Você está na página 1de 4

Aproveitando as oportunidades

A pandemia trouxe algumas mudanças bruscas, tanto na vida


pessoal, quanto na nossa vida profissional. Algumas oportunidades
chegaram junto com essas mudanças. Pessoas que tinham uma
rotina muito acelerada, começaram a trabalhar remotamente e
consequentemente conviveram mais com sua família, outras com
algumas perdas tiveram a oportunidade de dar mais valor a sua
vida, ser grato, algumas pessoas se reinventaram na forma de
trabalhar pois perderam sua principal renda. E você? Nesse tempo
conseguiu enxergar alguma nova oportunidade? Pontos que levam
a gente a desistir ou não aproveitar as oportunidades:

-Falta de atitude/ Acomodação (meu lugar é confortável, não quero


sair da minha zona de conforto)

-Falta de autoconfiança (é ter segurança em si mesmo, reconhecer


algumas qualidades, dons e talentos dado por Deus)

-Frustração (é natural nos frustrarmos, nos decepcionarmos na


nossa caminhada. Principalmente na igreja, que é a reunião de
gente imperfeita buscando servir de forma perfeita. Algumas
palavras, atitudes serão lançadas e temos que ter sabedoria e
sempre lembrar que palavras de homens, são diferentes da palavra
de Deus)

-Comparação (principalmente de inferioridade. Ex Ela faz assim, eu


nunca chegarei aquele nível. È um engano. Somos singulares em
todas as áreas da nossa vida.)

-Falta de comunhão com Deus (a falta de comunhão nos afasta da


casa de Deus e das coisas de Deus).

-Preguiça de se mexer

As vezes não conseguimos enxergas as oportunidades, por


estarem disfarçadas, ou com obstáculos. Nem todas vem de forma
direta e fácil. No capítulo 3 que lemos durante a semana, o autor
cita exemplo de quatro mulheres. E vou me basear nelas, pois está
fresco na nossa memória. Essas mulheres escolheram agarrar
oportunidades únicas, marcaram sua geração.

O que será que elas tinham, que precisamos ter? O mundo continua
mal, com aflições, dores, medos, angústias. Vamos analisá-las.

-Abigail, era casada com um homem rude, de coração duro.


Aproveitou a oportunidade de honrar o Rei e como resultado foi
resgatada de um casamento terrível. Foi elevada a uma das mais
altas posições que uma mulher poderia ocupar naquela época.

-Rute, após a morte de seu marido decidiu deixar a sua cidade e


seguir sua sogra e o Deus dela. Fez parte da linhagem de Jesus.

-Débora, foi uma líder vencedora. Ela motivou Baraque a conquistar


sua maior batalha prometeu que o acompanharia na guerra.

-Ester, foi ousada. Arriscou sua própria vida em favor do seu povo.

Por todos os lados há oportunidades, em todas as áreas da nossa


vida. Deus coloca desejos no nosso coração para que Ele possa
cumpri-los.

Qualidades que essas mulheres tinham que devemos adquirir:

*Intimidade: Tinham intimidade com Deus através da oração.


Sabiam escutar a doce voz do Espírito Santo.

*Comunicação: A comunicação com qualquer pessoa era baseada


na verdade.

*Mansidão/Humildade/Equilíbrio: Eram humildes para reconhecer


quem era dono de toda oportunidade e mansas para saber falar na
hora certa

Santidade: Construíam dia após dia um vida de renúncias da carne.


*Identidade: Elas sabiam quem eram, para que foram chamadas,
qual era o seu destino

O Senhor nos dotou com dons, talentos únicos, singulares, e só nós


teremos a oportunidade de usar do jeito que Ele quer. E as vezes
pelo endurecimento do nosso coração deixamos oportunidades que
foram feitas apenas para nós. Como vimos na aula passada,
algumas tendências causam um peso muito grande, causam
cegueira espiritual. Vamos liberar os pesos?

Assim como essas mulheres de Deus passaram por tantas


experiências que você sinta o cuidado de Deus, a paz de Deus no
seu coração.

Momento de oração:

Convido a vocês a fecharam seus olhos por uns instantes e pensar


sobre o que falta para eu enxergar, aproveitar as oportunidades.

Coloque diante de Deus seus pesos, suas fragilidades: Venham a


mim todos os que estão cansados e sobrecarregados e eu, lhes
darei descanso. Tomem vocês o meu jugo e aprendam de mim,
pois sou manso e humilde de coração e vocês encontraram
descanso de para as suas almas. Pois meu jugo é suave e o meu
fardo é leve.

Levantar placas 1

E se um dia tudo for tomado de você? Quem é você? Você é filha


de Deus, Nova criatura, Tem uma nova identidade.

Um dos fatores essenciais é eu não saber sobre minha identidade,


minha singularidade. Minha identidade está sendo refletida a Glória
de Cristo ou está atrelada a coisas deste mundo? Se estiver, quero
convidar você a abandonar, pois quando entregamos
verdadeiramente nossa vida para Jesus Cristo, nossa identidade é
renovada, ela passa a ser celestial. Eu tenho o DNA semelhante ao
de Cristo. Mesmo que minha mãe não tenha tido sabedoria na
escolha do meu nome, se eu nasci por acaso, Deus muda meu
nome, minha história e precisamos viver de acordo com a
identidade celestial que Ele nos deu. Eu sou nova criatura

Busque em Deus sua singularidade como mulher no reino, na sua


casa, no seu ambiente secular. Busque a identidade em Cristo...

- Levantar Placas 2