Você está na página 1de 16

Carta aos Unionistas

P. Kristolev
Carta aos Unionistas

Sumário

Carta aos Unionistas


Nota do Autor 2
Arar a Terra 3
A Sociedade 5
Discrição 7
Família 9
Partidos e Movimentos 11
O Efeito Dominó 13
A Juventude 14

1
Carta aos Unionistas

Nota do Autor
Escrevo esse texto para ajudar meus amigos e irmãos de
ideologia a converterem o maior número de pessoas para a
causa maior, evitando os erros daqueles que tentaram antes de
nós e falharam de maneira terrível, afastando cada vez mais as
pessoas de apoiarem o que de fato importa.

Gostaria que lessem com atenção, e meditassem após cada


capítulo, para que nosso êxito seja certo, e que nossa bondade
seja vista por todos aqueles que hoje nos opõem.

2
Carta aos Unionistas

Arar a Terra
Considere a conquista de novos membros como uma
plantação: vá em busca de solo fértil; e então are à terra,
preparando-a para receber as sementes que irão florescer no
futuro; semeie, e então cuide, pois uma plantação sem
cuidado está fadada ao fracasso; em uma plantação orgânica
são necessários muitos cuidados para que as pestes não a
contaminem, e o mesmo se aplica a conquista de novos
membros, cuide deles para que as pragas não os contaminem,
e percamos toda a plantação, que é demorada e difícil.

O solo fértil é qualquer pessoa, a mente humana é incrível, e


está aberta a tudo, desde que aplicado o cuidado necessário.
Mesmo aqueles solos rebeldes são férteis, basta a insistência, e
também o cuidado. Extrapole um pouco e o solo será infértil
para sempre. Após a análise de solo, o processo de arar, isto é,
preparar o solo para o plantio, é o maior importante elemento
da plantação, pois é quando se permite que novas ideias
entrem naquela pessoa, deixando para trás também o que ela
acreditava. Seguido o processo de arar, temos de semear, ou
seja, aplicar o ideal, processo que por si só é demorado, mas
que ao fim de tudo, salvo os cuidados necessários, dá frutos
impecáveis, que servirão a todos vocês, e que também serão
novos plantadores nessa grande plantação, e que também
3
Carta aos Unionistas

participarão nos processos da colheita futura, tendo suas


próprias colheitas e trazendo mais e mais frutos.

4
Carta aos Unionistas

A Sociedade
A sociedade, por muito já doutrinada a ser contra aquilo que
defendemos, precisa da plantação, e na verdade, eles são os
futuros frutos dessa plantação, pois é a sociedade, o povo, a
nação, que será transformada em frutos da ideia. Uma terra
que não passa por todos os processos da colheita está fadada
ao fracasso, pois seus frutos irão murchar ou serão
contaminados por pragas, e se perderão, por isso a análise
cuidadosa de cada processo é fundamental. Assim como uma
casa, a conversão não se inicia do teto para o alicerce, mas do
alicerce para o teto. Aquele que tenta inserir novas ideias sem
antes construir o alicerce está fadado ao fracasso.

E então lhes pergunto, quem é a base da sociedade? Quem


serão aqueles que levarão os ensinamentos do mundo atual
para sua vida adulta, fazendo parte de instituições, governos,
empresas, partidos e movimentos? A Juventude. A juventude
é uma arma poderosa, pois hoje aqueles que se apoiam em
algo que parece nefasto, e que não tem voz, no futuro estarão
dentro dos movimentos e instituições, e lá terão voz. O
mesmo se aplica a nós. Coloque na juventude a semente de
nossa ideia, e no futuro eles serão líderes de empresas,
partidos, sindicatos, e governos.

5
Carta aos Unionistas

As ideias hoje plantadas na juventude serão amanhã as ideias


da sociedade, pois é o processo natural das coisas, hoje os
jovens que têm pouca voz pouco interferem na sociedade
como um todo, mas no futuro eles serão a base da sociedade, e
seus filhos serão também frutos da plantação. Hoje cria-se um
Unionista, amanhã ele será adulto, terá filhos, que também
serão unionistas, e os filhos dos seus filhos serão unionistas, e
então você terá uma sociedade totalmente abraçada às nossas
ideias. E que esses que lutam ao nosso lado sejam
missionários, não somente da fé, mas também da ideia, e que
levem a ideia para o covil do inimigo, transforme os inimigos
em seus apoiadores, e então rasgue as instituições de dentro
para fora sem qualquer oposição, pois os antigos opositores já
estão do seu lado.

6
Carta aos Unionistas

Discrição
Meus amigos, a discrição é o elemento mais importante
daqueles que serão os mensageiros de nossa ideia. Um
mensageiro que não sabe manter o silêncio na hora certa é
também alguém perigoso, em quem não se pode confiar para
nada, tampouco para espalhar as boas novas do tempo que
virá.

É impossível ter o apoio das massas quando aqueles que


devem espalhar nossa ideia são pessoas sem virtude, que não
aplicam métodos de desconstrução histórica das mentiras que
nos são contadas sem ser uma pessoa que apenas fala verdades,
mas que não prepara as mentes das pessoas para essas verdades.
Se todos na sociedade pensam que certo acontecimento de
fato aconteceu, jamais será possível convencê-la do contrário
apenas dizendo que não ocorreu, primeiro prepara-se com
cuidado o que será dito, e da base ao topo faça o
acontecimento falso ser negado, e a pessoa que antes
acreditava naquilo será liberta das amarras da mentira.

Jamais pense em fazer alguém negar algo sem antes preparar o


terreno, sem ter a confiança e a amizade dessa pessoa, sem ter
ela totalmente confiante em suas ideias e falas, e então aos
poucos comece a revelar verdades, ainda que sem citar nomes
7
Carta aos Unionistas

ou lugares, e no final essa pessoa negará as mentiras que foram


a ela contadas desde o princípio, e que também por influência
daqueles que contam, não lhe foi permitida o pensamento
crítico sobre o que lhe é contada. Expor fatos chocantes sem
antes ter o alvo em mãos foi onde todos nossos antepassados
de ideologia erraram.

Saiba manter o silêncio quando a ocasião exigir. Não seja


aquele que se levanta para se opor a todos em uma discussão, e
que por consequência afasta as pessoas de você. Seja aquele
que conquista a todos, trás todos para o seu lado, coloca a
todos em suas mãos e rompe os ambientes da oposição de
dentro para fora. Sob nenhuma hipótese seja o renegado que
discorda de todos, traga todos para o seu lado e faça com que
eles discordem junto de você.

Não perca tempo com discussões fúteis, a menos que isso seja
importante para a conversão de alguém que é contra nós.
Quando falando com alguém, toda sua dedicação deve ser de
servir a causa, pois és como um soldado em missão, e se falhar
tudo irá desmoronar. Que não se discuta qual presidente foi
ou é melhor, toda a discussão deve engrandecer a causa, trazer
novas pessoas, e desconstruir a oposição, fazendo ela ser a nova
base de apoio, que já não discorda de nós.

8
Carta aos Unionistas

Família
Crie seus filhos para o certo, ensinando-os a seguir o que é
correto, e faça da sua família um corpo único que segue a uma
mesma causa, a causa da nação, e de Deus. Um pai que não
educa ao seu filho falha em sua missão divina da paternidade,
eduque seu filho desde o princípio, para que este seja um
soldado de Deus e da causa, para que jamais se volte contra
aquilo que é o certo.

Seja um pai ou uma mãe dedicados, e não tenhais pena de


repreender quando necessário, pois um erro não repreendido
pode ser a passagem para uma vida de perdição. Apresente aos
seus filhos as belezas de nosso Senhor, e o crie para servi-lo, e
servi-lo a pátria, presente de Deus para nossa vida na Terra.

Seus filhos crescerão e educarão seus netos da mesma forma


com que educou seu filho, e eles também farão parte de nossa
missão maior, que jamais será apagada da história desse
mundo. Hoje fazemos pequenos atos, mas amanhã toda a
nossa dedicação será contada nos livros de história, e eu e você
serviremos de inspiração para as gerações de todo o sempre.
Olharão para nós, verão o quão puros éramos, e em nossa
bondade meditarão, e nossa chama de glória jamais se apagará,

9
Carta aos Unionistas

por mais que tentem, pois somos protegidos por algo


incompreensível para a consciência humana.

10
Carta aos Unionistas

Partidos e Movimentos
O soldado da pátria se infiltra na oposição, faz amizade nos
movimentos que seriam contrários à nós, chega aos cargos de
comando regional e até nacional desses movimentos, e racha
eles de dentro para fora, enfraquecendo a oposição e fazendo
com que ela se junte à nós.

Nos movimentos, faça amigos, seja influente, mas discreto,


traga todos para seu lado e então com uma implosão destrua
qualquer reminiscência de opinião contrária à causa. Não use
violência, mas também não seja a ovelha negra que é odiada
por todos, se infiltre sorrateiramente sem que ninguém
perceba, faça todos estarem do seu lado sem que ninguém
perceba, e quando você menos esperar todos estarão apoiando
nossa missão maior, e sequer perceberão como chegaram a tal
ponto.

Procure ser o líder, mas não apenas um líder por influência


entre a cúpula do movimento, mas um líder por excelência,
querido por toda a base do movimento, e que até a liderança
do partido possa temer. Estaremos em todos os lugares, e
ninguém saberá quem somos, seremos os médicos, mas
também os socorristas, seremos os estudantes, e também os
professores, seremos os patrões, mas também os trabalhadores.
11
Carta aos Unionistas

Tudo estará em nossa causa, nada estará contra ela, e todos em


favor dela trabalharão, e aqueles que verdadeiramente se
opõem à nós nada poderão fazer, pois não saberão quem
somos, nossa discrição e liderança farão com que todos sejam
opostos aos contrários, e seremos todos, mas também seremos
invisíveis aos olhos dos inimigos.

Em qualquer que seja o movimento, grupo, ou seita, faça


amigos, converta-os sorrateiramente e então imploda o
inimigo, trazendo todos que o apoiavam para o seu lado,
deixando-o abandonado e sem qualquer poder.

12
Carta aos Unionistas

O Efeito Dominó
Trazer todos para o seu lado é uma pequena parte do processo.
A parte mais importante, e que vai garantir a perpetuação da
conversão generalizada da nação em prol da pátria é o efeito
dominó. Treine seus próximos para que façam o mesmo que
faz, converter os opositores, e treine os opositores convertidos
para fazerem o mesmo, e que os opositores convertidos pelos
que antes eram opositores também possam converter mais e
mais pessoas e trazê-las para a mesma luta. Uma pessoa,
aplicando tal fórmula, em meses terá milhares lutando no
mesmo lado que você.

Como um efeito dominó todos cairão em favor de uma causa


maior, a união nacional. É seu dever preparar os novos amigos
para perpetuar a conversão dos inimigos da pátria, fazendo-os
serem fiéis compatriotas que também convertem mais pessoas

13
Carta aos Unionistas

A Juventude
Futura força motora de nosso país, uma das mais poderosas
forças de nosso país, pois no futuro deterão o destino da nação
em suas mãos, e por isso a juventude deve ser o foco do
Unionismo, alastrando por ela nossos ideais, pois crescerão
para serem homens virtuosos. Alguns serão militares, e nas
forças armadas perpetuarão a virtude da conversão de
inimigos. Alguns serão líderes de movimentos, e lá
converterão a todos. Estarão em todos os lugares, e ninguém
saberá quem são.

Converta a juventude, e terá a futura força motora da nação


em alinhamento com os ideais maiores do Unionismo.

14
Carta aos Unionistas

Pela glória da Pátria, para sempre unionistas.

15

Você também pode gostar