Você está na página 1de 2

INSTITUTO SUPERIOR POLITECNICO DE GAZA

DIVISÃO DE ECONOMIA E GESTÃO


Curso de Contabilidade e Auditoria
Trabalho prático II (Ano Lectivo 2020)

Disciplina: Calculo Financeiro


Data: 02 de Fevereiro 2021
Duração: 3 dias
Prof. Hortêncio Constantino. Contacto 866610140, email hcvaloi@gmail.com

Leia atentamente e resolva o teste que se segue. Apresente os resultados finais arredondados a 4 casas decimais (exceto os cálculos intermédios, os
quais devem ser efetuados com o máximo de casas decimais), seguindo a regra geral de arredondamento. No caso de taxas de juro, considere pelo menos três casas
decimais, quando necessário.

1. A empresa ZYX aplicou um capital de 25.000 €, em regime de juro composto, vencendo juros às seguintes taxas:
- No 1.º ano: 2% ao bimestre;
- No 2.º ano: 4% ao quadrimestre;
- No 3.º ano: 3,5% ao trimestre;
- No 4.º ano: 6% ao semestre.
Sabendo que por necessidades de tesouraria a empresa ZYX levantou 10.000 € no final do 2.º ano, calcule:
a) O valor acumulado no final do 4.º ano;
b) A taxa média anual obtida nos quatro anos.
2. Um capital de 3500 € foi aplicado em juro composto durante um prazo de três anos a uma taxa de capitalização i trimestral.
a) Sabendo que esta taxa i trimestral é equivalente à taxa anual de 19,25186%, determine aquela taxa;
b) Determine o rendimento produzido por aquele capital durante o prazo de aplicação.

3. Uma entidade tem uma dívida de 20.000 € que deverá satisfazer da seguinte forma:
- 5.000 € daqui a 6 meses;
- 7.000 € daqui a 9 meses;
- 8. 000 € daqui a 18 meses.
O valor da dívida inclui os respectivos juros contratuais e, neste momento, as partes contratantes concordaram no pagamento
imediato contando juros a favor do devedor à taxa anual de 20%.
Assim, pretende-se calcular o valor que deverá ser pago imediatamente pelo devedor em cada uma das seguintes hipóteses:
a) Considerando o regime de capitalização a juros simples pelo método do desconto por fora;
b) Considerando o regime de capitalização a juros simples pelo método do desconto por dentro;
c) Considerando o regime de capitalização composta;
4. Uma entidade aceitou quatro letras de valores nominais iguais a 60, 80, 30 e 120 €, com vencimentos a 1, 3, 4 e 6 meses,
respectivamente, e pretende substitui-las por duas outras letras de igual valor nominal, vencendo-se uma a seis meses e
outra a um ano, contados a partir desta data. Calcule o valor nominal de cada uma das letras substitutas admitindo a taxa
comum de 30 %/ano no regime de juro simples e desconto por fora.
Bom Trabalho!!
ISPG marcando a diferença!

Você também pode gostar