Você está na página 1de 17

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO PARÁ


SIMULADO PREPARATÓRIO PARA CONCURSO PÚBLICO PARA O PROVIMENTO DE VAGAS NO CARGO DE
SOLDADO

Tipo “A”
SOLDADO

INSTRUÇÕES
Você receberá do fiscal:
o um caderno de questões das provas objetiva e discursiva contendo 60 (sessenta) questões de múltipla escolha, com 5 (cinco)
alternativas de resposta cada uma e apenas 1 (uma) alternativa correta;
o uma folha de respostas personalizada da prova objetiva.
Quando autorizado pelo fiscal do IADES, no momento da identificação, escreva no espaço apropriado da folha de respostas da prova

DE va
objetiva, com a sua caligrafia usual, a seguinte frase:

IA pro
Vejo nelas gravadas as suas feições

S
Verifique se estão corretas a numeração das questões e a paginação do caderno de questões, bem como a codificação da folha de respostas
nc de
da prova objetiva e da folha de texto definitivo da prova discursiva.
Você dispõe de 4 (quatro) horas para fazer as provas objetiva e discursiva e deve controlar o tempo, pois não haverá prorrogação desse
prazo. Esse tempo inclui a marcação da folha de respostas da prova objetiva e o preenchimento da folha de texto definitivo da prova dis-
ba ato

cursiva.
a
Somente 1 (uma) hora após o início da prova, você poderá entregar sua folha de respostas da prova objetiva, a folha de texto definitivo
pe rm

da prova discursiva e o caderno de provas, bem como retirar-se da sala.


Somente será permitido levar o caderno de questões das provas objetiva e discursiva 3 (três) horas e 30 (trinta) minutos após o início da
prova.
fo

Após o término da prova, entregue ao fiscal do IADES a folha de respostas da prova objetiva, devidamente assinada, e a folha de texto
la

definitivo da prova discursiva.


ad no

Deixe sobre a carteira apenas o documento de identidade e a caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente.
Não é permitida a utilização de nenhum aparelho eletrônico ou de comunicação.
Não é permitida a consulta a livros, dicionários, apontamentos e (ou) apostilas.
lic o

Você somente poderá sair e retornar à sala de aplicação de provas na companhia de um fiscal do IADES.
o
ap ad

Não será permitida a utilização de lápis em nenhuma etapa da prova.


I N S T R U Ç Õ E S PA R A A P R O VA O B J E T I VA E D I S C U R S I VA
se

Verifique se os seus dados estão corretos na folha de respostas da prova objetiva e na folha de texto definitivo da prova discursiva. Caso
haja algum dado incorreto, comunique ao fiscal.
Ba

Leia atentamente cada questão e assinale, na folha de respostas da prova objetiva, uma única alternativa.
A folha de respostas da prova objetiva e a folha de texto definitivo da prova discursiva não podem ser dobradas, amassadas, rasuradas ou
manchadas e nem podem conter nenhum registro fora dos locais destinados às respostas.
O candidato deverá transcrever, com caneta esferográfica de tinta preta, as respostas da prova objetiva para a folha de respostas e o texto
definitivo da prova discursiva para a folha de texto definitivo.
A maneira correta de assinalar a alternativa na folha de respostas da prova objetiva é cobrir, fortemente, com caneta esferográfica de tinta
preta, o espaço a ela correspondente.

Marque as respostas assim:



FOLHA DE ROSTO ORIENTATIVA PARA PROVA OBJETIVA
LEIA AS ORIENTAÇÕES COM CALMA E ATENÇÃO!

INSTRUÇÕES GERAIS

● Atenção ao tempo de duração da prova, que já inclui o preenchimento da folha de respos-


tas.
● Cada uma das questões da prova objetiva está vinculada ao comando que imediatamente
a antecede e contém orientação necessária para resposta. Para cada questão, existe
apenas UMA resposta válida e de acordo com o gabarito.
● Faltando uma hora para o término do simulado, você receberá um e-mail para preencher
o cartão-resposta, a fim de avaliar sua posição no ranking. Basta clicar no botão vermelho
de PREENCHER GABARITO, que estará no e-mail, ou acessar a página de download da
prova. Você deve fazer o cadastro em nossa plataforma para participar do ranking. Não se
preocupe: o cadastro é grátis e muito simples de ser realizado.
– Se a sua prova for estilo Certo ou Errado (CESPE/CEBRASPE):
marque o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo
designado com o código E, caso julgue o item ERRADO. Se optar por não responder
a uma determinada questão, marque o campo “EM BRANCO”. Lembrando que, neste
estilo de banca, uma resposta errada anula uma resposta certa.
Obs.: Se não houver sinalização quanto à prova ser estilo Cespe/Cebraspe, apesar de
ser no estilo CERTO e ERRADO, você não terá questões anuladas no cartão-resposta
em caso de respostas erradas.
– Se a sua prova for estilo Múltipla Escolha:
marque o campo designado com a letra da alternativa escolhida (A, B, C, D ou E). É
preciso responder a todas as questões, pois o sistema não permite o envio do cartão
com respostas em branco.
● Uma hora após o encerramento do prazo para preencher o cartão-resposta, você receberá um
e-mail com o gabarito para conferir seus acertos e erros. Caso você seja aluno da Assinatura
Ilimitada, você receberá, com o gabarito, a prova completa comentada – uma vantagem
exclusiva para assinantes, com acesso apenas pelo e-mail e pelo ambiente do aluno.

Em caso de solicitação de recurso para alguma questão, envie para o e-mail:


treinodificil_jogofacil@grancursosonline.com.br.
Nossa ouvidoria terá até dois dias úteis para responder à solicitação.

Desejamos uma excelente prova!


P R O VA O B J E T I VA
LÍNGUA PORTUGUESA QUESTÃO 1
Fernando Moura Com base nas informações do texto e nas relações entre as par-
tes que o constituem, assinale a opção correta.
TEXTO I (A) Os parágrafos estão dispostos de maneira a desenvol-
ver uma sequência temporal de acontecimentos, o que
Leia o texto a seguir para responder às questões de 1 a 5. permite classificar o texto como predominantemente
narrativo.
1  Uma barata acordou um dia e viu que tinha se transfor- (B) O primeiro parágrafo estrutura-se basicamente em
mado num ser humano. Começou a mexer suas patas e viu torno de relação de causa e consequência, pois ex-
que só tinha quatro, que eram grandes e pesadas e de articu- põe, inicialmente, que uma barata se transformou em
lação difícil. Não tinha mais antenas. Quis emitir um som de ser humano.
5 surpresa e sem querer deu um grunhido. As outras baratas (C) O período “Ela quis segui-las, mas não coube atrás do
móvel.” (1º parágrafo) cumpre duas funções coesivas:
fugiram aterrorizadas para trás do móvel. Ela quis segui-las,
retomar o termo “suas patas” e traduzir uma explicação.
mas não coube atrás do móvel. O seu segundo pensamento
(D) No trecho “Olhou-se no espelho e achou-se bonita”,
foi: “Que horror… Preciso acabar com essas baratas…” a palavra “se”, nas duas ocorrências, traduz reci-
 Pensar, para a ex-barata, era uma novidade. Antiga- procidade.
10 mente ela seguia seu instinto. Agora precisava raciocinar. (E) A ideia central do texto é que uma mulher se animaliza,
Fez uma espécie de manto com a cortina da sala para co- transformando-se em barata.
brir sua nudez. Saiu pela casa e encontrou um armário num
quarto, e nele, roupa de baixo e um vestido. Olhou-se no QUESTÃO 2
espelho e achou-se bonita. Para uma ex-barata. Maquiou- De acordo com os aspectos morfossintáticos e os mecanismos
15 -se. Todas as baratas são iguais, mas as mulheres precisam de coesão utilizados no texto, assinale a opção correta.
realçar sua personalidade. Adotou um nome: Vandirene. (A) A coesão textual seria preservada, caso a palavra destaca-
Mais tarde descobriu que só um nome não bastava. A que da em “Todas as baratas são iguais, mas as mulheres pre-
classe pertencia?… Tinha educação?… Referências?… cisam realçar sua personalidade”, que relaciona as duas
Conseguiu a muito custo um emprego como faxineira. orações, fosse substituída pela conjunção “embora”.
20 Sua experiência de barata lhe dava acesso a sujeiras mal (B) Embora os vocábulos “barata” (1º parágrafo) e “ex-barata”
(2º parágrafo) traduzam sentidos diferentes, a substituição
suspeitadas. Era uma boa faxineira.
do primeiro pelo segundo compromete a coesão textual.
 Difícil era ser gente… Precisava comprar comida
(C) Em “Quis emitir um som de surpresa e sem querer deu
e o dinheiro não chegava. As baratas se acasalam num
um grunhido”, a estrutura destacada deve vir, obrigato-
roçar de antenas, mas os seres humanos não. Conhecem- riamente, entre vírgulas.
25 -se, namoram, brigam, fazem as pazes, resolvem se ca- (D) Em “Que horror… Preciso acabar com essas bara-
sar, hesitam. Será que o dinheiro vai dar? Conseguir casa, tas…” (1º parágrafo), o pronome “essas” foi utilizado
móveis, eletrodomésticos, roupa de cama, mesa e banho. incorretamente. Em seu lugar, deveria ter sido empre-
Vandirene casou-se, teve filhos. Lutou muito, coitada. gada a forma “estas”.
Filas no Instituto Nacional de Previdência Social. Pou- (E) Em “A que classe pertencia?”, a estrutura destacada cor-
30 co leite. O marido desempregado… Finalmente acertou responde, sintaticamente, a complemento verbal indireto.
na loteria. Quase quatro milhões! Entre as baratas ter ou
não ter quatro milhões não faz diferença. Mas Vandirene QUESTÃO 3
mudou. Empregou o dinheiro. Mudou de bairro. Comprou Com base nas regras de concordância, de regência e de coloca-
casa. Passou a vestir bem, a comer bem, a cuidar onde põe ção do pronome átono prescritas pela norma-padrão e conside-
35 o pronome. Subiu de classe. Contratou babás e entrou na rando os períodos “As outras baratas fugiram aterrorizadas
Pontifícia Universidade Católica. para trás do móvel. Ela quis segui-las, mas não coube atrás
do móvel”, assinale a opção correta.
 Vandirene acordou um dia e viu que tinha se trans-
(A) No lugar de “fugiram” poderia ser empregada a cons-
formado em barata. Seu penúltimo pensamento humano
trução “fugiu”.
foi: “Meu Deus!… A casa foi dedetizada há dois dias!…”. (B) As formas “fugiram” e “aterrorizadas” permaneceriam
40 Seu último pensamento humano foi para seu dinheiro ren- corretas, caso o termo “As outras baratas” fosse substi-
dendo na financeira e que o safado do marido, seu herdei- tuído por “Os outros insetos”.
ro legal, o usaria. Depois desceu pelo pé da cama e correu (C) Caso julgasse necessário, o autor poderia substituir o
para trás de um móvel. Não pensava mais em nada. Era trecho “mas não coube atrás do móvel” por “mas não
puro instinto. Morreu cinco minutos depois, mas foram os couberam atrás do móvel”.
45 cinco minutos mais felizes de sua vida. (D) O autor poderia substituir “Ela quis segui-las” por “Ela
 Kafka não significa nada para as baratas… as quis seguir”.
 (E) Caso resolvesse, o autor poderia substituir a construção
Luís Fernando Veríssimo “segui-las” pela redação “segui-lhes”.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 3


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 4  “Estamos em vigência com o termo de acordo opera-
A expressão destacada em “Sua experiência de barata lhe dava cional em que a Secretaria de Segurança Pública (Segup)
acesso a sujeiras mal suspeitadas” (2º parágrafo) é, do ponto 30 disponibiliza os meios aéreos existentes através do Gra-
de vista semântico, equivalente à seguinte oração: esp, sejam helicóptero ou aviões. Diante das demandas
(A) que eram mau suspeitadas. da Seap, a gente faz essa cooperação no fornecimento de
(B) que suspeitaram. meios aéreos para execução e satisfação das demandas da
(C) que não eram bem suspeitadas. Secretaria”, disse o tenente-coronel. 
(D) que suspeitadamente surgiram.
(E) que não eram de bom suspeitação. O Liberal, 17/11/2020 (com adaptações).

QUESTÃO 5 QUESTÃO 6
Considerando as classes gramaticais utilizadas no trecho Caso o autor resolvesse reescrever o trecho “A partir de agora
“Vandirene acordou um dia e viu que tinha se transfor- eles ficarão custodiados em regime disciplinar diferenciado,
mado em barata. Seu penúltimo pensamento humano foi: em cela individual, restritos a visitas e saídas”, poderia ser o
“Meu Deus!… A casa foi dedetizada há dois dias!”, assinale seguinte:
a opção correta. (A) “A partir de agora, eles ficarão aprisionados em regime
(A) O vocábulo “que” foi empregado como pronome disciplinar diferenciado, em cela individual, restritos à
relativo. visitas e saídas”.
(B) A expressão “um dia” tem valor adverbial. (B) “A partir de agora eles, ficarão custodiados em regime
(C) O vocábulo “penúltimo” é substantivo abstrato. disciplinar destoado, em cela individual, restritos a vi-
(D) O vocábulo “dedetizada” tem valor adjetivo. sitas e saídas”.
(E) O vocábulo “humano” é substantivo concreto. (C) “A partir de agora, eles ficarão aprisionados em regime
disciplinar diferençado, em cela individual, restritos a
Leia o texto a seguir para responder às questões de 6 a 10. visitas e a saídas”.
(D) “A partir de agora eles ficarão enclausurados em regi-
TEXTO II me disciplinar diferençado, em cela individual, restri-
tos à visitas e à saídas”.
1  A Secretaria de Estado de Administração Penitenci- (E) “A partir de agora, eles ficarão enclausurados em regi-
ária (Seap) informou que os três homens transferidos do me disciplinar diferenciado, em cela individual, restri-
Pará para unidades penitenciárias federais são de altíssi- tos às visitas e saídas”.
ma periculosidade, integrantes de organizações crimino-
5 sas com funções de liderança. A partir de agora eles fica- QUESTÃO 7
rão custodiados em regime disciplinar diferenciado, em A respeito das relações sintáticas referentes ao período “Coor-
cela individual, restritos a visitas e saídas. A transferência denador da DAP, João Barbosa afirmou que a Seap toma me-
aconteceu nesta terça-feira (17).  didas para manter a disciplina e a segurança no sistema penal
 Ainda segundo a Seap, os presos ficarão sob disci- estadual”, é correto afirmar que
10 plina durante 360 dias, com possível prorrogação desse (A) o sujeito de “afirmou” é o termo “Coordena-
período. A operação de retirada dos homens nesta terça- dor da DAP”.
-feira aconteceu sob a gestão da Diretoria de Adminis- (B) o sujeito de “toma” é indeterminado.
tração Penitenciária (DAP) e do Comando de Operações (C) o sujeito de “afirmou” está explícito e o aposto subor-
Penitenciárias (COPE), com apoio do Grupamento Aéreo dinado a ele está antecipado.
15 de Segurança Pública (Graesp). (D) o termo “Coordenador da DAP” tem valor de vocativo.
 Coordenador da DAP, João Barbosa afirmou que a (E) o objeto direto do verbo “manter” apresenta apenas
Seap toma medidas para manter a disciplina e a seguran- um núcleo.
ça no sistema penal estadual. “Desde o início desta nova
gestão, o Pará se tornou o Estado com maior número de
20 internos transferidos para presídios federais. A DAP está
seguindo rigorosamente as medidas contra toda tentativa
possível contra ordem e disciplina do nosso sistema penal”.
 As transferências para presídios federais são realiza-
das de forma rigorosa, para manutenção da ordem e ga-
25 rantia da segurança pública intra e extramuros. O tenente-
-coronel da PM Armando Bittencourt, gerente de asa fixa
do Graesp, falou sobre a cooperação com a Seap.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 4


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 8 ATUALIDADES
Assinale a opção cuja expressão está correta e reproduz a rela- Marco Soares
ção de sentido estabelecida pelo vocábulo sublinhado no perí-
odo “O tenente-coronel da PM Armando Bittencourt, gerente QUESTÃO 11
de asa fixa do Graesp, falou sobre a cooperação com a Seap”. Assinale a alternativa incorreta.
(A) O tenente-coronel da PM Armando Bittencourt, geren- (A) O Rio Amazonas possui um grande potencial hidrelé-
te de asa fixa do Graesp, falou a cerca da cooperação trico disponível.
com a Seap. (B) A demanda energética tem crescido de forma acentua-
(B) O tenente-coronel da PM Armando Bittencourt, geren- da, requerendo mais investimentos no setor.
te de asa fixa do Graesp, falou a despeito da coopera- (C) As recentes queimadas ocorridas na Amazônia redu-
ziram seu potencial hidrelétrico, passando a ser o me-
ção com a Seap.
nor do país.
(C) O tenente-coronel da PM Armando Bittencourt, geren-
(D) A usina de Belo Monte está localizada próximo ao mu-
te de asa fixa do Graesp, falou à respeito da cooperação
nicípio de Altamira, no Norte do Estado do Pará.
com a Seap. (E) Desde novembro de 2019, a usina de Belo Monte en-
(D) O tenente-coronel da PM Armando Bittencourt, geren- contra-se em pleno funcionamento.
te de asa fixa do Graesp, falou acerca da cooperação
com a Seap. QUESTÃO 12
(E) O tenente-coronel da PM Armando Bittencourt, geren- No que concerne à região do Estado do Pará, assinale a alter-
te de asa fixa do Graesp, falou há cerca da cooperação nativa correta.
com a Seap. (A) O relevo amazônico é de terras baixas com predomínio
de depressões e alguns planaltos residuais.
QUESTÃO 9 (B) O relevo dos planaltos residuais na região Amazô-
Considerando as questões gramaticais que envolvem o perío- nica não influencia diretamente no seu potencial hi-
do “As transferências para presídios federais são realizados de drelétrico.
forma rigorosa, para manutenção da ordem e garantia da se- (C) Dentre os principais rios amazônicos destaca-se o
Rio Tocantins, no qual está localizada a usina do
gurança pública intra e extramuros”, assinale a opção correta.
Belo Monte.
(A) A estrutura “são realizados” não fere o padrão culto
(D) Dentre os principais rios amazônicos destaca-se o Rio
da língua. Xingu, no qual está localizada a usina do Tucuruí.
(B) A estrutura “de forma rigorosa” não admite a substitui- (E) A usina do Tucuruí foi construída durante o governo
ção por “rigorosamente”. Lula (2003 a 2010).
(C) A estrutura “são realizados” admite a substituição por
“se realiza”. QUESTÃO 13
(D) A estrutura “intra e extramuros” corresponde, respecti- As usinas de Belo Monte e Tucuruí, respectivamente, situam-
vamente, a “externa e internamente”. -se nos rios amazônicos:
(E) Os termos “da ordem” e “da segurança pública” de- (A) Rio Madeira e Rio Tocantins.
sempenham igual função sintática. (B) Rio São Francisco e Rio Xingu.
(C) Rio Tocantins e Rio Xingu.
QUESTÃO 10 (D) Rio Xingu e Rio Madeira.
Supondo que fosse necessário substituir, em conformidade (E) Rio Xingu e Rio Tocantins.
com as regras de regência prescritas pela norma-padrão, o ver-
bo sublinhado no trecho “Estamos em vigência com o termo
QUESTÃO 14
Podemos afirmar a respeito da usina de Tucuruí, exceto:
de acordo operacional em que a Secretaria de Segurança Públi-
(A) A usina do Tucuruí recebeu críticas devido ao seu
ca (Segup) disponibiliza os meios aéreos existentes através do
alto custo.
Graesp, sejam helicóptero ou aviões” por (B) A destruição local da fauna e da flora é um dos as-
(A) “concede”, a nova redação deveria ser: “concede aos pectos negativos da construção da usina hidrelétrica
meios aéreos existentes através do Graesp”. do Tucuruí.
(B) “lembra-se”, a nova redação deveria ser: “lembra-se (C) A usina do Tucuruí é uma das maiores geradoras de
os meios aéreos existentes através do Graesp”. energia do mundo, apesar do grande impacto ambiental
(C) “propicia”, a nova redação deveria ser: “propicia os decorrente da sua construção.
meios aéreos existentes através do Graesp”. (D) Apesar do grande impacto ambiental causado pela sua
(D) “propicia”, a nova redação deveria ser: “propicia aos construção, os municípios afetados pela usina do Tucu-
meios aéreos existentes através do Graesp”. ruí não receberam nenhum tipo de compensação.
(E) “oportuniza”, a nova redação deveria ser: “oportuniza (E) Para a construção da usina do Tucuruí, foi necessária,
com os meios aéreos existentes através do Graesp”. além do desalojamento de comunidades ribeirinhas e
indígenas, a inundação de enormes extensões de terra.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 5


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 15 QUESTÃO 18
Acerca da usina de Belo Monte, julgue as assertivas a seguir. À luz da Lei Complementar n. 87/1996, conhecida como Lei
Kandir, assinale a alternativa incorreta.
I – Sua construção teve diversos questionamentos judiciais.
(A) Compete aos Estados e ao Distrito Federal instituir o
II – Sua construção acarretou aumento populacional na
imposto sobre operações relativas à circulação de mer-
cidade de Altamira.
cadorias e sobre prestações de serviços de transporte
III – Em 2019, atingiu o seu pleno funcionamento.
interestadual e intermunicipal e de comunicação, ainda
Está correto o que se afirma em: que as operações e as prestações se iniciem no exterior.
(A) I e II, apenas. (B) O imposto incide sobre operações relativas à circula-
(B) I, II e III. ção de mercadorias, inclusive o fornecimento de ali-
(C) II e III, apenas. mentação e bebidas em bares, restaurantes e estabele-
(D) I e III, apenas. cimentos similares.
(E) I, apenas. (C) O imposto não incide sobre fornecimento de mercado-
rias com prestação de serviços não compreendidos na
QUESTÃO 16 competência tributária dos Municípios.
Estão corretas as afirmativas a seguir, exceto: (D) O imposto não incide sobre operações com ouro, quan-
(A) Santarém abriga um dos principais destinos turísticos do definido em lei como ativo financeiro ou instrumen-
do Pará, Alter do Chão. to cambial.
(B) Conflitos fundiários e pressões imobiliárias são co- (E) Contribuinte é qualquer pessoa, física ou jurídica, que
muns no Estado do Pará. realize, com habitualidade ou em volume que caracte-
(C) O Pará foi palco de um dos massacres mais sangrentos rize intuito comercial, operações de circulação de mer-
ocorridos no sistema penitenciário brasileiro no ano de cadoria ou prestações de serviços de transporte interes-
2019, em que 58 presos foram mortos em uma rebelião tadual e intermunicipal e de comunicação, ainda que as
em Altamira. operações e as prestações se iniciem no exterior.
(D) A FUNAI (Fundação Nacional de Amparo ao Índio),
em parceria com o governo do Pará, autorizou con- RACIOCÍNIO LÓGICO
juntamente um projeto ecologicamente econômico de Marcelo Leite
exploração de ouro e outros minérios na barragem de
Belo Monte. QUESTÃO 19
(E) A empresa de assistência técnica e extensão rural A negativa da sentença “Se Paulo é policial militar do Estado
(EMATER) presta orientações para que o agricultor do Pará, então ele é servidor público” é equivalente a:
familiar tenha sucesso do plantio à colheita no Esta- (A) Paulo é policial militar do Estado do Pará ou ele não é
do do Pará. servidor público.
(B) Paulo é policial militar do Estado do Pará e ele não é
QUESTÃO 17 servidor público.
São pilares estratégicos do Plano Estadual Amazônia Agora, (C) Paulo não é policial militar do Estado do Pará ou ele é
criado pelo Governo do Estado do Pará: servidor público.
(D) Se Paulo não é servidor público, então ele não é poli-
I – Incentivar a produção e consumo sustentáveis. cial militar do Estado do Pará.
II – Captar investimentos para o desenvolvimento de uma (E) Se Paulo é policial militar do Estado do Pará, então ele
economia de baixo carbono. não é servidor público.
III – Redução imediata das taxas de desmatamento ilegal
e queimadas. QUESTÃO 20
IV – Reflorestar áreas degradadas. A sequência a seguir P,O,L,I,C,I,A,L,P,O,L,I,C,I,A,L,P,... re-
presenta a repetição infinita da palavra POLICIAL. Assinale a
Estão corretas as assertivas:
alternativa que representa a 129ª letra da sequência.
(A) I, II e IV, apenas.
(A) P
(B) II e III, apenas.
(B) O
(C) I e IV, apenas.
(C) L
(D) III e IV, apenas.
(D) I
(E) Todas as alternativas.
(E) C

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 6


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 21 NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL
A expressão “Se Paulo for aprovado no certame da PM/PA, Ricardo Blanco
então ele irá residir em Belém” é equivalente a:
(A) Se Paulo irá residir em Belém, então ele foi aprovado QUESTÃO 25
no certame da PM/PA. Sobre direitos individuais, assinale a alternativa incorreta.
(B) Se Paulo não for aprovado no certame da PM/PA, en- (A) São gratuitas as ações de habeas corpus e habeas data,
tão ele não irá residir em Belém. e, na forma da lei, os atos necessários ao exercício da
(C) Paulo não irá residir em Belém ou ele foi aprovado no cidadania.
certame da PM/PA. (B) A todos, no âmbito judicial e administrativo, são asse-
(D) Se Paulo não irá residir em Belém, então ele não foi gurados a razoável duração do processo e os meios que
aprovado no certame da PM/PA. garantam a celeridade de sua tramitação.
(E) Paulo foi aprovado no certame da PM/PA e ele não irá (C) As normas definidoras dos direitos e garantias funda-
residir em Belém. mentais têm aplicação mediata.
(D) Os direitos e garantias expressos na Constituição não
QUESTÃO 22 excluem outros decorrentes do regime e dos princípios
Considere que, em certo Batalhão da Polícia Militar do Esta- por ela adotados, ou dos tratados internacionais em que
do do Pará, há 12 soldados que são formados em matemática a República Federativa do Brasil seja parte.
e que quatro deles serão escolhidos aleatoriamente. A quanti- (E) Os tratados e convenções internacionais sobre direitos
dade de maneiras distintas que essa escolha poderá ser feita humanos que forem aprovados, em cada Casa do Con-
será igual a: gresso Nacional, em dois turnos, por três quintos dos
(A) 500. votos dos respectivos membros, serão equivalentes às
(B) 499. emendas constitucionais.
(C) 497.
(D) 496. QUESTÃO 26
(E) 495. Sobre nacionalidade e direitos políticos, assinale a alternativa
incorreta.
QUESTÃO 23 (A) Aos portugueses com residência permanente no País,
Uma fila com 10 soldados será formada em um Batalhão de se houver reciprocidade em favor de brasileiros, serão
Polícia Militar do Estado do Pará, de modo que o soldado Ar- atribuídos os direitos inerentes ao brasileiro, salvo os
ruda ficará no início da fila e o soldado Pereira ficará no final casos previstos na Constituição.
da fila. A quantidade de maneiras distintas que essa fila pode (B) Será declarada a perda da nacionalidade do brasilei-
ser organizada é igual a: ro que tiver cancelada sua naturalização, por sentença
(A) 10! judicial, em virtude de atividade nociva ao interes-
(B) 9! se nacional.
(C) 8! (C) O Presidente da República, os Governadores de Estado
(D) 7! e do Distrito Federal, os Prefeitos e quem os houver su-
(E) 2! X 8! cedido, ou substituído no curso dos mandatos, poderão
ser reeleitos para um único período subsequente.
QUESTÃO 24 (D) Para concorrerem a outros cargos, o Presidente da Re-
Em um Batalhão de Polícia Militar do Estado do Pará, estão pública, os Governadores de Estado e do Distrito Fe-
lotados 60 soldados e 45 cabos. Ao se escolher um policial, en- deral e os Prefeitos devem renunciar aos respectivos
tre em citados, a chance de que não seja um soldado é igual a: mandatos até seis meses antes do pleito.
(A) 4/7 (E) São inelegíveis, no território de jurisdição do titular, o
(B) 3/7 cônjuge e os parentes consanguíneos ou afins, até o ter-
(C) 4/5 ceiro grau ou por adoção, do Presidente da República,
(D) 1/7 de Governador de Estado ou Território, do Distrito Fe-
(E) 2/9 deral, de Prefeito ou de quem os haja substituído dentro
dos seis meses anteriores ao pleito, salvo se já titular de
mandato eletivo e candidato à reeleição.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 7


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 27 (E) Às polícias militares cabem a polícia ostensiva e a pre-
Sobre os militares e a defesa do estado, assinale a alternativa servação da ordem pública; aos corpos de bombeiros
incorreta. militares, além das atribuições definidas em lei, incum-
(A) Segundo a Constituição, os militares não podem acu- be a execução de atividades de defesa civil.
mular o seu cargo com outro de professor, porque pos-
suem dedicação exclusiva. NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO
(B) O Presidente da República pode, ouvidos o Conselho Gustavo Brígido
da República e o Conselho de Defesa Nacional, decre-
tar estado de defesa para preservar ou prontamente res- QUESTÃO 29
tabelecer, em locais restritos e determinados, a ordem A partir do estudo da Responsabilidade Civil do Estado, nos
pública ou a paz social ameaçadas por grave e iminente termos previstos no art. 37, § 6º, da CRFB/1988, eventual res-
instabilidade institucional ou atingidas por calamida- ponsabilização de Policial Militar do Estado do Pará só poderá
des de grandes proporções na natureza. ocorrer de forma:
(C) Decretado o estado de defesa ou sua prorrogação, o (A) objetiva, independentemente de comprovação de atua-
Presidente da República, dentro de vinte e quatro ho- ção culposa ou dolosa.
ras, submeterá o ato com a respectiva justificação ao (B) objetiva, desde que ocorra a comprovação de atuação
Congresso Nacional, que decidirá por maioria absoluta. culposa ou dolosa.
(D) O decreto do estado de sítio indicará sua duração, as (C) subjetiva, independentemente de comprovação de atu-
normas necessárias a sua execução e as garantias cons- ação culposa ou dolosa.
titucionais que ficarão suspensas, e, depois de publica- (D) subjetiva, desde que ocorra a comprovação de atuação
do, o Presidente da República designará o executor das culposa ou dolosa, a partir de ação regressiva.
medidas específicas e as áreas abrangidas. (E) subjetiva, desde que ocorra a comprovação de atuação
(E) Solicitada autorização para decretar o estado de sítio culposa ou dolosa, podendo ser acionado diretamente
durante o recesso parlamentar, o Presidente do Senado pelo particular.
Federal, de imediato, convocará extraordinariamente
o Congresso Nacional para se reunir dentro de cinco
§ 6° As pessoas jurídicas de direito público e as de direi-
dias, a fim de apreciar o ato.
to privado prestadoras de serviços públicos responderão
pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem
QUESTÃO 28 a terceiros, assegurado o direito de regresso contra o res-
Sobre a segurança pública, assinale a alternativa incorreta. ponsável nos casos de dolo ou culpa.
(A) A segurança pública, dever do Estado, direito e respon-
sabilidade de todos, é exercida para a preservação da
ordem pública e da incolumidade das pessoas e do pa- QUESTÃO 30
trimônio, através dos seguintes órgãos: polícia federal; Nos termos do art. 78 do Código Tributário Nacional (CTN):
polícia rodoviária federal; polícia ferroviária federal; Considera-se poder de polícia atividade da administração pú-
polícias civis; polícias militares e corpos de bombeiros blica que, limitando ou disciplinando direito, interesse ou li-
militares; polícias penais federal, estaduais, distrital e berdade, regula a prática de ato ou abstenção de fato, em razão
municipal. de interesse público concernente à segurança, à higiene, à or-
(B) A polícia federal, instituída por lei como órgão perma- dem, aos costumes, à disciplina da produção e do mercado, ao
nente, organizado e mantido pela União e estruturado exercício de atividades econômicas dependentes de concessão
em carreira, destina-se a apurar infrações penais contra ou autorização do Poder Público, à tranquilidade pública ou ao
a ordem política e social ou em detrimento de bens, respeito à propriedade e aos direitos individuais ou coletivos.
serviços e interesses da União ou de suas entidades O conceito do Poder de Polícia se encontra no CTN pelo fato
autárquicas e empresas públicas, assim como outras de seu exercício ser fato gerador do tributo:
infrações cuja prática tenha repercussão interestadual (A) Imposto.
ou internacional e exija repressão uniforme, segundo (B) Taxa.
se dispuser em lei. (C) Tarifa.
(C) A polícia rodoviária federal, órgão permanente, orga- (D) Contribuição de Melhoria.
nizado e mantido pela União e estruturado em carreira, (E) Empréstimo Compulsório.
destina-se, na forma da lei, ao patrulhamento ostensivo
das rodovias federais. 
(D) Às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia
de carreira, incumbem, ressalvada a competência da
União, as funções de polícia judiciária e a apuração de
infrações penais, exceto as militares.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 8


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 31 QUESTÃO 34
No estudo dos atos administrativos, o atributo que dispensa Assinale a alternativa incorreta.
a Administração de ir previamente a juízo para execução de (A) Considera-se praticado o crime no momento da ação ou
alguns atos administrativos, mas não afasta a possibilidade de omissão, ainda que outro seja o momento do resultado.
controle judicial a posteriori é a: (B) Aplica-se a lei brasileira, sem prejuízo de convenções,
(A) presunção de legitimidade. tratados e regras de direito internacional, ao crime co-
(B) autoexecutoriedade. metido no território nacional.
(C) tipicidade. (C) Para os efeitos penais, consideram-se como extensão
(D) imperatividade. do território nacional as embarcações e aeronaves bra-
(E) coercibilidade. sileiras, de natureza pública ou a serviço do governo
brasileiro onde quer que se encontrem, bem como as
QUESTÃO 32 aeronaves e as embarcações brasileiras, mercantes ou
A partir do estudo da Administração Pública, a Polícia Militar de propriedade privada, que se achem, respectivamen-
do Estado do Pará é: te, no espaço aéreo correspondente ou em alto-mar.
(D) É também aplicável a lei brasileira aos crimes pratica-
(A) órgão público, integrante da Administração Pública Di-
dos a bordo de aeronaves ou embarcações estrangeiras
reta, fruto da desconcentração administrativa.
de propriedade pública, achando-se aquelas em pouso
(B) órgão público, integrante da Administração Pública Di-
no território nacional ou em voo no espaço aéreo corres-
reta, fruto da descentralização administrativa.
pondente, e estas em porto ou mar territorial do Brasil.
(C) órgão público, integrante da Administração Pública In-
(E) Considera-se praticado o crime no lugar em que ocor-
direta, fruto da desconcentração administrativa.
reu a ação ou omissão, no todo ou em parte, bem como
(D) órgão público, integrante da Administração Pública In-
onde se produziu ou deveria produzir-se o resultado.
direta, fruto da descentralização administrativa.
(E) entidade administrativa, integrante da Administra-
QUESTÃO 35
ção Pública Indireta, fruto da descentralização admi-
Sobre imputabilidade penal, analise as alternativas a seguir.
nistrativa.
I – É isento de pena o agente que, por doença mental ou
NOÇÕES DE DIREITO PENAL desenvolvimento mental incompleto ou retardado,
Diego Henrique era, ao tempo da ação ou da omissão, inteiramente in-
capaz de entender o caráter ilícito do fato ou de deter-
QUESTÃO 33 minar-se de acordo com esse entendimento.
Sobre os crimes contra a Administração Pública, analise as al- II – A pena pode ser reduzida de um a dois terços, se o
ternativas a seguir. agente, em virtude de perturbação de saúde mental
ou por desenvolvimento mental incompleto ou retar-
I – O crime de corrupção passiva é tipificado como: exi-
dado, não era inteiramente capaz de entender o cará-
gir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente,
ter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com
ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas esse entendimento.
em razão dela, vantagem indevida. III – Excluem a imputabilidade penal a emoção e a paixão,
II – O crime de concussão é tipificado como: solicitar ou mas não a embriaguez voluntária.
receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamen- IV – Tem a pena reduzida pela metade o agente que, por
te, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, embriaguez completa, proveniente de caso fortuito ou
mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar pro- força maior, era, ao tempo da ação ou da omissão, in-
messa de tal vantagem. teiramente incapaz de entender o caráter ilícito do fato
III – Considera-se excesso de exação se o funcionário exige ou de determinar-se de acordo com esse entendimento.
tributo ou contribuição social que sabe ou deveria sa- V – A pena pode ser reduzida de um a dois terços, se o
ber indevido, ou, quando devido, emprega na cobran- agente, por embriaguez, proveniente de caso fortui-
ça meio vexatório ou gravoso, que a lei não autoriza. to ou força maior, não possuía, ao tempo da ação ou
IV – O crime de advocacia administrativa é tipificado da omissão, a plena capacidade de entender o cará-
como: patrocinar, direta ou indiretamente, interesse ter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com
privado perante a administração pública, valendo-se esse entendimento.
da qualidade de funcionário.
Está correto apenas o que se afirma em:
Está correto apenas o que se afirma em: (A) I, II, III e IV.
(A) I. (B) I, II e V.
(B) I e II. (C) II, IV e V.
(C) II, III e IV. (D) III e IV.
(D) III e IV. (E) II e IV.
(E) I, II, III e IV.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 9


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 36 QUESTÃO 38
Sobre os crimes contra a pessoa e contra o patrimônio, assinale Sobre o tema Ação Penal, analise as alternativas a seguir.
a alternativa incorreta.
I – Nos crimes de ação pública, essa será promovida
(A) A qualificadora do meio cruel é compatível com o
por denúncia do Ministério Público, mas dependerá,
dolo eventual.
quando a lei o exigir, de requisição do Ministro da
(B) O crime de feminicídio pode ser praticado por qual-
Justiça, ou de representação do ofendido ou de quem
quer pessoa, por isso recebe a classificação de crime
tiver qualidade para representá-lo.
comum. O sujeito ativo do feminicídio é o homem,
II – No caso de morte do ofendido ou quando declarado
mas pode ser praticado por mulher.
ausente por decisão judicial, o direito de represen-
(C) Não caracteriza bis in idem o reconhecimento das qua-
lificadoras de motivo torpe e de feminicídio no crime tação passará ao cônjuge, ascendente, descendente
de homicídio praticado contra mulher em situação de ou irmão.
violência doméstica e familiar. III – A representação será irretratável, depois de oferecida
(D) Assaltante que mata o comparsa para ficar integral- a denúncia.
mente com o produto do roubo comete crime de latro- IV – Será admitida ação privada nos crimes de ação pú-
cínio, por erro sobre a pessoa. blica, se essa não for intentada no prazo legal, caben-
(E) A qualificadora do motivo fútil ocorre quando a pessoa do ao Ministério Público aditar a queixa, repudiá-la
pratica o homicídio por causa de um motivo bobo, in- e oferecer denúncia substitutiva, intervir em todos os
significante, pequeno, mesquinho. termos do processo, fornecer elementos de prova, in-
terpor recurso e, a todo tempo, no caso de negligência
NOÇÕES DE DIREITO PROCESSUAL PENAL do querelante, retomar a ação como parte principal.
Diego Henrique V – Ao ofendido ou a quem tenha qualidade para repre-
sentá-lo caberá intentar a ação privada.
QUESTÃO 37 Está correto apenas o que se afirma apenas em:
Logo que tiver conhecimento da prática da infração penal, a
(A) I, II e III.
autoridade policial deverá:
(B) I, e V.
(A) determinar que a Polícia Militar desloque-se ao local,
(C) II, IV e V.
providenciando para que não se alterem o estado e con-
(D) III e IV.
servação das coisas, até a chegada dos peritos crimi-
(E) I, II, III, IV e V.
nais. Nesse momento, a Polícia Civil ficará responsá-
vel pelo registro de ocorrência aguardando o retorno da
QUESTÃO 39
equipe militar.
Sobre o tema competência, assinale a alternativa correta.
(B) apreender os objetos que tiverem relação com o fato,
(A) A competência será, em regra, determinada pelo lugar
antes da chegada dos peritos criminais.
em que se consumar a infração, ou, no caso de tenta-
(C) sempre determinar que se proceda a exame de corpo
tiva, pelo lugar em que for praticado o primeiro ato
de delito, mesmo que a infração não tenha deixado
de execução.
vestígios.
(B) Se iniciada a execução no território nacional e a infra-
(D) ordenar a identificação da vítima pelo processo datilos-
ção se consumar fora dele, a competência será determi-
cópico, se possível, e fazer juntar aos autos sua folha de
nada pelo lugar em que tiver sido praticado, no Brasil,
antecedentes.
o primeiro ato de execução.
(E) colher informações sobre a existência de filhos, respec-
(C) Quando o último ato de execução for praticado fora do
tivas idades e se possuem alguma deficiência e o nome
território nacional, será competente o juiz do lugar em
e o contato de eventual responsável pelos cuidados dos
que o crime, embora parcialmente, tenha produzido ou
filhos, indicado pela pessoa presa.
devia produzir seu resultado.
(D) Quando incerto o limite territorial entre duas ou mais
jurisdições, ou quando incerta a jurisdição por ter sido
a infração consumada ou tentada nas divisas de duas ou
mais jurisdições, a competência firmar-se-á pelo domi-
cílio do réu.
(E) Tratando-se de infração continuada ou permanente,
praticada em território de duas ou mais jurisdições, a
competência firmar-se-á pelo domicílio da vítima.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 10


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 40 QUESTÃO 42
Sobre o tema prisão em flagrante, assinale a alternativa Assinale a alternativa incorreta no que concerne à aplicação da
incorreta. lei penal militar no espaço.
(A) Qualquer do povo poderá e as autoridades policiais e (A) Foram adotados os princípios da territorialidade e da
seus agentes deverão prender quem quer que seja en- extraterritorialidade para a aplicação no espaço da lei
contrado em flagrante delito. penal castrense.
(B) Considera-se em flagrante delito quem é perseguido, (B) No Código Penal Militar, para efeitos de incidência da
logo após, pela autoridade, pelo ofendido ou por qual- norma penal castrense, consideram-se como extensão
quer pessoa, em situação que faça presumir ser autor do território nacional as aeronaves e os navios brasilei-
da infração. ros, onde quer que se encontrem, sob comando militar
(C) Apresentado o preso à autoridade competente, ouvirá ou militarmente utilizados ou ocupados por ordem le-
esta o condutor e colherá, desde logo, sua assinatura, gal de autoridade competente, ainda que de proprieda-
entregando a este cópia do termo e recibo de entre- de privada.
ga do preso. (C) É também aplicável a lei penal militar ao crime pratica-
(D) A falta de testemunhas da infração pode impedir o auto do a bordo de aeronaves ou navios estrangeiros, desde
de prisão em flagrante, ainda que, nesse caso, com o que em lugar sujeito à administração militar, e o crime
condutor, assinem o auto duas pessoas que hajam tes- atente contra as instituições militares.
temunhado a apresentação do preso à autoridade. (D) O direito penal militar adota a teoria da extraterritoria-
(E) O auto de prisão em flagrante é peça inaugural do In- lidade irrestrita, sendo suficiente, para a sua aplicação,
quérito Policial. que o delito praticado constitua crime militar nos ter-
mos da lei penal militar nacional, independentemente
NOÇÕES DE DIREITO PENAL MILITAR da nacionalidade da vítima ou do criminoso.
Hugo Gaioso (E) Aplica-se a lei penal militar brasileira, sem prejuízo de
convenções, tratados e regras de direito internacional,
QUESTÃO 41 ao crime cometido, no todo ou em parte no território
Quanto à aplicação da lei penal militar no tempo e no espaço, nacional, ou fora dele, salvo quando o agente esteja
assinale a alternativa correta. sendo processado ou tenha sido julgado pela justiça
(A) No tocante ao lugar do crime, o CPM aplica a teoria da estrangeira.
ubiquidade para os crimes comissivos e omissivos, do
mesmo modo que o CP. QUESTÃO 43
(B) O CPM admite retroatividade de lei mais benigna e Assinale a alternativa correta quanto aos crimes militares.
dispõe que a norma penal posterior que favorecer, de (A) No atual Código Penal Militar (CPM), são prescritos
qualquer outro modo, o agente deve ser aplicada retro- os crimes militares e regulamentadas as infrações dis-
ativamente, salvo se já tiver sobrevindo sentença con- ciplinares.
denatória irrecorrível. (B) Os crimes propriamente militares correspondem aos
(C) O CPM determina que, para se reconhecer qual norma crimes praticados por militares e previstos no Código
penal militar é mais benigna, a lei posterior e a anterior Penal Militar.
devem ser consideradas separadamente, cada qual no (C) Considera-se crime propriamente militar o roubo pra-
conjunto de suas normas aplicáveis ao fato. ticado no interior de um quartel por uma praça em si-
(D) A lei penal militar excepcional ou temporária possui tuação de atividade em detrimento do patrimônio sob
disciplinamento diverso do contido no Código Penal Administração Militar.
comum, uma vez que preconiza, de forma expressa, a (D) Os crimes militares somente podem ser praticados por
ultratividade da norma e impõe a incidência da retroa- militar, jamais por civil, exceto quando em coautoria.
tividade da lei penal mais benigna. (E) De acordo com a legislação penal militar, os crimes
(E) Ao contrário do CP, o CPM adota a teoria do resultado culposos contra a vida, em tempo de paz, praticados por
em relação ao tempo do crime. militar em serviço são considerados crimes militares.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 11


P R O VA O B J E T I VA
QUESTÃO 44 QUESTÃO 46
A respeito dos crimes militares em espécie, marque a op- Com relação ao direito processual penal militar, marque a al-
ção correta. ternativa incorreta:
(A) O CPM, assim como o CP, não tipifica o crime de (A) A ação penal privada subsidiária poderá ser intentada,
dano culposo. ainda que não prevista no CPPM, desde que preenchi-
(B) Constitui crime militar a prática de ato libidinoso em das as condições de admissibilidade, entre elas a inér-
lugar sujeito a administração militar. cia do titular da persecução penal em juízo.
(C) Cometerá o crime de deserção o militar que se ausen- (B) No sistema processual penal militar, todas as ações pe-
tar, sem licença, da unidade em que sirva, ou do lugar nais são públicas incondicionadas.
em que deva permanecer, por oito dias. (C) Compete à Justiça Militar da União processar e julgar
(D) Militares que, armados, reunirem-se contra ordem re- civis por crimes militares.
cebida de superior, negando-se a cumpri-la, praticarão (D) Os funcionários ou os serventuários da justiça militar
o crime de motim. são auxiliares do juiz.
(E) Para a tipificação do crime de violência contra mili- (E) Os peritos ou intérpretes serão nomeados de preferên-
tar de serviço, exige-se a condição de militar do su- cia dentre oficiais da ativa, atendida a especialidade.
jeito ativo.
QUESTÃO 47
NOÇÕES DE DIREITO Com relação ao direito processual penal militar, marque a al-
PROCESSUAL PENAL MILITAR ternativa correta:
Hugo Gaioso (A) Apresentada a denúncia, o Ministério Público poderá
desistir da ação penal.
QUESTÃO 45 (B) Ao se referir ao termo juiz, o CPPM abrange quaisquer
Com relação ao inquérito policial militar, marque a alternati- autoridades judiciárias, singulares ou colegiadas.
va correta: (C) O juiz dar-se-á por impedido se for amigo íntimo ou
(A) Os inquéritos policiais militares regularmente arquiva- inimigo de qualquer das partes.
dos podem ser desarquivados, conforme as hipóteses (D) Não se admite assistente de acusação no processo pe-
expressamente previstas no CPPM, a pedido do MPM. nal militar.
(B) O inquérito policial militar (IPM) caracteriza-se por (E) A extinção da punibilidade não pode ser declarada de
exigir sigilo absoluto, previsto de forma expressa no ofício pelo juiz.
CPPM, de modo que se veda ao advogado e ao in-
vestigado o acesso aos autos do procedimento in- QUESTÃO 48
vestigatório. Quanto à competência no processo penal militar, marque a al-
(C) É atribuição da polícia judiciária militar a investiga- ternativa incorreta:
ção de crimes comuns ocorridos no interior das vilas (A) A competência será, de regra, determinada pelo lugar
militares. da infração; e, no caso de tentativa, pelo lugar em que
(D) Admite-se a delegação do exercício da atividade da po- for praticado o último ato de execução.
lícia judiciária militar a oficiais da ativa, para fins es- (B) Os crimes militares cometidos fora do território nacio-
pecificados e por tempo limitado, atendidos hierarquia nal serão, de regra, processados em Auditoria da Capi-
e comando, entre outras normas; em se tratando de de- tal da União.
legação para instauração de inquérito policial militar, (C) A conexão e a continência determinarão a unidade do
deverá a referida delegação recair em oficial de posto processo, salvo no concurso entre a jurisdição militar e
superior ao do indiciado, seja este oficial da ativa, da a do Juízo de Menores.
reserva, remunerada ou não, ou reformado. (D) Excepcionalmente, a Justiça Militar Estadual processa
(E) O IPM pode ser instaurado por requisição da autorida- e julga civis pela prática de crimes militares perpetra-
de judiciária. dos contra as Polícias Militares e Corpos de Bombeiros
Militares.
(E) A competência por prerrogativa do posto ou da fun-
ção decorre da sua própria natureza, e não da natureza
da infração.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 12


P R O VA O B J E T I VA
NOÇÕES DE LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL QUESTÃO 51
Diego Henrique Sobre a Lei de Abuso de Autoridade (Lei n. 13.869/2019), as-
sinale a alternativa incorreta.
QUESTÃO 49 (A) Os crimes previstos na referida lei são de ação penal
Sobre a Lei n. 11.343/2006, assinale a alternativa correta. pública incondicionada.
(A) Quem adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar (B) São efeitos da condenação: tornar certa a obrigação de
ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem indenizar o dano causado pelo crime, devendo o juiz,
autorização ou em desacordo com determinação legal a requerimento do ofendido, fixar na sentença o valor
ou regulamentar será submetido às penas de advertên- mínimo para reparação dos danos causados pela infra-
cia sobre os efeitos das drogas, prestação de serviços à ção, considerando os prejuízos por ele sofridos; a ina-
comunidade e medida educativa de comparecimento a bilitação para o exercício de cargo, mandato ou função
programa ou curso educativo. pública, pelo período de 1 (um) a 5 (cinco) anos; a per-
(B) Prescrevem em 3 (três) anos a imposição e a execu- da do cargo, do mandato ou da função pública.
ção das penas, observado, no tocante à interrupção (C) A conduta de deixar injustificadamente de comunicar
do prazo, o disposto nos arts. 107 e seguintes do Có- prisão em flagrante à autoridade judiciária no prazo le-
digo Penal. gal terá pena de detenção, de 6 (seis) meses a 2 (dois)
(C) Para determinar se a droga destinava-se a consumo anos, e multa.
pessoal, o juiz atenderá exclusivamente à natureza e (D) As penas restritivas de direitos substitutivas das priva-
à quantidade da substância apreendida, ao local e às tivas de liberdade previstas nesta Lei são: prestação de
condições em que se desenvolveu a ação, não devendo serviços à comunidade ou a entidades públicas; sus-
ser levadas em consideração as circunstâncias sociais pensão do exercício do cargo, da função ou do manda-
e pessoais, bem como a conduta e os antecedentes do to, pelo prazo de 1 (um) a 6 (seis) meses, com a perda
agente, sob pena de violação do princípio da inocência. dos vencimentos e das vantagens. As penas restritivas
(D) As penas de prestação de serviços à comunidade e me- de direitos deverão ser aplicadas cumulativamente.
dida educativa de comparecimento a programa ou cur- (E) As responsabilidades civil e administrativa são inde-
so educativo serão aplicadas pelo prazo máximo de 6 pendentes da criminal, não se podendo mais questionar
(seis) meses. sobre a existência ou a autoria do fato quando essas
(E) Em caso de reincidência, as penas de prestação de ser- questões tenham sido decididas no juízo criminal.
viços à comunidade e medida educativa de compareci-
mento a programa ou curso educativo serão aplicadas QUESTÃO 52
pelo prazo máximo de 12 (doze) meses. Sobre o Estatuto do Desarmamento (Lei n. 10.826/2003), assi-
nale a alternativa incorreta.
QUESTÃO 50 (A) A autorização para o porte de arma de fogo de uso per-
mitido, em todo o território nacional, é de competência
Sobre a Lei n. 9.455/1997, que define os crimes de Tortura,
da Polícia Federal e somente será concedida após auto-
assinale a alternativa incorreta.
rização do Sinarm.
(A) Constitui crime de tortura constranger alguém com
(B) O crime de possuir ou manter sob sua guarda arma de
emprego de violência ou grave ameaça, causando-lhe
fogo, acessório ou munição, de uso permitido, em desa-
sofrimento físico ou mental com o fim de obter infor-
cordo com determinação legal ou regulamentar, no in-
mação, declaração ou confissão da vítima ou de ter-
terior de sua residência ou dependência desta, ou, ainda
ceira pessoa.
no seu local de trabalho, desde que seja o titular ou o
(B) A conduta de submeter alguém, sob sua guarda, po-
responsável legal do estabelecimento ou empresa, terá
der ou autoridade, com emprego de violência ou grave
pena de detenção, de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa.
ameaça, a intenso sofrimento físico ou mental, como
(C) A classificação legal, técnica e geral bem como a de-
forma de aplicar castigo pessoal ou medida de caráter
finição das armas de fogo e demais produtos controla-
preventivo, terá pena de reclusão, de dois a oito anos.
dos, de usos proibidos, restritos, permitidos ou obsole-
(C) Aquele que se omite em face das condutas de tortura,
tos e de valor histórico serão disciplinadas em ato do
quando tinha o dever de evitá-las ou apurá-las, incorre chefe do Poder Executivo Federal, mediante proposta
na pena de detenção de um a quatro anos. do Comando do Exército.
(D) Aumenta-se a pena de um sexto até um terço se o crime (D) As armas de fogo apreendidas, após a elaboração do
é cometido por agente público. laudo pericial e sua juntada aos autos, quando não mais
(E) O crime de tortura é inafiançável e admite a aplicação interessarem à persecução penal serão encaminhadas
da graça e anistia. pelo juiz competente ao Comando do Exército, no pra-
zo de até 48 (quarenta e oito) horas, para destruição ou
doação aos órgãos de segurança pública ou às Forças
Armadas, na forma do regulamento desta Lei.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 13


P R O VA O B J E T I VA
(E) Incorre nas penas de omissão de cautela o proprietá- QUESTÃO 55
rio ou diretor responsável de empresa de segurança e A Portaria Interministerial n. 4.226, de 31 de dezembro de
transporte de valores que deixarem de registrar ocor- 2010, estabelece Diretrizes sobre o Uso da Força pelos Agentes
rência policial e de comunicar à Polícia Federal perda, de Segurança Pública. De acordo com a Portaria, quando o uso
furto, roubo ou outras formas de extravio de arma de da força causar lesão ou morte de pessoas, o agente de seguran-
fogo, acessório ou munição que estejam sob sua guar- ça pública envolvido deverá realizar algumas ações. Assinale a
da, nas primeiras 48 (quarenta e oito) horas depois de ação que não está prevista na Portaria.
ocorrido o fato. (A) Facilitar a prestação de socorro ou assistência médica
aos feridos.
NOÇÕES DE DIREITOS HUMANOS (B) Promover a correta preservação do local da ocorrência.
Thiago Medeiros (C) Comunicar o fato ao seu superior imediato e à autori-
dade competente.
QUESTÃO 53 (D) Comunicar os fatos aos familiares ou amigos da pessoa
A Portaria Interministerial n. 4.226, de 31 de dezembro de ferida ou morta.
2010, estabelece Diretrizes sobre o Uso da Força pelos Agen- (E) Preencher o relatório individual correspondente sobre
tes de Segurança Pública. Assinale a alternativa que não está de o uso da força.
acordo com a portaria.
(A) O uso da força por agentes de segurança pública deve- QUESTÃO 56
rá obedecer aos princípios da legalidade, necessidade, De acordo com a Portaria Interministerial n. 4.226, assinale
proporcionalidade, moderação e conveniência. a alternativa que corresponde ao significado do princípio da
(B) Os agentes de segurança pública não deverão disparar necessidade.
armas de fogo contra pessoas, exceto em casos de le- (A) A força não poderá ser empregada quando, em função
gítima defesa própria ou de terceiro contra perigo imi- do contexto, possa ocasionar danos de maior relevân-
nente de morte ou lesão grave. cia do que os objetivos legais pretendidos.
(C) O ato de apontar arma de fogo contra pessoas durante (B) Os agentes de segurança pública só poderão utilizar a
os procedimentos de abordagem não deverá ser uma força para a consecução de um objetivo legal e nos es-
prática rotineira e indiscriminada. tritos limites da lei.
(D) Todo agente de segurança pública que, em razão da sua (C) O emprego da força pelos agentes de segurança pública
função, possa vir a se envolver em situações de uso da deve, sempre que possível, além de proporcional, ser
força, deverá portar no mínimo 1 (um) instrumento de moderado, visando sempre reduzir o emprego da força.
menor potencial ofensivo e equipamentos de proteção (D) Determinado nível de força só pode ser empregado
necessários à atuação específica, independentemente quando níveis de menor intensidade não forem sufi-
de portar ou não arma de fogo. cientes para atingir os objetivos legais pretendidos.
(E) Os critérios de recrutamento e seleção para os agentes (E) O nível da força utilizado deve sempre ser compatível
de segurança pública deverão levar em consideração o com a gravidade da ameaça representada pela ação do
perfil psicológico necessário para lidar com situações opositor e com os objetivos pretendidos pelo agente de
de estresse e uso da força e arma de fogo. segurança pública.

QUESTÃO 54
A Portaria Interministerial n. 4.226, de 31 de dezembro de
2010, estabelece Diretrizes sobre o Uso da Força pelos Agen-
tes de Segurança Pública. De acordo com a Portaria, o uso de
armas de fogo contra pessoa que está em fuga é legítimo se:
(A) o fugitivo tiver condenação por crime hediondo.
(B) o fugitivo estiver em estado flagrancial.
(C) o fugitivo representar risco imediato de lesão grave aos
agentes de segurança pública.
(D) o fugitivo tiver condenação por qualquer crime violento.
(E) o fugitivo integrar organização criminosa especializa-
da em crimes violentos.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 14


P R O VA O B J E T I VA
LEGISLAÇÃO INSTITUCIONAL QUESTÃO 59
Eduardo Galante Tendo por base a Lei n. 6.833/2006, que institui o Código de
Ética e Disciplina da Polícia Militar do Pará, assinale a afirma-
QUESTÃO 57 ção correta.
Nos termos da Lei n. 5.251/1985, que dispõe sobre o Estatuto (A) A disciplina policial-militar é a ordenação regressiva
dos Policiais Militares da Polícia Militar do Estado do Pará e da autoridade, em níveis diferentes, decorrente da obe-
dá outras providências, assinale a afirmação correta. diência dentro da estrutura da Polícia Militar, alcançan-
(A) A polícia Militar do Pará, instituída para a manuten- do seu grau máximo no Governador do Estado, que é o
ção da ordem pública e segurança externa do Estado, Comandante Supremo da Corporação.
considerada Força Auxiliar Reserva do Exército é Ins- (B) Graduação é o grau hierárquico dos oficiais, correspon-
tituição precária, organizada com base na hierarquia, dente ao respectivo cargo, conferido por ato do Gover-
supremacia, autonomia e disciplina. nador do Estado e atestado em Carta Precatória.
(B) A Polícia Militar vincula-se operacionalmente à Se- (C) Posto é o grau hierárquico das praças, correspondente
cretaria de Estado de Justiça e subordina-se financeira- ao respectivo cargo, conferido pelo Comandante-Geral
mente ao Governador do Estado. da Polícia Militar.
(C) O Exercício policial-militar consiste no exercício de (D) A hierarquia policial-militar é a rigorosa observância e
atividades inerentes à Polícia Militar e compreende to- o acatamento integral das leis, regulamentos, normas e
dos os encargos previstos na legislação suplementar, disposições, traduzindo-se pelo perfeito cumprimento
relacionados com a manutenção da ordem pública e a do dever por parte de todos e de cada um dos compo-
segurança interna no Estado do Pará. nentes do organismo policial-militar.
(D) A carreira de policial militar é privativa do pessoal da (E) Comando é a soma de autoridade, deveres e responsa-
ativa. Inicia-se com o ingresso na Polícia Militar e obe- bilidade que o policial militar é investido legalmente,
dece a sequência de graus hierárquicos. quando conduz homens ou dirige uma Organização
(E) É privativo de brasileiro nato ou naturalizado a carreira Policial Militar. O Comando é vinculado ao grau hie-
de Oficial e de praça da Polícia Militar. rárquico e constitui prerrogativa impessoal, na qual se
define e se caracteriza como chefe ou diretor.
QUESTÃO 58
Conforme previsto na Lei n. 5.251/1985, que dispõe sobre o QUESTÃO 60
Estatuto dos Policiais Militares da Polícia Militar do Estado Com base na Lei Complementar n. 53/2006, que dispõe so-
do Pará e dá outras providências, assinale a afirmação correta. bre a organização básica e fixa o efetivo da Polícia Militar do
(A) A hierarquia e a disciplina são a base institucional da Pará – PMPA, e dá outras providências, assinale a afirmação
Polícia Militar, crescendo a autoridade e responsabili- incorreta.
dade com a elevação do grau hierárquico. (A) A Polícia Militar do Pará – PMPA é instituição perma-
(B) A disciplina Policial-Militar é a ordenação da autori- nente, força auxiliar e reserva do Exército, organizada
dade, em níveis diferentes, dentro da estrutura da Po- com base na hierarquia e disciplina militares, subordi-
lícia Militar, por postos ou graduações. Dentro de um nada ao Governador do Estado, cabendo-lhe a polícia
mesmo posto ou graduação, a ordenação faz-se pela ostensiva e a preservação da ordem pública, atividade-
antiguidade nestes, sendo o respeito à hierarquia con- -fim da corporação, para a incolumidade das pessoas e
substanciado no espírito de acatamento à sequência da do patrimônio.
autoridade e de responsabilidade. (B) A Polícia Militar do Pará compõe o Sistema de Segu-
(C) Hierarquia é a rigorosa observância e acatamento in- rança Pública do Estado, é vinculada à Secretaria Espe-
tegral da legislação que fundamenta o organismo Po- cial de Estado de Defesa Social, nos termos da legisla-
licial-Militar e coordena seu funcionamento regular e ção estadual em vigor, atua de forma integrada com os
harmônico, traduzindo-se pelo perfeito cumprimento demais órgãos de defesa social do Estado, em parceria
do dever por parte de todos e de cada um dos compo- com os demais órgãos públicos, privados e a comunida-
nentes desse organismo. de, de maneira a garantir a eficiência de suas atividades.
(D) A disciplina e o respeito à hierarquia devem ser manti- (C) A PMPA é órgão da administração indireta do Estado,
dos em todas as circunstâncias pelos Policiais Milita- com dotação orçamentária própria, autonomia admi-
res, exceto quanto aos da inatividade. nistrativa, política, operacional e funcional.
(E) Centros Militares são âmbitos de convivência entre os (D) Os órgãos de execução são as unidades operacionais de
policiais militares da mesma categoria e têm a finali- polícia ostensiva, que executam, por meio de diretrizes
dade de desenvolver o espírito de camaradagem, em e ordens, a atividade-fim da corporação para cumpri-
ambiente de estima e confiança sem prejuízo do res- mento de suas missões e destinação.
peito mútuo. (E) Os órgãos de direção, de apoio e de execução são su-
bordinados ao Comandante-Geral da corporação.

SIMULADO – PMPA SOLDADO PÁGINA 15


GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO PARÁ
SIMULADO PREPARATÓRIO PARA CONCURSO PÚBLICO PARA O PROVIMENTO DE
VAGAS NO CARGO DE SOLDADO

FOLHA DE RESPOSTAS

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60

Você também pode gostar