a união entre espírito e ciência. Uma escola modelo que em equivalência a Franco-maçonaria e as
escolas do Oriente propagaram muitos ensinamentos a todos os planetas da Federação e das Casas de
Comercio do Sistema Estelar de Satânia. Esse focos tinham que ser neutralizados com o tempo, pois
estavam sobre a proteção de pessoas encarnadas em diversos planos dimensionais, que por sua vez,
sustentavam estreitas ligações com o projeto Avatárico de Micah, o que era um problema para a ação
subversiva de Satã e suas equipes, assim era necessário fazer um trabalho mais detalhado sobre as
técnicas para infiltrar-se nesses grupos, existiam diversas lojas iniciáticas em todos os mundos, não
apenas nos humanos, mas também dentro dos Draconianos, pois com o desenvolvimento dessas
sociedades, a consciência também passava a despertar, e com isso as perguntas sobre o universo e suas
leis cósmicas, mesmo com a tecnologia de controle eletrônico que esses mundos estavam sendo
submetidos, o projeto Avatárico, tinha feito muitas almas encarnarem em todas as fileiras, ajudando a
despertar a semente da discórdia e da critica contra as diretrizes governamentais totalitárias, contra o
imperialismo e outras formas de dirigir as massas. Assim Satã tinha plena consciência que da mesma
forma como ele colocava agentes secretos por via encarnacional, ou clonagem para derrubar o poder da
Federação e das instituições que se opunham aos planos de Anhotak.
Para combater esse tipo de ação sinistras dos filhos de Anhotak, os agentes da federação ligados as
Fraternidades de Luz espiritual, que por sua vez, estavam trabalhando com Ashtar Sheran, THOT,
Shtareer, Maitreya, Miguel e Gabriel, além de muitos outros seres de luz, tinham que se diversificar e
sustentar uma postura íntegra, onde a corrupção deveria ser bloqueada mediante uma conduta amorosa e
severa, não permitindo que as energias psíquicas e etéreas dos filhos de Anhotak atingissem seus pontos
fracos, onde muitos agentes acabaram por ser pegos, o EGO foi um dos pontos mais delicados de
milhares de agentes dentro desse conflito energético e guerra psíquica, que estava se delineando em
todos os planetas de Satânia, principalmente entre as realidades de 3ª a 4ª dimensão, no entanto
realidades de 5ª e 6ª também estavam sendo influenciadas gradualmente, de forma tímida, mas real,
onde habitavam civilizações que aprenderam a ter que enfrentar a sua própria dualidade interna, onde a
dualidade entre o negativo e positivo de cada ser coexiste dentro do seu aspecto molecular e atômico.
Os trabalhos da Casa de Antuerphia liderados pela agente Zathia e sua equipe de colaboradores, foi
muito importante, pois um dos focos das escolas iniciáticas e dos grupos das diversas Confrarias, visava
o controle total sobre essas Casas, sustentando assim uma importante manipulação sobre a economia da

29
Federação e de outros mundos que potencialmente podiam interferir nos rumos da história Sideral.
Assim Zathia detinha uma importante maquina comercial, que tinha que se manter em equilíbrio e ao
mesmo tempo não entrar em conflitos diretos contra suas concorrentes, o que gerava situações delicadas
do ponto de vista diplomático.
A Federação através de diversos representantes como Acar Odethon e ShtarRog desenvolviam
ações de suporte e ajuda militar e política para sustentar a Casa de Antuerphia, que com o tempo acabou
se tornando uma grande pedra no caminho de Anhotak, assim como a presença secreta de Astreia e seus
colaboradores, etéricos, que inseriam agentes Avatárico dentro das fileiras internas das escolas
iniciáticas, que Anhotak e Satã manipulavam. Diversas Almas Gêmeas de importantes Arcanjos e
Mestres Ascensionados das elevadas FRATERNIDADES DE LUZ, estavam se infiltrando em paralelo
em diversos grupos subversivos. Assim Shtareer infiltrou dezenas de seus filhos ou Almas para ajudar
ao Arcanjo Miguel com seus filhos formando uma grupo de trabalho muito especial e poderoso, que
detinha um poder espiritual e mental, muito acima da média. Podendo equivaler-se aos exércitos de Satã,
apenas com o poder do espírito e de suas capacidades extrasensoriais.
Mas a ação desses seres era sustentada pela energia Crística de amor e de não imposição de seus
valores, as almas que ainda estavam internamente corrompidas ou em busca de seu equilíbrio, por esse
motivo suas ações eram tênues e voltadas a apenas mostrar o caminho, mantendo limites para que as
forças opositoras não abusassem, na realidade as almas encarnadas dentro do Projeto Avatárico, tinham
a função de frear o desenvolvimento nefasto dos grupos de Anhotak em toda a Galáxia.
ShtarRog era um filho direto de Shtareer, que desenvolveu o lado guerreiro que sustentou os
bloqueios bélicos da Federação contra as Casas de Comercio que manifestavam ações de controle e
abuso contra o desenvolvimento intelectual e social dos mundos em desenvolvimento, onde teve o apoio
direto do Almirante Ashtar Sheran, que como filho do Arcanjo Miguel, ancorava o poder da Justiça e do
equilíbrio. THOT como outra manifestação de Shtareer, procurava bloquear o avanço das tropas e
políticas Draconianas, que corrompessem a própria natureza Draconiana, que estava dividida entre
diferentes linhagens e classes temporais dessas raças, pois estava em contato com os antigos Sábios
como era o caso de Potolak, que buscava resgatar a consciência pacifica de seus descendentes. Potolak
vinha de culturas que já tinham sido materiais dentro da fisicalidade de 3ª dimensão nos primórdios da
estabilização gravitacional da Via Láctea a mais de 13,7 bilhões de anos da contagem terrestre. Assim
ele era um dos representantes do Conselho Cármico da Via Láctea, que procuravam delimitar as ações
irresponsáveis de Anhotak, que por outro lado poderia ser enquadrado como o Irmão negativo de Micah
em escalas mais densas, por ser um Filho Paradisíaco residente na egrégora da 15ª dimensão, bem
abaixo de Micah, no entanto com poder e liberdade de interagir com diversos grupos Monádicos,
gerando assim uma forte dualidade consciencial nessas Mônadas, inserindo assim diversos aspectos que
são estudados na Cabala, entre eles a dualidade do CRIADOR, a dualidade das SEFIRAS e de outros
aspectos que procuram explicar o porquê da dualidade entre irmãos.
Potolak ajudou em muito a ação de unificação de Ashtar Sheran e de THOT, contra os grupos
guerrilheiros, que por sua vez também eram manipulados de forma a efetuar ações que só eram
interessantes para Satã.
Lúcifer por sua vez procurava diretamente com o Conselho Cármico, delinear táticas, que
permitissem o despertar de seus filhos, para a realidade das manipulações, onde a linha temporal é bem
diferente da realidade psíquica que essas almas vivenciavam em suas realidades, assim diversos
trabalhos em paralelo estavam sendo efetuados para manter um equilíbrio, onde todos os Elohins e
outros agentes espirituais faziam parte desse Xadrez Cósmico que estava em andamento e proliferação
dentro da consciência de trilhões de almas encarnadas.
As Casas de Comercio portanto representavam uma forma direta de modificar o equilíbrio de
poder, devido ao aspecto financeiro e político que elas representavam na expansão dos Impérios ou
mesmo da Federação, onde as disputas pela posse dos planetas a serem colonizados ou minerados era
uma questão estratégica, que envolvia diversas linhas de espionagem e intrigas, onde a ação direta dos
grupos de ambas as frentes, era bem definida, pois o poder tecnológico era em muitas vezes decidido
sobre os recursos minerais desses mundos em disputa. Diversos recursos minerais disponíveis em
planetas extremos, onde as condições gravitacionais ou mesmo ambientais eram além do normal,
sustentavam importantes jazidas de minerais, destinados ao desenvolvimento de tecnologias de

30
propulsão espacial ou de sistemas de dobra e propulsão temporal, que determinariam a ação definitiva da
superioridade tecnológica e militar dos grupos envolvidos.
Os Cristais eram um dos principais sistemas de energia que sustentavam grande parte da
tecnologia empregada pelos grupos de ponta, além do ouro, platina, Titânio, cobalto, urânio, Hematita,
polônio, Cassiterita, Berquélio, Samário, Tório, Protactínio, Cério, Lítio, Estrôncio, Paládio, Mercúrio,
Astato, Radônio, Rubídio, Ósmio entre alguns dos principais elementos que sustentavam diversos
aspectos científicos e industriais dos grupos de ponta cientifica e tecnológica. Além de outros compostos
desconhecidos da Terra até o momento.
Assim para as Casas de comercio manter um grande número de planetas sobre seu registro,
representava poder e com isso a necessidade de frotas para proteger da pirataria esses mundos, onde
entrava a Federação e outros grupos em equivalência, de menor porte, mas sem ética no que se refere na
forma de proteção desses mundos, onde entravam muitas vezes os grupos mercenários, que eram
sustentados em segredo pelas Casas de Comercio.
Zathia tinha que estar sempre equilibrando as coisas e sustentando posições delicadas a frente das
outras Casas de Comercio sobre os mundos que detinha supremacia tutelar. Nemarathan por sua vez
desenvolvia as necessárias ações para garantir quer essa Casa de Comercio de Antuerphia se sustentasse
dentro de uma relativa inocência e bem grado com as outras concorrentes, sem com isso revelar a
fachada que ela realmente desenvolvia em diversas ações envolvidas com colonizações e construção de
bases secretas subterrâneas nesses mundos, para proteger esses mundos de futuras invasões, como
ocorreu com a TERRA.
A Casa de Antuerphia construiu importantes bases secretas muito antes da Terra ter sido
conquistada ou roubada da Federação a mais de 857 mil anos da contagem terrena, antes da chegada dos
Deuses dos últimos ciclos evolutivos, em parceria com as energias de Sanat Kumara, sustentando uma
importante rede de cidades etéreas que possuem seu equivalente material a centenas de quilômetros de
profundidade, em localidades ainda na atualidade secretas para os grupos subversivos de Satã que
habitam as profundidades da Terra em suas cidades intraterrenas.
Krothon e Antoraquel desenvolveram planos de ação juntamente com Shimina-Han para acelerar o
processo de divulgação de conceitos filosóficos sobre as leis universais, principalmente sobre as
diretrizes da lei cármica, sobre as diversas realidades psíquicas que envolvem todos os seres do universo
e sua estrutura energética desde os planos sutis, o que era justamente o contrario ao que Satã e suas
equipes estavam pregando, criando assim uma contradição e oposição bem definida entre as culturas
emergentes, que em geral habitavam as realidades entre 3ª e 4ª dimensão de consciência.
Assim aos impor uma nova postura filosófica, diversos grupos com seus agentes Avatáricos,
conseguiram resfriar os planos de dominação e manipulação de Satã, no entanto essa situação nos
mundos mais densos e com maior grau de conflitos, geraram situações onde diversos movimentos
anárquicos se plasmavam de forma bem profunda e critica, devido ao grande número de agentes
infiltrados e suas sabotagens.
A Líder política Palanises foi uma das egrégoras femininas que mais desenvolveu um trabalho de
tratados e acordos diplomáticos com as Federações sustentando um plano de unificação que vinha sendo
desenvolvido por Ashtar desde a constelação do Centauro. Lilith também foi uma estreita colaboradora
de Palanises para gerar uma unificação junto a diferentes linhas políticas e estratégicas, para impedir o
avanço desmedido das forças bélicas de Satã e de Satanás, que sustentava uma frota imensa como
inibidor da coragem dos inimigos potenciais, pois desfilava com suas naves em manobras militares com
muita frequência.
O Mestre Aeolo juntamente com Lúcifer procuraram desenvolver estratégicas, para reverter o
quadro dos programas sabotados por Satã, desde as altas esferas, onde se incluíam os programas
encarnacionais e os hologramas que semanticamente tem relação com o filme MATRIX e o 13º Andar,
recentes nos cinemas. Esses programas tinham sido sabotados em diversos aspectos genéticos ainda nas
matrizes monádicas, o que representava a ação direta dos agentes Ascensos de Anhotak, pois desde a 15ª
dimensão, era possível acessar os códigos genéticos de diversas matrizes monádicas, como existiam
diversas Mônadas ligadas a dualidade de Anhotak, era fácil inserir programas e padrões genéticos com
variações e alterações que se manifestariam diretamente em determinadas situações a partir da 6ª
dimensão de consciência, e gradualmente ativando-se a medida que a realidade ficava mais densa, o que
explicava a alta taxa de dualidade e violência dos grupos físicos da 3ª dimensão e realidades próximas a

31
essa vibração. Assim para verificar essas sabotagens, era necessário contatar os registros Monádicos de
diversos grupos e unir os trabalhos dos Senhores do Carma, para assim poder instaurar um processo
administrativo contra Anhotak, que infringira a lei de não manipulação e assédio aos grupos Monádicos
em evolução, ou seja, grupos Monádicos, que foram criados recentemente, e que devem desenvolver
toda uma serie de etapas encarnacionais e vivências para burilarem suas capacidades criativas, para
assim adquirir o equilíbrio como CO-CRIADOR, o que aparentemente tinha sido modificado, pois
existem os Grupos Monádicos que já efetuaram a sua jornada em todas ou algumas linhas
encarnacionais e detêm uma relação bem clara sobre suas intenções. Outras Mônadas ainda recentes que
foram criadas pela energia de um CO-CRIADOR ainda detêm toda uma linha experimental até adquirir
essa sincronicidade com o universo dentro da própria dualidade, assim diferenciam-se as Mônadas
maduras das novatas. Nesse caso uma Mônada novata ou jovem, recebe a ajuda do Ajustador de
Pensamento e dos Cristo que a formou estabilizando seu EU SOU, para que ocorram os programas
evolutivos e experiências no universo multidimensional que elas devem plasmar em suas jornadas, até
adquirirem total independência como Cristo e Criadores e darem continuidade ao ciclo criando outras
Mônadas e sustentando outros EU SOU5 através da sua experiência e ciclo universal de vida. Assim
verificou-se que Anhotak tinha influenciado e manipulado diversos grupos Monádicos, para assim
inserir codificações que ativariam aspectos de alta negatividade no campo genético de diversas raças,
despertando assim a negatividade, agressividade, e outras características que culminariam na corrupção
social e na formatação dos Iluminatis dentro de diversas realidades dos mundos em maior gradiente de
dualidade, como Capela, Tau Ceti, Boronak, Terra, Maldek, Athinqui, Sírius Beta, Sírius Kapa, Rigel,
Orion, Saph, alem de diversos mundos próximos a Alnilan, Mintaka e Alnitak, onde diversos aspectos
conturbadores foram registrados na evolução de milhares de formas de vida, em diferentes realidades
temporais e dimensionais.
Aeolo e Lúcifer sabiam que para reverter o quadro, os grupos Avatáricos deveriam contar com a
ação direta da Confederação que já habitava outras realidades além da 7ª dimensão de consciência, e que
isso exigia a necessidade ativa de agentes encarnados dentro das realidades inferiores, onde se
enquadrava a realidade de Astreia, que junto com diversos outros agentes, deveriam dar a sustentação
para o resgate consciencial dos mundos em conflito e ajudar aos dirigentes da Federação e das Casas de
Comercio comprometidos com a proposta evolutiva.
Mais uma intensa rede de situações e relações energéticas estava sendo plasmada, para assim
sustentar a dualidade dentro de um universo onde as Almas devem ser treinadas, pois o quadrante no
qual nos encontramos é de livre arbítrio, onde situações desse gênero foram previstas pelas altas
hierarquias celestes e espirituais.
A situação dentro das diversas Casas de Comercio foram gradualmente sendo contornadas, embora
em algumas surgissem aspectos críticos, onde a Federação ou outros órgãos tinham intervindo para
evitar uma catástrofe ou mesmo quebra econômica dos mundos coligados a essas instituições. Que
possuem certa equivalência com os Bancos da Terra, que sustentam indústrias de diversas ramificações,
assim tornava-se necessário sustentar a economia de todas essas instituições para gradualmente
contornar o caos que as forças dos Iluminatis procuravam inserir nos mundos sob seu alvo. Em Sírius,
Betelgeuse, Alcyone, Lira, Acturus e Canopus a situação estava sobre controle, no entanto nos mundos
coligados a esses, a situação não era das melhores, principalmente naqueles mais densos e com maior
dualidade, devido as manipulações e relações tensas dos grupos politicamente atuantes. Assim esses
mundos tinham que receber uma atenção maior, o que em muitos aspectos criava um elevado desgaste
para as autoridades e membros encarregados dos planetas em elevado grau de estabilidade, assim Satã
consegui gradualmente minar o poder desses mundos independentes.
Esse era um fator que aos poucos começou a preocupar as lideranças espirituais de cada um desses
mundos, que por sua vez mantinham contato com as Fraternidades de Luz Espiritual, além dos contatos
com os representantes de Canopus e seus agentes. Assim tornava-se necessário sustentar um plano
operacional, que não permitisse a quebra da estabilidade dos mundos principais de cada Federação e das
principais Casas de Comercio, o que originou o plano de criar mundos de Exílio.

5
Ler o livro do mesmo autor, EU SOU, A fonte da consciência cósmica, publicado pela editora
Madras, que explica a jornada de um Criador e como são formatados as Mônadas e o EU SOU.
32
Os mundos de exílio tinham que ser plasmados de forma direta e estrategicamente inseridos dentro
do contexto sideral, o que colocou os 37 mundos dentro do perímetro como pontos estratégicos para
desmantelar a ação nefasta dos grupos mais atuantes, onde trilhões de almas seriam envolvidos e
hospitalizados pelo ponto de vista das hierarquias espirituais, para muitos eram mundos de
aprisionamento e punição, cada qual detinha um ponto de vista, mas para tornar isso real tornava-se
necessário programas um plano que assim delimitasse essa intenção como real, além do fator delicado
do elevado número de naves do Império de Orion, que superava em muito o poder da Federação,
portanto deveria ser estudado um plano astuto, onde o confronto não fosse determinante. As frota secreta
da Confederação só poderia entrar em ação em casos muito extremos.
A unificação em reuniões secretas de todos os agentes e envolvidos na execução desse planos,
sustentaram durante diversos ciclos encarnacionais esse propósito, onde cada qual participava e
colocava o devido tijolo para construir esse plano demorado e politicamente complexo. Pois a parte
espiritual também estaria envolvida, além da ação dos planos de manipulação das matrizes
encarnacionais, onde todo um processo com o Conselho Cármico teve que ser plasmado para direcionar
os focos encarnacionais para esses 37 mundos hospitalares e de exílio, assim começava a se formatar um
plano demorado, onde através dos processos cármicos, essas almas deveriam ser encaminhadas para
mundos onde uma poderosa Barreira de Frequência iria bloquear as suas transmissões mentais e Formas
Pensamento, para gradualmente impedir a contaminação do espaço adjacente, como ocorre com a Terra
desde milênios.
O Projeto de exílio levou milhares de anos para ser concebido e inicializado, pois diversas
questões estavam em jogo, além da política, mas das ações de cada cidadão de todos os mundos
envolvidos e das autoridades secretas envolvidas com esse propósito, onde a espionagem e diversos
aspectos estavam em jogo e conflito de idéias.
Exilar almas doentes que não conseguiam se conectar com seu próprio aspecto divino interior, não
era uma coisa fácil, devido a todas as realidades paralelas geradas no processo, com as diversas Formas
Pensamento que são desprendidas por essas almas em seus meios sociais, que eram controlados pelas
técnicas já mencionadas, assim para fazer desses 37 mundos, lugares específicos para exílio, onde na
realidade são planetas hospitais, onde a alma aprende a se libertar das amarras e limitações que ela
aceitou dentro dos hologramas que vivenciou dentro do processo degenerativo e limitações que cada
qual aceitou como real em suas jornadas encarnacionais. Assim o plano de Micah e seus discípulos e
enviados, tinha que ser plasmado dentro de uma outra cronologia divina, onde o tempo estava bem além
da percepção limitada dessas almas doentes e rebeldes.
E justamente o projeto Avatárico possuía os ingredientes necessários para plasmar e direcionar ao
longo de diversos ciclos esse projeto de planetas hospitais, onde cada Avatar e Cristo encarnado, além
dos agentes, deveriam contribuir e colocar seu tijolo para construir uma estrutura onde as forças
tenebrosas de Anhotak se envolvessem sem perceber, devido a sua própria ignorância e arrogância, que
em muitos casos foi um fator decisivo contra as forças da Luz, que não necessitaram confrontar as tropas
de Satã em diversos focos de conflito, no decorrer das perturbações e jogadas políticas.
Na realidade a frota Draconiana e do Império de Orion gradualmente foi sendo amplificada para
uma grande investida, o que foi se confirmando pelos valores, que gradualmente aumentaram de naves,
sempre superando em número as naves da Federação, esse aspecto só foi sendo equilibrado com o
tempo, quando a Federação conseguiu se estabilizar e estruturar de forma pacifica dentro de suas
próprias bases, o que demorou como verificamos pelas intrigas internas e a corrupção inicial.
As naves da Federação eram divididas em categorias tecnológicas, e a frota secreta estava a
serviço de Ashtar e de ShtarRog onde THOT também atuava de forma secreta, para distribuir o poder de
forma estratégica, sem que isso se tornasse evidente, no jogo de xadrez político que cada personagem
encarnado desenvolvia.
Como existe uma relação com a frase profunda de Hermes Trimegisto, que também foi
pronunciada pelo Mestre dos Mestres, Jesus Cristo “Como é acima, é abaixo, e como é embaixo é
encima” dentro desse jogo, diversos agentes duplos estavam em atuação, tanto do lado da Federação
como do Império de Orion, o que tornava a situação de muitos colaboradores, muito instável, onde
somente a sensibilidade do Cardíaco era capaz de detectar os verdadeiros envolvidos no plano da luz,
semelhante ao que esta ocorrendo no momento.

33
Situações de corrupção e trapaças, além de chantagens e trocas de intenção eram comuns dentro do
processo evolutivo e consciencial que estava sendo plasmado nessa trajetória experiencial de trilhões de
almas, que iam gradualmente constituindo uma intrincada rede de padrões vibracionais, que por sua vez,
formatavam realidades paralelas, através das Formas Pensamento geradas no processo. Esse fator era um
dos mais complexos para a estabilização do Projeto de Exílio que estava em princípio ajustado para 37
mundos da Via Láctea, mas na realidade encerrava um total de 144 planetas dentro do quadrante das 21
galáxias de livre arbítrio setorial de Nebadon, que por sua vez, é um quadrante especial e setorial do
Universo de Nebadon, que conta com cerca de 100 mil galáxias como a nossa Via Láctea.
Muitos agentes fieis a Federação e as fraternidades da Luz, foram se desvirtuando e contaminando-
se com as tentações oferecidas pelo poder de Satã e suas equipes, assim como muitos servidores das
trevas, se elevaram como grandes Mestres de Luz, e ajudaram a elevar o trabalho de libertação em
muitos mundos conturbados pelas guerras.
O poder desses agentes, estava na capacidade de se infiltrarem em diversas situações, manipulando
informações para seu sucesso, o que ambas as partes desenvolviam. O protocolos tecnológicos de
segurança nem sempre estavam atualizados o suficiente para erradicar a espionagem e suas fantásticas
formulas de atuação dentro do palco dos acontecimentos. O desenvolvimento tecnológico crescia de
forma vertiginosa, pois dentro das diversas estruturas sustentadas por ambos os impérios e os impérios
menores, existiam civilizações ou pelo menos parte delas, que se especializavam apenas em um foco, a
serviço dos impérios ou da Federação, assim por exemplo parte da civilização dos Zeta Reticulli, com o
tempo se dedicou exclusivamente as pesquisas genéticas, para gerar novas formas de vida e
potencializar outras. Assim como outros povos se dedicaram apenas a criação de armamentos cada vez
mais mortais e multidimensionais, outros se dedicaram as novas capacidades técnicas de propulsão das
naves, outros aos estudos dos Portais estelares, outros as pesquisas psíquicas da mente nos outros planos
de consciência, e assim por diante, permitindo com isso que uma aceleração na corrida pelo poder e pela
alta tecnologia se manifestasse de forma real para esses Impérios, que de todas as formas usavam seus
agentes, para sustentar esse projeto e assegurar que seus colaboradores, não mudassem de lado ou
estivessem fazendo jogo duplo, um aspecto onde muitos agentes eram duplos, ou mesmo triplos,
dependendo da situação. Esse ar de insegurança era muito delicado em muitos setores, principalmente
naqueles onde novas tecnologias que representavam a supremacia do poder, eram minuciosamente
escaneados regularmente, onde cada agente, tinha que ser investigado e monitorado em todos seus atos,
onde os andróides e seres simbióticos estavam presentes, para assegurar a fidelidade de seus agentes.
Para os próprios agentes a situação muitas vezes se tornava insustentável e delicada, pois não mais
tinham vida própria, de forma semelhante ao que ocorreu na nossa guerra fria entre Estados Unidos e
União Soviética.
O poder das agencias de inteligência secreta e espionagem, era bem acima do comum, pois eles
detinham importantes patentes na política e nas instituições religiosas, o que os colocava bem acima do
que muitos poderiam pensar, pois o número de interesses eram bem maiores, além de diversas frentes
ligadas a Satã, estarem constantemente em situações de competitividade entre si, o que aumentava a
situação delicada dos agentes, o mesmo ocorrendo com diversos agentes da Federação, que também
estavam em situações delicadas e complexas como seus oponentes. Pois diversos grupos dentro da
Federação no início de sua formatação e mesmo quando ela ainda estava já com uma estabilidade,
contava com pessoas descontentes e infiltrados, o que é comum em organizações desse tamanho, onde
milhares de seres de planetas distintos nem sempre concordam com os mesmos parâmetros ou conceitos.
Em Capela existia um antro de negociações e manipulações que faziam Merceshan ter uma alta
movimentação e tarefas muito além do que inicialmente esperava, pois Capela e seus mundos estavam
se transfigurando como no ponto central de uma Sodoma e Gomorra estelares, indo bem além do que a
Federação e seus conselheiros tinham calculado, o efeito de barreira de frequência estava amplificando
muito mais as baixas vibrações. O mesmo ocorria com Rigel, e seus mundos, em especial 3 mundos de
altíssima negatividade, ligados aos Draconianos mais perigosos e perniciosos de Orion. Os focos
Draconianos e seus agentes, também procuravam com o tempo direcionar diversos aspectos políticos da
humanidade e dos Draconianos como um todo, plasmando seus próprios interesses, que em parte
chegaram a fugir da perspectiva do próprio Satã, e de sua equipe, onde Lúcifer verificou que a seriedade
dos acontecimentos e dos efeitos sobre essa negatividade, iam muito além do que se tinha imaginado,
mesmo dentro das esferas de um Lanonadek, que em geral habitam esferas de 16ª dimensão de

34
consciência. Uma nova realidade consciencial estava plasmada em Rigel e seus mundos, onde terríveis
guerras entre diferentes famílias Draconianas começaram a fermentar e desenvolver um caos interno,
situações semelhantes ocorreram em Draconia em Draco, o que fez com que os grandes mentores do
Sistema de Orion, canalizassem essa fúria contra a Federação e todos os focos de vida, quer não fossem
Draconianos, assim esses seres foram usados como bucha de canhão e testas de ferro, para gerar as
guerras contra os povos pacíficos e a Federação, inserindo em suas consciências, que seus problemas
eram gerados pelas formas não draconianas da Federação e dos mundos onde os Draconianos não eram a
liderança. Assim esses seres confusos foram sendo inflados a gerar uma guerra muito mais complexa e
ampla do que se tinha imaginado, o que fez com que muitos agentes entrassem em pânico quando
compreenderam as repercussões desse tipo de situação e manipulação satânica, que muitas lideranças de
Rigel estavam aceitando como verídicas e treinando seus guerreiros, para assim aliviar a tensão interna
dos sistemas de Rigel e canalizar essa fúria contra os inimigos invisíveis e em muitos casos falsos
inimigos, pois não existia essa ameaça que foi camuflada e inventada pelas manipulações políticas de
Satã e suas equipes, onde Toalk desenvolveu planos magníficos para inserir agentes nas posições de
liderança. A guerra começava a ser plasmada e induzida por seres sem escrúpulos, que somente estavam
interessados em seus interesses pessoais e na sustentação da energia de Anhotak através dessas jogadas
políticas.
Na medida em que esses planos eram desenvolvidos pelos governos ocultos, diversas técnicas de
vampirização e aproveitamento do ectoplasma gerado dentro desses conflitos e distúrbios emocionais,
eram desenvolvidos e empregados em escalas planetárias, o que em muitos casos estava ligado a criação
de sistemas de barreiras de energia que sustentavam determinados padrões energéticos e oitavas de luz,
para não permitir que essas civilizações mais contaminadas, despertassem, assim a energia das trevas,
que na realidade tem ligação ou correlação com a ignorância sobre as leis do universo e os efeitos
cármicos delas, faziam dessas civilizações formas completamente entrópicas, que a cada minuto ou ciclo
encarnacional se rebaixavam ainda mais nas suas vibrações, afastando-se de seu caminho original e das
energias sutis de seus outros planos, gerando assim as realidades ilusórias, que tantas vezes temos nos
referido. Diversas naves de processamento de ectoplasma era colocadas em órbita desses mundos e
processavam essas energias como um combustível para emissores de ondas por teletransporte, para os
mundos centrais de onde estavam os governos ocultos de Satã e seus colaboradores. Assim todo um
sistema de alimentação e vampirização era sustentado pelas naves e agentes secretos nos mundos em
rebelião e conturbações políticas, religiosas e conscienciais.
Outro fator relevante dentro desse processo, é o fato que muitas situações ocorreram em realidade
paralelas, não estando ligadas diretamente na mesma realidade, mas em paralelo, através de milhares de
almas gêmeas em posições estratégicas de poder, o que amplificou ainda mais os efeitos conturbadores
dessa grande rebelião e seus efeitos degenerativos de Formas Pensamento, que eram geradas a cada
segundo dentro dessa corrida suicida dessas civilizações que eram manipuladas pelas forças trevosas e
seus agentes inescrupulosos, que somente o poder enxergavam.
A intriga era uma das formas mais comuns de gerar distúrbios e controlar essas almas confusas,
inserindo dentro delas todas uma situação de chantagem e desenvolvimento do poder pelo poder,
explorando seu semelhante. Dentro de cada sociedade dessas foram desenvolvidas escolas iniciáticas,
que deveriam controlar a mente e o comportamento de cada sociedade e utilizar os ensinamentos dos
Avatares, de forma desvirtuada para sustentar o poder e usa-lo contra a liberdade consciencial de cada
cidadão, fazendo assim com que os protocolos de Satã se tornassem reais dentro de cada mundo tomado
pelas forças trévicas.
Acar Odethon acabou se envolvendo com esse tipo de situação e em algumas de suas encarnações
esteve preso a compartilhando com essas energias junto a Satã em Rigel e Draconia, tendo encarnado
diversas vezes dentro do Sistema e Império de Orion, lutando lado a lado com Toalk enfrentando os
interesses de unificação da Federação e sendo oponente de ShtarRog e Maalel quando ele iniciou um
projeto de perseguição e responsabilização de Satã e Toalk sobre a dualidade inserida de forma
irresponsável sobre as civilizações mais primitivas. A líder e agente Zathia foi uma das que mais
problemas teve que superar pela interferência desse antigo Brigadeiro, que ao encarnar como Draco do
Império conhecia sua identidade parcialmente, e sabia da sua ligação secreta com THOT e Ashtar, tendo
que passar por reconfigurações energéticas e genéticas, para poder salvar-se. Zathia sustentou a sua
situação em diversas encarnações, pois a consciência era permanente. O tempo comparativo com o

35
terreno nosso de um ser dessa realidade, estaria atualmente em torno de 3500 anos humanos. No entanto
devido a capacidade de clonagem e troca de corpos, Zathia e seus amigos, podiam se transportar para
clones pessoais e prolongar suas vidas para valores em torno de 8 mil anos terrenos, tendo depois que
deixar suas almas descansarem para poderem voltar a encarnar em outros corpos.

A Questão Racial
Para se ter uma idéia sobre esse aspecto bem delicado, que na nossa história terrena, foi motivo
para guerras sangrentas, além de abusos e a própria escravidão, isso não é originário da Terra, já veio de
outros orbes muito anteriores, antes da colonização da Terra e da inserção de vida na realidade material
da mesma.
Vejamos um pouco a árvore genética e suas derivações:

Draconianos:

Lagartos   Subdivididos em 15 espécies principais e 30 derivações secundárias.


Sáurios   Maiores que os lagartos, estão divididos em 4 espécies: Dragões, Anfíbios,
Dinossáurios e Sáurios voadores alados.
Dracos   Humanóides com genética Réptil, possuem 3 espécies principais e 5
inferiores, de elevada agressividade.
Centurions  Guerreiros semelhantes ao Alien, com poderes destrutivos elevados.
Xopatz   Dracos humanóides, mutáveis, que controlam as forças satânicas.
Aquáticos   13 espécies aquáticas destinados a mundos aquáticos, elevado poder
bélico e dualidade delimitada pela lógica.
Alfa Dracos 
 Forma réptil de elevada inteligência e habilidade corporal, com certa
semelhança a felinos na estrutura fisiológica.
Cenak   Forma com poderes psíquicos elevados, estrutura com genes Adâmicos,
semelhantes aos Dracos, mas com maior altura e egrégora mais sutil, menos
violentos, usam mais a capacidade racional e intuitiva, possuem muita
semelhança com os Alfa Dracos, embora mais gentis e meigos.
Tulapoks   Forma Insectóide alada de 4ª dimensão, semelhante a Abelhas.
Astarianos  Seres de Antares, escorpiões gigantes e aracnídeos beligerantes.
Codargianos 
 Seres gerados em laboratórios, com 6 membros, perfeitos para a guerra
como combatentes, com cerca de 4 metros de altura, e diversas capacidades
bioenergéticas de combate. Semelhantes aos Halutenses.
Mentropicos 
 Polvos aquáticos gigantes de Arconis, muito perigosos por serem intrantes
natos de natureza, elevado poder psíquico.
Mentrosos  Forma arcaica do Tiranossauro Rex, predador, com capacidade de
projeção astral, usavam símbolos como manifestação, entre eles alguns
conhecidos na Terra como o Cho Ku Rei e similares, na sua guerra e
comunicação psíquica.

Formas humanóides envolvidas no processo:

Halutenses  Seres com 4 braços, de elevada estatura e inteligência, pacíficos, em geral,
mas excelentes guerreiros, pelas suas capacidades físicas acima dos padrões
comuns, com adaptação gravitacional e energética de seus corpos
metabolizadores de densidade. Colaboradores da Confederação.
Oxtornenses 
 Forma humana especialmente desenvolvida para combate, com estruturas
corporais em equivalência aos Halutenses e superiores, quanto a capacidade
gravitacional, de 4,8 Gravos. Membros de uma equipe de elite da Confederação
e da Federação dos outros quadrantes da galáxia e dos outros setores
desconhecidos da mesma na época.
36
Humanos   Gênero que abrigava diversas formas planetárias, como a nossa, onde
diversos focos com suas pequenas diferenças abrangem a quase todo o tipo que
possui a estrutura genética Adâmica. Forma global humana, que envolvem
diversas raças humanas, além da cor e características fisiológicas com
semelhanças ao padrão terreno.
Canopianos 
 Seres etéricos de 5ª e 6ª dimensão, que se manifestavam como hologramas
nas realidades inferiores, seres de muita luz crística, representantes da
Confederação para as realidades inferiores do quadrante conflitante que
estamos abordando, forma humana muito bela e serena.

Arianos altos, descendentes de Lira das primeiras gerações. Diversas


raças mistas surgiram a raiz deste foco, muitas das quais estão presentes na
Terra, e tem relação com a civilização Germânica.

Assim temos uma idéia geral das raças envolvidas no processo humano ou humanóide do setor da
constelação de Satânia, que envolveu estas e outras raças semelhantes, de diferentes setores da galáxia.
Portanto diversos fatores relacionados com as competições e disputas raciais são de caráter
relevante no processo que estamos abordando neste livro. Para muitas raças envolvidas a questão racial
foi crucial no desenvolvimento das relações exteriores e dos confrontos ideológicos, movimentos como
a Ku Klux Klan eram bem comuns dentro de toda essa disputa de poder e manipulações religiosas, pois
muitas cruzadas raciais, tinham como embuste a ideologia religiosa, sobre as raças primogênitas e
detentoras do direito divino de governar e liderar o universo, ideologia alias bem comum dentro dos
mundos de Satânia, pois tinha sido difundida pelos mesmos seres em diferentes culturas, justamente para
controlar a todas de forma independente e coloca-las em dependência sobre seu jugo ideológico.
É difícil de deixar de fazer uma comparação com a situação histórica da nossa humanidade, pois as
formas de controle dominação sobre a humanidade, partiram dos mesmos moldes, econômicos,
religiosos e culturais, como uma extensão miniatura do que a milhares de anos foi desenvolvido em todo
37
nosso quadrante estelar, pois a maior parte desses criadores e idealizadores do plano, se encontram na
Terra ou já se encontraram no passado. Representando as forças que sustentam e controlam o que
denominamos de Sinistro Governo Secreto, que na realidade veio de fora, pois o setor de Satânia já
naquela época era controlado por um Sinistro Governo Secreto que ditava as regras da polaridade,
desarticulando o que tinha sido originalmente construído e idealizado pelas forças divinas e
Arcangélicas, além do fator de corrupção da alma de diversas divindades imperfeitas, que não estavam
no grau Crístico, como acreditávamos, por terem sido confundidas com Deuses também para muitas
culturas de Orion, como ocorre na Terra com nossas antigas civilizações.
Dentro desse contexto a criação das guerras, era uma articulação e manobra de controle sobre
todas as raças que ainda não estavam sobre o controle dessas forças, onde a Federação era um obstáculo,
que tinha que ser controlado pela política e pelas intrigas que essa política deveria desenvolver, dentro
de cada grupo racial e social. A manifestação de um plano a longo prazo contra a Federação era uma
coisa obvia, que a Confederação sabia ser uma meta, no entanto as formas de como desenvolver isso,
eram ainda muito complexas, pois cada grupo racial e cultural acoplado a Federação, em princípio
deveria ter superado diversos aspectos do ego pessoal, e limitações culturais na busca de uma sociedade
e bem estar social e cultural com seus novos companheiros, o que limitava a ação de ambas as partes, a
não ser pelas manipulações a longo prazo, infiltrando pessoas de forma estratégica, para conturbar o que
deveria ser pacifico e voluntário de parte dessas culturas mais novas. Os agentes secretos eram uma peça
importante dentro dessa manipulação de poder e espionagem para se identificar o passo do inimigo, que
nem sempre era oculto.
As Casas de Comercio era um dos principais focos desse manobra de controle, onde cada grupo
setorial filiado as Federações em formação e outros grupos isolados, tinham como objetivo semear essa
manipulação econômica, para assim desmembrar o que viria a ser o controle e unificação dessas
sociedades como em geral se planejava. As hierarquias Crísticas sabiam do processo de amadurecimento
e elevação vibracional que cada alma deveria ainda passar em sua jornada, para que assim essas etapas
fossem superadas, no entanto esse processo levaria a muita destruição e manobras que fariam um grande
peso Cármico em milhares dessas culturas, como realmente ocorre no momento atual, onde o passado é
uma marca muito pesada e vergonhosa para muitas criaturas que participaram dessas cruzadas pelo
poder e cultivaram a destruição e morte em sua saga pessoal e cultural durante milênios, ate
conseguirem se elevar vibracionalmente com o tempo. Nem todas essas culturas ainda superaram essa
realidade, muitas ainda são guerreiras e buscam o controle sobre as outras raças, como é o caso dos
líderes extraterrestres que consolidam o poder junto ao nosso Sinistro Governo Secreto na Terra e em
outros mundos coligados pelos Portais Estelares a Terra e aos outros mundos de exílio e hospital, além
das realidades de Arconis, onde ainda existe a semente da discórdia e poder negro, se opondo a luz e a
harmonia das leis universais.
Cada raça envolvida dentro desse processo evolutivo onde a questão do poder, era uma situação
psíquica e emocional em burilamento, passou por etapas, onde valores e conceitos foram pertinentes no
processo que levou as rebeliões e disputas, onde somente o tempo e o amadurecimento, com as
experiências travadas em cada campo, poderiam levar diversas civilizações a compreender a inutilidade
do poder em diversas frentes, mas situações que tiveram que ser vividas por milhares de civilizações até
atingirem seu foco central de equilíbrio e compreensão. O mesmo ocorre em nosso planeta, que passa
por transformações culturais, morais e cientificas, em busca de novos conceitos e estruturas de poder e
compreensão sobre o universo.
As diferenças políticas e culturais de cada civilização foram manipuladas como vimos, para gerar
esses focos rebeldes e com isso conturbar diversos aspectos dentro do processo evolutivo e configuração
das alianças culturais dentro do perímetro que estamos abordando neste trabalho.
Como muitas dessas formas de vida, tem o poder de vampirizar ou acoplar-se a fisicalidade
psíquica de outras raças, muitos problemas relativos a invasões e intrantes foram gerados dentro desse
processo de rebeliões e busca pelos poder. Uma raça que desenvolveu técnicas bem interessantes de
intrância psíquica e posteriormente corporal, foram os LAURINS seres de aparência transparente e
muito suaves6, tiveram a participação em muitas disputas de poder, eles ao entrarem dentro da psique ou
6
Semelhantes aos seres manifestados no filme O Segredo do Abismo, que são uma representação próxima
aos Laurins que me refiro, atuantes na Terra também nestes últimos tempos, de forma bem mais atuante.

38
corpo de um ser como simbiontes tem a capacidade com o tempo de assumir a personalidade e
consciência desse corpo. Assim eles manipularam muitas situações políticas a seu modo e beneficiando-
se disso, além deles com essas capacidades, existe um grupo avançados dos XOPATZ, que também
estiveram presentes na Terra até muito recentemente coligados ao Sinistro Governo Secreto. Estes por
sua vez eram totalmente perversos e arrasaram diversas civilizações. Os Laurins não são seres perversos,
eles até muitas vezes ajudam, mas sua forma de atuarem interfere no livre Arbítrio das Almas ou da
consciência na qual estão interagindo, assim seu processo é considerado uma invasão ilegal pelos
tratados da Federação, embora tenham atuado com a Federação em muitas situações de guerra e conflito,
ajudando em diversos momentos a combater as frotas imperialistas, mas também mantiveram seus
interesses pessoais de forma a manter um processo de invasão nos mundos que lhes convinha.
Atualmente eles buscam efetuar pesquisas na Terra, pois uma delegação deles esta presente desde os
tempos da chagada dos Capelinos na Atlântida, o que os deixou exilados por determinação do Conselho
Cármico Terrestre. Eles não compactuam diretamente com o Governo Secreto negativo, mas tem
relações de mutua ajuda com diversas delegações dos Grays na Terra e Zetas, o que os coloca em
posição de inimigos do Comando Ashtar no momento, eles utilizam a técnica de Intrância em pessoas
para assim adquirir influência na realidade terrestre. Muitos de seus comandantes têm contatado pessoas
conhecidas minhas e alegam querer ajudar essas pessoas, o que não é verídico, pois a ajuda deles acaba
por privar as pessoas da sua individualidade e liberdade de consciência como ocorreu no passado com a
chegada de diversos magos negro na Terra.
Portanto muitas questões existentes na atual realidade terrestre, incorporada a nossa política, aos
Iluminatis, aos grupos que detêm o poder econômico, religioso e cultural, são reflexos idênticos ao que
ocorreu no cerne de Orion é que acabou por consolidar a grande Rebelião e guerra estelar, que temos
registros e tem sido pano de fundo de diversos filmes famosos como Guerra nas Estrelas, Jornadas nas
Estrelas, Galáctica, Star Buck, Flash Gordon, Inimigo Meu, que serviram de base para nossa ficção
cientifica, além dos diversos livros que relatam aspectos isolados desse processo, onde milhares de
humanos encarnados além de outras formas de vida também residentes na Terra, tiveram participação
ativa durante esses acontecimentos que remontam milhares de anos em nosso passado e em realidades
paralelas fora do nosso contexto dimensional e temporal linear. Isso por sua vez vem explicar diversos
aspectos sobre a percepção de realidades paralelas de milhares de sensitivos que tem conectado essa
outra realidade nos últimos anos, o que deve ser amplificado de forma muito mais ampla a medida que
nos aproximar-mos das dimensões mais sutis, onde algumas chaves sagradas serão abertas para a Terra e
toda a humanidade.

Os Planetas Rebeldes
Dentro do quadrante que estamos descrevendo, temos milhares de planetas povoados desde a
realidade física equivalente a 2ª até a 6ª dimensão, que plasmaram dentro do nosso contexto de
holograma, suas dualidades e fomentaram as guerras e movimentos políticos pelo poder e subjugar raças
mais primitivas ou mesmo frágeis. Assim vamos colocar alguns dos mundos que serviram de base
operacional para a expansão desse processo. Como já foi colocado anteriormente sobre os 144 planetas
em equivalência a Terra e aos 48 dentro do quadrante da Via Láctea, existem cerca de 4 planetas
semelhantes a Terra dentro do atual quadrante de conflitos, além disso milhares de outros mundos foram
absorvidos por esse processo de dualidade e formataram os grandes impérios estelares em diferentes
ciclos estelares e realidades dimensionais e temporais.
Demos início a este trabalho descrevendo um pouco sobre o planeta e sistema de Orion, o berço
dos draconianos que se uniu a Rigel criando a aliança inexpugnável dos Draconianos em busca do poder
e que por sua vez formataram diversos aspectos da grande rebelião com a manipulação de Satã, Anhotak
e Toalk, além desses sistemas estelares, temos muitos outros mundos que vamos a descrever, apara que
se tenha uma idéia bem mais ampla do processo que foi plasmado por milhares de civilizações e seus
quadrantes de interação e influência sobre o perímetro exposto dentro desta obra.

39
BORONAK Orionis
Planeta próximo a uma triangulação entre Bellatrix e Betelgeuse, a cerca de 12 anos luz de
Bellatrix, mundo desenvolvido com diversas raças humanóides, que optaram pelo envolvimento com as
forças do poder e pesquisas no setor cientifico da genética e psique sensorial das raças. Esse sistema do
Sol/Estrela Boranth, não visível do ângulo terrestre, é um centro de poder importante, que expandiu
informações e conceitos para milhares de mundos. Em princípio esse era um lugar de partida para as
forças de Orion invadirem e criarem um bloqueio mercantil e social cultural a Betelgeuse e Bellatrix,
que eram sistemas filiados a Federação Intergaláctica, o que gerava constantes conflitos políticos e
diplomáticos, pois Boronak era um importante centro de abastecimento e orientação espacial, como um
farol estelar. Planeta com um tamanho gigante maior que Júpiter, com atmosfera densa com elevados
valores de gás carbônico e oxigênio, uma mistura bem explosiva, pouco recomendável para a forma
humana terrestre, suas cidades são todas subterrâneas ou com gigantescas cúpulas de cristal.

População   Cerca de 12 bilhões de almas que consolidaram a quarentena.


Raças   Humanóides com origem mista de Draconianos, com crânios alongados.
Habitat   Atmosfera semelhante à terrena, com maior índice de oxigênio e gases
nobres.
Cultura   Monoteísta, pesquisadora das ciências, e matemáticas.
Regime Social  Espécie de socialismo com comunismo, no que diz respeito ao processo
administrativo, mas com liberdade capitalista de bens e riquezas controladas.
Poderio   Frota Imperial de pesquisa e guerra com cerca de 340 mil naves de grande
porte. 1,2 milhões de naves de pequeno porte. Muitas naves são mercenárias.

Temos o crânio de uma das espécies residentes em Boronak, esse crânio foi encontrado na Terra,
no México e outras localidades asiáticas, já se encontraram esse tipo de configuração, semelhante as
encontradas no Egito. Nossos cientistas dizem que se trata de uma anomalia, ou seja, de uma
deformação do crânio de pessoas que deveriam ter genes derivados de irmãos que se acasalaram, como
era habito entre os egípcios. No entanto esse crânio é de uma forma extraterrestre que tenho encontrado
regularmente em projeções mentais e nos trabalhos etéricos e cidades intraterrenas. Este tipo de crânio
também é semelhante a muitos Capelinos que chegaram a Terra em naves, antes e durante seu exílio
desse sistema, que veremos a seguir.
Boronak era um centro importante, um Portal para as atividades subversivas de diversos grupos
locais, que por sua vez eram uma fachada para as atividades ilegais de Satã e o Império de Orion.
Boronak procurava legalizar diversas atividades consideradas ilegais e subversivas, principalmente no
que diz respeito a contrabando de órgãos e material genético, onde Capela era o principal mercado de
distribuição. Diversos trabalhos onde o trafico de escravos era praticado como forma de baratear o custo
e a tecnologia, pois as civilizações que empregavam a cibernética dentro de sua estrutura social, como os
BORGS7 não compactuavam com a ideologia social e política externa dos Draconianos e das culturas
7
Mesma designação encontrado no seriado Jornadas nas Estrelas, a nova geração com o capitão
Picard, esse tipo de civilização existe e possui seu centro operacional nas imediações limites de Satânia.
Dessa raça derivaram inúmeras outras, onde a pratica de utilização de cibernética e robôs, para facilitar o
desenvolvimento cultural e social, tiveram excelente resultado.
40
com esse tipo de consciência. Assim os mundos “Rebeldes” não empregavam com regularidade robôs e
andróides para trabalhos de mineração e exploração oceânica, somente em casos onde as formas
humanóides ou biológicas, não podiam suportar as exigências de planetas extremos, nesse caso
empregavam elevada tecnologia, que muitas vezes tinha sido absorvida dos BORGS e de outras culturas.
Os Draconianos em si nem sempre desenvolveram esse tipo de ciência, somente algumas famílias
estelares dos Draconianos tinham essa familiaridade, onde inventaram máquinas e sistemas cibernéticos
de primeira linha, entre diversos tipos de robôs exploradores para suportar qualquer tipo de ambiente,
além das máquinas de guerra e robôs de combate, onde o Império de Orion se equipou com muitas
versões de poder de fogo. Alias diversas naves espaciais eram totalmente robotizadas e automatizadas,
muitas das quais, máquinas de guerra avançadas, que tinham apenas a função de guerrear e combater até
o fim, sem a perda de vidas. Boronak em geral possuía diversos tipos de tecnologia mista, sem ser um
mundo de ponta como Capela, Orion, Draco e outros ligados as grandes castas estelares.
Boronak por situar-se num ponto estratégico entre Bellatrix e Betelgeuse, representava um
obstáculo para muitas operações de exploração e colonização da Federação Intergaláctica da época, pois
existia um constante envolvimento de espionagem e perturbações relativas ao poder, que cada uma das
partes deveria desenvolver dentro de cada quadrante.
Entre o tipo de pesquisas desenvolvidas pelos cientistas de Boronak, existia a tecnologia climática
sensorial de memória celular, onde eles procuravam efetuar adaptações genéticas das raças novas, com
elevada resistência para diferentes ambientes, esse tipo de experiências e pesquisas também eram
desenvolvidas pela federação e muitos mundos ligados a mesma, como o caso do Sistema Taum. No
entanto o tipo de inclinação moral das pesquisas em Boronak eram muito discutidas, pois procuravam
modificar arquétipos de raças inteiras para verificar o máximo de aproveitamento, mesmo que isso
diminuísse a durabilidade, onde verdadeiros genocídios eram plasmados em nome do Império e do
poder, que por sinal acabavam confrontando os interesses da Federação e de outros sistemas, como o de
Betelgeuse, que representava o sistema coordenador dos mundos Federados de Orionis, no quadrante
norte, que era a contraposição de Rigel ao sul da constelação de Satânia.
Boronak representava a oposição social e mercantil dos interesses de Betelgeuse e da federação,
por inserir no quadrante uma forma de contaminação cultural religiosa e política, que plasmava
desencontros energéticos na psique das raças que mantinham contato, pois procuravam vibrar na energia
da guerra e da desconfiança, além de explorarem as raças indefesas, o que era uma das clausulas da
Federação de não interferência nas culturas em desenvolvimento, isso chocava diretamente diversos
aspectos da Federação, pois os interesses de Boronak e do Império de Orion, era a expansão de um
Império ditatorial, onde somente as castas elevadas, teriam direito ao poder e independência, o que era
negado aos mundos encontrados em estagio inferior, ou mesmo aqueles em condições de oferecer
oposição aos interesses de Toalk e Satã, eram gradualmente comprometidos ou fragilizados para que a
energia da guerra, desconfiança, miséria fizesse, com que o Império o anexasse, como fez com milhares
de mundos da Federação que acabaram cedendo a esse tipo de energia, como é o caso da Terra, através
do príncipe planetário Caligasto, que se vendeu e entregou o planeta as forças sinistras do Anti-Cristo.
Assim dentro do setor de Betelgeuse, que é a estrela alfa em brilho do nosso ponto visual da Constelação
de Orion, onde existem dezenas de raças humanas e humanóides, muitas inclusive descendentes, de
antigas civilizações provenientes da Terra a milhares de anos antes do processo que estamos abordando
neste livro. Esse quadrante enfrentava perturbações políticas, que se alastravam inclusive para as
imediações de Sírius Alfa e seus arredores, onde determinadas energias e pessoas de Boronak
mantinham bases e intercâmbios secretos dentro da área de influência de Sírius e da própria federação
desse setor, onde o Templo da Safira Luminescente do Arcanjo Miguel era um foco estratégico que eles
queriam desequilibrar e desacreditar, onde se fazia o contato com a Fraternidade Azul de Sírius e com os
respectivos Mestres Ascensos.

TAU CETI Centauro


Outro ponto importante a ser considerado dentro do nosso trabalho, é esse sistema onde 2 mundos
interligados, que recebem de forma única a designação de Tau-Ceti alfa e Beta, pertencentes a
Constelação do Centauro, da mesma forma que Toliman, Agena e muitas outras, que eram Federadas,
este sistema era filiado aos interesses do Império de Orion como Boronak, com a diferença de ser um
41
sistema bélico avançado com pretensões de base militar de assalto ao Sistema de Toliman e arredores.
Situado a cerca de 245 anos luz de Toliman, esse sistema possuía diversos planetas e bases secretas,
onde uma grande parte da frota espacial do Império de Orion, estava guardada, existindo também
dezenas de estaleiros de fabricação das astronaves de combate. Pelos registros que a Federação
apresentou na época e um pouco posterior aos acontecimentos da grande guerra e invasões, dentro do
quadrante de influência de Tau Ceti, existiam cerca de 230 mil naves de guerra, sendo que a maior parte
robotizadas e de pequeno porte, mas com elevado poder destrutivo, por não exigirem condições de
climatização e nem ambientais para ocupantes biológicos, com isso essas naves eram fabricadas em
série de forma rápida e simples, onde os sistemas de armamento e rastreamento eram seu maior ponto
além da comunicação com os centros geradores e comando teleguiado. Portanto o poder bélico do
Império dentro desse quadrante de Toliman e da própria constelação do Centauro em direção as
profundezas da galáxia eram consideráveis, onde foram anexados cerca de 14 planetas para mineração e
exploração de minério e testes genéticos com outras raças encontradas dentro desse setor. No geral Tau
Ceti acabou totalizando uma rede de 25 planetas indexados via comunicação com seus transmissores de
matéria e sistemas de navegação direcional, como se fosse um pequeno império dentro da própria
estrutura da Federação, que com o magnífico trabalho do Almirante Ashtar Sheran, tinha conseguido
anexar sem guerras a maioria dos 204 mundos ligados a energia do Centauro, além de unifica-los a
Sírius e outros grupos da Federação, que com o tempo foram se unindo e coligando seus interesses, para
se defenderem dos interesses do Império de Orion. Assim Toliman e Agena representavam alguns dos
pontos de controle e liderança política desse quadrante, que por sua vez, mantinha a fraternidade
Dourada e Lilás dos Mestres Ascensos, da qual Ashtar Sheran era um dos maiores propagadores, por ter
na essência do Arcanjo Miguel seu EU Superior.
O quadrante de Tau Ceti e seus domínios fica dentro de uma ótica centralizada da Constelação do
Centauro, logo acima para o lado esquerdo do cruzeiro do Sul, exatamente em um entroncamento
estratégico que separa outros pontos importantes dessa constelação e da malha estelar, onde podemos
ver as principais estralas de maior magnitude luminosa, como Maw Wei, Koo Kow, Gacrux, Mimosa,
Palida, Alfa Cruz, Menkent e logo acima o triângulo Drorion do sistema estelar Borg, que fica bem mais
afastado do que pode parecer, pois estamos visualizando em 2 dimensões, sem a percepção da
profundidade. Toliman que também é conhecida como “Rigil Kentaurus”, representa a estrela mais
brilhante, seguida de Agena, que é a beta em luminosidade. Essas duas estrelas configuram o setor
administrativo ligado diretamente a Sírius, enquanto que no quadrante de Menkent, existe um outro setor
ligado a outros setores profundos da nossa galáxia, que travaram diversas pesquisas e conflitos até
adquirir a paz com outras delegações de federações distintas, que limitam com outras regiões da galáxia
além da fronteira da Constelação de Satânia ou mesmo do perímetro demarcado de 14,7 mil anos luz que
já abordamos. Menkent foi palco de diversos distúrbios por parte de Tau Ceti e seus grupos, que podem
ser notados na região central e alguns pontos menores. O sistema de KooKow e Maw Wei também
recebeu diversas perturbações e teve diversos mundos anexados pelo poder de Tau Ceti.
Dentro do quadrante de KooKow e Maw Wei existem cerca de 132 planetas em condições de
serem habitados, que têm sido utilizados como colônias avançadas de pesquisas, onde a Federação
montou um forte esquema de proteção e colocou diversas delegações como um centro interativo, onde
diversas delegações de Draconia e de Sargas, além de Orion, detêm uma parte dessas pesquisas, dentro
de um tratado a parte das negociações externas. Esse tratado foi firmado pelo então Almirante da
Federação Ashtar Sheran, antes da sua ascensão como Mestre da Justiça e da Luz, há mais de 2,2
milhões de anos dentro da cronologia terrena. Misteriosamente esse tratado foi mantido mesmo a contra
gosto das lideranças posteriores de Orion e Draconia, existe um mistério para esse impasse, que poucas
autoridades da Federação conhecem, sobre o armistício que existe dentro desse quadrante, onde existem
diversos Pulsares, e Quazares, além de uma fenda dimensional que liga a nossa galáxia a um outro setor
do universo, ainda desconhecido, onde somente as naves de 7ª geração e dimensão podem acessar.

42
CONSTELAÇÃO DO CENTAURO

43
Em linhas gerais essa configuração que temos no mapa e dentro da nossa ótica espacial
bidimensional, não confere com a realidade do que realmente é essa pequena constelação com seus
aglomerados estelares e nebulosas internas, onde mais de 1600 plantas estão orbitando dezenas de
estrelas e levam a um outro universo, que de certa forma possui conexão com o novo universo de
UNANA que já tem sido anunciado por diversos Mestres da Fraternidade Branca.
No que se refere aos grupos planetários do Cruzeiro do Sul, a maior parte deles fica bem além do
que se imagina, para se ter uma idéia, as distâncias das estrelas visíveis que compõe o cruzeiro são:

Alfa Crucis  230 anos luz


Beta Crucis  492 anos luz
Cigma Crucis  350 anos luz
Eta Crucis  120 anos luz
Gama Crucis  230 anos luz

Pode-se ter uma idéia que os planetas do Cruzeiro do Sul, estão em uma órbita bem mais distante,
embora muitos deles estejam dentro da federação e na ocasião também foram alvo de explorações
estelares por diversos grupos do nosso perímetro interno.
O sistema triangular de Drorion, é na realidade um quadrante pouco abordado pelas naves da
Federação e do Império de Orion, pois os BORGS sempre mantiveram uma barreira impenetrável,
impedindo o processo de colonização das naves estrangeiras. Eles poucas vezes entraram em guerra com
as forças draconianas, mas quando o fizeram foram implacáveis e aniquilaram, pois suas naves possuem
uma tecnologia muito superior. Eles são na realidade oriundos de antigas civilizações que já
ascensionaram e coexistem entre a 6ª e 7ª dimensão, relacionadas inclusive as raças fundadoras das
civilizações que estamos estudando, dentro da faixa da 2ª a 5ª dimensão. Essa raça que trabalhou a
ciência e alta tecnologia da cibernética, atingiu patamares muito harmônicos dentro de um processo
pessoal de pesquisas e guerras internas, ate encontrarem a geometria sagrada e com ela saltarem para
tecnologias menos agressivas no que diz respeito à participação de dispositivos cibernéticos aliados a
orgânicos. Por serem uma raça gerada muito tempo antes da ocupação pelas raças biológicas
humanóides e draconianas desse quadrante, eles conseguiram se isolar e criar um império independente,
que troca informações e tecnologia com a Federação dentro de limites, que não os contamine. Assim
eles procuraram depois de uma longa jornada, o isolamento das questões políticas externas, no entanto
existem outras ramificações BORGS em outros lugares da galáxia e do quadrante, que acabaram por se
misturar e compactuar com a Federação e com o Império de Orion, onde muitas raças Draco geraram
sua equivalência Borg/Draco, que é muito perigosa e foi responsável por grandes batalhas e atrocidades
dentro do nosso quadrante e em setores externos a mesmo. Nesse contexto entram as raças Halutenses,
que conseguiram enfrentar e derrotar os Borg/Draco.
Dentro do nosso mapa, temos abaixo de Tau Ceti dois pontos marcados com X’ e X”, que
representam os mundos centrais de apoio direto ao pequeno grupo renegado de Tau Ceti, que na
realidade era uma cabeça de ponte para uma invasão que nunca ocorreu, por questões ainda misteriosas,
embora seu potencial bélico, tenha sido utilizado para invadir mundos próximos a Toliman e com isso
chegar próximo a Sírius. Como foi dito, o quadrante nebular de KooKow w Maw Wei não foi violado,
apesar da fenda existente, segundo relatórios secretos que Shtareer apresentou a alguns pesquisadores,
essa fenda é protegida por forças muito acima do convencional, ligadas às altas esferas siderais além da
16ª dimensão, onde outros interesses se segurança gravitacional da galáxia estão em jogo. Por esse
motivo não foi permitido que nenhuma das facções utilizassem essa fenda para explorar ou efetuar sua
imaturidade, em busca do poder. Atualmente esse quadrante continua com um forte esquema de
segurança de Merkabas da Confederação Intergaláctica, onde Shtareer e Arcanjo Miguel, são
responsáveis pela segurança e comunicação com o outro lado.
Os líderes desse sistema mantinha contato direto com os outros mundos rebeldes, além de
existirem, grupos subversivos, que equipavam suas naves, dentro de um mercado negro, que era
alimentado por Tau Ceti e seus aliados. Muitas casas de comercio ligadas a irregularidades políticas e
mercantis, tinham suas naves preparadas e armadas nos estaleiros de Tau Ceti. O que era uma forma de
desenvolver um grupo opositor direto aos interesses de paz da Federação e outros grupos que não
queriam se filiar a nenhum grupo espacial, procurando sua independência, o que não era muito fácil no

44
auge dos conflitos, que perduravam por milhares de anos, onde o número de naves e o potencial bélico
foi multiplicado de forma enorme muito além da capacidade operacional e administrativa de muitos
grupos isolados, o que por sua vez gerou também uma serie de complicações e distúrbios internos pelo
poder, dentro do próprio Império de Orion.

CAPELA Auriga Orionis


Um dos mais famosos centros do império onde diversos focos rebeldes, se sedimentaram e se
espalharam para todos os cantos da galáxia, na realidade esse sistema com seus 8 planetas e 4 seriamente
comprometidos com as energias e movimentos rebeldes do Império de Orion, foi um ponto estratégico
onde o sistema Orion e seus 43 mundos, não se comprometeram de forma direta, o mesmo ocorrendo
com o sistema natal de Draconia. Capela e seus 4 mundos representaram o centro comercial e político do
processo degenerativo consciencial, que por sua vez contaminou diversos lugares afastados, que
acabaram por confrontar os interesses da Federação.
Capela e seus 4 mundos eram povoados por dezenas de raças espaciais, de diversas localidades, era
na realidade um entreposto comercial e cultural, que servia de base operacional para dezenas de casas de
comercio e pequenos impérios estelares, muitos inclusive externos ao nosso quadrante de 14,7 anos luz
que já abordamos. Apesar de Capela estar a 45 anos luz da Terra pela nossa forma de contagem, esse
sistema que é colocado como a estrela alfa da Constelação do Cocheiro, é na realidade um sistema
interno de Satânia ou de Orion pela carta estelar da Federação. Estando em uma posição estratégica para
abordar diversos setores fronteiriços do nosso perímetro dos 14,7 anos luz.
Na página seguinte temos o detalhe do entroncamento entre as principais estrelas do Touro, com
Orion e Cocheiro, onde podemos ver a coligação entre a estrela de Capela, Medissa diretamente com
Saiph de Orion, que é um posto avançado de Rigel, sede Draconiana de Orion, onde também podemos
ver EL NATH que é uma importante estrela da Constelação do Touro além do aglomerado M1. Esses
quadrante limítrofes, são as pontes de contaminação e intercâmbios das culturas espaciais que estamos
estudando. Na realidade Capela representa o início de um vértice que abordava 2 constelações do nosso
ponto ótico, mas que na realidade são sistemas muito próximos e onde existiu uma abundante navegação
espacial.
Nessa ilustração podemos situar-nos com relação ao aglomerado das Plêiades, que esta muito
próximo de AIN e este por sua vez, de um pequeno aglomerado superior que também possui uma grande
nebulosa e um elevado número de Quazares, e portanto portais estelares. Aldebaran, é um importante
ponto onde raças humanas do padrão ADÂMICO descendentes dos antigos LIRIANOS acabou por
irradiar sua cultura para diversos pontos da galáxia, entre eles a própria Terra, onde encontraremos
informações interessantes sobre a raça germânica e ariana terrestre.
Capela dentro dessa configuração representava um ponto central de desenvolvimento cultural,
onde diversas ações subversivas eram controladas e a moda era lançada para as culturas decadentes da
nossa Satânia, onde Satã e seus companheiros lançavam mão de artifícios para densificar cada vez mais
as raças em evolução e assim retardar a evolução espiritual, ampliando ainda mais a evolução cientifica
bruta.
Medissa que veremos a seguir, é na realidade um centro avançado militar, onde em comparação
com Tau Ceti, representava um grande Império bélico, onde grande parte da armada do Império de
Orion e outros grupos atrelados a ele se estabeleceu para lançar um ataque direto a diversos povos
circundantes, além de fortalecer a posição sul de Orion, ao ponto de superar belicamente as forças da
região norte onde Betelgeuse, Bellatrix, e as 3 Marias, que representavam as forças opositoras ao
Império de Orion, onde uma grande guerra psíquica era travada.
Assim Medissa era o grande guarnição de Capela e seus mundos, que representavam o centro
cultural dos rebeldes além de um gigantesco entreposto de divertimentos e sensorial, onde os grupos de
espionagem, atuavam de diversas formas, como vimos antes. Esses 4 pontos finais, desde Rigel até
Capela, representam um valor de cerca de 65 planetas envolvidos com a energia do Império de Orion, e
suas manipulações consciências de conquista e poder.

45
Constelação Touro e Orion detalhe de CAPELA

46
Capela representava na época um centro de estudos do comportamento consciencial de mais de
350 raças diretas e ao todo as cerca de 1700 raças indiretas que estavam dentro do processo evolutivo da
nossa Constelação de Satânia. Assim todos os focos espaciais e diversos Deuses Criadores de diversas
esferas estudavam esse setor, além do processo Avatárico estar estabelecido, para tentar diminuir os
efeitos degenerativos da consciência na busca pelo poder e na alta densidade consciencial que se
manifestou dentro desse setor.
Capela fica a cerca de 45 anos luz da Terra, sendo um estrela bem grande, onde atualmente
manifesta-se a vida, de forma semelhante à Terrena, mesmo com o exílio de cerca de 4,5 bilhões de
almas desses sistema entre 17,500 e 10,800 anos terrenos, que coincidem com a destruição da Atlântida,
ainda existe uma civilização altamente dualizada e que mantêm a sua ideologia bélica e conquistadora,
buscando recuperar o poder do passado, onde se concentram a maior parte das culturas não
Confederadas e beligerantes do nosso quadrante. O interessante que todo esse quadrante desde Capela
até Rigel, ainda é um setor relativamente conturbado e proibido para navegação para muitas raças.
Embora grande parte já tenha evoluído e despertado para uma unificação, ainda existem os rebeldes
assim como na Terra, mesmo após as 2 grandes guerras mundiais, onde os jogos políticos e comerciais,
deixam suas marcas na nossa sociedade.
Os 4 mundos de Capela, eram parecidos a Terra, com um clima mais árido e desértico, mas
compatível com regiões como Nevada, Atacama, África e regiões de savanas semi-tropicais como na
Europa setentrional. o mundo mais externo Capela 6 dessa civilização, era do tamanho de Júpiter e
possuía uma civilização subterrânea, já que era um gigante de gelo, com clima complexo e grandes
tempestades magnéticas, por falta de atmosfera externa. Esses 4 mundos sendo o intermédio do tamanho
de Urano, ou seja, algo em torno 51.000 km de diâmetro, contra os 12.756 Km da Terra e o menor com
cerca de 23.000 km de diâmetro. Todos com atmosfera semelhante à terrena, permitiam a vida de
diversas raças, além de existirem centros adaptados ao ambiente de raças que não respiravam oxigênio,
nitrogênio ou outras misturas especiais, muito comum dentro de um centro comercial dessa envergadura.
Outro fator interessante desses sistema, é o referente ao grande número de raças existentes dentro
dele, além da raça original, que acabou por ficar em minoria, devido à grande radicação das outras raças
estelares. Como foi dito os Capelinos em geral desse sistema possuíam crânio alongado como o da foto
mostrada, mas também forma humanas da raça negra eram predominantes dentro desse sistema. O 2º
planeta habitado, era usado como centro habitacional, onde a maior parte das culturas vivia ou mantinha
casas de veraneio ou ferias, pois existiam imensos complexos de divertimento e instalações
subterrâneas, decorrentes de uma civilização que já mantinha mais de 1,2 milhões de anos na sua
trajetória cultural e tecnológica. Os acontecimentos da grande rebelião foram ocorrendo de forma
gradual, onde diversos aspectos possuem relação muito ampla dentro da escala temporal ou mesmo
cronológica. Capela foi colonizada a cerca de 246 milhões de anos e desde então sustentou mais de 23
civilizações até o momento da grande rebelião, sustentando desde então um saldo com mais de 12,7
bilhões de almas encarnadas no presente momento dentro dos 8 planetas ao redor desse sol, portanto o
exílio de parte desse contingente esta relacionado ao fator psíquico e cosmogênico da época, onde
diversos interesses foram contrariados colocando em risco a civilização de todo o sistema, com suas
pesquisas de Hiper Portais.
A construção de um Hiper Portal semelhante ao da Terra com suas pirâmides em alinhamento com
Marte, Júpiter, Vênus e Lua, foram reproduzidos dentro dos 8 planetas de desse sistema a cerca de 18
mil anos da nossa contagem, que ao serem colocados em funcionamento, criaram uma grande brecha e
deformação do continuo tempo espaço e consequentemente a deformação da malha gravitacional desse
setor, provocando um sério abalo estrutural no quadrante, onde parte do maior planeta foi destruído
reduzindo-o ao um pequeno corpo do tamanho da Terra com grandes fragmentos e asteróides num raio
bem grande. Isso acabou por definir o exílio de grande parte da civilização na época, o que uma poucos
sabem, que nem todos vieram para a Terra, como se tem informado, parte dessa civilização foi para
Medissa, Tau Ceti e Sírius Beta, muitos de forma ilícita. Outro fator importante sobre Capela e seus
mundos que devem ser esclarecidos, é que muitos autores, tem captado que o povo semita ou hebreu é
originário desse sistema, e que por serem exilados desse sistema, representam uma raça condenada e
perseguida. Na realidade como já explanei nos livros anteriores, o povo ou raça hebraica é originaria do
interior da constelação das Plêiades, mas parte dessa civilização próxima ao planeta Danúbio, da qual o
Comandante Jeová é proveniente, foi migrando para Capela e seus mundos, outra parte foi exilada das

47
Plêiades e enviada como castigo para Capela, por se assemelhar mais ao padrão energético e cultural que
esse povo estava plasmando, dentro da sua dualidade psíquica. Assim temos duas origens distintas para
essa raça, sendo que a originaria das Plêiades, que chegou a Terra com a vinda de Jeová, procurou
ajudar no desenvolvimento deste planeta, já com a outra raça hebraica descendente proveniente de
Capela, temos a parte envolvida com a guerra pelo poder e foi responsável pela destruição da Atlântica.
Dentro dos povos exilados de Capela que chegaram a Terra, temos 3 raças diferentes, que por sua
vez, são de distintos lugares da nossa Constelação de Satânia, por ser um sistema que possuía diversas
raças, nem todas puderam ser encaminhadas a Terra, assim as outras foram enviadas a planetas onde sua
forma física e genética pudesse se plasmar de melhor forma, sem maiores choques energéticos, pois nem
todas as almas vieram para a Terra na forma espiritual, muitas chegaram a Terra e outros mundos na
forma física com sua naves.
Do ponto de vista espiritual, foram cerca de 7 ramificações de Capela que chegara a Terra e cerca
de 21 que foram exiladas de Capela e enviadas a outros sistemas que pudessem dar continuidade ao
processo evolutivo, por decreto do Conselho dos Anciões de Salvingtón.
Atualmente um sistema de quarentena e vigilância constante é mantido sobre o quadrante de
Capela até Rigel, para evitar novos confrontos e guerrilhas, como já ocorreu em 3 oportunidades, logo
após o grande exílio e explosão dos mundos, devido à ativação irrefletida do Hiper Portal, que abalou a
estrutura gravitacional desse quadrante, que por sua vez, interagiu com EL NATH, onde um importante
centro de poder do Império de Orion estava plasmado para atacar e destruir a raça predominante de
Aldebaran, que eram a raça ativa e guerreira descendente dos antigos Lirianos, a raça nórdica guerreira,
que nunca se submetia a nenhuma outra, essa raça que originou a raça dos Nodianos8, tinha o poder de
enfrentar de frente às intenções do Império de Orion, mas mantinha a sua postura de não intromissão.
Esse povo não estava filiado a Federação, embora participasse de muitas reuniões e tarefas com a
mesma, pois eles encontravam-se em uma posição superior onde sua civilização plasmava realidades de
3ª a 5ª dimensão, buscando atuar de forma mais imparcial sobre a dualidade das outras raças. Dentro do
setor de influência de Aldebaran, existiam diversas outras raças humanóides, onde a raça negra era uma
das formas que tinha sido absorvida pelo Império de Orion, e representava uma raça muito agressiva e
guerreira.
Antes da construção do Hiper Portal, houve uma guerra severa contra as forças de proteção de
Aldebaran nas imediações de EL NATH, o que acabou por consolidar a vitória do Império de Orion e a
tomada total desse quadrante, o que possibilitou a construção do Hiper Portal e a tomada de 32 planetas,
que por sua vez abriu uma passagem para a estrela de ALGOL, que ate então se mantinha isolada, com
suas 12 civilizações dentro de um perímetro de 12 anos luz entre 3 estrelas, na realidade Algol pertence
a um sistema trino de estrelas variáveis.
As raças de Algol foram em parte escravizadas ou absorvidas pela cultura dos Capelinos e das
outras raças ligadas ao império de Orion. Os Capelinos em geral representavam um centro avançado de
tecnologia e padrões morais, onde as drogas eram também uma das grandes estruturas de manipulação
cultural e pesquisas do controle da mente, diversos estudos sobre os zumbis e cibernética em seres
humanóides, estavam sendo desenvolvidos em paralelo ao sistema de Taum, como uma forma de
equivalência por parte das culturas envolvidas na energia densa desse quadrante. Na realidade Capela
era um grande testa de ferro para o sistema fechado de Orion, que para muitas raças era uma lenda, pois
dificilmente as naves estrangeiras tinham autorização para entrar no quadrante interno desse sistema,
que era uma verdadeira fortaleza estelar, o mesmo foi feito com Rigel, que acabou por se tornar um
império inexpugnável onde diversas raças Draconianas sustentavam o poder totalitário.

MEDISSA Auriga Orionis


Como foi colocado Medissa era a grande fortaleza estratégica militar do Império de Orion, onde
dezenas de bases secretas além dos estaleiros de construção das naves eram sustentados, isso por que
nesse quadrante existe um elevado número de planetas com elevadas riquezas minerais, que possibilitam
8
Raça ariana de pele bronzeada, residente dentro de um quadrante interno de Sírius, que ajudou a
manifestar a Federação na unificação social com muitas raças, encontram-se varias notações a eles no livro
de Maldek e as pirâmides.

48
a construção das naves e obtenção dos cristais dos reatores de fusão que eles empregavam na época.
Medissa fica numa órbita em profundidade relativa à Capela e Saiph, a cerca de 123 anos luz de
ambos, no fim do triângulo orbital dos 3. Esse sistema composto por vários planetas desérticos,
representou um ponto estratégico por estar próximo ao aglomerado de M-1, que alias é a nebulosa do
Caranguejo a NCG 1952 da carta estelar terrena. Esse setor não possui pontos da Federação coligados a
esse quadrante.
Em Rigel estavam os outros estaleiros e bases secretas, que tornavam esse quadrante inferior de
Orion, uma base inexpugnável de naves bélicas, que por sua vez geraram a grande batalha pelo domínio
da Constelação de Satânia, onde todos os outros povos tiveram que se unir, para conseguir bloquear o
avanço do Império de Orion e de Draconia, que se uniram através do poder e interação de satã, Toalk e
Anhotak configurando o Império das Trevas para muitos.
Medissa também representava um dos focos de estabilização do Hiper Portal, devido a sua
configuração de sistema quaternário de estrelas azuis e verde, de onde eram retiradas quantidades
enormes de energia para sustentar o Hiper Portal, através de sistemas de condutividade gravitacional do
plasma solar e das energias radioativas sugadas dessas estrelas em conjunto com as da estrela de capela
e outras próximas a Capela, na realidade o Hiper Portal utilizava a energia de 7 estrelas para
gradualmente abrir uma brecha dimensional e estrutural no espaço, permitindo assim a viajem pelo túnel
do tempo e das dimensões além das limitações dos outros Portais já existentes, este Portal tinha sido
concebido através das pesquisas de Geometria sagrada de diversos grupos e da espionagem estelar,
seguindo os modelos deixados pelas antigas civilizações estelares, que na realidade eram os
antepassados da maior parte das civilizações existentes na galáxia. Esse Hiper Portal era uma replica
aproximada de um grande Hiper Portal existente nas imediações do aglomerado de baleia, no limite
externo do perímetro de Satânia, que por sua vez, era muito semelhante ao Hiper Portal do aglomerado
nebular de VELA. Na realidade o que se estava tentando fazer, era reproduzir a tecnologia já existente
em determinados quadrantes, de antigas civilizações, além do contato com civilizações mais sutis, como
as draconianas da 5ª e 6ª dimensão, além de outras dentro dessa faixa de realidade dimensional e
consciencial.
O Hiper Portal funcionou durante um tempo, que permitiu a conexão com Arconis e outros setores
das galáxias vizinhas, dentro do quadro das 21, o que gerou uma instabilidade, pois a densidade e a faixa
vibracional do operadores, era muito baixa, o que contaminou e pós a perder muitos fatores dessa
experiência, que não foi reprovada em si, mas sim a ética das pessoas que manipularam esse tipo de
tecnologia, onde invasões foram feitas e grandes frotas foram lançadas para conquistar outros setores
externos da nossa Via Láctea, criando uma fenda permanente em determinados lugares, como no caso da
grande fenda de Rigel, que foi criada e estabilizada através desse Hiper Portal. O portal de Rigel já
existia, mas era cíclico, conforme a configuração estelar dos astros desse quadrante, a energia do Hiper
Portal era direcional, o que permitia que o Portal fosse aberto onde se focalizasse a energia dos
projetores dimensionais e gravitacionais, que rompiam a estrutura do nosso espaço tempo. Esse Hiper
Portal ainda existe com outra configuração e esta sobre o controle das civilizações mais avançadas e
harmônicas, depois de muitos confrontos com as delegações locais da Federação e a intervenção da
Confederação através das naves de Shtareer e Ashtar para retomar o paz dentro desse quadrante.
A malha de conexão do Hiper Portal tem forte conotação com os mundos Rebeldes que
consolidaram pontos do Império de Orion, pois na realidade o que eles estavam estruturando era a
formação de uma grande malha sideral, onde seria possível conectar cada estrela para ativar de forma
gigantesca um imenso Mega Portal Galáctico, e com isso manipular os padrões gravitacionais e
energéticos de todos os planetas internos do perímetro do Mega Portal, o que consolidaria um poder
além da capacidade consciencial desses seres, nem mesmo Satã e seus aliados tinham capacidade
consciencial para tamanho feito e responsabilidade, algo que só esta dentro das potencialidades Crísticas
da Confederação, a comparação seria colocar nas mãos de um indigna uma naves estelar, ou nas mãos
de uma criança de 5 anos, um computador de última geração. Portanto eles na realidade estavam
querendo dar um passo muito maior que a capacidade consciencial de manipulação. Era o orgulho e
arrogância querendo torná-los Deuses acima de suas possibilidades, onde mesmo seres de elevada luz,
ainda tinham muito que caminhar e compreender, sobre as leis de interação das galáxias e destas com os
grupos estelares dos Universos Locais.

49
DRACONIA (Dragão)
Este sistema da Constelação do Dragão é um dos pontos de partida de diversas raças draconianas,
ou melhor, das especificamente ligadas ao arquétipo dos lagartos e répteis, onde a estrutura dos dragões
foi criada a milhares de anos, algo em torno de 9,3 bilhões de anos em nossa escala, após a estabilização
das matrizes que configuraram os répteis e lagartos das esferas mais sutis, que por sua vez vinham de
outras galáxias, como Arconis e Aeolo, isso dentro do nosso grupo das 21.
Esse sistema também muito bem protegido, fixou um pequeno Império que se uniu ao de Orion,
para amplificar o poder operacional das raças Draconianas e suas mais de 700 ramificações no decorrer
de cerca de 5 bilhões de anos até a configuração da grande Rebelião que estamos estudando de forma
superficial.
Draconia na realidade não é um centro negativo como muitos pensam, nele diversos focos de
draconianos foram criados e eles por sua vez vagaram pelo espaço colonizando diversos lugares, mas
dentro desse Sistema Federado na atualidade, existem muitos Anciões que são membros do Conselho
Cármico Estelar da Federação e buscam aplicar a justiça para seus renegados draconianos, muitos dos
quais se encontram na Terra na nossa realidade temporal.
Na época Draconia estava dividida entre as linhas que buscavam o poder e se anexaram a trajetória
do Império de Orion e as raças que buscavam a paz e o crescimento interno, sem permitir que a outra
facção modificasse sua escolha, o que na realidade gerou conflitos internos, mas determinou uma
divisão bem definida entre a linha negativa e positiva desses seres. Dragão possui na realidade cerca de
250 mundos habitados exclusivamente por draconianos, dentro aproximadamente 400 espécies
diferentes desses seres, conforme as condições ambientais e climáticas de cada planeta, além das
questões culturais de cada região. Uma grande parte dessas raças não participou da rebelião como se
pensa, pois são confundidos com as raças de Rigel, que são aparentadas em muitos aspectos, e que
representam o foco imperialista dessas raças, em Draconia, na verdade foi instaurado um estado de
colaboração e mutua ajuda para conquistar o quadrante desse aglomerado composto por diversos astros.
Draconia é a capital do centro do poder que se coligou ao Império de Orion e também trilhou a
linha imperialista e a busca da alta tecnologia para manter o poder, o que muitas vezes configurou
conflitos com as raças draconianas da outra facção que não compartilhavam dos interesses desse outros
grupo, mas que também mantinham uma linha avançada de pesquisas e alta tecnologia, para não ficarem
a mercê dos imperialistas.
A frota imperial de Draconia era composta no final dos acontecimentos que antecederam a grande
batalha, por mais de 120 mil unidades de combate pesadas e milhares de médio e pequeno porte, muitas
robotizadas de alta tecnologia com a linha BORG/Draco que tinha sido gerado dentro de Dragão por
ambas as facções políticas.
A localização dessa constelação dentro da nossa ótica sideral do ponto de vista terreno, esta entre a
Corona Borealis, Hércules e Pegassus, um pouco abaixo de todas essas, para as pessoas que não
conhecem muito bem a configuração do nosso céu, essas são as faces norte do inverno aqui no Brasil,
um ponto de referência é a estrela de Acturus que fica na região esquerda dessa Constelação, que é
configurada por 4 estrelas na forma de um equilátero bem fraco.
Desse sistema de Draconia saíram diversos casos de exílio estelares, que foram parar
originalmente em Rigel e deste para Capela, uma parte também foi exilada para a Terra a milhares de
anos, algo em torno de 645 milhões de anos e uma outra parte a cerca de 780 mil anos, o que consolidou
parte da batalha racial na superfície da Terra, quando as formas humanas procuravam novamente ser
infiltradas na Terra, muito tempo depois do êxodo das primeiras formas humanas, oriundas do processo
de Maldek que ocorreu a cerca de 252 milhões de anos, época quando nossas pirâmides foram
construídas pelo povo Graciano, através da influência Maldequiana, que teve seu mundo destruído por
causa dos Portais das Pirâmides9, que mais uma vez foram usadas para o mal e não com fins
humanitários. A raça draconiana, em especial a dos répteis e insetos habitaram a Terra desde o início,
pelo próprio processo de adaptação ambiental do planeta, como já foi abordado, mas em inúmeras vezes,
raças dessa categoria foram deixadas na Terra, e com a chegada da forma humana ou humanóide,
convulsões de poder e disputas foram geradas dentro dos processos de colonização, o que originou
ddddd.
9
Situação relatada no livro de Maldek e as Pirâmides, onde se narra os acontecimentos dessa época.

50
muitas civilizações intraterrenas em diferentes ocasiões, isso no orbe da Terra e de muitos outros
mundos, como em Marte, Lua, Júpiter e Saturno. Alias as raças de Draconia também chegaram a muitos
outros pontos afastados da nossa galáxia, como na grande e pequena nuvem de Magalhães, onde temos
uma parte da energia visual do Cruzeiro do Sul. Em Medissa existe uma poderosa base orbital que é
originaria de Draconia, com cerca de 550 Km de diâmetro, onde habitam cerca de 12 milhões de
draconianos, além de uma frota armada de colonização e sobrevivência respeitável, essa base foi criada
próxima a órbita de Draconia com a finalidade de explorar novos mundos e implantar a forma genética
draconiana, para perpetuar as espécies dessa genética e suas ramificações.

Temos uma pequena representação dessa constelação tão temida pelos atuais pesquisadores
esotéricos, devido à existência de draconianos, o que para muitas pessoas ainda é um fator muito
complicado e temeroso, mas como podem ver nem todas as formas de vida dessa classificação natural,
são nossas inimigas ou mesmo negativas as outras formas de vida, da mesma forma como nem todos os
seres humanos são destrutivos e guerreiros.

PETHAFOS (Sirius Delta)


Sistema isolado da Constelação do Cão Maior, que é Sírius dentro do nosso ponto visual, esse
sistema era na realidade um dos pontos ligados aos interesses do Império de Orion e de Draconia, e
possuía 3 raças descendentes de Draconia que tinham migrado milhares de anos antes da expansão da
Federação de Sírius, era como uma raça natural desse sistema com 7 planetas habitados e 3 em pleno
processo colonial estelar de intercâmbio cultural e mercantil com delegações de vários setores, era na
realidade uma equivalência a Capela, mas em menor escala, com uma civilização em torno de 5,6
bilhões de almas dentro dos 7 planetas habitados e envolvidos no processo da rebelião e da exploração
cultural.
Esse sistema acabou por ser um ponto muito complicado e controvertido que teve profunda
atuação no que conhecemos como Conversão Antares, que levou a separação de Sírius como já vimos
no início deste trabalho, por ter uma influência cultural direta sobre Sírius Beta e seus mundos. Dentro
da constelação de Sírius temos cerca de 78 planetas em processo evolutivo e comunicação espacial das
diversas sociedades dessa constelação e da própria Federação instaurada nessa constelação, que por sua
vez colonizou a pequena constelação do Cão Menor, que tem a estrela de Procyon como ponto alfa de
luminosidade.
O sistema de Pethafos teve muita comunicação e intercâmbio cultural e tecnológico com o sistema
de Dafius que por sua vez deram o suporte para a rebelião de Sírius Beta e diversos mundos coligados a
51
ela. Justamente conforme o plano de Satã e sua equipe, para desarticular as atividades de Sírius perante a
sustentação política da Federação, que unia intenções semelhantes pelas outras delegações estelares
correlatas as Federações que estavam se unindo e criando uma oposição política e cultural contra o
imperialismo e soberania racial de determinados grupos coligados ao Império de Orion.
Dentro desse sistema 2 mundos eram equivalentes a Terra, sendo que um deles foi destruído na
grande guerra, através de uma invasão das forças bélicas de Orion em combate contra as tropas locais da
Federação, a explosão desse mundo pouco maior que a Terra levou a desconfiguração do sistema,
gerando perturbações prolongadas na órbita planetária e distúrbios gravitacionais, que só foram
corrigidos muito tempo depois pela Federação com a ajuda da Confederação, mas na época esse centro
de poder com a liderança de Piletos que era o regente desse sistema, e agente de Antares, ajudou as
forças Draconianas de Antares na infiltração de agentes secretos em Sírius beta, para gradualmente
perturbar a evolução desses mundos e inserir o vírus da desordem e questionamento, para atacar na
realidade o Templo da Safira Azul do Arcanjo Miguel e dos Mestres Ascensos. Piletos estava a serviço
direto de Toalk e era um implantado sem vontade própria completamente chipado, que sustentava 3
clones que o substituíam para poder passar pelas técnicas de rastreamento, ate o momento que a situação
se tornou insustentável e oficialmente esse sistema passou a outorgar a sua independência e coligação
com Orion, o que foi o início da Conversão Antares, pois com isso as forças rebeldes de Sírius beta
tiveram a necessária coragem e apoio consciencial para confrontar a Federação e a Fraternidade Azul de
Sírius.

Como pode ser visto na figura acima, essa estrela e sistema que tem a representação da frase
“Sírius Alfa & Omega”, tem relação com muitos aspectos metafísicos, da dualidade do ser, como foi
manifestado pelas raças desses importante sistema, devido à energia desse astro estar conectada ao
vórtice central do núcleo da nossa galáxia, assim como muitos outros, que representam o termo Sois
Centrais, por serem na verdade redutores energéticos da energia Crística Criativa da Fonte Suprema, que
é manipulada pelos Filhos Paradisíacos como em nosso caso por MICAH, que conhecemos através da
energia de Sananda ou Jesus Cristo.
Esse sistema por sua vez sustentou muitos aspectos de dualidade e procurou com seus
representantes a dualidade como forma de experiências novas realidades, mas muitas delas estavam
sobre o controle e interesse das forças sinistras de Satã e suas equipes que procuravam inserir os
interesses de Anhotak para desequilibrar o propósito Crístico de Micah e seus filhos. Nesse processo
diversos confrontos entre as forças energéticas dos Arcanjos Miguel e Gabriel contra as forças sinistras
de Anhotak se realizaram dentro desse orbe e sistema estelar, onde uma grande batalha com os
Merkabas de luz se manifestou, para proteger a integridade material de diversos mundos desse setor,
entre eles evitar a destruição do próprio sistema solar de Dafius. Notem que o nosso sol Monmatia
pertence ao sistema de Sírius, assim como Toliman também esta inserido dentro dessa conexão, isso por

52
que a distância entre Sírius alfa e a Terra é de cerca de 8,7 anos luz, e a de Toliman da Terra 4,3 anos
luz.
Dafius que é a representação energética complementar de Sírius na verdade é um importante
centro gerador de energia para o Portal de Sírius e a conexão com outras realidades da criação, o que
explica a importância desse sistema perante a criação do nosso perímetro de 14,7 mil anos luz, que
estamos estudando. Para esclarecer mais ao leitor, cada centro gerador ou na verdade centro distribuidor
das energias Crísticas do Criador, são na verdade estações de distribuição das energias sutis da Fonte,
sendo que esse processo de distribuição é efetuado de acordo com a capacidade de absorção de cada
sistema planetário atrelado a esse Sol Central, por esse motivo existem milhares de Sois Centrais, um em
cada constelação ou agrupamento estelar, que por sua vez tem seus derivados que são as estrelas.
O nosso desenho acima é apenas uma representação, que busca ajudar na visualização do que
estamos colocando, a relação gravitacional entre a estrela de Sírius, Toliman e o nosso Sol Monmatia é
muito importante, pois já se sabe que na verdade Sírius possui um comportamento gravitacional, que a
torna uma estrela ternária, sendo que na realidade a verdadeira configuração estelar desse astro e regido
por 7 estrelas, que são 7 Logos Estelares, onde o Arcanjo Miguel é o diretor administrativo, como
representante da energia de Micah, que atualmente se manifesta como Sananda. Assim verificamos que
a relativa proximidade dessas 3 estrelas é um fator muito importante para o nosso processo atual de
transmigração energética do planeta e da nossa sociedade, onde centenas de raças aqui plasmadas via
encarnação e via realidades paralelas na 4ª dimensão dentro do nosso plano astral, estão se submetendo
gradualmente, onde uma tendência a sutilização do consciente esta sendo implantado, para resgatar a
nossa consciência e colocar a Terra novamente dentro do quadro de planeta Federado, o que na verdade
representa uma batalha com as forças contrarias que desde o passado se apoderaram da Terra e ameaçam
destruí-la.
Dentro do nosso estudo Dafius representou um importante complexo político e cultural que
procurou intervir em muitos processos negativos de Sírius Beta, pois dentro da sociedade desse sistema
com cerca de 6,5 bilhões de almas encarnadas na 3ª dimensão e mais de 12,7 bilhões entre a 4ª e 5ª
dimensão, todo um processo de adaptação às novas realidades e tendências culturais estava sendo
plasmada, além do confronto com as energias invasoras, que eram sutis, mas visíveis, na tentativa de
apoderarem-se da cultura Siriana, na verdade a sociedade Siriana de Dafius, queria dar a oportunidade
que os próprios movimentos culturais e sociais se desenvolvessem, mesmo que isso representasse uma
afronta à energia administrativa de Sírius Alfa, mas não queriam servir de cobaia para as energias de
Orion, como se tentou efetuar, mediante manipulações genéticas e clones como agentes infiltrados.
Dafius foi durante muito tempo um planeta ligado a Rebelião mas não comprometido diretamente com
as energias negativas do Império de Orion, eles não buscavam o imperialismo nem a conquista de novos
mundos para expandir sua nova filosofia, na realidade buscavam liberdade de expressão e seguir seu
novo caminho, sem confrontar ou mesmo romper relações com Sírius e toda a administração da
Federação. Esse processo não era fácil, pois romper dogmas e padrões já estabelecidos era algo muito
complexo, que nem sempre estava à disposição de todos como era imaginado, sempre o confronto e a
disputa estava presente, além disso existia a questão da fragmentação do poder como um todo que Sírius
representava perante a comunidade política estelar, que deveria ser estabilizada e não permitir brechas as
forças inimigas, portanto existiam diversas questões políticas em jogo quando o processo de libertação e
independência de Dafius se manifestou, o que por outro lado acabava por fortalecer a posição de
Pethafos, que estava se contaminando com a energia do imperialismo de Orion, e também buscava sua
independência perante o sistema administrativo central de Sírius e suas civilizações, que se
manifestavam nessa altura, desde a 3ª até a 6ª dimensão.
O tipo de seres de Dafius eram os humanos caucasianos, enquanto que em Pethafos tínhamos parte
dos ancestrais Atlantes e egípcios, com seus crânios alongados, pois tinham dentro de sua estrutura
genérica, parte da semente draconiana do início dos tempos, quando em Vega se iniciou a mistura de
ambas as estruturas genéticas. Dentro de Pethafos existiam a raça mais pura voltada para o padrão
humano e uma outra mais mista. Os antigos Faraós do Egito que conhecemos com seus longos crânios,
são representantes desse tipo de estrutura, com seus cerca de 4 metros de altura. As raças humanas de
Dafius, estavam mais próximas do padrão Adâmico caucasiano, por serem na realidade mais novas que
no outro sistema, na verdade o sistema de Dafius foi um dos mais recentes dentro do processo cósmico
de receber a colonização dos antigos fundadores e dos Elohins semeadores. Essa data se remonta a um

53
valor para os padrões humanos de colonização a cerca de 630 milhões de anos, antes disso as
manifestações eram etéreas dentro de uma realidade muito além da nossa fisicalidade, como ocorre com
todos os planetas, inclusive a Terra, que só plasmou realidade material relativa à nossa a cerca de 1
bilhão de anos, antes disso a vida se processava em realidades sutis. O sistema da estrela Catelhos por
outro lado foi sempre o braço direito administrativo e o berço das grandes frotas ofensivas de Sírius,
onde estavam baseadas diversas delegações doas outras culturas que tinham se aliado ao ideal de
unificação e soberania pelo respeito à vida, esse foco de Catelhos, tinha certa equivalência a Capela,
como centro populacional e dispersor de novos valores e idéias, era uma antítese de Dafius no que se
refere à sociologia política, pois esse centro era na verdade um grande centro administrativo avançado
que reciclava tudo o que pudesse chegar a Sírius, na verdade para se chegar a Sírius alfa, era necessário
antes passar pelo pente fino de Catelhos, somente a partir desse sistema, era permitido acessar Avara a
estrela do amor, Atrix a estrela da sabedoria e dos registros akashicos dos Melchizedeks, Sirion a central
Crística administrativa, assim tínhamos na realidade uma trindade dentro do que denominamos
normalmente de Sírius Alfa. Essa trindade era o centro administrativo da luz dos Mestres da
Fraternidade Azul de Sírius como é chamada atualmente dentro da percepção terrena. A grande frota
secreta da Confederação estava situada dentro do território da nebulosa globular desse sistema e regiões
no sentido da profundidade da nossa ótica espacial, assim esse sistema alimentava também diversos
setores importantes de comunicação com outras regiões da galáxia, por onde entravam grande parte das
naves e Merkabas da Confederação, já prevendo o grande cataclismo bélico que se manifestaria dentro
de Satânia.
Dafius não se envolveu totalmente com as disputas de poder, mas criou a sua independência que na
realidade durou muito pouco, alguns ciclos estelares, quando percebeu que unida a administração da
trindade de Sírius estava mais segura e avançava muito mais na escala evolutiva da percepção espacial e
espiritual, mas foi um mal necessário para o amadurecimento de milhares de renegados que perceberam
seu erro e ajudara na formatação da estabilidade entre o YANG e o YNG, que é uma parte necessária ao
nosso processo de amadurecimento.

PLUTÃO (Sistema Solar de Monmatia)


Esse pequeno mundo, que na realidade é uma pequena rocha escavada e transformada em nave
sideral, chegou a nosso Sistema Solar a muitos milhões de anos, oriunda de uma região perdida da
galáxia a milhares de anos luz da Terra, essa civilização que já era exilada do seu sistema natal de
Andora no quadrante de M-46, vagou pelo espaço por gerações em sua nave adaptada e conquistando
mundos em evolução para seu bem estar pessoal, seres humanóides alados com elevada tecnologia, mas
com pouca espiritualidade, semelhantes aos antigos Maldequianos.
Sua chegada ao nosso Sistema Solar ocorreu devido às disputas de poder de diversos grupos, onde
eles perceberam que podiam se incluir no processo de colonização e com isso adquirir novas
experiências e gradualmente transmigrar de sua nave para a Terra e Marte, que apresentavam na ocasião
condições plenas para sua forma fisiológica de adaptação. No entanto a disputa com as outras raças não
era algo que eles tivessem calculado, e acabaram se envolvendo em disputas serias de poder e guerras,
que dentro de uma grande batalha, acabou por destruir os sistemas gravitacionais e propulsores de
Plutão, deixando-os presos ao nosso Sistema Solar e em situação grave perante a Federação tendo que
compactuar com as delegações nefastas de Orion, para garantir sua sobrevivência. São seres muito
arrogantes que não valorizam o plano espiritual, somente a matéria e a alta tecnologia são seus focos
sustentadores do plano consciencial deles. Eles também passam por processos muito delicados, sendo
que a maior parte de sua civilização se encontra na rota do exílio e expulsão para o orbe de
Herculovos10, que receberá quase que a totalidade dessa raça, que só soube explorar e criar dificuldades,
uma raça muito parecida com os Capelinos, com magos negros e egoísmo ao máximo da possibilidade
psíquica de um ser. A origem desse foco humanóide, se deve a experiências de raças de Arconis e de
Anhotak que ficaram perdidas na galáxia e gradualmente se apresentaram em focos isolados, criando

10
URSS 433, Siderius, Planeta chupão, estas são algumas das designações para esse astro que esta
vindo em direção ao nosso Sistema Solar, sendo que na atualidade ele já esta muito próximo a Plutão.

54
muitos problemas para a sociedade estelar. Esses seres, não eram como os Draconianos, que tinham uma
postura política e ética, esses Plutonianos, eram na realidade oportunistas de péssimo caráter e sem
honra que se aproveitavam e não respeitavam nada que não lhes trouxesse interesse e proveito próprio.
O povo desse planetóide, ajudou em muito a criar a desunião e a exploração da sexualidade, por
eles serem seres muito presos a essa energia, eles tinham o habito de raptar mulheres e copular com elas
além de cometer aberrações genéticas em suas pesquisas com forma terrenas, eles tiveram diversos
problemas com a Federação e foram expulsos de diversos trabalhos onde tinham sido aceitos em
tratados, na realidade eram aproveitadores e trabalharam como testas de ferro de Satã em diversas
ocasiões na Terra e em outros mundos de Sírius onde eles procuraram interferir na política e na cultura
social. Possuidores de uma tecnologia muitíssimo avançada, em equivalência a diversos grupos do
Império de Orion e da própria Federação, eles usaram essa vantagem para se favorecer, e acabaram com
o tempo se condenando pelos seus atos insanos e mesquinhos. Algumas referencias sobre essa raça,
dizem que eles são alados e possuem aparência humanóide, recendentes de uma forma humana de
mundos provenientes do quadrante ENSA delta 4, nas imediações do sistema nebular de M-17, onde
existe uma grande variedade de raças aladas, além de pássaros que também estão presentes na Terra,
como as águias e Condores que possuem um forte poder Xamânico. A ligação entre M-46 e M-17 existe
dentro de um processo de colonização dos Elohins a cerca de 3,8 bilhões de anos, onde as condições de
cada quadrante permitiram a adaptação de padrões genéticos e moleculares equivalentes, gerando assim
uma evolução em paralelo desse quadrante, onde o Sistema nebular de M-46 recebeu muito material de
M-17, que teve seu processo de estabilização nas realidades materiais entre 2ª e 4ª dimensões mais
rápido e mais harmônico no que se refere à dualidade. Grande parte das raças de M-17 encontram-se
muito elevadas e passaram sem maiores problemas de dualidade seu processo evolutivo sensorial e
emocional, dentro do ciclo encarnacional até as atuais esferas de 6ª dimensão e em alguns casos Cristos
Cósmicos. Atualmente essa raça encontra-se em atribulações ligadas ao Resgate sensorial e espiritual de
diversas raças equivalentes na Terra, que devem dar continuidade ao seu processo evolutivo em outras
esferas siderais, é o caso de muitas formas animais da nossa esfera terrena, que já se encontram em
condições de evoluir para novos paradigmas sensoriais, onde seus ancestrais espaciais e suas almas
coletivas, devem dar início ao processo de individualização, a que quase toda forma de vida deste
universo deve gradualmente adquirir. Também existem diversos membros ligados ao Conselho Cármico,
onde muitas coisas estão apontando de forma contraria a civilização de Plutão, motivo pelo qual existe
uma comissão estelar para se apurar diversos aspectos raciais e psíquicos dessa raça, que desde outras
épocas em outros setores já demonstraram uma forte tendência para criar problemas e complicações nos
processos evolutivos das raças inferiores ou em processo de despertar, no qual eles interferiram, indo
diretamente de encontro oposto a diretriz universal da Federação e Confederação, de não interferência
nas questões de um povo em evolução e rota evolutiva primitiva ou inferior a dos protocolos
estabelecidos pela Convenção de Salvingtón e Havona, as quais o Arcanjo Gabriel é um defensor
ferrenho.

MALDEK (Tiamath)
Neste planeta que explodiu a cerca de 252 milhões de anos na contagem linear de tempo terrena,
temos uma raça extremamente belicosa e conquistadora, que chegou ao cumulo de destruir seu planeta
em busca do poder absoluto, esse relato foi escrito através de canalização com SHTAREER no livro de
Maldek. O que podemos incluir neste breve resumo sobre essas raças que aceleraram o processo da
grande Rebelião contra a administração Crística.
Após a destruição de Maldek devido à ativação irracional e negativista do Portal das Pirâmides da
Terra anexa as de Marte e Maldek, houve a explosão total através da energia Vril da Terra contra
Maldek que era 4 vezes maior que a Terra, parte dessa civilização se refugiou na lua de Júpiter
Gânimides e a outra grande parcela acabou sendo absorvida por diversas sociedades estelares, que com o
tempo se arrependeram profundamente, pois acabaram com seus mundos dominados pelo poder
econômico, cultural e bélico dessa raça, que só pensa no poder de conquista e escravização das raças
“inferiores”, que não detenham as características que para eles são importantes, bem semelhantes às
raças dominantes terrenas, que dominam junto ou através dos Iluminatis a Terra, seja pelo poder
Bancário, mídia, armas e política. Essas pessoas participaram da estruturação de diversos setores do
55
Império de Orion e de delegações imperialistas onde a escravidão e submissão de raças despreparadas
eram praticadas de forma arbitraria e rotineira, gerando um carma muito pesado para essas pessoas. Essa
civilização se dividiu entre as ligadas a uma linha imperialista e a outra que despertou sua centelha
divina da Chama trina, que por sua vez tem relação com a missão de Shtareer em Maldek, onde deixou
muitos ensinamentos necessários para o despertar dessa civilização. Parte dos Maldequianos é Federada,
mas eles ainda possuem um estigma pesado perante a Federação, devido aos atos que grande parte de
sua civilização efetuou em muitos mundos, inclusive na Terra a milhões de anos no passado. Atualmente
existem muitos Maldequianos encarnados na Terra e muitos chegaram como exilados, que em outros
mundos tinha provocado uma reação muito pesada, como no caso de Capela, onde eram importantes
governantes e líderes mercantis, existe uma forte ligação entre o Capelino Hebraico e o Maldequiano,
que por sua vez estão ligados a dogmas de alta magia e rituais dessa ordem, manifestando assim os
Magos Negros de Capela que tem relação com muitos ensinamentos da magia negra na Terra e outras
culturas próximas a realidades paralelas da Terra, como em Rigel também existe essa conexão com esses
Maldequianos das trevas. Eles controlaram uma extensa rede subversiva rebelde, ligada a grupos
mercenários e contrabandistas, o que ajudou em muito nas interferências contra Sírius e outros mundos
Confederados que estavam se posicionando contrários à política estelar desenvolvida pelos agentes de
Satã e sua equipe, o que os coloca como uma raça e civilização que plasmou a necessidade de
burilamento consciencial através do ciclo encarnacional em mundos mais densos como a Terra, o que
para muitos ficou provado não ser útil como o esperado, pois a sua natureza não pode ser mudada com
esperado, seres que estão em parte sendo levados para Herculovos, a outra parte dessa civilização esta
sendo julgada e recebendo dentro desse julgamento novas rotas evolutiva, sendo que uma delas, pode
voltar a adquirir a formatação de Maldek em outra realidade paralela a da nova Terra, para que resgatem
os erros do passado.

SAIPH (Orion)
Sistema vizinho de Rigel, onde estavam baseadas diversos grupos cabeças de ponte para as
invasões estelares, que com o tempo deram a supremacia da região sul da Constelação de Orion dentro
da nossa visão terrestre do espaço. Esse sistema com cerca de 13 mundos totalmente desenvolvidos
tecnologicamente, sustentou durante milênios, o esquema de distribuição de poder da frota de Orion e
ativação e sustentação dos Portais regionais, inclusive o de Rigel. Saiph também era o ponto de contato
direto de Medissa, onde as frotas faziam o intercâmbio e deram o suporte para a invasão de El Nath e
com o tempo as primeiras pesquisas coloniais e ocupação dos mundos ligados ao aglomerado de M-1,
que estava dentro de uma rota relativamente possível para as capacidades de navegação das naves desse
grupo na época. As naves de Saiph, com o tempo acabaram penetrando com suas esquadras para regiões
internas da Constelação do Touro e tomaram como alvo, mundos a cerca de 340 anos luz de Aldebaran e
gradualmente a minar o potencial estratégico desse mundo e de sua civilização que no princípio não
percebeu a movimentação estratégica de Orion e seus grupos avançados. Outro ponto a ser conquistado
e atacado inúmeras vezes foi a grupo estelar de M-45 e posteriormente as Plêiades, onde ocorreu a
grande batalha com Jeová e sua federação Pleiadiana, que no início não estava ligada as outras
federações externas a esse grupo estelar. A guerra entre as naves de Orion provenientes de Saiph e a
delegação de proteção de Jeová foi sangrenta e muito dolorosa, onde alguns mundos foram destruídos,
incluindo um muito especial para Jeová dentro do orbe Pleiadiano próximo a seu mundo natal de
Danúbio, que fica nas imediações cercanias de Alcyone, a estrela Alfa dessa constelação.
As forças táticas avançadas de Saiph eram muito avançadas e em parte naves robotizadas, o que
facilitava a ação a longas distâncias, além do poder de penetração sem medo do confronto direto. O
quadro desenvolvido pelas civilizações ligadas a esse setor de Orion, foram importantes para dar o poder
absoluto em muitos pontos ao quadrante de Rigel, que era o detentor do poder draconiano do Império de
Orion nesse setor, onde as tentativas de invasão e confronto nos quadrantes internos de Hatysa e desse
sistema para as regiões controladas pela energia da Fraternidade Rosa das 3 Marias, foi muito grande,
onde cerca de 13 mundos acabaram sendo conquistados mediante as manipulações políticas, onde a
fraqueza e corrupção permitiu que sistemas ligados a Federação fossem anexados ao Império de Orion
em troca de favores e fortunas além do poder. Estrategicamente esse setor foi um centro de guerrilhas
onde a Federação concentrou seus esforços para reverter o processo, assim como o plano espiritual
56
maior, acionou o projeto Avatárico dentro desse setor para acionar a reversão gradual dos
acontecimentos e das projeções que estavam sendo plasmadas nas realidades paralelas do fluxo temporal
de muitos mundos envolvidos dentro desse quadrante, onde a Confederação teve muito trabalho e ainda
continua tendo, não é somente a Terra o planeta que exige a presença de naves e de seres de Luz para
efetuar a operação resgate e a libertação das almas envolvidas dentro desse processo, como já
explanamos no início deste trabalho, muitas almas que foram usadas e manipuladas pela tecnologia e
caíram em ciladas, devido a sua ignorância e postura equivocada.
O poder que existia em Capela do ponto de vista tecnológico, em muitos aspectos era suprido pelos
laboratórios secretos de Saiph e suas colônias avançadas, na realidade Capela e seus mundos eram testa
de ferro para as ações ilegais que o Império manifestava, muitas provenientes de Saiph, por ser um local
de total influência do Império de Orion, onde a Federação tinha pouca influência ou nenhuma conforme
a situação se demonstrou no decorrer do tempo. Muitas delegações de Anjos Caídos desse setor estão
presentes na Terra desde a invasão a cerca de 470 mil anos terrenos. Eles utilizaram o Portal do Oriente
Médio como era costume pelas ordes trévicas, essa conexão entre o nosso Umbral terreno, esta
diretamente ligado ao Umbral do quadrante de Rigel a Capela, por esse motivo a existência de tantas
delegações espaciais não confederadas que desde tempos remotos ainda existem na Terra e se uniram
aos Iluminatis e configuraram o Sinistro Governo Secreto da Terra, que é uma extensão do Governo
Secreto e Rebelde existente em Rigel e nos mundos desse quadrante, onde em Saiph existe uma grande
base dentro do hiperespaço, que esta fora do alcance das naves da federação e representa o Q.G. central
operacional das forças rebeldes e que por sua vez possui 13 centros satélites espalhados estrategicamente
dentro e fora do quadrante perimetral que estamos abordando, inclusive dentro das nuvens de Magalhães
e Arconis, que é o centro gerador dessa energia. Atualmente existem muitas delegações da Federação
atuando dentro desse setor, pois parte dessas civilizações acabou por se filiar a Federação, quando
percebeu que a sua cruzada era irracional e auto destrutiva, a paz reina de forma gradual e promissora
em muitos lugares desse quadrante, mesmo existindo as bases negativas e resistentes ao processo. O
bom senso acabou por vencer muitas das barreiras que foram criadas artificialmente no passado, pela
manipulação interessada no poder.

SARGAS (Scorpio)
Nesse sistema encontra-se uma vasta estrutura rebelde que com o tempo na época inseriu um
movimento imperialista e rebelde de proporções estelares consideráveis, que tinham como alvo a
potencialidade da civilização central de Antares, que por sua vez era uma cabeça de ponte para sustentar
um império independente do Império de Orion, mas com mútuos interesses. Na realidade esse quadrante
da Constelação do Escorpião tinha um potencial muito atraente para se abordar outras localidades de
Satânia, por esse motivo surgiu o movimento rebelde desde o início dos tempos da configuração
encarnacional desse setor, por parte das almas provenientes de Arconis e com seu propósito na
construção de um império voltado aos interesses de Anhotak e seus seguidores. Do ponto de vista
estratégico, esse setor localizado de forma tangencial ao centro galáctico, representou um forte oponente
aos interesses pacifistas de Sírius Alfa e das Fraternidades Estelares dos Mestres Ascensos, pois desse
setor partiu a energia que acabou sendo conhecida como Conversão Antares, que inseriu parte da energia
que levou a separação entre Sírius Alfa e Beta como já vimos.
Sargas era um ponto militar e político estratégico além de Antares, com maiores reservas minerais
e soberania sobre muitos mundos de Graffias e Girtab e arredores, controlando um centro comercial e
político, que era a base do poder que foi sendo plasmado gradualmente para a civilização de Antares,
que representava o quadrante administrativo da Federação de Antares ou de Escorpião como é
conhecida. Essa federação composta por 23 mundos de alta tecnologia, desenvolveu autonomia total em
relação ao seus concorrentes, o que lhe deu muito poder, mas por questões políticas, fez muitos acordos
de mutua ajuda ao Império de Orion, pois na realidade existiam líderes políticos, que eram enviados de
Satã e Toalk.
Sargas na realidade possui equivalência estratégica a Saiph de Orion, tendo muitas semelhanças no
que se refere as raças draconianas, e poucas manifestações humanas ou humanóides, o que já em Saiph
existem mais versos do gênero humanóide. Em Sargas e seus arredores, a forma humana, era pouco
desenvolvida, mas com o tempo acabou se tornando Federada a Antares e foi a que fez os contatos e
57
infiltrações de agentes secretos dentro de Sírius Beta e os outros mundos de Sírius envolvidos na
Rebelião. Atualmente esse setor espacial esta interditado para a navegação de muitas delegações, por
passar por processos internos de adaptação as novas realidades políticas e culturais, que sofreram fortes
mudanças desde o termino da guerra e seus efeitos perniciosos a dezenas de culturas locais, muitas das
quais também se encontram na Terra a cerca de 237 mil anos quando chegaram a Lemúria e ocuparam
parte do território que hoje representa a Ásia Menor.

ANTARES (Scorpio)
Este era o sistema central do Escorpião, de onde a administração para os assuntos externos se
processavam, na realidade Antares, era na verdade um centro avançado e testa de ferro dos interesses de
Sargas, que sustentava o poder bélico e produtor industrial dessa constelação, a locomotiva industrial
estava em Sargas e seus arredores, enquanto que em Antares com cerca de 14 raças diferentes plasmadas
no centro administrativo, tínhamos a parte consular e diplomático para com as outras civilizações além
do orbe do Escorpião, entre eles o interesse especial por Sírius.

O esquema acima procurou reproduzir de forma simples a configuração dessa constelação, onde
diversos acontecimentos relativos a grande rebelião de Lúcifer se manifestarão de forma extremamente
meticulosa. Isso por que esse setor não estava interessado no envolvimento direto com as questões
58
externas como o Império de Orion o manifestava, eles queriam de forma sutil obter lucros sobre as
mudanças que cada quadrante estelar lhes oferecessem, dessa forma a Federação de Antares ou de
Escorpião, que alias é conhecida como ScorpioFatch, acabou se ligando as outras federações para fazer a
política e negociações que eram convenientes ao seu processo evolutivo e desenvolvimento industrial.
Não podemos classificar as civilizações de Scorpio como negativas ou rebeldes, na sua maior parte
muitas delas nem sabiam da política externa e dos interesses que estavam sendo criados nesse jogo
estelar, como muitas civilizações de Orion ou mesmo de Satânia, devido a manipulação da mídia e de
toda a máquina operacional dos governantes. Muitos povos extremamente interessantes e benévolos
acabaram por ser envolvidos ingenuamente dentro de esquemas ilícitos ou mesmo de uma rotina
evolutiva social fora dos interesses de Antares, como válvula de escape, assim como em Sírius,
existiram as equivalências como Dafius e Pethafos em relação a administração de Antares e Sargas. Um
dos pontos de equilíbrio e oposição a essa política administrativa eram os mundos de Shaula e Lesath,
que buscavam uma evolução espiritual sem valorizar em excesso a materialidade e a tecnologia como
nas outras sociedades vizinhas dentro dessa Constelação. O sistema de Shaula com seus 7 planetas
habitados e elevado grau consciencial na Luz de Mestres Ascensos da Fraternidade Laranja, eram de
certa forma os sustentadores do propósito espiritual e consciencial de luz que atuavam em Antares
provocando o despertar na forma de uma leve resistência religiosa e cientifica, que estudava as leis
universais sobre a reação quântica da matéria sobre o potencial mental e psíquico das almas. Esse tipo de
tecnologia espiritual e filosófica, ajudou com o tempo a fundamentar uma mudança de postura em
Antares, quando a situação de envolvimento bélico e diplomático contra Sírius estava insustentável e
diversas ocorrências desagradáveis de terrorismo e quebra de relações ocorreram, prejudicando ambas as
sociedades, ao ponto da Conversão Antares representar um paradigma ainda não totalmente superado
por ambas as sociedades, onde milhões de refugiados descontentes com os resultados e as energias
geradas, acabaram deixando essas Federações e enfraquecendo consideravelmente ambas as potências
estelares, onde somente os interesses negativos dos Anti-Cristos acabaram a curto prazo ganhando poder
e notoriedade. Na Terra dentro do oceano pacifico, nas proximidades da Califórnia existe uma grande
base aquática, ou transoceânica como denominam esse tipo de estrutura, onde vivem cerca de 3,7
milhões de Antarianos, que são dissidentes da época da Conversão Antares, que se refugiaram, por
serem contrários aos efeitos e a política gerada dentro desse processo destrutivo e imperialista, onde a
independência de diversas colônias era negado. Assim eles acabaram por plantar na Terra uma
sociedade alternativa desvinculada de Antares no processo governamental, e das outras Federações,
acabaram por se tornar independentes, embora não sejam seres muito benévolos, poderiam ser colocados
como uma das raças que procuram utilizar a corrupção terrena e as fraquezas terrenas, para sobreviver
bem na Terra e obter lucros políticos para sua sociedade, que é contatada pelas lideranças políticas
americanas e pelo Sinistro Governo Secreto, existindo um impasse e armistício mutuo, onde cada qual
desenvolve suas atividades, permitindo que o desenvolvimento ocorra de forma gradual e sem incidentes
bélicos entre essas facções. Antares atualmente esta Federada, mas ainda existem muitos aspectos de
desconfiança e disputas diplomáticas de tratados de paz, que devem ser cumpridos pelas partes
envolvidas, isso dentro da faixa consciencial de 3ª a 5ª dimensão.
Por esse motivo coloco abertamente para meus leitores, que a evolução nas dimensões superiores,
não exclui o processo da dualidade, ainda existe muito a se evoluir e transmutar, em diferentes escalas
que a humana terrena, mas esse alerta tem seu motivo de ser, pois muitas pessoas se deixam levar pelas
aparências externas dos nossos visitantes espaciais, e esquecem que é dentro do nosso coração que esta a
verdade e o caminho do Cristo que leva ao verdadeiro despertar de consciência. Tenham sempre isso em
sua consciência, pois é somente pelo coração que vocês poderão descobrir a verdade e conectar-se com
o plano espiritual e assim estarem sintonizados com a verdade que vosso Cristo interno transmite.

AL NIYAT (Scorpio composto por diversos astros)


Esse setor estratégico e comercial de Scorpio, relativamente próximo a Antares, fazia a ponte com
o aglomerado estelar e globular de M-4 onde existe um grupo estelar em formação, na realidade dentro
desse setor existe uma pequena galáxia em formação, que foi e ainda é o palco de estudos estelares
importantes, como ocorre na grande Nuvem de Orion, pontos importantes a serem estudados para a
compreensão dos processos evolutivos dos Elementais e a configuração da matéria e sua estabilidade
59
gravitacional e estrutural dentro dos nossos valores existenciais. Esse setor de Al Niyat composto por
dezenas de mundos habitados de diversos graus evolutivos, onde existe uma configuração humanóide
semelhante a nossa, com aspecto de pele dourada e cabelos prateados, com cerca de 1,70 a 1,90 metros,
que tem algumas delegações de estudo na Terra, através do Comando Ashtar. Esse grupo foi um dos que
visitou a travou ótimas negociações de paz com Sírius e seus mundos Federados, e teve por isso
problemas de retaliação por parte de Antares e sua política externa. Esse quadrante de Al Niyat foi um
ponto de pesquisas astronômicas e cultivo de muitos alimentos, acabou sendo configurado como um
setor agrícola e cientifico, enquanto o de Sargas era o industrial e o militar que dava sustento aos outros
setores internos de Scorpio. As relações de Antares e suas civilizações com as existentes em Al Niyat
eram pacificas, com algumas questões políticas e administrativas tensas, pois algumas raças deste
quadrante ofereciam forte resistência e capacidades psíquicas, que lhes permitia superar as tentativas de
manipulação dos Antarianos, no entanto esse quadrante serviu de base para a pacificação após ao graves
acontecimentos da Conversão Antares e da Rebelião, que deixou muitas naves do Império de Orion
orbitando dezenas de mundos dessa Constelação. O grupo rebelde direto do mundo central de Copiano
ou Cipritosci, que era um mundo sobre a intervenção política de Antares e sua Federação, participou dos
projetos da Conversão, mas por terem uma essência menos bélica e mais espiritualizada, esse processo
acabou por entrar em retrocesso, o que ajudou a pacificar muitos aspectos rebeldes e desencontros
internos desses grupos locais, pois as radiações estelares desse grupo de Al Niyat eram muito sutis, o
que permitia uma manifestação encarnacional mais leve e naturalmente mais espiritualizada, com menos
ancoragem na materialidade, o que ajudou a evitar a formatação de um Império se coração e sem
emoções, como era o objetivo em outros setores, por parte dos Anti-Cristos, assim acabou-se
conseguindo através desse foco a quebra de muitos paradigmas e limitações, assim as tentativas da
Federação de Antares, acabaram por se desfazer com o tempo, onde a ajuda de muitas raças de Al Niyat
foram importantíssimas, mesmo quando eles atuaram como pivôs de invasões dentro do processo de
colonização e expansão sideral dessa Federação.

MARKAB (PEGASO)
Aqui temos um pequeno império derivado direto dos antigos colonizadores Maldequianos, que
deram continuidade a saga pelo poder, um pequeno império estelar muito influente pelas suas ações
subversivas e estratégicas muito precisas. Essa civilização humana descendente dos antigos
Maldequianos, é composta pelas raças arianas e negras do espectro humano Adâmico, que canalizaram a
maior taxa de negatividade geneticamente inserida, desenvolvendo assim uma linha psíquica de
materialismo e conquista dessa realidade, muito acima do que se pensa, essas raças de Markab, tem sido
evitadas pela Federação, pois eles são do tipo que atiram primeiro e depois perguntam, a exemplo de
muitos terráqueos, dentro de sua psique guerrilheira e corrupta. Assim as 3 raças principais e as 9 sub-
raças ao total existentes dentro desse sistema que fica próximo a Constelação do Pegaso, que do ponto
de visão terreno, possui 13 estrelas que a compõe. Esse pequeno império com 25 mundos habitados e
colonizados no decorrer de um projeto de criação do Lanonadek Lúcifer e Milhetos outro Lanonadek
ligado aos projetos criativos, que era um concorrente de Satã dentro da estrutura administrativa de
Satânia. As 9 raças de Merkab que são conhecidas entre o mundo ufológico terreno de Markabianos,
renegados perigosos, que confrontam a Federação com elevado poder Bélico e estratégico, eles na
atualidade herdaram muito do antigo potencial bélico do Império de Orion, a tecnologia de ponta que
existiu, além disso na época dos acontecimentos que estamos verificando, eles atuaram como ponto
central de guerrilhas e roubo de tecnologia, incluindo roubo de naves e ataques relâmpagos a bases
secretas da Federação e de mundos que buscavam a sua independência e jornada pacifica, sem se
intrometer na política sideral, o que alias não era difícil, ainda mais naqueles tempos, onde muitos
dissidentes não estavam contentes com o rumo da política praticada por todas as facções em nome da
paz e do poder, ou mesmo das opções religiosas que eram configuradas como absolutas.
Seres que procuraram explorar via espionagem sobre os Portais Estelares e os Hiper Portais,
decorrentes do que tinha sido criado na época de Maldek, eles procuraram evoluir o máximo dentro dos
estudos de Geometria Sagrada, e efetuaram uma guerra fria contra os Gracianos e Nodianos, que eles
acreditavam serem os culpados pela destruição de Maldek. Esse povo com cerca de 45 bilhões de almas
entre a realidade de 2.8 a 4.4 dentro da nossa escala dimensional, sustentaram um movimento estratégico
60
muito importante para a Rebelião e para as guerras sangrentas, onde eles eram captores dos entulhos
siderais de naves e bases e com isso criaram uma forte frota robotizada capaz de enfrentar diversos
oponentes sem colocar em risco a vida de seus agentes e soldados. Seus contatos com as energias
psíquicas de Satã, Anhotak e Toalk, era constante, mas esse setor representava na realidade um setor
externo estratégico, para uma eventual derrota, onde a semente se manteria estruturada e pronta para
germinar novamente. Assim esse setor representa o cerne de um novo movimento rebelde, que esta em
quarentena pelas frotas da Federação, como uma zona neutra, onde diversos grupos espirituais estão
colocando sua atenção, dentro desse setor existem 3 mundos equivalentes a Terra, em quarentena, que
possuem milhões dos exilados de outros mundos decorrentes das confusões da grande Rebelião.
Existem alguns desses representantes exilados na Terra, desde a época quando a Lemúria
apresentou seus primeiros problemas geológicos, antes de afundar definitivamente, esses representantes
que a cerca de 27 mil anos montaram bases operacionais na Terra, tem criado um pequeno império
independente, que teve profundas ligações com os movimentos Nazistas, Comunistas e a estruturação do
império secreto dos Iluminatis, muitos deles alias encarnaram dentro de posições estratégicas ou
desenvolveram o processo de intrantes, para criar uma forma de governo oculto, onde Capelinos e
muitos outros rebeldes tomaram partido e configuraram o que atualmente é o Sinistro Governo Secreto
da Terra que se comunica através do UMBRAL com outras realidades paralelas em mundos
equivalentes a Terra, além da linha temporal delimitada pela nossa consciência. Esse tipo de ligação esta
diretamente acoplado ao Projeto Montauk11 que modificou muito o nosso desenvolvimento tecnológico,
e amplificou o poder do Sinistro Governo Secreto na Terra além de ter aberto um novo potencial de
pesquisas nas viagens do tempo e no estudo da linha dimensional onde a consciência humana se propaga
em paralelo. As bases desses Markabianos estão localizadas em geral nas profundezas dos oceanos e em
cavernas dentro do Colorado e Sedona, onde já houveram inúmeros relatos de aparições de discos
voadores e energias estranhas. Os Markabianos exilados na Terra, tem tentado contato com Merkab,
através dos Portais temporais e da alta tecnologia que possuem, o que em muitos aspectos tem sucesso,
em determinadas situações de alinhamentos e ângulos estelares, onde seus Portais podem contatar as
realidades dimensionais e temporais do seu pequeno e poderoso império, que mantêm uma frota em
posição de ataque contra o nosso sistema solar. O potencial bélico deles é bem elevado, mas ainda
vibram em tecnologias de ligas especiais, não possuem naves de luz, ou Merkabas como são conhecidos
entre a linguagem humana atual. Assim suas ações são na realidade infantis, mas perturbam o campo
magnético do nosso Sistema Solar e provocam ondas de pânico e terror através de seus dispositivos
sensórias, que são uma de suas armas mais poderosas nas invasões, pois eles provocam o pânico em suas
vitimas, diminuindo assim o potencial de reação e defesa dos mesmos, dessa forma eles conseguir,
conquistar muitos mundos e vencer guerras com pequeno volume de naves.

Regulus (Leão)
Nesses Sistema da Constelação do Leão, algumas raças ligadas “Coincidentemente” ao arquétipo
dos felinos, acabaram se envolvendo com as disputas pelo poder, essas raças que poderiam ser
assemelhadas aos desenhos animados dos Tander Cats, já com uma configuração humanóide, possuem
uma elevada civilização dentro de faixas dimensionais que compreendem entre 2,9 a 6,7, onde diversas
raças e situações foram exploradas, na ocasião da Rebelião parte desses seres eram inimigos ferrenhos
dos Alfa Draconianos, por serem extremamente capazes e poderosos lutadores, a ferocidade e agilidades
dos felinos sempre foi um dos aspectos do seu poder, além de uma sensibilidade espiritual muito
superior a maioria das formas físicas dentro dos hologramas encarnacionais. Os Felinos de Regulus,
eram os líderes do conjunto da liga federativa de CATER, onde existia um conselho diretivo, que
sustentava como um governo central as decisões e regras evolutivas de 3 planetas ligados diretamente a
influencia de Regulus, os outros sistemas próximos dentro dessa constelação estavam mais sutilizados e
11
Projeto secreto americano, onde em agosto de 1978 foi criado o primeiro portal temporal, ou seja,
maquina do tempo, a partir dos experimentos secretos do Projeto Filadélfia, que possui um filme com esse
titulo. O Projeto Montauk possui um livro ainda não traduzido para o Português, que conta alguns aspectos
dessa maquina e das operações secretas do Sinistro Governo Secreto, onde contatos com Hitler e outras
facções extraterrestres negativas foram sustentadas.

61
não se envolveram totalmente com as questões políticas, mas apoiaram a Federação no confronto contra
as naves do Império de Orion, principalmente nas que invadiram o território nas proximidades da estrela
de Zosma através da fenda espacial da estrela de Denébola a centenas de anos luz. Essa guerra foi um
grande massacre, pois a ferocidade e habilidade com as artes marciais físicas e telepáticas, desenvolveu
uma guerra psíquica que culminou com a destruição de milhares de draconianos e humanos ligados ao
Império de Orion. Essa vitória no entanto acabou configurando sentimentos de poder e potencialidade
para a violência em alguns representantes desse setor, onde a estrela de Regulus, ancorou a facção
“Rebelde”, que procurou vivenciar aventuras dentro dessa tônica de conquista. Essa raça de Regulus,
felina, desenvolveu todo um potencial tecnológico e cientifico equivalente aos dos Draconianos e com
isso deu início a manipulação genética e busca pelo poder, entrando na linha delicada das ondas mentais
desarmônicas do universo em ressonância com as forças trévicas, no entanto não foram muito longe,
pois o Conselho de CATER conseguiu deter os abusos, mas isso configurou a participação deles em
muitas deliberações políticas a Frente da Federação nas reuniões geradas em Procyon, onde uma
delegação e colônia dessa raça estava em pleno andamento, eles colonizaram diversos mundos nas
proximidades da Constelação do Cão Menor, onde a estrela de Procyon é a alfa em brilho, assim como
setores dentro da linha da elíptica galáctica além das nossas fronteiras visíveis, em angulo de
profundidade do nosso ponto visual terreno, junto a diversos aglomerados de estrelas. A civilização de
Regulus conta com cerca de 345 milhões de formas plasmadas dentro da realidade dimensional de 3.4 a
ao total essa constelação possui cerca de 237 bilhões de almas plasmadas dentro do arquétipo dos
felinos, a maior parte já nas esferas mais sutis, devido a sua natureza espiritual de captarem as realidades
sutis do universo, além das limitações físicas, devido a sua capacidade natural de enxergar além da
fronteira humana.
Os felinos existentes na Terra, foram deixados pelas delegações de Procyon e Sírius, onde essa
raça é muito bem conceituada existindo diversos grupos em estado evolutivo, na verdade, os diferentes
padrões genéticos dos felinos, que podem ser encontrados na Terra, são uma forma de perpetuar as
matrizes originais de diversos grupos que já deixaram de existir dentro da fisicalidade da 3ª densidade
ou dimensão a milhares de anos, assim as matrizes genéticas continuariam a evoluir dentro do
holograma terreno em paralelo as evoluções dentro da Constelação de Leão e dos outros pontos onde
esse arquétipo existe. Os representantes dos felinos dentro de Sírius, Procyon, Aldebaran e Plêiades é
bem considerável, estando espalhados por mais de 2500 planetas dentro da nossa galáxia. Os nossos
felinos são uma extensão do processo evolutivo primitivo de algumas raças felinas dessa constelação,
que chegaram a Procyon e Sírius a mais de 20 milhões de anos. Existem registros que em Maldek
existiam formas felinas gigantes como o antigo Tigre Dente de Sabre, um pouco maior com elevada
inteligência e ferocidade, usados na Guarda Imperial Maldequiana, superando o potencial de um Búfalo
ou Rinoceronte como guardião, com elevada inteligência e agilidade, característicos dos felinos. O fato
da cultura egípcia adorar o gato, assim como no Tibete, tem relação com a importância desse arquétipo
nos rituais esotéricos e na capacidade desses seres contatarem realidades sutis, que muitas formas
humanas ou mesmo draconianas, não tinham sensibilidade para rastrear, assim os felinos efetuavam esse
tipo de captação, existindo uma profunda ligação com os princípios xamânicos do poder dos animais,
que na verdade são arquétipos universais ligados aos Elementais da natureza e aos gênios da natureza,
onde muitos animais terrenos de origens estelares possuem a sua capacidade cognitiva com outras
realidades além da fisicalidade onde a alma ou consciência esta encarnada momentaneamente. Dentro
desse processo a Guarda Azul de Sírius empregou guerreiros Felinos que tem relação direta com o
desenho animado dos Tander Cats, que é um desenho canalizado, onde alguns sensitivos brasileiros
captaram essa egrégora e reproduziram muitos Tander Cats, em comunicação com a humanidade através
dos Mestres da Fraternidade Branca que cuidam do aspecto ambiental, onde o Mestre Kuthumi tem
importante papel e responsabilidade. Dentro da cidade etérea de Agharta existe um templo e foco
energético especifico do arquétipo felino e dos representantes extraterrestres, que implantaram as
matrizes dos felinos na Terra, para dar sustentação ao plano evolutivo e ao intercâmbio energético que
esses seres são capazes de desenvolver, os felinos possuem uma capacidade muito grande de se
adaptarem as diferentes faixas energéticas e de desenvolver uma limpeza energética ambiental, por esse
motivo os magos procuram ter gatos, que limpam a egrégora de seus templos. O misticismo do gato
negro e do felino em si esta baseado no seu potencial energético de absorção e transmutação das

62
energias, onde ele é um canal do 7º raio direto através de seus padrões energéticos e espirituais, que
foram desenvolvidos especialmente para esse tipo de trabalho espiritual.

TERRA
Em princípio um planeta dentro da rota comercial de diversas Casas de Comércio da Federação
Intergaláctica e de outros grupos equivalentes, entre eles as delegações dos Alfa Dracos do Império de
Orion, de Draconia e de outros sistemas ligados a esse tipo de política seletiva. A Terra do ponto de
vista espiritual dos Mestres Ascensos, é um hospital para almas confusas, desconectas da realidade que
cada uma é dentro das altas esferas psíquicas, além dos hologramas encarnacionais. O histórico do nosso
planeta é muito longo, pois remonta-se a alguns bilhões de anos expressando diferentes propósitos de
vida, como já foi abordado no Confederação Intergaláctica a Terra deu início a sua manifestação de vida
nos planos sutis a cerca de 3,2 bilhões de anos passando por diversas realidades sutis dentro da nossa
perspectiva física atual, sendo que em cada uma dessas realidades que se sustentaram desde a 6ª
dimensão foram gradualmente se fisicalizando até atingirem parâmetros de 2,3 e progressivamente
sutilizando-se dentro de cada etapa evolutiva que o nosso planeta se programou para desenvolver. A
realidade física entre 2,8 a 3,0 como nós a conhecemos, começou a se cristalizar nos últimos 1,2 bilhões
de anos da nossa contagem, onde diversas formas de vida foram plasmadas na atmosfera terrena, onde
dentro dessas raças e espécies, encontraremos desde insetos, lagartos, símios, vírus, coacervados, uma
grande variedade de fauna e flora, correspondente ao modelo evolutivo de cada ciclo do planeta. A nossa
realidade humana foi inserida na realidade da Terra em 21 momentos diferentes, sendo que as primeiras
manifestações humanas do projeto Adâmico, possuem mais de 340 milhões de anos que foram
plasmadas na Terra. De lá pra cá, diversas civilizações já deixaram a Terra dentro das realidades mais
densas, a maior parte atualmente habita outros planetas. Dentro da nossa perspectiva mais recente, os
problemas com as Rebeliões e que temos estudado tem uma relação temporal de 4,8 milhões de anos, no
que diz respeito a interferências dentro do orbe terrestre, no entanto a Rebelião central que modificou os
rumos de Orion ou Satânia, tem uma cronologia relativa que possui contexto entre 450 mil anos a 1,2
milhões de anos, conforme o referencial racial que participou desse processo. A Terra sempre esteve
dentro de uma órbita comercial externa da Galáxia, o que permitia um governo independente em relação
aos outros grupos setoriais, o que despertava a cobiça de poder de muitos dirigentes, que queriam tornar
a Terra uma base avançada, além das questões já exploradas do Portal Dimensional das Pirâmides e da
ligação com o Hiper Portal Multidimensional alinhado com diversos Buracos Negros e Buracos Brancos
espalhados pela galáxia. Além disso a questão das manipulações genéticas e a corrupção que já
verificamos, é uma herança que trazemos desde as nossas esferas celestes.
A Terra já serviu de base operacional para diversas raças, em especial existem 22 raças galácticas
de setores internos de Satânia, que fixaram suas raízes dentro deste planeta, muitas das quais estão
presentes no momento tentando reverter os erros do passado, como a raça Pleiadiana, que abandonou
seus filhos quando os Draconianos invadiram a Terra a cerca de 475 mil anos, o que tem conotação com
as grandes guerras de Jeová contra Yawe que foi confundido como sendo a mesma entidade, decorrente
do termo EL SCHADDAI, que é uma referência em hebraico a Yahweh, que foi transcrito como ANI
HÁ EL SCHADDAI, que nas traduções reais significa “O Grande Anjo Caído” (ver tradução da
Bíblia, Gênesis 17:1), muitos aspectos deste tema podem ser encontrados nos escritos secretos relativos
às bases das Sociedades Secretas12. Diversos aspectos interessantes na história terrena se desenvolveram
a partir dessas rebeliões, como a manipulação e criação de muitas raças, sobre a Terra, muitas extintas,
mas todas com uma grande variedade genética, que na nossa atual estrutura, representa uma mina de
salvação para muitas delegações perdidas da sociedade Draconiana, Gray, Humana que estão passando
12
Societas Templi Marcioni, onde o Barão Rudolf Von Sebottendorf, formou um grupo secreto de
estudos das antigas escrituras sagradas, que com o tempo formou a Sociedade Thule em 1918 em Bad
Aihling. Dentro dessas sociedades diversos temas eram abordados em profundas pesquisas, como tantrismo,
ioga, meditações, astrologia, ocultismo, magismo, alquimia, todos os temas secretos existentes nas antigas
escrituras, buscando os verdadeiros pontos de ligação entre Jesus e Jeová, e as diversas derivações desses
personagens sobre a mente humana e seus credos, religiões e formas de manipulação cultural, que foram
exploradas pelos Iluminatis.

63
por processos de degeneração genética, devido ao longo tempo de estagnação sem renovação do
material genético. Como as nossa atual raça humana, com padrões Adâmicos de diferentes matrizes, se
adaptou e transmutou diversos aspectos, mesmo que ainda estejamos passando por dificuldades, devido
a retirada dos 10 filamentos e a nova inserção dos mesmos pelas novas energias telúricas do cosmos,
muitos atributos genéticos nossos, podem salvar essas raças perdidas que buscam as respostas em nossas
matrizes do DNA. Algumas dessas raças como os Grays, Zetas, Draconianos e Alfa Dracos, estão
preocupados com as mudanças vibracionais da nossa galáxia, que estão afetando sumariamente seus
padrões genéticos, o que eles desconhecem até o presente momento, isso tem levantado a atenção para
alguns padrões e combinações genéticas humanas, que são imunes a esse novo tipo de radiação, e ao
contrario deles, ativam novas funções desconhecidas até então dos nossos parâmetros genéticos, que eles
mesmos ajudaram a manipular para controlar a forma humana e escraviza-la como o tem feito ate o
presente momento.
A Terra tem sido palco de inúmeras situações onde grupos que controlavam o poder se infiltraram,
a exemplo do que mencionamos sobre as guerras e a forma de manter o poder sobre as diversas raças e
colônias espaciais, tem se repetido dentro da Terra, desde a chegada dos ANJOS CAÍDOS, que são
adorados como DEUSES. Em uma passagem retirada da bíblia, o Mestre Jesus fala ao povo sobre esse
fato, onde podemos encontrar alguns fragmentos no Evangelho de João 8:30-45, quando ele disse aos
Judeus:

Responderam-lhe os representantes Judeus presentes “Nosso Pai é Abraão. Jesus então disse: Se
sois filhos de Abraão, praticai as obras de Abraão. Vós porem procurais matar-me, a mim, que vos
disse a verdade que ouvi de Deus. Isso, Abraão não fez! Vós fazeis as obras de vosso Pai. Disseram-lhe
então: “Não nascemos da prostituição; temos só um Pai: Deus. Então Jesus disse: “Se Deus fosse vosso
Pai, vós me amaríeis, porque sai de Deus e venho dele, não venho por mim mesmo, mas foi ele que me
enviou. Por que não reconheceis minha linguagem? É porque não podeis ouvir a minha palavra. Tendes
por Pai o Diabo, e quereis realizar os desejos de vosso Pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não
permaneceu na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele mente fala de seu próprio imo,
porque é mentiroso e pai da mentira. Mas, porque digo a verdade, não credes em mim.”

Este tipo de situação revela como na Terra as religiões foram usadas a exemplo da grande rebelião
entre os conflitos do Império de Orion e das Federações e Casas de Comercio como uma forma de
conter a sociedade dentro de parâmetros consciências, onde o sistema se auto sustentasse dentro dos
paradigmas que os dirigentes etéricos estabeleciam, no caso como vimos as energias dirigentes de
Anhotak, Toalk e Satã, que eram a trindade do poder e das manipulações, onde podemos encontrar uma
serie de entidades ligadas aos cultos de magia negra de diversas sociedades e culturas terrenas desde
esses últimos 475 mil anos da invasão que esses grupos desenvolveram na Terra, seguindo os mesmos
métodos empregados na Rebelião.
A situação da Terra como base operacional de exilados e rebeldes, é muito complexa, pois isso
pode ser visto e explorado de diferentes ângulos, assim como muitos representantes extraterrestres da
Federação não se interessam com os problemas da Terra, não se importando com a nossa situação de
escravidão, outras culturas mais próximas ao nosso quadrante estão alarmados com o que essa nossa
trajetória pode reverter sobre os outros mundos, isso devido as frequências que estão sendo geradas na
Terra, assim existe uma preocupação por diversos grupos estelares, que querem interferir, por esse
motivo o grande número de Extraterrestres encarnados usando a vestimenta terrena para pedir a
intervenção da federação e da Confederação, onde entram as hierarquias dos Mestres Ascensos.
Outro tema importante que podemos abordar, é referente a questão levantada pelos Andromedanos
que falam que a espécie terrena, possui uma almas que já vivenciou realidades de 11ª dimensão, o que
explicaria o porquê da grande versatilidade emocional e mudanças abruptas de comportamento
emocional e mental, que não são comuns em outras raças, que usam a lógica ou as emoções como base
linear de comportamento, a diferença humana, que temos mudanças cíclicas e intempestuosas muito
complicadas. Segundo a explicação das entidades que Allex Collier, contatado por alguns representantes
da Raça de Andromeda, que se identificam de Morenae e Vissaeus, tem passado interessantes relatos e
informações sobre a nossa situação e a origem de muitos problemas, que coincidem com os nossos
relatos, que por sua vez, tem muita semelhança com os relatos do povo Pleiadiano que a nossa amiga

64
Barbara Marciniack relatou em seus livros. Os Alfa Dracos de Draconia, Orion e Rigel, desenvolveram
uma elevada tecnologia de manipulação sensorial e tecnológica em diversos campos, que escravizaram e
subjugaram milhares de raças, entre elas os Grays, que passaram a ser na verdade testas de ferro para os
Alfa Dracos, dando continuidade a sua saga de poder e conquistas, como o tem feito em diversos
mundos, a exemplo do mundo Satilus de Procyon que foi invadido e totalmente modificado pelos seres
aparentemente inofensivos. Os alfa Dracos exploraram e massacraram as raças Zetas que deram
posteriormente devido a manipulação genética dos Alfa Dracos origem aos Grays hoje conhecidos.
Assim como muitas outras linhagens dentro do contexto Draconiano também são manipuladas pelos
Alfa Dracos. Assim verificamos que na verdade a nossa situação esta relacionada as matrizes genéticas
entre as densidades dimensionais de 2,3 a 6,8 onde funcionam os hologramas físicos do processo
encarnacional da lama como já vimos anteriormente. Dentro dessas frequências de informações, temos a
que se refere a Lenda antiga de PAA TAL, que se remonta as raízes da raça Alfa Draco, na qual dizem
os registros, que a bilhões de anos, os Alfa Dracos confrontaram uma raça perdida de Criadores do
arquétipo Humano, que era contrario ao arquétipo imperialista e escravista dos Dracos, o que gerou uma
grande guerra, que se remonta as mais primitivas lembranças dessas raças. Segundo os Andromedanos,
os Draconianos criaram a raça dos Primatas, o que na realidade não é totalmente correto, pois a estrutura
genética dos Primatas é muito próxima a da matriz Adâmica, que foi inserida em Lira a cerca de 9
bilhões de anos, oriunda de outras galáxias pertencentes a Nebadon, mas se meus leitores perceberem no
Livro do Eu Sou, onde relatamos parte da história evolutiva de uma das realidade de Shtareer,
verificamos que o arquétipo humano já existia a mais de 18,5 bilhões de anos em Shinkara, o que nos
diz que o arquétipo humano e humanóide é muito mais antigo do que muitas galáxias vislumbradas pela
nossa ciência limitada, onde mesmo nossos irmãos Andromedanos, representam uma raça relativamente
jovem, se comparados ao tempo da estabilidade dimensional do nosso Universo de Nebadon e do
próprio Orvotón em sua complexa estrutura multidimensional, muito além das 12 dimensões expostas
pelos Andromedanos do ponto de vista que eles detêm na sua escala evolutiva, dentro da percepção da
Federação, que inicia seus contatos com a Confederação dos Mestres Ascensos e Cristos Universais,
assim muitos aspectos da Cosmogênesis são complexos e não se tem parâmetros confiáveis, pois cada
civilização coloca as coisas dentro do seu ponto de vista pessoal, como no caso os Pleiadianos, que tem
interferido no processo evolutivo da Terra a mais de 500 mil anos, onde nunca se explicaram
efetivamente, sobre as suas manipulações e reais intenções no passado, onde Jeová se mantêm muitas
vezes na reserva para oportunamente esclarecer fatos importantes pata complementar o quadro terreno,
assim como por exemplo o porquê deles terem modificado a órbita terrena logo depois a destruição de
Maldek, e as complicações orbitais de Marte e os outros astros. Muitas informações estão sendo
colocadas no orbe terrestre de forma velada e em ração de conta gotas, para que gradualmente cada
grupo aqui encarnado possa compreender melhor o que tem pela frente, dentro do projeto Avatárico e
dos outros projetos que estão inseridos na Operação Resgate da Terra, que nem sempre foi considerada
real e oficial por algumas delegações isoladas da Federação.
Como já foi dito antes, essa operação tem um cunho espiritual e consciencial, e não operacional no
plano físico com as naves, como muitas pessoas acreditam, embora exista essa probabilidade para
algumas delegações espaciais.
Vejamos alguns dos projetos mais recentes para pesquisa e exploração de tecnologias
extraterrestres, sustentadas pelos nossos governos, em especial o Norte Americano. Dentro desse
esquema temos o Projeto Majestic 12, que foi criado pelo Presidente Norte Americano Truman, para
supervisionar outros projetos internos, que tem por objetivo ainda nos dias atuais desenvolver as
seguintes funções:

1 Projeto MAJI (Majority Agency for Joint Intelligence), procurava reunir todas as
informações concernentes aos serviços secretos de diversos países, e em especial assuntos relativos a
aparições de OVNIS ou situações estranhas metafísicas. Dentro das atribuições desse projeto MAJI, as
informações e desinformações foram manipuladas pelos agentes desse projeto, para criar uma confusão
nas pessoas envolvidas com esse assunto, para desacreditar esse assunto. Esse projeto e seus agentes
trabalhavam em parceria direta com agentes da CIA, NSA, DIA, Serviço de Inteligência Naval, assim
como relações com os servidores do Projeto SIGN, que estudava os fenômenos UFOS, este último
tomou o nome de projeto GRUDGE.

65
2 O Projeto Blue Book, neste diversos agentes trabalhavam no resgate de objetos voadores
não identificados, bem como no registro das testemunhas, o que acabou originando um seriado,
intitulado o Livro Azul, o projeto estava sobre a supervisão de Robertson Panel, que buscava
desinformar e desacreditar tais relatos sobre discos e explica-los como fenômenos metereológicos.

3 SIGMA, esse projeto tinha a função de desenvolver a comunicação com a raça draconiana
de EBE, esse ser semelhante ao do filme ET do cineasta Spirlberg, morreu em Los Alamos em
18/06/1952, o que originou esse projeto SIGMA. Essa raça muito pacifica é uma das dissidentes das
linhagens Draconianas existentes nos mundos internos da Terra, dentro de bases secretas a mais de 35
Km de profundidade, e também dentro das calotas polares da Terra.

4 Snowbird neste projeto estudava-se a tecnologia e sistemas de propulsão das naves


aprendidas pelo governo americano, a semelhança do que os Russos faziam em seu território. Dentro
desse projeto surgiram as primeiras maquinas hibridas com tecnologia Vril que os americanos
fabricaram copiando os arquivos dos alemães que desde 1931 já testavam esse tipo de tecnologia,
baseada em contatos mediúnicos com delegações dos seres arianos de Aldebaran. Assim novamente
essa tecnologia era testada e empregada de forma secreta pelas elites cientificas, sem que a
humanidade tivesse direito a essa nova realidade e com isso evitasse a poluição do planeta como o
estamos fazendo.

5 Aquarius, neste projeto muitas pesquisas e disfarces, foram usados para acobertar as
tentativas via cientifica de contatar outras realidades extraterrestres além da órbita terrestre, onde
muitos astrônomos acabaram se defrontando com a morte, por descobrirem mais do que deviam, como
é o caso do Astrônomo Carl Sagan, que entrou em uma perigosa linha de descobertas que lhe causaram
um câncer repentino, provocado e inserido pelas forças do Sinistro Governo Secreto e seus enviados
MIB’s.

6 Garnet que tem por objetivo o estudo da influência de outras raças extraterrestres, no
arquétipo humano, onde temos as pesquisas de antropologias, história, genética e o próprio projeto
Genoma, para sondar e buscar parâmetros da influencia dessas raças tidas como provenientes dos
Deuses, sobre a nossa atual realidade genética e consciencial.

7 POUNCE dentro deste estão os despojos de cadáveres de extraterrestres e exames via


clonagem de diversos seres capturados nestes últimos 60 anos, assim como dos escombros de naves
encontradas nas escavações militares em determinados lugares da Terra, e nas fossas submersas do
pacifico e atlântico, além do achado de algumas bases alienígenas nas montanhas rochosas e Gran
Canyon.

8 Redligth, ligado diretamente a área 51, hangar 18 e outros centros de pesquisa com
tecnologia espacial, onde diversas naves foram construídas seguindo as especificações dos Grays,
Dracos e outras delegações contatadas, dentro de um acordo mutuo que na realidade vendeu a
humanidade para essas delegações extraterrestres comprometidas com os ANJOS CAÍDOS do passado
que sempre estiveram presentes na Terra sobre diversos disfarces. Todos os ensaios de vôo desses
aparelhos e das novas aeronaves militares secretas, são supervisionadas por esse projeto, onde o
seriado Arquivo X, tem feito algumas referencias sobre aeroportos que não existem oficialmente, mas
que são tão reais quanto as nossas metrópoles.

9 LUNA, este projeto muito importante, tem relação como nome código para a base
extraterrestre na Lua que foi observada e filmada como uma grande cúpula de cristal pelos astronautas
da Apollo 11, onde foi retocada para poder ser publicada para a civilização humana logo após a
descida da Apollo 11 na Lua. Essa base posteriormente abrigou delegações humanas e deu origem a
outras instalações para diversos cientistas terrenos que desapareceram em acidentes estranhos, onde
cerca de 35 mil operários trabalham em um satélite artificial, que é a nossa Lua, onde se encontram
diversas delegações desde antigos Maldequianos, como Draconianos, Grays e outras raças alienígenas,

66
que tem usado a Terra e a humanidade como laboratório para suas pesquisas, em geral seres não
Confederados.

10 Delta Force, esta compreende unidades especiais militares de repressão formadas para
esses projetos, para atuarem junto as agencias de serviços secretos do mundo inteiro, onde entram
algumas das configurações dos MIB’s e outros agentes desse tipo.

Segundo informações não oficiais de antigos agentes e criadores da CIA, a mesma teria sido criada
especialmente para dissimular todo tipo de informação sobre vida extraterrestre onde diversos grupos
secretos estão engajados no mesmo ideal, deixar a humanidade cega e surda com relação a essa
realidade, que não mais pode ser contida, a maior parte dessas organizações foi criada na década de 30 a
60, mas no atual momento da nossa historia próximos a virada do milênio entre 2000 para 2001, muitas
mudanças ocorreram que irão provocar mudanças diretrizes desses grupos, que no passado conspiraram
contra a humanidade e nos venderam, agora devido a trapaça que os Dracos fizeram ao enganar esses
dirigentes, eles se encontram em serias dificuldades, por que as nossas bases secretas na Lua e em Marte
foram atacadas e aprisionadas, não deixando muita margem operacional ao nosso Sinistro Governo
Secreto, que tem gradualmente se rebelado contra o domínio externo, mas ainda busca ser o ponto
dominante da humanidade, e confrontar seus antigos aliados extraterrestres.
Dentro desse programa de lavagem cerebral, pessoas influentes e importantes como George
Washington, Abraham Lincoln, Rooselvelt, Truman, Dwight D. Eisenhower e outros teriam tido contato
com seres de outros mundos, além dos personagens europeus, latinos isso sem falar das civilizações
antigas, que afirmam terem sido provenientes de descendentes espaciais. Assim percebemos, que a
manipulação dentro do orbe terrestre, tanto da política, como da religião tem sido muito forte e
esmagadora contra a humanidade, de forma a mantermos uma profunda amnésia e total medo sobre
situações que não possamos controlar, o que nos afasta dos seres benevolentes, que não querem se
contaminar com nossas baixas frequências e não querem contaminar situações cármicas com nossa
civilização, por esse motivo o projeto Avatárico na Terra é tão importante.
Vejamos alguns acontecimentos interessantes ligados a esses projetos tutelados pelo código
Majestic 12:

Em 8 de julho de 1947 4 diferentes objetos não identificados em forma de disco foram vistos sobre
MUROC e no setor de ensaios secretos de Rogers Dry Lake.

Em 31/08/1948 um grande objeto com uma cauda de chamas azuis, longa com mais de 1 Km
passou sobre esse mesmo ponto em MUROC a cerca de 17 mil metros de altura.

Em 14/6/1950 um piloto da marinha americana e diversos pilotos civis observam uma Astronave a
cerca de 40 Km de MUROC.

Dentro dos relatos que possuem os ufólogo norte americanos e muitos outros, no dia 20/02/1954
um grande acontecimento na base aérea de MUROC/Edwards, foi visto por todos os membros dessa
base, ocasião na qual Eisenhower estava na base e viu também todo esse tipo de manifestação de óvnis,
onde eles desafiavam todas as leis da física. Assim verifica-se que desde a década de 50 temos sido
enganados e muitas informações da nossa ciência e tecnologia que repentinamente acelerou da estaca
zero no início da 2ª guerra mundial, chegou a parâmetros nunca antes vistos em poucos anos, após cerca
de 2000 anos de estagnação como o sabemos, isso sem contar nas limitações matemáticas e conceituais
filosóficas a que estávamos submetidos, tudo de repente foi sendo mudado e remodelado, onde inclusive
o transporte de matéria já é uma realidade ao estilo Jornadas nas Estrelas de Spock e Kirk, como acelerar
a luz além dos 300 mil quilômetros por segundo, o que era impossível, hoje é real e factível em
laboratórios.
Verifiquem dentro de vocês, que os nossos valores estão mudando e estamos seguindo para uma
nova realidade muito mais dinâmica e perigosa, pois a nossa consciência não esta livre e não tem
conseguido se libertar dos dogmas e limitações existentes do passado. A nossa espiritualidade é um dos
caminhos para compreender e transmutamos as nossas próprias limitações e dominar nosso medo, o

67
medo que foi inserido pelas falsidades religiosas e sociais, que eram convenientes a aqueles que querem
dominar um bando de gado cego, como temos nos comportado até o presente momento e podemos
continuar a fazê-lo caso não abramos os olhos e reivindiquemos nossos direitos como cidadão do mundo
e não apenas de uma nação corrompida e a falência como estão todos os países deste planeta, seguindo
os planos dos Iluminatis e seus grupos secretos que dominam o poder bancário no planeta.
A terra tem recebido ajuda da Fonte de Micah através de novas energias radioativas, que estão
mudando os padrões atômicos do Sistema Solar por completo, de todas as formas de vida nele contidas,
isso esta fazendo a diferença, pois é algo que esta muito além da tecnologia material existente entre as
realidades holográficas que as almas do nosso contexto desde a Rebelião tem se manifestado. Assim as
mudanças têm um objetivo, que é despertar a todas as formas de vida, mas também acelerar a
transmutação da Terra e dos astros do Sistema Solar, que também são parte do corpo dessa fonte maior.
Dentro desse tema, podemos colocar o Cinturão de Fótons, Os 22 Raios de Alfa e Omega, bem como as
novas explosões solares e uma nova carga gravitacional proveniente de Sirius e outras estrelas, tudo isso
mudando a frequência do espaço a nossa volta, isso sem contar com o planeta Herculovos que se
aproxima de forma inexorável em suas 5 dimensões de realidade que interagem com a nossa realidade
terrestre e de outros mundos dentro das respectivas frequências.

LUA

Este satélite proveniente do sistema estelar de Chauta, que esta dentro da constelação da Ursa
Maior, com seus 21 planetas orbitando o sol/estrela Chauta, a nossa Lua era um satélite artificial
escavado dentro de rochedos e lapidado para ser uma enorme nave sideral, semelhante a Plutão. Ela foi
construída e orbitava o 17º planeta desse sistema com mais 3 objetos semelhantes, foi construída para
servir de base de longo alcance dentro do propósito de colonização e invasão de novos mundos. Trata-se
na verdade de um mundo ambulante, autônomo, que deveria vagar pela galáxia e no decorrer de sua
jornada deixar diversas colônias implantadas em mundos com a capacidade para isso, onde
posteriormente seus descendentes, poderiam tomar posse desse mundos e constituir um novo império
com o passar dos milênios. Esse tipo de raciocínio e de táticas foi empregado por diversas sociedades
com capacidade tecnológica para isso, como existe dentro da Confederação, mas com a intenção de criar
vida independente, são as naves semeadoras de vida multidimensionais como a Estrela da Vida de
Shtareer, que possui cerca de 20 mil quilômetros de diâmetro.

68
Vejamos o nosso satélite, a sua estrutura pelas fotos que temos, é completamente esférica, o que
para um astro antiquíssimo como a Lua, deveria ter diversas deformações, devido ao bombardeamento
de meteoritos e astros vagantes, isso sem contar nos aspectos da explosão de Maldek, que gerou uma
verdadeira chuva de meteoritos, no entanto apesar das crateras que vemos, temos uma uniformidade
espantosa nesse astro.
No ponto onde temos a seta, existe um triângulo desenhado na Lua, esse ponto corresponde a uma
base secreta Draconiana onde funciona um sistema de Portal dimensional e temporal semelhante ao do
Projeto Mountak, que foi desativado pelos agentes de Shtareer há alguns meses, para evitar a abertura de
um portal com Rigel e seus exilados, essa base é uma das tantas que existem dentro desse astro, que é
uma verdadeira nave gigante, com seus sistemas de propulsão atrofiados e em vigilância constante pelas
naves da Federação e os Merkabas dos Mestres, onde Shtareer tem se encarregado do monitoramento e
julgamento das formas de vida lá presentes, comprometidas com as forças trévicas, onde diversos seres
do Conselho Cármico estão voltando sua atenção para cuidar e controlar os abusos que partem desse
astro, que não é o que as pessoas pensam, principalmente as mulheres.
A cúpula de cristal existente nesse astro foi fotografada desde a superfície e do espaço também.
Como podemos ver nessa foto que a editora Três13 publicou.

Essa revista da coleção possui muitas informações interessantes, que confirma os rumores que na
Lua existe uma grande atividade extraterrestre, além das atividades secretas do nosso Sinistro Governo
Secreto, que tem bases no subsolo, aproveitando antigas instalações dos Maldequianos que ficaram
vazias no processo de conflitos que eles também sofreram com os Alfa Dracos, em inúmeras guerras
internas, o que tem relação com algumas crateras da superfície da Lua, que sofreu um pesado
bombardeio das naves do Império de Orion, quando estavam querendo apossar-se da Lua e escravizar os
Maldequianos restantes. Esse confronto foi muito pesado e durou alguns anos, pois a tecnologia
Maldequiana também é elevada e conseguiram impedir a ação ofensiva dos Alfa Dracos varias vezes,
até conseguirem construir a base secreta deles no subsolo do Tibete, em galerias profundas, onde moram
milhares de representantes dos Maldequianos, A estrutura dos Maldequianos do ponto de vista psíquico,
mudou bastante desde a época da destruição de Maldek, uma facção deles acabou se tornando federada e
busca a evolução em harmonia, a outra como já foi dito, se aliou as forças imperialistas e promoveu a
escravização da raça humana da Terra e de outros mundos, assim essa raça esta dividida em diferentes
13
Editora Três, publicação volume 5, Extraterrestres entre Nós, autoria de C.R.P.Wells, pág. 28, foto
que recebeu uma solarização por computador, mostrando um domo de cristal, que a NASA escondeu na foto
do astronauta Alan Bean.
69
linhas, em princípio 2 linhas, que dentro delas existem outras divisões e tendências políticas.
A Lua também possui bases nos outros planos sutis até a frequência de 5,8 e uma grande cidade
com quase 4 milhões de representantes variados dos mundos exilados na frequência de 6,2 que é uma
extensão avançada e sutil dessa outra realidade de 5,8, o que explica por que cada civilização espacial
capta uma realidade diferente desse astro. Situação semelhante ocorre nas luas de Marte, Deimos e
Phobos, que também são satélites artificiais, que sustentam bases internas para as forças renegadas. A
nossa Federação da Luz, possui uma base operacional de policiamento na superfície oculta da Lua, que
faz o monitoramento do trafego espacial além dos campos magnéticos da Terra e da nossa Barreira de
Frequência. Essa base tem servido de apoio para as naves e para o intercâmbio com o Portal 11:11,
Acturiano que se localiza em um plano superior em relação ao eixo do equador do nosso Sistema Solar,
além dessa base serem feitos os estudos da órbita trajetória de Herculovos, que se aproxima diretamente
para nossos mundos internos.
Outro aspecto interessante e alarmante sobre a nossa Lua, é o fato que as forças telúricas negativas
do Umbral sideral e terrestre, são muito fortes, o que explica a ação desse astro em nosso campo
emocional, pois o Umbral trabalha o campo emocional da humanidade, para mantê-la presa e a mercê do
jogo de poder das forças vampirizadoras negativas, além de um profundo trabalho de aprisionamento de
almas. O Umbral sideral é uma ligação por Hiper Portais etéricos, onde o nosso Umbral se conecta com
as realidades equivalentes criadas pelas raças estelares, que aqui vieram, como mundos como Rigel,
Capela, Boronak, e outros, fazendo com que o potencial negativo da Lua se amplifique e tenha sido
incluso dentro dos rituais de magismo e em especial a magia Negra, que tanto tem deturpado a alma e
consciência de gerações. Assim o aspecto da Lua não é o que muitas pessoas consideram como o lado
Feminino em parceria ao Sol, a lua não é o que se imagina e tampouco é um local de energias
construtivas, pois lá existem bases de escravização de almas onde os Grays já fizeram atrocidades em
busca de seus Híbridos para salvarem sua espécie, além de outras raças também terem feito muitas
experiências genéticas com animais e seres humanos dentro das instalações que lá existem. A Lua esta
dividida em 11 setores industriais e 7 setores científicos, inclusive estaleiros de fabricação de naves de
médio e pequeno porte funcionam dentro de suas instalações, além disso ela possui uma abertura do lado
oculto, que é materializada e desmaterializada, permitindo a entrada ou saída de objetos com alguns
quilômetros de comprimento. Esses 11 setores industriais, são onde são processados diversos materiais
ou matérias primas retiradas da Terra e dos outros mundos vizinhos, dentro da nossa fisicalidade e
também na frequência da 4ª dimensão, além do processamento de bens de consumo, que sustentam e
abastecem as naves dos rebeldes, presentes dentro do Sistema Solar, que de certa forma confrontam a
autoridade da Federação e a espiritualidade amorosa dos irmãos da Confederação. Os 7 setores
científicos, tem a função de desenvolvimento de novas tecnologias, pesquisas e experiências onde a
manipulação genética, híbridos e outros tipos de pesquisas são desenvolvidos, para os projetos das raças
rebeldes lá presentes, onde o povo Maldequiano também atua, embora sejam escravos indiretos dos Alfa
Dracos e dos Xopatz, que também estão presentes dentro desse astro.
Algumas das Bases da Lua, estão ligadas as frequências dos equipamentos do projeto Mountak e
projeções ao nosso futuro, onde dentro das experiências realizadas até o início da década de 90,
limitavam o fluxo da viajem em 2026, existindo uma barreira intransponível na época, devido as
frequências das realidades paralelas que estavam sendo plasmadas pela egrégora dos cientistas na
ocasião. Assim a Lua é um local onde muitos mistérios sobre a origem das diversas raças humanas
presentes no momentos, assim como de muitas outras extintas, podem ser acessadas nos arquivos das
bases, são milhares de terminais eletrônicos de elevada tecnologia, que podem ser captados por
sensitivos avançados desde a Terra, em projeções mentais e não no astral, onde a nossa presença é
detectada e com grande probabilidade de ser aprisionado. Assim aos meus leitores, que tem curiosidade
por esse astro próximo, efetuem a sua viajem com a presença de seus amparadores e no corpo mental,
para que os sistemas de defesa não os identifiquem e aprisionem nas câmaras de bloqueio do umbral,
que costumam provocar um grande pânico e fortes efeitos no corpo físico, como efeito colateral dos
ataques sofridos no corpo astral e emocional, onde eles atuam com muita violência. Esse tipo de
dispositivo de segurança é semelhante nas bases terrenas do Sinistro Governo Secreto e dos Rebeldes.
Existe uma probabilidade que em alguns anos a Lua seja removida da órbita terrestre, caso os
extraterrestres Rebeldes, que manipulam e escravizam a humanidade, não saírem do orbe do nosso
Sistema Solar, o que obrigará a Federação com a ajuda da Confederação e remoção e desintegração

70
desse astro artificial, que tem plasmado energias muito pesadas, que devem ser volatilizadas para que os
Elementais neles contidos, possam ser requalificados e novamente servir a luz do amor, e não a sua
estrutura deformada e desarmônica que emitem regularmente para a Terra e para o Universo, mesmo
com a nossa Barreira de Frequência, existem emanações que escapam e acabam por contaminar
seriamente os outros mundos, um dos que possui certa contaminação devido as bases físicas e etéreas, é
Marte, que também esta com uma energia diferente a que poderia ser captada há 25 anos atrás.
Um outro aspecto curioso que alguns colegas do astral me comunicaram já alguns anos, é que
muitas das projeções mentais dos nossos desenhos em quadrinhos, como os Vingadores, Super Homem,
Homem Aranha e todo esse universo Marvel e DC Comics, onde nossos sonhos se tornam realidade, tem
sua origem na captação do orbe Lunar, dentro de uma das realidades holográficas criadas, para entreter a
juventude e gradualmente desperta-la para uma nova realidade, onde a mídia e a eletrônica passa a ser
uma nova forma de manipulação. Na realidade grande parte desses super heróis existem dentro dos
planos holográficos da Lua e consequentemente nos Umbral paralelo dos extraterrestres e da Terra, onde
existe uma outra Terra e Lua, dentro da frequência de 4,5, o que esta acima do umbral que dentro da
frequência de 4,0 a 4,4 possui aberturas para as infra-dimensões, que coexistem em 7 subníveis até o
aspecto mais profundo e pesado, onde se localizam as bases secretas de Satã e sua equipe, dentro do que
denominamos anteriormente de Hiper espaço, essa bolha no hiperespaço esta dentro dessas infra-
dimensões, que não podem ser acessadas de forma fácil, pelas naves da Federação, somente pelo plano
espiritual e por almas especialmente preparadas para isso, ou então com as naves de combate como as da
Confederação, que são Merkabas capacitados a se transmutarem em diferentes dimensões e frequências.
Caso isso realmente ocorra, haverão algumas perturbações em nossos oceanos, que podem ser
gradualmente solucionados com a estabilização orbital de algumas naves da Confederação até que um
novo satélite seja colocado em nossa órbita, embora isso não seja necessário dentro do caminho que o
nosso planeta esta tomando, pois em alguns anos estaremos dentro da 4ª dimensão provavelmente até
antes do fim do calendário Maia em 2012, e até próximo de 2026 deveremos estar dentro da 5ª dimensão
conforme os prognósticos dos Mestres da Confederação, onde o ciclo de 26 mil anos solares se encerra.
De qualquer forma dentro dessas novas realidade, a Terra não necessita de um Satélite, mas ate lá
poderemos conservar esse astro caso o Conselho Cármico assim o decida conforme as energias e a
decisão dos renegados em deixar a Terra e não mais interferir em nossa evolução, muita coisa ainda esta
por ser trabalhada dentro dessa questão, pois existe um elevado número de Mestres das Trevas
encarnado na Terra, fazendo oposição ao Projeto Avatárico dos Mestres, justamente para dentro do orbe
humano, impedir a evolução da Terra e a libertação consciencial da humanidade como esta sendo feito
de forma gradual, mas constante, se analisarmos as mudanças que temos sofrido nestes últimos 50 anos
da Terra.

Herculovos
Este astro tem sido considerado um grande vilão, possuis diversos nomes dentro das pesquisas
ufológicas e religiosas, pois desde os relatos de Enoch que se tem noticia desse astro apocalíptico que
efetuará o expurgo das trevas da Terra. O autor Domingos Yezzi denomina esse astro de Sidérius14, onde
recebeu informações de INK de AGA, que tem relatado informações sobre esse astro, embora não sejam
contundentes, trata-se de uma informação a mais para montar o mosaico desse astro.
Tenho estado dentro dele algumas vezes em projeções mentais nestes últimos 4 anos, e o que posso
relatar consiste que ele realmente é bem maior que Júpiter, embora não possa dar valores, pois dentro da
consciência do Mental ou do Corpo Morontial, os valores e referencias não são lineares como na nossa
percepção humana do corpo físico, assim sei apenas que é bem maior que Júpiter, mas não poderia
14
Escreveu o livro “O que os Extraterrestres Pensam e Esperam de Nós?!”, onde aborda diversos
temas sobre seus contatos com seres deste sistema solar e dos 12 planetas, dentro da linguagem que ele
recebeu do ser INK do planeta AGA. Esse material pode ser um pouco controvertido para leitores, que
nunca pesquisaram a fundo aspectos da Cosmogênesis, estando em uma frequência diferente a dos Mestres
Ascensos e canalizações da Confederação, mas seu material serve como ponto de comparação, onde muitas
informações complementam outras canalizações de mentores espaciais, ou mesmo dos membros rebeldes
que tem passado informações para a humanidade, dentro de seu plano de libertação a troca de uma nova
realidade, como estão desenvolvendo em realidade paralelas.
71
confirmar com precisão os valores e se realmente é maior do que nosso Sol, como alguns dizem. Mas
dentro dele existem diversas realidades dimensionais, que orbitam desde a 2,1 até 4,4 onde existem
diversos grupos espirituais de vigilância e um Conselho Cármico independente que atua dentro dele.
diversa raças já se encontram exiladas dentro dele, algumas retirada de VEGA e outras de Sírius Beta,
somando-se cerca de 14 bilhões de almas que pude verificar em primeira instancia.
Fui muito bem recebido pelo Conselho e pude verificar que o Mestre e Criador Emannuel estava
presente, sendo ele um dos Mestres do Conselho que direciona as atividades e processos cármicos a
serem estabelecidos e os mundos de destino de cada grupo residente dentro do Herculovos. Alias esse
nome foi dado a esse astro pelo Comandante Jeová quando relatou sobre o mesmo a Enoch, quando ele
foi arrebatado a presença de “DEUS”, na concepção hebraica dos relatos deixados para a nossa
humanidade.
Dentro desse mundo existem diversas realidade, onde cada grupo existencial de exilados são
acomodados, existem muitos hospitais e centros de tratamento consciencial, onde pude ver uma grande
quantidade de seres sendo tratados. Também existe uma grande frota espacial, que trabalha ligada a
Confederação e faz tarefas variadas dentro dos parâmetros que eles utilizam. Esse mundo possui uma
realidade multidimensional semelhante a Terra, existindo no entanto 7 corpos paralelos do mesmo astro,
dentro da nossa percepção, já estamos sentindo os efeitos desse astro a cerca de 23 anos ou mais, pois
seus corpos sutis foram os primeiros a interagir com o nosso Sistema Solar e em especial com a Terra,
Plutão e Fênix15, devido as baixas vibrações que emitimos. O corpo material em equivalência a nossa
densidade encontra-se muito próximo se não ultrapassou já a órbita de Plutão, pois há 2 anos ele estava
muito próximo e logo depois recebi a informação que esse planetóide já estava sendo tragado pela
energia do Herculovos.
A egrégora que esse astro me transmitiu foi de sofrimento e de justiça ao mesmo tempo, uma
mistura gerada pelas almas lá presentes e pelo plano espiritual. Existe uma realidade próxima a nossa
densidade que habita a região centro sul desse astro, onde seu território ocupa o tamanho da cidade de
São Paulo, com cerca de 3 milhões de seres humanóides e Alfa Dracos vivendo em uma situação bem
interessante e primitiva, sendo que todos tem que lutar muito para sobreviver, e valorizar o que o mundo
fornece, algo relacionado a condições de alimentação material e Água, que parece ser algo escasso, pelo
pouco que pude verificar. Esse astro possui uma órbita muito complexa além de ser manipulado como
uma gigantesca nave por Emannuel e sua equipe, pelo que me foi informado ele já passou por outras
galáxias e esteve a alguns milhares de anos em Arconis e lá fez uma limpeza em alguns pontos
estratégicos, que tem relação com antigos resíduos deixados por Anhotak e seus seguidores, que tiveram
que ser desprogramados e voltar a Elementais universais. Com relação a órbita de aproximação desse
astro, posso dizer, que não é de colisão, ele passará de forma tangencial no plano da nossa elíptica, em
relação ao equador. Sei que muitos canais e sensitivos, tem recebido a informação que ele deveria passar
entre Marte e a Terra, perfurando a nossa elíptica, mas esse é um plano orbital, que foi mudado um
pouco por Emannuel, para dessa forma ativar os centros energéticos de todos os planetas do Sistema
Solar, com maior energia, aproveitando a energia dos Cinturão de Prótons de Alcyone e os novos raios
de Alfa & Omega que estão ativando por sua vez a energia do nosso Sol Monmatia, o que em conjunto
deve fazer com que profundas mudanças ocorram em todos os planetas em poucos anos, como de fato já
esta ocorrendo a olhos vistos, pois cada planeta tem apresentado anomalias em seu campo magnético e
nas emissões de radio naturais que cada astro gera, informações que os nossos radiotransmissores
captaram, mas não foi divulgada como muitas informações pertinentes a vida fora da Terra e as bases
intraterrenas já contatadas. Um astro com um tamanho tão grande, ao passar entre Marte e a Terra,
acabaria por destroçar a ambos e colocar os outros planetas em um choque violento, destruindo todo o
Sistema Solar, justamente o que se esta tentando evitar, por esse motivo acredito esta outra informação
que me foi mostrada em hologramas na Nave de Ashtar Sheran e posteriormente na nave de Shtareer,
ambos em holografias em 6 dimensões, mostrando como deve se processar o processo desse astro, cada
15
Nome do 12º planeta, que também recebe o nome de FESP por outras entidades siderais. Esse
mundo encontra-se em uma situação complexa, pois parte da sua civilização avançada se aliou as forças
trévicas e acabou se complicando, possuindo cidades muito primitivas, e grandes bases avançadas no
subsolo, mas com pesadas cargas cármicas para com a Terra e a humanidade, relacionadas aos relatos de
Sacharia em seu livro 0 12º Planeta, da editora Bet Seller, um ótimo livro assim como os outros títulos que
ele escreveu.
72
realidade desde a mais densa a mais sutil, foi simulada para que eu pudesse compreender o que se
processará com esse astro e os nossos planetas a nível, magnético, geológico e em especial espiritual
com cada mundo, o que é muito interessante, a elevação consciencial que esse astro esta trazendo para
nosso despertar e o despertar de muitas raças ainda rebeldes ligadas as trevas.
Os Grays deverão passar por um processo muito interessante quando o campo magnético desse
astro os capturar, processo que pode levar a criação de uma nova raça e uma nova oportunidade
evolutiva em outra região da nossa galáxia ou mesmo em outra galáxia, parte da civilização ou do que
resta deles, deverão ser direcionados para uma nova realidade existencial, onde suas matrizes genéticas
originais serão restauradas pelo amor do Criador Micah e sua equipe espiritual. Outra parte deverá
deixar o nosso sistema e procurar reverter muitos quadros negativos dentro do seu processo de
colonização e conquista sideral, como testas de ferro dos Alfa Dracos, todos de certa forma recebem a
influencia desse astro, mesmo os draconianos, o que efetuara mudanças radicas na constante
dimensional e consciencial da galáxia como um todo, onde seres densos deverão ter uma mudança e
despertar de forma radical, pois as novas energias divinas estão exigindo isso de cada um de nós.

Phobos & Deimos

Ambas são luas ou satélites do planeta Marte, pelo que se sabe e foi divulgado pela NASA,
parecem pequenos rochedos, com cerca de 27 km e 23 Km respectivamente, sendo ocos, Phobos, possui
a aparência de uma pêra. O interessante é que ambos são satélites artificiais como a nossa Lua, só que
bem menores, dentro delas existe uma base operacional das forças rebeldes, que sustentam naves dentro
da nossa realidade material. Essas bases tem relação com as atividades do nosso Sinistro Governo
Secreto, que por sua vez construiu devido aos acordos com os Draconianos e Grays, bases secretas em
Marte já na década de 60 para 70. Tais bases estão próximas as grandes pirâmides de Marte, assim como
foi relatado no projeto Montak quando ativaram o projetor dimensional e levaram uma equipe para o
interior dessas pirâmides. A sonda Russa Phobos, que ficou avariada, teve na realidade um encontro com
um grande disco em forma cilíndrica. A sonda colidiu com o campo magnético dessa nave e deixou de
funcionar, o que deixou claro para Russos e Americanos a presença de naves físicas dentro do espaço
aéreo de Marte, pois as fotos e relatos que são narrados no livro Gênesis Revisitado do escritor Sacharia,
são bem interessantes.
Ambas as luas, possuem laboratórios e residências para os Grays e outras delegações rebeldes, que
ocupam a fisicalidade de Marte, já que a civilização marciana se encontra na 5ª dimensão de
consciência, e não compactua abertamente com esses grupos, existe uma comunicação e tentativas de
acordos para não danificarem o planeta. As relações diplomáticas entre os rebeldes e as civilizações dos
planetas do nosso Sistema solar, são em alguns aspectos razoáveis, mas somente na Terra a situação é
insustentável, devido ao processo que foi colocado através da escravização e da manipulação que a
humanidade esta submetida a milhares de anos. Existe na verdade um grande impasse sobre as atitudes e
diretrizes que essas culturas tem inserido dentro da Terra e de outros mundos, uma intervenção direta
por parte da atual Federação, significaria uma nova guerra com proporções galácticas, onde o poderio
bélico de ambas as partes seria colocado a prova, o que normalmente acabaria com a destruição e a
morte de milhões de seres inocentes de forma indireta e direta, como costuma ocorrer nas guerras, a
exemplo da Terra, independente do aspecto Cármico que as pessoas possam estar racionalizando.

Aquadrom
Nas guerras da nossa constelação de Satânia, diversas raças e sistemas que não tinham nenhuma
relação com as sagas de poder, acabaram sendo incomodadas ou escravizadas, apenas por estarem em
rotas imaginarias, de comercio ou estrategicamente situadas para uma eventual guerra e ataque a outros
quadrantes, assim a Federação, a partir do histórico sangrento de varias situações, sabe que um
confronto direto como algumas pessoas racionalizam, é um suicídio e na verdade uma inutilidade, pois o
resultado Cármico e consciencial de um ato desses, seria um grande atraso para todas as almas
envolvidas. Alguns grupos subversivos já pensaram em desenvolver um genocídio especifico contra as
raças imperialistas em especial os Alfa Dracos e os Grays e algumas derivações dos Zetas, o que gerou
um grupo de extermínio secreto e muito poderoso, que vem em alguns pontos da galáxia e de outras
73
executando seu plano, no entanto esse grupo tem encontrado resistência em outros planos dentro da
psique, pois inicialmente quando eles apenas atuavam entre a densidade ou dimensão de 2,8 a 4,7 sua
percepção do universo era limitada, quando começaram a captar realidades vibracionais acima dessa
faixa, sua forma de pensar e sentir foi se modificando, e começaram a verificar outros aspectos desse
processo e de suas atitudes, o que fez com que uma mudança radical ocorresse. Atualmente eles mantêm
grupos de aprisionamento e reversão consciencial dos prisioneiros, mediante elevada tecnologia genética
e chipagem, buscando gerar uma energia psíquica contraria aos padrões originais dessas raças, todas
sendo colocadas em um planeta nas imediações de uma nuvem gasosa de neutrinos e plasma em
formação a cerca de 3345 mil anos luz do aglomerado conhecido como Cassiopéia, bem distante do
nosso quadrante e da própria constelação de Satânia, para assim criar um novo local de experiências. As
raças lá colocadas em um mundo similar a Terra, mas bem maior, que já conta com cerca de 4 milhões
de seres implantados, entre Grays, Alfa Dracos, e outras variações dos draconianos, além de seres
humanos de diversas ramificações, tem sido remodelados psiquicamente com instrumentos e sistemas de
radiações psíquicas, para criar uma sociedade pacifica e estudar o comportamento desses seres belicosos
no seu novo processo evolutivo e de reprodução. Esse trabalho tem chamado a atenção das delegações
da Federação e de outros grupos e já conta com diversos simpatizantes, promovendo a formação de mais
4 planetas com essas características para se implementar um programa progressivo a longa data, com
diversas outras raças, onde o foco esta plasmado para Arconis, e Aeolo, duas galáxias que possuem
grupos rebeldes ligados a energia psíquica de Anhotak.
Esse trabalho é interessante pois esta modificando o arquétipo de confronto e guerra, por
estratégicas mais pacificas e reformuladoras, como verdadeiros reformatórios da consciência, a
diferença da Terra, que foi invadida por seres negativos, esse mundos são sustentados e controlados por
seres, que buscam a correção da alma e da consciência, através de trabalhos e evolução dentro de cada
realidade racial inserida nesses mundos. O planeta Aquadrom que foi o primeiro que os Arconidas e
Botorenses geraram, esta dividido em 3 dimensões de atuação de forma independente, todo
computadorizado como os Holodecks16 onde cada raça e realidade é independente uma da outra,
existindo um ponto de intercomunicação a medida que a evolução se processa. O interessante desse
sistema é que ele permite o despertar da consciência de cada participante, e seu processo encarnacional
esta sustentado pelos hologramas e a alma fica acoplada a um equipamento de monitoramento e
sustentação energética. Essas almas ficam presas ao sistema ate que consigam se libertar de suas
próprias barreiras e sua energia vital supere determinados parâmetros medidos em oitavas de luz,
quando isso ocorre essas almas são levadas para novos estágios evolutivos desse mundo, onde passam a
ter um processo encarnacional mais livre e dão continuidade ao seu novo processo de despertar. Esse
mundo já existe dentro da nossa percepção sensorial linear de tempo a cerca de 460 mil anos, e ainda
encontra diversas dificuldades devido a carga genética e consciencial de seus “prisioneiros”, mas em
outras realidade em nosso futuro relativo, o plano esta muito bem estruturado e tem se demonstrado um
sucesso, com cerca de 38% de libertação por parte das almas lá mantidas no sistema, esse futuro esta
ligado a uma realidade paralela a cerca de 2 milhões de anos, o que é uma ilusão pois na verdade o fluxo
não pode ser medido da nossa forma linear de tempo, devido a diferença dimensional e a localização
onde esse planeta esta, pois a constante gravitacional e os fluxos energéticos estão em outra realidade
diferente aos parâmetros do nosso Sistema Solar, para alguns representantes esse futuro não chega a
3.580 anos da nossa contagem, como vem é relativo ao referencial dimensional, o nosso tridimensional é
muito insuficiente para se quantificar e qualificar, já nas realidades da 4ª ou 5ª dimensão o aspecto muda
completamente. Mas o projeto é um sucesso ao ponto de mais mundos estarem sendo preparados para
desenvolver esse tipo de programa de reabilitação, como prisões agrícolas terrestres.
O interessante que parte da tecnologia Gray e Alfa Draco e dos draconianos em geral, foi
empregada para criar esse tipo de projeto, conseguindo o que antes tinha sido impossível, pois outras
tentativas similares foram efetuadas e as tropas draconianas ou do império de Orion, impediram o
desenvolvimento desse projeto em operações relâmpago com suas armadas estelares. A Raça dos
Arconidas, que já foi canalizada pelos escritores Ernst Vlcek, Clark Darlton, William Voltz, Kuth
dddddd.
16
Sistema digital holográfico empregado no novo seriado de Jornadas nas Estrelas, onde hologramas
de computador simulam realidades, conforme programações, dentro da psique humana, o que gera uma
realidade palpável. Esse sistema é real e tem sido usado a milhares de anos, em equivalência ao nosso
holograma encarnacional, que foi explorado nos filmes Matrix e 13º Andar.
74
Mahr, H.G. Ewers, H.G. Francis e Hans Kneifel, que ao longo de mais de 3000 volumes germânicos,
publicaram uma grande saga sideral evolutiva da humanidade, inicialmente os 4 primeiros autores
canalizaram a existência dos Arconidas, perante o personagem do Lord Almirante Atlan, que teria sido
um dos fundadores do continente perdido da Atlântida. Com o decorrer do tempo outros escritores
ligados a mesma frequência complementaram as novas fases evolutivas dessa narrativa, que é um
fenômeno dentro dos seriados de ficção17 cientifica publicados a partir do fim da década de 60.
Infelizmente esse seriado foi interrompido no Brasil, por questões de custo com 536 números traduzidos.
O interessante sobre esses escritores, é o fato que a maioria deles trabalha dentro das instalações da
NASA e são profissionais de elevado padrão cientifico. O interessante é que os personagens dessa serie,
existem, pois vários colegas em nossos trabalhos de meditação e exercícios de projeção mental, os tem
descrito e mantido conversações bem interessantes. Mais uma vez verifiquei que irmãos siderais tem se
projetado na mente de pessoas e gerado através da escrita um arquétipo de comunicação para despertar a
consciência humana, isso esta ligado a diversos tipos de obras, sejam de ficção cientifica ou esotérica,
assim como podemos verificar nos trabalhos deixados por Carlos Castañeda que revelou as iniciações
xamânicas para o mundo, e muitos personagens foram contatados pelos seguidores em diferentes países
e realidade sociais e culturais. Assim os personagens de muitos livros e seriados, inclusive dos desenhos
em quadrinhos como já citamos, de certa forma ajudam a incentivar a criatividade e a dar uma amor
captação de outras realidade onde cada qual pode optar por elevar seus padrões cerebrais e energéticos
se assim o desejar, ou ficar atrelado apenas a frequência que foi criada inicialmente nesse tipo de
trabalho, com as intenções dos criadores, que muitas vezes estão ligados a um arquétipo limitado ou
controlado. De qualquer forma isso é uma alavanca que permite que as pessoas despertem e entrem em
outras frequências especiais.
O Lord Almirante Atlan, que representa o comando de uma organização sideral denominada na
serie de USO, é na verdade o chefe em comando de um grupo especial de pesquisadores e agentes
secretos que da suporte técnico a Federação fazendo a interligação direta com as energias da
Confederação, inserindo gradualmente novas tecnologias e sistemas de evolução, além de possuir uma
rede de planetas e bases secretas de apoio. Esse almirante travou pesadas batalhas contra o Império de
Orion e foi um vencedor em muitos aspectos. Um ser ligado ao arquétipo Liriano proveniente de um
grupo estelar bem distante, esteve presente em outras situações evolutivas da nossa galáxia e de outros
quadrantes. Outro personagem que tem ligação direta com as tarefas da energia de Ashtar Sheran é o
próprio Perry Rhodan que seria o líder do Império Solar, com uma missão importante de unificar todas
as raças da galáxia pelo amor e pela fraternidade dentro de um determinado prazo de tempo. Ambos são
imortais devido a sua missão de unificação e libertação dos dogmas, algo muito semelhante ao que
Ashtar e seus colaboradores realizam no âmbito galáctico, portanto o seriado é uma extensão das
aventuras que esses personagens já realizaram em outras realidade, com algumas fantasias e exageros
relatados pelos nossos amigos escritores, mas que provocam profundas modificações em nossa
consciência, outro aspecto interessante dessa serie, é o fato que toda ela possui embasamento cientifico
dentro dos parâmetros da quântica e de suas modalidade em química, física e matemática.
Faço essa referência para que vocês percebam que não existem invenções ao acaso ou que a
imaginação não é algo fantasioso como o catalogamos, é uma realidade paralela, pois cada um de nós
esta ligado e plugado a outras realidade paralelas via telepatia, devido a origem estelar que cada um de
nós terráqueos possui, cada qual com seu histórico proveniente de outras dimensões bem mais elevadas
e sutis, onde já fomos Deuses criadores e estamos aprendendo a reciclar nosso potencial dentro da lei do
amor, onde temos nossos fantasmas devido as forças que nos impedem de crescer externamente, mas
nosso interior pode crescer muito mais se o deixarmos. Nosso universo multidimensional esta dentro do
coração e a chave é o amor.

Umbral Multidimensional
Vamos abordar um tema complexo que se refere ao Umbral, esse plano que a humanidade
ddddddd.
17
O seriado em livros de bolso foi publicado pela editora Ediouro entre os anos 80 a final de 90, sob o
titulo de Perry Rhodan, cujos personagens existem nos planos sutis e pertencem a Federação Intergaláctica.
75
denomina de plano astral, o que é um equivoco, pois o Umbral esta contido dentro do plano astral, que
compreende as densidades dimensionais entre 4,0 a 4,9 que por sua vez possuem diferentes faixas
vibracionais de intenção. O que denominamos de baixo astral esta normalmente relacionado entre a
frequência de 4,0 a 4,5, dentro dessa faixa temos o Umbral que possui 7 infra-dimensões, que são na
realidade realidades interdimensionais internas a essa realidade, que se abrem para outros universos,
muitos dos quais não estão acoplados a Terra como as pessoas acreditam. Existe uma comunicação
importante e fluente entre o Umbral da Terra e de outros mundos, a maior parte com mundos também
semelhantes a condição terrena de hospitais conscienciais, ou mundos de exílio como também são
chamados.
Essas infra-dimensões divididas em 7 reinos são onde encontraremos os limbos dos tronados, onde
ficam as referencias ao Inferno e as descrições como de Dante, onde podemos fazer uma conotação com
o filme, Vida além da Vida, uma excelente produção sobre os diferentes planos que a nossa consciência
cria. Mais uma vez captando o sentido dos hologramas, que é o que temos abordado de diferentes
formas dentro da percepção cósmica do ser humano.
Cada infra-dimensão equivale a um universo com suas divisões internas e com diversos aspectos
setoriais raciais e culturais, ligados a diferentes faixas de frequência de hologramas gerados pela
consciência coletiva dos desencarnados e pelos encarnados, onde podemos inserir textos relativos as
filmes de terror, desenhos densos, quadrinhos relativos a assuntos negativos, isso tudo encontra-se
dentro de determinadas frequências das infra-dimensões.
O portal de acesso a essa infra-dimensão esta dentro de templos existentes dentro de determinados
setores do plano astral normalmente captados na frequência de 4,1 a 4,4, onde existe a grande nuvem
negra e a dificuldade de movimentação para nosso veiculo astral, devido a energia emitida nas
proximidades desses templos negros, onde seres muito belos, mas tenebrosos sustentam as chaves de
acesso aos portais multidimensionais relativos a cada Infra-dimensão. Dentro de cada uma delas, existe
um acesso as outras infra-dimensões de forma sequencial. Cada infra-dimensão esta acoplado a um
príncipe das trevas e por sua vez é um império independente, tutelado e subvencionado pelo controle
geral existente na 7ª infra-dimensão, onde temos ao líderes absolutos ligados a energia de Anhotak,
Toalk e Satã, que são anjos caídos a milhares de anos.
A primeira infra-dimensão esta ligada aos vales dos suicidas e aos vales das drogas, que são
universos que possuem comunicação com laboratórios dos Grays e dos Alfa Dracos existentes em outras
dimensões e em bases da Lua e de Marte, que por sua vez, possuem comunicação com Rigel, Capela e
Mystic um mundo laboratorial do umbral, onde os Tronados e Príncipes das trevas utilizam como retiro
espiritual e coloniza de ferias secreto. Suas coordenadas exatas são desconhecidas para a federação e
outras delegações que tem tentado ocupar esse mundo e inserir um inquérito Cármico.
Cada sistema de comunicação existente entre o nosso umbral e outras realidades espaciais, cria um
holograma diferente, onde milhões de almas aprisionadas em seus dogmas, acaba por fortalecer e
expandir esse umbral, é o que tem ocorrido desde o início dos processos de manipulação relativos a
grande Rebelião que temos narrado de forma superficial neste livro.
Cada centro energético dessas infra-dimensões, é sustentado pela egrégora das almas, ou seja, as
próprias almas que criaram sua holografia, acabam doando ectoplasma e sustentando esses umbrais de
forma a criarem um sistema simbiótico, onde cada pessoa representa parte de um ciclo existencial e
intercâmbio de emoções, sentimentos, intelecto e intenções, o que manifesta uma grande pluralidade de
realidades, mesmo existindo apenas 7 infra-dimensões dentro do Umbral conhecido, essas realidades
acabam por se tornar em 49 planos diferentes, ou seja, em cada infra-dimensão, temos 7 níveis
vibracionais e existências distintos, onde toda uma jornada sensorial e mental é vivenciada pelas almas
que acabam por entrar nesse universo, por esse motivo é tão difícil abordar esses lugares, onde temos a
imagem da entidade EXU como o Mensageiro capaz de entrar dentro dessas infra-dimensões, na
verdade os Exus estão capacitados a absorver e se proteger de determinadas frequências com escudos,
mas nem sempre podem entrar dentro das infra-dimensões mais densas, existindo um comando especial
da Confederação capacitada a isso, que são denominados de Guarda Azul, Tigres Azuis e Dragões
violetas e Azuis, grupos de elite com capacidade sensorial de se projetar dentro desses reinos, onde
temos o contexto de algumas falanges de EXUS capazes de entrar nessas realidades. Esses grupos de
elite estão relacionados com alguns mentores espirituais de suma importância no despertar da

76
humanidade e da nossa realidade existencial dentro das frequências mutacionais que a nossa galáxia
imprime no momento atual.
Alguns dos Mestres conhecidos ligados a esses grupos de elite, encontram-se aqueles dos templos
internos, muitos dos quais encarnaram na Terra a milhares de anos, ligados aos arquétipos da Lemúria,
Suméria, Assírios e Babilônios além de Hititas, Egípcios e outras culturas desconhecidas. Dos mestres
conhecidos atualmente a energia de Saint Germain, El Morya, Yogananda, Portia, Madalena, Juno,
Ezequiel, Miguel, Gautama e Hilarion, são alguns dos que sustentam trabalhos de limpeza e reversão
dos quadros psicóticos criados pela humanidade nessas infra-dimensões, além das equipes espaciais que
ajudam na harmonização e bloqueio das forças trévicas em determinadas situações dentro dessas
dimensões, onde existem exércitos completos de seres buscando invadir as frequências mais sutis
mediante suas naves e alta tecnologia.
Diversos seres espaciais ligados a Ordem do Dragão Negro, que tem estreita relação com as
antigas raças dos Alfa Dracos, possuem elevada tecnologia e são remanescentes dessas infra-dimensões,
em especial as duas mais profundas, assim eles invadiram a nossa Galáxia, pois a realidade na Galáxia
de Arconis, para esses seres ocorre dentro das equivalências dessas infra-dimensões que podemos
classificar como a 6ª e 7ª infra-dimensões, onde existe todo um universo controlado por eles dentro do
arquétipo que eles tem tentado inserir em nossa realidade, e em muitos aspectos tem tido sucesso nessa
tentativa e interesse.
Um ser humano da Terra para entrar dentro dessas realidades, tem que estar conectado
profundamente com as energias draconianas e rebeldes, além de ser um exilado remanescente dessas
culturas como os Rigelianos, Capelinos e muitas raças ligadas ao arquétipo desse setor espacial de Orion
como já vimos. Portanto existem pessoas terrenas que vibravam dentro desse egrégora tais como Adolf
Hitler, Nero, Himmler e outros dentro desse tipo de postura e atos cometidos contra a humanidade de
modo geral, onde sabemos existir uma longa lista de pessoas, muitas das quais ainda vivas. Essas
pessoas acabaram sendo canais diretos e outras indiretas dessas forças sinistras, que com o tempo
inseriram na humanidade informações, energias e realidades de escravidão e mentiras, muitas presentes
dentro das religiões, movimentos esotéricos, e filosofias para sustentar o poder dentro de uma minoria, o
que a história demonstra claramente. Portanto podemos verificar que essas infra-dimensões tem seus
súditos ligados ao satanismo e outros rituais que incluem sacrifícios de vidas entre seres humanos e
animais, o que é contrario a lei do amor e da harmonia. Portanto podemos verificar que muitos aspectos
religiosos desde os tempos estelares de Rigel e Orion, tem vibrado dentro de tônicas sinistras do
sacrifício e da magia como forma de manipulação e detenção do poder dentro de minorias, que possuem
o verdadeiro conhecimento. Nesse aspecto as escolas ocultas procuraram guardar os segredos, mas
acabaram por outro lado ajudando a criar essa diferença entre a luz e as trevas de forma muito delineada
onde milhares de pessoas ficaram sem base e apoio em suas questões mais básicas sobre a verdade sobre
a nossa missão terrena e a dualidade que a realidade material exigia de todos nos a cada dia vivenciado
sobre a materialidade. Assim as escolas tem que voltar a tona e divulgar as informações para ajudar no
processo de libertação da humanidade, o que por outro lado podemos verificar, que ocorre com as
escolas iniciáticas negativas, que também abrem seus segredos e a humanidade fica ainda mais confusa
em não saber onde esta a verdade e quem é o verdadeiro messias da luz. Onde novamente colocamos
que pela intuição e pelo amor pode se chegar ao verdadeiro caminho e saber diferenciar entre um ser
manipulador das trevas e um Mestre de luz, seja ele dos Mestres ou da Confederação, pois amor e luz é
uma só no universo, sem fronteiras ou raças. Essa etapa de amadurecimento que cada um de nos tem que
passar e tem manifestado nestes últimos 12 anos, é um aspecto interno muito delicado, no qual
mudanças bruscas e severas estão sendo vivenciadas e muito mais ainda ira ocorrer a cada um, pois as
energias estão cada vez mais forte e infladas dentro do sistema solar e de cada um.
Cada qual dos 48 mundos rebeldes em equivalência ao projeto Terra possui seus níveis de Umbral
e as equivalentes infra-dimensões, portanto existe uma conexão direta embora muitos a neguem, entre
estas realidades espaciais distintas, e podem ser acopladas mediante os Portais internos, onde os
Tronados e os Príncipes das trevas são os coordenadores e procuram sustentar o poder através deles, o
que permite muitas vezes a sua fuga. Dentro desse universo a parte do nosso, onde a maior parte dos
membros da Federação não tem poder e nem acesso, o Império das trevas é supremo e esta diretamente
ligado ao arquétipo de Anhotak, existindo como policia e vigilância apenas os grupos citados como
Dragões Violetas e Azuis, e os Tigres Azuis, que são compostos por diferentes raças com elevadas

77
capacidades psíquicas de se projetar dentro das infra-dimensões, sem sofrer os efeitos psíquicos que
costumam ocorrer com seres despreparados ao entrar nessas realidades mais densas.
A conexão desses mundos é sustentada pela tecnologia e Portais que criaram um universo a parte,
que por sua vez é um império que deu a continuidade ao Império de Orion como ele já o foi, além de
sustentar milhões de formas de vida decorrentes do passado e das manipulações e criações do passado.
Assim esse universo sofre atualmente a pressão gravitacional das mudanças dos nossos universos mais
sutis, onde a constante gravitacional ao ser mudada, criou um grande Buraco Negro nas infra-dimensões,
o que esta criando um grande descompasso e medo, por se tratar de um desconhecido, onde não se sabe
até o momento o que existe do outro lado, pois a conexão não esta ligada a nossa constante dimensional
rastreada entre a 3ª densidade até a 7ª que seria a faixa provável do refluxo dentro do quadrante das 21
galáxias, o que significa que em outro universo existe um ponto de chegada, mesmo que seja dentro de
Nebadon, mas longe da captação instrumental da Federação, a Confederação apenas informa que esse
novo universo esta preparado para recriar e sustentar essas realidades que estão sendo sugadas pelo
buraco negro. Dentro da Lua terrena existe um desses Portais de conexão com algumas infra-dimensões
da Terra e dos outros mundos restantes, o que conecta parte da humanidade as forças negativas e
rebeldes ainda existentes em Rigel e seus mundos, o que tem dado muito trabalho a Fraternidade no que
diz respeito a proteger a Terra contra essas irradiações maléficas áuricas dos mundos dessas infra-
dimensões.
Dentro dessas infra-dimensões existem algumas delegações distintas, onde o poder e distribuído
conforme o setor e a capacidade administrativa, o que determina cerca de 7 níveis administrativos e 49
delegações de poder legislativo dentro do Umbral e suas infra-dimensões, devido ao elevado número de
draconianos e outras formas de vida decorrentes deles, que existem nesse universo paralelo ao nosso.
Existe ainda hoje uma guerra interna entre diversas delegações e índoles de draconianos
decorrentes do diferente prisma de enxergar o universo e a pluralidade de raças plasmadas na criação,
com isso existem grupos de Dracos que pertencem a Luz a uma organização semelhante a nossa
Fraternidade Branca, onde os anciões que são equivalentes membros do Conselho Cármico, buscam
traçar metas e regras para estabelecer parâmetros de equilíbrio nos Alfa Dracos, o que normalmente gera
discussões e guerras devido a profunda recusa destes últimos em aceitar uma nova forma de enxergar o
universo, pois eles consideram todas as outras raças passíveis de escravidão e eles como a raça divina
por ser mais antiga, o que já exploramos, mas é uma realidade dentro das infra-dimensões como
conceito religioso e teosófico que eles plasmas em suas civilizações. Assim os conflitos entre os
reptilianos é grande, pois diversos grupos já amadureceram e perceberam dos erros do passado, e
procuram reverter o processo consciencial o que gera uma guerra estelar dentro dessas infra-dimensões e
na nossa realidade estrutural entre a 3ª e 6,7 densidade dimensional.
A técnica da desinformação é uma das que mais tem sido plasmada dentro desses níveis, para
manter o poder, assim é difícil trabalhar na conscientização, pois o medo é um fator predominante, além
da alta tecnologia eletrônica sensorial e robótica, que sustenta uma rede de poder e controle sensorial
sobre a maior parte das almas que residem dentro dessas infra-dimensões o que torna mais uma vez o
trabalho dos mentores espirituais da luz, difícil e caótico, quando se deparam com as criações diárias
dessas almas perdidas dentro dessas realidades infernais como poderíamos denominar no idioma
humano.
Dentro dessas realidades temos o termo ocultista de Cascão astral que surgiu para explicar seres
desencarnados agrupados em comunidades etéreas, que nem sempre se encontram no astral
convencional, por estarem em bolsos ou infra-dimensões. Esses seres, possuem sua realidade tão real
quanto a nossa materialidade, e portanto apesar de tecnicamente estarem mortos dentro do nosso
prismas, eles são tão ativos e vivos quanto nós da fisicalidade, pois eles vivem dentro de uma
fisicalidade proporcional onde criam formas pensamento e dão continuidade a existência gerando uma
realidade paralela a nossa e emanando energias para o universo, muitas dessas energias são captadas por
nós sensitivos e passamos a contatar uma realidade diferente e a comunicar-nos com esses seres, o que
nem sempre é negativo, pois muito se pode aprender em esse tipo de intercâmbio, embora exista a
possibilidade de existir uma intenção negativa de controlar e possuir a consciência da pessoa e com isso
iniciar uma invasão psíquica em nossa realidade, como já ocorreu, como no caso das captações de Bram
Stoker que “criou” a lenda do Conde Drácula, o que na verdade é uma captação do outro plano
existencial dessas infra-dimensões. Isso por que ele e muitos outros pesquisadores da elite filosófica e

78
espiritual dos alemães buscava explicações para fenômenos como a incorporação e ufologia, o que
desenvolveu contatos interessantes que acabaram por criar e ativar muitas forças telúricas e sociedades
secretas com interesses no magismo e no controle da humanidade, a exemplo das emanações negativas
que estavam sendo plasmadas inocentemente no início.
Krotan é um Ancião pelos nossos padrões, possui elevada idade e pertence ao Conselho
Intergaláctico Cármico dos Reptilianos, portanto do Conselho Draconiano, ele tem ajudado a Federação,
Comando Estelar e a Fraternidade Branca a lidar com a questão psíquica e políticas dos renegados e das
suas atitudes bélicas, formando assim uma poderosa aliança onde ao amor e a primeira diretriz são uma
base operacional, para se trabalhar na tentativa psíquica de alterar os padrões negativos e libertar a maior
parte dos Draconianos da lavagem cerebral que eles foram submetidos pelos dirigentes dos Alfa Dracos
e dos outros subordinados ao seu comando. Krotan tem ajudado em muitas questões aqui na Terra, no
que diz respeito no exílio e aprisionamento dos rebeldes, para ajudar a libertar a Terra do abuso e
manipulação dos grupos draconianos rebeldes que travaram contato e fizeram acordos com o governo
norte americano e de outros países.
Nhatorek é um dos líderes rebeldes ligados ao comando na Terra, que é um lugar tenente das
forças operacionais de Toalk, que migrou para a Terra a cerca de 467 mil anos juntamente com uma
equipe de 2604 companheiros em 5 naves de médio porte, construindo a base subterrânea no oriente
médio, próximo a Jerusalém a cerca de 27 Km de profundidade, sustentando as instalações de controle
do Portal energético e temporal do Oriente Médio.
Além dele existem outros com grande influência e poder, como Patoalk, Materivek, Atilani,
Quantopel, Minertru, Azeliont, Leviatã, Asmo Deus, Zotrau, seres que possuem referencias distorcidas
mas reais dentro dos rituais de magia negra e sacrifícios de seres humanos nas antigas escrituras,
incluindo passagens dos Deuses guerreiros e inescrupulosos do Ramayana, inscrições Suméria, Hititas,
Lemurianas com riqueza de detalhes. Patoalk e Minertru impuseram uma severa oposição as naves de
vigilância da Federação e atacaram inúmeras vezes as instalações físicas e etéreas dos representantes dos
Mestres da Fraternidade Branca a milhares de anos, além de terem tentado desvirtuar os verdadeiros
ensinamentos desses Mestres que eram passados para a humanidade encarnada.
Justamente Patoalk é um vampiro que se alimentou da espécie humana em muitos batalhas, sendo
um carnívoro reptiliano de 3,5 metros com muita semelhança em seu traje de combate ao Allien da
trilogia Allien o 8º Passageiro que literalmente comia seres humanos em suas batalhas, ele esteve
envolvido em muitas batalhas e assassinatos de seres humanos de diversos planetas antes da Terra,
enfrentando as forças de libertação de Lira, Betelgeuse e Sírius, confrontando THOT e seus aliados em
muitas batalhas no centro de Orion e no perímetro interno de Sírius Alfa quando ocorreu a Convergência
Antares. Ele é um dos incentivadores da magia negra e dos sacrifícios de seres vivos para adoração aos
deuses, isso ele ensinou e propagou em muitos planetas Não é à-toa que muitos seres humanos possuem
um medo inconsciente a determinados répteis, isso vem da memória celular de outros mundos, onde as
guerras contra esses seres e seus representantes foi algo terrível e desastroso para os gêneros
humanóides e em linhas gerais para todos aqueles que não fossem reptilianos.
A única forma biológica capaz de deter um reptiliano dessa categoria eram os Halutenses, que em
geral se mantiveram isolados e em harmonia, tendo que intervir algumas vezes por compaixão de
algumas raças que estavam sendo exterminadas pelos Alfa Dracos. Os Halutenses são uma das raças
mais poderosas no aspecto físico e psíquico oferecendo resistência aos reptilianos, além de possuírem
uma tecnologia avançada e em equivalência aos draconianos, pois como foi dito eles vem de outra
galáxia bem distante e foram criados artificialmente mediante uma perfeita engenharia genética para
serem guerreiros indestrutíveis, assim os Halutenses são o terror dos Draconianos, pois existe um
respeito muito grande por esses grandalhões amorosos e sorridentes.
Em muitos casos os Draconianos se divertiam com as reações humanas de medo ou submissão,
que é uma das coisas que eles mais gostam, pois se consideram líderes e nobres perante a raça humana
que é posterior a deles, o que gerou muito da nossa arrogância e despotismo para com o semelhante,
uma falha adquirida na manipulação genética efetuada pelos draconianos no gênero humano. Isso no
aspecto genético do corpo material, não dos planos superiores do Mental superior entre a 6ª dimensão e
acima.
Também no que diz respeito as raças insectóides, existem passagens muito aterradoras sobre os
processos de colonização e as guerras, muitas raças de reptilóides eram inimigas mortais dos insectóides,

79
que possuíam uma estrutura colonial e social de grupo organizada, oferecendo resistência e concorrência
aos alfa Draconianos, ambas durante milhares de anos foram inimigas e se combatiam brutalmente,
tendo em certas ocasiões que dividir seus territórios para evitarem a muita destruição. O ser humano
possui naturalmente uma repelência por alguns insetos, como aranhas, baratas, escorpiões e similares,
isso por que dentro da memória celular e quântica de muitas pessoas esses insetos foram causadores de
muitas guerras e ataques a forma humana, a maior parte desses insetos se alimentava de seres humanos e
draconianos no passado, o que sustenta essa repulsa de muitas pessoas por determinados seres da nossa
natureza. A guerra entre os Alfa Draconianos e os insectóides acabou a cerca de 879 mil anos da nossa
contagem, quando eles se uniram para estabilizar o poder do Império de Orion e com isso inclusive criar
dificuldades as outras delegações dos Draconianos que estavam se aliando a Federação e as
Fraternidades Espirituais para tentarem harmonizar o universo e impedir o avanço das tropas e política
dos Alfa Dracos e do Império como um todo, o que ocasionou uma nova cruzada de poder, onde
diversos grupos de insectóides foram destacados para atacar mundos dos draconianos voltados a paz e
com isso uma sangrenta batalha foi sendo plasmada contra alguns planetas. Em resposta os draconianos
utilizaram sua tecnologia superior para reverter o processo evolutivos de muitos insetos, colocando-os
em etapas biológicas e sociais de primitivos insetos sem consciência, o que ocorre com muitas formas
deles na Terra. Os draconianos que foram atacados a pedido dos Alfa Dracos, são aqueles que
ofereceram ajuda aos Lirianos quando os Alfa Dracos atacaram esse sistema e destruíram 3 dos seus
mundos centrais, isso criou a separação entre o Joio e o Trigo entre as fileiras Draconianas a milhares de
anos. O que para os Alfa Dracos é imperdoável e assunto de alta traição que ate o presente momento e
pretexto de conflitos e fóruns de discussão entre as delegações que hipocritamente tentam unificar as
diversas delegações alegando a proteção da espécie contra o crescimento de outras raças que estão se
potencializando perante o império draconiano. Esse império que é na verdade uma estrutura que controla
diversos impérios menores, como o Império de Orion e outros, desenvolve atividades dentro daquilo que
denominamos de MATRIX no início deste trabalho, portanto ainda existe essa atividade de controle
como podemos ver nesta conexão entre o nosso umbral e suas infra-dimensões com a de outros planetas
e realidades que muitos chamam de limbos astrais.
O Umbral por se dividir em infra-dimensões e dentro delas em subníveis vibratórios, oferece um
universo vasto para diversas realidades e esconderijos para muitos desses espaciais que utilizam a raça
humana como suas cobaias de manipulação, onde temos que trabalhar diversos aspectos do que nos
ensina a Cabala sobre a dualidade do universo e seus aspectos entre a Luz e as trevas, de como sendo
uma parte de todo que possui diversos aspectos antagônicos na consciência humana de como
enxergamos as coisas. Na realidade essa oposição vibracional ou consciência existe para sustentar um
equilíbrio, que em muitos casos parece estar bem além do que chamarias de equilíbrio, haja visto a
situação da Terra e da nossa sociedade, o que também pode ser visto por clarividentes nos outros níveis
do Umbral, onde milhões de pessoas estão perdidas e possuem parte de sua estrutura existencial presa a
essas infra-dimensões. Assim verificamos que o equilíbrio esta em desarmonia chegando a um aspecto
de entropia, um holocausto energético que a nossa sociedade manifesta diariamente, assim esse efeito
por ressonância esta plasmado também no Umbral e nas conexões com os outros planetas. A galáxia esta
chegando a uma saturação acumulada pela consciência e pelas projeções mentais de todas as almas
envolvidas nessa MATRIX, o que sustenta o holocausto galáctico entre as forças opositoras, o que
coloca muitos antigos demônios em acordos com os seres de Luz, para tentar restaurar o equilíbrio do
sistema.
Sei que muitos leitores estão querendo que passe as chaves de acesso a esses Umbrais, o que não
pode ser autorizado, pois cada obreiro da luz possui as coordenadas dentro do seu coração, e quando ele
estiver incutido dessa obra de ajudar no resgate e no combate as forças trévicas que ainda insistem em
sustentar o poder pelo medo e a contrariar as energias e desígnios do Grande Cristo Cósmico, então esse
missionário estará trabalhando ao lado do Amado Lorde Miguel Kumara na tarefa de ser um guerreiro
do amor e não do poder como muitos de perderam no passado, o poder de Miguel reside no AMOR
CRISTICO e não no poder da força como muitos acreditam erroneamente. Essas dimensões que tem
sido trabalhadas e visitadas regularmente pelos anjos da luz das equipes correspondentes como os Tigres
Azuis, muitas vezes com a autorização dos Príncipes das Trevas que já perceberam do efeito entrópico
destruidor que ambos os universos se encontram, tem procurado unificar seus esforços para buscar uma
solução, o que tem criado uma serie de distúrbios e guerras internas nas fileiras trévicas, onde muitos

80
rebeldes espaciais não concordam com as novas diretrizes e traições de outros colegas. Nesse contexto
as delegações de Lúcifer tem feito um trabalho muito, delicado e primoroso para permitir que as forças
dos Tigres Azuis e Dragão Violeta junto com as esferas de Kwan Yng penetrem em setores que nunca
antes tinham sequer registrado na sua consciência, realidades internas da 6ª e 7ª infra-dimensão, que
envolvem diversos planetas simultaneamente, onde a Lua terrestre é um pivô de comunicação com
diversos estaleiros de guerra dessas dimensões que tinham planejado a destruição em massa dos Logos
Estelares como Alcyone, Sírius, Acturus e Canopus, o que é uma loucura, mas estava plasmado dentro
dos planos diabólicos de alguns grupos de liderança das mais profundas realidades do Umbral dos
Príncipes rebeldes.
Tenho presenciado os efeitos desse conflito interno, assim como alguns amigos que desenvolvem
trabalhos de cura e desobsessão, onde diversas facções das trevas informam como a situação dentro dos
seus universos esta delicada, onde existe um anarquismo e insegurança em todas as camadas, decorrente
da luta interna pelo equilíbrio, onde existem as facções conservadoras e as renovadoras, o que plasmou
um exemplo e reflexo em nosso Sinistro Governo Secreto já alguns anos, quando perceberam que
tinham sido enganados pelos extraterrestres com os quais mantinham um dialogo e acordos secretos, que
venderam a humanidade. Assim existe um duelo psíquico e sideral dentro do Umbral e seus subníveis
que esta criando em nossa consciência e em nosso astral um desequilíbrio muito sério e contaminando a
nossa sociedade a exemplo do que estamos vendo. Dentro desse contexto poderíamos fazer alusão a
diversos escritos que profetizaram isso assim como as escrituras proibidas e apócrifas, muitas das quais
já citamos ligadas as sociedades secretas que sustentam o poder econômico no planeta e político como
extensão de sua malha de manipulação da humanidade.
Essa disputa de poder e adeptos tem se intensificado de forma muito grande, com muitos grupos se
dizendo serem contatados pelos Mestres da Fraternidade Branca e pelos Comandantes Estelares da Luz e
da Fraternidade, o que tem se verificado irreal, basta verificar os atos dessas pessoas, a forma como se
comunicam com o universo e suas falhas humanas do cotidiano, com isso torna-se possível verificar a
veracidade de suas informações, muitos de coração acreditam estar conectados aos Mestres, mas estão
somente ligados as seres do astral ou astral elevado e são manipulados ou contatados com seres que
ainda não atingiram o estagio da libertação consciencial que os Mestres possuem, por estarem fora da
roda encarnacional, o que não ocorre com todos os extraterrestres que se manifestam na Terra e tem se
manifestado como ligados ou servidores dos Mestres, outros abertamente se identificam como não
ligados a essa hierarquia de seres amorosos, mas deixam seu legado e tentam ajudar dentro de suas
capacidades psíquicas e tecnológicas. Dentro desse esquema muitas forças sinistras tem se introduzido
perante grupos e a inocência de pessoas, por isso sempre temos insistido para que as pessoas utilizem o
seu discernimento interno da intuição para identificar a real fonte desses seres ou manifestações que
estão vivenciando, pois muitas são falsas, outras são tão reais quanto a sua encarnação e hologramas
diários necessário ao seu desenvolvimento.

ANAGORA (A Nave do Anti-Cristo)


Essa estrela é a representação do sistema operacional e controle dos grupos extraterrestres
acoplados as forças rebeldes do conjunto das 21 galáxias. Trata-se de uma nave em equivalência a um
astro gigante com cerca de 23 mil quilômetros de diâmetro, semelhante a estrela da Vida de Shtareer,
mas muito mais densa um verdadeiro astro de criação e manipulação dos fluxos neurais da MATRIX,
que fica localizado dentro da 7ª infra-dimensão e possui cerca de 5 milhões de técnicos da mais elevada
competência para sustentar o império de manipulação que temos abordado, essa gigantesca nave, que
lembra muito a Estrela da Morte de Lord Dart Wader de Guerras nas Estrelas do cineasta George Lucas.
Essa estrela que na verdade é um planeta gigante artificial conecta a realidade cerebral e psíquica de
milhões de almas encarnadas em diversos mundos, em especial os 48 mundos restantes dos 49 ligados
ao exílio dos rebeldes e as 49 realidade paralelas do Umbral. Possui um potencial bélico muito grande
capaz de bloquear a ação direta de todas as naves da Federação, além de possuir uma grande frota
interna com mais do triplo do contingente de naves da Federação Intergaláctica da nossa galáxia.
Somente a Confederação Crísticas possui tecnologia de Merkabas e amor suficiente para impedir a
operação dessas naves, sem ter que usar de força e armamentos, como já foi demonstrado por Shtareer
81
em setembro de 1998 quando ocorreu um incidente a cerca de 448 mil quilômetros da órbita de Plutão
com 3600 naves rebeldes de invasão, onde não foi disparado um só tiro por Shtareer, apenas a sua
vontade crística de desagregar os átomos dessas naves de guerra e devolver cada tripulante a seus
mundos originários no núcleo de Orion e seu Império residual atual.
O poder da MATRIX negativa e dessas falhas no programa são sustentadas desse centro de poder,
que é mais velho que a criação dos Impérios pois foi o ponto de partida para o plano secreto de satã,
Anhotak e Toalk, tive acesso a esse astro há poucos dias e pude monitorar suas funções e táticas
operacionais, o que serve de parâmetros para a Federação e diversos grupos que tem procurado uma
forma de acessar e boicotar o sistema eletrônico e psíquico que esse astro sustenta, muito além da
tecnologia convencional, pois eles tem a capacidade de sugar parâmetros genéticos da psique humana e
da própria alma e processa-la para realizar bolhas de realidades artificiais onde a alma fica presa sem
perceber, portanto a situação é bem mais delicada, para romper esse tipo de manipulação somente
através da energia máxima do tubo eletrônico através da nossa chama Trina, que possuam a sustentação
dentro da realidade da 11ª dimensão de onde a nossa alma reside junto com a nossa Presença Divina Eu
Sou. Apesar da nossa Divina Presença se estabilizar a partir da 7ª dimensão, a consciência continua
evoluindo dentro de outras dimensões, e no caso da espécie humana, residimos dentro da 11ª densidade
muito antes de realizarmos o experimento físico da humanidade em outros mundos e na Terra como
consequência das malhas psíquicas que cada um de nós criou ou se envolveu num jogo de xadrez
cósmico, como Shtareer gosta de expressar. Esse astro possui uma tecnologia interessante, pois ele
apesar de estar dentro da 7ª infra-dimensão do Umbral, se locomove pelo espaço sideral dentro de
Limbos energéticos, o que impossibilita a detecção pelas naves ou sondas da Federação, além disso esta
dividido em diversos setores e campos operacionais ligados a cada quadrante que eles manipulam e as
almas prisioneiras a malha MATRIX que eles sustentam. Ela esta baseada em tecnologia psíquica e
hologramas de Elementais onde a ciência é a consciência e não mais os computadores como os terrenos
ainda sustentam em sua imaginação. A tecnologia é superior a maior parte das civilização da Federação.
Por estar de posse da manipulação dos hologramas da MATRIX e também manipular os fluxos
psíquicos dos 12 Elementais entre a 2ª e 6ª dimensão. O centro de comando que pude verificar, fica ao
centro desse astro, protegido por diversos escudos de sustentação gravitacional e neural. Existem
diversas raças habitando esse astro e nem todas tem acesso as cidades e bases subterrâneas mais
profundas, onde ficam os centros de comando e os sistemas de propulsão Linear e Dimetrans, que
permitem deslocamentos intergalácticos e interdimensionais. Esse astro possui dentro do seu núcleo um
grande Sol que o abastece de energia suficiente para gerar o campo de manipulação MATRIX e outros
artefatos de manipulação e senso psíquico.
Esse centro de comando, é uma bolha de energia física e etérea onde 3 realidades se intercalam
como 3 hologramas superpostos entre si, desse centro pude verificar a energia psíquica e mental de Satã,
Anhotak, Toalk, Adranium, Yahweh, Asmodeus, Leviatã e Talkin, membros da elite espiritual entre os
representantes da Ordem do Dragão Negro e Alfa Dracos, que controlam o poder como temos verificado
até o momento. Essa fortaleza só pode ser acessada através das infra-dimensões ou então dos Merkabas
especialmente desenvolvidos para esse tipo de ação multidimensional. Lúcifer possui também seus
representantes e tem acesso a essa nave que detectei como ANAGORA, e tem procurado efetuar acordos
voltados a sobrevivência de ambas as partes, o que pelo que fui informado, não tem encontrado um
respaldo satisfatório em todas as linhas, que são muito extensas. O próprio Anhotak e Toalk não
controlam totalmente a atual situação na qual seus súditos e muitos rebeldes internos atuam e geram em
seus fluxos mentais, existe uma completa anarquia e falta de bom senso entre as diversas facções
internadas dos Anti cristos, algo que era de se esperar, haja visto a forma como eles manipulam e
vampirizam todos seus filhos e súditos, isso cedo ou tarde acabaria por ocorrer. Assim Lúcifer junto com
uma equipe de diplomatas e guerreiros, tem procurado estabelecer metas e programas para reverter o
quadro o que tem colocado alguns representantes da Confederação em contato com alguns desses
rebeldes e Príncipes das trevas, o que permitiu o acesso a essa fortaleza, que mesmo para muitos
membros da Federação e dos Mestres é uma incógnita e surpresa ao estarem sendo informados dessa
nave e suas ações subversivas de oposição dentro da dualidade que aceitamos como estável dentro da
criação.
Recentemente no sul do Brasil, tive a oportunidade e surpresa em encontrar um Intrante das trevas
em um cidadão, que me abordou e se identificou como da “Ordem”, nesse encontro no meio da rua, um

82
pouco intempestuoso, devido aos meus afazeres entre palestras cursos e atendimentos que costumo fazer
em minhas viagens, fui atacado verbalmente e energeticamente por esse Mestre Draconiano da família
dos Alfa Dracos, que reclamou das energia emanadas nas palestras, devido ao fato que milhares de seres
penados e desencarnados terrestres e extraterrestres, se aproximavam das minhas palestras para estudar e
procurar um pouco de luz e conhecimento, o que poderia ser um mal para muitas pessoas. Ao mesmo
tempo confirmei esse tipo de situação e lhe informei ainda mais que essas almas eram encaminhadas
para clinicas de tratamento consciencial e para o Conselho Cármico, onde eram desenvolvidos
importantes trabalhos com a minha presença e consentimento em libertar essas almas perdidas. Isso
colocado da minha parte, fez com que esse draconiano entrasse em equilíbrio e procurasse me sondar
abordamos diversos temas, incluindo a questão dos rebeldes dentro da linha dos Dracos e Grays, como
de algumas delegações que eram da Federação ou mesmo sendo da Federação, que não aceitam as
determinações do conselho do Arcanjo Miguel na administração das negociações. Assim esse encontro
apesar de uma surpresa, serviu para determinar o grau de envolvimento dentro da sociedade desses
Draconianos, que manipulam a massa através de diversos artifícios como já abordamos.
A questão da nave ANAGORA é importante para os trabalhadores da luz, que gradualmente com a
sutilização do planeta, vão acabar recebendo informações e visualizações dessa base e trabalhar na sua
transmutação. Existe um prazo determinado para que muitos acordos e trabalhos de limpeza do planeta
se intensifiquem e abram novas etapas do planeta no que se refere a sua transmutação e expurgo das
forças trévicas para outros mundos em condições de receber essas cargas, como a Terra o fez no
passado.
A relação entre as 7 infra-dimensões e a nave ANAGORA, é muito interessante no que diz respeito
aos focos dos portais das 21 Galáxias que pertencem em nosso quadrante dentro de Nebadon ao universo
de livre arbítrio e alta polaridade gerada pela consciência de cada alma experienciando seus hologramas.
Assim temos um grande vórtice existencial onde bilhões de almas de cada uma dessas 21 galáxias
manifestam a sua dualidade e possuem uma parcela dentro do umbral conforme a sua energia e
propósito dentro das experiências vivenciadas em seu processo encarnacional. Em ANAGORA pude
perceber que existem imensas estações de tratamento e analises dos corpos sutis projetados dentro
dessas 7 infra-dimensões e dos 49 planos existenciais que são sustentados por essas realidades. Assim
verifica-se que essa parte que cada um de nós quer negar, é uma parte integral da nossa própria
dualidade, mas a nossa dualidade é ainda um mistério para muitos de nós, que buscamos fora da nossa
consciência, quando dermos início ao caminho interno e descobrirmos as nossas sombras, a nossa
parcela obscura que procuramos negar e temos medo de conhecer, estaremos no caminho do equilíbrio,
pois o nosso universo por ser dual exige ambas as parcelas para gerar o equilíbrio, assim o mesmo só
existe quando a luz for inserida dentro das nossas sombras e com isso estabelecermos o caminho Búdico
que o Senhor Gautama explanou em sua magnífica encarnação terrestre. Somos seres dualizados,
portanto temos que trabalhar a nossa dualidade e procurar vigiar a nossa consciência irradiando a
transmutação para nossa energias desarmônicas.
Em ANAGORA descobri que esses centros de controle, servem para manipular a distância a almas
das pessoas que estão mais voltadas as trevas e possuem um “pacto” com as energias desarmônicas e
propagam esse tipo de energia para o planeta e para o próximo mediante sua simples presença. Seres que
infelizmente existem no planeta e grande quantidade, que onde estão, carregam o ambiente e irradiam
energias de conflito, gerando assim a instabilidade emocional e consciencial nas pessoas próximas.
Como ANAGORA é uma base e central de comando, existem milhares de instalações e seu porte
enorme, dificultam um rastreamento e descrição, mas trata-se de um mundo gigantesco que possui
diversos níveis de realidades e portanto realidades existenciais e diversos níveis tecnológicos bem
interessantes, que superam em muito o que temos conhecido entre os Grays, Dracos e outras raças, como
os Laurins. A tecnologia de ANAGORA é muito superior e sua forma de energia é similar a um
Merkaba, poderíamos coloca-lo como um Merkaba Inverso e substancialmente poderoso e convidativo,
pois ele se alimenta da energia psíquica de seus ocupantes, pude perceber, como essa Astronave sugava
a minha energia a distância, simplesmente por estar sutilmente observando-a além de sugar a energia de
todos os membros dela, ela sabe o que cada um pensa e sabe, podendo se tornar o paraíso e inferno de
cada tripulante, conforme a designação dos comandantes. São diversos comandantes divididos em
Conselhos e ministérios, onde o comando Supremo fica sobre a consciência de um Rei multidimensional
da energia dos Lanonadek e finalmente sobre a energia de Anhotak, que é uma equivalência em menor

83
grau de Micah, um filho paradisíaco confuso com atual situação do universo e do campo gravitacional
que a energia Mahatma esta direcionando para as 21 Galáxias, as transformações que estão sendo
inseridas pela Fonte Maior são ainda uma etapa que essa entidade não conseguiu compreender e
assimilar por completo. Portanto essa nave e parte da consciência de cada um daqueles que possui seu
lado negro dentro dessas 7 infra-dimensões e potencialmente cada alma que esta dentro do holograma
encarnacional entre a 2ª e a 7ª dimensão ou densidade de consciência. Os aspectos tecnológicos que
muitos devem se perguntar, são irrelevantes, pois temos que trabalhar a nossa consciência interna e
transmutar o nosso lado oculto, aquele que cada um de nós procura esconder e negar, esse é o ponto do
equilíbrio e da transmutação que cada um de nós deve realmente restabelecer dentro de si mesmo, com
as mudanças gravitacionais e dimensionais, onde uma 12ª densidade de energia esta sendo inserida
diretamente na escala gravitacional e na constante multidimensional a partir do universo TETA dos
Elohins sobre a nossa constante sustentada pelas nossas Divinas Presenças Eu Sou que em geral
sustenta-se na 7ª dimensão, ocorre um achatamento e consequentemente uma interseção energética, que
obriga todas as constantes dimensionais a serem impulsionadas para oitavas mais elevadas, o que esta
mudando profundamente toda a estrutura dimensional e consciencial mesmo da nossa Divina Presença
Eu Sou, que passa a emanar e transmitir para cada uma de suas almas gêmeas, toda uma nova
consciência e egrégora, o que antes não ocorria com a magnitude atual, isso também ocorre com as
almas que estão vinculadas ao lado Negro da essência ou força trévica, assim esse despertar acaba por
proporcionar alterações conscienciais e administrativas em cada infra-dimensão além da nossa própria
realidade até o Eu Superior. Essa 12ª dimensão ou energia Crística, tem por objetivo modificar as
condições do nosso experimento holográfico, para uma sutilização e termino das etapas repetitivas e
estagnadas que tem se perpetuado por milhares de ciclos estelares dentro das 21 galáxias, assim uma
nova etapa esta sendo irradiada e sustentada pelas energias e hierarquias Criadores acima do Universo
TETA, que por sua vez dão sustento ao nosso experimento dual dentro das 21 galáxias que pertencem ao
Universo Local de Nebadon do Senhor Micah.
Essa 12ª densidade energética, tem por objetivo alterar dos padrões genéticos da própria
estabilidade atômica do nosso universo holográfico no que se refere nos 12 Elementais de sustentação da
Luz e das suas leis universais dentro das 21 galáxias, assim todo um aspecto quântico esta sendo
modificado sobre o universo e sobre as energias que estão sendo aplicadas por cada um de nós dentro
deste magnífico jogo de xadrez cósmico, onde nossas formas pensamento e sentimento acabam por
moldar realidades e situações onde carmicamente ficamos atrelados e temos que restaurar os danos
causados a cada elemental e ao nós mesmos em nossa cegueira holográfica, que tem nos afastado da
nossa essência.
O Spin de cada ligação química do nosso DNA esta sendo plasmado e modificado gradualmente
com essa nova energia, que chegou a Terra identificada originalmente como energia Mahatma, para
restabelecer um equilíbrio e dar continuidade a nossa jornada rumo a libertação e transcodificação dos
verdadeiros códigos criadores, que nos levarão ao Universo de UNANA, que nos aguarda logo no 8º
Superuniverso já em formação. Lembrando que no Confederação 2, abordamos temas como a existência
de 12 Superuniversos e não apenas 7 como é exposto no livro de Urantia, isso por que os outros 5 estão
ainda em planos sutis e devem se consolidar entre o universo TETA e a nossa realidade holográfica e
Crística no decorrer de um processo direto do Conselho Criativo de HAVONA18 que esta a pedido dos
Filhos paradisíacos direcionando mais amor e energia para a aceleração das mudanças orbitais e
magnéticas do nosso universo. Muito disso em decorrência da formação direta do 8º Superuniverso de
Unana, que passa a exercer mudanças nas constantes gravitacionais e energéticas do nosso universo e do
restante. Existe uma grande nuvem estelar nos confins do universo que já foi avistada pelos nossos
satélites observatório e dela surgem os primeiros impulsos pensantes dos Elohins e Arcanjos que dão
sustentação ao que vira ser o nosso futuro campo de trabalho como criadores e Cristos a semelhança e
imagem do nosso criador, seguindo os passos de Jesus Cristo e de muitos outros, que atingiram a
18
Centro Administrativo e célula mater dos 7 Superuniversos, ponto de onde se origina o poder da
Fonte Absoluta ou DEUS. Essa Fonte rege os 7 e na verdade os 12 Superuniversos, que por sua vez compões
12 núcleos maiores, que são o corpo da Fonte que Tudo É. Procurem ler esse livro, que aborda a
Cosmogênesis dos criadores e da nossa galáxia e o grupo das 21 galáxias. Editora Madras, autoria de
Carmen Romo e Rodrigo Romo, canalizado de Shtareer e do Conselho Criador de Havona e Orvotón. Nele
encontraram informações que ajudarão a estabelecer a ligação direta com este livro.
84
iluminação.
Gradualmente esse processo esta despertando e causando alterações no metabolismo de todos
dentro da nossa galáxia, muitas raças extraterrestres estão percebendo as mudanças, dentro de uma
perspectiva linear de tempo, muitas delas devem necessitar do DNA da espécie humana Adâmica da
Terra, que como já foi abordado, possui 22 contribuições diretas e 315 indiretas no aspecto genético de
outras raças humanóides e draconianas, para configurar o arquétipo terrestre, que é mais avançado em
muitas questões em relação a humanos estelares, mesmo aqueles com maior tecnologia, o DNA humano
da Terra possui 12 filamentos e 24 bases nitrogenadas, além de uma linhagem com 13 filamentos e 28
bases nitrogenadas, o que a coloca a frente e mais aperfeiçoada que muitas das raças humanas que
serviram de base para a constituição Adâmica da Terra, por essa questão existem tantas raças estelares
se manifestando na Terra. Este planeta foi um grande laboratório de criações e manipulações genéticas
em diversas épocas e realidades, desde o tempo anterior a vinda do Amado Sanat Kumara a cerca de
18,6 milhões de anos, podemos contar vários milhões antes disso além onde já se faziam experiências
com manipulação genética e gravitacional neste planeta escola, pois esse é um dos desígnios do termo
URANTIA, o nome oficial do catalogo da Confederação. Uma escola de Deuses para Deuses, onde
milhões de filhos do Criador e dos outros Criadores, poderiam desenvolver suas experiências e delas
evoluir e compreender a magnificência da criação e acima de tudo a responsabilidade de ser um Criador.
Cada mundo ligado a energia das infra-dimensões e o umbral, também é um mundo laboratório a
exemplo da Terra. Somente que cada um desses mundos possui diferentes propósitos dentro do
maravilhosos experimento do jogo cósmico, cada qual possui uma tarefa e serve como a engrenagem
complementar do outro planeta, configurando assim uma complexa estrutura de mundos escola onde a
Terra é uma das peças chaves de acesso a outras realidades complementares, aonde milhares de raças
com seus carmas e experiências vieram a este planeta oriundos de suas experiências nos outros,
efetuando assim uma nova etapa do circuito experiencial e Cármico. Cada realidade desses mundos de
“exílio” e seus fluxos criadores, esta relacionado a um propósito, pois como nada no universo é
ocasional, esta tudo dentro de uma matemática perfeita aos olhos do criador, assim como na Cabala se
aborda, verificamos que pertencemos a um complexo metabolismo estelar, onde o macrocosmo
demonstra a exemplo do nosso microcosmo interno em nosso organismo, a dinâmica da evolução e da
complexidade da evolução e da libertação dos falsos valores. NO livro Confederação Intergaláctica que
foi o 1º que escrevi, abordo muitas questões onde questiono os falsos valores, religiosos, morais e
culturais, na qual nossa sociedade tem se formatado, onde abordo os falsos Deuses e seus atos falhos
como os de qualquer humano em busca da iluminação, seguindo assim uma rota analítica de fatos e
situações, que foram profundamente explorados e continuados nas diversas obras que tenho canalizado,
através dos amor e ajuda dos nossos mentores espirituais, assim verificamos que dentro de uma linha
progressiva de informações, as pessoas tem a oportunidade de evoluir e compreender coisas que a cerca
de 5 anos era algo incompreensível, mas que no momento é algo factível e fácil de digerir, isso por que
todos estamos acordando, o Véu de Maia esta sendo retirado, e cada qual possui a sua própria
velocidade de atuação e percepção sensorial sobre essa realidade que esta aflorando em nossas vidas e
cotidiano. A questão das raças estelares, para muitos é uma realidade, não mais um fenômeno, mas resta
que cada um aprenda a identificar o Joio do trigo dentro da ufologia e da consciência crística, pois esse é
a nossa fronteira final, não o espaço sideral, mas sim o nosso interior, onde temos a nossa centelha
divina de Cristos, pois o Nosso Eu Superior é um Mestre Ascenso, e portanto carregamos parte dessa
energia dentro de nós em nosso Chama Trina.
Cada um de nós possui uma parcela escura que deve aprender a transmutar e controlar, isso é um
dos grandes requisitos para se tornar um Mestre Ascensionado e portanto um Criador em unicidade com
a Fonte Crística, criando com amor e gerando assim formas pensamento e sentimento harmônicas com
cada Elemental que compõe a constante universal ao nosso redor. Como Saint Germain aborda no livro
que ele me confiou, A Era de Ouro de Saint Germain, também, da editora Madras, quando uma pessoa
gera um pensamento ou sentimento negativo, a primeira coisa a ser contaminada são os Elementais da
natureza, portanto da nossa Mãe Terra, que é quem nos sustenta e fornece o nosso alimento em todos os
sentidos, Prana, comida, combustível e todas as matérias primas, inclusive os 5 Elementais da Natureza
que conhecemos como Água, terra, Ar, Fogo e Éter. Assim verificasse que estamos em falta com nossa
Mãe sideral que nos sustenta, assim os trabalhos de transmutação devem ser efetuados também com essa
egrégora, o que nos leva a questão inicial da importância em aprendermos a amar, irradiar formas

85
pensamento e sentimento em harmonia com o universo, com o corpo do Deus Pai-Mãe, o qual é a nossa
real fonte de energia. Quando aprendemos a trabalhar com essas energias, poderemos então
compreender como funcionam as realidades cósmicas a nossa volta, e como nossos corpos sutis também
são importantes em nosso processo evolutivo e nos trabalhos junto as hierarquias da LUZ.
Tenho defendido a questão da evolução espiritual e crística, para um contato com irmãos estelares
de melhor vibração, o que é importante dentro do fanatismo que esta a solta, onde milhares de
representantes das trevas tem se passado por Ashtar ou mestres Ascensos, levando pessoas a loucura e
ao fanatismo, lembrem-se do caso do Cometa Hali Bop quando um líder de seita religiosa ligado a
ufologia, levou cerca de 70 pessoas ou mais ao suicídio, algo impressionante, digno de um
desequilibrado contatado por forças telúricas de baixa vibração, pois acima de tudo, um ser da Luz,
respeita o nosso momento, a nossa vida e nossa forma de sentirmos e pensarmos, pois ele já passou pela
nossa etapa primaria e infantil com nossa amnésia estelar, assim não podemos atribuir a seres
iluminados esse tipo de ensinamentos e contatos que levem uma pessoa a criar fanáticos e com isso
manipular a massa, isso é justamente os que os rebeldes infiltraram na Terra a milhares de anos, sobre a
forma das religiões capitalistas e a nossa política cultural desumana. Isso nos leva novamente ao estudo
da nossa sociedade, onde escrituras como os Protocolos dos sábios de Sião e outras equivalentes,
colocam em cheque muitas questões da política internacional, da real intenção de criar as guerras, a
miséria e desestabilização social no mundo, para então colocar um único governo central, que
inicialmente foi inserido no modelo das Nações Unidas, que é mera figurante nas mãos dos países mais
poderosos e ricos, além da pressão bancaria que controla esses países, onde o dinheiro, a intenção de
poder é o único interesse, não há interesse em se salvar vidas, e sim em se possuir o poder e controle
sobre todas elas.
O mesmo ocorreu em outros mundos antes da Terra, o mesmo que levou a destruição muitos
planetas e tem mantido essa malha entre todos os planetas escola como a Terra, através dessas 7 infra-
dimensões e de seus 49 planos existenciais, podemos verificar então a grandiosidade dessa questão, o
quanto estamos dentro de uma gigantesca maquina holográfica de proporções cósmicas, não apenas a
Terra, mas as nossas outras realidades nesses mundos. Assim o que fazemos aqui na Terra reflete em
outras realidades nossas e vice versa, não estamos sozinhos nesta jornada de crescimento e libertação,
estamos na verdade lutando para restabelecer o equilíbrio dentro de um fluxo consciencial importante,
onde cada realidade é um quebra cabeça de algo muito maior, algo que esta inserido dentro daquilo que
procuramos por DEUS.
A missão Terra dentro do nosso quadrante estelar denominado de Constelação de Satânia, que esta
relacionada com o perímetro exposto de 14 mil anos luz, esta inserido no fato de que cada planeta
relacionado ao exílio ou escola, desenvolve uma etapa evolutiva, uma etapa do despertar para diferentes
raças e seus aspectos a serem despertos, assim a Terra é um dos poucos, são 4 ao todo que possuem a
mistura e origem genética originada de manipulações e misturas complexas de varias raças. Assim a
Terra se encontra em uma posição especial, que também é confirmada pela sua posição estratégica com
seus Portais, dentro da rota comercial das casas de Comercio das diversas raças e impérios do contexto
que estamos abordando.
Sendo a Terra parte de um grande quebra cabeças estelar, verificamos que a sua posição orbital
dentro do Sistema Solar, que esta ligado a Sírius e Toliman, é uma conexão direta com o que é
denominado de Alfa & Omega, um império que foi gradualmente atacado e desenvolveu diversas raças
rebeldes, devido as manipulações dos Dracos e de satã, a exemplo da Conversão Antares. Assim
verifica-se que para as raças de Sírius, a Terra foi um dos pontos de desestabilização do propósito divino
de crescer na Luz, foi um dos focos experimentais onde a dualidade de cada ser dentro dos hologramas
encarnacionais deste universo se contaminou e acabou por se corromper pelo seu próprio lado escuro, na
busca do poder, como tantas outras raças e setores dentro de Satânia e em outras galáxias. Assim as
forças rebeldes de Toalk e Satã, buscaram desestabilizar o reinado do Arcanjo Miguel, o Reinado de
amor e paz que os Kumaras estavam tentando plasmar dentro do jogo holográfico da nossa Via Láctea,
que é uma das 21 galáxias do quadrante de livre arbítrio de Nebadon. Assim a Terra representa o foco de
Helio e Vesta que tinha que ser possuído pelas forças rebeldes para destruir a força crística de Miguel,
segundo a concepção de muitos Dracos rebeldes. Esse jogo de buscar inserir a discórdia dentro da casa
de Miguel, dentro do perímetro onde ele como pré posto de Sananda, seria uma forma de desequilibrar e
quebrar o poder de Micah, permitindo assim que Anhotak e seus seguidores corrompessem ao máximo

86
muitos anjos, Anjos Caídos, que por fraqueza e curiosidade acabaram sucumbindo para seu próprio lado
Negro. A falta de integridade desses anjos ou seres espaciais da Federação e de outros grupos foi o
ponto culminante do desequilíbrio que foi inserido dentro do quadrante de Sírius, onde dentro dos 78
mundos ligados diretamente a Alfa & Omega, 13 sofreram ataques diretos no aspecto político e cultural,
desenvolvendo no decorrer dos acontecimentos 5 mundos de exílio e rebeldia, que gradualmente foram
sendo trabalhados, onde a Terra, Pethafos, Dafius, Beta Sírius e “catek19” o planeta que explodiu em
1996 foram os pontos mais críticos desse centro administrativo, no qual o Arcanjo Miguel é o Logos
Estelar. Muitas formas de vida em diversos planos dimensionais sofreram com as energias emanadas
desses rebeldes, em suas sagas estelares, ao estilo Guerra nas Estrelas de George Lucas, os Cavaleiros
Jedi são uma realidade entre seres da Luz e os MIB’s que representariam o lado negro da força. Essa
guerra existe ainda hoje dentro de cada um de nós. cada um possui a sua alta dualidade e deve aprender
a controlá-la para poder elevar seus padrões vibracionais, existem muitas receitas para se elevar a
energia, muitas deles indicam um ponto importante na alimentação, a exclusão de carne vermelha e
gradualmente qualquer alimento de origem animal, fumo, álcool e derivados, assim verificamos que para
elevar o padrão vibracional do corpo, devemos requalificar nossa energia a partir do que ingerimos isso
gradualmente ajuda a modificar a nossa constante emocional, mas o maior aspecto dentro desse fator é a
mudança interna, o propósito interno de querer mudar, de querer servir a luz de forma consciente, não
rezando e servindo a uma religião e Deus irado, pois isso é um retrocesso, devemos descobrir o Deus
dentro de nós, devemos trabalhar a partir da nossa mudança interna, não podemos esperar pela ajuda
externa, se não nos ajudamos internamente. A dualidade dos nossos pesadelos internos, fantasmas,
medos e culpas, devem ser gradualmente trabalhados e transformados em fortaleza, para que assim a
Mestria se manifeste em nossa jornada, em nossa vibração.
Cada mundo sobre a proteção hierárquica de Sírius que se envolveu com as energias rebeldes e
consolidou dentro de uma egrégora dual acabou tornando-se um hospital para as almas desse sistema
tutelar, onde as relações com os outros sistemas de Orion acabou por gerar uma impressionante rede de
realidades alternativas no fluxo temporal e dimensional de cada planeta. O que por um lado explica a
diferença de informações provenientes das culturas estelares que acabaram por se envolver no contexto
das rebeliões e guerras estelares, cada uma vivenciou esse processo dentro de uma dimensão, dentro de
um contexto social e cultural distinto, mas a maior parte dos humanos encarnados e desencarnados da
Terra, bem como outras raças existentes dentro e na egrégora terrestre também participaram desse
processo. Assim cada um dos participantes, teceu seu holograma, criou seu mundo pessoal e sua
conexão com as infra-dimensões relacionadas com o contexto da rebelião e da busca pelo poder e pela
Mestria em cada nível de compreensão.
Mais uma vez verifico a necessidade de se compreender as relações do plano espiritual com
diversos aspectos das hierarquias dos Mestres Ascensos e com o Comando estelar, que por sua vez tem
me relatado sobre os planos espirituais dos outros mundos de exílio e dos mundos em harmonia, que
possuem representações na Terra, dentro daquilo que conhecemos como mundo espiritual. Esse mundo
espiritual invisível que encontramos em diversas religiões, seitas e filosofias, esta repleto de entidades
siderais que vieram a Terra como Deuses espaciais e acabaram por se tornar prisioneiros cármicos na
Terra, devido as suas interferências nocivas na Terra, ou por que gostaram deste mundo e vieram servir
junto as hierarquias do Lord Miguel Kumara, o nosso Arcanjo Miguel.
O plano espiritual de ANAGORA também é interessante, pois dele emanam muitas entidades que
se manifestam dentro dos planos dos arquidemônios no contexto da Cabala e de filosofias que estudam
as bases religiosas das antigas tradições, assim verificamos que esses arquidemônios são na realidade
antigos seres que manifestaram na Terra sua energia e interferências a Lei Divina, quebrando a 1ª
diretriz de não interferir nas culturas em evolução, de quebrar o processo natural evolutivo. O plano
espiritual de ANAGORA é pesado, denso, pude sentir a vibração pesada de medo, angustia, mas de
poder, de uma mente maquiavélica que explora o medo de cada mente conectada a sua egrégora
sensorial que esta em toda a nave. Os portões da vida dentro desse astro, são impressionantes, pois
ddddd
19
Nome aproximado do real, esse planeta explodiu por volta de 1996 em nossa constante linear de
tempo. Foi destruído em uma guerra nuclear pela própria civilização, que era o saldo residual dos exilados
mais negativos do perímetro de Alfa & Omega desde antes da Conversão Antares. Esse mundo enviou
muitas lamas para a Terra após a explosão, dentro da realidade 3.0, para uma previa reciclagem e
posterior envio para Herculovos devido a órbita do mesmo.
87
eles equivalem a Anjos Negros, que podem vasculhar a alma de uma pessoa e dela extrair o mais
profundo segredo, somente uma barreira de luz, uma luz branco Maxim ou dourada pode quebrar o
poder telepático de absorção desses seres. Além deles existe uma equipe de defensores que buscam
manter íntegra a energia, cada pessoa ou alma que se aproxima desse astro, tem sua energia vital
removida e aprisionada eternamente a esse astro. Os Grays tem levado muitas almas de crianças e
adultos para dentro dessa Nave. É esse o fator que me levou a conhecer esse astro, junto com uma
equipe para reverter esse processo.
Uma equipe de Mestres do grupo de elite Tigres Azuis e Dragões Viletas devem efetuar esse
resgate e levar essas almas para mundos de tratamento bem diferente da energia terrestre. Essas almas
que chegam a um número significativo de alguns milhões delas, devem ser libertadas, pois o seu
aprisionamento acaba gerando um distúrbio na constante dimensional do nosso quadrante em relação as
suas almas gêmeas, para assim gerar estruturar uma tentativa de quebrar o processo evolutivo da nova
Raça Raiz terrestre e estelar. Na verdade os Grays acreditavam que manipulando essas almas, poderiam
usar essa força vital para alimentar seus clones híbridos entre Zetas e humanos, mas para os Dracos por
trás desse projeto, na verdade era uma tentativa de quebrar geneticamente a nova configuração racial
terrestre e estelar, inserindo vírus espirituais no processo de alma e com isso tentar desestabilizar a
Divina Presença Eu Sou e com isso por ressonância estabelecer o caos no Universo TETA dos Elohins e
Arcanjos. O plano é bem mais profundo e bem articulado do que muitos membros da Federação
acreditavam, o que foi discutido recentemente num fórum onde estive presente junto com os altos
escalões Ascensos da Terra e de outros Mundos. Um projeto bem complicado de quebrar o poder dentro
do universo TETA que Anhotak esta tentando a milhares de anos, onde ele possui parte de um universo,
no entanto esse universo é regido por outras energias harmônicas, que estão além do que ele emana,
assim ele fica limitado, pois dentro dessa energia que ele renegou ao se projetar nas esferas inferiores
para obter por vampirização poder, acabou por se afastar do seu aspecto divino de filho Paradisíaco, o
que o colocou numa situação complicada, assim ao tentar alterar os padrões energéticos no Universo
TETA, ele poderá restabelecer parte de seu poder nessa realidade onde ele se sente desfalcado, pois lhe
falta o amor para estabilizar sua energia dentro dele.
Por outro lado a manipulação e estudo dos padrões genéticos da alma, permite um trabalho de
clonagem e conexão com diversos aspectos das almas gêmeas de cada alma, o que por sua vez, pode
permitir o acesso a outras realidades através dos portais e com isso tentar uma nova invasão aos mundos
em harmonia e buscar reiniciar a centelha da rebeldia e desestabilizar os governos. Esse processo tem
sido observado e esta em debate pelos conselhos, na tentativa de forçar os dirigentes a avaliarem as
condições de cada planeta e cultura que pode ser atingido por esse tipo de manifestação. No entanto
muitas dessas almas aprisionadas ainda não foram identificadas, o que perturba o plano espiritual do
Conselho da Federação que esta com o abacaxi nas mãos, pois são seus mundos que estão na alça de
mira de Anhotak, as realidades do universo TETA ficam em outra situação de aguardo e preparação para
as devidas retaliações. Todos os Elohins, Trônicos20 e Arcanjos já estão se preparando para uma
interessante disputa consciencial e espiritual que ajudará em mais uma etapa ascensional para a
ancoragem dessa nova dimensão e realidade existencial. O plano nas mais altas esferas já previa esse
tipo de atuação e planejamento das forças rebeldes, apenas esta se configurando algo que era previsto.
No entanto esse plano nas esferas da federação ainda é uma novidade que traz importantes mudanças e
reflexões sobre a jornada espiritual de muitas raças e civilizações, que tem se manifestado de forma
lenta, outras alienadas, sem contudo serem negativas. Existe uma cobrança e aceleração do processo de
burilamento de todas as raças das 21 galáxias, o que tem pegado muitas de surpresa e esta provocando
uma mudança interna brutal em todas, a exemplo do que ocorre na Terra. Imaginem o tipo de mudança
em raças que não possuem a nossa amnésia espiritual, como essa nova realidade esta mudando
substancialmente a sua realidade e cultura em relação ao universo e ao seu papel dentro dele.
Toda vez que se quer evoluir, temos que abrir mão do que já adquirimos, para podermos assim
galgar mais um novo degrau, isso afeta a todos, essa nova dimensão ou energia que esta sendo
ddddddddd
20
São os seres que possuem o arquétipo Tron e Ton no final de seus nomes, exemplos: Metraton,
Carbotron, Agnitron, Luzitron, Metatron, Magnetron. Seres responsáveis pelo estabelecimento atômico e
configuração dos átomos e das ligações químicas e atômicas da matéria e da essência do Criador, que
atuam juntamente com os Elohins e Arcanjos, na constituição dos universos em suas múltiplas realidades
existenciais.
88
inserida em cada átomo do nosso Universo, esta mudando e alterando a frequência consciencial de todas
as almas e ativando outros aspectos em nossas Divinas Presenças, o que reflete uma importante energia
e realidade manifestada, que já tinha sido antecipada por Jesus Cristo, é chegado o momento da
manifestação do Pai-Mãe dentro do coração de cada filho. O momento chegou para cada um de nós, no
entanto nem todos estão preparados, e sendo assim o Pai-Mãe tocara o coração de cada filho de acordo
com sua capacidade sensorial e proporcionara uma mudança radical em sua percepção e colocará cada
filho numa nova realidade de acordo com sua capacidade consciencial e evolutiva, confirmando a
separação do Joio do Trigo, como as nossas escrituras já revelaram. Cada um de nós esta dentro desse
processo, de forma independente da nossa alma já ter existido em realidades de 11ª dimensão, todos
estamos passando pelas mudanças da Fonte, onde as mais altas hierarquias também estão passando e
irradiando essas mudanças para o ajuste total das engrenagens estelares e espirituais. Cada Arcanjo,
Elohin, Querubim, Serafdin e Tronico estão sustentando as mudanças e se preparando para as próprias
mudanças que cada um deles já esta vivenciando e as novas realidades energéticas e conscienciais do
universo TETA e dos universos atrelados e ele. As trocas de informações entre as falanges de Lúcifer e
o Universo TETA, onde ele possui também seu habitat, pois não se esqueçam que ele é um Lanonadek,
o que lhe assegura um Portal para esse universo. Essas trocas de informações tem demonstrado um
intenso trabalho para libertar a consciência de milhares de almas chaves no processo evolutivo e de
transmutação dos falsos valores, em ANAGORA Lúcifer deixou uma equipe do Conselho Cármico
vinculada a essas tarefas, onde temos uma linhagem completa das entidades conhecidas como EXUS
efetuando essa troca de informações e negociações para as novas mudanças que já se fazem sentir em
todas as realidades. O esforço conjunto de todos em labutar para a evolução, mesmo que de diferentes
pontos de vista, e uma meta que esta sendo seguida por todas a linhas. Nesse contexto ainda existem
muitos rebeldes e sabotadores, mas mesmo assim o número de almas que estão despertando para a
necessidade do crescimento, da iluminação é bem grande, mesmo dentro do Umbral e de suas 7 infra-
dimensões. Existe um interesse pela luz, pela libertação, mesmo tímida, mas ela é real em cada canto do
umbral, mesmo as almas mais cegas, em sua maioria querem amor, carinho, as mais revoltadas que se
fecharam dentro do medo e não aceitam a luz e carinho dos mais esclarecidos, estão sendo preparados
para iniciar uma nova jornada evolutiva em outros mundos, o que tem sido divulgado como exílio para
novas paragens. Cada qual devera ser encaminhado para sua nova realidade conforme as determinações
do Conselho Cármico e dos trabalhos de cada uma dessas realidades no novo contexto que se formata
para um futuro interessante, também multidimensional.

A Confederação E Suas Ações


A Confederação tem atuado por detrás dos bastidores desde o início, para buscar trazer um
equilíbrio e para fazer se cumprir a Lei Cósmica de ação e reação, mesmo com a elevada tecnologia dos
Dracos e de outras delegações antiquíssimas dentro das 21 galáxias, seres que a tecnologia os colocou
num patamar de Deuses literalmente, mas que a sua consciência não aprendeu a efetuar as mesmas
maravilhas, apenas com o amor. Assim eles sempre tem estado atuantes e transmutado as energias
desqualificadas que os grupos rebeldes e inconsequentes dentro dos hologramas do universo de livre
arbítrio se configurou. Muitos representantes dessa instituição de Mestres e Criadores, tem se
manifestado nas esferas encarnacionais para servir de ancora no projeto Avatárico que abordamos, mas
também para compreender muitas das realidades que cada sistema estelar representa, para poderem no
final de um ciclo estarem aptos a julgar o real aproveitamento desse experimento sobre a dualidade da
existência dentro dos hologramas.
O trabalho da Confederação na realidade esta ligado a própria existência do nosso universo de livre
arbítrio, é uma extensão de fiscalização das hierarquias do Universo TETA e das outras esferas
superiores, dentro daquilo que Micah permitiu para se manifestar dentro dos nossos hologramas
encarnacionais, devido as energias liberadas e manipuladas pelas almas dentro do contexto criador,
Micah através da Confederação tem podido manipular e proteger a própria constante universal, através
do projeto Avatárico e das energias dos Sois Centrais, para dar estabilidade gravitacional e de amor aos
mundos que serviriam de palco para as ações criativas de seus filhos. Assim a Confederação tem dado
um suporte e sustentação muito mais significativa do que se imagina, pois a existência do nosso
89
universo só é real graças ao amor e presença dessas elevadas almas e espíritos sobre o nossos universo,
usando seu amor como base operacional para nossas experiências.

Este é um dos emblemas encontrados referentes a Confederação ligados as realidades holográficas


do nosso quadrante galáctico, é através dele que muitas hierarquias reconhecem a atuação dos Merkabas
da Confederação. Esse emblema representa o aspecto Crístico dos Criadores e Almirantado que
respondem por essa instituição nas esferas de intercâmbio com a Federação e os outros grupos das
fraternidades Branca e estelares. A estrela de 7 pontas é uma das representações sobre o Raio Violeta e a
transmutação. Por esse motivo existem diversos emblemas, cada qual coligado a um projeto especifico
dentro do projeto Avatárico e da operação Resgate para cada realidade e civilização dentro das 21
galáxias do universo de livre arbítrio.
Existe um emblema com uma estrela Merkaba de 36 pontas e outra com 144 pontas, cada qual para
uma diferente realidade e trabalho de arquétipo existencial, onde a percepção é bem distinta. Uma
90
estrela de 22 pontas esta relacionada aos nossos 22 Raios da Fraternidade Branca da Terra, que estão
sendo irradiados e sustentados para o despertar da Terra, assim esse emblema já esta disponível de
forma consciencial em nossos planos sutis para nosso burilamento e transmutação.
Cada símbolo ou emblema como arquétipo traz consigo uma referência ao trabalho e aos grupo de
seres que deu sustento a essa idéia ou projeto, assim quando uma pessoa se conecta a essa egrégora,
passa absorver grande parte da energia que nela foi inserida e passa gradualmente a compartilhar e
fortalecer essa egrégora. O que explica por que muitos símbolos da cabala que foram usados para Magia
Negra, acabaram perdendo a sua real função, em detrimento da ignorância e ânsia de poder daqueles que
manipularam a magia negra nos mundos rebeldes e insanos.
Em nosso livro sobre Cura Quântica, abordei diversos aspectos sobre os símbolos, o que podemos
reforçar neste trabalho, é sobre o arquétipo deles, estes símbolos, podem ajudar na sintonia com as
hierarquias estelares e espirituais que servem ao propósito criador dentro da luz, dentro do respeito ao
próximo. Assim para aqueles que tem a intenção de pesquisar procurem entrar na energia destes
símbolos e expandir a sua consciência para que assim possam irradiar e comunicar-se com as esferas e
também com as outras parcelas de cada um nas realidades do Eu Superior, que esta conectado as esferas
da Confederação.
Estando a Confederação no sustento das energias para que não ocorra um implosão decorrentes
dos abusos cometidos pelas almas dentro dos hologramas encarnacionais, e pelos abusos dos criadores
conscientes dentro do poder dessa maquina imperialista e vampirizadora de Satã e seus ajudantes. Assim
verifica-se que sem a comunicação com essa esfera estelar, não existe a comunicação com a Fonte, que
através dela filtra as energias para nossa existência. O Universo TETA é uma manifestação da
Confederação.
A Confederação se estabiliza como energia dimensional a partir da 8ª dimensão, ou seja dentro da
faixa consciencial da nossa Divina Presença Eu Sou.

91
Acima dessa realidade a Confederação é composta por seres que já ascensionaram e se integraram
a sua Consciência do Eu Sou e uniram sua essência com a do Cristo Cósmico, sendo portanto unos com
o Criador, dando início a uma outra etapa evolutiva, que esta ligada com o Universo Unana, que esta se
formando e representa a nossa comunicação com outras esferas em nossa jornada como criadores.
Este outro emblema esta relacionado a representação da Confederação perante o almirantado da
Federação, dentro de um contexto relativo aos mundos primários e físicos até a 5ª dimensão de
consciência. A estrela de 6 pontas é uma referência a dualidade e a relação entre corpo e alma, espírito e
fisicalidade, o que ajuda no processo com os Kumaras de comunicação e parâmetros sobre a existência e
sustentação da Federação dentro da consciência daqueles que buscam suas respostas na unicidade
cultural e espiritual da Federação.

Este é um símbolo encontrado nos uniformes de alguns Confederados ligados ao Comando Ashtar
e outros Comandos correlatos como o Santa Esmeralda de Toliman, além das Fraternidades espirituais
de diversos sistemas a exemplo da nossa Fraternidade Branca.
A relação entre Havona, Orvotón que é o nosso Superuniverso e Nebadon onde esta localizado
nosso conjunto de Galáxias, sustentado pelo Criador Micah e Mãe Quântica, que também é representada
pela egrégora das Marias, esta relacionado ao projeto de resgate consciencial das almas que já existiram
e ainda habitam na 11ª densidade, mas não possuem lembrança ou consciência desse fato. Assim cada
uma dessas almas é parte da Confederação, mas não sabe disso, chegou o momento que cada uma
gradualmente se comunique e busque a unicidade energética para que possa ajudar de forma consciente
no burilamento real da Terra e de si próprio, como tem sido explicado por todos os mestres.
92
A Confederação Espiritual existe dentro do nosso Coração, através da Chama Trina, podemos abrir
os Portais para a nossa verdadeira essência, restaurando o DNA original da raça e projeto Adâmico
terrestre. Os exercícios diários com a Chama Trina ajudam na abertura sensorial e na real conexão com
nosso próprio lado ascenso.
A atuação da Confederação esta ligada aos trabalhos espirituais das diversas falanges espirituais
que em parte são compostas pelos membros da Federação que se dispõe para atuar nesse tipo de esfera e
trabalho junto aos planetas em desenvolvimento, onde utilizam o processo mediúnico dessas civilizações
em burilamento, para se comunicar, ajudando em curas, limpeza, a exemplo do que ocorre dentro da
Umbanda, Candomblé e outras equivalentes.
Muitas das entidades que se apresentam como Caboclos, Pretos velhos e suas respectivas falanges,
são muitas vezes representantes estelares ligados a Confederação, que inseriram parte de seus filamentos
dentro do universo holográfico e assim deram a sua contribuição para sustentar esse experimento sem
que ele entrasse em colapso, pois para isso faltou pouco diversas vezes, não só na Terra, como em
diversos setores da constelação de Satânia e de outras galáxias do nosso grupo das 21.
Vejamos algumas das atribuições do Comando Estelar, onde entram grupos da federação coligados
e representantes da Confederação, dentro da faixa dimensional entre 5ª e 7ª dimensão. Os planos mais
elevados da Confederação são manifestados pelos seres Crísticos, que controlam e instruem os
servidores da federação e as fraternidades espirituais de cada plano, incluindo as esferas espirituais
conhecidas dentro dos Orixás.

- Limpeza atmosférica planetária.


- Alinhamento Orbital do Sistema
- Correção do novo campo magnético e gravitacional
- Proteção contra naves não confederadas
- Suporte aos Mestres da Fraternidade Branca e Azul
- Assessoria à Fraternidade Solar
- Canalização com os humanos no intuito de ajudar.
- Preparação e controle dos movimentos sísmicos
- Atuação perante o Conselho Cármico Solar
- Ajuda irrestrita a Sananda
- Monitoramento dos grupos nefastos do Sinistro Governo Secreto
- Limpeza do plano Astral por legiões de Anjos
- Fornecimento de Merkabas aos Mestres da Fraternidade Branca
- Intercâmbio com os intraterrenos e o Resgate consciencial
- Sustentação junto com a fraternidade Branca dos Portais entre as Terras paralelas
alternativas.
- Atuação na Embaixada do Templo e Portal dos 22 Raios
- Supervisão do projeto de Intrantes na Terra Avatáricos
- Mediação entre os draconianos e os Zeta Reticulli
- Reconexão Divina com suas parcelas encarnadas (Sementes)
- Despertar dos Membros adormecidos do Comando encarnados.
- Elevação vibracional do campo magnético Sistêmico
- Resgate do Cristo junto a Sananda e aos Kumaras
- Programas de despertar de Consciência das crianças prodígias
- Intercâmbio Cultural entre Sementes Estelares.
- Projeto de Exílio vibracional dos humanos negativos
- Dispersão dos 22 Raios do Sol Central Alfa e Omega
- Recuperação da Malha Temporal da Terra

O trabalho encontra-se mesclado a muitas tarefas que são efetuadas pelos membros da federação e
de outros sistemas, dentro daquilo que consideramos mundo espiritual, muitos trabalhos são sustentados
pela ciência e tecnologia das naves dos nossos irmãos da Federação e parte desse trabalho na maior
envergadura exige a presença dos Merkabas da Confederação, onde os Mestres mais evoluídos e

93
conectados com a Fonte Superior de seus Cristos se expressam mediante importantes tarefas espirituais e
sistêmicas.
Muitas almas encarnadas em nosso processo cármico terrestre, pertencem a Confederação,
chegaram a Terra para desenvolver projetos e ajudar no resgate consciencial da humanidade, muitos se
perderam dentro do processo Cármico, devido as baixas frequências residuais resultantes do elevado
número de rebeldes e exilados presentes na Terra, além dos Dracos que invadiram a Terra e
desvirtuaram o projeto terrestre. Um dos aspectos mais negros da Terra foi com a chegada do último lote
de exilados de Capela, que levou a destruição da Atlântida, devido ao abuso da Magia Elemental negra e
técnicas com eletromagnetismo e Portais, além de uma grande diversidade de manipulações no campo
genético. A frequência vibracional da Terra caiu muito colocando-a em uma de suas maiores eras
negras, isso provocou em grande parte dos missionários encarnados na Terra, um aumento da amnésia
espiritual e com isso uma forte manipulação pelas forças trévicas, o que levou a muitas dessas almas
missionárias a se perderem por vários anos ou séculos no seu próprio processo Cármico decorrente da
forma equivocada de pensar e de sentir, que foi brutalmente manipulada pelas falsas religiões e
conceitos culturais que foram inseridos por Satã para controlar a humanidade.
Assim a maior parte desses Mestres inconscientes, despertaram quando grandes Avatares como
Gautama, Jesus, São Francisco, Yogananda, Mahatma Gandi, El Morya e muitos outros inseriram uma
nova cultura e filosofia na Terra, removendo um pouco do Véu de Maia sobre a consciência terrestre.
Neste momento final do nosso ciclo estelar e cíclico da Terra e do próprio Sistema Solar, que também
coincide com a revolução galáctica, como podemos ver no Calendário Maia e no Venuziano dos Incas,
temos uma nova oportunidade para despertar os filhos da luz restantes, todos os membros da
Confederação encarnados que devem ser os professores e instrutores da evolução da humanidade, que
serviram de apoio e desbravadores para as novas almas que residem dentro das novas crianças com seu
novo DNA, crianças que como já abordamos possuem 24 bases nitrogenadas, são uma nova raça estelar
nascendo entre a humanidade. Esses antigos membros da Confederação presentes na Terra a milhares de
anos, estão gradualmente abrindo a sua consciência e ajudando a inserir uma mudança cultural holística
na sociedade terrestre, o que ajudará em muito o trabalho futuro das novas crianças e energias que se
instalarão na Terra e no coração de cada ser humano, como já esta se revelando gradualmente.
Existe um número interessante, que consta das escrituras antigas e sagradas, como na bíblia, onde
se fala de 144 mil escolhidos, esses são justamente os Comandantes da Confederação encarnados na
Terra, que são o pilar de sustentação do intercâmbio com os Mestres da Grande Fraternidade Branca,
para promover de forma amorosa e minuciosa as mudanças dentro da psique humana e das energias
planetárias, que devem servir de base operacional para mudanças no processo com a chegada das novas
energias que já estão presentes desde a Convergência Harmônica em Agosto de 1987. Esses 144 mil
irmãos são personagens que muitas vezes não tinham consciência do seu importante papel, mas nos
outros planos sutis, trabalham arduamente para despertar a humanidade, em templos etéricos e nas naves
da Federação ou mesmo da Confederação. Em 1996 ocorreu uma grande reunião no Templo do Amado
Mestre Serapis Bey, em Luxor, onde estiveram presentes esses 144 mil Mestres encarnados, que foram
levados ao despertar gradual na presença direta com Sananda e todo seu grupo espiritual e da
Confederação. Esse foi um marco importante divulgado por diversos meios de comunicação, entre eles
aqui no Brasil, pela revista do meu amigo Daniel, a AMALUZ, que em seus 90 números desenvolveu
um espetacular trabalho de revelação e despertara consciencial aqui no hemisfério sul, em especial no
Brasil, onde muitos desses 144 mil foram envolvidos pela egrégora amorosa dessa revista e seu
conteúdo iluminado. Esses 144 mil que se reuniram na ocasião pelo chamado das grandes hierarquias de
luz, acabaram por ter um grande despertar e se agrupar espiritualmente para novas realidades e tarefas
que cada um se comprometeu a desenvolver, isso marcou uma grande mudança consciencial nessas
pessoas aqui na realidade terrestre.
Essas mudanças passaram pelas transformações emocionais, despertar da percepção sensorial sutil,
lembranças do passado e ensinamentos ocultos, começaram a aflorar, e novos contatos com pessoas
similares começou a ocorrer, o grau de canalizadores aumentos expressivamente na Terra, o que ajudou
a trazer maior número de informações dos mentores espirituais, o que esta em aumento gradual e isso
deve se estender aos nossos filhos, nossas novas crianças que já vieram preparadas, estão com o
conhecimento, pronta para inserir a luz dos maiores Mestres e Cristos que já tivemos conhecimento, pois
essas crianças são filamentos, fragmentos desses Mestres, muitos dos amados Arcanjos estão irradiando

94
através dessas crianças que são seus filhos diretos, uma nova percepção e almas, que são na verdade a
própria essência desses Mestres nascendo na realidade terrestre em corpos especiais.
A Mestra Kwan In21 tem manifestado algumas crianças sobre a sua proteção, como se fossem na
verdade pequenos filamentos de seu Cristo, ela passa a ser o EU SUPERIOR dessas crianças e algumas
pessoas adultas já encarnadas há alguns anos na Terra, assim como muitos outros Mestres tem feito o
mesmo, são estratégias para ajudar no desenvolvimento espiritual da humanidade. Esse processo esta se
amplificando gradualmente, e novos Mestres começam a encarnar mediante esse processo, não se trata
que esses Mestres estão voltando a encarnar na realidade Terrestre, mas sim que eles se desdobraram e
através do seu aspecto Crístico emanaram uma nova alma já evoluída de outras esferas superiores, para
se irradiar na Terra, na verdade são almas gêmeas desses Mestres, que passam a ser direcionadas no
processo encarnacional da Terra. Isso ocorreu no passado quando Jesus Cristo esteve presente na Terra,
era preciso que os Apóstolos e muitas outras pessoas, já tivessem um grau consciencial especial, assim
eles foram escolhidos pelos seus feitos em outras esferas, já vinham preparados para serem os
companheiros de Cristo e alicerçarem o que estava para ser manifestado na Terra. Muitos tem escrito
que o novo Cristo, na energia de Maitreya esta encarnado na Terra, e que deve ter por volta de 16 a 18
anos agora em 2000, o que na verdade não correto como muitos pensam, não se trata do próprio
Maitreya que voltou a encarnar, e sim um filamento deles, que dará continuidade a um processo que foi
iniciado nos mundos internos de Sírius para restabelecer a estabilidade nos mundos conturbados desses
sistema, sendo a Terra um desses mundos, a sua jornada continua, assim depois da Terra, outros mundos
receberam a visita encarnacional desse magnífico Cristo, um filamento de Maitreya, assim como dos
outros Mestres. Por exemplo o Amado Mestre Hilarion possui centenas de filamentos deles encarnados
na Terra, todos sobre sua proteção, desenvolvendo importantes trabalhos no setor da justiça, medicina,
ciência, para despertar a seriedade e responsabilidade dentro de cada ramificação. Outros Mestres como
Kuthumi e Clara, sustentam milhares de filamentos conectados a seus propósito e egrégora. Esses
trabalhos são importantíssimos para que uma revolução consciencial seja inserida de forma definitiva na
humanidade, e assim as forças rebeldes fiquem sem possibilidade de atuação no que diz respeito ao
controle e manipulação da humanidade e dos recursos deste planeta.
A humanidade carente esta recebendo da Confederação e da Fraternidade um importante apoio, no
entanto depende muito de cada ser humano a receptividade para essas novas energias, que tem por
objetivo ajudar nas transformações que o planeta passa e ainda passará, recentemente escutei na
televisão, sobre a descoberta de um gigantesco buraco na camada de ozônio, do território antártico, o
que significa uma aceleração muito grande no desgelo desse continente, o que por sua vez trará
importantes mudanças em nosso clima, provocando deslocamentos de correntes de ar e marítimas, que
irão alterar o comportamento animal, dos cardumes de peixe, e assim modificar a condição climáticas
das nossas estações, além de grandes tempestades, furacões, inundações, secas. Aspectos que já estão se
fazendo presentes, a televisão procura não alarmar, mas regiões que antes no sul do Brasil eram
pastagens para gado, hoje são desertos de areia, o mesmo ocorrendo em outras partes do mundo, lugares
onde o clima não mais corresponde as nossas estações climáticas, isso ira se intensificar, efeito direto
das mudanças que em muitos aspectos foram provocadas pela nossa poluição, nossa forma irresponsável
de tratar a nossa Terra, nossa Mãe que nos dá o sustento.
Além dessas mudanças outras no campo gravitacional se fazem presentes, o que influencia
diretamente a estabilidade sísmica do planeta e consequentemente as pressão atmosférica em lugares
estratégicos dos vórtices das linhas geopáticas e das linhas crísticas. Essas mudanças fazem parte da
transposição orbital e dimensional, onde a consciência humana tem que ser desperta e colocada em uma
frequência mais elevada, para que se destrua, para que não sintonize apenas os aspectos negativos do
que esta ocorrendo no planeta.

21
Também escrevo Kwan Yng, devido a egrégora que recebi dela, em outra esfera consciencial, pois na
verdade, esses nomes são apenas figurativos, para a nossa percepção e compreensão dos focos crísticos que
esses elevados irmãos manifestam na Terra. Como abordamos a energia dessa magnífica Mestra existe
desde os tempos remotos da Fraternidade Rosa de Orion, com outro nome, mas para facilitar a nossa
correlação, procurei manter o mesmo nome conhecido, para fazer a conexão com as outras realidades, algo
que venho fazendo em todos os meus trabalhos, para ajudar as pessoas a se conectarem com suas realidades
passadas dentro desse contexto estelar.
95
Como já escrevi anteriormente, não acredito em um apocalipse, tema que resultou no livro sobre
esse tipo de profecias, canalizado do Sr. João Evangelista, que é Kuthumi, as mudanças não são um
castigo, são um processo natural em resposta ao nosso abuso e poluição, as explosões nucleares no
subsolo, afetaram em muito a estabilidade sísmica do planeta, além dos deslocamentos de energia nas
camadas do Manto e da crosta, tivemos a perturbação das cidades intraterrenas e das cidades
transoceânicas, o que gradualmente acumulou uma sobrecarga tremenda. Nos anos 60 com as
experiências da bomba H e similares no pacifico, destruímos sem saber 2 bases desativadas nas
profundezas do pacifico, que eram de propriedade de antigas colônias de Orion e Antares. Essa
destruição levou a uma reação em cadeia nas profundezas da crosta, devido a suas instalações
subterrâneas, onde reatores de fusão e energia Vril foram destruídos, provocando um efeito de alta
pressão nas camadas das galerias internas, o que levou a formatação de fendas que se comunicaram com
vulcões desativados, e por outro lado as já fragilizadas falhas geológicas. Além desse efeito os grupos
rebeldes residentes nas proximidades, intensificaram seu projeto de manipulação planetária, para
desestabilizar a atuação dos servidores da luz, onde utilizaram a potência norte americana como pivô do
seu plano, removendo esse pais devido a sua corrupção para uma nova realidade imperialista que levaria
a ruína muitos países e a formatação de guerras por questões políticas e financeiras. Assim a guerra fria
foi inserida visando um antigo plano, a exemplo do que foi inserido nos impérios de Orion, e na própria
Federação, como abordamos no início deste trabalho, que gradualmente acabou se focalizando com a
nossa relação terrestre.
Assim as mudanças climáticas e geológicas tem seu ponto de partida em nossas experiências e mau
uso da tecnologia, o que alterou o aspecto consciencial do planeta, pois ele é composto de elementais,
que possuem consciência, além dos gênios da natureza, do plano espiritual e da comunicação desses
fatos com o Umbral, na verdade ao ativarmos bombas e nossa forma psíquica dentro de uma tecnologia
que visava apenas o poder, para poder mandar e intimidar o próximo, nos colocou na frequência das
infra-dimensões do Umbral, diretamente com as falanges dos arquidemônios, que tanto tememos, mas
que servimos sem perceber ao conectarmos nossa consciência no poder, na disputa de querer superar e
derrotar ao nosso irmão, de querermos demonstrar nosso poder e subjugar os mais fracos, isso nos
colocou na frequência dos seres temidos como demônios, como perversos das antigas escrituras. Nós
humanos da sociedade moderna, com elevada tecnologia e cultura, acabamos por assinar sem perceber a
sentença de mutação planetária, nós demos início ao processo de libertação devido a nossa forma
inconsequente de tratarmos ao próximo e principalmente ao nosso planeta.
A nossa missão como servidores da luz e procurar transmutar essas energias desconfiguradas,
provocar uma mudança dentro de nós, que nos permita reverter o quadro Cármico dentro de nós
mesmos, onde o uso dos 22 Raios seja importante para nossa visualização e transmutação de cada um
dos nossos chacras. Quero incluir esta relação dos 22 Raios neste livro como já foi colocado em outros,
para acelerar a disseminação dos mesmos, para que vocês façam seus exercícios de transmutação e
limpeza planetária o quanto antes, revertam o quadro energético para a luz, dentro de cada átomo da
natureza, de cada átomo que compõe seu corpo.

Relação dos 33 Raios da Fraternidade Branca


1º RAIO – AZUL

Virtudes - Vontade Divina, fé, felicidade, equilíbrio, paz e criação cósmica.


Desenvolve - Iniciativa, proteção, poder, força interior, perseverança.
Pertence - Poder executivo.
Arcanjo - Miguel e Fé.
Elohin - Hércules e Amazon.
Mestres - El Morya e Míriam passando para o Lord Sírius o encargo divino.

Características nos seres não evoluídos: Voluntariedade, agressividade, desejo de dominar. Este
raio tem sido utilizado, pelas forças involutivas junto da energia do vermelho, também desvirtuada, para
controlar e manipular a humanidade frente a baixas vibrações. Muitos canais vibram com esta energia
96
mediante a ação dos Mestres El Morya e Mirian, que agora Lord Sírius passa a manifestar para a
atualização da nova ramificação do espectro azul dentro dos atuais 22 raios.

2º RAIO – AMARELO (na tonalidade Amarelo-Dourado)

Virtudes - Inteligência, iluminação interior, sabedoria.


Desenvolve - Sabedoria, intuição, força mental.
Pertence - Maestros e estudantes.
Arcanjo - Jofiel e Constância.
Elohin - Cassiopéia e Minerva.
Mestres - Lanto e Kwan Yin.

Características nos seres não evoluídos: Orgulho intelectual, acúmulo de informações, por parte
das pessoas que empregam o mental e deixam de utilizar o cardíaco, considerando isso fraqueza. Esta
relacionado ao despertar da Chama Trina nas pessoas mais sensíveis, que estão se espiritualizando.

3º RAIO – ROSA

Virtudes - Amor, pureza, beleza, opulência, coesão.


Desenvolve - Amor divino, tolerância, adoração por tudo aquilo que o cerca.
Pertence - Pacifistas e árbitros.
Arcanjo - Chamuel e Caridade.
Elohin - Orion e Angélica.
Mestres - Lady Rowena e Paulo Veronezi.

Características nos seres não evoluídos: Amor carnal, excesso de sensualidade, libertinagem,
desequilíbrio psíquico. Este aspecto esta sendo equilibrado pela ação de Krishna e Mihael do 15 º raio
Rosa Choque, que é uma divisão direta do 3º raios rosado.

4º RAIO – CRISTAL

Virtudes - Ascensão, pureza, ressurreição.


Desenvolve - Artes, música, pintura.
Pertence - Artistas em geral (os mais espiritualizados).
Arcanjo - Gabriel e Esperança.
Elohin - Claridade e Ashtréia.
Mestres - Serapys Bey e Lis.

Características nos seres não evoluídos: Vícios, boêmia, pessoas sem amor espiritual pela vida,
colocam nos outros a culpa daquilo que elas não querem enxergar e não aceitam seus defeitos. O Raio
Marfim Radiante de Gautama ajuda estas pessoas junto com o Cristal a restaurar o equilíbrio interno e a
resolver a polaridade psíquica que essas pessoas não controlam. O Raio marfim é na realidade uma
subdivisão do raio Cristal e Branco.

5º RAIO – VERDE

Virtudes - Verdade, cura, consagração, concentração.


Desenvolve - Ciências em geral ou específicas, principalmente a medicina.
Pertence - Médicos, inventores e músicos.
Arcanjo - Mãe Maria e Raphael.
Elohin - Vista e Cyclope.
Mestres - Hilarion e Matilde.

97
Características nos seres não evoluídos: Ateus, de um modo geral. Isso se manifesta devido a
origem do amarelo, que lhes concede elevado poder analítico de questionamento e ao azul de criação.
Este importante raio esta subdividido de forma a atuar de maneira mais dinâmica neste atual processo de
reintegração crística para a humanidade presente nas múltiplas realidades da Terra e do Sistema Solar
como um todo.

6º RAIO – OURO-RUBI

Virtudes - Paz, fé interior, graça, providência, adoração.


Desenvolve - Culto devocional, serenidade e paciência.
Pertence - Sacerdotes, senadores.
Arcanjo - Uriel e Graça.
Elohin - Paz e Pacífica.
Mestres - Nada e Tudo.

Características nos seres não evoluídos: Fanáticos, religiosos, pessoas esnobes, esta energia
psíquica da humanidade esta sendo explorada por grupos involutivos e por grandes mestres de luz, para
direcionar as pessoas incultas e emocionalmente inocentes no atual processo de depuração energética do
planeta. Uma grande batalha que Uriel e Graça transmutam diariamente unidos ao potencial de Paz e
pacifica no despertar da humanidade de forma ativa dentro dos corpos sutis das humanidades presentes
na Terra.

7º RAIO – VIOLETA

Virtudes - Transmutação, misericórdia, libertação, perdão.


Desenvolve - Cultura, refinamento, diplomacia, prudência.
Pertence - Místicos, diplomatas, damas e cavalheiros.
Arcanjo - Ezequiel e Santa Ametista.
Elohin - Arcturos e Rítmica.
Mestres - Saint Germain e Pórtia (Neida - Deusa da Oportunidade).

Características nos seres não evoluídos: Vaidade, usura. Raio de maior atuação no planeta, para
transmutar e requalificar todas as energias de cura e de reintegração com o Cristo, desde o plano
molecular até psíquico, emocional e mental das humanidades presentes na Terra.

8º RAIO – BRANCO

Virtudes - Supremacia espiritual, iluminação e despertar cósmico.


Desenvolve - Ascensão, conhecimento, disciplina, mestria cósmica, proteção.
Pertence - Líderes (interligam-se diretamente ao 4º Raio).
Distribuidor - Paulo Veneziano.
Deva - Dorniel.
Diretores - Ossok e Liberdade.

Este Raio esta direcionado de forma a complementar todos os 22 Raios atualmente direcionados
para a Terra, pois ele contem o potencial de todo o espectro de cores de Alfa & Omega, por essa razão é
um ponto de encontro de todas as energias sutis de resgate planetário das orbes de luz atuantes na Terra,
seja através dos Avatares, emissários encarnados e das hostes maiores de luz extraterrenas e
multidimensionais.

9º RAIO – ROSA-VIOLETA

Virtudes - Beleza, pureza, diplomacia.


Desenvolve - Transmutação física.

98
Pertence - Naturalistas, economistas.
Distribuidor - Zecer.
Diretores - Jerevox e Ananda.

Este Raio esta relacionado com a nova codificação do GNA e toda a transmutação celular que se
processa com o aumento das radiações solares, que deverão se intensificar a cada dia mais. Este Raio
ajuda no processo de cristalização dos aspectos divinos de imortalidade sobre a codificação original que
deve ser inserida em milhões de humanos na virada de milênio.

10º RAIO – DOURADO

Desenvolve - Amor universal, transmutação cósmica.


Pertence - Hoste angélica e Seres extraplanetários.
Distribuidor - Oromassis.
Devas - Alvorada e Ismael.
Diretores - Oros e Chama.

Também presente de forma poderosa neste momento, foi a energia que anunciou a presença direta
do complemento Mahatma para nossa humanidade, unindo-se ao aspecto Crístico e Búdico da
consciência Crística Universal, que é trina unida a energia Mahatma. Uma poderosa energia de
reintegração e despertar para todas as formas de vida deste Sistema Solar. O raio Dourado manifesta
amor e transmutação acima dos padrões comuns que podem ser concebidos pela mente humana, mas
estão inseridos dentro do poder de amar que cada ser possui, ativando a Chama Trina de cada ser. Esta
transmutação complementa diretamente a Chama Violeta e sutiliza todas as energias diretamente na
Fonte dos registros no corpos Causal e reabilitando essas energias frente a Presença Eu Sou de cada ser,
pois o dourado ativa o poder de realinhamento geométrico de cada Elemental do universo, purificando
com isso as energias cármicas, devendo ser usado em parceria com o Violeta.

11º RAIO – VIOLETA-PRATA-DOURADO

Desenvolve - A união dos Raios gêmeos.


Pertence - Os representantes da Nova Era de Ouro.
Distribuidor - Surya.
Devas - Erniel e Gemili.
Diretores - Apolo e Diana.

Restabelece a ordem crística das partículas presentes na Terra com a sua contraparte sideral que
nem sempre necessita estar encarnada. O equilíbrio que o Raio Marfim magnetiza esta relacionado com
este raio de união e de amor, pois a nova realidade terrena dentro da 5ª dimensão que em breve se
manifestará para milhões de humanos da atual realidade, exige a participação da outra parte divina. O Eu
Sou esta diretamente ligado a esse processo que Apolo e Diana coordenam para acelerar os processos
intrínsecos de cada discípulo da luz e de toda a humanidade de forma geral.

12º RAIO – AZUL-PRATEADO

Desenvolve - Amor universal.


Pertence - Templos diversos.
Distribuidor - Voltica Parcos.
Devas - Salatiel e Pureza.
Diretores - João e Maria.

Energia de partida para a ação do 17º prateado, pois somente com o poder do raio azul prateado é
possível reestruturar as malhas magnéticas do planeta e da humanidade, permitindo assim que o GNA
seja inserido pela via espiritual para as camadas mais densas de cada ser humano. Assim este raio esta

99
ligado ao processo de despertar de uma nova realidade genética e criadora na qual a 5ª dimensão é a
perspectiva de ação desta nova raça que esta sendo plasmada pelas orbes maiores.

13º RAIO – CORAL-SALMÃO

Diretores - Hélios e Vesta.


Desenvolve - O Resgate dos Cetáceos e almas de Sírius na Terra, ajudando no plano emocional
a ser restabelecido nas interações com Alfa & Omega e os outros membros da Galáxia. Muitas formas
de vida presentes na egrégora da Terra são de Sírius e devem se reintegrar com a Mônada maior desse
sistema estelar, que é importante no contexto sideral, assim como os outros.

14 º RAIO – VERDE HORTELÃ

Diretores - Vida e Quântica.


Desenvolve - Reconstituição da biosfera, cura do ½ ambiente planetário. Este raio esta
diretamente sobre a ação do 5º Raio e dos Mestres do mesmo, o que foi efetuado foi um desdobramento
para permitir uma maior dinâmica na ação das energias e grupos do espectro verde. A ação de cura é
muito mais abrangente do que pode ser interpretado pela mente humana, tudo que visa a harmonização
do universo é um meio de cura.

15 º RAIO – ROSA CHOQUE

Diretores - Krishna e Mihael.


Desenvolve - Sublimação da energia sexual, transmutação das energias inferiores, trata-se de
uma radiação que busca reequilibrar o aspecto sagrado do ato sexual e da sua real importância na
dispersão energética nos corpos superiores e sutis que cada casal ativa mediante a energia sexual. O
amor é a grande chave deste raio, pois somente através do verdadeiro amor é possível a sublimação
verdadeira dos instintos sexuais em amor iluminado. Estes Mestres e Deuses Criadores da estrutura
arcangélica inseridos dentro da consciência global de Micah, são manifestadores deste resgate devido a
sua ação na Terra com as 3 primeiras raças Raízes. A energia de ambos tem sido desvirtuada pela
ignorância, eles voltaram para resgatar junto a seus antigos afilhados a verdadeira energia a ser inserida
na estrutura global quanto ao potencial do sexo e das energias divinas que geram vida, o poder de gerar
vida esta diretamente inserido nesse contexto junto a essas divindades maiores de puro amor Crístico e
Búdico que elas representam nas escalas maiores.

16 º RAIO – MARFIM RADIANTE

Diretores - Sidarta Gautama.


Desenvolve - Equilíbrio da polaridade, e o caminho do ½ para a iluminação pessoal, como ele
apresentou para a humanidade, este raio ativa o despertar Crístico, pois a energia Búdica é um passo
para a sabedoria rumo a consciência Crística da presença Eu Sou e do Cristo Cósmico que fica logo
acima do Eu Superior ou Eu SOU. Este raio é um dos que maior dispersão sofre neste momento do salto
quântico, pois a humanidade conturbada e perdida dentro da polaridade tão ativa, deve se render ao amor
interno e buscar as respostas dentro de sua egrégora na Chama Trina, que irradia este raio mediante a
sublimação com o dourado e o branco que o Eu Sou irradia constantemente para os corpos inferiores até
o plano físico. O Senhor Gautama que acumula diversos cargos espirituais possui uma grande equipe de
seres Búdicos que sustentam a ascensão da Terra junto com as energias de Sananda e de toda a equipe
espiritual da Fraternidade branca e das outras fraternidades de Luz aqui presentes. Krishna e Mihael
estão diretamente atraídos e atuantes com este raio, pois para sublimar a energia sexual em amor
universal deve-se empregar o potencial da energia Búdica do Marfim radiante para que seus discípulos e
a humanidade aprendam a se desprender das forças involutivas que utilizam o sexo como fonte de renda
e fonte de massificação intelectual da humanidade de forma geral. Existe um trabalho em equipe, por
parte dos 22 Raios e dos 44 Mestres e diretores para a elevação da consciência planetária como um todo.

100
17 º RAIO – PRATEADO

Diretor - Anjo HE.


Desenvolve - Suporte da vida na matéria, ligação com o cordão prateado planetário, este raio
tem por objetivo restaurar a conexão divina do cordão prateado planetário e de todas as formas de vida
nele existentes, pois é através do mesmo que o aspecto físico recebe a implantação do GNA, que esta
sendo oferecido a humanidade neste momento de transição. Este anjo da cabala faz a ancoragem de uma
equipe de limpeza no plano astral denso para que as energias obsessoras não interfiram mais no
desenvolvimento da consciência crística que esta sendo sustentada e ampliada pela orbe maior. Sua
função e colaborar com a hierarquia do 5º Raio diretamente com Mãe Maria Rafael, Ciclope, Vista,
Hilarion e Matilde na dispersão das forças iluminadas de coesão da luz de cada ser mediante o aumento
do fluxo do cordão prateado de forma a potencializar as mudanças genéticas, que se revertem no aspecto
mental, emocional e psíquico da humanidade, no caminho da reintegração com o cristo interno e com o
salto quântico que esta sendo processado por cada um de nós nos níveis internos.

18 º RAIO – VERMELHO VENEZIANO

Diretores - Orbamal e Andebaran.


Desenvolve - Alinhamento e transmutação da Kundaline, renovação do magnetismo,
esta relacionado com a renovação da estrutura emocional e despertar de consciência,
ancorando as novas matrizes do GNA. Que também são enviadas pela Kundaline planetária,
pois essa energia é um aspecto Crístico da Mãe Terra, que é a outra polaridade que garante a
dualidade cósmica em nossa realidade física e sutil neste planeta. Este vermelho é um
realinhamento dos verdadeiros valores com a consciência planetária visando um bem estar
com a mãe que nos sustenta e uma interação direta com tudo o que ela gera em nossas vidas.
A renovação dos valores da Kundaline é um aspecto importante no burilamento da nossa
consciência rumo a reintegração com nossos irmãos estelares, pois pára a Federação e as
consciência que buscam o cristo, deve-se integrar o aspecto da Kundaline como algo divino e
belo, pois é a sustentação da Mãe Criadora que garante a estabilidade nesta realidade e nas
que se seguem antes de voltarmos ao núcleo espacial junto com o EU Sou de cada um e
integrar assim as esferas maiores das hierarquias celestes do espírito.

19 º RAIO – LARANJA VULCÂNICO

Diretores - Lamudiel e Magnetron.


Desenvolve - Cura magnética sísmica, alinhamento das placas Tectônicas e telúricas da Terra,
um processo de reestabilização das forças internas da Terra, frente as ações nucleares da humanidade,
uma energia de cura planetária e de recondicionamento da consciência planetária, que por sua vez se
acopla diretamente a transmutação da Kundaline, unindo forças com Orbamal e Andebaran que são
arquétipos do mundo dos Elohins secundários que vivenciaram processos semelhantes em milhares de
mundos desta Via Láctea, juntos com seus companheiros Lamudiel e Magnetron que foi companheiro de
Sandalfon em inúmeras tarefas de restauração atômica da malha temporal da Terra e de outros mundos,
unem suas forças para restabelecer a ordem planetária para um novo ciclo, após o salto quântico, onde
novas energias e forças gravitacionais se farão presentes, resgatando no agora eterno presente o
potencial Crístico da Terra para que possa efetuar um salto harmônico sem maiores mudanças
catastróficas como muitos tem vibrado. Este aspecto é importante para garantir as mudanças dentro da
lei do amor universal e não pela irradiação dos aspectos emocionais da humanidade, uma purificação
planetária e uma depuração de todos os Elementais do planeta estão inseridos nestes raios
complementares aos antigos 12 raios.

101
20 º RAIO – LÁPIS LÁZULI

Diretores - El Morya e Mirian.


Desenvolve - Conexão com a Fonte na Mônada pessoal, regresso ao cosmos através da nova
codificação criativa que esta sendo irradiada por toda a fraternidade Sideral para este mundo, pois cada
um é filho do criador, e todos tem o direito de reintegrarem ao mesmo. Os Mestres Morya e Míriam
continuam atuando no 1º raio azul que se desmembrou para permitir uma maior atuação dinâmica sobre
todos os aspectos a serem irradiados neste ciclo terreno. Lord Sírius que esta atuando como Chohan do
1º raio é uma contra parte direta de El Morya e Mirian, portanto para muitas pessoas nada mudou, pois a
mudança só existe nos planos maiores onde se direciona uma nova proposta das radiações para o
despertar da humanidade. Esta conexão é feita através da radiação crística de cada Eu Sou via cordão
prateado e dourado de cada ser e via sublimação das energias densas que cada ser humano gera no dia a
dia, por essa razão é uma energia para meditação e introspecção profunda, onde poderá desvelar os véus
de Maya que cada um possui em sua vida diária. Quando a energia da Mônada de cada um se aprofunda
dentro da intuição, existe uma conexão direta com estes mestres e revelações de importância são
manifestadas no plano psíquico e emocional que passam a permear a realidade mental de cada ser, isso é
ativado através das meditações contemplativas e das meditações ativas de interiorização que devem ser
efetuadas para o despertar pessoal. Morya e Míriam continuam atendendo dentro do espectro azul,
portanto ativem seu potencial de visualização nesta nova cor e terão novas revelações sobre seu
maravilhoso trabalho junto a humanidade terrena e estelar, que vem buscar seus parentes encarnados,
para leva-los de volta a seus mundos originários.

21 º RAIO – VERDE ÁGUA MARINHO

Diretores - Ocean e Maria.


Desenvolve - Cura emocional, psíquica, cura das águas, despoluição telúrica magnética da
barreira de frequência planetária. Este novo raio que sempre existiu e foi desmembrado para dinamizar
melhor as tarefas do 5 º raio verde, tem a frente a Mãe Maria e Ocean que é um outro aspecto divino do
amado Arcanjo Rafael na transmutação direta das energias desarmônicas do elemento emocional, junto
com a energia dos Elohins Ciclope e Vista, formando assim uma nova identidade que se funde com o
potencial dos 4 para transmutarem e resgatar todo o aspecto da Geometria sagrada em cada molécula do
planeta Terra e dos seres que nela habitam. Lembrando que o elemento água representa o aspecto
emocional do planeta e nos seres humanos também,. No atual processo cíclico da humanidade este raio
atua de forma poderosa para conter as revoltas e o desequilíbrio que as forças involutivas insistem e
gerar e expressar sobre a humanidade e no plano astral, onde as forças são mais ativas. O trabalho deste
raio esta relacionado com a Chama Violeta de transmutação de todos os planos sutis que complementam
a barreira de frequência que envolve a Terra.

22 º RAIO – ÍNDIGO BLUEE

Diretores - Shtareer e Eliha.


Desenvolve - Poder Universal em ação, energia galáctica de dispersão na mudança orbital do
Sistema Solar, preparação para o salto quântico solar. Esta relacionado com a transmutação de valores
psíquicos da humanidade e reúne parte de cada um dos aspectos dos raios anteriores, para que uma nova
consciência crística e de amadurecimento se manifeste de forma íntegra em cada ser da criação deste
Sistema Solar. É uma derivação do Azul do Arcanjo Miguel, portanto esta diretamente associa do a
energia de criação do nosso Logos Solar que é o Arcanjo Miguel nos planos multidimensionais unindo a
força de Shtareer e Eliha que já efetuaram essas funções em outras localidades de Orvotón e em outros
Superuniversos. É a manifestação da vontade do Pai-Mãe universal direcionada para o nosso quadrante,
ligando as energias dos Anciões dos Dias, dos Melchizedeks e do próprio Micah e Emannuel nos planos
multidimensionais para as nossas realidades das 7 mondas sustentadas pela Divina Presença Eu Sou que
cada ser possui por decreto divino. Este raio traz ao Sistema Solar a energia sagrada das Mônadas
originais de cada raça presentes no mesmo, é um retorno a fonte por parte de milhares de consciências
que já estão prontas para seguirem rumo a novas diretrizes maiores da divindade que cada uma é. Ser

102
Deus Criador em ação nas múltiplas realidade de forma consciente e onipresentes é a tarefa de muitas
almas que interagem com este raio sagrado e transmutaram as energias pessoais nos outros raios
anteriores e rumam a integrar os 49 raios do Sol Central de cada aspecto monádico e Crístico unido a
energia Mahatma e Búdica, fortalece a união com a divindade maior que cada ser possui frente a ação do
ajustador de pensamento.

Visite-nos: www.shtareer.com.br rodrigoromo@shtareer.com.br

Incluiremos nesta parte os outros raios que completam a ação dos 33, a pedido dos mentores
espirituais. Como perceberão, a maior parte destes novos raios esta voltado a Cura, empregada dentro
do que desenvolvemos como Cura Quântica, maiores detalhes visite nosso endereço eletrônico ou o
livro de Cura Quântica.

23º RAIO – PRATA CRISTAL

Arcanjo Diretor: Carbotron.


Distribuidor direto para a Terra: Mestre Ascensionado Dascalos.
Desenvolve: Trabalho de Cura a nível celular e molecular, indicado para
atuar nos ossos, tendões e restauração do arquétipo do cálcio, carbono, fosfatos e aminas. Símbolo
aplicado na Cura Quântica: OM Lemyt.

24º RAIO – OURO LÍQUIDO

Arcanjo Diretor: Metraton e Metatron, ambos em polaridade de amor.


Distribuidor: Metatron junto com Sandalfon.
Símbolo de Cura Quântica: Vantil.
Desenvolve: Aprimoramento da sabedoria para os novos códigos de
conhecimento e ensinamentos que estão sendo inseridos no planeta pela hierarquia da luz, removendo o
medo e a falsidade. Também empregado na reconstituição molecular a partir do novo DNA sagrado
proveniente do Eu Superior de cada ser humano e de outras formas de vida.

25º RAIO – ROSA RUBI PEROLADO

Arcanjo Distribuidor: Salatiel e Agnitron.


Símbolo de Cura Quântica: Salatiel.
Desenvolve: Clareza e amor em oitavas superiores, compaixão e
misericórdia, para ser integralizado dentro da consciência mais densa dos corpos inferiores, efetuando o
resgate consciencial dos filhos da criação. Atuando nível atômico do sangue e campos magnéticos de
todos os seres vivos, a nível vegetal, mineral e biológico. Ajuda na restauração de forma similar ao Prata
Cristal de Dascalos.

26º RAIO – OURO BRANCO

Arcanjo Distribuidor: Eliha e Alcon direto da nave Estrela da Vida.


Símbolo de Cura Quântica: Om Thaloom.
Desenvolve: Energia que ajuda na remoção de implantes a nível celular
de altíssima tecnologia dos Alfa Dracos e do Dragão Negro. Ele purifica as células a tal ponto que
desintegra qualquer presença nefasta dentro delas. Ligado as tarefas da Confederação de sustentação do
plano divino de luz e amor para todos os seres do universo.

27º RAIO – ESMERALDA DOURADO

Arcanjo Distribuidor: Magnitron (Magnetron) e Estactron.


Símbolo da Cura Quântica: Selt, ligado ao amado Mestre Hilarion.

103
Desenvolve: Ajuda e combate as doenças provocadas por radiação em
todas as frequências do espectro de energia cósmica e visível, empregado para tratamentos de câncer e
males degenerativos provocados pela radiação em geral.

28º RAIO – AZUL NEON LÍQUIDO

Arcanjo Distribuidor: Acaniel e Lupuliz.


Símbolo de Cura Quântica: TETA.
Desenvolve: Potencializa o poder divino de proteção a partir da fonte una
com o Eu Superior e com o Ajustador de Pensamentos, elevando assim o padrão vibracional do ser
ligado a essa fonte em uma meditação ou trabalho espiritual, em especial nossos corpos sutis em tarefas
de cura e ajuda ao próximo dentro de padrões vibracionais mais densos em operações de resgate.

29º RAIO – ARCO ÍRIS

Gênios Distribuidores: Os 8 soberanos dos 4 Elementos e os Orixás em Conjunto:


Aries e Thor, Pelege e Virgo, Hélios e Vesta, Netuno e Lunara, nossos Orixás como Xango, Yansã,
Oxossi, Yemanjá, Nanã, Oxalá, Ogum, Omulú, Oxum, e Yori. Esse aspecto do raio do Arco Íris esta
ligado as 7 grandes forças da natureza, que ajudam no resgate universal do planeta a partir dos Devas e
forças espirituais da própria essência terrestre. Ajudando a cura como um todo, tanto no aspecto dos
Elementais da Terra, como em nossa cura a nível de harmonização com a Mãe Natureza e o plano
espiritual. Ativando nosso padrão Crístico a partir da 7 cores primarias e fundamentais dos 7 Raios
dentro do nosso corpo e alma.
Símbolo de Cura Quântica: Shamlin.

30º RAIO – LILÁS CHAMA DE FOGO

Arcanjo Dist.: Ramaliel e Ratziel (Irmãos de Ezequiel e Ametista).


Símbolo de Cura Quântica: OM Tram.
Desenvolve: Ele possui as mesmas qualidades da Sagrada Chama
Violeta, no entanto este especificamente tem ajudado na transmutação de questões cármicas
provenientes de outros universos e planetas, que foi entregue a nós pelo Conselho dos Anciões para ser
utilizado em nossos trabalhos de resgate consciencial dos povos na Terra.

31º RAIO – SAFIRO

Arcanjo Distribuidor: Mihael Kumara.


Símbolo de Cura Quântica: Saltok.
Desenvolve: Ajuda na projeção mental para viagens Intergalácticas e
projeções mentais em geral, empregado nos planos sutis em atividades extra corporais pelos discípulos
de Shtareer.

32º RAIO – ROSA DOURADO CINTILANTE

Serafim Distribuidor: Krothan e Om-Krom.


Símbolo de Cura Quântica: Saleth.
Desenvolve: Ativação direta dos Portais estelares 11:11 e 12:12, este raio
ajuda no resgate planetário e consciencial, separando o Joio do Trigo, nos planos espirituais, mentais,
emocionais e psíquicos. Raio diretamente ligado a tutela dos Templo dos 22 raios e dos Mestres
Ascensionados e Confederação Intergaláctica.

104
33º RAIO – CRISTAL MAXIM

Arcanjo Distribuidor: Mestre e Criador Universal SANANDA.


Símbolo de Cura Quântica: OM SANANDA.
Desenvolve: Ascensão Cósmica Universal, ancoragem da consciência
Crística universal, despertando a Chama Trina de cada filho que se conecta com a Lei do Amor ao
Próximo. Raio de sustentação da própria Fraternidade Branca e de todas as almas ligadas ao propósito
de amor e ajuda ao próximo por amor, seguindo os passos de Jesus Cristo e de seus predecessores e
antecessores nessa linha comportamental e pratica diária em suas vidas.

Essa tabela serve como base para os trabalhos de transmutação e novas canalizações que muitos de
vocês irão presenciar em sua jornada evolutiva no campo espiritual. Com esses 22 Raios temos uma
nova realidade energética que trabalhar dentro de nós e para o planeta, unindo assim a nossa consciência
com os Mestres da Confederação, amplificando a nossa malha de limpeza e ajuda ao próximo,
colocando-nos no caminho do amor ao próximo, buscando dentro de nós o que temos de melhor,
permitindo que a nossa essência se manifeste livremente e que a nossa intuição seja fortalecida, cada um
desses Diretores e Mestres, devem ser buscados dentro de nossos corações, pois é lá que eles residem.
Nós somos a outra parte da moeda, que deve se fundir de forma mágica, a medida que permitirmos que
o medo saia das nossas vida e que a beleza dos nossos sentimentos mais puros se manifestem colocando
a senda dos iluminados dentro do nosso coração. Esse é a jornada do coração, a jornada que Cristo e
tantos outros demonstraram, mas que cada um de nós deve conquistar dentro de si, pois a caminhada é
solitária, cada um de nós deve atravessar o portal sozinho, com a ajuda de muitos, mas sozinhos para
que possamos integralizar a nossa potencialidade de criadores e de filhos da luz.
Vejamos alguns Mantras para trabalharmos a nossa mudança interna, criando assim formas
pensamento para a transmutação celular e consciencial.

Mantra de Cura22

“Eu Sou a perfeita restauração genética do meu ser, pois sou a manifestação direta de Deus todo
poderoso, Invoco a precipitação do raio Rosa Violeta (Magenta) da restauração celular para que se
una ao raio verde (Visualizar as cores) na transmutação e restauração das minhas células. (repetir 3
vezes). Eu Sou a perfeição divina neste instante mesmo, nada que não seja da minha matriz divina,
poderá se manifestar em minhas células. Eu Sou um representante divino do 5º Raio e decreto neste
instante mesmo com a velocidade da luz cósmica que a perfeição genética do novo código regenerado
se instale em minha estrutura física e nas sutis, decreto neste instante mesmo que sou luz em ação e
nada me faltará, nada me contaminará, pois sou a divindade em ação, onde não existe lugar para
imperfeições. Assim Seja com a velocidade da luz cósmica.

Ayam Ayam Ayam”

“Cura cósmica penetra em cada uma das minhas células neste instante mesmo (3 vezes)
Transmuta toda a imperfeição e luz, e somente amor (3 Vezes) Erradica toda discórdia e mal gerado
pela minha ignorância, permita que o meu despertar me oriente para a perfeição da criação divina, que
todas as minhas criações sejam transmutadas em luz e amor. Eu Sou a cura e o perdão em ação neste
instante mesmo. (3 vezes)”

“Amados Mestres de luz, Hilarion, Matilde, Maria, Rafael, Ciclope e Vista, penetra em cada uma
das minhas células e reconfigura todas as discórdias causadas pela minha ignorância em pura luz, e
conduzi meus passos para a pira verdade que vocês são, que eu possa ser uma manifestação de vosso
amor e sabedoria entre os irmãos da Terra. Que a cada palavra que eu proferir sejam as vossas sabias
22
Extraído do Livro do Mestre Hilarion, que aborda inúmeras formas de trabalhar a cura e os processos
psíquicos que ativam o nosso sistema imunológico, livro que serviu de base para o de Cura Quântica e suas
metodologias.

105
palavras e não o meu ego conturbado se manifestando entre o fisicalidade e nos outros planos paralelos
do meu ser. Permitam que eu penetre nos seus templos e aprenda a ser um canal direto do 5º raio divino
agora e sempre, pois eu sou Uno com vocês e vocês são Unos comigo, em nome da minha divina
presença Eu Sou eu decreto que este apelo seja atendido neste instante mesmo.”

Esse é um modelo de apelo que pode ser utilizado para o restabelecimento da nossa consciência e
cura, o mesmo pode ser estendido para o planeta. No outro livro que a Madras publicou intitulado
Comandos Estelares, existem inúmeros Mantras e decretos que podem ajudar nesse sentido a partir da
página 91.

APELO AO ELEMENTO FOGO (CORREÇÃO DO MAU USO)

EU SOU (3 vezes) A LEI DO PERDÃO DOS MESTRES ASCENSIONADOS E DA CHAMA


TRANSFORMADORA DE TODO MAU USO QUE EU E TODA A HUMANIDADE PRATICAMOS
COM O ELEMENTO FOGO, ATRAVÉS DOS TEMPOS. EU SOU (3 vezes) A LEI DO PERDÃO DA
CHAMA TRANSFORMADORA DOS MESTRES ASCENSIONADOS A RESPEITO DE TODO MAU
USO QUE FIZ DA VIDA, ATRAVÉS DAS IDADES E QUE TUDO SEJA INVERTIDO PELA
SUBSTÂNCIA EMITIDA PELO ELOHIN DA PUREZA.

APELO ÀS SILFIDES CONTRA O MAU USO DO AR

BEM AMADA PRESENÇA DIVINA “EU SOU” EM MIM E EM TODA A HUMANIDADE, BEM
AMADO MESTRE ASCENSIONADO SAINT GERMAIN, FLAMEJAI, FLAMEJAI, FLAMEJAI, VOSSA
TRANSMUTADORA CHAMA VIOLETA E LIBERTAI CADA SÍLFIDE DAS TENDÊNCIAS E DESEJOS
DE SEGUIR OS MODELOS DESTRUTIVOS ARQUITETADOS PELA HUMANIDADE.
“EU SOU” (3 vezes) A LEI DO PERDÃO E DA CHAMA TRANSFORMADORA DE CADA
MEMBRO DESTA EVOLUÇÃO QUE TEM, CONSCIENTE OU INCONSCIENTEMENTE, USADO O
ELEMENTO AR OU AS SÍLFIDES, PARA PROPÓSITOS EGOÍSTAS OU DESTRUTIVOS.
“EU SOU” (3 vezes) A LEI DO PERDÃO E DA CHAMA TRANSFORMADORA DOS MESTRES
ASCENSIONADOS PARA TODO O MAU USO QUE FIZ DO ELEMENTO AR OU MAU FEITO POR
QUALQUER MEMBRO DA HUMANIDADE, ENCARNADO OU DESENCARNADO.

APELO SOBRE O MAU USO DA ÁGUA

BEM AMADA PRESENÇA DIVINA “EU SOU” E BEM AMADA ASTRÉA, ENCERRAI DENTRO
DE VOSSO CIRCULO E ESPADA DA CHAMA AZUL TODO REGISTRO ETÉRICO DE DESGOSTO
CAUSADO PELO MAU EMPREGO DO ELEMENTO ÁGUA, POR MIM E TODA HUMANIDADE
DESDE A CRIAÇÃO DA DISCÓRDIA HUMANA SOBRE NOSSO PLANETA.
CHAMEJAI O FOGO VIOLETA DO AMOR PELA LIBERDADE ATRAVÉS DE MIM E DA
HUMANIDADE E TRANSMUTAI, TRANSMUTAI, TRANSMUTAI TUDO EM PERFEIÇÃO E QUE A
VITÓRIA DO PLANO DIVINO SE CUMPRA.
NÓS VOS AGRADECEMOS.

APELO DECRETANDO PELA AMADA VIRGO

“EU SOU”, “EU SOU”, “EU SOU”, A LEI DO PERDÃO E A CHAMA TRANSFORMADORA
DOS MESTRES ASCENSIONADOS PARA TODO MAU USO DA DÁDIVAS DA TERRA, PARA TODAS
AS TORTURAS INFLIGIDAS, CONSCIENTE OU INCONSCIENTEMENTE, AOS GNOMOS E
ESPÍRITOS DA NATUREZA POR MIM MESMA, POR CADA PESSOA E POR TODA A
HUMANIDADE.
BEM AMADA PRESENÇA DIVINA “EU SOU” EM MIM E EM TODA A HUMANIDADE E BEM
AMADA ASTRÉA, ENCERRAI TODO CAOS, DESASTRES E TORMENTAS CAUSADOS PELAS
REBELIÕES, RESSENTIMENTOS E ÓDIOS DOS SERES DA TERRA PARA COM A HUMANIDADE,
EM VOSSO CÍRCULO CÓSMICO E ESPADA DA CHAMA AZUL E TRANSMUTAI, TRANSMUTAI,

106
TRANSMUTAI TUDO ISTO EM AMOROSA E CONFIANTE COOPERAÇÃO ENTRE OS GNOMOS E
A HUMANIDADE.
AFASTAI DE TODA A HUMANIDADE A CUPIDEZ E CAPACIDADE DE USAR A TERRA, AS
RIQUEZAS DAS MINAS E DE SEUS DEPÓSITOS MONTANHOSOS E DE TODAS AS SUAS
DÁDIVAS PARA PROPÓSITOS DESTRUIDORES, DISSOLVEI E TRANSMUTAI TUDO EM
BENEFÍCIO DO PRÓXIMO.
LIBERTAI, LIBERTAI, LIBERTAI TODO ESPÍRITO DA NATUREZA, OS GNOMOS, AS
SÍLFIDES, AS ONDINAS E SALAMANDRAS DAS INFLUÊNCIAS DESTRUIDORAS DA
HUMANIDADE E OS ESPÍRITOS DA TERRA DA LEMBRANÇA DE TAL ASSOCIAÇÃO COM
ATIVIDADES DESTRUIDORAS23.

Esse tipo de decreto ativa mediante uma forma pensamento a conexão com essas entidades sutis,
que por sua vez estão correlacionadas com a Grande Fraternidade Branca e esta por sua vez com a
Confederação, criando-se assim uma importante ponte de trabalho que cada um de nós pode sustentar
facilmente em sua casa, bastando querer. A nossa vontade divina é importante pata as mudanças que
devem se estabelecer dentro da Terra e de nós mesmos.
Como os Mestres tem avisado e decretado, as mudanças são irreversíveis, apenas o seu grau de
interferência em nossa vida, dependerá de como burilamos o nosso medo, nossos defeitos e a nossa
percepção, quando focalizarmos amor e coisas boas em nossas vidas, é isso que acabamos atraindo, mas
quando canalizamos nossa atenção para os desastres e noticias negativas que diariamente são colocadas
na TV e outros meios de propagação, sintonizamos nossa egrégora nesse tipo de frequência e passamos
a ser um canal dessa energia, o que atrai para nossas vidas esse tipo de energia e de problemas.
Desvincular-se das energias negativas não é fácil, ainda mais devido aos problemas diários
financeiros e emocionais que todos nós na Terra estamos sofrendo, mas com alguns minutos diários de
meditação e transmutação com a sagrada Chama Violeta e os outros Raios, podemos gradualmente
remover muitas perturbações e energias negativas da nossa jornada, lembrando a todos, que as forças
trevosas, fazem de tudo para desvirtuar a nossa energia e dificultar a nossa comunicação com as esferas
iluminadas, chegando muitas vezes e dificultar a nossa meditação ou reuniões com a finalidade de
irradiar luz para o planeta.
Recentemente com alguns amigos dentro do grupo Harmonia de meditação que organizo
regularmente e outros colegas que fazem trabalhos similares, verificamos uma infiltração de energias
negativas, isso para impedir que se façam essas reuniões e que as meditações e apelos sejam paralisados.
Os ataques por parte de seres espirituais e espaciais negativos tem sido cada vez maior e mais agressivo,
o que coloca todos os buscadores da luz em uma guerra psíquica muito complexa. O número de chips,
implantes e intrantes sendo plasmados na Terra é muito superior ao que se imagina, isso porque as
forças rebeldes estão confusas e desesperadas com as novas energias que eles captam melhor que a
humanidade ainda cega.
Muitas das atuações da Confederação ajudou na dissolução das guerras que aterrorizaram o
Sistema de Orion e muitos Sistemas dentro de Satânia, em especial a região central próximo as 3 Marias,
onde se focalizou uma grave disputa de poder, na qual Rigel manifestou um importante papel com as
raças draconianas rebeldes. Estudando bem os mapas que inseri neste livro, podemos verificar a
envergadura do trabalho da Confederação via Espiritualidade e Federação, para gradualmente reverter o
quadro nefasto das guerras e revoltas, isso por que a estabilidade psíquica de Satânia estava ameaçada,
devido a emanação de milhões de formas pensamento e sentimento extremamente negativas, o que
configurou uma energia aos Elementais siderais muito pesada, que por sua vez colocou em colapso a
estrutura gravitacional e magnética das linhas da Galáxia, conhecidas como LEIS de campo magnético.
Isso provocava distúrbio na constante estrutural da galáxia, o que poderia colocar em risco muitos
sistemas e a própria natureza da galáxia, o que fez com que um grande campo ou barreira de proteção
fosse estruturado sobre Satânia, como já abordamos, esse campo esta sendo gradualmente dissolvido a
medida que os mundos se libertam de suas amarras e cada sociedade estelar passa para uma proposta
23
Estes Mantras foram extraídos “O Controle dos Elementos pelo grande ser Supervisor”; Grupo
Brasileiro da “Ponte para a Liberdade”, Coordenadora: Silvina Rohde Diederichs, fone 316822. Porto
Alegre RS. Como já citei, este grupo foi um dos precursores no Brasil, na divulgação dos ensinamentos dos
Mestres Ascensionados. Tendo variada literatura sobre os mesmos.
107
mais humanitária e amorosa, passando assim a irradiar energias mentais e emocionais mais austeras e
harmônicas, revertendo o passado, o mesmo que esta sendo pedido a nossa humanidade, tem sido pedido
aos outros grupos estelares, evidentemente que muitos ainda se negam a esse tipo de postura, pois
acreditam na guerra e no poder da ilusão material que eles criaram, desvirtuando a energia de BAAL
como vimos, mas que estão em rota de colisão com as energias renovadoras.
Da mesma forma como ocorreu com as empresas em nossa globalização industrial e mercantil, as
empresas que não quiseram se atualizar, as novas exigências e normas como a ISO 9000 e seus
derivadas, acabaram por quebrar e perderam terreno para suas concorrentes mais dinâmicas e melhor
preparadas, o mesmo esta ocorrendo com as civilizações que não querem se adaptar aos novos tempos e
propostas crísticas da galáxia.
Cada grupo teve o seu tempo e a sua chance de evoluir e despertar para novas perspectivas de luz e
realidades, mas muitos infelizmente ainda insistem em trabalhar na desordem, nesse aspecto a estrutura
de ANAGORA esta desequilibrada, pois mesmo sendo uma contraparte na dualidade do nosso universo
dual, existe um desequilíbrio que esta a mostra nos efeitos do processo degenerativo terrestre e estelar,
onde a constante gravitacional da grande nuvem de Orion, esta afetando de forma grave muitos mundos,
pois essa nova mini galáxia que esta em formação em seu interior esta lutando contra as formas
pensamento e sentimento que foram canalizadas contra ela no decorrer das atrocidades estelares da
grande guerra, que utilizou essa nuvem como campo de batalha e lixeira cósmica de armamentos e testes
com armas gravitacionais, anti-matéria e nucleares. Os efeitos estão se fazendo notar de forma intensa, e
os mundos mais próximos estão sendo forçados a desapropriação e mudança urgente para novas
colônias, o que colocou a Terra em rota de invasão por algumas delegações desse quadrante.
Um novo conflito foi sustentado pelas naves da Federação comandadas pela egrégora de Ashtar
Sheran, já no final de 1997, quando uma frota invasora foi repelida pelos Merkabas e consciência
crística, além de pequenos conflito regionais na periferia do nosso Sistema Solar e na periferia de Sírius
Alfa. Outro ponto que esse grupos estão tentando ocupar pela força, são os mundos periféricos da
constelação das Plêiades e os mundos desabitados de Aldebaran, que tem procurado não se envolver
diretamente com os acontecimentos, mas acabaram por comprar uma disputa política e diplomática
ferrenha com delegações Draco e Zetas em setores de Orion e Touro.
A Confederação esta procurando controlar gradualmente a medida que as negociações com Lúcifer
e sua equipe estão sendo inseridas em ANAGORA, para assim permitir uma estratégica mais harmônica,
onde ambas as partes atinjam seu objetivo evolutivo, pois existe essa preocupação também pelos seres
que habitam esse lado da proposta. Evoluir é uma chave importante para ambas as realidades mas cada
qual busca a sua maneira, onde se chegou a um consenso de que destruir não é a melhor forma de
evoluir, mas é necessário que a grande massa que foi manipulada e massacrada por falsos valores
desperte e reverta seu quadro consciencial, esse é um dos pontos mais graves das negociações, como
fazer com que bilhões de almas aprisionadas ao processo de vampirização de Anhotak possa despertar
sem se revoltarem e criarem com isso uma nova guerra espiritual dentro das infra-dimensões, o que
refletiria diretamente sobre a nossa realidade espacial.
Mesmo se colocando uma nova barreira e uma desacoplagem do Umbral em relação a Terra e a
nossa realidade, outras realidades do universo estariam a mercê desse tipo de sentimento, o que coloca
Herculovos como um ponto de absorção, mas que deverá descarregar essa energia em algum novo ponto
da galáxia para que se siga o processo evolutivo e a transmutação dessas energias criadas pelas almas e
criadores em sua jornada pelo poder e pela experiência dentro dos hologramas encarnacionais. Assim
remover essas realidades que em princípio é fácil, querer toda uma estruturação especial das forças
cósmicas e dos novos universos ou dimensões que irão absorver esse tipo de energia, o deslocamento de
ANAGORA para esse nova realidade esta prevista, mas isso significa que 49 realidades e planos do
umbral devem ser recolocados e com isso muitas constantes gravitacionais e dimensionais estelares, o
que sempre colocará uma parcela da nossa dualidade em contato com essa realidade, até que saiamos
definitivamente da faixa dimensional que compreende entre 2ª e 7ª densidade. O que nos colocaria
acima disso dentro do Eu Superior e posteriormente na energia da Confederação.
A Confederação ajudou na reversão do quadro graças ao projeto Avatárico e a grande frota de
Merkabas, que serviu de apoio para bloquear a armada do Império de Orion quando surgiu a grande
batalha e o quadro de milhares de naves ao final de vários ciclos planetários chegava ao caos maior.

108
A Grande Batalha Sideral, Espírito X Tecnologia
Este acontecimento tem cerca de 450 mil anos em nossa contagem terrestre, mas é uma ilusão do
ponto de vista de tempo linear, pois ocorreu também em outras realidades além da conotação de tempo
nossa, colocando essa grande batalha a cerca de 2 milhões de anos e em outras cotações da Federação a
cerca de 34 milhões de anos. Não existe um parâmetro linear de tempo e espaço para se medir
precisamente dentro da percepção limitada dos humanos, pois nem sequer sabemos ao certo o que é o
espaço sideral que sustenta os nossos planetas. Esse grande ÚTERO Divino que sustenta a galáxia e seus
mundos é uma parte do corpo divino de DEUS MÃE, onde a energia do DEUS PAI é a Luz, como
filamentos e espermatozóides que criam a vida em todas as direções.
O local de maior concentração desse episódio dividido em 3 etapas diferentes mas
complementares, teve seu ápice entre Hatysa, Rigel, Alnilan, Mintaka, Saiph, posteriormente nas
imediações de Sírius e nas proximidades de Canopus, também nas Plêiades houveram conflitos muito
sérios, que envolveram as delegações de Aldebaran de Touro.
O número de naves concentradas nos campos de interesse político de Anhotak e seus súditos,
chegou a um dado momento a reunir cerca de 57 milhões de naves, de 7 diferentes coligações políticas,
que se centralizaram sobre o comando do Império de Orion. Essa diferença contra os 3,6 milhões de
naves que inicialmente contabilizamos, ocorreu no ápice depois de milhares de anos e com a
multiplicação dos fatores multidimensionais envolvidos. O número de 1267 planetas colonizados pulos
para cerca de 13780 mundos, onde muitos deles eram apenas bases secretas, outros pontos de mineração
e ainda os de cultivo, habitação, conforme os planos de cada grupo envolvido no processo político e
cultural.
O processo de Satânia desde a chegada de Satã a nossa galáxia, conta com cerca de 13,6 bilhões de
anos, e as manipulações dentro do arquétipo draconiano teve início em valores próximos, isso
gradualmente foi sendo molificado a medida que cada ser se sintonizava com essa realidade e padrão
encarnacional de dualidade. Dentro dos ciclos que se passaram e como as realidades paralelas e
multidimensionais acabaram se coadunando na ativação de muitos Portais e no contato mais estreito
com Arconis e seus grupos, grande parte das frotas de Arconis foram trazidas para Satânia via Portal de
Rigel, o que ajudou a intimidar e colocar a Federação e muitos grupos em xeque mate. Muitas
delegações acabaram por se unir incondicionalmente as exigências de Satã como líder político, o que
enfraqueceu a Federação, esta por sua vez pediu apoio aos representantes da Confederação, que
passaram a ajudar com suas frotas e a preparar melhor as frotas com tecnologia mais sutil e maior poder
de proteção contra as armas pesadas e destrutivas dos Dracos.
Dessa forma discreta a Confederação entrou no processo de neutralização dessa grande batalha,
usando não a força mas a astúcia, colocando naves e Merkabas de elevado poder em situações chaves,
que permitiam um impasse operacional de ambas as frotas, para que não houvesse um desastre, que alias
ocorreram muitas vezes, com a destruição de centenas de naves, muitas frotas eram totalmente
robotizadas, pois assim o número de vidas era menor, a federação acabou traçando alianças com
algumas delegações dos BORGS para ajudar na estruturação de uma frota operacional robotizada capaz
de enfrentar os destroires e encouraçados estelares com mais de 50 Km de comprimento e capacidade
destrutiva de um sistema solar como o nosso.
Somente dentro da grande nuvem de Orion, foram travadas 4 batalhas com a produção de energias
destrutivas capazes de desintegrar metade da constelação de Sírius, isso equivale a um poder energético
que desestruturou completamente essa nuvem, criando efeitos devastadores em centenas de mundos em
formação.
Vejamos como exemplo o início desse conflito no que se refere a raça Humana de Lira, que foi a
primeira versão humana Adâmica a sofrer a agressão dos Alfa Dracos. Dentro da elite de comando dos
draconianos, existem acima dos Alfa Dracos duas raças também Draconianas, que são a forma primitiva
e mais antiga desses seres aparentados com répteis, no entanto essa duas raças possuem relação com
outra origem mais antiga que os répteis coligados ao padrão draconiano que as pessoas da Terra tem
noção. Trata-se dos CITRAKS e dos CIAKAR, ambos são muito semelhantes aos dragões alados das
nossas fabulas, e também podem ser comparados com as descrições do Diabo, seres alados com elevado
tamanho que vieram de Arconis, mas a sua origem é de outro universo, algo ligado ao universo natal de
Anhotak e sua linhagem de seres paradisíacos que escolheram a vampirização como formula evolutiva.
109
Com relação aos primeiros conflitos entre a espécie humana e a dos Draconia nos, os registros
falam de Lira, o que foi na verdade revelado pelo conselho dos Andromedianos e parcialmente
pertinente ao nosso trabalho aqui, embora existam detalhes que eles não abordaram para as revelações
com os Canais americanos como Alex Collier. Como já abordamos antes e como foi também inserido no
livro de Lyssa Royal e Keith Priest, intitulado Prisma de Lira, na qual é transmitido que a origem da
espécie humana em nossa galáxia ocorreu em Lira. Essa informação é correta e possui respaldo por
diversos registros dos Melchizedeks e sistemas Akashicos. Inicialmente a espécie humana de Lira
possuía uma tecnologia agrícola e muito ligada aos padrões da natureza, com uma sensibilidade
sensorial elevada no que se diz respeito ao contato com as divindades e gênios da natureza. Essa
primeira linhagem humana dentro de seus ciclos evolutivos se mantiveram ligados unicamente aos
perímetros internos de Lira e posteriormente a Vega e Altair por cerca de 40 milhões de anos,
totalizando cerca de 23 mundos entre a faixa da 3ª e 5ª dimensão, sendo que o grupo mais evoluído
chegou a 5.7 na escala dimensional. No decorrer desse processo as naves dos Alfa Dracos de Draconia
visitaram os mundos de Lira ligados diretamente a estrela alfa, que é Lira. Na ocasião desse primeiro
encontro, a civilização humana de Lira não possuía capacidade tecnológica para compreender os Dracos
e nem de acompanhá-los, contavam mais apenas com sua intuição e capacidade espiritual, que os ligava
a uma Fraternidade Perolada, equivalente a nossa Fraternidade Branca aqui na Terra. Esse grupo de
Dracos ao perceber a grande abundância dos mundos de Lira, que já na ocasião contava com 14 mundos
bem estruturados, com tecnologia similar a nossa, sistema de navegação interplanetária muito tímida e
comunicação via telepática, fazia com que essa raça humana se mantivesse pacifica e em busca de seus
valores mais espiritualizados. Não existia o aspecto competitivo que estava sendo plasmado na forma
humana de Vega, cuja manipulação partira de Satã de forma gradual nos planos mais sutis, como
abordamos no livro da Cosmogênesis.
Ocorreu assim um conflito diplomático entre os humanos e os Dracos, que chegaram a Lira com a
intenção de dominação e escravizar a raça humana. Ocorreu um grande erro de comunicação, pois os
humanos não conseguiam compreender a forma opressora dos Dracos e isso levou a um confronto, onde
os Draconianos não toleraram nenhum tipo de recusa por parte dos humanos, o que os levou a
destruírem 3 mundos dos 14 do Sol Estrala Lira, esses mundos BILA, TEKA e MERCK foram
pulverizados com armas nucleares e químicas. O confronto ocorreu por que os humanos queriam saber
mais sobre a sociedade draconiana e aprender sobre sua forma de pensar e manifestações, o que para os
Dracos não era importante, para eles a forma humana era apenas alimento e uma raça inferior. Esse
grupo de Draconianos era temida e desprezada dentro das próprias falanges da raça Draconiana, que
como já esclarecemos, possui cerca de 700 ramificações. Nem todas são seres negativos, muitos deles
extremamente bondosos e não gostam de guerras e confrontos. Mas essa linhagem dos Alfa Dracos é
sustentada pelos CITRAKS e CIAKAR que são na verdade a própria família celular e consciencial de
Satã, Toalk e Anhotak, justamente aqueles que controlam as forças trévicas além de seus outros
conhecidos familiares, muitos dos quais, importantes Deuses para muitas delegações humanas da Terra e
de outros mundos, devido a manipulação que eles inseriram na cultura humana. Com a destruição desses
3 mundos dentro de Lira, a Confederação procurou intervir e mandou uma linhagem dos Halutenses para
ajudar no resgate e bloqueio dos mundos de Lira contra as naves Dracos. A equipe de Halutenses que
participou acabou em nome da Federação estelar da época, por afastar em uma grande confronto
aramado as naves draconianas e inserir neles um grande medo pelos Halutenses. Esse conflito que
marcou o início das hostilidades entre Dracos e Humanos e posteriormente entre Dracos e Halutenses,
serviu para determinar a dualidade política dentro de Satânia no campo tecnológico. Os Halutenses
possuíam tecnologia mais avançada de outras galáxias e derrotaram os Alfa Dracos sem problemas, o
que colocou a raça humana sobre a tutela desses formidáveis irmãos, assim deu-se o início da jornada
evolutiva tecnologia da espécie humana, que necessitava correr atrás de sistemas e capacidades
cientificas para se proteger dos eventuais ataques dos Draconianos. Os mundos destruídos pelos Dracos,
que tinham condições mesmo com a desintegração de 2 deles, puderam ser gradualmente estruturados e
reconstituídos e transformados em bases operacionais de testes para a corrida tecnologia e
armamentística, que os humanos de lira começaram a sustentar em sua nova realidade.
As delegações Draconianas tentaram inúmeras vezes invadir Lira e com isso dominar a forma
humana, que gradualmente estava sendo inseminada em outros mundos estelares dentro e fora de
Satânia. Em Canopus a forma humana também estava se irradiando para estrela e dando origem as novas

110
colônias como Sírius. Os Lirianos gradualmente planejaram um êxodo para o Sistema das Plêiades, para
preservar a raça, essa primeira linhagem de Lirianos, viria a ser gradualmente denominada de
FUNDADORES, a mesma raça que ajudou a Sandalfon com a Nave Polaris e a libertação do povo
Negro de Altair 4, que fazia parte do processo colonial posterior dos Lirianos, milhões de anos depois
desse primeiro confronto.
Assim a forma humana oficialmente era denotada como inimiga dos Alfa Dracos, que tinham sido
questionados e repelidos pela humanidade, além de terem recebido a ajuda de uma raça, que
lendariamente era temida e se acreditava serem lendas mesmo para os Draconianos.
Esse episódio foi culturalmente passado para todas as linhagem clonadas e colônias de humanos, o
que acabou virando lenda folclórica e uma grande ferida psíquica na espécie humana de milhares de
sistemas, isso ajudou em muitos casos a dificuldades no entendimento e nos tratados diplomáticos que a
Federação já configurada dentro dos principais mundos culturais, pois a magoa e o medo de uma traição
estava presente no intimo de cada humano, isso inclusive dificultou inicialmente a comunicação com as
delegações draconianas pacificas e prestativas, existia muito preconceito. Somente após muitos
encontros e situações onde os Draconianos da linhagem do Dragão Violeta e Dragão Dourado ajudaram
a humanidade a se defender dos Alfa Dracos e suas naves de extermínio, foi possível chegar a um
entendimento e estabilização cultural, que enriqueceu a Federação tornando-a capaz de enfrentar
gradualmente a armada Draconiana das trevas.
No entanto essa armada das trevas recebeu no decorrer dos milhões de anos a ajuda direta da
armada de Arconis, que potencializou de forma assustadora o Império de Orion, mesmo superando as
delegações Draconianas da Federação e da luz.
A Confederação entrou de forma direta em algumas situações, onde Shtareer e Maalel fizeram com
que um movimento político e cultural fosse inserido nos principais mundos de Draconia e da
humanidade, para inserir novos valores e desmascarar via CPI’s dentro da sociedade de cada grupo, para
com isso fazer com que a cultural e a consciência de cada grupo, se preocupasse com seus próprios
problemas, e não causar mais junto a outras formas de vida, por outro lado Gueram que como
representante do Conselho Cármico Cósmico, inseriu no programa holográfico 144 mil servidores do
Conselho, para dar início a desestabilização cultural e política negativa que tinha sido introduzida por
Satã. A dualidade dentro de cada grupo das trevas começou a ser inserida para assim evitar uma guerra
de proporções cósmicas, como já estava acontecendo em muitos pontos próximo as 3 Marias.
O Lord Gabriel e Lord Miguel deram assim início a suas manifestações de forma direta e passaram
a se projetar do universo TETA para as realidades abaixo da 7ª dimensão dentro das roupagens
equivalentes para cada raça, inserindo a moralidade e a justiça. O que era também uma forma de reverter
o quadro consciencial, onde valores matemáticos e culturais tiveram que ser revelados pela cúpula
cientifica sobre as leis harmônicas do universo e a potencialidade do poder mental de cada raça (veja
quadro das faixas consciências).
Shantoman um dos maiores líderes espirituais e pacificador dentro da espécie Draconiana, deu
início a um movimento de conscientização junto com Krotan do Conselho Cármico dos Dracos nas
esferas da 6ª dimensão, essa união espiritual e política, serviu para inserir a duvida dentro das fileiras
manipuladas por Satã e Toalk, o que reduziu o número de batalhas de forma considerável, pois uma
instabilidade política estava sendo plasmada dentro desses impérios de trevas, um novo foco de luz e de
conhecimento estava sendo colocado dentro da casa de cada um desses grupos.
Isso por sua vez permitiu que a Federação respirasse um pouco e não entrasse em colapso, devido
a pressão que estava sofrendo. ShtarRog e Ashtar Sheran criaram a LIGAQUERUBIANA, que tinha
como objetivo unificar os Comandantes e representantes políticos que pudessem inserir a derrota através
da palavra e da política nas ofensivas dos Dracos e agregar tecnologia para confrontar caso necessário as
naves Draconianas, que aumentavam diariamente seu volume operacional e poderio destrutivo. Essa
Liga ajudou a trazer a presença da Confederação e dos Merkabas para o contato com as delegações da
Federação ainda mais tímidas e com menores recursos consciências no que se refere as realidades mais
sutis de outras dimensões superiores. Essa liga na verdade era tutelada pela energia dos Arcanjos e pela
frequência Crística, procurando ensinar sem ter que chegar ao confronto direto, mas essa probabilidade
foi considerada como um fator estratégico.
A Confederação colocou de forma estratégica seus Merkabas e naves Mãe, assim como Shtareer
deslocou a sua Nave multidimensional ESTRELADA VIDA numa órbita estratégica próxima a

111
Canopus e ao Portal estelar de conexão com as outras 20 galáxias, para assim bloquear a ação direta de
ANAGORA, que tinha sido detectada, como uma nave fantasma da qual a maior parte da frota de
Arconis estava abastecida e escondida. ANAGORA é uma nave porta veículos com especificações
militares e bélica muito bem desenvolvidas, já a Estrela da Vida é uma nave semeadora de Vida, que
possui outra finalidade, mas com capacidade operacional superior a ANAGORA, podendo portanto
bloquear seu potencial bélico. Outras 2 naves similares a Estrela da Vida foram deslocadas para a região
próxima a Rigel e seu Portal e a outra nas imediações de Capela e El Nath, onde os confrontos eram
regulares.
Assim a Confederação inseria no aspecto psíquico dos rebeldes uma nova realidade, onde o poder
das armas deixava de ser o fator de superioridade, pois não eram capazes de atingir ou danificar esses
Merkabas. O sistema de armamentos e os códigos secretos dos computadores podiam ser desativados
sem um confronto através da tecnologia da Confederação, o que foi feito em diversas ocasiões quando
os confrontos tinham chegado ao cumulo de se desintegrar planetas inteiros apenas para mostrar poder e
intimidar o inimigo.
Todos os seres do plano ascenso e espiritual dentro de cada faixa dimensional, procuravam inserir
radiações e conselhos, que ajudassem na erradicação dos conflitos, mas também uma parte ajudou
através de canalizações e incorporações e comunicações psíquicas semelhantes a transcomunicação24
para receber informações tecnologias, que permitissem a defesa contra a alta tecnologia que os Dracos
possuíam. Isso por outro lado fez com que uma grande corrida tecnológica se desenvolvesse, o que
afastou algumas raças do foco espiritual e da realidade interna que antes da guerra tinha sido um aspecto
importante e norteador da evolução. Muitos aspectos psíquicos foram modificados e denegridos nesse
confronto.
Muitos povos que procuravam se defender, acabaram se tornando semelhantes aos seus opressores,
a guerra tornou-se uma realidade quotidiana e lucrativa em muitas civilizações, os contrabandistas, os
mercenários e outros tipos de parias da sociedade estelar se criaram através dessa instabilidade social e
política de Satânia.
A Confederação entrou através do Projeto Avatárico na reversão desse processo. Um fato
importante é que muitos Avatares se perderam por longos anos nessa caminhada missionária, outros
construíram um império filosófico que transformou a forma psíquica dos Alfa Dracos de algumas
delegações, o que serviu de base, para reverter o arquétipo desfigurado e denegrido do Lanonadek
Lúcifer.
Como colocamos, cada densidade dimensional, é na verdade física, perante o referencial dos
espíritos da Confederação, que são bem mais sutis, por estarem em elevadas frequências de luz
manifesta, assim os diversos planos físicos da dualidade, sempre tiveram o apoio da espiritualidade, que
era contraria a essa forma competitiva que levava a destruição e morte desnecessária, que por sua vez
geravam uma forte estrutura cármica que levou ao caos muitos planetas, a exemplo da Terra, que
juntamente com outros 36 mundos sustentaram o propósito da dualidade até as ultimas consequências.
Em determinados momentos quando a situação bélica e diplomática entrou em completo colapso, a
frota da LIGA-QUERUBIANA aliada a Confederação inseriu uma radiação que inutilizava todos os
tipos de sistemas eletrônicos e psíquicos da armada do Império de Orion, mas esse tipo de ação só foi
possível quando uma parte das almas encarnadas na dualidade holográfica, chegaram ao entendimento e
a Federação se unificou para bloquear as ações nefastas de Satã e sua equipe. Foi através do livre
arbítrio das diversas raças e do seu apelo conjunto, que a Confederação interveio, como manda a
primeira diretriz. Cerca de 12 bilhões de almas já tinham sido trucidadas até então nesse processo de
guerras e confrontos políticos e religiosos dentro dos principais reinos estelares de Satânia.
12 Bilhões de almas que geraram um grande processo Cármico e por sua vez amplificaram o
tamanho e interações psíquicas do Umbral e de suas 7 infra-dimensões, o que provocou a abertura e
desestabilização de muitos Portais que foram sendo utilizados pelas forças rebeldes do outro lado do
Umbral e de seus 49 planos existenciais, o que por sua vez serviu de alimento e poderio para as legiões
rebeldes, que insistiram em conquistar e aprisionar as almas do outro lado da dualidade. Esse processo
esta inserido dentro de cada um de nos, que possui a sua contra parte oculta em alguma sub dimensão do
24
Técnica com equipamentos de TV e Radio de captação de frequências mentais e espirituais de seres
de dimensões mas elevadas e sutilizadas.

112
nosso inconsciente. O nosso umbral pessoal esta ligado a essa época quando participamos de alguma
forma nesse conflito e essas 12 bilhões de almas receberam a maior carga dos conflitos, mesmo pela
escolha pessoal delas, que as colocou nessa situação e realidade, as relações psíquicas e sociais do
processo envolveram a todos aqueles que estão dentro do contexto da dualidade nos mundos como a
Terra e em geral dentro de Satânia. A nossa Mestria tem que ser extraída da nossa dualidade, da nossa
capacidade de amar sobre qualquer coisa, de realmente saber o verdadeiro sentido e energia do amor,
independente do ego e das aparências. Essa foi uma das maiores questões a que todos os seres e almas
dentro da Satânia foram testados e submetidos conforme o Eu Superior de cada um estipulou, uma
grande parte não conseguiu se quer amar a si mesmo, assim essa prova ainda esta em pleno andamento,
não somente na Terra, mas dentro de toda nossa Constelação Sideral de Satânia.
Por falta de compreensão e de amor, grandes guerras em nossa história a exemplo das guerras
siderais levaram milhões de seres a morte e ao sofrimento, embora muitos possam dizer que se trata de
um efeito Cármico adquirido de outras encarnações, o início não foi Cármico, foi por ignorância,
fraqueza e interesse mesquinho pelo poder, o que alastrou pela nossa galáxia e outras vizinhas, a própria
dualidade interna de cada um de nos fez com que o nosso experimento pacifico, acabasse por se tornar
uma contenda de lutas pelo poder, um poder aparente, que pode durar alguns milhões de anos, mas um
valor insignificante perante a imortalidade da nossa alma e espírito, onde perdemos um tempo
maravilhoso onde poderíamos realmente construir e não destruir. Esse é um dos aspectos que a
Confederação tem procurado inserir em nossa consciência e em todos aqueles que buscam algum
parâmetro que os leve a viver melhor, o caminho da paz e do entendimento, que é uma forma de amar,
ate que cada um de nos saiba realmente o que é amar.
A chave para muitas aventuras siderais foi o amor e ainda continua sendo, pois ele é infinito e
construtivo, pois sendo harmônico ele estabiliza os átomos e sustenta a vida em todas as suas
ramificações e magnitudes. Esse é o caminho Crístico que os Mestres tem procurado passar através de
seus ensinamentos a todos nós na Terra e em outros mundos equivalentes a Terra.
Se considerarmos alguns conceitos da nossa atual mecânica quântica, verificaremos que a
indefinição da energia dos elétrons e do átomo, quando não consegue ser definida, devido a sua
capacidade de se projetar dentro de milhares de dimensões e campos vibracionais, que desconhecemos
em nossa avantajada ignorância sobre o reino multidimensional do Criador Maior, nos aprofundamos em
um campo vasto de probabilidades do nosso aspectos de vidas paralelas.
Vejamos a nossa representação holográfica sobre a probabilidade dos átomos e seus elétrons:

Esse esquema acima, procura dentro das representações da física, explicar um fenômeno
interessante, na qual os elétrons de um dado átomo, não atravessam esse campo magnético de vácuo,
mas simplesmente se desmaterializam e passam a se projetar como uma cópia perfeita do outro lado
desse campo magnético. Em outras palavras esse elétrons deixa de existir em um ponto do universo para
se projetar em outro aleatório que não pode ser determinado, mas carrega consigo toda a sua energia,
113
memória quântica para as novas realidades. Ao mesmo tempo se verifica que esse átomo continua
existindo na realidade anterior na relação temporal do que denominamos de passado. No entanto se sua
memória quântica é projetada para a nova localidade, verifica-se a multidimensionalidade do ser, pois
todos somos compostos por elétrons, assim verifica-se mais uma vez a pluralidade do ser humano e de
toda a criação, onde podemos verificar a nossa capacidade a nível de alma e de consciência de nos
projetarmos em realidade paralelas, onde uma interage com a outra, a medida que vamos evoluindo e
nosso padrão celular e vibracional é otimizado, que nossa consciência vai se transmutando e se
elevando, somos capazes de captar padrões de energia mais sutis e poderosos de nossas outras realidades
paralelas mais evoluídas e despertas, devido ao maior percentual de energia trabalhada dentro de cada
oitava molecular e atômica dentro da nossa consciência. Assi verificamos que dentro da nossa pobre
ciência já podemos estabelecer parâmetros para a evolução consciencial e compreender a necessidade
que cada um possui de elevar seu potencial através de parâmetros comportamentais e emocionais mais
harmônicos, justamente o contrario do que é produzido pelas autoridades e lideranças políticas,
industriais e mercantilistas do universo, que no caso terrestre, estão sobre a manipulação dos Iluminatis
e suas equipes extraterrestres rebeldes, aliadas as forças psíquicas e espirituais de Satã e seus irmãos.
Verificamos então que a nossa dualidade esta intimamente ligada a nossas outras realidades
paralelas, existindo no entanto um diferencial consciencial e evolutivo para cada realidade, de acordo
com a energia gerada em cada realidade consciencial que habitamos, mas que uma interage com a outra,
pois se cada elétron nosso transporta parte do que somos para seus outros campos magnéticos e
realidades, a nossa consciência se propaga para onde estamos atuando em outras manifestações. Assim o
que nós terráqueos fazemos aqui na Terra, possui influencia em outras realidades planetárias, assim
como a grande Rebelião ainda manifesta interferência em nossa atual situação planetária. Quando
falamos das 7 infra-dimensões e das 49 realidades paralelas dentro do umbral ou nas esferas mais
elevadas, que também contam com 49 realidades mais sutis, verificamos que estamos dentro de uma
rede, uma verdadeira malha energética de realidades encarnacionais e consciências onde a nossa energia
se propaga, onde a nossa dualidade é testada e burilada a medida que entramos nas frequências mais
elevadas, que exigem a energia do amor como ponto inercial para a unificação com as esferas
iluminadas e amorosas do Criador e da propagação da consciência Crística.
Assim verificamos que na verdade a nossa realidade terrena pode estar sendo manipulada também
por outra realidade nossa paralela, e essas interferências criando uma nova realidade a partir de ambas,
que não necessariamente pode ser uma nova Terra na 5ª dimensão como muitos esperam, mas sim em
uma outra realidade paralela densa e proporcional a nossa frequência, libertando assim a Terra do seu
sofrimento atual. Quantos de nós não são comandantes e seres espaciais da Federação ou de outras
estruturas siderais que estão interagindo com a nossa real situação terrena no momento, quantos de nós
que possuem elevada dualidade, não são manipuladores genéticos e culturais, que receberam a
oportunidade de encarnar na Terra para transmutar e modificar a sua forma de pensar e agir no universo
de Nebadon, mas continua repetindo seus atos e insanidades do passado, causando um reflexo negativo
na Terra e em nossa sociedade.
Exponho isto, devido a uma questão interessante que venho tratando com alguns mentores da
Confederação, com relação a participação de muitas delegações espaciais sobre o orbe terrestre, mesmo
algumas inseridas no contexto da atual Federação Sideral, na qual tem manifestado atitudes e conceitos
arbitrários e contrários ao que a Fraternidade Branca tem pregado e estabelecido como Lei e primeira
diretriz. Diversos aspectos políticos entre as facções da Federação e das linhas rebeldes, tem sido
desenvolvidas além dessa sugestão e diretrizes da Fraternidade Branca, contrariando inclusive as
determinações da Confederação na energia de Ashtar ou do Arcanjo Miguel e mesmo de Shtareer que é
um dos Comandantes em liderança da Confederação. Assim verificamos que muitos desses comandantes
ou companheiros espaciais descontentes com algumas situações na Terra e dentro de alguns seres
humanos, são na verdade almas gêmeas e o outro lado da personalidade de muitos humanos encarnados,
ou seja, são a outra realidade encarnada. Assim vejo-me obrigado a colocar a famosa frase de Hermes
Trimegisto, que foi repetida pelo nosso amado Mestre Jesus Cristo de Nazaré em sua passagem pela
Terra.

“ASSIM COMO NA TERRA É EM CIMA, E ASSIM COMO É EM CIMA É NA TERRA”

114
Isso diz tudo, as falcatruas políticas que conhecemos aqui na Terra tiveram a sua origem no espaço
devido as experiências anteriores de muitos de nós, elas continuam se repetindo como um Biorritmo,
demonstrando que os ciclos se repetem de forma interessante, onde milhares de almas não
compreenderam a importância da transformação, continuando a vibrar e repetir as mesmas coisas do
passado, buscando o poder na ilusão das realidades materiais, esquecendo-se que as realidades imateriais
do espírito são as que de fato dominam o universo e o permeiam por todas as realidades e dimensões do
Criador.
A guerra entre ambas as facções da energia, é na realidade um debate interno de muitos que estão
buscando vivenciar ao máximo a sua dualidade e com isso explorar o potencial real que cada um possui
dentro de seus hologramas, no entanto esse conflito gera energias que devem ser consideradas como
sequelas cármicas dentro do universo. As grandes batalhas estelares que mencionamos desenvolveram
efeitos enormes nas realidades paralelas de cada um de nós que participou delas, demonstrando seus
efeitos em nossas encarnações e experiências posteriores, não apenas as questões relativas a destruição e
morte, mas principalmente o efeito emocional e consciencial que foi gerado nesse processo, em cada
batalha um efeito reverso, um estigma emocional que carregamos desde eras ínfimas. Assim quando
nossos ciclos internos e seus reflexos externos voltam a se manifestar, novamente temos a oportunidade
de reverter o que pode voltar a se repetir, como no caso dos acontecimentos da Atlântida e muitas
civilizações, que se exterminaram pela falha humana, pela corrupção humana, oriunda de ciclos
anteriores, onde nossas realidades paralelas, chegaram a uma conjunção estelar onde existe a
potencialização da nossa energia, onde a nossa dualidade fica amplificada e de tempos em tempos é feita
a separação do JOIO do TRIGO. Quando isso ocorre energias sutis ajudam a potencializar a dualidade e
assim desenvolver essa separação, são ciclos, no momento estamos repetindo esse ciclo, o que significa
que novamente temos a oportunidade de agirmos em ressonância com o CRISTO ou com o ANTI-
CRISTO, conforme a nossa oscilação emocional, consciencial e vontade dentro daquilo que
consideramos nosso livre arbítrio. Todos estamos sendo testados, por nós mesmos a partir do foco do
nosso EU SUPERIOR, assim a nossa situação atual dentro do nosso desenvolvimento reflete a nossa
alma interior, como estamos conosco mesmo, nosso reflexo perante o universo e nossa realidade externa
são proporcionais ao nosso universo interno, aqueles que procuramos esconder de todos.
Se analisarmos a nossa vida, verificaremos que a dualidade sempre nos acompanhou, sempre tendo
que fazer escolhas, entre o dever, e o aconselhável ou o que nossas emoções diziam, nós somos seres
duais e passamos por diversas etapas onde isso se torna evidente, onde temos que desenvolver uma serie
de escolhas e alternativas em nossa jornada são apresentadas pela vida, onde traçamos a nosso destino,
aquilo que consideramos como imutável, é na realidade montado a partir do nosso presente, a cada ato e
pensamento gerado estamos construindo as energias de consequência dessa energia que configuram o
nosso destino e esse destino passa a ser a nossa realidade do momento presente, que serve de modelo e
base para que o destino esteja sempre em construção. O que significa que a mutabilidade é parte da
nossa tarefa e jornada dentro do poder de criar de experienciar nossas aventuras dentro do universo
holográfico que escolhemos.
Quando as duas frotas entraram em configuração de confronto em diversos lugares dentro do
perímetro de Satânia, a energia residual e os efeitos desses embates, ainda pode ser sentido nas esferas
mais sutis, onde as formas pensamento e formas sentimento geraram efeitos paralelos e suas efetivas
consequências em dezenas de planetas e bases estelares, onde a Terra e muitos outros planetas acabaram
recebendo a carga desses atos. Não se tratava apenas de destruir o oponente, mas das energias geradas
pela consciência de cada participante, pelas emoções de ódio, medo, raiva, amor, paixão e tantas outras
que foram geradas nesses conflitos, de onde ninguém saiu um vencedor, pois o emocional e o psíquico
foi afetado para todos, mesmo aqueles que ganharam a guerra acabaram percebendo o quanto tinham
sofrido e sido atingidos, um exemplo disso é os EUA com relação ao Japão e Alemanha, que
gradualmente invadiram os Estados Unidos com sua tecnologia e política. Os vencedores do palco
material do conflito acabaram percebendo o mesmo efeito, além do fato que aqueles que perderam
nunca esqueceram a derrota e trabalham até os dias atuais na tentativa de resgatar sua dignidade e
reverter algo que eles perderam no passado, novamente muitos grupos estão em uma situação de conflito
consciencial, pois não compreenderam que a FRATERNIDADE só é possível quando existe a doação
desinteressada e a verdadeira entrega, plasmando os ensinamentos dos Mestres. Gautama provou isso

115
em suas encarnações, deixando uma importante mensagem para todas essas culturas espaciais que ainda
buscam se esconder atrás de suas tecnologias e véus de Maia.
A vitória só existe quando se unifica a energia do Eu Superior e se consegue compartilhar do amor
do criador e das esferas da criação dentro da multiplicidade do universo e das nossas realidades
paralelas, nesse estagio evolutivo se libertam as consciências das limitações consciências da ilusão do
momento e passa ao eterno, aquilo que não pode ser alterado pelo ego, somente pelo amor e pela
criatividade em ressonância com a fonte suprema de todo o que existe, a chave é o amor e a ternura,
onde a fraternidade com as outras esferas mais superiores onde encontramos os Holóides, as Supra-
Mônadas e os Filhos Eternal manifestam a sua magnificência.
Vivenciar a nossa realidade dentro de uma ótica harmônica, nos permite escutar o que o universo
tem a nos dizer, isso devia ter sido feito no passado quando a grande rebelião começou a ser
configurada, não o fizemos e acabamos nos perdendo dentro do nosso próprio novelo de intrigas e
experiências. O mesmo esta ocorrendo neste momento com cada um de nós na busca cega pela
espiritualidade e pelo poder dentro de um mundo manipulado de forma decadente por forças que no
passado fizeram a mesma coisa, assim verificamos que estamos repetindo o mesmo ciclo do passado, e é
chegado o momento que cada um se liberte, pois do contrario acabara despertando o seu próprio
armagedon e sendo engolido e destruído pelo mesmo. O armagedon esta dentro de cada um de nós, no
entanto culpamos o vizinho, colocamos no outro o que nos incomoda dentro de nós mesmos, o nosso
inimigo é o nosso reflexo daquilo que não suportamos dentro de nós. assim mais uma vez a divindade
superior no coloca em xeque com nosso inconsciente, temos a oportunidade de reverter esse quadro e
plasmar uma nova linha mental e emocional, mas devemos abrir mão de falsos valores, isso levou a
destruição muitas almas quando a batalha estava configurada, pois muitos não queriam guerrear, mas
devido ao comando maior das escalas militares, tinham um compromisso, e como carneirinho fizeram
aquilo que tinha sido determinado por altos escalões, que alias nunca sujaram suas mãos com o que
criaram, e sim mandaram as pessoas inocentes para fazer o serviço sujo, no entanto muitos de nós
aceitamos e gostamos de fazer esse serviço sujo, estamos repetindo o processo. Será que vale a pena
sermos reprovados mais uma vez em nossa jornada de libertação e termos que voltar a um mundo mais
primitivo que a Terra para darmos início a uma nova tentativa, que pode nos custar um tempo
indeterminado.
Esse efeito deve ser levado em consideração, pois cada um de nós é um universo e atrelado a nós
esta uma considerável legião de Elementais, almas e realidades paralelas, que são parte da nossa
estrutura. Os ciclos da nossa história estelar estão se repetindo nesta jornada terrena e dentro dos nossos
corações, assim devemos aprender a escutar nossos instintos e realmente trabalhar o que temos de
melhor, para que nosso padrão metabólico se eleve e consequentemente a nossa consciência e possamos
assim despertar a nossa frequência crística e consciencial ligada aos Mestres e ao nosso Eu Superior,
assim como a captação de nossas realidades paralelas inseridas no contexto estelar da Federação ou
mesmo da Confederação nas esferas mais elevadas da nossa própria dualidade e multidimensionalidade.
Para que possamos ter uma idéia melhor dos nossos planos internos e consciências em frequências
e ressonância, coloco um quadro que eu recebi a alguns anos de Shtareer que já foi inserido em outro
trabalho meu anterior abordando temas sobre as transformações da Terra. As nossas frequências
cerebrais e consciências e como elas interagem em nossa realidade e nos planos paralelos este tipo de
referência é apenas um indicativo ou referencial para os pesquisadores, mas que possui respaldo em
comunicações dos irmãos siderais e possui correlação com as outras humanidades do espaço que
possuem relação direta com a nossa espécie humana terrestre e o nosso DNA Adâmico, valores
referenciais com tolerância conforme o caso de cada raça humana em seu mundo natural, mas correlato
a todas as derivações genéticas do aspecto humano desta galáxia:

“A nova proposta vibracional que deve ser atingida na 5ª dimensão será de cerca de 185 Hz a 257
Hz logo de início nos primeiros anos, sendo que quando estiverem todos bem estabilizados e cientes de
sua nova natureza e todos os vestígios de medo e limitações do campo vital forem completamente
transmutados pela chama violeta e demais raios, poderá atingir uma gama na faixa dos 860 a 1250 Hz
alinhando-se diretamente com o padrão de alguns Mestres Ascensionados da 5ª e 6ª dimensão. Quando
o ser humano atingir um patamar mínimo de 120 Hz estará de posse de muitas faculdades
extrasensoriais que desconhece ou quando muito imagina, porém será uma nova realidade, que muitos

116
conhecem atualmente em parte com suas projeções astrais, mas não em plenitude, pois no campo astral
denso existem muitas limitações, que somente um ser com pratica no assunto tem capacidade para
superar e manipular com sutileza”.

“Como podemos ver na tabela acima a nossa evolução tem relação direta com as nossas
vibrações mentais, isto por que são nossos impulsos mentais aliados aos impulsos de nosso coração ou
Chama Trina que delimitam a nossa real vibração e nível evolutivo dentro da biosfera terrena. Somos
avaliados pela energia conjunta emanada em nosso corpo, que por sua vez gera um campo vital que
representa um conjunto alinhado com nossos Chacras e corpos suprafísicos.
Depois da Convergência Harmônica em 1987 a Terra como um todo consegui transmutar sua
energia etérea para novos valores bem acima dos anteriores, haja visto as grandes mudanças que tem
ocorrido em nosso planeta, após esse evento houve um despertar das energias psíquicas e consciência
do planeta e os contatados e discípulos dos Mestres começaram a despertar de forma dinâmica e
consecutiva em todas as partes do globo, assim se configura o projeto Avatárico que cada um de nos a
seu modo carrega dentro do seu coração e da própria missão que aceitou desenvolver na Terra neste
momento difícil e glorificaste da transmutação consciencial do planeta e da alma humana”.
Nesta outra tabela temos outras informações importantes no que se refere a compreensão das
nossas ondas cerebrais em cada realidade dos nossos corpos sutis, e no seu deslocamento bioenergético
em outras realidade paralelas da nossa própria essência divina, que estão ligadas aos planos paralelos
da Federação e da Confederação como temos abordado.

117
“A tabela acima é um esquema aproximado dos padrões mentais da humanidade neste atual
estágio dimensional próximo a 3,6 que vocês se encontram no momento de 2000, que sofreram elevação
a partir do eclipse de agosto de 99. Os impulsos medidos em Hz gerados pelo cérebro humano são
padrões de codificação diretamente relacionados com o estagio evolutivo e de consciência do ser,
portanto representam o nível do despertar que cada um manifesta no decorrer de sua jornada pela
Terra ou nos corpos sutis que compõe seus 8 veículos incluindo o Eu Sou. Esses padrões estão
diretamente relacionados com o padrão molecular dos corpos físico e sutis, portanto pela medição
desses impulsos é possível determinar a realidade de cada corpo de um ser. Essa realidade esta
diretamente ligada aos mundos paralelos e aos acontecimentos energéticos que se manifestam dentro
da Barreira de frequência que detêm diversas gamas de energia no plano físico e astral. Portanto a
atual realidade apocalíptica da humanidade é uma manifestação direta dos padrões de vibração mental
que um ser vibra.”

Como podem verificar o nosso padrão metabólico esta diretamente interligado ao padrão das
nossas ondas cerebrais, o que por outro lado é a consequência direta as nossas faixas vibracionais das
nossas FORMAS PENSAMENTO e SENTIMENTO, em outras palavras, a nossa REALIDADE É
aquilo que projetamos a partir da nossa irradiação sensorial e mental, dentro disso temos a relação de
causa e efeito, que normalmente conhecemos pelo nome de CÁRMA, como algo temeroso, mas que na
realidade é apenas um fluxo de energias em movimento que foram criadas dentro da nossa alma e nosso
consciente. Por esse motivo a questão de Orar e Vigiar, o qual eu particularmente procuro inverter em
Vigiar e Orar, pois estando vigilantes temos como reverter o quadro sem permitir que o nosso ego se
apodere da nossa essência divina dentro das ilusões, buscando dentro das nossas meditações um
equilíbrio maior e com isso através dos Mantras, decretos e mentalizações o termo orar se configura em
um ato de transmutação. Muitas pessoas buscam orar primeiro, mas não permitem que seu interno
enxergue o que realmente esta ocorrendo com eles, não se abrem para as realidades internas da alma.
Por esse motivo dentro da meditação esse estagio aparece, assim considero que primeiro devemos vigiar,
manter uma vigília meditativa e decorrente dela o nosso orar com nossos Mantras e decretos.
Abordando os temas referentes a grande batalha gostaria de colocar alguns rascunhos sobre naves
que tem relação com muitas aparições aqui na Terra que tem sido confundidas com naves espaciais de
irmãos do espaço, e são na realidade naves feitas pela engenharia terrestre, como no caso de muitas
naves alemãs, outras dos Zetas exilados, Norte Americanos, CIA, Draconianas, intraterrenas e da
Federação, colocarei alguns modelos interessantes para nosso estudo e orientação dos pesquisadores,
buscando desmistificar diversos aspectos da ufologia.
Esse modelo, o AVRO, foi desenvolvido em pesquisas pós guerra com a participação de muitos
técnicos alemães, que tinham sido considerados mortos em Berlim ou na guerra dentro de suas diversas
etapas. Essa foi uma das etapas secretas das pesquisas americanas ligadas de forma indireta ao projeto
Majestic 12 que poucas pessoas tiveram acesso na época, muito tempo posterior esse fato foi revelado,
assim como existem filmes em super 8 demonstrando testes de levitação e vôo de pequenos discos como
esse, baseados na energia Vril ou nas formulações de Nicolas Tesla de quem faremos uma abordagem
sobre seus trabalhos para os leitores que quiserem procurar mais sobre esse fenomenal cientista
polêmico.

118
Esse modelo acima, o AVRO, é um protótipo desenvolvido nos Estados Unidos à partir de um
modelo alemão de 1942, com o qual os alemães esperavam revolucionar a aviação e dominar por
completo o espaço aéreo. Esse modelo baseado em relatórios alemães, tem relação com testes dos
modelos que esboçarei em rascunhos, procurando reproduzir os rascunhos originais, que são muito
coincidentes com as naves descritas por George Adamski na década de 50, onde a fenomenologia dos
UFOS era muito questionada e sofria os efeitos da desinformação da CIA e outras agencias
governamentais, para manipular a sociedade e remove-la da vibração de libertação e domínio dos
Iluminatis e todos os outros grupos de comando da Terra, ligados as energias trévicas como temos
abordado neste trabalho.

Protótipo Alemão em forma de Delta, baseado nos contatos com Et’s


rebeldes. Esse projeto foi copiado pelos americanos no pós guerra.

Este outro modelo é de um avião em forma de delta que os alemães fizeram e foi o precursor de
aeronaves, seu modelo na verdade foi copiado das naves Zetas com os quais a elite secreta dos alemães
mantinha contato. Verificaremos ao longo da pesquisa ufologia, que diversas manifestações e relatos de
discos voadores e objetos voadores em geral possuem a configuração em delta e um forte campo
magnético, o que é coincidente em relatos no mundo todo, por pessoas que não possuem nada em
comum.
Outro aspecto que gostaria de deixar no ar, para que vocês pensem e analisem dentro de vocês, é o
fato que a aerodinâmica das nossas naves e conceitos futurísticos, todos acabam captando a mesma
idéia, a mesma aerodinâmica, isso por que todos temos uma lembrança dentro de um mesmo fator
temporal e existencial antes do nosso processo encarnacional. O único foco diferente a isso foi o
canalizado pelo cineasta Gene Roddenberry, com a criação diferencial da Enterprise e das naves
Romulanas e Klingons, que são na verdade uma referência as raças Draconianas e Dracos mistas com o
gene humano. Essas naves e sua configuração foram na verdade manipuladas para afastar um pouco a
questão dos discos voadores, devido a interferência da CIA na época, é claro que o formato de disco
voador não é único, pois normalmente esse formato assim como o esférico é usado para naves de menor
porte ligados a diversos tipos de trabalhos, nem sempre relativos a aterrissagens e trabalhos em planetas
com densidade e atmosfera densa como o nosso. A questão aerodinâmica é discutível e possui referência
em valores psíquicos de cada raça. Mas o que gostaria que vocês percebessem e a questão da memória
de cada um de vocês sobre os objetos voadores, o que a intuição determina quando se fala em discos
voadores, isso é importante, para que possam se situar dentro dessa cultura cibernética que temos
plasmada dentro da mídia, dos desenhos animados para adolescentes e crianças assim como para o plano
espiritual no qual durante o período de sono cada um de nós vivência outras realidades completamente
diferentes ao nosso quotidiano terrestre, onde normalmente não temos consciência de nada o que ocorre
com a gente nos outros planos e esferas.

119
Vejamos as duas naves25 mais famosas da televisão mundial, ambas lembram um disco voador,
algo que estava no auge da mídia na década de 50 para 60, mas sofria influencias de desinformação e
ridicularização por parte do governo, mas que graças a ação da Federação em pontos chaves, foi possível
dar a luz a series esclarecedoras como Jornadas nas Estrelas, com temas muito mas interessantes do que
a eterna briga entre o bem e o mal, temas inovadores sobre a jornada evolutiva de todas as raças dentro
da Federação de amigos, culturas em busca de uma fraternidade e igualdade, uma mensagem
importantíssima que fez com que milhões de pessoas no mundo se identificassem com essa postura
criando milhares de fã clubes pelo mundo, pessoas que na realidade são dissidentes da Federação e não
tem consciência disso ainda.
Vejamos um modelo que foi bem famoso divulgado pelo escritor George Adamski entre 1950 e
1060, na qual ele contatou um ser que se dizia ser do planeta Vênus, o qual trouxe muitas informações
de amor e um alerta para as nossas pesquisas nucleares e bombas dessa categoria, abordando temas
sobre a poluição e a contaminação do espaço pelas radiações geradas pela nossa tecnologia e forma
equivocada de pensar e agir.

O interessante desse modelo de nave, que realmente é muito rudimentar, para ser venuziana,
devido a essa raça estar na realidade de 8ª dimensão de consciência em sua maioria, e esmo as realidade
paralelas de outras linhas temporais, possuírem alta tecnologia, para se apresentarem com uma nave
rudimentar tanto em tecnologia como em aerodinâmica. Curiosamente segundo alguns relatos sobre as
pesquisas nazistas com naves movimentadas a energia Vril, esse desenho é muito semelhante a nave que
foi batizada de Haunebu 2 com cerca de 32 metros de diâmetro central. Construído no final dos anos 30,
esse modelo teria voado e feito mais de 100 operações, possuindo uma velocidade em torno de 6.000
Km/h, o que para a época era algo extraordinário. Na realidade são poucos os documentos que possam
comprovar esse tipo de naves, mesmo com o nome de Victor Schauberger e Werner von Braun como
criadores dessa tecnologia se baseando nos contatos com os Grays e outras raças exiladas na Terra.

25
Desenhos extraídos do livro A Nova Geração, editora Aleph, autor J.M.Dillard, 1995, onde relatam
a morte do Capitão Kirk e o encontro com o Capitão Picard, unindo ambas as gerações que motivaram
milhões de pessoas a se conectarem nos planos sutis com seus familiares na Federação, pois esse seriado
possui energia subliminar de comunicação com a Federação, ele é um seriado canalizado em muitos
aspectos.
120
Este tipo também foi muito avistado na década de 50 nos Estados Unidos, um pais que parecia ser
assolado pelo fenômeno de Discos Voadores no pós guerra, o que obrigou a CIA e outras agencias
governamentais a desenvolver projetos de despistamento e ridicularização sobre esse fenômeno, o que
atualmente possui muitas informações comprovando essa atitude do governo americano, existe uma
farta literatura moderna dos EUA sobre esse fato, assim como o livro com o Titulo Majestic 12, Projeto
Montak e outros dessa mesma linha. Esta nave também é atribuída aos alemães por alguns historiadores,
embora não existam provas conclusivas para isso, ou ao mesmo elas não estejam acessíveis ao publico.
Mas houve um interesse especial pelos governos aliados em absorver essas pesquisas e projetos dos
alemães após a guerra, assim como muitos cientistas alemães trabalharam para esses governos, mesmo
aqueles que tinham sido acusados de crimes de guerra.

Esse outro modelo também muito comum nas descrições a distância, na realidade os esboços
existentes são muito similares entre si devido a falta de capacidade comparacional como o que
possuímos atualmente. Mas a forma discóide não foi a única a ser avistada como veremos, dando um
pouco mais de aprofundamento na questão dos discos voadores de procedência terrestre, as informações
que existem sobre a tecnologia alemã sobre esse aspecto relata sobre alguns experimentos e descrições
superficiais tais como:

Haunebu 1  Com cerca de 25 metros de diâmetro central que operou diversas vezes,
desenvolvido em segredo com a ajuda das empresas de ponta da época.
Haunebu 2  Esse possuía cerca de 32 metros de diâmetro e fez muitas operações sobre os
EUA, o que teria levado ao mesmo uma forte campanha de pesquisa sobre esse tipo de naves e
tecnologia superior, dentro de uma época onde a corrida pelo poder e tecnologia eram importantes sobre
diversos pontos de vista.
Haunebu 3  Com cerca de 70 metros de diâmetro, o mesmo teria voado diversas vezes e feito
pesquisas nos polos, preparando uma base especial nas geleiras do polo sul e ao norte da Finlândia e
Escandinávia.
Andromeda Modelo projetado para levar as equipes alemãs para a estrela de Aldebaran,
dando continuidade as questões pesquisadas pelos grupos da sociedade Vril e outros grupos como a
Ordem da Pedra Negra, que também nunca foi realmente esclarecida sobre a sua real atuação e
fundamentos dentro dessa pesquisa sobre extraterrestres e novas tecnologias. Também existem relatos
sem comprovação da construção de um disco maior denominado de Vril 7, que teria sido usado em
tarefas secretas nos polos e no Japão, mas sem maiores referencias sobre a nave que teria sido a mais
moderna do 3º Reich. Sobre este tema relativo aos alemães dentro da tecnologia espacial, os relatos que
tenho acesso mais recentemente, são discutíveis e sem maiores comprovações, mas podem servir de base
para futuras pesquisas, onde oportunamente os inserirei neste trabalho.

Vamos verificar outros formatos de naves já registradas em nosso planeta, segundo relatos de
milhares de observadores, muitos desses relatos fazem parte do livro projeto azul, onde foram coletadas
121
milhares de informações durante anos, para desenvolver um trabalho de ridicularização pela Força Aérea
Americana, que inclusive virou seriado de TV no início dos anos 70. Esse livro recentemente foi
traduzido pela Madras Editora e apresenta informações interessantes sobre a questão OVNIS, mesmo
que ainda exista uma grande parte da influencia militar, serve como parâmetro para um estudo sério.

Esse modelo acima, no formato piramidal foi extraído do livro de Perry Rhodan26, canalizado na
década de 70 pelo autor William Voltz, o que aparentemente é um desenho de um livro de ficção
cientifica, é na realidade a captação de uma nave de pesquisas e semeadora utilizada nos processos de
colonização e de mineração por algumas raças de origem humanóide provenientes da região central de
Orion próximo as 3 Marias e também referente a algumas raças próximas a Sírius delta e Acturus
lambida de uma linha temporal bem antiga em relação ao nosso referencial temporal. A captação do
autor é referente a uma nave de um povo conhecido como Moritatores da galáxia de Sombrero
designada também de NGC 4594. Esse modelo possui varias variações e tamanhos, fazendo uma alusão
ao do filme Star Gate que há alguns anos foi apresentado ao publico. Não se trata apenas de uma nave de
ficção, mas de uma Astronave que participou das guerras no passado, por ser um modelo aerodinâmico
muito utilizado por diversas raças no que se refere a navegação orbital em mundos com densidade mais
pesada e atmosfera mais densa como a terrestre ou em mundos de metano e outros gases densos, onde a
locomoção pode ficar comprometida caso os sistemas de gravitação e campo de neutralização
gravitacional falhem, assim essas naves podem romper parte do atrito, são de tecnologia rudimentar,
porem reais. Bem acima do que possuímos, com algumas exceções do Sinistro Governo Secreto.

26
Editora Tecnoprint, distribuído pela Ediouro. Rio de Janeiro.

122
Vejamos outros modelos que foram canalizados sobre naves de origem estelar que manifestaram
sua presença na Terra no decorrer do nosso histórico ufológico e colonial na Terra e em nossa
consciência terrena ou mesmo estelar, para aqueles que já estão captando uma nova frequência dentro de
seus corações.

Esta é uma nave captada pelo autor Clark Darlton relativa a uma raça de répteis que teriam sido
canalizados e fizeram parte de seus trabalhos, denominados Topsiders. Esse tipo de veiculo é mais raro,
mas foi identificado em formatos similares no espaço desde a nave terrestre Apolo 11 e as suas
sucessoras, acompanhando a certa distância a nave terrestre, o que foi filmado e posteriormente
escondido da filmagem ao vivo que foi feita nesse primeiro vôo. Esse desenho é na realidade bem
simplificado, mas serve de modelo para muitas variações de naves que inspiraram o seriado Babilon
Five e outros dessa categoria, onde este tipo de aerodinâmica de foguete foi aprimorado, por ser um
modelo empregado dentro de uma tecnologia primaria no aspecto dos vôos espaciais, alias semelhante
ao que nós temos desenvolvido no início da nossa corrida espacial com nossos foguetes, relatos dos
Assírios falam de naves e desenharam naves similares em suas escrituras e afrescos arqueológicos.
Outro tipo de naves que também foi avistado em diversas oportunidades, com as variações de
maior ou menor campo de iluminação, como um sol ou bola de fogo, outras como uma esfera de metal
brilhante ou mesmo opaco, é desenhado pelo autor Hans Kneifel como sendo a nave dos Halutenses,
uma raça que dentro dos nossos trabalhos espirituais já tem se apresentado inúmeras vezes,
evidentemente com algumas variações ao que esse autor e seus colegas captaram na ocasião, mas
verídica conforme muitos sensitivos e paranormais têm captado.

123
Esse tipo de nave faz parte do Comando estelar e tem sustentado uma frente de bloqueio as naves
invasoras, possui elevada tecnologia dentro do aspecto eletrônico e das ligas metálicas, possuindo
representações dentro do aspecto dos Merkabas com geometria similar, que poucas vezes foram
observados pela humanidade, existindo alguns exemplares na Terra nas cidades internas dos Mestres e
do Comando estelar.

Este é um outro tipo de veiculo designado como Modulo Zero de projeção temporal, o que na
realidade tem ralação com muitas naves em formato cilíndrico que já foram identificadas e fotografadas
na Terra, por diversas pessoas. Esse modelo canalizado pelo autor Clark Darlton, relata a nave temporal
do seu seriado de ficção, que na verdade foi sempre canalizado como já o abordamos anteriormente
neste livro. O interessante é sobre o formato que tem sido explorado por muitas raças que possuem
tecnologia dentro de uma faixa dimensional da 3ª a 5ª densidade consciencial, presentes em muitas
realidades do astral de milhares de pessoas.

Este modelo dos Pos Bis, é referente ao que atualmente denominamos de BORGS que o seriado
Star Trek divulgou mundialmente, esse tipo de nave é na verdade um gigantesco centro robotizado de
pesquisa espacial e mineração planetária, com completa autonomia de navegação e exploração espacial.
Canalizado por K.H.Scheer para o seriado que ele juntamente com seus amigos ofereceu a humanidade,
em uma época onde tudo referente ao espaço tinha que ser uma utopia de ficção, que acabou se tornando
real em muitos aspectos e aparelhos que empregamos em nossos dias atuais. Ou seja, a ficção tornasse
realidade a medida que a nossa tecnologia pode avançar e construir o que foi intuído antes do tempo.

124
As inserções que compõe esta parte do livro, são referentes a relatos do Livro Azul de Brad
Steiger, da editora Portugália de Lisboa, referente a tradução para o português do Project Blue Book de
1976. Onde muitas informações são do cunho das investigações militares da força aérea norte
americana, fazendo parte do projeto da CIA e outras agencias de desinformação sobre o assunto, no
entanto alguns relatos são considerados íntegros e sem explicação aparente. Os desenhos inseridos aqui,
servem para ter uma idéia da aparência mais comum registrada nos contatos ou avistamentos de naves
espaciais ou mesmo das naves terrestres, que são consideradas UFOS.
Vejamos a nave identificada no caso 2 fascículo 4508.00 na página 100 desse livro, referente a
uma nave avistada em abril de 1952 ao anoitecer. Segundo o relato do estudante de aviação naval e sua
esposa, existiam cerca de 20 grupos sobrevoando o local sendo que cada grupo contava entre 2 a 9
objetos luminosos.

Outro interessante caso referente ao caso 3 fascículo 2013.00, 2014.00 e 2024.01, onde 2
operadores de torre observavam uma luz sobre o aeroporto duma cidade por volta das 20:20 h em
janeiro de 1951, onde existia a navegação comercial regular, o objeto em forma de charuto com grandes
asas desenvolveu movimentos impossíveis para a aviação da época.

Caso 4 fascículo 4599.00, onde um lavrador estava a trabalhar o tabaco, quando um objeto foi
avistado também a noite na data de julho de 1952, deslocando-se a grandes velocidades.

Esse é bem similar a muitos relatos de discos, o que nos faz lembrar os livros de muitos outros
autores, sobre avistamentos de discos voadores e manifestações de prováveis naves mesmo de origem
intraterrena.
Vejamos outros desenhos integrantes desse livro referentes a casos que foram considerados reais e
de credibilidade, segundo a força aérea americana.

125
Ambos acima também são bem frequentes e muitos casos relatados as autoridades e jornalistas, em
diversos lugares do globo, desde o pós guerra, ao que tudo indica essa data marcou uma nova realidade
das atividades espaciais na Terra, ou pelo menos dentro da psique humana, pois essas naves estão
presentes na Terra desde séculos e elas sempre foram relatadas em nossas fabulas, lendas e folclore em
milhares de culturas que falam dos Deuses que vieram do Céu, assim como nosso colega Von
DeDaniken e W.R.Drake relataram em seus excelentes trabalhos nesses anos onde foram considerados
loucos e uma ameaça a sociedade humana, na descrição de alguns religiosos e políticos, envolvidos com
o programa de camuflagem do fenômeno UFO no mundo todo.

Esses são objetos comuns dentro do que as pessoas puderam captar a longa ou media distância,
nem todos sugerem uma aerodinâmica bonita e avançada, o que pode sugerir uma baixa tecnologia ou
mesmo um senso estético discutível. Na verdade a maior parte desses objetos são muitas vezes sondas
de pesquisa, em outros casos naves de transporte e deslocamento setorial dentro da atmosfera planetária,
por operarem a partir de naves mãe e de bases subterrâneas ou sub aquáticas. Nem todos os objetos tem
que ser naves espaciais como as pessoas querem acreditar, isso por que existem certas exigências
técnicas e energéticas para naves de longo e médio alcance dentro da navegação espacial. Muitos dos
objetos avistados não satisfazem em nenhum item essas exigências, prestando-se apenas para navegação
planetária a partir de bases operacionais internas, que em muitos casos encontram-se em nossas calotas
polares.
Naves de metal pesado como as que nós terráqueos ainda fabricamos, são pouco avançadas e
possuem muitas limitações no que se refere a longas distâncias, pois as ligas sofrem fortes fadigas no
campo vibracional e dimensional quando entram em dobras estelares, mesmo as ligas especiais que eles
fazem. Assim as naves de porcas e parafusos que são comuns são fabricados de ligas não metálicas de
alta resistência como o fulereno derivado do carbono e ligas especiais dentro do mesmo, o que lhe
confere uma alta capacidade térmica e deformação eutética. Esse composto fulereno é um alotrópico do
carbono, estruturado em 12 pentágonos e 20 hexágonos, como um imenso e complexo polímero dentro
do aspecto da geometria sagrada e suas características matemáticas e físicas.
Outro aspecto importante de ser abordado, é sobre a relação das tabelas dos padrões cerebrais e
conscienciais com a forma geométrica das naves e a tecnologia empregada, existe uma relação direta no
padrão vibracional de cada ser com a egrégora na qual ele se sente melhor, pois o formato das naves
para efetuar viagens no espaço, no tempo ou através das dimensões, tem que ter uma capacidade de
absorção energética que não agrida aos ocupantes desses objetos, por esse motivo o aspecto dos
Merkabas é o melhor, pois ele é sustentado pela própria essência de cada tripulante que possui alta faixa
vibracional, aqueles que não possuem essa capacidade, não podem habitar Merkabas, e utilizam assim
naves materiais com luz artificial, não interna como nos Merkabas, que gera sua própria luz a partir da
ligações moleculares, por estar em sintonia com o universo Crístico e com a energia crística dos
tripulantes.
Em nosso tema original deste capitulo entre os confrontos das armadas, que acabou derivando para
diversos temas, verificaremos que essa armada foi constituída de milhares de raças e diferentes
tecnologias, onde cada qual empregou a sua vida e realidade consciencial para interagir com a
humanidade na luta pelo poder o pelo que cada qual acreditava ser o correto. As naves da Confederação
que fizeram o apoio para bloquear e impedir muitas guerras e massacres onde alguns planetas foram
desintegrados, eram representantes de Merkabas e alguns de alta tecnologia multidimensional, que estão

126
presentes na Terra no momento, sendo utilizadas como bases e universidades pelos canais mais
despertos do momento. Essas naves de cristal que possuem muitas realidades paralelas dentro delas, são
as bases operacionais do projeto Avatárico, voltando a sustentar a mesma função e propósito das antigas
eras de guerra que elas ajudaram a erradicar de Satânia, a pedido das altas hierarquias do Criador e do
Conselho Cármico estelar do nosso Universo Local de Nebadon.
Quando a situação política central próximo a região das 3 Marias, devido a existência de
importantes Portais de comunicação interestelar e de diversas fendas direcionais, que possibilitavam a
comunicação com outros setores da nossa Galáxia e realidades paralelas, o Conselho da Fraternidade
Rosa de Orion mediante seus agentes infiltrados no nosso contexto, como Avatares e Comandantes em
diversos seguimentos, deferiu um bloqueio estrutural para todo o quadrante central nas imediações das 3
Marias em um perímetro de cerca de 1700 anos luz onde os pontos estratégicos de Rigel e bellatrix
foram cuidadosamente policiados e escondidos por campos de retenção e bolhas de energia capazes de
fazer desaparecer em um limbo dimensional um sistema solar inteiro. Esse tipo de precaução foi
desenvolvida pela elite cientifica da Federação, sobre a supervisão dos Avatares encarnados, visando
evitar maiores derramamentos de sangue na batalha final que se delineava na consciência de milhares de
cidadão desse setor.
Alfius e Ganeshi desenvolveram as relações exteriores para fazer a ponte através de transmissores
de matéria, capazes de teletransportar objetos de um sistema a outro sem o uso do espaço com naves,
mantendo assim a frota e a armada em posição de prontidão o máximo de tempo necessário. O trafego
pelos transmissores de matéria foi uma das soluções para ativar uma forma dinâmica e segura e
unificação dos mundos da Federação, evitando assim muitos aspectos da espionagem do Império de
Orion. No entanto essa tecnologia também estava presente no Império e nas delegações coligadas, o que
fez com que uma nova corrida tecnológica fosse travada, na decodificação dos códigos e frequências de
transmissão de cada lado, dando assim continuidade ao que inicialmente queriam evitar. Esse líder
Ganeshi possui uma conotação vibracional muito próxima da nossa figura mitológica Indiana, talvez por
ter a mesma Mônada e procedência, ele foi um dos responsáveis pela estruturação de um fundo de
cooperação cientifica e mutua ajuda aos mundos em desenvolvimento, algo similar ao nosso FMI27, mas
não no sentido econômico, e sim cultural e cientifico, acelerando o desenvolvimento dos mundos recém
conectados ao propósito da Federação, sem interferir na 1ª diretriz de não interferência. ShtarRog e
Krothon desenvolveram um trabalho paralelo diretamente dentro do Comando da Frota unificada a
pedido da liderança de Alfa & Omega, onde a energia de THOT era direcionada pela egrégora de
Shtarteer, para preparar os movimentos do Xadrez Cósmico, de forma a prever os movimentos das
forças rebeldes em 37 mundos que futuramente seriam de exílio a exemplo da Terra, ficando em
quarentena no plano espiritual.
Os registros demonstram uma infindável linha de realidade paralelas dentro de um mesmo
contexto, pois estamos falando de um processo que ocorreu em paralelo entre as dimensões de 3ª
densidade física até de 6.7 na respectiva fisicalidade dessa dimensão, o que corresponde a uma elevada
correlação de eventos paralelos que fazem da grande Rebelião um universo em situações políticas e
espirituais, isso sem contar a questão das Formas Pensamento que foram geradas dentro de todas essas
realidades. StarRog é uma realidade paralela de Shtareer, que por sua vez é de THOT em diferentes
dimensões e portanto realidades de fisicalidade como nós humanos a entendemos. Em muitos aspectos o
trabalho em conjunto dessas almas gêmeas em suas realidade paralelas atuaram em diferentes sentidos e
situações para vivenciar seu próprio experimento e atuar junto ao projeto maior proposto pelo EU
SUPERIOR de cada um.
Lilith que representa uma grande dualidade em muitos aspectos inclusive na mitologia sideral,
atuou em muitas operações ligadas à tentativa de estabelecer a paz e a ordem dentro dos mundos mais
revoltosos, dona de uma sagacidade e capacidade cerebral e intuitiva acima da média, ela foi a
sacerdotisa e líder de uma liga de Amazonas siderais do planeta LINARETH, que fica nas imediações de
Bellatrix em um sistema protegido pela nebulosa central de Orion. Esse mundo onde a energia feminina
é a regente, foi um dos pontos centrais do processo de restauração do poder da Deusa Feminina perante
os movimentos machistas de diversas delegações que temiam o poder feminino, que por sua vez tem
relação com a questão de uma EVA submissa ao Homem. Lilith trabalhou junto com StarRog e Ashtar
27
Fundo Monetário Internacional.

127
Sheran pela unificação dos mundos rebeldes e ajudou a Maalel em muitas questões políticas do
Conselho Cármico setorial.
Quando Basavi-Shiva-Relt e Maladenithy detonaram o estopim definitivo para a grande guerra,
com a intenção de aniquilar a Federação e os grupos oponentes ao plano do Império de Orion, todos os
grupos ligados a Luz ativaram seus propósitos ao máximo, desencadeando um trabalho descomunal que
poderiam o identificar nas esferas maiores, como uma grande guerra psíquica e de energia. A grande
frota aniquiladora de Orion foi ativada e mandada destruir os principais mundos de Alnitak e Alnilam,
para desbloquear o Portal de Rigel, este sistema por sua vez mandou a sua gigantesca armada atacar os
centros industriais de Sírius, El Nath, Aldebaran, Betelgeuse e Toliman, com ordens de aniquilação total
de planetas e qualquer forma de vida. Essa atitude fez com que os grupos “subversivos” tivessem total
liberdade para seus atos de sabotagem e guerrilha, uma verdadeira guerra cósmica foi deflagrada dentro
do nosso Sistema Estelar de Satânia, seu maior efeito foi entre a frequência de 2ª a 5ª densidade ou
dimensão, o que levou ao desencarne das respectivas fisicalidades, cerca de 45 bilhões de almas em um
período estelar muito curto, além de desvirtuar os Elementais da natureza em muitos aspectos.
A Nave de Shtareer Estrela da Vida foi utilizada para bloquear a ação nefasta da grande armada
nas imediações de Sirius, enquanto que a nave SABETUR equivalente a Estrela da Vida, foi colocada de
forma estratégica em Aldebaram para bloquear o avanço da grande armada, mesmo assim a guerra foi
real em muitos mundos, a Federação perdeu mais de 75% de seu efetivo de naves de guerra nessa
sangrenta batalha, além da destruição de muitos planetas. Durante algumas gerações essa guerra se
manteve em mundos isolados, mas dentro do contexto sideral, ela durou um ciclo completo, algo como
cerca de 25 anos para o referencial humano em relação a sua vida humana de cerca de 70 anos terrenos,
algo como 1/3 da expectativa de vida pessoal dos cidadãos estelares do quadrante, foram gastos nessa
grande batalha estelar. As invenções de novas armas e tecnologia destrutiva foram colocadas em pratica
e amplificadas pelos 2 lados, a Federação que inicialmente perdeu para seu oponente conseguiu
gradualmente uma equivalência. A Confederação procurou dentro de suas possibilidades sem interferir
no livre arbítrio de ambos os lados, evitar desastres de proporções cósmicas, como a destruição de
estrelas e Pulsares. Em algumas situações para evitar uma catástrofe de proporções maiores, a
Confederação na liderança de Shtareer e Alcon, interferiram e desintegraram armadas completas,
enviando seus ocupantes para seus mundos de volta, sem suas armas e equipamentos de guerra e morte,
isso ocorreu cerca de 14 vezes em setores estratégicos de muita energia, ligadas aos campos magnéticos
de estabilidade da galáxia.
Para evitar maiores catástrofes a Frota de Merkabas da Confederação colocou um bloqueio no
grande Sol Central e nos respectivos distribuidores de luz, para assim garantir a proteção aos sistemas
centrais e isolar a ação devastadora de Toalk e Satã que buscavam a destruição de Sírius e Acturus. O
Portal de Rigel em comunicação com o grande Portal de Arconis foi diversas vezes ativado, mas
impedido de centralizar as coordenadas de Sírius, colocando a armada de Arconis em coordenadas que
eram vigiadas pela Confederação. Cada grupo de naves que aparecia dentro dessas coordenadas era
desintegrado e seus ocupantes removidos para um processo encarnacional em mundos adequados a seus
padrões sensoriais e psíquicos, cerca de 3,8 bilhões de seres foram recolocados graças a esse trabalho, e
cerca de 16 milhões de naves foram desintegradas e convertidas em Elementais do universo pela
confederação para evitar a derrota total da luz dentro de Satânia.
Muitos aspectos políticos que permitiram a estabilização dos mundos de exílio e hospitais para as
almas confusas, foram tratados pela energia de Palanises e os Mestres e Avatares ligados diretamente as
Fraternidades espirituais de cada grupo estelar, coordenando suas ações junto a Confederação, que
serviu de base para as atividades da Federação. Esse trabalho em equipe foi o pivô que ajudou a acabar
com a guerra e as ações subversivas, permitindo que muitos grupos percebessem seu equivoco e
retomassem uma nova conduta, ao invés de uma derrota que sempre deixa revolta e magoa, uma grande
parte dos envolvidos acabou por si mesma percebendo o erro da guerra e da destruição, a desarmonia
dentro de seu espírito e da realidade na qual viviam. Um processo lento mas necessário, que levou
algumas gerações para ser compreendido e erradicar a guerra dentro do coração da maior parte dos
envolvidos, pois a Confederação queria na realidade acabar com o sentimento de guerra dentro da alma
dos envolvidos, não apenas evitar a guerra armada, e sim modificar a forma de pensar e agir, da mesma
forma como vem trabalhando a humanidade terrestre, que tem que modificar a sua forma rudimentar de
enxergar o universo e reverter muitos valores falsos sobre a dualidade e sobre a espiritualidade e o

128
cosmos. Esse trabalho complicado da mudança comportamental foi sustentado por muitos participantes,
que atualmente se encontram encarnados na Terra, para repetirem seu trabalho na reestruturação dos
valores da Terra e da humanidade, como membros ativos da Operação Resgate. Muitas dessas pessoas
eu tenho encontrado em minha jornada terrestre, em especial nesta encarnação devido a minha
peregrinação pelo pais como escritor e terapeuta, as amigas Nemarathan, Zathia, Astreia, Shimina-Han,
Merceshan, Catry, Nereidá, Acar, Juramithyl, Arnaldo e muitos outros, que sustentam o plano divino
dos mestres, cada qual a sua maneira, procurando mesmo dentro do corpo e da realidade terrena,
participar e doar parte de suas energias e ajudar ao próximo. Isso é de grande valor para o plano
espiritual e para o resgate das almas deste planeta.

A Terra e a grande Batalha Final


O nosso planeta foi em muitos aspectos um ponto de encontro e refugio para diversos grupos
dentro de diversas etapas da grande Rebelião, o mesmo esta se repetindo novamente, dentro do nosso
atual contexto, pois as antigas almas que provocaram as grandes batalhas e a corrupção do espírito e da
consciência, se encontram encarnadas na Terra e possuem suas conexões via Umbral e as 7 infra-
dimensões que já abordamos anteriormente. Assim a Terra é um ponto estratégico que se conecta com o
passado linear e com realidades paralelas de importante magnitude dentro da experiência de milhares de
seres encarnados em nossa atualidade.
Quando a grande guerra explodiu dentro do perímetro interno nas proximidades das 3 Marias e dos
principais mundos da nossa constelação de Satânia, a Terra serviu de ponto neutro e esconderijo para
muitos grupos, eles não sabiam que a Terra tinha sido escolhida como mundo de exílio pelo plano
maior, na verdade existia um comando espiritual que direcionava milhares de refugiados e seres para a
Terra por diversos motivos, não apenas pela questão de estar na rota comercial da Federação e das Casas
de Comercio, mas pelo fato de estarem dentro de seu intimo sendo orientados para de radicarem na
mesma, assim como outras almas no passado tinham recebido esse tipo de mentalização ou intuição em
relação a Capela, Tau Ceti, Boronak e os outros mundos que serviriam de base para os futuros mundos
hospitais da Confederação, onde uma delegação de Mestres Ascensos deveriam fazer um grande
trabalho como Avatares e líderes espirituais e políticos, resgatando o aspecto divino dessas humanidades
perdidas dentro do seu ego e da sua própria dualidade e trevas de ignorância perante o universo maior do
Criador e da Fonte Suprema.
Cerca de 22 raças estelares envolvidas com as questões políticas da Rebelião acabaram por deixar
sua herança dentro da Terra, por outro lado a contribuição indireta foi de cerca de 315 raças estelares,
para a formação do arquétipo terrestre humano, com um DNA mais aperfeiçoado e pleno em relação aos
modelos originais dos outros grupos estelares. Na verdade a Terra já estava fadada a seu destino muito
antes de tudo isso ocorrer, pois nas altas esferas as realidades potenciais das ações de cada filho tinham
sido contabilizadas. A Terra que detêm muitos nomes, conforme a realidade consciencial, como já
expus, perante a Confederação seu nome é URANTIA (URANCHIA) PARA Benittez, Chan para a
Federação além de outros nomes relativos a outras culturas em diferentes épocas da história deste
magnífico planeta Crístico feminino. Além desse fato ligado as esferas maiores, muitos aspectos
cármicos da grande rebelião foram transmutados dentro dos 37 mundos de exílio, e a Terra teve uma
tarefa importante dentro de determinados parâmetros e frequências, diretamente ligada as esferas
internas da Fraternidade Rosa de Orion e do quadrante de Sírius em relação a conversão de Antares e as
disputas políticas em Siriús Beta e Pethafos, que interagiram em muitos aspectos na dualidade de
milhões de seres do quadrante do nosso sistema Solar, que faz parte diretamente do campo gravitacional
de Sírius Alfa e Toliman, que são as estrelas mais próximas fisicamente da nossa estrela Monmatia ou
SOL.
A Terra participou da grande batalha, algumas das raças aqui presentes com elevada tecnologia
que atualmente são intraterrenas estiveram nessa batalha e escolheram o lado a Federação, diretamente
ligadas a energia de Betelgeuse e de Sírius, fazendo uma importante conexão cabalística e astrológica
com esse grupos estelares, como as nossas pirâmides e a esfinge. Existe uma grande herança dos
conflitos do passado relativas a grande rebelião dentro do nosso DNA adulterado, isso é parte da nossa
memória quântica referencial ao nosso passado como almas, temos muito o que transmutar e burilar
129
dentro do nosso processo de dualidade experiencial em nosso processo encarnacional desde o primeiro
momento em nossa galáxia, cada um de nós, encarnou em diversas realidades na linha temporal e
dimensional, não apenas na Terra como uma grande maioria acredita, mas em outros mundos mais
antigos que a Terra. O nosso Eu Superior vem coordenando esse processo a alguns bilhões de anos da
nossa contagem, algo muito acima da nossa compreensão terrena.
Ao grupos terrestres que participaram da grande batalha, aliados a Federação atuaram próximo ao
Portal de Rigel e no confronto de Antares nas imediações de Sírius Beta e Toliman, quando as frotas
imperialistas de Antares, Shaula, Al Niyat e Draconia invadiram o espaço desses mundos, em uma
batalha que durou politicamente muito tempo e consciencialmente fez um grande estrago, além do
próprio confronto militar. A frota terrestre composta por naves espaciais de media tecnologia e longo
alcance, reunia cerca de 3700 unidades dirigidas por Calibur, que foi o antecessor de Caligasto como
Príncipe Planetário, este último foi corrompido e fez um pacto com Satã e outros de sua equipe, o que
colocou a Terra na lista dos mundos rebeldes posteriormente a participação na guerra a favor da
Federação e em socorro a Sírius e ao povo humano desse sistema.
O aspecto de Caligasto ocorreu cerca de 123 mil anos depois desse fato militar da Terra junto a
Sírius e seus mundos vizinhos. Calibur acabou perecendo nessa batalha e tornou-se,em outras esferas,
um dos impulsionadores da criação de mundos intraterrenos para proteger as raças mais evoluídas da
sangrenta violência e vingança dos grupos que invadiram a Terra a cerca de 475 mil anos da nossa
contagem, perturbando o processo seletivo e evolutivo do planeta, onde as raças douradas e prateadas
desenvolviam pleno contato espiritual com a mais elevada energia crística uma forte batalha espiritual
foi travada na Terra depois da sua participação no conflito de Sírius e Toliman. Algumas das nossas
divindades tidas como sendo a energia de DEUS ABSOLUTO, em diversas religiões e linhas das raças
terrestres, são esses ANJOS CAÍDOS, que na verdade vieram refugiados dessa grande batalha, outros
com planos de aprisionar a Terra e a raça humana, que possuía almas provenientes de esferas mais
elevadas, colocando assim um obstáculo no projeto avatárico de Micah, segundo o enfoque limitado
desses anjos caídos.
Grande parte desses Anjos Caídos atualmente se encontram na Terra e outros em Marte e em nossa
Lua, uma parcela já foi extraditada para o Conselho Cármico e outra encaminhada para o planeta
Herculovos. No entanto são as almas encarnadas na Terra na espécie humana, que ocupa lugares
privilegiados em nossa economia que ainda sustentam o plano das trevas, fazendo oponência aos
Mestres da Luz, segundo o protocolo deles, que tem relação com os Protocolos do Sábio de Sião, que
como já disse, é um livro proibido que possui uma origem duvidosa e também incriminadora para os
sionitas e outros grupos bancários do mundo atual.
Essas cidades intraterrenas em parte estão subordinadas a Ordem da Esmeralda e da Santa
Ametista, que por sua vez possui representação importante nas cidades de Shambala, Agartha e no
Templo dos 22 raios28, além das conexões com a cidade dos 7 planetas, na região andina da América do
Sul. Essas cidades intraterrenas ligadas a esse episódio terrestre, estão situadas na Ásia, e América do
norte a uma profundidade media de 43 Km, as mesmas já se subdividiram em cerca de 23 cidades
satélites e centros operacionais, que vibram entre a 3ª e 5.5, em nossa escala dimensional. As bases
físicas são as primeiras e algumas ainda são utilizadas e tem conotação direta com muitos avistamentos
de naves nas calotas polares, em especial a do norte, além de muitos avistamentos de discos e objetos
estranhos na região do Tibet, Índia, Sumatra e Sibéria, onde existem bases operacionais, que são
utilizadas algumas pelas tropas de elite do nosso Sinistro Governo Secreto.
A participação da Terra dentro desse conflito, a colocou no cenário estelar e dentro de um perigoso
jogo de poder, que já tinha sido traçado muito antes, desde o incidente de Maldek em nosso Sistema
Solar, muito tempo antes. A Terra em outras épocas já ocupou uma posição de destaque na política
sideral do nosso quadrante, como uma base e centro político e escola consciencial, ligada a nossa antiga
Raça Dourada e as antigas raças que fundaram a realidade material deste planeta. Nosso planeta em
outras dimensões é uma grande estrela de sabedoria e referencial do trabalho Crístico de milhares de
servidores pelo amor incondicional, que oportunamente abordaremos na história deste maravilhoso
ddddd.
28
Recentemente recebemos autorização para liberar a energia dos 33 Raios de Alfa & Omega, que é
sustentada a partir desse templo. Essa nova escala de cores será revelada nos trabalhos ligados a cura e no
livro dos 22 raios, pela editora Madras.

130
planeta de luz consciencial.
A nossa participação dentro do contexto da grande rebelião serviu como ponto de partida para a
invasão da Terra e para estruturar a tentativa de unificação do projeto dos Portais estelares com todas as
raças do nosso quadrante, onde se tentou unir esforços com os Dracos e seus servidores, para assim
cancelar os conflitos e as guerras, o que não obteve sucesso, devido ao ego e a corrupção existente na
maior parte das raças imaturas do contexto que estamos abordando. Em nossa atualidade energética,
parte desses seres já adquiriram a necessária maturidade para desenvolver um trabalho conjunto dessa
magnitude, só falta que a humanidade entre nessa vibração.
Um aspecto interessante da participação desses terrestres na grande batalha foi que esses seres
empregavam muito a capacidade sensorial e poderes mentais, de alterar as condições da matéria com a
força mental, superando assim muitos aspectos da tecnologia dos inimigos, mesmo com uma tecnologia
espacial inferior, eles superavam seus oponentes com o poder espiritual de controlar os elementos e
átomos. Eles foram responsáveis por muitas derrotas das tropas de elite em suas ações assassinas, assim
tornaram-se uma lenda equivalentes aos Cavaleiros Jedi de George Lucas, que serviram por amor a
causa da paz. Em muitas oportunidades esses seres tem ajudado a evitar grandes catástrofes em nossa
sociedade terrestre. Esses seres são federados e confederados, eles tem trabalhos de ajuda a fraternidade
Branca desde então, e tem levado a palavra e energia de Sanat Kumara para muitos mundos além da
Terra depois dessa grande batalha. Cercas de 129 cavaleiros de muita luz fundaram a sociedade da
Estrela Escarlate perante a Federação e vivem no espaço em grandes bases estelares como a Arkenius 29,
dando continuidade a sua proposta de amor e sublimação da dualidade perante uma reforma interior, eles
ajudaram a alicerçar muitos dos parâmetros do Kardesismo, atuando inclusive como mentores espirituais
via mediunidade e também atuado dentro da esfera dos nossos Orixás na cura e limpeza planetária.
Um aspecto interessante foi que com a participação da Terra nesse contexto, criou-se uma
realidade paralela, onde a Terra possui outra realidade bem distinta, onde ela é um foco Federado de
muita importância na questão da política sideral, devido a ter conseguido bloquear a ação nefasta de
Caligasto que vendeu a Terra para as forças sinistras de Satã e Toalk, nessa outra realidade a
Fraternidade Branca atua diretamente como um governo espiritual, onde não existem religiões, mas sim
a consciência da luz e do plano espiritual como um complemento ao experimento ascensional de cada
encarnado, nessa realidade a Terra e sua sociedade habita já a dimensão de 5,8 e esta orbitando próxima
a Sírius dentro de um campo magnético de Alfa & Omega e Júpiter é uma estrela acoplada ao nosso Sol,
gerando assim um sistema de 5 sois entrelaçados. Essa realidade esta conectada a algumas pessoas e
Mestres e faz um ponto de equilíbrio as nossas infra-dimensões do umbral que abordamos antes.
Quando houve a grande guerra a Terra sofreu muitas invasões, a maior parte dos refugiados,
acreditou que a Terra era um novo paraíso no qual poderiam se esconder do Conselho Cármico espiritual
e dar continuidade a sua saga contra a Federação. Assim como a nossa América latina, em grande parte
foi colonizada por escravos, assassinos anistiados da Europa e em geral um teor humano de baixo calão,
como nossos registros históricos o demonstram bem claramente, a Terra recebeu pessoas e raças
humanas e não humanas dessa mesma natureza, pessoas com baixo padrão vibracional, o que explica a
facilidade com a qual a Terra foi contaminada, além da participação negativa de Caligasto que vendeu a
Terra por interesses pessoais. Assim nosso planeta foi acometido de etapas vibracionais muito
conturbadas, derivadas da grande guerra e processo de exílio e refugiados escondidos na mesma. Nesse
processo construiu-se as realidades paralelas das 7 infra-dimensões do Umbral, que se conectam com
outros planetas, onde Anagora é o ponto de sustentação desse universo inverso se considerarmos alguns
aspectos dentro da mecânica quântica da sua natureza energética. Esse aspecto dentro da nossa
dualidade, faz parte do lado escuro que cada um de nós carrega consigo em seu processo de mestria e
burilamento da negatividade molecular que foi plasmado em nosso processo encarnacional no decorrer
dos hologramas em Nebadon.
Quando os representantes da Terra participaram dessa guerra e optaram por confrontar as forças do
Anti Cristo Anhotak, colocaram a Terra em evidencia como a pátria de uma super raça no aspecto
espiritual, com um DNA acima dos padrões convencionais, onde o teor espiritual estava acima dos
padrões convencionais, por já terem plasmado experiências em realidades dentro do universo Teta, na
29
Uma grande base estelar, maior que uma cidade, que esta orbitando o nosso Sistema Solar a muitos anos,
estudando e prestando ajuda ao nosso Sistema Solar e a humanidade, ligada Federação e Confederação.

131
verdade cada ser humano da Terra era um filho Criador em potencial que ao mesmo tempo era um
oponente a Anhotak e suas equipes, portanto representavam um obstáculo que tinha que ser destruído ou
subjugado a qualquer preço, assim a Terra e sua humanidade foi colocada no cadastro das prioridades de
Anhotak, pois eram um grave risco aos planos das egrégoras anti Crísticas. Imaginem um planeta inteiro
de Mestres Ascensionados, com uma população de mais de 12 bilhões de Mestres, plasmando o aspecto
Crístico universal, esse foco revolucionaria por completo as realidades físicas e espirituais dentro do
aspecto holográfico encarnacional, algo que colocaria seus planos em derrota antes de terem sido
implantados.
Foi partindo desse princípio que as forças trévicas invadiram e fizeram de tudo para modificar o
DNA e outros aspectos da humanidade na Terra e decretaram uma perseguição a raça humana na galáxia
durante milhares de anos. Todos jogaram uma partida que ainda esta em pleno andamento e aspectos
críticos estão se ajustando para ambas as realidades da luz e das trevas, pois a energia esta mais
acelerada e novas exigências estão sendo plasmadas para ambos os lados.
Muitas dessas raças estão presentes na Terra como demonstram as figuras que anexei abaixo dos
crânios encontrados no México, Egito, Peru e Bolívia, uma grande parte desses registros foi
propositalmente escondida da humanidade e muitos desses crânios foram escondidos ou destruídos, para
que não fossem divulgados, seus exames de DNA até o presente momento nunca foram revelados, pois
não se trata de padrões terrestres, esses crânios são uma prova física de seres extraterrestres existentes na
Terra, seres que em grande parte foram incluídos em nossa matriz genética no processo de adaptação
genética em nossa manipulação.
Essa inserção é parte da revista on-line em nossa home page na internet, www.shtareer.com.br que
possui a revista LUZ da Fraternidade, que possui a finalidade de exprimir canalizações para despertar a
consciência humana.

Crânios de Extraterrestres.
Estes crânios foram encontrados em diversas localidades, no México, Egito e regiões da
mesopotâmia, onde a milhares de anos, existiu i império Sumério, Elanita e posteriormente a Babilônia,
localidades, onde diversas civilizações migraram e estruturaram civilizações a mais de 450 mil anos,
através dos registros Assírios que tem sido traduzidos, os Nacals, Nagas, Hititas e outras civilizações
que se confundem dentro do processo local. Estes crânios tem sido analisados e os resultados do teste de
DNA ainda não foram revelados, pois a comunidade cientifica procura explicar um processo de
deformação craniana, e faz a referência aos antigos Faraós egípcios que possuíam uma capacidade
craniana maior, devido ao cruzamento entre irmãos, que era habito entre a nobreza egípcia, segundo as
informações que nossos historiadores e arqueólogos tem encontrado.
No entanto tentar considerar este tipo de estrutura craniana como uma deformação é querer forçar
demais a nossa imaginação e chamar o publico de no mínimo ingênuo, pois as deformações não são
simétricas como estes crânios apresentam, ou seja, não existe deformação capaz de gerar este tipo de
formação, o que temos na verdade é uma estrutura biológica mista de diversas origens extraterrestres
híbridas com formas humanóides, desenvolvidas em setores centrais de Sírius, Vega, Reticullum e
outras localidades como Rigel. Vejamos um pouco sobre cada uma delas através de canalização:

QI 380 a 530

132
Aqui temos uma configuração mista de Draconiano com humana, proveniente de um sistema
central do quadrante interno de Sírius, que limita com setores internos de Orion, que do nosso ponto de
vista ótico do espaço, estaria próximo entre Sírius Alfa e Rigel numa posição que ainda pertence ao
quadrante de Sírius, o que explica a importância desse sistema para as civilizações egípcias, onde o
quadrante das 3 Marias do Cinturão de Orion, também tem uma importante referência astronômica, que
por sua vez tem conotação com as nossas Pirâmides. Estes seres com aparência humanóide, são o
produto de antigas miscigenações raciais que tiveram origem no setor de Vega, onde pela primeira vez,
ocorreram as misturas genéticas de DNA de humanos Adâmicos com Draconianos, como pode ser
estudado no novo livro Confederação 2, que esta disponível em apostila mediante contato conosco. A
capacidade cerebral dessas espécies é muito superior a humana terrestre, por terem um cérebro
programador sensorial distinto ao nosso. Esse processo de miscigenação genética ocorreu a alguns
bilhões de anos e levou cerca de 4 milhões de adaptação desde os planos sutis até a realidade material
nossa, para se estabilizarem como raça auto suficiente. Eles foram semeadores e colonizadores
planetários, que trabalharam muito a mineração de metais e minérios importantes a sua estrutura social e
tecnologia espacial. Dentro desta estrutura genética, existem 4 variações genéticas, sendo que uma dela
é totalmente humana, mesmo com essa configuração craniana, eles possuem aparência e traços faceais
humanos, como os faraós tidos como semi deuses tinham. Esse tipo de seres são de origem Siriana,
embora essa conotação seja apenas referencial para os terrestres, por ser essa estrela um marco estelar de
referência para todas as culturas siderais. O nome dado a esse tipo de cultura é Xotalqs, por serem
aparentados dos XOPATZ que são a versão mais draconiana dessas culturas. Alias a origem dos Xopatz,
é de Draconia, o sistema central da constelação do Dragão e são seres de elevada negatividade e não
confederados. Estes Xotalqs são da federação e tem procurado atuar em diversos níveis espirituais na
Terra desde sua retirada da realidade material.

QI 300 a 460

Este outro já tem uma configuração, diferente, por ser uma outra raça mais próxima a estrutura
genética humana do padrão Adâmico, que existe em diversos lugares da nossa galáxia. São a forma
humana ariana magnificada em diversos aspectos, por ter uma capacidade cerebral maior além de
pertencer as raças dominantes, parentes as arianas de Aldebaran, que tem relação com o histórico de
Hiperboria, onde o povo germânico plasmou sua lendas dos antigos deuses de Aldebaran, que Hitler
buscava em suas pesquisas com a Sociedade Vril e a construção das primeiras naves com propulsão de
Takions e sistema Vril de navegação e sustentação, naves alias que são as descritas pelo pesquisador
George Adamski, que contatou Horton, que se dizia ser de Vênus. Esta forma humana é muito próxima a
ariana estelar e tem correlação com antigas divindades nossas, que atuaram tanto na cultura egípcia,
como mexicana além da nórdica. São de certa maneira padrinhos de alguns fenótipos terrestres dentro
das raças caucasianas e arianas, sendo inclusive parentes de muitas raças semitas estelares das Plêiades,
por terem uma origem comuns, derivada de Lira e Canopus.
Esses seres também chegaram a ter profunda influência em civilizações como as que existiram no
império Sumério e na Lemúria a mais de 380 mil anos. Também dentro deste arquétipo genético, a
milhões de anos atrás, tivemos a ocupação das civilizações de Maldek e outras culturas, como os
Nodianos, Gracianos e Acatianos, que possuem a mesma configuração e em alguns casos muito próxima
entre esta desse crânio e a nossa terrena, civilizações que na sua maior parte já estão habitando
realidades de 5ª dimensão. O padrão genético deste tipo é puro, sem a existência de padrões draconianos
como ocorrem em outras formas humanóides e draconianas.
133
Estes já são de uma raça aparentada dos Zeta/draconianos, que também tem relação com setores
próximos a Orion no quadrante de Rigel, onde existe uma poderosa organização de Zetas com alta taxa
de genes dos Draconianos do Império de Orion, na forma Alfa Draco, que são a raça mais inteligente e
ativa, que estruturou o Império de Orion. Curiosamente no filme de Dracula com o ator Keanu Reeves,
este tipo de formação craniana, foi relacionada ao Conde Dracula, como sendo uma deformação e
maldição divina, o que na realidade é um profundo engano, pois essa configuração do crânio ajuda a
abrigar um poderoso cérebro de múltiplas funções que controlam além das funções do corpo material, a
dos outros corpos sutis até a realidade da 6ª dimensão, além de ser um captador coletivo, pois esse tipo
de raça possui uma consciência coletiva, o que exige delas um grande campo sensorial de comunicação
telepática. A nossa forma humana também tem essa capacidade, mas esta desativada o que explica por
que a nossa pituitária e Pineal são tão pequenas em comparação ao outras formas humanas que praticam
o contato telepático e utilizam de forma direta as capacidades extrasensoriais, que também são parte do
nosso padrão genético, mas encontram-se adormecidas, devido a nossa Barreira de Frequência
atmosférica. Este tipo de ser tem estado presente na Terra e tem profunda relação com nossos antigos
Anjos Caídos, muitas das nossas divindades, tem relação com este tipo de extraterrestre, e nem todos são
flor que se cheire. Uma parte desses seres ligados a invasão planetária, era carnívora e se alimentava de
carne humana, o que tem conotação com a questão psíquica dos vampiros e com as lendas do astral do
Conde Dracula, que é um arquétipo intimidador mesmo para muitas almas desencarnadas, por estar
ligado aos príncipes satânicos e Anjos Caídos que sustentam o plano da esquerda na Terra e em outros
mundos conectados a nossa dualidade.
Atualmente existem diversos representantes desses tipos raciais nas bases intraterrenas na região
do Oriente Médio e diversas outras localidades da Terra, mesmo aqui no Brasil na região central, podem
ser detectadas diversas bases onde esse tipo Zeta/Draco habita a Terra a milhares de anos, e estão de
certa forma exilados na Terra, tentando furar o bloqueio do Comando Ashtar com suas naves e Portais
dimensionais, confrontando a Policia temporal e Dimensional dos Mestres da Fraternidade Branca e do
próprio Comando Estelar. Esses seres possuem elevada inteligência na faixa de 350 QI, na nossa escala
comparativa.

QI 260 a 360

ZETA forma primitiva da raiz que formatou diversas espécies posteriores de Zetas e
posteriormente dos Grays, que são bem difundidos no mundo ufológico no planeta. Este crânio pertence
a linha ZETA/ADÂMICA original do planeta Ápice e possuía cerca de 2,20 mts, que por sua vez tinha
contato com as civilizações de Lira onde o padrão Adâmico e ariano estava ancorado e começava a se
difundir pela galáxia. Essa forma de Zetas é muito escassa na atualidade, mas pode ser contatada
mediante captação sensorial. Seres com uma elevada propensão as ciências o que é característico das
civilizações Zetas e Grays. Eles eram geneticistas e tem relação com a mistura de seus genes com a dos
134
Dracos, dando a formação posterior do ZETA/DRACO mostrado acima, relacionado com Dracula pelos
pesquisadores.
Nem todos esses seres estão filiados a Federação e muito menos a Confederação Crística estelar, o
que os torna uma raça fria e calculista, que deve ser respeitada e tolerada dentro de certas limitações,
pois muitos humanos encarnados, pertencem a raça deles, que escolheram nascer como humanos, o que
tem relação direta com diversos casos de abdução por parte dessa espécie e dos Grays, estes últimos por
sua vez trabalham com as forças nefastas do Sinistro Governo Secreto, o que complica a nossa situação,
pois muitas pessoas são contatadas pelos Grays e tiveram abduções. De maneira geral, enquanto uma
pessoa estiver ancorando sua energia na dos Mestres e no Comando Estelar através da energia do
Arcanjo Miguel ou Ashtar Sheran, existe uma forte proteção.
O que temos dentro deste Site, é mais uma prova da existência de outras formas biológicas de vida,
além da nossa, que estiveram presentes na Terra, e que tem relação com muitos relatos sobre OVNIS e
aparições extrafísicas dentro do mundo da espiritualidade e das antigas lendas sobre civilizações
perdidas, que são reais.
As lendas Peruanas e Incas em geral sobre a deusa Orejona, tem relação direta com os crânios mais
alongados, que são a mistura Adâmica com Draco, que por sua vez tem relação com os Deuses Sirianos
e do Egito e do Império Inca, Mapuche, Aymaras, e Quichua, da América do sul, onde também foram
encontrados crânios com esse tipo de características, mais uma vez demonstrando que não se trata de
deformações ocasionais como nossa comunidade cientifica tenta explicar.
Vejam e comparem cada um desses crânio e procurem analisar com serenidade, e descobriram
muitas coisas dentro de seus subconscientes, que os conectam a essas civilizações, pois muitas delas tem
conotação com a nossa realidade atual, pois ajudaram a colonizar nosso planeta, onde podemos buscar
informações através dos registros de diversas civilizações, uma das mais ricas em detalhes, é dos
assírios, que o nosso colega, escritor pesquisador Sacharias Shinty publicou em seus maravilhosos
livros, assim como Erich Von Daniken.e muitos outros precursores da nossa atualidade, pessoas valentes
que ousaram desafiar a igreja e a política para revelar a humanidade uma nova realidade, que passou a
ser a base dos estudos de muitos grupos iniciáticos secretos e que agora são informações presentes em
diversos livros, filmes e na própria Internet.
Vejam a comparação com os egípcios, a capacidade cerebral, bem acima do comum, isso entre os
nobre, os faraós tinham nas antigas dinastias, ligadas ainda ao sangue extraterrestre uma capacidade
cerebral muito maior que a nossa, o que de certa forma os coloca como nossos criadores.
Eles à medida que se misturavam aos padrões genéticos terrenos, degeneravam
em padrões mais densos e se adaptavam a configuração terrena, que é nova, pois a
nossa genética possui um novo arquétipo superior a de muitas criaturas
extraterrestres e inclusive superior a dessas criaturas, em diversos aspectos, além da
humanidade ser o que os pleiadianos chamam de biblioteca viva, nosso padrão
genético é um compendio de diversas raças aperfeiçoadas dentro do DNA terreno. O
que nos torno muito especiais dentro do conceito espiritual e sideral.
Poderíamos dizer que de certa forma, nossa capacidade menor cúbica do
cérebro, é compensada pela estrutura molecular e as ligações química e
neurológicas, originarias de diversas raças extraterrestres. Além disso, é sabido que
nós humanos utilizamos apenas no máximo 12% da nossa capacidade cerebral, o que
coloca muito abaixo do real potencial que detemos dentro do nosso cérebro e da
nossa espiritualidade, que é um fator importante, pois a raça terrena detêm a
capacidade de consciência individual a diferença de milhares de outras raças espaciais, que ainda estão
presas a uma consciência coletiva, como muitos Draconiano, Zetas e Alfa Dracos e suas derivações.
Gostaria que cada um tirasse suas próprias conclusões sobre esse processo, pois dentro de alguns
desses crânios encontram-se seres com uma energia bem maligna, responsáveis por massacres a espécie
humana. Deixem sua intuição lhes guiar ao analisarem esses seres.
As canalizações são um parâmetro para o tipo de energia descompromissada que os amados
Mestres enviam a humanidade, na qual eles permitem que cada um siga seu coração, e não a imposição
ou dogmas que eles queiram inserir, como as nossas religiões fazem como uma lavagem cerebral. A
Fraternidade Branca não dogmatiza, ela apenas ama e permite que o amor flua dentro de cada um de
nós. assim devemos enxergar essa hierarquia de servidores do Cristo, pois somente pelo amor nos

135
libertaremos dos nossos fantasmas, que foram criados pela nossa forma equivocada de pensar e sentir, o
que tenho buscado demonstrar e explicar em meus livros e outros trabalhos como terapeuta, uma nova
reforma interior e modificação dos nossos limites, nossos fantasmas e falsos valores, que aceitamos
como reais e absolutos, pois o universo não é absoluto, como nós o observamos, ele pode ser absoluto
dentro de uma linha de evolução e modelagem as energias inseridas perante ele, mas não dogmatizado
como nós buscamos padronizar em nossas vidas e medir a vida e as pessoas mediante nossa medida ou
régua como temos em nosso dito popular. Por acaso temos algum padrão para medir a real magnitude de
Deus, ou de um Mestre Ascenso?, por acaso alguém pode realmente medir a si mesmo sem se auto
bajular?; então chegou a hora de cada um fazer seu papel, buscar sua reforma interior, essas mensagens
podem ajudar a pensar e a repensar a vossa vida e os vossos propósitos de vida. O que desejamos de vós
é a oportunidade pessoal de enxergarem o quanto cada um é divino, o quanto cada um é a parte do
criador manifestada em uma realidade física, que é parte integrante do criador absoluto. Quando um de
vocês pensar em nós da fraternidade branca, lá estaremos nós em pensamento ao lado desse filho, pois
existe uma profunda ligação entre todos nós. Busquem atualizar vossos conceitos sobre a espiritualidade
e se dêem a oportunidade do crescimento interno, permitam-se vasculhar sem medo o que realmente
cada um tem dentro de si e a escutar a vossa intuição, pois com ela podem conectar as altas esferas de
seus corpos sutis e fazer a conexão com vosso Eu Superior e tornar-se uno com a fonte, pois cada um de
nós é uno convosco quando estão nesse estado de meditação ou conexão com nossas egrégoras.
Uma das grandes chaves para a reforma interior e para o resgate do planeta é a fé que cada um tem
que depositar em sua capacidade de vencer os obstáculos e transmutar gradualmente suas dificuldades
em luz e em aprendizado que por sua vez desenvolve o amadurecimento interno de cada um, isso é uma
parte importante do trabalho que cada um necessita vivenciar ainda na escala humana encarnacional,
pois somente assim existira o burilamento e elevação consciencial dentro do propósito que cada um
escolheu para se tornar um Mestre e resgatar sua família estelar, cada um de vós é uma peça de um
grande quebra cabeça cósmico, que é por sua vez a parte do corpo do criador maior.

Alfa & Omega


Esse aspecto ligado a um grande foco de energia e luz, no momento atual, faz uma forte conexão
com todos os outros Logos solares de Satânia, para estabelecer a nova malha energética de transmutação
e elevação energética da galáxia, como abordamos no início, existe uma forte energia sendo direcionada
para a galáxia, uma energia de muita luz e modificadora, essa energia é transmitida para todos os
planetas através da energia desses sois . Seguindo um grande plano espiritual que sempre esteve por traz
dos bastidores, velando e amando a cada alma, mesmo aquelas que se perderam em seus experimentos
dentro do holograma estrutural e encarnacional que cada um escolheu ou acabou se enredando pela
ignorância e ânsia de poder.
Esse Sistema Alfa & Omega, no momento esta direcionando 33 raios para a humanidade,
recentemente recebi a autorização para divulgar esses novos raios, isso significa que um novo parâmetro
energético foi atingido pela humanidade, em conformidade com os planos da Operação Resgate da
Confederação e da fraternidade Branca Universal.
As equipes do Comando Estelar esta atuando dentro do projeto Avatárico com maior intensidade, a
cada momento que um grupo de pessoas se reúne para efetuar os decretos e trabalhos espirituais, uma
grande equipe dos Mestres e da Confederação faz a sua parte resgatando almas e energias de Elementais
que foram desvirtuadas, onde o Conselho Cármico esta diretamente atrelado ao trabalho de expurgo e
perdão dessas almas e energias envolvidas. É necessário que cada um de nós se comprometa com o
propósito do amor e de resgatar pelos decretos e projeções mentais o planeta e o próximo, para acelerar
o processo evolutivo da Terra.
Cada um de nós é responsável pelo seu espaço, pelo ar que respira e pelos pensamentos que gera,
assim cada um tem que fazer a sua parte de transmutar os valores e conceitos para os novos tempos que
já chegaram e que esta movimentando nossa realidade, deixando-nos sem fôlego e sem base, pois
perdemos o controle sobre as energias que tínhamos e sobre o rumo dos acontecimentos, pois tudo é
imprevisível.

136
Uma guerra final entre as trevas e a luz, não ocorrerá como muitos acreditam, pois são duas
metades ou faces de uma mesma moeda, é a dualidade que existe dentro do holograma encarnacional
que cada um de nós vivência a bilhões de anos. Por esse motivo o que temos é um ajuste de contas, um
ajuste para eliminar os excessos e os aspectos desarmônicos que foram criados nesse processo que a
milhões de anos vem se arrastando, devido ao termino do nosso ciclo estelar, um ciclo que termina
muito próximo ao termino do calendário MAIA entre 2011 e 2012, o que coincide com o fechamento do
Portal 11:11. Posteriormente o ciclo final fica por conta do Portal 12:12 que esta ligado ao Sol Central
de Alcyone das Plêiades, esse portal esta ligado a capital de Salvingtón e tem relação com o ciclo final
de 260 mil anos do aspecto galáctico em relação ao periélio central da nossa galáxia, onde esta
localizado o centro gravitacional da mesma. Esse foco é o mais amplo e poderoso que sustenta toda a
vida e manifestações em nossa galáxia. A maior guerra será a interna dentro de cada um de nós, em
nossa libertação dos falsos valores e dogmas que consideramos como verdadeiros e absolutos durante
dezenas ou centenas de encarnações na Terra e em outros mundos. Por esse motivo o que temos pela
frente é muito trabalho e muita energia para ser transmutada e compreendida dentro da nossa jornada e
busca, que para muitas pessoas tem sido desastrosa, devido as vertentes negativas e falsas que tomaram,
pensando serem de luz e divinas. Isso ocorreu com muitas pessoas em meus encontros e palestras pelo
Brasil e países latinos, por esse motivo, temos que redobrar a nossa busca interna e conduta espiritual
para uma melhor explanação crística e conceitos de paz e harmonia dentro de cada um de nós, buscando
o equilíbrio a partir da nossa realidade, e não da realidade dos outros, como é muito comum, pois
buscamos aquilo que não nos pertence ou que é uma ilusão, chega de ilusões, pois estamos vivendo
ilusões falsas a milhares de anos e encarnações, nossa realidade é muito mais palpável, esta dentro de
cada um de nós, ela é muito mais real, para isso temos que trabalhar o nosso interior e não seguir os
passos de uma outra pessoa, por acharmos que essa pessoa é iluminada e mestra. A Mestria se consagra
dentro do nosso coração e da nossa caminhada através dos nossos atos. Por esse motivo devemos
procurar dentro dos nossos parâmetros materiais e espirituais a nossa jornada pessoal e a nossa verdade,
dentro daquilo que a mãe natureza e a providencia divina nos abastece a cada dia. Buscar a harmonia é
algo importante, que começa dentro da nossa realidade pessoal a medida que compreendemos os
mecanismos e leis do universo, essas leis estão dentro do coração de cada ser humano e de cada ser da
criação, mas devem ser descobertas dentro dos protocolos de cada experiência e projeto de vida e da
dualidade que cada um carrega consigo mesmo.

Ahriman e sua seita tecnológica


Aqui temos um interessante relato e pesquisas sobre um ser que seria segundo os Persas, um ente
ligado as forças mais poderosas do Anti-Cristo, ser este que teria inclusive dado a maça do pecado
original a Adão e Eva. Quem fez muitas observações sobre esse aspecto da dualidade do ser humano, foi
Rudolf Steiner30 como pesquisador falou sobre a dualidade do ser, como uma parte importante em nosso
processo de libertação e compreensão dos valores espirituais e morais. Para os Persas esse ser Ahriman
ou Aingra Mainyu, representa o ser que busca desenvolver a alta tecnologia a troca da imoralidade, que
por sinal se apoderou da maior linha cientifica da humanidade, no que diz respeito pela busca do poder e
da soberania, o que claramente temos manifestado em nossa corrida cientifica e militarista.
Segundo as afirmações de Steiner, Ahriman encarna na realidade terrestre a cada 666 anos, no qual
ele insere o seu propósito de destruir o mensagem do Cristo. O ano de 1998 marcou o final da 3ª etapa
encarnacional desse ser, que marcou o grande crescimento da nossa tecnologia e grandes guerras, com o
desenvolvimento em especial dos artefatos nucleares, ser este que teria sido um dos mentores de Adolf
Hitler, que inicialmente tinha sido amigo pessoal de Steiner no início deste século, em suas buscas pelo
ocultismo dentro da Franco Maçonaria. Outro pesquisador que aponta para esse tipo de pensamento foi
30
Rudolf Steiner, (1861-1925) fundador da Antroposofia, personagem eminente na filosofia esotérica e
pesquisador do ocultismo, inicialmente companheiro de pesquisas c com a Sra. Helena P. Blavatsky, que
deram uma nova reformulação e trouxeram para o ocidente muitas informações sobre o esoterismo
pertencente ao Oriente, alavancando poderosamente a nossa consciência global, sobre muitos aspectos
espirituais perdidos e soterrados pela nossa pesquisa puramente racional e tecnológica.

137
Trevor Ravenscroft, o autor de Hitler e a conspiração das Trevas, que fez uma analise desses 3 ciclos de
666 anos, da nossa história humana e dos conceitos sobre a moralidade e ciência, fazendo um estudo
desde o ano zero ate 1998, também escrevendo um livro intitulado A Marca da Besta. Segundo
Ravenscroft, o primeiro ciclo encarnacional de Ahriman tentou destruir a corrente espiritual
desenvolvida na academia Cientifica de Jundhi Shapur na Persia. Colocando em seu lugar uma
consciência racional e materialista, assim como seu fundador buscava inserir um conceito de analises
puramente clinica e metodológica, sem o amparo da intuição e da sensibilidade espiritual, esse fundador
pertencia a uma linha de antigos exilados de Capela, conhecido como Joshua Bem Jesu, ele alavancou
muito a pesquisa cientifica, mas inseriu também o aspecto racional a um ponto critico, alias típico da
corrente cientifica, onde se nega tudo aquilo que não pode ser explicado. Segundo as pesquisas de
Ravenscroft, a família de Bem Jesu, procurou trocar o culto religioso Cristão pelo culto e praticas
diabólicas na imagem da entidade espiritual de SORAT. Esse centro de pesquisa que ensinava,
astronomia, matemática, medicina e filosofia, também inserindo ensinamentos profundos de meditação,
Mantras e projeções mentais de visualização de Ahriman, procurando anexar a busca cientifica a
imagem desse ser, fez com que muitos discípulos entrassem em ressonância com seres das trevas e
extraterrestres coligados as raças renegadas. O segundo ciclo que foi terminado em 1332, teve a
participação de Ahriman dentro de processões espirituais e do processo de intrantes, usando
personalidades importantes como o Rei Francês Felipe, que foi aquele que terminou com a vida de
Jacques de Molay, um dos últimos Mestres dos Templários em 1314, assim eliminando o verdadeiro
conhecimento do cristianismo real deixado por Cristo e seus discípulos, assim como os verdadeiros
escritos sagrados de Cristo e seus seguidores, esse acontecimento contou com a ajuda direta da Igreja
Católica Apostólica Romana, que não tinha interesse em revelar a verdade sobre o que Cristo realmente
teria deixado e sobre o que ocorreu após a sua crucificação, criando um holograma que até os dias de
hoje é considerado como real. Segundo as pesquisas dos ocultistas, esse ser teria posteriormente
inspirado o nazismo no mundo e provocado a guerra do Vietnã e Coréia para arrecadar mais energia
negativa sobre o planeta. Esse tema vem de encontro ao que estudamos até o presente momento, dando
novamente reforço ao que já ocorreu no passado em nossas antigas civilizações e se repetindo com os
acontecimentos siderais de Orion e a grande conquista pelo poder e pelas almas. Recentemente uma
denuncia de canais norte americanos, sobre a capacidade dois Grays de aprisionarem almas humanas
para ativarem com a sua energia vital as experiências e de sustentarem com a força vital os híbridos que
eles criaram em laboratório, gerou um escândalo e temor, algo muito real que já era praticado na ocasião
da grande guerra de Orion a milhares de anos. Portanto temos a repetição do passado se plasmando em
nossa realidade atual, e devemos superar mais esta provação para que possamos seguir adiante a nossa
evolução e jornada espiritual pela liberdade e pela superação dos nossos próprios limites e dogmas.

Os Mestres Jedhi e os Mestres MIB’s


O tema referente a esses misteriosos Mestres, referentes aos filmes de George Lucas, são na
verdade canalizações e captações das vidas e aventuras encarnacionais de Lucas em Orion, quando
ocorreu a grande Guerra. Os Jedhi são na verdade mestres como Samurais ou Ninjas que escolheram
defender a luz e o amor pela verdade, como viviam na dualidade, os oponentes diretos eram os agentes
do Império denominados pelos terráqueos de MIB’s, devido a sua aparição em inúmeros casos relativos
a avistamentos de OVNIS e a tentativa de apagar esses registros e intimidar as pessoas para que não
falassem nada a respeito do que foi visto. No passado ambas essas forças se enfrentaram, cada qual
defendendo a sua postura e ideal de vida, criando assim um exercito de seres que lutavam pelos seus
ideais e crenças. Ambas as forças dominavam técnicas extra sensoriais de elevado poder se comparados
a nossa humanidade, capazes de se teletransportar mentalmente, exomatose31, eles faziam parte de uma
elite da Federação e das Casas de Comercio, onde surgiram os MIB’s, devido as infiltrações e interesses
dos agentes de Satã e Toalk.
31
Técnica conhecida como saída do corpo, ou projeção astral, mental e morontial. Esses seres podiam
se projetar em diversos lugares ao mesmo tempo, usando cada um de seus 5 corpos sutis em relação ao
parâmetro físico dimensional deles que em geral estava entre a 4ª e 5ª alguns até 5.6.
138
A dualidade desses seres e suas guerras e disputas pelo poder, cada qual dentro de sua ótica,
devido a seu compromisso, foi de grandes proporções, onde Lucas esteve diretamente inserido, como
parte de um contexto ligado ao quadrante inicial das 3 Marias no cinturão de Orion, e posteriormente nas
imediações de Sírius Beta e Antares, quando ocorreram outras perturbações do campo energético de
livre arbítrio em Sírius. A luz se manifestou em muitos mundos, graças a ajuda desses Jedhi, que eram
nômades seguindo uma linha de conduta dirigida por Mestres Ascensos dessa época e ligados por sua
vez as grandes Fraternidades Espirituais da luz. Os Jedhi eram mestres voltados a ensinar a luz e
remover a ignorância, o que muitas vezes os colocava em oposição aos interesses dos Impérios que
queriam a ignorância e submissão dos povos mais indefesos e com menor tecnologia. Assim esses seres
fizeram história nos anais de diversas etapas da grande Rebelião e de suas ações para ajudar. Muitos
deles eram na verdade da egrégora dos Elohins, dos antigos Els que já abordamos no livro A Irmandade
dos 7 Raios, Desvelando antigas civilizações32, o que coloca esses maravilhosos seres, como uma
manifestação de ajuda grande daqueles que tinham maior compreensão sobre a dualidade e buscavam
esclarecer ao próximo. Seus oponentes também detinham grandes poderes, mas baseados no poder da
tecnologia na maior parte das vezes, já os Jedhi, contavam mais com o poder do espírito e da mente.
Assim existia uma diferença bem grande em seus poderes, enquanto um atuava por amor e sabedoria, os
outros por opressão e aterrorizavam com suas faculdades de transformar objetos e mover objetos ao
ponto de deformar aço e outras substancias com seus poderes, existia uma equivalência de poder entre
essas duas linhas, mas normalmente os MIB’s utilizavam de recursos insanos para forçar os Jedhi a
serem mais cautelosos devido as vitimas inocentes que os MIB’s colocavam no meio dos confrontos.
Dificilmente um MIB’s enfrentava diretamente um Jedhi, pois sabiam que os Mestres Jedhi podiam
desativar a tecnologia que eles utilizavam via chips e instrumentos em seus corpos e campos
energéticos. Poucos foram os Jedhi que se voltaram para o lado negro e confrontaram seus mentores e
seus antigos ideais, mas ocorreu em algumas situações, devido a dualidade existente dentro de cada ser.
Oportunamente entraremos em profundidade na questão desses guerreiros e suas aventuras na grande
rebelião.

As 22 Delegações Estelares na Terra, Projeto Terra


Após muitas guerras e conflitos resultantes das distintas etapas culturais dentro de Orion, em
especial no quadrante de Rigel, Medissa, Capela e El Nyat, além dos confrontos contra as delegações
das 3 Marias. Após uma etapa onde a Confederação interveio e foi possível desenvolver uma negociação
mais ampla e promissora, ao invés da guerra arrasadora, muitas culturas, já tinham percebido que a
guerra sangrenta não era a melhor solução, rendendo-se as novas negociações e a compartilharem com a
Federação os projetos de pacificação e trocas culturais, o que antes tinha sido considerado uma fraqueza
por parte da lavagem cerebral que foi inserida dentro de cada cultura dos pontos mais vulneráveis dessas
alianças.
A Terra como parte do território operacional de Sírius, estava sendo colonizada por diversos
grupos estelares, muitos que tinham fugido das questões políticas e sociais referentes aos confrontos
ideológicos e consciências. Assim muitas colônias na Terra que estavam presentes desde os últimos 857
mil anos em nossa contagem passaram pelas situações mais amargas e duras desse conflito estelar.
Outras residentes a cerca de 1,3 milhões de anos já estavam bem mais estáveis e atuando em esferas
entre a 3ª e 4ª dimensão, efetuando sua conexão com os Mestres da fraternidade branca, servindo
inclusive de recepcionistas a novas delegações. Também existiam aqueles que procuravam se isolar em
territórios mais afastados ou em cidades intraterrenas para se livrarem da ação dos grupos rebeldes e
mais agressivos.
Também um grande número de exilados já tinham chegado a Terra desde épocas remotas, onde os
ciclos cósmicos terrestres, já os tinha purificado ou desterrado conforme as novas energias cósmicas iam
se acoplando para elevar a Terra para novas etapas. Com relação a raças exiladas, existiram muitas antes
dos tempos conhecidos, muitas delas referentes a vinda de Sanat Kumara para a Terra a cerca de 18,6
milhões de anos em nossa contagem, quando uma grande delegação de exilados de diversos mundos
rebeldes ligados as atuações nocivas de satã e Toalk desenvolveram graves alterações consciências
139
dentro das limitações de VEGA, LIRA, REGULUS, CAPELA, ANDISSA, PROCYON GAMA,
SIRIUS KAPA, AGENA5, MALDEK 2, RIGEL 7 e ORION 13, mundos onde a taxa de dualidade e
agressividade e índole destrutiva foram além dos valores permissíveis, ameaçando destruir mundos
inteiros, como em diversos setores desses sistemas, o que os fez serem colocados a disposição pelas suas
sociedades e em muitos casos pelo Conselho Cármico dos Anciões de Dias de Salvingtón. Assim a Terra
e outros mundos em equivalência receberam parte desses exilados para um novo processo de reciclagem
consciencial, o que levou a uma sangrenta era na Terra, exigindo a tomada de medidas de segurança
para não destruírem a Terra. Assim Sanat Kumara veio para a Terra para ancorar a egrégora Crística e
inserir um tribunal Cármico ligado as mais altas esferas, preservando a Terra da possível e inevitável
destruição que estava sendo plasmada pelas almas destoantes dentro dela.
Esse processo foi sendo gradualmente burilado e transmutado no decorrer das etapas de tempo e
encarnacionais de mais de 15 bilhões de almas entre as 7 infra-dimensões do Umbral e a nossa 4ª
dimensão do astral. As etapas seguintes referentes as novas raças exiladas e residuais da Terra, foram
gradualmente sustentadas em cerca de 12 civilizações que se elevaram e muitas se perderam em suas
auto destruições e complicações psíquicas.
O contexto ligado mais a nossa atual civilização e seus problemas cármicos, esta relacionado as
ultimas raças estelares e os processos que temos gradualmente narrado. As interferências e saldos
residuais das outras civilizações anteriores, ocorreram de forma acentuada quando a chegada dos novos
exilados foi ancorada, mas um processo ligado as pendências e heranças genéticas e psíquicas das
antigas raças.
Um dado interessante, é que a maior parte das delegações exiladas referentes ao nosso contexto,
eram descendentes reincidentes das antigas raças rebeldes que já tinham descambado para o lado da
perversidade e movimentos anti-crísticos criando uma grande guerra estelar de grandes proporções a
mais de 20 milhões de anos, que por sua vez eram o saldo e micróbio residual de uma antiga e lendária
revolução consciencial que Anhotak criou a mais de 2,6 bilhões de anos dentro de Draconia, tendo seus
efeitos diretos em Rigel e inserindo um arquétipo negativo no DNA das raças draconianas, que
abordamos no Confederação 2, que foi detalhadamente projetada por Satã a mais de 10,3 bilhões de
anos, quando ele assumiu como Lanonadek Secundário abaixo da liderança de Lúcifer e passou
gradualmente a manipular e desvirtuar os registros akashicos e genéticos dos Dracos e das primeiras
raças humanas ancoradas dentro de Satânia, que por sua vez eram a raça humana Liriana e Veganiana.
Mas as raças que deram continuidade a grande diversidade genética na Terra, que chegaram a
cerca de 857 mil anos e algumas a 1,3 milhões de anos, tem relação direta com muitos aspectos das 22
raças que fundamentaram a 2ª, 3ª e 4ª Raça Raiz que muitos escritores tem revelado.
Na verdade eram cerca de 37 delegações residentes desde então na Terra, passando por processos
interessantes de remodelação e ajustagem consciencial, após seu exílio ou fuga dos conflitos sociais que
não tinham conseguido resolver. Assim entre exilados por decreto e refugiados, existia uma tênue
nuvem de valores, mas muitas questões em jogo de egos e disputas residuais que nunca tinham sido
resolvidas, por esse motivo muitas dessas delegações eram inimigas ou pouco simpatizantes entre si, o
que criava novamente uma linha de concorrência e separatismo, que foi identificado pelas raças
residentes da Terra, que por sua vez, eram resíduos da raças terrestres antigas, que já tinham se elevado
para dimensões mais sutis, tendo ficado um saldo residual com maior densidade e mais primitivas, que
passaram a ser trabalhadas pela engenharia genética com novas raças e simêos dos planetas originários
dos novos exilados ou refugiados, o que consolidou uma nova etapa genética e de pesquisas no que se
referia a criar novas raças humanas, vegetais e animais.
Isso deu origem a uma nova serie de animais e plantas em nosso mundo, que eram na verdade
parte do projeto da famosa biblioteca viva, que os Pleiadianos tanto falam, através dos livros de Bárbara
Maresiniack, que exploram bem esse assunto, pois os Pleiadianos também estavam inseridos nesse
contexto. Isso correu pelo fato de tantas delegações estarem exiladas ou mesmo escondidas na Terra,
queriam restaurar parte da egrégora de seus mundos natais, procurando assim reproduzir a fauna, flora e
animais de estimação que eles possuíam em seus mundos, inserindo uma infinidade de novas
ramificações evolutivas dentro da natureza terrestre, o que exige tempo e muita paciência e perfeição,
para poder integrar novas raças dentro de uma nova relação climática e geológica, onde muitas
adaptações tiveram que ser criadas para permitir o sucesso do projeto.

140
Aos poucos a Terra foi se tornando uma arca de Noé ambulante, onde centenas de animais e
plantas, foram artificialmente criadas e reproduzindo outros planetas, o que configura o aspecto de
biblioteca viva, mas no que diz respeito as raças humanas, outro fator foi interessante. Algumas
delegações estelares, praticavam a escravidão, e desenvolveram novas formas humanóides, para
servirem de escravos e pesquisas para guerreiros descartáveis em uma eventual revanche contra a
federação e em mundos que tinham perdido a força de vigilância da federação, buscando assim darem
continuidade as disputas políticas.
Outra parcela do processo foi referente as almas que passaram a encarnar na Terra, devido ao
exílio, o que complicou bastante a ação nefasta desses grupos em suas pesquisas genéticas, pois esses
novos seres humanos adaptados, tinham uma inteligência e uma herança consciencial proveniente dos
próprios criador e geneticistas, recriando assim os defeitos e índole, o que eles não tinham previsto,
perdendo o controle sobre suas criações, que eram rebeldes por natureza, assim como o criador direto no
aspecto genético e moral.
Assim a Terra foi dividida em territórios e por delegações, cada qual procurou taxar sua
propriedade e metas de respeito para com o outro, incluindo sobre as pesquisas e manipulações
genéticas. Isso foi sendo gradualmente inserido a medida que novos grupos chegavam a Terra, o que em
algumas situações gerou novos conflitos, e disputas pelas localidades, que ofereciam maiores recursos
naturais e minerais.
Com o tempo a Federação e outras delegações dentro de seus pactos, procuraram convencer todas
as delegações existentes na Terra, a aceitarem um projeto de unificação e neutralidade consciencial, para
criarem na Terra um centro neutro onde cada delegação poderia se ajudar mutuamente na criação de um
porto estelar ou entre posto comercial sem fronteiras, a exemplo do que tinha sido feito em capela e
Medissa, mas com maior flexibilidade e sem intrigas, uma nova tentativa para restabelecer a paz e
negociação entre todas as raças, que outrora tinham sido inimigas mortais.
O projeto demorou muito a ser considerado valido, mas com o aumento das pressões políticas,
acabou sendo gradualmente aceito, e foram 22 raças em especial que aceitaram de forma mais objetiva
traçar metas, e paradigmas para esse novo projeto e a verificação das vantagens que isso poderia
significar no futuro. As outras raças que não concordaram em participar desse conglomerado,
continuaram a sua trajetória, mas de certa forma acabaram participando indiretamente do processo de
globalização cultural e genética na Terra, onde muitas raças de animais, plantas e símios, foram
retrabalhados ou absorvidos pelo projeto para uma melhor rendimento e manifestação dentro dos novos
planos e conquistas cientificas conjuminadas do grupo formado.
Esse projeto perante a federação e outros grupos foi bem aceito e gradualmente estudado por
diversos grupos que tinham de certa maneira confrontado e também dado suporte a grande rebelião, ou
seja, em outras palavras, as forças por de traz dos bastidores, estavam de olho no que estava sendo
plasmado na Terra, cada qual de olho naquilo que poderia aproveitar ou absorver direta ou indiretamente
do novo plano, que na verdade tinha a mão sutil da Confederação que sabia muito bem o que iria ocorrer
dentro do fluxo temporal e dimensional.
Mas as delegações de Anhotak não tinham completa noção do que estava para ser realmente
desenvolvido, com a grande mistura de DNA dessas raças, que na verdade envolviam cerca de 315 raças
estelares, muitas inclusive de Andrômeda e diversos sistemas dentro dessa galáxia vizinha. Também
estavam presentes algumas delegações de Shinkara de onde Shtareer é proveniente em uma de suas
linhas evolutivas. Assim a Terra estava se configurando em um novo centro de criação da alma, sem que
as próprias almas e os poderosos percebessem o que estava sendo ancorado. O projeto terra, realmente
previa a transmutação consciencial através da mistura genética de todas as raças guerreiras e rebeldes,
que tinham ancorado o maior grau de dualidade e negatividade em seus experimentos, para
gradualmente fazer a alma transmutar isso dentro do processo encarnacional e consciencial que isso gera
dentro de cada experiência vivida.
O Projeto Terra previa também a restauração da tecnologia dos Portais Estelares, sustentados pelo
sistema de Pirâmides em cada planeta do anel interno do Sistema Solar, que inclui, Marte, Vênus, Terra
e Júpiter, criando assim uma nova tecnologia perdida na linha do tempo pela maioria das delegações
exiladas na Terra, que buscavam há muito tempo restaurar esse tipo de ciência e tecnologia, que tinha
pertencido as antigas raças fundadoras, que na época residiam nas dimensões mais elevadas, como os
Canopianos, Sirianos de Alfa Sírius, Acturianos e outras dentro dessa linha mais sutil e harmônica.

141
Na verdade as delegações físicas até a densidade de 5ª dimensão, ainda não tinham sublimado
muitos defeitos, o que os distanciava em muito desses conhecimentos para abrir tais Portais, por esse
motivo a unificação e colaboração do conjunto de raças e suas tecnologias, poderia restaurar tal
conhecimento e técnicas para operar o conjunto de energias e a matemática sagrada do conjunto de
pirâmides que eles queriam estabilizar dentro do seu projeto.
Eram diversos projetos além dos Portais, outros estavam ligados a genética, outros a viagens no
tempo e portais dimensionais através do som, além de estudos sociais e arqueológicos nos planetas do
sistema solar, para efetuar a ponte histórica das raças fundadoras de cada planeta em diferentes escalas
de tempo, que tinham padrões em comum com as lendárias raças estelares ou fundadores, que tinham
dado origem as raças de cada planeta do qual eles tinham estado antes ou mesmo eram descendentes.
A verdadeira linha evolucionaria racial da galáxia estava perdida, as novas raças não sabiam na
verdade a sua real origem e procedência dentro da escala de colonização dos fundadores, pois a vida
tinha se prolifera em paralelo em muitos planetas, confundindo assim o porquê de tantas raças similares
em distintos planetas e em distâncias bem longas, colocando um véu sobre o ponto real de cada raça e
sua origem dentro de uma linha cronológica e posicionamento gráfico na galáxia. Muito se falava de um
mundo original na qual a raça draconiana, humana e outras tiveram seu ponto de partida, mas esses
mundos lendários, nunca tinham sido localizados pelas distintas raças e pesquisadores, dentro de sua
busca e navegação pelo espaço, onde até o presente momento existem naves vagando perdidas ao longo
dos emaranhados da Via Láctea em busca desses mundos sagrados.
No contexto da federação em Draconia surgiu o padrão Draco, mas ele veio de outra galáxia
externa, assim como a raça humana, que apesar de ter sido implantada em Lira, ela é proveniente de
outra dimensão extragaláctica. Assim a busca tem sido em vão para muitas dessas delegações, mas
serviu para traçar uma linha cronológica e sequencial de planetas e sistemas que foram visitados. Mas o
que mais deixou esses grupos confusos, é o fato que muitas raças existiam em paralelo em sistemas com
mais de 3 mil anos luz de distância, comprovando a ação direta de seres extrafísicos, que foram
denominados por muitas raças de forma independente como os ELOHINS, o que por sua vez configura a
existência de uma inteligência maior invisível, além da referente realidade encarnacional que cada qual
empreendeu em seu jogo pessoal pelo poder e pela dualidade.
Os registros encontrados na Terra em cavernas e antigas cidades subterrâneas ligadas a antigos
processos glaciais e polares, foram também um achado surpreendente para essas novas raças na Terra,
que encontraram parentes e antigas naves lendárias de suas delegações anteriores, que tinham sido
consideradas perdidas, por terem entrado em Buracos negros ou em Fendas dimensionais em Rigel, 3
Marias e outros setores, que por muitas vezes representaram pontos de confronto. Isso demonstrava que
essas fendas e portais levavam a viagens pelo tempo e pelo espaço. Seus cálculos apontavam para
deslocamentos temporais da ordem de mais de 5 milhões de anos em alguns casos, o que era um achado
impressionante, colocando neles uma grande pergunta, por que irem para a Terra e não voltarem para
seus mundos originais e de lá acelerarem o processo evolutivo, a questão eram as realidades paralelas e
o medo de terem intervindo na evolução cronológica. Muitas pesquisas e hipóteses surgiram dessas
constatações de naves terem regredido no tempo e não querido interferir no processo evolutivo de suas
raças em seus mundos natais.
Os registros encontrados em cada uma dessas naves e delegações perdidas no tempo, foram
interessantes e deram uma grande alavancada na compreensão evolutiva e nas novas impressões sobre o
deslocamento temporal e seus efeitos sobre a consciência biológica. Também foram encontrados
registros de raças que deixaram a fisicalidade até a 5ª dimensão a mais de 15 milhões de anos, residentes
em grandes bases a cerca de 47 Km de profundidade nas calotas polares, deixando uma alta tecnologia a
base de silício e cristais, que tem relação com raças perdidas e lendárias de Canopus e Andrômeda, que
deram sustentação a Alfa-Sirius e desta para as novas raças que ajudaram a fundamentar a federação
como os Nodianos.
Assim a questão terrestre no que diz respeito a pesquisas e novidades referentes a antigas
civilizações perdidas foi uma pesquisa interessante que deixou diversos grupos profundamente
interessados, o que os deixou um pouco a margem das disputas de poder e concorrência com os grupos
mais ativos nesse contexto.
A importância dessas descobertas, colocou em evidencia que toda a constelação de Satânia e
provavelmente a galáxia toda, é na verdade, uma gigantesca biblioteca viva, relativa e milhares de etapas

142
evolutivas e sequenciais de raças e egrégoras que encarnaram e deram a sua contribuição para
estabelecer parâmetros evolutivos de milhares de raças.
Esses conceitos ajudaram a burilar muitos aspectos em algumas delegações mais equilibradas, que
acabaram contatando a Confederação de forma direta e a Fraternidade Branca para gradualmente se
libertarem dos falsos conceitos e valores, que ainda estavam presentes na politicagem da federação e de
seus dirigentes, que por muitas questões não eram confiáveis. Assim a ponte com a Confederação
Crística foi estabelecida e ancorada para dar respaldo ao projeto de amadurecimento dentro do projeto
Terra, que é uma extensão direta do projeto da Via Láctea dentro das altas esferas de Salvingtón e
Nebadon, onde as equipes mais elevadas do universo TETA e mais além plasmaram para a evolução e
burilamento da alma e aperfeiçoamento do EU SOU em cada etapa consciencial que temos para que nos
tornemos Co Criadores em perfeição com a fonte Crística universal, aprendendo a burilar a nossa
dualidade dentro de cada etapa psíquica e emocional com as realidades que cada um plasmou e
configurou em sua etapa pessoal dentro de seus programas e experiências.
A Terra é o reflexo de uma projeto maior de ordem galáctica, onde milhares de raças e culturas
tem que se manifestar e consagrar em distintas etapas de percepção sobre a própria existência e
dualidade em cada etapa onde a polaridade dos pensamentos e sentimentos tem que se expressar
gradualmente na pesquisa sobre a mestria de cada alma em suas etapas evolucionarias e compreensão da
herança criadora do Pai-Mãe universal a que cada um na criação tem direito, mas que exige etapas
longas de preparação e aprimoramento para serem compreendidas e realmente digeridas e colocadas em
pratica dentro da lei do amor universal, a qual cada um de nos tem que caminhar e amadurecer em suas
próprias escolhas e caminhadas pelos ciclos encarnacionais que sustentou.
Assim a Terra acomodou diversas delegações estelares dentro de um plano arquétipo Divino de
alta esfera, onde as raças dentro de um processo encarnacional holográfico, não percebeu como dentro
de sua dualidade e questões políticas, estava na verdade caminhando para um burilamento consciência l
a medida que ocorriam as misturas raciais e genéticas, onde a alma teria que plasmar experiências.
Inicialmente quando os acordos e negociações foram estabelecidos, algumas raças que não
concordaram com tais parâmetros, se mantiveram isoladas em seus propósitos e em alguns casos,
construíram suas cidades em fendas dimensionais isoladas da realidade terrena convencional, para assim
não participarem das novas disputas, eram grupos que queriam ficar sozinhos e darem continuidade a
sua forma consciencial evolutiva e sem interferências externas. Muitas dessas raças atualmente se
mantêm em realidades paralelas e buscam ajudar a Federação ou fraternidade Branca para despertar da
humanidade. Eles possuem centros terapêuticos e de estudos avançados, como na cidade de Erks em
Cordoba na republica Argentina, além de outras em território Brasileiro em pontos estratégicos na
Amazônia e Serra do Roncador, além de do sul do Brasil. Mas com relação aos grupos que participaram
do projeto Terra, inicialmente os acordos foram cumpridos, uma nova linha consciencial foi sendo
trabalhada e muitos progressos foram alcançados pelas equipes em cada área que tinham se disposto a
unirem seus esforços. Foi uma época muito promissora e contagiante de otimismo para muitos grupos,
no entanto o espírito de competitividade e desconfiança em alguns grupos ainda se mantinha em ritmo
de espionagem e planos de sustentar vantagens para com os colegas.
Esse aspecto acabou com o tempo levando à desfragmentação do projeto e de novos conflitos, que
por sua vez tinham a presença sórdida de líderes rebeldes exilados que estavam plasmados em esferas de
4ª, 5ª e 6ª dimensão, que estavam aplicando uma insubordinação e conquistando a Caligasto, que era o
príncipe planetário da Terra, que começou a simpatizar com Satã e Toalk nas questões políticas e de
poder, o que gradualmente interagiu nos planos do Projeto Terra e começou a confrontar a fraternidade
Branca em muitos aspectos, ajudando a que fossem criadas falsas religiões e desvios das tradições santas
de muitas raças.
Satã e Toalk acabaram chegando a Terra e deram início a uma rotina de alterações e novas
propostas, que colocaram em cheque todas as negociações e planos de fazerem da Terra um entreposto
aberto e fraternal entre todas as raças do conjunto e das outras que chegassem a Terra, colocando assim
um fim as disputas de poder dos diversos grupos, que mesmo com o fim da rebelião, ainda ficavam os
resquícios e muitos aspectos a serem gradualmente amenizados e harmonizados pelo tempo e pelo
convívio dentro de uma linha mais pacifica.
Esse processo foi gradualmente sendo rompido e degenerado pelas lideranças Draconianas e anti
crísticas que estavam residindo na Terra, onde cada uma das raças presentes de alguma forma contribuiu

143
para o fim do projeto, pois as disputas acabaram sendo novamente radicalizadas e guerras
desenvolveram-se em grande envergadura sobre o solo terrestre, como contam nossas lendas sobre as
guerras entre os deuses e entre homens e deuses.
Assim os conflitos antes existentes no orbe de Orion e Sírius, acabaram sendo cristalizados e
ancorados na terra, depois de muitos anos de tentativas e acordos, que foram frustrados pelos líderes
Rebeldes. Coligados a Anhotak da galáxia de Arconis. O ciclo interno de rebeldia e dualidade se repetia
dentro do coração e concorrência de milhares de representantes dos diversos grupos estelares, o que
mais uma vez inviabilizava a descoberta da tecnologia dos Portais Estelares via as Pirâmides planetárias,
e o que os distanciava ainda mais da ativação dos Portais Cósmicos alinhados pelas estrelas em
determinadas coordenadas estelares, onde as antigas raças já ascensionadas, colocaram estrelas em tal
alinhamento, que com suas energias gravitacionais e de luz, transportavam naves e planetas de uma
galáxia a outra além de poderem acessar outros Superuniversos. Esses Portais são utilizados pelas raças
ligadas as mais altas esferas já no limite do processo encarnacional, na esfera dimensional de 6,7 pra
cima, o que coloca poucas raças dentro de tal tecnologia. Normalmente são os Merkabas e irmãos de 7ª
dimensão que utilizam esse tipo de tecnologia que esta milhares de anos a nossa frente e de muitos
irmãos extraterrestres que se manifestam na Terra.
A intenção de se apoderarem da tecnologia dos Portais caiu por terra quando as novas
manipulações e espionagem foram detectados, afastando-os do propósito original de paz e mutua
colaboração. Muitas lideranças da própria Federação acharam perigoso adquirir esse tipo de tecnologia
com a falta de maturidade existente, o que colocaria a galáxia e outras em riscos desnecessários devido a
imprudência e infantilidade pelo poder de muitos líderes, assim esses líderes ligados ao contato direto
com a Confederação e com as Fraternidades Espirituais, acabaram por desativar tais projetos e desviar a
atenção para outras coisas mais importantes e deixar arquivados os estudos e tecnologias referentes aos
portais, até que uma nova ordem social e moral fosse estabelecida dentro dos acontecimentos que
estavam sendo vislumbrados no contexto cósmico.
O fracasso do projeto Terra dentro da ótica sideral da federação naquele momento foi grande, onde
novos conflitos, medos e preconceitos foram novamente resgatados, foi como um retrocesso em muitas
tentativas pessoais de passarem por cima das antigas diferenças, o que provocou uma debilitação política
e social dentro das lideranças e estrutura comercial de todos os povos, fortalecendo no entanto as
delegações Draconianas, que em parte não tinham acreditado nessa unificação.
Quando me refiro aos Draconianos, estou generalizando, mas devemos ter em mente que nem
todos estavam engajados nesse processo de alta dualidade e disputa pelo poder, como os descendentes
de Satã e Toalk, existem até hoje diversos grupos Dracos que são ligados a federação e Confederação,
que optaram por uma evolução crística e harmônica, seres que consideram seus parentes, infantis e
medrosos em não querer aceitar a evolução natural para as esferas mais sutis, onde o poder material
acaba se tornando insignificante e sem sentido real para aqueles que atingem uma oitava superior de luz
e de compreensão.
Dentro do processo que se seguiu ao fracasso do projeto Terra e de unificação dos colonizadores e
exilados estelares, a Terra sofreu inúmeras interferências e guerrilhas desses grupos, o que ficou
configurado em nossa memória genética e esta presente em nossas lendas mais antigas, como pode ser
encontrado nos registros dos Vedas, Assírios, Egípcios, Atlantes, Quíchuas, Aimaras, Incas, Maias,
Toltecas, Olmecas, Gonos, Aborígenes, Kaunas, Tribos indígenas americanas, lendas asiáticas, Lendas
Tibetanas e de tantas outras culturas antigas, lendas que inclusive saem em algumas partes da bíblia e de
ouras escrituras antigas ligadas há esses tempos remotos da Terra, que são anteriores a destruição da
Atlântida e alguns antes da Lemúria ter submergido no pacifico. Outras dessas lendas, falam das cidades
existentes na Antártida e no que restou da Irlanda e Finlândia, depois das mudanças geológicas dos
últimos 30 mil anos.
Devemos ter consciência que o que sabemos da Terra é muito pouco, quase nada, há poucos
meses, foram encontradas no mar mediterrâneo e no mar vermelho antigas construções perdidas, com
pirâmides e registros de civilizações equivalentes ao Egito, o que era uma lenda, tornou-se real,
confirmando as lendas sobre cidades que foram submergidas em cataclismos de proporções globais ou
locais. Por acaso a cidade de Pompéia não é real e faz parte da cultura Italiana recente, por que as mais
antigas não podem ser reais, só por que não temos registros fotográficos e escritos precisos. Os relatos
existentes por exemplo da descoberta de cidades subterrâneas na Antártida próximo as linhas do polo

144
geográfico e magnético, que são distintos, descrevem cidades e lugares com ampla natureza,
informações que foram ridicularizadas e misteriosamente encerradas pelos governos e autoridades
maiores, isso quando os agentes da CIA e de outras linhas ligadas a ONU que fazem parte do acordo
mundial de sigilo sobre tais assuntos, não pressiona os governos de cada país a se calarem e ficarem
fazendo campanha de ridicularização sobre temas que não são convenientes serem abordados. É o caso
das famosas Pirâmides Brasileiras em território amazonense, próximo a localidade do Pico da Neblina e
Pico Roraima, que foram fotografadas, e algumas expedições envidas, mas nenhuma informação foi
jamais revelada e um sigilo imenso sobre o assunto existe até o momento.
Por esse motivo a busca mais uma vez esta confirmada que é dentro de cada um de nós, pois no
externo encontraremos muitas barreiras, que podem nos fazer cair em armadilhas ou contatar as pessoas
equivocadas, que trabalham para as agencias governamentais e procuram desequilibrar os grupos e
propostas verdadeiras de contato ou crescimento espiritual, que é o que não interessa aos grupos que
lideram a humanidade, pois querem a massificação consciencial e moral da humanidade, para manter
nosso padrão sensorial e mental rebaixado, bloqueando assim o nosso acesso a oitavas de luz maiores e
barrando o crescimento e liberdade humana.

Os Pleiadianos e a Saga que envolveu a nossa Lua


Este assunto sobre a nossa Lua terrestre é bem polêmico, mas diversos canais no mundo tem
revelado que seus mentores, afirmar ser um astro artificial, e que a civilização Pleiadiana a colocou na
órbita Terrestre. o porquê no entanto desse fato, é um mistério para muitos ainda, na verdade a Lua é
uma gigantesca roxa artificialmente escavada e transformada em um asteróide ou astro de navegação
sideral, que esta presente na órbita terrestre a milhares de anos. Ela é habitada e possui diversas
delegações em seu interior, além de cidades na superfície, que na maior parte se encontram no lado
escuro da lua, em relação a nossa óptica terrestre. Cerca de 35 mil seres humanos levados pelo Sinistro
Governo Secreto e os Grays trabalham como escravos dentro de uma grande base, que era na verdade de
um grupo rebelde Pleiadiano e Siriano que tem conotação com os contatos com grupos governamentais
na década de 20 e 30 na Alemanha, EUA, URSS e outros que acabaram formatando o Sinistro Governo
Secreto.
Esses cerca de 35 mil humanos, são em grande parte antigos cientistas e pesquisadores, que
morreram em circunstancias misteriosas e acidentes de avião, carro e outros, que foram colocados na
Lua para trabalharem sobre pressão e ameaças, desenvolvendo uma nova tecnologia e construindo
cidades de refugio para os líderes do SGS33, em caso de uma perda do controle e poder sobre a
humanidade. O mesmo foi feito em Marte com uma base construída pelas antigas delegações dos Zetas e
Dracos nas proximidades das Pirâmides marcianas. Nessa localidade o SGS com uma nave remodelada
e restaurada dos Grays que caiu no México e outra na Sibéria, permitiu a um grupo secreto em conjunto
de americanos e russos, chegar a Marte por volta do ano de 1962, bem próximo as Pirâmides, e lá
ancorarem uma base próxima as Pirâmides, em parceria com essas delegações Zetas e Grays, para
projetos de conquista e habitação da Terra de forma gradual, que eles necessitam da atmosfera e biosfera
Terrestre, para procurarem o resgate genético de suas raças que esta em ritmo de extinção.
A origem da Lua, foi atribuída a uma órbita externa da constelação das Plêiades por um grupo que
me contatou a cerca de 4 meses, afirmando que a Lua fez parte de um projeto de naves semeadoras que
deveriam vagar pela galáxia, no entanto a origem real da sua construção é ainda questionável, pois esse
grupo de irmãos, diz que a Lua já estava constituída como base quando foi utilizada e ocupada por
grupos Pleiadianos e da federação e outros grupos em distintas etapas e épocas. Ela ocupava uma órbita
próximo a uma estrela bem externa do conjunto das Plêiades, e que ficava próximo a um agrupamento
de gases e poeira estelar desse quadrante. As informações dizem que ela foi construída por uma raça que
não mais existe dentro da percepção material deles na 5ª dimensão, mas que esta presente em outras
esferas mais sutis, apontando para uma antiga delegação Acturiana e provavelmente Canopeana para
outros. Mas para muitos grupos mais recentes a Lua é de fabricação Pleiadiana e culpam a essas
delegação pela atual função de servir de base para grupos rebeldes e não confederados, gerando toda
33
Abreviatura para Sinistro Governo Secreto
145
uma nova questão política dentro da nossa barreira de frequência que engloba a Terra e a Lua.
Isso por que muitas energias residuais da Lua acabam por atingir a Terra, e no passado muitas
energias psíquicas ligadas a magia negra, foram ancoradas pela humanidade, ligando-as à Lua e vice-
versa, criando assim uma linha psíquica de baixas frequências.

O esquema acima demonstra a estrutura da nossa barreira de frequência, que aborda ambos os
astros, pois o raio e de cerca de 450 mil quilômetros o que engloba a Lua em sua totalidade orbital, que
mantêm uma media entre 280 a 378 mil quilômetros da Terra. Essa mesma barreira de frequência limita
a propagação da luz em cerca de 300 mil quilômetros por segundo, tema que alias foi a cerca de 3 meses
superado com a superaceleração da luz a velocidades bem superiores.
A Lua esta portanto dentro da nossa problemática de dualidade e questões interplanetárias que se
estendem a milhões de anos, dentro da nossa dualidade e percepção distinta do universo, como já
abordamos com maior profundidade neste livro e em tantos outros que já escrevi antes deste, cerca de 20
até o momento.
A nossa questão da dualidade e dos fatores que nos levaram a tomarmos posturas ou decisões
equivocadas, são muitas vezes efeito da imposição social, moral ou mesmo da percepção que temos do
universo, ou daquilo que acreditamos que eles seja, ate que se prove o contrario, assim o experimento é
parte integral da nossa jornada rumo a ascensão e a criação de uma nova consciência mais madura e
estável.
Como a nossa Alma já possui essa consciência mais evoluída, e a nossa percepção humana esta
embotada com falsos valores, não despertamos para a nossa real identidade e poder divinos. Temos que
elevar o padrão consciencial da humanidade, do nosso cérebro e da nossa psique, para que o verdadeiro
conhecimento e poder da alma e do divino espírito santo entrem na frequência cerebral humana,
tornando-nos como os grandes Mestres de Luz, Avatares que já demonstraram como é possível
transcender as nossas dificuldades e limitações.
A Lua não possui uma egrégora muito benéfica, nas nossas projeções mentais para esse astro,
verificamos energias muito densas e fortes barreiras de segurança e opositoras a visita de estranhos, um
clima de medo e guerra pendente na atmosfera lunar. As bases lunares são em sua maior parte bélicas,
com enormes arsenais bélicos e naves de guerra a muito estocadas, de gerações que já se foram. Existem
museus de raças extintas a mais de 34 mil anos, e teletransportadores de matéria para bases subterrâneas
em diversos lugares da terra e de outros astros, além de 3 Portais ligados a Arconis de seres de 6ª
dimensão e de 8ª dimensão. Assim temos verificado o porquê a Lua interage tanto no corpo emocional
146
da humanidade, justamente para controlar os estágios da depressão e sistema imunológico, que são
comprovadamente pelo sistema Dopler relacionados as nossas moléculas de água no corpo, que por sua
vez tem relação com o estagio depressivo e consciencial da humanidade. Alem do fato que muitas raças
e culturas utilizavam a Lua como foco de suas religiões e magias Negras, para potencializarem seu
poder com divindades que estavam direcionadas a guerra e poder.
A Lua devera em futuro relativo ser removida da órbita terrestre e colocada em uma posição de
absorção pelo astro Herculovos segundo algumas delegações da federação, onde deverão estar todas as
raças rebeldes aprisionadas em um futuro próximo. Alguns grupos da federação, ligados a uma proposta
mais drástica sobre a dualidade e as raças rebeldes, querem uma definição bélica e política imediata, o
que não combina com a atuação mais amorosa e diplomática da Confederação e dos Mestres da
fraternidade Branca, pois o que se quer evitar e uma guerra, através do despertar da consciência, onde
poderosas energias já estão atuando dentro das moléculas atômicas de cada realidade desde o universo
TETA em direção a todas as formas de vida, por esse motivo essas apelações e ameaças que foram
canalizadas recentemente nestes últimos 6 anos sobre ultimatos da federação de Andrômeda contra as
delegações Rebeldes que devem sair da Terra ate´ o dia 12 de Agosto de 2003, são meramente jogadas
políticas e uma tentativa de intimidar alguns grupos, mas que batem de frente contra o poderio superior
dos Dracos, que tem condições de aniquilar as naves da federação em poucas horas de combate caso
existisse essa intenção por parte deles. Pois o equilíbrio esta nas naves da Confederação que dão
sustento as Federação fiel ao Arcanjo Miguel sobre a bandeira psíquica de Ashtar Sheran e das outros
Comandos estelares fieis a Luz Crística.
Dentro da federação existem cerca de 6 grupos que tem procurado criar um desvio político para
forçar acordos e pressão contra as delegações rebeldes presentes na Terra, em, especial contra os Grays e
Zetas não confederados que são uma pedra no sapato de muitos grupos mais densos da federação,
ligados ainda as esferas de 3ª e 4ª dimensão, que tem problemas e queixas contra essas delegações da
Federação, por razões políticas e mercantis dentro do processo colonial do Sistema Solar e de outros
grupos locais ao quadrante do nosso Sol.

Marte a Base operacional e Colonial


Marte também entra dentro do processo político atual que se desenrola em nossas imediações
orbitais, onde centenas de naves de grande porte já foram detectadas pelos observatórios e satélites, onde
nossos governantes desde o caso Roswel tem conhecimento, e de forma mais direta, depois da perda da
sonda Soviética FOBOS 2 que em 1987 foi atingida por uma grande nave estelar com cerca de 26 Km
de diâmetro, existem fotos sobre o assunto, o que levou os presidentes Gorbachov e Reigan a falarem
abertamente sobre uma possibilidade de ataque extraterrestre, onde ambas as nações teriam que se unir
para confrontar tal situação, assunto que é texto integral nos livros do nosso colega Zacharia Schtin,
autor dos livros: O 12º Planeta, Gênesis Revisitado, Guerra entre Deuses e Homens, um excelente
trabalho desse pesquisador. Assim temos evidencias que apontam para Marte como um mundo habitado,
com atmosfera de oxigênio mais rica que a nossa em oxigênio e com temperatura media de 4ºC, segundo
alguns relatos extra oficiais das pessoas que conseguiram contrabandear informações da NASA e de
outros órgãos equivalentes.
As bases marcianas são muito bem estruturadas e se remontam algumas a antiga civilização desse
planeta, que na atualidade habita na frequência de 5ª dimensão e um pouco acima, uma sociedade que
esta passando por transformações e também deve se elevar para uma escala maior, pois seu mundo
deverá passar por fortes transformações provenientes do campo magnético de Júpiter, que nessa
realidade é um Sol muito forte e com um campo elétrico e magnético bem complexo, colocando Marte
entre 2 linhas de energia bem delicadas, entre o Sol e Júpiter, criando uma forte dualidade magnética.
Essa raça terá que escolher uma nova realidade para ficarem ou partir para outro mundo assim que as
energias se estabilizarem com as novas frequências do Cinturão de Fótons e as novas radiações de Alfa
& Omega que já estão chegando ao nosso Sistema solar.
Marte sofre a ação direta de 2 astros com uma magnitude bem maior, o que o coloca em uma
situação de dualidade eletromagnética, que esta sendo aproveitada por algumas delegações não
confederadas, para se camuflarem e colocarem naves em prontidão de guerra contra as delegações
147
materiais até de 5ª dimensão da federação e das equipes de Acturus e Aldebaran, que se encontram em
solo marciano.

Nesse contexto o nosso SGS inseriu uma base dentro da materialidade da nossa 3ª e 4ª dimensões,
com um efetivo de cerca de 3 mil humanos que trabalham em parceria com as formas humanas rebeldes
de Beta-Sirius e Kapa-Sirius, além de grupos rebeldes de Orion e de Merkabianos, além de 2 delegações
rebeldes de Maldek que eram residentes na Lua de Gânimides de Júpiter. Assim existe um grande jogo
de interesses, onde os seres humanos que fazem parte desse jogo dentro do SGS, são na verdade antigos
magos negros ou membros dos comandos estelares desses grupos, que recobraram a consciência de sua
origem estelar, e utilizam o poder que possuem para manipular a Terra e nossa sociedade, por que os
alimentamos com nossos ectoplasma das nossas emoções e com isso damos sustento as delegações
satânicas da Ordem do Dragão Negro de Arconis, da qual Anhotak é membro alem de ser um dos líderes
supremos.
O conjunto de forças entre a Lua e Marte tem relação com o poderio de muitas das bases secretas
como a Área 51 dos Americanos e tantas outras, que eles escondem a todo custo, e ridicularizam quem
afirma ter estado em tais setores, devido as implicações que isso representa perante a manipulação
mundial que tem sido feita desde séculos, e em especial nestes últimos 50 anos, confirmando o que o
livro dos protocolos dos Sábios de Sião e as Revelações do Século 20 descrevem e que custou a vida de
algumas pessoas ao se revelar tais informações. São essas forças que também estão relacionadas a
poderosas bases intraterrenas ligadas aos descendentes dos Dracos existentes na Terra, onde pude
contatar somente em São Tome das Letras uma base intraterrena com mais de 6,5 milhões de Dracos,
que estão em busca do equilíbrio, mas que confirmaram que existe uma parcela deles que esta
comprometida com forças tenebrosas e negativas perante a Terra e a humanidade. O contato que tive
com um líder político e cultural dessa sociedade, me colocou que cerca de 20% dessa civilização local
dividida em 7 cidades intraterrenas de ordem física material até de 6ª dimensão, possuem seus atavismos
contra a humanidade, que polui e destrói o que a mãe natureza gerou, além de afirmarem que somos
intempestuosos e desequilibrados, por não respeitarmos nem a nós mesmos, o que nos coloca como uma
raça perigosa e uma ameaça a família espacial e a qualquer cultura mais pacifica e harmônica. Além de
considerar-nos inferiores em muitos aspectos, esse grupo de certa forma manteve e ainda mantêm alguns
acordos e conflitos com o nosso SGS, devido a sua falta de ética e confrontos com os Grays e outras
delegações. Alias os Grays são uma espécie que foi gerada por manipulação genética dos Dracos de
Orion, que são um grupo terrorista e conquistador de muito poder, que possui seus representantes dentro
dessa cidade que contatei, assim como seus principais pontos de bases e cidades intraterrenas no Oriente
médio e em Israel, junto ao portal terrestre que possibilita a entrada a nossa realidade para as naves
provenientes de outras dimensões e realidades temporais.
Eles inclusive me informaram que a raça humana ao praticar a magia negra e oferecer sacrifícios
de animais para o astral, acaba interagindo com alguns Dracos e criando uma ativação de forças telúricas
muito perigosas e negativas, que por sua vez despertam dentro dos Dracos uma ligação com seus
ancestrais que eram carnívoros de carne inclusive humana e criam uma linha temporal de conexão com
um UMBRAL negativo dessa frequência, que liga esses seres a Arconis e os coloca em contato com

148
energias que a muito eles tentam ignorar e se libertar, rumo a uma frequência mais estável e harmônica,
que é o que grande parte dos Dracos de Draconia e de outros quadrantes já conseguiram e os fez vibrar
nas frequências de 6ª dimensão e acima disso, onde o Conselho Cármico deles é liderado por Krotan que
procura resgatar seu povo e seus descendentes, junto a uma equipe muito interessante de diversos grupos
Dracos que evoluíram para elevadas oitavas de luz, alguns fazendo parte inclusive do Conselho dos
Anciões de Dias, junto ao Universo TETA e bem além disso.
Esse é outro motivo pelo qual não podemos generalizar, que todos os seres dessa raça sejam
negativos ou perigosos, por esse motivo peço a todos que utilizem o coração e a intuição para seu
discernimento total sobre as energias e a verdadeira razão da dualidade do universo e da missão que
cada um tem perante si mesmo e perante o PAI-MÃE universal, da qual todos fazemos parte, mesmo
que não o percebamos, todos estamos de alguma maneira interligados, em nosso caso devido ao nosso
DNA, também possuir genes dos Dracos e de muitas outras delegações que ficam por volta de 315
heranças cósmicas até o presente momento.
A nossa situação e bem interessante, pois com as bases em Marte e Lua, entramos no contexto das
antigas Rebeliões e jogos políticos que estavam pendentes, pois com o despertar dos antigos Deuses ou
Rebeldes dos impérios de capela, Maldek e outros, entre os nossos líderes políticos e militares,
novamente uma parte deles escolheu reincidir sobre temas antigos, que deveriam ter sido transmutados,
voltando a mexer em antigas feridas e a disputar o poder e a posse dessas bases e dos impérios que
foram perdidos no passado. Na verdade é como se esses personagens voltassem no tempo e em nossa
atualidade procurassem restaurar o passado e reivindicar o que eles acreditam ser de seu direito, entre
esses direitos, a Terra como ponto comercial e colônia, onde a raça humana é a escrava que serve de
alimento em vários sentidos.
Por exemplo a 3 dias no programa do Jô na globo, uma denuncia do prêmio Nobel de literatura
“Saramago”, sobre a grande e estranha morte de crianças no México, crianças que aparecem sem órgãos,
sem olhos e mutiladas, órgãos que além de estarem servindo para uma comercialização ilegal e paralela,
fazem parte dos projetos mais modernos dos Grays e do SGS para restaurar uma nova matriz genética e
criarem um novo híbrido mais poderosos e capaz de resgatar a raça Gray e Zeta, além das pesquisas de
supersoldados e dos novos MIB’s que estão sendo configurados em laboratório em Marte e na Área 51
nestes últimos 3 anos, seguindo padrões genéticos dos Merkabianos e dos Laurins que entraram para
essa disputa e aventura de poder e novos conhecimentos da ciência da criação de seres vivos.
Assim verificamos que uma nova realidade esta presente, uma realidade que nem 1% da
humanidade conhece ou tem noções das proporções que isso alcança, repetindo-se o que ocorreu em
capela, Boronak, Tau Ceti e em muitos outros mundos desde a primeira grande Rebelião. Ou seja, os
ciclos se repetem e muitos de nós voltamos a repetir os mesmos erros e demonstramos que ainda não
amadurecemos nada ou muito pouco, demonstrando claramente a nossa infantilidade e imaturidade, o
que é comprovado pela atual situação da Terra e da nossa sociedade caótica, que devido ao nosso
egoísmo e falta de previsão do futuro tornou-se a nossa sina e a nossa maldição ambiental e política,
onde a nossa economia vale mais que as vidas de qualquer pessoa ou ambiente ou mesmo ecossistema
do planeta. É perante isso o que muitas delegações do espaço verificam em nós e apontam a nossa
sociedade como um grande enigma para um contato direto dentro de um âmbito material perante a
Federação. Uma ótica distinta aos Mestres da Fraternidade branca, que visualizam o cristo e a nossa luz
interna, além das questões materialistas, assim temos que encontrar um equilíbrio e passar por etapas,
mas é dentro da nossa espiritualidade que poderemos encontrar as frequências de amor e paz, que podem
nos levar a superar todas essas dificuldades e medos, que cada um de nos possui de certa forma.
À medida em que entramos em baixas frequências nosso campo áureo é comprometido e a nossa
luz e absorvida pelo quadro obsessor e passamos assim a seremos vampirizados e ofuscados pelos falsos
valores, o que vem ocorrem do a milhares de anos, e somente uma pequena porcentagem de pessoas
conseguiu superar isso. A Consciência Crística de Sananda e seus colaborados, estão dando a
oportunidade a todos de assistirem de perto, dentro do coração de cada um esse novo processo e
oportunidade a todos de verificar essas novas energias e realidades, por esse motivo a ativação dos 49
raios de Alfa & Omega estão sendo direcionados para ao nosso Sistema Solar e além do cinturão de
fótons de Alcyone e de outros astros ligados a um contexto Crístico e harmônico.
A Luz esta se manifestando em diversas frequência e obrigando todos a enxergar algo a mais além
da materialidade, e todas as raças estão despertando, mesmo aquelas que não querem esse processo estão

149
tendo que verificar muitos aspectos interessantes em sua vida e jornada, o que esta efetivamente criando
uma maior separação entre o JOIO e TRIGO, como foi lendariamente exposto pelo nosso amado Cristo
Jesus e seus descendentes Avatáricos.

A Terra Oca e as Bases Intraterrenas


Justamente devido a essas energias cósmicas de grande envergadura e penetração consciencial e
molecular, dentro de um grande espectro de energia que aborda desde o EU SOU de todos até a energia
da 1ª dimensão, que todos estão despertando e se preparando para a nova virada e etapa evolutiva dentro
de um novo contexto sideral e Crístico dentro de cada ser.
Assim essas bases intraterrenas ou mesmo as cidades, estão sendo afetadas da mesma forma, sendo
que nas cidades, onde residem alguns milhões de seres, todo um processo evolutivo e de despertar esta
sincronizado com os esforços das escolas esotéricas astrais e mentais, para o despertar de todos aqueles
que queiram acessar tal revelação e nova etapa.
Com relação as nossas calotas polares e a teoria da Terra oca, temos um interessante aspecto a ser
considerado, que as pessoas não percebem, como por exemplo o campo magnético e o atrito molecular
que existe em nosso eixo terrestre e o campo orbital da Terra, gera um campo de energia que
impossibilita a existência de baixas frequências que permitam a existência de temperaturas da ordem
negativa abaixo de zero como nos tem feito acreditar.

Como na figura podemos ver, no ponto onde temos o campo magnético do nosso eixo, existem
energias muito fortes que criam um atrito e portanto um calor que impossibilitaria as grandes camadas
de gelo que acreditamos existir, o que confirma a afirmação do Sr. Raymond Bernard34 que sobrevoou o
Polo Norte sem querer e descobriu um local de grande vegetação e animais, que deveriam estar extintos
há muito tempo. Essa faixa de natureza se estabiliza depois de uma grande camada ártica, isso se explica
devido a questão da curvatura da Terra e a pouca radiação térmica que lá se manifesta, o que
normalmente sabemos e explica por que os polos são gelados, com temperaturas extremas, mas dentro
de uma faixa mais próxima ao nosso eixo magnético, encontramos essa frequência do atrito, o que gera
34
A Terra Oca, editora Nova era.

150
um campo e uma área onde a temperatura é estável e próxima a faixa dos 25ºC a 33ºC. O mesmo ocorre
no polo Sul, o lugar mais inóspito que conhecemos segundo as informações que foram divulgadas, em
locais onde já se marcou a temperatura de - 80ºC na década dos anos 80 em pesquisas das delegações
Argentinas, Chilenas e Americanas em pontos pouco divulgados.
Com a revelação dessa foto da aurora boreal do planeta Saturno, fica fácil compreender o que
ocorre na verdade, todo o ponto polar de qualquer planeta que possui uma órbita estável e ainda mais
uma rotação sobre o próprio eixo, acaba por gerar um campo de energia que esta sendo revelado nessa
foto, o que explica uma menor temperatura e um clima tropical ou similar, no caso da Terra. Quanto
maior for a velocidade de rotação de um astro, tanto maior a energia gerada, o que produz um ponto para
se ancorar vida e bases operacionais para muitas raças que tem buscado colonizar mundos, e que por sua
vez acabam inserindo bases e cidades de ordem intraplanetária, como uma forma natural de se
protegerem das ações externas de radiações e complicações atmosféricas que o planeta possua. Assim
isso nos da muito o que pensar, e em especial pela Lei implícita mundial que proíbe qualquer avião de
sobrevoar diretamente os nossos polos, podendo no máximo contornar os polos, isso me foi dito por um
oficial da FAB há poucos dias atrás, confirmando algo que já tinha sido abordado há alguns anos.
Existem sanções e até a possibilidade do avião ser derrubado por mísseis de uma linha oficial que não
possui bandeira definida, segundo alguns pesquisadores. Outro fato interessante foi que em 1988 uma
pessoa de origem Chilena, trouxe uma fita de vídeo que fora extraída da NASA de forma ilícita, na qual
foi traduzida para o português por um pesquisador e ufólogo de Brasília, nessa fita e documentário
oficial interno da NASA para os altos oficiais, existiam relatos e filmagens desde o caso Roswell,
Projeto Filadélfia, como relatos e fotos além de filmagens dos aviões americanos sobre o polo ártico
norte de milhares de OVNIS pousados sobre as calotas polares e ICEBERG que existem nas régios mais
inóspitas e de difícil acesso ao norte a também ao Sul em nosso polo Antártico. Essa fita de cerca de 2
horas, que é um documentário interno, com filmagens originais em super 8mm dos anos 40, 50 e
recentes filmagens em VHS dos polos, demonstra claramente como as informações tem sido omitidas e
deturpadas pela maquina da mídia que é controlada pelos Bancos que formataram o poder do SGS e as
ligações com lideranças intraterrenas trévicas que são nossos antigos Anjos Caídos e falsos deuses.
Como diz o refração do seriado ARQUIVO X, “A Verdade esta lá Fora”, existem muitas
informações que aos poucos estão sendo reveladas na televisão, cinema e livros, para preparar as
pessoas para uma nova verdade que não mais poder ser omitida, as próprias delegações espaciais como a
dos Grays e Dracos, estão pressionando os governos a gradualmente revelarem a verdade e darmos
início a uma nova etapa evolutiva e consciencial, que deverá criar uma separação definitiva entre a nossa
civilização e também uma revolta e carnificina religiosa em proporções enormes, que levarão a loucura a
milhões, que não aceitarão a verdade ou parte delas, da existência de outras raças na Terra e no espaço,
pois as implicações religiosas e culturais que isso representa, são bem mais profundas do que se
imagina.
Mas será dentro desse processo que teremos o ancoramento do famoso ANTI-CRISTO que ira
aproveitar esse processo para inserir um novo golpe, que esta ligado ao SGS em diversos aspectos. Por
esse motivo coloco que a “Verdade esta dentro de cada um, por ser uma extensão de deus”, pois cada
um de nós esta ligado a fonte suprema e pode acessar a verdade quando conseguir se conectar com o
equilíbrio, o amor dentro de si e propaga-lo como a única coisa real e verdadeira do ser, amor ao
próximo como tantos Avatares tem pregado e inserido em nossa consciência.
Devemos tentar tornar isso real em nossa missão terrena e gradualmente buscarmos nosso
equilíbrio, deixando de lado os fenômenos espirituais e ufológicos, buscando a nossa intuição, que é o
único que ira nos proteger das novas etapas que devem ser inseridas pelo SGS e outras delegações até o
final do calendário Maia, que coincide com o fechamento do Portal Acturiano 11:11, que possui
importante relação com o cinturão de Fótons, assim como o Portal 12:12, que poucas pessoas conhecem
e tem ouvido falar.
O fato de proibirem a rota comercial pelos polos, significa que existe algo a ser escondido e que
deve ser muito interessante, pois se alega que devido ao campo magnético e as tempestades lá existentes,
os aviões poderiam cair, o que não ocorre, pelas poucas informações dos aviões de pesquisa que
sobrevoam as regiões polares com aviões de pequeno porte, bimotores de grande fragilidade, além dos
relatos dos alpinistas sobre períodos de estabilidade climática bem grande e claro outros com climas
terríveis e ventos muito forte, mas nada que um avião a cerca de 9 mil metros ou um pouco menos não

151
possa superar, como ocorre na região de Punta Arenas e Ushuaia ao sul da terra Del Fogo, onde existem
aeroportos de grande porte e temos linhas comerciais regulares, que superam os tempos malucos e
correntes de ar de Torre Del Paine e Cerro Torres, Fitz Roy em regiões com altitude pouco maior a 3 mil
metros, sendo que na Antártida o monte maior possui algo em torno de 2800 metros pelo que foi
revelado. Assim verificamos que nossos aviões de grande porte e autonomia poderiam realmente
sobrevoar o polo geográfico e magnético sem maiores problemas, mas algo impede que isso seja
realmente colocado a prova, alguns interesse bem maior por de trás disso.
Existe outro aspecto interessante que já abordei em outros livros, sobre a questão mundial de 50
anos de reserva para não se explorar a Antártida em sua totalidade, localizando apenas pesquisas tímidas
na região periférica da mesma, onde as bases Chilenas, Argentinas, Brasileiras, Americanas, Russas e
Européias possuem suas tímidas instalações, o que colocaria uma sociedade arrogante e mercantilista
como a nossa capitalista e em especial norte americana, ávida pelo poder, de explorar uma das maiores
fontes de recursos naturais que possuímos e que ainda não conhecemos, ao contraste do que estão
fazendo com o Alasca e na Sibéria, onde as pesquisas e exploração são de ordem gigantesca.
Também não acredito que seja por que pelo acordo territorial a Argentina e Chile tenham
preferência a Antártida pelo lado da América do Sul, pois quase todos os continentes tem fronteira
territorial com esse gigantesco continente ao sul do planeta, além, dos acordos políticos e pressões
políticas que cada um oferece ao outro. Assim existe algo bem mais interessante a ser escondido e que
não deve ser mexido por um bom tempo, o que poderemos ter em 50 anos de tecnologia e novos
conceitos, inclusive políticos e religiosos, quantas vidas humanas o planeta realmente possuirá nesse
tempo que foi dado para tal exploração, será que nossa sociedade estará dentro de um contexto mais
harmônico e equilibrado, contatando outras raças, ou teremos sido dominados pela ciência e tecnologia
que gradualmente toma conta da nossa consciência, vejam nossas crianças que são totalmente
prisioneiros do vídeo game e dos computadores com jogos de lavagem cerebral, onde uma criança ou
adolescente sabe tudo sobre os jogos e as etapas, mas não consegue fazer uma conta de matemática, ou
ler um texto em sua língua natal, para não citar outros exemplos.
Em diversas projeções mentais e projeções astrais de alguns colegas, localizaram uma intensa
atividade na região polar antártica, além de muitas naves, o que é interessante foi que muitos que nunca
se conheceram entre si, afirmaram ter localizado cidades de grande porte nesse continente, mas que
muitas vezes não conseguiram ir para tais localidades, pois seus mentores informaram que nem sempre
era seguro irem para determinados lugares desse continente, como em outros casos informaram que a
pessoa ainda não estava pronta para ir para essa localidade, devido a alta energia e a presença de seres
muito sutis e de sociedades que eram consideradas perdidas, estarem presentes.
Assim para aqueles que querem fazer uma pesquisa, procurem contatar tal realidade e busquem
junto aos projetores conscientes que visitem tal continente dentro de diversas frequências astrais entre
4.0 a 4.8 e alem disso se conseguirem. Dentro do aspecto material existe muita coisa subterrânea que
pode ser facilmente localizado no veiculo do corpo astral.
Seja também um pesquisador e vá em busca de respostas, e não apenas do que os outros escrevem
ou dizem terem registrado, cada um tem o poder e a capacidade de buscar e constatar essas afirmações e
relatos, quanto mais de nos puderem ter acesso a essas informações e verdades, maior será nossa força
para revelar a verdade e fortalecer nossa linha da verdade e libertação dos falsos valores que temos
aceitado como reais em nossa vida e jornada.

O Plano Cósmico de Transmutação de Lord Miguel Kumara


Neste contexto existe um plano muito interessante, no qual as hierarquias mais divinas e elevadas
que tinham uma percepção além do tempo e do espaço, puderam verificar todas as implicações do
processo evolutivo de todas as holografias encarnacionais das raças envolvidas dentro da Constelação de
Satânia e as correlatas ligadas aos processos de dualidade das 21 galáxias do conjunto espaço tempo de
livre arbítrio, ao qual o EU SUPERIOR e grupos MONÁDICOS, tem atuado na busca da mestria sobre a
dualidade em diversos campos e realidades de percepção.
Assim todo o nosso contexto foi na verdade parte de um grande holograma e plano cósmico que
leva a uma reciclagem consciencial e etapas cíclicas encarnacionais de milhares de almas e grupos
152
estelares. Onde se compreende que tudo o que temos efetuado dentro do nosso universo de livre arbítrio
esta relacionado com energias primarias de criação que tem a finalidade que aprendamos a sermos
criadores em harmonia com nossas próprias moléculas e com o espaço que do ponto de vista atômico, é
uma extensão nossa, onde nossos corpos sutis se projetam e onde temos todo o contexto evolutivo e
compreensão dessa dualidade e polaridade que a cada ciclo encarnacional e consciencial é testado e
colocado a prova em nossa jornada e percepção, onde a moral, emocional e intelecto tem que ser
colocados a prova em etapas que nos tornem amorosos e acessíveis a todas as esferas de luz do criador
máximo.

Ultimato Draconiano Aos Eua


Nestes últimos dias tenho recebido muitas informações referentes a um ultimato que as delegações
intraterrenas draconianas ou reptilianos como muitos os conhecem, sobre os dirigentes secretos do
Sinistro Governo Secreto, entre eles os próprios Iluminatis. Nesse ultimato os draconianos teriam
colocado um prazo final até o final do ano 2000 para que o governo americano abrisse sobre a existência
dos draconianos no planeta e em suas realidades intraterrenas. Com esse ultimato todo um esquema de
segurança teria sido montado pelos norte americanos, subdivididos em lugares estratégicos onde existem
as saídas e entradas para os mundos internos, o que foi gradualmente confirmado com alguns contatos
militares que tenho no Brasil além das projeções mentais e astrais.
A problemática toda esta no fato que quando ocorreu o caso Roswel, os americanos se colocaram
como sendo o povo representante Máximo da humanidade, por terem ganhado a guerra, estarem na
melhor condição financeira e cultural do planeta ao final dos anos 40. assim seu acordo com as primeiras
delegações Grays, posteriormente com os Zetas e finalmente com os Draconianos, que são quem
realmente manda em muitos aspectos, pois os Grays seriam na verdade uma linha de frente perante as
raças que os Dracos utilizam em suas negociações e manobras políticas. Assim com essa postura dos
norte americanos, todo um enredo de tecnologia e acordos de mutua ajuda, foi sendo gradualmente
elaborado e firmado por ambas as partes.
No entanto como a política e a corrupção típica dos norte americanos com suas intrigas militares e
políticas, eles começaram a reverter certas situações e adquirir informações sobre os Grays e sua origem,
descobrindo que eles tinham sido escravizados e manipulados pelos Dracos, por genética e em outros
aspectos em Orion e outros quadrantes estelares. Assim eles começaram a desconfiar dos Dracos e
criaram uma linha paralela subversiva para colocar os Grays contra os draconianos, prometendo-lhes
ajuda e terras para ficarem na TERRA, além dos acordos de apoio genético para reverter a situação
desesperadora dessa raça, em extinção e degeneração genética. Assim os americanos criaram uma
situação de espionagem dentro das próprias delegações Grays e Dracos, gerando uma desconfiança
mutua, além de gradualmente não respeitarem os acordos originais efetuados nos anos de 43 a 76, que
visavam colocar a humanidade em sintonia com a realidade extraterrestre e com uma sintonia de não
agressão a natureza e paralisação total das pesquisas nucleares, já que os americanos tinham recebido
dos Grays e de outras raças renegadas e inclusive da federação, tecnologia não poluente como a
tecnologia VRIL, ONOZONE e similares, assim como outros países, entre eles a URSS e Alemanha. No
entanto devido aos interesses econômicos envolvidos e a interferência por interesses políticos e
financeiros dos Iluminatis, que sustentam a maior parte desses impérios, essa tecnologia não foi
repassada apara a humanidade. Assim as delegações intraterrenas começaram a boicotar e pressionar os
líderes dos Iluminatis e ao Sinistro Governo Secreto, criando uma guerra fria nos planos internos e
astrais da Terra. Onde atualmente a envergadura desses problemas é muito maior do que se possa
imaginar, pois com as 7 infra-dimensões do Umbral e as 49 realidades geradas a partir disso, a ligação
com os mundos rebeldes como o sistema de Rigel, coloca um portal de conexão com forças sinistras de
guerra para retomar o poder do antigo Império de Orion na forma de conquistas e opressão sideral, onde
a Federação esta tentando intervir e efetuar um tratado de paz, que tem sido afetado pelas atitudes
mesquinhas e corruptas dos nossos governantes em escala mundial.
Muitos acordos que a Confederação tem intercedido a favor de um tratado de paz e de mais tempo
para que todos esses aspectos sejam ajustados e que uma forma coerente seja colocada a serviço do bem

153
de todas as delegações, onde existe um interesse comum de evolução, efetuando assim a separação do
JOIO e do TRIGO em todas as realidades, separando de forma definitiva as delegações Draconianas que
buscam a luz e a paz, das rebeldes que ainda insistem em manter o poder pelo medo e pelas armas, o
mesmo valendo para todas as outras delegações espaciais intraterrenas e extraterrestres, ligadas com esse
contexto. Muitos aspectos deste assunto foram abordadas pelo escritor e ex-agente da CIA, o norte
americano Virgil Armstrong, que esta bem a par de certos assuntos secretos que gradualmente tem
exposto em seus livros e palestras pelo mundo.
Devemos pesquisar melhor esse assunto, pois existem muitas informações que na realidade criam é
uma desinformação sobre o que realmente esta ocorrendo, um outro aspecto que me foi confirmado
ocasionalmente em uma reunião com militares a poucos dias, foi o fato que em nosso papo aberto e
descontraído verificamos que existe m em certos lugares do planeta, em especial alguns países de 3º
mundo com bases e armamento muito acima do que seria de se esperar. No caso falávamos do CHILE,
um pais de pequeno porte que possui a mais poderosa força armada das 3 categorias da América latina,
com aviões como os famosos F15, F16 e F18, além de helicópteros e outros artefatos de alta tecnologia
aérea, que são na verdade dos norte americanos, na marinha, uma das mais avançadas e completas forças
navais do hemisfério sul, no exercito bases secretas pela Patagônia e deserto de Atacama, incluindo mas
de 400 unidades dos carros blindados da Engesa Brasileira, como Urutu, Cascavel e Osório, além de
diversas unidades do blindado sueco 8X8, de última geração e caríssimos. Pessoalmente verifiquei
alguns desses veículos no deserto a alguns quilômetros de Antofagasta. A alegação chilena e referente as
questões de fronteiras pendentes com a Argentina, Bolívia e Peru. Mas isso não justifica o teor dos
equipamentos, o mesmo ocorrendo com artefatos secretos em bases que não deveriam existir em solo
brasileiro na Amazônia próximo as regiões do pico da Neblina e algumas em direção a região central do
Brasil. lembrem-se do caso CIVAN onde devido a informações de espionagem dos norte americanos
que implantaram falsas acusações os ministros e generais foram afastados das negociações e os
americanos ganharam o contrato que era na verdade quase que certo com os franceses, que tinham
oferecido melhor preço e melhor qualidade para nosso projeto. Ou seja, mais uma vez os americanos
colocaram sua gente e seus interesses a frente dos outros, colocando assim um poderoso esquema de
forças armadas e bases na América do sul, em localidades que se encontram os principais portais de
acesso as realidades intraterrenas e dimensionais com esses outros povos.
Qual seria o real interesse, já que a coincidência não existe, um confronto contra as forças
intraterrenas ou uma forma de aprimorar as tecnologias envolvidas nesse processo de acordos e
interesses que fogem a nossa imaginação, negociações tão secretas que incluem os interesses daquilo
que na bíblia é conhecido como o ANTI-CRISTO, que esta ligado diretamente ao SINISTRO
GOVERNO SECRETO e as delegações dos Iluminatis e a seus interesses de criarem um governo
ÚNICO em nosso planeta, minando o poder e a credibilidade dos governos eleitos ou ditaduras. Esse
aspecto já verificamos na carta de Satã e na equivalência com o que foi denominado como os Protocolos
dos Sábios de Sião, que embora seja contestado e escasso para pesquisas, tem um profundo ponto de
realidade se compararmos o que realmente esta ocorrendo em nosso planeta nestes últimos 130 anos ou
mais, quando esse documento foi descoberto ou até manifestado, por ser ainda um mistério sobre a sua
real origem.
Com a busca de uma formalização política e militar para a formatação de um governo único na
Terra, forçando assim a todos os países assumirem uma postura universal, quebrando barreiras e
limitações políticas, étnicas e culturais, para esse processo as principais indústrias da informática e da
tecnologia, desenvolvem sistemas de rastreamento e identificação universal, o que nos coloca
novamente a frente da questão do número 666, sobre o micro chips que será implantado no dorso da
mão esquerda ou na testa, como esta na bíblia, esse projeto esta por conta de empresas ligadas aos
proprietários das principais empresas de cartões de credito do planeta, que são de propriedade dos
Iluminatis. Esse tema complexo foi abordado no livro anterior o Confederação 2, onde detalhes são
tratados em maior profundidade.
A formatação de um governo único é uma das questões tratadas com as delegações Draconianas e
outras raças intraterrenas e extraterrestres com interesse na Terra, buscando assim uma fenda para que a
Terra e a humanidade entre para a Federação de forma íntegra, mas para isso terá que remover muitas
barreiras internas, entre elas, a fome, a guerra e as formas de discórdia, o que é um grande obstáculo
para essas negociações, assim algumas facções militares e políticas dentro dos Iluminatis e do Sinistro

154
Governo Secreto consideram a possibilidade de genocídio para reduzir o número de habitantes nos
pontos onde existem o maior índice de guerrilhas e problemas sociais mais complexos em nosso mundo.
Assim temos uma questão complexa pela frente, pois devido a grande diferença de percepção e cultura
das nossas raças e sociedades, temos uma grande barreira em muitos aspectos para que a Terra seja
incorporada na Federação com a verdade sendo revelada para todos na face da Terra.
Esses obstáculos são um dos principais pontos de defesa dos norte americanos, o que tem servido
de controle e freio aos ataques e ofensivas Dracos e de outras delegações rebeldes, que têm sido
enganadas pelas lideranças políticas dos norte americanos e dos outros países que sofrem a ação dos
Iluminatis e do Sinistro Governo Secreto.
Existe uma ligação muito estreita entre os Iluminatis e os dirigentes do Sinistro Governo Secreto,
devido aos interesses econômicos e políticos comuns, assim temos um aspecto delicado no que se refere
aos interesses e atitudes aprovadas perante as manipulações e estratégias governamentais.
As lideranças militares dos Draconianos e dos governos aliados a eles, de ordem intraterrena em
parte estão ligados aos interesses dos CITRAKS ou Ciraks, em especial a Yahweh e Satã, que na
realidade são o mesmo ser plasmado em dois diferentes aspectos de realidade dimensional. Outra parte
das delegações draconianas e de outras raças intraterrenas, estão buscando junto a Federação e a
Fraternidade Branca uma participação amistosa e acordos para juntos ajudarem no despertar da
humanidade da superfície e efetuarem na melhor forma possível o salto quântico da Terra, que já esta se
manifestando gradualmente no planeta.
São muitas as raças aparentadas provenientes dos antigos planetas que exilaram almas para a
Terra, que tem tido interesse em participar do salto quântico da Terra junto com alguns aspectos
interessantes deste salto que veremos para clarear a compreensão humana, que muito se questiona sobre
esse aspecto ou tema controverso.

O Salto Quântico
Quando falamos sobre esse assunto, muitas pessoas se questionam de como ocorrerá esse processo,
um tema que me aprofundei muito no livro canalizado pelos Mestres Lanto e Kuthumi com o titulo de
Operação Resgate, o Despertar do Cristo, no qual ele aborda muitos aspectos sobre a elevação
vibracional da consciência humana frente a atomização do planeta pelas energias estelares. No entanto
muitas outras raças estão interessadas nesse processo que engloba todo o sistema solar e com isso a
todos os astros do mesmo. Quando falamos do cinturão de Fótons e dos efeitos estranhos do aumento
das explosões solares e das radiações que estão sendo rastreadas com maior nitidez pelos nossos
cientistas, verificamos que todo o conjunto de astros do nosso sistema solar estão sofrendo esse efeito,
assim todos os planetas estão recebendo uma nova energia e com isso passarão pelo salto quântico, cada
qual dentro de seu parâmetro de energia e realidade existencial para cada raça neles existentes, assim o
nosso sistema solar esta se tornando um foco de estudos e pesquisa por parte de centenas de raças
estelares, e nem todas são federados ou confederadas. Isso significa que existe algo de novo e muito
importante que afetará a todos, além de ser um efeito proveniente de um lugar central da galáxia que por
sua vez ativou aos projetores diretos ligados ao nosso sistema solar.
Esse centro gerador é o centro Máximo da nossa galáxia que é o sol central da Via Láctea. Esse
foco é o que realmente controla e sustenta todo o mecanismo existencial e força gravitacional da nossa
galáxia, colocando-a em conexão com as suas 20 companheiras do lugar central de livre arbítrio ao qual
pertencemos. Assim todo o conjunto esta passando por uma modificação, isso por que todos somos
sincronizados e cumprem um processo revolucionário sincronizado de evolução e ciclos existenciais
matemáticos para todos os astros e sistemas. Em outras palavras a cada ciclo, existe um processo
evolutivo a ser cumprido, e estamos chegando ao fim de um ciclo galáctico, o que significa que muitas
transformações devem ocorrer em toda a galáxia, o que esta deixando muitas raças em um processo de
desespero e busca por algo que não conseguem definir, isso por que essa busca é da alma, mas muitos
não perceberam isso, por estarem conectados a questões muito materialistas de poder e de alta
dualidade.
Muitas outras raças tem estudado essas mudanças e sabem que devem passar pelo salto, no entanto
tem verificado que no quadrante da Terra existe uma fenda que pode ser aberta que permite uma
155
conexão com outras realidades, que permitiriam voltar no tempo e se livrarem desse processo cíclico,
que muitos não querem aceitar, outros estão entusiasmados para esse momento, portanto temos uma
grande divisão de opiniões sobre o que existira pela frente, uma vibração mais forte onde muitas raças
densas deverão perecer ou ter que se adaptar a uma energia de atomização muito intrínseca com o
aspecto Crístico.
As delegações ligadas a força do Anti-Cristo, quer na realidade evitar esse processo, seu plano é
bem interessante e ambicioso. Ele quer conseguir deixar a vibração consciencial da humanidade abaixo
do mínimo aceitável para a transposição energética que abre a passagem para o Portal 11:11 que exige
cerca de 53% de energia convertida em luz pelos atos e pensamento de cada ser humano. Yahweh quer
justamente evitar isso, plasmando através do Sinistro Governo Secreto e as delegações negativas dos
intraterrenos, inserir uma tecnologia que gere impulsos psíquicos e eletrônicos de infra som e ultra som,
dentro de um campo de mensagens subliminares, para rebaixar o padrão sensorial da humanidade e com
isso adquirir o controle total da humanidade, inserindo assim o controle mundial único e o aspecto
bíblico do Anti-Cristo que prevê esse ser, que ira remover a fome e as guerras da nossa sociedade, o que
o colocaria como um salvador. No entanto com o padrão sensorial da humanidade limitado entre 49% a
50%, ele poderia alegar legitima defesa e criar uma estratégia para destruir o Herculovos, o planeta
chupão, comprometendo o plano divino maior de separação do Joio do Trigo, provocando no entanto um
caos estelar com a fragmentação de um astro bem maior que Júpiter. Provocando serias sequelas em
diversos campos dimensionais na aura do sistema solar. Ele acredita poder abrir os Portais estelares das
nossas pirâmides e com isso acoplado as pirâmides marcianas, jupiterianas e venusianas no plano físico,
destruir ou impulsiona-lo para uma fenda dimensional e enviá-lo para outra realidade. Como ele teria o
controle total sobre a humanidade no plano físico, poderia legalmente alegar legitima defesa e com isso
implementar seu plano astuto. Esse plano é provável e bate de frente com o plano divino de
transmutação e dos ciclos que estão em jogo, onde a Confederação tem procurado atuar para dar
segurança e gerar acordos de paz entre todas as delegações estelares envolvidas nessa questão.
Com esse plano em andamento, a conexão com Arconis seria plena, abrindo assim uma nova
realidade direta para as forças trévicas dessa galáxia, criando assim um novo ciclo de trevas e
restabelecendo o poder do antigo Império de Orion, acoplado ao poderio das hordas do Império do
Dragão Negro, que são as forças Lanonandeks ligadas ao fluxo do Anti-Cristo em plena oposição ao
plano divino de ascensão e amor. As implicações disso são bem mais profundas, pois isso iria
desestruturar e complicar o conjunto das 21 galáxias que são o que denominamos de universo de livre
arbítrio dentro de um setor definido do Universo Local de Nebadon. Dentro de Nebadon existem 12
centros semelhantes, onde podem as almas testar o seu poder criativo e proceder dentro da negatividade
e experienciar todas as formas de criação, respondendo pelo processo Cármico diretamente dentro da
responsabilidade individual de cada alma em seus experimentos. Com esse plano Yahweh e seus aliados
querem tapear os processos cíclicos e burlar as leis divinas, que regem esses 13 sistemas de livre
arbítrio, que são definidos como setores de teste e de exploração da alma. Assim criando um novo
padrão e realidade, para gradualmente com o tempo tomar todo Nebadon frente a um levante direto
contra Micah e seus legionários da Luz. O Arcanjo Gabriel tem sido um dos maiores vigilantes contra
esses planos, e sustenta um plano de oposição direto, onde todas as falanges dos 49 Arcanjos ligados as
13 realidades intrauniversais de livre arbítrio, tem previsto essa jogada de Yahweh e colocado a
Confederação e outros grupos além da realidade do universo TETA para resguardar a paz e o plano
divino.
Por esse motivo os planos de Yahweh são suicidas, pois ele pode levar a destruição de todo o
sistema solar caso entre nos arquivos secretos dos spins que controlam os Portais e as Fendas
dimensionais, que estão sobre a proteção do Melchizedek da Terra e do Sol Hélios & Vesta, também
denominado de Monmatia.
A Confederação tem procurado explicar sobre os processos e os mecanismos inevitáveis que estão
por traz do processo de elevação energética de toda a galáxia, onde o que esta ocorrendo com o Sistema
Solar é apenas o resultado de um mecanismo maior, e querer remover o sistema ou mesmo a Terra desse
mecanismo, é querer bloquear todo um processo que pode levar a desintegração do planeta, devido as
grandes magnitudes de energias implicadas no processo.
Para aqueles que leram o meu primeiro livro, o Confederação Intergaláctica, abordo a questão do
grande Atrator, um foco misterioso que os 7 grandes Samurais da astronomia rastearam um movimento

156
estranho como se um grande buraco negro estivesse tragando o universo que conhecemos, mudando a
órbita e trajetória das galáxias, um mistério que aponta para o grupo estelar da Baleia, que no entanto
não possui massa e nem força gravitacional para provocar tal manifestação. Esse assunto tem relação
com as mudanças que estão sendo gradualmente aceleradas e movimentadas pelas leis maiores do
universo, para que o 8º Superuniverso de UNANA se manifeste dentro da nova realidade dimensional,
isso significa uma grande mudança orbital e telemétrica em todos os outros 7 Superuniversos, para
gradualmente plasmar o que foi descrito por Shtareer sobre a existência de 12 Superuniversos que
devem se manifestar dentro de um plano maior na materialidade multidimensional do criador maior.
Assim o que estamos enfrentando são os mecanismos naturais de uma ajustagem divina dos novos
parâmetros energéticos e existenciais dentro do processo evolutivo e encarnacional em nosso holograma
encarnacional entre a 1ª e a 7ª dimensões. Por isso o que Yahweh esta tentando com seus líderes
militares intraterrenos e rebeldes é um suicídio que pode levar a desintegração por decreto divino a
milhões de almas renegadas, que não querem o brilho do amor dentro de seus corações. Lembrem-se que
na bíblia o Deus Yahweh é designado como um General de Exércitos, um ser impiedoso, que exige a
morte do primogênito para testar a fé e obediência a seu Deus invisível, que plantou dentro da
humanidade, OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE, isso é significativo, contra a energia de amor
ao próximo que Cristo pregou e deixou como a maior força do universo, e pelo que temos estudado
dentro da quântica e do princípio do universo e da própria estabilidade dimensional dos átomos, é
fundamental para que a matéria se estabilize e se manifeste como criadora divina como a conhecemos.
Para que a estabilidade energética dos átomos e do núcleo atômico se estabilize, é necessário uma
força harmônica, essa força é o amor, a maior força do universo, capaz de manifestar o mais profundo
aspecto do Criador absoluto. Assim qualquer manifestação contraria a isso, esta em desarmonia, o que
significa que muitas passagem relativas a El Saditih ou Yahweh como foi traduzido são incoerentes e
opressoras, justamente contrarias a tudo os que os Grandes Mestres da nossa história mostraram, vejam
os exemplos de Gautama e seus sucessores na linha Búdica, Jesus Cristo, Melchizedek Maquibenta, uma
das encarnações de Sanat Kumara, que instruiu Abraão sobre a unificação pelo amor e não pela dor das
armas. São Francisco de Assis, Yogananda, Mahatma Gandhi, Chico Xavier e tantos outros homônimos,
que mostraram a capacidade do amor e a sua ternura pelas crianças mal criadas que somos. Assim
verificamos que temos seguido e vivenciado uma dualidade dentro das nossas próprias bases religiosas,
justamente o que esta manifestado dentro dos protocolos secretos de como controlar a humanidade.
A questão do grande Atrator e seus efeitos perante a consciência humana e intraterrena é muito
ampla e tem sido um dos principais focos de explanação dos Confederados nas reuniões com as
lideranças intraterrenas e militares da humanidade, que tenho sido informado. Em minhas viagens e
contatos com muitas pessoas e projeções mentais pelas bases militares e intraterrenas, tenho verificado
uma grande preocupação com a envergadura do que tem sido passado, sobre os efeitos sobre a alma de
todos da nova energia e o que isso provocara em nossa estabilidade sensorial. Forçando um despertar
que ira gradualmente libertar a todos os falsos hologramas da dualidade e das polaridades mal calibradas
que tantas almas tem admitido serem absolutas e verdadeiras em suas jornada, ou seja, as mascaras serão
removidas em âmbito cósmico, não apenas terreno como se acreditava inicialmente.
Por exemplo o efeito dessas energias dentro da Constelação das Plêiades, uma das que esta
emitindo a energia do cinturão de fótons é muito interessante, pois uma grande mudança orbital e
energética dentro do sistema central de Alcyone, provocando assim a modificação dos spins atômicos de
todas as formas de vida, elevando-as de 3 a 5 oitavas de luz, transmigrando sistemas inteiros para 2
dimensões acima do padrão normal que manifestavam até então, isso tem relação direta com mudanças
importantes que estão ocorrendo dentro do coração de tantas almas encarnadas dentro do universo de
livre arbítrio. O despertar disso foi a energia Mahatma que gradualmente foi inserida através dos Logos
Estelares e dos astros de cada sistema solar.
O nosso Logos Solar de Alfa & Omega, o Lord Miguel Kumara, que também é conhecido como
Arcanjo Miguel, tem direcionado essa energia de forma muito amorosa mas penetrante e direta nos
focos de inimizade e desarmônicos pertencentes ao campo gravitacional e Crístico de Alfa & Omega,
onde ele é o sustentador da criação, fazendo uma rede em ligação direta com os outros Logos Solares
que são seus irmãos Arcanjos, fechando assim um foco importante para as mudanças em todas as esferas
da existência.

157
Em nossa realidade terrena, que é o que interessa anos meros mortais nesta roupagem temporária
humana, devemos procurar ancorar o mais profundamente o nosso despertar e libertarmos-nos de todas
as formas de controle que os governos assumirem como a nova ordem mundial, plasmar mediante a
nossa meditação o ancoramento das energias crísticas dos Mestres e buscar o equilíbrio para despertar a
percepção extrasensorial e com isso encontrar a sua verdadeira família angelical encarnada na Terra e
fortalecer os grupos de meditação e apelos, para gradualmente permitir-mos que os anjos e mestres da
Confederação e da Fraternidade Branca possam interagir e transmutar junto conosco as energias
negativas deste planeta e com isso expulsar-mos as forças trévicas intraterrenas que tem manifestado o
plano de destruição e escravidão da humanidade, alias o que eles vem fazendo a milhares de anos. As
forças extraterrestres ligadas a polaridade negativa, que ainda são ligados ao Anti-Cristo tem tentado
inúmeras vezes pelo poder das armas furar o bloqueio ao Sistema solar e com isso desestruturar o
equilíbrio das forças da luz e criar uma forma de desvio nos contatos, isso tem ficado claro com o
número crescente de contatados pelo falso Ashtar Sheran, que acabou sendo inserido em um plano
maquiavélico de desinformação e ridicularização dos fenômenos OVNIS e do esoterismo ufológico,
onde pessoas tem praticado a magia negra, alegando terem recebido isso do Ashtar, o que sabemos ser
um plano maligno. Esse tipo de discórdia e manipulação foi muitas vezes colocado nas canalizações da
revista Amaluz do meu amigo Daniel, demonstrando como um ser Crístico como Miguel se manifesta, a
diferença de seres físicos que alegam ser Ashtar e tem passado informações estranhas e alarmistas, isso
quando não ensinamentos discordantes com a Tônica crística.
Os líderes mundiais dos altos escalões tem conhecimento disso, e podemos ver por algumas
pessoas relevantes sobre os temas de uma eventual invasão espacial de forças trévicas, como o
Secretário das Nações Unidas, Dag Hammerskold, que advertiu sobre esse tema, de seres espaciais
interessados em invadirem a Terra e intimidarem os governos, o mesmo tema foi abordado pelo General
Mac Arthur, alertando sobre uma possível guerra contra raças estelares de má índole. Também o
comentário do presidente dos EUA Ronald Reagan diante da assembléia geral das Nações Unidas:
“Muitas vezes me pergunto se nós, na condição de comunidade global, na contingência de uma invasão
extraterrestre, não deixaríamos de lado, como uma família de nações, nossas diferenças e nos uniríamos
em solidariedade para deter essa ameaça terrível?”, outras pessoas de peso nas relações internacionais da
década de 80 para 90 e início dos anos 90, como o senhor Mikhail Gorbatchev anunciou questões sobre
a problemática de uma invasão e das nossas deficiências bélicas para uma defesa operacional ativa
contra esse tipo de invasão, o que fomentou mais o aceleramento do projeto Guerras nas Estrelas, do
qual o observatório Hubble faz parte como um olho espião ao movimento do planeta Nibiru e dos astros
estranhos circulando a Terra, assim como a aproximação do Herculovos, que muitos confundem como
sendo o mesmo astro. Na realidade o Herculovos devera efetuar uma seria limpeza dentro do Nibiru ou
Wormwood como o Sr. Virgil Armstrong o denomina em seu livro O caminho pára Casa. A questão das
altas patentes militares americanas como O General Nathan Twining sobre o assunto dos óvnis e uma
invasão ligados por outro lado a área 51, projeto Majestic 12 e outros projetos secretos que incluem o
sistema de defesa HARP e outros similares altamente secretos, que foram desenvolvidos com a ajuda
dos Grays, para enfrentar essa provável invasão.
As forças da Confederação autorizaram a federação unida de Planetas a proteger a Terra e bloquear
a ação nociva das naves invasoras, o que tem relação com um grande número de Óvnis que tem caído na
Terra sem explicação com avarias estranhas, provocada por armas ultra-sônicas e merkabianas que
atuam em sintonia com o campo unificado da estrutura atômica, armas muito além daquilo que
consideramos fantásticas.
Nesta altura verificamos aqui um contexto complexo, por que o Virgil aborda questões muito
interessantes e locais sobre o planeta Nibiru, da mesma forma que o n osso amigo e escritor Sacharia,
que escreveu entre muitos livros excelentes, o 12º Planeta, sobre o retorno desse planeta e desse povo
que escravizava a humanidade e que se considera dono da Terra, devido as suas atuações no passado.
Esse planeta fez parte de um sistema de colonização direta das forças Capelinas e de Rigel a mais de 1,7
milhões de anos. Ele já era na verdade uma colônia secreta e muito mais antiga das forças negativas,
desde a época remota da destruição de Maldek, que pela cronologia da Federação se remonta a mais de
252 milhões de anos terrenos. Nibiru foi uma grande base operacional de renegados que se escondiam
das forças da Federação e construíram um grande arsenal subterrâneo que tenha um estaleiro de
construção das naves robotizadas que dizimaram as naves da federação com confronto de Mintaka, a

158
mais de 1,3 milhões de anos em nossa linha temporal e encarnacional, mas que no passado a cerca de
178 milhões de anos, foi a ponte de invasão de mundos como Marte, Terra e sistemas de Sírius Beta e
Delta, além de terem afrontado diretamente as delegações da federação de Canopus e Toliman, em
outras etapas da nossa jornada sideral. Esse mundo dividido em raças descendentes de humanóides e
Dracos, foi palco de muitas guerras estelares e teve serias avarias e cerca de 4 grandes guerras nucleares
em seu mundo, confrontando as forças da federação e de outros grupos em busca do poder, como o caso
das raças de Plutão que foram de certa forma uma das delegações que travaram guerras pelo poder
contra Nibiru e seus habitantes a mais de 15 milhões de anos.
Foi por esse motivo e outros similares que Sanat Kumara se projetou para a Terra e criou a
Fraternidade Branca, para evitar maiores danos e destruição devido ao grande número de almas exiladas
e residentes de Nibiru e de tantos outros mundos. Existe portanto uma grande confusão generalizada
sobre as reais intenções desse astro e de Herculovos, que é um astro de limpeza, que ira e já esta
interagindo profundamente em Nibiru, pois esse tempo de raças envolvidas com propostas tão negativas,
não tem mais lugar aqui na nossa galáxia, prevendo uma remoção para outros quadrantes exilados sobre
uma fenda dimensional ou bolha de energia onde eles poderão dar continuidade ao seu ciclo natural de
polaridade. Assim dentro da nossa Via Láctea, esta sendo criado um setor de energia para radicar a todas
as formas de vida mais negativas e nocivas para que possam continuar, por isso a necessidade do salto
quântico dentro do contexto sideral e terrestre. Por esse motivo o volume tão grande de irmãos estelares
da luz para resgatar a humanidade, por esse motivo o projeto Avatárico esta em plena ativação,
despertando Avatares e irmãos da luz em cada pais e localidade do planeta, revelando informações que
antes não tinham nunca sido possíveis e dignas de uma ficção cientifica lunática para muitas pessoas.
As mudanças estão se fazendo notar, as forças trévicas estão ficando cada vez mais salientes e
notórias, as pessoas mais sensitivas gradualmente podem captar pela sua sensibilidade as energias de um
lugar ou das pessoas a sua volta, isso é parte do projeto de despertar da consciência e da separação do
Joio do Trigo, como foi previsto por Jesus. Assim estamos caminhando para nosso salto interior, nosso
próprio salto quântico, e quem estiver preparado e disposto a deixar as limitações, dogmas e mentiras,
estará se libertando para uma nova vida de luz e amor, e quem não assim o desejar, terá que renascer em
mundos primitivos adequados a seus padrões mentais e emocionais, isso é valido para todas as formas
de vida existentes, não só na Terra como nos outros mundos do sistema solar de Alfa & Omega. Assim o
processo é irreversível, mesmo que Yahweh tente modificar as coisas, existe um plano maior onde as
coisas estão se plasmando dentro do jogo de xadrez universal.
Assim a questão da reforma interior volta a tona, pois é por ela que poderemos realmente mudar a
nós e a tudo o que existe ao nosso redor, pois somos emissores de ondas cerebrais e emocionais, se
gerarmos discórdia é isso que semearemos, mas se gerarmos amor e harmonia, é isso que voltara e
colheremos, é um princípio matemático infalível e quem não quer enxergar isso, esta perdendo tempo e
se matando aos poucos, pois seu padrão vibracional não poderá ser elevado, pois não quer se burilar e
portanto suas vibrações são densas, o que o coloca abaixo do mínimo necessário para que se liberte do
ciclo encarnacional terrestre e possa com isso voltar ao espaço e dar continuidade ao seu ciclo fora da
Terra em sua raça original. Somente aqueles que plantarem amor e fraternidade, poderão plasmar essa
oportunidade impar de restaurar seus registros akashicos de amor e luz e inserirem essa mestria em suas
culturas e irmãos espaciais que os aguardam. Sim vossos irmãos estelares, aguardam que os futuros
mestres que surgirem da Terra, possam ensinar e inserir esse conhecimento em seus filho e planetas,
pois o experimento Terra é muito importante para a reciclagem mental e emocional de milhares de raças,
que não possuem o mesmo tipo de diversidade genética e consciencial da nossa humanidade, devido a
herança genética que possuímos. Assim a nossa transmutação e elevação vibracional afeta a todos, é isso
o que Yahweh e seus delegados não querem. Esse é um dos focos da base ANAGORA que tem
procurado boicotar as naves da Federação e da Confederação em sucessivos confrontos e ataques
desnecessários. Existe o interesse em desestruturar o grupo, de proteção do sistema solar e furar o
bloqueio, assim como anexar o poderio de Nibiru ao de Yahweh e seus delegados para juntos ativar as
pirâmides e destruir ou desviar o Herculovos.
Um dos grupos dos Sinistro Governo Secreto que descobriu uma base secreta no Colorado e outra
na Antártida, relativa a antigas civilizações perdidas a milhares de anos, possui tecnologia capaz de
enfrentar as forças bélicas de Nibiru por esse motivo eles tem procurado testar essas armas em ofensivas
contra as delegações Dracos Intraterrenas que possuem tecnologia superior as da civilização de Nibiru.

159
Nesse aspecto temos uma nota importante do filme o 5º Elemento, sobre um astro que este em rota de
colisão com a Terra, que absorve todo tipo de armas da Terra. Mas que o 5º Elemento como a força do
amor, é o único modo de enfrenta-lo, isso esta ligado a reforma interior, que ajudará as forças da
Federação e da Confederação a atuar de forma legitima para defender a Terra e libertar os aspectos
negativos da humanidade e que a verdade surja de dentro de cada um, onde a memória volte a surgir e
todos descubram quem somos como almas mestras de um antigo ciclo evolutivo bem mais amplo e
superior que o atual.
Esse grupo do SGS, tem procurado de forma desesperada os segredos sobre essa tecnologia
superior e tem contatado alguns dirigentes da Federação para criar uma aliança que poderia ajudar a
Terra e ao Sistema na proteção, esse grupo é uma forma dissidente das trapalhadas do restante dos SGS
e dos Iluminatis, buscando um bom senso e com isso negociações mais integras com todas as formas de
vida envolvidas com a Terra, onde o Almirantado Draco e da federação esta encontrando uma luz e uma
forma de superar os obstáculos criados pela politicagem e interesses corruptos dos outros grupos, que
ainda insistem em brincar de mocinho e bandido.

A Questão da tecnologia e ética geneticista na Terra


Outro aspecto que tem deixado as pessoas confusos, e o aspecto do avanço das pesquisas sobre
engenharia genética, que em grande parte esta sobre o poder de pessoas vinculadas a folhas de
pagamento dos governos que por sua vez, estão nas mãos políticas e interesses dos Iluminatis e agências
militares secretas. Em princípio a federação utiliza essa ciência para regenerar tecidos e órgãos de
pessoas doentes ou feridas, não recriando um ser na íntegra, mas sim apenas o tecido necessário. Há 2
dias foi vinculado no Jornal Nacional na rede Globo que os Britânicos tinham revelado que eles estavam
pesquisando uma metodologia com embriões humanos, para reproduzir apenas o tipo de tecido
necessário para transplantes ou substituições em corpos humanos, sem índice de rejeição, o que
provocou um alarme nas comunidades religiosas. A forma como eles apresentaram o projeto, é
respectivamente idêntica a como e utilizado na Federação sem a necessidade de criarem um outro ser
completo e de não sacrificar animais, assim esse tipo de proposta é aceitável e deve passar por melhorias
em pouco tempo. Temos o poder e direito de melhorar a nossa genética, caso isso seja efetuado de forma
controlada e com amor, onde apenas aspectos positivos sejam explorados, e não a manipulação para
gerar uma super raça militar, somos na verdade uma super raça no aspecto genético e muito mais
descobriremos sobre a nossa real genética e os 12 filamentos que possuímos.
Somos muito mais amplos e complexos do que acreditamos, pois os 10 filamentos faltantes estão
inseridos de forma discreta dentro das 2 fitas que possuímos. A confederação não condena a
manipulação genética, e sim a forma como ela é conduzida, com que intenção, pois é a intenção o que
conta, pois a mutação genética ocorre naturalmente na evolução e adaptação de todas as espécies
conhecidas, em um tempo demorado, mas a própria espécie humana terrestre é derivada de
manipulações genéticas promovidas pelas antigas civilizações estelares que nos visitaram e deram seu
material genético como já o vimos antes. Assim nós como sociedade estamos recriando os passos dos
nossos ancestrais, muitos dos quais somos nós encarnados dentro desta realidade, e sem consciência do
que fomos, isso porque como criadores abandonamos o amor e a fraternidade, perdemos a nossa
capacidade de misericórdia, assim fomos pelas orbes maiores, colocados a encarnar em nossa própria
experiência, e o processo se repete novamente quando estamos no fim de um ciclo que conjuga diversos
processos espirituais em cada um de nós. Muitos dos atos criados pelas forças involutivas que temos
abordado, utilizam esse tipo de ciência para criar novos clones e com isso manipular a humanidade,
inclusive substituindo líderes políticos que fazem apenas o que eles querem, são programados para isso,
assim mais uma vez, cada um de vocês deve procurar o caminho interior, que é o único que realmente
irá ajudar no despertar e auto resgate dentro dos processos evolutivos e cíclicos a que a Terra e todo o
nosso sistema solar esta submetido.

160
Os Agentes de Luz entre a Humanidade
O Plano Avatárico de Shtareer e muitos dos outros membros da Confederação Espiritual da Luz,
esta intrinsecamente acoplada a diversas atividades, desde o plano de Mestres Ascensionados
encarnando em lugares e situações chaves, para promover uma mudança consciencial do planeta, como
foi feito em Satânia para acabar com a guerra, como também em diversos intrantes de luz, que tem
procurado reverter a atividade desmedida e perniciosa das hierarquias das trevas, assim esse plano
atualmente conta com toda a atuação das grandes naves e Merkabas de luz, como a Estrela da Vida, uma
grande nave Merkaba com mais de 20 mil Km de diâmetro, um planeta semeador de vida,
multidimensional. Existem cerca de 4 desses astros em posição estratégica posicionados sobre nosso
sistema Solar esperando os acontecimentos, dando cobertura as naves da Federação e da Luz, para
bloquear o avanço e ataque das frotas do Dragão Negro, que por diversas vezes, tentaram quebrar o
bloqueio e gerar uma nova guerra. Recentemente devido a uma interação nociva de uma delegação
Antariana que procura seu próprio caminho e não sabe trabalhar em equipe, deflagrou o estado de alerta
total da Confederação colocando todas as naves e estações além das bases secretas em prontidão de
combate e de retaliação energética. O que em outras palavras significa que qualquer atividade
subversiva e nociva contra a evolução crística, será automaticamente coligada ao Conselho Cármico dos
Anciões dos Dias e exílio automático, com a total desintegração dos artefatos militares e bélicos em
geral.
Recentemente uma frota de cerca de 14 mil naves de grande porte da Ordem do Dragão Negro
foram localizadas a cerca de 47 unidades astronômica35 de Fênix, o que equivale 7 bilhões e pouco de
quilômetros da órbita de plutão pelas contas terrestres, na verdade um valor próximo a 8,4 bilhões de
quilômetros da órbita mais externa de Fênix, o nosso 12º Planeta. Essa frota de ataque tinha o objetivo
de fazer a frota da Federação de capitular e deixarem este quadrante, fazendo assim um acoplamento
direto com o Anti-Cristo Yahwehs e com isso modificar completamente o processo evolutivo de todo o
Sistema Solar, impedindo a passagem do Herculovos e destruindo-o com todo o seu arsenal, assim
criando uma realidade alternativa bem complexa e modificando por completo todo o processo que foi
matematicamente compilado pelas hierarquias divinas. Essa frota foi bloqueada e desativada pela Estrela
da Vida e Alcon que é o Comandante adjunto de Shtareer nesse Merkaba. Com a chegada definitiva do
novo milênio dentro da consciência humana pelo calendário terrestre. Um novo alento de energia esta
sendo implantado na Terra. Como já foi dito e repetido neste livro e nos outros anteriores, entre 2003 e
2006 haverá muita surpresa relativa aos nossos governos e sobre os temas da existência de Discos
Voadores e civilizações Intraterrenas, o que esta diretamente ligado ao apêndice que fala sobre o
ultimato que os EUA receberam da delegação Intraterrena Draconiana. Assim a Confederação mais do
que nunca estará colocando seus agentes secretos em prontidão e removendo suas telas de maia sobre
suas consciências, em breve milhares de pessoas descobrirão que são seres de alta patente militar e
espiritual e que devem ajudar no resgate consciencial da humanidade. Isso esta ocorrendo já há alguns
anos e deverá aumentar muito, principalmente devido as novas crianças que estão nascendo com um
novo código genético bem superior ao existente na humanidade convencional. Como já perceberam a
humanidade assim como o que ocorreu em Orion, tem sofrido a ação direta de operações de
manipulação social, religiosa e moral, o que fez dela uma sociedade medrosa e dependente. Assim os
agentes de luz, gradualmente irão desmontar essas estruturas falidas, os próprios seres do Sinistro
Governo Secreto, e os Iluminatis, perceberam que para sua própria sobrevivência, devem remover
muitos paradigmas de controle do passado, por esse motivo tem procurado a Confederação para fazerem
acordos e uma estratégica gradual de devolver parte da verdade para a humanidade, mas dentro de um
cronograma que lhes facilite a sobrevivência e a sua absolvição perante a culpa que lhes cabe. Sempre
querendo ganhar vantagens sobre os outros, assim esses acordos tem sido pouco efetuados, somente em
situações onde realmente era a melhor opção, deixando que cada ser gradualmente desperte dentro do
seu próprio ciclo consciencial.
Assim a ação das novas energias de luz, tem mexido muito profundamente nas bases do passado,
haja visto o grande movimento ecológico, espiritual e holístico que esta se expandindo pelo mundo.
dddd
35
UNA Cada unidade astronômica equivale a distância media da Terra ao Sol, algo em torno de
150 milhões de quilômetros.
161
Assim os velhos paradigmas devem gradualmente ser demolidos por novos valores mais honestos e mais
amplos, onde as Nações Unidas com o conceito de Governo Mundial único ganhará força, mas não terá
uma plena ajuda, pois esta comprometida com forças trevosas, e somente com a sua total reformulação
poderá instaurar uma nova ordem mundial, onde todos saiam ganhando algo. Esse aspecto ainda é muito
delicado, pois existem muitos interesses como veremos, por parte das lideranças intraterrenas e das
delegações sinistras dos governantes mundiais. Mas esse processo será importante para a grande
separação definitiva entre o Joio e o Trigo, que já foi feito, mas que ainda tem muitos aspectos a serem
definitivamente demarcados dentro da realidade terrestre e das 7 infra-dimensões do Umbral, que é um
foco muito importante por ser um reflexo da nossa realidade emocional e mental.
Cada agente da Luz, fará a sua parte e gradualmente receberá a sua consciência de volta, para
poder atuar de forma correta e sem ego, devido a manipulação energética nesse sentido, que é um dos
focos dos agentes da CIA e dos Iluminatis, para derrocar os canais dos Mestres da Fraternidade Branca.
Existe uma luta espiritual muito severa, é somente aqueles que estiver centrado na luz, no amor e na fé
interna, poderá sair vitorioso, pois somente o amor do Cristo pode vencer e ajudar ao próximo, como
todos os Mestres o demonstraram, portanto cabe a cada um de nós em nossa busca espiritual seguir o
caminho conforme a sua consciência, e que ela seja a única guia, não confiando em ninguém, pois
estamos em uma situação muito delicada, que o coração e a Chama Trina são os únicos centros de poder
e verdade que pode atravessar a Barreira de Frequência e conectar-se com o verdadeiro bem além dela,
deixando os hologramas para traz.
Cada ser encarnado e da criação possui um espírito santo, isso é um fato indiscutível no entanto
muitos seres tem se perdido em seus hologramas de poder e ego, além de muitos terem encarnado em
maquinas biológicas de guerra, que foram criadas a milhares de séculos pelas mentes doentias de seres
que acreditam somente no poder da opressão e dos impérios estelares, sem liberdade, acreditando que a
sua verdade é a única que merece ser vivida a plena totalidade existencial, não permitindo que o livre
arbítrio seja vivenciado pelos seus filhos ou por aqueles que eles escravizaram a milhares de anos, como
é o caso de uma civilização do planeta Fênix ou Nibiru do passado, e dos seres de Plutão, que no
passado praticaram esse tipo de tática, muita coisa mudou e muito ainda tem que mudar, mas cada qual
não pode esquecer que existe uma lei universal de causa e efeito, a famosa lei do carma, que esta se
cumprindo para todos, pois acabou o tempo de brincadeiras.
Cada ser que esta dentro do processo de dualidade, esta passando por profundas transformações e a
prova disso, são as constantes aparições dos Lanonadecks trévicos e vampiros que tem se projetado em
nossas reuniões, tentando um acordo com os Confederados para evoluírem sem perder todo o poder que
já possuem, existe uma preocupação por parte de todos, os militares que tenho contatado são outra prova
disso, assim como os Militares das delegações Extraterrestres e Intraterrenas, que sabem que algo esta
para ocorrer, e que um ciclo estelar de grandeza cósmica este terminando, algo que esta muito além das
questões terrestres, pois engloba todos os universos e as infra-dimensões que se conectam com o
experimento holográfico encarnacional abaixo da 7ª dimensão e do Eu Superior da maioria das almas
encarnadas nesse programa, que já dura alguns bilhões de anos na contagem terrena. Chegou o momento
para todos, e quem não estiver preparado, terá serias dificuldades para passar pelas mudanças, que são
internas, isso faz-me lembrar quando chegou ao início dos anos 90 a questão da ISO 9000 e suas
derivadas, foi um terror para muitos, e quem não se adaptou, acabou ficando obsoleto e caiu fora do
mercado, posteriormente veio a ISO 14.000 com novos paradigmas e propostas, que mudaram e ainda
estão mudando a produtividade e consciência humana, sobre os recursos naturais do planeta, algo
ligando inclusive aos Dracos, que procuram sustentar o aspecto ambiental, por terem uma profunda
comunhão com o mesmo. Eles são grandes guardiões da natureza e isso é um dos grandes empecilhos
contra a nossa humanidade selvagem que destrói sem pensar no amanhã e na natureza como algo vivo e
com direito a vida como qualquer ser vivo. Parece um contra senso em se falando dos Dracos, mas eles
valorizam muito mais a natureza do que a espécie humana, devido a nossa inconsequência e despotismo.

162
Canalização da Carta Estelar de Shtareer
“Meus queridos filhos na luz corporal da Terra, vou explicar um pouco sobre o processo
encarnacional, na forma daquilo que o canal tem denominado de carta Estelar, uma canalização sobre
a origem estelar e do EU Sou de cada pessoa que o tem procurado. Inicialmente o Eu Superior foi
configurado por algum Mestre maior da Luz, normalmente o próprio Criador Local denominado Micah,
que é a essência divina do Mestre Sananda. Esse fato em media ocorreu entre uma faixa de 6 a 2.4
bilhões de anos da vossa contagem, onde cada pessoa que chega ao canal recebe a sua identificação e
data aproximada de configuração do EU SOU para o processo encarnacional dentro do universo de
livre arbítrio, que compreende as 21 galáxias da qual vocês fazem parte, que é um setor especial de
Nebadon, que é da responsabilidade de Micah. Assim cada pessoa recebe a sua data e localidade de
onde e quando teve início seu processo encarnacional no holograma existencial do processo
experiencial que cada alma na forma de alma gêmea gerados pelo Eu Sou manifesta para seu processo
evolutivo e experiencial. Assim muitos Eu Sou geram normalmente padrões de almas gêmeas, dentro de
uma chave cabalística e numerológica, que fica entre: 120, 1440, 1800, 2400, 3600 almas gêmeas para
serem configurados dentro do processo encarnacional das 21 galáxias.
Uma vez compreendido que as almas gêmeas são na verdade outros focos paralelos do mesmo eu
superior projetados sobre a forma de outras gotas de uma mesma nuvem, distribuídas sobre uma
grande cidade, onde cada gota terá uma recepção e realidade diferente, que deverão experienciar e
levar de volta para a grande nuvem quando evaporarem. O mesmo ocorre com as almas gêmeas
referentes ao Eu Sou. Isso claro, verifica-se que cada alma encarna dentro de sistemas estelares
distintos com propósitos específicos de experienciar a dualidade e a respectiva polaridade, que cada
realidade encarnacional manifestará, como em diferentes raças, que possuem distintas formas de
percepção sobre o universo. Assim em cada ciclo encarnacional em distintas realidades, as almas
gêmeas tem o objetivo de encarnas nas mais distintas realidades raciais e energéticas, para aprender o
Máximo possível dos processos da dualidade e respectivas polaridades. Tornando possível a evolução e
compreensão das limitações de cada realidade, a medida que cada alma evolui, ela acaba tendo a
percepção das outras realidades e passando assim a compreender sobre o universo e como transmutar
suas limitações anteriores. Assim é o crescimento e a evolução perante os ciclos encarnacionais, caso
contrario não teriam a razão de ser, isso fundamenta muito a questão do kardesismo e espiritualidade
no que se refere a questões de Carma, mas com muitas ressalvas positivas no que se refere a um
entendimento mais amplo sobre essa energia de causa e efeito.
Dentro desse processo, a maior parte de vocês passou por todas as etapas da dualidade,
participando da grande rebelião, tomando partido a favor ou contra, conforme os parâmetros culturais
e morais, que cada cultura estelar manifestou, onde a lavagem cerebral e consciencial foi muito
aplicada a cada um de vocês em sua jornada. Assim verifica-se um processo de experiências em busca
da verdade e da compreensão das leis do universo, onde a culpa não existe. E sim a busca pelo
experimento, onde as relações cármicas são apenas uma questão de ação e reação das forças geradas
no processo, onde não existe o conceito de bem ou mal, mas antes de mais nada o conceito de um
explorador em busca de sua própria essência e da mais profunda verdade. Assim verificamos o vosso
processo, por isso não o criticamos ou censuramos, pois se ele foi permitido, é por que e de direito
divino e assim deve ser encarado, pois vocês estão trabalhando em busca de vossas verdades e poderes
criativos, onde a questão maior é ser um Co-Criador em ressonância com o cristo maior, é para isso
devem aprender a ser realmente criadores pelo amor e não pela dor, e para isso necessitam aprender
sobre a dor para poder substituí-la pelo amor.
Dessa forma o processo encarnacional em cada sistema estelar desta e das outras galáxias e
gradualmente explicado e vocês passam a compreender como se processa o despertar de cada
realidade, onde no foco terrestre, em vosso DNA esta a chave para muitas informações secretas de
outras raças, o que explica o interesse pelo vosso DNA por parte de muitas raças espaciais. Pois vocês
possuem a chave de muitos segredos estelares do passado, que tem relação com a grande rebelião e
arquivos secretos sobre a mesma e sobre o cristo universal, que muitos buscam de forma lastimável,
outros de forma criativa, todos tem o seu caminho é nos respeitamos isso, no entanto o tempo de
brincadeiras acabou, e todos tem que prestar contas a seus Eu Superiores do que foi feito ou deixado de
lado.
163
Isso faz parte de muitos de vocês, assim a carta estelar tem relação com essa busca e ajuda a
explicar o processo de cada ser, dentro dessa busca pelas polaridades que em cada encarnação foi
adquirida pela alma, onde diferentes valores, religião, conceitos morais e de compreensão sobre a
natureza do universo, plasmaram uma linha mental e emocional, o que tem que ser gradualmente
moldado quando ocorre uma globalização espiritual e a federação de diversas raças, baixo um mesmo
foco de fraternidade, onde a absorção de cada cultura deve permitir o que o vizinho e irmão tem para
contribuir, o que nem sempre é agradável, devido as grandes diferenças, isso leva tempo para que seja
digerido, assim vocês se encontram dentro desse processo. Portanto estão a caminho de uma nova
realidade, onde existem seres que procurar retardar o processo, isso é parte do que tinha sido previsto
pelos arquitetos do universo. Cada um de vocês é parte desse jogo estelar, onde as vossas almas fazem
o papel principal e coadjuvante em diversas realidades, como se fossem novelas distintas, onde os
atores repetem-se, isso é o que vocês estão fazendo, e tem feito a milhões de anos. Mas o ciclo esta no
fim e todos devem remover as mascaras e verificar dentro de um balanço geral o que realmente foi
aprendido e como utilizar isso para construir um novo universo. Assim queremos que compreendam que
a culpa não existe, e sim o experimento de energias que são da própria natureza interna do ser, em
busca da compreensão sobre o poder de criar, esse poder, poder ser canalizado para o amor ou para a
destruição, cabe a cada um de vocês canaliza-lo da melhor forma possível, pois a reposta a essas
energias sempre e inserida em vossas vidas, é a lei universal da própria quântica.”

Fiquem com o amor maior, eu sou em vos, Shtareer 21/12/2000.

As Antenas submersas de manipulação do SGS


Com relação a esse assunto, recentemente diversos sensitivos que trabalham com projeções
mentais de ajuda ao planeta, descobriram poderosas antenas submergidas nos oceanos, ligadas a bases
oceânicas que trabalham mensagens subliminares no campo da nova internet que deverá em breve ser
ativada, a internet 2, essas antenas tem relação inclusive com os diretores do projeto Harp, que procuram
enviar mensagens via computador, televisão e radio para a nossa ionosfera, provocando assim um efeito
cascata sobre a nossa atmosfera, que por sua vez vem diretamente para nossa frequência mental entre a
frequência de 9,8 Hz a cerca de 14,67 Hz, para manter a consciência humana presa e fixada em aspectos
muito densos, não se preocupando com o que realmente é importante, como a situação mundial, a
economia e os projetos que poderiam realmente ser ativados para a paz mundial, assim distraindo a
atenção da humanidade. Essas bases fazem parte das instalações de Yaweh e seus grupos subversivos,
muitos deles tem sido desativados, mas em pouco tempo voltam a ser ativados, alguns grupos de altas
patentes militares dos EUA, Rússia e outros paises tem conhecimento disso e compactuam com esse tipo
de atividade, pois são pessoas que representam encarnações de magos negros que no passado tentaram o
poder de forma ilícita, o que acabou destruindo a Atlântida e provocando inúmeras sequelas na
humanidade, muitos encarnando no Egito e promovendo uma verdadeira corrida pelo poder via magia
negra e outras técnicas ainda pouco conhecidas com a força telúrica mental e dos elementais.
Essas bases podem ser desativadas pelos grupos de meditação em suas projeções, mas devem
sempre ancorar a proteção e orientação dos Mestres Ascensos e com isso terem a certeza de que a
operação de limpeza foi bem canalizada e efetivada, pois essas bases existem dentro do Umbral, e
algumas se projetam inclusive na realidade de 6ª dimensão, que tem influencia direta no corpo mental da
humanidade, o que possui muito peso no processo de liberdade intelectual e ativação da intuição
humana, por esse motivo os grupos da federação tem procurado intervir e sempre que possível localizar
e desativar essas bases secretas, que são bem numerosas, muitas existem a milhares de anos, não são
construções novas ou naves no fundo do mar, como alguns companheiros acreditam, trata-se de grandes
instalações onde operações secretas e aberturas de portais de comunicação com outros universos tem
sido efetuados, entre eles a conexão com as 7 infra-dimensões do Umbral e as 49 realidades paralelas
que isso representa. Também alguns alimentos de consumo diário, possui relações e compostos
químicos que criam dependência e rebaixam o padrão vibracional da humanidade, dificultando assim a
sua iluminação e despertar de consciência.

164
Nesses trabalhos vocês devem pedir o ancoramento do tubo acturiano de proteção e a presença dos
mentores da Confederação para auxiliar-los via telepatia ou intuição a metodologia de como efetuar
essas limpezas na Terra e no reino mineral, que também tem sido atingido por esse tipo, de energias.
Com relação aos alimentos, devem procurar não manter uma alimentação constante e vícios,
eventualmente o corpo tem condições de superar esses agentes químicos, encontrados nos refrigerantes,
latarias e comidas de fast-food mais comuns, pois o sistema imunológico ajuda a eliminar parte das
energias, mas é necessário evitar os exageros, comuns por pessoas compulsivas e ansiosas, que comem
porcarias ou fumam em desespero pelas transformações internas. Assim busquem um equilíbrio na
alimentação, nada de exageros e não se privem das coisas, mas moderação é o que se pede, alimentos
leves e naturais é a melhor forma de se libertarem de padrões energéticos mais densos, mas devem
gradualmente atingir esse tipo de consciência, não adianta mudarem os hábitos alimentares de forma
violenta, procurem o equilíbrio para que o corpo não se constranja e fique quimicamente em
desequilíbrio, o que ocorre com pessoas que fumam e de um dia para o outro param, e necessário um
processo gradual de redução até que o organismo possa se reestabilizar. Lembrem-se o vosso corpo é o
vosso templo de luz cristalizada na realidade terrena, que deve ser cuidado e burilado para as
transformações que estão sendo inseridas em vossas vidas pelas mudanças sistêmicas que temos
abordado.

Bases secretas no sul do Brasil


Em minhas andanças pelo sul do pais, tenho encontrado com frequência na serra de Santa Catarina,
entre Joinvile, Blumenau e Florianópolis, muitas egrégoras relativas a bases intraterrenas das delegações
Draconianas e Grays, muitas que diversos sensitivos e ufólogos já registraram avistamentos de Óvnis e
manifestações estranhas. Em Santa Maria, Candelária e Vera Cruz no Rio Grande do Sul, também tenho
encontrado inúmeros focos, que possuem estreita relação com as outras de santa Catarina. O curioso é
que no livro da Terra Oca, existe uma situação sobre uma entrada para as cidades do centro da Terra
através de uma montanha da Serra de Joinville.
Um foco interessante é a ilha do Campeche, que se localiza na região central da Ilha de
Florianópolis, onde temos detectado um número muito elevado de avistamentos e energias relativas a
atuação dos Grays, que em diversas oportunidades desativamos em nossas mentalizações, devido a seus
sistemas de controle mental e monitoramento dos grupos que faziam decretos pela humanidade, ao estilo
Ponte Para A Liberdade. Essa ilha possui uma egrégora estranha, além de dezenas de inscrições
rupestres, que lhe valeu o titulo pela UNESCO de patrimônio da história da humanidade. Inscrições
estranhas e muito bonitas, remanescentes de raças que não foram qualificadas e nem compreendidas.
Com uma superpopulação de quatis, essa ilha pequena com cerca de 1,6 Km por 600 mts, esconde
mistérios que insistem em manter-se sagrados, um local de antigos sacrifícios humanos e guerras com
raças espaciais que invadiram e escravizara~a humanidade, com uma ligação direta as lendas dos
Assírios, que o nosso amigo Sacharia descreve em seu livro, Gênesis revisitado e Guerra entre Deuses e
Homens. Assim verifico um foco interessante de pesquisas, com cautela, pois a egrégora de energias é
bem elevada e provoca atordoamento, além de existir uma central de chipamento e monitoramento de
chips. A cerca de 360 metros da superfície existe uma entrada para uma base que deve possuir
aproximadamente o tamanho da próprio ilha. Esta por sua vez tem conexão com as outras bases, como a
de Candelária, uma montanha imponente que possui focos de ufologia muito bem registrados e presentes
na memória de muitas pessoas, inclusive da base aérea de Florianópolis, que cansou de registrar no radar
a presença de milhares de óvnis e se manter em segredo, como manda o protocolo de segurança.
Como brincamos esta ilha é um queijo suíço repleta de bases e naves enterradas, além de um
elevado número de sambaquis, onde nem todos os ossos são da espécie humana conhecida. Alguns
fosseis lembram os crânios dos dracos que tenho exposto em minha home page. Existe um grande
mistério pela grande concentração de bases e presença de diversas delegações espaciais. Um foco maior
que em outros locais do Brasil como na região central, onde temos Alto Paraíso de Goiás, Mato grosso
do Sul e Norte, além da Serra do Roncador. Todos esses focos possuem um elo místico, no entanto na
região sul do Brasil, existem pontos que as principais bases aéreas da FAB procuram esconder, e manter
sobre forte vigilância, como ocorre em santa Maria, uma cidade do interior do estado do Rio Grande do
165
Sul, onde se localiza a segunda maior base aérea da FAB, foi a poucos anos, construído um observatório
espacial, que de deveria estar sobre a proteção e usufruto do Instituto de Pesquisas espaciais (INPE),
mas ao invés disso durante muito tempo uma segurança máxima com tropas norte americanas e até o dia
de hoje um forte sistema de segurança que os próprios militares admitem ser anormal. Um ponto
estratégico onde diversos fenômenos de Óvnis ocorreu quando esse observatório estava em construção e
uma delegação norte americana da aeronáutica militar deles estava dando cursos e tratando de questões
secretas com nosso alto escalão militar. O aumento do fenômeno Ufo, foi notório, o mesmo aqui em
Florianópolis, onde outra base da FAB esta instalada e tem notado um elevado fenômeno Óvni no morro
do Candelária, outra importante base Intraterrena da delegação Draconiana, que foi desativada em 1999
através do trabalho dos Mestres, deixando-a como um ponto inerte em termos de energia. Da mesma
forma como o fenômeno de Óvnis no triangulo entre Ilha Bela, São Jose dos campos e Itatiaia é muito
elevado e o pessoal da FAB procura negar tal grau de ocorrências, que já renderam vários livros e
pesquisas dos autores da revista UFO.
No setor sul assim como outros, temos o fator da sensibilidade extra sensorial que permite verificar
essas bases e seu real conteúdo e importância em nossos estudos. Um parte delas tem agido de forma a
plasmar na humanidade o processo de implantes e chips na humanidade, outras são delegações que tem
procurado apenas se manter invisíveis e se abster do contato direto com a humanidade. No entanto
muitas dessas delegações acabaram despertando para o perigo que a nossa humanidade representa, isso
devido ao início das nossas pesquisas nucleares, que acabaram por perturbar o equilíbrio do planeta.
A cada experimento com armamentos nucleares e tecnologia química e posteriormente com ondas
de radio e som subsônico, eles tiveram a sua atenção desperta para o perigo que esse tipo de armas
representava para todo o planeta, dando origem em muitos casos a negociações e tentativas de modificar
a consciência humana, isso criou uma serie de mal entendidos e ativou em muitos graus uma disputa e
até conflitos diretos, que tem a conotação que já abordamos antes, sobre o ultimato que os EUA
receberam. Muitas das raças e sociedades etéreas intraterrenas estão preocupadas, outras raras, porem
reais deixaram ou irão deixar a Terra e se manter em bases espaciais como a Arkenius que já recebeu
cerca de 34 milhões de irmãos que antes viviam em cidades intraterrenas entre a frequência de 4ª e 5ª
dimensões sem terem se metido com a nossa civilização, eles entenderam que éramos uma causa perdida
em grande parte e não quiseram compartilhar negociações com a humanidade, visto os resultados
anteriores e a corrupção humana como já tinha se demonstrado.
Portanto volto a insistir que nem todas as raças ou civilizações que existem na realidade
Intraterrena, são negativas ou ofensivas, mas que em geral estão preocupados com a nossa trajetória
armamentística e mineralógica, arbitraria e imatura, que esta provocando um desequilíbrio ambiental
dentro da consciência dos arquétipos do universo terreno. Muitos dos nossos inimigos intraterrenos
colocam esse fato contra nossa sociedade e alegam que este planeta é deles e que eles chegaram antes de
nós aqui, e que não temos o direito de destruir nosso mundo, pois ele não nos pertence. Nossa tecnologia
e atos esta perturbando também o mundo deles e a sua estabilidade emocional. Assim verificamos que
mais uma vez a humanidade provocou um estado cíclico de ocupação indevida, basta analisarmos a
nossa colonização por parte dos europeus em todas as Américas, quando tomamos as terras dos
indígenas ou nativos do nosso continente, tanto no norte como no sul, o mesmo que ocorreu na África e
em localidades asiáticas. Temos a capacidade de destruir e de nos apropriarmos de tudo, como se
fossemos algo melhor que os outros. Essa característica e a que tem sido colocada contra a nossa
humanidade, em especial contra os dirigentes políticos mundiais que sustentam o SGS e os Iluminatis,
por esse motivo existem tantas diversificações entre o poder, um controlando o outro, para criar assim
setores secretos e outros mais secretos ainda, cada qual policiando o outro e combatendo um inimigo
invisível.
Ao ter estado nesses lugares em caminhadas e busca sensorial, realmente podemos notar a
existência de algo diferente, de um campo místico de energia e suspenso no ar, na ilha do Campeche que
passa por uma severa mudança administrativa, devido a ela ter sido requerida pela associação Couto de
Magalhães na década de 50 e ter sido entregue a mesma pela União, sem terem dado valor a residência
local dos pescadores que já moravam na ilha, dando esse local que era dos pescadores e baleeiros da
dezenas de anos, para os aristocratas de Florianópolis. Essa ilha tornou-se um clube de pesca e tiro da
elite, com o tempo a depredação da arte rupestre e símbolos de uma civilização antiga anterior ao dos
nossos indígenas, símbolos equivalentes aos encontrados entre os Maias e Incas. Muitas das inscrições

166
foram pichadas e destruídas pelos próprios frequentadores dessa associação Couto, o que fez com que
ecologistas colocassem a ilha como uma reserva incluída nos processos de tombamento nacional e da
Unesco. Existindo uma disputa de poder entre aqueles que se intitulam de donos da ilha e os novos
ecologistas.
As bases dos grays que detectamos encontram-se nas profundezas dessa pequena ilha, com fendas
dimensionais e portais que podem ser detectados facilmente por um bom sensitivo. Esse foco tem
relação com as aberturas secretas da Terra Oca, fazendo conexão com diversos pontos das serras de
Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Os focos das outras regiões das Américas, como na Serra do
Roncador e outros pontos ligados a Amazônia e região andina amazônica, possuem em sua maior parte
cidades etéreas e cidades intraterrenas ligadas as civilizações que buscam luz e amor.
Essas civilizações são bem mais avançadas e buscam junto a Fraternidade Branca trabalhar para o
despertar da humanidade e cura, limpando os planos astral e emocional do planeta. Assim encontramos
o foco de seres que muito tem feito pela nossa sociedade, para nos ajudar e evitar a nossa auto
destruição. Por isso e solicitado a todos que buscam o amor e o caminho espiritual, que busquem dentro
de si, que trabalhem com a intuição e que se permitam escutar o vosso mestre interno.

Canalização de Shtareer para o novo milênio que entra


“Queridos filhos da luz, vocês entram agora no novo milênio em vossa contagem cronológica,
onde uma nova fenda estrutural de luz e amor do criador esta sendo direcionada e amplificada para as
mudanças benéficas que surgirão em vosso mundo e principalmente em vossas almas. Como irmãos
mais velho, venho revelar alguns dos aspectos que estão ligados a essa nova realidade terrena e
espiritual que esta se abrindo para vocês, onde os irmãos da Fraternidade Branca compartilham
integralmente. O Sr. Sanat Kumara, um valente guerreiro da luz e do amor, que faz parte da minha
trajetória em muitas paragens do Pai maior, tem direcionado amor e carinho para o resgate da Terra,
desde quando ele criou a fraternidade branca, tendo inclusive criado corpo material a partir do seu
corpos morontial, para atuar no universo terreno e iluminar vossa sociedade, é o caso do misterioso
melchizedeck que instruiu a Abraão sobre o aspecto do amor e do Deus Pai central. Ele era Sanat
Kumara, plasmando diversas etapas de ajuda a Terra, que devem ser inseridas no coração de cada um
dos valorosos guerreiros do amor e da luz. Neste momento todo o quadrante estelar da vossa galáxia,
esta sendo direcionado para um vetor especifico onde uma energia denominada erroneamente pelos
vossos cientistas de buraco negro, foi detectado e esta realizando uma mudança no vórtice central do
grupo das 21 galáxias, onde esta localizado o universo local de livre arbítrio, onde a humanidade se
localiza. Essa mudança tem por objetivo a transmutação do campo vibracional de todas as forças
telúricas e encarnacionais das 21 galáxias, para uma elevação consciencial e para a desprogramação de
determinados aspectos e hologramas criados para controlar e vampirizar a trilhões de almas dentro do
processo encarnacional, onde a polaridade entre o bem e o mal, tem sido desvirtuados e mal qualificados
perante milhares de raças e sistemas estelares, criando assim uma distorção ampla e grave nos processos
evolutivos e nos mecanismos de evolução espiritual desse conjunto estelar, muito importante para a
criação do Universo de Unana.

Esse universo esta ligado a nova energia de materialização e de teor crístico que deve brotar em
cada uma das almas encarnadas na Terra, inclusive dentro da dos seres não confederados e ligados ao
aspecto do Anti-Cristo. Isso por que mais uma chance pelo amor divino do mais profundo Pai-Mãe
Universal esta sendo mais uma vez doado a todos os filhos da criação, não importando raça, credo ou
origem estelar, pois todos são de uma ou de outra forma criados a partir das moléculas de luz
multidimensional do Pai-Mãe maior, não há como fugir disso, assim essa será a mais nova energia para
restabelecer a ordem onde a separação definitiva do Joio do Trigo estará se cristalizando de forma
definitiva no universo. Assim todos tem uma nova e última oportunidade que se inicia com a passagem
de Sanat Kumara no dia 31/12/2000 a partir das 22:00 h.
Peço a todos que se centralizem nessa energia e que procurem abrir seus corações para as
mensagens de Cristo, amor incondicional e ancorem dentro de seus corações o mais profundo poder de
amor e luz em vossa Chama Trina, pois será somente com ela que o contato com Sanat Kumara e suas
167
delegações de luz e amor se manifestarão plenamente em cada filho que receber essa benção. Cada um
de vocês deve procurar alguns minutos de resguardo e mentalizar as mais altas esferas de luz, onde
Sanat Kumara e Sananda estarão juntos direcionando o mais poderosos fluxo de amor e luz que vossos
corpos podem suportar, essa energia entrará em vossos corpos mediante o grau de energia que cada
um possui e padrão vibracional, portanto cada pessoa receberá aquilo que lhe cabe, não mais e nem
menos. Esse é o presente de começo de milênio, um milênio que promete grandes mudanças e
transformações na vida de todos. Onde os aspectos sobre a origem da raça humana será gradualmente
revelada, onde as raças intraterrenas e extraterrestres, serão reveladas a humanidade, onde os
segredos acabarão sendo revelados e onde a humanidade descobrirá que é bem mais importante e
influente do que acreditava.
A mudança ocorrerá primeiro dentro do coração de cada ser humano, que de alguma forma será
tocado por essa magnífica energia. Todos os Mestres das Fraternidades de Luz Crísticas ligadas ao Pai
maior, estarão sincronizadas para esse momento especial, se prolongando ate o 6:00 hs do dia
1/01/2001 e gradualmente até o meio dia desse mesmo dia. A energia gradualmente será irradiada para
o resto do ano, mas o ponto culminante será nesse momento, quando algumas conjunções estelares e
cósmicas de âmbito multidimensional, canalizarem uma estrela variável de 7ª dimensão para a janela
dos portais terrestres, entre eles do Portal 22 Raios e a oficialização da energia dos agora 33 Raios de
Alfa & Omega, que oportunamente será revelada pelo canal na íntegra. A cada um que ler esta
mensagem, que procure uma retrospectiva interna do seu ano e verifique as mudanças consciências em
relação aos anos anteriores, e verifique como mudou, o que vem pela frente é muito mais amplo e
poderoso, pois estão sobre a plena ação dos cinturão de Fótons e de outras energias canalizadas para o
despertar de todas as formas de vida.
Cada raça será beneficiada dentro do seu ciclo pessoal de abertura consciencial e correlatamente
ajudada a caminhar para seu maior destino que é Deus dentro de si mesmo, reconhecer que é uma
extensão do criador espiritual e não apenas do criador material, que é tão limitado quanto vosso corpo.
Mas que a grandiosidade do pai esta no espírito que lhes deu, o mesmo criador que Jesus falava, uma
força muito além das descrições bíblicas e cabalísticas, algo que é apenas o tudo e o nada ao mesmo
tempo, isso esta dentro do coração de cada ser da criação, assim é e assim será demonstrado, pois é a
vontade do altíssimo. Meus filhos neste ano que se inicia uma grande força de liberdade e ao mesmo
tempo de rebelião tomara conta dos líderes rebeldes intraterrenos e terrestres, para provocar discórdia
e desequilíbrio na credibilidade dos governos, isso é parte de um plano dos governos ocultos, para
controlar a humanidade. Saibam que isso é parte de um grande plano maior da polaridade. Mas que é
necessário para que muitas almas despertem, isso por que muitas almas valorosas ainda buscam na
dualidade a compreensão, e como é de seu livre arbítrio assim o terão em suas realidades, o que parece
um grande mal, será na realidade uma forma de libertação total da humanidade, pois como já se disse,
o PAI escreve certo por linhas tortas. Tudo esta no seu devido lugar, e assim as coisas acontecem e o
despertar será gradualmente dado a cada um que realmente estiver no caminho da busca interna.
Aqueles que não o querem se manterão cegos com seus hologramas e acabarão perecendo como
resultado de sua cegueira e hipocrisia, assim cada qual definirá definitivamente seu lado, entre o Joio e
o Trigo, pois é a vontade que cada um escolheu e teve milhares de anos para trabalhar e transmutar, o
tempo chegou ao fim, falta pouco para o parto de uma nova criança, de um novo planeta que é de luz e
amor na 5ª dimensão. Cada qual deve pegar seu merkaba de transporte para esse mundo, pois é lá que
está o paraíso que tanto buscam, mas ele somente chegará a vocês se vocês forem atrás dele, ele não
vira buscar ninguém. Cada qual deverá mostrar o seu valor e a sua bravura nessa batalha interna de
escolher entre o caminho mais fácil ou superar os obstáculos do caminho espiritual em busca da
verdade e do crescimento interno, além de se libertarem dos falsos valores.
Cada um de vocês é importante para o grande plano de transposição dimensional, muito tem se
dito que somente cerca de 1/3 da sociedade humana poderá efetuar o salto quântico, isso por que a
maior parte prefere os hologramas da polaridade que foi plasmado como rela em suas vidas, mas esse
valor pode mudar para algo bem mais expressivo que vocês assim o inserirem em vossas consciências e
o propagarem com amor para o próximo. Não podemos demarcar a exatidão do valor, mas o número de
almas a se salvarem para um caminho de luz pode ser muito maior, se cada um fizer a sua parte e
propagar em silencio amor e cura ao próximo, essa cura não é apenas das doenças físicas, mas da
alma, através de decretos, preces e mentalizações com as sagradas chamas que atualmente totalizam 33

168
raios. Cada um de vocês é um portador desses 33 Raios, basta ativa-los dentro de si e irradia-los para a
humanidade, plantas, animais e minerais. Façam a sua parte e ajudem a ancorar a luz dos Mentores
ascensos em cada átomo da Terra, esse é o propósito da nova luz e etapa que a Terra esta recebendo
junto com toda a galáxia, luz, fraternidade e amor, pois todos estamos unidos nesse foco. Os dirigentes
renegados também querem evoluir e estão nos procurando para que a luz seja ancorada, temos enviado
nossos guerreiros e diplomatas da luz para que o amor e a clareza da mais pura verdade se manifeste
perante seus olhos e lhes mostre o que realmente esta para ocorrer, e como cada um é importante para
que esse salto seja belo no coração de cada ser, todos estamos irmanados nesse processo, e muitos
filhos das trevas tem se voltado para a luz e buscado ajudar, assim não critiquem,, não ataquem, peças
ajuda e permitam que a luz se manifeste em seus corações, pois todos a necessitam. A todas as
delegações draconianas, Grays, Zetas, Zopatxz, Pleiadianos, Gracianos, Nodianos, Sirianos,
Capelianos, Boronaquianos, Canopeanos, Tolimianos, Metarios, venuzianos, Anilenses, Mentakianos,
Betelgesenses, Belatrisenses, Rigulanos, Merkabianos e tantos outros, o nosso muito obrigado pela
vossa colaboração nos acordos e negociações de paz e busca de um ponto de entendimento, a todas as
raças e mensageiros do astral e de todas as esferas maiores, o nosso profundo agradecimento pelo
magnífico trabalho empregado até o fim deste ano 2000. Saibam todos que falo em nome da
Confederação e em nome do Pai maior, pois todos nós estamos irmanados no despertar das
humanidades, e não apenas em uma única raças, pois para nós todos somos filhos da mesma fonte, que
é única e absoluta. Não existem raças e nem dogmas ou retaliações em nossas ações, pois somos
universalistas e a todos o respeito e o direito de ir e vir e dado. Assim neste momento de transformações
universal, todos foram chamados a sua responsabilidade no processo de ajudar e colaborar com o que
foi definido nas esferas maiores. Somo apenas luz e atuamos pela luz, nossas naves e corpos são
somente partículas de fótons, que se propagam no mais profundo e elevado campo do espectro luminoso
que conhecem, bem além das radiações gama que conhecem, atuamos no comprimento de ondas do
takions e grávitons, ou seja, somo energia pura que não pode ser represada e nem estudada como vocês
a entendem, assim procuramos tocar o coração de todos, pois essa é a nossa missão, que o Pai maior
nos confiou, e assim estamos tentando inseri-la dentro de vocês. Assim desejamos a todos um
maravilhoso e prospero ano e milênio novo, que cada qual saiba se comportar e compreender as
energias que estão segando em sua vida e como transmutar os obstáculos em ferramentas de
crescimento interior, ajudem ao próximo assim como os grande Avatares demonstraram, chegou o
momento que cada um de vocês é um avatar incondicional, cada qual deve assumir essa
responsabilidade e ativar sua chama trina e criar o amor e respeito para com todas as formas de vida.
Cada qual de vocês é um propagador de informações e de opiniões, portanto busquem o crescimento e o
real despertar para que a luz se manifeste de forma única e pacifica em vossas vidas, onde estaremos
profundamente ancorados para que isso realmente ocorra com a maior proteção e realidade
necessária, retirando os véus de maia e os hologramas de vossas vidas, não se importem com as
técnicas de controle mental do SGS, apenas procurem a si mesmos e potencializem vosso poder de FÉ
em vocês mesmos. Não se deixem intimidar e nem esmoreçam, pois a tarefa será árdua, até o termino
do calendário Maia muita coisa terá que ocorrer na Terra, e todos vocês estão dentro desse
cronograma e muitas coisas deverão ser transmutadas dentro de vocês até essa data importante. Essa
data marca muitas mudanças cíclicas dentro das vossas vidas e etapas a serem trabalhadas no
despertar de consciência, isso por que cada qual tem uma relação quântica com o universo e com a lei
do sincronismo que rege tudo, assim o acaso não existe, e vocês são filhos desse “acaso” que é uma
projeção matemática perfeita, assim essa data irá mexer com todos e mudar a vida de todos, pois ela é
parte da mudança do DNA de todas as raças da Terra e de todas as formas de vida da Terra. Vos deixo
com amor e que as benções de todos os mentores ascensos sejam recebidas por vós em cada realidade
da Terra. Estaremos juntos como nunca nesse dia 31/12/2000 a partir das 22:00, antes disso já sentirão
as novas energias e a nossa manifestação de Merkabas sobre os pontos mais importantes da Terra em
todas as dimensões. O Jogo começou pra valer agora, e cada qual deve saber jogar o jogo cósmico do
amor, do Tantra espiritual da criação pelo amor, e não mais pela dor e pela guerra, quem insistir nisso,
estará se condenando ao desaparecimento e ao exílio do vosso sistema estelar. A nossa luz voz
acompanha.

SHTAREER e mentores de Luz Ascensos. 21/12/2000 Floripa. Sc

169
As Mensagens que se apresentam abaixo foram canalizadas a cerca de 3 anos, para um projeto de
publicação mensal nos jornaleiros, para que as mensagens dentro de um idioma simples que chega-se ao
publico mais carente e com menor grau de informações, pudessem receber mensagens dos Mestres,
dentro do arquétipo que eles conhecem, com nomes de Santos e Divindades, projeto esse que não foi
consumado, devido as questões comerciais e de distribuição, assim esse material é o piloto que nunca
saiu do papel, destinado as pessoas que nunca leram nada dos Mestres, tendo apenas a bíblia como
referencial. Notem a diferença de temática e palavreado, mas o conteúdo é o mesmo que muitos autores
já canalizaram desde os tempos mais remotos.

Mensagem de Abertura

“Meus Amados filhos, a muito que tento contatar as diversas fileiras de rebanhos pelo mundo, mas
infelizmente minhas palavras tem sido manipuladas e deturpadas pelos interesses mesquinhos.
Interesses esses que distanciaram vocês de min, desde minha crucificação tento em vão despertar a
consciência de vocês.
Muitos serão Chamados, mas poucos os escolhidos, isso faz referência direta ao fato que a maior
parte de vocês dá valor a vida material, a vida dentro da ilusão. Esqueceram os verdadeiros valores do
espírito, pois ele faz parte da semente Divina do Pai.
Não venho através deste material julgar, mas sim somar forças para que vocês se conectem com
minha consciência, que a tudo ama, que a todos envolve, nunca abandonei nenhum de vocês, nem por
um minuto, tenho escutado isso por muitos anos “Pai por que me abandonastes?”, mas na realidade
essas pessoas se afastaram de min, eu sempre estive a seu lado, porém eles não estavam capacitados a
me enxergar, pois se perderam dentro da luxuria e das ilusões da vida material.
O verdadeiro caminho esta no equilíbrio entre as suas vidas materiais e a força do espírito, pois
seus corpos são alimentados pela respiração do Grande Pai.
Minha tarefa agora como Senhor do Mundo e Diretor do Sistema Solar, é a de chamar meus
filhos, meu rebanho de volta ao coração do Pai, pois seu mundo esta em colapso, e deve a cada dia
mergulhar em um processo de purificação, através das águas, ventos e terremotos.
No passado isso já ocorreu com outras civilizações como Sodoma e Gomorra, que quebraram e
deturparam a Lei do Pai. Portanto agora cabe a min concluir esse trabalho de purificação, é somente
os puros de coração poderão se juntar as minhas fileiras. Os Arcanjos Miguel e Gabriel estão no
comando do processo de libertação, mas cada ser humano terá que se render ao poder da justiça pela
FÈ e não mais pelo medo.
O arrependimento de nada vale, se não existir o sentimento verdadeiro do coração. Pois o Joio do
Trigo já foi separado e ainda resta muito pouco para ser separado, mas existe um pouco de tempo para
os atrasados, mas alerto, de que o nosso amor por vocês não permitirá que lobos penetrem nas fileiras
de cordeiros, pois esse tempo se encerrou. Somente os justos serão levados ao meu reino”

As Dificuldades em sua Sociedade

“Vamos analisar o processo no qual sua civilização se encontra, ela esta caótica, repleta de
injustiças e de incoerências. Tudo isso é reflexo da intranquilidade interior que vocês estão passando,
nestes últimos 30 anos esse processo tem se agravado. Refletido nos problemas econômicos e na falta
de segurança, além dos graves problemas do sistema de saúde dos países mais pobres.
Tudo isso possui um grave reflexo, que é o medo, o rancor, a falta de perspectiva que vocês tem
em seus líderes e em vocês mesmos.
O sentimento de culpa não deve ser expresso por vocês, e sim um sentimento de mudança,
procurar modificar a sua forma de ser, arrepender-se é apenas o começo, devem ser tomadas medidas
para que vocês modifiquem o mal cometido, a redenção só é valida se trabalharem no sentido de trazer
o bem de volta a vida, as vidas das pessoas que vocês atingiram de alguma forma. Isso é ser justo. Não
sou de palavras é sim de concretizar, assim como o fiz quando estive entre vocês na Terra. Mas chegou
o momento de que vocês se manifestem em atos de justiça, de redenção e trabalhem para desfazer as
injustiças cometidas.

170
Não peço a perfeição, pois ela não existe em seu plano humano, mas na medida que buscarem
essa perfeição nos pequenos atos, estarão trilhando o verdadeiro caminho da iluminação e do perdão.
Esse perdão deve ocorrer dentro de vocês, pois o Pai-Mãe ou Deus já os perdoou pois ele sabe da
situação de amnésia na qual vocês se encontram, mas o perdão não significa simplesmente se
desculpar, e sim trilhar um novo caminho, corrigir seus erros na busca de um equilíbrio maior dentro
de vocês.
Procurem encarar de frente seus erros, suas fraquezas, convivam com elas cientes de que devem
supera-las, que devem suprimi-las na medida em que alcançarem uma consciência melhor no caminho
de Deus.
Deus esta em todas as partes, o universo faz parte de seu corpo, portanto a cada ato que cometem,
estão de alguma forma atuando no corpo de Deus. Quando vocês ofendem ou agridem alguém ou
mesmo quando destroem a natureza, estão na verdade agredindo a Deus. Pensem bem sobre isso, pois
todos estão caindo em pecado quando cometem injurias, mentem, matam e negam a existência de Deus
Pai-Mãe.
Quando estive entre vocês busquei forçam em Meu Pai para que pudesse superar as provações
que ele escolheu para min, assim vocês devem buscar forças dentro deles e de Mim para que possam
superar todas as dificuldades no processo de resgate espiritual, pelo qual passa seu mundo nestes anos.
Na chegada do ano 2000 haverão muitas mudanças em seu mundo, muitos Arcanjos se farão
presentes a meu pedido, o seu planeta estará em um caos maior do que se encontra atualmente, a
natureza estará cobrando dos homens as agressões que nela infringiram, portanto caberá somente aos
justos e puros de coração aplacar a ira dos céus.
Todos aqueles que tem buscado uma vida honesta e simples dentro de uma espiritualidade sincera,
terão a chance de se unir aos Arcanjos, o juízo final será longo, terá início no ano 2000 e se estenderá
até 2011 na sua primeira fase, posteriormente existira uma segunda fase e uma terceira, para que assim
todos os humanos possam ser julgados e devidamente colocados em seus novos reinos, seja ao meu lado
ou seja ao lado dos injustos, em um novo mundo.
Esse novo mundo já esta a vista, seus cientistas já o detectaram, ele se aproxima da terra e em
breve será visto nos céus, mas somente os seres de coração impuro e mesquinhos serão tragados por
esse corpo celeste, enviado pelo Pai.
Cada qual que tiver trabalhado o seu Cristo interno terá a chance de se conectar com as fileiras
de Anjos, todos os Anjos caídos serão tragados para as profundezas desse novo astro, a fim de que
dêem início a um novo processo evolutivo e possam então reconhecer o Pai-Mãe como sendo a única
verdade no universo.
Todos os seres humanos estão contabilizados, tanto só vivos como os que já morreram, portanto o
processo final de seleção já esta em andamento. Busquem viver dentro de uma linha seria e alegre, que
as aflições da vida lhes dêem como recompensa a sabedoria e a paz de espírito ao saber que seus
sofrimentos em muitas vezes fazem parte de uma lição por atos mesquinho cometidos no decorrer de
suas vidas.
Deus não é mal, apenas justo, e como justiça faz com que as pessoas descubram seus erros através
da dor, de perdas e de problemas, para que assim ao passa-las não as infrinjam a outros, mas muitos
são abusados e não aceitam a vida dessa forma, passam a cometer mais atos insanos e acabam por se
perder na maldade.
O caminho para Deus esta dentro da capacidade de perdoar, de amar e de construir de forma
benigna uma sociedade e um caráter de reto viver, onde todos tenham seus direitos assegurados pelos
próprios membros unitários de sua sociedade, não adianta cobrar do governo regras se cada um de
vocês não as cumpre, portanto as Leis devem ser cumpridas por vocês de forma exemplar, apara que ai
sua sociedade possa realmente progredir. Mas enquanto insistirem no caminho deturpado que se
encontram, a natureza ira castigas os homens pelos seus abusos.”

Otimismo em suas Vidas

“Para que a suas vidas sejam mais proveitosas, devemos rega-las com uma porção de otimismo,
ou seja, buscar dentro dela um sentido no desenvolvimento e no amadurecimento sincero, para assim
poder demonstrar a Deus, que vocês entenderão o motivo pelo qual existem.

171
A vossa existência tem um propósito muito importante, que deve ser direcionado de forma
construtiva para um mundo no qual se formem pessoas capacitadas a criar vida digna, não só através
de seus filhos como também através de sua cultura.
Chegará um momento no qual o homem estará nas estrelas, já conhece alguns planetas, mas
enquanto não for maduro, não poderá alçar vôos maiores, pois se perde em sua mesquinharia.
Ser otimista significa buscar um sentido prático e amoroso em seu cotidiano, e mesmo quando são
injustiçados, procurar encontrar um sentido positivo nessa lição que tomaram de alguém.
Quando pensam de forma otimista estão atraindo para vocês pessoas otimistas e situações
positivas para suas vidas, portanto procurem analisar como melhorar a sua vida nesse sentido, de como
devem encarar seus defeitos e procurar melhora-los. Todos são imperfeitos em seus atos, mas são
amados do mesmo jeito, então o que podem fazer para melhorar e buscar reconhecer cada defeito e
modifica-lo aos poucos, dialogar abertamente com seus familiares na busca de uma melhoria conjunta
do grupo.
Ser otimista significa buscar Cristo dentro de vocês, ele esta presente a cada segundo de suas
vidas, mas não é enxergado, por que vocês se perdem no mundo das ilusões e das dificuldades para
sobreviver, mas quando se aceita a vida de forma mais saudável esse permite que a mesma os
presenteie com saúde, vida e comida, isso possibilita a todos buscarem uma nova forma mais agradável
de vida e também uma possibilidade de alçar vôo rumo a uma melhor condição de vida.”

As Riquezas da Vida Material

“Esse é um outro aspecto no qual devemos conversar, pois existe um grande engano, no qual os
ricos são ruins, são ladrões ou tem pacto com o Demônio.
Vamos analisar a vida de uma pessoa que lutou honestamente 50 anos de sua vida profissional
para conseguir algo, essa pessoa nos dias atuais possui bens e tem uma posição estável, para muitos ele
deve ter roubado. Essa é uma forma errônea de enxergar as coisas, pois nem todos são corruptos como
vocês dizem, muitos lutaram muito e tiveram muitos problemas em sua vida para atingir o patamar
social e financeiro no qual se encontram. Muitos enxergam somente o momento, isso é inveja, pois não
pararam para analisar a idade dessa pessoas e o quanto ele deve ter se esforçado para conseguir algo,
assim devem procurar rever a sua forma de enxergar a vida, as pessoas e a sua própria relação com o
dinheiro, pois ele é um meio de subsistência, que tem sido mal utilizado pelos poderosos, injustiçando
os menos afortunados.
A medida que o tempo passa a situação piora, assim devem se unir e procurar por meio de
cooperativas modificar o rumo dos acontecimentos, de forma objetiva, e não criticando, pois isso não
leva a parte alguma. Sejam construtivos, mesmo que conheçam um corrupto, essa não é a sua realidade,
devem ter em mente que vocês tem outras metas na vida, além de ganhar dinheiro e obter bens
materiais, que são finitos, pois o corpo morre, mas o espírito continua. Para que possam me encontrar
em meu mundo devem abrir mão não dos bens, mas sim da forma como dele vocês se relacionam como
única fonte de satisfação e até de redenção para muitos.
Os bens materiais são na realidade apenas objetos que facilitam a sua vida diária, e não a razão
de sua vida, pois isso significa negar a Deus, negar o meu trabalho entre os Homens.”
“A verdadeira riqueza esta dentro do espírito, mas para poder conhece-la é necessário que vocês
busquem sua fé interior não apenas em conceitos religiosos, que por sinal muitos tem sido deturpados,
mas sim na fé interior de uma conduta correta, na qual a consciência de vocês esteja limpa, na qual
possam se sentir como pessoas livres e positivas dentro da sociedade. Cada qual deve procurar seguir
sua consciência de forma pura, e não deixar que a mídia e todos os canais de divulgação externa
mistifiquem sua realidade. A sua relação com a matéria significa o ancoramento do Cristo interno no
mundo físico. Mas todas as riquezas que seu mundo pode criar, servem tão somente de suporte para seu
bem estar, não para aprisiona-los a eles. A atual situação psíquica de vocês meus filhos, é a de serem
prisioneiros dos bens materiais, o que é contra todos os princípios que eu e muitos outros iluminados
deixamos quando estivemos na Terra. Vejam o exemplo deixado pelo meu irmão São Francisco de
Assis, ele também fundou as bases de uma ideologia crística, na qual a matéria ou as suas riquezas
servem apenas como meios de sobrevivência para que o seus corpo possa subsistir de forma saudável,
cômoda, mas mantendo uma postura ética digna em suas vidas e nas relações entre sua civilização.

172
Muito diferente do que vejo projetado em seu mundo decadente. Não existe muita diferença do tempo no
qual estive na Terra e os atuais anos 90, pois apesar do avanço da medicina, e de outros tantos avanços
técnicos, a sua população continua sofrendo as injustiças dos poderosos interesses de uma minoria.
Sendo assim o ciclo se repete com nomes e fachadas diferentes, mas é a mesma linha de manifestação
do passado, nisso verifico que o ser hu7mano não apreendeu a lição, não se modificou. A riqueza levou
o ser humano a degradação, por não saber limitar seus sentimentos mais baixos.
Para reverter esse processo somente uma nova linha de pensamento, uma nova postura de vida
sincera por parte dos seres humanos que realmente se arrependem e querem reverter de coração essa
realidade. De nada adiantará um arrependimento superficial, pois será o coração e a consciência
individual que efetuara o julgamento final de cada um.
Muitas pessoas ricas, merecem sua realidade social, muitos deles tem uma forma de reto viver,
reto pensar, não necessariamente por quer possuem bens e estabilidade são pessoas envolvidas com a
corrupção ou com o mal das injustiças. Não devem julgar pelas aparências, e sim pelos atos que as
pessoas cometem. Mas por outro lado todos são seres sujeitos a erros, portanto a preocupação de
julgar os outros cabe apenas ao Criador, deixem que a lei divina se encarregue de cada um. Façam a
sua parte, que corresponde a vibrar melhor, a procurar uma forma digna de vida dentro de suas
possibilidades e de seu meio de vida com amor e fé.
Lembrem-se minhas riquezas não são de seu mundo, assim como a de meus seguidores, meus
filhos possuem riqueza jamais imaginadas em meu mundo, que os aguarda, mas isso não que dizer, que
não mereçam riquezas e bem estar em seu mundo material, apenas devem saber pedir e saber discernir
sobre os meios justos e corretos de obtê-los.
Um dos grandes aspectos que diferem os seres humanos nas diferentes classes sociais, é o fato de
como enxergam a vida, cada qual possui uma relação material distinta com a Terra e com as pessoas
nas quais se relacionam. Essa diferença esta baseada no maior ou menor enlace pessoal com outras
realidades culturais dos relacionamentos.
Desde tempos remotos, que sua civilização vem se dividindo em castas sociais, nas quais só é
permitido o desenvolvimento a aqueles que possuem meios materiais ou podem oferecer algo vantajoso
para os poderosos. Isso tem que mudar dentro do coração de vocês, pois do contrario as separações
continuarão por muito tempo, isso não permite um amadurecimento pessoal, pelo contrario deixa as
pessoas cada vez mais afastadas de sua realidade divina, pois desenvolve as disputas raciais e
religiosas, que não deveriam existir, pois cada qual a sua maneira deturpou os meus ensinamentos.
O Cristo é único, não possui religião ou política, ele simplesmente é. Sendo assim as diferenças
sociais ou culturais devem ser revistas dentro de um novo consenso, cultural em suas sociedades, como
vem acontecendo com os movimentos musicais, nos quais diferentes classes sociais se encontram para
prestigiar um cantor ou grupo artístico. Nesses momentos as diferenças que vocês inventaram deixam
de existir, pois estão ligados a um outro ponto de referência em comum. O Cristo é a mesma coisa, não
possui fronteiras, pois ao é um artefato que se possa comprar, é a própria essência de Deus.
Muitas pessoas ingênuas tem se perdido nos laços sutilosos da matéria, da espúria, devido a sua
fraqueza interior em querer seguir o caminho mais fácil, isso é muito comum, mas esses filhos fracos de
coração estão pagando de alguma forma dura para eles sua decisão insana. Meus queridos busquem o
caminho interior para suprir suas necessidades, para obter o verdadeiro conhecimento, pois Deus lhes
deu tudo o que necessitavam para sobreviver em seu mundo, basta apenas abraçar a essa oportunidade
divina do Cristo e deixar que ele lhes mostre o verdadeiro caminho.”

Dogmas da Sociedade Decadente

“Vamos analisar e buscar respostas para muitas de suas dificuldades, vejamos quais os principais
aspectos nos quais seu ego pessoal tem falhado, em quais os pontos em que vocês de afligem
internamente.
O Medo, Pecado e a Culpa são um dos principais pontos em que a maior parte da humanidade
tem se prendido e tem sido sua roda motriz no processo de controle e manipulação das grandes
instituições religiosas, que empregam o meu nome para cometer atos insanos, como foi o caso da
inquisição Católica.

173
O pecado foi instaurado no sentido de orientar uma conduta moral em sua civilização desde os
tempos mais remotos, principalmente após o advento das conquistas dos grandes impérios. O pecado
reside no intuito de direcionar uma forma de agir, de atuar dentro de uma sociedade complexa e em
expansão, para que com isso existam parâmetros de comparação e de julgamento dentro dos interesses
admitidos como padrões para sua sociedade. O pecado só é pecado quando uma pessoa o enxerga e o
sente assim, como muitas pessoas são diferentes entre si e possuem formas distintas de pensar, esse
senso de pecado é portanto diferente, o que verificamos nos distintos países de seu mundo, que possuem
bases culturais distintas, principalmente nas que tem bases religiosas Orientais antigas.
O pecado leva a questão do medo e da culpa, pois as pessoas que sabem que cometeram um
pecado, se sentem culpadas por seus atos, a acabam se castrando, se auto flagelando sem que
percebam. Muitas vezes o medo pessoal sobre a opinião sobre seus atos, leva ao senso de culpa, ao
senso de pecado, o que não é correto, pois as pessoas devem encarar seus erros e procurar melhorar,
para remediar de fato seus atos.
Quando uma pessoa decide modificar sua conduta e procura reverter o processo que vinha
desenvolvendo, esta trilhando o caminho da busca interior, esta alinhado com a ressurreição de seu
Cristo interno, mesmo que ele não tenha consciência disso, pois no ato de procurar aceitar seus defeitos
e querer de coração melhorar, corrigir seus atos negativos, acaba por modificar seu padrão moral e
psíquico, que eleva por sua vez a vibração e a luz interna de cada um.
Esse é o caminho, deixem de lado o senso de pecado, culpa e o medo, pois o medo é um dos
principais empecilhos da felicidade, pois inibe a capacidade de renovar seu ciclo evolutivo, com o medo
se deixa de acreditar em algo novo, as inovações positivas não são aceitas, pois o medo de perder o que
se tem é maior. Mas na realidade vocês não tem nada, pois tudo é ilusão, o mundo das aparências não é
a realidade de seu espírito, deixem que ele flua e lhes mostre o verdadeiro caminho sem medo.
Não existe pecado em querer ser rico, ou em querer obter poder, desde que isso não prejudique
outras pessoas para se atingir tal meta. As metas que cada um possui devem passar pelo senso de
valores morais no sentido de buscar sempre um equilíbrio positivo em seus atos. Pois quando existe
equilíbrio as energias negativas podem ser controladas de forma a que o medo e a culpa sejam
deixados de lado. O jogo da vida tem que ser trabalhado com as cartas abertas, ou seja, é um jogo da
verdade, na qual cada um deve fazer a sua parte no sentido de progredir e levar a sociedade como um
todo no mesmo caminho da evolução.
Não permitam mais que suas vidas sejam controladas pelos conceitos dos outros, que
normalmente são os que ditam as regras sociais e comportamentais de seu mundo, pois eles querem o
controle da grande população sem as informações verídicas do mundo espiritual. O mundo espiritual
esta aberto a todos os filhos de Deus, portanto todos vocês tem direito a ele. Não existem escolhidos
para conversar com Deus ou comigo, pois todos são meus filhos e eu os amo a todos de igual maneira.
Apenas são diferenciados pelas suas condutas perante a vida. Os que se comunicam comigo são tão
humanos quanto o resto de vocês, sua sensibilidade se deve a capacidade de compreender melhor as
limitações da vida e a procurarem se alinhar em uma forma mais positiva de pensamento.
O que eu peço a cada um de vocês não é devoção, mas sim a libertação de seus dogmas, deixem
que sua vida flua de forma livre, que seu espírito lhes mostre o caminho real da verdade, não aceitem a
verdade dos outros, pois isso é se enganar, querer continuar trilhando o caminho do medo e da culpa
aliados ao senso de pecado que isso gera.
Todos são filhos divinos, que devem se interiorizar com essa realidade, independentemente de sua
postura social, religiosa, política ou cultural. A vida é bela, e deve ser bem desfrutada dentro da Lei
divina da evolução e do amor.”

O Fim de Uma Era (Apocalipse)

“Quero deixar bem claro diversos fatores deste assunto delicado e mal interpretado por milhares
de pessoas e profetas de sua civilização. As transformações pelas quais seu mundo esta passando e deve
ainda passar, são decorrentes de processos geológicos e energéticos.
Muitos em seu mundo em diferentes épocas, acreditam que os acontecimentos denominados de
apocalipse, são decorrentes de um grande castigo, gerados pela ira do Pai-Mãe. Isso não condiz com a
realidade, pois esse processo esta diretamente relacionado com o processo de culpa, medo e pecado

174
que vocês criaram em seu mundo pessoal. Isso por sua vês esta unido as transformações geológicas e
astronômicas pelas quais passa seu mundo e todo o Sistema Solar, não se trata de um processo isolado.
A televisão já notificou sobre o cometa que esta se deslocando em direção a Terra para o início do novo
milênio, assim como já descobriu um 10ª planeta, todas essas informações tem relação com as
mudanças que deverão modificar seu mundo.
Vamos analisar de forma mais objetiva as causas disso.
As mudanças climáticas notáveis que estão acontecendo na Terra, são decorrentes de alterações
no campo eletromagnético de seu mundo, devido a mudança de inclinação do eixo. Essa mudança foi há
muito tempo prevista pelos profetas, sua causa é no entanto devido a presença de um outro astro que se
aproxima da Terra, que esta influenciando a vossa órbita. No passado os profetas anunciaram a vinda
de um novo Sol nos céus, esse Sol é na realidade um novo corpo que se aproxima, que ira trazer muitas
mudanças positivas para seu mundo e planetas vizinhos, instalando uma nova era de Ouro para a
humanidade.
As questões sociais dentro do prisma apocalíptico são muito interessantes, pois dizem respeito a
decadência moral e social na qual seu mundo vive. As suas guerras e diferenças sociais são um reflexo
do estado interno de cada um. O seu espírito esta em confronto contra a postura de vida e a forma como
vivem nessa loucura sem nexo que é a sua vida social e econômica. A falta de respeito pela vida e pelo
próximo deixa claro que nem a si mesmo vocês são capazes de respeitar e de amar. Isso se reflete
diretamente no campo vital das cidades e por sua vez contamina o meio ambiente na psique planetária.
Os fatores relativos a poluição ambiental também são importantes nesse processo de purificação
pelo qual a Terra esta passando. As agressões causadas ao planeta serão expurgadas drasticamente
através de alterações na crosta, nos oceanos e também nas taxas de radiação provenientes de seu Sol.
Estão de frente para uma mudança de era, uma transformação da postura de sua sociedade, onde
outros valores mais harmoniosos deverão imperar, onde sua economia deixe de existir da forma como
foi instaurada. Ao estamos falando do fim do planeta, pois muitos terão ainda que repovoar o planeta
parra uma proposta melhor, na qual eu estarei ao lado coordenando a muitos na figura do Cristo
interno de cada um. Uma nova Terra brilhará nos céus, uma nova civilização, mais justa e amorosa,
conectada na realidade do Cristo e na presença do Pai-Mãe com integrantes diários na vida de cada
um, essa nova proposta tem por objetivo permitir que os homens e seus filhos evoluam de encontro aos
desejos do Pai-Mãe, que só querem o amor e a bem aventurança de seus filhos e netos.
Vibremos de forma amorosa e deixem que as mudanças penetrem primeiro em seus corações,
depois no plano terreno, não se assustem, pois os verdadeiros seguidores das palavras do Pai-Mãe,
serão poupados, estejam onde estiverem, enquanto que os injustos e corruptos das leis de deus serão
arrebatados para seus próprios purgatórios em outro planeta além do nosso.
O Pai-Mãe é sábio deixem que ele maneje as energias da vida no sentido que cada um possa se
alinhar com a nova realidade, enquanto eu estarei velando e acompanhando a cada um na sua jornada
pela nova transmutação do planeta e da humanidade.

Estejam com Deus e comigo dentro de seus corações e saibam que nunca os abandonei”

“Eu Sou a verdade e o caminho do Cristo”

Finalização do Ciclo da Dor


Meus amigos, temos até o presente momento milhares de informações sobre a grande rebelião e os
motivos que levaram a esse tipo de situação, seja pela manipulação ou pela escolha de alguns seres. No
entanto espero que tenha ficado claro a todos, que cada um de nós faz uma escolha em sua jornada
evolutiva, muito ainda poderia ser inserido neste livro, o que o tornaria inviável economicamente,
devido ao seu custo que seria repassado para vocês, assim deixo muitas coisas para a continuação que
estará abordando a história em particular do nosso amado planeta Terra em suas 21 civilizações que ela
abrigou com amor e dedicação. Peço a todos que são meus leitores e buscadores da luz em seus
corações, que procurem intensificar as reuniões de decretos dos Mestres e projeções com as chamas
sagradas, ajudando ao próximo, também peço a todos, que criem uma corrente de ajuda e fortalecimento
175
ao plano espiritual de sustentação do nosso amado Amigo Francisco Xavier, para que possamos dar
sustentação permanente a todas as equipes que lutam pela luz e pelo resgate das almas perdidas. Cada
um de vocês tem um compromisso para com seus familiares, o mesmo ocorre no plano espiritual, não
estamos sós neste planeta, mesmo para aqueles que não tem família física, todos somos parte de uma
família espiritual que deve ser ancorada poderosamente na Terra para ajudar no resgate e na cura da
alma humana e do planeta como um todo, pois a Terra é uma alma viva, necessitando de atenção e
carinho por parte de seus filhos insanos e cegos pelo poder. Peço a união de todas as linhas espirituais
para ajudarem na sustentação do projeto Terra, de salvarem o maior número de almas com vossas luzes,
vossos decretos e mentalização de luz e amor para o plano espiritual e material, dentro de vossas casas,
escritórios, igrejas e todos os lugares que vossos espíritos e consciência o solicitarem. Vamos derrubar
as fronteiras do preconceito e da miséria moral que nos encontramos, vamos inserir a proposta de Cristo
em nossa realidade quotidiana, pois isso fará a diferença final em nossa partida deste plano dual na qual
ainda nos encontramos.
O trabalho que venho desenvolvendo com Shtareer, esta disponível em nossos livros que ajudarão
a muitos a compreender melhor muitos dos processos pessoais que cada um passa em sua jornada
evolutiva e consciencial, como foi expliquei, o tamanho deste livro esta bem acima do que imaginei, e
seu custo elevado impede que prossiga neste livro sobre as informações que Shtareer possui para nosso
despertar, mas ainda tenho mais 77 livros pela frente para serem canalizados e colocados para a
humanidade, assim teremos muitas páginas e projeções mentais de cada um para resgatar a sua parte
dentro desta trajetória enorme que cada um teceu em busca de sua felicidade e de suas verdades a cada
ciclo encarnacional. Shtareer esteve e esta presente no coração de todos e foi um dos grandes ajudantes
que esteve ao lado de muitos que necessitaram de sua ajuda, assim como Sananda e muitos outros
também estiveram dentro de todo esse contexto que exploramos neste livro. O fato de a narrativa do
nosso livro não ter estado apenas centrado nos acontecimentos pessoais dos nossos personagens, se deve
ao grande número de variantes que não caberiam neste trabalho, que serão continuados nos outros
volumes a medida que a energia flua para isso.

Desde já agradeço a todo s e aos mentores que me ajudaram a concluir mais este livro, para
maiores informações podem nos acessar em nossa home page:

www.shtareer.com.br ou rodrigoromo@shtareer.com.br

Que a luz se faça em vossas vidas e jornada pela senda do Pai-Mãe alfa & Omega.

Que o novo milênio possa despertar a todos e nos colocar no verdadeiro caminho.

Rodrigo Romo & SHTAREER

176

Você também pode gostar