INTRODUÇÃO

O Estágio Supervisionado é um cumprimento da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei Federal nº 9.394, de 20 de Dezembro de 1996), que define que todo curso de Licenciatura deve oferece-lo na formação de professores para atuarem na rede de ensino público ou privada. É ainda uma atividade obrigatória que deve ser cumprida pelo aluno em instituição públicas sob a orientação e supervisão do professor-orientador e/ou profissionais credenciados pela instituição. A importância do estágio constitui-se principalmente, no fato de transformar a teoria em prática confrontando o acadêmico à inúmeras situações de âmbito profissional que ele se deparará em sua profissão, assim, cabe ao estágio o primeiro contato do acadêmico com a prática profissional que o curso oferece. O presente projeto de Estágio Supervisionado II foi elaborado para duração de 1 (um) ano, correspondendo ao ano letivo de 2011, iniciando no início das aulas em Fevereiro até Dezembro, com carga horária de 200 (duzentas) horas aulas. Todo estagiário deve ter um projeto individual de Estágio, porém cabe a todos seguir o mesmo cronograma de atividades.

.OBJETIVO GERAL O Estágio Supervisionado visa oportunizar a vivencia teórico-prática e propiciar ao estagiário o contato e a contextualização do ambiente de trabalho deixando. assim com que este participe de situações concretas e passa trabalhar/desenvolver práticas de ensino de acordo com a necessidade da realidade escolar.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS • • Propor ao estagiário a observação e convivência com a realidade escolar. entre outros. . conduzir e avaliar processo de ensino-aprendizagem. Permitir o melhoramento de suas habilidades pessoais de se relacionar. Motivar o futuro matemático a se empenhar cada vez mais em sua formação para melhorar o ensino da Matemática. Praticar/desenvolver habilidades em diversas tarefas tais como: fazer planejamento. • • • Unir a teoria à prática de modo que o estagiário explore seus conhecimentos e métodos auto avaliando-se. aplicar procedimentos e recursos específicos.

o aluno ao ir na Escola Campo conversará com o professor regente para que este transmita o conteúdo a ser trabalhado. Na fase da Regência do Ensino Fundamental o acadêmico/estagiário assumirá o controle da sala de aula expondo sua aptidão e competência na mesma. Após elaborar o projeto o acadêmico deverá procurar uma Escola Campo onde este fará suas Regências. esse tem que elaborar um método para que os alunos da Escola Campo aprenda e se interessem mais pelo conteúdo e pelas aulas. após a elaboração o projeto deve ser apresentado e colocado em prática. o que acrescenta na sua formação. Projeto de Intervenção Pedagógica e Aula Prova. sendo de primeiro momento no Ensino Fundamental. todas as atividades que o mesmo realizará no decorrente do ano letivo e os apresentará ao professor/orientador para ser avaliado tendo ainda como forma de avaliação 21 (vinte e uma) horas aula. No primeiro momento. classificando o aluno/professor como apto ou inapto. esse trabalho terá um tema escolhido pelo aluno no período da Regência. porém o professor/orientador do Estágio assistirá e avaliará essa aula. negativos. Aula Prova e aplicará o Projeto de Intervenção Pedagógica. a importância dela. o acadêmico lecionará uma aula comum. nesse momento o estagiário será preparado para a Aula Prova e agendará a mesma.METODOLOGIA O Estágio Curricular Supervisionado II apresenta três pontos principais em sua grade curricular que são: Regência. e como forma de avaliação o aluno fará uma reflexão sobre a Regência mostrando os pontos positivos. Todo estagiário passará pro fases transcritas no cronograma de estágio. só desta forma que ele prosseguirá para o planejamento de aula e selecionar o material didático que ele utilizará. No segundo semestre temos as mesmas etapas para a Regência. Na Aula Prova. mas desta vez estas serão no Ensino Médio. entre outros. onde este englobará de maneira geral. o acadêmico trabalhará em seu Projeto Individual de Estágio. . A próxima fase é a elaboração de um Projeto de Intervenção Pedagógica. conforme já tenha feito na Regência. Deverá agendar suas Regências.

Enfim o Estágio Curricular Supervisionado II além de ser um quesito avaliativo é uma oportunidade que o acadêmico tem para praticar e refletir sobre sua futura profissão. os pontos positivos/negativos e principalmente o que pode-se concluir com essa prática do ensino que denominamos Estágio.Na sequência o acadêmico deve fazer um relatório parcial expondo toda sua experiência vivida na Regência e Aula Prova e por final o aluno fará um Resumo Expandido. . requisito do Curso de Licenciatura Plena em Matemática. Todo o período do Estágio conta com uma carga horária de 200 (Duzentas) horas aulas. neste resumo deve apresentar todo aprendizado do estágio.

Apresentação dos projetos de intervenção pedagógica Seleção e preparação do material didático-E. 2006. Regência do Ensino Fundamental Elaboração de uma reflexão sobre as regências do E. Elaboração do Projeto de Intervenção Planejamento e Regências Pedagógica Seminário II.F. Seleção e produção do material didático-E. Marta Alice Feiten – O Estágio supervisionado. São PauloSP: Cortez.F.F.M. Execução do Projeto de Intervenção Pedagógica Regência do Ensino Médio Preparação e agendamento da aula prova Aula prova Elaboração do relatório parcial Apresentação do relatório Elaboração e entrega do Resumo Expandido REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS • BURIOLLA.2011 Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X FASE ATIVIDADES Elaboração e apresentação do projeto de Estágio Apresentação do projeto de Estágio Planejamento de aula por meio de sequência didática – E. ANO . Janeiro .CRONOGRAMA O Projeto de Estágio do Curso de Licenciatura Plena em Matemática contará com o seguinte cronograma. 4 ed.

9. Nacional – LDB.br/ccivil_03/Luis/L9394. Brasília (DF).br/artigos/2170074. visitado em 21 de Março de 2011 as 14h00min. GT 8. Giovanni Salera . SANTOS. Campinas-SP: Papirus.uol. Disponível em: http://www. 28° Reunião Anual da ANPED. “O Estágio curricular na formação de professores: diversos olhares”. Bertholo A prática de ensino e o estágio supervisionado. Stela C.M. Lei Federal n°.• • PICONEZ. 2008.gov. 15 ed. 2005. Caxambu . as 09h33min. 1996. no dia 21 de Março de 2011. • JÚNIOR. • Brasil. dos. 2008.394 de 20 de Dezembro de 1996.com. Estabelece as Diretrizes e Base da Ed. .“Projeto de Estágio do Curso de Biologia”.htm.MG. H. disponível no site: http://recantodasletras.planalto.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful