Você está na página 1de 1

Racionalização de Lubrificantes: Oportunidades e Riscos

Não há dúvida de que os gerentes de manutenção de equipamentos pesados gostariam de reduzir a


quantidade dos diferentes tipos de lubrificantes que eles têm que manter em estoque para atender às suas
diversas aplicações. Um percentual significativo do custo total de um produto é imobilizado no
armazenamento; segundo algumas estimativas, este percentual pode chegar a 25%. Portanto, há um forte
incentivo econômico para a compra de lubrificantes que podem ser usados em mais de uma aplicação.

Fabricantes de equipamentos móveis e produtores de lubrificantes como a Chevron reconheceram essa


necessidade. Os OEMs (Original Equipment Manufacturers) têm feito um bom trabalho para minimizar o
número de produtos que entram nos equipamentos e o risco de contaminação cruzada. Muitos tratores John
Deere, por exemplo, usam o mesmo fluido na transmissão, embreagem e freios húmidos e sistemas
hidráulicos. Além disso, a Caterpillar permite o uso de óleos de motor SAE 15W-40 e 10W-30 com mais de
900 ppm de zinco em muitos sistemas de transmissão hidráulica e hidrostática.

Na Chevron, temos uma série de produtos que podem ser usados em várias aplicações. Estamos
explorando óleos com maior índice viscosidade e sintético que podem ser usados para cobrir uma ampla
gama de requisitos de viscosidade entre diferentes aplicações. Também produzimos óleos de motor, como
Delo® 400 XLE 15W-40 e 10W-30, que podem ser usados tanto em motores diesel quanto a gasolina.
Estamos trabalhando para ajudar nossos clientes a aproveitar as oportunidades de consolidação, evitando
os riscos de contaminação cruzada que podem afetar o desempenho ou causar falhas no equipamento.

Faz sentido pensar que se você pode racionalizar, por exemplo, de 15 lubrificantes diferentes para 5, você
poderá reduzir o seu estoque global, seus custos de armazenamento e melhorar a eficiência em
Manutenção, Reparo e Operações (MRO). No entanto, é importante consultar seu fornecedor de
lubrificantes para que ele confirme a compatibilidade entre os lubrificantes e suas respectivas aplicações,
além de garantir que seus equipamentos não correrão qualquer risco.

11/14/2017
Sobre o Autor: Com mais de 35 anos na indústria de óleo e gás, Dan Holdmeyer trabalhou para a Chevron nos últimos 14 anos
ocupando vários cargos, sendo seu cargo atual Gerente de Marca de Produtos Industriais e Refrigerantes. Como engenheiro de
lubrificação, ele apoia a marca Chevron Delo e as relacionadas. Desempenha um papel fundamental no apoio e na gestão de uma
ampla variedade de programas relacionados às necessidades de lubrificação para equipamentos on and off-road. Dan também
trabalha como especialista em treinamento Chevron para a Divisão Global de Lubrificantes, o que ele tem feito desde que começou
na empresa. Antes de se juntar à equipe da Chevron, Dan trabalhou como engenheiro de campo para a Mobil Oil Corporation por 20
anos, depois de se formar na Universidade do Missouri-Columbia como bacharel em Engenharia Química.

Tradução feita por José Cesário Neto – Consultor Técnico MP LUB

Você também pode gostar