Você está na página 1de 14

PROJETO: NO TEMPO CERTO FAREMOS… 

                         MAIO⁄2009
 
TEMA: MÃES
 
OBJETIVO GERAL: Valorizar o papel da mãe refletindo sobre as estruturas familiares, desenvolver a
afetividade, linguagem, a socialização, a imaginação e o raciocínio, etc.
 
DESENVOLVIMENTO: Conversas informais, rodinhas, atividades com materiais recicláveis, confecção de
cartões, lembrancinhas, receitas, mural coletivo, pintura em tela para a mamãe, atividades com
músicas, montagem de histórias, textos informativos, produções textuais, dobraduras, teatrinhos, etc.
 
CULMINÂCIA: Todos as atividades trabalhadas neste mês serão entregues dentro da sacolinha
confeccionadas pelos professores e serão expostas no último dia do projeto que deverá ser no dia
29⁄05⁄08 (sexta-feira) e entregues aos pais.

Projeto coelhinho da Páscoa


Eixos temáticos: Matemática, Artes Visuais, Natureza e
Sociedade,Corpo e Movimento e Linguagem oral e Escrita.

Objetivos: conhecer o sentido da páscoa e desenvolver o


raciocínio lógico-matemático, a atenção, a percepção, a
imaginação e a criatividade.

Idade: a partir de 4 anos

Duração: 1 semana

Desenvolvimento: conversa informal sobre a Páscoa seu


significado e seus símbolos.Deixe que as crianças falem
sobre o que entendem por Páscoa e vá informando sobre o
verdadeiro sentido .Depois você pode cantar várias músicas
sobre a Páscoa e pedir aos alunos que representem a música
através da expressão corporal .

Atividades:
OBJETIVO
Desenvolver harmonicamente os aspectos físicos, psíquicossociais do bebê,
respeitando sua maturidade emocional.Desenvolver a psicomotricidade da
criança através do corpo e do movimento.
ATIVIDADES
· Estimulação tátil (acariciando o bebê sempre que possível e conversas
diárias).
· Estimulação visual, através de objetos coloridos, que permitam o
manuseio com as mãos e a boca.
· Estimulação de movimentos como se arrastar, engatinhar para buscar um
objeto. Incentivar também o andar, segurando-o com as mãos.
· Estimulação verbal conversando com a criança todo o tempo, brincando e
sorrindo.
· Introdução de alimentos com a paciência do professor, pois a adaptação
nem sempre é fácil.
· Trocas de roupas e fraldas contínuas, sempre que for necessário.
· Banhos agradáveis, acompanhados de conversas e músicas.
· Músicas gestuais e cantigas de roda (sentados).
· Exercícios com bolas e brinquedos de encaixe, quando a criança
apresentar maturidade.
· Incentivo a fala.
· Imposição de limites, dizendo não, toda vez que a criança colocar em
perigo si mesmo, os colegas, tias e o ambiente escolar.

GOSTO⁄2009
 
PROJETO: NO TEMPO CERTO FAREMOS…
 
TEMA: PAIS E FOLCLORE
 
OBJETIVO GERAL: Promover, resgatar, vivenciar e valorizar as manifestações da
cultura popular brasileira dando importância ao folclore e a comunidade. Também
reconhecer as qualidades dos pais valorizando a figura paterna;
 
DESENVOLVIMENTO: Conversas informais, rodinhas, atividades com materiais
recicláveis, atividades com músicas e danças, brincadeiras dirigidas, montagem e
contação de histórias, recorte e colagem, desenhos para colorir, textos
informativos, produções textuais, pesquisas, murais, dobraduras, parlendas, trava-
línguas, contos, lendas, brincadeiras folclóricas, etc.
 
CULMINÂCIA: Todas as atividades trabalhadas neste período serão entregues junto
com as atividades trabalhadas no mês de setembro que deverá ser no dia 02/09
(sexta-feira) aos pais.
 

6.4.09
PROJETO - MAIO MÊS DAS MÃES
 criado por ostras      21:09 — Arquivado em: PROJETO —

PROJETO: NO TEMPO CERTO FAREMOS…                          MAIO⁄2009

TEMA: MÃES

OBJETIVO GERAL: Valorizar o papel da mãe refletindo sobre as estruturas familiares, desenvolver a
afetividade, linguagem, a socialização, a imaginação e o raciocínio, etc.

DESENVOLVIMENTO: Conversas informais, rodinhas, atividades com materiais recicláveis, confecção de


cartões, lembrancinhas, receitas, mural coletivo, pintura em tela para a mamãe, atividades com
músicas, montagem de histórias, textos informativos, produções textuais, dobraduras, teatrinhos, etc.

CULMINÂCIA: Todos as atividades trabalhadas neste mês serão entregues dentro da sacolinha
confeccionadas pelos professores e serão expostas no último dia do projeto que deverá ser no dia
29⁄05⁄08 (sexta-feira) e entregues aos pais.

Alguém pediu um texto para reunião de pais,


este texto mostra que devemos apenas
auxiliar as crianças e não fazer por elas, tudo
que é feito pelo aluno tem mais valor.

A LIÇÃO DA BORBOLETA
Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo.
Um homem sentou e observou a borboleta por várias horas,
conforme
ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse
através
daquele pequeno buraco.
Então pareceu que ela havia parado de fazer qualquer
progresso. Parecia que ela tinha ido o mais longe que
podia, e não conseguia ir mais.
O homem decidiu ajudar a borboleta: ele pegou uma
tesoura e cortou o
restante do casulo. A borboleta então saiu facilmente. Mas
seu corpo
estava murcho e era pequeno e tinha as asas amassadas.
O homem continuou a observar a borboleta porque ele
esperava que, a qualquer momento, as asas dela se
abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o
corpo que iria se afirmar com o tempo.
Nada aconteceu!
Na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida
rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela
nunca foi capaz de voar.
O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar não
compreendia era que o casulo apertado e o esforço
necessário à borboleta para passar através da pequena
abertura era o modo com que Deus fazia com que o fluido
do corpo da borboleta fosse para as suas asas, de modo que
ela estaria pronta para voar uma vez que estivesse livre do
casulo.
Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos
em nossa vidas. Se Deus nos permitisse passar através de
nossas vidas sem quaisquer obstáculos, ele nos deixaria
aleijados. Nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos
ter sido. Nós nunca poderíamos voar...

Projeto Valores

Olá pessoal, achei este livro num site da net, tem tudo a ver com o Projeto de Valores para
trabalhar preferências, medos, sentimentos, vontades, etc. Vale a pena xerocar e fazer com
as crianças, dar para eles pintarem e discutir página por página. Termine o livro com algumas
folhas para a criança colocar as suas vontades...

 
 

Projeto anual de Valores


PROJETO ANUAL “CRIANÇA CIDADÃ-construindo Valores”
Elaborado por Morgana S. Portugal

1- JUSTIFICATIVA

Os PCN’s afirmam que “cabe à escola empenhar-se na formação moral de seus


alunos...” (p. 32)

A cidadania não deve ser construída por vias burocráticas e esse desejo não deve ficar
só no papel, nos livros, nos documentos, mas deve deixar de ser utopia e se tornar real, no
convívio escolar. Deve fazer parte dos projetos escolares, da proposta pedagógica, do dia-a-
dia. Essa meta deve ser seguida e conquistada por todos os educadores.

Por isso, percebemos que alguns valores e atitudes devem e podem ser trabalhados na
escola, de preferência por todas as turmas e professores, para que todos “falem a mesma
língua”, surtindo assim mais efeito. Através destas reflexões e observações, percebemos a
necessidade deste projeto. E ele se faz urgente nesta escola e em muitas outras.

Há vários projetos de cidadania registrados para escolas públicas, que têm problemas
com violência, desinteresse, vícios, indisciplina, etc. Mas estes problemas também estão no
interior da escola particular, talvez camuflados, ou com outra roupagem, mas existem. Este é
um dos motivos que nos faz crer que todas as escolas de rede pública e privada devem levar a
sério a sua missão de partícipe na construção da cidadania dos educandos.

Para finalizar, mostrando a importância deste projeto, concordamos com Herkenhoff quando diz
“não podemos ter, no Terceiro Mundo, uma escola desligada de seu compromisso social,
omissa em face de seu papel de transformação da realidade...(p.30, 1996), e é este o nosso
compromisso, enquanto educadores. Vamos fazer a nossa parte neste processo de
construção, tão importante.

2- OBJETIVOS

Este projeto visa a valorização do ser humano, resgatando a importância das virtudes, como
tendência para o bem, que devem ser ensinadas e partilhadas desde a mais tenra idade,
levando à construção da cidadania e autonomia.

Sensibilizar os alunos em relação à importância da boa convivência para criar um ambiente


agradável na sala de aula

Desenvolver reflexões sobre ações corriqueiras. Reconhecer que, desde bem pequeno,
podemos desenvolver boa educação e boas maneiras.

Melhorar a disciplina na sala criando regras de convivência e dinâmicas para perceberem


algumas atitudes que causam a indisciplina.
3- DESENVOLVIMENTO

3.1- TEMA CENTRAL: Eu e o outro

POR QUÊ? Perceber a importância do outro na nossa vida, aceitar as diferenças, respeitar os
colegas, desenvolver atitudes de solidariedade, respeitar e ajudar os idosos, os portadores de
necessidades especiais, as crianças de outras raças e culturas.

PERÍODO: 1o e 2o bimestre

SUBTEMAS:

Fevereiro- Convivência e Regras

Março- Solidariedade e Cooperação

Abril- Limpeza e organização

Maio- Igualdades e diferenças – respeito à diversidade

Junho- Justiça, Verdade e Honestidade

Junho- Amizade, amor, afeto

PROCEDIMENTOS DIDÁTICOS

· Textos, poesias, mensagens, fábulas.

· Criação do Estatuto da Sala (com regras e multas)

· Discussão sobre as necessidades básicas do homem

· Debate sobre os idosos, portadores de necessidades especiais, o menor


abandonado, diferentes realidades e situações. Excursão ao asilo,
Peti, Casa de Passagem, etc.

· Produção de texto, Relatório e ilustração

· Dramatização (sobre convivência e solidariedade)

· Maquetes dos lugares visitados

· Confecção de livro

· Dinâmicas

· Entrevistas com especialistas

· Amigo Anjo, correio elegante

· Exploração de cartazes, figuras e mensagens

· Conversa sobre os temas trabalhados e as realidades vistas

3.2- TEMA CENTRAL: Eu e os problemas do mundo


POR QUÊ? Conhecer e discutir os problemas que afligem o mundo e o
nosso município, perceber que podemos ajudar e evitar alguns, discutir
causas e soluções, estimular a reflexão sobre estes problemas,
perceber que alguns problemas estão bem perto da gente.

PERÍODO: 3o e 4O Bimestre

SUBTEMAS:

Agosto: Destruição do meio ambiente, o que fazer com o lixo


Setembro: Violência e guerras, necessidade da paz
alidades)

Novembro: Doenças e vícios

Dezembro:Avaliação do projeto e culminância

PROCEDIMENTOS DIDÁTICOS
· Pesquisa sobre os temas abordados

· Debate, filmes

· Cartazes, painéis

· Campanhas, Confecção de panfletos

· Recorte de reportagens

· Confecção de jornal

· Trocar experiências e partilhar o conhecimento adquirido

· Júri simulado sobre os temas propostos

· Dinâmicas e vivências

· Palestra e entrevistas (policiais, médicos e outros profissionais).

· Visitas (PETI, creche, Lixão)

· Dramatizações

· Poesias, textos informativos, fábulas, mensagens.

· Exploração de figuras

· Exploração de situações atuais e do dia-a-dia, relatórios

5. DURAÇÃO

Todo o ano letivo

6- CULMINÂNCIA
No final do ano haverá uma festa com exposição do material coletado,
fotos, e todo material produzido durante o projeto. Bem como uma
sessão de teatro envolvendo os temas abordados no projeto.

Haverá também a gravação de um CD com as músicas do projeto.

7-AVALIAÇÃO

Após cada Unidade de Estudo, no final de cada bimestre haverá um


debate para ver o que aprenderam, o que mudou, o que poderá mudar.
Depois do debate cada criança preencherá uma ficha de desempenho.
Durante o bimestre o professor observará o desempenho de cada um, bem
como anotará as dúvidas, críticas, sugestões e dificuldades, com isto
será possível rever o projeto e corrigir possíveis desvios. Os alunos
também serão avaliados nas atividades propostas (pesquisas, debates,
campanhas, excursões, produções de texto, etc.). Portanto, a avaliação
será composta de observação, análise das atividades práticas e auto-
avaliação.

Sugestões para o primeiro dia de aula


Vou começar dando uma sugestão para os primeiros dias de aula. Sente em roda com a turma,
utilize um fantoche, dê um crachá para cada criança com o nome delas e cante uma música de
apresentação dos nomes. Ex: A canoa virou..., Eu sou o lobo mal...pego a (nome da criança) pra
fazer mingal, Fulano comeu pão na casa do João. Eles vão se divertir.
Para a entrega de crachás você pode fazê-los, colocar em cima da mesa e ir chamando, uma
criança que começa com a letra..., que termina com a letra..., que possui 5 letras, que rima com pão,
que começa igual a leão, etc. é bastante divertido, as crianças vão a mesa e procuram o seu nome...
Você pode também fazer um bingo com o nome das crianças, ditando as letras. boa sorte... Quem
tiver mais sugestões pode fazer o seu comentário. Um abraço.

Projeto Dia das Mães para Maternal


PROJETO DIA DAS MÃES - MATERNAL

1 – DADOS DE IDENTIFICAÇÃO:

TEMA: Família 

TURMA: Maternal 1 A

ÁREA: Natureza e Sociedade / Sócio afetivo

2 – JUSTIFICATIVA:
Este projeto surgiu a partir da necessidade da escola em trabalhar datas comemorativas.

3 - QUESTÃO DESENCADEADORA:

Através do projeto das abelhas introduzirei o tema mãe com a explanação da abelha
rainha através da história: “A Abelha” da editora Edelbra. Realizando a comparação entre
as tarefas da abelha rainha e da mamãe. Também começaremos os ensaios para a
apresentação no dia da festa.

4 – CONTEÚDOS NORTEADORES:

Qual o nome da minha mamãe?•

O que minha• mãe mais gosta?

Quem é a rainha do meu lar?•

Quem são os membros da• minha família?

5 – OBJETIVOS:

LINGUAGEM ORAL E ESCRITA:

• Identificar pelo nome a minha mamãe;

conhecer o nome da mamãe dos• colegas;

Expressar-se;•

Participar de variadas situações de comunicação• oral, para interagir e expressar desejos,


necessidades e sentimentos por meio da linguagem oral, contando suas vivências;

Usar a linguagem oral para• conversar, brincar, comunicar-se e expressar desejos,


opiniões, necessidades, idéias, etc. 

MATEMÁTICA:
Seqüenciar fatos;•

Estabelecer• aproximações a algumas noções matemáticas presentes no seu cotidiano,


como contagem, relações espaciais, etc.;

NATUREZA E SOCIEDADE:

• Reconhecer e nomear os membros da família;

Participar de atividades que• envolvam histórias, brincadeiras, jogos e canções que digam
respeito às tradições culturais de sua comunidade e de outros grupos;

ARTES VISUAIS:

Utilizar o dedo para realizar as colagens;•

Confeccionar• presentes e lembranças para datas especiais;

Observar o limite disponível• para os desenhos, pinturas e colagens;

Participar de mímicas das• músicas;

SÓCIO AFETIVO:

Criar combinações para o desenvolvimento• da rotina;

Respeitar regras pré-estabelecidas;•

Compartilhar materiais• de uso comum, bem como brinquedos e espaços;

Esperar sua vez de expor• idéias e pensamentos;

Ouvir os que os colegas têm para falar;•

Criar• vínculo afetivo com a professora e os colegas;

Valorizar sentimentos de:• arrependimento, amizade, cooperação, cuidados com o


próximo; 

MOVIMENTO:

Grandes Movimentos:
Explorar as• possibilidades de gestos e ritmos corporais para expressar-se nas
brincadeiras e nas demais situações de interação;

Deslocar-se com destreza progressiva no• espaço ao andar, correr, pular, etc...,
Desenvolvendo atitude de confiança nas próprias capacidades motoras;

Locomover-se pela escola com• mobilidade;

Pequenos Movimentos:

Encaixar objetos por tamanho;•

• Rasgar, amassar e picar materiais com texturas e tamanhos diferentes;

• Modelar livremente com massinhas e argila;

Utilização adequada dos talheres• (colher) e copo, durante as refeições;

MÚSICA:

Participar de• brincadeiras e jogos cantados e rítmicos;

Participar de situações que• integrem músicas, canções e movimentos corporais.

6 – ATIVIDADES PREVISTAS:

Conversas na rodinha;•

Levantar questionamentos;•

• Pinturas diversas; 

Ouvir, cantar e dançar diferentes músicas e• ritmos;

Confecção da coroa da abelha rainha;•

Confecção do presente da• mamãe (porta retrato);

Confecção do cartão da mamãe;•

Criar um mural• com as fotos da mamãe;

Ouvir diferentes histórias sobre o tema• família.

Apresentação, para as mães, da música da Xuxa “5 patinhos”•

• Colocar fantasias de patinho.

Você também pode gostar