Você está na página 1de 2

Universidade Federal de Rondônia

Departamento de Administração
Gestão Ambiental
Profa. Lindsay Mesquita
Acadêmica: Jéssica Layne Coser

Assistir aos vídeos e responder as questões:

1º Vídeo – programa de qualificação em gestão ambiental;

1. Qual o foco do PQGA-Programa de Qualificação da Gestão Ambiental?


R: Desenvolvimento sustentável, preservação da floresta e de mananciais em todos os
municípios do bioma amazónico.

2. Como funcional o PQGA?


R: É um programa de capacitação gratuita para os gestores dos municípios e os
parceiros, por meio de ferramentas e soluções digitais.
Utiliza recursos do fundo Amazônia e é gerenciado pelo BNDES.

3. Quais as 6 linhas do PQGA? Descreva cada um deles.


R: Capacitação em Gestão Ambiental – Contribuir para o fortalecimento institucional dos
municípios – com ênfase na gestão ambiental – mediante capacitação na modalidade de educação a
distância (EAD), voltada para qualificação técnico-profissional dos principais atores envolvidos,
como forma de direcionar os esforços entre governo e sociedade na perspectiva do desenvolvimento
sustentável da região.

Encontro com Poder Legislativo Municipal – Sensibilizar integrantes do Poder Legislativo para a
importância dos temas ambientais, da sustentabilidade e outros de interesse para o exercício da
vereança, destacando as funções legislativas e de fiscalização e o papel da Câmara como espaço
permanente de debate e interação com a sociedade.

Orientação Técnica e Jurídica – Proporcionar ao gestor municipal e às equipes locais informações


e orientações técnicas e jurídicas, garantindo a qualidade técnica de projetos, programas e políticas
públicas e a segurança jurídica necessária à tomada de decisões. Essa linha de ação oferece ao gestor
meios para o alcance dos resultados pretendidos pela administração no marco da sustentabilidade,
bem como para favorecer um modelo de gestão pública eficiente, transparente e voltado para o
cidadão.

Comunidades de Aprendizagem – Oferecer, na perspectiva da educação continuada, a


possibilidade de ampliação de conhecimentos, troca de experiências e acesso a novas oportunidades
de qualificação e desenvolvimento mediante participação em redes virtuais criadas de forma
colaborativa. Essas redes, concretizadas a partir das comunidades de aprendizagem, constituem
grupos autogerenciados, com temas propostos livremente pelos participantes, podendo contar com a
presença de moderador que incentive e acompanhe o debate.

Premiação em Boas Práticas de Gestão Ambiental – Identificar e premiar experiências realizadas


no bioma Amazônia que promovam a preservação dos recursos naturais e o desenvolvimento local
sustentável, em especial a redução do desmatamento. 

Descentralização da Gestão Ambiental – Promover a facilitação do diálogo entre o governo


estadual e os municípios em cada uma das unidades da Federação que integram o bioma Amazônia,
visando alcançar padrões crescentes de boa governança nos processos e mecanismos de gestão para
o desenvolvimento sustentável da região. Com isso, o Programa busca colaborar com a prática do
diálogo federativo e o aperfeiçoamento das políticas com base nas contribuições e nos interesses
locais.

4. Qual sua opinião sobre o PQGA?


R: É um importante projeto que visa a melhoria do meio ambiente, capacitando os
gestores municipais para o cuidado e preservação dos recursos ambientais. É muito
importante o engajamentos dos gestores nos projetos e soluções ambientais para o
melhor desenvolvimento do municio e consequentemente do nosso planeta.

2º Vídeo – DOCUMENTÁRIO RODOVIARIA TRANSAMAZÔNICA – PA –


BRASIL

1. Como funciona a Gestão Ambiental dentro das construções na rodovia


Transamazônica?
R: O departamento Nacional de Infraestrutura e transporte – DNIT Por meio da gestão
ambiental, atua para que toda a área verde em torna das obras sofra o mínimo de
impacto ambiental possível
2. Quais as ações preventivas junto ao meio ambiente que aparecem no vídeo?
R: Verificação das áreas de construção das estradas e pavimentação, os recursos
(materiais) utilizados verificando o impacto perante a fauna e flora.
3. Como funciona o monitoramento dos rios e igarapés?
R: O monitoramento funciona periodicamente para verificar se as obras de
pavimentação estão influenciando nos rios e igarapés.

4. Quais os desafios para pavimentar a Transamazônica?


R: Materiais e mão de obras são desafios que estão sendo superados.

Você também pode gostar