Você está na página 1de 10

REFINARIA NACIONAL DE SAL S.A.

Código Título: Página Data Emissão


NP.CQ.012.7 FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO 1 / 10 17/11/2016
QUÍMICO – CLORETO DE SÓDIO

1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA FABRICANTE OU FORNECEDORA


1.1. Identificação do Produto
Forma do Produto: Granular

Nome Comercial: Cloreto de Sódio

CAS Nº: 7647-14-5

Fórmula Química: NaCl

1.2. Utilizações/Descrição do produto


O sal (cloreto de sódio) é um produto inorgânico de natureza iônica, de grande estabilidade, não
sendo classificado como produto perigoso.

1.3. Identificação do Fabricante ou Fornecedor


Nome da empresa: REFINARIA NACIONAL DE SAL S.A.

Endereço: Salinas Ponta do Costa s/n° - CEP 28901-970 - Cabo Frio – RJ

Telefone para contato: (22) 2008-0300

1.4. Telefones de emergência


Telefone de emergência: (22) 2008-0300

2. IDENTIFICAÇÃO DOS PERIGOS


2.1. Classificação do produto
Sistema de classificação: ABNT NBR 14725-4:2014. Sistema Globalmente Harmonizado para
a Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos, ONU.

2.2. Elementos do rótulo


Rotulagem GHS: Não se aplica

2.3. Outros perigos


Pode causar irritação do trato respiratório; pode causar irritação nos olhos; pode causar irritação
na pele; pode causar irritação trato digestivo, como náusea, vômito e diarreia.

2.4. Toxidade desconhecida (GHS)


Não se aplica

Nome Departamento Assinatura


ELABORAÇÃO Aurênio Ribeiro Responsável Técnico
APROVAÇÃO José Augusto Cardoso Diretoria Industrial
REFINARIA NACIONAL DE SAL S.A.
Código Título: Página Data Emissão
NP.CQ.012.7 FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO 2 / 10 17/11/2016
QUÍMICO – CLORETO DE SÓDIO

3. INFORMAÇÕES SOBRE A COMPOSIÇÃO


3.1. Substância
Fórmula: NaCl

Peso Molecular: 58,44

Sinônimos: Sal; sal grosso; sal marinho; sal de mesa.

Família Química: Sal inorgânico (metal alcalino – halogênico)

CAS nº Nome Químico % EINECS GHS-US


7647-14-5 Cloreto de Sódio 99 – 100 231-598-3 Não classificado

3.2. Mistura
Não se aplica

4. MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS


4.1. Descrição das medidas de primeiros socorros
Contato com os olhos: Lave os olhos com muita água corrente por 15 minutos, no mínimo,
levantando ocasionalmente as pálpebras (inferior e superior). Procure
auxílio médico.

Contato com a pele: Lave a pele com bastante água e sabão por 15 minutos, no mínimo.
Remova as roupas e sapatos contaminados. Se a irritação persistir ou
se alastrar, procure auxílio médico. Lave as roupas antes de usá-las
novamente.

Ingestão: Se a vítima está consciente e alerta, administre água ou leite. Procure


auxílio médico.

Inalação: Remova imediatamente a pessoa da área contaminada, expondo-a ao


ar fresco. Se ela não estiver respirando, aplique respiração artificial. Se
estiver respirando com dificuldade, dê oxigênio. Se aparecer a tosse ou
outros sintomas, procure auxílio médico.

4.2. Sintomas e efeitos mais agudos


Sintomas e lesões: Não se espera que apresentem riscos mais significativos sob condições
de uso normais.

4.3. Indicações sobre cuidados médicos urgentes


Nenhum

Nome Departamento Assinatura


ELABORAÇÃO Aurênio Ribeiro Responsável Técnico
APROVAÇÃO José Augusto Cardoso Diretoria Industrial
REFINARIA NACIONAL DE SAL S.A.
Código Título: Página Data Emissão
NP.CQ.012.7 FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO 3 / 10 17/11/2016
QUÍMICO – CLORETO DE SÓDIO

5. MEDIDAS DE COMBATE A INCÊNDIO


5.1. Meios de extinção
Informações gerais: Use roupa de proteção adequada para prevenir o contato com a pele e
os olhos. Use um equipamento individual de respiração para prevenir o
contato com os produtos resultantes da decomposição térmica.

Para pequenos incêndios use: spray, pó químico, dióxido de carbono ou espuma química.

5.2. Perigos especiais decorrentes da substância/mistura


Perigo de incêndio: Não inflamável

Risco de explosão: Não disponível

Reatividade: Nenhuma

5.3. Precauções para brigadistas


Instruções para combate: Use água pulverizada para resfriar recipientes expostos. Tenha cuidado
ao combater fogo químico. Não entre na área de incêndio sem o
equipamento de proteção adequado, incluindo a proteção respiratória.
Temperatura de ignição: Não se aplica.
Classificação NFPA
Saúde 1
Flamabilidade 0
Reatividade 0
Específico -
Limites de Explosão Não disponíveis

6. MEDIDAS EM CASO DE DERRAMAMENTO ACIDENTAL OU VAZAMENTO


6.1. Precauções pessoais, equipamento de proteção e procedimentos de emergência
6.1.1. Para equipe de emergência
Equipamento de segurança: Óculos de segurança, luvas, bota e avental

Procedimento de emergência: Ventilar a área e evacuar pessoal desnecessário

6.1.2. Para demais pessoas e equipes


Equipamento de segurança: Óculos de segurança, luvas, bota e avental

Nome Departamento Assinatura


ELABORAÇÃO Aurênio Ribeiro Responsável Técnico
APROVAÇÃO José Augusto Cardoso Diretoria Industrial
REFINARIA NACIONAL DE SAL S.A.
Código Título: Página Data Emissão
NP.CQ.012.7 FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO 4 / 10 17/11/2016
QUÍMICO – CLORETO DE SÓDIO

Procedimento de emergência: Evacuar pessoal desnecessário

6.2. Precauções ambientais


Impedir a entrada em esgotos e águas públicas. Notificar as autoridades se o líquido entrar em
esgotos ou águas públicas.

6.3. Métodos e materiais de confinamento e limpeza


Método de limpeza: Varrer para recipientes adequados e minimizar a geração de poeiras.

6.4. Referência à outras seções:


Verificar item 8 – Medidas de controle de exposição e proteção individual.

7. MANUSEIO E ARMAZENAGEM
7.1. Precauções para manuseio
Trabalhar sob ventilação adequada. Minimizar a acumulação e a geração de poeira. Evitar contato
com os olhos, pele e roupas. Não ingerir ou inalar.

7.2. Condições de armazenagem


Armazenar em local fresco e seco, sem o contato direto da luz do sol.

7.3. Condições para utilizações específicas


Nenhuma.

8. MEDIDAS DE CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL


8.1. Parâmetros de controle
Uma boa ventilação deve ser suficiente para controlar seus níveis no ar.
Limites de Exposição
Nome Químico ACGIH NIOSH OSHA
Cloreto de Sódio Não Listado Não Listado Não Listado

8.2. Controles de exposição


Equipamentos de Proteção Individual
Olhos Use óculos de segurança com proteção lateral.

Nome Departamento Assinatura


ELABORAÇÃO Aurênio Ribeiro Responsável Técnico
APROVAÇÃO José Augusto Cardoso Diretoria Industrial
REFINARIA NACIONAL DE SAL S.A.
Código Título: Página Data Emissão
NP.CQ.012.7 FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO 5 / 10 17/11/2016
QUÍMICO – CLORETO DE SÓDIO

Pele Use luvas apropriadas, para prevenir a exposição da pele.

Vestimentas Use vestimentas de proteção apropriadas, para evitar o contato com a pele.

Respiradores Use um purificador aprovado pelo NIOSH/MSHA ou um respirador tipo


neblina.

9. PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS
9.1. Informações básicas sobre propriedades físico-químicas
Estado Físico Sólido

Aparência Cristais brancos ou incolores

Odor Inodoro

pH Próximo da neutralidade (soluções aquosas)

Ponto de Fusão 801 0C

Ponto de Ebulição 1413 0C

Pressão de Vapor 2,4 mm Hg (à 747 0C)

Solubilidade em Água 35,7 g/100ml (à 0 0C) - 36,0 g/100ml (à 20 0C)

Solubilidade em Pouco solúvel


outros solventes

Fórmula Molecular NaCl

Peso Molecular 58,4428 g/mol

Peso Específico 2,165 (água = 1)

Taxa de Evaporação Dados não disponíveis

Temperatura de Dados não disponíveis


autoignição

Temperatura de Dados não disponíveis


decomposição

Inflamabilidade Dados não disponíveis


(sólido, gás)

Propriedades explosivas Não aplicável

Propriedades oxidantes Nenhuma


Nome Departamento Assinatura
ELABORAÇÃO Aurênio Ribeiro Responsável Técnico
APROVAÇÃO José Augusto Cardoso Diretoria Industrial
REFINARIA NACIONAL DE SAL S.A.
Código Título: Página Data Emissão
NP.CQ.012.7 FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO 6 / 10 17/11/2016
QUÍMICO – CLORETO DE SÓDIO

Limites de explosão Não aplicável

9.2. Outras informações


Nenhuma informação adicional disponível

10. ESTABILIDADE E REATIVIDADE


10.1. Reatividade
Nenhuma.

10.2. Estabilidade química


Estável em condições normais.

10.3. Reações perigosas


Nenhuma.

10.4. Condições a se evitar


Temperaturas extremamente altas ou baixas.

10.5. Materiais incompatíveis


Reage com a maioria dos metais não nobres, como ferro, aço, materiais de construção (como o
cimento), bromo ou tetrafluoreto. Pode, potencialmente, reagir, explosivamente com a mistura de
anidrido dicloromaleico e uréia. A eletrólise de mistura de compostos nitrogenados pode formar o
explosivo tricloreto de nitrogênio.
Não há registro de polimerização perigosa.

10.6. Produtos perigosos de decomposição


Fumaças tóxicas de óxido de sódio.

11. INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS


11.1. Informações sobre efeitos toxicológicos
RTECS#
CAS 7647-14-5 VZ4725000

LD50/LC50
Oral Camundongos LD50 = 4g / kg; Ratos LD50 = 3g / kg

Nome Departamento Assinatura


ELABORAÇÃO Aurênio Ribeiro Responsável Técnico
APROVAÇÃO José Augusto Cardoso Diretoria Industrial
REFINARIA NACIONAL DE SAL S.A.
Código Título: Página Data Emissão
NP.CQ.012.7 FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO 7 / 10 17/11/2016
QUÍMICO – CLORETO DE SÓDIO

Inalação Ratos LC50 = > 42g / m3 / 1H

Pele Coelhos LD50 = 10g / kg;

Teste Draize – Coelhos


Olhos 100mg / 24H – Moderado; 10mg – Moderado

Pele 50mg / 24H – Leve; 500mg / 24H– Leve

Cercinogenicidade Não listado pela ACGIH, IARC, NIOSH, NTP e OSHA.

Epidemiologia Dados não disponíveis

Teratogenicidade É um teratógeno experimental

Efeitos na Reprodução Efeitos sobre a reprodução humana pela rota intraplacental: Abortivo.
Efeitos reprodutivos experimentais.

Neurotoxicidade Dados não disponíveis

Mutagenicidade Dados de mutação humana relatados.

12. INFORMAÇÕES RELATIVAS AO MEIO AMBIENTE


12.1. Exotocicidade
Nenhuma informação encontrada.

12.2. Dano ambiental


Nenhum reportado.

12.3. Físico-Químico
Nenhuma informação encontrada.

12.4. Outros
Nenhuma informação encontrada.

13. CONSIDERAÇÕES SOBRE DISPOSIÇÃO E DESCARTE


13.1. Métodos de tratamento de resíduos
Vazamento/Derramamento: Varrer o local, cuidadosamente, evitando a produção de pó. Recolher
todo o material derramado. Em seguida, lavar o local com bastante

Nome Departamento Assinatura


ELABORAÇÃO Aurênio Ribeiro Responsável Técnico
APROVAÇÃO José Augusto Cardoso Diretoria Industrial
REFINARIA NACIONAL DE SAL S.A.
Código Título: Página Data Emissão
NP.CQ.012.7 FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO 8 / 10 17/11/2016
QUÍMICO – CLORETO DE SÓDIO

água. Nesta operação deve-se utilizar: respirador apropriado, óculos


de segurança, botas e luvas de borracha.

Disposição: Enterrar ou dissolver em uma quantidade suficiente de água de


modo a não alterar os padrões de qualidade da mesma. Observar
toda a legislação Federal, Estadual e Municipal relacionada ao
assunto.

Classificação DOT: Não corrosivo.

14. INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE


ONU – IMO – IATA: Produto não perigoso para transporte rodoviário, ferroviário e aéreo.

15. INFORMAÇÕES SOBRE A REGULAMENTAÇÃO DO PRODUTO


15.1. Regulamentos Federais
Cloreto de Sódio
CAS 7647-14-5

15.2. Regulamentos Internacionais


Estados Unidos
TSCA: Listado

Chemical Test Rules (CTR): Nenhum dos componentes deste produto está listado no CTR.

Health & Safe Report List: Nenhum dos componentes deste produto está listado no
Health & Safe Report List.

TSCA (SNUR): Nenhum dos componentes deste produto tem registro no


Significant New Use Rule (SNUR - TSCA).

SARA
Seção 302 (RQ): Nenhum dos componentes deste produto contém um RQ.

Seção 302 (TPQ): Nenhum dos componentes deste produto contém um TPQ.

Códigos SARA: CAS 7647-14-5: Agudo

Seção 313: Nenhum dos componentes é reportado nesta seção.

Clean Air Act (CAA): Este material não contém qualquer agente poluidor perigoso
para o ar. Este material não contém qualquer agente redutor
(classe 1) da camada de ozônio. Este material não contém
qualquer agente redutor (classe 2) da camada de ozônio.

Nome Departamento Assinatura


ELABORAÇÃO Aurênio Ribeiro Responsável Técnico
APROVAÇÃO José Augusto Cardoso Diretoria Industrial
REFINARIA NACIONAL DE SAL S.A.
Código Título: Página Data Emissão
NP.CQ.012.7 FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO 9 / 10 17/11/2016
QUÍMICO – CLORETO DE SÓDIO

Clean Water Act (CWA): Nenhuma substância deste produto é listada como perigosa
pelo CWA. Nenhuma substância deste produto é listada como
um agente poluidor importante pelo CWA. Nenhuma
substância deste produto é listada como um agente poluente
tóxico pelo CWA.

OSHA: Nenhuma substância deste produto é considerada como


altamente perigosa pela OSHA.

Canadá
DSL / NDSL Listado

Canada’s Ingredient Disclosure Listado

Europa
Rotulagem Europeia de acordo com as orientações da União Europeia.

Símbolos de perigo Não disponível

Frases de risco Não disponível

Frases de segurança S 24 / 25 - Evite contato com a pele e com os olhos.

16. INFORMAÇÕES ADICIONAIS


Todas as declarações, recomendações e dados técnicos contidos nesta ficha de
segurança, representam o melhor do nosso conhecimento sobre o assunto, devendo ter, apenas,
a função de um guia. Contudo, não significa uma garantia (implícita ou explícita), um termo de
responsabilidade por possíveis danos (resultantes do uso do produto descrito) ou até mesmo uma
licença de operação.

É de responsabilidade do usuário, obedecer à todas as leis e regulamentos aplicáveis, de


âmbito Federal, Estadual e local.

É de responsabilidade do usuário, proporcionar um ambiente de trabalho seguro, através


da utilização das informações sobre os riscos à saúde e sobre a segurança fornecidas nesta ficha,
do treinamento dos seus colaboradores e do desenvolvimento de procedimentos/práticas de
trabalho seguro.

Siglas

NIOSH: National Institute of Occupational Safety and Health

Nome Departamento Assinatura


ELABORAÇÃO Aurênio Ribeiro Responsável Técnico
APROVAÇÃO José Augusto Cardoso Diretoria Industrial
REFINARIA NACIONAL DE SAL S.A.
Código Título: Página Data Emissão
NP.CQ.012.7 FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO 10 / 10 17/11/2016
QUÍMICO – CLORETO DE SÓDIO

IATA: International Air Transportation Association (Dangerous Goods Regulation)

OSHA: Occupational Safety and Health Administration

EINECS: European Inventory of Existing Commercial Chemical Substances

TSCA: Toxic Substances Control Act

DSL: Domestic Substances List – Canada

NDSL: Non-Domestic Substances List – Canada

SNUR: Significant New Use Rule

SARA: Superfund Amendment and Reauthorization Act – Sections 302 - 313

IMO: International Maritime Organization

SI: Salt Institute

Bibliografia
Código de Defesa do Consumidor

Legislação de Órgãos de Controle Ambiental (Federal, Estadual e Municipal)

Merck Index

Sodium Chloride - Dale Kaufmann

Nome Departamento Assinatura


ELABORAÇÃO Aurênio Ribeiro Responsável Técnico
APROVAÇÃO José Augusto Cardoso Diretoria Industrial