Você está na página 1de 3

EMEF VEREADOR MARTIM ARANHA

Atividades Remotas da Disciplina de Filosofia

Professor(a): Diogo Lindner Turma: C 22

PERIODO: 01/10 até 31/10/21 Carga Horária: 8 horas/aula


ALUNO (A): .........................................................................................................
Oi gente! Nas semanas que passaram, trabalhamos sobre como o surgimento de meios de
comunicação em massa (rádio, televisão, internet, jornais) afetou a maneira como a nossa cultura
se propaga, alterou e influenciou os nossos gostos e mesmo alterou a cultura e os seus objetivos.
Sabemos que a grande maioria dos meios de comunicação são geridos por pessoas interessadas
no lucro, e por isso, muito de sua programação tem o objetivo de nos vender coisas, programas e
costumes.

Todos esses comportamentos fazem parte de um fenômeno de massa chamado de Indústria


Cultural, que surgiu com o advento dos grandes meios de comunicação. A indústria cultural é a
imposição de modismos, gostos e padrões de consumo para a população, através da
propaganda, estilos de programas e informações em geral. Ela é uma manifestação típica de
nossa sociedade capitalista, na qual a maioria das coisas é tratada como algo capaz de gerar
lucro, inclusive a cultura, que se tornou um bem comerciável. Este conceito foi estabelecido pelos
filósofos Theodor Adorno e Max Horkheimer, da Escola de Frankfurt.

O que é Indústria Cultural?


Adaptado do texto disponível em: https://www.educamaisbrasil.com.br/educacao/dicas/o-que-e-industria-cultural

O conceito de indústria cultural foi desenvolvido por Theodor Adorno e Max Horkheimer no
final do século XIX e início do século XX. Os estudiosos analisaram os impactos dos avanços
tecnológicos proporcionados pela Revolução Industrial e o capitalismo no mundo das artes.

O que é?
O conceito desenvolvido por Adorno e Horkheimer se refere à ideia de produção em massa,
comum nas fábricas e indústrias, que passou a ser adaptada à produção artística. É uma nova
concepção de se fazer arte e cultura, utilizando-se técnicas do sistema capitalista. 

Dessa maneira, músicas, filmes, espetáculos e outras obras, são desenvolvidos sob a lógica de
produção em massa. Há um pensamento dominante que passa a influenciar o modo como os
artistas produzem e como os telespectadores consomem a cultura. Nesse conceito, um quadro ou
uma música são reproduzidos de forma padronizada, mesmo que possuam cores e estilos
diferentes. 

Segundo os autores, o objetivo da indústria cultural é o lucro e manutenção do pensamento


dominante. Assim, a cultura passa a ser uma ferramenta para controle da população, que precisa
ser mantida presa na ideologia dominante.

Origem da Indústria Cultural


Os sociólogos alemães Adorno e Horkheimer escreveram o livro “Dialética do esclarecimento”, no
qual um dos capítulos aborda a noção de Indústria Cultural, no ano de 1944. Nesse período, o
mundo testemunhava a consolidação dos regimes totalitários, como o Nazismo. Os próprios
estudiosos precisaram se refugiar em outros países. 

Todo esse cenário político influenciou os intelectuais a refletir como a cultura também pode ser
utilizada para legitimar determinados interesses. Os autores acreditam que a Indústria
Cultural trata as pessoas como simples consumidores, incapazes de criticar, que são
definidos a partir dos produtos consumidos, incluindo a produção artística. 

Nesse sentido, a Indústria Cultural escolhe quais serão os produtos culturais, a sua quantidade e
o tipo a ser consumido.

A Indústria Cultural está a serviço das classes dominantes, e por isso ela funciona de acordo com
os interesses dessas pessoas e cria um padrão para todas as manifestações culturais, ao qual
elas devem se adequar para fazer sucesso.

Características da Indústria Cultural


A Indústria Cultural é um mecanismo de controle dos indivíduos. Os seus produtos são
impostos de cima para baixo, não são criados espontaneamente, mas escolhidos
cuidadosamente para vender. O objetivo desses produtos é padronizar o gosto das pessoas e
fortalecer os valores capitalistas de consumo, mostrando-os ao povo como desejáveis. Para isso,
a própria indústria trabalha em prol da alienação das pessoas, buscando tornar iguais os gostos e
interesses pessoais de todos para que os produtos sejam consumidos sem uma reflexão a seu
respeito.

Características da indústria cultural:

- O lucro é a sua finalidade

- Padronização dos gostos e interesses dos consumidores

- Massificação dos produtos, ou seja, fazer com que os produtos possam ser consumidos por
toda a sociedade.

- Produtos fáceis de serem consumidos

- Homogeneização dos produtos (filmes, músicas, novelas, peças, etc. são semelhantes e, por
isso, acabam fazendo sucesso).

Indústria Cultural no Brasil 


Apesar do conceito ter sido desenvolvido no século passado, ele ainda pode ser aplicado na
atualidade. Trazendo para uma realidade mais recente, pode-se falar da internet e das redes
sociais como novos sujeitos da comunicação na atualidade. O fenômeno das Fake News -
notícias falsas - é um bom exemplo de como a comunicação, dependendo de como ela é
utilizada, pode ser prejudicial à sociedade. Nele, notícias são criadas com objetivos de
dominação, de espalhar a ignorância e de influenciar as opiniões das pessoas, tudo isso feito por
meio de “notícias” criadas de maneira rápida, com características semelhantes, sem possibilidade
de confirmação ou negação fácil e que se espalham rapidamente, compartilhadas também por
quem as recebe.

Outro fator interessante é notar as características da produção artística em massa na cultura


brasileira. Na música, por exemplo, é possível notar o surgimento de novos cantores, com
trabalhos que apresentam batidas e melodias semelhantes.

ATIVIDADES:

1) O que é a indústria cultural e como ela nos afeta?


…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
2) Quais são os objetivos da indústria cultural?
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
3) Você acha que todos os seus gostos relacionados com roupas, cabelo, músicas etc. são
completamente escolhas suas ou você é influenciado pelo que vê na TV, na internet e nas
conversas e convivência com outras pessoas? Justifique sua resposta.
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..
…………………………………………………………………………………..

Você também pode gostar