Você está na página 1de 10

Durante as últimas décadas houve substancial aumento nos trabalhos pedagógicos, em todo o

mundo, voltados para o desenvolvimento de metodologias de ensino musical, principalmente


relacionado à prática instrumental. O refinamento resultante desses estudos foram geralmente
utilizados como parâmetros para a classificação de obras compostas e destinadas aos diferentes
níveis de aprendizado do instrumento.

Muito utilizadas nos Estados Unidos, Europa e Japão, as tabelas e indicadores de classificação de
parâmetros para a escrita musical se mostraram fundamentais no auxílio à compositores e
arranjadores, os quais puderam direcionar esforços para a produção de obras destinadas a
atender expectativas didáticas e artísticas. No suporte ao professor, na condução do jovem
músico em sua jornada de conhecimento musical, as partituras passaram a ter a indicação do nível
técnico progressivo.

Para estímulo à criação de novas obras para orquestra, com direcionamento artístico e
pedagógico, preparamos essa Tabela de Parâmetros Técnicos para Cordas, de forma a auxiliar
professores e maestros, e o próprio compositor em seu processo criativo.
Os níveis técnicos indicados nessa presenta tabela são*:

nível ½ (0,5) nível 1 nível 1,5 nível 2


muito fácil / elementar muito fácil | fácil fácil fácil / intermediário
nível 2,5 nível 3 nível 3,5
intermediário intermediário intermediário

Essa tabela se direciona para a escrita de cordas, e a utilização dos sopros exige muito cuidado, e
somente é aconselhável, de forma opcional, a partir do nível 2,5 com moderação, em tonalidades
como F ou C.

A preparação da tabela teve por base inúmeras referências editoriais, nos EUA e Europa, utilizadas
por importantes editoras de obras para cordas, e referências indicadas por diversas associações
e instituições educativas. As análises e ajustes de informações foram feitas pelas professoras
Simone dos Santos e Carla Rincón, com revisão e consolidação pelo prof. Marcelo Jardim.

*
A tabela completa incorpora também os níveis 4, 5 e 6, mas como a produção atual é direcionada somente para os níveis iniciantes e
intermediários, foi suprimido toda as demais indicações. O estudo completo será publicado posteriormente, no site do projeto.
Tabela de Parâmetros Técnicos - Instrumentos de Cordas 1 - EM/UFRJ d19m05a20 SINOS - Sistema Nacional de Orquestras Sociais do Brasil
Nível 0,5 (½) Nível 1 Nível 1,5 (1½) Nível 2
Parâmetros
Dificuldade: Muito fácil / Elementar Dificuldade: muito fácil / fácil Dificuldade: fácil Dificuldade: fácil intermediário
Início ao 1º ano de estudo. Peças para
2º ano de estudo em diante.
grupo de alunos iniciantes apresentando
1º e 2º ano de estudo. Peças para grupos de alunos 1º e 2º ano de estudo. Peças para grupos de alunos Peças musicais para grupos de alunos iniciantes que já tenham
pequenos intervalos. Ênfase nas
Indicação iniciantes que já tenham alguma experiência tocando. iniciantes que já tenham alguma experiência tocando. alguma experiência tocando, enfatizando habilidades musicais
habilidades musicais básicas. Foco no
Ênfase nas habilidades musicais básicas. Ênfase nas habilidades musicais básicas. básicas, e que tenham desenvoltura nos itens dispostos no nível
início da compreensão da leitura e
anterior.
notação musical.

Armadura de clave possível,


Armadura de clave até 3#, de acordom com as notas indicadas até 3#, de acordom com as notas indicadas até 4#, de acordom com as notas indicadas
de acordo com as notas indicadas

maior (D, G, A) maior (D, G, A), menor (natural, Bm, Em, F#m), modal.
maior (E, D, G, A), menor (natural, Bm, Em, F#m), modal.
Tonalidades maior, menor, modal menor (natural, Bm, Em, F#m) Outras tonalidades possíveis
Outras tonalidades possíveis com as notas indicadas.
modal com as notas indicadas.

Métrica 2/4, 3/4, 4/4 2/4, 3/4, 4/4 2/4, 3/4, 4/4 2/4, 3/4, 4/4, 6/8, 9/8

andante moderato (72 - 100), com possibilidades de andante moderato (72 - 100), pequenas alterações de tempo
andante moderato, sem alteração agógica andante moderato, sem alteração agógica (72 - 100).
Tempo/andamento pequenas alterações de tempo (agógica), como (agógica), tais como ritardando e a tempo .
(72 - 100) Pode-se utilizar fermata .
ritardando e a tempo . Pode-se utilizar fermata .

Figuras de nota e
pausa

mínimas, semínimas, com respectivas mínimas, semínimas, colcheias, com respectivas 2 colcheias juntas, sem ligadura, na mesma nota. Evitar combinações complexas das figuras rítmicas,
pausas pausas. As variações podem ocorrer, com cautela. 2 notas iguais com ligadura. principalmente em relação às síncopas e quiálteras.
Ritmos básicos, com variações entre semibreve,
ritmos básicos com mínimas, semínimas, e ritmos básicos com mínimas, semínimas, 2 colcheias mínimas, semínimas, colcheias, respectivas pausas Ritmos com 4 colcheias (preferencialmente não ligadas) em notas
respectivas pausas, podendo ter variações sem ligadura, na mesma nota, sem utilização de mas sem contratempo isolado, podendo ter notas diferentes, preferencialmente em graus conjuntos, síncopas com
Ritmo diversas por compasso (mínima e duas síncopa. Respectivas pausas e variações com utilização pontuadas e alguns ritmo sincopados com colcheia e colcheia e semínima (notas diferentes), semicolcheia e colcheia
semínimas | 4 semínimas | semínima, dessas figuras de notas. Todavia, é aconselhável semínimas. Eventualmente ritmos sincopados com (mesma nota) e quiálteras (notas diferentes em semínimas e mesma
mínima e duas semínimas, etc. manter padrões rítmicos mais frequentes. semicolcheia - colcheia - semicolcheias, na mesma nota em colcheias). Ritmos pontuados.
nota.
f (não é propriamente necessário indicar
p e f (o aluno começa a realizar a mudança de p, mp, mf e f podem ser utilizados. (O aluno já realiza p, mp, mf e f podem ser utilizados. (O aluno já realiza mudança de
dinâmica para esse nível, pois essa
Dinâmica dinâmica, mas ainda não apresenta habilidade para mudança de dinâmica, mas ainda não apresenta dinâmica, mas ainda não apresenta grandes habilidade para
habilidade ainda não está desenvolvida
nuances) grandes habilidade para nuances) nuances)
no aluno desse nível.
Pode-se utilizar a indicação de arco e pizzicatto , com os sinais para
Pode-se utilizar a indicação de arco e pizzicatto , com Indicação de arco e pizzicatto , com sinais para baixo e
Pode-se utilizar a indicação de arco e baixo e para cima, cesura , bem como indicar stacatto e legatto . As
os sinais para baixo e para cima. Pode-se utilizar para cima. Pode-se utilizar cesura , stacatto e tenuta .
Articulação pizzicatto , com os sinais para baixo e para indicações de articulação e fraseado podem ser mais regulares e
cesura . Outras indicações esporádicas podem ocorrer, Ligadura em duas notas diferentes (semínimas) podem
cima. maior variedade pode ser empregada. Duas arcadas para cima em
tais como stacatto e tenuta . ocorrer.
semínimas ou semínima e mínima.
Tabela de Parâmetros Técnicos - Instrumentos de Cordas 2 - EM/UFRJ d19m05a20 SINOS - Sistema Nacional de Orquestras Sociais do Brasil
Não se aplica. Entretanto alguns efeitos
podem ser utilizados, tais como bater a A mesma aplicação de técnicas no nível 0,5, quando Apogiatura simples (de uma nota) pode ser aplicada,
Ornamentos Apogiatura simples (de uma nota)
mão no tampo do instrumento, tocar com necessário. quando realizada em andamentos mais lentos.
arco na parte posterior ao cavalete.

Simples, sem contraponto. A construção simples de O material melódico e rítmico é simples, podendo ser
O material melódico e rítmico pode ser explorado com mais
Simples, sem contraponto. Manter violino acordes com quatro sons pode ser feita. Simplicidade utilizado técnicas de contraponto, cânones. Cuidado
detalhamento, podendo ser utilizado técnicas de contraponto,
1 e 2 em uníssono. A construção simples também é fundamental na construção do material com as tessituras e continuidade de utilização de
Orquestração cânones, etc.. cuidado com as tessituras. Escalas, arpejos e padrões
de acordes com quatro sons pode ser melódico e rítmico. Cuidado com as tessituras. graus conjuntos. Escalas, arpejos e padrões de dedos
de dedos são expandidos aqui e criam uma maior compreensão da
feita. Cuidado com as tessituras. Eventualmente, pode-se escrever para violino 1 e 2 podem ser utilizados aqui, para ampliar a
tonalidade.
(manter mesma estrutura rítmica para ambos). compreensão da tonalidade.

De 1,5 a 2 minutos. Peças de 2 a 3 minutos de duração.


De 1 minuto a 1,5 minutos De 2 a 3 minutos.
Em caso de uma suíte, a sugestão é seja composta de Em caso de uma suíte, a sugestão é seja composta de
Em caso de uma suíte, sugestão de 4 a 6 Em caso de suíte, sugrstão de 3 a 6 movimentos.
Duração 3 a 6 movimentos/danças, de acordo com a duração 3 a 6 movimentos/danças, de acordo com a duração
movimentos. Pode-se utilizar o ritornelo Possibilidade de estruturar outras formas.
de cada um, e que sejam contrastantes. de cada um, e que sejam contrastantes. Pode-se
nas peças de 1,5 minutos. Pode-se utilizar o ritornelo.
Pode-se utilizar o ritornelo. utilizar o ritornelo.

Extensão / Tessitura
Conforme indicação na Tabela 2
Violino 1

Como sugestão, a escrita para o violino, a partir do


A escrita para o violino deve ser a duas vozes, e não mais em
A escrita para violino deve ser em nível 1,5 pode ser em uníssono ou a duas vozes, e
A escrita para violino deve ser em uníssono, tendo em uníssono, para se conseguir maior riqueza harmônica. O
Observação para uníssono, tendo em vista que os alunos também seguir as recomendações de tessitura
vista que os alunos estão basicamento no mesmo procedimento entretanto pode ser tanto tratando tecnicamente com
violino 1 e 2 estão basicamento no mesmo nível indicada, ou também diferenciar as tessituras,
nível técnico de iniciação. a mesma tessitura, ou possibilidade de diferenciar as tessituras,
técnico de iniciação. considerando o violino 2 com a mesma tessitura do
considerando o violino 2 com a mesma tessitura do nível anterior.
nível anterior.
Extensão / Tessitura
Violino 2

Extensão / Tessitura
Viola

Extensão / Tessitura
Violoncelo

Extensão / Tessitura
Contrabaixo
Acrescentar, para o nível 1, essas notas Acrescentar, para o nível 1,5 as seguintes notas Acrescentar, para o nível 2, as seguintes notas

Escrita fácil. Escalas e arpejos são bem limitados


Escrita muito fácil, elementar. Os alunos Como se trata de um nível acima, entre fácil Escrita fácil intermediária, com material musical mais fluente, em
nesse nível, mas desenvolvem conhecimento das
estão se habituando com o segurar do intermediário, a realização técnica aqui já busca métricas simples e compostas, mas sem trocas internas (definir uma
tonalidades, as quais devem seguir a indicação
arco e movimentação curva nas cordas elementos de musicalidade na comunicação das ideias única métrica, ou quando muito, uma troca de métrica para sessões
Considerações (básicas). a realização técnica aqui se mostra um
abertas. É introduzido o padrão de dedos musicais, mas tratados de forma sutil. Acrescentar o específicas), tonalidades acessíveis, e tempos cômodos. A realização
elemento mais importante do que a expectativa de
da mão esquerda e o arco nas quatro que pode ser importante entre o nível 1 e 2, como técnica aliada a musicalidade básica subjacente deve ser um dado
musicalidade na comunicação das ideias musicais,
cordas é desenvolvido. função intermediária. importante nesse nível.
tendo em vista ainda as limitações técnicas.
Tabela de Parâmetros Técnicos - Instrumentos de Cordas 3 - EM/UFRJ d19m05a20 SINOS - Sistema Nacional de Orquestras Sociais do Brasil
Nível 2,5 (2 ½) Nível 3 Nível 3,5. (3 ½)
Parâmetros
Dificuldade: intermediário Dificuldade: intermediário Dificuldade: intermediário
3º e 4º ano de estudo.
2º e 3º ano de estudo. 3º ano de estudo em diante. Peças musicais desafiadoras, destinadas a alunos com pelo menos 3 anos de
Peças musicais para grupos de alunos entre iniciantes e intermediários, Peças musicais desafiadoras, destinadas a alunos com pelo menos experiência ou mais. Importante lembrar que não é a complexidade crescente
Indicação que já demonstram certa experiência tocando. Ênfase nas habilidades 3 anos de experiência, e que já tenham desenvoltura no estudo de obras que torna um repertório mais desafiador, mas o conjunto de parâmetros.
musicais básicas, mas já antevendo possibilidades técnicas mais e na leitura de repertório. Ênfase nas habilidades músicais com Aqui apresentamos alguns que, isoladamente já agregam mais desafios, sem
desenvolvidas. possibilidades técnicas mais apuradas. contudo ofuscar os níveis anteriores, que podem apresentar dificuldade igual,
caso não haja atenção nas escolhas e decisões composicionais.

Armadura de clave até 4#, de acordo com as notas indicadas até 4# ou 1b, de acordo com as notas indicadas até 4# ou 2b, de acordo com as notas indicadas

maior (E, D, G, A, C, F), menor (natural, C#m, Bm, Em, F#m, Am, Dm), maior (E, D, G, A, C, F), menor (natural, C#m, Bm, Em, F#m, Am, Dm), maior (E, D, G, A, C, F, Bb), menor (natural, C#m, Bm, Em, F#m, Am, Dm, Gm),
Tonalidade
modal e outras tonalidades possíveis com as notas indicadas. modal e outras tonalidades possíveis com as notas indicadas. modal e outras tonalidades possíveis com as notas indicadas.

2/4, 3/4, 4/4, 6/8, 9/8, 12/8, 2/2, 2/4, 3/4, 4/4, 6/8, 9/8, 12/8, 2/2,
Métrica 2/4, 3/4, 4/4, 6/8, 9/8, 12/8, 2/2
5/8, 7/8 (com padrão regular, sem variação) 5/8, 7/8 (com padrão regular, sem variação)

Adágio (60 a 71), andante moderato (72 - 100), alteração agógica Lento e adágio (52 a 71), andante moderato (72 - 100), alteração agógica Lento e adágio (52 a 71), andante moderato (72 - 100), alteração agógica
Tempo/andamento (acel., rit., rall. ) e allegro moderato (102 a 112), com o devido cuidado (acel., rit., rall.) e allegro moderato (102 a 112), com o devido cuidado (acel., rit., rall.) e allegro (102 a 120), com o devido cuidado com a rítmica.
com a rítmica. Pode-se utilizar fermata , suspensão. com a rítmica. Pode-se utilizar fermata , suspensão. Pode-se utilizar fermata , suspensão.

Figuras de nota e
pausa

Maior variação rítmica com as síncopas, ritmos pontuados e 4 Todas as figuras de notas anteriores, com acréscimos de combinações e Todas as figuras de notas anteriores, com acréscimos de combinações e
semicolcheias na mesma nota. variações, com síncopas, contratempo, com colcheias e semicolcheias. variações, com síncopas, contratempo, com colcheias e semicolcheias.
já podem ser utilizados ritmos com colcheias com notas diferentes
Os ritmos com 4 semicolcheias podem conter saltos intervalares, notas de
(sequência) e 2 ou 4 semicolcheias (preferencialmente em graus
passagem, etc., e mesmo com mescla de figuras rítmicas sincopadas. As
Tudo o que for possível no nível anterior, com mais variações, ritmos conjuntos). Síncopas e quiálteras com colcheia e semínima podem ser
Síncopas e quiálteras podem ser utilizadas também com saltos. Os compassos
Ritmo pontuados e sincopados com colcheia e semínimas e colcheia e utilizadas em graus conjuntos, e síncopas e quiáleras com semicolcheia e
assimétricos podem ser igualmente utilizados, com rítmica mais elaborada, e
semicolcheias. Pode-se utilizar o contratempo, de forma comedida. colcheia na mesma nota. A introducão de compassos assimétricos pode
mesmo com maior mudança de compassos interno, não somente entre
ocorrer, mas mantendo uma mesma base rítmica para o padrão
sessões.
escolhido.

p, mp, mf e f. Cres. e Decres. Inicio da utilização de mudanças súbitas pp, p, mf, f, ff, cresc. e decresc. (com maior duração), utilização de pp, p, mf, f, ff, cresc. e decresc. (com maior duração), utilização de mudanças
Dinâmica
de dinâmica, com cuidado, e também do fp. mudanças súbitas de dinâmica, bem como de fp, sfp, sf súbitas de dinâmica, bem como de fp, sfp, sf

Todas as articulações dos níveis anteriores, e com utilização de 2


Indicação de arco e pizzicatto , com sinais para baixo e para cima,
colcheias ligadas, com saltos de quintas (cordas soltas) ou sextas (cordas Todas as articulações dos níveis anteriores. Utilização simultânea de mais de
Articulação cesura , stacatto, legatto, tenuto . As indicações de articulação, com
soltas) e 1º dedo. Utilização simultânea de mais de uma articulação, em uma articulação, em naipes diferentes.
acentos, e fraseado podem ser regulares e com variedade.
naipes diferentes.
Tabela de Parâmetros Técnicos - Instrumentos de Cordas 4 - EM/UFRJ d19m05a20 SINOS - Sistema Nacional de Orquestras Sociais do Brasil

Apogiatura simples (de uma nota), utilização de trinados, pizzicato Trinados em algumas notas, com finalização, mordentes e Trinados em algumas notas, com finalização, mordentes superior e inferior e
Ornamentos
de mão esquerda com corda solta. grupetos superior e inferior e apogiaturas simples. apogiaturas simples.

O material melódico e rítmico é mais trabalhado, podendo ser utilizado O material melódico e rítmico é mais trabalhado, podendo ser utilizado
Escalas e arpejos utilizados de forma mais constante, avanços com mais
técnicas de contraponto, cânones, bem como técnicas de notas duplas técnicas de contraponto, e outras técnicas composicionais, bem como técnicas
de uma possibilidade de posições de dedos. A musicalidade e a
com cordas soltas. Cuidado com as tessituras. Escalas, arpejos e padrões de notas duplas com cordas soltas. Cuidado com as tessituras. Escalas, arpejos
Orquestração percepção auditiva tornam-se elementos mais importantes aqui, e isso
de dedos são expandidos aqui e criam uma maior compreensão da e padrões de dedos são expandidos aqui e criam uma maior compreensão da
pode se refletir na construção melódica e rítmica, à realização técnica e
tonalidade. Modulações pode ocorrer com maior frequência, quando tonalidade. Modulações pode ocorrer com maior frequência, quando
as expectativas de comunicação.
necessário. necessário, e mesmo utilização de efeitos. Uso de harmônicos naturais.

Peça de 2 a 3 minutos. Peças curtas de 2 a 3 minutos. Sugestão pela suíte segue as mesmas Peças curtas de 2 a 3 minutos. Sugestão pela suíte segue as mesmas
Em caso de suíte, sugrstão de 3 a 6 movimentos. orientações dos níveis anteriores, com pequenos movimentos orientações dos níveis anteriores, com pequenos movimentos contrastantes.
Duração Possibilidade de estruturar outras formas, com abertura com temas contrastantes. Pode-se ter aqui obras com maior duração, até 8 minutos, Pode-se ter aqui obras com maior duração, até 8 minutos, e possibilidade de
contrastantes, fantasia ou rapsódia. e possibilidade de estruturar outras formas, com abertura com temas estruturar outras formas, com abertura com temas contrastantes, fantasia ou
Pode-se utilizar o ritornelo. contrastantes, fantasia ou rapsódia. rapsódia.
Acrescentar para o nível 2,5, além Acrescentar para o nível 3, Acrescentar para o nível 3,5
Extensão / Tessitura
das notas do nível 2, as seguintes além das notas do nível 2,5 além das notas do nível 3
Violino 1
notas as seguintes notas as seguintes notas

Mesmo procedimento, com relação à escrita a duas vozes para os Mesmo procedimento, com relação à escrita a duas vozes para os violinos,
Mesmo procedimento, com relação à escrita a duas vozes para os
Observação para violinos, com possibilidade de diferenciar as tessituras, considerando o com possibilidade de diferenciar as tessituras, considerando o violino 2 com a
violinos, com possibilidade de diferenciar as tessituras, considerando o
violino 1 e 2 violino 2 com a mesma tessitura do nível anterior. Possibilidade de mesma tessitura do nível anterior. Possibilidade de utilizar também a técnica
violino 2 com a mesma tessitura do nível anterior.
utilizar também a técnica de cordas duplas e triplas, em cordas soltas. de cordas duplas e triplas, em cordas soltas.

Acrescentar para o nível 3, Acrescentar para o nível 3,5


Extensão / Tessitura
além das notas do nível 2,5 além das notas do nível 3
Violino 2
as seguintes notas as seguintes notas
Acrescentar para o nível 2,5, além Acrescentar para o nível 3, Acrescentar para o nível 3,5
Extensão / Tessitura
das notas do nível 2, as seguintes além das notas do nível 2,5 além das notas do nível 3
Viola
notas as seguintes notas as seguintes notas
Acrescentar para o nível 2,5, além Acrescentar para o nível 3, Acrescentar para o nível 3,5
Extensão / Tessitura
das notas do nível 2, as seguintes além das notas do nível 2,5 além das notas do nível 3
Violoncelo
notas as seguintes notas as seguintes notas

Acrescentar para o nível 2,5, além Acrescentar para o nível 3, Acrescentar para o nível 3,5
Extensão / Tessitura
das notas do nível 2, as seguintes além das notas do nível 2,5 além das notas do nível 3
Contrabaixo
notas as seguintes notas as seguintes notas

Escrita de nível intermediária, mas já possibilita praticamente a utilização


Escrita de nível intermediária, com material musical já com pequenos Escrita de nível intermediária, com material musical já com pequenos
dos principais recursos técnicos, o que torna a obra um grande desafio para
desafios, em métricas simples e compostas, tonalidades acessíveis, e desafios, em métricas simples e compostas, tonalidades acessíveis, e
os músicos. Pode ter maior apresentação de assimetrias, variedade de
tempos cômodos e rápidos. A realização técnica e musicalidade já tempos cômodos e rápidos. A realização técnica e musicalidade já
Considerações tonalidades, e tempos mais rápidos. A realização técnica e musicalidade já
precisam ser dado importante nesse nível. Utilizar com parcimônia as precisam ser dado importante nesse nível. Utilizar com parcimônia as
precisam ser observadas com maior detalhamento. Utilização das síncopas
síncopas. A utlização de cromatismo, ainda que cuidadosa, pode ser síncopas, e quando utilizar compassos assimétricos (5/8), manter o
ainda merece cuidado, e o mesmo para os compassos 5/8 e 7/8. O cromatismo
utilizada nesse nível. mesmo padrão de subdivisão interna.
pode ser utilizado como uma técnica mais constante.
PROJE O S NOS

C G F J-F NA E: M J
C N :A C
C F J-F NA E N :
A :
C C E C :C

C E :A F L
C A :A C , E A ,M J ,
D , .
A :A A B M

Você também pode gostar