Você está na página 1de 104

GRUPO ANDRADE GUTIERREZ

2009

Relatório
Anual
grupo andrade gutierrez | relatório anual 2009

sumário

Interoceânica Sul, Peru


4
Mensagem
da Administração

6
Perfil Organizacional

18
Desempenho Econômico

22
Governança Corporativa

26
30
Gestão Financeira e de Riscos

Negócios do Grupo

30 Engenharia e Construção
48 Concessões
60 Telecomunicações
64 Santo Antônio Energia
68 AG Angra
70 LOGIMED

74
Gestão do Negócio
74 Sistema de Gestão Integrada
78 Meio Ambiente
82 Sociedade
88 Gente

92
Parâmetros para o Relatório

94
Anexos

102
Informações Corporativas
Mensagem da
Administração

Confiante em sua capacidade de enfrentar desafios e


seguir sua sólida trajetória de expansão, o Grupo Andrade
Gutierrez manteve metas de crescimento sustentável
e fez de 2009, que começou sob forte impacto da crise
econômica mundial, um ano de importantes realizações.

Evoluímos em todos os negócios em que investimos


esforços e recursos, com uma carteira de ativos de
reconhecido desempenho e contratos rentáveis tanto no
Brasil quanto no exterior. A partir de vertentes claras de
performance estipuladas aos seus negócios – Engenharia
e Construção, Concessões e Telecomunicações –, o
Grupo Andrade Gutierrez encerrou 2009 com motivos
para comemorar o crescimento com rentabilidade e o
acerto da política de investimentos.

Consolidado como um dos maiores conglomerados da


América Latina, o Grupo atingiu a marca de R$ 18,20 bilhões
de faturamento em 2009, um crescimento de 54,8%
sobre 2008. O EBITDA aumentou 58,2%, chegando a
R$ 3,37 bilhões. São dados significativos que revelam uma
operação bem estruturada de resultados, capaz de contornar
dificuldades conjunturais como as de 2009, ano em que o
PIB brasileiro teve retração de 0,2%.

Nossa meta de crescimento sustentável não se restringe


ao campo econômico, englobando também ações sociais
e ambientais. Em nossas atividades empresariais, nas
Estamos bem posicionados, em operações da Construtora e das controladas, apoiamos
e incentivamos sempre as melhores práticas. Com
rota ascendente e com ativos
esse espírito, a partir desta edição adotamos como
diversificados e muita energia referência para o Relatório Anual as diretrizes da Global
para alavancar novos Reporting Initiative – GRI. Dessa forma, damos início a
projetos e negócios em um processo que tem como objetivo consolidar as boas
infraestrutura. É assim práticas econômicas e financeiras, bem como as de
que manteremos a sustentabilidade e de responsabilidade social, segundo
os melhores padrões internacionais. Este Relatório
lógica do crescimento
atende ao grau de exigência do Nível B de aplicação
sustentável do modelo GRI-G3. Os indicadores reportados e os
parâmetros utilizados podem ser verificados no índice
da página 99.

A evolução nos negócios foi acompanhada de importantes


movimentos estratégicos, como a condução do processo
de aquisição da participação acionária na Cemig, concluída
em 2010. Os méritos pela bem-sucedida operação
estão atrelados aos esforços de nosso time em 2009 e
à imagem de empresa forte financeiramente, habilitada
para negócios de grande porte. Credibilidade, capacidade
e disciplina no âmbito financeiro são credenciais para

4 Relatório Anual 2009


a obtenção de retorno elevado nos novos negócios. Novos negócios surgiram nos últimos anos, dentro
Temos como pontos fortes e diferenciados do nosso de uma gestão que equilibra empreendedorismo e
desempenho expertise e histórico em project finance, conservadorismo. Abrimos frentes de atuação em
capilaridade comercial, parcerias estratégicas e gestão fundos de investimento, serviços de saúde e geração de
de riscos. energia, como o consórcio Santo Antônio Energia, um
projeto grandioso e sustentável em plena Amazônia.
A área de Engenharia e Construção conquistou, em
2009, o melhor resultado dos últimos 20 anos. Com Estamos apoiados em um criterioso planejamento
sua operação no Brasil, América Latina, África e Europa, que considera perspectivas sólidas de expansão.
ela teve mais um ano de obras relevantes e desafios O pipeline de projetos no Brasil é consistente, com
transpostos. Nosso backlog (carteira de contratos), vislumbre de novos contratos em óleo e gás,
acima da média do setor, comprova uma estratégia bem mineração e siderurgia, energia, transportes,
consolidada. Na América Latina, duas obras de escopo saneamento e urbanização. Existem múltiplas
inédito, ambas na Venezuela, serão executadas de oportunidades de expansão, com demandas latentes
ponta a ponta: a Siderúrgica Nacional e o Estaleiro Nor- e inadiáveis em desenvolvimento de infraestrutura
-Oriental. Na África, por meio da Zagope, potencializamos para suportar o crescimento do País e dois eventos
o processo de internacionalização e fizemos obras esportivos globais.
fundamentais para o desenvolvimento da região.
Permanecemos focados, ainda, em novos mercados na
Em nossa área de Telecomunicações, crescemos América Latina, na África e no Oriente Médio, mapeando
99,7% no ano. São indicadores que comprovam a projetos atrativos e relevantes.
diretriz de crescimento sustentado e a pertinência das
estratégias de negócios aplicadas nas duas controladas, Nada do que foi alcançado em 2009 teria sido possível
Oi e Contax, as maiores provedoras de serviços em seus sem os nossos funcionários. Aqui, deixamos claro
mercados de atuação. que a participação de cada um é fundamental para
os resultados, que são méritos de todos. Temos um
Em Concessões, mantivemos a expansão e a estratégia time movido pelos valores corporativos enraizados na
de participação em ativos nos segmentos prioritários, empresa: Paixão, Excelência e Desempenho Econômico.
como energia, aeroportos, rodovias e saneamento.
Alcançamos receita bruta de R$ 2,97 bilhões e Estamos bem posicionados, em rota ascendente e com
conquistamos a segunda concessão em aeroportos, com ativos diversificados e muita energia para alavancar
a Aeris, gerenciadora do Aeroporto Internacional Juan novos projetos e negócios em infraestrutura. É assim
Santamaría, na Costa Rica. que manteremos a lógica do crescimento sustentável.

Grupo Andrade Gutierrez 5


perfil
organizacional

O Grupo Andrade Gutierrez posiciona-se como um dos


maiores conglomerados de infraestrutura na América
Latina, atuante no Brasil e no exterior. Fundada em 1948,
em Belo Horizonte (Minas Gerais), a Andrade Gutierrez
tem reconhecida expertise nos diversos segmentos de
construção pesada e colhe os resultados dos bem-
-sucedidos investimentos nas áreas de Concessões
e Telecomunicações, duas frentes em que apostou,
com a diversificação dos negócios, na década de 90.
A companhia, de capital privado e fechado, acumula
projetos realizados em mais de 30 países e participa
como investidora em empresas como Oi e Contax (AG
Telecom), e CCR, Sanepar, Water Port, Quiport, Aeris
e Cemig (AG Concessões), esta última incorporada à
carteira em 2010.

Em 2009, o Grupo Em 2009, o Grupo Andrade Gutierrez atingiu a marca


Andrade Gutierrez de R$ 18,20 bilhões em receita operacional bruta, 54,8%
atingiu a marca superior a 2008 (R$ 11,75 bilhões). Esse desempenho
comprova a visão empreendedora de uma empresa que
de R$ 18,20 bilhões
chega aos 61 anos comemorando o crescimento com
em receita operacional rentabilidade, o acerto da política de investimentos e um
bruta, 54,8% endividamento bem administrado.
superior a 2008
(R$ 11,75 bilhões) Novos negócios surgiram, como geração de energia,
fundos de investimento e serviços de saúde. São linhas
de oportunidades sinérgicas, em áreas distintas, dentro
de uma estratégia global. A empresa investiu esforços
na estruturação de project finances, o que a posiciona
em outro patamar de relacionamento no mercado, e em
expertise em fusões e aquisições.

Em 2009, houve movimentos determinantes para


os resultados, como a consolidação da incorporação
da Brasil Telecom pela Oi, as novas conquistas da
área de Concessões e os contratos relevantes em
construção pesada, inclusive em segmentos novos para
a Construtora, que ao fim do ano contabilizou o melhor
desempenho dos últimos 20 anos.

6 Relatório Anual 2009


Porto de Itapoá, Santa
Catarina

Organograma

ADM São Miguel ADM Sant’Ana ADM Santo Estevão

AGSA

Construtora
zagope ag telecom ag par logimed
andrade gutierrez

SANTO
ANTÔNIO AG CONCESSÕES AG ANGRA
ENERGIA

Grupo Andrade Gutierrez 7


espanha

portugal

argélia
estados unidos

líbia

bahamas república dominicana

antígua
méxico
mauritânia
haiti

panamá
santa lúcia

costa rica
venezuela guiné conacri

colômbia

guiné equatorial
equador

peru

bolívia BRASIL

PARAGUAI

CHILE

ARGENTINA

8 Relatório Anual 2009


grécia
china

qatar
irã

Arábia Saudita

emirados árabes

camarões

congo

angola

presença mundial
A Andrade Gutierrez acumula empreendimentos em mais de 30 países da América
Latina, Europa, África e Ásia. Transporta, para qualquer parte do mundo, as soluções
integradas e seus padrões de excelência. O processo de internacionalização foi iniciado
na década de 80 e os mercados externos ganharam força ao longo dos últimos anos,
com a realização de obras relevantes para o desenvolvimento de diversas nações. Em
Belo Horizonte, ficam a sede fiscal da Construtora Andrade Gutierrez, parte do Conselho
de Administração, parte da holding e a AG Concessões. Em São Paulo, estão a sede de
gestão da Construtora Andrade Gutierrez, a AG Telecom, a Santo Antônio Energia, a
AG Angra e a LOGIMED. No Rio de Janeiro, localizam-se parte da divisão comercial e do
Conselho de Administração, a Diretoria Financeira e a Unidade de Negócios Industrial.
Nos demais Estados, há escritórios com atuação comercial e administrativa.

Grupo Andrade Gutierrez 9


nossos negócios

construtora andrade gutierrez / zagope

Em Engenharia e Construção, a Construtora Andrade Gutierrez responde pelos mercados no Brasil e na América
Latina, e a Construtora Zagope, sediada em Lisboa e adquirida pelo Grupo em 1987, atua na Europa, na África e na
Ásia. A Construtora desenvolve contratos das mais diversas naturezas, por meio do conhecimento acumulado em
61 anos de história e know-how em toda a cadeia de infraestrutura. Está organizada em cinco unidades de negócios:
Energia, Industrial, Norte, Sul e América Latina.

O que fazemos
Hidrelétricas Estaleiros Rodovias
Termelétricas Portos Ferrovias
Usinas Nucleares Metrôs Construção Civil
Plantas Industriais Saneamento e Urbanização gasodutos
Refinarias Barragens túneis
Siderúrgicas Aeroportos

ag concessões

A companhia mantém uma carteira de ativos de qualidade, cujo raciocínio de investimento é a criação de valor. A AG
Concessões detém participação acionária na Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR), na Sanepar, na Quiport
e na Aeris, além de ter 100% da Water Port. Até dezembro de 2009, mantinha em sua carteira a Light. Em 2010,
finalizou a compra de participação na Cemig.

ag telecom

No segmento de Telecomunicações, fortalecem-se a cada ano, por meio dos dois investimentos realizados, Oi e
Contax, ambas líderes de mercado. A Oi consolidou-se como a única operadora integrada do País, com diferenciais
competitivos de peso.

santo antônio energia

Representa a entrada do Grupo Andrade Gutierrez no setor de geração e fornecimento de energia. O consórcio é
responsável pela construção e futura operação da Hidrelétrica Santo Antônio, localizada no rio Madeira, em Rondônia.
Responde, ainda, pela comercialização da energia que será gerada.

ag angra

Gestora de fundos de private equity formada em 2007 por meio da associação entre o Grupo Andrade Gutierrez e a
Angra Partners, com foco de atuação em infraestrutura, especialmente no Brasil. Elegeu como setores de interesse:
saneamento, transportes e logística, energia e infraestrutura industrial. Gerencia o Fundo AG Angra.

logimed

Pioneira no Brasil, a empresa atua em serviços de saúde, gerenciando toda a cadeia logística de fornecimento de
materiais e medicamentos a unidades hospitalares, mediante soluções e tecnologias inovadoras. O diferencial é
dominar práticas e processos que combatem o desperdício de suprimentos, reduzindo custos.

10 Relatório Anual 2009


funcionários grupo
andrade gutierrez por gênero

27,7%

52,4% 47,6%

62,5%
9,8%

27,7% Engenharia e Construção e empregados 47,6% Homens


diretos nas unidades de negócios
9,8% Concessões (controladas) 52,4% Mulheres

62,5% Telecomunicações (controladas)

por grau de instrução por faixa etária

0,1% 9,2%
0,4%

2,4% 72,8% 74,8%


0,7%
15,5% 24,1%

0,1% Não alfabetizado 0,4% de 16 a 18 anos

9,2% Ensino fundamental 74,8% de 19 a 35 anos

72,8% Ensino médio 24,1% de 36 a 59 anos

15,5% Ensino superior 0,7% acima de 60 anos

2,4% Pós-graduação

O Grupo Andrade Gutierrez gera 168.152 empregos diretos. Desses, 46.596 são contratados nas
diferentes unidades de negócios do Grupo. Outros 16.433 são empregos gerados nas controladas de
Concessões, e 105.123, nas controladas de Telecomunicações. Em 2009, o Grupo Andrade Gutierrez gerou
38.266 empregos terceirizados. Fechou o ano com 932 estagiários e trainees.

Grupo Andrade Gutierrez 11


Crescimento com qualidade
A rota para o Na base do desempenho econômico, dimensões econômica, social e
crescimento está ambiental e social está o Tripé de ambiental, com avanços de gestão
Valores da Andrade Gutierrez. A e de conduta ética e transparente.
alicerçada no Tripé Paixão, a Excelência e o Desempenho São premissas que se somam
de Valores. Os Econômico, os valores expressos no às estratégias de negócios
desafios, que se dia a dia e enraizados na organização, estabelecidas como foco, à inovação
renovam sempre, são os princípios que conduzem em tecnologia e soluções, ao
são encarados e os negócios sustentáveis que, desenvolvimento de pessoas, aos
vencidos por um conjugados, traduzem o crescimento sistemas de gestão e à evolução dos
com qualidade, ano após ano, de indicadores socioambientais.
time motivado e forma criteriosa e programada.
comprometido, que A organização reforça seu
incorpora, no dia a A evolução contínua, em ritmo sentimento de respeito aos
dia, os valores e a sustentável, resulta de uma públicos de relacionamento, como
cultura organizacional base sólida, cultivada no longo funcionários, comunidades, clientes,
preservados ao longo prazo por pessoas engajadas, parceiros de negócios, fornecedores,
e do compromisso com a órgãos governamentais e a
das mais de seis sustentabilidade, em suas diferentes sociedade, de forma geral. É assim
décadas de vida vertentes. A perenidade da empresa que faz a sua parte pela fortificação
da organização. está diretamente relacionada ao dos ambientes onde está inserida, e
desenvolvimento permanente nas que traça o caminho rumo ao futuro.

Desempenho econômico

Maximizar os resultados
faz parte da estratégia de
crescimento, além de contribuir
para o desempenho dos
países nos quais está inserida.
O lucro reflete-se em mais
investimentos e empregos.
O desempenho econômico
associa os bons resultados
com a satisfação dos clientes.

Aumento de Vendas
O Valor do Mérito
Corte de Custos

12 Relatório Anual 2009


Excelência

As pessoas estão
constantemente em busca de
novos desafios, acreditando na
melhoria contínua de processos,
competências e estratégias
como forma de aprimoramento
da competitividade. Eficiência
e iniciativa fazem as pessoas
alcançarem as metas traçadas.

Metas Grandiosas
Simplicidade, Eficiência
e Competência
Senso de Urgência na
Produção de Resultados

Paixão

Paixão pela empresa, pelo


trabalho e pelo cliente
traduz a vontade e a
determinação e faz com
que todos realizem cada
vez melhor as atividades.

Paixão pela Empresa


Paixão pelo Trabalho
Paixão pelo Cliente

Grupo Andrade Gutierrez 13


confiança do cliente

A Andrade Gutierrez mantém como disciplina de valor soluções. Está traduzida na frase: “Ser o preferido dos
a “Confiança do Cliente”, não medindo esforços em clientes com relacionamento diferenciado, identificando
apresentar soluções adequadas e específicas para seus valores, atendendo às suas necessidades e gerando
cada necessidade. Ao priorizar essa diretriz, evolui valor para a Andrade Gutierrez”.
continuamente e amplia, a cada dia, a sua base sólida de
clientes no Brasil e no exterior. Em terras internacionais, é Conhecer as necessidades significa entender o que gera
cada vez mais reconhecida por sua expertise e capacidade lucro para ele, quais as interferências possíveis em seu
de se adaptar às condições e demandas locais. dia a dia e o que é valor para o cliente. O objetivo é ter
subsídios para propor soluções e ser excelente em várias
A disciplina de valor define a essência da forma de esferas: engenharia (projeto, gerenciamento de obras,
trabalhar da empresa, com um foco na relação em que planejamento, suprimentos e logística), financeira, gestão
são preconizados o entendimento do negócio do cliente, de projetos e de qualidade, meio ambiente,
a antecipação das necessidades e o oferecimento de saúde e segurança do trabalho, entre outros.

prêmios e homenagens
Em 2009, a Andrade Gutierrez recebeu reconhecimentos de naturezas diversas,
que atestam, na verdade, os valores da empresa: a excelência, a paixão e o
desempenho econômico.

Prêmio Internacional Puente de Alcântara, da Fundação San Benito de Alcântara,


da Espanha, pelos reflexos positivos sociais e ambientais na região do Vale do
Jequitinhonha, onde foi executada a Hidrelétrica de Irapé.

10 Melhores Empresas em Práticas de Gestão de Pessoas e 50 RHs Mais Admirados do Brasil, pela Gestão &
RH Editora, pelos cases de referência em clima organizacional e desenvolvimento de pessoas e de lideranças.

14 Relatório Anual 2009


Prêmio Nacional Gestão Banas 2009, concedido pela revista Banas Qualidade, nas categorias
Qualidade, Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social Corporativa e valorizado pelo
fato de ser a primeira empresa agraciada nas três categorias. Recebeu, ainda, o Prêmio Inclusão,
reconhecimento do intenso trabalho relacionado ao tema em suas estratégias e em seus processos.

Prêmio Petrobras/Engenharia de Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde para Empresas


Contratadas, na categoria Construção de Dutos, para a obra do Gasoduto Coari-Manaus.

Prêmio Consciência Limpa da Rede Amazônica de Rádio e Televisão (regional da Rede Globo) para a obra
Igarapés de Manaus, pelas oficinas ambientais em escolas da rede municipal de ensino.

Prêmio Proteção Brasil 2009, da revista Proteção Brasil, na categoria Capacitação em Saúde e Segurança no
Trabalho, com o case “Treinamentos no Sistema de Gestão Integrada com Ênfase em Saúde e Segurança no Trabalho”.

Prêmio Minas Desempenho Empresarial, da revista Mercado Comum, com o primeiro lugar na categoria Liderança
Setorial de Minas Gerais – Construção e entre as primeiras colocadas na categoria Melhores e Maiores – Empresa
Excelência de Minas Gerais.

Segundo lugar entre as Empresas Mais Admiradas do Brasil, no setor de Construção Pesada, da revista
Carta Capital, que destaca aspectos como desenvolvimento sustentável, inovação, qualidade de gestão, ética
e solidez financeira.

Prêmio Industrial do Ano 2009, concedido ao presidente do Grupo Andrade Gutierrez, Otávio Marques de
Azevedo, pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

Revista Information Week, tricampeã como a mais inovadora no ramo de construção e materiais de
construção e terceiro lugar no ranking das 100+inovadoras.

Revista InfoCorporate, Prêmio CIO 2009 para a gerente de TI, Cibele Fonseca.

Revista Computerworld, 6º lugar no ranking dos principais CIOs do Brasil, para Cibele Fonseca.

Revista Época Negócios, na lista das 50+ High Tech do Brasil, pelo uso da tecnologia Cloud Computing, que
reduz custos.

Certificado Obra-Modelo de Gestão Ambiental, entregue pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Rio
de Janeiro em reconhecimento à atuação sustentável na obra de urbanização de Manguinhos.

A Zagope foi a 13ª no ranking das Melhores Grandes Empresas para Trabalhar e a 3ª Melhor Empresa do Setor
da Construção, segundo estudo promovido pela revista Exame.

Grupo Andrade Gutierrez 15


linha do tempo

Década de 40 Década de 50

Em 2 de setembro de 1948, nasce oficialmente a Constrói a BR-3 (atual BR-040), para o DNER,
Construtora Andrade Gutierrez, em Belo Horizonte. ligando o Rio de Janeiro a Belo Horizonte.
Criada por três jovens engenheiros – Flávio Gutierrez O profissionalismo na execução da obra
e os irmãos Gabriel e Roberto Andrade –, a empresa impulsiona a expansão dos negócios para fora da
realiza pequenas obras urbanas na capital mineira. região Sudeste, como a rodovia entre São Paulo
e Curitiba. Organiza a “Escola Consag”, para as
crianças que moram nos acampamentos. Abre
seu primeiro escritório em São Paulo.

Década de 80 Década de 90

Começa o processo de internacionalização. Aprofunda o perfil investidor em Concessões e


O primeiro trabalho é a rodovia Epena-Impfondo- Telecomunicações e diversifica, cada vez mais,
-Dongou, no Congo, na África, em meio a densa os segmentos de atuação em Engenharia e
floresta. O Grupo começa a construção do Construção. Evolui no papel de controladora em
Aeroporto Internacional de Confins, em Belo empresas como Telemar, Sanepar e Companhia
Horizonte. A partir dessa obra, surgem outros de Concessões Rodoviárias (CCR). Constrói o
aeroportos, nacionais e internacionais. Adquire a Aeroporto Internacional de Nassau, nas Bahamas.
construtora portuguesa Zagope, o que marca a Em Portugal, dá início à ampliação do Metrô de
entrada no mercado europeu. Conquista o primeiro Lisboa, uma das principais obras da AG naquele
contrato na América Latina, uma rodovia na Bolívia. país. Entre os empreendimentos de destaque,
Executa a Ferrovia dos Carajás, o Porto Trombetas, a construção de estrada e oleoduto na Região
a Hidrelétrica de Três Irmãos e a reurbanização do Amazônica, no Equador, e a rodovia Tambo
Vale do Anhangabaú (SP). Quemado-Rio Desaguadero, na Bolívia.

16 Relatório Anual 2009


Década de 60 Década de 70

Entra no ramo das hidrelétricas e inicia a construção Participa da construção de Itaipu, um salto na
da Barragem de Ibirité. A Castello Branco (SP-280) expansão das atividades da Andrade Gutierrez
é um marco da consolidação no mercado paulista. para outros setores. Inicia a construção da Linha
Outras importantes rodovias são construídas em Norte-Sul do Metrô de São Paulo, ponto de
todo o País, como a BR-319 (Manaus-Porto Velho), partida para outras obras metroviárias, no Rio
onde é comprovada a capacidade de superação de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Salvador e
de obstáculos, como as chuvas constantes, que Lisboa. Desenvolve a Rodovia dos Bandeirantes
dificultam as obras. e o sistema viário de São José dos Campos.

anos 2000 2009

Com a expansão dos negócios, a sede de gestão A Construtora Andrade Gutierrez obtém o melhor
da Construtora Andrade Gutierrez transfere-se resultado dos últimos 20 anos. O Grupo investe
para São Paulo. O Grupo define seus valores – na segunda concessão de aeroportos, por meio da
Paixão, Excelência e Desempenho Econômico – e Aeris, gerenciadora do Aeroporto Internacional Juan
estabelece metas de longo prazo para 2013. AG Santamaría, na Costa Rica. Conduz a operação
Concessões entra no segmento de energia elétrica, de compra de participação acionária na Cemig,
com a compra de participação na Light. Criada a concluída em 2010. O Consórcio Santo Antônio
Madeira Energia S.A., o primeiro negócio em geração Energia recebe da Project Finance Magazine o
e comercialização de energia. Consolida o Sistema prêmio pela estruturação do maior e melhor
de Gestão Integrada (SGI) e garante as certificações project finance do mundo, elaborado para a
ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001 e SA 8000. Hidrelétrica Santo Antônio. A Andrade Gutierrez
A AG Telecom dá um salto com a aquisição, pela é uma das signatárias da Carta Aberta ao Brasil
Oi, da Brasil Telecom, e amplia a participação na Oi sobre Mudanças Climáticas, um compromisso
e na Contax. Constitui a AG Angra e o Fundo AG público para combater o aquecimento global. Na
Angra, de investimento em infraestrutura. Iniciada a área socioambiental, ganha o Prêmio Petrobras/
Usina Hidrelétrica Santo Antônio, um dos maiores Engenharia de Qualidade, Segurança, Meio
projetos de energia da década. Assina contratos para Ambiente e Saúde, categoria Dutos, pela obra do
siderúrgica e estaleiro na Venezuela. Gasoduto Coari-Manaus.

Grupo Andrade Gutierrez 17


desempenho
econômico

O ano de 2009 foi de crescimento em todos os


negócios do Grupo Andrade Gutierrez, que atingiu a
marca de R$ 18,20 bilhões em receita operacional bruta
– um aumento de 54,8% na comparação com 2008.

O resultado operacional bruto, em 2009, alcançou


R$ 4,40 bilhões, acima dos R$ 3,01 bilhões
registrados no ciclo anterior. O EBITDA atingiu
A receita operacional bruta, R$ 3,37 bilhões, 58,2% acima de 2008. São dados
representativos que confirmam o ritmo sustentável
em 2009, fechou em
de desenvolvimento dos diversos negócios da
R$ 18,20 bilhões, um organização e a solidez financeira, corroborada pela
crescimento de 54,8% na forte geração de caixa de todas as áreas de negócios.
comparação com
o período anterior. A área de Telecomunicações praticamente dobrou
O EBITDA atingiu seu faturamento e respondeu por 50,1% da receita,
seguida por Engenharia e Construção, com 33,2%, e
R$ 3,37 bilhões,
Concessões, com 16,3%.
58,2% acima
de 2008 A unidade de negócios em telecomunicações
apresentou o maior salto na receita nominal, com
aumento de 99,7% (R$ 9,12 bilhões). O EBITDA teve
variação de 101,3%. Essas variações ocorreram
principalmente pelo aumento da participação
acionária na Telemar Participações S.A. e pela
consolidação da Brasil Telecom, realizada pela Telemar
Norte Leste.

Engenharia e Construção obteve um crescimento de


39,2%, mesmo com o impacto da variação cambial,
chegando a um faturamento de R$ 6,05 bilhões,
valor que abrange o desempenho no Brasil e no
exterior. O desempenho está atrelado a uma carteira
de contratos de alta qualidade e empreendimentos
relevantes em vários segmentos.

A área de concessões fechou o ano com receita


bruta de R$ 2,97 bilhões, um aumento de 6,0%
sobre 2008. Esse faturamento resulta dos ativos em
segmentos como rodovias, aeroportos, saneamento
e energia.

Os resultados traduzem premissas claras para o


Grupo, como crescimento com rentabilidade e uma
política de investimentos que traga retorno e valor
à organização.

As demonstrações financeiras do Grupo Andrade


Gutierrez encontram-se detalhadas na homepage
da organização.

18 Relatório Anual 2009


Refinaria do Planalto
Paulista, São Paulo

receita operacional bruta EBITDA


(em milhões) (em milhões)

18.199 3.376

11.757
2.133

7.891 1.441
6.277
4.371 4.729 961 958 1.057

2004 2005 2006 2007 2008 2009 2004 2005 2006 2007 2008 2009

destaques [ grandes números ]


(em Milhões)

Valores - Econômicos e Financeiros 2004 2005 2006 2007 2008 2009


Receita operacional bruta 4.371 4.729 6.277 7.891 11.757 18.199
Receita operacional líquida 3.643 3.894 5.096 6.172 9.464 13.973
Resultado operacional bruto 1.259 1.336 1.398 1.863 3.019 4.396
EBITDA 961 958 1.057 1.441 2.133 3.376
Lucro líquido do exercício 58 147 174 427 249 -346
Patrimônio líquido 3.070 2.934 2.914 3.219 3.350 2.910
Endividamento líquido 872 901 2.153 1.643 3.809 5.957

EBITDA
O EBITDA (resultado antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) do Grupo Andrade Gutierrez atingiu
R$ 3,37 bilhões, contra R$ 2,13 bilhões em 2008. O aumento foi da ordem de 58,2%.

EBITDA
(em Milhões)

variação
2007 2008 2009 08/09
Engenharia e Construção 173 425 744 74,9%
Telecomunicações 676 985 1.983 101,3%
Concessões 598 715 672 -6,0%

Grupo Andrade Gutierrez 19


receita
operacional líquida EBITDA
(em milhões)
0,5% (em milhões)

15,0% 19,8%

43,0% 58,3%

21,9%
41,5%

R$ 6.029,6 Telecomunicações R$ 1.983,2 Telecomunicações

R$ 5.806,6 Engenharia e Construção R$ 743,9 Engenharia e Construção

R$ 2.105,3 Concessões R$ 672,2 Concessões

R$ 72,4 Outros

Endividamento
O endividamento líquido, no fim de 2009, era de R$ 5,95 bilhões, ante R$ 3,80 bilhões no ano de 2008, o que
representa um aumento de R$ 2,15 bilhões.

Destaques em 2009

- A área de Engenharia e Construção obteve o melhor resultado dos últimos 20 anos: um faturamento de
R$ 6,05 bilhões.

- A AG Telecomunicações registrou receita operacional bruta de R$ 9,12 bilhões, 99,7% acima de 2008, graças ao
desempenho de seu portfólio, formado por Oi, que consolidou as operações da Brasil Telecom, e Contax, ambas
líderes em seus setores de atuação.

- A AG Concessões alcançou R$ 2,97 bilhões de receita bruta. Conquistou o segundo ativo em aeroportos, por
meio da Aeris, gerenciadora do Aeroporto Internacional Juan Santamaría, na Costa Rica.

- O Consórcio Santo Antônio Energia recebeu da Project Finance Magazine o prêmio pela estruturação do maior e
melhor project finance do mundo, elaborado para a obra da Hidrelétrica Santo Antônio.

- A Andrade Gutierrez foi uma das signatárias da Carta Aberta ao Brasil sobre Mudanças Climáticas, um
compromisso público para combater o aquecimento global.

- Na área socioambiental, ganhou o Prêmio Petrobras/Engenharia de QSMS, na categoria Dutos, pela obra do
Gasoduto Coari-Manaus.

20 Relatório Anual 2009


Rodoanel Mário Covas,
São Paulo

Grupo Andrade Gutierrez 21


governança
CORPORATIVa

O Grupo Andrade Gutierrez mantém práticas de


governança corporativa sustentadas em três pilares:
estrutura de governança, transparência e melhores
práticas nas controladas. A ordem é aprimorar a
governança por meio de responsabilidade corporativa,
mecanismos de controle, clareza dos papéis,
formalização de políticas e códigos e administração
transparente, entre outras premissas. É consensual, na
estrutura de gestão do Grupo Andrade Gutierrez, que
as melhores práticas resultam em uma relação mais
eficaz com os stakeholders e embasam o crescimento
sustentável, priorizado pela empresa.

A política de governança do
Grupo Andrade Gutierrez segue Estrutura de governança
as melhores práticas para
atender às expectativas O Grupo Andrade Gutierrez S.A. é controlado por
dos stakeholders, o rumo três empresas, cada uma de propriedade de uma
certo para o crescimento das famílias sócias, que detêm partes iguais do capital
social. O Conselho de Administração é escolhido pelos
ordenado da organização proprietários de cada uma delas e é composto por
três representantes de cada empresa sócia: Sérgio
Lins Andrade (presidente), Álvaro Furtado de Andrade,
Angela Gutierrez, Cristiana Gutierrez, Eduardo Borges
de Andrade, João Pedro Amado Andrade, Laura Furtado
de Andrade, Marcos Amado Andrade e Rodrigo
Werneck Gutierrez.

22 Relatório Anual 2009


Todos os acionistas têm posição no Conselho, que formal de monitoramento. Além disso, o Conselho
define as metas estratégicas e as diretrizes a serem indicou três de seus membros, um de cada empresa
adotadas em todas as unidades de negócios e avalia sócia, para formar um Comitê Executivo e desenvolver
os planos operacionais e os resultados alcançados. um acompanhamento mais próximo das estratégias,
Nenhum dos membros do Conselho de Administração decisões e ações da organização.
da holding Andrade Gutierrez S.A. desempenha funções
executivas nas empresas do Grupo, dedicando-se à Há, ainda, uma Diretoria Executiva, formada por altos
macroestratégia institucional. executivos do Grupo Andrade Gutierrez, que dá suporte
aos conselheiros e orienta a execução, nas unidades de
A alta administração do Grupo é bastante aberta e as negócios, das diretrizes do Conselho de Administração. A
relações são informais. Se necessário, os executivos holding Andrade Gutierrez S.A. (AGSA), de capital fechado,
da empresa têm acesso direto aos conselheiros. Não reúne a presidência e as diretorias estratégicas: Finanças
há processos formais para assegurar que conflitos de Corporativas, Jurídico Corporativo, Desenvolvimento,
interesse sejam evitados, mas existe um Acordo de Investimentos e Relações Institucionais. A presidência
Acionistas que regula o direito de voto e estabelece da holding é ocupada, desde 2007, por um executivo não
regras para transferência de ações, além do consenso acionista, Otávio Marques de Azevedo, que ingressou
de que os membros das famílias sócias não podem na empresa em 1992. As unidades de negócios são
trabalhar ou prestar serviços a empresas do Grupo. conduzidas por profissionais de mercado.
Também não podem empreender negócios que sejam
concorrentes aos do Grupo. Em 2009, houve a segmentação societária em que
a Andrade Gutierrez Telecomunicações transitou da
A empresa utiliza o Balanced ScoreCard (BSC) AG Participações para a AGSA. Foi mais um passo de
– ferramenta de planejamento orientado e ajuste, que teve como objetivo reunir os negócios afins
acompanhamento do desempenho da corporação e segmentar as frentes de atuação, com foco em maior
– para a gestão de seus desafios e estratégias. É o governança corporativa e transparência. A AG Par abriga
instrumento utilizado pelo Conselho como mecanismo os ativos em novos negócios em infraestrutura.

Grupo Andrade Gutierrez 23


Melhores práticas
nas controladas

Disseminar a cultura de governança corporativa nas


controladas é um norte seguido continuamente. A
Andrade Gutierrez participa ativamente dos comitês de
negócios e com representação nos conselhos. O objetivo
é ter assento nos comitês para acompanhar a supervisão
e gestão dos investimentos, em temas como finanças,
recursos humanos, auditorias e riscos. E, ainda, observar
as práticas de governança e o alinhamento com os pilares
considerados como essenciais pela Andrade Gutierrez.

O Grupo Andrade Gutierrez mantém práticas regulares


alinhadas aos padrões de organismos bilaterais e
multilaterais, como International Finance Corporation
(IFC), European Development Fund (EDC), Confederação
Andina de Fomento (CAF), Banco Nacional de
Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Banco
Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Overseas
Private Investment Corporation (Opic).

As empresas investidas do Grupo Andrade Gutierrez são


reconhecidas pela ênfase em práticas de governança
corporativa, com a adoção de diretrizes e referências
valorizadas no mercado de capitais. A Companhia de
Concessões Rodoviárias (CCR) e a Light são listadas no
Novo Mercado da BM&FBOVESPA. Oi, Contax, Sanepar
e Cemig (nova investida, a partir de 2010) são
companhias abertas.

A Oi, a Light (empresa da carteira de negócios do Grupo


até dezembro de 2009) e a Cemig integram o Índice de
Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBOVESPA,
um indicador de referência para o investimento
socialmente responsável em que estão relacionadas
34 empresas dentre as emissoras das 150 ações mais
líquidas listadas na BM&FBOVESPA, que se destacam
por sua atuação e por seu comprometimento com o
desenvolvimento sustentável. A Cemig integra, ainda, o
Índice Dow Jones.

Desde agosto de 2009, a Oi é signatária do Pacto Global


das Nações Unidas. A iniciativa reforça a adoção de
valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas
áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio
ambiente e combate à corrupção.

Transparência

Apesar da não obrigatoriedade, a AGSA publica anualmente


suas demonstrações financeiras com o disclosure
por segmento. O Relatório Anual do Grupo Andrade
Gutierrez contém a análise detalhada da performance
de cada unidade de negócio, além do desempenho nos
âmbitos financeiro, ambiental e social. As demonstrações
financeiras e a íntegra do Relatório Anual podem ser
conferidas na homepage do Grupo.

24 Relatório Anual 2009


Grupo Andrade Gutierrez 25
gestão financeira
e de riscos

Conservadorismo e solidez financeira são coeficientes


da equação equilibrada que orienta o Grupo Andrade
Gutierrez. A atuação condicionada a essas premissas,
adotadas em todos os negócios, credencia a empresa
em meio às instituições financeiras para o crescimento
em função do boom de infraestrutura sinalizado para
os próximos anos. Ao longo de sua história, graças aos
riscos bem administrados e a uma gestão financeira
orientada a resultados, o Grupo conquistou uma imagem
de credibilidade e força empresarial diante de órgãos
financiadores nacionais e internacionais.

A Construtora Andrade Gutierrez, por meio de um


modelo bem-sucedido de gestão dos riscos, em
decorrência de uma carteira com bons projetos, baixa
inadimplência e um backlog expressivo, adota medidas
Os riscos financeiros aos quais
que minimizam a exposição aos mais diversos tipos de
a empresa busca proteção são riscos. Graças a esses fatores, consegue atingir elevada
os cambiais e de liquidez, taxa de retorno, por causa da atratividade de seus
eventuais oscilações de projetos sob o ponto de vista de capital investido, em
índices de preço e taxas que os riscos do investimento são mitigados por meio
de juros e risco de suas do apoio de instituições financeiras governamentais,
locais e globais, diminuindo a exposição ao risco.
contrapartes, sejam
elas instituições A política de gerenciamento de risco busca maximizar
financeiras ou não a forma de atuação do grupo econômico como um
todo, buscando, primeiramente, identificar ou criar
proteções naturais, ou seja, beneficiar-se das
correlações entre suas receitas e suas despesas nos
diversos negócios. A administração de riscos é realizada
por meio de definição de estratégias conservadoras,
que visam garantir a previsibilidade dos resultados da
empresa, preconizando, sempre, manter a liquidez de
seus ativos, a rentabilidade e a segurança do capital
dos acionistas.

São elaboradas análises periódicas de riscos financeiros


e, em caso de descasamento de fluxos, eles são
gerenciados com o uso de instrumentos financeiros de
proteção, buscando a melhor relação de custo de capital
de longo prazo. São utilizados instrumentos derivativos
com o propósito exclusivo de proteção (hedge) dos
riscos de variação cambial e flutuações das taxas de
juros, não fazendo uso de nenhum instrumento de
derivativo com caráter especulativo.

Um destaque no âmbito da gestão financeira foi a Santo


Antônio Energia receber da Project Finance Magazine o
prêmio pelo maior e melhor project finance do mundo,
elaborado para a obra da Hidrelétrica Santo Antônio.

26 Relatório Anual 2009


Metrô de São Paulo –
Linha 2

A estruturação posicionou-se como a primeira do Gestão de Seguros


ranking global Top 10 Project Finance Deals 2009.
A obtenção de garantias é forte facilitador para a viabilização
A concretização do project finance de R$ 6,13 bilhões, dos negócios, pois traz segurança institucional aos projetos e
com prazo de 25 anos, ocorreu em meio à crise eleva a confiança do investidor. Em 2009, o Grupo expandiu
econômica e foi o maior crédito concedido por um o seu limite de crédito para garantias após um bem-
órgão financeiro a um único projeto até então. -sucedido road show a resseguradores internacionais.
O intuito é aproveitar a abertura do mercado e as
Esse é um reconhecimento mundial de peso, que perspectivas de grandes contratos. Houve um aumento
veio coroar o alto investimento feito na formação de de mais de 50% na capacidade de emissão de garantias,
expertise em operações estruturadas, garantidas por um forte respaldo para os próximos investimentos.
instrumentos financeiros. Por se tratar de uma obra de
energia renovável, na Amazônia, ganha contornos ainda Aproveitando-se da consolidação do processo de
maiores, uma vez que referenda outros estudos de abertura do mercado segurador no Brasil, a empresa
financiamento semelhantes. passou a operar com um rol muito mais amplo de
seguradores e resseguradores de porte mundial.
Em 2009, a empresa honrou suas dívidas com A Andrade Gutierrez tem 100% de suas obras
pagamentos na ordem de R$ 700 milhões, mantendo a seguradas, inclusive em consórcio, no Brasil e na
sua robustez financeira. A dívida líquida da Construtora América Latina. O escopo de cobertura das apólices,
é negativa desde 2008. Em outra frente, o nível de principalmente as de riscos de engenharia e de
inadimplência tem diminuído constantemente e, responsabilidade civil, é conservador, considerando
atualmente, encontra-se entre os níveis historicamente de forma bastante criteriosa os riscos inerentes e
mais baixos, sem gerar, dessa forma, impactos no específicos relacionados a tipos de empreendimentos,
fluxo dos negócios. proteção às pessoas e patrimônio empresarial.

Grupo Andrade Gutierrez 27


Responsabilidade Social

A Andrade Gutierrez gerencia os riscos de responsabilidade social em sua cadeia de fornecedores, evitando situações
em que possa ser corresponsável por violações aos direitos humanos. Para tanto, a empresa possui um procedimento
interno que orienta a avaliação de riscos, tais como: trabalho infantil, trabalho forçado e compulsório, discriminação,
ameaça à liberdade de associação, condições inadequadas de saúde e segurança, práticas disciplinares, remuneração
injusta e horário de trabalho ilegal. Para cada grau de risco detectado, há uma série de documentos para comprovação
de idoneidade, forma de gestão específica e determinação de ações para os casos de não atendimento aos princípios
e necessidades da empresa. Para os casos nos quais a AG detecta a existência de risco intolerável, a contratação do
fornecedor é vetada ou, caso já estiver contratado, o fornecimento é cancelado e são definidas ações de reparação
imediatas. Em 2009, não houve nenhuma situação em que foram detectados fornecedores com risco intolerável.

28 Relatório Anual 2009


Projeto Bayóvar, Peru

Grupo Andrade Gutierrez 29


negócios do grupo

Engenharia
e construção

75%
6,05
foi o aumento do EBITDA
no segmento de R$
Engenharia e Construção

bilhões foi o
faturamento em 2009

30 Relatório Anual 2009


Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves: marco para a Andrade Gutierrez
e para Minas Gerais

Grupo Andrade Gutierrez 31


negócios do grupo | engenharia e construção

No segmento de Engenharia e Construção, a


Construtora Andrade Gutierrez S.A. atua no Brasil e na
América Latina e a Zagope Construções e Engenharia
S.A., sediada em Lisboa, opera nos continentes europeu,
africano e asiático. Juntas, as duas empresas do Grupo
alcançaram, em 2009, a marca de R$ 6,05 bilhões de
receita bruta, o melhor resultado dos últimos 20 anos,
um aumento de 39,2% na comparação com 2008
(quando foram registrados R$ 4,34 bilhões). Da receita
operacional bruta, 60,9% foram obtidos no Brasil.

O resultado operacional bruto fechou em R$ 1 bilhão,


41,6% superior aos R$ 711 milhões obtidos em 2008.
O EBITDA somou R$ 743,9 milhões, um crescimento
de 75% sobre o período anterior. O backlog (saldo
de contratos da empresa) foi mantido em patamar
O backlog foi mantido elevado, a exemplo de 2008, chegando a R$ 9,4 bilhões
em patamar elevado, a no Brasil e R$ 7,1 bilhões na América Latina. No total,
a Construtora Andrade Gutierrez acumula um backlog
exemplo de 2008,
de R$ 16,5 bilhões, correspondente a três anos de
chegando a R$ 9,4 bilhões operação, um dado expressivo no setor. O backlog da
no Brasil e R$ 7,1 bilhões Zagope soma R$ 4 bilhões.
na América Latina.
O backlog da Zagope
soma R$ 4 bilhões

Metrô de São Paulo – Linha 4

32 Relatório Anual 2009


engenharia e construção indicadores
(em Milhões)

variação
2004 2005 2006 2007 2008 2009 08/09
Receita operacional bruta 1.708 1.773 2.336 2.571 4.346 6.050 39,2%
EBITDA 143 33 32 173 425 743,9 75,0%
Resultado operacional bruto 383 311 311 376 711 1.007 41,6%

engenharia e construção evolução da carteira de contratos


(em Milhões)

variação
2004 2005 2006 2007 2008 2009 08/09
Total 4.556 6.495 8.198 9.451 21.974 20.594 -6,3%

Refinaria Gabriel Passos, Minas Gerais

Grupo Andrade Gutierrez 33


negócios do grupo | engenharia e construção

construtora andrade gutierrez

O salto no nível da operação representa a consolidação parceira no desenvolvimento dos projetos, de modo a trazer
de um planejamento de crescimento feito em 2003, benefícios nos vários aspectos que compreendem uma obra:
quando a Andrade Gutierrez revisou suas metas de longo melhores práticas de engenharia, tecnologias modernas,
prazo, ao analisar o ambiente de oportunidades e as capacidade logística, cumprimento dos prazos, processos
potencialidades da empresa. Em 2009, foram superadas internos, qualidade, respeito ao meio ambiente, proteção do
as metas de contratação e de faturamento. São trabalhador e redução dos custos, entre outros. Em toda
resultados que apontam uma performance relevante, em obra há sempre uma inovação, que pode ser de um pequeno
um ano que ainda teve resquícios da crise econômica ajuste técnico até uma tecnologia pioneira.
mundial e em sintonia, na verdade, com a robustez e a
forte reação do Brasil diante das incertezas globais. Em razão da preocupação permanente com a melhor
entrega, surgem reconhecimentos como o segundo ano
O desempenho projetado para 2013 vem sendo consecutivo em que a empresa foi premiada pela Petrobras
antecipado, ano a ano. O mérito passa pela união de por suas qualificações em qualidade, meio ambiente, saúde
dedicação e qualificação das pessoas, como, também, e segurança do trabalho, no Gasoduto Coari-Manaus,
pelas ferramentas de gestão, como o BSC, que entregue em 2009 e emblemática pelos desafios vencidos
permitem um acompanhamento rigoroso de toda a em tecnologia, logística e práticas excelentes em gestão
cadeia operacional. Trata-se de uma série de aspectos de processos. Em 2009, a Andrade Gutierrez prosseguiu
adicionais à atuação de uma empresa que, ao longo com a execução de mais seis obras para a Petrobras,
de seus 61 anos, adquiriu reconhecida qualificação como Refinaria Gabriel Passos, Refinaria Landulpho Alves
técnica, capacidade de execução de projetos de diversos de Mataripe, Refinaria do Planalto Paulista, Túnel Gasduc
níveis de complexidade no setor de infraestrutura e III, Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro e Centro
empreendimentos realizados em mais de 30 países. Integrado de Processamento de Dados TI.

A estratégia é de participação em projetos estruturados, Também impulsionam o setor as obras relacionadas


com recursos garantidos, que tragam resultado para o no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em
cliente e para a própria Andrade Gutierrez. Um ponto sintonia com as demandas em infraestrutura necessárias
decisivo é o investimento contínuo no relacionamento para sustentar o desenvolvimento nacional, como a Ferrovia
com o cliente. Mais do que atender, a ordem é entender as Norte-Sul, e as obras de urbanização e melhorias sociais,
necessidades e prover soluções diferenciadas, nos prazos a exemplo do complexo de Manguinhos, no Rio de Janeiro.
acordados. O cliente deve enxergar o Grupo como uma O desenvolvimento de infraestrutura para o crescimento

Santos Terminal Brasil


de Contêineres, São Paulo

34 Relatório Anual 2009


Grandes
números em mais
de 60 anos de
história

do País passa pela construção de portos, notadamente no metrôs


Sul do Brasil, onde a Andrade Gutierrez atua em Itapoá e 17 projetos
Extensão total: 91 km
Imbituba, no Sudeste, em Santos, e no Nordeste, como
Suape. As linhas de metrô, que representam investimentos
importantes das administrações públicas na questão da trens
mobilidade urbana, são executadas em São Paulo (duas 17 projetos
Extensão total: 360 km
linhas simultaneamente), Rio de Janeiro, Salvador e Porto
Alegre. Outra obra emblemática é o Rodoanel, anel viário
portos
que circundará a capital paulista quando estiver concluído
26 projetos
em todos os seus trechos. Docas, píeres e cais: 412.000 m²

No âmbito energético, a AG está presente na maior obra


aeroportos
no País, a Hidrelétrica Santo Antônio, e na construção 17 projetos
das Hidrelétricas de Simplício e de São Salvador, esta Área das pistas: 1.147.850 m²
concluída em 2009. Em Santo Antônio, os resultados
superam a previsão, e o andamento do cronograma de edificações
execução indica a antecipação da geração. A Andrade 47 projetos
Gutierrez retomou, em 2009, as obras da usina nuclear Área construída: 2.464.000 m²

Angra 3, um setor em que é reconhecida pela alta


qualificação e pelo conhecimento tecnológico. saneamento
64 projetos
Construção e retificação de canais: 170 km
A Andrade Gutierrez destaca-se pela expertise
desenvolvida em estudos de viabilidade para
hidrelétricas, em que há um manancial de oportunidades irrigação
19 projetos
no Brasil. Em 2009, a Construtora continuou Canais: 584 km
investindo na avaliação e nos estudos de viabilidade,
associada a players do setor, por meio de memorandos
rodovias, pontes e viadutos
de entendimento para o desenvolvimento de
284 projetos
aproveitamentos futuros por grupos competitivos, Extensão total: 17.000 km
que somam esforços, habilidades e experiências.
refinarias
6 projetos

geração de energia
24 projetos
Potência instalada: 19 GW

termelétricas
6 projetos
Potência instalada: 2,76 GW

gasodutos
7 projetos
Extensão: 1.190 km

construção de estaleiro/navios
1 projeto
Sondas terrestres: 4 unidades
Sondas marítimas: 2 unidades

MINERAÇão
e siderurgia
10 projetos

Grupo Andrade Gutierrez 35


negócios do grupo | engenharia e construção

américa latina

Na América Latina, houve um salto no volume indústria do petróleo. Na siderúrgica, a Andrade Gutierrez
de contratos como resposta à estratégia de responde pelo projeto de engenharia até a montagem
desenvolvimento de oportunidades e evolução da eletromecânica e a partida da operação. É utilizada alta
performance nos setores prospectados. O faturamento, tecnologia no conceito siderúrgico, para produzir um
nos mercados da área, cresceu 60% em relação a aço de qualidade especial, em uma planta compacta e
2008; o lucro líquido de R$ 104,12 milhões representa totalmente automatizada, de forma a garantir segurança
um aumento de 243% na comparação com o mesmo e produtividade. O Estaleiro Nor-Oriental será o maior
período (R$ 30,31 milhões, em 2008). da América do Sul, com capacidade para construção
e reparação de embarcações petroleiras de grande
Em 2009, foram dados os passos decisivos para duas calado. O escopo envolve a elaboração do projeto básico
obras representativas e inéditas na Venezuela, ambas e executivo, a construção civil e o fornecimento e a
100% controladas pela Andrade Gutierrez. A empresa montagem dos equipamentos. Foram feitos estudos
atuará de ponta a ponta na execução de uma siderúrgica ambientais, sísmicos, meteorológicos e geotécnicos,
completa e de um estaleiro, que serão entregues já além de sondagens em água.
em operação. São desafios que abrangem tecnologia,
planejamento logístico, montagem de estrutura para a No Peru, a Andrade Gutierrez manteve sua participação
execução, uso de softwares modernos e qualificação da no mercado em obras como as grandes rodovias que
mão de obra local, uma vez que a empresa responde até atravessam o país e integram a América do Sul (Irsa Sul e
pelo treinamento do pessoal responsável pela operação. Norte), além da conclusão da terraplenagem e do início da
primeira etapa da planta de dessalinização da água do mar
São duas obras fundamentais para a estratégia de em Bayóvar, para a subsidiária local da Vale. No Equador,
crescimento da Venezuela, sustentada na força da executa o Novo Aeroporto Internacional de Quito, uma

Área de construção do Estaleiro


Nor-Oriental, Venezuela

36 Relatório Anual 2009


obra que vai transformar o potencial de transporte de conhecimento na Construtora Andrade Gutierrez. Baseia-
passageiros e de carga nesse país. -se principalmente na Lei 11.196/05, conhecida como “Lei
do Bem”, que reconhece as atividades ligadas à inovação
Há projetos importantes na República Dominicana, tecnológica como estratégicas para o País e as estimula
com forte aspecto social, caso da hidrelétrica de Las por meio de significativas reduções de impostos federais.
Placetas, em execução, que vai melhorar o sistema
energético do país. A novidade, em 2009, foi o Projeto A Construtora foi incluída em 2009 no Relatório Anual
Múltiplo Montegrande, que compreende controle de da Utilização dos Incentivos Fiscais, publicado pelo
inundações, abertura de 20.000 hectares de novas Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), referente a
áreas de irrigação, recuperação de 24.000 hectares de investimentos em projetos em 2008. Fez parte, assim,
áreas irrigadas existentes, geração de 68.6 GWh/ano e da reduzida lista de empresas brasileiras que procuram
abastecimento de água potável para toda a região. Ainda investir, cada vez mais, em pesquisa, desenvolvimento e
no Caribe, a Andrade Gutierrez avançou nas negociações inovação tecnológica. Com isso, obteve uma redução no
para a retomada do Aeroporto de Antígua. No México, seu imposto de renda, oriunda dos benefícios da “Lei do
executou o empreendimento Baluarte Presídio. Bem”, decorrente da implementação de sete projetos de
inovação tecnológica.

Inovação na construtora No ano de 2009, houve a ampliação dos investimentos


andrade gutierrez para 56 projetos*, que farão a empresa aumentar o
benefício obtido no ano anterior.
O Programa Andrade Gutierrez de Inovação Tecnológica
(PAGIT) tem como objetivo a gestão da inovação e do * Projetos desenvolvidos nas obras listadas no Anexo 5, página 97

Grupo Andrade Gutierrez 37


negócios do grupo | engenharia e construção

Perspectivas

Para o ano de 2010, a empresa está atenta a grandes projetos são necessários para manter o ritmo de
oportunidades expressivas, como a consolidação do crescimento previsto para o País (5,1% ao ano).
programa do pré-sal, em que haverá, no curto horizonte,
diversificados e novos negócios. Estimulada pelas previsões Em um setor com grande manancial de novos projetos, a
de exploração das reservas, com serviços e equipamentos, Andrade Gutierrez dedica-se aos estudos de viabilidade de
como a construção de sondas de perfuração, plataformas e oportunidades, que envolvem processos como realização
embarcações de apoio, a Andrade Gutierrez está preparada de medições para análises ambientais, ciclo hidrológico,
para ampliar seu espaço no mercado de offshore. Ainda na engenharia, topografia e geografia. São estudos que visam
área industrial, há perspectivas consideráveis, como novas ao Brasil e ao exterior, neste caso, em parceria com a
refinarias, gasodutos, mineração e siderurgia. Eletrobras, em países vizinhos da América Latina e com
chances promissoras para esse tipo de execução.
Ao longo dos anos, a empresa manteve sua participação
expressiva na implantação de hidrelétricas, a grande É o caso do Peru, que tem uma riqueza hidráulica
base da matriz energética brasileira. A meta inclui, ainda, enorme. Foram mapeados mais de 7.500 MW, visando
ampliar a fatia de presença na execução de termelétricas expandir as fronteiras. Vislumbram-se possíveis
e usinas nucleares, duas fontes importantes para a projetos, em análises feitas em conjunto com a
composição da matriz energética brasileira. Outro Eletrobras, sustentadas no apoio do BNDES aos projetos
segmento de interesse é o de linhas de transmissão. estruturantes no exterior, por meio da exportação de
serviços, como forma de alavancar a indústria nacional.
Dessa forma, a Andrade Gutierrez pretende atuar em
toda a cadeia energética em um setor que permanece À medida que o Brasil cresce, os programas de
com viés positivo. O Plano Decenal de Energia para o desenvolvimento de infraestrutura se consolidam, com
período 2010-2019, divulgado pela Empresa de Pesquisa novos empreendimentos. Há oportunidades para a
Energética (EPE), estima que, para atender à demanda, a ampliação de infraestrutura em segmentos como portos,
capacidade instalada do sistema de geração de energia ferrovias, rodovias, túneis e obras de urbanização.
elétrica terá de aumentar 6.300 MW por ano. Os Existem expectativas, ainda, quanto à definição de

38 Relatório Anual 2009


políticas para a execução de aeroportos e projetos
de saneamento. A Andrade Gutierrez é forte player
nesses segmentos.

A Construtora está preparada para as perspectivas


que se delineiam por conta dos eventos esportivos no
Brasil, como Copa do Mundo e Olimpíadas. São previstos
investimentos de peso em estádios, infraestrutura
necessária e mobilidade, com foco em metrô, monotrilho
e corredor de ônibus, entre outros. O cenário se
fortalece, ainda, em razão do compromisso do governo
federal, suportado por iniciativas favoráveis dos bancos
financiadores em um momento no qual estão em análise
os projetos de infraestrutura para o País crescer.

Na América Latina, os movimentos de prospecção


significam a retomada de mercados onde a Andrade
Gutierrez já atuou, como a Argentina, país com maior
cenário em novos negócios, e a Colômbia. Para
chegar a esse ponto, a empresa investiu em estudos
de mercado, estratégias de atuação, viabilidade de
investimentos e garantias de pagamento. São
analisadas, ainda, oportunidades em países do
Caribe, onde há expressivas chances de negócios
em infraestrutura, em que a capacidade técnica
da Andrade Gutierrez pode ser aproveitada.

Angra 3,
Rio de Janeiro

Grupo Andrade Gutierrez 39


negócios do grupo | engenharia e construção

projetos em destaque | brasil

Hidrelétrica Santo Antônio | Rondônia


Santo Antônio Energia S.A.
Maior obra em energia no Brasil. Localizada no rio Madeira, em Rondônia, próximo ao Acre e à Bolívia, merecerá o
título de uma das maiores do Brasil em potência instalada, com 3.150 MW. Tecnologia de ponta para minimizar os
impactos ambientais e soluções de engenharia que aproveitam as características locais são alguns dos diferenciais.
(Leia mais na página 64).

R e f i n a r i a d o P l a n a lt o P a u l i s ta | S ã o P a u l o
Petrobras
Em Paulínia, no interior de São Paulo, a obra de interligações da carteira de gasolina é a primeira 100% AG no
segmento de refinarias. O escopo engloba os serviços de detalhamento do projeto, fornecimento de equipamentos e
materiais, construção civil, montagem eletromecânica, condicionamento, pré-operação, assistência à partida e apoio
à operação das interligações de processo e utilidades.

Complexo de Manguinhos | Rio de Janeiro


Governo do Rio de Janeiro
As obras de urbanização consistem na elevação de uma via férrea de 1.740 metros em
um viaduto, que hoje corta a comunidade local, facilitando a integração dos moradores
e o acesso na região. Também está prevista a construção de escolas, parque aquático e
quadra de esportes, além de 1.774 moradias, em uma área densamente habitada, com
grandes benefícios sociais.

40 Relatório Anual 2009


T ú n e l G a s d u c III | R i o d e J a n e i r o
Petrobras
Executado em apenas 12 meses, o túnel Gasduc III tem extensão de 3.758 metros,
para um gasoduto de 38 polegadas e vazão de 40 milhões de m3 por dia. Interligará
a unidade de recebimento e tratamento de gás de Cabiúnas à Refinaria de Duque
de Caxias (Reduc). Destaque para a construção do túnel na serra dos Gaviões, em
Cachoeiras de Macacu, que minimiza o impacto ambiental na região de mata.

G a s o d u t o C o a r i - M a n a u s | Am a z o n a s
Petrobras
Em plena Floresta Amazônica, foi uma das obras mais desafiadoras pela exigência em soluções em engenharia,
logística e sistema de gestão, que precisaram ser implantadas em área de difícil acesso e solo instável. O trabalho
consistiu na construção de 196,7 quilômetros de gasoduto com 20 polegadas de diâmetro, com serviços de
verificação e consolidação dos projetos básico e executivo, desmatamento e montagem da linha tronco e ramais,
suprimento de materiais e equipamentos, testes, condicionamento, pré-operação e operação assistida.

Hidrelétrica de Simplício | Rio de Janeiro


Furnas Centrais Hidrelétricas S.A.
A Construtora participa da construção da usina no rio Paraíba do Sul, entre Sapucaia do Sul e Três Rios, no Rio
de Janeiro, e Chiador e Além Paraíba, em Minas Gerais. Com potência instalada de 333,7 MW, o empreendimento
compreende a execução das obras civis, com queda única e barramento na usina Anta (28 MW) e usina Simplício
(305,7 MW), canais, túneis e diques (de 30 quilômetros).

Refinaria Gabriel Passos | Minas Gerais


Petrobras
A ampliação e a modernização se destacam pelo grau de complexidade do projeto de engenharia. O empreendimento
visa adequar a produção de gasolina às exigências do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), que
determinam alterações nas características finais da gasolina produzida para reduzir a emissão atmosférica de enxofre
por meio da queima do combustível.

Grupo Andrade Gutierrez 41


negócios do grupo | engenharia e construção

Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro | Rio de Janeiro


Petrobras
Maior obra de terraplenagem do Brasil (volume final de 50 milhões de m³ e mais de 800 equipamentos em uso),
na região de Itaboraí, no Rio de Janeiro. Estão previstas a prestação de serviços para a unidade de coqueamento
retardado, a construção do pátio de manuseio e armazenamento de coque e as subestações elétricas unitárias, com
capacidade de 7.640 toneladas por dia.

R o d o a n e l M á r i o C ova s | S ã o P a u l o
D e s e n v o lv i m e n t o R o d o v i á r i o S . A . ( D e r s a )
A Andrade Gutierrez participou da construção do Lote 1 (entre a Via Anchieta e Mauá) do trecho Sul do Rodoanel.
Trata-se de uma alternativa para veículos de grande porte, para desafogar o fluxo de cargas na capital paulista. A obra
exigiu planejamento e cuidado com as questões ambientais, como não comprometer, com detritos, a qualidade da
água do Reservatório Billings (responsável pelo abastecimento da capital paulista).

C i d a d e A d m i n i s t r at i v a P r e s i d e n t e Ta n c r e d o N e v e s | M i n a s G e r a i s
C o mp a n h i a d e D e s e n v o lv i m e n t o Ec o n ô m i c o d e M i n a s G e r a i s ( C o d e m i g )
Após dois anos em obras, foi inaugurada em março de 2010. Marco para a Andrade Gutierrez e para o Estado,
o empreendimento abriga o Palácio do Governo, as secretarias estaduais e os órgãos da administração direta e
indireta, em uma área total de 800 mil m². A Andrade Gutierrez construiu uma torre de 17 pavimentos, o centro de
convivência e a central de água gelada.

E s ta ç ã o d e T r ata m e n t o d e E s g o t o d a B a i x a d a S a n t i s ta | S ã o P a u l o
C o mp a n h i a d e S a n e a m e n t o B ás i c o d o Es ta d o d e S ã o P a u l o ( S a b e sp )
A Andrade Gutierrez foi responsável pelo projeto de execução de quatro Estações de Tratamento de Esgoto nos
municípios paulistas de Itanhaém, Mongaguá e Peruíbe. A obra do Programa Onda Limpa beneficiou 1,6 milhão de
pessoas, permitindo que 95% do esgoto da região passe pelo saneamento.

I g a r a p é s d e M a n a u s | Am a z o n a s
G o v e r n o d o Am a z o n a s
O projeto conta com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Em 2009, foi iniciada
a segunda etapa de obras e serviços de recuperação ambiental e requalificação urbanística, que compreende
macrodrenagem e microdrenagem, sistema viário, quatro viadutos, cinco pontes e quatro passarelas. Serão
construídas mais de mil habitações e três parques, além de 150 quilômetros de redes de esgoto, 24,2 mil ligações
domiciliares, quatro estações de tratamento de esgoto e dois reservatórios de água.

Usina Nuclear Angra 3 | Rio de Janeiro


Eletronuclear
Em 2009, foi assinado o aditivo contratual para a retomada da construção civil do empreendimento, que entrará em
operação comercial em maio de 2015, podendo gerar 1.350 MW de energia firme, limpa e assegurada. Para assegurar
a estanqueidade e o isolamento dos prédios nucleares, foi montada uma estrutura de quase 10 mil m2 de área para
o trabalho de impermeabilização da fundação, testada em laboratório por meio de ensaios em situações de esforços
diferentes, inclusive de sismos.

F e r r o v i a N o r t e - S u l | G o i ás e T o c a n t i n s
Va l e c E n g e n h a r i a , C o n st r u ç õ e s e F e r r ov i a s S . A .
Com três lotes – um em Goiás e dois em Tocantins –, a Andrade Gutierrez executa os serviços de infra e
superestrutura. O trecho sob responsabilidade da Construtora compreende 282 quilômetros de extensão e faz parte
do projeto de integração ferroviária de 5 mil quilômetros de conexões do Norte e Nordeste ao Sul e Sudeste do
Brasil. Foi importada tecnologia de ponta da Itália para montar uma fábrica de dormentes, com produção de mais de
800 unidades/dia.

42 Relatório Anual 2009


Metrô de Porto Alegre | Rio grande do sul
t r e n s u r b – Emp r e s a d e T r e n s U r b a n o s d e P o r t o A l e g r e
A expansão da linha 1 beneficiará toda a comunidade do Vale dos Sinos, que inclui cidades
como São Leopoldo, Esteio e Novo Hamburgo, desafogando o trânsito na BR-116,
rodovia federal que corta a Grande Porto Alegre. São 9,3 quilômetros de circuito em via
elevada, além de quatro estações e infraestrutura para uma futura estação.

L u z P a r a T o d o s | M at o G r o ss o , M i n a s G e r a i s e P a r á
C e n t r a i s E l é t r i c a s M at o g r o ss e n s e s ( C e m at ) , C o mp a n h i a E n e r gé t i c a d e M i n a s
Gerais (Cemig) e Grupo Rede
A Andrade Gutierrez consolidou-se como referência em gestão do Programa Luz para Todos, executado em Minas Gerais,
Pará e Mato Grosso, ao longo do ano. O programa tem como objetivo acabar com a exclusão elétrica na zona rural.

Linha 4 do Metrô de sÃo paulo | São Paulo


C o mp a n h i a d o M e t r o p o l i ta n o
Batidos recordes de produtividade de via permanente na história do metrô paulistano e utilizado o maior Shield em
escavação de túneis no Brasil (ao lado da escavação mecânica NATM). Foram concluídas as escavações e as estações
Butantã, Paulista e Faria Lima, além das obras civis de via permanente nos túneis, entre o Pátio Vila Sônia e a Estação
Paulista. São executadas, ainda, as estações Luz, República e Pinheiros, além das interligações e dos acessos.

Santos terminal brasil de contêineres | São Paulo


Brasil Terminal Portuário
A Andrade Gutierrez executa o Terminal de Contêineres e Líquido da Alemoa, no Porto de Santos, no litoral paulista.
O escopo envolve a construção de 1.109 metros de cais, 380 mil m2 de retroárea pavimentada sobre aterro e
16.500 m2 de edificações. Foram realizados nove estudos em geotecnia para que fosse possível chegar a um projeto
que permite executar a retroárea pavimentada no menor prazo e volume de material para aterro de sobrecarga.

Grupo Andrade Gutierrez 43


negócios do grupo | engenharia e construção

projetos em destaque | amÉrica latina

Siderúrgica Nacional | Venezuela


Emp r e s a B ás i c a S i d e r ú r g i c a N a c i o n a l
Do projeto de engenharia à montagem eletromecânica e à partida da operação, a Andrade Gutierrez responde pela
construção da primeira siderúrgica completa fora do Brasil, uma planta compacta, totalmente automatizada e com
moderna tecnologia. A obra diminuirá a dependência do aço importado para a indústria local. A Siderúrgica Nacional
terá capacidade para processar 1,5 milhão de toneladas de aço líquido por ano. Em 2009, houve um importante
avanço na terraplenagem e no projeto básico de engenharia.

E s ta l e i r o N o r - O r i e n ta l | V e n e z u e l a
Petróleos de Venezuela S.A. (PDVSA)
O Estaleiro Nor-Oriental marcou a estreia da Andrade Gutierrez no país. O escopo da obra inclui os projetos básico
e executivo e a construção, o fornecimento e a montagem dos equipamentos eletromecânicos, para a construção e
a reparação de petroleiros de grande calado. O estaleiro faz parte da estratégia do governo venezuelano de ampliar a
exportação de petróleo em volume e para destinos como a Ásia, tornando-o mais independente na cadeia industrial e
comercial. Será o maior estaleiro da América do Sul.

Baluarte-Presídio | México
Fundo de Infraestructura Hidráulica de Sinaloa
A obra de Picachos, que é parte do complexo hidráulico de Baluarte-Presídio, marcou a
retomada de empreendimentos nesse país. O escopo do projeto envolve a construção de
barragens e a irrigação de uma área de mais de 60 mil hectares de produção agrícola, com o
abastecimento de água potável para a cidade de Mazatlán, em Sinaloa, no litoral.

44 Relatório Anual 2009


P r o j e t o B ay ó v a r | P e r u
M i s k i M ay o S . A .
Em Bayóvar, ao norte do Peru, a empresa executa a construção e a operação de
um sistema de abastecimento de água salgada e dessalinizada que integra a Planta
Concentradora de Fosfato da Concessão de Bayóvar, da Miski Mayo, subsidiária da
mineradora Vale. O projeto envolve a construção de estruturas para a captação de
água do mar, linha de impulsão, reservatórios, planta de dessalinização e tanques de
armazenamento de água.

N o v o A e r o p o r t o I n t e r n a c i o n a l d e Q u i t o | Eq u a d o r
Corporación Quiport
A Andrade Gutierrez realiza a maior obra de engenharia do Equador, o Aeroporto Internacional de Quito. O projeto
abrange a construção de pista, terminal de passageiros, terminal de cargas, hangar, armazéns, torre de controle,
edifício administrativo, área de manutenção e estacionamento. A altitude é um desafio, já que o aeroporto localiza-se
a 2.400 metros acima do nível do mar.

Interoceânica Sul | Peru


M i n i s t é r i o d e T r a n sp o r t e s e C o m u n i c a ç õ e s d o P e r u
Construída em uma região de terreno acidentado e características geológicas e climáticas variadas (altitudes,
temperaturas extremas e muita chuva), a obra compreende a construção e a reabilitação de trecho da Carretera
Interoceánica Sur, que ligará o Acre aos portos peruanos.

H i d r e l é t r i c a d e L a s P l a c e ta s | R e p ú b l i c a D o m i n i c a n a
C o r p o r a c i ó n D o m i n i c a n a d e Emp r e s a s E l e c t r i c a s E S T
A obra vai melhorar o sistema energético do país sem afetar o meio ambiente. Também reduzirá os custos de
geração, bem como a tarifa final para os usuários. O empreendimento contará com 28 quilômetros de túneis e as
barragens de Sabaneta e Los Limones, com potência de 87,6 MW.

Grupo Andrade Gutierrez 45


negócios do grupo | engenharia e construção

zagope

O ano de 2009 caracterizou-se pela crise financeira um parceiro, contribuindo para o desenvolvimento
mundial, que repercutiu de forma intensa em Portugal, econômico e social da região.
país que depende largamente das relações com o
mercado internacional. Como consequência, e agravado No mercado espanhol, a Zagope consolidou a sua
pelo calendário político português, o setor de atividade presença como uma empresa especializada em obras
principal da Zagope, a construção de obras públicas, subterrâneas e obteve dois novos contratos no âmbito
revelou uma forte estagnação, o que explica o resultado da expansão da Linha de Alta Velocidade. Na Galiza,
da empresa em Portugal. Pelo oitavo ano consecutivo, a execução do Túnel da Burata encontra-se em fase
o investimento público nas obras de engenharia civil de conclusão.
diminuiu. O ciclo recessivo da indústria da construção
comprometeu os objetivos e resultados esperados O plano ambicioso de investimentos, lançado pelo
pela Construtora. governo espanhol para criar uma das mais sofisticadas
e modernas redes de alta velocidade e de autoestradas
Nessa conjuntura, revelou-se fundamental a estratégia do mundo, proporciona a aplicação dessa estratégia
que a Zagope implantou em 2004, quando decidiu definida pela Zagope.
apostar na expansão internacional da empresa. No
final de 2009, verificaram-se resultados bastante Em Angola, o Grupo está presente desde 2005 e
animadores, com um crescimento considerável da participa da construção de várias vias rodoviárias e
sua receita operacional bruta para R$ 1,61 bilhão, urbanas nas províncias de Huíla, Cuando Cubango e
e com mais de 80% desse resultado realizado no Luanda, bem como da construção da via expressa
mercado internacional (um crescimento de 33,9% em entre Luanda e Viana, que serve o Aeroporto
comparação com o ano anterior). O EBITDA fechou com Internacional de Luanda. Outra obra fundamental,
um aumento de 99,2%, em R$ 291,7 milhões. inaugurada recentemente, é a reabilitação do Aeroporto
Internacional de Lubango. Apesar do clima de crise,
O ano de 2010 traz a expectativa de que o ciclo de para 2010 as perspectivas são muito positivas, com
crise se inverta e sejam retomados o estabelecimento projetos nos setores da energia e águas, transportes
e o incremento do investimento, sobretudo nas obras e habitação nesse país.
de infraestrutura, que se espera que representem um
impulsionador da produção no setor, em especial sob a Na Argélia desde 2005, a empresa concentra-se
forma de concessões e/ou parcerias público-privadas. no setor de obras de infraestrutura pública. A crise
internacional teve impacto expressivo na economia
As concessões rodoviárias e o programa da Rede de argelina e consequente abrandamento no lançamento
Alta Velocidade, iniciados durante 2008 e sem qualquer de novas obras, assim como adiamentos da entrada
impacto em 2009, podem ser retomados. Outros em vigor de novos contratos. Ainda assim, a Zagope
projetos prestes a sair permitem encarar os próximos conseguiu dois contratos importantes em 2009:
anos com otimismo. Entre eles estão a ampliação da a construção de um trecho do Metrô de Argel e
rede do Metrô do Porto, a renovação de trechos na Rede de um aterro sanitário, também em Argel. Devem
Convencional para a Refer, o desenvolvimento do Plano ser ressaltadas, também, a conclusão das obras da
Nacional de Barragens e o plano de investimentos da Barragem de Boussiaba e da ampliação do Aeroporto
Energias de Portugal (EDP), com novas barragens para de Es-Senia-Oran e a estreia da empresa em obras de
construir e o reforço de potência de outras já existentes um gasoduto. Na estratégia de internacionalização da
- e, ainda, o Novo Aeroporto de Lisboa. Zagope, a atividade na Argélia é prioritária, até porque se
prevê um crescimento da sua economia na ordem de 4%
A presença da Zagope no mercado externo apresenta ao ano (segundo o Banco Mundial).
uma atividade diversa e intensa, com importância
comercial fundamental para a empresa. Com atuação na No ano de 2009, a Zagope iniciou sua operação em
Espanha, forte representação no continente africano e Moçambique, com o propósito de participar do programa
atuando, também, no Oriente Médio, a empresa adapta- de modernização e ampliação das infraestruturas do
-se aos diversos países, reconhece suas necessidades país, principalmente no campo das obras públicas.
em obras de engenharia civil e apresenta as respostas Com um crescimento projetado de 5,8% para o ano de
mais adequadas às situações. 2010, Moçambique torna-se um destino relevante para
a Zagope. Em 2010, a empresa pretende se consolidar
Nos países onde opera, a Zagope utiliza todos os nos setores rodoviário, energético e de saneamento
seus recursos e capacidades para se implantar como nesse país.

46 Relatório Anual 2009


Barragem de Boussiaba, Aeroporto de Mukanka -
Argélia Lubango, Angola

A República do Congo atravessa um momento político e A Construtora realizou o projeto de planejamento


econômico importante – o país passou recentemente a e urbanização da cidade, que inclui obras como a
ser considerado PPTE (Pays Pouvres Endetes), portanto, requalificação de escolas, de postos de saúde e de
com grande parte da sua dívida perdoada. O Grupo campos desportivos e a formação de mão de obra.
voltou a trabalhar no país depois de uma ausência de
mais de 20 anos e já concluiu a obra de Kombo- O ano de 2009 marcou o início das operações no
-Moukondo. Atualmente, executa o projeto de ravinas mercado de obras de infraestrutura na Líbia, na capital
em Brazzaville e também foi adjudicada a obra da Trípoli. Com a quarta maior reserva petrolífera e
estrada de Makoua-Etoumbi, com 98 quilômetros de perspectivas de crescimento sustentado, é um mercado
extensão. Em 2010, foi conquistada a obra de Boundji/ estratégico para a internacionalização do Grupo.
Ewo, além da pavimentação de ruas de Brazzaville.
Por fim, a Zagope está presente no Oriente Médio
Em Camarões, o Grupo iniciou em 2009 a construção desde 2005, por meio da Zagope Gulf Contracting
da estrada Mbéré-Ngaounderé, com 85 quilômetros L.L.C., sobretudo em obras de infraestrutura. Detém
de extensão. O trecho faz parte de um dos mais certificação para obras de estradas, túneis e pontes,
importantes projetos rodoviários de Camarões, a Estrada entre outras licenças relevantes. Trabalhar no Golfo
Garoua Boulai-Ngaounderé, que facilitará o trânsito no Pérsico se mantém no plano de expansão da Zagope.
Corredor Douala-Bangui-Djamena.

Na Guiné Conacri, a Zagope executa a obra de Qualidade e melhoria contínua


reabilitação da estrada Gueckedou-Seredou, com
financiamento da União Europeia, fundamental para uma Em 2009, houve a extensão a todas as obras da
população muito carente. Espera-se uma estabilidade Zagope do Sistema Integrado de Gestão da Qualidade,
política e o desenvolvimento desse país durante 2010. Segurança e Ambiente (SGQSA), de acordo com as
normas NP EN ISO 9001:2008 (Gestão da Qualidade),
Na Guiné Equatorial, a Zagope tem participado em OHSAS 18001:2007 (Gestão de Saúde e Segurança)
obras de vital relevância para o desenvolvimento e a e NP EN ISO 14001:2004 (Gestão Ambiental),
modernização do país, como a construção do Aeroporto reconhecidas pela APCER (Associação Portuguesa
Internacional de Mongomeyen, iniciada em 2006. de Certificação).

Grupo Andrade Gutierrez 47


negócios do grupo

concessões

6,0%
2,97
de crescimento nominal
R$
bilhões de receita bruta
consolidada

48 Relatório Anual 2009


Concessões rodoviárias permanecem como foco de atuação da companhia: por meio da
CCR, participa da administração de 1.832 quilômetros de estradas brasileiras

Grupo Andrade Gutierrez 49


negócios do grupo | concessões

A Andrade Gutierrez Concessões S.A. celebrou mais um


ano de uma estratégia bem-sucedida de estruturação
e desenvolvimento de uma carteira diversificada de
investimentos em infraestrutura. A receita bruta
consolidada foi de R$ 2,97 bilhões, um bom crescimento
nominal de 6,0% em relação a 2008, especialmente
considerando que 2009 ainda foi um período com
resquícios da crise econômica global e impacto nos
negócios conduzidos pela companhia.

O resultado operacional bruto foi de R$ 837 milhões,


um aumento de 0,9% sobre 2008. O EBITDA atingiu
R$ 672 milhões, um decréscimo de 6,0% sobre 2008.
A comparação de ambos os indicadores está impactada
por resultados não recorrentes favoráveis registrados
em 2008.

A AG Concessões fechou o ano de 2009 com passos


decisivos para a compra de participação significativa na
Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), uma das
maiores empresas do setor no País. Houve a aquisição
de 32,96% das ações ordinárias, que correspondem a
14,41% do capital total da companhia.

Os nichos de atuação que Para a AG Concessões, a entrada da Cemig na carteira


permanecem no radar da de negócios ganha contornos especiais, pois se trata
companhia são rodovias, de uma empresa sólida, respeitada, vocacionada para o
energia, aeroportos, crescimento e que participa ativamente do movimento
saneamento e portos, com de consolidação no setor elétrico.
foco em investimentos
Os contratos foram firmados entre 12 de novembro e
que tragam liquidez, 31 de dezembro de 2009 e envolveram três partes –
segurança e retorno a AGC Energia, subsidiária integral da AG Concessões,
aos acionistas a SEB (Southern Electric Brazil), do grupo AES,
e o BNDES. A AGC Energia contratou com o BNDES
a assunção e a repactuação do valor integral da dívida
da SEB com o banco, de R$ 2,11 bilhões (base 26 de
novembro de 2009), por meio de contrato condicionado
à homologação judicial do acordo entre as três partes,
ocorrida em 18 de junho de 2010.

A AG Concessões adota a postura de investidora


ativa, em que assume papel de protagonista na
geração de valor em suas investidas. Isso ocorre por
meio da atuação em questões institucionais, modelos
diferenciados de governança corporativa, visão
estratégica de longo prazo e ênfase na definição de
diretrizes de planejamento que garantam os resultados
esperados, também no curto prazo. Sem que se
perca de vista a razão de ser dos investimentos em
concessões de serviços públicos, que é a satisfação
dos consumidores e usuários e o cumprimento dos
compromissos contratuais.

50 Relatório Anual 2009


AG concessões

CCr LIGHT water port dominó holdings quiport aeris

AutoBAn ViaOeste Sanepar Aeroporto Aeroporto


Ponte ViaQuatro Internacional Internacional
NovaDutra Renovias de Quito - Juan Santamaría
ViaLagos RodoAnel Equador - Costa Rica
RodoNorte STP
Controlar

Em dezembro de 2009

concessões indicadores
(em Milhões)

variação
2004 2005 2006 2007 2008 2009 08/09
Receita operacional bruta 390 496 1.393 2.656 2.802 2.969 6,0%
Receita operacional líquida 364 462 1.043 1.829 2.040 2.105 3,2%
EBITDA 165 236 391 598 715 672 -6,0%
Resultado operacional bruto 186 253 432 673 829 837 0,9%

participação acionária composição da


ag concessões (%) receita líquida (%)

1,6% 4,0%

7,5%
14,9%

8,7%
24,0%

74,8% 64,5%

74,8% AG Participações S.A. 64,5% Energia

8,7% AG Invest 24,0% Rodovias

14,9% IFC 7,5% Saneamento

1,6% Outros 4,0% Aeroportos

Grupo Andrade Gutierrez 51


negócios do grupo | concessões | energia

O desempenho da AG Concessões nesse segmento


participação acionária
reflete o resultado da Light, sua controlada até março light s.a. (%) - DEZEMBRO/2009
de 2010, por meio da Rio Minas Energia Participações
(RME). A Light é uma holding que controla integralmente
as subsidiárias que atuam nos três segmentos de 13,03%
negócios: Light SESA (distribuição), Light Energia
(geração) e Light Esco (comercialização).
23,47%
O crescimento do mercado cativo no último trimestre
de 2009 impulsionou o resultado da Light, chegando a 13,03%
um consumo total de energia da ordem de 21.492 GWh
em 2009, 2,7% maior que em 2008. A receita líquida
consolidada totalizou R$ 5,43 bilhões, 0,8% acima
do volume registrado em 2008. O EBITDA atingiu 13,03%
R$ 1,19 bilhão e o lucro líquido alcançou R$ 605 milhões. 24,41%
Os resultados foram um pouco inferiores a 2008, ano
em que foram registrados alguns relevantes resultados
positivos não recorrentes. 13,03%

No período, a Light investiu R$ 563,8 milhões na


melhoria, na modernização e na ampliação de seus 13,03 AG Concessões
sistemas. Nos últimos três anos (2007-2009), o
montante investido supera a casa de R$ 1,4 bilhão. 13,03 Cemig

13,03 Fundo Luce


No ano, a Light pagou R$ 594,4 milhões de dividendos,
um volume acima de 2008 (R$ 554 milhões). De agosto 13,03 Equatorial (RME)
de 2006 a dezembro de 2009, suas ações valorizaram
127%, enquanto o Índice de Energia Elétrica cresceu 24,41% BNDESPAR

104% e o Índice Bovespa, 84%.


23,47% Mercado

Em 2009, ocorreu a alienação da participação acionária


na Light (25% do bloco de controle, ou 13,03% do capital
da companhia), por R$ 785 milhões (base 1/12/2009),
para a Cemig, que já era do bloco de controle. A Light
tinha um histórico de desempenho negativo (registrou
apenas um ano de lucro entre 1996 e 2005). Foi
implementado um profundo processo de transformação,
que se concretizou em geração de valor para a Light
e seus investidores. A companhia passou a distribuir
dividendos a partir de 2007. O contrato de compra e
venda foi firmado em 30 de dezembro de 2009 e, após
as aprovações da ANEEL e dos financiadores da Light, a
transação foi fechada em 25 de março de 2010.

52 Relatório Anual 2009


light s.a. indicadores
(em Milhões)

variação
2006 2007 2008 2009 08/09
Receita operacional bruta 7.997 8.138 8.239 8.641 4,9%
Receita operacional líquida 4.951 4.992 5.387 5.432 0,8%
EBITDA 738 1.138 1.504 1.188 -21,0%
Investimentos 322 362 547 564 3,1%

Grupo Andrade Gutierrez 53


negócios do grupo | concessões | rodovias

A Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR) é uma rodovias, nos viadutos e nas pontes e na aquisição do
empresa de sucesso que, a cada ano, amplia seus material rodante e dos sistemas para a Linha 4 do
resultados e suas frentes de negócios de atuação, Metrô de São Paulo.
reconhecida pelo mercado, que reflete a percepção dos
bons resultados no valor de suas ações. No ano, a CCR fez uma emissão de ações primárias,
em outubro, no valor de R$ 1,26 bilhão, para adequar a
Com apenas 10 anos de história, chegou à marca de estrutura de capital e alavancar investimentos futuros.
faturamento de mais de R$ 3,3 bilhões e ao título de Fruto dessa emissão, a composição acionária se
maior controladora de concessionárias de rodovias alterou pela diluição das participações. A participação
da América Latina. Suas controladas operam 1.832 da AG Concessões passou de 16,84% para 15,38%.
quilômetros de rodovias.
No início de 2009, a CCR ingressou no capital da
Em 2009, o tráfego de veículos nas rodovias da CCR Controlar, a concessionária do serviço de inspeção
cresceu 17,1% em relação a 2008. A receita líquida foi técnica veicular ambiental, em São Paulo, com 45%
de R$ 3,09 bilhões, 13,0% superior a 2008. O EBITDA de participação. No ano, 1,42 milhão de veículos foram
fechou em R$ 1,96 bilhão, um crescimento de 13,2% inspecionados. Na Linha 4 – Amarela do Metrô de São
sobre 2008. O lucro líquido fechou em R$ 634,6 milhões, Paulo (ViaQuatro), chegaram os primeiros trens.
abaixo do volume observado no período anterior, em
decorrência especialmente dos efeitos, não recorrentes, Serão 12,8 quilômetros de extensão e 11 estações,
da adesão ao parcelamento de impostos previsto na entregues em etapas. A operação começará em 2010
Lei 11.941/09. O volume de investimentos foi de mais e, até 2014, atingirá sua plenitude, quando transportará
de R$ 980 milhões, em obras de melhorias nas diariamente mais de 1 milhão de passageiros.

ViaOeste, São Paulo

54 Relatório Anual 2009


AutoBAn, São Paulo

ccr indicadores
(em Milhões)*

variação
2004 2005 2006 2007 2008 2009 08/09
Receita operacional bruta 1.568 2.104 2.318 2.538 2.952 3.387 14,8%
EBITDA 759 1.102 1.206 1.442 1.732 1.959 13,1%
Investimentos 190 353 460 512 796 984 23,6%
Número de empregados 3.461 4.070 3.941 4.387 5.090 5.584 9,7%

rodovias administradas

concessionárias tráfego em veículos equivalentes pagantes/dia (em mil) extensão (em km)
AutoBAn 576 316,8
NovaDutra 350 402,2
ViaOeste 173 168,6
RodoNorte 161 487,5
Ponte 78 23,3
Renovias 47 345,6
ViaLagos 16 56,0
RodoAnel 267 32,0
Total** 1.920 1.832,0

* A AG Concessões possui 15,38% de participação na CCR


** No total consolidado da CCR, as concessionárias que cobram pedágio em apenas um sentido da rodovia (ViaOeste e
Ponte) apresentam os seus volumes de tráfego dobrados para se ajustarem àquelas que já adotam cobrança bidirecional

Grupo Andrade Gutierrez 55


negócios do grupo | concessões | aeroportos

AERIS de US$ 57 milhões. Até o fim do prazo contratual, em


maio de 2026, serão necessários US$ 193 milhões em
Em 20 de julho de 2009, a AG Concessões concluiu, em investimentos para o atendimento do crescimento da
parceria com a ADC&HAS Development Corporation, demanda. Em 2009, foram investidos US$ 13 milhões,
com participação de 50% cada, a aquisição de 95% do sobretudo na reforma do terminal de passageiros.
capital da Alterra Partners Costa Rica (APCR), cuja razão
social foi alterada para Aeris Costa Rica S.A. A HAS Development Corporation é uma subsidiária
integral da HAS (Houston Airport System), a quarta
Trata-se da empresa responsável pela operação, maior operadora de aeroportos dentro dos Estados
manutenção, administração e expansão do Aeroporto Unidos e a sexta maior do mundo, atendendo 52 milhões
Internacional Juan Santamaría, da capital San José, o de passageiros e 387 mil toneladas de carga. A ADC –
principal aeroporto da Costa Rica. São 3,3 milhões de Airport Development Corporation Management é uma
passageiros por ano, e 90% do tráfego é composto por empresa canadense de desenvolvimento de projetos
passageiros de voos internacionais. O fluxo de voos aeroportuários, dentre os quais o Terminal 3 do Aeroporto
internacionais é proveniente em sua maioria dos Estados de Toronto e o Aeroporto Internacional de Budapeste.
Unidos e do Canadá (55%) e da Europa (21%).
Entre julho e dezembro de 2009, a receita líquida foi de
Atualmente, o aeroporto apresenta uma receita anual US$ 21 milhões e o EBITDA, de US$ 6 milhões.

56 Relatório Anual 2009


Corporación Quiport médio de 3,6% em relação ao período anterior
(-0,8% no mercado internacional e 5,9% no doméstico).
A Quiport foi criada em 2002 para construir e operar O movimento diário de aeronaves cresceu 5,5%,
o Novo Aeroporto Internacional de Quito, no Equador, passando de 214 (em 2008) para 226 (2009), enquanto
além de administrar o atual, Mariscal Sucre International o volume de cargas aumentou 2,7%, se comparado a
Airport, até a entrada em operação do Novo Aeroporto. 2008. A participação da AG Concessões é de 45,472%.
Os demais participantes são: Aecon, com 45,472%, ADC,
Em 2009, o aeroporto Mariscal Sucre registrou com 8,994%, e HASDC, com 0,062%. A concessão tem
movimento de 4,7 milhões de passageiros, com aumento prazo de 35 anos.

quiport indicadores
(em Milhões)

2008 2009 Variação


Receita líquida 72 76 5,4%
EBITDA 53 56 6,5%

Grupo Andrade Gutierrez 57


negócios do grupo | concessões | saneamento

Sanepar de 2,47 milhões. Somente com água, a companhia


Na Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), faturou 490,7 milhões de metros cúbicos, registrando
a AG Concessões mantém sua participação de 9,6% aumento de 3,8% em relação ao ano anterior.
no capital, por meio de uma participação de 27,5% na
Dominó Holdings. Foram realizadas 90 mil novas ligações na rede coletora
de esgoto, registrando aumento de 7,6% em relação a
Em 2009, os resultados da Sanepar mantiveram o 2008. Isso significa que a empresa permitiu o acesso
bom desempenho. A receita operacional bruta atingiu de mais 324 mil pessoas aos serviços de coleta e
R$ 1,5 bilhão, um aumento de 5,1% em relação ao ano tratamento de esgoto.
anterior. A companhia registrou em 2009 um lucro
líquido de R$ 138 milhões. Atualmente, a Sanepar atende nove milhões de pessoas
com abastecimento de água e 5,4 milhões com coleta
A Sanepar investiu R$ 313 milhões para permitir o e tratamento de esgoto em 344 dos 399 municípios do
acesso de mais pessoas aos serviços básicos. Paraná e um de Santa Catarina, além de 281 localidades
E realizou 68 mil ligações de água, chegando à marca de menor porte.

sanepar indicadores
(em Milhões)

2008 2009 Variação


Receita operacional bruta 1.420 1.493 5,1%
EBITDA 577 593 2,8%
Investimentos 297 313 5,4%
Número de empregados 6.472 6.727 3,9%

sanepar principais serviços prestados (mil)

variação
2006 2007 2008 2009 08/09
Ligações de água 2.256 2.325 2.398 2.466 2,8%
Ligações de esgoto 1.004 1.098 1.197 1.287 7,6%

58 Relatório Anual 2009


Water Port

Na Water Port, empresa 100% da AG Concessões, 2009 foi um ano de continuidade das operações, que estão
bem consolidadas após o período inicial de investimentos, em melhorias diversas: R$ 33,8 milhões foram direcionados
às obras para coletar, tratar e distribuir água e para coletar, tratar e prover a disposição final do esgoto na margem
direita do Porto de Santos. Em 2009, a Water Port registrou receita operacional bruta de R$ 29 milhões e lucro
líquido de R$ 17 milhões.

water port indicadores


(em Milhões)

2008 2009 VariaçÃO


Receita operacional bruta 26 29 8,6%
EBITDA 20 22 9,1%

Perspectivas

A AG Concessões mantém seu foco voltado aos segmentos em que já construiu uma história de investimento e
retorno assegurado, ou seja, rodovias, energia, aeroportos e saneamento. Há boas oportunidades no segmento
de portos, mais especificamente em terminais de contêineres, que vêm sendo desenvolvidas, bem como no
segmento de transporte público. A consolidação da operação na Costa Rica e a continuidade em Quito credenciam
a AG Concessões a planejar novos movimentos em aeroportos, uma área em que está cada vez mais habilitada a
empreender negócios voltados à modernização ou à construção de empreendimentos.

O ano de 2010 será de início da atuação decorrente do investimento feito na Cemig, empresa que está em ritmo de
forte crescimento. Nesse segmento, novas oportunidades são vislumbradas em geração, distribuição e transmissão
de energia elétrica. A companhia tem capacidade financeira e equipe bem preparada para desenvolver, seletivamente e
com disciplina de capital, novas oportunidades de investimento nos setores em que tem foco.

Grupo Andrade Gutierrez 59


negócios do grupo

telecomunicações

99,7%
1,98
de crescimento da receita
operacional bruta R$
bilhão de EBITDA

60 Relatório Anual 2009


A Oi é a única operadora integrada do Brasil, com foco no atendimento completo
ao consumidor

Grupo Andrade Gutierrez 61


negócios do grupo | telecomunicações

O ano de 2009 para a AG Telecom, braço de investimentos


em telecomunicações do Grupo Andrade Gutierrez,
registrou a receita bruta de R$ 9,12 bilhões, um aumento
de 99,7% em relação a 2008 (R$ 4,57 bilhões). O
EBITDA fechou em R$ 1,98 bilhão, mais de 101% acima
do registrado em 2008 (R$ 985 milhões). O resultado
operacional bruto saltou de R$ 1,46 bilhão, em 2008, para
R$ 2,53 bilhões, em 2009.

São indicadores que comprovam a diretriz do Grupo


Andrade Gutierrez de crescimento sustentado e
elevações na performance relacionadas às estratégias de
negócios nas duas controladas: Oi e Contax, as maiores
provedoras de serviços em seus mercados de atuação.

A AG Telecom está presente na Telemar Participações


S.A., holding controladora da Oi, com 19,33% de
participação acionária. O bloco de controle acionário
indireto da Oi é formado por AG Telecom, La Fonte
Telecom, Fundação Atlântico, BNDESPAR e fundos de
pensão. Na CTX Participações S.A., controladora da
Contax, a AG Telecom detém participação de 22,8%,
e integra o bloco de controle da companhia.

No ano, a AG Telecom No ano, a AG Telecom reforçou seus referenciais


reforçou seus referenciais de negócios, com criação de valor de mercado,
de negócios, com criação forte geração de caixa, rentabilidade, margens
de valor de mercado, operacionais e endividamento bem administrado, fruto
forte geração de caixa, dos movimentos feitos em 2008: compra da Brasil
rentabilidade, margens Telecom, pela Oi, e aumento da participação acionária
nas controladas. Esses movimentos estratégicos se
operacionais e revertem em maior competitividade no mercado de
endividamento telecomunicações, um dos mais aquecidos no País.
bem administrado Hoje, a Oi é a única operadora integrada do País. A
capacidade de desenvolvimento de ofertas convergentes
é importante vantagem competitiva, assim como o
aumento de escala, com vistas à fidelização do cliente.
A Contax, por sua vez, é líder no mercado de call center,
referência estruturada no mercado.

Oi

O ano de 2009 foi marcado pela bem-sucedida


integração das operações da Brasil Telecom pela Oi,
criando uma empresa unificada. Depois do período de
aprovação regulatória, a partir de 8 de janeiro de 2009
as atividades da Brasil Telecom foram oficialmente
transferidas para a Oi. Formou-se a chamada “supertele
nacional”, com atuação relevante e oferta conjugada
de serviços: da telefonia móvel, passando pela fixa,
à comunicação via banda larga, com estratégia e
posicionamento únicos.

Um dos passos mais importantes foi a absorção da


infraestrutura da Brasil Telecom a partir de um grande
esforço de substituição de plataformas de tecnologia,
que permitiu a convergência dos sistemas para um

62 Relatório Anual 2009


ag telecom indicadores
(em Milhões)

variação
2004 2005 2006 2007 2008 2009 08/09
Receita operacional bruta 2.273 2.474 2.554 2.656 4.570 9.127,9 99,7%
EBITDA 655 708 638 676 985 1.983,2 101,3%
Resultado operacional bruto 690 772 726 807 1.464 2.539,8 73,4%

modelo único, além de adequações administrativas de Durante o ano, a empresa conquistou novos clientes
forma rápida e abrangente. Entre os resultados está a e instalou pontos de operação, caso do call center em
conexão direta entre os estados, que não necessita mais construção na cidade de Recife (PE). O balanço, ao fim
da troca de operadora para efetuar as ligações. de dezembro de 2009, era de 71 clientes na carteira.
Outra novidade da Contax, que é uma das maiores
Em 2009, a Oi registrou receita bruta consolidada de empregadoras no País, com 77 mil funcionários (em 30
R$ 45,70 bilhões, contra R$ 43,96 bilhões reportados sites situados em sete estados), foi o estabelecimento
em 2008 (aumento de 4%). A receita líquida consolidada da todo!, subsidiária especializada em soluções de TI.
foi de R$ 29,9 bilhões, estável em relação a 2008. A empresa assumiu toda a área de tecnologia da Contax.
O EBITDA consolidado somou R$ 9,86 bilhões, com
uma margem de 33%, representando redução de 1,2%. A Contax encerrou 2009 com receita operacional líquida
de R$ 2,16 bilhões, um crescimento de 21,8%, ou
A companhia encerrou 2009 com 61,9 milhões de R$ 386,3 milhões em termos absolutos, ante 2008, e o
Unidades Geradoras de Receitas. São 21.293 mil EBITDA aumentou 36,5%, atingindo R$ 339,3 milhões,
linhas em serviço fixo (“Oi Fixo”), 36.112 mil clientes de relacionado ao aumento no volume de operações e na
telefonia móvel (“Oi Móvel”), 4.211 mil acessos à internet produtividade. Os excelentes resultados devem-se, em
em banda larga fixa (“Oi Velox”) e 234 mil usuários de grande parte, à ampliação de operações em clientes já
vídeo (“Oi TV”). Em 2009, a Oi registrou crescimento de existentes, que confirmaram sua confiança na entrega e
10,6% no volume de UGRs, influenciado principalmente diferenciação dos serviços da Contax.
por telefonia móvel e serviços de banda larga e de vídeo.

O processo de integração societária incluiu, entre outras Perspectivas


etapas, a realização de ofertas públicas de compra
de ações, em cumprimento às exigências legais, e a O grande foco para este ano, na Oi, está na busca da
incorporação de empresas holdings intermediárias, redução de custos e de ganhos em escala, para suprir
simplificando parcialmente a estrutura societária os gastos com a dívida adquirida na negociação da
existente. A BrTP – Brasil Telecom Participações foi Brasil Telecom. O desafio será o de gerar o maior
incorporada pela sua controlada, a BrT – Brasil Telecom. volume de caixa possível para reduzir a dívida líquida
de R$ 22 bilhões (montante em dezembro de 2009).
Do ponto de vista comercial, a expansão dos serviços As perspectivas envolvem a criação de novos modelos
da empresa no mercado de São Paulo teve grande de negócio e de relacionamento com fornecedores,
repercussão durante o ano. A empresa conquistou para ampliar a rentabilidade do investimento. A ordem
5,3 milhões de clientes em pouco mais de um ano de é gerar economia e capacidade de pagamento de dívida,
atividades e conquistou 12% de market share, o que rentabilizando a base atual de clientes e obtendo
reflete a competência da Oi ao se instalar em um centro resultado aos acionistas.
econômico de alta competitividade.
Com a consolidação da portabilidade, em março de
2009, o mercado sofreu mudanças, que já se refletem
Contax em meio às operadoras, com o acirramento da
concorrência e o desafio da fidelização do consumidor.
Em 2009, a Contax manteve o ritmo de consolidação da São Paulo mantém-se como foco de investimento, com
liderança em seu segmento e viu seu valor de mercado a expectativa de expansão no mercado em 2010.
crescer. A empresa, que tem como principal área de
atuação o atendimento aos setores de telecomunicação A Contax deverá manter crescimento positivo,
e financeiro, tem um retrospecto de crescimento de estimulada pela todo! e pelas operações bancárias.
operações no período, sustentado principalmente Oportunidades internacionais também não estão
pela intensa movimentação na área financeira, com descartadas, assim como mercados em que a
aquisições e fusões entre instituições. Contax ainda não atua.

Grupo Andrade Gutierrez 63


negócios do grupo

SANTO
ANTÔNIO ENERGIA

2.262
13,5
MW de capacidade assegurada
R$
bilhões de investimentos

64 Relatório Anual 2009


Vista aérea da maior obra energética no Brasil, a Hidrelétrica Santo Antônio, traduz a
grandiosidade do projeto

Grupo Andrade Gutierrez 65


negócios do grupo | SANTO ANTÔNIO ENERGIA

O Complexo Madeira Energia é a prova de que um


projeto grandioso pode ser sustentável e garantir a
energia renovável de que o País precisa para atender às
demandas que surgem com o ritmo de crescimento e
ao novo modelo de desenvolvimento da Amazônia. O
Grupo Andrade Gutierrez atua na primeira etapa do novo
ciclo de desenvolvimento energético como investidor,
por meio da sociedade de propósito específico Santo
Antônio Energia S.A., e executor, com a Construtora
Andrade Gutierrez, na maior obra energética do País, a
Usina Hidrelétrica Santo Antônio, em Rondônia.

O empreendimento prioriza a construção da hidrelétrica


com o menor impacto socioambiental possível, em
que são conjugados esforços em aspectos diversos
como tecnologia empregada, equipamentos de última
geração, pessoal qualificado, ações de qualidade, meio
ambiente, saúde e segurança, com foco na valorização
das comunidades. São eixos de atuação que se
complementam para fazer da obra um símbolo da volta
dos grandes projetos à Amazônia, com responsabilidade
socioambiental. Santo Antônio é uma das principais
obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC),
do Governo Federal.
Esse é um investimento em
infraestrutura fundamental Em 2009, foram concluídos mais dois desembolsos
para o Brasil e caminha do BNDES para atualizar o financiamento, via
em paralelo à visão de Fundo Amazônia. O investimento aproximado é de
preservação dos recursos R$ 13,5 bilhões, e o valor do financiamento ficou
naturais em R$ 6,13 bilhões. Foi um valor inédito concedido
como crédito a um único projeto na história do
BNDES, que ganha importância ainda maior por ter
sido concedido em momento de crise econômica
global. O empreendimento é financiado com recursos
do banco, por meio de financiamento direto e repasse,
do FI-FGTS – Fundo de Investimento do Fundo de
Garantia por Tempo de Serviço e do FNO – Fundo
Constitucional de Financiamento do Norte. O projeto
exigiu o maior pacote de garantias, até então, da
história do Brasil.

Quando entrar em operação, em 2012, a Santo Antônio


será a terceira maior usina do Brasil em energia
assegurada, com uma potência instalada de 3.150 MW,
atrás somente de Itaipu e de Tucuruí. A capacidade
assegurada é de 2.262 MW. Sua geração será suficiente
para suprir a necessidade de 44 milhões de brasileiros
(considerando o consumo médio no País). Do total de
energia gerada, 70% terão como destino o mercado
regulado e 30%, o mercado livre, com tarifa de R$ 78,87
(ajustada anualmente pelo IPCA).

A usina deverá estar totalmente concluída em 2015,


pois começará a operar gradativamente, conforme
forem sendo montadas e instaladas suas turbinas.
A hidrelétrica será interligada ao Sistema Elétrico do
Sudeste/Centro-Oeste Brasileiro por meio de duas linhas
de transmissão em corrente contínua, de cerca de

66 Relatório Anual 2009


600 kV, com 2.375 quilômetros de extensão, que serão convivência da AG em suas obras. São promovidos
as maiores do mundo em operação. reforços da infraestrutura de serviços e iniciativas
voltadas a educação, saúde, transporte, segurança,
A Andrade Gutierrez detém 12,4% de participação lazer e fortalecimento da sociedade e da cidadania.
na Santo Antônio Energia, vencedora do leilão de
concessão em dezembro de 2007. Os demais acionistas Há uma série de programas destinados a reduzir e/
são Eletrobras, Furnas, Odebrecht, Cemig e Fundo de ou compensar impactos durante a implantação e a
Investimentos e Participações Amazônia Energia (FIP) – operação da usina, que orientam a gestão ambiental
encabeçado pelos bancos Banif e Santander e pelo do empreendimento. A Santo Antônio Energia se
Fundo de Investimento do FGTS. compromete a conservar e proteger a região do
ecossistema amazônico em que o projeto está
inserido. São medidas como o resgate da fauna e
A grandiosidade de Santo Antônio da flora, em que as espécies são permanentemente
monitoradas e os animais encontrados, recolhidos
O projeto concilia o melhor desempenho operacional ao e levados para locais chamados áreas de soltura.
menor impacto ambiental, com tecnologia inovadora, Outro foco são as ações educativas, disseminando os
estudos pioneiros e fortes investimentos. Os resultados conhecimentos que vão subsidiar o desenvolvimento
são a economia local aquecida, a qualificação intensiva de ações de educação ambiental, auxiliando na formação
de mão de obra, a proteção e o monitoramento do meio de pessoas comprometidas com a defesa de um dos
ambiente, os benefícios de campanhas de saúde, que ecossistemas mais ricos do planeta e empenhadas
minaram a evolução de doenças típicas da região, e a em garantir o acesso das futuras gerações aos
adoção de tecnologia avançada. As obras civis estão a recursos naturais.
cargo do Consórcio Santo Antônio Civil, do qual fazem
parte as construtoras Andrade Gutierrez e Odebrecht.
Perspectivas
A execução teve início em setembro de 2008. São oito
etapas construtivas, em um horizonte de sete anos. No A Andrade Gutierrez evolui continuamente no
pico da obra, serão 10,8 mil funcionários diretos. Serão desenvolvimento de oportunidades em energia, um
dois vertedouros, sistemas interceptores de troncos, setor em que os projetos são grandiosos e demandam
sistema de transposição de peixes e quatro grupos de esforços em estudos minuciosos de aproveitamento
unidades geradoras. Foram construídas as ensecadeiras e desenvolvimento de negócios. O processo envolve a
e iniciadas as escavações nas margens, além das realização de medições para estudos ambientais, do
concretagens na área de montagem e nas primeiras ciclo hidrológico (mudança de nível das águas do rio ao
unidades da casa de força. O desvio do rio Madeira, uma longo do ano) e de engenharia, topografia e geografia,
das principais etapas, está programado para junho de entre outros. Os dados coletados são consolidados em
2011, e o enchimento do reservatório, para novembro do documentos que passam pela aprovação da Agência
mesmo ano, propiciando o comissionamento com água Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e por órgãos
das primeiras unidades geradoras. ambientais – estaduais ou federais.

O aspecto sustentável chama a atenção pela inovação. Esse cenário está aquecido, sobretudo, com
Apesar de ser um empreendimento de grande porte, na empreendimentos no Norte e Centro-Oeste brasileiros,
Bacia Amazônica, o impacto ambiental é baixo. Por meio inclusive no Complexo Madeira Energia. Os olhos
da tecnologia de barragens a fio d’água, serão adotadas voltam-se, ainda, a oportunidades no Sul e Sudeste
44 turbinas do tipo bulbo, ideais para aproveitar a grande e para a expansão além das fronteiras brasileiras, em
vazão e a baixa queda do rio. Isso exige a formação parceria com a Eletrobras, na América Latina. Um dos
de um reservatório menor que em uma hidrelétrica mapeamentos mais adiantados é no Peru, um país com
tradicional e diminui a área alagada para 271 km², pouco geografia e potencial hídrico bastante favoráveis, além
superior à calha natural do rio. Essa relação área do do acordo de integração energética. A empresa mantém
reservatório versus potência é de 0,09 km2 por MW plenas condições de competitividade no segmento de
instalado; no Brasil, esse índice gira em torno de 0,6. energia, em que alcançou expertise, amadurecimento e
capacidade de viabilidade de negócios.
Para a obtenção da licença de instalação, foram
seguidos rigorosos procedimentos e realizados estudos São esperados empreendimentos significativos
ambientais inéditos pela complexidade. Soluções sobretudo na geração, que deve responder por mais
tecnológicas e de engenharia voltadas à preservação da metade dos volumes de investimentos, seguida por
da natureza e à qualidade de vida da população foram distribuição e transmissão. A matriz energética brasileira
o foco. As comunidades são beneficiadas com ações permanecerá com a forte predominância de hidrelétricas
de responsabilidade social – premissa de atuação e e térmicas.

Grupo Andrade Gutierrez 67


negócios do grupo

Ag angra – gestão de
informação e investimentos ltda.

A AG Angra é gestora de fundos de private equity desde


2007, quando houve a associação entre Grupo Andrade
Gutierrez e Angra Partners Consultoria, os principais sócios
controladores. Estreou com o Fundo AG Angra, constituído
com o propósito de investir e administrar recursos para
aplicação em projetos de infraestrutura no Brasil, em
sintonia com o vasto campo de desenvolvimento no País,
e que dispõe de R$ 697,5 milhões.

Em 2009, houve a concretização de novos negócios: as


empresas Georadar e Resicontrol. A gestora também
conduziu a aquisição de 40,58% da empresa Rocha Top,
em transação concluída em março de 2010. Em abril do
mesmo ano, foi feito o primeiro desinvestimento, com a
venda da NovaAgri. Com esse movimento, o Fundo soma
quatro negócios sob a sua gestão.

O ano de 2009 também foi marcado por uma


reestruturação da administração da empresa e da gestão
dos projetos incorporados, cuja linha mestra foi imprimir
uma nova forma de conduzir os negócios e reforçar
a estratégia de resultados aos cotistas do Fundo AG
Centro Operacional da
Georadar, Minas Gerais

68 Relatório Anual 2009


Angra, como Petros, Funcef, Forluz, Fundação Atlântico, Rocha TOP – Terminais e Operadores Portuários
Celos e Ceres, BNDES e BB Banco de Investimento. O início de 2010 marcou a conclusão de mais um
investimento do Fundo AG Angra: a compra da
O Fundo AG Angra, na condição de parceiro em Rocha TOP, localizada no Porto de Paranaguá, Paraná.
novos investimentos, fortalece as condições de Atua no segmento portuário e logístico, com serviços
competitividade do Grupo Andrade Gutierrez nas integrados em operação e armazenagem em retroárea,
operações que se desenharem no horizonte. ao longo da faixa litorânea de Santa Catarina ao
Rio de Janeiro.

negócios TG Agro Industrial


Planta industrial de produção de etanol, no Maranhão.
Georadar Levantamentos Geofísicos Foram mantidos os investimentos para ampliar a
Empresa mineira, de capital nacional, líder no segmento capacidade de moagem de cana para 2,5 milhões de
de sísmica terrestre e diagnóstico ambiental. Tem toneladas, a partir de 2012, e para aumentar a área
R$ 500 milhões em serviços contratados a faturar e plantada de 5 mil para 28 mil hectares.
mais de R$ 40 milhões em equipamentos de última
geração, além de laboratório próprio para análises
bioquímicas. São 2 mil funcionários. Executa o maior Perspectivas
contrato de sísmica terrestre do Brasil para a Petrobras.
A opção pela Georadar sinaliza a visão de oportunidades A AG Angra aplicou o equivalente a 65% do recurso
da gestora de fundos na plataforma de crescimento no aportado no Fundo AG Angra, um montante
setor de óleo e gás, como o pré-sal. aproximado de R$ 440 milhões, nos negócios
concretizados. Para o ano de 2010, a meta estipulada
Resicontrol é evoluir na gestão das empresas adquiridas, capitalizar
Empresa de gestão e destinação final de resíduos os investimentos e completar 100% de aplicação dos
perigosos, em situações como vazamento e contaminação recursos comprometidos do Fundo.
de ambientes, está sediada em Sorocaba, interior de São
Paulo. Foram adquiridos 50% em ativos pertencentes A gestora também começou o processo de
à Veolia Ambiental; o outro sócio é a Estre Ambiental. captação de um novo fundo, cujo aporte pode
A organização tem um aterro sanitário de resíduos ultrapassar a casa de R$ 800 milhões, e estuda novos
urbanos e perigosos (Tremembé, São Paulo) e estações cenários de investimentos, vislumbrando oportunidades
de biorremediação (Paulínia, São Paulo) e de blendagem atrativas em setores como óleo e gás, saneamento
(Americana, São Paulo, e Balsa Nova, Paraná). e energia.

Grupo Andrade Gutierrez 69


negócios do grupo

logimed

20
85,7
hospitais, policlínicas e centros
de diagnósticos atendidos R$
milhões de receita bruta
em 2009

70 Relatório Anual 2009


Centro de Distribuição, no Jaguaré (SP): mais de 7 mil itens armazenados de
acordo com rigorosos controles

Grupo Andrade Gutierrez 71


negócios do grupo | logimed

O primeiro ano de operações da LOGIMED, a unidade


de negócios de serviços de saúde do Grupo Andrade
Gutierrez, mostrou que a decisão da companhia de
criar uma empresa inovadora, com foco na eficiência da
cadeia de suprimentos no segmento médico-hospitalar,
foi totalmente acertada. O período de 2009, o primeiro
a apresentar resultados de janeiro a dezembro, foi
bastante positivo para a empresa, que registrou a receita
bruta de R$ 85,7 milhões. O lucro bruto fechou em
R$ 5,95 milhões.

Como um de seus movimentos principais, a mudança


de nome da empresa, de KitMed para LOGIMED,
reforçou seu posicionamento, consolidando a marca
como provedora pioneira de uma gestão completa de
suprimentos médico-hospitalares, desde a compra,
passando pela armazenagem, até a distribuição interna/
externa nas unidades hospitalares. Tem como linha
mestra a redução de perdas em todas as etapas da
cadeia logística, bem como a evolução da eficiência de
aquisição de materiais e medicamentos.

A LOGIMED implantou, ao longo de 2009, uma série de


ajustes organizacionais para reduzir custos e despesas,
Todo o processo de que envolveu a readequação do quadro de diretores e
compras e logística e a gerentes e a renegociação de contratos com prestadores
definição das interfaces de serviços. Essas iniciativas geraram uma economia de
da empresa com aproximadamente R$ 4,3 milhões/ano.
o cliente estão
estabelecidos de Em 2009, a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo
manteve-se como principal cliente da companhia. O
forma integrada atendimento prestado à instituição tornou-se ainda mais
e funcionam a abrangente: passou de 13 para mais de 20 unidades,
pleno vapor entre hospitais, policlínicas e centros de diagnósticos.

Embora tenha fechado seus primeiros negócios ainda


em 2008, foi em 2009 que a LOGIMED se consolidou no
mercado, especialmente no que se refere às dinâmicas
operacionais. Todo o processo de compras e logística e a
definição das interfaces da empresa com o cliente estão
estabelecidos de forma integrada e funcionam a pleno vapor.

O relacionamento da LOGIMED com o corpo clínico


dos hospitais também mereceu atenção. A companhia
entende a importância desse público e, por isso,
oferece a médicos e enfermeiros, de forma padronizada,
indicadores de controle de materiais, por meio de
modernos softwares. Sob esse sistema, obtém-se uma
eficiência maior na gestão de materiais.

Um dos impulsionadores dessa evolução é a


concretização do modelo de economia de compras, com
substituição de materiais, bem como um novo modelo
de precificação, do tipo compartilhado, que beneficia,
acima de tudo, o cliente.

A LOGIMED conta com o novo Centro de Operações,


que iniciou as atividades em 2009. Instalado na

72 Relatório Anual 2009


sede da empresa, no Jaguaré, zona oeste de São Paulo, Perspectivas
concentra o controle de estoque, insumos, pedidos,
cobranças e agendamentos que partem do Centro de Para 2010, a principal estratégia está concentrada na
Distribuição com destino aos hospitais. expansão da oferta, com o objetivo de alcançar um
crescimento sustentado financeiro e operacional. Os
Entre as inovações que a empresa oferece estão esforços se voltam para o incremento do portfólio de
a possibilidade de montar um Centro de Controle produtos e para a expansão geográfica, com foco na
Operacional exclusivo para cada cliente – em sua própria atuação nas regiões Sudeste e Sul, especialmente São
sede –, a reposição automática por meio de leitor de Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná, mercados
código de barras e o comando de identificação de cada considerados promissores no segmento de saúde.
paciente, que emite relatório de atividades e permite o
acompanhamento completo. Por outro lado, trata-se de um processo de maturação
lenta, característica natural do mercado de saúde
Além disso, no Centro de Distribuição, de 3.900 m2, brasileiro, que é bastante tradicional. Por isso, uma
está armazenado todo o material de consumo dos das grandes apostas, já iniciadas em 2009, é a oferta
clientes, sempre de acordo com a legislação – com modular, adequando os produtos e serviços às demandas
câmaras refrigeradas, geladeiras e freezers de diferentes de cada instituição ou cliente (suprimentos médico-
temperaturas, e todos etiquetados. São mais de -hospitalares, compra, armazenamento e distribuição
7 mil itens cadastrados para compra e fornecimento; interna e externa nas unidades). O objetivo é, mais
2 mil com giro frequente, de uso mais comum nos uma vez, reforçar o posicionamento da gestão eficaz
hospitais (materiais como atadura, curativo, gesso, filme do relacionamento com clientes e fornecedores, com
de raio X, seringa e contraste, e medicamentos como disponibilidade e rastreabilidade.
comprimidos, xaropes e quimioterápicos).
Por fim, a soma de ações de cunho estrutural e de
Com um quadro de 300 funcionários, a LOGIMED é reajustes tributários, executadas durante o ano de 2009,
responsável por todo o processo de gestão de compras, possibilitará apresentar lucro positivo para 2010, sem
pelo abastecimento contínuo e pelo controle de uso de considerar a entrada de novos clientes. A LOGIMED
mais de 20 hospitais na Grande São Paulo, em contratos tem a meta de atingir R$ 1 bilhão de faturamento nos
com validade de até 15 anos. próximos cinco anos.

Alguns dos clientes atendidos

• Hospital Central da Santa Casa


• Hospital Municipal São Luiz Gonzaga
• Hospital Geriátrico e de Convalescentes Dom Pedro II
• Pronto-Socorro Municipal Santana – Dr. Lauro Ribas Braga
• Pronto-Socorro Municipal Freguesia do Ó – 21 de Junho
• Centro de Atenção Integrada à Saúde Mental
• Serviço de Diagnóstico por Imagem Região Norte
• Centro Hospitalar do Sistema Penitenciário
• Hospital Geral de Guarulhos
• Pronto Atendimento Maria Dirce
• Ambulatório de Especialidades Dr. Geraldo P. Bourroul
• Centro de Saúde Escola Barra Funda
Dr. Alexandre Vranjac
• Hospital Dr. Carlos da Silva Lacaz
• Policlínica São João
• Policlínica Paraíso
• Unidades de Saúde da Microrregião
Jaçanã/Tremembé
• Pronto-Socorro Municipal Barra Funda
Álvaro Dino de Almeida

Grupo Andrade Gutierrez 73


gestão do negócio

sistema de
gestão integrada

Gestão do negócio

A gestão do negócio compreende os vários aspectos que atingem os públicos de relacionamento, pois
o fortalecimento dessas relações e do ambiente em que a organização está inserida constitui a base de
sustentação da própria Andrade Gutierrez.

A partir de premissas bem definidas e formalizadas, a empresa adota valores de desenvolvimento sustentável
encontrados nas ações voltadas à preservação ambiental e a clientes, fornecedores, funcionários, comunidades
e parceiros de negócios, entre outros. Esse conjunto de gestão integrada, embasado nas diretrizes assumidas pela
Andrade Gutierrez, orienta, na prática, as políticas, os processos e os padrões que permeiam os relacionamentos
corporativos. A Andrade Gutierrez compreende que a gestão do negócio abrangente e concreta é componente
crucial de seu desempenho econômico, social e ambiental.

sistema de gestão integrada


A Andrade Gutierrez atua segundo uma visão moderna
de responsabilidade corporativa, buscando manter
excelentes padrões de qualidade nas relações internas,
com os clientes, com a sociedade e com as demais
partes interessadas, de forma geral.
A Construtora Andrade Gutierrez
foi a primeira empresa do setor O desempenho empresarial competitivo e a melhoria
de construção pesada a obter contínua de seus processos e produtos, entre outros
a certificação de seu Sistema objetivos de relevância, fazem parte de sua Política do
de Gestão Integrada Sistema de Gestão Integrada (SGI). As diretrizes contidas
nessa política são difundidas para todas as obras
e gerenciadas por meio do SGI, certificado nas principais
normas internacionais desde 2003, e na norma de
qualidade desde 1999. A Construtora Andrade Gutierrez
foi a primeira empresa do setor de construção
pesada a obter a certificação de seu Sistema de
Gestão Integrada.

74 Relatório Anual 2009


Campanha de segurança no trabalho

Abrangência das certificações

ano abrangência
1999 Certificação na ISO 9001 para o escopo Desenvolvimento de Projetos de Engenharia, Escavação Subterrânea
e Concreto Compactado a Rolo.
2001 Ampliação do escopo na ISO 9001 para Obras de Pavimentação e de Artes Especiais e Drenagem Urbana.
2002 Recertificação na ISO 9001 e ampliação do escopo para Obras Civis, Aquisição, Montagem Eletromecânica,
Instrumentação e Automação, Comissionamento, Teste e Operação Assistida em Unidades Petroquímicas.
2003 Certificação do Sistema de Gestão Integrada (SGI) na ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001, nos escopos
existentes em 2002, e com ampliação do escopo para Termelétrica e Saneamento Básico.
Primeira empresa de construção brasileira a obter a certificação integrada.
2004 Ampliação do escopo na ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001 para Hidrelétrico – primeira empresa de
construção brasileira a obter tal escopo de certificação.
2005 Certificação na SA 8000 – uma das primeiras empresas de construção do Brasil a obter esse certificado.
Ampliação do escopo na ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001 para Metroviário.
2006 Certificação pela American Society of Mechanical Engineers – ASME para a Montagem de Caldeiras e
Fabricação/Montagem de Tubulações de Pressão (Selo ASME nas modalidades A e PP). É a única empresa de
construção pesada no Brasil a ter essa certificação.
Recertificação na ISO 9001, ISO 14001 (com upgrade para a versão 2004) e OHSAS 18001, e ampliação de
escopo para Iluminação Pública, Irrigação e Contratos na Modalidade EPC (Engineering, Procurement and
Construction) – modalidade de contratos de construção de grandes obras de engenharia, geralmente sob o
regime da empreitada global.
2007 Ampliação de escopo de Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança no Trabalho para Habitacional;
Recuperação Ambiental e Requalificação Urbanística de Corpos Hídricos e Áreas Degradadas Urbanas; e
Edificações, incluindo Instalações Complexas e Montagem.
Certificação no Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H), para Obras Viárias
e de Arte Especiais e Saneamento Básico.
2008 Ampliação de escopo na ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001 para o Segmento Dutoviário, incluindo Linhas
Subaquáticas, e o Segmento Portuário.
Certificação no PBQP-H para Edificações.
2009 Recertificação pela American Society of Mechanical Engineers – ASME para a Montagem de Caldeiras e
Fabricação/Montagem de Tubulações de Pressão (Selo ASME nas modalidades A e PP). Permanência como única
empresa da construção pesada no Brasil a ter essa certificação.
Recertificação na ISO 9001 (com upgrade para a versão 2008), ISO 14001, OHSAS 18001 (com upgrade para
a versão 2007) e manutenção da SA 8000 (com upgrade para a versão 2008), durante o maior ciclo de
auditorias externas da história da empresa.

Grupo Andrade Gutierrez 75


certificações

ISO 9001 ISO 14001 OHSAS 18001 SA 8000 ASME A

PBQP-H Obras Viárias PBQP-H Saneamento PBQP-H Edificações ASME ASME PP

Premiações em Sustentabilidade

Com o amadurecimento da gestão voltada para a sustentabilidade, a Andrade Gutierrez passou a ser reconhecida com
premiações de clientes e instituições especializadas nas questões relacionadas ao tema, conforme descrito a seguir:

premiações

ano reconhecimento
2008 Prêmio Petrobras Engenharia de Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde Ocupacional para Empresas
Contratadas, concedido à obra Refinaria Gabriel Passos – Regap (Minas Gerais).
2009 A Revista Proteção Brasil premiou a Construtora na categoria Capacitação em Saúde e Segurança no Trabalho –
SST, com o case “Treinamentos no Sistema de Gestão Integrada com Ênfase em SST”. Foi a primeira vez que a
empresa participou do Prêmio Proteção Brasil, uma das mais importantes distinções concedidas ao trabalho
desenvolvido dentro das empresas em prol da saúde e da segurança do trabalhador.
Vencedora do Prêmio Nacional Gestão Banas nas categorias Qualidade, Desenvolvimento Sustentável e
Responsabilidade Social Corporativa, com o adendo de que é a primeira vez que uma empresa é agraciada nas
três categorias simultaneamente, em toda a história do prêmio. Além de premiar a Construtora na categoria
Qualidade e entregar o Prêmio Ouro nas modalidades Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social,
concedeu o Prêmio Inclusão, pelo reconhecimento do intenso trabalho relacionado a esse tema em todas as
suas estratégias e todos os seus processos.
Prêmio Petrobras Engenharia 2009 de Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde para Empresas Contratadas,
na categoria Construção de Dutos, pela gestão realizada na obra do Gasoduto Coari-Manaus. Entre os requisitos
para a participação estavam a ausência de pendências legais relevantes na área trabalhista e nas atividades de
segurança, meio ambiente e saúde, além da não ocorrência de acidentes fatais e de acidentes relevantes nas
áreas de segurança, meio ambiente e saúde.

76 Relatório Anual 2009


Reconhecimento pelo Cliente em Gestão de Sustentabilidade

O valor da parceria entre a Andrade Gutierrez e seus clientes é constantemente avaliado pelo SGI durante a execução
das obras. A Petrobras, um dos principais clientes da Andrade Gutierrez, mede a eficácia dessa parceria em outro
reconhecimento de peso: a pontuação obtida no Programa de Gestão de Fornecedores da Engenharia (Progefe).

Em 2009, na avaliação de Segurança do Trabalho, Meio Ambiente e Saúde Ocupacional, em todos os serviços nos quais
é qualificada, a empresa alcançou nota máxima: 10. Na avaliação gerencial, que engloba itens como o sistema de gestão
da qualidade, as práticas de excelência e a realização do produto, obteve nota 9,8. Além disso, a nota do Boletim de
Avaliação de Desempenho (BAD), a avaliação periódica do cliente no dia a dia das obras, em todos os empreendimentos
da Construtora para a Petrobras, aponta uma média de 84,2%.

Destaques de 2009 em Treinamentos Voltados para a Sustentabilidade

VI Encontro de Gerentes de QMSS – O Futuro e a Sustentabilidade

Durante três dias, em São Paulo, o VI Encontro de Gerentes de QMSS (Qualidade, Meio Ambiente, Saúde, Segurança
no Trabalho e Responsabilidade Social) reuniu gestores de áreas corporativas e de obras de todo o Brasil e da
América Latina e, pela primeira vez, contou com a presença de um representante da Zagope. Sob o tema “O Futuro
e a Sustentabilidade”, o evento, realizado entre 22 e 24 de setembro, foi sede de debates sobre a atuação com os
stakeholders, além de temas recorrentes da área de QMSS. Na abertura, o presidente do Grupo Andrade Gutierrez,
Otávio Marques de Azevedo, citou a participação da organização entre as lideranças empresariais comprometidas com o
debate público sobre as mudanças climáticas.

Campanhas de Segurança no Trabalho

Com o intuito de prevenir riscos associados à segurança dos trabalhadores, a Andrade Gutierrez detectou atividades
representativas e idealizou campanhas corporativas em todas as suas obras. Em 2009, teve início o projeto “A Gente
Trabalha com Segurança!”, estruturado em quatro módulos de trabalho, denominados campanhas educativas, que
envolveram funcionários e subcontratados de todos os empreendimentos em andamento:

“Mãos: Nossa Principal Ferramenta”: buscou o desenvolvimento e o aperfeiçoamento contínuo para a


sensibilização sobre a importância da proteção das mãos na execução das atividades.

“Na AG a Segurança Está em Alta”: teve a finalidade de desenvolver e conscientizar os envolvidos,


sensibilizando-os da importância de preservar sua vida na realização das atividades em altura.

“Segurança na Operação de Máquinas e Equipamentos, Movimente essa Ideia com AGente”: teve
como objetivo alertar para o comportamento seguro na execução de atividades com máquinas e equipamentos,
contando com o apoio da área corporativa de Engenharia – Equipamentos.

“Trabalho com Eletricidade, Segurança É Prioridade”: reforçou a importância do comportamento seguro na


execução de atividades com eletricidade.

Todas as obras possuem uma Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), com parte da direção eleita pelos
funcionários, conforme determinado pela legislação brasileira. Dessa forma, 100% dos funcionários da Andrade Gutierrez
são representados em comitês formais de segurança e saúde.

Por meio da aplicação da NR 18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção, todos os acordos
de convenção coletiva firmados entre a empresa e seus funcionários têm cláusulas que tratam de temas relacionados à
saúde e à segurança do trabalhador.

Grupo Andrade Gutierrez 77


gestão do negócio

meio ambiente

O Sistema de Gestão Ambiental da Andrade Gutierrez


é certificado pela ISO 14001, totalmente alinhado às
questões de identificação e tratamento preventivo de
atividades que possam trazer impactos socioambientais.
Além de promover uma série de ações corporativas e
nas obras, de forma a evoluir nos temas referentes à
sustentabilidade, em suas várias frentes, a empresa
assume seu compromisso com o futuro.

Iniciativas para reduzir as emissões de


gases de efeito estufa

Em 2009, como parte integrante de seu


comprometimento com a redução das emissões
de gases de efeito estufa, a Construtora Andrade
Além de promover uma série
Gutierrez assinou a “Carta Aberta ao Brasil sobre
de ações corporativas e nas Mudanças Climáticas”, um documento público no qual
obras, de forma a evoluir as signatárias se comprometem voluntariamente a
nos temas referentes à gerenciar suas emissões, com o objetivo de contribuir
sustentabilidade, em para a construção de uma economia de baixo carbono.
suas várias frentes, a A empresa passou a quantificar suas emissões de
gases de efeito estufa (GEE), conforme metodologias
empresa assume seu
internacionalmente aceitas (GHG Protocol, ISO 14064
compromisso com e IPCC Guidelines).
o futuro
A partir de 2010, a Andrade Gutierrez definirá programas
de curto e médio prazos para reduzir as emissões de
GEE e contribuir para o combate ao aquecimento global
e às mudanças climáticas. Outra frente de ação, sob
esse aspecto, é a disseminação dessa redução em
sua cadeia de fornecimento, especialmente em
atividades que sejam grandes emissoras de GEE.
A seguir, está apresentado o trecho da carta em que
a Andrade Gutierrez assume seu compromisso com
relação ao tema:

A. Publicar anualmente o inventário das emissões de


gases de efeito estufa (GEE) de nossas empresas,
bem como as ações para mitigação de emissões e
adaptação às mudanças climáticas.

B. Incluir como orientação estratégica no processo


decisório de investimentos a escolha de opções que
promovam a redução das emissões de GEE nos
nossos processos, produtos e serviços.

C. Buscar a redução contínua de emissões específicas


de GEE e do balanço líquido de emissões de CO2
de nossas empresas por meio de ações de redução

78 Relatório Anual 2009


Ação ambiental na obra
Igarapés de Manaus

direta das emissões em nossos processos de Escopo 2: compra de energia elétrica.


produção, investimentos em captura e sequestro
de carbono e/ou apoio às ações de redução de Escopo 3: viagens em aeronaves, disposição de
emissões por desmatamento e degradação. resíduos (aterros sanitários, tratamento biológico,
compostagem e incineração), tratamento de efluentes
D. Atuar em meio à cadeia de suprimentos, visando à (industrial e doméstico), fontes fixas de combustão
redução de emissões de fornecedores e clientes. (motores e fornos), fontes móveis de combustão
(equipamentos e veículos), transporte de resíduos,
E. Engajar-se com o governo, a sociedade civil e transporte de matérias-primas e produção de
os nossos setores de atuação no esforço de matérias-primas (aço e cimento).
compreensão dos impactos das mudanças climáticas * Os dados referem-se ao conjunto das obras listadas no Anexo 1, página 94
nas regiões onde atuamos e das respectivas ações
de adaptação. Como resultado do inventário, todas as emissões diretas
e indiretas (consumo de combustível e energia elétrica) da
As fontes de emissão identificadas nas obras Construtora totalizaram 32.618,95 toneladas de CO2e.
inventariadas em 2009* foram: Foram emitidas ainda 5.471.653,22 toneladas de CO2e
oriundas da cadeia de fornecimento, como consumo de aço
Escopo 1: fontes fixas de combustão e cimento, viagens de colaboradores e serviços contratados.
(equipamentos próprios), fontes móveis de
combustão (frota própria), uso de explosivos, As emissões diretas da Andrade Gutierrez são comparáveis
sistema de refrigeração (HFCs), disposição de às encontradas em empresas concessionárias de
resíduo (próprio), tratamento de efluente (próprio) e energia no Brasil, cuja matriz energética é baseada em
uso de CO2 e C2H2 em processo de soldagem. hidroeletricidade e, portanto, de baixa emissão de carbono.

Grupo Andrade Gutierrez 79


Dessa forma, as emissões diretas da Construtora são O consumo de energia indireta (energia elétrica) foi de
praticamente irrelevantes diante das emissões indiretas 6.553.516,22 KWh, correspondente a 23,593 TJ.
presentes na sua cadeia de fornecimento. Considerando-se
apenas as emissões diretas, a Andrade Gutierrez detém No ano de 2009, a redução média do consumo de energia
o status de estar muito próxima de ser uma empresa nas obras da Andrade Gutierrez foi de 21,35% em relação
“carbono neutro”. ao consumo previsto para o mesmo período.

Em 2010, a empresa definirá programas de curto e Consumo e descarte de água


médio prazos, com o objetivo de reduzir as emissões de
GEE e contribuir para o combate ao aquecimento global. A Construtora Andrade Gutierrez tem procedimentos
internos que definem diretrizes e informações
O foco é atuar na cadeia de fornecimento e investir em adequadas para o consumo de água, de forma a
tecnologias menos poluentes para equipamentos e em eliminar potenciais fontes de desperdício. O objetivo
tecnologia de teleconferências, que reduz a quantidade é utilizar o estritamente necessário. Os processos
de viagens aéreas realizadas. também orientam o tratamento e o monitoramento
correto para o consumo humano. Além de tratamento,
A Andrade Gutierrez montou sua estratégia com disposição e gerenciamento dos efluentes líquidos
relação às mudanças climáticas com foco, gerados, as obras identificam oportunidades para
principalmente, na redução de emissões do escopo prevenir ou reduzir a geração de água residual de
3 (cadeia de fornecimento) e do escopo 1 (consumo qualquer tipo.
de combustível):
São desenvolvidos programas educacionais com
Atuação na cadeia de fornecimento para estimular o objetivo de disseminar as boas práticas,
os fornecedores na redução de emissões de GEE na garantindo a manutenção e o correto funcionamento
produção de aço e cimento; do plano de gerenciamento de efluentes proposto,
bem como o desenvolvimento de uma cultura de
Investimento em equipamentos com maior higiene e compromisso com o ambiente, a saúde
eficiência energética. e a segurança.

A Andrade Gutierrez definiu, também, uma ação Em 2009, as obras consumiram um total* de
complementar para reduzir ainda mais as emissões do 488.016 m³ de água para consumo humano e utilização
escopo 3, investindo em tecnologia de teleconferências nos processos construtivos. As fontes utilizadas nos
para reduzir a quantidade de viagens aéreas necessárias empreendimentos e escritórios das empresas variam
para reuniões e outras demandas da empresa. entre as regiões. São oriundas, principalmente, do
sistema público de abastecimento e corpos d’água,
sempre acompanhados das autorizações e outorgas
Consumo de recursos naturais para a devida finalidade.

O Sistema de Gestão Ambiental, parte integrante do * Estimativa de consumo com base nos dados observados no BSC,
em 2009
SGI, tem indicadores de desempenho que monitoram a
redução do consumo de recursos naturais, compostos
por três categorias: energia elétrica, água e combustível. As obras emitiram um total* de 831.621 m³ de efluentes
Conforme a natureza e as particularidades de cada líquidos resultantes das suas atividades, ao longo de
obra, monitora-se o consumo de recursos naturais que 2009. Os métodos de tratamento utilizados são fossas
são considerados relevantes para as particularidades sépticas e estações de tratamento de esgoto (ETE).
do empreendimento. Portanto, os valores de redução A Andrade Gutierrez tem métodos de tratamento
não se referem a todas as obras, pois em alguns casos conforme a natureza do efluente gerado, com o objetivo
o consumo de energia não é considerado relevante em de evitar a ocorrência de impactos ambientais e atender
comparação com outros aspectos ambientais. aos padrões de emissão definidos legalmente, tais como
a Resolução 357/2005 do Conselho Nacional do Meio
O quadro a seguir consolida o consumo de energia direta, Ambiente – Conama.
proveniente de combustíveis utilizados pelas obras que
formam o escopo deste relatório, em 2009. * Estimativa de emissão com base nos dados observados nos
Planos de Execução da Gestão de Efluentes Líquidos, em 2009

combustível consumo (m3) energia (tj)


Álcool etílico anidro 695,25 15,51
Resíduos
Biodiesel 146,11 4,82
Gasolina automotiva (tipo A) 400,18 12,87 A gestão dos resíduos sólidos nos empreendimentos
Óleo diesel 4.724,39 167,82 segue diretrizes e informações contidas em
TOTAL 201,02 procedimentos internos da Construtora Andrade

80 Relatório Anual 2009


Gutierrez, a fim de assegurar a adequada manipulação, o determinação de todos os requisitos legais aplicáveis e a
tratamento e a destinação. garantia do pleno atendimento às legislações municipal,
estadual, federal e, quando for o caso, internacional.
As obras executam atividades de modo a impedir ou
reduzir o volume de resíduos sólidos gerados e os riscos Por meio do planejamento corporativo são definidos
associados, identificando oportunidades de prevenção à critérios de controle para os aspectos e o
geração, de acordo com as seguintes estratégias: monitoramento/minimização dos impactos relativos à
gestão de resíduos sólidos, efluentes líquidos, emissões
Substituir matérias-primas perigosas ou insumos atmosféricas, ruído e produtos perigosos. As obras
perigosos ou tóxicos; definem e executam programas específicos para garantir
a qualidade do meio ambiente local, além de implementar
Alterar, quando possível, a concepção do processo procedimentos operacionais para garantir o controle
de produção e condições operacionais que gerem adicional dos impactos ambientais significativos.
quantidades elevadas de resíduos sólidos;
Todos os funcionários cujas atividades tenham influência
Instituir medidas que reconheçam oportunidades sobre os impactos ambientais da obra são treinados
públicas para retornar materiais utilizáveis; periodicamente nos métodos de mitigação para garantir
a eficácia dos controles definidos.
Minimizar a produção de resíduos perigosos e evitar
a descaracterização de outros materiais. O processo de gestão dos aspectos e impactos sociais
e ambientais é monitorado mensalmente pelo BSC, por
A coleta seletiva é realizada em todas as obras. Além meio de indicadores corporativos e indicadores específicos
disso, a área de Segurança do Trabalho desenvolve ações de cada obra. Para os resultados dos indicadores que não
necessárias para garantir a saúde e a segurança do atendam à meta ou apresentem tendência desfavorável,
funcionário durante o manejo dos resíduos sólidos. são determinadas ações corretivas e preventivas,
A disposição final segue, no mínimo, as determinações respectivamente, para satisfazer as necessidades e as
da Resolução Conama 307/2002. expectativas das partes interessadas das obras, em
especial da comunidade, dos funcionários e dos clientes.
Nos casos de doação ou venda dos resíduos segregados,
o procedimento é amparado por um manifesto de
carga emitido pelo comprador/receptor dos resíduos. Conformidade
A área de Meio Ambiente certifica-se de que o
estabelecimento que receberá os resíduos tenha licença A AG não possui nenhum tipo de multa ou passivos
ambiental de operação válida para tal atividade, e que as ambientais julgados em seu nome.
instalações atendam aos padrões técnicos vigentes.

São desenvolvidas ações de conscientização e Semana do Meio Ambiente


capacitação para os funcionários, que são estimulados
a sugerir melhorias para a gestão de resíduos sólidos. A Construtora Andrade Gutierrez realiza eventos
durante a semana do dia 5 de junho, Dia Mundial do
Em 2009, a Andrade Gutierrez gerou um total de Meio Ambiente, desde 2004, com a participação de seus
3.510.885 toneladas de resíduos sólidos resultantes das funcionários em atividades internas e orientadas para as
suas atividades*. Desse montante, 2.380.626 toneladas comunidades. Em 2009, o tema abordado foi “Consumo
foram recicladas ou reutilizadas de forma a evitar a Consciente: uma Questão de Sobrevivência”, que serviu
necessidade de consumo de novos recursos. de inspiração para uma série de iniciativas durante a
Semana Mundial do Meio Ambiente. Em 2009, 44 obras
* Os dados referem-se ao conjunto das obras listadas no Anexo 1, página 94 participaram das atividades, mais do que o dobro do
registrado em 2008, quando 20 obras aderiram.
Iniciativas para a mitigação dos
impactos ambientais

Desde a fase que antecede o início das atividades


da Andrade Gutierrez em cada obra, é realizado o
Levantamento de Aspectos e Avaliação de Impactos
Ambientais Preliminares. O estudo ajuda a definir quais
são os impactos ambientais e sociais na execução do
futuro empreendimento, prevenindo, desde o início, a
ocorrência dos mesmos.

Essa ferramenta é a base de todo o gerenciamento das


questões ambientais e sociais das obras, e serve para a

Grupo Andrade Gutierrez 81


gestão do negócio

sociedade

A base para a atuação da empresa com relação ao respeito


aos direitos humanos é o Termo de Compromisso Andrade
Gutierrez de Responsabilidade Social (ver Anexos), que faz
parte do Sistema de Gestão Integrada.

O compromisso da Construtora Andrade Gutierrez


com a responsabilidade social implica a definição
de níveis de desempenho esperados pela empresa com
relação a cada requisito da norma SA 8000, tanto em
âmbito interno (aspectos controláveis e influenciáveis)
como em termos de padrões de conformidade esperados
de seus fornecedores/subcontratados e subfornecedores
(aspectos normalmente apenas influenciáveis).

São diretrizes continuamente aprimoradas, abrangendo


todas as obras. Além dos requisitos da SA 8000, a
O compromisso da
Construtora Andrade Gutierrez atende a toda legislação
Construtora Andrade trabalhista e ambiental vigente que seja aplicável às
Gutierrez com a suas atividades, como forma de respeito ao ser humano,
responsabilidade social ao trabalhador e ao meio ambiente, bem como para
implica na definição de contribuir para o desenvolvimento sustentável nas áreas
níveis de desempenho em que atua.
esperados pela empresa
O meio de comunicação permanente entre a alta
com relação a cada administração e os funcionários é o Portal AG, que conta
requisito da norma com o Canal Aberto para a interação. Para viabilizar
a comunicação com os empregados das obras sem
acesso a computadores, as obras criaram programas
específicos, como AGente Quer te Ouvir. Os planos de
comunicação das obras orientam os gestores sobre os
meios e os canais de comunicação, os objetivos e os
responsáveis por seu uso na interação.

Combate ao trabalho infantil


e forçado na cadeia de fornecedores

Como forma de reduzir ao máximo a probabilidade


de ocorrência desse tipo de impacto social na sua
cadeia de fornecimento, a Andrade Gutierrez tem um
procedimento interno que orienta a avaliação dos
riscos, as formas de gerenciamento e a adequação dos
fornecedores com maior risco.

Todo fornecedor, como condição de contratação, assina


o termo de compromisso, em que afirma não utilizar
o trabalho infantil em suas operações nem ter em sua
cadeia de valor empresas que o façam. Não foi identificado
nenhum caso de trabalho infantil na Andrade Gutierrez ou
em seus fornecedores durante o ano de 2009.

82 Relatório Anual 2009


Programa Onda Limpa: Estação de
Tratamento de Esgoto no litoral paulista

Em 2009, foram identificadas como atividades de claras para todas as ações propostas, de forma a
maior risco de ocorrência de trabalho infantil as garantir a sua efetiva implementação, comunicação e
empresas prestadoras dos seguintes serviços: lavanderia, realização das ações, que devem permanecer até que se
serviços de limpeza, comércio de areia e brita e supere a idade de criança.
paisagismo, embora não tenha sido constatado que
tais empresas utilizem mão de obra infantil em suas Em 2009, foram identificadas como atividades de maior
atividades. Em virtude dessa identificação, por meio da risco de ocorrência de trabalho forçado as empresas
matriz de risco, a empresa realiza inspeções periódicas prestadoras dos seguintes serviços: consultoria e
nesses fornecedores. desenvolvimento de sistemas (em decorrência das
questões relativas às horas extras), madeireiras e olarias,
Caso todas as medidas de prevenção e eliminação do embora não tenha sido constatado que tais empresas
risco de ocorrência de trabalho infantil definidas pela realizem práticas que configurem trabalho forçado ou
empresa falhem, a Andrade Gutierrez dispõe de um compulsório. Em virtude dessa identificação, por meio da
procedimento referente à reparação de crianças, cujo matriz de risco, a empresa realiza inspeções periódicas
plano especifica prazos, recursos e responsabilidades nesses fornecedores.

Grupo Andrade Gutierrez 83


Relações com comunidades vizinhas Educação

A Construtora Andrade Gutierrez tem especial atenção Muitas obras desenvolvem programas de visitas guiadas
na relação que estabelece com as comunidades vizinhas para moradores e escolas. Têm autonomia para, junto
aos empreendimentos dos quais participa. A empresa leva com seus clientes, identificarem oportunidades de
para as comunidades seu compromisso com uma série atuação comunitária. Com o objetivo de promover a
de benefícios ao entorno, com o objetivo de reduzir o integração entre empresa, funcionários e comunidade, a
impacto, informar sobre o trabalho realizado e gerar valor. obra do Centro Integrado de Processamento de Dados TI
promoveu o “CITI na Escola”, que consistiu na realização
de jogo interativo com as crianças sobre coleta seletiva,
Comunicação doação de blocos para rascunho feitos pelos funcionários
e oficina para confecção de blocos para rascunho e de
A preocupação se traduz no fornecimento permanente pufes com garrafas PET, entre outros.
de informações, sempre em ação conjunta com
os seus clientes. São desenvolvidos e distribuídos A obra da Linha 1 do Metrô do Rio de Janeiro desenvolveu
folhetos explicativos, tanto sobre as características e uma ação com 40 crianças, de 2 a 5 anos, da Creche
objetivos das obras quanto sobre os benefícios e riscos Institucional Dr. Paulo Niemeyer. Contou com apresentação
existentes durante a execução. São implantados canais de filme ambiental, desenhos e plantio de sementes de
de comunicação direta, abertos a críticas e sugestões, ipê amarelo em vasos reciclados feitos com garrafas PET.
como números de telefones exclusivos, caso da obra de Outro evento de conscientização ambiental foi voltado para
Irrigação Tabuleiros de Russas, no Ceará. alunos do curso técnico em Meio Ambiente do Colégio e
Faculdade Silva e Souza, onde foi realizada palestra sobre o
Na obra das ETEs 1 e 2 de Peruíbe, Itanhaém e controle ambiental na construção civil e foram distribuídas
Mongaguá, onde é desenvolvido o Programa Onda Limpa, sementes de ipê amarelo.
em parceria com a Sabesp, foram criadas campanhas
de comunicação e visitas de moradores com o objetivo Por meio do apoio ao Programa Jovem Aprendiz, 30
de mitigar os impactos causados durante a execução da aprendizes de comunidades vizinhas à obra da Refinaria
obra e divulgar à população o enorme ganho em termos Landulpho Alves Mataripe estão sendo formados como
de saúde pública e qualidade de vida resultantes da soldadores, alcançando, assim, melhores oportunidades
implantação do projeto. no mercado de trabalho.

Trabalhos de preservação e resgate de


patrimônio arqueológico e histórico no
Comperj, Rio de Janeiro

84 Relatório Anual 2009


Palestra de saúde
e segurança

Campanhas Mensalmente, são recolhidos e encaminhados para a


instituição de caridade Amparo Maternal.
Em função de datas ou situações específicas, as obras
desenvolvem campanhas com objetivos diversos. Outra iniciativa foi a campanha de arrecadação de
alimentos não perecíveis no auxílio aos desabrigados
Dentre os variados exemplos, podem ser citadas a afetados pelas chuvas intensas que ocorreram no
comemoração de Natal com as crianças da comunidade Estado de São Paulo, em especial às cidades de São
Nova Holanda, na obra do Centro Integrado de Luís do Paraitinga e outras dos vales dos rios Paraíba
Processamento de Dados TI e a festa do Dia das e Ribeira, além de creches atingidas na Vila Brasilândia,
Crianças em Tatuoca, realizada pelos funcionários da zona norte da cidade de São Paulo.
obra Píer de Granéis Líquidos de Suape. Esse tipo de
atividade, embora pontual, tem contribuído para a
integração das equipes e para beneficiar as comunidades. Funcionários

As ações sociais da empresa beneficiam o grupo de


Doações de materiais trabalhadores, nas obras, com cursos de alfabetização,
de inclusão digital e outros, ampliando suas
O encerramento de uma obra gera uma quantidade oportunidades de crescimento pessoal e profissional.
de materiais bastante significativa. A doação desses Também são realizadas, no âmbito da gestão de
materiais tem sido uma prática comum na Construtora saúde e segurança, diversas palestras que vão desde
Andrade Gutierrez, em grande parte de suas obras temas de saúde e nutrição até assuntos mais críticos,
e de seus escritórios. O escritório de São Paulo possui como violência doméstica, buscando conscientizar os
uma sistemática para doação de cartuchos de toner empregados e desenvolvê-los em cidadania e respeito
utilizados nas impressoras da empresa. aos direitos humanos.

Patrimônio arqueológico

Todas as obras que se situam sobre sítios arqueológicos são objeto de atenção especial com relação à preservação
e ao resgate de patrimônio arqueológico e histórico. Nesses casos, após obtidas as autorizações de órgãos
competentes, como o Iphan (Instituto do Patrimônio Arqueológico e Artístico Nacional), a Andrade Gutierrez
realiza estudos anteriores às atividades, em conjunto com os arqueólogos designados, com o intuito de mapear
toda a área e determinar os focos de atuação. Durante a fase de escavações, todo o processo é detalhadamente
monitorado pelos especialistas quanto à identificação de peças com valor arqueológico e histórico, sendo preservadas
e armazenadas de forma a atender aos requisitos legais aplicáveis e posterior tratamento. Na terraplenagem do
Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro foram encontrados cerca de 5.000 itens em 39 sítios arqueológicos. Tal
atividade vem sendo amplamente divulgada no meio acadêmico-científico.

Grupo Andrade Gutierrez 85


Oi Futuro, Programa
Nave, Recife

Sustentabilidade nas controladas levou um cardápio de soluções educativas para 24,3


milhões de alunos conectados pela Oi no programa
O Grupo Andrade Gutierrez apoia e incentiva as diretrizes governamental para implantação de banda larga nas
de sustentabilidade de suas controladas, reconhecendo escolas da rede pública. A Oi implantou novas unidades
o valor da construção de mecanismos que se revertam do Oi Kabum!, com aulas de arte e tecnologia, em Belo
no gerenciamento dos impactos e na visão elevada de Horizonte, Rio de Janeiro e Salvador. Inovou com o Oi
cunho socioambiental. Futuro Games Festival e entregou, à população mineira,
o Teatro Klauss Vianna e, para os cariocas, um novo Oi
Futuro, em Ipanema.
Oi, Cemig e Light integram o seleto grupo
listado no Índice de Sustentabilidade O Oi Novos Brasis acompanhou o crescimento da
Empresarial (ISE) da BM&FBOVESPA, área de atuação da empresa e selecionou 20 projetos
um indicador de referência para o sociais, em dez estados. O Museu das Telecomunicações
investimento socialmente responsável. intensificou seu programa educativo no Rio e em
Alguns dos programas ilustram as ações Belo Horizonte.
valorizadas pela Andrade Gutierrez.
A CCR mantém uma série de projetos de
responsabilidade corporativa, como o CCR Cultura nas
O ano de 2009 foi um marco para o Oi Futuro, o Estradas, que apoia projetos itinerantes e regionais.
programa condutor da política de responsabilidade Os dois carros-chefe são o Cine Tela Brasil e o Circo
social da companhia. Seguindo o caminho aberto pela Roda Brasil, que viajam todos os anos pelas rodovias da
empresa ao incorporar os nove estados e o Distrito companhia, oferecendo cultura, lazer e entretenimento
Federal, antes cobertos pela Brasil Telecom, o instituto às comunidades lindeiras. Em 2009, a novidade no
ganhou dimensão nacional e ampliou seus programas de âmbito cultural foi a Festa do Teatro, que distribuiu mais
educação, cultura e esporte. O Oi Tonomundo promove de 30 mil ingressos para cerca de 100 peças em cartaz
a pesquisa aplicada em educação a distância. Encerrou na cidade de São Paulo, durante 10 dias de junho.
2009 com 450 mil alunos e mais de 16 mil professores
em 680 escolas públicas conveniadas. Atentas às dificuldades do caminhoneiro em cuidar
de sua saúde e aos riscos de acidentes decorrentes
O Núcleo Avançado em Educação (Nave) foi selecionado de problemas como sono e automedicação, as
pela Microsoft para integrar o seleto grupo das 130 concessionárias realizam o programa Estrada para
escolas mais inovadoras do mundo. O Oi Conecta a Saúde. Oferecem exames médicos, tratamento

86 Relatório Anual 2009


odontológico e orientações preventivas. Em 2009, foram Houve investimento em um sistema elétrico totalmente
mais de 13 mil atendimentos. O trailer odontológico novo, com tecnologia de última geração. A Light
realizou cerca de 4.500 atendimentos. distribuiu lâmpadas econômicas e substituiu geladeiras
antigas por novas, com melhor perfil de consumo, sem
O programa Estrada para a Cidadania dissemina custo para as famílias. Providenciou, ainda, reformas
informações sobre segurança de trânsito e cidadania de instalação dentro das residências. Em parceria com
entre os alunos de 3ª e 4ª séries das redes públicas de a Prefeitura do Rio de Janeiro, realizou a identificação e
ensino fundamental nas cidades lindeiras. Em 2009, a sinalização de todas as ruas e casas da comunidade,
beneficiou 155 mil alunos e quase 6 mil educadores. além de dar nome a outras 75, para que a fatura de
energia elétrica chegasse aos moradores. Facilitou o
Coordenado pela ex-jogadora de vôlei Ana Mozer, o acesso ao registro civil a documentos básicos, como
programa Caravana do Esporte envolve realização de identidade e CPF, para os novos cidadãos cadastrados.
oficinas e palestras, exibição de vídeos educativos e
cursos para confecção de redes, raquetes e bolas, além No âmbito do Programa de Eficiência Energética (PEE),
da doação de material esportivo para as comunidades. a companhia investiu aproximadamente R$ 33 milhões
Em 2009, beneficiou cerca de 310 mil crianças. em 17 projetos, em 2009. Desse total, R$ 17,8 milhões
foram direcionados para projetos em comunidades
As concessionárias da CCR realizam o treinamento para de baixo poder aquisitivo, em áreas prioritárias, como
o manejo adequado dos animais silvestres. O resultado saneamento, saúde e educação.
abrange o menor índice de acidentes nas rodovias,
melhor colaboração com a Polícia Militar Ambiental e O Centro Cultural Light (CCL), integrado à sede da
preservação da fauna e flora das regiões. companhia, é um prédio histórico e preservado no centro
do Rio de Janeiro que promove atividades voltadas para
A Light segue a Política Social Corporativa do Grupo estudantes das escolas públicas e privadas da cidade,
Light. As diretrizes contemplam o alinhamento aos além de apresentações musicais e de teatro, exposições
princípios do Pacto Global, o exercício da cidadania e da e eventos temáticos para o público em geral.
ética, o suporte ao desenvolvimento das comunidades
no entorno das dependências da empresa, a busca de Em 2009, a Light reduziu novamente suas emissões
soluções para os problemas urbanos que interferem na de gases de efeito estufa, principalmente por conta de
prestação dos serviços e o apoio a políticas públicas. melhorias realizadas nos equipamentos isolados à base
de gás SF6 (hexafluoreto de enxofre), que evitaram
Em 2009, um marco foi a abrangente ação na o vazamento desse componente para a atmosfera, e
Comunidade Santa Marta, em Botafogo, ao lado do pelo incentivo ao uso do álcool como combustível em
poder público e da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). veículos da frota própria.

Oi Kabum! Escolas de
Arte e Tecnologia Grupo Andrade Gutierrez 87
gestão do negócio

gente

Por meio da área de Desenvolvimento de Pessoas, a


Andrade Gutierrez está orientada para o alinhamento, a
participação e o engajamento de seus funcionários na
estratégia de negócios da empresa. No atual contexto
corporativo, as pessoas tornam-se, cada vez mais, o foco
para estabelecer vantagens competitivas, e surgem novos
desafios em torno de como motivar e reter talentos e
desenvolver habilidades técnicas e comportamentais.

São criados e mantidos treinamentos incentivadores


de uma equipe de alta performance, sintonizada
com os valores organizacionais, as metas individuais
e corporativas e os resultados que sustentam
o crescimento da empresa. A área é vinculada à
Construtora Andrade Gutierrez, pois nos demais
negócios o Grupo atua como investidor e controlador.
O enfoque é um sério
O enfoque é um sério trabalho de formação,
trabalho de formação, desenvolvimento e remuneração de pessoas, para que
desenvolvimento e todos tenham oportunidade de evoluir na carreira e
remuneração de pessoas, exercer o protagonismo na empresa, independentemente
para que todos tenham da área e/ou cargo ocupado.
oportunidade de evoluir
São desenvolvidos diversos programas de qualificação,
na carreira e exercer
que privilegiam as metas estabelecidas no Mapa
o protagonismo Estratégico do Balanced ScoreCard (BSC), como manter
na empresa os funcionários motivados e ter o melhor time. Todos os
níveis hierárquicos contam com oportunidades para se
desenvolver e se reciclar pessoal e profissionalmente.

Com base nas demandas do negócio, identificadas via


BSC, e de formação e desenvolvimento, percebidas
por meio do mapeamento de competências, são
relacionadas as necessidades dos profissionais e da
empresa. A eficácia dos programas de capacitação
é verificada com a aplicação de avaliação para os
treinamentos e de uma pesquisa de clima, além de um
indicador corporativo (BSC), que permite checar se as
obras estão, efetivamente, desenvolvendo o seu pessoal.

O indicador estabelecido para a gestão é o Índice de


Treinamento (IT), que tem como meta um número de
horas de treinamento igual ou maior do que 3% das
horas trabalhadas por obra, sendo o seu valor acumulado
para cada superintendência, diretoria e corporação. O
acompanhamento é feito em reuniões mensais do BSC
nas obras, diretorias e presidência.

Em 2009, as horas-homem treinadas em obras com


liderança da AG totalizaram, em média, 106 horas de
treinamento por funcionário, o que corresponde a 3,74%

88 Relatório Anual 2009


das horas-homem trabalhadas na empresa. No período, trabalhem eventuais pontos que necessitem de suporte.
a Andrade Gutierrez investiu fortemente nas novas Na área de recrutamento interno, a Andrade Gutierrez
gerações que chegam ao mercado de trabalho. O programa evoluiu com a implantação do programa Trilha, que
de estágio foi reformulado e ganhou o nome de Talentos identifica perfis de funcionários habilitados a novas
AG, e visa recrutar jovens de várias formações acadêmicas oportunidades de ascensão nas diversas áreas e nos
e capacitá-los para assumir novos desafios, já identificados diversos negócios do Grupo. O objetivo é que a transição
com a cultura da empresa e com as qualificações de uma área a outra ocorra de maneira transparente.
necessárias para desempenharem suas funções. Desse
modo, ao concluir a formação universitária, terão o Outra iniciativa foi a Pesquisa de Clima Organizacional na
conhecimento necessário sobre a empresa, o que amplia as Construtora Andrade Gutierrez. Conduzida pela Hay Group,
possibilidades de construir uma carreira na organização. Os entre julho e agosto, revelou índices bastante positivos: o
gestores, por sua vez, são treinados para gerenciar e formar nível de favorabilidade, nos mercados do Brasil, ficou em
esses jovens. Em 2009, o programa beneficiou 36 jovens, 71%, número cinco pontos percentuais acima do registrado
em 28 horas de treinamento para Talentos AG. na pesquisa anterior, realizada em 2006.

Em paralelo, para entender o pensamento dos jovens Com o resultado, a AG passa a outro patamar de
que ingressam no mercado de trabalho, foi realizada, em avaliação, segundo critérios da Hay Group, e entra para
parceria com a consultoria Hay Group, uma pesquisa o chamado Terceiro Quartil, no qual estão empresas que
sobre a Geração Y (entre 16 a 29 anos). O estudo alcançam as médias mais expressivas, acima de uma
levantou as necessidades e expectativas desse público no referência de favorabilidade de 68%.
ambiente organizacional, e os resultados servem como
parâmetro para que os gestores que lidam diretamente A seguir, confira os demais programas de treinamento e
com essa turma aproveitem ainda mais suas qualidades e desenvolvimento da Andrade Gutierrez.

Grupo Andrade Gutierrez 89


O caminho do desenvolvimento

MLE
ag+ coaching de
geração ag jeito ag
performance
talentos ag sr e m1 apg sênior
sr, m1 e m2 apg sênior
(estagiários) juniores e pl
executivos 1os passos superintendentes
gerentes diretores
gerenciais

Geração AG Coaching Interno e Externo

Com o objetivo de formar jovens profissionais – juniores O Coaching Interno promove a orientação para o
ou plenos – em diversos aspectos da gestão, alinhados desenvolvimento de carreira do funcionário, sustentado
com a cultura do Grupo, o programa é composto de seis em uma relação de confiança e credibilidade. É realizado
módulos, de uma semana cada. Contempla temas como por um profissional da Andrade Gutierrez completamente
liderança, criatividade, inovação, negociação, trabalho dedicado ao programa, com profundo conhecimento
em equipe e gestão de projetos. O Geração AG passou sobre a cultura da organização. A participação é
por uma revisão de estrutura para melhorar ainda mais a espontânea – o funcionário manifesta sua necessidade
grade de treinamento, a partir do feedback dos gestores de amadurecimento profissional e aperfeiçoamento.
quanto à efetividade do conteúdo aplicado. Foram 191
beneficiados em 2009, em 912 horas de treinamento, O Coaching Externo conta com o suporte da
com investimento de R$ 977,2 mil. consultoria EcoSocial para reforçar o trabalho com os
executivos, em nível de diretoria e superintendência.
Tem o propósito de orientá-los quanto ao
Motivação e Liderança Eficaz (MLE) desenvolvimento profissional e prepará-los para que
sejam mentores e desenvolvam um estilo de liderança
O foco do programa da Hay Group é a orientação do que privilegie a formação de profissionais.
gestor sobre a melhor forma de liderar sua equipe.
Ferramenta eficaz para aprofundar seu entendimento Até 2009, 15 profissionais fecharam o ciclo de
sobre o perfil motivacional e de liderança adequado a atendimento e 48 estão em andamento. Cerca de
um líder do Grupo. Com investimento de R$ 100 mil, 43 600 profissionais são elegíveis ao programa de
profissionais participaram do programa, num total de 60 Coaching Interno. O Coaching Externo beneficiou
horas de treinamento, em 2009. 20 pessoas. O investimento chega a R$ 164.200.

Jeito AG Mapeamento de Competências

O programa deu sequência ao ciclo de módulos que Em 2009, foram mapeadas competências com
têm como objetivo trabalhar as lideranças, para que 179 executivos. A Diretoria de Desenvolvimento de
se desenvolvam como gestores e contribuam para a Pessoas identifica, com a presidência e as diretorias,
formação de pessoas. Os módulos tiveram início em as competências essenciais para a organização,
2008 e se encerraram no primeiro trimestre de 2010, independentemente da área, entendidas como vitais
com a formação da primeira turma. Foram abordados para que a empresa alcance os resultados previstos.
temas como gestão de pessoas, relacionamento
interpessoal, comunicação, avaliação de desempenho e Trata-se de um instrumento fundamental para a
técnicas de liderança. O programa não tem periodicidade adequada gestão de carreira do grupo de executivos,
específica e é aplicado conforme a demanda interna. uma vez que o processo fornece feedback e possibilita
O Jeito AG capacitou 24 executivos, em 80 horas de visualizar eventuais ações para o autodesenvolvimento
treinamentos, com um investimento de R$ 350 mil. e melhorias dos próprios perfis. O investimento

90 Relatório Anual 2009


nessa iniciativa, em 2009, ficou em R$ 600 mil. Perspectivas
Durante o processo, são identificadas as metas
pessoais e profissionais e é estabelecido um Plano de Para 2010, a grande novidade é a implantação do AG+,
Desenvolvimento Individual (PDI). Ao final de cada ano, que vem completar a grade de desenvolvimento.
os profissionais são avaliados quanto ao desempenho e O objetivo é mapear toda a equipe de nível gerencial, e
as metas do ano anterior previstos no BSC. obter uma radiografia completa de suas necessidades
imediatas de gestão. O foco será dividido entre as metas
O PDI é elaborado por meio de inputs da avaliação de estabelecidas pelo BSC e, em parte, pelas competências.
desempenho, que permitem a identificação de lacunas O processo deve ser concluído em outubro, com planos
em competências, formação e conhecimentos, alinhadas de ação específicos para o desenvolvimento desses
às demandas de negócios, e a análise das necessidades líderes. Outras metas importantes são evoluir a Saber
de desenvolvimento de carreira. AG e desenhar ações como resposta às percepções
detectadas na Pesquisa de Clima, posicionando toda a
São identificados, ainda, os possíveis sucessores para equipe sobre as iniciativas resultantes do levantamento.
cada uma das posições de cargo da empresa, seguindo Consolidar os programas de desenvolvimento de
uma grade de níveis para cada comportamento pessoas na América Latina também está entre os
esperado. O programa AG+ acontecerá ao longo do ano desafios. Além do Geração AG, esses mercados passam
de 2010. a participar do Mapeamento de Competências, do Jeito
AG e do AG+. Também está em desenvolvimento a
aplicação do coaching.
Equipe Estratégica

Com base em entrevistas individuais e no Práticas trabalhistas


preenchimento de questionários, são identificados
os funcionários-chave de nível operacional das obras Todos os diretores e gerentes (executivos) e demais
(chefes, encarregados e técnicos) e, com o apoio dos funcionários recebem remuneração variável. O valor
superintendentes e gerentes, é desenvolvido um plano depende do alcance de metas. Os funcionários diretos
de treinamentos personalizado. São eleitos tutores têm benefícios como seguro de vida, seguro-saúde,
responsáveis pelo desenvolvimento. transporte, alimentação e previdência privada, intitulada
AGPrev. Trata-se de uma contribuição definida, ou seja,
Após o treinamento, os funcionários passam o a reserva é constituída em função das contribuições
conhecimento adiante. Em 2009, foram concluídos do participante e da empresa, a primeira calculada de
os 16 módulos do programa, divididos em três eixos: acordo com o salário-base e, a segunda, correspondente
comportamental, temas gerais e temas técnicos. Novos a 100% da contribuição do participante para um limite
treinamentos serão abertos, pois o programa é contínuo. de 9% do salário. O investimento total da Construtora
Andrade Gutierrez, em 2009, está apresentado nas
demonstrações financeiras da empresa, disponível para
Programa Corporativo consulta na homepage do Grupo.
de Alfabetização em Obras
A fim de se manter sempre aberta a diálogos e
A iniciativa mantém-se na grade de desenvolvimento discussões que visem à melhoria da sociedade e de
com vistas a aumentar a competitividade da empresa e suas áreas de atuação, a Andrade Gutierrez faz parte de
desenvolver o quadro de pessoal. O curso proporciona inúmeras associações em todo o Brasil.
a alfabetização aos funcionários que não concluíram o
ensino básico. No total, 193 pessoas participaram, em A empresa respeita o direito de livre associação de
4.350 horas de treinamento e R$ 8.200 investidos. seus funcionários e os acordos de negociação coletiva
abrangem todos os empregados. Esses acordos não
preveem um prazo mínimo formalizado para a notificação
Saber AG referente a mudanças operacionais, como encerramento
de atividades e mudanças de escala de horários. Porém,
A universidade corporativa começou a ser implantada a Andrade Gutierrez comunica internamente todos
em 2009, por meio do estabelecimento de formato, os tipos de mudanças operacionais que possam ter
comitês de trabalho e dinâmicas necessários para os impacto na vida dos seus funcionários, mesmo que não
projetos piloto em cada unidade de negócio, em 2010. previstas em acordos formais. Mantém treinamentos,
O pano de fundo é a multiplicação do conhecimento e o campanhas e distribuição do Termo de Compromisso de
fortalecimento dos talentos internos. Responsabilidade Social em todas as obras (ver Anexos).

Grupo Andrade Gutierrez 91


parâmetros
para o relatório

Processo para a definição


do conteúdo do relatório

Ao longo do tempo, a Andrade Gutierrez tem buscado


aperfeiçoar seu Relatório Anual, considerado como
a forma voluntária de apresentar à sociedade seus
resultados e compromissos. Em 2009, pela primeira
vez, dá um passo importante ao assumir como
referência as diretrizes mundiais da Global Reporting
Initiative (GRI).

Como em toda empresa de grande porte, as atividades


que compõem o escopo de serviços da Andrade
Gutierrez são amplas e geram riquezas, oportunidades
e impactos, tanto adversos como benéficos. A Andrade
Gutierrez se preocupa, ao máximo, com a prevenção e
a minimização de todos os impactos que possa causar,
bem como a maximização dos benefícios resultantes de
suas atividades. Para tanto, os impactos adversos são
sempre identificados previamente à execução das obras,
possibilitando que sejam monitorados e gerenciados
de forma a evitar sua ocorrência ou garantir a sua
minimização e mitigação.

A definição dos indicadores reportados neste Relatório


Anual foi realizada após a consolidação do conteúdo
A definição do conteúdo do sugerido pela GRI e dos Padrões de Desempenho
Relatório 2009, segundo as da International Finance Corporation (IFC), parte
orientações da GRI, foi realizada interessada da Andrade Gutierrez. A seguir, foi realizado
um teste de materialidade com a participação da equipe
a partir das expectativas dos
de QMSS Corporativa, considerando como parâmetro
stakeholders prioritários, o impacto real e potencial dos temas. A definição final
tais como acionistas, do conteúdo considerou, também, a disponibilidade de
clientes, funcionários, informações confiáveis, consistentes e rastreáveis.
IFC, órgãos públicos
e comunidades O relacionamento com os stakeholders é uma atribuição
compartilhada entre as diversas áreas da Andrade
Gutierrez, delineada de acordo com procedimentos
internos que contêm orientações, canais de comunicação
e definição dos interlocutores prioritários. A definição do
conteúdo do Relatório 2009, segundo as orientações da
GRI, foi realizada a partir das expectativas dos stakeholders
prioritários, tais como acionistas, clientes, funcionários, IFC,
órgãos públicos e comunidades.

O Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa e o


Sistema de Gestão Integrada referem-se às atividades
institucionais e de gestão e às obras da Construtora
Andrade Gutierrez no Brasil, em andamento no ano de
2009. Nos casos de consórcios nos quais participa,

92 Relatório Anual 2009


Igarapés de Manaus,
Amazonas

foram considerados aqueles nos quais a empresa Política e prática atual relativa à
exerce a liderança. Esse universo representa 32 obras busca de verificação externa para
de diferentes portes e setores, em todo o território o relatório
nacional (ver Anexos).
O Sistema de Gestão Integrada da Construtora Andrade
Entre as empresas do Grupo, as questões ambientais Gutierrez (Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança
ganham especial relevância nas atividades da Construtora no Trabalho e Responsabilidade Social) é objeto
Andrade Gutierrez. No caso de AG Concessões e AG permanente de auditorias internas. Tanto nas obras
Telecom, em que a Andrade Gutierrez exerce o papel de quanto corporativamente, essa verificação é realizada
investidora, as questões de sustentabilidade refletem- ao menos uma vez por ano. Além disso, anualmente
se principalmente na forma com que influencia no as mesmas operações recebem auditorias de terceira
compromisso com o meio ambiente e a sociedade, parte, com fins de certificação do SGI, pela empresa
na exigência de conformidade legal e na concordância Bureau Veritas Certification. Na tabela de informação
com ações voluntárias, por meio de sua participação na dos indicadores GRI, estão assinalados aqueles cujas
governança dessas organizações. informações fazem parte do SGI e, portanto, são
submetidos a verificações internas e externas.
A Andrade Gutierrez não possui joint ventures,
subsidiárias, instalações arrendadas, operações As demonstrações financeiras (ver capítulo Desempenho
terceirizadas e outras organizações que possam afetar Econômico) também são submetidas anualmente a
significativamente a comparabilidade entre períodos e/ou auditorias externas, executadas pela empresa BDO
entre organizações. Trevisan Auditores Independentes.

Todas as eventuais estimativas aplicadas à compilação


dos indicadores e a outras informações estão Dados para contato em caso de
mencionadas juntamente com os próprios indicadores. perguntas referentes ao relato
com base no GRI
Os indicadores relativos à Responsabilidade pelo Produto
das Diretrizes GRI não se aplicam à Andrade Gutierrez, Érico da Gama Torres
em virtude da natureza de suas atividades. E-mail: sustentabilidade@agnet.com.br

Grupo Andrade Gutierrez 93


anexos

OBRAS DA CONSTRUTORA ANDRADE GUTIERREZ NO BRASIL, 100% AG OU EM QUE A EMPRESA


1 EXERCE A LIDERANÇA, UTILIZADAS COMO REFERÊNCIA PARA OS INDICADORES GRI

DADOS das obras do escopo deste relatório


Obra Segmento
Ampliação do Sistema de Tratamento de Água de Porto Velho* Saneamento
Central Nuclear Almirante Alvaro Alberto – Unidade 3 Nuclear
Cidade Administrativa do Estado de Minas Gerais Edificação
Centro Integrado de Processamento de Dados TI (Petrobras) Edificação
Construção do Píer de Granéis Líquidos de Suape* Portuário
Construção do Porto de Itapoá – Terminal Contêineres Santa Catarina Portuário
Construção do Sistema de Tratamento Secundário da ETE Onça (Belo Horizonte) Saneamento
Construção do Tabuleiro de Russas Irrigação
Construção do Terminal de Contêineres de Imbituba (Santa Catarina) Portuário
Construção do Túnel para o Gasoduto Gasduc III (Rio de Janeiro) Metroviário
Construção e Montagem do Gasoduto Coari-Manaus (Petrobras) Dutoviário
Construção e Montagem dos Ramais de Manaus (Petrobras)* Dutoviário
Duplicação da Avenida Antônio Carlos (Belo Horizonte) Rodoviário
Execução das Estações de Tratamento de Esgoto 1 e 2 de Peruíbe, Itanhaém e Mongaguá Saneamento
Ligação da Rodovia Carvalho Pinto com São José dos Campos – Fase 6* Rodoviário
Lote 3 da Ferrovia Norte-Sul (trecho Goiás) Ferroviário
Lote 8 da Linha 2 do Metrô de São Paulo Metroviário
Metrô do Distrito Federal (Fase 2)* Metroviário
Orla de Belém Urbanismo
Programa Luz para Todos (Mato Grosso) Eletrificação e Iluminação
Programa Luz para Todos (Minas Gerais) Eletrificação e Iluminação
Programa Luz para Todos (Tucuruí) Eletrificação e Iluminação
Recuperação Ambiental e Requalificação Urbanística dos Igarapés de Manaus Urbanismo
Refinaria do Planalto Paulista – offsite (Petrobras) Petroquímica, Óleo e Gás
Refinaria Gabriel Passos – onsite (Petrobras) Petroquímica, Óleo e Gás
Refinaria Landulpho Alves de Mataripe (Petrobras) Petroquímica, Óleo e Gás
Rodoanel Mário Covas Rodoviário
Rodovia Herveiras Barros Cassal (Rio Grande do Sul) Rodoviário
Sistema de Tratamento de Água do Rio das Velhas (Minas Gerais) Saneamento
Sistema Viário Metropolitano (São Paulo) Urbanismo
Terraplenagem do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Petrobras) Rodoviário
Urbanização do Complexo de Manguinhos (Rio de Janeiro) Urbanismo

* Obras não consideradas no total de resíduos sólidos informado na página 81

94 Relatório Anual 2009


Crianças participam das comemorações da
Semana Mundial do Meio Ambiente na obra do
Novo Aeroporto Internacional de Quito, Equador

2 POLÍTICA DE QMSSRS DA ANDRADE GUTIERREZ

Grupo Andrade Gutierrez 95


3 TERMO DE COMPROMISSO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA ANDRADE GUTIERREZ

MATERIAIS MAIS REPRESENTATIVOS ENTRE AS COMPRAS EFETIVADAS PELA


4 CONSTRUTORA ANDRADE GUTIERREZ NO BRASIL, EM 2009

Material Quantidade unidade de medida


Combustíveis 42.204.666,54 Litros (l)
Vergalhões de aço 61.575,33 Toneladas (t)
Tubos (PVC) 908.378,16 Metros lineares (m)
Areia 1.333.766,34 Toneladas (t)
Cimento 60.391,56 Toneladas (t)
Concreto 1.287,00 Metros cúbicos (m3)
Asfalto 50.523,21 Toneladas (t)
Querosene 2.747.951,20 Litros (l)

96 Relatório Anual 2009


5 PROJETOS DESENVOLVIDOS PELO PAGIT, EM 2009

abrangência Projetos
Desenvolvimento de tecnologia para realizar o levantamento das emissões dos gases de efeito
ÂMBITO CORPORATIVO estufa; desenvolvimento de tecnologia de informatização de processos para estrutura analítica do
(Escritório de São Paulo) projeto; sistema de gerenciamento de não conformidades, contendo módulo RAI – Relatório de
Acidentes e Incidentes; incentivo fiscal; normas técnicas de qualidade; e nova tecnologia do
Sharepoint 2007 para o Portal do Conhecimento.
CENTRAL NUCLEAR Central e traço de concreto, impermeabilização e desenvolvimento de processo de fabricação de
ALMIRANTE ALVARO ALBERTO embutidos metálicos.
DUPLICAÇÃO DA AVENIDA Desenvolvimento de ponte móvel e pesquisa tecnológica para elaboração de novo traço
ANTÔNIO CARLOS de concreto.
Elaboração de técnica para disposição de tubulações em solo de baixa resistência; desenvolvimento
ESTAÇÕES DE TRATAMENTO tecnológico para minimizar a instabilidade do solo; pesquisa tecnológica de novos materiais não
DE ESGOTO 1 E 2 DE PERUÍBE, corrosivos; estudo tecnológico para criação de moldes metálicos para inserts; desenvolvimento
ITANHAÉM E MONGAGUÁ de nova tecnologia para a construção de caixas pré-moldadas; e desenvolvimento tecnológico de
vedação em tubulações.
PORTO DE ITAPOÁ Desenvolvimento de nova tecnologia para equipamento de cravação de estacas.
Cobertura da estação com vidro antitérmico/autolimpante e iluminação natural;
desenvolvimento de nova metodologia para garantir a verticalidade das paredes de contenção;
desenvolvimento de solução técnica para escavação e construção de túnel de metrô;
desenvolvimento de solução tecnológica para construção e acabamento de laje inclinada e em
LOTE 8 DA LINHA 2 DO curva; desenvolvimento de solução técnica para reúso de água na operação da estação;
METRÔ DE SÃO PAULO desenvolvimento técnico para concepção de caminhão hidrovácuo; desenvolvimento tecnológico
de sistema de proteção de fuga através de DR; pesquisa e desenvolvimento tecnológico de novo
sistema de ar comprimido; pesquisa tecnológica para avaliação do comportamento da interação
do cimento e aditivos de concreto; pesquisa tecnológica para elaboração de novo dreno da manta
de revestimento; pesquisa tecnológica para elaboração de novo traço de concreto; pesquisa e
desenvolvimento de metodologia de concretagem de laje em fase única.
Desenvolvimento de nova tecnologia para a integração dos processos da obra; nova tecnologia de
comissionamento georreferenciado; desenvolvimento de poste-padrão monofásico incorporado;
PROGRAMA LUZ PARA pesquisa de nova tecnologia para redução de consumo de energia; desenvolvimento tecnológico
TODOS – MINAS GERAIS de novo processo de acompanhamento do andamento da obra; aperfeiçoamento do processo de
geração de informações para a construção de rede elétrica; e desenvolvimento de nova tecnologia
utilizando GPS integrado com computador de mão (na obra LPTTU).
Concreto colorido; guarda-corpo de cabo de aço e tela; melhoria do processo de lavagem e ajuste
URBANIZAÇÃO DO do traço de concreto; melhoria do processo de tratamento da água utilizado na lavagem de tintas;
COMPLEXO DE MANGUINHOS processo de fabricação e melhoria do bloco ecológico; viveiro pulmão de Manguinhos; e pesquisa
de traço e patologia.
Desenvolvimento tecnológico de placas perfuradas para filtro biológico; nova tecnologia para
tratamento de fissuras; nova tecnologia para construção de formas curvas; desenvolvimento de
nova técnica para a construção de estrutura em aço; desenvolvimento técnico do distribuidor
rotativo; pesquisa de tecnologia para lançamento da brita em tanques de tratamento biológico;
SISTEMA DE TRATAMENTO pesquisa técnica para eliminação de fissura nos filtros; nova técnica para limpeza de laje de tanque
SECUNDÁRIO DA ETE ONÇA de tratamento de efluente; desenvolvimento tecnológico para vedação de fissuras em paredes;
novo traço de concreto visando minimizar as ondulações na laje do decantador; nova técnica para
teste de filtros e decantadores; reaproveitamento do concreto das betoneiras como material para
subleito do aterro; e pesquisa técnica para aumentar a qualidade no processo produtivo.
Santos Brasil Pesquisa e desenvolvimento de obras em solo contaminado.
Terminal de Contêineres
Desenvolvimento do processo de execução de pavimento rígido; desenvolvimento tecnológico de
sistema de filtragem para otimização do processo de funcionamento de sumidouros; barreira
flutuante; pesquisa e desenvolvimento tecnológico para construção de subleito; pesquisa
tecnológica para elaboração de novo traço de asfalto; pesquisa tecnológica para desenvolvimento
RODOANEL MÁRIO COVAS de condições ótimas no traço do concreto combinada com o processo de cura a vapor;
desenvolvimento de um novo processo de execução de pré-laje e laje de pavimentação em
pontes e viadutos; desenvolvimento de alternativa de menor custo para lançar as placas de
proteção da parte inferior da ponte; desenvolvimento da cura de concreto acelerada a vapor; e
processo inovador para reciclagem de água da bica betoneira.

Grupo Andrade Gutierrez 97


6 Perfil do funcionário

Em dezembro de 2009, a Construtora Andrade Gutierrez tinha 18.293 funcionários diretos ativos em obras 100% AG
ou com liderança da empresa, no território brasileiro.

A taxa de rotatividade de funcionários (turnover) está inserida no cenário característico das atividades de uma empresa
de engenharia e construção, em que obras são abertas e encerradas em vários mercados de atuação.

distribuição
distribuição por cargo turnover
por gênero
Regiões número Diretores Gerentes funcionários HOmens Mulheres admissão demissão
Centro-Oeste 456 1 12 443 405 51 479 378
Norte 1.571 0 2 1.569 1.467 104 1.602 3.617
Nordeste 1.229 0 15 1.214 1.133 96 958 299
Sul 770 0 8 762 726 44 845 629
Sudeste 14.267 15 95 14.156 13.420 847 15.344 11.116
Total 18.293 16 132 18.144 17.151 1.142 19.228 16.039

Distribuição dos funcionários por faixa etária


1%
5% 3% 14%

8%
16 a 18 anos

19 a 23 anos

9% 24 a 28 anos

29 a 33 anos
19%
34 a 38 anos

11% 39 a 43 anos

44 a 48 anos

49 a 53 anos

54 a 58 anos
13% 17%
59 anos ou mais

98 Relatório Anual 2009


7 Índice das informações - GRI

Item aspecto página


perfil
Estratégia e análise
1.1 Declaração do detentor do cargo com maior poder de decisão na organização. 4
1.2 Descrição dos principais impactos, riscos e oportunidades. 92

Perfil organizacional
2.1 Nome da organização. 6
2.2 Principais marcas, produtos e/ou serviços. 6
2.3 Estrutura operacional da organização, incluindo principais divisões, unidades operacionais, subsidiárias
7
e joint ventures.
2.4 Localização da sede da organização. 9
2.5 Número de países em que a organização opera e nome dos países em que suas principais operações
estão localizadas ou são especialmente relevantes para as questões de sustentabilidade cobertas 8/9/10
pelo relatório.
2.6 Tipo e natureza jurídica da propriedade. 6
2.7 Mercados atendidos. 10
2.8 Porte da organização. 6
2.9 Principais mudanças durante o período coberto pelo relatório, referentes a porte, estrutura ou
6
participação acionária.
2.10 Prêmios recebidos no período coberto pelo relatório. 14/15/76

parâmetros do relatório
Perfil do relatório
3.1 Período coberto pelo relatório (como ano contábil/civil) para as informações apresentadas. 92
3.2 Data do relatório anterior mais recente (se houver). 92
3.3 Ciclo de emissão de relatórios (anual, bienal etc.). 92
3.4 Dados para contato em caso de perguntas relativas ao relatório ou seu conteúdo. 93

Escopo e limite do relatório


3.5 Processo para a definição do conteúdo do relatório. 92
3.6 Limite do relatório (como países, divisões, subsidiárias, instalações arrendadas, joint ventures,
93
fornecedores).
3.7 Declaração sobre quaisquer limitações específicas quanto ao escopo ou ao limite do relatório. 93
3.8 Base para a elaboração do relatório no que se refere a joint ventures, subsidiárias, instalações
arrendadas, operações terceirizadas e outras organizações que possam afetar significativamente a 93
comparabilidade entre períodos e/ou entre organizações.
3.9 Técnicas de medição de dados e as bases de cálculos, incluindo hipóteses e técnicas, que sustentam
93
as estimativas aplicadas à compilação dos indicadores e outras informações do relatório.
3.10 Explicação das consequências de quaisquer reformulações de informações fornecidas em relatórios
anteriores e as razões para tais reformulações (como fusões ou aquisições, mudança no período ou 92
ano-base, na natureza do negócio, em métodos de medição).
3.11 Mudanças significativas em comparação com anos anteriores no que se refere a escopo, limite ou
92
métodos de medição aplicados no relatório.

Sumário
3.12 Tabela que identifica a localização das informações no relatório. 99

Verificação
3.13 Política e prática atual relativa à busca de verificação externa para o relatório. 93

Grupo Andrade Gutierrez 99


Item aspecto página
governANÇA, compromisso e engajamento
Governança
4.1 Estrutura de governança da organização, incluindo comitês sob o mais alto órgão de governança
22
responsável por tarefas específicas, tais como estabelecimento de estratégia ou supervisão da organização.
4.2 Indicação caso o presidente do mais alto órgão de governança também seja um diretor executivo
23
(e, se for o caso, suas funções dentro da administração da organização e as razões para tal composição).
4.3 Para organizações com uma estrutura de administração unitária, declaração do número de membros
23
independentes ou não executivos do mais alto órgão de governança.
4.4 Mecanismos para que acionistas e empregados façam recomendações ou deem orientações ao mais
23
alto órgão de governança.
4.5 Relação entre remuneração para membros do mais alto órgão de governança, diretoria executiva
e demais executivos (incluindo acordos rescisórios) e o desempenho da organização (incluindo 91
desempenho social e ambiental).
4.6 Processos em vigor no mais alto órgão de governança para assegurar que conflitos de interesse
23
sejam evitados.
4.7 Processo para determinação das qualificações e conhecimento dos membros do mais alto órgão
de governança para definir a estratégia da organização para questões relacionadas a temas econômicos, 22
ambientais e sociais.
4.8 Declarações de missão e valores, códigos de conduta e princípios internos relevantes para o
12/14/18
desempenho econômico, ambiental e social, assim como o estágio de sua implementação.
4.9 Procedimentos do mais alto órgão de governança para supervisionar a identificação e gestão por parte
da organização do desempenho econômico, ambiental e social, incluindo riscos e oportunidades 23
relevantes, assim como a adesão ou conformidade com normas.
4.10 Processos para a autoavaliação do desempenho do mais alto órgão de governança, especialmente
23
com respeito ao desempenho econômico, ambiental e social.

Compromisso com iniciativas externas


4.11 Explicação de se e como a organização aplica o princípio da precaução. 28
4.12 Cartas, princípios ou outras iniciativas desenvolvidas externamente de caráter econômico, ambiental
78
e social que a organização subscreve ou endossa.
4.13 Participação em associações (como federações de indústrias) e/ou organismos nacionais/internacionais
de defesa em que a organização: possui assento em grupos responsáveis pela governança corporativa; 91
integra projetos ou comitês; contribui com recursos.

Engajamento de stakeholders
4.14 Relação de grupos de stakeholders engajados pela organização. 92
4.15 Base para a identificação e seleção de stakeholders com os quais se engajar. 92
4.16 Abordagens para o engajamento dos stakeholders, incluindo a frequência do engajamento por tipo
92
e por grupos de stakeholders.
4.17 Principais temas e preocupações que foram levantados por meio do engajamento dos stakeholders
92
e que medidas a organização tem adotado para tratá-los.

100 Relatório Anual 2009


indicadores
econômico página
EC1 Valor econômico direto gerado e distribuído, incluindo receitas, custos operacionais, remuneração
de empregados, doações e outros investimentos na comunidade, lucros acumulados e pagamentos 24/91
para provedores de capital e governos.
EC3 Cobertura das obrigações do plano de pensão de benefício definido que a organização oferece. 91
EC4 Ajuda financeira significativa recebida do governo. 37
AMBIENTAL
EN1 Materiais usados, por peso ou volume. 96
EN3 Consumo de energia direta discriminado por fonte de energia primária. 80
EN4 Consumo de energia indireta discriminado por fonte primária. 80
EN5 Energia economizada em decorrência de melhorias em conservação e eficiência. 80
EN8 Total de retirada de água, por fonte. 80
EN16 Total de emissões diretas e indiretas de gases de efeito estufa, por peso. 79
EN17 Outras emissões indiretas relevantes de gases de efeito estufa, por peso. 79
EN18 Iniciativas para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e as reduções obtidas. 77/78
EN21 Descarte total de água, por qualidade e destinação. 80
EN22 Peso total de resíduos, por tipo e método de disposição. 80
EN26 Iniciativas para mitigar os impactos ambientais de produtos e serviços e a extensão da redução
81
desses impactos.
EN28 Valor monetário de multas significativas e número total de sanções não monetárias resultantes
81
da não conformidade com leis e regulamentos ambientais.
DIREITOS HUMANOS
HR2 Percentual de empresas contratadas e fornecedores críticos que foram submetidos a avaliações
28
referentes a direitos humanos e as medidas tomadas.
HR5 Operações identificadas em que o direito de exercer a liberdade de associação e a negociação
91
coletiva pode estar correndo risco significativo e as medidas tomadas para apoiar esse direito.
HR6 Operações identificadas como de risco significativo de ocorrência de trabalho infantil e as
83
medidas tomadas para contribuir para a abolição do trabalho infantil.
HR7 Operações identificadas como de risco significativo de ocorrência de trabalho forçado ou análogo
ao escravo e as medidas tomadas para contribuir para a erradicação do trabalho forçado ou 83
análogo ao escravo.
PRÁTICAS TRABALHISTAS E TRABALHO DECENTE
LA1 Total de trabalhadores, por tipo de emprego, contrato de trabalho e região. 98
LA2 Número total e taxa de rotatividade de empregados, por faixa etária, gênero e região. 98
LA3 Benefícios oferecidos a empregados de tempo integral que não são oferecidos a empregados
91
temporários ou em regime de meio período, discriminados pelas principais operações.
LA4 Percentual de empregados abrangidos por acordos de negociação coletiva. 91
LA5 Prazo mínimo para notificação com antecedência referente a mudanças operacionais, incluindo
91
se esse procedimento está especificado em acordos de negociação coletiva.
LA6 Percentual dos empregados representados em comitês formais de segurança e saúde, compostos
por gestores e por trabalhadores, que ajudam no monitoramento e aconselhamento sobre 77
programas de segurança e saúde ocupacional.
LA9 Temas relativos a segurança e saúde cobertos por acordos formais com sindicatos. 77
LA10 Média de horas de treinamento por ano, por funcionário, discriminadas por categoria funcional. 88
LA11 Programas para gestão de competências e aprendizagem contínua que apoiam a continuidade
89/90/91
da empregabilidade dos funcionários e para gerenciar o fim da carreira.
LA12 Percentual de empregados que recebem regularmente análises de desempenho e
91
de desenvolvimento de carreira.
LA13 Composição dos grupos responsáveis pela governança corporativa e discriminação de empregados
98
por categoria, de acordo com gênero, faixa etária, minorias e outros indicadores de diversidade.
SOCIEDADE
SO1 Natureza, escopo e eficácia de quaisquer programas e práticas para avaliar e gerir os impactos das
74/81
operações nas comunidades, incluindo a entrada, operação e saída.
SO8 Valor monetário de multas significativas e número total de sanções não monetárias resultantes da
81
não conformidade com leis e regulamentos.

Grupo Andrade Gutierrez 101


INFORMAÇÕES CORPORATIVAS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO ZAGOPE – CONSTRUÇÕES E ENGENHARIA S.A.


Sérgio Lins Andrade – Presidente Diretor-Presidente
Álvaro Furtado de Andrade Leandro de Aguiar
Angela Gutierrez
Diretor de Desenvolvimento Comercial
Cristiana Gutierrez
Clovis Martines
Eduardo Borges de Andrade
João Pedro Amado Andrade Diretor de Operações Argélia, Líbia e Golfo
Laura Furtado de Andrade Clovis Martines
Marcos Amado Andrade
Diretor Financeiro e de Concessões
Rodrigo Werneck Gutierrez
José Francisco Cadório Ferreira Lino
Diretor de Operações Continente, Angola e Moçambique
ANDRADE GUTIERREZ S.A. José Nicomedes Moreira
Diretor-Presidente Diretor de Operações África Subsaariana
Otávio Marques de Azevedo Arnaldo José Gomes
Diretor de Relações Institucionais Diretor Corporativo Administração
Flávio Gomes Machado Filho Pedro Augusto de Jesus Ricco
Diretor de Investimentos Diretor de Operações Madeira, Açores e Espanha
Lucio Otávio Ferreira Remo Loschi Brunelli Filho
Diretor Jurídico Corporativo Diretor Equipamento
Luiz Otávio Mourão Remo Loschi Brunelli Filho
Diretor de Desenvolvimento
Márcio Magalhães Duarte Pinto
AG concessões
Diretor de Finanças Corporativas
Diretor-Presidente
Ricardo Henrique Lanza Campolina
Ricardo Coutinho de Sena
Diretor de Desenvolvimento de Negócios
CONSTRUTORA ANDRADE GUTIERREZ S.A. Paulo Roberto Reckziegel Guedes
Diretor-Presidente Diretor Financeiro e de Relações com Investidores
Rogério Nora de Sá Renato Torres de Faria
Diretor da Unidade de Negócio Norte
Clóvis Renato Peixoto Primo
AG TELECOM
Diretor da Unidade de Negócio Sul
Diretor-Presidente
Dario Rodrigues Leite Neto
Otávio Marques de Azevedo
Diretor da Unidade de Negócio Industrial
Elton Negrão de Azevedo Junior
AG ANGRA
Diretor da Unidade de Negócio Energia
Flávio David Barra Renato Torres de Faria
Diretor da Unidade de Negócio América Latina Ricardo Castanheira
Ronaldo Alves Pereira
Diretor de Gestão
SANTO ANTÔNIO ENERGIA
Cláudio José de Castro Miserani
Lucio Otávio Ferreira
Diretor de Relações Institucionais
Flávio Gomes Machado Filho Márcio Magalhães Duarte Pinto
Diretora de Desenvolvimento de Pessoas
Lucia Alcover Breves de Menezes
logimed
Diretor Jurídico
Luiz Otávio Mourão Giovanni Foragi

Diretor Financeiro
Ricardo Henrique Lanza Campolina
Diretor de Engenharia
Sérgio Paulo Quintanilha Camargo

102 Relatório Anual 2009


Coordenação Geral
Comunicação Corporativa da Andrade Gutierrez

Concepção e Desenvolvimento
FSB Design

Revisão
Assertiva Produções Editoriais

Consultoria GRI
Now Consultoria e Projetos

Fotos
Acervo do Inepac/Iphan
Armando Artoni
Arquivo Aeris
Arquivo Andrade Gutierrez
Arquivo Georadar
Arquivo Light
Arquivo Rodovias e Vias
Arquivo Zagope
Chico Batata
Clóvis Ferreira – Digna Imagem
Daniel Mansur
Dario Zalis
Ike – Sanepar
J. Vilela
Luciano Bogato
Luciano Piva
Marcilio Gazzinelli
Novos Produtores Oi Kabum!
Patrick Grosner
Sidney Scaravonatti
Stockxpert – Banco de Imagens

Impressão
Braspor Gráfica e Editora

Tiragem
1.000

As informações financeiras estão disponíveis no site w w w. a g s a . c o m . b r

Grupo Andrade Gutierrez 103


Andrade Gutierrez S.A. Andrade Gutierrez Telecomunicações
Av. do Contorno, 8123 R. Dr. Geraldo Campos Moreira, 375
Cidade Jardim Belo Horizonte MG Brooklin Novo São Paulo SP
30110 910 Tel. (31) 3290.6699 04571 020 Tel. (11) 5502.2000

Escritório Rio de Janeiro Escritório Brasília


Praia de Botafogo, 300 4º andar SCN Quadra II Bloco A
Botafogo Rio de Janeiro RJ Edifício Corporate Financial Center Sl. 201
22250 040 Tel. (21) 2211.8000 Brasília DF
70712 000 Tel. (61) 3424.3300
Construtora Andrade Gutierrez
R. Dr. Geraldo Campos Moreira, 375 Fundo AG Angra
Brooklin Novo São Paulo SP Av. Brigadeiro Faria Lima, 3144
04571 020 Tel. (11) 5502.2000 4º andar Cj. 42 São Paulo SP
01451 000 Tel. (11) 3077.2299
Unidade de Negócios Industrial
R. Visconde de Ouro Preto, 5 10º andar Santo Antônio Energia S.A.
Botafogo Rio de Janeiro RJ Av. Nações Unidas, 4777
22250 180 Tel. (21) 2554.2811 6º andar São Paulo SP
05470 000 Tel. (11) 3702.2250
Construtora Zagope
Lagoas Park Edifício 6 Piso 1 LOGIMED
Porto Salvo Portugal Av. Jaguaré, 818 Galpão 21/22/23
2740 244 Tel. 351 (21) 843.2500 Jaguaré São Paulo SP
05346 000 Tel. (11) 3127.2500
Andrade Gutierrez Concessões
Av. do Contorno, 8123
Cidade Jardim Belo Horizonte MG
30110 910 Tel. (31) 3290.6778 www.agsa.com.br

Interesses relacionados