Você está na página 1de 11

JULHO / 2006

GRUPO E - INSPETOR I - ALUNOS-PÚBLICOS 12


INSPETOR DE CONTROLE DIMENSIONAL
LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material:


a) este caderno, com o enunciado das 50 questões das Provas Objetivas, sem repetição ou falha, assim distribuídas:
PROVA 1 (BÁSICA - GERAL) PROVA 2 (ESPECÍFICA - GERAL) PROVA 3 (ESPECÍFICA - POR CATEGORIA)
Questão Pontos Questão Pontos Questão Pontos Questão Pontos
1a5 1,0 16 a 20 1,0 31 a 35 1,0 41 a 45 2,5
6 a 10 2,0 21 a 25 2,0 36 a 40 1,5 46 a 50 3,0
11 a 15 3,0 26 a 30 3,0

b) 1 CARTÃO-RESPOSTA destinado às respostas às questões objetivas formuladas nas provas.


02 - Verifique se este material está em ordem e se o seu nome e número de inscrição conferem com os que aparecem no CARTÃO-RESPOSTA.
Caso contrário, notifique IMEDIATAMENTE o fiscal.
03 - Após a conferência, o candidato deverá assinar no espaço próprio do CARTÃO-RESPOSTA, preferivelmente a caneta esferográfica de
tinta na cor preta.
04 - No CARTÃO-RESPOSTA, a marcação das letras correspondentes às respostas certas deve ser feita cobrindo a letra e preenchendo
todo o espaço compreendido pelos círculos, a caneta esferográfica de tinta na cor preta, de forma contínua e densa.
A LEITORA ÓTICA é sensível a marcas escuras; portanto, preencha os campos de marcação completamente, sem deixar
claros.
Exemplo: A C D E
05 - Tenha muito cuidado com o CARTÃO-RESPOSTA, para não o DOBRAR, AMASSAR ou MANCHAR.
O CARTÃO-RESPOSTA SOMENTE poderá ser substituído caso esteja danificado em suas margens superior ou inferior - BARRA DE
RECONHECIMENTO PARA LEITURA ÓTICA.
06 - Para cada uma das questões objetivas, são apresentadas 5 alternativas classificadas com as letras (A), (B), (C), (D) e (E); só
uma responde adequadamente ao quesito proposto. Você só deve assinalar UMA RESPOSTA: a marcação em mais de uma
alternativa anula a questão, MESMO QUE UMA DAS RESPOSTAS ESTEJA CORRETA.
07 - As questões objetivas são identificadas pelo número que se situa acima de seu enunciado.
08 - SERÁ ELIMINADO do Processo Seletivo Público o candidato que:
a) se utilizar, durante a realização das provas, de máquinas e/ou relógios de calcular, bem como de rádios gravadores, headphones,
telefones celulares ou fontes de consulta de qualquer espécie;
b) se ausentar da sala em que se realizam as provas levando consigo o Caderno de Questões e/ou o CARTÃO-RESPOSTA.
09 - Reserve os 30 (trinta) minutos finais para marcar seu CARTÃO-RESPOSTA. Os rascunhos e as marcações assinaladas no Caderno
de Questões NÃO SERÃO LEVADOS EM CONTA.
10 - Quando terminar, entregue ao fiscal O CADERNO DE QUESTÕES E O CARTÃO-RESPOSTA e ASSINE A LISTA DE PRESENÇA.
Obs. O candidato só poderá se ausentar do recinto das provas após 1 (uma) hora contada a partir do efetivo início das mesmas.
Por motivos de segurança, o candidato não poderá levar o Caderno de Questões.
11 - O TEMPO DISPONÍVEL PARA ESTAS PROVAS DE QUESTÕES OBJETIVAS É DE 3 (TRÊS) HORAS.
12 - As questões e os gabaritos das Provas Objetivas serão divulgados no primeiro dia útil após a realização das provas
nas páginas do PROMINP (www.prominp.com.br) e da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).
2
GRUPO E - INSPETOR I - INSPETOR DE CONTROLE
DIMENSIONAL - ALUNOS-PÚBLICOS
PROVA 1 (BÁSICA - GERAL)
- LÍNGUA PORTUGUESA IV - 1
A expressão “vai virar mar social”, no subtítulo, diz respeito
à(ao):
IRAPÉ
(A) inundação de terras provocada na região para a construção
ONDE O SERTÃO VAI VIRAR MAR SOCIAL
da usina.
(B) quantidade de ações que beneficiará a população,
Uma grande obra no meio do vale do Jequitinhonha, resultante da obra.
no norte de Minas Gerais, ainda um dos maiores bolsões (C) necessidade de haver muita água represada para a
de miséria do país, vem mexendo com a vida da população construção da usina.
local desde 2002. A chegada da Usina Hidrelétrica (D) fato de o reservatório parecer como o mar, dada a
5 Presidente Juscelino Kubitscheck-Irapé, que será quantidade de água.
inaugurada na segunda quinzena de julho [...], mudou (E) deslocamento para a região de profissionais que
o cotidiano das pessoas. As cidades vizinhas à sua trabalharão na usina.
construção ganharam com o aumento do comércio, da
renda e com a vinda de outras pessoas – empregados da 2
10 empresa e de outras empreiteiras. Mais. Passaram a ter
“Mais. Passaram a ter novas e melhores casas para morar.”
novas e melhores casas para morar.
(l. 10-11)
Além de terem sido relocadas, as populações
ribeirinhas ainda recebem auxílio, assistência médica,
Indique a opção que apresenta uma nova forma de redigir
participam de palestras, têm informações sobre meio
15 ambiente e, principalmente, seus anseios continuam o extrato do texto acima, sem alteração do significado do
sendo ouvidos pela companhia de energia elétrica original.
responsável pela obra. Esse diálogo acontece junto às (A) Apesar disso, passaram a ter novas e melhores casas
águas do rio Jequitinhonha, represadas ao longo de um para morar.
reservatório com mais de 100 km de extensão, entre os (B) Embora houvessem tido tais ganhos, também recebe-
20 municípios de Berilo e Grão Mogol. [...] ram novas casas.
A construção da usina trouxe esperança para (C) Mesmo que tivessem tido essas vantagens, passaram a
um povo sofrido. Trouxe expectativas de melhorias de ter novas casas.
vida e de futuro. Além do impacto positivo com a geração (D) Além disso, também passaram a ter novas e melhores
de empregos, a usina aumentará a disponibilidade e a casas para morar.
25 qualidade de energia elétrica na região, possibilitando (E) Até que tivessem tido tais conquistas, ganharam inclu-
atração de novos investimentos sociais, comerciais, sive novas casas.
rurais e industriais.
Mas a grande mudança foi para as populações 3
ribeirinhas. O processo de construção envolveu o A medida de “...mais de 100 km de extensão,” (l. 19) diz
30 remanejamento de 1200 famílias, das quais 632 respeito ao(à):
foram reassentadas em 28 comunidades rurais. [...]. (A) comprimento do local de represamento.
O restante optou por outras formas de remanejamento, (B) tamanho do leito do rio.
como a relocação na área remanescente da propriedade (C) caminho que une o município de Berilo a Grão Mogol.
atingida, indenização monetária, e troca de terra por (D) grandeza da barragem construída.
35 outra terra. [...]
(E) distância entre as três cidades atendidas pela energia.
Antes da usina, os reassentados viviam em
condições precárias. Moravam em pequenas casas de
adobe, construídas à base de estrume de boi, raízes e
4
barro. E se localizavam em terrenos íngremes, sem Segundo o texto, envolvendo as populações ribeirinhas, só
40 energia, sem água encanada e sem estradas. Com a NÃO há troca:
vinda da hidrelétrica, a vida deles passou por mudanças (A) total de local.
vitais. Além de sair de suas comunidades e casas, eles (B) de local na mesma propriedade.
deixaram para trás uma vida difícil. (C) de propriedade.
(D) de terra por dinheiro.
JB Ecológico, jun. 2006. (adaptado) (E) de ocupação comercial, rural ou industrial.

3
GRUPO E - INSPETOR I - INSPETOR DE CONTROLE
DIMENSIONAL - ALUNOS-PÚBLICOS
5 8
“as populações ribeirinhas ainda recebem auxílio, assistên-
cia médica, participam de palestras, têm informações sobre As médias aritmética e geométrica de dois números positi-
meio ambiente e, principalmente, seus anseios continu-
am sendo ouvidos...” ( l. 12-16). vos a e b são dadas, respectivamente, por a + b e a ×b .
2
Assinale a opção em que a palavra ainda ocorre com o Se essas médias têm o mesmo valor, então:
mesmo valor significativo que apresenta no trecho acima. (A) a = b (B) a = 2b
(A) Ainda que você venha, eu não mudarei de idéia a respeito
da sua atitude. b
(C) a = (D) a = b2
(B) O sol ainda não se pôs e os agricultores já voltam 2
cansados para casa.
(C) Os meninos têm merenda de graça e ainda desfrutam (E) a2 + b2 = 4ab
de um bom ambiente.
(D) Não me repita ainda o que você disse antes; deixe para
9
depois do lanche.
A figura abaixo mostra um prisma triangular regular reto, com
(E) Não cheguei ainda no capítulo do livro em que a heroína
arestas da base medindo 6dm e arestas laterais medindo
casa e é feliz.
10dm. G é o baricentro do triângulo ABC e H, o centro do
retângulo BCFE.
- MATEMÁTICA IV -
D F
6
E

10dm H

A C
G
6dm
B
O volume desse prisma, em litros, vale:
(A) 30 3 (B) 45 3
Uma folha de papelão tinha 45cm x 30cm. Em cada vértice
da folha, um quadrado de lado x cm foi retirado, como (C) 90 3 (D) 180
mostra a figura. A seguir, as bordas do papelão restante se- (E) 360
rão dobradas a fim de se construir uma caixa. A função que
associa a área da base dessa caixa, em cm2, à medida x é: 10
P
(A) 2x2 – 75x + 1350 (B) 2x2 – 150x + 1350
(C) 4x2 – 75x + 1350 (D) 4x2 – 120x + 1350
2
(E) 4x – 150x + 1350
E O F
7

ì2x + 3 y - z = 11
ï
Sejam x, y e z tais que íx - 2y + 2z = 1 . Considere uma elipse com centro em O e focos nos pontos E e F.
ï3 x + 2y - 7z = 6
î P é um ponto qualquer sobre a curva. É correto afirmar que:
(A) PE − PF é constante. (B) PE + PF é constante.
É correto afirmar que x + y + z vale:
(A) 2 (B) 3 (C) 5 (D) 6 (E) 11
2 2
(C) PE + PF é constante. (D) PE2 − PF2 é constante.
(E) PO é constante.

4
GRUPO E - INSPETOR I - INSPETOR DE CONTROLE
DIMENSIONAL - ALUNOS-PÚBLICOS
- NOÇÕES DE FÍSICA - 14
A pressão (P) no interior de um líquido homogêneo
incompressível em equilíbrio varia com a profundidade (h), de
11
acordo com o gráfico.
Uma esfera foi abandonada de uma certa altura H, em um
local onde a gravidade vale 10m/s2. A resistência oferecida
pelo ar é desprezível. Qual o valor de H, em metros, para que
a esfera chegue ao solo com velocidade de 12m/s?
(A) 3,8
(B) 4,6
(C) 5,4
(D) 7,2
(E) 8,0

12
Considerando-se a gravidade igual a 10m/s2, é correto
Uma máquina térmica ideal opera realizando Ciclos de afirmar que a densidade desse líquido, em kg/m3, vale:
Carnot entre duas fontes de calor: uma a 1 400K, de onde (A) 1 000
retira 3 600J, e outra a 350K. O trabalho útil fornecido por (B) 1 500
(C) 2 000
essa máquina, em joules, vale: (D) 2 500
(A) 3 200 (E) 3 000
(B) 3 000
15
(C) 2 700
(D) 2 400
(E) 2 000

13
Duas pequenas esferas condutoras idênticas, eletrizadas
com cargas – 2Q e 6Q, são colocadas, no vácuo, a uma
distância de 2 m uma da outra, o que dá origem a uma
força eletrostática F1 entre elas. A seguir, as esferas são
No esquema acima, AB representa uma viga prismática e
postas em contato e, logo após, afastadas uma da outra. homogênea de peso P = 40kgf em equilíbrio, e CD
Esse novo afastamento provoca o aparecimento de uma nova representa um cabo horizontal inextensível de peso
desprezível.
força eletrostática F2 . De quantos metros deve ser esse
São dados AD = 300cm, DB = 100cm e = 45°. A viga é
afastamento para que F2 seja igual a F1 ? articulada sem atrito em A e suporta em B um corpo de peso
(A) 0,5 Q = 100kgf. A intensidade da tração no cabo, em kgf, vale:
(A) 160
(B) 0,8
(B) 190
(C) 1,0
(C) 220
(D) 1,5 (D) 250
(E) 2,0 (E) 280

5
GRUPO E - INSPETOR I - INSPETOR DE CONTROLE
DIMENSIONAL - ALUNOS-PÚBLICOS
PROVA 2
(ESPECÍFICA - GERAL) 19
Alguns dos agentes que podem caracterizar uma atividade e
Observe a imagem do instrumento industrial abaixo e operação insalubre são:
responda às questões 16 e 17. (A) poeiras minerais, radiações ionizantes e inflamáveis.
(B) inflamáveis, ruído e radiações não ionizantes.
(C) radiações ionizantes, inflamáveis e ruído.
(D) radiações ionizantes e não ionizantes e poeiras
minerais.
(E) ruído, radiações não ionizantes e poeiras minerais.

20
A NR-13, da CLT, relativa à Segurança e Medicina do
Trabalho, dispõe sobre:
(A) exames médicos.
(B) equipamentos de proteção individual.
(C) máquinas e equipamentos.
(D) caldeiras e recipientes sob pressão.
(E) proteção contra incêndio.

16 21
Este instrumento representa um: O extintor de espuma pode ser utilizado para o combate ao
(A) Durômetro Rockwell. incêndio dos seguintes produtos:
(B) relógio apalpador. (A) papel, madeira ou equipamentos elétricos.
(C) relógio comparador. (B) madeira, equipamentos elétricos ou magnésio.
(D) barômetro. (C) equipamentos elétricos, magnésio ou gasolina.
(E) manômetro. (D) magnésio, gasolina ou papel.
(E) gasolina, papel ou madeira.
17
Com base nas escalas apresentadas, para converter o 22
resultado de uma medição em bar para psi é necessário: O manual da qualidade, requisito da norma NBR ISO 9001/
(A) multiplicar por 14,5. 2000, para o sistema de gestão da qualidade, inclui:
(B) multiplicar por 1,45. (A) a declaração da política, os registros e a descrição da
interação entre os processos.
(C) multiplicar por 0,7.
(B) a garantia da disponibilidade de recursos, a declaração
(D) dividir por 0,7.
da política e os registros.
(E) dividir por 1,45.
(C) a descrição da interação entre os processos, o escopo
e os procedimentos documentados.
18 (D) o escopo, os procedimentos documentados e a garantia
A norma NBR ISO 9001/2000: da disponibilidade de recursos.
(A) descreve os fundamentos de sistemas de gestão da (E) os procedimentos documentados, a garantia da disponi-
qualidade e estabelece a terminologia para esses sistemas. bilidade de recursos e a declaração da política.
(B) descreve os fundamentos de sistemas de gestão da
qualidade e especifica requisitos para um sistema de 23
gestão da qualidade. Ao se fazer a verificação do produto adquirido, nas instala-
(C) especifica requisitos para um sistema de gestão da ções do fornecedor, as providências de verificação pretendi-
qualidade e objetiva aumentar a satisfação do cliente. das e o método de liberação do produto devem ser declara-
(D) especifica requisitos para um sistema de gestão da dos pelo(a):
qualidade e objetiva melhorar o desempenho da organi- (A) cliente.
zação. (B) fornecedor.
(E) fornece diretrizes que consideram a eficácia e a eficiência (C) organização.
do sistema de gestão da qualidade e objetiva melhorar o (D) ABNT.
desempenho da organização. (E) ABENDE.

6
GRUPO E - INSPETOR I - INSPETOR DE CONTROLE
DIMENSIONAL - ALUNOS-PÚBLICOS
PROVA 3
Observe o instrumento abaixo e responda às questões 24 e 25. (ESPECÍFICA - POR CATEGORIA)
A
B 31
Um ventilador acaba de ser ligado e está aumentando sua
velocidade, girando no sentido horário.

C D E

P
24
Este instrumento representa um:
(A) paquímetro. (B) micrômetro.
(C) goniômetro. (D) anemômetro.
(E) dinamômetro. Qual o vetor que melhor representa a aceleração da pá do
ventilador no ponto P?
25
No instrumento, a trava do fuso é identificada pela letra:
(A) (B)
(A) A (B) B (C) C (D) D (E) E

26
Um volume de 3,2m3 é equivalente, em litros, a: (C) (D)
(A) 3,2 (B) 32
(C) 320 (D) 3200
(E) 32000
(E)
27
Na norma NBR ISO 9001/2000, o termo produto também
pode significar: 32
(A) processo. (B) serviço.
(C) sistema. (D) requisito.
(E) resultado.

28
Em um sistema de coordenadas ortogonais, com 3 dimen- ®
sões, a distância entre os pontos A (0,2,3) e B (12,-2,0) v
A
é de:
(A) 12 (B) 13 (C) 14 (D) 15 (E) 16

29
Na interpretação estatística de resultados de ensaios, o in-
tervalo de confiança é calculado a partir das estimativas da(o):
(A) variância e da mediana. Um disco rola sem deslizar sobre um piso horizontal,
(B) mediana e do desvio padrão. mantendo-se sempre na vertical. A velocidade do centro do
(C) média e do desvio médio.
disco em relação ao piso tem módulo v. É correto afirmar
(D) desvio padrão e da média.
(E) desvio médio e da variância. que a velocidade do ponto A, em relação ao ponto de contato
com o piso, tem módulo igual a:
30
A metodologia PDCA (Plan-Do-Check-Act), recomendada na (A) 2 v 2 (B) 2 v
norma NBR ISO 9001/2000, é aplicável aos:
(A) processos. (B) serviços. (C) v 3 (D) v 2
(C) sistemas. (D) requisitos.
(E) resultados. (E) v

7
GRUPO E - INSPETOR I - INSPETOR DE CONTROLE
DIMENSIONAL - ALUNOS-PÚBLICOS
33 36
Duas partículas A e B giram em trajetórias circulares C A
concêntricas de raios 50cm e 30cm, respectivamente.
As velocidades angulares de A e B permanecem constantes B
RB
durante todo o tempo e A é mais rápida do que B. Quando RA
elas giram em sentidos opostos, encontram-se a cada 10s.
RC
Já no mesmo sentido, encontram-se a cada 30s. Sejam VA
e VB, respectivamente, as velocidades lineares de A e B.
É correto afirmar que: X Movimento

(A) 3VA = 10VB. (B) 4VA = 9VB.


A figura acima ilustra duas polias coaxiais A e B de raios
(C) 5VA = 8VB. (D) VA é igual a 2 cm/s. 0,28m e 0,14m, respectivamente, e uma outra polia C de
(E) VB é igual a 2 cm/s. raio 0,40m. Um bloco X, que está pendurado na polia B
15 através de um fio inextensível e de peso desprezível, parte
do repouso descendo com aceleração escalar constante
34
e igual a 5m/s 2 . Não há deslizamento entre as polias.
Em telecomunicações, são utilizados satélites que se
A velocidade angular de C, em rad/s, 4 segundos após o
mantêm imóveis em relação a um ponto fixo na Terra. Esses
satélites são chamados de geoestacionários. início da queda do bloco, é:
A respeito do movimento de um satélite geoestacionário em (A) 100 (B) 84 (C) 64 (D) 48 (E) 24
órbita circular no plano do equador terrestre, é correto afirmar
37
que o(a):
(A) período de translação em torno da Terra é menor do que
1,2x103 minutos.
(B) freqüência é maior do que 6x10−4Hz.
(C) sua velocidade linear é menor do que L km/h, sendo L
20
o número que representa o comprimento, em km, da

linha do equador.

(D) sua velocidade angular é maior do que rad/h. Um disco com um furo na borda está na vertical e girando
10 a 120rpm. Uma arma dispara sem cessar, de maneira que
(E) sua velocidade angular é maior do que rad/h. todas as balas atravessam esse furo. Se o intervalo entre
10 dois disparos consecutivos corresponde a uma volta
completa do disco, o número de balas disparadas por minuto:
35
(A) é menor do que 110. (B) está entre 110 e 112.
A (C) está entre 112 e 115. (D) está entre 115 e 118.
B
(E) é maior que 118.
O
38
O Globo da Morte é uma antiga atração que consiste em um
A figura acima mostra um sistema formado por dois
motociclista girando no interior de uma grande esfera. Consi-
corpos A e B, de dimensões desprezíveis e massas, res-
dere que, em certo momento, a trajetória descrita por ele seja
pectivamente, iguais a 0,2kg e 0,1kg, ligados por varetas
inextensíveis de massas desprezíveis, com 0,4m de circular e vertical, de raio 6,4m. Sendo g = 10m/s2, para que o
comprimento cada. O sistema gira em um plano horizon- motociclista consiga completar a trajetória circular, a veloci-
tal sem atrito, em torno do ponto O, de tal forma que os dade, em km/h, ao atingir o ponto mais alto, deve ser, no
pontos O, A e B sempre estão alinhados. A velocidade angu- mínimo, de:
lar desse sistema é constante e igual a 5rad/s. A tração na (A) 22,1 (B) 25,4
vareta que liga o bloco A ao ponto O, em newtons, vale: (C) 27,6 (D) 28,8
(A) 6 (B) 5 (C) 4 (D) 3 (E) 2 (E) 31,3

8
GRUPO E - INSPETOR I - INSPETOR DE CONTROLE
DIMENSIONAL - ALUNOS-PÚBLICOS
O enunciado a seguir refere-se às questões 39 e 40. 41
Na representação de uma peça no primeiro diedro, a vista
superior, a vista inferior e vista lateral direita, em relação à
vista frontal, são posicionadas, respectivamente:
(A) abaixo, acima e à esquerda.
(B) abaixo, acima e à direita.
(C) acima, abaixo e à esquerda.
(D) acima, abaixo e à direita.
(E) acima, acima e à direita.

42
Observe a peça abaixo, na qual a vista frontal está sombreada.

5 3
Uma esfera, presa a um fio ideal de comprimento m,
3
gira em um plano horizontal formando um cone imaginário
A vista lateral direita está corretamente representada na
5 3
cujo raio da base vale m. A gravidade local vale figura:
6

10m/s2.

39
É correto afirmar que a velocidade angular da esfera, em (A) (B)
rad/s, vale:
(A) 0,5 (B) 1
(C) 2 (D) 3
(E) 4

40
O tempo, em segundos, que a esfera leva para completar
1 giro corresponde a:
(C) (D)
(A)
p
5

(B)
p
3

(C)
p
2
3p
(D)
4 (E)
(E) p

9
GRUPO E - INSPETOR I - INSPETOR DE CONTROLE
DIMENSIONAL - ALUNOS-PÚBLICOS
43 46
De acordo com a NBR 12298/1995, a área de corte em Considere a peça abaixo.
seções de peças de espessuras finas, ao invés de ser
representada por hachuras, deve ser:
(A) colorida de amarelo.
(B) colorida de vermelho.
(C) enegrecida.
(D) pontilhada.
(E) tracejada.

44
Observe a peça abaixo representada. O corte AA está corretamente representado na figura:

(A)

(B)
A linha I representa o(a):
(A) trecho em corte.
(B) trecho em vista.
(C) plano de corte.
(D) contorno desenvolvido.
(E) seção rebatida. (C)

45
Considere as seguintes afirmativas sobre cota auxiliar:

I – é dada somente para informação;


II – não influi nas operações de produção;
(D)
III – nela não se aplica tolerância.

De acordo com a NBR 10126/1987, é(são) verdadeira(s) a(s)


afirmativa(s):
(A) I, apenas.
(B) II, apenas.
(C) I e II, apenas.
(E)
(D) II e III, apenas.
(E) I, II e III.

10
GRUPO E - INSPETOR I - INSPETOR DE CONTROLE
DIMENSIONAL - ALUNOS-PÚBLICOS
47
Considere as afirmativas sobre cotagem em desenho técnico.

I – Caso linhas de cota e linhas auxiliares se cruzem, elas


devem ser interrompidas no ponto de cruzamento.
II – A seta que limita a linha de cota pode ser aberta ou
fechada preenchida.
III – Em um mesmo desenho, o tamanho da seta deve variar
com o comprimento da linha de cota.

De acordo com a NBR 10126/1987, é(são) verdadeira(s) a(s)


afirmativa(s):
(A) I, apenas. (B) II, apenas.
(C) I e II, apenas. (D) I e III, apenas.
(E) I, II e III.

48
Considere os seguintes itens:

I – a letra que permite identificar o elemento de referência;


II – o símbolo da característica afetada pela tolerância;
III – o valor da tolerância na unidade usada para dimensões
lineares.

De acordo com a NBR 6409/1997, quando as indicações


das tolerâncias são feitas através de um quadro dividido em
três partes, é inscrita em cada casa, da esquerda para a
direita, respectivamente, a representação dos itens:
(A) I, II e III (B) I, III e II
(C) II, I e III (D) II, III e I
(E) III, I e II

49
Uma barra retilínea de comprimento 20 dm necessita ser
curvada para circunscrever um setor circular de 60°, na sua
parte curva. O valor do raio que este setor deverá possuir,
em m, vale:
(A) 2,0 (B) 3,14
(C) 6,0 (D) 18,0
(E) 31,4

50
Um recipiente em formato de cone circular tem capacidade
de 2 litros e altura de 60/ cm. O valor do raio da base,
em dm, vale:
(A) 1,0 (B) 2,0
(C) 3,0 (D) 3,5
(E) 6,0

11
GRUPO E - INSPETOR I - INSPETOR DE CONTROLE
DIMENSIONAL - ALUNOS-PÚBLICOS