Você está na página 1de 75

User Manual

ProfiTrace 2.9
PROFIBUS Mobile Combi-Analyzer on USB

PROFIBUS analyzer with powerful statistics


Easy traffic-light for quick overview
Risk Margin benchmark
Suitable for PROFIBUS DP and PA
High-speed digital oscilloscope
Bar graphs
Topology scan
DP master
Reporting
OPC server
CommDTM
PROFIBUS to USB interface for COMbricks
Runs on XP, Vista and Windows 7 & 8 platforms

Version 4.3.1 - November 2013


ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5 Quick start

5.1 Colocar ProfiCore Ultra para a instalação

Prenda o ProfiCore com o cabo USB ao seu laptop / PC. O LED verde deverá estar aceso se o laptop
/ PC é alimentado.

Depende da instalação assim que conectar o ProfiCore para a instalação. Na intalação do DP - RS


485 usamos a Tap Connector (ver capítulo 19), no PA - instalações MBP usamos o PA Probe.

5.1.1 Prenda a Tap Connector para o ProfiCore (DP).

Ligue a ficha de reta da Tap ao conector DB9 do ProfiCore (ver Fig. 9).

Fig. 9 - Attaching the Tap Connector to the ProfiCore


Por favor, verifique se o resistor de terminação no Tap Connector é OFF. Em situações normais o
terminação na Tap Connector NÃO é necessária.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013 Page 33 / 148
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5.1.2 Colocar a ProfiCore para instalação DP

Conecte o plugue de 90 graus da Tap Connector em cima de um conector de volta da instalação


PROFIBUS DP (ver Fig. 10).

Fig. 10 - Attaching the ProfiCore to a DP installation


Aperte os parafusos para evitar a desanexação acidentalmente do Tap Connector da tomada.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5.1.3 Attaching the PA Probe to the ProfiCore

Ligue o conector DB9 do PA Probe ao conector DB9 do ProfiCore (ver Fig. 11). É recomendado
para preparar alguns fios e, se possível, uma ficha apropriada, que irá servir como o elo entre o
acoplador PA e PA Probe.

Fig. 11 - Attaching the PA Probe to the ProfiCore

O fio terra (S) deve ser usado bem como é essencial que o adaptador de um laptop seja aterrado (isto
não é válido para laptops equipados com bateria).

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5.1.4 Attaching the PA Probe to the PA installation

Anexar os parafusos dos cabos conectados do PA Probe à instalação PA (ver Fig. 12). A
Localização recomendada é o acoplador de PA. O PA Probe não tem imposto a polaridade dos sinais
de PA, mas o shield / aterrameto (S) deve ser conectado com o acoplador para obter uma medição de
alta qualidade.

Fig. 12 - Attaching the PA Probe to the installation

O PA Probe NÃO é certificado e só é adequado para zonas seguras. Pode operar-se logicamente em
qualquer ambiente, mas o comportamento seguro não é garantido.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5.2 Iniciando ProfiTrace 2

Depois de iniciar o software ProfiTrace, a tela como na fig. 13 deve aparecer.


Clique em "Init ProfiCore Ultra" para iniciar o software.

Quando você tem um "PA Probe" anexado ao ProfiCore Ultra ele será
automaticamente detectado.

Fig. 13 - ProfiTrace tela start-up

Após clicar em "Init ProfiCore Ultra", o software ProfiTrace:

1) Detecta se ProfiCore Ultra é conectado à porta USB.


2) Verifica se a licença necessária foi instalada.
3) Verifica a taxa de transmissão da rede.

Depois da taxa de transmissão ter sido detectada, o Live List e a taxa de transmissão detectada 14
devem ser visíveis como na Fig. 14.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Fig. 14 - Live List after initialization

Fig. 15 - Navigating in ProfiTrace

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

A partir deste ponto, o software pode ser navegado de modos diferentes facilmente, apenas clicando
em sua aba representada (ver Figura 15):

 ProfiTrace Lista Ativa, Estatística, Gravação de mensagens e Fiscalização de Dados


 Scopeware Osciloscópio avançado projetado para sinais PROFIBUS
 Bar graph Indicador para a saúde geral de estações
 Topology Scan Visão Geral da topologia criada para DP
 ProfiCaptain Mestre DP classe 1 e 2

Todos os modos trabalham em paralelo. Navegar para outro modo não vai apagar as informações do
modo anterior.

5.3 Busmonitor / Analyzer

ProfiTrace é um analisador para exibir uma lista ativa, gravar mensagens, ver as estatísticas,
inspecionar os dados, etc (ver Fig. 16).

Recorded Statistics
Messages

Recorded Data inspection


Live List Messages
With filtering

Fig. 16 - ProfiTrace functions

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5.3.1 Live List (Lista Ativa)

"Colours make it easy.."

A Lista Ativa é uma matriz que continuamente lista todos os dispositivos disponíveis. É diretamente
visível que dispositivos são "desordeiros". Com diferentes cores de fundo, o estado dos dispositivos é
apresentado (ver Figura 17.):

 Verde: O dispositivo está em troca de dados


 Amarelo: Dispositivo está perdido
 Vermelho: Falha de Parâmetro
 Roxo: Falha de configuração
 Sem cor: No barramento, mas não em troca de dados

O Live List também pode gerar o nome do produto dos dispositivos quando uma mensagem de
diagnóstico é capturada (sincronizados com a biblioteca GSD).

Fig. 17 – Live List mostrando desvios

O Live List também indica o Diagnóstico de um escravo com blocos piscando em vermelho em uma
caixa de escravo:
Canto superior esquerdo da célula piscando: Esta estação é ativa como um escravo,
mas também o bit Ext.Diag está ativo. Isto pode indicar um problema crítico no anexo I /
O, ou a medição de controle (por exemplo, um curto-circuito, limite excedido etc).

Canto superior direito da célula está piscando: Esta estação é ativa como um escravo,
mas também o o bit Static.Diag está ativo. Com este bit estático o dispositivo quer indicar
que nenhum I / O é atualizado neste momento ou que I / O ou outro valor de medição
não é (ainda) pronto para ser transferido (fase de arranque de um escravo DP / DP-V1).

Canto superior esquerdo e no canto direito da célula está piscando:


Tanto o bit Ex.Diag e o bit Static.Diag são ativos (ver descrição acima).

Nestas situações, clique no escravo e verifique o Painel de Informações para mais informações de
diagnóstico. É altamente recomendado importar o arquivo GSD, porque você tem mais informações
sobre o tipo e descrição dos diagnósticos.
_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5.3.2 Estatísticas

"Clique e vá .."

A matriz de estatísticas é o recurso mais poderoso do analisador. Este campo pode realmente indicar qual
é a condição da instalação. Ele exibe todas as informações importantes que um usuário, especialmente um
técnico de manutenção está realmente interessado. Devido a esta característica, o usuário não tem que
inspecionar mensagens ou fazer operações difíceis para garantir a qualidade da instalação.

 Syncs (Sincroniza)
Os Syncs (para não ser confundido com o modo de sincronização de um escravo DP, segurando as
saídas), é uma estatística que indica as vezes que um mestre envia uma mensagem para uma estação
para isto determinou-se a primeira mensagem para a estação. Assim que começa a estação de resposta, o
mestre não gera mais estas mensagens 'Syncs'. Os Syncs, só devem estar presente para cada escravo DP
(ou outra estação baseada no Protocolo Profibus) no arranque de um mestre ou um re-arranque de um
mestre (depois de ter sido desligado por um usuário). Quando o mestre não foi voluntariamente desligado
ou reiniciado e Syncs aumentar esporadicamente ou de forma contínua, pode indicar distúrbios na rede. A
combinação dos Syncs e estatísticas dos duas outros 'Tentativas' pode ajudar ainda mais na resolução de
problemas que podem estar presentes em uma rede.

 Retries (total for this station) - Tentativas (total para esta estação)
Esta estatística é aumentada sempre que ProfiTrace detecta mensagens que estão sendo retransmitidas
por um mestre. O mestre só retransmite mensagens se espera uma resposta a partir dele. Este é o caso
dos tipos de mensagens SDA e SRD. Esta estatística tem o valor total de tentativas detectadas.

 Retries (worst sequence) - Tentativas (pior seqüência)


Esta estatística é mantida para determinar a pior seqüência (consecutivo) de tentativas. Isto é útil para
determinar se as tentativas estão atingindo (ou cruzados) o limite do mestre tem a configuração em seus
parâmetros do barramento (max. 8 repetições de acordo com as especificações Profibus).

 Station Lost (Estação perdida)


Essa estatística mostra o número de vezes que uma determinada estação (mestre ou escravo) não
respondeu ao número máximo de tentativas. Quando uma estação é perdida, o mestre não pode
controlar isso.

 Slave Station Lost (Estação Escravo perdido)


Essa estatística mostra o número de vezes que um determinado escravo não tenha respondido ao número
máximo de tentativas. Quando um escravo for perdido, o mestre não pode controlá-lo mais.

 Illegal responses to requests (Respostas ilegais aos pedidos)


Essa estatística mostra o número de mensagens que uma estação tenha respondido com uma mensagem
ilegal (corrompido). Essa estatística só é aumentada para uma mensagem de solicitação SRD ou SDA. Se
esta estatística aumenta continuamente por uma estação particular, então provavelmente há duas estações
de escravos (ou até mais) atribuídos no mesmo endereço. O raciocínio por trás dessa "conclusão" é que
quando um escravo responda a uma mensagem de solicitação, ele envia os dados no barramento sem
verificar que uma 'colisão' corrompe a mensagem (causada por outras estações escravas também
atendidas no barramento ao mesmo tempo). Aumentos esporádicos desta estatística podem ser atribuídos
a perturbações no barramento. Nesse caso, outras estatísticas devem ser olhadas.

 Data-Exchange interval - Intervalo de troca de dados (ms)


Essa estatística mostra o tempo real (em milissegundos) entre dois ciclos de comunicação de dados para o
mesmo escravo DP. O tempo é medido entre duas mensagens de resposta de comunicação de dados. Esta
estatística é útil para determinar a velocidade real de uma rede DP, identificar escravos DP de baixo
desempenho, e para determinar que um mínimo desejado tempo de ciclo possa ser alcançado com a
configuração atual do barramento. Ela também pode ser usada para determinar a performance da placa
mestre DP, o tempo mínimo de reação de um escravo (MinSlaveInterval) ou quando um escravo DP envia
mensagens de muitos diagnósticos. Em geral, esta estatística deve ser o mesmo para todos os escravos
DP, uma vez que o mestre DP geralmente lida com todos os escravos que foram configurados para cada
ciclo de sinal.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

 Slowest Data-Exchange interval (ms) (tempo mais lento de ciclo)


Essa estatística mostra o tempo mais lento medido (em milissegundos) entre dois ciclos de comunicação de
dados para o mesmo escravo DP. Por favor, note que, quando um escravo DP tornou-se (temporariamente)
off-line e quando voltando no barramento, esta estatística deve ser reposto a fim de mostrar mais uma vez
o status mais recente.

 Fastest Data-Exchange interval (ms) (tempo de ciclo mais rápido)


Essa estatística mostra o melhor tempo medido (em milissegundos) entre dois ciclos de troca de dados
para o mesmo escravo DP.

 Slowest/Fastest Data-Exchange interval (ms) (tempo mais lento/rápido do ciclo)


Esta estatística mostra tanto o tempo mais lento e quanto o mais rápido medido (em milissegundos) entre
dois ciclos de comunicação de dados para o mesmo escravo DP.

 Data-Exchange Frequency (Hz)


Essa estatística mostra “o mesmo que a Data-Exchange interval “, mas agora em Hz (troca de dados por
segundo).

 Input Size - Tamanho de entrada


Essa estatística mostra o último tamanho de entrada detectado na troca de dados.

 OutputSize - Tamanho de saída


Essa estatística mostra o último tamanho da saída detectado na troca de dados.

 Input/Output Size - Entrada / Saída de tamanho


Esta estatística mostra tanto o tamanho da entrada e quanto o de saída com base no último tamanho de
saída detectado na troca de dados.

 Mensagem de diagnóstico. req. pelo mestre


Essa estatística mostra o número de mensagens que um mestre enviou de uma mensagem Get
Diagnostics a um escravo DP.

 Mensagem de diagnóstico. res de escravos


Essa estatística mostra o número de vezes que um escravo respondeu corretamente uma mensagem Get
Diagnostics de volta para o mestre. Em geral, esta estatística deve coincidir com a contagem da "msg de
diagnóstico. req. pelo mestre".

 Mensagem diagnóstico. res de escravos quando em DX


Essa estatística mostra o número de vezes que um escravo respondeu corretamente uma mensagem Get
Diagnostics de volta para o mestre quando ele já estava em comunicação de dados. Esta estatística pode
ser usado para determinar a contagem de sinais de diagnóstico de escravo ao mestre durante a operação
normal.

 Última msg diagnóstico. tamanho


Esta estatística mostra o tamanho dos últimos dados de uma estação de diagnósticos detectados. Quando
é um mestre operacional, este tamanho de diagnóstico idealmente não deve diminuir de tamanho, uma vez
que este impõe um esforço extra para um programador PLC primeiro determinar o tamanho e só então
avaliar os dados de diagnóstico.

 A maior msg diagnóstico. tamanho


Esta estatística mostra o tamanho do maior diagnóstico de dados de uma estação de detecção. Isso é
muito importante para a verificação de que um escravo DP não enviar mais diagnósticos do que foi
configurado para no GSD utilizado na configuração do mestre Profibus. Exceder o tamanho diagnóstico
especificado no GSD pode causar do PLC falha ou causar um comportamento não confiável.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Fig. 18 - Estatísticas mostram as tentativas

Se as estatísticas não mostram desvios, a instalação é no 1 º grau OK.

Aqui ele pára para o técnico que só está interessado em um retorno rápido. O técnico avançado pode
prosseguir com a gravação de mensagem e uma inspeção da qualidade do sinal.

5.3.2.1 Redefinindo Estatísticas


Se você deseja redefinir algumas estatísticas que foram recolhidos por ProfiTrace, você tem várias
opções. Essas opções podem ser úteis para gerar um relatório, porque em alguns casos uma
estatística precisa ser limpa (por exemplo, após uma análise de rede em ProfiCaptain).

 Reset Station (Redefinir Estação)


Selecione um endereço na lista de Live e clique em "Reset Station '. Isso redefine todas as estatísticas
apenas para esta estação a 0.

 Reset this statistic (Redefinir esta estatística)


Selecione uma estatística na caixa drop-down e clique em "Reset this statistic". Isso redefine
SOMENTE esta estatística para todas as estações a zero.

 Reset all (Redefinir tudo)


Esse botão redefine todas as estatísticas para todas as estações a zero.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5.3.3 Gravação de Mensagem

"A verdade absoluta ....."


Quando o usuário grava as mensagens, ele tem uma representação visual perfeita na tela (veja a Fig.
19 e Fig. 20).

No menu de preferências as colunas e as unidades de tempo podem ser definidas.

Após a digitalização dos arquivos GSD, também é possível inspecionar os valores de processo e ver
informações de diagnóstico em texto compreensível no painel de informações. Todas as outras
características básicas do monitor de barramento tais como registro, gerenciamento de arquivos,
funções de pesquisa, etc são suportados.

Search Option to inspect


functions raw messages

Info panel with


more information

Time stamps Useful


comments

Fig. Gravação de mensagens ProfiTrace - 19

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Record and
View filters

Start and Stop message


recording
Selection to switch
to this screen

Fig. 20 - ProfiTrace message recording

5.3.4 Inspeção de Dados

A análise dos dados é uma ferramenta que exibe permanentemente os últimos dados capturados de
variáveis selecionadas a partir das mensagens de comunicação de dados em um número de formatos
e pontos de vista.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5.4 Network Condition Indicator - Indicação da Condição da Rede

A Indicação da Condição da Rede (Aba Visão Geral - Overview) dá uma ideia geral de saúde do
sistema PROFIBUS. Um semáforo indica se a rede PROFIBUS é OK (verde), tem problemas, mas
ainda corre (amarelo) ou tem problemas que precisam de atenção urgente (vermelho).
A visão geral apresenta um resumo das estatísticas ProfiTrace mais importantes. Estes são
atualizados em tempo real. Na Indicação da Condição da Rede você encontra avisos gerados por
ProfiTrace baseado em falhas elétricas.

Um cronômetro mostra
quanto tempo
a medição tem sido
executado, e porcentagens
ao lado de cada cor
semáforo indica quanto
tempo a rede ficou naquele
estado.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5.5 Scopeware

"O osciloscópio mais fácil sempre ....."

O Scopeware é um osciloscópio em tempo real para a inspeção da qualidade do sinal. Depois de


selecionar esta guia pela primeira vez após o início ProfiTrace, o osciloscópio é executado
imediatamente no modo diferencial, exibindo todos os sinais que são medidos (ver Fig. 21). A base de
tempo e os níveis de tensão podem ser facilmente ajustados.

A atualização da tela pode ser interrompida clicando em "congelar (freeze)".

Ao clicar duas vezes sobre os dispositivos na Live List, o osciloscópio dispara no respectivo
dispositivo e só mostra seus sinais. Este é um modo perfeito para inspecionar a qualidade de sinal
para dispositivos individuais.

Para exibir os cursores para nível e análise de tempo, clique em "cursores (cursors)".

Para que o osciloscópio realize uma medição A e B, selecione "modo (mode)". O osciloscópio irá
agora mostrar a linha A e B separadamente.

Um poderoso recurso do osciloscópio é o motor Bit Interpretation. Ele exibe os bits que o ProfiTrace
detecta no barramento. O usuário final pode comparar isso com os sinais que são medidos com o
osciloscópio e fazer um julgamento sobre a qualidade do sinal (ver Fig. 22).

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Bit interpretation Detected glitch


in the signalling

Fig. 22 - Bit interpretation

5.6 Gráfico de barras (Bar graph)

O gráfico de barras mostra a intensidade média do sinal de todos os dispositivos disponíveis (ver Fig.
23). É um utilitário útil para obter uma impressão da qualidade do sinal geral da rede.

Fig. 23 - Bar graph


_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

A amplitude média deve ser em torno de 5 V. Quando há problemas de barramento o gráfico de barras
vai mostrar diferentes níveis de tensão e a cor das barras vai mudar.

Fig. 24 mostra um exemplo de gráfico de barras quando o cabo do barramento está faltando terminação
ou quando há uma quebra de fio. Os níveis de tensão são muito maiores devido as reflexões extensas.

Fig. 25 mostra um exemplo de gráfico de barras quando há baixa impedância ou curto-circuito no cabo
do barramento. As tensões são mais baixas do que o normal e algumas barras são de cor vermelha.

Fig. 24 - Gráfico de barras quando detecta terminação ausente ou uma ruptura de fio

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Fig. 25 - Gráfico de barras quando detecta uma baixa impedância

Se uma estação não está ativa durante o tempo limite definido (padrão 5 segundos), a barra da
estação vai tornar-se cinza para indicar inatividade. Isso também pode acontecer quando o sinal desta
estação é tão ruim que o ProfiTrace não pode decodificar a mensagem. Fig. 26 mostra um exemplo.

Fig. 26 - Estação inativa no Gráfico de Barras

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5.6.1 Modos de gráfico de barras

O gráfico de barras tem dois modos:


 AB Tensão Diferencial (AB Differential voltage)
 AB Dif tensão estável AB Diff stable voltage
'AB tensão diferencial "é a amplitude média do sinal e' AB Dif tensão estável" é a
Amplitude mínima medida.

Fig. Princípio de medição dos modos Gráfico de Barras – 27

AB Tensão Diferencial - AB Differential voltage


A tensão média da parte "1" e parte "0" são determinadas. A diferença de tensão é o AB Tensão
diferencial. Este modo é útil para verificar se a tensão geral de um dispositivo que não é demasiado
baixa pode ser causada por longo cabo, cabo errado ou de uma interface de barramento defeituoso.

AB Dif tensão estável - AB Diff stable voltage


A tensão mais baixa da parte '1'e parte ‘0’ são determinadas. A diferença é a tenção estável AB Diff
Este modo é útil para detectar reflexões sobre o barramento que pode corromper a integridade dos
sinais (interpretação de bits). Terminadores em falta podem causar tensões muito baixas 'dentro' do 1
e 0-bit, tornando o valor mais baixo do que o habitual.

Para ambos os modos apenas a gama entre 20 e 80% do tempo de bit é considerado de modo que a
subida "normal" e tempos de queda influenciam os resultados. Se um valor for inferior a 2,5 V a barra
específica se tornará vermelho em vez de verde.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5.7 Topologia de digitalização

ProfiTrace tem a capacidade de gerar a topologia da rede Profibus sem desligar a instalação. A
verificação de topologia cria um desenho de rede claro que contém a localização dos dispositivos e
comprimento do cabo que os liga (ver Fig. 28).

Fig. 28 - Topology scan

5.7.1 Restrições para o uso da verificação de topologia

 Detecção de Topologia só funciona em 500 kbps e 1,5 Mbps.


 ProfiCore Ultra deve ser conectado para o início ou o fim do segmento.
 Você deve saber em qual endereço da estação do ProfiCore Ultra está conectado.
 Distâncias <2 m ou> 230 m (em relação ao ponto de medição) não pode ser mensurado de
forma confiável.
 O segmento deve estar sem perturbações (esporas, ruído, terminação incorreta, etc).
 O segmento / rede deve ser instalado de acordo com as orientações de instalação
PROFIBUS.
 Assume-se que existe pelo menos, 1 metro de cabo entre as estações.
 Apenas as estações do ponto de segmento / medição de corrente são calculados.
 Você deve saber quais os dispositivos que estão fisicamente conectados ao segmento atual e
quais NÃO estão.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5.8 Network Manager (Gestor da Rede)

O Network Manager é uma ferramenta para salvar e medições de osciloscópio de carga, gráficos de
barras e imagens de topologia. Você pode usá-lo para atribuir nomes aos segmentos, pontos de
medição e estações. Estes nomes aparecerão no relatório.

O gestor da rede é particularmente útil quando se mede uma rede com vários segmentos. estes
segmentos podem ser divididos por repetidores, hubs, acopladores de fibra óptica ou outros
conversores de mídia. Ele também ajuda a analisar as medições do osciloscópio, mostrando valores
min / max.

O Network Manager é explicado no capítulo 11.

5.9 ProfiCaptain

"Testar e controlar os seus dispositivos..."

ProfiCaptain é uma classe 1 e 2 mestre PROFIBUS DP que foi projetado para aplicações como: I / O
testes, comissionamento, parametrização e manifestações. Ele preenche as lacunas que outros
produtos deixam aberto e torna o trabalho com PROFIBUS muito mais fácil, mais rápido e mais
divertido. A plataforma principal é um ambiente de configuração na qual o usuário pode configurar
seus escravos com os respectivos módulos e parâmetros. (Ver Fig 29). Depois de configurar o mestre,
o usuário converte os escravos para trocar dados sem a compilação ou download. Veja o capítulo 12
para mais detalhes.
ProfiCaptain é um mestre que envia informações sobre o barramento. O usuário deve estar ciente das
consequências em redes multi-mestre, quando as taxa de transmissão e / ou parâmetros do
barramento não estão definidas corretamente.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Master settings

Configured devices
GSD files

GSD specifications

Fig. 29 - ProfiCaptain configuration utility

É muito fácil de observar e manipular I / O. Se necessário, funções classe 2 e serviços DP-V1 podem ser
aplicado em todos os dispositivos na rede, mesmo quando eles não estão configurados ou pertencer a
outro mestre (ver Fig. 30).

Watch and
manipulate I/O's

DP-V0 Class 2 DP-V1 Class 2


functions services

Fig. 30 - ProfiCaptain special functions


_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5.10 Report generation (Formação de relatório)

"Temos proof .."

O report generation cria um relatório detalhado que contém os sinais elétricos de todos os
dispositivos, suas falhas, a topologia da rede, informação administrativa e gráfico de barras. Na
primeira página que fornece uma conclusão se a instalação é aprovada ou não.

Clique em "Report" para iniciar a geração de relatórios (Veja. Fig 31).

Depois de preencher alguma informação administrativa o relatório é gerado imediatamente. Os


resultados podem ser impressos a qualquer driver de impressora instalado (também em PDF).

Fig. 32 mostra uma imagem da primeira página de um relatório.


Fig. 33 mostra uma tela de um osciloscópio de medição no relatório.

Fig. 31 - Start the report generation

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Fig. 32 - First page of the report with conclusion and administration

Fig. 33 - Oscilloscope measurements in the reports

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

6 Message and file recording

Para iniciar a gravação de mensagens, selecione ProfiTrace e clique em mensagens. O botão de


início de gravação de mensagem começa a gravar mensagens para a memória (ver Fig. 34).

O ponto de vista da mensagem mostra as mensagens atualmente registradas. O cursor pode ser
utilizado para navegar através da lista. O painel de informações mostrará as informações da
mensagem atual selecionada. Você pode alternar entre a visão não filtrada e filtrada utilizando o botão
F6 que também sincroniza os cursores, se possível

Record and
View filters

Start and Stop message


recording
Selection to switch
to this screen

Fig. 34 - Message recording

Na parte inferior uma barra de progresso azul é mostrada para indicar o quão cheio o buffer de
mensagens está. Quando a barra de progresso preenche toda a largura, o buffer de mensagens está
cheio. Se necessário, o tamanho do buffer de mensagem pode ser aumentado nas preferências
gerais. Por padrão, 1 000 000 mensagens podem ser gravadas com a mensagem de gravação de
utilidade. Se mais são necessárias, utilize o arquivo de gravação de utilidade. Acesse este recurso
escolhendo ‘Action-Start file recording’ no menu principal. (file recording).

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

6.1 Message columns


A seleção e ordem das colunas de mensagens (cabeçalhos) podem ser personalizadas pelo usuário.
Fig.35 ilustra um exemplo de algumas colunas exibidas na gravação de mensagens.

Fig. 35 - Example of selected message columns

As colunas seguintes podem ser selecionados para o campo de gravação de mensagem:

Column Description Units


Line O cabeçalho de linha especifica o número de linha na respectiva
vista. Este número da linha é independente das configurações,
filtrando e tal.

FrameNr O cabeçalho FrameNr especifica o número de sequência de


mensagem e é usado para indicar a sequência individual entre
mensagens amostradas. O FrameNr não é necessariamente
numerados consecutivamente em uma visualização, porque a
filtragem pode causar uma mensagem para ser filtrado. Se um
indicador é colocado, além disso, o texto 'Bx' é mostrado na qual
x é o número de marcação.

Timestamp A hora é calculado com base num momento inicial o usuário - 24-hour notation
definiu e mensagens subsequentes para adicionar uma delta - Bit Time
BitTime a este princípio. Isto significa que o timestamp é - Microseconds
composto internamente de duas partes: a data / hora e os bittimes - Milliseconds -
delta que se passaram. Seconds.

Deltatime É o tempo de início do primeiro bit da mensagem anterior para a - Bit Time
primeira start-bit da mensagem atual. Nota: A filtragem das - Microseconds
mensagens podem tornar este tempo maior do que o esperado - Milliseconds
com mensagens consecutivas. - Seconds

Idletime O tempo ocioso é a inatividade entre duas mensagens. Refere-se - Bit Time
à mensagem anterior e o tempo decorrido antes que a mensagem - Microseconds
atual é enviada. Se a mensagem atual é uma resposta, é - Milliseconds
chamado o escravo Tsdr (tempo de resposta do escravo).
- Seconds

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Column Description Units


Attention O cabeçalho Atenção dá mais informações sobre a mensagem
ou possível razão para a perturbação ou erro na mensagem
gravada.(Ver ponto 6.1.1 - coluna de Atenção)

Frame O 'Quadro' especifica o tipo de estrutura da mensagem.


(Ver ponto 6.1.2 - coluna Frame)

Addr A coluna 'ADDR' especifica o endereço de origem e de destino da


mensagem.
Pedidos: Source -> Destino
Respostas: Destino <- Fonte
Uma mensagem de ACK não contém endereços, por isso este
campo estará vazio.

Service A coluna de serviço especifica o tipo de serviço de uma


mensagem. A informação é extraída do byte FC quando
disponível (válido apenas para SD1, SD2 ou mensagens SD3).
(Ver ponto 6.1.3 - Serviço de coluna (para pedidos) e 6.1.4-
Coluna de serviço (para respostas))

Msg Type A coluna Msg Type especifica o nível mais elevado dew
mensagens DP, DP-V1 e DP-V2. (Ver ponto 6.1.5 - valores
Msg_type)

Req/Res O req / coluna Res indica uma mensagem de solicitação ou - Req -


resposta. Res

SAPs A coluna SAPs especifica a fonte e de destino da mensagem de


SAP.
Pedidos: Fonte SAP -> Destino SAP
Respostas: Destination SAP <- Fonte SAP

DataLen A coluna DataLen especifica o comprimento dos dados do usuário - Decimal


de uma mensagem (válido apenas para mensagens SD2 e SD3 e
não inclui SAPs).

Data A coluna de dados contém os dados do usuário de uma - Hex


mensagem. Se os dados são mostrados em vermelho foi - Decimal
interpretado como inválida e exibidos como dados RAW. Por
favor, procure na coluna "attention" para os detalhes.

Interpreter Esta coluna interpreta o conteúdo e significado dos dados.


Particularmente para dispositivos Profibus PA isto é útil, como
ProfiTrace pode decodificar e visualizar o valor de ponto flutuante
e a descrição do byte de estado. A fim de fazer isso,
ProfiTrace precisa se provar a mensagem Parâmetro e checa
configuração mensagem de um dispositivo PA.

FC - Hex
FC bytes da mensagem. - Decimal

Station Palavra-chave selecionável a partir do arquivo GSD.


Isso só é possível se uma mensagem de diagnóstico desse
específico dispositivo foi verificado pelo ProfiTrace. Por padrão, a
palavra-chave 'Model_name' é usada.

_____________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013

ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved


ProfiTrace 2 - User Manual

Column Description Units


SA O endereço de origem de uma mensagem.

DA O endereço de destino de uma mensagem.

SSAP A SAP Fonte de uma mensagem (apenas SD2 e SD3). - Hex


- Decimal

DSAP A SAP Destino de uma mensagem (apenas SD2 e SD3) - Hex


- Decimal

6.1.1 Attention column

A coluna atenção exibe anormalidades que são detectados em uma mensagem específica. Para todos
os casos significa má comunicação (except bookmarks). Os itens a seguir são especificados:

Attention Description
SYNC Um mestre está tentando entrar em contato com um dispositivo pela primeira vez.
Na maioria dos casos, depois da estação de perda ou indisponibilidade.

Repeat A mensagem é uma repetição / repetição da mensagem anterior.

FCS Error A soma de verificação da mensagem está incorreta.

Wrong SD O delimitador de início é inválido.

Wrong ED O delimitador final da mensagem é inválido.

SD2 struct err O segundo byte SD na mensagem SD2 é inválido.

SD2 rep err O segundo byte LE na mensagem SD2 não coincide com o primeiro.

SD2 LE err O byte LE de uma mensagem SD2 é inválido ou fora da faixa.

Parity error Um ou mais bytes recebidos na mensagem tem erros de paridade.

Framing error Enquadrar erro; Stop bit não era um lógico "1".

MBP Start Del O PROFIBUS PA delimitador inicial é inválido.

MBP End Del O PROFIBUS PA delimitador final é inválido.

MBP frame err A formatação PROFIBUS PA é inválido ou incorreto (eg transição inválido).

MBP CRC err O PROFIBUS PA CRC é inválido.

Bookmark X Indica um favorito neste quadro nr (somente mostrado se não é uma mensagem de
erro, repita ou sync).

Overrun error As informações transferidas do ProfiCore Ultra para o PC não foi rápido o
suficiente, a fim de ser processado completamente.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

6.1.2 Frame column

PROFIBUS definiu os seguintes quadros de mensagens:

Frame Description
SD2 A mensagem SD2 contém "dados do usuário" e é de tamanho variável. É a mensagem
Profibus mais comum.

SD4 A mensagem SD4 é uma mensagem 'símbolo'. Ele é usado para enviar o sinal para outro
dominar ou para si mesmo quando não há outros mestres ativos no barramento.
SD1 A mensagem SD1 não contém "dados do usuário". É na maioria das vezes usado para
verificar se um dispositivo está disponível.
ACK A mensagem de ACK é uma mensagem de resposta byte única (também chamado ShortAck
ou 0xE5). A mensagem de ACK é usada para reconhecer positivamente a solicitação.

SD3 A mensagem SD3 tem um tamanho fixo de 8 bytes 'dados do usuário'. A mensagem SD3 não
é mais usada.

6.1.3 Service column (for requests)

PROFIBUS definiu as seguintes mensagens de pedido:

Service Description Remarks


Token pass Mensagem de passagem de sinal. Apenas com mensagens SD4.
FDL Status Identifique um dispositivo no barramento. Apenas com mensagens SD1.
SRD_LOW Enviar e receber dados, a baixa prioridade.
A maior parte dos dados de
SRD_HIGH Enviar e receber dados de alta prioridade. saída do tempo para os
dispositivos Profibus DP / PA.
SDA_LOW Enviar dados com aviso, de baixa prioridade. Não utilizado pelo DP e PA.
SDA_HIGH Enviar dados com aviso, de alta prioridade. Não utilizado pelo DP e PA.

SDN_LOW Enviar dados sem aviso, de baixa prioridade.


A maior parte das vezes
SDN_HIGH Enviar dados sem aviso, de alta prioridade. utilizada para um controle de
transmissão global.

REQ_IDENT Solicitação de Identificação.


REQ_LSAP Solicitação de LSAP.
SRD_MCAST Enviar e receber dados Multicast (também
usado por Dispositivos DP-V2 para responder
com uma troca de dados Broadcast).

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

6.1.4 Service column (for responses)

A tabela abaixo explica os possíveis valores dos tipos de serviços de mensagens de resposta. A parte
superior lista respostas positivas, a parte inferior lista respostas negativas.

Service Description Remarks


DL Resposta de dados, baixa prioridade. Na maioria das vezes usadas
O dispositivo reconhece correta recepção da para uma resposta normal
mensagem e retorna uma resposta de baixa Troca de dados.
prioridade.
DH Na maioria das vezes usadas
Resposta de dados, alta prioridade. para uma Resposta troca de
O dispositivo reconhece correta recepção da dados e uma indicação de que o
mensagem e devolve uma resposta de alta dispositivo tem de diagnóstico.
prioridade.
Passive Resposta a uma solicitação de
Identifica um dispositivo escravo. status FDL.

Act. NRY Identifica um mestre que não está pronto para


receber e transportar o token.

Act. RDY Identifica um mestre que está pronto para


receber e transportar o token.

Active Identifica um mestre que está no Token Ring.


Rejeitar Resource.
RR Isto pode ocorrer quando o tampão interno do Na maioria das vezes utilizada
dispositivo não pode conter o tamanho dos dados do quando o arquivo GSD é
solicitação de dados ou o manipulador de
errado e parâmetros incorretos
comunicação é incapaz de processá-lo porque não é
rápido o suficiente. são escritos.

RS Rejeitar Service. Na maioria das vezes usada


Isso pode ocorrer quando a SAP (Service Access quando o cão de guarda
Point) para o aparelho não está ativado. esgotou.

RDL Confirmação negativa para dados enviados, os


recursos do controlador FDL remoto não estão
disponíveis ou não suficiente.
Responder dados com prioridade baixa disponível.

RDH Confirmação negativa para dados enviados, recursos


do controlador FDL remoto não disponível ou não
suficiente.
Responder dados com prioridade elevada disponível.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

6.1.5 Msg Type values

MSG Type Description


PROFIBUS DP

Data Exchange Esta mensagem é usada para transferir I / O de dados de / para o escravo DP.

Set Parameter Esta mensagem é usada para definir os parâmetros para o escravo. Os primeiros 7
bytes são a parte obrigatória (contendo um byte de controle, MinTsdr, número de
identificação, o fator de cão de guarda, e trabalho de grupo).

Check Config Esta mensagem é utilizada para verificar os módulos desejados e especifique o
tamanho dos dados de I / O para ser transferido na mensagem de troca de dados.

Get Diagnostics Esta mensagem é usada para sinalizar a um mestre do estado atual do
escravo DP. É considerada a mais importante mensagem do protocolo DP.
A mensagem de diagnóstico fornece informações como:
- Parâmetro de falhas (Número de identificação ou parâmetro do usuário
estiverem incorretos ou não aceito)
- Erro de configuração (o módulo desejado / selecionado não é suportado)
- Watchdog ON / OFF
- Parâmetros desejados (O escravo está pronto para ser (re) parametrizados)
- Endereço de Mestre
- Número de identificação

Global Control
Esta mensagem é usada para sinalizar a um grupo de escravos DP em uma
única mensagem. A mensagem de controle global pode ativar funções como:
- Sync (Ativa o modo Sync, e faz com que o escravo DP para atualize os
dados de saída de escravos para a aplicação de escravos naquele momento
particular apenas)
- Freeze (Ativa o modo Freeze, e faz com que o escravo DP para atualizar
seus dados de entrada a partir da aplicação de escravos naquele especial
momento apenas)
- UNSYNC (Desativa o modo Sync)
- Descongelar (Desativa o modo de congelamento)
- Clear (utilizado para sinalizar a todas as estações de escravos que o mestre
está no Modo claro)

Set Slave Address Esta mensagem é usada para alterar o endereço do escravo DP. Esta
função é utilizada para dispositivos que não têm dipswitches a
configuração da estação endereço, ou quando dipswitches não são
possíveis (devido à proteção contra o ingresso ou limitações físicas).

Get Config Recupera os dados de configuração do escravo DP.

Read Inputs Recupera os dados de entrada em vigor do escravo DP.


Read Outputs
Recupera os dados de saída de corrente do escravo DP.
Profibus DP-V1
DPV1_Initiate_Req Inicia uma classe 2 conexão acíclica com um dispositivo DP-V1.
DPV1_Initiate_Res
Confirma que a solicitação de conexão acíclica classe 2 foi aceite.

DPV1_Initiate_NegRes O pedido de conexão acíclica classe 2 não foi aceite.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

MSG Type Description


DPV1_RM_Req Retorna informações sobre o SAP a ser utilizado para a conexão
acíclica Classe 2.

DPV1_Abort_Req Solicita o encerramento de uma conexão acíclica Classe 2.

DPV1_Read_Req Solicita uma ação de leitura em um slot e index particular.


DPV1_Read_Res A resposta de um DPV1_Read_Req.
DPV1_Read_NegRes Resposta negativa indicando que o DPV1_Read_Req falhou. O código
de razão e de classificação também é retornado para determinar o
problema.
DPV1_Write_Req Solicite uma ação de gravação em um slot e index particular.
DPV1_Write_Res O resultado da DPV1_Write_Req.
DPV1_Write_NegRes Resposta negativa indicando que o DPV1_Write_Req falhou. O código
de razão e de classificação também é retornado para determinar o
problema.
DPV1_DataTransport_Req Solicite uma ação de gravação em um slot e índice específico e para a
estação de responder com os dados sobre o mesmo slot e índice.
DPV1_DataTransport_Res O resultado da DPV1_Transport_Req.
DPV1_DataTransport_ Resposta negativa indicando que o DPV1_DataTransport_Req falhou.
NegRes Um código de razão e de classificação também é retornado para
determinar o problema.
DPV1_Idle_Req O mestre mantendo a conexão acíclica classe 2, indica que não
existem leituras, escritas ou comandos DataTransport pendentes, mas
a conexão deve permanecer aberta.
DPV1_Idle_Res A ligação de classe 2 permanece aberto.
DPV1_Poll
Solicite a disponibilidade de uma Leitura, Escrita ou Data Transport
pendentes pedido.

PROFIBUS DP-V2
DXB (broadcast) Troca de Dados Broadcasting do escravo (publisher) para outro
escravos (assinantes), sem ter de passar pelo primeiro mestre. É
também chamado de comunicação "Slave to Slave '.
Isochrone spare
Quadro de solicitação especial FDL é usado para modo DP-V2
isochrone. Sua função é produzir atividade de barramento no
tempo livre de um ciclo isochrone para evitar um tempo e para
manter constante o tempo de ciclo.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

7 Network Condition Indicator

A página de visão geral de tráfego leve indica com cores fáceis quão saudável o sistema Profibus é.

Este capítulo descreve as regras


para o semáforo; quando as
mudanças de cor e se puder
voltar ao verde. também
explica os dados de medição.

7.1 Tempo de medição e botão de reinicialização

Assim que o ProfiCore Ultra é inicializado, o temporizador inicia. Isso também


acontece se o ProfiCore Ultra ainda não está conectado a uma rede PROFIBUS.
Você vai ver a hora de início e a hora da medição.

O botão de reset na janela Visão geral irá repor todos os contadores, estatísticas e
alcance medido sinais / info Gráfico de Barras, bem como os dados Network Manager. Ele tem a
mesma função do "File - New 'no menu principal. Você pode usá-lo para reiniciar a medição.

7.2 PROFIBUS Traffic Light e avisos

O campo de avisos PROFIBUS exibe todos os eventos PROFIBUS capturados durante a medição.
Ele também indica o estado de semáforo para o aviso correspondente. Por exemplo, se o bit de
diagnóstico é enviado por um escravo, o semáforo vai para o amarelo. Isto também é indicado por um
botão amarelo ao lado do aviso Profibus na lista.

A lista Avisos exibe os seguintes eventos e o semáforo vai reagir em conformidade:

Warning/event: Traffic light Back to


Ocioso de baixa tensão (0,9 V a 0,3 V) Yes
Diagnóstico crítico (Ext-diag) Yes
Erro de configuração Yes
Erro de parâmetro Yes

Margem de risco baixo (60 a 40) No


Amplitude Slave baixo (apenas acima do limite de 2,5 V) No
Repete No
Sincroniza No

Ocioso tensão abaixo do limite (<0,3 V) Yes


Margem de risco abaixo do limite (<40) No No
Amplitude Slave abaixo do limite (<2,5 V) No No
Ilegais
Escravo perdido

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

A última coluna 'Voltar para o estado verde "indica se o semáforo pode voltar para verde durante
medição após um problema é corrigido. Depois de certos eventos (por exemplo, repete) o semáforo
não voltar para verde. O usuário deve reconhecer este evento com o botão "Reset" acima do
semáforo. Pressionando o botão "Reset" também limpa a lista de alerta.

Margem 7.3 Risco

A margem de risco, indicado na Lista de Atenção, mostra o quanto


a margem não é deixada no pior sinal detectado no segmento. A
Margem de Risco é um número entre 0 e 99 em um bom, estável
segmento com uma margem de risco de 90 por exemplo,
não existe muita margem para ruído elétrico ou reflexão.
Quanto mais próxima a tensões altas e baixas são para o meio 0 V-line,
a menos que você tem margem para perturbações na rede.

A margem é calculada com base no nível de sinal mais baixo do


segmento. Então, se 8 estações têm uma margem de risco de 90
e uma estação tem uma margem de risco de 60, então a margem de risco é de 60.

Fig. 36 descreve o método de cálculo da margem de risco.

Fig.36 - Método de cálculo Margem de Risco

O nível mais alto de um "0" e o nível mais baixo de um "1" são detectados automaticamente para cada
indivíduo estação, e a diferença entre esse nível e a linha 0 é usado para o cálculo da margem de
risco.

Quando o nível de Margem de Risco cai abaixo de 60 o semáforo mudará para amarelo, e abaixo de
40 vai ficar vermelho.

7.4 Sumário da rede

À direita do semáforo é uma lista de estatísticas importantes. Estas são as mesmas que as
estatísticas explicadas no ponto 5.3.2.

É possível redefinir cada estatística individual. Para obter uma explicação como fazer isso, consulte o
parágrafo 5.3.2.1.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

8 Wizard
O Assistente de ProfiTrace 2 pode iniciar uma série automática e assistida de eventos a serem
executados pelo software ou usuário. Eles ajudam você a criar relatórios úteis ou recuperar e reunir mais
informações da rede PROFIBUS que mais tarde pode ser usado para solucionar problemas.

8.1 Acesso aos recursos do assistente

Existem dois métodos para acessar a caixa de seleção de Wizard. Você pode começar ProfiTrace 2 no
modo Assistente a partir do atalho no menu Iniciar, ou se ProfiTrace 2 já está em execução, clique no
botão Assistente.

A janela Assistente aparece, com os seguintes assistentes para escolher:

 Gather Network Info - Reunir Informações de Rede


 Scan Inactive Network – Varredura da Rede Inativa

A caixa à direita de cada botão Assistente abre uma janela


com uma explicação passo-a-passo de cada assistente.

Além disso, observe a mensagem de aviso em vermelho.


Se você executar um assistente, isto significa que todos os
dados anteriormente gravados serão perdidos.

8.2 Assistente: 'Gather Network Info' - Reunir Informações de Rede

Utilize este assistente, se você quiser fazer um relatório completo do segmento PROFIBUS
conectado, incluindo um arquivo de sinal de rastreamento da mensagem e escopo. O assistente criará
automaticamente um arquivo ZIP com todos os arquivos em um único arquivo. O Assistente também
irá gerar um relatório em formato PDF. Você não precisa de um programa ZIP ou gerador de PDF no
seu PC / laptop; esta funcionalidade está integrada no ProfiTrace 2.

Um bónus de utilizar o recurso Wizard é que todos os relatórios que foram gerados do mesmo modo e
com os mesmos comprimentos de medição. Isso garante uniformidade dos relatórios.

As etapas executadas por esse assistente são:


1. Limpar todos os dados (o mesmo que "Arquivo - Novo 'no menu)
2. Inicializar o ProfiCore Ultra (se não for inicializado ainda)
3. Detectar a taxa de transmissão
4. Medições osciloscópio coletada de todas as estações
_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

5. Coletar medições físicas (valores gráfico de barras)


6. Registrar todas as mensagens PROFIBUS por 5 segundos, e salvar arquivos
7. Mensagens Registro PROFIBUS com erros / ilegais / repete por 1 minuto, e salvar arquivos
(se não forem detectados erros / repete, nenhum arquivo é gerado)
8. Gerar um relatório no formato PDF
9. Gera um arquivo ZIP e incluem todos os arquivos gerados
10. Gera uma pasta no C: \ Users \ Public \ Documents \ procentec \ ProfiTrace \ wizardoutputs \ \
dateofscan e coloca todo o arquivos na pasta.

Se você tem uma pergunta sobre uma rede PROFIBUS ou segmento e você quer tê-lo analisado por
nossos profissionais de suporte PROFIBUS, nós encorajamos você a enviar o arquivo ZIP para
support@procentec.com para análise.

8.3 Assistente: 'Scan Inactive Network' – Varredura da Rede Inativa

Durante a operação normal e correta das estações em uma rede PROFIBUS,


ProfiTrace não pode exibir informações escravo na Live List ou Network Manager
diferente do endereço. O software deve capturar o Número nacional antes que
ele possa identificar o escravo e recuperar informações a partir
da biblioteca GSD.

O Assistente 'Scan Inactive Network' pode fazer isso automaticamente para você.
Certifique-se que nenhum outro mestre está ativo na rede.

As etapas executadas por esse assistente são:


1. Limpar todos os dados (o mesmo que "Arquivo - Novo 'no menu)
2. Inicializar o ProfiCore Ultra (se não for inicializado ainda)
3. Detectar a taxa de transmissão (para verificar se a rede está ativa, em caso afirmativo, o
assistente pára)
4. Mestre Inicia ProfiCaptain DP em 1.5Mbps
5. Verificar a rede três vezes (ele envia GetDiagnostics para todos os endereços)
6. Mestre permanece on-line, para outras medições e análises

Nenhum arquivo é gerado por este assistente.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

9 Oscilloscope measurements (RS 485 - DP)

PROFIBUS DP é a comunicação de dados digitais de alta velocidade, o que significa que um


multímetro não é utilizável para medir a qualidade do sinal. Um osciloscópio é necessário para
verificar os sinais elétricos no cabo e essencial para detectar; ruído, reflexões, problemas de
finalização, quebras de fio, etc A dificuldade é; como identificar desvios.

Este capítulo descreve as medições exemplo na RS 485 - DP, que são feitos com Scopeware.
Você pode compará-los com as suas medições em uma instalação. Importante é que você está ciente
de o tempo de propagação no cabo. Com PROFIBUS este é de cerca de 4,2 ns / m. Distúrbios viajam
com o mesmo tempo de propagação. Através da medição da largura das reflexões podemos concluir
que a perturbação é localizada fisicamente. Scopeware pode fazer esse cálculo para você.

Antes de continuar a ler certificar que você entendeu Scopeware lendo o capítulo 5.5 na página 46.

9.1 Sinais aceitáveis

Sinais aceitáveis são quase "real" com ondas quadradas de amplitude média de 5 V. Quando a
amplitude é mais elevada e os sinais parecem ser de ondas quadradas, isto ainda é aceitável
(condutores modernos como o RS485 pode gerar amplitudes superiores). Também é importante que o
estado de repouso tenha o mínimo de ruído e um nível V (terminação alimentada).
Os picos sobre os bits são normais e provavelmente, causadas pela Tap Connector que é uma
pequena linha de pico. Fig. 37 mostra um exemplo de sinais em Scopeware aceitáveis. Fig. 23 mostra
um exemplo de sinais aceitáveis no gráfico de barras.

Fig. 37 - Acceptable RS 485 - DP Signals

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

9.2 Faltando Terminação ou Fio Quebrado

O terminação está faltando ou se houver uma quebra de fio, os sinais vão refletir sobre o cabo com
um "up- down" efeito. Estas reflexões causam um aumento na amplitude média do sinal.

A largura das reflexões pode nos dizer a distância para o "ponto problema". Quando a distância é nas
proximidades, os reflexos são compactados no bit. Fig. 38 mostra um exemplo da falta de terminação
ou fio quebrado nas proximidades. Fig. 24 mostra um exemplo do gráfico de barras nesta situação.

Fig. 38 - Termination missing or wire break

Quando a distância é medida, as reflexões acabam nos bits adjacentes. Este efeito corrompe
mensagens. O usuário pode fazer uma conclusão se o término é ausente ou um fio de ruptura ocorreu
por meio dos desenhos de instalação.

Certifiquem-se de conhecer os últimos dois dispositivos no segmento e inspecionar os seus sinais. Por
meio das reflexões que você pode controlar facilmente o cabo para o problema. Os últimos dois
dispositivos também irão indicar os piores reflexos de caso.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

9,3 Curto-circuito entre A e B

Quando houver um curto-circuito entre a linha A e B, o reflexo vai passo a passo para travar o sinal de
amplitude muito baixa. A largura dos degraus pode nos dizer a distância para o "ponto problema".
Quando a distância é próxima, os reflexos são compactados no bit.

O curto-circuito também faz com que a linha ociosa seja completamente batida.

Fig. 39 mostra um exemplo de um curto-circuito entre A e B.

Fig. 39 - Short circuit between the A and B line

Quando a distância é de agora, as reflexões acabam nos bits adjacentes, mas a amplitude do sinal
não falha completamente. A resistência do circuito faz com que amplitude resíduo que poderia ser
suficiente para os dispositivos permaneçam na troca de dados.

Certifique-se de conhecer os últimos dois dispositivos no segmento e inspecionar os seus sinais. Por
meio das reflexões que você pode controlar facilmente o cabo para o problema. Os últimos dois
dispositivos também irão indicar os piores reflexos de caso.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

9.4 Curto-circuito entre B e Shield

Um curto-circuito entre B e Shield (mesmo que A e Shield) irá mostrar um pequeno desvio no sinal e é
de difícil diagnóstico (ver Fig. 40).

Um método mais fácil é mudar Scopeware ao modo de A & B. Neste modo, você vai ver o sinal de A e
B individual. Ela pode ver claramente uma anomalia (ver Fig. 41).

Fig. 40 - Curto-circuito (B-Shield) Diff

Fig. 41 - Short circuit (B-Shield) A&B

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

9.5 Too many Terminators

Muitos terminadores mostram um meio termo entre um bom sinal e um curto-circuito entre A e B.
Os sinais enfrentam uma baixa impedância, mas principalmente estável o suficiente para manter
emfuncionamento. A reflexão somente consiste de uma pequena "colisão". A largura da reflexão pode
nos dizer a distância para o encerramento indesejado.

A terminação adicional também faz com que a linha ociosa para ter uma tensão mais baixa.

Figo. 42 mostra um exemplo de "muitas terminações”.

Fig. 42 - Too many termination

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

9.6 Terminação não alimentada

A terminação não alimentada irá mostrar um pequeno desvio no sinal e é difícil de diagnosticar por
meio da reflexão. Um método mais fácil é olhar para a linha ociosa. Em vez de ser um V, que vai
agora à direção de 0,5 V quando você tem uma terminação que não é alimentado. Vai ser 0 V quando
ambos não são alimentados. Fig. 43 mostra um exemplo de uma terminação que não é alimentado.

Fig. 43 - Not powered termination

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

9.7 EMC/EMI
Distúrbios EMC / EMI são fáceis de reconhecer. Os desvios nos sinais aparecem em lugares
irregulares. Com os distúrbios estáticos como falta de terminação ou curto-circuitos, é visível em cada
bit. Fig. 44 e fig. 45 mostra um exemplo de distúrbios típicos EMC / EMI.

Fig. 44 - EMC/EMI disturbances

Fig. 45 - EMC/EMI disturbances

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

10 Oscilloscope measurements (MBP - PA)

Com PROFIBUS PA, o foco é mais na análise de sinais AC e DC. Queremos saber se o Nível DC é
estável e se a qualidade dos sinais de AC é aceitável, em comparação com o ruído no cabo.

10.1 sinais aceitáveis

Quando o PA Sonda Ultra é conectado diretamente no acoplador DP / PA, a tensão DC deve ser
constante e entre 12 V e 32 V (dependente da zona Ex). Na extremidade do cabo deve ser mais
elevado do que a menor tensão de abandono dos instrumentos PA (normalmente entre 9 a 11 V).

Os sinais de AC deve ser entre 750 mV a 1 V (com uma rede apropriada terminada). Quando a
amplitude é maior do que poderia ser se a terminação está ausente.

O nível de ruído deve ser inferior a 150 mV (de preferência inferior a 75 mV).
A polarização deve ser inferior a 50 mV (diferença entre o topo e o sinal de fundo).

Fig. 46 - AC and DC measurement

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

11 Network Manager

O Network Manager é uma ferramenta para salvar e medições de osciloscópio de carga, gráficos de
barras e imagens de topologia. Você pode usá-lo para atribuir nomes aos segmentos, pontos de
medição e estações. Estes nomes aparecerão no relatório.

O gestor da rede é particularmente útil quando se mede uma rede com vários segmentos. Estes
segmentos podem ser divididos por repetidores, hubs, acopladores de fibra óptica ou outros
conversores de mídia. Ele também ajuda a analisar as medições do osciloscópio, mostrando valores
min / max.

Importante: Assim que a ProfiCore Ultra é inicializado, o Network Manager captura medições elétricas.
Este é um processo contínuo de fundo. É importante manter isso em mente, especialmente quando se
muda o local do ProfiCore Ultra. Você pode parar a gravação de medição a qualquer momento,
clicando em “Stop processing '.

11.1 Editar propriedades da estação

O gestor da rede é dividido em duas janelas principais: a árvore segmento e detalhes segmento /
medições. Para visualizar o segmento atual, verifique se o ProfiCore Ultra é inicializado e anexado
para o início do segmento que se deseja administrar. Em seguida, clique em "Mostrar lista '(ver
Fig.47). este gera automaticamente uma lista completa de estações conectadas. Note-se que todas as
estações da rede são listadas, também estações em outros segmentos. Se o ProfiTrace capturar um
número de identificação de uma estação, e o GSD correto foi carregado na biblioteca (ver ponto 3.9),
o nome da estação aparece na lista.

Fig. 47 - Generate station list in the Network Manager

Se você clicar em uma estação na lista, você pode editar os detalhes na aba "Propriedades -
properties".
_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Introduzir as propriedades da estação. Estas propriedades aparecerão no relatório para identificação


conveniente e detalhado. Na verdade, todas as alterações feitas para o Network Manager irá melhorar
a informação que é impressa no relatório.

11.2 Ver Gráfico de Barras

Para ver o gráfico de barras atual ou salvo, basta clicar na guia "Gráfico de Barras" ao lado da guia
"Propriedades - properties".

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Para obter mais instruções sobre o uso do Gráfico de Barras, consulte o parágrafo 5.6.

11.3 Visualização de sinais de carácter individual

O gerente da rede pode exibir os sinais escopo atual, mas também poupa o mínimo e máximos de
amplitude. Esta é uma ferramenta útil para solucionar problemas de sua rede. Para mostrar esses
sinais, clique na guia 'Scope Image', selecione o endereço da estação sob investigação e abra a
árvore à esquerda.

11.3.1 Usuário Scope Image

Se você já usou o gatilho mensagem para sinais de escopo de estações


Individuais no guia Scopeware (por exemplo, clicando duas vezes em uma
estação em Scopeware), então a árvore segmento mostra User Scope
Image após clicar em 'Show List'. Esta é a última imagem
visualizada no Scopeware que foi exibido.

Para obter mais instruções sobre o uso de imagens de escopo,


consulte o parágrafo 5.5 e capítulo 9 Por favor, note que alguns modos e
recursos de Scopeware não estão disponíveis no modo de exibição
Network Manager.

11.4 Topology Scan


A topologia de digitalização pode ser revista e iniciada a partir do Network Manager. Clique na guia
"Topology". Para obter mais instruções sobre o uso da topologia de digitalização, consulte o parágrafo
5.7.
_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

11.5 Saving, loading and resetting


Você pode apagar todas as medições no Gerenciador de Rede, clique em "Reset" no canto superior
esquerdo. Isso pode ser útil quando se inicia medições em uma nova rede, ou se você sentir que as
medições estão incorretas devido a alterações do segmento durante a medição (por exemplo a
rescisão ligado / desligado). Ele também elimina todos os nomes e outras propriedades da estação.

Todas as medições podem ser salvas em qualquer momento, clicando no botão "Salvar". Em seguida,
escolha um local para armazenar o arquivo. O arquivo terá uma extensão .ptn e pode ser carregado
posteriormente, clicando em 'Load'.
Por padrão, o arquivo .ptn também será salvo automaticamente ao salvar um rastreamento de
mensagem em ProfiTrace, como mostrado aqui:

11.6 Creating a new measuring point


É geralmente uma boa idéia para medir ambos os lados de um
seguimento PROFIBUS: no início e no final. Isso significa que você
precisa gerenciar os sinais de escopo, de alguma forma, caso
contrário, o relatório será difícil de interpretar.

Depois de clicar em 'Show list', você vai ver todas as estações da


árvore segmento à esquerda. Esta árvore segmento tem um medidor
ponto. Você pode alterar o nome do ponto de segmento e de medição.
Clique no item de ir a "Propriedades", em seguida, digite um nome.

Em seguida, certifique-se de verificar 'Stop Processing ". Isso desativa


o função de gravação do gestor da rede. Agora você pode mover
com segurança o seu ProfiCore Ultra para o novo ponto de medição
(por exemplo, fim do segmento) Se você não clicar em 'Pare de
processamento', novos dados de medição vão ser adicionado ao
primeiro ponto de medição.

Faça um novo ponto de medição clicando com o botão direito em


'Segmento 1 "e escolha" Adicionar ponto de medição ". Atribua um
nome, por exemplo "End of segment at slave x".
_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Este ponto de medição não está atualmente a gravar


qualquer sinal.
Primeiro você precisa ativar o ponto de medição, seja por
escolha, se a partir da lista drop-down ou clicando com o
botão direito e escolha a opção 'Definir como ponto de
medição atual (Set as current measurement point). Agora
você vai ver um X vermelho piscando antes. Note também
que 'Auto-adicionar estações (Auto-add stations) “ é
automaticamente desmarcado.

Em seguida, desmarque ‘Stop “Processing “, que permite


que o gestor de rede capture sinais de novo. Confira 'Auto-
adicionar estações (Auto-add stations)’ e clique em 'Show
List'. Se você não vê todas as estações aparecendo, pode
ser necessário aguardar alguns segundos para permitir que
o gestor da rede capture sinais de todas as estações. Aperte
'Show list' novamente para atualizar a lista.

Importante: A alteração do ponto de medição da corrente irá


ativar automaticamente a função 'Stop Processing', para fixar
as medições previamente gravadas. Sempre verifique se o
ponto correto de medição é selecionado antes de desativar a
caixa de seleção.

11.7 Criando um novo segmento

Se a sua rede PROFIBUS consiste em mais de um segmento, devido a repetidores, hubs, fibra óptica
acopladores ou quaisquer outras transições de mídia, é necessário fazer novos segmentos. Os sinais
elétricos não passar o repetidor / acoplador; os sinais são regenerados, no outro lado.
Criando um novo segmento é quase idêntico ao fazer um novo ponto de medição. Botão direito do
mouse no primeiro segmento, e escolha “Adicionar Segmento (Add Segment)”. Um novo segmento irá
aparecer sob a primeira árvore segmento. Ele também tem um novo ponto de medição. Atribua um
nome para o ponto de segmento e de medição.

Agora você está pronto para mover o seu ProfiCore Ultra para o novo segmento, e ativar o correto
ponto de medição. Primeiro, selecione o novo 'segmento atual (Current segment) "na lista drop-down
e selecione o novo 'Ponto de medição atual (Current measuring point)’. Não se esqueça de caixa de
verificação Stop Processing, conforme descrito no parágrafo 11.6. O resultado pode ser parecido com
a árvore do segmento abaixo:

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

11.8 Reorganizar Segmentos

Se você criou vários segmentos, você deve ter notado que todas as estações aparecem em todos os
segmentos.
O Network Manager não pode detectar automaticamente qual estação está localizada em qual
segmento. Você pode apagar as estações manualmente a partir dos segmentos em que eles não
pertencem.

A explicação a seguir vai usar esse layout de rede exemplo:

O repetidor no meio não tem endereço, no entanto, faz gerar sinais no barramento. Por isso, deve ser
incluído no relatório. A solução é o de fazer uma estação para o outro lado do repetidor um 'apelido',
representando o repetidor.

Eliminar as restantes estações do outro lado, neste caso só estação 28. Clique com o botão direito do
mouse na estação e selecione "Excluir estação (Delete station)" ou apertar o "Delete" no teclado.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

No próximo segmento você pode excluir uma ou outra estação 3 ou 6, e fazer deles um apelido.

Quando isso é feito, você está pronto para gerar um relatório. Consulte o parágrafo 5.10.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

12 ProfiCaptain

ProfiCaptain é uma classe mestre 1 e 2 PROFIBUS DP que foi projetado para aplicações como: I / O
testes, comissionamento, parametrização e manifestações. Ele preenche as lacunas que outros
produtos deixam aberto e torna o trabalho com PROFIBUS muito mais fácil, mais rápido e mais
divertido. A plataforma principal é um ambiente de configuração na qual o usuário pode configurar
seus escravos com os respectivos módulos e parâmetros. Depois de configurar o mestre, o usuário
converte os escravos para trocar dados sem a compilação ou download.

ProfiCaptain é um mestre que envia informações sobre o barramento. O usuário deve estar ciente das
conseqüências em redes multi-mestre, quando a taxa de transmissão e / ou parâmetros do
barramento não estão definidas corretamente.

12.1 Configurando o mestre DP

Uma grande parte dos diálogos ProfiCaptain só funcionam quando o ProfiCore foi inicializado em
ProfiTrace (Clique no botão "Init ProfiCore"). Depois de navegar na guia ProfiCaptain (ver fig. 13), um
ambiente de configuração irá aparecer para dispositivos escravos de instalação para Intercâmbio de
Dados e para desempenhar funções u-cíclicas em dispositivos escravos disponíveis.

Clique em " Setup Master", seguido de " Set/Autodetect Busparameters".


O diálogo deve indicar que o mestre está offline (sem atividades de mestre).

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Agora é possível ir a duas direções;

• 12.1.1 Definindo os parâmetros do barramento manualmente (obrigatório quando ProfiCaptain é o


único mestre no barramento)

• 12.1.2 ProfiCaptain detecta os parâmetros do barramento automaticamente quando ele tem que
trabalhar em um ambiente multi-mestre.

12.1.1 Definição Manual dos Parâmetros do Barramento

Este número descreve a configuração manual dos parâmetros do barramento. O método mais simples
é a de selecionar uma taxa de transmissão e endereço mestre. Por favor, pular este parágrafo para a
detecção automática parâmetros do barramento e prossiga com o parágrafo 12.1.2.

Defina todos os itens necessários para os valores corretos e clique em "OK" para confirmar.

O mestre ainda não está ativo no barramento. Isso tem que ser feito na próxima caixa de
diálogo.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

12.1.2 Detecção automática dos parâmetros do barramento

Este número descreve a detecção dos parâmetros do barramento automática. Este mecanismo é
muito potente porque a chance de que ProfiCaptain corrompa a comunicação de dados em uma
instalação multi-mestre em execução é extremamente pequena.

Após clicar em " Auto detect busparameters", ProfiCaptain exibirá os Parâmetros do Barramento
detectados e informará um endereço mestre disponível gratuitamente. Ele também preenche uma Live
List simples com dispositivos que mostram atividade do barramento. A partir deste ponto, o utilizador
tem também que influenciar a alterar as configurações detectadas. Clique em "OK" para confirmar.

O mestre ainda não está ativo no barramento. Isso tem que ser feito na próxima caixa de diálogo.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

12.1.3 Ativar o mestre DP

O último passo é ativar o mestre.

Clique em "Operate" para habilitar todas as funções de mestre. Clique em "Closer para fechar a caixa
de diálogo.

O único método para parar o mestre é clicar em "Offline" ou "Close ProfiCore" no ambiente ProfiTrace.
O usuário também pode selecionar outro modo mestre. Aqui está uma pequena descrição dos modos
de mestres que são compatíveis com o padrão PROFIBUS.

OFF-LINE
 Falta de comunicação

Stop (Pare)
 troca de sinal + FDL_Status
 2 Classes de comunicação
 Sem a troca de dados com os escravos

Clear (LIMPAR)
 Parametrização e configuração dos escravos
 Taxas de dados sem saídas
 Saídas = "0" (GSD palavra-chave: Fail_Safe = 0)
 Não Saídas (GSD palavra-chave: Fail_Safe = 1)
 Envia Global_Control_Command com "Clear" bit ON

Operate (OPERAR)
 Parametrização e configuração dos escravos
 Troca de dados com saídas
 Envia Global_Control_Command com "Clear" bit OFF

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
12.2 Class 2 DP-V0 functions

ProfiCaptain fornece uma interface de usuário simples para a classe 2 DP-V0 comandos
para verificar e diagnosticar dispositivos em uma rede passiva ou ativa. Os seguintes
serviços de classe 2 estão disponíveis:
Lê entradas, Lê saída, Obter configuração, Conjunto dos Endereços escravos,
Obter Diagnósticos

ProfiCaptain fará apenas uma função classe 2 por ciclo de sinal. Isto é para manter o tempo
de ciclo da rede o mais constante possível. Funções classe 2 sempre pode ser executado
em todos os dispositivos escravos na rede sem a necessidade de configurar estes
dispositivos.

Clique em " Class 2 Commands" para iniciar o diálogo da funções classe 2. Clique em uma das guias
na caixa de diálogo para selecionar uma função de classe 2.

12.2.1 Varredura de Rede

A varredura de rede é um recurso muito útil para detectar todos os dispositivos escravos disponíveis
na rede. Depois que o exame foi iniciado, ProfiCaptain irá enviar uma mensagem obter diagnóstico
para todos os endereços. As informações a partir das respostas dos dispositivos escravos disponíveis
estão listadas na caixa de diálogo;
 Endereço
 Número de identificação
 Nome do modelo (a partir do arquivo GSD)
 Nome Vendedor (a partir do arquivo GSD)
 Tipo de implementação (a partir do arquivo GSD)

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Se o arquivo GSD de um dispositivo detectado não é importado ou o catálogo não foi


atualizado ainda, o nome do modelo e tipo de implementação estão vazios. Veja 3.10 para
atualizar o catálogo.

A digitalização em rede agora também preenche a Live List do ProfiTrace com os nomes de
dispositivos. Isto é extremamente útil.

Clique em "Start Scan" para iniciar a digitalização.

12.2.2 Set Slave Address

Com função Obter Endereço do escravo class a 2, ProfiCaptain pode configurar um novo endereço de
barramento ao longo do PROFIBUS no dispositivo escravo que suportam esta funcionalidade. A
maioria dos dispositivos escravos que suportam esta função não tem dipswitches ou interruptores
rotativos. Dispositivos PA devem apoiá-lo.

O endereço padrão para dispositivos novos ou de serviço é 126. ProfiCaptain oferece-lhe a opção de
configurar os dispositivos de volta para 126. Depende do dispositivo escravo, se tiver de ser
alimentado para cima / baixo para adaptar o novo endereço.

A característica 'Lock' (de mudança de endereço) está disponível para bloquear novas mudanças de
endereço do dispositivo escravo (use com cuidado).

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Selecione o endereço atual e o novo e clique em "Change Address" para confirmar.

12.2.3 Read Input Output & Read

Com função Lê Saída e Lê Entrada classe 2, ProfiCaptain lê a última atualização dos dados de
entrada e de saída de um dispositivo escravo.

Selecione um endereço e clique em " Read Input & Outputs " para atualizar os dados de E / S.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

12.2.4 Get configuration

Com a função de classe 2 de obter configuração, ProfiCaptain lê a configuração a partir de um


dispositivo escravo.

Selecione um endereço e clique em "Get Configuration" para atualizar os dados de configuração.

12.2.5 Get Diagnostics

Com a função Obter Diagnóstico classe 2, ProfiCaptain lê a última atualização de informações de


diagnóstico de um dispositivo escravo. ProfiCaptain vai tentar decodificar as informações de
diagnóstico por meio das informações do arquivo GSD ou o esquema do padrão.

Selecione um endereço e clique em "Get Diagnostics" para atualizar os dados de diagnóstico.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

12.3 Configurando dispositivos escravos

A primeira coisa que deve ser feito antes de configurar dispositivos escravos é atualizar o catálogo
(ver 3.10). Quando o catálogo é atualizado com os arquivos GSD necessários, o processo de
configuração pode começar. Se o escravo que deseja adicionar não estiver na lista de GSD, use o
menu "Settings - Add/Copy GSD para catalogar' para incluir o escravo em ProfiCaptain.

12.3.1 Filtragem GSDs

Se você tiver inserido muitos arquivos GSD e deseja ordenar ou procurá-los, use o filtro, verificando a
caixa de seleção "Filter GSDs '. Você pode filtrar por:
 Número de identificação (digite o número do HEX de 4 dígitos na caixa de texto Filter)
 Nome Modelo (inserir o nome do modelo na caixa de texto Filter)
 Nome do fornecedor (digite o número do nome do fornecedor na caixa de texto Filter)
 Encontrado em Live List (mostra apenas GSDs com números de identificação
correspondentes a atual Lista Live)
 Última Network Scan (mostra apenas GSDs com números de identificação correspondentes
ao último Network Scan)

12.3.2 Adição de dispositivos

Você pode facilmente arrastar um arquivo GSD do catálogo para o barramento. Não é necessário
conectar o dispositivo escravo com o barramento virtual. O dispositivo também pode "flutuar" em
algum lugar da tela de configuração. Para torná-lo visualmente mais atraente, o usuário pode
aumentar o comprimento do barramento virtual, assinalando "draw wire".

Quando um dispositivo escravo tem de ser eliminado, apenas clique com botão direito do mouse
sobre o dispositivo escravo e selecione apagar (delete).

Depois de arrastar o dispositivo escravo para o barramento, clique duas vezes no dispositivo
escravo para configurar o endereço, módulos e parâmetros.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Quando o usuário não tem certeza se ele selecionou o arquivo GSD correto, ele pode
comparar o Número de Identidade do escravo com a informação de que foi extraído
durante a digitalização em rede com a função classe 2 (ver 12.2.1)

Selecione o endereço seguido por "Setup the Modules & Parameters".

Selecione os módulos necessários e configure os parâmetros. Clique em "OK"


para confirmar.
_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Quando voltar à tela anterior; Assinale ativo para permitir que o ProfiCaptain tenha Troca de dados
com este dispositivo escravo. Se o escravo já está ocupado por outro mestre, ProfiCaptain pode
assumir o dispositivo clicando em "Steal Slave". Clique em "OK" para confirmar.

12.3.3 Status do dispositivo

Se o dispositivo está configurado corretamente, o indicador no canto superior direito agora deverá
ficar verde (troca de dados).

Clique duas vezes no dispositivo para verificar o status do dispositivo.

Nas guias na parte superior mais informações de status do dispositivo pode ser inspecionado.
_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Se o dispositivo tem outra cor, algo deu errado com o procedimento de troca de dados.
O código de cores é o mesmo que a Live List do ProfiTrace (vermelho e roxo) – Veja
5.3.1.
Preto indica que o dispositivo não pode ser encontrado no barramento, o mestre não
está ativo ou o dispositivo foi desativado.

12.3.4 Informações sobre escravos que roubam

ProfiCaptain tem uma característica única que lhe permite roubar o controle do escravo de seu mestre
sem ter que interagir com o controlador mestre de qualquer forma. Pode ser que o dispositivo a partir
dos números anteriores tenha sido roubado de outro mestre.

Este método baseia-se na "interferência" de telegrama de troca de dados do mestre original com uma
breve transmissão do ProfiCaptain exatamente no momento correto.

ProfiCaptain então coloca temporariamente como o mestre original (usando seu endereço como fonte)
e desbloqueia o escravo. ProfiCaptain então é livre para capturar o escravo com a sequência de
inicialização normal.

Caso o Roubar Escravo (Steal Slave) ser desabilitado e desativado no ProfiCaptain, o mestre original,
então, recupera o controle novamente.

12.4 Trocando dados de E / S

Quando os dispositivos escravos estão no troca de dados agora é possível trocar dados com o I / O.
Selecione o dispositivo escravo específico e clique em informações do módulo na parte inferior da tela
(todos os endereços de E / S devem estar visível).

Clique em "Watch/Modify I/O" guia.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Adicione os endereços de entrada e saída necessários. A partir deste ponto, eles podem ser
diretamente manipulados e inspecionados. Especialmente os padrões automáticos são um recurso
muito poderoso.

12.4.1 Tipos de dados

Os seguintes tipos de dados de entrada e saída são possíveis, que podem ser exibidos como decimal
hexadecimal ou binário:

Data type Range

Boolean 1 or 0

Unsigned8 (byte) 8 bit unsigned integer (byte)


Range: 0..255

Unsigned16 16 bit unsigned integer


Range: 0..65535

Unsigned32 32 bit unsigned integer


Range: 0..4294967295

Int8 8 bit signed integer


Range: -128..+127

Int16 16 bit signed integer


Range: -32768..32767

Int32 32 bit signed integer


Range:-2147483648..2147483647

Float (IEEE754) 32 bit single precision floating point


Range: 1.5E45..3.4E38

Unsigned16_intel As Unsigned16, but reversed in high-byte/low-byte order in


memory

Unsigned32_intel As Unsigned32, but reversed in high-byte/low-byte order in


memory

Int16_intel As Int16, but reversed in high-byte/low-byte order in memory

Int32_intel As Int32, but reversed in high-byte/low-byte order in memory

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

12.4.2 Visualization types

Visualization type Entry

Decimal 100
1.5 (only for float)
1e5 (only for float / becomes 100000)

Binary b1010 1100


b11001100
b10000 (becomes 16 decimal)

Hexadecimal 0xe75a 0x78FE


0x1111

12.4.3 padrões automáticos

ProfiCaptain oferece 5 padrões automáticos;

Aumentar
Aumentar automaticamente por arg1 a cada X milisegundos (aprox.) No dado tempo de ciclo

Diminuir
Diminuir automaticamente por arg1 a cada X milisegundos (aprox.) No dado tempo de ciclo

Bit Zig-Zag
Irá mover um único bit para a esquerda e quando a esquerda é atingida ele irá mover para a direita e
vice-versa. Apenas para os tipos de dados não assinados.

Bit Caminhada
Irá mover um único bit de baixa para alta. Se ele atingiu o mais alto ele irá reiniciar no bit 0.

Copiar a partir da entrada


Copia um endereço de entrada especificado diretamente para uma saída.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

13 OPC server

O ProfiTrace OPC Server oferece uma interface padronizada para obter as valiosas informações
ProfiTrace, como o status do dispositivo, estatísticas e variáveis de processo em aplicações que
carregam um cliente OPC, como SCADA, Excel, etc

Muitos processos de fábrica ou plantas hoje em dia usam SCADA ou gerenciamento de ativos de
software para obter uma visão geral dos alarmes de estado de produção e aplicação. No entanto, eles
não têm uma visão sobre a saúde e comportamento do PROFIBUS que poderia indicar um
desligamento potencial. Esta informação contribui fortemente para o tempo de atividade de instalação.

Usando ProfiTrace OPC, agora é possível obter o estado real ao vivo de sua rede PROFIBUS
diretamente em seu sistema SCADA, permitindo que os engenheiros e operadores de manutenção
possam reagir rapidamente a qualquer Alarmes PROFIBUS relacionados ou eventos irregulares
chegando na tela. As oportunidades são vastas e estamos apenas descobrindo as possibilidades que
poderiam contribuir para a sua gestão de ativos.
Você pode exibir as tags ProfiTrace em um pacote SCADA / HMI ou vinculá-lo a um cliente de SMS /
e-mail e enviar uma mensagem quando acontece alguma coisa com a instalação PROFIBUS ou
mesmo gerar o seu próprio relatório no MS Word / Excel. Cada aplicativo que atua como cliente OPC
pode aproximar as tags ProfiTrace. Ele não corrompe o tempo de ciclo PROFIBUS porque a
informação vem do monitoramento do barramento (ouvir).

13.1 Installing the OPC drivers


O PC que roda ProfiTrace tem que estar preparado para OPC para instalar os drivers (ver Fig. 48).

O processo de instalação dos condutores OPC leva um tempo relativamente longo.

Fig. 48 - Location of the OPC drivers

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013 Page 98 / 148
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

13.2 Selecting OPC tags


As definições de tag OPC podem ser encontrados no menu Configurações (ver Fig. 49).

Fig. 49 - OPC tags in the Settings menu

Na caixa de diálogo seguinte, você pode adicionar marcas (ver Fig. 50). Todas as tags básicas já
estão disponíveis (Live List, e Estatística). Quando você não precisa de marcas adicionais, você não
tem que entrar neste diálogo e você pode seguir diretamente para as configurações do servidor.

As tags OPC são locais em que os dados de E / S dos dispositivos (índice 0 é o primeiro local).

Tenha cuidado com muitas tags. A quantidade de tags pode abrandar o seu sistema,
especialmente quando você deseja executar várias aplicações ao mesmo tempo. Para
resolver isso, você pode filtrar tags no cliente que você está usando.

Você pode salvar os dados em um arquivo .PTO que é usado mais tarde durante a configuração do
servidor OPC.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Fig. 50 - Adding OPC tags

13.3 Ativando o servidor OPC

Depois de configurar as tags OPC, o servidor tem que ser ativado.

As configurações do servidor OPC pode ser encontrado no menu Configurações (Settings) (ver Fig.
51).

Na caixa de diálogo seguinte, o servidor pode ser adicionado (ver Fig. 52).

Máximos de 16 servidores podem ser criados, cada um com seus próprios grupos de tags.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Fig. 51 - OPC server in the Settings menu

Fig. 52 - Adding the OPC server

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Na próxima caixa de diálogo as propriedades do servidor são configurados (ver Fig. 53).

Dê-lhe um nome próprio e indica se você quiser usar as tags padrão ou o arquivo .PTO com as tags
definidas pelo usuário.

É também possível ligar o servidor OPC para um determinado ProfiCore. Por padrão, ele é definido
para todos.

Quando as definições estiverem concluídas, clique em "Fechar" e o servidor OPC estará ativo. Em
estágios mais avançados as configurações do servidor OPC podem ser modificadas.

Fig. 53 - OPC server properties

A partir deste ponto, qualquer aplicativo que tenha a disponibilidade de um cliente OPC pode acessar
as tags ProfiTrace OPC.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

14 CommDTM

O ProfiCore Ultra possui um gateway completamente funcional entre qualquer plataforma Windows e
dispositivos de campo usando um CommDTM. Isso permite que o ProfiCore Ultra funcione como uma
ferramenta de Gerenciamento de Ativos real. Atualmente nós suportamos quadros de aplicações
FDT1.2 como PACTware e E + H FieldCare. Durante interação com o CommDTM, todas as funções
ProfiTrace podem ser usados simultaneamente (monitoramento, oscilloscoping, mestre DP e OPC).

Se você estiver usando arquivos Siemens EDD, você pode converter esses arquivos para DTM,
utilizando uma ferramenta chamada Sitrans DTM. Mais informações podem ser encontradas no
www.siemens.com/sitransdtm.

14.1 Instalação dos drivers and DTM server

Baixe os arquivos mais recentes CommDTM da seção de software em www.procentec.com. O arquivo


é chamado de 'CommDTM-Base-Installer.zip'. Instale os arquivos neste ZIP.

Para verificar se os arquivos CommDTM estão instalados corretamente,


verificar se você tem os seguintes diretórios em sua pasta / Arquivos de
Programas(Program Files folder):
 PROCENTEC
 DP-V1 CommDTM
 PCD

Em seguida, conecte o ProfiCore Ultra à porta USB do seu laptop ou PC.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

14.2 Configurando o servidor PCD

Inicie o servidor PCD (PROCENTEC Communication


Driver) (localizado em /Program
Files/PROCENTEC/PCD/). Você deve ver o logotipo da
PCD na bandeja do sistema.

Botão direito do mouse no ícone do PCD, em seguida,


escolha a opção 'Show'. Clique em 'Modify', digite um
nome para a interface, escolher o mais recente
ProfiTrace / ProfiCaptain driver, digite o número de série
do seu ProfiCore Ultra e clique em 'OK'.
Nota: Se você tiver apenas um ProfiCore Ultra
conectado a seu sistema, você pode deixar o campo
número de série vazio.

Fig. 54 - Setting up the PCD server

14.3 Using the CommDTM


Comece o seu gerente FDT e crie ou carregue um projeto. Independente do vendedor a Plataforma
PACTware é usada no exemplo abaixo. Consulte o manual do seu gerenciador de FDT para mais
detalhes.
No menu superior, escolha a opção Device - Add device "e clique em' PROCENTEC DP-V1 Mestre",
como mostrado na figura. 55.

_______________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserved
ProfiTrace 2 - User Manual

Fig. 55 - CommDTM selection dialog

Depois de clicar no “OK” o servidor PCD é iniciado automaticamente (se ele já não foi carregado) e o
ProfiCore Ultra irá inicializar. Você vai ver a ProfiTrace e ícones PCD aparecer na bandeja do sistema:

Verifique se o ProfiCore Ultra foi iniciado corretamente, olhando para o LED amarelo no ProfiCore
Ultra; ele deve estar ligado.

Certifique-se de definir os parâmetros de barramento corretos, clicando com o botão direito do mestre
PROCENTEC DP-V1 e escolha 'Parameters'. Digite os parâmetros corretos ou selecione 'Start' para
detecta-los automaticamente. Em seguida, clique em "OK". Em seguida, escolha o ícone 'Connect' no
menu superior.

Depois de ter aplicado corretamente essas etapas, o ProfiCore Ultra é agora um mestre DP-V1 e
pronto para comunicação aos dispositivos de campo. Para uma caminhada detalhada, consulte a
seção Download do site da PROCENTEC para um início rápido abrangente para PACTware e
FieldCare.
_____________________________________________
Version 4.3.1 - November 2013
ProfiTrace2-Manual-PT.docx © PROCENTEC 2003-2013 - Copyright - all rights reserve

Você também pode gostar