Você está na página 1de 8

Data 20/03/14

Ar Condicionado e Refrigeração
Industrial
Revisão 000

Área SSO
AFR 007 – EQUIPAMENTOS DE
PROTEÇÃO INDIVIDUAL Páginas 1 /8

1. OBJETIVO
Esta norma visa definir, padronizar e estabelecer critérios de controle dos
Equipamentos de Proteção Individual utilizados por cada colaborador da Ar
Condicionado e Refrigeração Industrial.

2. APLICAÇÃO
Todos os colaboradores de Ar Condicionado e Refrigeração Industrial.

3. REFERÊNCIAS
Política da Qualidade;
Portaria nº 321P MTB - NR-6 “Equipamento de Proteção Individual”;
Procedimento interno para controle e distribuição de EPI’s.

4. DEFINIÇÕES
EPI – Equipamento de Proteção Individual;
RE – Reserva de Estoque;
EPR – Equipamento de Proteção Respiratória;
CA – Certificado de Aprovação (emitido pelo Ministério do Trabalho);
PT – Permissão de Trabalho;
APR – Avalilação Preliminar de Risco
PPR – Programa de Proteção Respiratória.

4.1. EPI’s DE USO COMUM


Todas os supervisores que necessitam de estoques de EPI’s (como por exemplo
conjuntos de trevira, botas de PVC, luvas etc), para uso comum em situações
especiais, deverão manter em seus arquivos o controle individual de entrega destes
EPI’s, que se fará mediante à um termo de responsabilidade devidamente assinado
e sempre atualizado, conforme modelo anexo.

4.2 HIGIENIZAÇÃO DE EPI’s

Elaborado por: Eng° Atilan O. Souza Revisado por: Eng° Eric Ferrari Aprovado por: AAB
Data 20/03/14
Ar Condicionado e Refrigeração
Industrial
Revisão 000

Área SSO
AFR 007 – EQUIPAMENTOS DE
PROTEÇÃO INDIVIDUAL Páginas 2 /8

O processo de higienização de EPI’s é realizado por empresa externa atendendo


aquelas áreas cujo grau de sugividade e contaminação em relação ao uso de
uniformes e EPI’s, é maior.
Nos casos onde o uniforme (calça, camisa e avental) não tenha sido usado para a
realização de manobras, mas usado apenas em visitas e observações de campo e
trabalhos simples do dia a dia, é permitido que sua lavagem seja feita de forma
particular desde que seja garantido que o EPI’s não esteja contaminado, e com
ciência do Supervisor imediato.

5. PROCEDIMENTOS E RESPONSABILIDADES / AUTORIDADES

5.1 RESPONSABILIDADES

5.1.1 SEGURANÇA DO TRABALHO


- Orientar os usuários sobre a correta utilização dos EPI’s;
- Definir a especificação de todos os EPI’s a serem utilizados pelos colaboradores da
Ar Condicionado e Refrigeração Industrial;
- Revisar este procedimento anualmente e divulgar as modificações implementadas;
- Verificar os CA’s de cada EPI;
- Cadastrar novos EPI’s e novos fornecedores junto à área de Suprimentos, de
acordo com a necessidade observada e solicitada pela supervisão de cada área;
- Remover dos cadastros os fornecedores a partir da constatação de problemas
relacionados à qualidade e durabilidade dos EPI’s, e providenciar sua substituição no
prazo máximo de 1 mês, evitando problema de suprimentos;
- Ministrar treinamento sobre os EPI’s, conforme a solicitação de cada área, e/ou
programa de treinamento;
- Realizar auditorias periódicas de forma aleatória nas Fichas de Controle e
-Distribuição de EPI’s, visando o controle de consumo e acompanhar a qualidade
dos EPI’s.

5.1.2. SUPRIMENTOS / ALMOXARIFADO

Elaborado por: Eng° Atilan O. Souza Revisado por: Eng° Eric Ferrari Aprovado por: AAB
Data 20/03/14
Ar Condicionado e Refrigeração
Industrial
Revisão 000

Área SSO
AFR 007 – EQUIPAMENTOS DE
PROTEÇÃO INDIVIDUAL Páginas 3 /8

- Consultar este manual sempre que necessário, nas situações de aquisição e


fornecimento de EPI’s;
- Manter o estoque de E.P.I’s atualizado, realizando as respectivas reposições
sempre que necessário (conforme parâmetros de estoques previamente definidos);
- Consultar a área de Segurança e Higiene Industrial sempre que surgir alguma
dúvida referente aos EPI’s a serem distribuídos;
- Registrar todos os EPI’s fornecidos aos colaboradores nas respectivas “Fichas de
Controle Individual”;
- Manter as “Fichas de Controle Individual” arquivadas em local seguro durante o
período em que o colaborador trabalhar na Ar Condicionado e Refrigeração
Industrial;
- A partir do desligamento de cada colaborador e após a devolução dos EPI’s
usados, enviar imediatamente a “Ficha de Controle Individual” à área de Recursos
Humanos (Atendimento ao Pessoal), a qual deverá anexá-la à ficha do colaborador
desligado, mantendo-se um tempo mínimo de arquivamento igual a 20 anos;
- Providenciar a destruição/descarte dos EPI’s usados;
- Manter atualizada a relação das empreiteiras autorizadas a receber EPI’s.
- Formalizar nos contratos/pedidos com empreiteiras, a responsabilidade pelo
fornecimento dos EPI’s.

5.1.3. ADMINSTRAÇÃO DE PESSOAL


- Ao final de cada mês a área de Atendimento ao Pessoal deverá fornecer ao
Almoxarifado uma listagem com os nomes dos funcionários demitidos do respectivo
mês;
- Proceder o desligamento total de funcionários, somente após os mesmos estarem
quites com o Almoxarifado;
- A área de Atendimento ao Pessoal é responsável por manter o arquivamento das
“Fichas de Controle Individual de EPI’s” dos colaboradores demitidos, por um
período mínimo de 20 anos.

5.1.4. USUÁRIOS EM GERAL


- Utilizar obrigatóriamente os EPI’s especificados para sua área e função e somente
para a finalidade a que se destina;
- Comunicar qualquer anormalidade ocorrida com seu EPI;
- Guardar e conservar todos os EPI’s recebidos;

Elaborado por: Eng° Atilan O. Souza Revisado por: Eng° Eric Ferrari Aprovado por: AAB
Data 20/03/14
Ar Condicionado e Refrigeração
Industrial
Revisão 000

Área SSO
AFR 007 – EQUIPAMENTOS DE
PROTEÇÃO INDIVIDUAL Páginas 4 /8

- Solicitar o fornecimento de um novo EPI sempre que necessário (em caso de


substituição);
- Antes de formalizar o seu desligamento da empresa, o funcionário deverá dirigir-se
ao almoxarifado para proceder a devolução dos EPI’s sob sua responsabilidade.

5.1.5. CHEFIA / SUPERVISÃO


- Emitir a requisição para cada EPI em conformidade com a “Função x EPI’s”
descrito nesta norma e utilizar-se de todos os recursos, inclusive disciplinares, para
zelar pelo correto cumprimento desta norma por parte de seus subordinados;
- Realizar o treinamento/ orientação quanto ao uso correto dos EPI’s.
Observação: A área de Segurança e Higiene Industrial poderá ser solicitada para
auxiliar na execução do treinamento teórico/ prático;
- Acompanhar os consumos de EPI’s, verificando os possíveis desvios e atuando
para que os gastos sejam os menores possíveis.

5.1.6. ÁREAS EM GERAL


- Consultar esta norma sempre que necessário, nas situações de emissão de RE’s;
- Consultá-la sempre que necessário sobre o EPI mais adequado a ser utilizado
quanto a função e a área;
- Manter este manual atualizado com relação a grade de funções e informar ao setor
de Segurança do Trabalho sempre que houver alterações (Exemplo: Em relação à
função, ao uso de EPI, nova área ou atividade);
- Descrever no padrão operacional o uso dos EPI’s específicos para cada atividade;
- No caso da necessidade do uso de EPI’s diferentes dos descritos nas tabelas de
EPI x Função do item 5.12, em função de atividades não comuns, esses EPI’s
deverão estar descritos em documentos emitidos para essas atividades: PT’s, ART’s,
APR’s etc.

5.2. PROCEDIMENTO
- A Ar Condicionado e Refrigeração Industrial fornecerá somente EPI’s testados e
aprovados pela área de Segurança do Trabalho, os quais deverão possuir CA
emitidos pelo Ministério do Trabalho, conforme exigências da legislação em vigor;
- A Gerência/ Supervisão de cada setor é responsável por emitir uma requisição
referente aos EPI’s desejados e a quantidade necessária, conforme a solicitação do
usuário. Na emissão da requisição deverá obrigatoriamente constar o número de
matrícula do colaborador beneficiado;

Elaborado por: Eng° Atilan O. Souza Revisado por: Eng° Eric Ferrari Aprovado por: AAB
Data 20/03/14
Ar Condicionado e Refrigeração
Industrial
Revisão 000

Área SSO
AFR 007 – EQUIPAMENTOS DE
PROTEÇÃO INDIVIDUAL Páginas 5 /8

- O fornecimento de EPI’s é individual, ou seja, o recebimento deve ser feito pela


própria pessoa no Almoxarifado;
- O Supervisor imediato é o responsável por requisitar somente os EPI’s específicos
definidos para cada função (em caso de dúvidas consultar o item, “Identificação de
EPI’s x Função”, desta norma);

Para os funcionários que trabalham no turno fixo noturno:


- O Supervisor do horário noturno emitirá a requisição solicitando os EPI’s
necessários, enviando um correio eletrônico (e-mail), solicitando a reserva ao
Almoxarifado um dia antes do fornecimento;
- De posse deste correio eletrônico, o entregador de materiais do almoxarifado
separará os respectivos EPI’s e a “Ficha de Controle Individual” e providenciará a
entrega do EPI’s ao Supervisor do turno da tarde da área solicitante;
- O Supervisor do turno da tarde da área solicitante, por sua vez, entregará os EPI’s
ao Supervisor noturno;
- O Supervisor noturno entregará os EPI‘s ao funcionário solicitante, colhendo o
registro de assinatura na respectiva “Ficha de Controle Individual”.
- Observação: Este mesmo procedimento deverá ser seguido nos casos de urgência
de fornecimento fora do horário estabelecido inclusive finais de semana e feriados,
porém, a solicitação dos EPI’s deverá ser feita envolvendo de Supervisão, a qual
possui acesso ao Almoxarifado, devendo registrar em livro específico o fornecimento
desses EPI’s para posterior lançamento na ”Ficha de Controle Individual”.
- O fornecimento de EPI’s à terceiros será permitido somente mediante solicitação
prévia via correio eletrônico emitido pela Gerência/Supervisão da área onde os
serviços serão executados. Os custos destes EPI’s serão repassados à empreiteira,
conforme cláusula contratual firmada no ato da contratação. Não será permitida a
entrega de EPI’s às empreiteiras que não tenham formalizado no contrato este
compromisso.
- A retirada de qualquer EPI no Almoxarifado deverá ser executada da seguinte
forma:
- O colaborador dirige-se ao Almoxarifado e apresenta o crachá ao entregador de
materiais, o qual conferirá o nome e centro de custo, identificando os materiais a
serem fornecidos;
-O entregador de materiais apanhará a “Ficha Controle de Individual” de EPI’s do
respectivo usuário solicitante e registrará no campo apropriado os seguintes itens: o
tipo de EPI fornecido e a data de fornecimento. Em seguida solicita que o usuário
viste o campo de assinaturas da Ficha;

Elaborado por: Eng° Atilan O. Souza Revisado por: Eng° Eric Ferrari Aprovado por: AAB
Data 20/03/14
Ar Condicionado e Refrigeração
Industrial
Revisão 000

Área SSO
AFR 007 – EQUIPAMENTOS DE
PROTEÇÃO INDIVIDUAL Páginas 6 /8

- O entregador de materiais só poderá entregar um novo EPI mediante a


apresentação do EPI usado/danificado. Essa regra só não se aplica aos
colaboradores recém admitidos quando estiverem recebendo os EPI’s pela primeira
vez;
- Observação: O fornecimento de EPI’s sem a entrega do material usado/danificado
só será aceita em casos de perda ou roubo mediante a apresentação de justificativa
por escrito (via correio eletrônico) emitido pela Gerência/Supervisão da área.
- Caso o entregador de materiais tenha alguma dúvida no tocante a entrega do tipo
adequado de EPI, deverá consultar o “Manual de EPI x Função”
- Observação: O preenchimento da reqisição para fornecimento de EPI’s é feito da
mesma forma que uma RE normal, o único acréscimo - Manter este manual
atualizado com relação a grade de funções e informar ao setor de Segurança do
Trabaho sempre que houver alterações (Exemplo: Em relação à função, ao uso de
EPI, nova área ou atividade);
- Descrever no padrão operacional o uso dos EPI’s específicos para cada atividade;
- No caso da necessidade do uso de EPI’s diferentes dos descritos nas tabelas de
EPI x Função do item 5.12, em função de atividades não comuns, esses EPI’s
deverão estar descritos em documentos emitidos para essas atividades: PT’s, ART’s,
APR’s e etc.
- A Ar Condicionado e Refrigeração Industrial fornecerá somente EPI’s testados e
aprovados pela área de Segurança do Trabalho, os quais deverão possuir CA
emitidos pelo Ministério do Trabalho, conforme exigências da legislação em vigor;
- O Supervisor imediato é o responsável por requisitar somente os EPI’s específicos
definidos para cada função (em caso de dúvidas consultar o item, “Identificação de
EPI’s x Função”, desta norma);

5.2.1 EQUIPAMENTO ENVIADOS PARA HIGIENIZAÇÃO


 Botas de Borracha ou PVC;
 Calça de trevira;
 Blusão de trevira;
 Equipamentos de proteção respiratória (máscaras, traquéias etc);
Cada colaborador que utilizar os EPI’s acima listados, deverá receber inicialmente
duas peças de cada EPI, registrados na “Ficha de Controle Individual”. Esta regra
não se aplica para os Equipamentos de Proteção Respiratória (EPR’s) e roupas
herméticas em trevira.
A Gerência de cada área definirá as funções em suas respectivas áreas que se
enquadrem neste item.

Elaborado por: Eng° Atilan O. Souza Revisado por: Eng° Eric Ferrari Aprovado por: AAB
Data 20/03/14
Ar Condicionado e Refrigeração
Industrial
Revisão 000

Área SSO
AFR 007 – EQUIPAMENTOS DE
PROTEÇÃO INDIVIDUAL Páginas 7 /8

5.2.2 EPI’S ELETRICISTAS


Será padronizado o uso de uniforme (calça e camisa), nível de proteção 2 para arco
elétrico, para todos os eletricistas e instrumentistas, juntamente com luvas, balaclava
e óculos.
Nas intevenções que exijam niveis de proteção maior, conforme os procedimentos
existente para cada subestação, CCM ou sala elétrica, serão utilizados capas, capuz
e luvas de proteção nível 4

5.2.3 OBSERVAÇÕES GERAIS


A utilização de protetores auriculares possibilita ao usuário a oportunidade de
escolher entre um protetor de inserção ou abafador (o usuário poderá ter os dois
tipos quando realizar atividades em locais extremamente ruidosos (exemplo de Sala
de Sopradores, Casas de Força, áreas de utilidades e etc.).

6. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES
Não aplicável

7. ANEXOS

7.1 TERMO DE RESPONSABILIDADE

Elaborado por: Eng° Atilan O. Souza Revisado por: Eng° Eric Ferrari Aprovado por: AAB
Data 20/03/14
Ar Condicionado e Refrigeração
Industrial
Revisão 000

Área SSO
AFR 007 – EQUIPAMENTOS DE
PROTEÇÃO INDIVIDUAL Páginas 8 /8

Elaborado por: Eng° Atilan O. Souza Revisado por: Eng° Eric Ferrari Aprovado por: AAB

Você também pode gostar