Você está na página 1de 59

OSTEOLOGIA

Profª Beatriz Deodato - Enfermeira


Conceito
✓ O termo osteologia significa o estudo dos ossos. Apesar de
sua aparência simples, o osso é um tecido vivo, complexo e
dinâmico.
✓ Entre eles destacam-se o tecido ósseo, cartilaginoso, epitelial,
tecidos formadores de sangue, nervoso e adiposo.
✓ Estão aderidas ao osso, as cartilagens, músculos, tendões,
vasos, entre outras estruturas.
Funções do Sistema Ósseo
• Sustentação do organismo (apoio para o corpo).
• Proteção de estruturas vitais
• (coração, pulmões, cérebro).
• Base mecânica para o movimento.
Funções do Sistema Ósseo
• Armazenamento de sais (cálcio).
• Hematopoiese (produção de novas células
sanguíneas).
Classificação dos Ossos
• De acordo com o formato, os ossos podem ser
classificados em quatro tipos:

Longos
Curtos
Chatos
Irregulares
Classificação dos Ossos
Longos
Comprimento maior que a largura e a
espessura. Possuem uma parte média longa
chamada de diáfise e extremidades chamadas
de epífise.

Exemplos: fêmur, rádio, ulna e falanges.


Classificação dos Ossos

FÊMUR
Classificação dos Ossos
Curtos
• Comprimento, largura e espessura aproximadamente iguais:
Exemplo: ossos do carpo.
Classificação dos Ossos
Irregulares
• São ossos que não equivalem nem em comprimento, nem em
largura e nem em espessura. Exemplos: vértebras.
Classificação dos Ossos
Chatos
• Comprimento e largura se equivalem e predominam sobre a
espessura. Exemplos: escápula.
Parietal
Divisão do Esqueleto
O esqueleto é dividido em:

Esqueleto Axial
• Composto pelos ossos da cabeça, pescoço e do tronco.
• Constitui um total de 74 ossos.
• Crânio, 22 ossos.
• Coluna Vertebral, 26 ossos.
• Costelas e esterno, 25 ossos.
Divisão do Esqueleto
Esqueleto Apendicular
• Composto pelos membros superiores e inferiores. A união do
esqueleto axial com o apendicular se faz por meio das cinturas
escapular e pélvica.

• Constitui um total de 132 ossos.


• Membros Superiores, 64 ossos.
• Membros Inferiores, 62 ossos.
• Ossículos da orelha, 6 ossos.

O corpo é constituído por aproximadamente 206 ossos (adulto) e


350 ossos (recém nascido).
Esqueleto Axial
Constituído pelos ossos do crânio,
coluna vertebral e tórax. Região
extremamente importante, uma vez
que armazena órgãos vitais,
como encéfalo, medula, coração,
pulmões e vísceras.
Esqueleto Axial
• Seus ossos pares são: parietais e temporais e os
ímpares são: frontal, occipital, etmóide e esfenóide.

• A face é a parte anterior da cabeça. O formato básico


da face é determinado pelos ossos subjacentes.

• Seus ossos estão basicamente fundidos e o único osso


móvel da cabeça é a mandíbula, que é responsável
pela mastigação.
Esqueleto Axial
Cabeça
• A cabeça é formada pela face e crânio. O crânio é
uma caixa óssea rígida que dá proteção ao
encéfalo e possui orifícios de saída para os nervos
cranianos e para a medula espinhal, além de
fornecer abrigo para órgãos dos sentidos.

• Localizam-se na face as cavidades onde se abrigam os
órgãos dos sentidos do paladar, do olfato e da visão (esta
em conjunto com o crânio).

• As cavidades nas quais se abrigam os olhos são chamadas


de órbitas e são formadas por partes de vários ossos do
crânio e da face.

• O nariz é formado pelos ossos nasais e na sua maior


parte por tecido cartilaginoso.

• Os dentes se implantam no maxilar e na mandíbula.

• Os ossos pares da face são: nasais, lacrimais, zigomáticos


e maxilas. Os ímpares são: o vômer e a mandíbula.
Curiosidade...
TRONCO
• No tronco estão a coluna
vertebral e a caixa torácica.
• A coluna vertebral é constituída
pela superposição de uma série
de ossos isolados denominados
vértebras. Superiormente, se
articula com o osso occipital
(crânio); inferiormente,
articula-se com o osso do
quadril (Ilíaco).
TRONCO
• A coluna vertebral é dividida em cinco regiões:
Cervical, Torácica, Lombar, Sacral e Coccígea.

• São 7 vértebras cervicais, sendo as duas primeiras


denominadas Atlas e Axis respectivamente, 12
Torácicas, 5 lombares, 5 sacrais e cerca de 4
coccígeas. Cada vértebra possui um espaço no centro,
conhecido como forâmen vertebral.

• O posicionamento das vértebras, umas sobre as


outras, permite a formação do canal vertebral, por
onde passa a medula espinhal.
C1 A C7

T1 A T12

L1 A L5
• A caixa torácica é composta por vinte e quatro
costelas, mais o osso esterno.

• As costelas têm forma chata e alongada e o espaço


entre elas é chamado de espaço intercostal.

• Na sua maioria, são fixadas posteriormente nas


vértebras da região torácica ou dorsal e anteriormente
no osso esterno - osso achatado composto pelo
manúbrio (parte superior), corpo (parte mediana) e
apêndice xifóide (parte inferior).
Aquelas diretamente articuladas ao osso esterno
são denominadas costelas verdadeiras (da 1ª a
7ª);
As costelas falsas (da 8ª a 10ª) são aquelas que
se articulam com as cartilagens do osso esterno,
e não diretamente a ele.
Já as costelas flutuantes (11ª e 12ª) são aquelas
que não têm contato com o osso esterno, sendo
fixadas nas vértebras da região dorsal.
Manúbrio

Corpo

Apêndice
Xinfóide
A caixa torácica óssea, além das costelas e
esterno, inclui as vértebras torácicas e seus
discos intervertebrais, formando um arcabouço
ósteo-cartilaginoso que protege o coração,
pulmões e alguns órgãos abdominais, como o
fígado, por exemplo.
MMSS – Membros Superiores
• O esqueleto dos membros superiores é composto
pela cintura escapular e pelos ossos dos braços e
mãos.
• A cintura escapular une-se anteriormente ao
manúbrio esternal e é formada pelas clavículas e
escápulas.
• Embora seja muito móvel, a cintura escapular é
sustentada e estabilizada por músculos inseridos
nas costelas, esterno e vértebras.
MMSS – Membros Superiores
MMSS
• A região do braço inicia-se no ombro ou cintura
escapular, de onde parte a clavícula - osso longo e
fino, situado na parte anterior do corpo.
• Já a escápula, de forma achatada e triangular,
localiza-se na sua parte posterior.
• O úmero, osso do braço situado na porção
proximal, apresenta forma longa e tem uma das
extremidades encaixada na escápula.
MMSS
• O antebraço (porção distal), por sua vez, é composto por
dois ossos denominados rádio e ulna, que se articulam
com o úmero em uma de suas extremidades, formando o
cotovelo.
• Para se distinguir os ossos do antebraço, basta esticar o
braço com a palma da mão voltada para cima e observar
que o osso do mesmo lado do dedo polegar é o rádio; o
outro, na direção do dedo mínimo, é a ulna.
• Estes dois ossos possuem forma longa, porém são mais
finos quando comparados ao úmero.
Mãos
• Nas mãos, encontramos três diferentes grupos de
ossos.
• O punho ou carpo é formado por oito pequenos
ossos. Na palma da mão ou metacarpo, somam-
se cinco ossos pequeninos.
• Os dedos compõem-se de três ossículos
denominados falange proximal, falange medial e
falange distal – exceto o polegar, formado por
apenas dois ossículos (não há falange medial).
MMII – Membros Inferiores
• O quadril ou cintura pélvica é considerado
parte integrante do esqueleto dos membros
inferiores.
• É formado por três ossos - ilíaco, ísquio e
púbis – que, juntamente, com o sacro e o
cóccix, constituem pelve.
MMII – Membros Inferiores
• O íleo é o maior osso do quadril e situa-se na
parte superior lateral da pelve, oferecendo
suporte para as vísceras abdominais. Forma a
parte superior do acetábulo (depressão
côncava) na face lateral do osso do quadril,
onde se articula com a cabeça do fêmur. Sua
parte superior é conhecida como crista ilíaca.
MMII – Membros Inferiores
• O ísquio forma a parte póstero-inferior da
pelve e é o principal ponto de apoio quando a
pessoa está sentada. O púbis situa-se na parte
anterior da pelve e liga-se ao ílio e ao ísquio,
originando o que se denomina sínfise púbica.
• Na coxa, encontra-se o fêmur, o mais longo
osso do corpo humano, que tem uma de suas
extremidades articuladas com o quadril e a
outra, com o joelho.
• A patela fica localizada no joelho, o qual une a
coxa com a perna.
• A tíbia localiza-se na parte anterior da perna;
• A fíbula, na parte posterior. Podem ser
diferenciadas pela espessura: a primeira é
mais grossa que a segunda (também
conhecida como osso da canela) A
extremidade distal da fíbula forma o maléolo
externo, chamado de osso do tornozelo.
Pés
• Os pés, principais pontos de apoio de todo o
esqueleto, são compostos por três divisões distintas:
tarso, metatarso e falange.
• Tarso (com sete ossos) é a parte articulada com a
perna, onde também se encontra o calcanhar;
• Metatarso (com cinco ossos) é a região mediana do
peito do pé;
• Falange (com quatorze ossos) é a extremidade do
corpo e divide-se em proximal, média e distal.
• O hálux só possui a falange proximal e distal.
• Em um pé, totaliza-se 26 ossos
Pés
• Falange (com quatorze ossos) é a extremidade do
corpo e divide-se em proximal, média e distal.
• O hálux só possui a falange proximal e distal.
• Em um pé, totaliza-se 26 ossos
Sistema Articular
• Articulação ou juntura é a união entre duas
peças (ossos ou cartilagens), agem como
alavancas na movimentação óssea,
promovem o crescimento de ossos longos,
formam elementos que amortecem o
movimento, entre outras funções.
Movimentos Articulares
• Flexão
– Movimento no plano sagital, em que dois
segmentos do corpo (proximal e distal)
aproximam-se um do outro.
• Extensão
– Movimento no plano sagital, em que dois
segmentos do corpo (proximal e distal) afastam-se
um do outro. Quando esse movimento ultrapassa
a posição anatômica é chamada de
Hiperextensão.
Movimentos Articulares
• Abdução
– Movimento no plano frontal ou coronal, quando
um segmento move-se para longe da linha central
(média) do corpo.

• Adução
– Movimento no plano frontal ou coronal, a partir
de uma posição de abdução de volta à posição
anatômica, podendo até ultrapassá-la – Adução
além da linha média.
Movimentos Articulares
• Circundução
– Movimento circular de um membro que descreve
um cone, combinando os movimentos de flexão,
extensão, abdução e adução.
Movimentos Articulares
• Rotação Externa
– Movimento no plano horizontal, em que a face
anterior volta-se para o plano mediano do corpo.

• Rotação Interna
– Movimento no plano horizontal, em que a face
anterior volta-se para o plano lateral do corpo.
Exercício de Fixação
• O que é osteologia?
• Quais as funções do sistema Ósseo?
• Quais os tipos de ossos?
• Explique o que é um osso longo e cite um exemplo.
• Explique o que é um osso curto e cite um exemplo.
• Explique o que é um osso irregular e cite um
exemplo.
• Explique o que é um osso chato e cite um exemplo.
Exercício de Fixação
• Quais as cinco regiões da coluna vertebral?
• Quantas costelas existem na caixa torácica?
• O que são costelas verdadeiras? E as falsas?
Explique também as flutuantes.
• O que é uma articulação?
• Quais os tipos de movimentos articulares
existentes?

Você também pode gostar