Você está na página 1de 20

LICITAÇÕES PÚBLICAS

PROF. TIAGO MARTINS


LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

Art. 60 (14.133/21). Em caso de empate entre duas ou mais propostas,


serão utilizados os seguintes critérios de desempate, nesta ordem:
I - disputa final, hipótese em que os licitantes empatados poderão
apresentar nova proposta em ato contínuo à classificação;
II - avaliação do desempenho contratual prévio dos licitantes, para a
qual deverão preferencialmente ser utilizados registros cadastrais para
efeito de atesto de cumprimento de obrigações previstos nesta Lei;
III - desenvolvimento pelo licitante de ações de equidade entre homens
e mulheres no ambiente de trabalho, conforme regulamento;
IV - desenvolvimento pelo licitante de programa de integridade,
conforme orientações dos órgãos de controle.
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

DISPUTA FINAL
AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE
EQUIDADE E GÊNERO
DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMA
DE EQUIDADE
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

Art. 60 (14.133/21). § 1º Em igualdade de condições, se não houver desempate,


será assegurada preferência, sucessivamente, aos bens e serviços produzidos ou
prestados por:
I - empresas estabelecidas no território do Estado ou do Distrito Federal do
órgão ou entidade da Administração Pública estadual ou distrital licitante ou, no
caso de licitação realizada por órgão ou entidade de Município, no território do
Estado em que este se localize;
II - empresas brasileiras;
III - empresas que invistam em pesquisa e no desenvolvimento de tecnologia no
País;
IV - empresas que comprovem a prática de mitigação, nos termos da Lei nº
12.187, de 29 de dezembro de 2009.

§ 2º As regras previstas no caput deste artigo não prejudicarão a aplicação do


disposto no art. 44 da Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006.
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

Art. 44 (LC 123/21). Nas licitações será assegurada, como critério de


desempate, preferência de contratação para as microempresas e empresas de
pequeno porte. (Vide Lei nº 14.133, de 2021)

§ 1o Entende-se por empate aquelas situações em que as propostas


apresentadas pelas microempresas e empresas de pequeno porte sejam iguais ou
até 10% (dez por cento) superiores à proposta mais bem classificada.
EMPATE FICTO
§ 2o Na modalidade de pregão, o intervalo percentual estabelecido no § 1o deste
artigo será de até 5% (cinco por cento) superior ao melhor preço.

EMPATE FICTO
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

Art. 45 (LC 123/21). Para efeito do disposto no art. 44 desta Lei


Complementar, ocorrendo o empate, proceder-se-á da seguinte forma: (Vide Lei
nº 14.133, de 2021)
I - a microempresa ou empresa de pequeno porte mais bem classificada poderá
apresentar proposta de preço inferior àquela considerada vencedora do certame,
situação em que será adjudicado em seu favor o objeto licitado;

II - não ocorrendo a contratação da microempresa ou empresa de pequeno


porte, na forma do inciso I do caput deste artigo, serão convocadas as
remanescentes que porventura se enquadrem na hipótese dos §§ 1o e 2o do art. 44
desta Lei Complementar, na ordem classificatória, para o exercício do mesmo
direito;

III - no caso de equivalência dos valores apresentados pelas microempresas e


empresas de pequeno porte que se encontrem nos intervalos estabelecidos nos §§
1o e 2o do art. 44 desta Lei Complementar, será realizado sorteio entre elas para
que se identifique aquela que primeiro poderá apresentar melhor oferta.
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

OBRIGATORIEDADE DE
LICITAR

A OBRIGATORIEDADE DE LICITAR ABRAGE OS


ORGÃOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DIRETA, AS
ENTIDADES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
INDIRETA (INCLUINDO EMPRESAS PÚBLICAS E
SOCIEDADES DE ECONOMIA MISTA - LEI 13.303/16)
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

Art. 37 (CRFB/88). A administração pública direta e indireta de qualquer dos


Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos
princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e,
também, ao seguinte:

XXI - ressalvados os casos especificados na legislação, as obras, serviços,


compras e alienações serão contratados mediante processo de licitação pública
que assegure igualdade de condições a todos os concorrentes, com cláusulas que
estabeleçam obrigações de pagamento, mantidas as condições efetivas da
proposta, nos termos da lei, o qual somente permitirá as exigências de qualificação
técnica e econômica indispensáveis à garantia do cumprimento das obrigações.
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

IMPORTANTE

ATUALMENTE O TCU TEM REFERENDADO QUE AS


EMPRESAS PÚBLICAS E SOCIEDADES DE ECONOMIA
MISTA QUE EXPLOREM ATIVIDADE ECONÔMICA
NÃO SÃO OBIRGADAS (INEXIGÍVEL) A LICITAR AO
QUE TANGE SUA ATIVIDADE FIM.
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

CONTRATAR

GESTÃO DE
CARTÃO DE
CRÉDITO
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

CONTRATAR

GESTÃO DE
CARTÃO DE
CRÉDITO

LICITAÇÃO INEXIGÍVEL, POIS SE TRATA


DE ATIVIDADE ECONÔMICA FIM
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

CONTRATAR

EMPRESA DE
SEGURANÇA
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

CONTRATAR

EMPRESA DE
SEGURANÇA

LICITAÇÃO OBRIGATÓRIA, POIS NÃO SE


TRATA DE ATIVIDADE ECONÔMICA FIM
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

IMPORTANTE

TAMBÉM É OBRIGADO A LICITAR SEGUNDO A NORMA:

1) FUNDOS ESPECIAIS

2) DEMAIS ENTES CONTRALADOS PELO DINHEIRO PÚBICO


(EX: SUBSIDÍARIA DE EMPRESA ESTATAL , TERCEIRO SETOR)
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

IMPORTANTE

A empresa estatal subsidiária é aquela cuja gestão e controle


são feitos por companhias estatais, em geral empresas
públicas ou sociedades de economia mista, desde que estas
tenham sido criadas pelo Estado. Tal companhia, então, cria
um novo empreendimento.
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

INDICAÇÃO DE MARCA

Não é novidade no ordenamento jurídica, pois o RDC já previa


essa possibilidade, a Lei 14.133/21 ratificou esse instituto DE
FORMA EXCEPCIONAL, POIS NÃO SE TRATA DE UMA
REGRA.
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

Art. 41 (LEI 14.133/21) . No caso de licitação que envolva o fornecimento de bens, a


Administração poderá excepcionalmente:

I - indicar uma ou mais marcas ou modelos, desde que formalmente justificado, nas seguintes
hipóteses:

a) em decorrência da necessidade de padronização do objeto;

b) em decorrência da necessidade de manter a compatibilidade com plataformas e padrões já


adotados pela Administração;

c) quando determinada marca ou modelo comercializados por mais de um fornecedor forem os


únicos capazes de atender às necessidades do contratante;

d) quando a descrição do objeto a ser licitado puder ser mais bem compreendida pela identificação
de determinada marca ou determinado modelo aptos a servir apenas como referência;
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

PADRONIZAÇÃO DO OBJETO
MANTER A COMPATILIDADE COM
AS PLATAFORMA DA
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

UNICA CAPAZ DE ATENDER

FACILITAR A INDENTIFICAÇÃO E
REFERENCIAÇÃO DO MODELOR
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

IMPORTANTE

No caso quando a descrição do objeto a ser licitado puder ser


mais bem compreendida pela identificação de determinada
marca ou determinado modelo aptos a servir apenas como
referência, a MARCA SERVIRÁ APENAS COMO ELEMENTO
REFERENCIADO, MAS NÃO HAVERÁ NECESSIDADE DE
AQUISAÇÃO DE PRODUTOS EXCLUSIVAMENTE DA MARCA
REFERENCIADA.
LICITAÇÕES PÚBLICAS
PROF. TIAGO MARTINS

Art. 41 (LEI 14.133/21) .

II - exigir amostra ou prova de conceito do bem no procedimento de pré-qualificação permanente, na fase


de julgamento das propostas ou de lances, ou no período de vigência do contrato ou da ata de registro de
preços, desde que previsto no edital da licitação e justificada a necessidade de sua apresentação;

III - vedar a contratação de marca ou produto, quando, mediante processo administrativo, restar
comprovado que produtos adquiridos e utilizados anteriormente pela Administração não atendem a
requisitos indispensáveis ao pleno adimplemento da obrigação contratual;

IV - solicitar, motivadamente, carta de solidariedade emitida pelo fabricante, que assegure a execução do
contrato, no caso de licitante revendedor ou distribuidor.

Parágrafo único. A exigência prevista no inciso II do caput deste artigo restringir-se-á ao licitante
provisoriamente vencedor quando realizada na fase de julgamento das propostas ou de lances.